ficha de informação técnica clorohidróxido de alumínio 50%

Сomentários

Transcrição

ficha de informação técnica clorohidróxido de alumínio 50%
FICHA DE INFORMAÇÃO TÉCNICA
Registro:
035
CLOROHIDRÓXIDO DE ALUMÍNIO 50%
Revisado por:
Júlia Versiani Gomes
Data da última revisão:
10/08/2015
Nº Revisão:
03
N° de Páginas:
1/3
1 – IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO
Nome do produto
Nome Químico
INCI
CAS
Fórmula Molecular
Fórmula estrutural
Categoria
CLOROHIDRÓXIDO DE ALUMÍNIO SOLUÇÃO A 50%
Aluminum chlorohydroxide, dihydrate
ALUMINUM CHLOROHYDRATE
12042-91-0 / 1344-28-1 / 7732-18-5
Al2(OH)5Cl2. H2O PM = 210,48 g
Não consta.
Adstringente, Antiperspirante
2 – APLICAÇÃO
É aplicado em loções adstringentes, loções pós-barba, colônias, desodorantes antiperspirantes líquidos,
sob a forma de loção spray, roll-on e em cremes hidratantes desodorantes para o corpo todo.
Em caráter experimental, para cada 20% do peso total da formulação, 1 ml de solução de cloróxido de
alumínio, aplicado em indivíduos sadios, reduz em 35-40% a eliminação do suor pela pele.
3 – CONCENTRAÇÕES DE USO
40 %
4 – INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Trata-se de solução aquosa a 50% em peso. A fórmula empírica do Cloróxido de Alumínio é
Al2(OH)5Cl.2H2O. Quando dissolvido, sua unidade básica passa a ser Al13O4(OH)24 (H2O)12 +7, com 7
íons Cl- dissociados. O cloridróxido de alumínio comercial consiste desta unidade Al13 junto a outros
monômeros, dímeros ou polímeros de vários tamanhos. A acidez deste complexo é portanto tamponada
pelas várias hidroxilas livres presentes. Tem ação antiperspirante e é o ativo mais recomendável para a
inibição do suor axilar ou apócrino.
O suor axilar ou apócrino é composto de água, cloreto de sódio, porcentagens elevadas de proteínas,
lipoproteínas e lipídeos provenientes da desintegração do epitélio; estes servem de substrato ao
crescimento bacteriano, a causa do odor axilar não desejado. As duas maneiras existentes de reduzir ou
controlar o odor e impedir o crescimento bacteriano são efetuadas por dois tipos de produtos: o
desodorante e o antipersperspirante (um desodorante pode ser também um antiperspirante). Derivados de
alumínio constituem as principais substâncias empregadas em formulações antiperspirantes, pois atuam
diretamente no ducto glandular, tapando-o, reduzindo assim drásticamente a sudorese.
O seu efeito tamponante aliado ao pH levemente ácido, evitam irritações na pele normal e não ocorre ação
corrosiva sobre as fibras têxteis das roupas na região das axilas.
5 – ANÁLISES FÍSICO – QUÍMICAS
TESTE
Aparência
Cor
Odor
pH
Densidade
Teor de óxido de alumínio (Al2O3)
ESPECIFICAÇÃO
Líquido límpido
Incolor a levemente amarelado
Característico
Entre 4,0 e 4,4
Entre 1,330 a 1,350 g/mL
Entre 23,0 a 24,0%
Sulfatos
Cloretos
Máximo 0,025%
Entre 7,90 a 8,40%
FICHA DE INFORMAÇÃO TÉCNICA
Registro:
035
CLOROHIDRÓXIDO DE ALUMÍNIO 50%
Revisado por:
Júlia Versiani Gomes
Metais pesados (Pb)
Data da última revisão:
10/08/2015
Nº Revisão:
03
N° de Páginas:
2/3
Máximo 10 ppm
Referência: Especificação do fabricante.
6 – ARMAZENAMENTO
Todo produto químico deve ser armazenado em local seco, fresco, sob o abrigo da luz, longe de fontes de
ignição e de calor. Ao manusear este produto, recomenda-se o uso de Equipamento de Proteção Individual
(EPI) completo. Este produto, quando manuseado contínuamente sem o equipamento recomendado, pode
se acumular em partes do organismo como fígado, pulmões, cérebro e ossos, porém eliminado com o
tempo muito lentamente. Para maiores informações vide FISPQ.
7 – INFORMAÇÕES ADICIONAIS
As informações contidas nessa Ficha Técnica foram compiladas de nossos fornecedores e de várias
publicações técnicas tidas como verdadeiras. Não garantimos a exatidão dos dados. O único proposito
desde documento é ser um guia para utilização apropriada do material. É de responsabilidade do usuário
determinar a adequação destas informações para o uso correto do produto.