História do Treino de Força

Сomentários

Transcrição

História do Treino de Força
História do Treino de Força
História do Treino de Força
•  Não existe data precisa
•  Escavações na cidade de Olímpia (Grécia Antiga)
mostraram a existência de pedras com entalhes para
as mãos
–  Historiadores intuíram a utilização destas em treinos com
pesos
•  Jogos de arremessos de pedras através de gravuras
em paredes de capelas funerárias do Egito antigo
–  Há 4.500 anos os homens já levantavam pesos como forma
de exercício físico
História do Treino de Força
•  Mílon de Crotona
•  Discípulo do matemático
Pitágoras (500 à 580
a.C.)
•  6 vezes vencedor dos
Jogos Olímpicos
•  “Pai” do princípio da
evolução progressiva da
carga
•  Milo treinava com um bezerro nas
costas a fim de aumentar a força dos
membros inferiores
•  Quanto mais pesado o bezerro ficava,
mais sua força aumentava
•  Os relatos mostram que Milo foi um dos
primeiros a se preocupar com a
suplementação alimentar
•  Comia por dia 9 kg de carne, 9 kg
de pão e 10 litros de vinho
•  O nome da cidade de Milão é em sua
homenagem. Diz a lenda que morreu
devorado por lobos, pois ficou preso ao
dar um golpe em uma árvore
Primeiros Jogos Olímpicos
da Era Moderna (1896)
• 
• 
• 
• 
14 países
241 atletas
Duração de 10 dias
Marcados por precária organização,
infraestrutura, qualidade técnica, respeito
às regras e não admissão de mulheres
nas provas
•  Levantamentos:
–  Empate entre Launceston Elliott (escocês) e
Viggo Jensen (dinamarquês) (111,5kg)
–  Desempate deu a vitória a Elliot que no
levantamento com um braço só mobilizou mais
sobrecarga que o adversário
Culturismo
A partir do final do século XIX o
“culturismo” estava confinado à
companhias circenses e teatros
Apresentavam-se “os homens mais
fortes do mundo”
Nomes expressivos daquela época:
Louis Attila, Eugen Sandow e
Charles Samson
Attila, em 1887, durante o jubileu da
Rainha Vitória, recebeu do Príncipe
de Gales uma pequena estátua com
a figura de Hércules cravejada com
36 diamantes
Louis Attila
•  Attila fundou o seu ginásio em Bruxelas
onde recebia alunos da Universidade de
Leyden, gerando grandes nomes como
Eugen Sandow
Eugen Sandow "father of modern
bodybuilding"
•  Iniciou uma revista em 1898 - "Sandow Magazine“
•  Publicou vários livros inclusive uma obra que deu nome
ao desporto: "Bodybuilding, or Man in the Making"
•  Inventou aparelhos
•  Criou cursos de ginástica por correspondência
•  Foi um dos primeiros defensores do ensino da educação
física em colégios e escolas
•  Desenvolveu exercícios para reduzir as dores do parto
•  Pediu a empresários que deixassem que os assalariados
fizessem um pouco de ginástica por dia
•  Foi talvez o primeiro personal trainer da história (era
professor particular dos reis Eduardo VII e George V, da
Inglaterra)
Eugen Sandow
•  Foi intitulado pelo rei George I
da Inglaterra como: "Professor
da Ciência da Cultura Física de
sua Majestade“
•  Imortalizado pela imagem do
troféu Mr. Olympia, maior
evento do mundo de
musculação
Culturismo
• 
Década de 40
• 
Canadiano Josef Weider
• 
Construiu e modelou seu corpo com o propósito de afugentar ladrões
• 
Equipamentos:
–  ferro-velho (forjou 2 barras com anilhas a partir de rodas e eixos de automóveis)
• 
Quando começou a notar o aparecimento dos resultados de seu treino,
convenceu-se de que outras pessoas gostariam também de se beneficiar do
treino com pesos
• 
Publicação de um informativo chamado “Your Physique”
• 
Métodos empíricos, já que observava, estudava e mesclava técnicas de
halterofilistas
–  Ciência do treino desportivo e a fisiologia de exercício ainda estavam em seu início
• 
Logo descobriu que o êxito para este novo desporto fundamentava-se na
velocidade, técnica e, sobretudo, potência
Fisiculturismo
•  A principal instituição:
–  International Federation of Bodybuilding
(IFBB)
–  Principal Prémio de culturismo: Mr. Olympia
–  Os grandes vencedores desse campeonato
foram:
•  Lee Haney (oito vezes)
•  Arnold Schwarzenegger (sete vezes)
•  Dorian Yates (seis vezes)
•  Ronnie Coleman (oito vezes)
•  Phil Heath (2013)
Anos 80
•  Popularização do treino de força
•  Interesse da comunidade científica sobre
os efeitos do treino de força sobre a saúde
•  Realização por diversas populações
(adultos, mulheres, crianças e idosos)