Preços internacionais devem se ajustar

Сomentários

Transcrição

Preços internacionais devem se ajustar
Borracha Natural
Preços internacionais devem se ajustar
03/12/2003
Desde a semana de 07 a 11 de julho, o preço internacional da borracha SMR10 (equivalente ao GEB-1) vinha subindo.
Esse comportamento foi observado por 18 semanas consecutivas. Na semana de 10 a 14 de novembro, o preço no
mercado internacional começou a cair, movimento que persiste há três semanas. Mesmo assim, em novembro, a
média dos preços ficou em US$ 1.321,00/t de SMR10, o que representa um aumento de 2,9% em relação à média obtida
em outubro, de US$ 1.283,70/t.Essa queda ainda não afetará os preços da borracha no mercado interno no mês de
dezembro. Os preços de referência para o GEB-1 do Governo Federal, Associação Paulista de Produtores e
Beneficiadores de Borracha (APABOR) e da Federação de Agricultura do Estado de São Paulo (FAESP) ficaram 13,8%,
14,4% e 15,9%, respectivamente, mais altos do que no mês de outubro (veja tabela de indicadores mensais).Apesar de
o preço internacional ter caído ainda mais durante a semana passada, a forte demanda da indústria chinesa, o acordo
tripartite entre os três maiores produtores de borracha natural do sudeste asiático - Tailândia, Indonésia e Malásia - e
a redução dos estoques mundiais do produto são fatores importantes que devem contribuir com a manutenção dos preços
elevados. O que deve estar ocorrendo agora é um ajustamento dos preços ao mercado.A trajetória de elevação dos preços
que se iniciou na semana do dia 07 de julho coincidiu com a primeira de uma série de palestras realizadas no sudeste
da Ásia pelos economistas da Free University, de Amsterdã, Burger e Smit. Os dois especialistas percorreram os
principais países produtores e consumidores daquela região, como Japão, Tailândia, Indonésia, Malásia, Cingapura e
China, apresentando as perspectivas para o futuro do mercado mundial da borracha. A euforia pode ter tomado conta
do mercado em função das boas novas para o setor.E o Vietnã, cuja produção de borracha natural vem crescendo a uma
taxa de 10,7% ao ano, espera fechar o ano de 2003 com a exportação de 460 mil toneladas de látex. Os principais
compradores são a China, os Estados Unidos e o Japão. O país é o sexto produtor mundial e responde por 5,2% da
produção mundial de borracha natural.Heiko Rossmann
Editor
http://borrachanatural.agr.br/cms
_PDF_POWERED
_PDF_GENERATED 29 September, 2016, 23:35

Documentos relacionados

Especialista diz que preços devem continuar altos

Especialista diz que preços devem continuar altos “Sudeste Asiático”.Na semana que se encerrou no dia 23, os preços internacionais da borracha natural se elevaram. Na Malásia, o preço médio da SMR20 aumentou 3,1% em relação à média da ...

Leia mais