da Agenda JAN/FEV`09

Сomentários

Transcrição

da Agenda JAN/FEV`09
PROGRAMAÇÃO CULTURAL
DO NOVO CICLO ACERT
TONDELA
Nova Agenda
/nova publicação
Terminado um ciclo de quatro anos (2005/2008) em que a acert
beneficiou de um apoio quadrienal por parte do Ministério da
Cultura, em Janeiro de 2009 um Novo Ciclo se inicia.
A acert apresentou ao Ministério da Cultura uma nova
candidatura para um outro ciclo de quatro anos (2009/2012),
sobre a qual aguardamos resposta.
Uma das novas etapas desse ciclo tem que ver com a
comunicação que estabelecemos com os associados e público em
geral, e nesse campo a agenda bimestral assume, naturalmente,
uma importância fundamental. Assim, a agenda é reformulada:
mantém a divulgação das actividades previstas para os dois
meses em questão, mas assume um formato mais ligeiro e de
fácil consulta.
Remetemos a secção “Em pano de fundo”, que acolheu
diversos textos de reflexão, para uma outra publicação semestral.
Assim, em Junho e Dezembro, vão ser editados dois números da
revista “Águas Mil” – de reflexão e intervenção cultural – com
vista a discutir temas pertinentes sobre a cultura em geral e sobre
a acert em particular.
Para esta publicação foram convidados vários colaboradores,
de diferentes áreas de intervenção/reflexão, que vão com toda a
certeza enriquecer o debate.
Edição: acert,
Associação Cultural e Recreativa de Tondela
Rua Dr. Ricardo Mota
Apartado 118
3461-909 Tondela
t: 232 814 400 / f: 232 814 409
email: [email protected]
site: www.acert.pt
Estrutura apoiada por
Paginação: acert, Zétavares
Revisão: Ana Isabel Martins
Pré-impressão e Impressão: Organigráfica
Nº exemplares: 2500
Impresso em Dezembro de 2008
Parceiros acert
Parceiros acert
Canifeli
Ginado
Sérgio Caetano da Cruz Ferreira
Casa Machado
Linova
Talho João Fernandes
Esferagráfica
Musifesta
Vetdinha
Farmácia Horta
Restaurante Montanha
Visturauto
Florista Lucinda & Ribeiro, Lda
Restaurante Passadiço
Frutas Cruz
Restaurante Prato D’ouro
Apoio na Divulgação
A acert apresentou a candidatura ao Concurso
de Apoios Directos do Ministério da Cultura para
o quadriénio 2009-20012. Iniciou-se a 19 de
Dezembro a apreciação das candidaturas pelas
respectivas comissões (estando previsto um
período de 60 dias para esse efeito).
O Plano de Actividades apresentado para
2009 propõe na criação teatral, através do Trigo
Limpo teatro acert:
A Queima e Rebentamento do Judas 09 “Noves fora nada”, a 11 de Abril, antecedida pelas
Oficinas de construção de 5 a 11 de Abril.
A co-produção com o Festival Imaginarius de
“A fantástica história de uma criança chamada
Pinóquio”, espectáculo teatral de rua baseado no
conto de Carlo Collodi e na criação de um engenho
cénico a partir das primeiras ilustrações do boneco. A estreia está prevista para 29 de Maio, em
Santa Maria da Feira, apresentando-se depois em
Tondela durante o Tom de Festa e em Bragança na
Bienal da Máscara.
A adaptação a teatro do último livro de Mia
Couto, “Venenos de Deus, Remédios do Diabo”,
para estrear no Finta 09 e a criação de um espectáculo de teatro para todos com grande capacidade de circulação.
Mantemos em reposição “A Cor da Língua”,
“Chovem Amores na Rua do Matador”, “Golpe
d’Asa” e “circOnferências”.
Para a programação cultural do Novo Ciclo,
nas várias áreas artísticas, a estratégia passa por
“desfestivalizar” e tornar mais contínua a programação regular. Propomos assim uma calendarização da actividade que imprima mais coerência
às iniciativas de base regular e propomos a realização de 3 grandes eventos anuais (Judas, Tom de
Festa e Finta) e um bienal (Jazzin’ Tondela a realizar em 2010 e 2012).
Em 2009 o Tom de Festa é de 13 a 18 de Julho
e o Finta de 30 de Novembro a 5 de Dezembro.
Desconhecemos ainda o apoio que será concedido. Acreditamos, porém, que este merecerá
o alargamento solicitado, porque posto ao serviço de um projecto instalado no interior do país
que continua a colocar Tondela no mapa cultural
nacional, evidenciando a cultura como factor de
desenvolvimento.
200o e nove
A
mar o que se tem feito e estar convicto de que se cumpriu mais um
ano de paixões partilhadas com
outros grupos, criadores e, de forma particular, com um público que, por de nós gostar, nos exige constante inovação e capacidade de invenção, produção e divulgação
artísticas.1
C
riar laços associativos susceptíveis de atrair e fixar novos públicos, bem como de aprofundar a
sua participação. Este esforço prende-se
naturalmente com a inventiva imaginativa que produz a beleza e a felicidade, não
sendo uma componente exclusiva da “cultura”, mas uma parte essencial de qualquer actividade onde cada um investe o
melhor de si.2
E
sperar – continuar a esperar! – por
uma política capaz de reconhecer práticas fundamentais para o
desenvolvimento cultural e artístico do
país. Trata-se, no fundo, da afirmação
de um serviço público que, longe de ser
considerado uma despesa, represente a
valorização de uma sociedade do conhecimento e do direito à cultura.3
Artigo 78.º - Fruição e criação cultural
1. Todos têm direito à fruição e criação cultural, bem como o
dever de preservar, defender e valorizar o património cultural.
2. Incumbe ao Estado, em colaboração com todos os agentes
culturais:
a) Incentivar e assegurar o acesso de todos os cidadãos aos
meios e instrumentos de acção cultural, bem como corrigir as
assimetrias existentes no país em tal domínio;
b) Apoiar as iniciativas que estimulem a criação individual e
colectiva, nas suas múltiplas formas e expressões, e uma maior
circulação das obras e dos bens culturais de qualidade;
c) Promover a salvaguarda e a valorização do património
cultural, tornando-o elemento vivificador da identidade cultural
comum;
d) Desenvolver as relações culturais com todos os povos, especialmente os de língua portuguesa, e assegurar a defesa e a
promoção da cultura portuguesa no estrangeiro;
e) Articular a política cultural e as demais políticas sectoriais.
3
Artigo 42.º - Liberdade de criação cultural
1. É livre a criação intelectual, artística e científica.
2. Esta liberdade compreende o direito à invenção, produção
e divulgação da obra científica, literária ou artística, incluindo a
protecção legal dos direitos de autor.
1
Artigo 46.º - Liberdade de associação
1. Os cidadãos têm o direito de, livremente e sem dependência
de qualquer autorização, constituir associações, desde que estas não se destinem a promover a violência e os respectivos fins
não sejam contrários à lei penal.
2
R
otina é o que não desejamos que
se instale por estas bandas, orientando-nos antes pela vontade de
renovar e aprender, no sentido de impedir que o comodismo ou o marasmo se
apoderem das nossas iniciativas e pensamento.4
T
empo de vacas magras é a sucessão
dos momentos, horas, dias e anos
em que continua a desenrolar-se
a história da acert, apesar dos múltiplos
reconhecimentos públicos prestados à sua
actividade. É, para nós, vital que o público consiga entrever no nosso trabalho um
claro sinal de resistência, apenas possível
de atingir através de uma acção continuada e empenhada.5
4
Não estando totalmente explícito na Constituição, este
constitui um preceito básico fulcral de todas as práticas humanas: para se ser feliz há que correr riscos e ser ousado em tudo
onde se investe com afinco.
5
Contrariamente ao “tempo de vacas gordas”, ou seja, à sucessão dos momentos, horas, dias e anos em que alguns podem
viver despudorada e impunemente, determinando que, para a
maioria, subsista o “tempo de vacas magras”.
prono
grvo
amaçãoci
janclo
/fevacert
’09
21:45 / AUDITÓRIO 1 / SÁBADO 24 JAN’09 / DANÇA
QUI E SEX 22 E 23 JAN’09 / 10:30H E 14:30H / AUD. 1
Noite de Reis
Companhia Paulo Ribeiro
Uma obra magistral de Shakespeare numa adaptação repleta
de vida e originalidade.
A partir do texto “Noite de Reis”, da autoria de um dos maiores
dramaturgos da literatura universal, John Mowat e Leonor Keil
constroem um espectáculo memorável.
Confusão, caos, troca de identidade, intriga, amor, luxúria, embriaguez, comportamento desenfreado, artimanha,
demência, sedução e lascívia unem-se numa interpretação
que dá vida a um rol de personagens cómicos, inclusive a um
cão.
A realidade transfigura-se em Teatro, ou não fosse verdadeira a máxima, cunhada pelo próprio Shakespeare, de que “o
mundo inteiro é um palco”.
Encenação: JOHN MOWAT / Interpretação: LEONOR KEIL
CAFÉ-CONCERTO / SÁBADO 24 JAN’09 / 23:30 / BAR NOVO CICLO
Totem
NARF
Uma intensa noite de
canções… com o toque de
muitos amigos.
Árabes, flamengas, brasileiras ou africanas, são inúmeras as origens destas músicas. Talvez por isso elas representem a identidade mais sintética do cantor e compositor galego que dá nome
ao projecto: FRAN – o avesso (ou o direito?) de NARF. A sonoridade faz-se, então, marca distintiva deste artista impressionista,
Fran Peréz, que tenta seduzir o público pelo travo tão doce quanto
contemporâneo das suas criações.
Assinalando 20 anos de um caminho inspirado, hoje e sempre,
por nada mais do que o amor à arte, “Totem” parece encerrar o
canto delicado e o berro atroz, o choro de um menino, o beijo de
um amante e os olhos no futuro. Ou não fosse, aqui, o amor o que
mais dá e o que mais nos dói.
Eis o novo trabalho de um velho companheiro de viagem: um
artista galego que divide a sua actividade entre o Teatro e a Música. Após o grande êxito de “Só Tambor”, chega um disco repleto
de melodias pop que dão forma a sons de todo o mundo, e que
trará ao Novo Ciclo diversos “cúmplices artísticos”, num espectáculo que se espera memorável.
Voz e Guitarra: FRAN PÉREZ / Percussões: QUINÉ / Baixo: ZÉ LIMA
DE 24 JAN A 19 FEV’09 / GALERIA NOVO CICLO ACERT / EXPOSIÇÃO DE PINTURA
Adoptando como tema central as lutas de Sumo no
Japão, este trabalho resulta de um projecto desenvolvido pelo autor nos últimos três anos, que incluiu uma
estada em Tóquio apoiada pela Fundação Oriente.
Sobre um tronco de pirâmide de base quadrada em adobe (doyho), implantado de acordo com
as orientações dos pontos cardeais, dois lutadores
(Rikishi) com olhares fixos e gestos contidos tentam
afastar o seu forte oponente de um círculo com 450
cm de diâmetro – daí o título da exposição.
O olhar atento do artista procura fixar o ritual
em todos os seus momentos cerimoniais, agilidade
e precisão, através de uma técnica pouco comum, a
“encáustica”: cera virgem de abelha combinada com
uma série de materiais (alcatrão, pó de pedra, látex,
betume judaico, entre muitos outros). Ingredientes
que lembram usos culinários, numa receita que procura evidenciar esta tradição ancestral em toda a sua
nobreza.
Diâmetro 4 e ½
Paulo Robalo
Um conjunto de pinturas e desenhos numa
abordagem plástica peculiar da cultura
japonesa.
CONVERSAS / QUINTA 29 JAN’09 / 21:30 / BAR NOVO CICLO ACERT
Binaural
o “vizinho”
de Nodar
Conversas
sem Muros
nem Ameias
Às Quintas-feiras
voltamos a… “tertuliar”.
Retomamos o gosto da conversa com convidados que a propósito de um qualquer projecto, seja de um livro ou de uma associação, vêm partilhar um sonho connosco. Nesta primeira Quinta-feira temos um projecto “vizinho”, de Nodar, S. Pedro do Sul.
Uma experiência nova, interessantíssima, cujos protagonistas e
propósitos ficaremos a conhecer a troco de uma conversa.
“A decisão de iniciar um centro de residências artísticas em
Nodar foi motivada pela vontade dos membros da Binaural, um
colectivo de artistas contemporâneos dedicados às artes media,
em aprofundarem a investigação sobre as possibilidades de
uma prática artística exploratória em estreita interacção com um
contexto específico rural e em lançar as bases de uma plataforma
de troca regular de ideias e de práticas com artistas e organizações
internacionais actuando na mesma área.
D esde Março de 2006 que residiram temporariamente em
Nodar várias dezenas de artistas contemporâneos, os quais
desenvolveram projectos artísticos em ligação com o espaço e as
comunidades locais. Memória colectiva, lendas e mitos, identidade,
género e idade, topografia, toponímia, música, património sonoro,
paisagem, vegetação, água e fogo, dinâmicas de consumo e de ócio,
artefactos e utensílios, vida e morte, língua, agricultura e pastorícia,
foram alguns das realidades que serviram de base para a concepção
e realização dos projectos artísticos.
O Centro programa ao longo do ano diversos módulos de residências
(…) No final de cada módulo de residências é organizada uma
sessão pública na aldeia, onde os diversos projectos artísticos são
apresentados e comentados pelos artistas e pela organização.”
AUDITÓRIO 1 / 10.30 E 14.30 / QUARTA 4 FEV’09 / TEATRO PARA ESCOLAS
O conhecido conto dos Irmãos Grimm, onde duas crianças são
abandonadas pelos pais na floresta, num momento de grande crise e fome e que ali encontram uma casa construída de doces cuja
dona os tornará prisioneiros, serviu como estrutura da dramaturgia e da encenação do espectáculo.
O espectáculo potencia o tema do abandono, que se traduz na
angústia que atormenta as crianças. Foi reelaborado e redimensionado artisticamente, tendo também valorizado outros temas
subjacentes, como a união e colaboração entre as crianças (os
irmãos), e, a sua coragem e perspicácia na resolução dos problemas que parecem irremediáveis.
O fascínio deste conto de fadas atinge a sua maior fantasia
na sedução de uma casa feita de doces, a fome das crianças e o
momento ritual da refeição, imagem que continuará sempre presente na memória de quem ouviu este conto.
Texto: IRMÃOS GRIMM
Encenação e Texto Dramático: JOSÉ CALDAS
Música de Cena: MIGUEL RIMBAUD
Elenco: LUIS OLIVEIRA, PATRÍCIA FERREIRA, VÂNIA FERREIRA E XICO ALVES
Cenografia e Figurinos: MARCELLO CHIARENZA E JOSÉ CALDAS
Desenho de luz: JOSÉ CALDAS E NUNO TOMÁS
Operador de luz: NUNO TOMÁS
Quem
come a
minha
casinha
Jangada Teatro
Hansel e Gretel
O regresso ao Novo Ciclo de
uma companhia com um longo
trajecto de parceria com a ACERT
CONCERTO / SÁBADO 14 FEV’09 / 21:45 / AUDITÓRIO 1
Peste&Sida
O regresso de um dos mais carismáticos
projectos do rock em português.
Na comemoração dos vinte anos do álbum “Veneno”, os
Peste&Sida prometem um grande concerto na acert,
integrado numa mini-tournée que vai percorrer alguns
dos espaços mais emblemáticos do país. Uma festa do
rock’n’roll, onde se recordarão os muitos êxitos da banda,
desde o famoso “Gingão” ao inesquecível “Furo na Cabeça”, e que tornará o Dia de S. Valentim ainda mais intenso e emotivo!
Guitarra baixo: JOÃO SAN PAYO / Guitarra: JOÃO ALVES /
Bateria: MARTE CIRO / Voz: JOÃO PEDRO ALMENDRA
GALERIA NOVO CICLO ACERT / 21 FEV A 19 MAR’09 INSTALAÇÃO
Trata-se de uma peça na qual o artista procurou abordar um dos
temas recorrentes na sua obra, sempre sensível à questão dos
Direitos Humanos: em particular, o da igualdade e acesso de todos
à Liberdade, Justiça e Dignidade.
Concebida especificamente para a Galeria Novo Ciclo acert
e inspirando-se num poema da autoria do escritor Carlos de Oliveira*, Carlos No criou uma instalação com alguma componente
cénica na qual procurou, tirando o máximo partido das características físicas da sala, ter em conta o local onde esta é apresentada
– a Associação Cultural acert que tem por génese a criação de
um espaço ligado ao teatro.
O título da peça é uma escolha intencional pela sua ambivalência de sentidos e significados. “Solarium” é o étimo latino da
palavra “solário”, que em português pode significar duas coisas:
um lugar onde se apanham banhos de sol ou o tributo que as propriedades rústicas pagavam no império romano.
*“A noite é a nossa dádiva de sol aos que vivem do outro lado
da Terra”
“Provérbio”, in Terra de Harmonia (1950)
Carlos No
Solarium
A expor pela primeira vez em
Tondela, o artista plástico Carlos
No apresenta uma instalação
inédita intitulada “Solarium”.
AUDITÓRIO 1 / 21:45 / SEXTA 20 FEV’09 / CONCERTO
Bunnyranch
“Teach us Lord… How to Wait”
Está de volta a banda conimbricense que conquistou já um
lugar cativo no panorama do rock’n’roll português.
Um concerto que se adivinha tão explosivo e carismático
como a própria formação, que nos apresentará o seu mais
recente trabalho, “Teach us Lord… How to Wait”, editado em
2008 numa parceria Lux Records/Sony Bmg.
Gravado nos HED Studios em Nova Iorque, com a co-produção de Ivan Julian – guitarrista de bandas como Richard Hell
& the Voidoids e The Clash –, este álbum veio no seguimento
de uma grande digressão nos Estados Unidos.
Nascido em 2001, em Coimbra, o grupo Bunnyranch lançou o primeiro registo discográfico (“Too Flop to Boogie”) um
ano mais tarde, o que lhe garantiu a selecção para a compilação “Pop Up Songs/Optimus Novos Talentos” – catapulta
para diversos palcos nacionais.
Em 2004 surge “Trying to Lose”, trabalho que marca a
consagração da banda, numa digressão com paragem obrigatória nos Festivais de Verão Sudoeste e Paredes de Coura. Hoje estes artistas contam já com inúmeras actuações no
estrangeiro (Espanha, Holanda, Inglaterra, entre outros países…), para além de terem uma legião de fãs em Portugal.
Bateria e voz: KALÓ / Piano: FILIPE COSTA / Baixo: PEDRO CALHAU
/ Guitarra: ANDRÉ FERRÃO
TEATRO / SÁBADO 21 FEV / 21:45 / AUDITÓRIO 1
Médico
à força
Cooperativa
Bonifrates
Uma peça que celebra e denuncia a
mentira – como só o Teatro o sabe
fazer…
CINEMACERT
Soam as pancadas de Molière e entra em cena uma peça
baseada num texto de… Molière. Depois de um episódio
doméstico com a sua esposa, algures entre a violência e a
sedução, Esganarelo é envolvido numa trama urdida por ela:
em jeito de vingança, Martinha fá-lo passar por um médico
famoso, capaz de curar a mudez da filha do senhor Géronte. Esganarelo não resiste ao apelo do dinheiro, tal como não
resiste aos encantos da criada Jacqueline, o que não agrada
nada ao marido desta, Lucas. Porém, a filha do velho viúvo
não está, de facto, doente: antes procura contrariar a ganância paterna e casar com quem realmente ama – um homem
de expedientes duvidosos, mas de futuro auspicioso. Todos
enganam todos, todos escondem alguma coisa…
Texto: MOLIÈRE / Encenação: JOÃO PAULO JANICAS /
Interpretação
Esganarelo: FRANCISCO PAZ; Martinha: ALEXANDRA SILVA; Sr.
Roberto e Thibaut: JOSÉ MANUEL CARVALHO ; Lucas: ALEXANDRE
VENTURA; Valério: VÍTOR CARVALHO; Géronte: FERNANDO TABORDA;
Jacqueline: ALEXANDRA MASCARENHAS; Leandro: RUI DAMASCENO;
Lucinda: ALEXANDRA GASPAR; Perrina: CARLA MIGUEL
A partir de Janeiro de 2009
o Cinemacert inícia as sessões
da noite às 21:30
CINEMA FIM-DE-SEMANA
CINEMA FIM-DE-SEMANA
3 e 4 Jan, às 21:30; 4 também às 16:00
10 e 11 Jan, às 21:30; 11 também às 16:00
17 e 18 Jan, às 21:30; 18 também às 16:00
24 e 25 Jan, às 21:30; 25 também às 16:00
A Dupla Face da Lei
Ensaio Sobre a Cegueira
Amália
Realizador: JON AVNET
Actores: ROBERT DE NIRO, AL PACINO, 50 CENT
Realizador: FERNANDO MEIRELLES
Actores: JULIANNE MOORE, MARK RUFFALO, GAEL GARCIA
BERNAL, ALICE BRAGA E DANNY GLOVER
O Dia em que a Terra
Parou
Ano: 2008 – M/12 – 101 minutos – EUA
Ano: 2008 – M/16 – 111 minutos – Brasil, Canadá e Japão
Turk e Rooster são dois veteranos da Polícia de
Nova Iorque, agentes há 30 anos, dispostos a
tudo excepto a pedirem a reforma – um dia que
inevitavelmente chegará. Quando um assassino
começa a matar vários criminosos fugidos à justiça seguindo o modus operandi de um serial killer
que tinham prendido anos antes, Turk e Rooster
questionam-se se não se terão enganado e posto o homem errado atrás das grades. Os detectives Perez e Riley tentam ajudá-los a resolver o
caso, mas o tenente Hingis começa a temer que
um polícia possa estar implicado.
Uma cidade é devastada por uma misteriosa epidemia de cegueira, uma cegueira branca, leitosa,
inexplicável e aparentemente incurável. Os primeiros indivíduos afectados são colocados em
quarentena num hospital abandonado. Entregues
a si próprios, o sentido primitivo da sobrevivência
desperta e o grupo entra em colapso, com os mais
fortes a cometerem actos atrozes sobre os mais
fracos. A única testemunha é uma mulher que não
foi tocada pela cegueira, a mulher do médico, que
resolveu acompanhá-lo. É a única que os pode
guiar, fazer escapar aos instintos mais vis.
Realizador: SCOTT DERRICKSON
Actores: KEANU REEVES, KATHY BATES, JENNIFER
CONNELY
Ano: 2008 – M/12 – 92 minutos - EUA
Klaatu é um extraterrestre com uma aparência
humana que aterra num centro comercial, provocando uma série de incidentes. No hospital para
onde os militares o levam, e enquanto Governo
e cientistas tentam desesperadamente perceber os seus mistérios, a doutora Helen Benson
consegue estabelecer contacto com o alienígena. E aí percebe que ele foi enviado à Terra com
uma missão: a de salvar o planeta. Porém, quando
lê em Washington as palavras de Lincoln, percebe que os humanos ainda podem ter esperança.
Uma nova versão a não perder do clássico de ficção científica de 1951, realizado por Robert Wise.
Realizador: CARLOS COELHO DA SILVA
Actores: SANDRA BARATA, JOSÉ FIDALGO, ANA PADRÃO,
MARIA JOÃO ABREU, ANTÓNIO PEDRO CERDEIRA,
RICARDO CARRIÇO
Ano: 2008 – M/12 – 127 minutos – Portugal
História da mítica diva do fado, desde a infância
até à sua consagração, passando pela precoce
separação dos pais, a indiferença da mãe, a morte da irmã Aninhas, a relação com a irmã Celeste
e os primeiros passos da sua carreira. Retratados aparecem também os seus amores e desamores: a primeira grande paixão pelo guitarrista
Francisco Cruz, a ruptura do primeiro casamento, a relação com o playboy Eduardo Ricciardi e
a admiração do banqueiro Ricardo Espírito Santo. Trata-se, em suma, de uma vida marcada
pelo sucesso (conquista dos palcos nacionais e
estrangeiros, desde o Olympia francês ao Coliseu no pós-25 de Abril), mas também repleta de
tragédia (as traições, a doença, a constante presença da morte).
CINEMA FIM-DE-SEMANA
CINEMA À QUARTA
31 Jan e 1 Fev às 21:30, 1 também às 16:00
7 Jan, às 21:30
14 Jan, às 21:30
Austrália
Gomorra
Paris
Realizador: BAZ LUHRMANN
Actores: NICOLE KIDMAN, HUGH JACKMAN, DAVID
WENHAM
Realizador: MATTEO GARRONE
Actores: TONI SERVILLO, GIANFELICE IMPARATO, MARIA
NAZIONALE, SALVATORE ABRUZZESE, CIRO PETRONE
Realizador: CÉDRIC KLAPISCH
Actores: JULIETTE BINOCHE, FABRICE LUCHINI, ALBERT
DUPONTEL, FRANÇOIS CLUZET
Ano: 2008 – M/12 – Austrália / EUA
Ano: 2008 – M/16 – 137 minutos – Itália
Ano: 2007 – M/12 – 130 minutos – M/12 - França
Uma aristocrata inglesa, Lady Sarah Ashley, viaja para a Austrália, onde o marido – desesperado
por dinheiro – prepara a venda do seu último bem:
uma quinta chamada “Faraway Downs”. Aí descobre que o responsável pela propriedade, Neil
Fletcher, tem uma parceria com o maior proprietário de gado, King Carney, para roubar as suas
terras. Unindo forças com um rude e mal-educado
vaqueiro, “o Condutor”, e juntamente com Nullah,
uma encantadora criança aborígene que surge de
repente na sua vida, Sarah tenta lutar pelo que é
seu. Embarca então numa viagem mágica pelo
mais antigo continente do mundo, na qual tudo
se complica com a chegada da Segunda Guerra
Mundial…
Poder, dinheiro e sangue: são estes os “valores”
com que os residentes da província de Nápoles e
Caserta se confrontam todos os dias. Forçados a
obedecer às regras infernais da Camorra napolitana, não têm escolha e apenas uns poucos se
podem dar ao luxo de pensar em levar uma vida
normal. Nesta magnífica produção, que conquistou o Prémio Especial do Júri em Cannes, cruzam-se cinco histórias sob o pano de fundo de
um mundo inventado, mas profundamente enraizado na realidade.
Um parisiense adoece e questiona-se sobre a sua
morte iminente, que lhe dá um novo olhar sobre
as pessoas com quem se cruza e a cidade onde
vive. Agricultores, uma padeira, uma assistente
social, um dançarino, um arquitecto, um professor, uma modelo, um clandestino dos Camarões:
todos eles desfilam pelo grande ecrã. Embora não
pareçam excepcionais e os seus problemas aparentem ser insignificantes, cada um revela uma
história verdadeiramente única.
CINEMA À QUARTA
CINEMA À QUARTA
21 Jan, às 21:30
28 Jan, às 21:30
4 Fev, às 21:30
11 Fev, às 21:30
Do outro lado
Quatro Noites
com Anna
A Turma
The Lovebirds
Realizador: LAURENT CANET
Actores: FRANÇOIS BEGAUDEAU, ESMERELDA OUERTANI,
FRANCK KEITA, WEI HUANG, HENRIETTE KASARUHANDA,
CARL NANOR, RACHEL REGULIER, JEAN-MICHEL
SIMONET
Realizador: BRUNO DE ALMEIDA
Actores: MICHAEL IMPERIOLI, JOHN VENTIMIGLIA, JOAQUIM
DE ALMEIDA, ROGÉRIO SAMORA, MARCELLO URGEGHE
Ano: 2008 – 128 minutos – M/12 – França
Seis histórias labirínticas e fragmentadas de-senrolam-se em simultâneo na noite lisboeta. Falando de amor, paixão e desejo, esboçam o retrato da
cidade comovente e nostálgica, “triste e alegre”, de
que tão bem falava Álvaro de Campos. No metro,
um americano cruza o seu olhar com o de uma
rapariga e não resiste a persegui-la pelos becos
de Alfama, na lembrança da sua mulher, já falecida. Dois malandrins sem eira nem beira dedicamse a pequenos roubos e não sabem se querem ser
amigos ou separar-se. Um realizador faz um filme
sobre boxe, sabendo que aquele será o seu último
combate. Um arqueólogo que um dia chegou a Lisboa, e que por lá continua muitos anos depois, não
abandona as suas escavações nem sequer à noite. Um taxista emigrante está apaixonado por uma
prostituta, que assassina para logo em seguida ajudar uma jovem a dar à luz. Um piloto vê-se envolvido numa embaraçosa situação extraconjugal.
Realizador: FATIH AKIN
Actores: BAKI DAVRAK, NURSEL KOSE, HANNA
SCHYGULLA, TUNKEL KURTIZ, NURGUL YESILÇAY,
PATRYCIA ZIOLOWSKA
Ano: 2007 – 122 minutos – Alemanha / Turquia
Nejat desaprova a escolha do seu pai, viúvo, em
viver com uma prostituta, mas começa a gostar
de Yeter ao descobrir que esta manda dinheiro
para os estudos universitários da filha Ayten, na
Turquia. Com a morte súbita de Yeter, Nejat viaja
para Istambul para tentar encontrar Ayten, activista política que fugiu da política turca e já se
encontra na Alemanha. Aí torna-se amiga de Lotte, que a convida para ficar em sua casa – gesto
que desagrada à sua conservadora mãe, Susanne.
Quando a rebelde é deportada e enclausurada no
seu país natal, após ver negado um pedido de asilo, a jovem amiga faz tudo para a tentar libertar…
Realizador: JERZY SKOLIMOWSKI
Actores: ARTUR STERANKO, KINGA PREIS, JERZY
FEDOROWICZ, REDBAD KLIJNSTRA
Ano: 2008 – M/12 – 87 minutos – Polónia
Léon Okrasa trabalha no crematório de um hospital polaco e no passado foi testemunha de uma
brutal violação. A vítima, Anna, é uma jovem
enfermeira que trabalha na mesma instituição.
Dia e noite, León distrai-se a espiar Anna mas,
não satisfeito, acaba por esgueirar-se para dentro
do seu quarto e passar a noite sentado na cama
a olhar para ela, iluminada apenas pelo luar. A
obsessão cresce e as visitas nocturnas sucedemse. Pouco a pouco, Léon começa a influenciar a
vida da amada: cose um botão, arranja o relógio
partido, retira do frigorífico a comida estragada. Anna começa a notar que coisas estranhas
acontecem. Mas até onde irá a obsessão ou o
amor de Léon?
O professor François e os seus colegas preparamse para um novo ano escolar no liceu de um bairro
problemático em Paris. Cheios de boas intenções,
estão decididos a não deixarem que o desencorajamento os impeça de tentar dar a melhor educação aos seus alunos, cujas culturas e atitudes
frequentemente colidem dentro da sala de aula
naquele microcosmos da França contemporânea.
Apesar de divertidos e inspiradores, os adolescentes acabam, com o seu comportamento, por pôr
em causa o entusiasmo dos docentes, que ainda
por cima são mal remunerados. François insiste
numa atmosfera de respeito e empenho, demonstrando uma extravagante franqueza sem ser ragubento ou inflexível. Porém, a ética das suas lições
é posta à prova quando os estudantes começam a
desafiar os métodos do professor…
Ano: 2007 – 83 minutos – Portugal / EUA
CINEMA À QUARTA
18 Fev, às 21:30
25 Fev, às 21:30
Joy Division
A Fronteira
do Amanhecer
Realizador: GRANT GEE
Ano: 2007 – 93 minutos RU / EUA
No dia 4 de Junho de 1976, quatro rapazes de
Manchester foram assistir a um concerto dos Sex
Pistols e formaram aquela que viria a ser uma das
bandas mais influentes da música popular – os
Joy Division. Este é o filme que conta a sua história, mostrando muitas imagens de espectáculos, fotografias e gravações inéditas, com a participação dos sobreviventes do grupo (Bernard
Sumner, Peter Hook e Stephen Morris) e depoimentos de Tony Wilson e Peter Saville (Factory
Records), Anton Corbijn e Annik Honoré, entre
muitos outros.
Realizador: PHILIPPE GARREL
Actores: LOUIS GARREL, LAURA SMET, CLÉMENTINE
POIDATZ, OLIVIER MASSART
Ano: 2008 – M/12 – 105 minutos – França
Carole é uma estrela de cinema que vive sozinha
desde que o seu marido a abandonou e partiu para
Hollywood. Um fotógrafo vai a sua casa fazer um
trabalho para um jornal. Tornam-se amantes. A
reportagem dura duas semanas, tempo em que
os dois vivem no Hotel. De vez em quando, passam pelo apartamento dela…
ser
viço
educa
tivo
acert
SERVIÇO EDUCATIVO ACERT
As visitas guiadas ao Edifício Novo Ciclo acert contaram já com a presença de cerca de duas centenas e
meia de visitantes. Agora, propomos uma nova versão, especificamente criada para crianças entre os 3
e os 8 anos.
O programa consiste numa breve abordagem ao
percurso acertino desde o início, com especial incidência sobre os espaços teatrais do edifício, com o
objectivo de dar a conhecer os elementos escondidos
da sala de espectáculos (a cabine técnica, os bastidores, entre muitos outros). Durante o itinerário, uma
personagem surpresa – a marioneta Valentim – aparece para servir de guia, transmitindo, de forma divertida e interactiva, informações referentes ao que está
a ser mostrado.
Antes de o percurso acabar, eis uma proposta
para os visitantes de palmo e meio: a realização, numa
peça de teatro, de uma parte de um conhecido conto
infantil. Para isso, os participantes são convidados a
identificar os objectos e roupas no camarim, escolher
a cena que querem representar, vestir os adereços e
ensaiar. No final da apresentação, pousam-se as roupas e, após uma jornada muito agradável e descontraída, a visita está terminada.
Visita guiada
ao Novo
Ciclo acert
Crianças dos 3 aos 8
Um convite aos mais pequenos para uma
grande viagem, destinada a desvendar
os bastidores do Novo Ciclo acert.
associados
da acert
ACERT / 21:30 / 8 JANEIRO / 1ª TERTÚLIA “TOM DE FESTA”
ACERT / 21:30 / 5 FEVEREIRO / 2ª TERTÚLIA “A ACERT E A FORMAÇÃO”
No seguimento das três sessões iniciadas pela Direcção em Novembro de 2008, vimos propor que esses
eventos decorram numa base regular no ano que agora principia.
Assim, na primeira Quinta-feira útil de cada mês,
terão lugar as “Tertúlias Associativas”, com vista a uma
discussão sobre o Plano de Actividades da Associação.
Será, acima de tudo, um espaço onde os associados
poderão manifestar opiniões, integrar-se em projectos ou sugerir novas acções.
O primeiro encontro, subordinado ao tema “Tom de
Festa”, realizar-se-á no dia 8 de Janeiro de 2009, proporcionando um debate alargado sobre uma das mais
emblemáticas iniciativas da acert.
A segunda Tertúlia irá decorrer no dia 5 de Fevereiro, centrando-se na problemática “A acert e a Formação”, identificada nas sessões anteriores como uma
questão-chave para os tempos vindouros.
Não deixe de participar num programa que só terá
sentido se houver empenho, por parte dos sócios desta
casa, em sublinhar a vitalidade e a vertente comunitária
do projecto da acert.
Tertúlias
associativas
Promovidas pela
direcção da acert
Momentos de reflexão nos quais o
presente e o futuro da acert estarão em
cima da mesa.
Primeira Quinta-feira útil de cada
mês, às 21:30
Descontos
para os Associados da acert.
Instituições/Empresas aderentes
Estas são as instituições
e empresas onde poderá
usar o seu Cartão e usufruir
dos descontos por elas
estabelecidos. A lista será
actualizada sempre que novas
entidades quiserem aderir a
esta iniciativa.
actividades culturais
Teatro A Barraca
papelaria
Enseada – Papelaria e
Decoração, Lda
Av. Alberto Cardoso de Matos, 136;
3460-606 Tondela
Linova
R. Visconde de Tondela, 139, Edifício
Magistral, 1º andar, esq., A5
3460-526 Tondela
informática
Infor.T.Planet, Lda
R. Comendador Alberto Cardoso de
Matos - Centro Comercial Arlema
3460-552 Tondela
arquitectura
AET - Arquitectura, Engenharia e
Topografia LDA
oficina automóvel
Pacheco & Filhos, Lda
transporte
União de Sátão & Aguiar da Beira
União de Autocarros
Loja Cultural Novo Ciclo acert
São Cristóvão Centro Auto, Lda
Edifício Novo Ciclo acert,
3460-613 Tondela
Av. Gerónimo Lacerda, nº 1170;
3475-046 Caramulo
Cine Clube de Viseu
desporto
Pinguim Sport, Lda
Largo Mouzinho de Albuquerque,
3511-901 Viseu
Agostinhos Ourivesaria
Travessa do Comércio, nº 3,
3460-621 Tondela
Av. Marques da Costa, nº 783; Molelos
3460-264 Tondela
Viriato Teatro Municipal
Largo 1º de Maio
3460-530 Tondela
Rua Branca de Gonta Colaço, 54;
3460-546 Tondela
Largo de Santos, 2;
1200-808 Lisboa
Auditório do IPJ em Viseu
relojoaria e ourivesaria
Ourivesaria Arnaldo
R. António Festas;
3440 Sta. Comba Dão
saúde
Tondelmédica, Lda
restaurante
Novo Ciclo acert
Edifício Novo Ciclo acert,
3460-613 Tondela
R. Dr. Flausino Torres, 182;
3460-582 Tondela
hotel
Hotel do Caramulo, S. A.
Av. Dr. Abel Lacerda,
3475-031 Caramulo
Praça do Comércio, nº 3, 1º Andar;
3460-533 Tondela
Miguel Cardoso
Clínica Médico-Dentária
Cartão
de Associado
da acert
Av. Capitão Homem Ribeiro
3510-073 Viseu
óptica
Grupo Ergovisão S. A.
Rua Tomás Ribeiro, 95, r/c
3460-616 Tondela,
Além das lojas em Aguiar da
Beira, Aveiro, Gaia, Guarda, Leiria,
Mangualde, Nelas, Padrão da Légua,
Penalva do Castelo, Porto, Satão
e Viseu
Os sócios da acert usufruem de
adesão gratuita ao cartão fnac.
Tenha a acert mais à mão
A acert concede aos aderentes do cartão
FNAC descontos nas entradas para a programação do Novo Ciclo acert.
A acert concede também aos sócios do: Cine
Clube de Viseu; Viriato Teatro Municipal; Sindicato dos Trabalhadores das Empresas do Grupo Caixa Geral de Depósitos; e Teatro Aveirense descontos iguais aos dos sócios da acert
nas entradas para a programação do Novo
Ciclo acert.
O Sistema Informático Integrado permite actualizar o pagamento de quotas, bem como os seus
dados pessoais. Para que possa usufruir dos
benefícios a que tem direito deverá ter a sua situação regularizada, bem como apresentar o cartão
de sócio, por isso não deixe de o fazer!
Caso não tenha ainda recebido o seu cartão,
solicite-o na bilheteira da acert, onde também
poderá actualizar os seus dados pessoais.
Saiba mais informações sobre as vantagens
no site da acert – www.acert.pt (àrea associados)
formação
Para efectuar a sua inscrição ou obter
mais informações dirija-se
à secretaria / atendimento da acert
(ver horário na última página)
OFICINAS / 3 FEV A FINAL DE MARÇO / 3ª E 5ª FEIRAS
Workshop
de Som
acert
Iniciativa destinada a todos os
interessados nas artes audiovisuais,
nomeadamente no som.
Este workshop permitirá que os formandos se tornem autónomos na montagem e operação de um
sistema de som, abordando os seguintes conteúdos
teórico-práticos:
- O que é o som?
- Propagação do som
- Microfones e cablagem
- Mesas de mistura, amplificadores e processo de sinal
- Montagem de um sistema de som
- Breve introdução ao trabalho de estúdio
INSCRIÇÕES ATÉ 20 DE JANEIRO
3ª E 5ª FEIRAS 21:30-23:30 (horário pós-laboral)
CUSTO DE INSCRIÇÃO – 60€ / 50€ (Associados da acert)
19:00-22:30 /16 FEV A 18 MAR’09 / FORMAÇÃO
Este curso tripartido permitirá aos participantes adquirir um
vasto conhecimento sobre fotografia digital, desde a captura da imagem (ccd, bit, pixel, resolução) até à impressão final,
passando pelas técnicas avançadas para o seu tratamento
(sharpen, correcção de cor, entre muitas outras), com recurso ao programa Photoshop.
Fotografia
Digital
e Photoshop
Embora cada um dos três módulos funcione de modo autónomo, pretende-se que no seu conjunto proporcionem aos formandos – profissionais ou amadores – uma visão completa
e alargada das potencialidades da digitalização fotográfica.
FORMADOR
ALBERTO PLÁCIDO
Custo de inscrição
CURSO COMPLETO: 300€ (280€ - Para Associados da acert)
CADA MÓDULO*: 130€ (115€ - Para Associados da acert)
*No caso de não frequentar o Curso completo.
MÓDULO 1: 16, 17, 18, 23 E 24 FEV
MÓDULO 2: 25 FEV, 2, 3, 4 E 9 DE MAR
MÓDULO 3: 10, 11, 16, 17 E 18 MAR
O á-bê-cê da fotografia digital
em aulas dotadas de uma
forte componente prática e
experimental.
Núcleo
de Basquetebol
da acert
MINIBASQUETEBOL Os treinos de Minibasquete da época 2008/09 realizam-se no Pavilhão
Municipal de Tondela às Segundas, Quartas e
Sextas das 18:00 às 19:30 e destinam‑se a todos
os jovens dos 5 aos 12 anos de ambos os sexos.
Se gostas de Basquetebol aparece no pavilhão já
equipado e participa nos treinos!
JANEIRO E FEVEREIRO / NBA
BASQUETEBOL O núcleo de basquetebol da
acert participa nos campeonatos regionais da
Associação de Basquetebol de Viseu e da Federação Portuguesa de Basquetebol com equipas
dos escalões de Iniciados (Masc. e Femin.), Cadetes (Masc. e Femin.), Juniores (Femin.), Juniores A
(Masc.) e Seniores (Masc. e Femin.).
Os treinos destas equipas têm lugar no Pavilhão
Municipal de Tondela às Segundas, Quartas e Sextas das 18:00 às 22:00.
Calendário de jogos de Janeiro e Fevereiro 2009
Data Hora
Escalão
03-jan-2009
Sáb 15:00
Cadetes - Fem.
ACERT x Esc Diogo Cão - A
Pav. Mun. Tondela
03-jan-2009
Sáb 17:00
Juniores A - Masc.
ACERT x Esc Diogo Cão
Pav. Mun. Tondela
04-jan-2009
Dom 15:00
Juniores B - Masc.
ACERT x UCD Cagido
10-jan-2009
Sáb 16:45
Cadetes - Fem.
10-jan-2009
Sáb 17:00
Séniores - Masc.
11-jan-2009
Dom 15:00
Séniores - Fem.
11-jan-2009
Dom 15:00
Juniores B - Masc.
BC Alijó x ACERT
17-jan-2009
Sáb 15:00
Cadetes - Fem.
ACERT x Vila Pouca de Aguiar
Pav. Mun. Tondela
17-jan-2009
Sáb 17:00
Juniores B - Masc.
ACERT x Esc Diogo Cão
Pav. Mun. Tondela
17-jan-2009
Sáb 21:00
Séniores - Masc.
ACERT x Olivais Coimbra - B
24-jan-2009
Sáb 17:00
Séniores - Masc.
24-jan-2009
Sáb 20:45
Séniores - Fem.
25-jan-2009
Dom 17:00
31-jan-2009
Sáb 18:30
Séniores - Fem.
ACERT x Beira Mar
Pav. Mun. Tondela
31-jan-2009
Sáb 21:00
Séniores - Masc.
ACERT x B C Cantanhede
Pav. Mun. Tondela
07-fev-2009
Sáb 21:00
Séniores - Masc.
ACERT x Polar / Naval
14-fev-2009
Sáb 17:00
Séniores - Fem.
15-fev-2009
Dom 17:00
Séniores - Masc.
21-fev-2009
Sáb 21:00
Séniores - Masc.
ACERT x Sport C Conimbricense
Pav. Mun. Tondela
28-fev-2009
Sáb 18:30
Séniores - Fem.
ACERT x Académica - Coimbra
Pav. Mun. Tondela
Juniores B - Masc.
Visitado x Visitante
Esc Diogo Cão - B x ACERT
Pavilhão
Pav. Mun. Tondela
Pav. Agrup. Esc. Diogo Cão
GDR Gumirães x ACERT
Pav. Mun. Fontelo
Académica - Coimbra x ACERT
Pav. Multidesp. - Coimbra
BCP x ACERT
Pav. Mun. Alijó
Pav. Mun. Tondela
Pav. Mun. Pombal - E Gomes
Sp. C Figueirense x ACERT
Pav. Esc Joaquim Carvalho
Basket Vila Real x ACERT
Pav. C. Par. Mateus - Vila Real
UFC Tortosendo x ACERT
Académico - Viseu x ACERT
Pav. Mun. Tondela
Pav. Unidos Tortosendo
Pav. Mun. Fontelo
Núcleo
de Escalada
da acert
JANEIRO E FEVEREIRO / NEA
Janeiro/Fevereiro 2009
Após quatro anos de diversas actividades
desportivas ao ar livre, com especial
enfoque sobre a Escalada, o Núcleo
prepara-se agora para um salto qualitativo!
2009 adivinha-se um ano de crescimento,
que passará não apenas pela consolidação
de iniciativas já desenvolvidas, como também pelo esforço de abranger novas áreas
de intervenção.
Esta reestruturação do Núcleo de Escalada
passará por:
- Disponibilizar mais sessões de treino semanais;
- Constituir uma equipa de competição ao nível
das camadas jovens;
- Criar novas e melhores estruturas para a prática da modalidade;
- Empreender um plano de formação abrangente (escalada, resgate, socorrismo, canyoning, montanhismo e manobras com cordas);
- Organizar o 3º Encontro de Escalada no Caramulo;
- Promover caminhadas de reconhecimento do
concelho e serras envolventes;
- Abraçar iniciativas no âmbito da Educação
Ambiental e Turismo Activo.
Mais concretamente, em Janeiro e Fevereiro
os sócios poderão contar com:
- Aumento do número de treinos semanais
(horários a definir);
- Curso de Segurança e Auto-resgate em Escalada (datas a combinar);
- Construção de muro de treino no espaço da
acert.
Actualização de informações no site
www.acert.pt/escalada
DE SEGUNDA A SEXTA
SAB, 10:00 ÀS 11:30 (ADULTOS > 13 ANOS, INCL.)
TERÇAS E QUINTAS, 18:30 ÀS 20:00
SAB, DAS 11:45 ÀS 12:30 (CRIANÇAS – 6 AOS 12)
Do You Speak English?
International House
de Viseu
Aulas para crianças e adultos no Ano Lectivo 2008/09
A acert associa-se à International House (IH) com o intuito de lhe oferecer a melhor alternativa para o estudo da língua
inglesa. Seja qual for o seu escalão etário ou nível de conhecimento, encontrará a turma adequada, bem como um ambiente
de aprendizagem saudável e criativo. Os professores, falantes
nativos devidamente habilitados, constituem a garantia de qualidade da IH, que possui inúmeras escolas filiadas em várias partes do mundo.
Yoga na acert Stress Combat
Professor de ViniYoga: Mário Martins
Ideais para todos os que pretendem melhorar a
sua qualidade de vida, as aulas de Yoga na acert
abrangem actividades diversas, mas unidas pelo
objectivo de proporcionar uma sensação de calma
e serenidade. Incluem um conjunto de exercícios
de correcção corporal, aumento da flexibilidade
e resistência muscular, reeducação respiratória,
concentração e relaxamento. O resultado traduzse num trabalho bastante completo com todo o
corpo, conducente a um bem-estar físico, psicológico e emocional.
Um novo espaço de movimento
e saúde física na acert
Na sequência da participação no Programa Autárquico de Combate ao Sedentarismo, a acert
oferece aulas de actividade física para adultos.
Ministradas por um Professor de Educação Física, basear-se-ão em exercícios de técnicas de
combate e serão acompanhadas por música.
Inscrições Limitadas
INFORMAÇÕES
Preço dos Bilhetes
Programação Novo Ciclo acert
Sócio1
Descontos2
Normal
Programação para escolas
Alunos
Cinema Fim-de-semana
Sócio1
Descontos2
Normal
Cinema Quarta-feira
Sócio1 e Descontos2
Normal
5,00 €
6,00 €
7,50 €
2,00 €
2,75 €
3,00 €
3,25 €
1
2,00 €
2,50 €
2
descontos para portadores de cartão jovem,
cartão jovem municipal, reformados e cartão
aderente FNAC.
Preço dos associados da acert e dos sócios
das entidades seguintes: Cine Clube de
Viseu; Viriato Teatro Municipal; Sindicato dos
Trabalhadores das Empresas do Grupo Caixa
Geral de Depósitos.
Bilheteira/Loja
2ª Feira 10:30h às 13h e 14h às 18h
3ª a 6ª feira 10:30h às 13h e 14h às 20h
Sábado 3 15h às 18h e 19h às 20h
Dom. e Feriados 4 15h às 18h e 19h às 20h
3
4
Se não há programação encerra às 18:00
Encerra nos dias em que não há programação
Reservas
As reservas podem ser efectuadas na bilheteira ou pelos telefones
232 814400 ou 232 814410. Estas devem ser levantadas durante
o horário de funcionamento da bilheteira e até meia hora antes do
início dos espectáculos, caso contrário ficam sem efeito.
Admissão de Associados
Os novos sócios deverão pagar uma jóia de 0,50 €
e uma quota semestral mínima de 7,50 €.
(ver mais informação nas páginas sobre os Associados)
A Associação Cultural e Recreativa de Tondela é uma Estrutura apoiada por

Documentos relacionados

SETEmbro E ouTubro DE 2008

SETEmbro E ouTubro DE 2008 Ao presenciar a criação deste novo mundo, repleto de novas cores e novos timbres, cada um de nós será tentado a realizar

Leia mais

Agenda - Acert

Agenda - Acert A história do grupo foi sempre marcada por uma encruzilhada de estilos, advinda das diferentes experiências artísticas dos seus membros. Se em 2006, a formação composta por Tânia Pires, Rui Leal e ...

Leia mais

agenda maio junho

agenda maio junho “Andanças” atravessarão mares e continentes, em viagens de ida e volta. Nos dois volumes desta obra dá-se conta, nomeadamente: da luta do povo venezuelano contra a miséria e das suas solidariedades...

Leia mais

maio e junho De 2008

maio e junho De 2008 O que têm em comum Tondela, Finlândia, Brasil e Espanha? O Tom de Vídeo: - Afirma-se como um espaço de demonstração, experimentação e comunicação das novas artes visuais, no qual os criadores têm o...

Leia mais

MARÇO e AbRil De 2008

MARÇO e AbRil De 2008 Eis o grito de resistência de um novo projecto do panorama musical português. É a primeira vez que os Pó D’escrer, grupo que deu os primeiros passos no final de 1992, visitam o Novo Ciclo ACERT, pr...

Leia mais

associados

associados É oficial: a ‘trupe’ está preparada para descarregar todo o seu poder balcânico e ritmo triturador no Tom de Festa! Após mais de um ano de digressão com o espectáculo “EGFA, o Exército Guerrilhei...

Leia mais

associados

associados Pio Silva utiliza materiais simples, como cartão, arame, lonas e acrílico, mas esta opção denota também a consciência da carga simbólica que lhes é inerente. O plástico - material universal, flex...

Leia mais

Agenda da ACERT

Agenda da ACERT As obras revestem-se de um carácter de tal forma hiper-real, que o seu autor tem sido muitas vezes apresentado como fotógrafo. A fotografia é, porém, uma das poucas disciplinas que Rómulo Celdrán, ...

Leia mais

Remédios santos

Remédios santos Espectáculos no Auditório ao Ar Livre – Pagamento a partir dos 10 anos, inclusive

Leia mais

Novo Ciclo Acert, um espaço aberto

Novo Ciclo Acert, um espaço aberto que viu há muito os seus salários “congelados”. Temos potenciado sinergias e investido capacidades e conhecimentos para gerar fontes alternativas de financiamento e receitas. Em suma, temos resisti...

Leia mais