8 de Setembro - Dia Internacional da Alfabetização

Сomentários

Transcrição

8 de Setembro - Dia Internacional da Alfabetização
8 de setembro - Dia Internacional da Alfabetização 2010 | UNESCO
Page 1 of 2
R E PR E S E N T A Ç Ã O D A U N ES C O N O BR A S I L
<URL:
UNESCO <URL: http://www.unesco.org> / Escritório no Brasil <URL: pt/brasilia/>
http://www.unesco.org>
/ Sobre o Escritório da UNESCO em Brasília <URL: pt/brasilia/about-the-unesco-brasilia-office/>
/ Prêmios e Celebrações <URL: pt/brasilia/about-the-unesco-brasilia-office/prizes-and-celebrations-in-brazil/>
/ 8 de setembro - Dia Internacional da Alfabetização
8 de Setembro - Dia Internacional da Alfabetização
Em 2010, o tema Alfabetização e o Poder das Mulheres, a discussão pública e o lançamento de uma nova
Rede de Alfabetização da UNESCO são os destaques das celebrações do Dia Internacional da Alfabetização,
em 08 de setembro.
Mensagem da Diretora Geral da UNESCO, Irina Bokova, por ocasião do Dia Internacional da
Alfabetização, 8 de Setembro de 2010.
Quando uma mulher é alfabetizada, ela pode fazer escolhas para melhorar significativamente sua vida. Mas,
10 anos depois do Século 21, dois de cada três do total de 759 milhões de analfabetos adultos no mundo são mulheres. Esta é uma situação
intolerável que reflete uma das injustiças mais persistentes dos nossos tempos: a desigualdade no acesso à educação.
Não há justificativa – seja ela cultural, econômica ou social – para negar educação a meninas e mulheres. É um direito básico e uma
condição absoluta para atingir todos os objetivos de desenvolvimento acordados internacionalmente. O analfabetismo mantém as mulheres
marginalizadas e constitui um dos principais obstáculos para a redução da pobreza extrema em um mundo movido a tecnologia, onde ler,
escrever e saber contar é indispensável para desfrutar de direitos e oportunidades básicos.
Por todos esses motivos, o Dia Internacional da Alfabetização este ano focaliza o papel altamente significativo que a alfabetização tem para
aumentar a autonomia da mulher.
Adquirir habilidade alfabética proporciona à mulher uma sensação de autoconfiança e controle sobre sua vida e seu futuro. O
empoderamento da mulher se refere a adquirir o conhecimento para tomar decisões informadas e compartilhar o poder no seu lar e na vida
política. As declarações de mulheres recém-alfabetizadas são prova da transformação de longo alcance que os novos conhecimentos e
habilidades têm em todos os aspetos de suas vidas.
Como a primeira mulher eleita para o posto de Diretor-Geral da UNESCO, dedico-me profundamente a fazer avançar os direitos das
meninas e mulheres de todas as partes do mundo, especialmente por meio da educação. A igualdade de gênero é uma das nossas prioridades
estratégicas globais, porque não pode haver desenvolvimento sustentável quando as mulheres não desfrutam de direitos e oportunidades
iguais.
Investir na alfabetização de mulheres tem retornos muito altos: melhora a renda, leva a melhor saúde materno-infantil e favorece o acesso à
educação de meninas. Em resumo, mulheres recém-alfabetizadas têm um efeito cascata positivo em todos os indicadores de
desenvolvimento.
Este dia internacional almeja mobilizar a atenção de todos para a urgente necessidade de maior comprometimento com a alfabetização,
especialmente para meninas e mulheres. Os Prêmios de Alfabetização Internacional da UNESCO servem de exemplos inspiradores e
criativos de programas que tiveram um profundo impacto nas pessoas e em suas comunidades. Eles mostram o que funciona e quão bem
funcionam.
Nesta última década a diferença entre os gêneros na educação tem diminuído em vários países. A igualdade de gênero na alfabetização
também tem melhorado, mas tudo isso em passos muito lentos. Muito ainda há a ser feito.
Eu aproveito esta ocasião para convidar os governos, organizações internacionais, a sociedade civil e o setor privado a expandir seu apoio à
alfabetização. Estou confiante que existe o ímpeto para tornar a alfabetização da mulher uma prioridade: vimos nos últimos meses uma
oportunidade para acelerar os avanços na direção da igualdade de gêneros com a criação da UN Women (Entidade das Nações Unidas para a
Igualdade de Gênero e Empoderamento da Mulher).
A alfabetização dá às mulheres uma voz – nas suas famílias, na vida política e no cenário mundial. É um primeiro passo em direção à
liberdade pessoal e à maior prosperidade. Quando as mulheres são alfabetizadas, a sociedade inteira lucra.
Mais informações:
• Dia Internacional da Alfabetização no site do Setor de Educação da UNESCO <URL: http://www.unesco.org/en/literacy/dynamic-contentsingleview/news/unesco_celebrates_the_power_of_womens_literacy_on_8_september_international_literacy_day/back/11922/cHash/b51afa133c/>
(em inglês, francês e espanhol)
http://www.unesco.org/pt/brasilia/about-the-unesco-brasilia-office/prizes-and-celebrations-i... 9/9/2010
8 de setembro - Dia Internacional da Alfabetização 2010 | UNESCO
Page 2 of 2
• 2003-2012 - Década das Nações Unidas para a Alfabetização <URL: pt/brasilia/about-the-unesco-brasilia-office/prizes-and-celebrations-inbrazil/2003-2012-united-nations-literacy-decade/#c53904>
• Mensagem do Secretário-Geral das Nações Unidas <URL: http://www.unesco.org/education/ild2010/UNmessage.pdf> (PDF, 1.4 Mb - em
inglês)
Multimedia:
• Mensagem de Irina Bokova, Diretora-Geral da UNESCO <URL: http://www.youtube.com/watch?v=kc1KAMCrxlA> (vídeo em inglês)
• Vídeo de Animação do Dia Internacional da Alfabetização <URL:
http://www.unesco.org/fileadmin/MULTIMEDIA/FIELD/Brasilia/video/literacy_day_animation_pt.swf> (swf, 119 Kb):
• Década das Nações Unidas para a Alfabetização: Vozes pela Alfabetização: André de Figueredo Lazaro <URL:
http://www.unesco.org/archives/multimedia/index.php?s=films_details&id_page=33&id_film=204> (vídeo)
http://www.unesco.org/pt/brasilia/about-the-unesco-brasilia-office/prizes-and-celebrations-i... 9/9/2010

Documentos relacionados

Mensagem da Diretora Geral da UNESCO, Irina Bokova, por

Mensagem da Diretora Geral da UNESCO, Irina Bokova, por Mensagem da Diretora Geral da UNESCO, Irina Bokova, por ocasião do Dia Mundial da Filosofia 19 de novembro de 2015

Leia mais