Câmara Municipal da Figueira da Foz

Сomentários

Transcrição

Câmara Municipal da Figueira da Foz
Câmara Municipal da Figueira da Foz
Departamento de Cultura, Educação e Acção Social
Divisão de Cultura, Biblioteca e Arquivos
Comemorações do Dia Mundial do Teatro
A Divisão de Cultura, Biblioteca e Arquivos do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal da Figueira da
Foz, vai promover e celebrar no âmbito do Programa Território Artes – AGEN Teatro 2008, o “Dia
Mundial do Teatro”. Esta data será assinalada em todo o País, e integrará componentes de reflexão e
festa em torno de espectáculos, exposições, concursos, conferencias e outros convocando para o
mesmo acontecimentos actores, escritores, políticos, autarcas, professores, bailarinos, pintores,
compositores, chamados todos eles para partilharem a sua arte ou as suas referências teatrais com a
sociedade em geral.
A Divisão de Cultura abraçando o tema “Teatro para Todos/ Todos para o Teatro”, vai proporcionar
um conjunto de iniciativas dirigidas fundamentalmente à comunidade escolar e mas que colherão
também certamente, o interesse do público em geral.
Numa oportunidade de conhecermos melhor “O que é o Teatro”, esta iniciativa visa também chamar a
atenção para as artes do espectáculo, expressões artísticas plurais, transversais e acessíveis a todos,
assumidas enquanto vectores fundamentais para o desenvolvimento social e cultural de uma
comunidade.
PROGRAMA
“Teatro para Todos / Todos para o Teatro”
Exposição “O que é o Teatro?”
A exposição “O que é o Teatro” pretende, através de imagens e textos, abordar de forma pedagógica o teatro, a sua
expressão ao longo do tempo, os intérpretes, ao autores, os textos, os públicos, os aspectos sociais e os espaços
de representação
Data: 27 de Março a 30 de Abril de 2008
Destinatários: Público em Geral e Comunidade Escolar
Local: Biblioteca Pública Municipal Pedro Fernandes Tomás
Câmara Municipal da Figueira da Foz
Departamento de Cultura, Educação e Acção Social
Divisão de Cultura, Biblioteca e Arquivos
Apresentação da Peça Infantil “ A Outra História da
Carochinha”, pela Companhia de Teatro Camarim
Data: 3 Abril de 2008
Horário: 10h00 e 14h30 ( duas sessões)
Destinatários: Jardins de Infância ( a partir dos 3 anos), 1º e 2º Ciclos
Local: Auditório Municipal
Actividade sujeita a marcação prévia
Sinopse:
“A Outra História da Carochinha”, apresenta-nos uma Carochinha dos tempos modernos, que coloca
um anuncio no Jornal para arranjar marido, de um Capuchinho Vermelho não encontra a
casa da
avó, de um pagem que precisa desesperadamente de um pé que ente num sapatinho, quando uma
madrasta da Branca de Neve que come por engano uma maçã envenenada, entre muitas coisas.
Nesta história encontramos outras histórias também elas conhecidas, no entanto esta história da
Carochinha reserva um final feliz para o João Ratão.
Conferência / Debate – “O que é o Teatro?”
Data: 7 Abril de 2008
Horário: 14h30
Destinatários: Público em Geral e Comunidade Escolar
Local: Auditório Municipal
Actividade sujeita a marcação prévia
Painel de Convidados
-
Vereadora da Cultura Drª. Teresa Machado,
Actriz e Cenógrafa Rita Simões
Actor e Encenador Luís Zagallo
Actor Nuno Távora
Actriz e Cenógrafa Rita Simões
A Actriz Rita Simões, nasceu em Lisboa, é licenciada no “Curso de Realização Plástica do Espectáculo”
e bacharel no Curso de Artes Decorativas. Tem uma larga experiência profissional na área do teatro e
cenografia, presentemente é Assistente pessoal da Actriz Eunice Munôz na Peça “Dúvida”, de John
Patrik Shanley, com encenação de Ana Luísa Guimarães, em tournée pelo país, sendo ainda
Comissária da exposição sobre a mesma Actriz, no Centro Cultural de Belém. É interpretar e como
assistente de encenação na peça “O meu Menino” produzida por TZM Produções com encenação de
Câmara Municipal da Figueira da Foz
Departamento de Cultura, Educação e Acção Social
Divisão de Cultura, Biblioteca e Arquivos
Luís Zagallo. Foi docente do “Curso Livre de Formação de Actores da Universidade Lusíada”, da
disciplina de “História do Teatro e do Audiovisual” e Coordenadora do “Curso Livre de Formação de
Actores da Universidade Lusíada” dirigida por Tó Zé Martinho. Participou em diversas peças de teatro,
tendo feito simultaneamente Direcção de Actores.
Luís Zagallo
O Actor e Encenador, Luís Zagalo, nasceu em Lisboa, tem uma larga experiência na dramaturgia e
interpretação.
Com uma vasta carreira no teatro e em televisão, tem participado vivamente em diversas séries /
novelas, designadamente, Chiquititas, A vingança e Floribela produzidas por Teresa Guilherme,
Morangos com Açúcar, A jóia de África, Nunca digas adeus,“O processo dos Távoras de Moita Flores,
Jornalistas, Todo o tempo do mundo com Eunice Muñoz e Ruy de Carvalho, Olhos d’água produzido
por Tó Zé Martinho, Camilo & filho, Médico de família, A vida como ela é, Esquadra de polícia,Trapos &
Companhia, Verão Quente, A Banqueira do Povo, etc. Participou igualmente
em curtas e longas
metragens, nomeadamente no novo filme com Arielle Dombasle, rodado em Lisboa, A febre do ouro
negro ,Monsanto ,Amo-te Teresa, Hotel Palace – co-produção com França e Espanha e To catch a
King, entre outros. Presentemente, encontra-se a ensaiar a peça de Teatro
estreou em Fevereiro. Encenou e interpretou
O meu menino , que
diversas peças, Duas na mão e uma a voar de Marc
Camolleti. Realizou a pré-produção do espectáculo A Casa do Lago e a tradução da mesma de Ernest
Thompson. Pôs em cena as peças de Jean Ken Mary Mary, criada nos anos setenta por Eunice Muñoz,
O Gato de Henrique Santana e Pijama para seis de Marc Camolleti. Fez parte do elenco da peça Rei
Lear e Desculpem Qualquer Coisinha, original de Ana Bola, direcção de Ana Bola e da Orgia de Pier
Paolo Pasolini. Paralelamente, tem vindo a leccionar cursos de Formação de Actores na Universidade
Moderna e Lusíada.
Actor Nuno Távora
Nasceu em Lisboa, Licenciado no Curso Superior de Teatro e Cinema
- Formação de Actores,
frequentou o Curso de Canto – Escola de Música do Conservatório Nacional.
Realizou diversos trabalhos em Encenação / Assistência de Encenação, nas peça a Dúvida dirigida por
Ana Luísa Guimarães e no espectáculo Miss Daisy , dirigido por Celso Cleto, entre outras. No âmbito
da interpretação, participou nos espectáculos Cara ou Coroa de Henrique Félix, Noites de Comédia –
Comedin Players, dirigido por Stephen Rosenfield, para integrar a programação do Festival
Internacional de Comédia RIR em Lisboa/2003.
Tem participado em series televisivas, nomeadamente, Morangos com Açúcar – Série V, Tempo de
Viver, Dei-te Quase Tudo, Inspector Max, Olá Pai, O Jogo, Bons Vizinhos, Olhos d’água, Super Pai,
Jornalistas, Médico de Família e Riscos. Realizou dobagens de animação Disney. No cinema fez parte
da Curta Metragem Canaviais realizada por Loureço Henriques, La Vie Privée, realizado por Zina
Modiano e Mehedi Ben Attia, produzido por Madragoa Filmes, “Aspaste Rogue” , Tele Filme realizado
Câmara Municipal da Figueira da Foz
Departamento de Cultura, Educação e Acção Social
Divisão de Cultura, Biblioteca e Arquivos
por Patrick Dewolf, e Amor Perdido, Telefilme, realizado por Jorge Queiróga. Tem vindo a participar
em filmes de publicidade / anúncios. Foi ainda Professor de Teatro no Curso de Iniciação às Técnicas
de Teatro e Televisão.