FUNDAMENTOS GERAIS ANálISE lEi dE boylE

Сomentários

Transcrição

FUNDAMENTOS GERAIS ANálISE lEi dE boylE
LEIS DA T ÉRMICA / LEIS DOS GASES
UE2040100
Lei de Boyle-Mariotte
UE2040100
F UNDA ME N T O S GE R A IS
O volume de uma quantidade de gás depende da pressão sob a qual o
gás se encontra e de sua temperatura. Quando a temperatura é mantida, geralmente o produto do volume e a pressão são constantes. Essa
regularidade encontrada por Robert Boyle e Edme Mariotte vale para
todos os gases em condições ideais, isso quer dizer, quando a temperatura dos gases está muito acima do valor da temperatura tida como
crítica.
ambiente no ar como gás ideal fica demonstrado. O volume V é introduzido
num recipiente cilíndrico através do deslocamento e ao mesmo tempo a
pressão p do ar encerrado é medida. A quantidade da substância encerrada
depende n do volume de saída V0, na qual o ar entrou, antes do início da
experiência, com a válvula aberta.
A Lei encontrada por Boyle e Mariotte
A N ÁL IS E
p ⋅V = const.
(1)
é um caso especial que é válido para todos os gases ideais em geral, e é a
temperatura relacionada ao absoluto ponto zero T e a quantidade da substância n que é descrita por um gás:
Como a secção da superfície A do pistão é constante, o volume permite
V que o ar encerrado seja facilmente calculado em relação ao percurso
de deslocamento do pistão s. Para uma análise precisa dos dados, o ar
contido no manômetro também deveria ser considerado, como volume
excedente V1.
(2)
p ⋅V = n ⋅ R ⋅T
: Constante universal do gás
R = 8 ,314
J
mol⋅ K
Geralmente através da equação válida (2) podemos considerar o caso especial (1) sob a condição de que, a temperatura T e o volume (substância)
encerrado n não se alteram.
Na experiência a validade da Lei de Boyle-Mariotte em temperatura
400
OB JE T I V O
TA RE FA S
• Medição ponto a ponto da pressão p do
ar encerrado à temperatura ambiente
em relação da posição da coronha s.
• Representação dos valores de medição
para três diferentes quantidades de
substâncias em um diagrama p-V.
9.5 mMol
p / kPa
Medição do ar na temperatura ambiente
18.1 mMol
300
RE S UMO
A validade da Lei de Boyle-Mariotte para gases ideais é demonstrada na temperatura ambiente no ar.
Para tanto, o volume é introduzido num recipiente cilíndrico através do deslocamento de uma coronha e ao mesmo tempo, a pressão do ar preso é medido.
200
• Confirmação da Lei de Boyle-Mariotte.
A parel hos ne cess á rios
Número Instrumentos
1
Aparelho Boyle-Mariotte
Artigo Nº
U172101
5.2 mMol
100
0
0
1
86
100
200
300
400
Fig. 1: Diagrama-volume-pressão de ar na temperatura ambiente, em relação a três diferentes quantidades de substâncias
3B Scientific® Experiments
...going one step further
87

Documentos relacionados

Determinação da lei de Boyle-Mariotte com recurso ao e-lab

Determinação da lei de Boyle-Mariotte com recurso ao e-lab A expressão matemática que traduz a relação entre o volume e a pressão de uma determinada quantidade de gás a uma temperatura constante foi descoberta no século XVII pelo químico e físico irlandês ...

Leia mais

Protocolo - FCT - Universidade do Algarve

Protocolo - FCT - Universidade do Algarve muitos gases comuns (ar, azoto, oxigénio, etc) podem ser considerados ideais. Quase todos os gases quimicamente estáveis comportam-se como ideais se estiverem longe das condições de liquefacção ou ...

Leia mais