bombarral - Área Oeste

Сomentários

Transcrição

bombarral - Área Oeste
PUBLICIDADE
E DE P EN
I
AL
HE
AD
C
h
D
R
DO
BOMBA
R
Director Filipa Ferreira
Ano XVI - N.º 403 - 0,50
www.jornalareaoeste.no.sapo.pt - E-mail: [email protected]
IL
V
in
A
L our
VIL
DA
I
22 Maio 2009
A
C
L
L
VA
D O C AD A
VI
VI
LA
ã
bombarral
A
DE
Ó BID
PORTUGAL
O
PUBLICIDADE
S
Publicações
Periódicas
SE TAVEIRO
Autorizado pelos CTT a circular em invólucro
fechado de plástico.
Autorização DE 01732004 DCC
TAXA PAGA
www.jornalareaoeste.no.sapo.pt
…semente de seara de trigo e cevada
em
terra verde e planície dourada
com saudade recordada
pelo senhor são vento
é
trazida e levada
na
andorinha nascida e criada
sempre
perfumada pela flor do rosmaninho
e
guiada pelo brilho da do azinho
a
norte e sul da sua morada
Se a minha costela de judeu
deu pro que valeu
valha-me a d´alentejano
que está em mim quando a
Amílcar Santos
chamo
1953-2009
Suplemento
Publicidade
“A minha Terra - Peniche” |
Edição Especial
“Saúde e Beleza”
jornal
Publicidade
regional
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
2
cadaval
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
3
A comemorar a Semana do Património e o Dia Internacional dos Museus
“II Encontro de Cultura e Património”
Para não deixar passar em branco o Dia Internacional do
Museu, que se celebra dia 18 de Maio, o município preparou, de
18 a 22 de Maio, a “Semana do Património”. Recordar a vila
com uma exposição e aprender mais no “II encontro de Cultura
e Património” são as propostas.
mariana rodrigues
Os mais velhos que
passem pela exposição
“Cadaval Ontem e Hoje”
poderão recordar com
algum saudosismo a vila
do antigamente. Aqueles
que não viveram nesses
tempos podem agora
descobrir como era até
dia 28, no Museu Mu-
nicipal, através de desenhos e aguarelas alusivas ao passado da vila
do Cadaval, da autoria
de Serrão de Faria, e por
uma série de painéis
explicativos da evolução
urbana cadavalense.
Uma exposição a não
perder, que pode ser vi-
De 29 de maio a 1 de Junho - Animarte 2009; 13.º Certame
Municipal das Artes e da Educação. Tema: "As novas energias".
Org: CMC e Instituições de Ensino do Concelho do Cadaval. Local:
Parque de Lazer – Cadaval
farmácias de Serviços
até 27 – Central
De 28 a 31 – Misericórdia
De 1 a 4 – Central
números Úteis
Câmara municipal do Cadaval
262 690 100
Protecção Civil
262 690 100
Bombeiros voluntários do Cadaval
262 699 110
Guarda républicana
262 690 010
Centro de Saude
262 696 400
sitada no horário normal
da instituição (terça a
domingo, 10h00/12h30
e 14h00/18h00).
Quem sabe se depois
da exposição não quer
dar um salto até ao II
Encontro de Cultura e
Património do Cadaval, a
ocorrer no auditório da
Câmara Municipal do
Cadaval, no dia 22.
Nesta sessão
que
arranca às 10h00 da
manhã, poderá aprender
mais acerca da temática
- “Património arquitectónico e desenvolvimento
local”. Pelas 10h30, Elísio Summavielle, do Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e
Arqueológico, abordará o
“Património
arquitectónico
nos
centros
históricos”. Seguir-se-á
uma apresentação a
cargo de Nelson de Carvalho, da Câmara Municipal de Abrantes, terminando este primeiro
painel com a intervenção
de Pedro Roseta, Ex-
Ministro da Cultura e
Prof. da Universidade
Católica, que curiosamente presidiu à inauguração do Museu Municipal do Cadaval no
ano de 2002 e que
abordará, por seu turno,
“O Património como factor de desenvolvimento”.
Após as intervenções
mencionadas, a manhã
terminará com um debate aberto ao público,
sobre os temas tratados.
A jornada prosseguirá
pelas 14h30, sendo a
tarde dedicada ao “Património arquitectónico
no concelho do Cadaval”.
A primeira intervenção caberá a Guilherme
Cardoso, arqueólogo da
Assembleia Distrital de
Lisboa, e versará sobre o
tema “O Convento dos
Dominicanos, sua recuperação e valorização”. Seguidamente, “A
revitalização das zonas
antigas das áreas urbanas” constituirá o mote a ser abordado por
Rogério Silva, arquitecto
na Câmara Municipal do
Cadaval.
O último orador será
Gil Serras Pereira, arquitecto da empresa “Diâmetro – Estudos e Pro-
jectos”, que apresentará,
aos
presentes,
um
projecto de reconversão
da Praça da República da
vila do Cadaval.
Findo este segundo
painel, e após um momento de debate, seguir-se-á o lançamento
de uma publicação municipal que constitui um
compêndio das “Actas do
1.º Encontro de Cultura
e Património do Cadaval”, por sua vez
realizado em Maio de
2007,
também
por
ocasião da comemoração
do Dia Internacional dos
Museus.
CDu CaDavaL CritiCa fortemente a autarquia
Publicidade
Após análise do Relatório de Contas, da Câmara
Municipal do Cadaval, a CDU aponta o dedo à maioria
PSD acusando-a de não fazer os investimentos
necessários ao desenvolvimento do concelho e de
aumentar a dívida. A coligação democrática afirmase como um projecto alternativo para “um concelho
melhor”.
De forma implacável a CDU afirma que o PSD se
“desculpa” com a crise nacional e mundial para
justificar que o Plano Plurianual de Investimentos
seja “o mais baixo dos oitos anos de gestão
PSD/Aristides Sécio”. Acusa o partido de adiar
consecutivamente “investimentos fundamentais ao
desenvolvimento do Concelho” e de apresentar
“sucessivos orçamentos (…)com intenções que se
sabem não vão ser cumpridas mas que servem na
perfeição o objectivo de conseguir o voto dos
Presidentes de Junta de Freguesia socialistas na
Assembleia Municipal”
Para a Coligação a maioria PSD “também merece
nota negativa pelo aumento da dívida da Câmara,
perto dos 6 milhões de euros”, somando este aos
argumentos que levam a CDU a acreditar que esta
maioria não tem o necessário para “implementar um
rumo que levem o Concelho a um desejável
desenvolvimento sustentável”.
Publicidade
Publicidade
Dr. Manuel Oliveira*
Exerce nas Clinicas em:
Cadaval: FormafísicaTelef. 262 695 327
Lourinhã: Clín. Nova Vida: TLM. 913 278 525
Acupunctura
Fitoterapia
Emagrecimento: Geral | Localizado
Estética Anti-Aging Rosto
Método Anti-Tabágico
* Diplomado por: A.P.A-D.A. e I.P.M.T.C.
Membro da A.P.P.A.: Associação Portuguesa dos Profissionais de Acupunctura,
Cédula pessoal nº 66, cujo presidente é o Dr. Pedro Choy
*Acupunctura e disciplinas associadas
mariana rodrigues
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
a talhe de foice
“Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo.
E examinai, sobretudo, o que parece habitual.
Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de
hábito como coisa natural nada deve parecer natural
nada deve parecer impossível de mudar. "
Bertold Brecht
Caras Leitoras
Caros Leitores
Esta deve ser a crónica mais difícil que o cronista
terá que fazer. É uma crónica em que terá de falar de
um acontecimento em que é protagonista. É público que
assumi o desafio de liderar a lista CDU que vai concorrer
Ricardo Miguel
à Câmara Municipal do Cadaval. Tendo já os anteriores
cronistas tecido elogios aos seus candidatos, o que era esperado, gostava apenas de
deixar aqui umas breves linhas acerca desta candidatura e por aqui me ficarei sobre
Autárquicas até Outubro.
A população do Concelho, de um modo generalizado, está descontente. Uma ideia
corre o Concelho: é preciso mudar!
Em vários momentos, percorrendo os cantos e encantos do concelho percebe-se
a desilusão da população, mesmo muitos votantes do PSD, com a gestão camarária
amorfa, apática, sem rumo, ao sabor das decisões e em benefício de uma minoria.
Uma gestão que não envolveu a população nem os trabalhadores do Município.
Mudança que a população sente necessária após 8 anos de promessas por
cumprir, sempre prometidas e novamente adiadas. Lembro aqui apenas a variante
ao Cadaval, a requalificação do Parque de Lazer, rotunda no Casarão, Variante à
Murteira, aproveitamento da barragem da Sobrena, Parque Pólo Tecnológico,
Pavilhão Multiusos e canalização de todas as condutas de saneamento básico para
as condutas da Águas do Oeste ( in Programa Eleitoral do PSD 2005).
Após tantas vezes termos barafustado no café, no mercado, na rua perante as
erradas decisões camarárias, não podemos agora enfiar a cabeça na areia e fingir
que não é connosco. O futuro do Cadaval é com todos nós!
Porquê eu, candidato? Porque não um dos outros nomes da CDU? Por meia dúzia
de razões que aqui procurarei resumir em breves linhas. Considerou o Colectivo da
CDU que, pelo conhecimento que adquiri adquirido ao longo deste mandato na
Assembleia Municipal (Presidente da Comissão de Ambiente, Membro da Conferência
de Representantes e da Comissão de Revisão do PDM); as inúmeras visitas que fiz
por solicitação de munícipes; os mais de 20 requerimentos em que confrontei a
Câmara com problemas das 10 Freguesias; por outro lado, o gosto pessoal de
participar na actividade política, entendida como um serviço para resolver problemas
das pessoa, tem levado a que seja hoje uma das caras mais conhecidas da CDU.
Assim, entendeu o Colectivo da CDU que eu deveria liderar a lista, após a equação
de vários nomes igualmente válidos.
Sou, por isso, uma alternativa diferente aos candidatos do PS e PSD.
Sobre as candidaturas já apresentadas. Ambos os candidatos do PS e PSD, que
aqui saúdo, já tiveram oportunidades de dirigir os destinos do Concelho e mostrar
como encaram a solução dos problemas o que eram capazes. Aristides Sécio já foi
eleito na Assembleia Municipal e já é Presidente há 8 anos e Maria João Botelho foi
Presidente da Assembleia Municipal, Vereadora do Ambiente, Presidente e Vereadora
da oposição que, só não é neste momento, porque apesar de eleita renunciou ao
mandato no ano passado para ocupar um cargo governamental. Ou seja, ambos já
tiveram oportunidade de mostrar o que eram capazes. É preciso novos caminhos
para desafiar o futuro porque o passado deixou-nos deixa muitas desilusões.
O que pode ser verdadeiramente novo nas eleições de Outubro, é a presença da
CDU na Câmara. Ficámos a cerca de 350 votos nas últimas eleições.
Em Outubro, vamos eleger 7 membros para a Câmara: um presidente e seis
vereadores. Ao longo dos mandatos PS e PSD, com maioria absoluta, ficam com
mãos livres para tomar decisões que todos criticam depois. Precisamos de uma
Câmara sem maioria absoluta . Uma Câmara sem maioria absoluta é uma Câmara
aberta, plural com menos segredos, obrigada a fazer uma política aberta, muito
mais segura para o povo sem coisas escondidas, segredos e “panelinhas”. A minha
eleição significa que a população passa a conhecer o que se passa na Câmara e terá
como objectivo fiscalizar, propor alternativas, vigiar e evitar os jogos pessoais nas
costas da população.
o que mais gostaria de fazer nos primeiros tempos na Câmara: Ter mais
em conta a economia para criar mais riqueza e mais emprego com direitos e
procurar atrair novos investimento para o Concelho, debater mais e melhor a
descentralização de meios e competências para as freguesias e instituições, atacar
a dívida deixada pelo PSD/Aristides Sécio e criar mais fontes de receita, apoiar a
concretizar de inúmeros projectos sociais em dinamização nas várias Freguesias,
fomentar o desporto popular, apoiar muito mais a dinâmica da cultura e o papel das
nossas colectividades, apoiando a produção em vez das Festividades e uma atenção
espacial aos recursos humanos e serviços da Autarquia.
Termino com duas notas: a primeira para apelar a PARTICIPAÇÃO DE todos para
que o debate das ideias, dos programas e dos projectos, possa decorrer com
ponderação e elevação, evitando que a campanha eleitoral se resuma à mera
ostentação de caros meios de propaganda adequados à venda de um qualquer
dentífrico mas que deveriam ser rejeitados por quem pretende apresentar e discutir
propostas de gestão municipal e motivar a participação serena e reflectida das
populações.
A segunda, para garantir que vamos renovar a equipa, incluir jovens, mulheres,
independentes, pessoas do Concelho, capazes de produzir boas soluções em todas
as frentes e para todas as freguesias. Pensamos que está na hora de os
cadavalenses experimentarem outra governança local. Podemos fazer muito mais e
melhor). Espero que os cadavalenses estejam atentos e acreditem que é possível
um Cadaval melhor. Acompanhe em cadaval2009.blogs.sapo.pt
Até já!
Post Scriptum Dia 7 vamos eleger 22 Deputados ao Parlamento Europeu. Apelo à
participação de todos nesse acto eleitoral, como forma de usar uma arma que é
nossa: o voto.
cadaval
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
4
No âmbito da iniciativa “Percorrer Monte(s)junto(s)”
Serra de Montejunto com
percurso nocturno
A iniciativa “Percorrer
Monte(s)junto(s)” organizou, no passado sábado, 9 de Maio, um
percurso nocturno, na
Serra de Montejunto.
A Paisagem Protegida
propôs um trajecto nocturno que passará pelos
miradouros serranos, no
intuito de alcançar visualmente toda a área
envolvente.
O percurso começou
às 21h30 no Centro de
Interpretação Ambiental
e durou aproximdamente 3 horas. Para
além de gastarem umas
calorias os participantes
visitaram
locais patrimoniais como o Convento dos Dominicanos,
Real Fábrica do Gelo e
Parque
dos
Castanheiros.
Refira-se, por seu turno, que o trilho Pêro
Moniz/Adão Lobo, que
estava marcado para 18
de Abril, acabaria por
não se realizar devido a
más condições climatéricas.
Mais bem sucedido foi
o trilho Cadaval/Vermelha,
calendarizado
para dia 5 de Abril, que
contou com a adesão de
cerca de 32 caminheiros
que calcorrearam uma
distância de 13Km.
Os participantes dos
trilhos organizados até à
data têm vindo de
diferentes locais não só
do concelho como fora
dele,
nomeadamente
das Caldas da Rainha e
da zona de Lisboa, de
Loures e Seixal.
Esta iniciativa turística
de caminhadas regulares
propõe-se promover o
bem-estar físico e psíquico dos participantes,
dando-lhes a conhecer a
região, e proporcionando, em paralelo,
momentos de convívio e
de lazer.
Caldas da rainha
Não me tirem o Útero!...
No dia 30 de Maio de
2009, na Biblioteca Municipal das Caldas da
Rainha, às 15.30 h, a
Comunidade de Leitores
das Caldas da Rainha,
vai promover o lançamento nacional, do
último livro do escritor e
jornalista Pedro Laranjeira, Não me tirem o
útero!..., com a presença
do cientista português
Prof. Dr. João Martins
Pisco, pioneiro a nível
mundial de um tratamento de miomas uterinos, que evita a cirurgia e permite que a
Mulher continue a ter
Filhos.
Além da apresentação
do livro pelo seu autor,
Pedro Laranjeira, o Prof.
Dr. João Martins Pisco,
responderá às questões
que lhe forem colocadas.
Estarão também presentes, algumas mulheres,
que se submeteram a
esta nova terapia e se
disponibilizam a prestar
os seus testemunhos.
A importância deste
novo tratamento, resulta
do facto de um terço das
mulheres, em idade fértil, ser atingido por este
problema, pelo que milhões de doentes, em
todo o mundo, poderão
beneficiar, desta nova
terapia. Em Portugal são
operadas, anualmente,
mais de 10.000 mulheres com problemas
uterinos, das quais cerca
de 4.000 poderão passar
a beneficiar deste novo
tratamento, que não é
uma "medicina alternativa", mas medicina
pura, no sentido convencional do termo.
Pela sua dimensão,
trata-se de um problema
de Saúde Pública, cujo
recurso à cirurgia tem
sido altamente traumatizante, para milhões
de mulheres, em todo o
mundo, o que justifica e
o interesse generalizado
que o lançamento do
livro tem vindo a despertar em todos aqueles
que já dele têm conhecimento, pelo que é fundamental que o mesmo
seja conhecido, o mais
rapidamente possível,
pelos portugueses, visto
que a nova terapia ainda
é pouco conhecida.
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
IV Campeonato Municipal Jovem de
Atletismo, no Cadaval
Crianças
continuam a
cruzar a meta
As provas de atletismo continuam a realizar-se
pelo concelho do Cadaval. A mais recente foi na
freguesia do Painho, no passado dia 10. Só falta uma
para os finalistas se cruzarem na grande final que
terá lugar a dia 31 de Maio, no Cadaval, ficando, uma
vez mais, integrada no certame ANIMARTE, a que se
seguirá a entrega dos prémios finais.
Realizou-se, na vila do Cadaval, no passado dia 25
de Abril, a segunda prova do IV Campeonato
Municipal Jovem de Atletismo, prova que contou com
uma centena de participantes. Esta iniciativa tem
juntado centenas de crianças dos 6 aos 11 anos para
participarem em provas de corrida de velocidade, a
decorrerem em diversos pontos do Concelho.
Depois da prova realizada no Dia da Liberdade a
vontade de cruzar a meta foi notória na prova do
Painho que reuniu crianças em torno de um espírito
de competição saudável.
A última das provas acontecerá
na sede de
freguesia do Vilar, dia 24 de Maio, junto ao pavilhão
desportivo local, às 10h30 como tem sido habitual.
No que toca a inscrições, elas decorrerão até à
terça-feira anterior à realização de cada prova,
devendo ser efectuadas nas escolas. No caso do 1.º
Ciclo, junto dos respectivos docentes ou professores
de Actividade Física e Desportiva (Enriquecimento
Curricular), e para o 2.º Ciclo, junto dos professores
de Educação Física.
Mais informações podem ser obtidas contactando o
gabinete de desporto da Câmara Municipal (pelo
telefone 262 690 100) ou junto dos supracitados
docentes.
Refira-se que o site municipal (www.cm-cadaval.pt)
disponibiliza regulamento, resultados e fotoreportagem de cada prova realizada.
mariana rodrigues
Publicidade
cadaval
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
5
Para benefício de complemento de horário, refeições e/ou acção social escolar
Inscrições no Serviço de Apoio à
família já estão abertas
As inscrições no Serviço de Apoio à Família
(SAF) para o ano lectivo
2009/2010, já estão
abertas e a decorrem até
dia 30 de Junho. Estas
devem ser feitas presencialmente no Serviço
de Educação e destinamse a apoiar famílias com
filhos/educandos
a
frequentarem jardinsde-infância públicos e
escolas básicas do 1.º
Ciclo, repartindo-se por
refeições, complemento
de horário e/ou acção
social escolar.
Ao contrário do ano
anterior, as inscrições
em qualquer das modalidades do SAF serão
feitas exclusivamente de
modo presencial, no Serviço de Educação da
Câmara Municipal, sito
no Pátio do Município,
das 08h30 às 13h00 e
das 14h00 às 16h00.
No caso das refeições,
a inscrição é feita pelo
encarregado de educa-
ção, que deverá ser
portador de documentos
de identificação de todos
os elementos do agregado familiar (BI, NIF ou
Cartão do Cidadão).
A inscrição nos complementos de horário é
feita, igualmente, pelo
encarregado de educação, que deverá ser portador não só de documentos de identificação
de todos os elementos
do agregado familiar, como também de documentos comprovativos
de rendimentos e de
despesa (IRS, pensões,
subsídios, rendas ou
crédito à habitação).
Por último, para candidaturas a apoios no
âmbito da Acção Social
Escolar, os encarregados
de educação devem fazer-se acompanhar de
todos os documentos de
identificação do agregado familiar e da
informação
prestada
pela Segurança Social no
que respeita ao escalão
do abono de família.
Aos portadores de
Cartão do Cidadão, a
autarquia solicita que os
mesmos se façam acompanhar do respectivo
código PIN de morada,
que deverão ter recebido
em impresso próprio
aquando do levantamento do mesmo.
Na categoria “Educação” do site municipal
(www.cm-cadaval.pt)
pode encontrar toda a
informação sobre este
serviço camarário, bem
como a listagem de toda
a documentação necessária para poder cumprir
a inscrição.Também disponível no referido item
está o Regulamento de
Funcionamento do Serviço de Apoio à Família.
mariana rodrigues
Jantar Comemorativo do 25 de Abril e de apoio à candidatura de Maria
João Botelho
PS Cadaval em Figueiros
No passado dia 25 de Abril, o Partido Socialista do
Cadaval, realizou um jantar comemorativo do 35º
aniversário da “Revolução dos Cravos”
Esta habitual festa dos socialistas e democratas do
Cadaval serviu também para apoiar a candidatura da
Maria João Botelho à presidência da Câmara do
Cadaval.
Apesar da noite fria e chuvosa do passado Sábado,
o pavilhão gimnodesportivo da Associação de
Figueiros encheu-se de apoiantes da candidata do
Partido Socialista, numa clara manifestação de
agrado pela sua candidatura.
É de realçar a presença de cadavalenses de todos
os lugares do concelho, dos mais diversos quadrantes
políticos e de muitos jovens que não quiseram deixar
de estar presentes para manifestarem o seu
incondicional apoio a Maria João Botelho.
Esta iniciativa contou com a presença de figuras
destacadas do Partido Socialista, nomeadamente o
Ministro Vieira da Silva e o Deputado João Soares,
que nas suas intervenções destacaram as qualidades
pessoais, a nobreza de carácter e as competências
Publicidade
académicas e profissionais que a Maria João Botelho
possui para desempenhar com distinção o cargo de
Presidente de Câmara.
A candidata, escolheu a ocasião para apresentar o
Professor Carlos Marques como candidato do Partido
Socialista a Presidente da Assembleia Municipal.
O Professor Carlos Marques na sua intervenção
marcou desde logo a posição do Partido Socialista na
futura
Assembleia
Municipal,
salientando
nomeadamente o assegurar da independência dos
órgão autárquicos, o respeito pelas Freguesias e a
disponibilidade demonstrada para se assumir como
um verdadeiro Provedor (do cidadão) dos munícipes.
A Arq.ta Maria João Botelho apresentou também o
Professor Diogo Abreu como mandatário político da
candidatura e a Dr. Inês Ferreira como mandatária
política para a juventude.
Na sua intervenção a candidata referiu mais uma
vez os compromissos que quer assumir com todos os
munícipes, através da assinatura de um Contrato
Eleitoral participado, onde todos vão ter a
oportunidade de apresentar ideias e projectos que
ajudem ao desenvolvimento do nosso concelho.
jornal
Publicidade
regional
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
Vendo
1.900. Diesel.
MAXIMO SIGILO e PROFISSIONALISMO
Pagamos em DINHEIRO
Ano de 2000
Como novo, um só dono.
VAMOS AO DOMICILIO LIGUE JÁ
965 830 255
OU Tel./Fax: 262 601 080
e-mail: [email protected]
Rua Infante D. Henrique, 59 - 2540-101 Bombarral
Contacto: 965 644 857
CASA DAS MOLDURAS
de: Maria da Conceição G. L. Moreira
Assistência ao Domicílio
Molduras | Tabuleiros | Relógios | Telas |
Óleos | Pincéis e outros | Sacos | Aventais |
Bolsas | Suetes e T-shirt´s | Material de apoio a
escolas | Aulas de Trabalhos Manuais | Brindes
para eventos | Renda de Bilros - Cursos e
Materiais
Tel. 262 605 353 | Telm. 917 385 359
R. António Pereira Bernardino, 32 A - Tel./Fax 262 605 932
E-mail: [email protected] - 2540-064 Bombarral
Médica Veterinária
6
Compra Ouro
Usado
Mitsubishi Carisma
Filipa Noronha
Guerra
ÁREA OESTE
VENDO
APARTAMENTO T3
Excelente Vista
Ar condicionado
A 1 minuto da A8
TLM. 914 413 833 - 962 428 252
Serviços. Projectos de Arquitectura e
engenharia, design, modelos 3D,
planeamento urbano.
Rua António da Conceição Bento n.º 21 C - 2520-285 Peniche
Tel. 262 787 103 | Tlm. 914 756 609
-mail. [email protected]
Web. www.studioplus.com.pt
Trespassa-se
Auto São mamede
Estação do Bolas
Café O Amarelo
Lavagem simples
Lavagem para Inspecção Periódica
Mudanças de óleo a partir de 30€
Lavagem de Estofos/Alcatifas
Situado junto à Escola
Secundária
Contactar: Próprio estabelecimento
919 620 346
frente à passagem de nível
E. N. 8, nº4 S. MAMEDE - 2540-673 Roliça - Bombarral
Telef. 262 606 261 - Telem. 912 051 636
Estrada Nac. nº8, nº1 - SÃO MAMEDE
Tlm. 962 192 819 | tlf. 262 602 459
[email protected]
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
bombarral
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
7
Mesa redonda juntou duas gerações de estudantes
“Como era a minha escola, como é hoje
a tua escola” foi o tema em debate
A troca de ideias sobre a escola do passado e a escola do
presente foi o principal objectivo da Mesa Redonda que juntou
no passada Sexta-feira, dia 15 de Maio, os alunos do projecto
“Universitários 50+” e de uma turma do 10º ano do
Agrupamento de Escolas Fernão do Pó.
Organizada pela Câmara Municipal, através
do Gabinete de Acção
Social, em parceira com
o Agrupamento, a actividade teve lugar no
Auditório Municipal e
contou com a participação de mais de meia
de centena de pessoas.
Para moderar o debate,
o Gabinete de Acção
Social convidou o Professor Doutor José Manuel
da
Silva,
do
Instituto Politécnico de
Leiria.
Em jeito de introdução
Dia 23 de Maio – Maio com Música. Local: Sociedade Recreativa
Sobralense - Sobral do Parelhão. Noite Jovem Pop/Rock com o grupo
"Declinios".
De 29 de Maio a 7 de Junho - 8ª Feira do Livro do Bombarral. Local: Palácio
Gorjão
Dia 13 de Junho - Mercado Rural. A partir das 08H00, todos os segundos
sábados de cada mês. Local: Praça do Município.
farmácias de Serviços
Sexta
Sábado
Domingo
Segunda
Terça
Quarta
Quinta
Sexta
Sábado
Domingo
Segunda
Terça
Quarta
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
01
02
03
–
–
–
–
–
–
–
–
–
–
-
Hipodermia
Miguel
Miguel
Hipodermia
Franca
Miguel
Hipodermia
Franca
Hipodermia
Hipodermia
Franca
Miguel
Hipodermia
números úteis
C. m. Bombarral
262 609 020
Protecção Civil
262 601 601
B. v. Bombarral
262 601 601
G.n.r.
262 605 241
Pó
Centro de Saude
Farmácia Vital (Extensão da Amoreira)
262 600 130
2ª, 4ª e 5ª Feiras – das 10 às 13 horas.
3ª e 6ª Feiras – das 10 às 13 e das 15 às 18 horas.
Sábados, Domingos e Feriados – Encerrada.
ao debate, o docente fez
a apresentação de algumas imagens ilustrativas da evolução da
escola nas últimas décadas.
Uma das fotografias
apresentadas e que mais
ilustra a imagem que os
portugueses têm da
escola foi sem dúvida a
do edifício escolar mandado construir no período do Estado Novo.
Conforme frisou José
Manuel da Silva, “nessa
altura
construíram-se
escolas em quase todas
as aldeias do país, hoje o
objectivo é reagrupar os
alunos num único edifício”.
Referindo-se aos edifícios escolares da actualidade, o docente recordou que “hoje em dia
está provado que o facto
da escola ser um espaço
agradável e confortável
é muito importante para
criação de melhores
condições de aprendizagem”.
Se as condições existentes antigamente nas
escolas são bastante
diferentes das que existem hoje, o mesmo
acontece em relação à
disciplina. “Antes os
alunos levavam reguadas dos professores
quando se comportavam
mal, hoje parece não
existir regras, havendo
cada vez mais casos de
mau comportamento”,
referiu o docente.
Lançado o debate, do
lado dos “Universitários
50+” os estudantes re-
cordaram como era a
escola antigamente, como testemunhou uma
das alunas integradas
que
projecto,
neste
quando era mais jovem
da
reguadas
levava
professora por escrever
com a mão esquerda e
tinha de andar cerca de
dois quilómetros a pé
para ir para a escola.
“Hoje os jovens têm
muito melhores condições mas não dão valor
ao que têm”, referiu.
Concordando com o
facto dos estabelecimentos de ensino oferecerem hoje muitos
melhores condições, para um dos estudantes do
Agrupamento de Escola
Fernão do Pó “isso não
invalidada de querermos
ter uma escola melhor”,
defendendo que esta
“deveria apostar mais na
formação humana”.
Outro dos temas focados prendeu-se com o
facto de os jovens preferirem integrar o mercado de trabalho em vez
de continuar da escola.
Em resposta à estudante
que lançou essa ideia,
José Manuel da Silva
frisou que “sem habilitações não se consegue nada”. “O importante não é aprender
matemática ou inglês, o
importante é saber o que
fazer com a matemática
e com o inglês”, acrescentou.
Tendo em conta a
opinião expressa por
todos os participantes,
no final chegou-se à
conclusão que de facto a
escola hoje tem muito
melhores condições do
que tinha antigamente,
sendo que o mais importante, conforme frisou José Manuel da
Silva, é que os jovens
aproveitem as oportunidades que a escola
lhes oferece, um vez que
os estudos terão um
papel fundamental ao
longo da sua vida.
viii feira Do Livro Do BomBarraL
A Feira do Livro do Bombarral, que este
ano se realiza pela oitava vez, vai
decorrer de 29 de Maio a 7 de Junho
nos Claustros do Palácio Gorjão.
Durante uma semana, este edifício
histórico situado no centro da vila, abre
assim as suas portas à cultura, tendo
este certame como principal objectivo
fomentar a leitura e aproximar os livros
das pessoas.
A organização do evento, que é já uma
referência cultural da região Oeste, é
da responsabilidade da Câmara
Municipal do Bombarral, contando com
a colaboração da livraria Caneta Azul.
Anualmente, são várias as editoras
representadas na Feira do Livro do
Bombarral, podendo os visitantes
adquirir ao longo do certame os mais
diversos títulos a preços mais
convidativos.
Para a animação do espaço, à noite, o
certame conta com um programa
cultural que pretende fazer a ligação
entre a literatura e as mais diversas
manifestações culturais, contando o
certame com a apresentação de livros,
com espectáculos de música e de
teatro, com exposições, entre outras
actividades.
Publicidade
Qual é a rádio
que você ouve?
ARTES
(1947)
Nacionalidade: espanhola
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
bombarral
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
Biblioteca municipal do Bombarral
“Encontra-te, Sessões de Cinema e Esclarecimento”
A Biblioteca Municipal do Bombarral foi palco, entre os dias 20 e
24 de Abril, da iniciativa “Encontra-te - Sessões de Cinema e
Esclarecimento”.
Piedade Simões
Tratou-se de uma actividade integrada no
projecto
“ComTexto”,
realizado no âmbito do
estágio curricular dos
alunos Bernardo Soares
e Filipa Andrade, finalistas da licenciatura
em “Animação Cultural”
na Escola Superior de
Artes e Design de Caldas
da Rainha, e teve como
objectivo principal dinamizar este espaço
cultural da autarquia.
“Alpha Dog” de Nick
Cassavetes; “Bully –
Estranhas Amizades” de
Larry Clark; “eXistenZ”
de David Cronenberg;
“Kids” de Larry Clark e
“Beleza Americana” de
Sam Mendes foram os
filmes que integraram
este ciclo de cinema.
Tendo em consideração as temáticas abordadas pelos filmes, a
iniciativa teve essencialmente como o públicoalvo os estudantes do
Publicidade
Agrupamento de Escolas
Fernão do Pó, embora
também fosse aberta ao
público em geral.
Para Bernardo Soares
e Filipa Andrade a actividade “decorreu dentro
das expectativas, tendo
em conta que se tratou
de um projecto pioneiro,
numa localidade com
carência de hábitos culturais. Ainda que se
contasse com maior adesão da escola, que, por
falta de tempo, não
participou com o peso
esperado, o restante público acabou por compensar”.
“A reacção aos filmes
– que abordavam maioritariamente problemáticas típicas da juventude – foi de alguma
perplexidade, de choque, daí que as intervenções dos moderadores convidados resultaram muito bem”, referem ainda os estu-
dantes, acrescentando
que “acima de tudo foi
uma iniciativa que foi
tendo uma crescente
adesão ao longo da semana, culminando na
sessão do dia 24 que
contou com cerca de 30
pessoas”.
4º Festival Nacional de Ginástica
Dia 23 de Maio no Pavilhão Municipal do
Bombarral
A Câmara Municipal do Bombarral, através do
sector do Desporto, vai organizar no próximo dia 23
de Maio, Sábado, mais uma edição do Festival
Nacional de Ginástica.
A prova, que se vai realizar pelo quarto ano
consecutivo, terá lugar a partir das 21 Horas no
Pavilhão Municipal e contará uma vez mais com
algumas das equipas mais conceituadas do
panorama gímnico nacional.
Para além das duas formações da casa, o Sport
Clube Escolar Bombarralense e a União Progressiva
de Vale Covo, vão participar no evento as seguintes
equipas: Clube Atlético de Alvalade, Clube Oriental
de Lisboa, Colégio Militar, Ginásio Clube do Sul,
Ginásio Clube Português, Sport Lisboa e Benfica e
Sporting Clube de Portugal.
8
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
Estrada Nacional 361
Vale Covo vai ter
passeios
A intervenção foi garantida pelas Estradas de
Portugal e irá ter início este ano.
Depois de vários anos de impasse, a construção de
passeios na Estrada Nacional 361, no centro
localidade do Vale Covo, vai finalmente ser uma
realidade.
A garantia foi dada no passado dia 30 de Abril,
após uma reunião entre o presidente da Câmara
Municipal do Bombarral, Luís Camilo Duarte, e o vicepresidente do Conselho de Administração das
Estradas de Portugal, o Eng. Eduardo Gomes.
No referido encontro marcaram também presença
o presidente da Junta de Freguesia do Vale Covo,
Joaquim Marcos Henriques, o Eng. Rui Gonçalves,
responsável do Gabinete de Relações com as
Autarquias, o Eng. Alcino Cordeiro, Director do
Centro Operacional de Leiria, Santarém e Portalegre,
e o Dr. Pedro Lourenço, Director da Delegação
Regional de Leiria.
A intervenção terá um custo de aproximadamente
760 mil Euros, sendo que a componente da obra da
responsabilidade do Município ascenderá a cerca de
387 mil Euros.
Além da criação dos passeios, a obra inclui
também a construção das redes adutora,
distribuidora e de drenagem pluvial, assim como a
execução do pavimento betuminoso.
Na reunião ficou também acordado de se proceder
à assinatura do “Protocolo de Responsabilidade”
entre as duas entidades até ao mês de Junho, numa
cerimónia a ter lugar na freguesia do Vale Covo.
A construção de passeios nesta via, onde já se
registaram inúmeros acidentes, nomeadamente dois
atropelamentos mortais, era um anseio e uma
reivindicação da população do Vale Covo com mais de
uma década.
“Graças à insistência, que ao longo do presente
mandato, a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia
do Vale Covo exerceram junto das Estradas de
Portugal, a obra vai finalmente avançar”, salienta a
autarquia.
Publicidade
bombarral
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
9
Associação de Caçadores e Pescadores do Bombarral
21º Aniversário
No passado dia 17, as instalações da “Encosta da Fonte”, na localidade de Estorninho,
Bombarral, acolheram o almoço comemorativo do 21º aniversário da Associação de
Caçadores e Pescadores do Bombarral.
Piedade Simões
O ambiente era de
boa disposição entre as
70 pessoas que acorreram ao local para
saborear vários petiscos.
De navalha em punho, e
sem preconceitos cada
um ia cortando um naco
de pão caseiro, e juntando-lhe frango, entremeada, chouriço, febras,
tudo bem regado com
vinho. A conversa, essa
estava para durar, e
trazia à memória velhas
histórias destes associados.
O Área Oeste esteve á
conversa com o Presidente da Associação de
Caçadores e Pescadores
do Bombarral:
Área oeste – Como
presidente da associação, qual é a importância da mesma
no concelho?
filipe Santos Silva –
Julgo ser uma associação
extremamente
importante pois defende
alguns valores diferentes
das outras associações.
Esta foi das primeiras
Associações do Pais, nós
temos alguma responsabilidade, discutível ou
não, por haver Associações de Caça em Portugal. Fomos dos primeiros a aderir, e os primeiros a colaborar com
os organismos oficiais no
sentido de dar o nosso
parecer, se deveria haver
ou não caça associativa,
e nós devidamente após
discutido e analisado
entendemos aderir ao
projecto. De facto somos
a associação número
143 a nível do País.
ao – quantos associados é que conta
actualmente a associação?
fSS – A Associação chegou a ter cerca de 270
associados, neste momento tem apenas 150.
ao – existe algum
projecto que a associação tenha na manga?
fSS – Como devem
saber, eu fui o mentor
inicial da constituição da
caça associativa. Fiz parte da direcção durante
12 anos, retirei-me, e o
ano passado voltaram a
convidar-me para regressar com um projecto.
Projecto esse, que
seria no sentido de que
esta associação voltasse
a ter o estatuto que já
teve no passado. Foi
considerada pela Direcção Geral de Florestas
como associação modelo
do País. É essa a nossa
aposta.
Quando nós propusemos a nossa candidatura tinha efectivamente um projecto e
continuo a tê-lo, esse
projecto será no sentido
de continuar a colaborar
com os proprietários
para que eles efectivamente colaborem connosco, porque se não
colaborarmos com eles
não é possível que eles
colaborarem connosco.
Queremos fazer tudo o
que estiver ao nosso
alcance para que cada
vez haja mais caça e
para que os nossos
associados se divirtam
num desporto que eles
seguramente
gostam.
Estes projectos passam
por fazer desmatações,
fazer sementeiras. Contudo, fizemos também
largadas de perdizes no
campo para que os caçadores tivessem perdizes para abate. Já este
ano largamos casais de
perdizes para reprodução e se verificarmos
que a densidade não é
suficiente, faremos repovoamento nos meses de
Julho e Agosto.
No que diz respeito
aos coelhos, pretendemos fazer repovoamento de coelhos para
criação ou se quisermos
para reprodução. O que
é verdade é que, esse
trabalho deverá ser feito
no mês de Dezembro ,
altura em que iremos
fazer uma largada de
150 coelhas e 30 coelhos
para reprodução.
ao – qual é o seu sonho para esta associação?
fSS – O meu sonho para
esta associação é efectivamente cumprir o programa que havia, continuar à frente da associação até que eu me
sinta útil e entendam
que eu estou a fazer um
trabalho positivo.
Junta De freGueSia Do CarvaLhaL
atriBuiu BoLSaS De eStuDo
No dia 16 de Maio, a sede da Junta de Freguesia foi
o local escolhido por João Mendonça, Presidente da
Junta de Freguesia do Carvalhal, para a atribuição de
bolsas de estudo, a duas estudantes universitárias.
Joana Maurício, estudante de Educação Básica, em
Santarém e Delmira Sousa, aluna de Psicologia, em
Lisboa, foram as alunas universitárias contempladas
com as bolsas de estudo atribuídas pela Junta de
Freguesia do Carvalhal.
João Mendonça, Presidente da Junta de Freguesia,
considera que “esta atribuição de bolsas de estudo é
muito importante, não é pelo valor que se vai dar
mas é mais uma ajuda da nossa parte.”
A bolsa atribuída às alunas é de 500 euros, e do
ponto de vista do Presidente da Junta de Freguesia,
é sem dúvida uma ajuda que estas jovens irão
recordar.
As duas bolseiras mostraram-se contentes com esta
ajuda por parte da Junta de Freguesia.
jornal
Necrologia
regional
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
10
AGÊNCIA FUNERÁRIA S. SEBASTIÃO, Lda.
Gerência de: Pedro antónio Bento
1964
2009
45 anos de
Experiência
Funerais e Transladações - Artigos Religiosos
Tratamos de todos os assuntos referentes a subsídios de funeral
Preços sem concorrência - Facilidades de pagamento
Armazém e exposição na Rua de Angola n.º18 - 2540 Bombarral
Lourinhã: r. almirante reis, 5 (r. Grande) - telef. 261 411 839
-
BomBarraL: rua do mercado, 31 - telef. 262 604 986
CINTRÃO
BOMBARRAL
BOMBARRAL
Maria Emilia Rodrigues
Vieira
Albino dos Santos
António Maurício Antunes
N. 13.01.1916 - F. 16.05.2009
N. 01.12.1935 - F. 11.05.2009
Agradecimento
Agradecimento
N. 02.03.1935 - F. 17.05.2009
Agradecimento
Seu irmão, cunhada, sobrinhos e restante família vêm
por este meio agradecer reconhecidamente a todas as
pessoas que acompanharam o funeral, bem como os
que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar.
Agência Funerária S. Sebastião, Lda.
R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef. 262 604 986
1964
2009
A família vem por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar.
Agência Funerária S. Sebastião, Lda.
R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef. 262 604 986
1964
2009
Sua esposa e restante família vêm por este meio
agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que
acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer
outra forma manifestaram o seu pesar.
Agência Funerária S. Sebastião, Lda.
R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef. 262 604 986
1964
2009
AZAMB. DOS CARROS - EMERGEIRA
FAMÕES
BOMBARRAL
Filomena de Jesus
Armando dos Prazeres
Abilia Zélia Santos Bernardo
N. 13.04.1924 - F. 04.05.2009
N. 28.01.1923 - F. 10.05.2009
N. 29.01.1971 - F. 09.05.2009
Agradecimento
Agradecimento
Agradecimento
A família vem por este meio agradecer reconhecida-
Sua esposa, filhos, genro, netos e restante família vêm
A família vem por este meio agradecer reconhecida-
mente a todas as pessoas que acompanharam o fune-
por este meio agradecer reconhecidamente a todas as
mente a todas as pessoas que acompanharam o funer-
ral, bem como os que de qualquer outra forma manifes-
pessoas que acompanharam o funeral, bem como os
al, bem como os que de qualquer outra forma manifes-
taram o seu pesar.
que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar.
taram o seu pesar.
Agência Funerária S. Sebastião, Lda.
R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef. 262 604 986
1964
2009
Agência Funerária S. Sebastião, Lda.
R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef. 262 604 986
1964
2009
MISERICÓRDIA - M. DOS FERREIROS
VALE CÔVO
Arlindo da Silva Gabriel
Filomena Lopes
N. 25.10.1943 - F. 07.05.2009
N. 15.05.1925 - F. 06.05.2009
Agradecimento
Agradecimento
Esposa, filhas, genros, neto e restante família vêm por
Irmãos, sobrinhos e restante família vêm por este meio
este meio agradecer reconhecidamente a todas as pes-
agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que
soas que acompanharam o funeral, bem como os que de
acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer
qualquer outra forma manifestaram o seu pesar.
outra forma manifestaram o seu pesar.
Agência Funerária S. Sebastião, Lda.
R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef. 262 604 986
1964
2009
Agência Funerária S. Sebastião, Lda.
R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef. 262 604 986
1964
2009
Agência Funerária S. Sebastião, Lda.
R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef. 262 604 986
1964
2009
jornal
Publireportagem
regional
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
11
Entrevista com Carlos Barros, sócio-gerente da Barros & Moreira, SA
Barros & Moreira com novas instalações
na Zona Industrial das Gaeiras
Com o objectivo de centralizar num único edifício todos os
armazéns onde a empresa laborava, a empresa Barros &
Moreira, exportador e importador de artigos sanitários,
mudou-se para a Zona Industrial da Ponte Seca, nas
Gaeiras.
Área Oeste - O que motivou a mudança para a Zona
Industrial da Ponte Seca, nas Gaeiras?
Carlos Barros - O nosso objectivo passou sempre por
trabalhar, procurando crescer de uma forma sustentada, e é
o que tem acontecido. O ano passado foi um ano bastante
dificil, tinhamos os níveis de stock elevados, que
necessariamente temos de ter.
Com cinco armazéns muito dispersos entre si, gerir
stocks entre eles torna-se quase impossível em termos de
organização.
E de facto este é o grande passo da Barros & Moreira a
nível da concretização do sonho de centralizar todos os
nossos armazéns num único espaço físico e reorganizar o
funcionamento, o que fizemos ao mesmo tempo. Para além
do que já tínhamos feita nesta área, com esta passagem
informatizamos a logística, ou seja, a movimentação dentro
do nosso armazém não se processa com papéis, processase com códigos de barras e terminais portáteis.
marca própria.
A. O. - Quais as grandes mudanças que estas novas
instalações trouxeram?
C. B. - A nossa exposição veio trazer a mais valia de
podermos ter exposto aquilo que nós distribuímos e de
darmos a conhecer um pouco mais os nossos produtos ao
nosso cliente e ao público em geral.
A área das cozinhas, por exemplo, já existia na Barros &
Moreira mas que anteriormente estava escondida. Trata-se
de um negócio que adquirimos há cerca de dois anos e
somos representantes exclusivos para todo o país e para
Angola.
A. O. - Qual a expansão da Barros & Moreira?
C. B. - O objectivo da Barros & Moreira é crescer na
exportação e todos os projectos que andamos a desenvolver
a nível de marcas próprias têm essa finalidade. No ano
passado cerca de 9% da facturação resultou da exportação.
A. O. - A Barros & Moreira a dedicar-se à exportação e
importação de artigos sanitários?
C. B. - A única diferença, neste momento, é que em 1997 a
Barros & Moreira importava de Espanha e Itália, enquanto
hoje 60 a 70% das importações que fazemos já são de
países com a China, a Turquia ou a Índia. A abertura do
mercado levou a que os produtos que comprávamos em
Itália nos anos de 97 a 2000, hoje sejam comprados na
China.
Uma das transições, e essa é também a estratégia futura,
prende-se com o facto de termos deixado de trabalhar com
marcas que existem no mercado ao nível dos acessórios,
sendo que tudo o que é acessórios nós trabalhamos com
A. O. - Quem são os vossos clientes?
C. B. - Nós vivemos 98% da revenda nacional e
internacional, uma vez que também exportamos –
actualmente já exportamos para três países. E a estratégia
da Barros & Moreira é continuar nesse caminho, ou seja,
uma empresa dedicada a importar e exportar. Na parte da
distribuição a nível nacional cobrimos todo o mercado.
A questão da exposição, esta está desenvolvida para o
nosso cliente de revenda. Hoje é uma exposição completa e
com condições que não tínhamos, sendo que 100% dos
produtos que ali estão são distribuídos pela Barros &
Moreira, não são produtos para vender ao retalho.
Aproveitamos a infra-estrutura para fazer um exposição e
convidar os nossos clientes, desde o maior ao mais
pequeno.
A. O. - Que marcas prestigiadas representam da
Europa?
C. B. - Na área do banho, temos actualmente quatro ou
cinco marcas que são muito prestigiadas, mas ao mesmo
tempo estamos a desenvolver projecto de marcas próprias.
Paralelamente temos marcas internacionais e temos uma
marca própria sempre dentro do mesmo tipo de produto.
Numa torneira representamos a Newform, que é uma das
grandes marcas mundiais, mas também temos a nossa
marca própria.
Representamos marcas com prestígio a nível mundial
mas a estratégia também tem passado por apostar em
marcas próprias, desenvolvendo-as em paralelo.
Hoje as marcas que representamos são todas de
segmento médio/alto, enquanto as marcas próprias que
estamos a desenvolver destinam-se ao segmente
médio/baixo. Assim conseguimos abranger todos os
segmentos de mercado.
A. O. - Quanto ao sector da bricolage. É também um
sector interessante para a Barros & Moreira?
C. B. - Trata-se de um sector no qual entramos quando a
bricolage começou a dar os primeiros passos em Portugal,
continua ser um sector muito importante para nós e com
tendência para crescer. A bricolage ainda tem uma margem
de crescimento muito grande em Portugal. Ainda estamos no
início.
A. O. - Como é vê o sector da construção em termos
futuros?
C. B. - As dificuldades por que passa a construção, nós
temos um reflexo indirecto, ou seja, através dos nossos
clientes que vendem ao construtor.
O futuro da construção em Portugal passa por uma
construção mais moderada e pela aposta na reconstrução.
A. O. - Há algum projecto para avançar entretanto?
C. B. - Apresentamos no passado dia 19 de Maio dois
projectos. O primeiro é um modelo de torneiras desenhado
para a nossa marca própria, a Ctesi, em parceria com a
Escola Superior de Arte e Design de Caldas da Rainha. No
último Verão lançamos um concurso em parceria com a
escola, em que o desenho da torneira fez parte de uma
cadeira e agora apresentamos uma torneira desenhada por
uma jovem designer. A outra novidade foi a apresentação de
uma marca própria para móveis casa de banho.
Rua Industrial, nº8 - Zona Industrial da Ponte Seca - 2510-752 Gaeiras - Óbidos - Telef. 262 837 230 - Fax 262 837 231 - [email protected] - www.barros-moreira.pt
jornal
Região
regional
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
12
jornal
Publicidade
regional
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
13
jornal
r e g i o n a l “Especial”
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
Saúde e Beleza
ÁREA OESTE
14
Centro Médico e Dentário da Avenida
Comece o Verão com um Sorriso renovado
Se um sorriso não exalta confiança, hoje em dia existem um leque
de opções cosméticas que virtualmente conseguem ajudar qualquer paciente. Essas opções são hoje melhores do que algumas
vez foram e as mais populares incluem:
Branqueamentos Dentários – existem muitas opções de branqueamento dentário e estes variam principalmente no preço e na
urgência que o paciente tem no tratamento. Os branqueamentos
dentários supervisionados por Médicos Dentistas são a opção
recomendada pelas mais diversas Associações de Medicina dentaria e deverão ser a escolha dos Pacientes.
Facetas de Porcelana – são cada vez mais um procedimento
popular. Estas são lâminas de cerâmica pura, ultra finas e feitas
em laboratório a medida de cada um, que são cimentadas ao
dente em causa. São óptimas opções para fechar espaços entre
dentes ou disfarçar dentes descolorados que não respondem bem
aos tratamentos de branqueamento.
Para muitos, o Verão trás novas resoluções e decisões que
irão implicar uma melhoria na qualidade de vida geral.
Este ano, baseado em estudos conduzidos pela “American
Academy of Cosmetic Dentistry”, as pessoas deveriam considerar
renovar os seus sorrisos. Este estudo revela que aqueles que se
sujeitaram a tratamentos dentários cosméticos são tidos como
pessoas melhor sucedidas, mais inteligentes, mais interessantes,
com mais riqueza, mais atraentes e mais populares para com as
pessoas com quem se relacionam mas principalmente para com o
sexo oposto.
Num enquadramento de negócios, um sorriso confiante diz
muito sobre a maneira como uma pessoa acredita na sua capacidade de completar com sucesso as suas tarefas em mão.
Implantes – um substituto das dentaduras. Os implantes são
muito mais fortes, são fixos, impedem a reabsorção óssea e o
envelhecimento do esqueleto da face mas principalmente são a
opção mais atraente para substituir a perda de dentes. E colocado
um pilar de titânio no sitio do dente perdido e depois e confeccionada um coroa de cerâmica a medida do espaço e com a cor
certa.
Restaurações Estéticas a compósito – uma excelente opção
para dentes partidos, rachados entre outros. Este e um processo
no qual um material idêntico ao dente e aplicado na superfície dentária e depois esculpido a forma desejada, fica rijo e depois e polido de maneira a ficar com o sorriso ideal.
Tal como em qualquer procedimento Medico, e recomendado que
os pacientes consultem o seu Medico Dentista antes de
avançarem para qualquer tratamento cosmetico-dentário. Em conjunto devem definir um objectivo realista e então fazer um plano de
Antes e depois
tratamento a medida do paciente de maneira a que os tratamentos
Cosméticos a realizar completem as necessidades específicas de
cada um e assim conseguirem um sorriso confiante e atraente.
Dr. Bryan Ferreira
www.cmdavenida.com
Centro Médico e Dentário da Avenida - Avenida 1º de Maio, 12 - 1º Dtº | Telef. 262 831 291 - 262 831 291 Tlm. 917 954 600 [email protected] | www.cmdavenida.com
2500-081 CALDAS DA RAINHA
jornal
r e g i o n a l “Especial”
Saúde e Beleza
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
15
jornal
r e g i o n a l “Especial”
Saúde e Beleza
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
16
óbidos
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
17
Município de Óbidos dedica o mês de Maio aos Museus
Acesso à cultura
Celebrou-se no passado dia 18 de Maio o Dia Internacional dos
Museus. Um dia que confere uma maior visibilidade a estas
instituições. A ideia é dar, com todo o mérito, maior visibilidade
e acessibilidade aos conteúdos dos museus e por conseguinte à
cultura.
No caso particular de
Óbidos, esta realidade
está retratada nos projectos que se apresentam, neste mês, mas
que terão resultados
durante bastante mais
tempo. Como o tema
deste ano do Dia Internacional dos Museus é
sobre
Património
e
Turismo, vai a Rede de
Museus e Galerias do
Município de Óbidos
realizar algumas pequenas, mas muito importantes,
alterações
que visam captar a atenção dos turistas para os
museus. Sublinhe-se as
diversas actividades que
se desenvolvem durante
De 9 a 31 de Maio - Pensar Colorido 2008. Alice no País das Maravilhas.
Local: Galeria Casa do Pelourinho;
De 25 a 30 de Maio - “Semana da Água” nas Piscinas Municipais de Óbidos.
Local: Piscinas Municipais de Óbidos;
De 28 de Maio a 03 de Junho - Obidíadas 2009.Festa da Educação Física
e Desporto Escolar de Óbidos. Local: Complexo Desportivo Municipal
farmácias de serviço
farmácia oliveira
Dias de Semana – das 9 às 20 horas.
Sábados – das 9 às 13 e das 15 às 19 horas.
Domingos e feriados – das 10 às 13 e das 15 às 19 horas.
amoreira
farmácia vital
Dias de Semana – das 9 às 13 e das 15 às 21 horas.
Sábados – das 9 às 13 e das 15 às 19 horas.
Domingos e feriados – Encerrada.
números úteis
Camara municipal da obidos
Protecção Civil
Bombeiros voluntários da obidos
Guarda républicana
Centro de Saude
262
262
262
262
262
955
955
959
959
959
500
515
728
149
144
este período nos museus
da vila medieval, apontando-se na agenda…
Durante o mês de
Abril, no passado dia 30,
foi inaugurado um projecto inovador de designers da região intitulado “Roupa Didáctica
– Projecto de Design
Global”, que decorre
ainda no Centro de Design de Interiores Maria
José Salavisa, até 27 de
Maio.
Já a exposição “Alice
no País das Maravilhas”,
que tem por base o
trabalho desenvolvido
pela pintora Romarina
Passos nos jardins-deinfância do concelho de
Óbidos e no Serviço
Educativo do Museu
Municipal, foi inaugurada
no passado dia 9 de
Maio. São os mais jovens
artistas do concelho que,
através de uma história
intemporal, aprendem
valores de vida através
da arte. A mostra está
patente na Galeria do
Pelourinho até ao dia 24
Publicidade
Café/pastelaria
“O Brazão II”
(Antigo Snack-Bar “O Canário”)
Agora com nova Gerência
Prop. Célia Carvalho Martins
Temos:
Refeições económicas a partir de 2.50€
Pizzas por encomenda
Merendeiras com chouriço, torresmos,
etc.
Complexo Desportivo Bairro dos Arcos
(Estádio Municipal)
2510 - Óbidos
Tlm.: 913 660 061
Publicidade
de Maio.
Também a galeria NovaOgiva recebe, até 24
de Maio, a exposição
ROBOT ARTe, de Leonel
Moura, artista plástico
que, em 2009, é embaixador de Portugal no
Ano Europeu da Criatividade e Inovação.
Nesta exposição estão
patentes as diversas
vertentes do trabalho do
artista, nomeadamente,
pintura, RAP (Robotic
Action Painter) a pintar e
uma instalação de Robôs
Insectos. A linha de
trabalho deste artista
aponta para uma relação
estreita entre a pesquisa, inovação, criatividade e arte.
Aponte-se ainda que
no Museu Abílio Mattos e
Silva, no próximo dia 29,
às 18 horas, será inaugurada
a
exposição
temporária “Cenografia
de Abílio – Auto da
Geração Humana”, que
ficará patente ao público
até ao dia 31 de Janeiro
de 2010. Trata-se de
uma mostra baseada na
colecção do Museu Nacional do Teatro e do
Teatro Nacional D. Maria
II, assinalando o trabalho cenográfico de
Abílio e Mattos e Silva,
mais concretamente a
sua participação neste
auto atribuído a Gil
Vicente e levado à cena
em 11 de Maio de 1978.
Durante o mês de
Maio dedicado aos Museus, será lançado o folheto da Rede de Museus
e Galerias com localização e informação essencial sobre cada um
dos sete espaços: Museu
Municipal de Óbidos,
Museu Paroquial São
João Baptista, Museu
Abílio Mattos e Silva,
Casa do Arco, Centro de
Design de Interiores Maria José Salavisa, Galeria
do Pelourinho e Galeria
NovaOgiva. Será ainda
apresentada uma newsletter com toda a informação relativa à Rede de
Museus e Galerias. O
principal objectivo é aumentar a acessibilidade
e a visibilidade dos conteúdos e colecções que
compõem o património
dos museus e galerias de
Óbidos.
óbidos
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
“a metamorfoSe” De franz KafKa
O Auditório Municipal da Casa da Música, em Óbidos,
recebe no próximo dia 6 de Junho, às 21h30, a peça
de teatro “A Metamorfose”, a partir da obra de Franz
Kafka. Aqui apresentada numa encenação da
Inestética Companhia Teatral.
A “Metamorfose” narra a história fantástica de Gregor
Samsa, um caixeiro-viajante que se vê obrigado a
suportar todas as despesas da família e que, certa
manhã, constata que se transformou num
escaravelho. Trata-se de um dos mais conhecidos
livros de Kafka que retracta uma irónica metáfora
sobre o absurdo da condição humana, num
espectáculo que explora a plasticidade narrativa de
uma das obras mais marcantes da literatura do
século XX. A encenação está a cargo de Alexandre
Lyra Leite, a versão teatral é da responsabilidade de
Rita Leite e Alexandre Lyra Leite. O elenco conta com
Afonso de Melo, Alfredo Nunes, Isabel Gaivão, Joana
Barros, João Luz, Luís Santiago, Margarida Cardeal.
O bilhete para o espectáculo custa 10 euros. Para
mais informações e reserva de bilhetes deverá
contactar o Posto de Turismo de Óbidos, telefone 262
959 231.
i feStivaL De ConCertinaS naS GaeiraS
O primeiro Festival Nacional de Concertinas de
Gaeiras, organizado pela Sociedade Filarmónica e
Recreativa Gaeirense juntamente com o apoio da
Junta de Freguesia vai ter lugar no dia 31 de Maio.
Esperam-se vários grupos oriundos do norte a sul do
país. O encontro vai decorrer na tarde do dia 31 de
Maio, e decorrerá no Largo do Mercado nas Gaeiras.
As entradas serão livres e o festival contará também
com um espaço para petiscos. Para Eduardo João
Silva, presidente da Junta de Freguesia das Gaeiras,
“este é um dos instrumentos mais apreciados pela
população”, e por isso espera receber muitos
visitantes no festival de concertinas. Já sobre as
recentes iniciativas realizadas nas Gaeiras, Eduardo
João Silva faz um balanço positivo das Tasquinhas
das Gaeiras 2009. “Foram superadas todas as
expectativas. Apesar da crise, mesmo assim, as
colectividades fizeram mais verbas em 3 dias este
ano do que em 4 dias o ano passado. O sucesso foi a
todos os níveis. As pessoas que nos visitaram
adoraram e as colectividades conseguiram obter, com
o seu trabalho, algum lucro”. Já relativamente à
primeira edição da mostra de Arte Sacra registaram
a visita de mil e quinhentas pessoas em duas
semanas. Lembramos que estiveram em exposição
mais de 300 peças de arte religiosa.
ÓBiDoS Promove SeSSõeS De yoGa
Para BeBéS
O Complexo Escolar dos Arcos, em Óbidos, recebe no
próximo domingo, dia 24 de Maio, um conjunto de
sessões de yoga para bebés (Babyoga) dos nove aos
vinte e dois meses de idade.
Segundo refere um comunicado da Câmara Municipal
de Óbidos “o Babyoga resulta de uma mistura entre
a adaptação de posturas do yoga clássico aos bebés
e a prática de movimentos desenvolvidos para
estimular a integração sensorial do bebé e da
criança. É uma actividade para ser realizada em
conjunto entre pais e filhos”. Assim, estas aulas
centram-se essencialmente no desenvolvimento
psicomotor
dos
bebés
mas
também
no
desenvolvimento de um vínculo afectivo profundo. Os
benefícios da prática regular e contínua de yoga são
notórios no bebé. Segundo a organização: existe um
sono de maior qualidade, uma melhoria da digestão
e alívio das cólicas, entre outros benefícios.
Esta é iniciativa do Município de Óbidos, através do
Programa
Municipal
“Saúde Melhor”, contando com o apoio da
loja “Um pequeno grande mundo”, situada em
Caldas da Rainha. As
inscrições têm um custo
de 10 euros para a
participação
de
um
adulto por criança. Para
mais informações poderá
contactar o Centro de
Intervenção Social (CIS)
do Município de Óbidos,
telefone: 262 955 569,
e-mail:
[email protected]
Publicidade
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
18
O programa divide-se em 3 partes. Pelas 10 horas
da manhã o Babyoga 1 para Recém-nascidos até à
tentativa de gatinhar (máximo 9 meses). Às 11 horas
o Babyoga 2, da tentativa de gatinhar até à aquisição
da marcha (máximo 22 meses). Por fim pelas 12
horas o Babyoga 3, já dos 2 aos 4 anos.
“Semana Da ÁGua” naS PiSCinaS
muniCiPaiS De ÓBiDoS
“Semana da Água” é uma iniciativa que vai decorrer
nas Piscinas Municipais de Óbidos, entre os dias 25 a
30 de Maio. Os utentes das Piscinas podem usufruir
de uma semana de natação, e diversão,
nomeadamente com actividades lúdicas com música,
jogos de cooperação, jogos colectivos e estafetas.
Durante estes dias, os monitores de natação vão dar
aulas muito diferentes do habitual, que alegram não
só os alunos mais novos, como também os seniores.
Uma organização da empresa municipal Óbidos
Patrimonium, que pretende proporcionar aos utentes
das Piscinas do Concelho actividades diversificadas
com muita animação.
ÓBiDoS CeLeBra
Dia munDiaL Da Criança
No âmbito do Dia Mundial da Criança, o Município de
Óbidos e a Associação Recreativa e Cultural da
Usseira (ARCU), colectividade do concelho de Óbidos,
realizam no próximo dia 30 de Maio, sábado, uma
tarde muito animada a pensar nos mais pequenos. As
actividades para as crianças começam logo pelas 15
horas na sede da ARCU, com experiências divertidas
e diversificadas, nomeadamente teatro, música,
pinturas faciais, livros, pintura, actuação do Rancho
Infantil do Olho Marinho, entre outras surpresas.
Para acompanhar os mais pequenos no desenvolvimento das brincadeiras vão estar as animadoras do
programa “Óbidos Visto pelas Crianças”. Junto ao
salão da associação vão estar também insufláveis
para divertimento e satisfação da pequenada. No
final das actividades haverá um lanche convívio para
todos os miúdos.
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
óbidos
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
19
Lançamento do livro em Óbidos
“Retratos de Abril – 35 anos depois”
A Galeria novaOgiva em Óbidos recebeu na noite da passada
quinta-feira, 7 de Maio, uma mão cheia de nomes ligados ao 25
de Abril de 1974. O mote foi a apresentação do livro de
fotografia de Veríssimo Dias. Presentes estiveram Mário Tomé,
Otelo Saraiva de Carvalho, Manuel Monge e Manuel Freire. Mais
de duas dezenas de pessoas assistiram à apresentação.
Telmo Faria, presidente da Câmara Municipal de Óbidos deu
inicio à sessão de apresentação da obra começando por realçar
que, “estamos perante
referenciais que norteiam a nossa Democracia. O livro que aqui
se lança, tem a riqueza
de retractar, em parte, a
construção da democracia
em
Portugal.
Óbidos em Dezembro de
1973 teve o seu papel na
história de Abril, com a
reunião do Movimento
dos Capitães que aqui
teve lugar. Mas não podemos só ficar a olhar
para trás, pois por essa
mesma razão existe um
enorme distanciamento
entre os jovens e as
gerações mais antigas. O
passado é extremamente importante, como
farol, mas temos de
olhar para o futuro”,
sublinhou por fim o
autarca.
De seguida tomou da
palavra o autor do livro,
Veríssimo Dias, que começou por confessar que
“o retracto é o género de
fotografia
que
mais
aprecio”, justificando assim o género de obra
que agora apresenta.
“Inicialmente
pensei,
como eram os 35 anos
sobre o 25 de Abril, em
apenas fotografar 35
militares, depois pensei
logo em 50. Depois já
tinha 103 militares… mas
penso que este seja o
Publicidade
número ajustado. De
resto eu sou o único
responsável pela escolha
dos militares para o livro, e todos os convites
foram aceites. O livro foi
organizado por ordem
alfabética e no essencial
é uma homenagem aos
militares de Abril com os
quais eu estabeleci uma
relação de amizade”.
Uma das pessoas fotografadas é Manuel
Monge, presente nesta
sessão repartiu em três
partes o seu discurso.
Sobre o livro, “este é um
livro de imagens sobre o
25 de Abril. É a única
obra onde estão muitas
das pessoas do 25 de
Abril. O livro tem o mérito de ir buscar pessoas
dos diversos quadrantes
políticos e das mais diversas áreas sociais e
culturais, juntando-as
num único espaço”. Sobre Óbidos, “a vila de
Óbidos juntou também
pessoas. Foi aqui que
ocorreu a reunião dos
Capitães. O poder autárquico é também uma
das mais belas conquistas de Abril”, lembrou. Por fim e sobre a
clássica pergunta: “Onde
estava eu no dia 25 de
Abril? Estava preso! Já
como vejo hoje o 25 de
Abril? Vejo que veio
devolver a liberdade e a
cidadania
ao
Povo
português. Já sobre o
legado do 25 de Abril, é
necessário
tornar
a
introduzir nos jovens o
espírito de solidariedade
(antes existia mais, por
exemplo, o espírito de
camaradagem)”.
Já Mário Tomé, outra
das vozes que se fez
escutar, começou por
referir que “a memória é
importante se existir
algo que a faça agir.”
Para Mário Tomé “o 25
de Abril nasce como um
movimento para acabar
a Guerra Colonial. O que
juntou e motivou os
Capitães foi isso (muito
antes da Democracia e
da Liberdade). E o Movimento nasce na Guiné
porque lá a guerra estava perdida. Nesse contexto aparece o Movimento dos Capitães.
Para acabar com o Fascismo. O 25 de Abril tem
depois sim um programa
democrático em consequência e juntando também a questão da liberdade”. Mário Tomé
resume que “a democracia é definida pelas
pessoas e não pelos
militares. O Povo quando
foi para a rua deu legitimidade ao 25 de
Abril. A Luta pela igualdade foi a grande luta do
Povo Português”.
Como não poderia deixar de ser também Otelo
Saraiva de Carvalho foi
retractado neste livro.
Também presente nesta
cerimónia de apresentação começou por dizer
que “esperava-se na
altura que a luta por
melhores condições para
as Forças Armadas, levase à queda do governo
de Marcelo Caetano”. Tal
não veio a acontecer.
“Foram então dois acontecimentos que levaram
à mudança e ao 25 de
Abril. O primeiro acontecimento marcante é a
edição de um livro do
general
António
de
Spínola “Portugal e o
Futuro” que ao ser, incrivelmente para admiração de todos, publicado acaba por dar
inspiração e incentivo ao
Movimento das Forças
Armadas”. O livro numa
semana vende 100 mil
exemplares, o que era já
um sinal de necessidade
de mudança.
“Entretanto a 14 de
Março de 1974, todos os
generais das Forças
Armadas
(FA)
mostravam a fidelidade
das FA ao governo. Nós
chamávamos a Brigada
do Reumático. Isto ia
levar à exoneração do
General Spínola. Havia o
entusiasmo para fazer
qualquer
coisa
para
evitar a saída do Spínola,
os Capitães e as Unidades queriam ir para a
rua levando o Governo a
cair. A ideia pegou.
Temos então o segundo
acontecimento marcante, o 16 de Março de
1974, o arranque de
Caldas da Rainha que
serve de exemplo. As
tropas das Caldas da
Rainha saem à rua e
dirigem-se a Lisboa.
Além de terem ficado
todos presos pesou-me a
responsabilidade
de
todos aqueles homens.
Mas graças a eles vimos
como as coisas operavam e a PIDE ficou ocupada durante um tempo
e convencida de que
tinha destituído o Movimento das Forças Armadas. Isso permitiunos preparar o 25 de
Abril”. Para Otelo Saraiva de Carvalho foi a
Guerra Colonial que
construiu a consciência
política nos militares.
Quanto ao que se conseguiu ou não com a Revolução dos Cravos,
“com o 25 e Abril,
conseguiu-se a Democracia, a Descolonização
e o Desenvolvimento.
Isso foi conseguido apesar de muitas coisas
ainda hoje não estarem
bem”.
Depois de um debate
de ideias entre todos e
também com o contributo de alguns elementos do público, deuse lugar a uma das
canções de intervenção
mais emblemáticas de
Portugal. Manuel Freire
cantou “A Pedra Filosofal” tema que estreou
na televisão em 1969 no
programa
“ZIP-ZIP”.
Neste caso já lá vão 40
anos, mas mesmo assim
com tanto sentido como
nestas quatro décadas, –
Eles não sabem que o
sonho é uma constante
da vida…
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
lourinhã
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
20
Batalha do Vimeiro
Exposição de Modelismo Estático "Batalha do Vimeiro
A construção de miniaturas à escala define
a essência do modelismo
– um passatempo que
desenvolve a atenção,
concentração, selecção e
pesquisa.
Esta actividade estará
em destaque no Centro
de Interpretação da Batalha do Vimeiro (CIBV),
nos próximos dias 23 e
24 de Maio, com a realização de uma mostra e
de workshops sobre modelismo estático.
Fundada no grande
tema “Batalha do Vimeiro”, a exposição enquadrará também outro
tipo de peças, como
aviões e tanques, entre
muitas outras.
Os modelistas que quiserem modelar durante
a exposição terão à sua
disposição uma bancada,
que funcionará como um
posto avançado para troca de técnicas e ideias.
Os Workshops contemplados no programa
visarão as temáticas
“Terrenos e Dioramas”
“Técnicas de envelhecimento de interior de
veículos / Técnicas de
aplicação de descasques,
com técnicas de esponjas e pincel” e “Figuras” e serão dinamizados, respectivamente,
por António Sobral, Luís
Alho e Vitalino Xitas.
De índole mais prática,
estas iniciativas terão
lugar na Sala Multimédia
do CIBV, sendo possível
visionar, em tela, o trabalho desenvolvido pelos
dinamizadores, nomea-
damente a pintura de
figuras.
A venda de construções de modelismo
estático, bem como a
mostra de diversos tipos
de figuras é outra das
modalidades compreendidas na agenda da actividade.
Esta iniciativa conta
com os apoios da Câmara Municipal da Lourinhã, da Junta de Freguesia do Vimeiro e do
Centro de Interpretação
da Batalha do Vimeiro.
No concelho da Lourinhã
Semana do Polvo
Dia 23 de Maio - Futsal: ACR Pregança / Achada. Campeonato Distrital - 1.ª
Divisão – Seniores, pelas 21 horas. Local: Pav. Pregança do Mar;
Dia 24 de Maio - Futebol 11: SC Lourinhanense / Montelavarenses.
Campeonato Distrital 1.ª Divisão - Séniores - Série 1. Local: Estádio
Municipal da Lourinhã. Horário16h00
Farmácias de Serviço
De 22 a 25 - Leal
De 26 a 29 – Quintãs
números úteis
Câmara municipal da Lourinhã
261
Protecção Civil
261
Bombeiros voluntários da Lourinhã 261
Guarda républicana
261
Centro de Saúde
261
410
785
419
422
417
100
377
500
021
950
Publicidade
Administramos Condomínios em
- Peniche
- Cadaval
- Lourinhã
- Caldas da Rainha
- Bombarral - Torres Vedras
- Óbidos
- Outros
Avenida 25 de Abril, 84, 1º esq. - 2520-203 Peniche
Telefone / Fax: 262 785 120 - http//condopeniche.no-ip.org
Na semana de 28 de Maio a 7 de Junho, o polvo é
rei da gastronomia da Lourinhã, seja ele
acompanhado de arroz ou batata, ou à lagareiro,
cozido, panado ou de Caldeirada.
O evento conta com a participação de 16
restaurantes do concelho, e tem como principal
intuito homenagear um dos moluscos mais
abundantes e procurados da nossa Costa Atlântica.
Muito apreciado na culinária local, é possível pescar
o polvo artesanalmente, junto ao litoral mais
rochoso, nomeadamente nas praias da Peralta e de
Paimogo, ou em alto mar, através da nossa frota
pesqueira.
À semelhança de outras iniciativas de promoção
dos produtos e da gastronomia concelhia, a Semana
do Polvo visa incentivar o surgimento de novos
pratos - a fusão da tradição com o cariz inovador
encontra-se bem patente na maior parte das
ementas apresentadas - e o desenvolvimento da
economia local.
Participam
nesta
iniciativa
os
seguintes
estabelecimentos
de
restauração:
Pizza
&
Companhia, Café “Avenida”, O Daniel dos Frangos,
Velha Adega, Cantinho do Moinho, O Moleiro, O
Castelo, D. Sebastião, Vigia, O Teimoso, D. Lourenço,
Cervejaria Jardim, O Remo, Manjar da Praia, Chafariz
e Adega do Careca.
Fica o convite aos amantes do Polvo, que dêem um
saltinho ao Concelho da Lourinhã para saborear das
mais diversificadas maneiras o rei.
Publicidade
Publicidade
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
lourinhã
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
21
Moita dos Ferreiros
Nova Sede de Junta
O dia 16 de Maio ficou marcado na localidade de Moita de
Ferreiros pela comemoração do 10º aniversário da elevação a
vila, mas sobretudo pela inauguração da nova sede da Junta de
Freguesia.
Piedade Simões
O programa comemorativo teve início pelas
15.30 horas, com o
hastear das bandeiras
acompanhada pela Banda da Sociedade Lírica
Moitense, seguiu-se o
descerrar da Placa Comemorativa, a bênção e
visita às instalações.
A sessão solene teve
lugar já nas novas instalações da Junta, que se
tornaram pequenas para
o mar de gente que ali
acorreu, bem como os
convidados e autarcas
do concelho da Lourinhã.
António Onofre, Presidente da Junta de Freguesia da Moita de
Ferreiros foi o primeiro
interveniente, tendo falado no sonho da nova
Sede “O sonho já é
antigo de construir uma
nova Sede acessível a
todos,
detentora
de
espaços que permitam
responder às exigências
dos nossos tempos, bem
como preparada para
enfrentar novos desafios
e exigências dos tempos
vindouros, tornando-se
realidade hoje com a
inauguração destas instalações
que
ficam,
desde já, à disposição de
toda a População da
Freguesia bem como de
outros que procuram os
nossos serviços, especialmente o Posto de
Correios.”
José Manuel Custodio,
Presidente da Câmara
Municipal da Lourinhã,
entreviu na sessão solene tecendo rasgados
elogios à vila da Moita,
tendo frisado as excelentes condições da nova
Sede “Hoje, dia de
inauguração da nova
sede
da
Junta
de
Freguesia, é mais um
momento histórico para
esta Freguesia. Como
todos sabem, a anterior
sede funcionava num
primeiro andar, e sem
quaisquer condições logísticas para as funções
que desempenhava.
Agora este novo espaço, adequado às novas
exigências, simboliza o
progresso e o desenvolvimento que se pretende para as pessoas
desta vila.”
O edil finalizou a sua
intervenção incentivando
à continuação do trabalho, afirmando que “É
necessário continuar a
trabalhar, aceitar criticas
e sugestões, pois acima
de tudo o que é fundamental é aumentar a
satisfação e a qualidade
de vida de todos nós.
Pretendemos um desen-
volvimento harmonioso
e sustentado do concelho da Lourinhã, rente
que esta tarefa terá sucesso, que eu pretendo
continuar a trabalhar,
numa relação de proximidade e afecto com
todos, para que no futuro se diga Valeu a
Pena”.
No final da sessão
houve troca de prendas
entre os autarcas.
O largo em frente às
novas instalações foi o
palco para a actuação
dos Ranchos Folclóricos
“Os Clibotas” e “Os Fazendeiros das Gamelas”.
Finalizou-se a tarde
com um beberete no 1º
andar das novas instalações. Contudo, o
programa de festividades para este dia
encerrou pelas 21 horas,
com a celebração de
uma missa.
Relativamente à nova
Sede de Junta de Freguesia, esta teve um
valor de empreitada de
cerca de 395 mil euros,
com exclusão do IVA, foi
adjudicada
à
firma
Nogueira & Matias, Lda.,
contando com o apoio do
Município da Lourinhã no
acompanhamento
técnico da obra, no
decorrer do procedimento administrativo do
concurso, bem como
apoio financeiro de 100
mil euros.
Entrevista Com Presidente da Junta de Freguesia de Moita dos Ferreiros, António Onofre
Área oeste – o que significa este dia para si?
antónio onofre – O concretizar do sonho já com
alguns anos de poder criar para a Junta de Freguesia
e todos os que trabalham cá e para a população, um
espaço digno, digno da nossa freguesia da historia
da vila e que pudesse abrir novas portas para que as
pessoas apareçam com ideias, e dêem uso a esta
casa que é de todos nós. O espaço é muito grande
em relação ao que nós tínhamos, há espaços que
precisam de ser dinamizados e contamos com a
população, com as associações para isso.
Como foi dito na Sessão Solene, este espaço é
completamente transparente como tem sido a
gestão de esta Junta de Freguesia ao longo de quase
12 anos que aqui estou. É uma obra que representa
um esforço muito grande da nossa autarquia, com
80% da verba responsabilidade da Junta de
Freguesia, 20% da Câmara Municipal da Lourinhã e
0% do estado.
Isto equivale a cerca de meio milhão de euros o
que para uma Junta de Freguesia pequena, é um
valor grande mas que felizmente conseguimos
concretizar.
Também é um prémio para as pessoas da
Freguesia, que com este investimento tiveram que
prescindir de algumas infra-estruturas, mas também
ficam com umas instalações que durarão muitos anos
e se forem bem utilizadas penso que valeu a pena o
esforço. Para mim sem duvida que valeu a pena.
ao – hoje também é o dia em que a moita dos
ferreiros comemora a elevação a vila?
ao – Sim, hoje comemora-se o 10 aniversário e nós
quisemos marcar esta inauguração nesta data. Esta
é uma data com significado. Quando nós fomos na
Assembleia da Republica galardoados com o nome de
vila tínhamos poucas infra-estruturas, tínhamos
história. Neste momento temos muito mais, faltam
fazer mais ainda porque o trabalho nunca esta feito,
há sempre coisas para fazer, mas neste momento
conseguimos manter aquelas que tínhamos e falo
essencialmente da GNR, das escolas, uma extensão
de saúde, lar de idosos, e a creche que ainda este
ano vai ser disponibilizada para a população.
Todas as instituições da nossa freguesia que
pretende construir, realizar infra-estruturas que
consideremos que sejam de interessa para a
freguesia têm sido todas apoiadas, não tem havido
excepções e temos tentado seguir uma linha
olhando ao interesse das instituições e sem olhar se
há frente da instituição esta alguém que não é da
nossa cor politica. Nada me custa ressalvar isto
porque estou há 12 anos e sou de um partido
politico diferente do que esta na Câmara Municipal
mas esta freguesia tem continuado a merecer
competências que todas as outras do concelho têm
e temos sido apoiados nas obras que também a
Câmara Municipal considera de relevo. É um
terminar de um ciclo com a construção da Junta de
Freguesia, penso que nos faltava nos ter um local
digno o onde pudéssemos receber as pessoas e
prestar o serviço que uma Junta de Freguesia do
Concelho, e digo do concelho da Lourinha porque há
muitos concelhos neste Pais que não podem porque
não têm verbas ou porque também não precisam
porque não tem o movimento que tem estas
freguesias, nos temos muitas competências, muito
mais do que a lei nos permite atribuídas pela
Câmara Municipal isso obriga-nos também a
construir instalações boas.
Publicidade
Lourinhã
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
lourinhã
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
22
Estratégias e Potencialidades da Aguardente
AMAL acolhe Seminário Aguardente DOC Lourinhã
No próximo dia 22 de
Maio decorrerá, no Auditório Maestro Manuel
Maria Baltazar, sede da
Associação Musical e
Artística Lourinhanense,
o Seminário Aguardente
DOC Lourinhã - Estra-
feSta De enCerramento Do CamPeonato
muniCiPaL De futeBoL CinCo
Decorrerá no próximo dia 23 de Maio, no Pavilhão de
Pregança do Mar, a Festa de Encerramento do XV
Campeonato Municipal de Futebol Cinco com um
programa que inclui a realização de jogos, o desfile
das associações envolvidas na competição e a
entrega de prémios. Com início pelas 15h00, a
agenda comemorativa enquadrará ainda a actuação
da secção de patinagem do Hóquei Clube da
Lourinhã. Estiveram envolvidas neste campeonato –
que teve início no passado mês de Fevereiro – 31
equipas e 450 jogadores integrados nos escalões
Escolas, Infantis, Iniciados, Juvenis, Juniores,
Femininos e Veteranos.
Com 160 partidas contempladas no calendário
competitivo, este Campeonato é uma das iniciativas
de maior tradição do desporto local.
tégias e Potencialidades.
Promovido
pela
Comissão Vitivinícola Regional
da
Lourinhã
(CVRL) e pelo Município,
o encontro pretende dar
a conhecer as perspectivas de desenvolvimento desta aguardente vínica, num quadro de evolução qualitativa e de criação de
novos mercados. Dada a
relevância da temática, a
Organização endereçou
um convite ao Ministro
da Agricultura, aguardando-se confirmação da
sua presença no encerramento da iniciativa.
Com
um
programa
abrangente e pleno de
atractivos, a agenda do
seminário conjuga o
período de debate com
sessões de prova de
aguardentes, bem como
uma visita ao entreposto
de desenvolvimento da
Aguardente DOC Lourinhã.
No capítulo gastronómico,
saliente-se
a
entrega de diplomas da
mostra
gastronómica
aguardente DOC Lourinhã - um evento que
decorreu até ao dia 10
de Maio, envolvendo 11
estabelecimentos
de
restauração. É ainda de
salientar que o almoço
do encontro ficará a
cargo do reconhecido
Chefe de Cozinha Chakall.
Para informações e
inscrições, a Organização disponibiliza o sítio www.aguardentedoclouri
nha.com.
Programa
aBertura De inSCriçõeS
Para o ProJovem 2009
De Junho a Setembro, os jovens do concelho com
idades compreendidas entre os 15 e os 25 anos, têm
a oportunidade de colaborar e apoiar actividades
desenvolvidas pelos serviços da autarquia, através
do Projovem – Projectos de Ocupação Juvenil.
Com as inscrições a decorrerem no Sector de
Juventude do Município, esta iniciativa completa,
nesta edição, cinco anos de existência, tendo
proporcionado a muitos jovens do concelho a
primeira experiência com um contexto profissional.
Com 16 projectos disponíveis, os interessados podem
colaborar com a actividade das Divisões SócioCultural, Administrativa, de Serviços Urbanos e Meio
Ambiente, de Ordenamento do Território e Urbanismo
e de Gestão Financeira.
As tarefas contempladas são diversificadas, incluindo
o
atendimento,
apoio,
monitorização,
acompanhamento e animação, entre muitas outras.
Para além de uma bolsa, os jovens têm direito a
subsídio de transporte, seguro de acidentes pessoais,
bem como a um certificado de formação.
Para mais informações, os interessados podem
contactar a Divisão Sócio-Cultural/Sector de
Juventude, através do telefone n.º 261 410126 e/ou
do [email protected]
Publicidade
09h00 – Recepção dos Participantes
09h30 – Sessão de Abertura
Intervenções: Fernando Oliveira – Presidente da
Comissão Vitivinícola Regional (CVR) da Lourinhã;
Vereador José Tomé – Câmara Municipal da
Lourinhã
09h45 – 1.º Painel
moderador: Dr. Alfredo Carvalho da Silva –
Comissão Executiva da CVR Lourinhã
- “História da Aguardente Lourinhã”
Estação Vitivinícola Nacional – Eng. Pedro Belchior
- “Avanços recentes sobre o envelhecimento da
Aguardente e perspectivas futuras”
Estação Vitivinícola Nacional – Dra. Sara Canas e
Dra. Ilda Caldeira
- “A Certificação e o Controlo – Perspectivas da
entidade certificadora”
CVR Lisboa – Eng. João Ghira – Presidente
10h45 – Debate
11h05 – Pausa
11h30 – 2.º Painel
moderador: Dr. Victor Afonso – Escola Superior de
Hotelaria e Turismo do Estoril
- Estratégias promocionais – Caso particular da
Aguardente DOC Lourinhã
Vini Portugal – Eng. José Manuel Costa e Oliveira –
Vice-Presidente
- Aguardente e Turismo – Que Potencialidades
Região de Turismo do Oeste – Dr. António Carneiro
Publicidade
– Presidente
- A perspectiva do operador
Sociedade Agrícola Quinta do Rol – Eng. Pedro
Ribeiro Corrêa
12h30 – Debate
13h00 – Pausa (Café)
13h15 – Sessão de Encerramento
- Homenagem a Eng. Pedro Belchior – EVN
- Apresentação de Conclusões
- Intervenção do Sr. Presidente da
Câmara
Municipal da Lourinhã
- Intervenção do Sr. Ministro da Agricultura (a
confirmar)
14h00 – Almoço no Pavilhão Multiusos da
Atalaia
(preparado pelo chefe Chakall – Cozinha Divina)
15h30 – Apresentação e prova de aguardentes
- Adega Cooperativa da Lourinhã
- Sociedade Quinta do Rol
16h00 – Entrega de diplomas da Mostra
Gastronómica Aguardente DOC Lourinhã
17h00 – Visita ao entreposto de desenvolvimento da Aguardente (opcional)
17h30 – Prova Técnica na Sala de Provas da
CVR Lourinhã
Aguardentes de ensaio – Diferentes madeiras e
diferentes níveis de queima
Dra. Ilda Caldeira (inscrições limitadas)
Publicidade
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
peniche
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
23
feira do ensino, formação e emprego decorreu em Peniche
47 instituições participaram no certame
O
Município
de
Peniche promoveu nos
dias 7, 8 e 9 deste mês a
II Edição da Feira de
Ensino, Formação e Emprego - [email protected],
certame que decorreu no
Pavilhão da EB 2,3 – D.
Luís de Ataíde, em
Peniche. Nesta segunda
edição participaram 47
instituições, num total
de 52 stands, o que
representa um crescimento de mais 20 instituições em relação à
edição de 2008.
A feira pretendeu congregar no mesmo espaço
um conjunto de ofertas
de ensino, formação e
emprego, num certame
dirigido à população em
geral com especial enfoque para as faixas
etárias mais jovens, que
desta forma puderam
contactar com escolas,
instituições
governamentais e não governamentais, empresas e
orientadores profissionais.
No sentido de facultar
ferramentas de acesso
ao emprego e formação
profissional, a [email protected] contou com diversas
oficinas (elaboração de
currículos; preparação
de entrevistas; programa de estágios e técnicas de procura de emprego), sessões temáticas
(“Empreendedorismo”, com a participação da Associação
Nacional de Direito ao
Crédito e Associação
Desenvolvimento
Regional do Oeste) e espaços de debate (“Empresarial
e
Social:
Siameses do Desenvolvimento”).
Durante três dias, os
52 stands da feira disponibilizaram aos jovens
ofertas variadas em
áreas tão diversas como
o ensino superior, cursos
de especialização tecnológica, centros de formação profissional, instituições de emprego e
instituições relacionadas
com a juventude, empreendedorismo e desenvolvimento local e
regional.
Pretendeu-se
ainda
valorizar a importância
de uma aprendizagem
ao longo da vida, como
forma de desenvolvimento pessoal e pro-
farmácias de Serviço
Sexta
Sábado
Domingo
Segunda
terça
quarta
quinta
Sexta
Sábado
Domingo
Segunda
22
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
–
–
–
–
–
–
–
–
–
–
–
Proença
Higiénica
Higiénica
Central
Central
Proença
Proença
Higiénica
Higiénica
Central
Central
números úteis
C. m. Peniche 262 785 168
Protecção Civil 262 780 100
B. v. Peniche 262 909 666
G.n.r 262 709 340
Centro de Saude 262 785 377
fissional, incentivando o
espírito empreendedor,
através da promoção e
apoio a diversos projectos.
Na cerimónia de abertura oficial do certame,
Jorge Amador, vicepresidente da autarquia
e vereador responsável
pelo pelouro da Educação destacou o facto
desta segunda edição da
feira de ensino e formação ter crescido em
relação à primeira edição
(de 27 passou para 47
instituições representadas) e reafirmou os
objectivos deste evento
que, disse, “pretende
ajudar os jovens do
concelho a preparar o
futuro”,
numa
feira
dirigida à comunidade
escolar local. Nesta sessão, o público assistiu a
uma actuação de boasvindas da Tuna da ESTMEscola
Superior
de
Turismo e Tecnologia do
Mar de Peniche.
A [email protected] é uma
organização da Câmara
Municipal de Peniche e
contoucom os apoios da
MC Eventos, Rádio 102
FM e AXA Seguros.
Luísa inês
Campanha do Pirilampo Mágico está na rua até dia 31
Boneco solidário ajuda Cercipeniche
Mais de 800 mil Pirilampos estão à venda em todo
o país desde o passado dia 9, em mais uma
campanha do Pirilampo Mágico que desde 1987
recolhe fundos em benefício das instituições que
apoiam pessoas com deficiência intelectual. Promovida pela Fenacerci, esta campanha decorre até
ao próximo dia 31 e envolve mais de uma centena de
instituições que aderiram ao projecto, entre as quais
a Cercipeniche. Este ano o boneco solidário mais
conhecido no país tem a cor lilás e custa dois euros.
Em Peniche, a campanha do Pirilampo Mágico
arrancou no passado dia 9, em ambiente festivo, com
uma arruada pela cidade com a banda filarmónica “A
Serrana”, a abertura do quiosque da Cerci e uma
largada de balões na Praça Jacob Rodrigues Pereira,
a que se associaram utentes, familiares, técnicos e
dirigentes da instituição.
Este ano a campanha tem por tema 'Pirilampo
Mágico: dá cor aos sonhos desde 1987'. Para além
dos pirilampos estão também disponíveis 120 mil
pins, ao preço simbólico de um euro, 1.200 dos quais
num tamanho maior que aquele que é habitual (a
dois euros), t-shirts, a seis euros cada e relógios com
imagens do pirilampo mágico, que este ano
apresenta uma cor em tons de lilás. Os apoiantes
desta campanha podem ainda adquirir um livro
“Pirilampo Mágico”, da autoria de Maria João
Carvalho, pelo preço de 9 euros.
Segundo dados do Ministério do Trabalho e
Solidariedade Social, em Portugal há mais de 14 mil
beneficiários a usufruir dos 70 milhões de euros
investidos pelo Estado anualmente na área da
deficiência e a execução das medidas previstas no I
Plano de Acção para a Integração das Pessoas com
Deficiências
ou
Incapacidades
(PAIPDI)
já
ultrapassou os 80 por cento, num total de 99
medidas que, de acordo com o estabelecido, devem
ser cumpridas na totalidade até ao final de 2009.
A campanha do Pirilampo Mágico conta com a
colaboração de várias centenas de voluntários em
todo o país e em cada localidade onde decorre a
campanha, os fundos angariados revertem a favor da
Cerci local. Em Peniche o resultado da campanha terá
como destino a Cercipeniche.
Luísa inês
Publicidade
"De Peniche para toda a Região!"
geloSo 26 g48
(1954)
Nacionalidade: inglesa
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
peniche
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
24
Época balnear arranca no próximo dia 1 de Junho
Peniche mantém seis bandeiras azuis
No próximo dia 1 de Junho arranca oficialmente mais uma
época balnear. Este Verão, Portugal vai ter 226 praias e 15
marinas com bandeira azul, um número record no país. O
concelho de Peniche vai hastear seis bandeiras azuis nas praias
de Baleal Norte, Baleal Sul, Cova de Alfarroba, Gamboa,
Supertubos e Consolação, as mesmas de 2008. Em todo o
distrito de Leiria vão ser hasteadas 10 bandeiras azuis.
Luísa inês
No ano em que a bandeira azul
assinala o seu 25º aniversário,
reentram 25 zonas balneares na
listagem, às quais se juntam 20 novas
praias. No entanto, em todo o País, 15
das praias que integravam a lista o ano
passado, saíram da listagem, ou seja,
não foram galardoadas. Este ano 37
das praias espalhadas do País,
incluindo as regiões autónomas, vão
fazer parte do projecto eco-praias, que
visa a recolha selectiva de lixo no areal.
Em Portugal existem cerca de 430
zonas balneares designadas, das quais
226 possuem bandeira azul. As praias
galardoadas estão espalhadas por 68
municípios. Actualmente, Portugal é o
segundo país com mais bandeiras azuis
atribuídas, num conjunto de 47 países,
ficando apenas atrás da Irlanda.
O fim das obras associadas aos
Planos de Ordenamento da Orla
Costeira (POOC), a melhoria das infraestruturas de saneamento e a
aplicação da directiva comunitária
sobre a qualidade das águas balneares
foram outros factores decisivos para o
aumento de 20 por cento do número de
bandeiras atribuídas, segunda a ABAE.
Publicidade
Distinção foi atribuída pela ABAE
Peniche Recebe Bandeira Verde
A Associação Bandeira Azul da
Europa (ABAE) distinguiu no passado
mês de Abril, em Évora, os 43
municípios que participaram no
ECOXXI 2008/09 – Prémio de Boas
Práticas
de
Sustentabilidade.
O
Município de Peniche é um dos 43
municípios galardoados com a Bandeira
Verde.
O ECOXXI é um projecto destinado
aos municípios e que visa distinguir as
boas práticas no sentido da sustentabilidade desenvolvidas a nível local,
nomeadamente nos aspectos relativos
à qualidade ambiental e às práticas de
educação para a sustentabilidade.
Inspirado nos objectivos da Agenda
21, procura, através de um sistema de
23 indicadores e diversos subindicadores, avaliar diversas vertentes
da sustentabilidade desde a gestão de
recursos, à informação aos munícipes
passando pela energia, mobilidade,
floresta, resíduos, conservação da
natureza e biodiversidade, turismo,
ordenamento do território, qualidade
do ar e da água, agricultura sustentável, emprego, etc.
Este projecto, desenvolvido e
coordenado pela ABAE desde 2005
conta com o apoio de um diversificado
conjunto de entidades que validam e
avaliam a informação disponibilizada
pelos municípios, desde a Agência
Portuguesa de Ambiente (APA);
Agência para a Energia (ADENE);
Associação Bandeira Azul da Europa
(ABAE); Autoridade Florestal Nacional
(AFN); Comissões de Coordenação e
Desenvolvimento
Regional,
entre
outras. Em 2008/2009, candidataramse ao ECOXXI 43 municípios de todo o
país, entre os quais o Município de
Peniche.
Para a atribuição deste galardão foi
relevante o compromisso do Município
de Peniche em adoptar as seguintes
medidas:
Magna
Carta
do
Desenvolvimento Futuro de Peniche,
Projecto Coastwatch 07/08, Projecto
Berlenga - Laboratório de Sustentabilidade, Workshop Técnico Anual
C3P/NASA, Construção do Sistema de
Estabilização do Cordão Dunar Norte,
Programa Bandeira Azul, Sistema de
Gestão da Qualidade nos Serviços de
Higiene e Limpeza, Plano Municipal de
Defesa da Floresta Contra Incêndios,
adesão à Rede Nacional de Cidades e
Vilas com Mobilidade para Todos e
diversas exposições que tiveram por
temática o ambiente.
Luísa inês
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
peniche
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
25
Novo sistema de venda em fase de testes
Lota de Peniche vai vender peixe on-line
A Docapesca prepara-se para lançar em breve, a venda on-line
de peixe. A lota de Peniche vai ser a primeira lota do país onde
este projecto-piloto vai ser instalado, mas o objectivo desta
empresa pública é alargar o comércio electrónico de pescado a
outras lotas do país.
Luísa inês
De acordo com João
Fonseca, administrador
da Docapesca, a “modernização dos serviços,
em 20 lotas e 36 postos
de
vendagem
espalhados
pelo
país,
resulta de um plano de
reestruturação que prevê um investimento de
cerca de 50 milhões de
euros até 2013”.
Este plano arrancou o
ano passado, prevendose resultados visíveis
dentro de dois a três
anos. Para além da
reestruturação da rede
de lotas e de postos de
vendagem, o projecto
prevê ainda o reforço
das condições de segurança e qualidade alimentar e o desenvolvimento de uma marca
que valorize o pescado
da frota portuguesa
junto do retalho e do
consumidor. A modernização passa ain-da
pela reconversão dos
recursos humanos, mecanização, eficiência ambiental e um novo sistema de gestão.
Com o novo sistema
de venda on-line, os
comerciantes
podem
inscrever-se para fazer a
compra do pescado via
Internet. Neste momento, o sistema encontra-se em fase de
ensaios, estando a decorrer acções de formação junto dos funcionários e de compradores. A venda on-line
nas lotas nacionais foi
anunciada por responsáveis da Docapesca, durante uma visita de trabalhos dos deputados da
Sub-comissão Parlamen-
tar de Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural e Pescas, a
vários portos de pesca
do país, incluindo o Porto
de Pesca de Peniche.
Em Peniche, Joel Cavalheiro afirmou, durante a visita dos parlamentares que a venda
on-line representa “um
passo em frente na modernização e na valorização do pescado”.
Nesta fase de arranque, em que a Lota de
Peniche é pioneira, a
Docapesca tem já um
parceiro tecnológico com
vista à implementação
do novo sistema, tendo
em conta que este tipo
de venda electrónica.
Os testes do leilão por
computador através da
Internet deverão arrancar na lota de Peniche
durante o mês de Maio, o
que irá permitir a compra de peixe na primeira
venda em lota a partir de
qualquer ponto do país.
Esta forma de realizar a
primeira venda de pescado, que em Portugal é
obrigatoriamente feita
em lota, deverá alargase progressivamente a
outros pontos do país.
A lota de Peniche tem
à volta de 300 compradores inscritos, dos
quais 60 a 65% são
responsáveis pela compra de cerca de 90% do
total do pescado.
Em 2009, a Docapesca vai investir entre
sete e dez milhões de
euros em 2009 para
modernizar cinco lotas,
(Matosinhos, Sesimbra,
Olhão, Figueira da Foz e
Portimão), projectos integrados no plano de
reestruturação da empresa, segundo declarações do Secretário de
Estado das Pescas, Luís
Vieira. As alterações
contemplam a adaptação
destas unidades ao leilão
através da Internet.
Municipio de Peniche lança nova campanha de controlo das gaivotas
“Caça” aos ninhos de gaivota na cidade
Arrancou no passado dia 11 mais uma campanha
de controlo da população de gaivotas na malha
urbana da cidade, promovida pelo Município de
Peniche. A primeira fase da campanha termina no
próximo dia 22 e consiste na marcação e
esterilização dos ovos nos ninhos, para além da
remoção dos ninhos sem ovos.
Para o próximo mês de Junho, entre os dias 8 e 19,
está agendada a segunda fase da campanha que
consistirá na verificação do estado dos ovos
parafinados e surgimento de novos ovos, com
eventual repetição dos procedimentos da fase
anterior.
Em termos práticos, esta campanha consiste na
deslocação de operadores aos ninhos existentes nos
telhados dos edifícios da cidade, com recurso a uma
plataforma elevatória sobre um veículo devidamente
identificado. De modo a avaliar a eficácia do serviço,
durante as duas fases da campanha serão recolhidos
dados para posterior tratamento e divulgação em
relatório de execução.
A equipa de técnicos desloca-se aos ninhos
previamente localizados e procede à respectiva
marcação, pesagem e marcação dos ovos em
parafina para esterilização, com posterior reposição
nos ninhos. Algumas semanas depois, os técnicos
vão verificar o estado dos ovos parafinados e aferir
se surgiram entretanto novos ovos. Com esta
intervenção, o objectivo não é matar indivíduos
adultos, mas controlar a taxa de natalidade da
população de gaivotas, numa atitude de respeito e
dignificação pela vida animal.
Este tipo de campanha foi implementado pela
Câmara Municipal de Peniche em 2007 com o
objectivo de dar resposta às inúmeras reclamações
recebidas pela autarquia, como a incomodidade pelo
ruído provocado pelas gaivotas, os estragos no
revestimento, pintura de edifícios e veículos devidos
aos dejectos, estragos nas roupas, entupimentos de
caleiras e algerozes, etc. Questões de saúde pública
e ambiental levaram a autarquia a implementar esta
campanha que visa o equilíbrio da população de
gaivotas na cidade, tendo sempre presentes a saúde
e bem-estar das aves em causa, bem como a sua
adequada integração no meio ambiente urbano, o
que faz com que este programa esteja a ser
acompanhado por uma equipa de biólogos,
engenheiros do ambiente e médicos veterinários.
Em 2007, primeiro ano da campanha foram
identificados 232 ninhos e mais de três centenas de
ovos (321), dos quais 123 foram objecto de
intervenção, encontrando-se os restantes 109 ninhos
sem ovos ou em locais inacessíveis.
De modo a envolver a população da cidade no
sucesso desta campanha o Município apela à
colaboração dos cidadãos sugerindo que coloquem
correctamente picos, redes ou outros elementos
dissuasores nos locais onde habitualmente as
gaivotas pousam, acondicionem correctamente o lixo
e não alimentem voluntariamente as gaivotas.
Luísa inês
Propriedade, editor e composição PROMOESTE - Promoção e Publicidade, Lda. Pessoa Colectiva N.º 502 409 029 Depósito Legal N.º 216607 Registo no Ministério da Justiça N.º 116 608 Capital Social:
5.000,00 euros Director Filipa Ferreira Sub-directora Piedade Simões Redacção Luisa Inês Adolfo Pereira Mariana Rodrigues Colaboradores José Victor Silva Luís Pina Pinto de Carvalho Maria Los Angeles
Ricardo Miguel Manuel Quintino Filipe Almeida Santos João Hermenegildo David Morais Bomportal
Departamento Comercial José António Fernandes
Sede, Redacção e Publicidade Rua do Comércio, 30
- 1º Dtº Apartado 14 - 2540-076 Bombarral Telefone 262 604 659 Telefax 262 601 007 E-mail [email protected] Paginação Mário Antão Pereira Impressão FIG - Soc. Artes Gráficas, S.A. Rua Adriano
Lucas 3020-265 Coimbra Telefefone 239 499 922 Fax 239 499 981 Assinaturas 10 Euros (IVA incluído) Número Avulso 0,50 Euros (IVA incluído) Publicidade Preços de tabela Quinzenário Tiragem 5.000 exemplares
MAGAZINE DE INFORMAÇÃO REGIONAL
As opiniões expressas nos artigos são de inteira responsabilidade dos autores e podem não coincidir com as do Jornal “Área Oeste”
jornal
Notícias do meu Concelho
regional
À Bolina
Navegar à bolina é uma técnica empregada por embarcações
à vela de ziguezaguear contra o vento, que permite navegar
por zonas onde o vento não é favorável.
Eleições à porta: entre a
politiqueirice e o debate
político!
Este vai ser um ano farto em
actos eleitorais. Já em Junho temos
as eleições para o parlamento
europeu, como de costume pouco
interessantes para o povo português,
e lá mais para o fim do ano as legRogério Cação
islativas e as autárquicas, essas sim
mobilizadores de paixões e entusiasmos coloridos. Sendo o direito de voto em liberdade uma das referências mais importantes
das democracias, poderíamos dizer que este será um ano de profundo significado democrático, dada a tripla chamada às urnas
que irá ocorrer. Claro que uma opção consciente pressupõe um
debate sério e esclarecedor relativamente às propostas que são
formuladas aos eleitores e, nessa medida, as campanhas
eleitorais, deveriam ser tempos de esclarecimento e de
proposição de caminhos, de explicação e clarificação das diferenças entre os diferentes protagonistas e propostas políticas. Mas
ao invés, o que em regra acontece é que vem normalmente ao de
cima o que de pior têm as pessoas que se movimentam nos
meios da política partidária e aquilo que deveria ser um tempo de
aprofundamento do conhecimento político e da cultura democrática, facilmente se transforma em jogos de poder sem regras nem
limites éticos. Traçam-se objectivos, definem-se metas a atingir, e
a partir daí é como se as regras do jogo democrático se
alterassem de repente, passando a valer tudo ou quase, em
nome de um bom resultado no dia do acto eleitoral. É nestes
períodos que a demagogia salta para a ribalta em doses colossais
e a falta de argumentos ou alternativas dá vida à mentira e ao
boato, as armas de quem sabe que numa luta leal não teria quaisquer hipóteses de vencer.
Uma das castas que aparece normalmente nestas alturas é o
chamado criador de factos políticos. Situa-se entre a mediocridade, o seguidismo e o carreirismo e fica à espera de oportunidades para explorar a sua veia criativa. E o processo é bem
simples. Pega-se numa coisa qualquer sem importância retira-selhe tudo o que a justifique ou fundamente, e inventam-se argumentos cabalísticos que a transformem em algo de diferente, de
detestável ou inesperadamente, se possível com uns pozinhos de
indignação ou infâmia à mistura. Depois coloca-se aquilo nos
lugares certos, que tanto pode ser o ouvido de um desbocado
como um blog da internet, e certamente aparecerá um exército de
sombras de gente anónima que se encarregará de acrescentar
mais uns pontos à atoarda, consolidando o tal facto político que
se queria criar.
Em termos de eleições locais, estas coisas são ainda mais perniciosas ou perversas porque, particularmente em meios pequenos,
as pessoas conhecem-se umas às outras, sabem à partida que
certas acusações ou boatos que lançam ou alimentam não têm
qualquer fundamento, simplesmente porque não correspondem à
forma de ser e de estar das pessoas que pretendem atingir. Mas
como fazem perder tempo e desviam as atenções do que é realmente importante, há quem não hesite em utilizar a criação de
pseudo factos políticos como parte fundamental da estratégia partidária.
Eu sou, sempre fui e continuarei a ser, um intransigente defensor
da liberdade de opinião e de expressão. A blogosfera, enquanto
espaço personalizado de opinião e crítica, merece todo o meu
respeito e consideração, particularmente quando exprime
opiniões divergentes da minha, já que isso me permite aferir os
fundamentos dos meus argumentos. Mas confesso que me incomoda a proliferação de anónimos e nicknames, que subvertem as
regras do diálogo, já que podem provocar à vontade sem serem
beliscados, escondidos que estão de quem pretendem atingir,
quase sempre com argumentos falaciosos e facciosos, grande
parte das vezes sustentados em mentiras, frequentemente regorgitando demagogias de outros. Não tenho, nunca tive, nem quero
ter um projecto político pessoal. Tenho uma ideia de serviço onde
cabem todas as opiniões que sejam construtivas, Já ganhei e já
perdi várias eleições. Mas nunca me ouviram nem ouvirão passar
dos limites daquilo que considero o debate político justo e consequente, a formulação de ideias e propostas. E, acreditem que
nunca a diferença de opiniões ou opções políticas poderá pôr em
causa os meus amigos, particularmente os que seguem caminhos
diferentes dos meus, a quem continuarei a respeitar como sempre o fiz até agora. Há de facto politiqueirices onde me recuso terminantemente a alinhar, venham elas de onde vierem. Quanto ao
debate político, é e será sempre bem-vindo. Acho que a nossa
terra, o nosso país, merecem o melhor de todos. E isso é que é
verdadeiramente importante.
peniche
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
26
Novos investimentos previstos para o Porto de Pesca de Peniche
“Um Porto estratégico para o país”
O Porto de Pesca
de Peniche é
considerado pelo
IPTM (Instituto
Portuário de
Transportes
Marítimos) um
porto “estratégico
para o país”.
Luísa inês
Com valências diversificadas nas áreas da
pesca, estaleiros navais
e turismo, este é um dos
portos com maior importância no país, quer
em termos de valor quer
em termos de volume de
pescado desembarcado.
Nos últimos anos, o
porto foi alvo de obras
de expansão, nomeadamente a ampliação da
bacia portuária, com
uma capacidade de área
molhada na ordem dos
47 hectares. Desde o
ano 2000 foram investidos nesta infraestrutura cerca de 18 milhões
de euros, dos quais 1,4
milhões correspondem a
uma intervenção de dragagem e 4,4 milhões
correspondem à primeira
etapa das infraestruturas
terrestres
executadas
em 2007 e 2008.
Durante este período
foram igualmente realizadas obras de reabilitação do molhe oeste,
no valor global de seis
milhões de euros.
No corrente ano estão
previstos ainda investimentos de alguns milhões de euros, 1,2 milhões para a revisão do
projecto para a segunda
etapa das infraestruturas
terrestres, com vista ao
lançamento da obra em
2010 e outras intervenções. Também as
associações armadores
locais, ACAPO e OPCentro vão investir cerca
de três milhões de euros
para a construção de 52
novos armazéns, junto
ao novo cais de descarga
de pescado que já se
encontra concluído desde Outubro do ano
passado. As infraestrutu-
ras em causa irão permitir a criação de melhores condições de trabalho aos armadores,
num investimento que
será feiro através de
candidaturas ao programa PROMAR, devendo as obras ter início
ainda este ano.
Os investimentos previstos para o Porto de
Pesca de Peniche foram
anunciados durante uma
visita da Comissão Parlamentar de Agricultura
e Pescas, durante a qual
foi também revelado por,
Isabel Guerra, membro
da administração do
IPTM que este porto irá
receber uma fábrica de
transformação de pescado em vácuo, num
investimento superior a
dois milhões de euros.
Apesar do Porto de
pesca de Peniche ser um
dos portos com maior
importância no país, nos
últimos anos a tendência
tem sido de redução,
quer ao nível do total de
capturas, quer ao nível
do valor de pescado
transaccionado. Em duas
décadas, o volume de
capturas passou de cerca
de 35 mil toneladas no
final dos anos 80, paras
as 15 mil toneladas, em
2008. Das 15 mil toneladas capturadas, a
maior fatia (cerca de 11
mil toneladas) são de
sardinha, a espécie mais
capturada em Peniche.
jornal
Região
regional
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
Entrevista a José João Ferreira, vereador
do Pelouro da Agricultura acerca da
iniciativa “Mercado Rural”
27
Publicidade
Área oeste – qual o objectivo
desta iniciativa?
José João ferreira – O objectivo
principal desta iniciativa é promover o
concelho do Bombarral e o comércio
tradicional. Com este evento o
Município pretende acima de tudo
trazer pessoas ao Bombarral, dar vida
ao
Bombarral
e
ao
comércio
tradicional. É este o objectivo principal.
ao – Do que consta o mercado
rural?
JJf – Acima de tudo quem vier visitar
o Mercado Rural poderá encontrar os
produtos da nossa região. Portanto, o
que é produzido no concelho do
Bombarral.
O que se pretende é promover os
produtos da região, da nossa terra, ou
seja, a fruta, os hortícolas, entre
outros produtos agrícolas. No Mercado
teremos também produtos biológicos.
Contudo, existem depois outros
produtos, como é caso da doçaria, dos
licores, produtos artesanais feitos no
concelho e que são uma referência da
região Oeste e do Bombarral. Estamos
a falar dos licores de pêra rocha, das
tartes de pêra rocha, entre muitos
outros produtos.
Gostaria também de referir que ao
mesmo tempo que decorre o Mercado
Rural haverá animação de rua pela vila.
Penso
igualmente
que
será
interessante os restaurantes da vila, ou
até do concelho, aderirem a este
evento criando uma ementa com os
produtos que serão apresentados no
Mercado.
ao – onde será realizado o
mercado rural?
JJf – O Mercado vai decorrer na Praça
do Município, numa primeira fase.
Esperamos que o evento tenha sucesso
para depois o podermos estender até à
Rua do Comércio, de maneira a ir ao
encontro dos comerciantes, pois a ideia
é também dinamizar o comércio
tradicional da nossa vila.
ao – quem irá participar no
evento?
JJf – Em princípio, numa primeira
fase, serão 40 expositores. Temos para
apresentar uma banca própria, igual
para todos, os produtos irão ser
divididos por zonas, de modo a que
haja
uma
maior
atractividade.
Queremos trazer pessoas ao Bombarral
e queremos também que os próprios
habitantes do concelho venham ao
Mercado Rural. Esta é uma forma de
promovermos aquilo que é nosso e
darmos vida à vila do Bombarral.
ao – qual o público-alvo?
JJf – Este evento é para o público em
geral, mas não podemos esquecer que
há pessoas que gostam de ir a este tipo
de eventos, de mercados. Nós notamos
que as pessoas gostam cada vez mais
de comprar aquilo que é natural, aquilo
que é produzido na terra. Cada vez
mais as pessoas procuram o produto
nacional. Nós temos bons produtos no
nosso concelho, até porque é um
concelho essencialmente agrícola que
produz desde hortícolas a frutas,
nomeadamente pêra rocha, e é isso
que queremos dinamizar e publicitar. É
um dois em um, ou seja, promovemos
os produtos em si, damos hipótese
aqueles que nos visitam de os conhecer
e adquirir e assim aproveitamos para
atrair mais visitantes. Esse é o nosso
objectivo.
ao – ira ser sempre no segundo
sábado de cada mês?
JJf – Sim, a data está fixa para o
segundo sábado de cada mês. O
mercado terá início a 13 de Junho, irá
prolongar-se até ao mês de Outubro,
regressando em Abril do próximo ano.
Eventualmente pode acontecer que
algum evento nos leve a alterar a data,
mas isso serão situações pontuais.
Piedade Simões
jornal
Publicidade
regional
SEXTA-FEIRA
22 MAIO
2009
ÁREA OESTE
28

Documentos relacionados

Bombarral com homens de valor

Bombarral com homens de valor inicialmente era de apenas um. Este facto é bastante positivo porque favorece o aumento de equipas, indo assim ao encontro do objetivo principal da organização – contribuir para fomentar a prática ...

Leia mais

Agradecimento

Agradecimento (www.cm-cadaval.pt). Deverá ainda juntar-se fotocópia do BI/CC e do NIF, bem como fotografias dos artigos para venda (neste caso, para eventual critério de desempate). Segundo o regulamento, a entr...

Leia mais

Agradecimento

Agradecimento pelas Crianças do Pré-Escolar” No dia 11 de maio, foi inaugurada a exposição “O Património do Concelho visto pelas Crianças do Pré-Escolar”, que esteve patente no Museu Municipal do Bombarral até a...

Leia mais

peniche - Área Oeste

peniche - Área Oeste publicação do anúncio, citando a Requerido: Sivel Pedrosa Ascenso Pereira, filha de Manuel Dâmaso Ascenso e de Maria Rosa Pedrosa Cordeiro, estado civil: Divorciado, nascida em 19-08-1975, natural ...

Leia mais

Marca Lourinhã

Marca Lourinhã Autorização DE 01732004 DCC

Leia mais

Agradecimento

Agradecimento 2004, e com uma Menção Honrosa, em 2003, em concurso internacional realizado na Galiza. A si coube também a ilustração do livro de poesia “Ovadjilongo” de Jorge Arrimar, estando representado em col...

Leia mais