Roubados 200 GB de dados de cartões de crédito numa semana in

Сomentários

Transcrição

Roubados 200 GB de dados de cartões de crédito numa semana in
Roubados 200 GB de dados de cartões de crédito numa semana
in http://www.portugal−gaming.com/
Autor: André Marrucate
Media Value: 600 EUR
Data: 2011−12−27
Link: http://www.portugal−gaming.com ...
Movimento hacker planeia doar dinheiro a instituições de caridade
O Grupo “Hacktivista” Anonymous supostamente alega ter roubado cerca de 200 GB de dados de cartões de crédito e e−mails ao longo de uma semana. O movimento hacker planeia roubar 1 milhão de dólares Americanos e doar o dinheiro a
instituições de caridade.
O primeiro alvo foi a Strategic Forecasting, conhecida como Stratfor, uma empresa de segurança dos EUA cujos clientes mais destacadas são a Força Aérea dos EUA, o Exército dos EUA e o Departamento de Polícia de Miami. Um email para a Reuters
no domingo indica que os servidores do site e as contas de e−mail foram suspensas logo que a infracção foi reconhecida.
Uma das vítimas, Alan Barr, foi contactado para relatar e comentar sobre a sua história, não tinha conhecimento sobre os acessos não autorizados ao seu cartão de crédito com antecedência. De acordo com Barr, todas as doações foram para
instituições de caridade: a Cruz Vermelha CARE e Save the Children.
O grupo também afirma ter informações de várias outras empresas, incluindo bancos, departamentos de justiça , empresas ligadas à defesa e as empresas de tecnologia como Apple e Microsoft.
Para complicar, algumas entidades alegam que os anónimos não tem nada a ver com este ataque. Um comunicado de imprensa encontrado aqui diz que o hack à Stratfor não é um trabalho dos Anonimos. Uma mensagens vinda da conta do Twitter @
Anon_Central reivindicar o hack "é uma tentativa desesperada de ganhar a atenção dos anonops. Nós não prejudicamos os inocentes e roubamos os seus cartões de crédito ". No entanto, as mensagens do Twitter de @ AnonymousIRC contam uma
história diferente. ATG Daily informa que o ataque poderá estar ligado aos LulzSec.
Este ano de 2011 tem sido conturbado, registando−se casos que dividem opiniões sobre este activismo já apelidado de “hacktivismo” está ainda na memória o hack aos servidores da Sony que obrigaram−na a fechar os seus serviços online durante
praticamente 1 mês, não sendo a única foi considerado como o maior roubo de contas online. Recentemente tem surgido informações que a Microsoft teve também os mesmo problemas, alguns utilizadores continuam ainda sem as suas contas que
entretanto foram bloqueadas; Alegando a Microsoft tratarem−se de casos isolados, a maioria devido a ataques de fishing.
De certo neste ano que se aproxima teremos mais casos, é um fenómeno que infelizmente veio para ficar, só nos resta a adaptação, seguir os conselhos por vários especialistas em segurança, evitar guardar dados nos nossos computadores passiveis
de serem roubados, outra boa pratica, é utilizar os chamados cartões de pontos para comprar conteúdos online ou usar serviços de virtualização de cartões de credito como por exemplo o MBNet.