É preciso mais

Сomentários

Transcrição

É preciso mais
É
preciso
mais
Nas suas próprias palavras
112512119, Kelvin Murray/Stone
Kelvin Murray conta-nos como tirou a fotografia
Nuances subtis na sombra e na luz. Simplicidade gráfica e conceitos fortes. As fotografias bem
conseguidas podem diferir totalmente, especialmente numa área tão bem documentada como o
desporto.
Mas, conforme nos explica Kelvin, embora pareça simples, a captação desta imagem exigiu uma
enorme atenção aos detalhes, a luz ideal e até o talento de um modelista local.
“
Deixo-me sempre levar por uma boa ideia. No caso desta série de imagens de desporto,
amadureci a ideia durante cerca de 18 meses antes de falar com a directora artística da
Getty Images, Gemma Fletcher, que me encorajou a pô-la em prática.
Tenho experiência com naturezas-mortas e apliquei os meus conhecimentos de iluminação para
sugerir movimento. A precisão da sombra, os objectos a flutuar e a forma como a sombra desce o
degrau que forma a linha. Todos estes elementos tornaram a imagem verdadeiramente dinâmica.
A fotografia propriamente dita inspirou-se em algo que tinha visto muitos anos antes. Um anúncio de
um fabricante de roupa desportiva centrado nos movimentos ao longo de uma linha. Achei o resultado
muito apelativo e quis dar-lhe uma abordagem diferente.
Todos os desportos parecem usar linhas. Por isso, fazia sentido. Queria tudo muito simples. A linha
como o componente central, as cores fortes que associamos a cada modalidade e o equipamento
correspondente.
Mas a criação não foi tão simples quanto isso. Conheço um modelista em Londres com talento para a
precisão. Telefonei-lhe e pedi-lhe que criasse o cenário. O mais interessante é que, apesar de ser muito
simples, teve de ser construído com enorme precisão. O acabamento das placas era quase perfeito.
Para posicionar os objectos correctamente, suspendi a bola de um fio fino e a coloquei a raqueta sobre
um pino. A sua remoção da imagem foi a única tarefa de pós-produção, além de alguns ajustes à cor.
Finalmente, instalei o equipamento de iluminação. Foi um processo demorado. Tinha alugado luzes
HMI para obter sombra com uma definição assombrosa. Tive de ajustar os ângulos e a espessura do
degrau até obter o resultado que pretendia.
Todas as coisas simples são assim. Dá muito trabalho fazer com que funcionem na perfeição. Mas
valeu a pena. As imagens parecem sempre mais naturais. Não consigo explicar porquê, só sei que
resulta.”
Andy Saunders, Vice-presidente sénior, Creative Imagery, comenta o trabalho de Kelvin:
“É um desafio tornar original um assunto tão simples e que foi retratado tantas vezes. Kelvin consegue
fazê-lo inserindo trompe l’oeil entre os gráficos e as sombras e usando a iluminação e as cores para
intensificar o efeito.
Quando vemos imagens como esta, é fácil subestimar a habilidade exigida para as criar, mas só
alguém com o engenho, a técnica e a experiência de Kelvin poderia consegui-lo.”
www.gettyimages.co.uk/ItTakesMore