Edição 5333 sábado 18 de junho de 2016

Сomentários

Transcrição

Edição 5333 sábado 18 de junho de 2016
www.jornalmomento.com.br
888
“Se você quiser aumentar sua taxa de
sucesso, dobrar sua
taxa de fracasso.”
Thomas J. Watson
IMPRIMINDO QUALIDADE
TODOS OS DIAS.
3663.3544
[email protected]
Mande o seu pensamento para
[email protected]
ANO XXIX Nº 5333CIRCULAÇÃO DIÁRIA NO LITORAL NORTE
OSÓRIO/RS, SÁBADO, 18 DE JUNHO DE 2016 R$ 1,50
Evento FGTAS/SINE – Osório superou expectativas
Clara Santos
A agência FGTAS/
Sine-Osório promoveu ao
longo do dia desta sexta
(17), o EmpregarRS, mutirão de emprego realizado
em todo o Estado, com
mais de 80 unidades participantes.
O EmpregarRS em
Osório teve um dia dedicado ao atendimento da intermediação de mão de
obra. “Hoje, os esforços
dos nossos agentes estarão voltados a mobilizar os
empresários locais a disponibilizar vagas na agência, mostrar a eles que é na
Agência FGTAS/SINE
que ele irá encontrar o profissional que está faltando
em sua empresa e a à inserção dos osorienses no
mercado de trabalho”, destacou o coordenador da
FGTAS/SINE, Charlon
Müller.
Passaram pela agência
250 pessoa, 197 foram encaminhadas para emprego, 25 participaram de um
curso focado para os jovens que deu dicas de como
se portar em uma entrevista e como elaborar um CV,
cerca de 50 pessoas fizeram pré-inscrição no curso
de qualificação do IFRS.
Houve palestras motivacionais ministradas por
uma das empreendedoras
parceiras do FGTAS/
SINE, Denise Andriolli,
além da participação de outros parceiros, como o
IFRS divulgando seus cur-
sos de Qualificação Profissional, representado pelo
professor Luciano da
Myranda, Informática e entrevistas de emprego onde
contamos com a parceria
na agência da Beira Rio
Claçados.
Denise lembrou a todos
que estavam presentes que
não desanimem, pois hoje
foi um mutirão mas o
SINE está com as portas abertas todos os dias.
Ela também lembrou da
importância do empreendedor local formar parcerias para aumentar o
número de vagas.
As Agências FGTAS/
Sine atendem as demandas de intermediação de
emprego, encaminhamen-
O Sine abre todos os dias mas as pessoas cadastradas também podem acompanhar as vagas pela internet
to do seguro desemprego,
confecção da Carteira de
Trabalho e Carteira de
Artesão. Os eventos realizados em várias cidades
em todo o Estado contaram com parceiros que
ministraram palestras com
temáticas relativas ao trabalho, como empreendedorismo e orientação profissional.
Vagas - No evento desta sexta foram disponibilizadas 65 vagas de emprego. O público foi bastante
variado entre homens e
mulheres, jovens e de meia
idade, sendo que o público
jovem compareceu em
grande número.
Contato: Agência FGTAS/Sine-Osório/RS (51)3663.1331
Osório ficou na posição de n° 429 no Ranking da Transparência
Em termos nacionais, o Brasil aumentou a pontuação
da primeira avaliação, 3,92 para a segunda, 5,15; em
termos estaduais o Rio Grande do Sul diminuiu um ponto:
de 9 na primeira avaliação, caiu para 8,60 na segunda.
Osório ficou na posição 429, tendo uma queda de 4,1
pontos da primeira avaliação (9,1) para a segunda (5,0).
O nível de transparência de estados e municípios
brasileiros aumentou cerca de 31% em seis meses, a
partir da atuação coordenada do Ministério Público
Federal em todo o país. Esse é um dos resultados
verificados pelo Ranking Nacional da Transparência.
Foram avaliados portais de 5.567 municípios, 26
estados e o Distrito Federal. O Índice Nacional de
Transparência subiu de 3,92, em 2015, para 5,15, em
2016. Estados e municípios que ainda descumprem as
leis de transparência serão acionados judicialmente.
Dos 47 municípios gaúchos que receberam nota 10
na avaliação mais recente do Projeto Ranking Nacional
dos Portais da Transparência, feito pelo Ministério
Público Federal, 17 são do Centro do Rio Grande do Sul.
A primeira avaliação foi feita no ano passado, e a
segunda, na primeira quinzena de junho.
O ranking considera as informações disponibilizadas
online pelos municípios. São levados em conta dados
como receita e despesas, licitações, prestação de contas
e diárias pagas pela prefeitura. Para o Ministério Público
Federal, a transparência dos dados é um mecanismo de
prevenção e combate à corrupção, e possibilita o acompanhamento da correta aplicação de recursos públicos.
A transparência é uma obrigação legal dos municípios.
O município da região com a melhor nota nas duas
avaliações é Agudo, com 9,1 e 10. Já o que mais cresceu
foi Toropi: de 1,7 para 10. Segundo a prefeitura, o motivo
do crescimento é a utilização de um novo sistema, que
atualiza diariamente as informações do site do Executivo
para o portal.
Já o município da região com a pior colocação é
Silveira Martins, que está no número 493 do ranking,
sendo que são 496 posições. A nota caiu de 3,5 para 0,7.
A prefeitura afirma que tomou conhecimento do fato
pela imprensa e que vai verificar com o setor responsável o porquê da queda da nota.
Segundo o Ministério Público Federal, estados e
municípios que ainda descumprem as leis de transparência serão acionados judicialmente. O Ranking da Transparência monitorou todos os 5.567 municípios do país,
além dos 26 estados e do Distrito Federal. O Rio Grande
do Sul está em 14ª lugar.
Municípios do Centro do RS com nota 10 na segunda
avaliação:
Agudo – de 9,1 para 10
Capão do Cipó – de 6,7 para 10
Dilermando de Aguiar – de 5,7 para 10
Formigueiro – de 3 para 10
Ivorá – de 5,1 para 10
Jaguari – de 5,4 para 10
Jari – de 7,9 para 10
Nova Esperança do Sul – de 6,6 para 10
Nova Palma – de 7,9 para 10
Pinhal Grande – de 7,2 para 10
Santa Margarida do Sul – de 6,7 para 10
Santa Maria – de 7,2 para 10
São Francisco de Assis – de 6,8 para 10
São João do Polêsine – de 6,7 para 10
São Pedro do Sul – de 8,3 para 10
São Vicente do Sul – de 4,1 para 10
Toropi – de 1,7 para 10
Para acessar toda pesquisa entre no site: http://
www.rankingdatransparencia.mpf.mp.br/
2
OPINIÃO
Sábado,18 de junho de 2016
Sergio Moro explica sua visão da Justiça
P
assados mais de dois anos do início da fase ostensiva da assim
denominada Operação Lava-Jato, o momento é propício
paSergio Moro explica sua visão da Justiça
"Passados mais de dois anos do início da fase ostensiva da
assim denominada Operação Lava-Jato, o momento é propício
para algumas reflexões baseadas nos casos já julgados. Tais
reflexões não se aplicam necessariamente aos casos ainda
pendentes de julgamento, já que, no processo penal, há situações particulares, e a responsabilidade criminal é sempre dependente
de provas específicas.
Em um contexto mais amplo, a progressiva revelação dos fatos
teve consequências fora do processo penal. A Petrobras, de uma
postura de negação geral no primeiro semestre de 2014, quando não
reconhecia nenhum problema de governança, passou paulatinamente
a admitir os crimes, culminando no reconhecimento oficial, em seu
balanço de 2015, de perdas com a corrupção de cerca de 6 bilhões de
reais.
Algumas das empreiteiras envolvidas nos crimes passaram,
louvadamente, a reconhecer sua responsabilidade. Duas grandes
empreiteiras celebraram acordos de leniência com o Ministério
Público Federal, comprometendo-se a revelar os ilícitos, abandonar
práticas criminosas, implementar sistemas eficientes de compliance
e indenizar os cofres públicos em mais de 1 bilhão de reais.
Todos esses fatos perturbadores permitem concluir que foi
descoberto um quadro de corrupção sistêmica. A corrupção, como
crime isolado, existe em qualquer lugar do mundo, mas a corrupção
sistêmica, o pagamento de propina como regra do jogo, não é assim
tão comum, representando uma severa degeneração dos costumes
públicos e privados.
O custo da corrupção sistêmica é gigantesco não só para os cofres
públicos como também para a economia e a sociedade em geral. O mais
óbvio é o custo da propina, que pode reduzir a margem de lucro das
entidades privadas ou, como é mais comum, ser transferido ao
contrato público, gerando consequentes impactos no orçamento
público.
Elevações extraordinárias de custos de obras, como o da Refinaria
Abreu e Lima, de cerca de 2 bilhões para 18 bilhões de dólares,
talvez possam ser compreendidas nesse contexto. Esquemas de
corrupção sistêmica afastam investidores internos e externos.
Se o mercado não é limpo, se é possível trapacear com propinas,
investidores potenciais que não desejam se envolver em práticas criminosas serão afastados.
Mais do que tudo, esquemas de corrupção sistêmica são danosos
porque impactam a confiança na regra da lei e na democracia. Se a lei
não vale para todos, há uma progressiva erosão da confiança na
democracia, com efeitos colaterais preocupantes. Diante da revelação
da corrupção sistêmica, o que fazer? O sistema de Justiça criminal
deve funcionar.
Crimes descobertos e provados devem, respeitado o devido
processo, ser punidos. A Justiça funciona quando o inocente vai para
casa e o culpado para a prisão. O resultado não deve depender das
condições econômicas ou políticas do acusado.
Ainda há muito a avançar nesse aspecto, mas a Operação LavaJato, assim como outras recentes, revela que muito pode ser feito,
mesmo no sistema atual, desde que o problema seja tratado com
seriedade. A Justiça não pode ser um faz de conta, com processos que
não terminam e culpados que não são punidos.
EXPEDIENTE
Jornal
FUNDADO EM 16/07/86
JORNAL
TIRAGEM: 3 MIL EXEMPLARES
ASSOCIADO
MARCA “JORNAL MOMENTO”
À ADJORI
PROCESSO INPI: 822.834.545 - CLASSE: 16
JORNAL MOMENTO
Matrícula no Ofício do Reg. Civil das
Pessoas Jurídicas: Reg. 02, fls 01v. a 02 L-B-1
GRÁFICA E EDITORA LUZ LTDA
Matrícula no Ofício do Reg. Civil das
Pessoas Jurídicas: Reg. 06, fls 02v. a 03 L-B-1
Redação, administração e/ou distribuição:
Sede própria - R Dr. Mário Santo Dani, nº 897 - Bairro Centro Caixa Postal 195 Fone/FAX: (051) 3663-3544
CEP.: 95520-000
e-mail: [email protected]
[email protected] Osório - RS
Diretor: Omar Batista Luz
Diagramador - Alesson Santos
Auxiliar de Diagramação - Diego de Oliveira
Circulação Litoral Norte - Diário:
De Terça-Feira a Sábado
Composição a Laser, paginação computadorizada, fotografias e
impressão em oficinas próprias.
Os artigos assinados não traduzem necessariamente a
opinião do Jornal. Sua publicação obedece o propósito de
estimular o debate dos assuntos abordados e o de refletir
as diversas tendências do pensamento humano.
O adequado funcionamento do sistema de Justiça criminal é
condição necessária, mas não suficiente, para eliminar a corrupção
sistêmica. É preciso que as outras instituições públicas, Executivo e
Legislativo, adotem políticas públicas de prevenção e combate à
corrupção. A corrupção sistêmica não é unicamente um problema da
Justiça.
Leis melhores podem ser aprovadas tanto para aprimorar o
sistema de Justiça criminal como para incrementar a transparência e a previsibilidade das relações entre o público e o privado,
assim diminuindo incentivos e oportunidades para práticas
corruptas. Liberdade de imprensa e acesso à informação são
essenciais.
O controle dos governantes pelos governados exige cidadãos bem
informados sobre a gestão da vida pública. A iniciativa privada tem um
papel relevante. A corrupção envolve quem paga e quem recebe.
Ambos são culpados.
Dizer não ao pagamento de propina, implantar mecanismos
eficientes de controle interno para prevenir corrupção pública e
privada e denunciar solicitações ou exigências de pagamento de
propina. É também importante agir coletivamente para que empresas
envolvidas em práticas corruptas sejam isoladas do mercado em vez
de assumir uma posição de proeminência.
A Operação Lava-Jato, talvez mais do que qualquer outra no
passado, pela dimensão dos fatos que foram revelados, propicia ao
Brasil a oportunidade para que sejam tomadas as providências necessárias para superar essa vergonhosa prática.
Para tanto, é imprescindível a ação das instituições públicas e
privadas. Agindo juntas, é possível que a corrupção sistêmica se
torne uma triste lembrança de um passado sombrio e não mais
represente o futuro do país.” (Sergio Moro, juiz federal da 13ª
Vara Federal de Curitiba e um dos responsáveis pela Operação
Lava-Jato, escreveu este artigo.ra algumas reflexões baseadas nos
casos já julgados. Tais reflexões não se aplicam necessariamente aos
casos ainda pendentes de julgamento, já que, no processo penal, há
situações particulares, e a responsabilidade criminal é sempre dependente de provas específicas.
Em um contexto mais amplo, a progressiva revelação dos fatos
teve consequências fora do processo penal. A Petrobras, de uma
postura de negação geral no primeiro semestre de 2014, quando
não reconhecia nenhum problema de governança, passou paulatinamente a admitir os crimes, culminando no reconhecimento
oficial, em seu balanço de 2015, de perdas com a corrupção de cerca
de 6 bilhões de reais.
Algumas das empreiteiras envolvidas nos crimes passaram, louvadamente, a reconhecer sua responsabilidade. Duas grandes empreiteiras celebraram acordos de leniência com o Ministério Público
Federal, comprometendo-se a revelar os ilícitos, abandonar práticas
criminosas, implementar sistemas eficientes de compliance e indenizar
os cofres públicos em mais de 1 bilhão de reais.
Todos esses fatos perturbadores permitem concluir que foi
descoberto um quadro de corrupção sistêmica. A corrupção, como
crime isolado, existe em qualquer lugar do mundo, mas a corrupção
sistêmica, o pagamento de propina como regra do jogo, não é assim tão
comum, representando uma severa degeneração dos costumes públicos e privados.
O custo da corrupção sistêmica é gigantesco não só para os cofres
públicos como também para a economia e a sociedade em geral. O mais
óbvio é o custo da propina, que pode reduzir a margem de lucro das
entidades privadas ou, como é mais comum, ser transferido ao
contrato público, gerando consequentes impactos no orçamento
público.
Elevações extraordinárias de custos de obras, como o da Refinaria
Abreu e Lima, de cerca de 2 bilhões para 18 bilhões de dólares, talvez
possam ser compreendidas nesse contexto. Esquemas de corrupção
sistêmica afastam investidores internos e externos. Se o mercado não
é limpo, se é possível trapacear com propinas, investidores potenciais que não desejam se envolver em práticas criminosas serão
afastados.
Mais do que tudo, esquemas de corrupção sistêmica são danosos
porque impactam a confiança na regra da lei e na democracia. Se a lei
não vale para todos, há uma progressiva erosão da confiança na
democracia, com efeitos colaterais preocupantes. Diante da revelação da corrupção sistêmica, o que fazer? O sistema de Justiça criminal
deve funcionar.
Crimes descobertos e provados devem, respeitado o devido
processo, ser punidos. A Justiça funciona quando o inocente vai para
casa e o culpado para a prisão. O resultado não deve depender das
condições econômicas ou políticas do acusado.
Ainda há muito a avançar nesse aspecto, mas a Operação LavaJato, assim como outras recentes, revela que muito pode ser feito,
mesmo no sistema atual, desde que o problema seja tratado com
seriedade. A Justiça não pode ser um faz de conta, com processos
que não terminam e culpados que não são punidos.
O adequado funcionamento do sistema de Justiça criminal é
condição necessária, mas não suficiente, para eliminar a corrupção
sistêmica. É preciso que as outras instituições públicas, Executivo
e Legislativo, adotem políticas públicas de prevenção e combate à
corrupção. A corrupção sistêmica não é unicamente um problema da
Justiça.
Leis melhores podem ser aprovadas tanto para aprimorar o
sistema de Justiça criminal como para incrementar a transparência
e a previsibilidade das relações entre o público e o privado, assim
diminuindo incentivos e oportunidades para práticas corruptas.
Liberdade de imprensa e acesso à informação são essenciais.
O controle dos governantes pelos governados exige cidadãos bem
informados sobre a gestão da vida pública. A iniciativa privada tem
um papel relevante. A corrupção envolve quem paga e quem recebe.
Ambos são culpados.
Dizer não ao pagamento de propina, implantar mecanismos
eficientes de controle interno para prevenir corrupção pública e
privada e denunciar solicitações ou exigências de pagamento de
propina. É também importante agir coletivamente para que
empresas envolvidas em práticas corruptas sejam isoladas do
mercado em vez de assumir uma posição de proeminência.
A Operação Lava-Jato, talvez mais do que qualquer outra no
passado, pela dimensão dos fatos que foram revelados, propicia ao
Brasil a oportunidade para que sejam tomadas as providências
necessárias para superar essa vergonhosa prática.
Para tanto, é imprescindível a ação das instituições públicas
e privadas. Agindo juntas, é possível que a corrupção sistêmica se torne uma triste lembrança de um passado sombrio e não
mais represente o futuro do país.” (Sergio Moro, juiz federal da
13ª Vara Federal de Curitiba e um dos responsáveis pela Operação
Lava-Jato, escreveu este artigo.
INDICADOR ECONÔMICO
Salário mínimo Nacional............R$
Salário mínimo Regional
Menor...............R$
Maior................R$
TR 17/06 .........................R$
IPCA (IBGE) junho 2016:............
IGP-M (FGV)junho 2016:........
IPC (FIPE) junho 2016:...........
Poupança..............................17/06
880,00
1.006,88
1.276,00
0,0000%
0,46%
0,13%
0,25%
0,6166%
PREVISÃO DO TEMPO
www.climatempo.com.br
SÁBADO
DOLAR
(cotação dia 17/06/2015)
(compra) Comercial...................R$
(venda) Comercial......................R$
(compra) Paralelo.....................R$
(venda) Paralelo.......................R$
(compra) Turismo.....................R$
(venda) Turismo.......................R$
3,8810
3,8830
3,6000
3,0500
3,6000
3,0500
Ouro (grama)17/06 ..................R$
140,00
CIDADE
DOMINGO
Mín.Máx.
0
TORRES
09
TRAMANDAÍ
090
0
CIDADE
Mín.Máx.
SEGUNDA-FEIRA
CIDADE
Mín.Máx.
13
TORRES
070 130
TORRES
06 0 130
140
TRAMANDAÍ
080 130
TRAMANDAÍ
06 0 130
OSÓRIO
08 0 140
CAPÃO DA CANOA 070 130
PALMARES DO SUL 070 130
OSÓRIO
CAPÃO DA CANOA
PALMARESDOSUL
07 0 130
06° 140
07 0 130
OSÓRIO
080 15 0
CAPÃO DA CANOA 08 0 140
PALMARES DO SUL 080 130
GERAL
Sábado, 18 de junho de 2016
3
oferece
Atenção! OMS alerta que chimarrão EmpregarRS
mais de 3 mil vagas
muito quente pode causar câncer em 77 municípios
Divulgação
Estudo feito pela Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer (Iarc),
avaliou a possibilidade de
chimarrão, café, chá e outras bebidas com temperatura muito elevada levarem ao câncer no esôfago.
Publicado em 15 de junho na revista especializada Lancet Oncologia, um
estudo feito pela Organização Mundial da Saúde,
OMS, concluiu que o consumo de bebidas muito
quentes pode causar câncer no esôfago.
Conclusões - Luis Felipe Ribeiro Pinto, representante do Brasil no Conselho Científico do Iarc e
vice-diretor-geral do Inca
disse: "Quando o consumo
da bebida, independente de
que tipo de bebida, se é o
chimarrão, o chá ou o café,
quando essa bebida é consumida em temperatura de
65°C ou maior, ela representa um risco de câncer
do esôfago. Um câncer que
está muito presente no sudeste da Ásia, no leste da África
O câncer de esôfago está entre os tipos de câncer que mais matam no mundo
e na América do Sul".
Reavaliação do Café O grupo não encontrou
nenhuma prova concreta
sobre o efeito cancerígeno
do consumo de café, mas
os cientistas concluíram
que ingerir bebidas com
temperatura muito elevada pode provavelmente ser
uma das causas do câncer
no esôfago.
Os especialistas disseram ainda que não encontraram qualquer evidência
sobre o surgimento da do-
ença em relação ao consumo de mate gelado ou em
temperatura ambiente.
América do Sul - O consumo de bebidas muito
quentes foi classificado
como provavelmente cancerígeno para os humanos.
O relatório mostra que o
risco de câncer no esôfago
aumentou em países como
China, Irã, Turquia e na
região da América do Sul,
como no Rio Grande do
Sul, onde o chá e o mate
são consumidos em tem-
peraturas elevadas, acima
de 70°C.
O chefe da Iarc disse
ainda que "o fumo e o consumo de bebidas alcoólicas são duas das principais
causas desse tipo de câncer, principalmente nos países ricos".
O câncer no esôfago é o
oitavo tipo mais comum da
doença no mundo, com cerca
de 400 mil mortes por ano,
segundo dados de 2012.
Isso representa 5% dos óbitos causados por câncer.
Negociação entre governo e Cpers
avança após desocupação do CAFF
Divulgação
Terminou com avanço a negociação
entre Governo do Estado e o Centro dos
Professores do Estado - Sindicato dos
Trabalhadores em Educação (CpersSindicato), nesta sexta-feira (17). Representado pelo secretário da Educação, Luís Alcoba, Secretário-Geral de
Governo, Carlos Búrigo, e pelo Procurador-Geral do Estado, Euzébio Ruschel, o
governo apresentou uma nova proposta
aos professores.
“Apresentamos uma proposta realista, com temas que temos condições de
atender. O governo se comprometeu a
revogar a portaria que instituiu uma
comissão para avaliar a questão do DiSecretário Luís Alcoba liderou reunião do governo com a direção do Cpers nesta manhã
fícil Acesso, desde que o Cpers aceite
retornar da greve. Sobre o PL 44, houve a concordância aulas, aprovado pelos Conselhos Escolares, a fim de
em manter os termos da negociação estabelecida com os garantir o cumprimento do mínimo de dias letivos e de
estudantes, que é de só levar o tema para votação na carga horária estabelecidos pela Lei de Diretrizes e
Assembleia Legislativa no ano que vem”, disse Alcoba ao Bases da Educação Nacional.
Outro ponto discutido foi a criação de um fórum para
final da reunião, que ocorreu na Secretaria da Educação.
Sobre o ponto dos grevistas, o secretário informou debater os principais desafios da educação pública,
que o governo irá analisar a questão tão logo seja como questões de infraestrutura, evasão escolar, entre
apresentado um calendário efetivo de recuperação das outras.
Divulgação
Entrevistas e seleções para 3.298 vagas de emprego,
em 77 municípios, estão sendo realizadas nesta sextafeira (17), até as 16h, no EmpregarRS, evento promovido pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social
(FGTAS). A iniciativa aproxima empresas, que necessitam contratar profissionais, e trabalhadores, que buscam uma oportunidade de emprego. O projeto também
promove formação e capacitação para o trabalhador,
com atividades de orientação profissional, empreendedorismo e palestras motivacionais.
O governador José Ivo Sartori participou do início das
atividades do EmpregarRS em Porto Alegre, no Instituto
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio
Grande do Sul, na Rua Coronel Vicente, nº 281. Sartori
elogiou a iniciativa e a colaboração de todos, lembrando
que o papel do Estado é trabalhar para aqueles que mais
precisam, oferecendo oportunidades e guarida.
“Estão presentes aqui empresas e sindicatos colaborando para que as pessoas possam encontrar uma
oportunidade de trabalho. Quando todos se juntam em
prol de uma boa causa os resultados só podem ser
positivos”, destacou.
O secretário do Trabalho e do Desenvolvimento
Social, Catarina Paladini, falou do momento de dificuldade
enfrentada pelo Estado e pelo país e que o Empregar/RS é onde
“sonhos e expectativas se concretizam, possibilitando ao
trabalhador sair com o papel cumprido”.
O ministro do Trabalho e Previdência Social, Ronaldo Nogueira, também esteve presente na cerimônia e
parabenizou iniciativas como esta que devem ser seguidas nas demais unidades da federação. “Quero pedir
permissão para que este evento sirva de case para o
país”, afirmou, dizendo que o maior desafio é combater
o desemprego no Brasil.
O diretor-presidente interino da FGTAS, Gilberto
Baldasso, disse que nesta edição são 199 empresas
cadastradas e 126 instituições parceiras do programa.
“O evento é dedicado ao atendimento exclusivo de
intermediação de mão de obra. Na primeira edição do
Empregar/RS atendemos 14.250 trabalhadores. Este
ano a meta do FGTAS, com base no Acordo de Resultados, é atender aproximadamente 18 mil pessoas”,
salientou.
Os municípios com o maior número de vagas são:
Porto Alegre (498), Santa Rosa (417), Novo Hamburgo
(330), Rio Grande (185), Alvorada (141) e Cachoeirinha
(128). Nas cidades participantes do EmpregarRS está
acontecendo atendimento exclusivo de intermediação
de mão de obra, ou seja, não estão sendo prestados os
serviços de encaminhamento de seguro-desemprego e
de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).
4
Sábado,18 de junho de 2016
REGIÃO/PUBLICAÇÕES LEGAIS
Osório e Dom Pedro de Alcântara deixam 40toneladasdetainhadentre
outrasatraçõesesperam
de receber recursos para fins sociais
porvocênaFestadoPeixe
Divulgação
A Confederação Nacional de Municípios (CNM)
alerta que 67 Municípios
terão os repasses do cofinanciamento federal do
Piso Básico Variável
(PBV) cancelados. As
transferências têm a finalidade de execução de ações
do Serviço de Convivência
e Fortalecimento de Vínculos (SCVF). Os Municípios sofreram as sanções em razão de não
alimentarem o Sistema
de informações do Serviço de Convivência e
Fortalecimento de Vínculos-(SISC) com os dados
dos usuários do serviço.
Os Serviços de Convivência e Fortalecimento de
Vínculos visam atender
crianças, adolescentes e
pessoas idosas em situação de isolamento, trabalho infantil, vivência de violência e negligência. Também as que estão fora da
escola ou com defasagem
escolar, em situação de acolhimento, em cumprimento
de medida sócio educativa
de liberdade assistida de
prestação de serviço à Comunidade, situação de abuso e exploração sexual.
Os Municípios com pendências fazem parte de
Alagoas, Bahia, Espirito
Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Rio
Grande do Sul, Santa
Catarina e São Paulo. A
CNM informa que os Estados desses Municípios
TRAMANDAÍ - O carro chefe da Festa Nacional do
Peixe é a tainha assada na brasa. Anualmente são
vendidas dezenas de toneladas do produto. Para isto a
Prefeitura de Tramandaí realiza licitação para a compra
do produto pelo menor preço.
Este ano, a prefeitura comprou 40 toneladas de
tainha ao preço de R$ 9,40 o kg, totalizando R$ 39.760,00.
A empresa que fornecerá o produto é a Iolita Carvalho
Laureano- PPE.
A tainha servida durante a festa tem em média de 1,5
a 2 kg. Segundo o secretário de Turismo de Tramandaí,
Rojoel Simas do Amaral, o preço de venda ao consumidor ainda não foi definido, mas deve ficar entre R$ 35 e
R$ 40,00. A tainha vem acompanhada de alface e
tomate e pães.
A 27ª Festa Nacional do Peixe de Tramandaí ocorre
de 29 de junho a 24 de julho, se sexta a domingo.
Quando os municípios colocarem em dia as informações voltam a receber os recursos
foram notificados pelo governo federal em relação
ao prazo para o cumprimento das Resoluções da
CIT e CNAS 01/2013 e a
Portaria do Ministério do
Desenvolvimento Social
134/2013. Os gestores deveriam comprovar 25% da
capacidade de atendimento estabelecido para cada
Município, pactuada em
termo de aceite.
No Rio Grande do Sul
17 municípios estão incluídos na lista, sendo dois do
litoral Norte: Osório e Dom
Pedro de Alcântara. Osório recebe mensalmente R$
37.500,00 e Dom Pedro de
Alcântara R$ 27 mil.
FrenteParlamentardebateaPesquisaAgropecuária
A sétima audiência pública da Frente Parlamentar em
Defesa da Pesquisa Agropecuária Gaúcha será realizada no
auditório do IFRS (Instituto Federal do RS) – Campus Osório,
na sexta-feira (24), às 9h. Esta será a segunda audiência
pública de 2016, sendo que a primeira aconteceu em Três
Passos, reunindo além de entidades, lideranças, empresas e
comunidade ligada ao setor.
Desde de 2014 o grupo coordenado pela deputada estadual Zilá Breitenbach (PSDB) se reúne, sendo que as audiências públicas iniciaram em 2015 após a instalação da Frente em
junho, estimulando o melhor aproveitamento de pesquisas
agropecuárias nos diferentes sistemas produtivos, e buscando informações de cada região sobre as necessidades na área.
Segundo a presidente da Frente o trabalho tem sido
estimulante uma vez que algumas metas propostas já vêm
sendo alcançadas, como a integração entre órgãos e institui-
ções ligadas ao setor, para obter um melhor aproveitamento
das pesquisas já prontas, assim como a formação de parcerias
para pesquisas que atendam as necessidades de cada região.
“No último mês em Três de Maio, foi firmado Termo de
Cooperação Técnica entre a Sociedade Educacional Três
de Maio (SETREM) e a Fundação Estadual de Pesquisa
Agropecuária (FEPAGRO), para viabilizar a execução de
pesquisas, transferência de tecnologias e experimentos
vinculados a atividades agropecuárias. Esta aproximação entre os órgãos e instituições de pesquisa mais a
integração com a extensão rural e assistência técnica,
possibilitará que este instrumento chegue lá na ponta, no
agricultor, aumentando sua produtividade e muitas vezes reduzindo custos, ou realizando um melhor aproveitamento da matéria-prima, gerando mais renda”, argumenta a
deputada Zilá.
A 27ª Festa Nacional do Peixe terá várias atrações musicais famosas
POLICIAL
Sábado, 18 de junho de 2016
5
PRF e BM realizam operação BrigadaMilitardeTorres
realizaOperaçãoAvante
conjunta na BR-101
Na madrugada desta quinta-feira,
16/07, a PRF e a BM realizaram ação
integrada de combate a criminalidade,
na BR-101, em Osório.
Durante a ação, foram presos dois
homens com mandado prisão em aberto,
outra prisão realizada por porte ilegal de
arma de fogo, e um condutor também
acabou preso por fazer uso de CNH
falsa, e foi lavrado um Termo Circunstancial por posse de entorpecentes, além
de serem constatadas diversas infrações de trânsito. Dois veículos foram
removidoS a ao depósito.
Todos os condutores fiscalizados na
operação realizarem o teste de etilômetro, reforçando a ação dos órgãos de
trânsito no combate a embriaguez ao
volante.
As ações integradas de combate ao
crime estão sendo intensificadas no estado do Rio Grande do Sul. A PRF e as
forças policiais do estado realizarão esse
tipo de operação em outros locais do
estado.
Nesta Segunda-feira (13), a Brigada Militar realizou
Operação Avante, com a finalidade de cumprir mandados de prisão. Em Torres foi preso A.F.C., 50 anos,
contra o qual existia uma mandado de prisão expedido
pela comarca de Torres no ano de 2014, pelo crime de
estupro. No município de Arroio do Sal, restou presa
C.S.S., 43 anos, sendo o mandado de prisão correspondente ao crime de tráfico de drogas. Também no
município de Arroio do Sal a guarnição da Brigada
Militar compareceu no endereço de D.O.S., 21 anos,
onde fez contato com sua mãe, que informou que ele
estava residindo em São Francisco de Paula. Foi orientada a telefonar para o seu filho a fim de que comparecesse no posto policial daquele município para apanhar
um ofício do fórum. D.O.S. compareceu na Brigada
Militar de São Francisco de Paula e foi preso em razão
de haver contra ele mandado de prisão. A operação
contou com o apoio de uma guarnição do Pelotão de
Operações e do Centro de Formação Aeropolicial. A
Operação Avante é realizada em todo o estado e visa a
combater os principais índices de ocorrência por região.
A PRF e as forças policiais do estado realizarão esse tipo de operação em outros locais
do estado.
BrigadaMilitardeTorres
recuperaveículofurtado
Doisindivíduospresosporembriaguesaovolante
Domingo (12), às 4h00min uma viatura foi despachada para atender um acidente de trânsito próximo a Loja
Adelino, chegando ao local foi constatado que o condutor do veículo Siena, de cor vermelha, estava com
visíveis sinais de embriagues. O condutor negou-se a
fazer o teste do bafômetro. O condutor com sinais de
embriagues foi levado ao posto de emergência para que
fosse submetido a um exame clínico, enquanto a outra
viatura ficou no local do acidente, que era um local de
risco, pois o poste em que o condutor chocou-se estava
caído na via pondo em risco os demais condutores que
passavam no local. Apesar do local ter sido sinalizado
com cone reflexivo e a viatura com o giro flash ligado,
outro condutor acabou chocando com a viatura. Seu
veículo foi lavrado com os documentos pertinentes e
submetidos, o policial militar motorista da viatura, e o
condutor do veículo, que promoveu o acidente, ao exame
do bafômetro sendo constatado alto índice de embriagues alcoólica. O motorista foi preso em flagrante e
encaminhado a DP para providências.
Dois acidentes e duas prisões por embriagues no trânsito
Nesta terça-feira (14), a Brigada Militar de Torres
recuperou um veículo, uma caminhonete S10 de cor
branca, que havia sido furtado em Dom Pedro de
Alcântara. Na caçamba do veículo havia um cofre com
a porta arrombada. A guarnição isolou o local e a perícia
foi acionada.
6
Sábado,18 de junho de 2016
CÁCERES
A localização privilegiada - às margens do rio Paraguai - faz de Cáceres um ponto perfeito para a partida
de barcos pesqueiros. Tal característica garantiu à
cidade a realização de um dos maiores torneios do Brasil,
o Festival Internacional de Pesca, que acontece entre o
final do mês de abril e o início de maio. Além da
competição embarcada, a programação do evento
reúne feira náutica e shows.
Quem não pesca, também se diverte! Tem passeio
de barco para admirar as belezas naturais do entorno do
rio; e de chalana, para curtir uma expedição fotográfica, em especial ao pôr do sol.
Alguns passeios são guiados e contam um pouco da
história de Cáceres e do Rio Paraguai. Com sorte,
aprecia-se os ninhos de pássaros de diversas espécies
ou animais típicos do Pantanal - 50% da vegetação
da região é pantaneira. É possível, ainda, hospedar-se
em um barco hotel.
Entre uma pescaria e outra, circule pelo centro
histórico, apinhado de casarões do século 19. As suntuosas construções remetem à época em que a cidade abrigava
um dos portos mais importantes do rio Paraguai.
Nos arredores, observa-se as fazendas que produziam açúcar, cachaça e carne. Algumas propriedades
foram transformadas em hotéis e oferecem cavalgadas
pela região, entre outras atividades rurais.
Cavernas e lagoas também estão entre as atrações
de Cáceres. Inclua no roteiro as lagoas de Gaíva,
Mandioré e Uberaba; além das grutas do Barreiro e do
Quilombo. Para os mergulhadores, a beladolina Água
Milagrosa é um mistério - o fundo nunca foi alcançado.
A cidade oferece ainda trilhas para caminhada, cachoeiras, balneários, prainhas para pesca e banho...
Dolina da Água Milagrosa
A 25 km de Cáceres, escondida na região chamada
Piraputanga, a dolina Água Milagrosa é considerada um
dos melhores pontos de mergulho no Mato Grosso. Com
águas cristalinas em tom azul turquesa (ou verde esmeralda, dependendo da época do ano e da incidência do
sol), tem 50 metros de largura e mais de 180 metros de
profundidade - seu fim nunca foi encontrado.
O espelho d´água fica em uma propriedade particular
e é cercado de paredões e muita vegetação, exigindo
esforço para ser alcançado. É preciso percorrer uma
trilha leve de 850 metros em meio à mata nativa e descer
uma escadaria irregular de madeira íngreme com mais de
Passear de barco
150 degraus.
Os passeios de barco e de chalana pelo rio Paraguai
Atualmente, a dolina é aberta para mergulho autônosão acompanhados por guias, que contam a história do rio e mo, contemplação da cavidade e trilha para caminhada,
de sua importância para o desenvolvimento da cidade. Em sendo que todas requerem acompanhamento de monitor
meio às belas paisagens naturais surgem ninhos de aves e ou guia – por estar localizada em um morro de calcário,
animais típicos do Pantanal, cenários perfeitos para os é bastante frágil e exige limite máximo de visitações por
fãs de expedições fotográficas. No fim do dia, é possível dia. A propriedade também dispõe de uma pequena
acompanhar o pôr do sol das embarcações.
pousada e um restaurante de comida caseira.
VARIEDADES
TRUQUE DE MESTRE:
O SEGUNDO ATO
Após enganarem o FBI, os cavaleiros Daniel Atlas (Jesse Eisenberg), Merritt McKinney
(Woody Harrelson) e Jack Wilder
(Dave Franco) estão foragidos.
Eles seguem as ordens de Dylan
Rhodes (Mark Ruffalo), que segue trabalhando no FBI de forma
a impedir os avanços na procura
dos próprios cavaleiros. Paralelamente, o grupo planeja seu novo
ato: desmascarar um jovem gênio
da informática, cujo novo lançamento coleta dados pessoais dos
usuários. Entretanto, durante a
revelação da farsa, os próprios
cavaleiros são vítimas de um contragolpe, vindo de um inimigo desconhecido.
PIZZA DE LIQUIDIFICADOR
FÁCIL
INGREDIENTES
·1 xícara (chá) de leite
·1 ovo
·1 colher (chá) de sal
·1 colher (chá) de açúcar
·1 colher (sopa) de margarina
·1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
·1 colher (sobremesa) de fermento em pó
·1/2 lata de molho de tomate
SUGESTÃO DE RECHEIO:
·250 g de mussarela ralada grossa
·2 tomates fatiados
·azeitona picada
·orégano a gosto
MODO DE PREPARO
1.No liquidificador bata o leite, o ovo, o sal, o açúcar, a margarina, a farinha de
trigo e o fermento em pó até que tudo esteja encorporado
2.Despeje a massa em uma assadeira para pizza untada com margarina e leve
ao forno preaquecido por 20 minutos
3.Retire do forno e despeje o molho de tomate
4.Cubra a massa com mussarela ralada, tomate e orégano a gosto
5.Leve novamente ao forno até derreter a mussarela
A professora pergunta para os
alunos: - Quem é que quer ir par ao
céu? Todos levantam a mão, menos
o Joãozinho. - E você Joãozinho?
Não quer ir para o céu? - Querer eu
quero, mas a minha mãe falou que
depois da aula era para eu ir direto
para casa!
A professora da 6 a série perguntou para a turma: - Qual é a parte do
corpo humano que aumenta em 10
vezes seu tamanho quando estimulada? Ninguém respondeu, até que a
Natascha levantou, furiosa, e disse: Você não deveria fazer uma pergunta dessas para crianças da 6 a série!
Eu vou contar para meus pais, e eles
vão falar com o diretor, e ele vai
demitir você! Então, ela sentou-se
murmurando: - Cara, ela vai se meter
numa encrenca! Para o espanto da
Natascha, a professora não apenas a
ignorou, como fez a pergunta novamente! - Qual é a parte do corpo que
aumenta em 10 vezes seu tamanho
quando é estimulada? Alguém sabe?
Finalmente, Rodrigo levantou-se,
olhou em redor nervosamente, e disse:
- A parte do corpo que aumenta 10 vezes
seu tamanho quando é estimulada é a
pupila do olho. A professora disse: Muito bem, Rodrigo! - então, voltou-se
para a Natascha e continuou - E
quanto a você, mocinha, tenho três
coisas para lhe dizer: Uma, você tem
uma mente muito suja para sua idade. Duas, você não leu a sua lição de
casa. E, três, um dia você vai ficar
muito, mas muito desapontada, viu?
Três tubarões encontram-se no
Sábado, 18 de junho de 2016
7
meio do oceano e decidem tomar rumos diferentes para testar a sorte.
Combinam depois encontrar-se novamente para saber o que aconteceu a
cada um. Um dirige-se para a Espanha, outro para Miami e o terceiro vai
para Cuba. Um mês depois, os tubarões voltam a reunir-se. O que foi para
Miami diz: - Uau ! Foi uma maravilha
! Comi dois americanos, um cubano e
uma canadense. Estavam deliciosos!
- O que foi para a Espanha diz: - Vocês
nem imaginam como estão gordos os
espanhóis. Comi pelo menos nove,
sem contar as crianças... - Chega
então a vez do que foi para Cuba. Ele
está todo estropiado, magro, com o
corpo cheio de arranhões e de mordidelas. - Vocês nem queiram saber o
que me aconteceu. Quando eu apareci com a minha barbatana numa praia
de Havana, estava lá um magricela
que começou logo a gritar: Pessoal,
chegou o nosso peixe! Num instante,
tinha umas 200 pessoas a minha volta.
Por pouco não me comeram!...
Dois esqueletos, um americano e
um cubano, encontram-se. O cubano
diz ao americano, com admiração: Rapaz, que esqueleto tão baril: grande,
forte, de ossos grossos e brancos, um
tremendo esqueleto! O esqueleto americano responde: - É que eu comi muita
carne, tomei muito leite, muitas vitaminas. Mas, olhe, você ê, para um esqueleto cubano, até não está nada mal.
Você tinha direito a alguma quota
especial de comida quando estava vivo?
- Não, não. Eu ainda estou vivo!
Social
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
Osório/RS, Sábado, 18 de junho de 2016- Nº 5333 R$ 1,50
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
Em Foco
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
Siga nas redes sociais
Facebook.com/alesson.santos.7
Instagram- alessonsantos7
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
Lions Clube de Osório
empossa nova diretoria
L
uiz André Cecconello
e sua esposa, Luziele
Marques Cecconello
e demais integrantes da nova
diretoria, passam a presidir os
trabalhosdoLionsClubedeOsório, para a gestão de um ano.
Em Assembleia festiva na
noite de quinta-feira (16), foi
empossada a nova diretoria.
O vice-prefeito Eduardo Renda, integrantes do Clube local, visitantes de Capão da
Canoa, Tramandaí e Santo Antônio participaram da transmissão de posse, ocasião em que
Edilene Emerim Endress encerrou seu mandato.
○
Alesson Santos
(51)96123084
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
○
ÁRIES: Em primeiro lugar descanse e tenha ao alcance
de sua mão todos os recursos que ajudem nesse sentido. Só
depois siga em frente com as questões que precisam ser
administradas da melhor forma possível, com muito juízo.
TOURO: Antes de conversar sobre os assuntos do seu
interesse, pesquise tudo com a maior profundidade possível.
Isso vai evitar que você se engane e exija que as coisas
aconteçam de um jeito que seria impossível. Pesquise.
GÊMEOS: É importante você assegurar seus ganhos,
porém, tão importante quanto isso é compartilhá-los com as
pessoas que contribuíram para isso. A distribuição justa e
graciosa servirá para que esses ganhos continuem crescendo.
CÂNCER: Ainda que isso seja motivo de críticas, não
tenha pudor e se arrume melhor, lapidando sua aparência.
Isso não há de ser considerado algo fútil, mas essencial. A
aparência ajuda a alinhar melhor a alma interior.
O Lions Clube de Osório fica na Rua Emílio Tarago, 90, centro.
LEÃO: Guarde sua bela imaginação para você, por
enquanto. Lapide com profundidade e clareza o que você
imaginar para seu futuro sem, no entanto, compartilhar essa
visão com ninguém, pois, nada seria bem interpretado.
VIRGEM: A colaboração de todas as pessoas envolvidas se tornou essencial. Ao mesmo tempo, administrar
essa colaboração parece um bicho de sete cabeças, a cada
problema solucionado surgem outros novos para solucionar.
É assim.
LIBRA: Agora você recebe ajuda de fontes inusitadas,
mas que em pouco tempo se tornará tão familiar que parecerá
sempre ter estado por aí. Assim são as coisas, se complicam
durante muito tempo, mas num instante se resolvem.
ESCORPIÃO: Agora você terá uma visão mais ampla
dos acontecimentos e isso ajudará a tomar atitudes mais
sensatas, sábias até. Procure absorver essa amplitude da
melhor maneira possível, evitando teimar nas visões anteriores.
SAGITÁRIO: Agora você verá com clareza a necessidade de tomar atitudes ousadas para se livrar dos problemas
que, até aqui, você tentou solucionar da mesma maneira que
outrora tinha dado certo. É necessário se renovar.
CAPRICÓRNIO: A ajuda que vem por aí é necessária,
por isso, evite teimar em continuar fazendo tudo apenas com
os recursos que você poderia dominar. Receber ajuda
significa fazer concessões, significa aceitar a vulnerabilidade.
Participação de Nascimento
Os pais Michele e Assis Borges,os avós Artur e Noeli Fagundes e Bernadete e Ademar Borges, juntamente com os bisavós
Amandio e Noemi Fagundes, participam com muita alegria a
chegada de ALICE no dia 14 de junho de 2016, no Hospital
Moinhos de Vento, em Porto Alegre.
AQUÁRIO: Parece mais trabalhoso do que na prática
será. Por isso, em vez de se deixar acabrunhar por
pensamentos preocupantes, procure arregaçar as mangas o
quanto antes e se dedicar a fazer o que de todo modo terá de
ser feito.
PEIXES: O entusiasmo retorna e é fundamental para
seguir em frente. Há muito caminho para percorrer e você
precisa se munir de recursos subjetivos e objetivos para que
tudo corra da melhor maneira possível. Você pode.
○
○

Documentos relacionados

Ataque de abelhas mata duas pessoas durante

Ataque de abelhas mata duas pessoas durante de investimentos da empresa sediada em Lajeado. Atualmente, a Fruki tem capacidade de produção de 420 milhões de litros/ ano, emprega mil pessoas e tem cinco centros de distribuição instalados no E...

Leia mais