Dom Pedro I para espanhol ler

Сomentários

Transcrição

Dom Pedro I para espanhol ler
Disciplina - História -
Dom Pedro I para espanhol ler
História
Enviado por:
Postado em:21/03/2012
O escritor espanhol Javier Moro fala em Curitiba sobre seu novo e polêmico romance, O Império É
Você, em que narra a saga do primeiro imperador brasileiro.
Yuri Al’Hanati - Gazeta do Povo. Historiadores, jornalistas e romancistas não se cansam de revisitar
a história do Brasil Império – em parte pela grandiosidade da epopeia que trouxe a família real
portuguesa a uma de suas mais exóticas colônias, em parte pela profusão de situações e
personagens caricatos na corte e fora dela. Poucos romances sobre esse assunto, entretanto,
ganharam o mundo e leitores que pouco ou nada sabem sobre o Brasil. Não se pode dizê-lo do
novo livro do escritor espanhol Javier Moro, O Império É Você, lançado pela editora Planeta. O best
seller, publicado em dezenas de países, segundo o autor, é uma “história romanceada”, ou seja,
situações reais que ganham dramaticidade e lirismo em seus detalhes. Moro, que estará hoje na
primeira edição de 2012 do projeto Sempre Um Papo, no Teatro Regina Vogue, diz ter uma paixão
pelo Brasil: “Morei aqui por dois anos, quando pesquisei a história do Chico Mendes [para compor o
livro Caminhos da Liberdade – A Busca Pela Selva, publicado aqui no ano passado], e percebi que
nunca li um romance sobre essa história do Brasil que tivesse a épica que ela exige”. Com a
proposta de “contar por fora o que os historiadores contam por dentro”, nas palavras do autor, Moro
foca o livro, sobretudo, na figura de Dom Pedro I, que fascinou o autor por suas contradições e
peculiaridades. “É impressionante como um personagem tão excêntrico, mulherengo, incapaz de
controlar suas paixões, teve ao mesmo tempo forças para dar o grito do Ipiranga, que não só rompia
com Portugal, mas também com parte de si mesmo”, conta. Entretanto, o autor afirma que não se
trata de um relato biográfico do primeiro imperador do Brasil. “A história foca em outros personagens
igualmente inusitados, como Dom João VI, que vivia sujo e se fazia de bobo, quando era muito mais
inteligente que a maioria, e Carlota Joaquina, sob cuja ótica vemos boa parte da história e que
acrescenta o lado espanhol que tanto interessa aos leitores da Espanha”, explica o escritor. E os
espanhóis realmente se interessaram. Com 400 mil cópias vendidas na terra natal, o livro foi
agraciado com o Prêmio Planeta, que confere ao autor a inacreditável quantia de 600 mil euros –
valor que só fica atrás do Nobel de literatura. O sucesso do livro também chegou à América Latina.
“As pessoas dos outros países não conhecem tanto a história do Brasil, e me mandaram e-mails
dizendo que conhecendo os reis e imperadores brasileiros entendem porque o país hoje é uma
grande potência”, diz. Polêmica Nem tudo são flores no lançamento de O Império É Você. Se na
Espanha e na América Latina o livro teve um sucesso estrondoso, sua chegada ao Brasil veio
acompanhada de diversas críticas de autores que estudaram o mesmo assunto. Em entrevista ao
jornal Diário do Nordeste, o jornalista Laurentino Gomes declarou que a obra de Moro é um
copidesque de outros livros já publicados sobre Dom Pedro I e que o escritor “adiciona à história
estereótipos e lugares-comuns que nós, brasileiros, tanto nos empenhamos em evitar”. Na mesma
reportagem, a escritora Iza Salles, autora de O Coração do Rei – que também conta a história do
imperador – aponta inconsistências no relato de Moro, como a passagem que conta que Pedro I se
casou com sua primeira paixão, a bailarina francesa Noémie Thierry, seguindo ritos africanos e
morando num casebre ao pé do Corcovado, algo impensável, segundo a autora. “Quando escrevi
meu romance, eu me permiti criar uma cena que nunca existiu: no dia em que Antônio, o
http://historia.seed.pr.gov.br
29/9/2016 20:40:28 - 1
primogênito de Dom João VI, morre, uma ama de leite de Dom Pedro I olha para ele fixamente e diz
que ele será o próximo rei. Javier reconta isso como se fosse um fato histórico, sem alertar o leitor
sobre a origem da informação”, acusou a escritora. O espanhol, que declarou ter feito sua pesquisa
com base em registros históricos tanto em Lisboa e Queluz quanto no Rio de Janeiro e São Paulo –
visitando inclusive as cartas inéditas de Dom Pedro da coleção do bibliófilo Pedro Corrêa do Lago –
diz que não há momentos de ficção no livro. “O que dizem estar incorreto é muito subjetivo, pois
está condicionado à opinião dessas pessoas. Os livros do Laurentino Gomes [1808 e 1822] foram
sucesso no Brasil, mas eu quis fazer um livro que chegasse aos leitores de todo o mundo, e ele foi
bem-recebido onde chegou”, afirma com convicção, defendendo-se das acusações. Serviço: O
Império É Você, de Javier Moro. Tradução de Clene Salles. Planeta, 496 págs., R$ 49,90. Sempre
Um Papo, com Javier Moro. Espaço Teatro Regina Vogue (Shopping Estação – Av. Sete de
Setembro, 2.775, piso 2), (41) 2101-8293. Dia 21, às 19h30. Entrada franca. Esta notí-cia foi
publicada em 21/03/2012 no site gazetadopovo.com.br. Todas as informações nela contida são de
responsabilidade do autor.
http://historia.seed.pr.gov.br
29/9/2016 20:40:28 - 2

Documentos relacionados