7/24/2016 –24/7/2016 Seventeenth Sunday in Ordinary Time 17º

Сomentários

Transcrição

7/24/2016 –24/7/2016 Seventeenth Sunday in Ordinary Time 17º
—————————————————————–—-————————————————————————————
7/24/2016 –24/7/2016
Seventeenth Sunday in Ordinary Time
17º Domingo do Tempo Comum
—––————————————————————————————————————————————————
RECTORY/REITORIA
1375 East Santa Clara Street, San Jose, CA 95116
Telephone (408) 292-2123; Fax (408) 292-0201
OFFICE HOURS/HORÁRIO DE ESCRITÓRIO
Monday to Thursday/ De segunda a quinta-feira:
9 a.m./ da manhã – 4 p.m./ da tarde
Closed 12 - 1 p.m./ Encerrado das 12 à 1 hora da tarde
Friday/ sexta-feira to Saturday / sábado:
9 a.m./ da manhã – Noon/ Meio-dia
www.fivewoundschurch.org
Mary Vargas Administrative Assistant/ Assistente administrativa
Anna Maria Shumard Office Assistant/ Assistente de escritório
Loretta Krouse Bookkeeper/ Contabilista
Joseph Russo Dir. of Religious Education/ Dir. de Formação Religiosa
Champion Avecilla Sacristan/Sacristão
Emanuel Sousa Parish Pastoral Council/ Conselho Pastoral
Paulo Oliveira Finance Council/ Conselho de Finanças
Joaquim Avila Liturgy Committee/ Comité Litúrgico
Almeirindo Ferreira Hospitality Ministry/ Ministério de Acolhimento
Susana Faria Confirmation Group
Tony Freitas Saint Isabel's Kitchen/ Cozinha de Santa Isabel
Celina Belém Altar Society/Sociedade do Altar
Tibério Belém Collection Team 1/ Equipa 1 da Colecta
Kathleen Purdy Collection Team 2/ Equipa 2 da Colecta
Manuel Cabral and Arnaldo Matos Property Management Committee/
Comité Gestão de Propriedades
—————————————————————————————————————————————————
Baptisms/ Baptismos: Please call three months prior/
Contacte-nos três meses antes
2nd Sunday of the month at 2:30 p.m. Portuguese
2º domingo do mês às 2:30 da tarde português
3rd Sunday of the month at 2:30 p.m. English
3º domingo do mês às 2:30 da tarde inglês
Confessions/ Reconciliação: Saturdays 4:15 to 5:00 p.m. or
by appointment/ Aos sábados das 4:15 às 5:00 da tarde ou por
marcação
Weddings/Casamentos: Contact us 8 to 12 months prior, if
possible/ Contacte-nos 8 a 12 meses de antecedência, se
possível
Quinceanera/ Celebração dos 15 anos: Call Rectory/
Contacte a Reitoria
Ministry to Elderly & Sick/Ministério aos idosos e enfermos: Call Rectory/ Contacte a Reitoria
—————————————————————————————————————————————————
Catholic Cemeteries of the Diocese of San Jose
Cemitérios Católicos da Diocese de San Jose
Gate of Heaven Catholic Cemetery (650) 428-3730
Calvary Catholic Cemetery (408) 258-2940
Rev. António A. Silveira
Pastor / Pároco
The Carmelite Fathers/ Os Padres Carmelitas
Sacramental Staff/ Pessoal Sacramental
Rev. Luís Gerardo Menchaca
Priest in Residence / Sacerdote em residência
—————————————————————————————————————————————————
Mass Schedule/ Horário das Missas
Monday, Wednesday & Friday - 9 a.m. English
Segundas, quartas e sextas-feiras - 9 da manhã Inglês
Tuesday, Thursday & Saturday - 9 a.m. Portuguese
Terças, quintas e sábados - 9 da manhã Português
Segunda a sexta-feira - 12:15 p.m./da tarde Latim
Saturday Vigil/Vigília - 5:30 p.m./da tarde
Bilingual (English & Portuguese)/ Bilíngüe (Inglês & Português)
Sundays/ Domingos
7:30 a.m./da manhã English/ Inglês
9:00 a.m./da manhã English/ Inglês
10:30 a.m./da manhã Portuguese/ Português
12:30 p.m./da tarde Latin/Latim
5:30 p.m./da tarde English/ Inglês
—————————————————————————————————————————————————
Mission Statement/ Declaração de Missão
Five Wounds Portuguese National Church is a loving and
united community rooted in the gospel of Jesus Christ. Led by
the Holy Spirit, our hope is to live the characteristic marks of
Christianity: hospitality, prayer and good works, centered in
the Eucharist.
A Igreja Nacional Portuguesa das Cinco Chagas é uma comunidade unida e dedicada, enraizada no Evangelho de Jesus Cristo.
Guiados pelo Espírito Santo, o nosso desejo é viver as marcas
próprias do Cristianismo: hospitalidade, oração e boas obras,
centralizadas na Eucaristia.
—————————————————————————————————————————————————
Religious Activities/ Actividades Religiosas
Missa em louvor do Coração de Jesus
Primeira Sexta-feira do Mês - 9 da manhã Inglês;
7h30 da noite Bilíngüe (Inglês & Português)
Adoração ao Santíssimo Sacramento
Primeiro Sábado do Mês - Depois da Missa das 5h30 até 9h00 da noite
Santa Unção
Último Sábado do Mês - Durante a Missa das 9 da manhã
Mass in honor of Sacred Heart of Jesus
First Friday of the month - 9 a.m. English;
7:30 p.m. Bilingual (English & Portuguese)
Adoration of the Blessed Sacrament
First Saturday of the Month - After 5:30 p.m. mass until 9 p.m.
Anointing of the sick
Last Saturday of the month - During the 9 a.m. mass
Corner of 28th
Not too long ago someone told me to my face that in my
homilies I give "kicks". My answer was: "we are brothers!"
He was left speechless. In fact, when we do not agree with
what others do or say, then comes the pharisaic desire to solve
the problem by banging the other, the one who disturbs us, as
the Pharisees tried to do with to Jesus, putting Him to the test
with malicious questions in an attempt to make him fall. And
if the very appropriate responses that Jesus gave them can be
compared to kicks, then in that case it is well worth it to be a
horse, if only to give a good kick on he who well deserves it.
There is much lack of consistency on the part of those around
us and that by force of circumstances gradually, directly or
indirectly, end up revealing their true identity, as is the case of
the one I always respectfully greeted, but who exceeded the
limits of my patience when he referred to my homilies and my
"Cantos" as kicking, perhaps by the weight of the years,
stubbornness or ignorance, but the truth is that I regret that
these days we still find someone who thinks like this and that
makes a major storm out of a glass of water.
No one has any idea of the phone calls, cards and e-mails I
receive from many and from various parts of the world (there
are many who read me on the Net), to compliment, to support
and to thank me for my effort and work as pastor of our
Portuguese National Church of the Five Wounds. But there is
always a black sheep like the one who did not hesitate in
auguring for me a future not so cheerful when, in a few years,
the current bishop of the Diocese retires. "The new bishop
may not like you," he told me as I walked away because I saw
that there I did not learn anything and only wasted my time. It
is indeed unfortunate because, I got the feeling that his will is
that I leave this sheepfold. I said as Fr. Noia told me one day
when I reproached him for something he did and that I
disagreed with: "Each one rules his own house" and I
answered him, "And you, father, will rule it for as long as you
are here!" So it was with him, so it is with me and so it will be
with whoever will replace me because none of us will live
forever.
Despite everything, I am very grateful to God for the
opportunity of a second calling in life - the priesthood - and
that I took with courage and determination, as I am reminded
by Paul and Stephanie François, from the Worldwide
Marriage Encounters, in a card they sent me on the occasion
of the world day of the priesthood.
Sometimes we are surprised by people with great education,
like Professor John Santos who was part of our choir and, with
exemplary humility sent me a farewell email, paying me a
compliment for my pastoral work, a stimulus to move on.
Also Lucina’s email saying that while driving with John, her
husband, she read one of my Corners. At some point, she was
moved and looked at her husband who was tearing up and
who said: “It’s tough being a priest. Fr. António has to deal
with a lot!” To good parishioners as these, I raise my glass of
champagne. As to the others - the Pharisees of today - the late
Max has the answer on the tip of the tongue: "three kicks on
the roof"...
KEEP PRAYING
St. Monica, whose
feast we celebrate in August,
is often known as “the
persistent mother.” She
watched her oldest son,
Augustine, turn his back on his
Christian faith.
Monica was
exasperated. For years she
gave up talking directly to her
son on the advice of a local
bishop, who told her that it was better to talk to God about
Augustine then to Augustine about God.
The mother never gave up praying for her son.
Eventually Augustine gave up his wild ways, was baptized,
and later ordained and named bishop of Hippo. St. Augustine
went on to become one of the Church’s greatest scholars.
Today’s readings address the importance of persistent
prayer. Abraham, in spite of trepidation that he is bothering
the Lord, continues to ask about the fate of Sodom and
Gomorrah. Jesus, in Luke’s Gospel, tells his disciples to “ask
and you will receive; seek and you will find; knock and the
door will be opened to you” (Luke 11:9). This is our charge:
keep praying. Copyright © J. S. Paluch Co.
——————————————————————————————————————————————————
Relgious Education
Registration is now open.
Please call the Rectory to
make an appointment.
Deadline is Monday, September 12th.
First day of class is October 1, 2016.
——————————————————————————————————————————————————
2nd collection is for
A colecta de hoje
destina-se à Juventude da Paróquia.
——————————————————————————————————————————————————
Thank You to our parishioners who contribute the offerings of
the Lord / Obrigado aos nossos paroquianos que contribuem
para as ofertas do Senhor


Needed for Ministry / Necessário
para o Ministério
Collection / Colecta
Weekly
Year to date
$4,100
$12,300
$3,862
$10,594
Deficit (deficit will reduce Parish's
savings) / Défice (o défice reduzirá as poupanças da Paróquia)
($238)
($1,706)
2nd Collection on 7/17 for Religious Education/CCD was
$638
Latin Mass Collection on 7/10 was $578
Canto da 28
Não há muito tempo alguém me disse na cara que nas minhas
homilias eu dou “coices”. A minha resposta foi: “somos
irmãos!” ao que ficou sem resposta. Na verdade, quando não
concordamos com o que os outros fazem ou dizem, vem logo o
desejo farisaico de solucionar o problema derrubando o outro,
aquele que nos perturba, tal como tentaram os fariseus fazer a
Jesus, pondo-o à prova com perguntas mal-intencionadas,
numa tentativa de o desmoronar. E se as respostas muito
apropriadas que Jesus lhes dava se podem comparar a coices,
então nesse caso vale bem a pena ser-se cavalo, quanto mais
não seja para dar um bom coice em quem bem o merece.
Há muita falta de coerência por parte de quem nos rodeia e que
pela força das circunstâncias pouco a pouco, directa ou
indirectamente acaba por revelar a sua verdadeira identidade,
como é o caso de quem sempre respeitosamente
cumprimentava, mas que ultrapassou os limites da minha
paciência quando se referiu às minhas homilias e aos meus
“Cantos” como coices, talvez pelo peso dos anos, teimosia ou
ignorância, mas a verdade é que lamento que, nos nossos dias,
ainda encontremos alguém que assim pense e que de um copo
de água faça uma grande tempestade.
Ninguém faz ideia dos telefonemas, cartões e correios
electrónicos que recebo, de muita gente e de vários pontos do
globo (são muitos os que nos lêem na Net), a elogiar-me, a
apoiar-me e até a agradecer-me pelo meu esforço e trabalho
como pároco da nossa Igreja Nacional Portuguesa das Cinco
Chagas. Mas há sempre uma ovelha ranhosa como a que não
hesitou em augurar para mim um futuro não tão risório para
quando, em poucos anos, o actual Bispo da Diocese se
aposentar. “O novo Bispo pode não gostar de si” dizia-me ele à
medida que eu me afastava porque vi que ali não apendia nada
e só perdia o meu tempo. É, na verdade, lamentável porque,
fiquei com a sensação de que é essa a sua vontade, que eu saia
deste redil. Digo como me disse um dia o Pe. Noia quando uma
vez o censurei por algo que fez e com que discordei: “Cada um
manda na sua casa” e ao que lhe respondi: “E o padre há-de
mandar enquanto cá estiver”! Foi assim com ele, é assim
comigo e será assim com quem quer que venha a substituir-me
porque nenhum de nós viverá para sempre.
Apesar de tudo, sinto-me muito agradecido a Deus pela
oportunidade de uma segunda vocação na vida – o sacerdócio –
e que assumi com coragem e determinação, como me lembram
o Paul e a Stephanie François, do Movimento Mundial dos
Encontros Matrimoniais, num cartão me que me enviaram por
ocasião do dia mundial do sacerdócio.
Às vezes somos surpreendidos por pessoas com grande
formação, como o Catedrático João Santos que fez parte do
nosso grupo coral e que, com uma humildade exemplar me
enviou um correio electrónico de despedida em que me tece um
elogio à minha actividade pastoral, um estímulo para seguir em
frente. Também o correio electrónico da Lucina dizendo que
enquanto o viajava com o João, o marido, ela lia um dos meus
Cantos A dada altura, emocionou-se e olhou para o marido que
tinha lágrimas nos olhos e que disse: “É duro ser-se padre. O
Pe. António tem que lidar com muita coisa”! A bons
paroquianos como estes, ergo a minha taça de champanhe.
Aos outros - os fariseus dos nossos dias - o saudoso Max tem
a resposta na ponta da língua: “três coices no telhado”...
——————————————————————————————————————————————————
17º Domingo do Tempo Comum
O tema fundamental que a liturgia
nos convida a reflectir, neste
domingo, é o tema da oração. Ao
colocar diante dos nossos olhos os
exemplos de Abraão e de Jesus, a
Palavra de Deus mostra-nos a
importância da oração e ensinanos a atitude que os crentes
devem assumir no seu diálogo com Deus.
A primeira leitura sugere que a verdadeira oração é um
diálogo “face a face”, no qual o homem – com humildade,
reverência, respeito, mas também com ousadia e confiança –
apresenta a Deus as suas inquietações, as suas dúvidas, os seus
anseios e tenta perceber os projectos de Deus para o mundo e
para os homens.
O Evangelho senta-nos no banco da “escola de oração” de
Jesus. Ensina que a oração do crente deve ser um diálogo
confiante de uma criança com o seu “papá”. Com Jesus, o
crente é convidado a descobrir em Deus “o Pai” e a dialogar
frequentemente com Ele acerca desse mundo novo que o Pai/
Deus quer oferecer aos homens.
A segunda leitura, sem aludir directamente ao tema da oração,
convida a fazer de Cristo a referência fundamental (neste
contexto de reflexão sobre a oração, podemos dizer que Cristo
tem de ser a referência e o modelo do crente que reza: quer na
frequência com que se dirige ao Pai, quer na forma como
dialoga com o Pai). http://www.dehonianos.org/
——————————————————————————————————————————————————
READINGS FOR THE WEEK
Monday: 2 Cor 4:7-15; Ps 126:1bc-6; Mt 20:20-28
Tuesday: Jer 14:17-22; Ps 79:8, 9, 11, 13; Mt 13:36-43
Wednesday: Jer 15:10, 16-21; Ps 59:2-4, 10-11, 17-18;
Mt 13:44-46
Thursday: Jer 18:1-6; Ps 146:1b-6ab; Mt 13:47-53
Friday: Jer 26:1-9; Ps 69:5, 8-10, 14; Jn 11:19-27
Saturday: Jer 26:11-16, 24; Ps 69:15-16, 30-31, 33-34;
Mt 14:1-12
Sunday: Eccl 1:2; 2:21-23; Ps 90:3-6, 12-14, 17; Col 3:1
-5, 9-11; Lk 12:13-21
Prayer Request/Pedidos de Oração
This week we pray for those who are ill/
Esta semana vamos rezar e pedir pelas melhoras de:
Maria Dias, Arminda Barros, José Soares, Eva Soares, Fátima
Espínola, Deloures Cordeiro and Oriolando Bettencor.
And for those who have died/ E pelo eterno descanso de:
Maria Pioli
For Prayer request, please contact the Parish Office.
Para pedidos de Oração o para quem estiver interessado em petições
a título individual, por favor contactem o
escritório da Paróquia.
Bulletin No. 218350
Five Wounds Portuguese National Church
San Jose, CA
(408) 292-2123
Contact:
Joseph Khanh Russo
408-394-0369
[email protected]
Special Instructions: