na lagoa

Сomentários

Transcrição

na lagoa
JANEIRO 2008
LAGOA BOLETIM MUNICIPAL
Editorial
Caros Munícipes,
C Â M A R A M U N I C I PA L D E L A G O A
JANEIRO 2008
Largo D.João III . Santa Cruz | 9560-045 Lagoa
Tlf. 296 912 159 Fax 296 916 229 Nº verde 800 20 40 76
http://cm-lagoa.azoresdigital.pt/ E-mail: [email protected]
Gestão Autárquica 04
Equipamentos 13
Educação 20
Política Social 25
Rede Viária 29
Ambiente 34
Desporto 36
Cultura 39
Lazer 57
Terminado o ano de 2007, preenchemos, também,
mais uma página na história da Lagoa, onde desafios
foram enfrentados, problemas encarados de frente
e resolvidos, melhorias ocorridas, avanços e vitórias
conquistadas e, onde as dificuldades orçamentais não
nos impede de manter o desafio constante de fazer
mais e melhor para a Lagoa.
Assim sendo, demos mais alguns passos que
permitiram avançar com o nosso projecto de
desenvolvimento para o Concelho, num contexto
de permanente e activa participação, humanidade e
modernidade.
Desde logo, as acessibilidades, a habitação, os
equipamentos, a cultura e a educação foram os sectores que, a autarquia, passado um ano, mais
investiu. Um investimento que creio ter valido a pena, pois, para além de proporcionar bem-estar
e melhores condições de vida à população lagoense, os seus resultados têm feito deste Concelho
um motivo de orgulho para todos nós.
O Plano e Orçamento para o ano 2008 consubstancia, assim, a aposta da Câmara Municipal em
continuar com a estratégia de desenvolvimento local, a nível económico e social, mantendo
o equilíbrio financeiro e onde se pretende aproveitar na íntegra os fundos do novo Quadro
Comunitário, com destaque para obras essenciais ao desenvolvimento estrutural do Concelho,
como sejam o abastecimento de água, o saneamento básico, a melhoria das acessibilidades, a
ampliação do parque escolar e a criação de equipamentos municipais ligados à cultura.
Por isso, 2008 deverá revelar-se como o ano de arranque de algumas obras de grande importância
para este Município, com destaque para a requalificação da Praça Velha em Santa Cruz, a construção
do Museu do Presépio e o início da 2ª fase da obra de construção da Estrada Municipal 516, no
Cabouco.
Pretendemos também dar início às obras do projecto do Tecnoparque da Lagoa, que consideramos
essencial à projecção do nosso Município e ao seu desenvolvimento económico e social e
contribuirá para a criação de mais postos de trabalho e mais riqueza para a Lagoa.
No âmbito da nossa politica social, queremos e vamos continuar a apostar na habitação, no apoio
aos nossos idosos e jovens e às nossas instituições de solidariedade social. Para tal, vamos continuar
a desenvolver parcerias com as mais de cinquenta instituições do Concelho, beneficiando, de
forma directa, mais de 2000 crianças, jovens e adultos, num autêntico serviço público.
Tenho a certeza que com estes investimentos, 2008 será um ano que trará mais prosperidade, mais
progresso e inovação para a Lagoa, trazendo, também, mais esperança aos lagoenses para encarar
os desafios do futuro.
Porque a Lagoa será amanhã aquilo que hoje queremos, que, neste ano de 2008, saibamos ser
capazes de ultrapassar as adversidades e os desafios que possam surgir, com mais empenho, mais
motivação e, sobretudo, mais responsabilidade.
Ficha Técnica
Presidente João António Ferreira Ponte
Vereadores Roberto Manuel Lima Medeiros . Mariana da Purificação Vieira Rodrigues Viveiros . Durval Carlos Almeida Faria . Fernando Jorge Ventura Moniz .
José Duarte Barbosa Cabecinha . Jorge Alberto Barbosa de Almeida
Fotografias Câmara Municipal de Lagoa e Estúdio Belarte
Edição, Coordenação, Design Gráfico Câmara Municipal de Lagoa
Impressão Nova Gráfica, lda
Tiragem 5000 exemplares
D i s t r i b u i çã o G rat ui t a
Desejo a todos, em particular aos Lagoenses, um excelente ano de 2008, com muita paz, saúde e
sucesso.
O Presidente da Câmara Municipal
pais ligados à cultura.
No ano de 2008, a politica social continuará a ser
uma imagem de marca do Município, onde a habitação social vai continuar a ser uma prioridade com
a afectação de verbas significativas.
Ainda no âmbito da sua política social, e também
cultural e desportiva, a autarquia vai continuar a
desenvolver parcerias com mais de 50 instituições
do Concelho, beneficiando, de forma directa, mais
de 2000 crianças, jovens e adultos, num autêntico
contrato de serviço público.
De resto, e no sector económico, a Câmara Municipal vai apoiar o Comércio Tradicional do Concelho,
através da implementação do Fundo Municipal de
Apoio, com vista à sua modernização e com criação de mais incentivos que visam à formação de
novas empresas. Por outro lado, o orçamento prevê
ainda, continuar a apoiar e cooperar com todas as
juntas de Freguesia do Concelho, transferindo para
estas verbas superiores às que são transferidas pelo
Governo da República.
GOVERNO VAI CLASSIFICAR O CONVENTO DA CALOURA
O Governo dos Açores deu início ao processo
para classificação do Convento da Caloura, em
que foi acolhida inicialmente a Imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres, oferecida pelo
Papa Paulo III a freiras da ilha S. Miguel e que
se tornou motivo da maior festa religiosa dos
Açores.
Construído sobre os rochedos à beira mar, o pequeno convento inclui uma igreja com fachada
ladeada por duas torres sineiras e que apresenta, no seu frontispício, um nicho com a imagem
de Nossa Senhora da Conceição.
O interior do templo, em estilo barroco, está
revestido por um valiosa colecção de azulejos
oitocentistas, dispondo a capela-mor um retábulo com imagens dos anjos.
Nos termos de um aviso da Direcção Regional
da Cultura, da Presidência do Governo, face à
intenção do Executivo de classificação do convento, passam a estar proibidas quaisquer intervenções numa zona de 50 metros em torno do
imóvel .
4
COMPLEXO MUNICIPAL DE PISCINAS
MAIS DE 42 MIL ENTRADAS
JOÃO PONTE
DESAFIOU
CARLOS CÉSAR
A INVESTIR EM
ÁGUA DE PAU
Por ocasião da inauguração da Sede Social do
Santiago Futebol Clube, João Ponte, Presidente
da Câmara Municipal desafiou o Presidente do
Governo Regional, Carlos César, a investir mais
na Vila de Água de Pau.
Na altura, o autarca alertou o Governo Regional para a “necessidade de dar prioridade a seis
projectos que, sem grande expressão financeira, são de grande importância para o desenvolvimento da Vila de Água de Pau”.
Entre eles, destacou o início das obras de melhoramento do Porto da Caloura, cuja solução
proposta pelo governo mereceu a aprovação
dos pescadores e da própria autarquia. No âmbito do desenvolvimento da sua politica social,
alertou para o início das obras das 10 habitações para realojamento e a construção de mais
habitações no terreno sobrante do loteamento
Maria dos Anjos Amaral. No ensino e na educação, o autarca apelou para a necessidade de
construção de uma creche e da nova Escola Integrada de Água de Pau e, por último, no âmbito
das acessibilidades, alertou, para a necessidade
de pavimentar caminhos agrícolas abrangidos
pelo perímetro de ordenamento agrário de Lagoa, da responsabilidade do IROA, e também a
pavimentação da estrada regional de acesso à
Caloura.
CABOUCO VAI
TER PLANO DE
URBANIZAÇÃO
Apesar das condições climatéricas desfavoráveis
que se verificaram este Verão na Ilha de S. Miguel,
durante o fim do mês de Julho e na segunda quinzena de Agosto, o Concelho encerrou a sua época
balnear com um balanço positivo. Só no Complexo Municipal de Piscinas de Lagoa registaram-se
mais de 42 mil entradas, um aumento de 8 % relativamente ao ano anterior. Das 42 mil entradas
no Complexo Municipal de Piscinas, 2,2% correspondeu a idosos com mais de 65 anos e 22 % a
crianças até aos 11 anos.
Este aumento deveu-se à inovação dos sistemas
de entrada, nomeadamente a disponibilização de
passes individuais a preços reduzidos e a redução
de 50% do preço de entrada a partir das 16h30, à
qualidade das águas e dos serviços prestados nesta zona balnear. Por isso mesmo, a Câmara Municipal e a Empresa Municipal vão, na próxima época
balnear, apostar no mesmo tipo de estratégia, para
que as zonas balneares do Município continuem a
ser as preferidas por milhares de micalenses.
Como forma de promover o desenvolvimento do
Concelho, e em particular da Freguesia do Cabouco, a Câmara Municipal está a proceder à elaboração do Plano de Urbanização do Cabouco e zonas
envolventes, que terá um prazo de elaboração de
12 meses.
A elaboração deste plano consiste, sobretudo, na
definição de mais espaços urbanizáveis, possibilitando a construção de moradias e a consequente
fixação de casais jovens, uma vez que nos últimos
anos, e de acordo com os dados estatísticos dos
Censos de 2001, esta freguesia evidenciou um
grande crescimento populacional correspondente à faixa etária dos 24 aos 39 anos.
Com a criação deste Plano de Urbanização pretende-se, ainda, criar um conjunto de atractivos,
designadamente equipamentos e serviços que
contribuem para o melhoramento da qualidade
de vida desta comunidade e também para o desenvolvimento turístico, considerado, aliás, como
uma das principais prioridades do actual executivo camarário.
De resto, a área em causa está classificada no actual Plano Director Municipal, na sua maioria, como
Espaços Agrícolas e também como Espaços Florestais, Urbanos e Industriais.
G ESTÃO AU TÁ R QU IC A
G ESTÃO AU TÁ R QU IC A
CÂMARA DE LAGOA
APROVA
ORÇAMENTO DE
20,5 MILHÕES
No dia 10 de Dezembro, em Reunião de Câmara
foi apresentada e aprovada pela maioria camarária,
a proposta do Orçamento e Grandes Opções do
Plano da Câmara Municipal de Lagoa para o ano
financeiro de 2008.
Ascontasapresentadaspeloexecutivo,lideradopor
João Ponte, reservam 20.500.000,00 € para o orçamentodopróximoano,prevendo-se8.080.404,00€
de receitas correntes e 12.419.596,00 € de receitas
de capital, para uma despesa de igual montante, sendo 7.336.805,00 € de despesas correntes e
13.163.195,00 € de despesas de capital.
O investimento imputado ao Plano Plurianual de
Investimentos foi no montante de 11.042.282,00€
e no Plano de Acções mais relevantes foi de
1.576.284,00 €, totalizando as Grandes Opções do
Plano em 12.618.565,00 €.
A proposta do Plano Orçamental para 2008 consubstancia a aposta da autarquia em continuar
uma estratégia de desenvolvimento local, a nível
económico e social, bem como manter o equilíbrio
financeiro,prevendoinvestimentosessenciaispara
o Concelho, onde se pretende aproveitar na íntegra os fundos do novo Quadro Comunitário, com
destaque para obras essenciais ao desenvolvimento estrutural do Município, Entre elas, destaca-se o
abastecimento de água, o saneamento básico, as
melhorias das acessibilidades, a ampliação do parque escolar e a criação de equipamentos munici-
5
G ESTÃO AU TÁ R QU IC A
G ESTÃO AU TÁ R QU IC A
EMPRESAS E POSTOS
DE TRABALHO
CRIADOS
LAGOA LIDERA
CRESCIMENTO
De acordo com os últimos dados estatísticos do
ObservatóriodoEmpregoeFormaçãoProfissionalda
Região Autónoma dos Açores, a Lagoa evidenciou,
nos últimos dois anos, um notável crescimento
ao nível do número de empresas sedeadas no
Município e de postos de trabalho criados.
Os números são claros e demonstram que a Lagoa
cresceu acima da média regional, até mesmo, dos
Concelhos de Ponta Delgada e Ribeira Grande.
Entre 2004 e 2006, a taxa de crescimento de novas
empresas na Lagoa foi de 12,3%, enquanto nos
Açores foi de 6,7%, 5,1% em Ponta Delgada e 9,7%
no Concelho da Ribeira Grande.
Este crescimento do número de empresas,
patenteado na Lagoa, teve reflexos directos sobre o
crescimentodepostosdetrabalhoemigualperíodo
no Concelho. O número de pessoas empregadas, na
Lagoa,deacordocomamesmafonte,cresceu21,4%,
entre 2004 e 2006, o dobro da Ribeira Grande, que
se ficou pelos 10,7% e um número notavelmente
superior ao do Concelho de Ponta Delgada, com
7,1%. Também aqui, evidencia-se que o número
de pessoas empregadas cresceu acima da média
regional, que se situou nos 8,3%.
A Câmara Municipal tem apostado em projectos
que visam à criação de melhores condições para o
surgimentodemaisempresasnaLagoa,contribuindo
para que os empresários lagoenses alcancem ainda
ummaiorsucessoe,simultaneamente,maisriqueza
para o Município.
320 MIL EUROS
GOVERNO INVESTE NO PORTO DE PESCAS DA CALOURA
O Governo dos Açores vai investir cerca de
320 mil euros na construção de um novo cais
para pesca no Porto da Caloura, ilha de S.
Miguel, um empreendimento lançado a concurso público pela empresa regional de lotas,
LOTAÇOR.
Com um prazo de execução de oito meses,
a intervenção prevê, também, a realização de
trabalhos de dragagem e escavação de rochas na baía e a reabilitação da actual rampa
de varagem.
O projecto de requalificação do Porto de Pescas da Caloura integra-se no plano do Governo de melhoria das condições de segurança
e operacionalidade das estruturas de apoio
aos pescadores a decorrer em várias ilhas da
Região.
PROTOCOLO FINANCEIRO
CÂMARA APOIA BOMBEIROS COM 30 MIL EUROS
A Câmara Municipal assinou um protocolo financeiro com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada no valor de
30.000,00 €.
Este apoio financeiro destinou-se a comparticipar
os custos inerentes à execução e manutenção de
actividades de reconhecido interesse municipal,
promovidas pela Associação Humanitária dos
Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada no Concelho de Lagoa.
É a esta Associação Humanitária que compete o
transporte de doentes e o socorro a acidentes e
a incêndios. De acordo com o relatório de 2005,
neste concelho, estes asseguraram o transporte
de 2630 doentes, prestaram 43 serviços de socorro a acidentes e assistiram 14 incêndios.
6
CÂMARA ENTREGOU VIATURA À PSP DE LAGOA
A 23 de Julho, João Ponte, Presidente do Conselho de Administração da
Empresa Municipal, entregou a chave da viatura à Esquadra da PSP de
Lagoa, no âmbito do programa “Escola Segura”.
A entrega desta viatura decorreu numa cerimónia que contou com
a presença do Secretário Regional da Educação e Ciência, Álamo de
Menezes, e do Superintendente e Comandante Regional, José Vaz
Antunes.
João Ponte afirmou tratar-se de um contributo para o reforço da
segurança e para o reforço de meios da esquadra, permitindo que a PSP
de Lagoa “tenha outra capacidade de resposta e efectue o designado
policiamento de proximidade”.
De acordo com o protocolo de cooperação estabelecido com a PSP,
esta viatura terá um papel preponderante no que se refere ao programa
Escola Segura, que compreende a necessidade de se estabelecer com
regularidade contactos com os conselhos directivos e associações de
pais dos estabelecimentos de ensino para conhecimento dos problemas
de segurança que mais os preocupam, garantir melhores condições de
segurança junto da população escolar, promover comportamentos de
JOÃO PONTE
DEFENDEU
TARIFAS AÉREAS
MAIS BAIXAS
PARA O CANADÁ
E E.UA
segurança escolar, executar a vigilância das escolas e das suas áreas
envolventes, policiar os percursos de acesso às escolas, executar acções
de sensibilização junto dos alunos para as questões de segurança e
policiar áreas protegidas ou de relevante importância ambiental.
O Presidente da Câmara Municipal, João Ponte,
congratulou-se com a decisão tomada pelo
Governo Regional dos Açores, através da SATA
INTERNACIONAL, em efectuar ligações directas
a partir de Montreal para Ponta Delgada com
início no mês de Janeiro de 2008. Opinião que
foi manifestada por ocasião da participação no IX
Convívio de Naturais e Amigos da Vila de Água de
Pau, que juntou cerca de 600 pauenses na cidade
de Montreal.
Na altura, o autarca defendeu que “o Governo
Regional deve continuar a desenvolver os esforços
necessários com vista à redução das tarifas aéreas
para o Canadá e EUA, como forma de potenciar um
aumento do fluxo de passageiros, principalmente
fora da época alta”.
Como se sabe, existe, para além do segmento de
“mercado da saudade”, um novo segmento de
mercado que deverá ser, num futuro próximo,
muito importante e que está ligado ao golfe. No
entender do autarca, o facto dos campos de golfe
no Canadá e EUA estarem gelados durante muitos
meses, no Inverno, poderá levar à Ilha de São
Miguel muitos amantes desta modalidade, o que
será mais atractivo com os preços das passagens
mais baixos.
7
A Câmara Municipal assumiu a parceria no
projecto“Sorrisos”, cujo protocolo de cooperação
foi assinado com o Centro de Saúde de Ponta
Delgada e o Centro Sócio-Cultural de São Pedro,
em cerimónia, que contou com a presença
do Secretário Regional dos Assuntos Sociais,
Domingos Cunha, e do Presidente da Autarquia,
João Ponte.
Este projecto aposta no apoio integrado à
maternidade e primeira infância, mediante a
disponibilização de um conjunto de acções nas
áreas da saúde, educação e acção social. Um
trabalho que pretende criar uma rede de suporte
DIA DO PODER LOCAL
“MUNICÍPIOS
RESPONSÁVEIS POR UMA
GRANDE REVOLUÇÃO
NO DESENVOLVIMENTO”
A Câmara Municipal assinalou a 26 de Novembro o
Dia do Poder Local nos Açores, com a consignação
da obra de ampliação da Escola EB/JI Dr. Francisco
Machado Faria e Maia, no Cabouco, à Empresa
Caetano & Medeiros – Sociedade de Construção
e Imobiliária Lda., pelo valor de 159.834,00 € e
com o prazo de execução de cinco meses, a qual
decorre a bom ritmo.
O investimento em causa pretende colmatar
a falta de salas de aula para a leccionação do
Ensino Pré-escolar, que actualmente decorrem
em regime de desdobramento em duas salas
cedidas pelo Centro Social e Cultural do Cabouco,
com a construção de uma nova infra-estrutura
que contempla quatro salas de aulas, instalações
sanitárias e um espaço coberto que fará a ligação
entre os dois edifícios.
Na altura, João Ponte referiu que “nada melhor,
que assinalar com desenvolvimento o Dia do
Poder Local”, acrescentando que “os municípios,
ao longo dos últimos 31 anos, foram um bom
exemplo daquilo que é o desenvolvimento, pois
apesar dos poucos recursos que dispuseram
foram capazes de provocar uma grande revolução
no País e nos Açores”.
Sublinhou, ainda, que “o investimento que a
autarquia tem realizado em matéria de educação
é fundamental para o progresso e modernização
da Lagoa” e que “quem não aposta na educação
está condenado ao fracasso”.
8
AUTARCA DE SAINTE THÉRÈSE VISITARÁ A LAGOA EM 2008
à promoção do bem-estar físico, psicossocial e
emocional junto da população em risco, de forma
a alcançarem o seu desenvolvimento pleno e
saudável.
O “Sorriso” destina-se a crianças portadoras
de necessidades educativas especiais, jovens
grávidas, mães até aos 22 anos de idade e outras
idades, desde que sejam identificadas em situação
de risco ou vulnerabilidade.
Para implementação do projecto“Sorrisos”, neste
concelho da ilha de S. Miguel, foi cedido um
espaço na Unidade de Saúde da Lagoa.
O Presidente da Câmara Municipal, João Ponte,
convidou formalmente Silvye Surprenant, a
autarca de Sainte Thérése, no Canadá, a visitar
o concelho, no próximo ano. Este foi um
convite formulado aquando da deslocação
de João Ponte a esse país, para participar no
IX Convívio de Naturais e Amigos da Vila de
Água de Pau.
A Lagoa e Sainte Thérese são duas vilas irmãs,
cujo protocolo de geminação foi efectuado
em 1994. Depois disso, tem sido grande a
proximidade entre estas duas localidades,
em virtude da realização dos intercâmbios
escolares que ocorreram em 1996, 1997, 2003
e 2004.
De salientar, igualmente, a deslocação de
João Ponte a esta Vila em Julho de 2006 a
convite da Associação Portuguesa de Sainte
Thérèse para participar nas Festas do Espírito
Santo, uma festividade que reúne toda a
comunidade Lagoense ali radicada.
G ESTÃO AU TÁ R QU IC A
G ESTÃO AU TÁ R QU IC A
PROJECTO “SORRISOS” NA LAGOA
JUNTA DE FREGUESIA DO ROSÁRIO
HOMENAGEOU OS SEUS ANTIGOS
PRESIDENTES
O Presidente da Junta de Freguesia da Nossa Senhora do Rosário, Durval Faria, homenageou os
anteriores Presidentes de Junta daquela freguesia
numa cerimónia que se realizou no dia 13 de Outubro, descerrando as fotografias desses autarcas
no Salão Nobre do Edifício.
Tratou-se de um reconhecimento público para
com aqueles que, nos últimos anos, contribuíram
para o desenvolvimento e para a modernização
da freguesia, designadamente Gilberto Rodrigues
Furtado, Eduardo Manuel Sousa Borges, António
Manuel da Costa Varão e Jorge Alberto Carvalho
França.
Neste mesmo dia, foi lançado o Livro “LAGOA
- Nossa Senhora do Rosário”, escrito e compilado por Marinho Matos, que mostra os principais
acontecimentos que marcam o percurso da freguesia desde o Séc. XV. Foi, ainda, inaugurada
uma exposição com os trabalhos efectuados
pelos formandos dos Cursos de Pintura em Tela e
Pintura em Tecido.
Para finalizar, teve lugar a inauguração da exposição de fotografia “Alternâncias” de Carla Mendes
e a exposição de pintura “Estados Paralelos” de
Cristina Castro, no Cine Teatro Lagoense Francisco D’Amaral Almeida, no âmbito do Festival Festa
Redonda.
9
A Empresa “AutoCentral, Lda.” foi a vencedora do
Concurso de Montras do Concelho de Lagoa,
realizado no dia 8 de Dezembro e promovido,
como habitualmente, pela Câmara Municipal.
Este concurso contou com a participação de 13
empresas do Concelho, tendo o júri deliberado
atribuir o 2º e o 3º prémio às montras dos
estabelecimentos comerciais “A Decoradora” e
“Larimoda”, respectivamente.
IGREJA DO
CABOUCO
APOIO ÀS OBRAS
DE CONSERVAÇÃO
A Câmara Municipal apoiou, no valor de 10.000,00
€, as obras de conservação da Igreja de Nossa
Senhora da Misericórdia, no Cabouco. Esta foi uma
intervenção que, para além de dotar o imóvel de
melhores condições, contribuiu para valorizar o
patrimónioarquitectónicodoConcelho,porsetratar
de um imóvel religioso com grande valor histórico.
As obras realizadas assentaram na conservação do
tecto e das paredes da Capela-mor, do Altar-Mor
e Tardoz, que se encontravam em degradação
acentuada, devido a infiltrações ocorridas nestas
áreas e, também, à perda de qualidade do material
com que são compostas.
O imóvel também sofreu obras de beneficiação,
que visaram a sua valorização, como a colocação de
azulejos temáticos nas paredes laterais da Capela –
mor, a execução de marmorização no arco triunfal,
no altar-mor, nas colunas naves e na bacia do
púlpito, a execução da balaustrada para o púlpito, a
substituição do guarda vento e de algumas janelas,
bem como a respectiva pintura de dois altares
lateraiscommarmoreadosedouramentoeapintura
exterior e interior da designada igreja.
Esta foi uma obra realizada pela Fábrica da Igreja,
representando um investimento global de cerca de
80.000,00 € e que contou, também, com o apoio
financeiro do Governo Regional dos Açores.
A inauguração das obras de conservação da Igreja
de Nossa Senhora da Misericórdia decorreram a 23
de Setembro, dia da festa da padroeira.
10
A Câmara Municipal atribuiu uma Menção
Honrosa a Carlos Carreiro, no dia 27 de Agosto,
num jantar que visou celebrar os 500 anos de
Vivência Cristã da Igreja Matriz de Santa Cruz. Uma
forma de homenagear este cidadão micaelense
pela colaboração prestada à Lagoa.
Carlos Carreiro reside actualmente nos E.U.A e
exerce funções no Bristol County, colaborando
com o Xerife Thomas Hodgson. Tem sido um
forte e dinâmico aliado em todas as actividades
que a Autarquia Lagoense promove nos E.U.A,
cooperando na organização de várias actividades
culturais e escolares que este Município tem
desenvolvidonosE.U.A,contribuindo,assim,para
a divulgação do Concelho junto dos cidadãos
americanos e emigrantes.
Por outro lado, Carlos Carreiro tem sido um
importante impulsionador na defesa de causas
sociais, muito em especial, no que diz respeito ao
repatriamento.
VERBAS GASTAS EM PUBLICIDADE
REVERTEM PARA FINS SOCIAIS
À semelhança do que se sucedeu no Natal de
2006, em 2007, a Câmara Municipal reverteu todas as verbas que, habitualmente, investia nos tradicionais Postais de Natal em publicidade de Boas
Festas para a aquisição de equipamentos electrónicos e materiais didácticos a duas instituições do
Município.
Este ano, esta acção abrangeu o Lar de Jovens em
Risco da Santa Casa da Misericórdia de Santo António – Lagoa e os jovens do “Projecto Trevo”, da
Casa de Povo de Água de Pau.
Ainda, neste ambiente de quadra natalícia, a autarquia ofereceu um jantar de Natal aos jovens do
Lar da Santa Casa da Misericórdia de Santo António – Lagoa.
Tanto o “Projecto Trevo” de Água de Pau como
o Lar de Jovens em Risco da Santa Casa da Misericórdia de Santo António - Lagoa, através das
suas actividades lúdico-pedagógicas, têm sido
essenciais na formação e inclusão destes jovens
na sociedade, prevenindo a adopção de comportamentos de risco.
SOLIDARIEDADE NÃO TEM FRONTEIRAS
VIA RÁPIDA PARA ÁGUA DE PAU TERÁ 4 FAIXAS
A Câmara Municipal congratulou-se com a decisão,
tomada pelo Presidente do Governo Regional dos
Açores, Carlos César, em proceder a alterações no
Projecto SCUT, que valorizam aquele projecto e que
tem impacto directo no Concelho.
EstasalteraçõesabrangemonódeLagoa,naAtalhada
– Rosário, proporcionando uma ligação directa, no
sentido Nascente/Sul, que vai garantir, através da
construção de um ramo interior no quadrante Norte/
Poente do referido nó, maior fluidez e segurança para
quem se dirige para a Vila da Lagoa a partir da zona
nascente da Ilha de São Miguel, com beneficio para
os condutores provenientes das freguesias de Água
HOMENAGEM A CARLOS CARREIRO
G ESTÃO AU TÁ R QU IC A
G ESTÃO AU TÁ R QU IC A
CONCURSO DE
MONTRAS
de Pau, Ribeira Chã e do Cabouco.
Por outro lado, o eixo sul vai contemplar um perfil
transversal de quatro vias, duas faixas de rodagem
com duas vias cada e com um separador central,
entre o termo da Lagoa e o acesso nascente a Vila
Franca do Campo.
Estas novas soluções colocam o Município numa
posição estratégica, contribuindo para um maior
desenvolvimentoeconómico,emespecial,noquediz
respeitoaosectorempresarial,paraalémdebeneficiar
todos os automobilistas que utilizam diariamente a
Estrada Regional entre a Vila da Lagoa, Água de Pau
e Ribeira Chã.
O Centro Social e Paroquial de
N. Sra. do Rosário, na Lagoa, o
Instituto Bom Pastor e a Casa
do Gaiato foram as instituições
que beneficiaram de donativos
dos EUA, conseguidos por Many
Garcia e Many Branco, dois
emigrantes que fazem questão
de continuar a apoiar a sua
terra.
As verbas atribuídas foram
reunidas em torneios de golfe
realizados em Dartmouth, nos EUA, e têm
como objectivo contribuir para o bem-estar
de quem frequenta estas instituições, o que
demonstra que a “solidariedade não tem
fronteiras” como referiu, na ocasião, João
Ponte, Presidente da edilidade.
11
A Empresa Municipal de Lagoa, E.M. apresentou
aos seus colaboradores e fornecedores as suas
novas instalações. Os serviços desta empresa
deixaram de ser prestados no Edifício dos Paços
do Concelho e passaram para a Avenida Infante
D. Henrique, nº 29, por cima do actual Edifício
dos CTT, na freguesia do Rosário.
As novas instalações permitem à empresa maior
comodidade e uma melhor organização dos
seus serviços. Está dotada de gabinetes amplos,
uma sala para reuniões e formações e uma sala
destinada aos serviços da empresa Portas da Lagoa, SA.
Na cerimónia de abertura das novas instalações,
G
EQU
ESTÃO
IPAMEN
AU TÁ
TOS
R QU IC A
G ESTÃO AU TÁ R QU IC A
EMPRESA MUNICIPAL
DE LAGOA
NOVAS
INSTALAÇÕES
ESCOLA DO
CABOUCO VAI
TER UM NOVO
REFEITÓRIO
E SALA
POLIVALENTE
A Câmara Municipal está a elaborar
o projecto para a construção de
um novo bloco na Escola B1/JI Dr.
Francisco Faria e Maia, no Cabouco,
tendo em vista a disponibilização de
um refeitório e uma sala polivalente
e que terá um custo estimado de
180.000,00 €.
Esta sala polivalente, para além de servir
de espaço coberto para a realização de
actividades de educação física, permitirá
a realização de actividades lúdicas e
pedagógicas que contribuem para a
formação educacional dos jovens.
João Ponte, Presidente da Câmara Municipal de
Lagoa e Presidente do Conselho de Administração da EML, referiu que a EML foi criada com o
objectivo de obter uma “maior eficiência e eficácia em alguns serviços, anteriormente prestados
pela Câmara Municipal”. Uma situação que se
deve a uma “exigência crescente por parte dos
munícipes e ao alargamento do leque de competências das Autarquias” e, acrescentou ainda
que, após um ano de actividade, a EML provou
que “valeu a pena o desafio”.
OBRAS DA
JUNTA DE
FREGUESIA DA
RIBEIRA CHÃ
DECORREM A
BOM RITMO
As obras de ampliação da Junta de Freguesia
da Ribeira Chã estão a decorrer a bom ritmo.
Uma obra financiada pela Câmara Municipal
num total de 143.438,36 € e que conta com
o apoio da Direcção Regional da Organização
e Administração Pública, através de um
contrato ARAAL.
A construção deste novo edifício virá, dignificar
os serviços prestados, bem como, permitirá
que sejam desenvolvidas outras actividades
de interesse para a sua comunidade.
Esta obra contempla a construção de uma
cave, instalações sanitárias públicas e seis
salas, destinadas ao atendimento, formação
12
e reuniões.
Com a ampliação do Edifício da Junta de
Freguesia da Ribeira Chã pretende-se,
sobretudo, colmatar a falta de espaço no
edifício anteriormente existente.
13
A cerimónia de inauguração decorreu no dia 16
de Agosto e contou com a presença do Presidente
do Governo Regional, Carlos César, e do Presidente
da Câmara Municipal de Lagoa, João Ponte.
Mais de três centenas de pessoas, incluindo os
atletas do Clube, marcaram presença neste dia
tão importante para o Santiago Futebol Clube,
uma das mais representativas colectividades
desportivas do Concelho e que tem prestado
um importante papel na formação cívica e
educacional dos jovens.
Na altura, João Ponte referiu que, com a
inauguração daquela sede, cumpriu-se“um dever
de justiça para com a população de Água de Pau”,
14
EQU IPAMEN TOS
EQU IPAMEN TOS
INAUGURAÇÃO
DA SEDE SOCIAL
DO SANTIAGO
FUTEBOL CLUBE
que há dois anos aguardava esta infra-estrutura
e salientou a importância do Santiago Futebol
Clube referindo tratar-se de um “importante
agente promotor e dinamizador da prática
desportiva com acrescidas responsabilidades,
na formação cívica, no desenvolvimento motor
e na ocupação de tempos livres dos jovens”.
Finalizou a sua intervenção com uma palavra de
reconhecimento ao Presidente da Direcção, Jorge
Almeida, que “de forma séria e dedicada tem
sabido gerir os destinos do clube”.
A Sede Social do Santiago Futebol Clube foi uma
obra financiada pela autarquia, num montante
global de 232.000,00 € e mostra o interesse da
mesma em apostar no desenvolvimento da
prática desportivo no Concelho.
Trata-se de um edifício com uma área total de
construçãode600m2,dimensionadoparaalbergar
os vários serviços necessários à actividade do
clube, pelo que inclui ginásio, gabinete médico,
lavandaria, balneários, uma sala de reuniões, dois
gabinetes e um bar com esplanada com vista para
o campo de jogos.
15
EQU IPAMEN TOS
EQU IPAMEN TOS
INAUGURAÇÃO
SEDE DA
SOCIEDADE
FILARMÓNICA
FRATERNIDADE
RURAL
NA VILA DE ÁGUA
DE PAU
Foi inaugurada a obra de ampliação e remodelação da Sede da Sociedade Filarmónica
Fraternidade Rural de Água de Pau que contou com o apoio da autarquia num montante
de 30.000 €, mostrando o interesse da mesma
em apostar no desenvolvimento da cultura
popular e na preservação das raízes culturais
do Concelho.
A intervenção procurou criar melhores condições e conciliar a ampliação com o edifício
já existente. Neste sentido, foram construídas
novas instalações sanitárias de serviço ao bar
e à área de formação musical, uma nova sala
de direcção e um amplo espaço no rés-dochão destinado à instalação de um espaço
comercial.
De referir que, a Sociedade Filarmónica Fraternidade Rural de Água de Pau, fundada a 1863
nesta Vila, tem demonstrado a sua importância na dinamização e divulgação das nossas
raízes culturais, funcionando como uma verdadeira “escola de valores” que contribui para
a formação dos jovens lagoenses.
16
17
Já está concluído o projecto de arquitectura com
vista à remodelação do edifício que a autarquia
adquiriu para instalar o Museu do Presépio e que
se localiza na Rua General Bernardo do Canto, em
Santa Cruz, cujo imóvel é de grande valor patrimonial.
Localizado mesmo em frente do Edifício dos Paços do Concelho, o Museu do Presépio vem responder à necessidade de um espaço adequado
para o desenvolvimento das actividades culturais
promovidas pela Câmara Municipal.
No Museu do Presépio vão ser instalados os
serviços ligados à Cultura, o Museu do Presépio
Açoriano e nele funcionará, ainda, uma Galeria de
Arte, para apresentação de exposições individuais
e colectivas.
Nas traseiras do Museu do Presépio, serão criados
20 lugares de estacionamento.
Uma obra que, João Ponte considera fundamental, na medida em que contribuirá para“a descentralização de serviços e proporcionará melhores
condições de atendimento e de trabalho, dignificando as actividades culturais desenvolvidas pela
autarquia”.
18
REQUALIFICAÇÃO
DA PRAÇA VELHA
DE SANTA CRUZ
LANÇADA A
CONCURSO PÚBLICO
IGREJA MATRIZ EM
SANTA CRUZ
REQUALIFICAÇÃO
DA ZONA
ENVOLVENTE
Já foi lançada a concurso público a obra de
requalificação da Praça Velha em Santa Cruz,
uma obra financiada pela Câmara Municipal no
montante global de 526.655,00 € e que terá um
prazo de execução de seis meses.
A obra em causa pretende reabilitar a praça
existente e requalificar os prédios que aí se
localizam e que se encontram em avançado
estado de degradação, numa área total de 1967
m2.
Para além de dotar a comunidade local de um
espaço público mais agradável, contribuirá para
melhorar a qualidade de vida dos que ali residem.
Esta intervenção contempla a construção de um
coreto, que irá dispor de um bar esplanada, de
instalações sanitárias e dois espaços de apoio
às festas, beneficiando a população de Santa
Cruz aquando a celebração da Festa do Sagrado
Coração de Jesus e de Nossa Senhora do Rosário,
no primeiro fim de semana de Agosto.
De salientar que, no decurso desta intervenção,
serãodisponibilizadosacessosalternativos,porvia
da Rua da Praça e da Rua dos Cabozes e lugares
de estacionamentos para uma melhor circulação
automóvel.
Está praticamente concluída a obra de requalificação da zona envolvente à Igreja Matriz de
Santa Cruz, tendo em vista proceder à iluminação das suas fachadas e o melhoramento do
acesso pedonal à Avenida do Mar e da zona
envolvente à designada igreja.
Esta obra está a ser financiada pela Câmara Municipal representa um investimento de cerca de
75.000,00 €.
A autarquia pretende, com esta obra, valorizar
a beleza arquitectónica do designado imóvel,
que data do século XVI, concedendo-lhe uma
maior projecção nocturna e trazendo aquela
zona mais alegria e vida, durante a celebração
das festas religiosas da Paróquia de Santa Cruz.
Por outro lado, contribuirá para dotar a comunidade local de melhores condições de acessibilidade.
LAGOA JÁ DISPÕE
DE UMA DELEGAÇÃO
DO NÚCLEO DA LIGA
DOS COMBATENTES
O Município já dispõe de uma Delegação do
Núcleo da Liga dos Combatentes de S. Miguel,
cuja sede fica localizada no edifício da Junta de
Freguesia do Rosário.
Esta data foi assinalada com a celebração de uma
missa solene em memória dos combatentes
que faleceram na Guerra Colonial e contou com
a presença de várias entidades civis e militares.
Assistiu-se, ainda, ao acto solene da deposição
de coroas de flores junto ao monumento em
memória dos ex-combatentes falecidos na Guerra
Colonial, na Praça de Nossa. Sra. da Graça, no
Rosário.
De resto, foi uma cerimónia que se traduziu numa
homenagem a todos os ex-combatentes que, com
espírito de missão, esforço e sacrifício, lutaram
pela Pátria, muitos dos quais tendo morrido no
cumprimento deste dever.
A concretização desta Delegação constitui um
importante interlocutor na defesa dos interesses
dos seus associados, bem como permite a
realização de vários eventos de carácter social,
cultural e artístico.
EQU IPAMEN TOS
EQU IPAMEN TOS
MUSEU DO
PRESÉPIO VAI
AVANÇAR
19
EDU C AÇ ÃO
EDU C AÇ ÃO
ESCOLA
SECUNDÁRIA DE
LAGOA
6º ANIVERSÁRIO
A Escola Secundária de Lagoa comemorou
o seu 6º Aniversário com um vasto leque
de actividades destinadas a alunos e
professores.
A escola distinguiu os alunos com as
melhores médias no Ensino Secundário e no
3º ciclo do Ensino Básico. A aluna premiada
foi Sandra Lopes, que foi a primeira lagoense
a ser distinguida, nos últimos três anos, com
o prémio de Melhor Aluno e que obteve
excelentes resultados, apresentando uma
média acima dos 19 valores. Esta aluna
recebeu um prémio financeiro, por parte da
autarquia, no montante de 500,00 €.
João Ponte considerou que a Escola
Secundária de Lagoa tem tido um papel
preponderante na formação dos jovens,
é uma escola aberta à sociedade civil e
dinâmica, pelo que o desenvolvimento social
da Lagoa, no futuro, irá depender do que
está a ser realizado neste estabelecimento
de ensino.
No entanto, o autarca alertou para a
necessidade de uma maior intervenção
por parte das famílias na educação
dos seus filhos, apelando a uma maior
responsabilização, pois “a formação de uma
boa escola depende, não só de excelentes
infra-estruturas e equipamentos mas,
sobretudo, de professores empenhados,
alunos dedicados e pais interessados”.
20
INÍCIO DO PROJECTO CIÊNCIA DIVERTIDA
DIREITOS RESERVADOS
Pelo terceiro ano consecutivo, a Câmara
Municipal apostou nas actividades do
projecto “Ciência Divertida”, implementadas
pelo Centro de Actividades Educacionais –
TetraPi.
A sessão de abertura deste projecto decorreu
na Escola Básica e Jardim de Infância de
Remédios, durante a qual foi realizada uma
das actividades de ciência experimental, na
qual participaram cerca de 25 crianças, com
a produção da sua própria pasta dentífrica e
onde se alertou para a importância da higiene
oral. Após a realização desta actividade, que
se insere no âmbito do programa “Aprender o
Amanhã... Experimentado Hoje”, foi assinado
o protocolo entre as várias entidades
intervenientes.
Esta cerimónia contou com a presença do
Presidente da Câmara Municipal, João Ponte,
e de alguns membros da autarquia, do
Presidente do Conselho Executivo da Escola
Básica e Integrada de Lagoa, Eduíno Manuel
Rego, da Presidente da Conselho Executivo
da Escola Básica e Integrada de Água de
Pau, Maria do Rosário Mirante Afonso, da
representante da Escola Básica e Jardim
de Infância de Remédios, Cláudia Sousa,
e do Director Pedagógico do TetraPi, João
Miranda.
Na ocasião, João Ponte referiu a importância
deste projecto como “promotor de novas
formas de aprendizagem que devem ser
incutidas nas crianças, para que estas possam
obter melhores resultados escolares”.
Trata-se de um desafio que, no entender do
autarca, deve ser levado a cabo por todas
as escolas do Concelho de Lagoa, mas
também por todas as instituições que têm
responsabilidades acrescidas no âmbito da
educação.
A autarquia dá, assim, continuidade a uma
politica inovadora que procura formar e
sensibilizar todos os alunos do Ensino PréEscolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico.
DIREITOS RESERVADOS
DIREITOS RESERVADOS
21
EDIFÍCIO DA ESCOLA
DA ATALHADA
INSTALAÇÃO DE ATL’ S
O edifício onde funcionou até ao presente ano
lectivo a Escola da Atalhada foi cedido pela
Câmara Municipal à Taipa (Centro de Animação, Formação e Solidariedade Social de Lagoa) e ao Centro Social e Cultural da Atalhada
para instalação de Ateliers de Tempos Livres,
respectivamente, o edifício que correspondia
ao 1º ciclo e o edifício do pré-escolar.
Assim sendo, cerca de 90 crianças podem
desfrutar das boas condições que dispõe esse
edifício, dotado de amplas salas, muita lumi-
DIA MUNDIAL DA
ALIMENTAÇÃO
A Junta de Freguesia da Ribeira Chã, a
Escola Básica e Integrada de Água de Pau e a
Câmara Municipal assinalaram o Dia Mundial
da Alimentação com um almoço assente
numa dieta alimentar equilibrada e saudável,
realizado com os alunos da EB1 Padre João
Caetano Flores.
Desse almoço constou uma sopa de tomate
e cenoura, frango assado com esparguete,
salada e fruta como sobremesa.
Esta é uma actividade que pretendeu
alertar para a importância da alimentação
no crescimento e para a prevenção de
problemas de saúde, uma vez que os índices
de obesidade e de doenças associadas a esta
têm vindo a crescer de forma preocupante.
Como se sabe, os alunos da EB1 Padre João
Caetano Flores são responsáveis por uma
horta biológica existente no quintal da
mesma.
22
nosidade e um grande recreio exterior. Nela
realiza-se, diariamente, várias actividades lúdico-pedagógicas que permitirão a ocupação
útil dos tempos livres.
De salientar que, com a desactivação desta
escola por parte do Governo Regional dos
Açores, atendendo ao reduzido número de
alunos, a autarquia decidiu continuar a apostar neste espaço como um local adequado às
actividades dos mais jovens e é nesse sentido
que estabeleceu as parcerias com o Centro
Social e Cultural da Atalhada e a Taipa.
Deste modo, vai proporcionar-se uma permanente dinamização deste espaço e a sua
digna utilização.
ALUNOS DA ESCOLA
PROFESSOR JOÃO
FERREIRA DA SILVA
VISITARAM O MUSEU
DO PRESÉPIO
AÇORIANO
Três turmas da Escola EB/JI Professor João
Ferreira da Silva visitaram, no dia 31 de
Outubro, o Museu do Presépio Açoriano,
situado no edifício da Câmara Municipal.
Esta foi uma visita de carácter pedagógico
que teve como principal objectivo mostrar às
crianças a arte bonecreira e os Presépios da
Lagoa, uma das mais emblemáticas tradições
do Concelho que data do Século XIX.
Os alunos aproveitaram a ocasião e foram
portadores de um pedido, por escrito, ao
Presidente da Câmara para aquisição de uma
Enciclopédia para enriquecer a biblioteca da
escola.
ANO ESCOLAR 2007/2008
MELHORAMENTOS NAS ESCOLAS DO
CONCELHO
A Câmara Municipal, em colaboração com
a Empresa Municipal, procedeu às obras de
conservação e reparação em 10 escolas do
Concelho.
Estas obras de conservação e reparação
assentaram, sobretudo, na restauração da
pintura exterior e interior dos edifícios, bem
como na reparação e manutenção das suas
infra-estruturas.
Tratou-se de um investimento de cerca
de 40.000,00 € e que teve como principal
objectivo dotar as várias escolas de melhores
condições para o início do novo ano escolar
2007/2008.
EDU C AÇ ÃO
EDU C AÇ ÃO
MAIS
OPORTUNIDADES
AOS JOVENS
NO ACESSO AO
ENSINO SUPERIOR
A Câmara Municipal procedeu à alteração do
Regulamento Municipal de Atribuição de Bolsas
de Estudo de forma a abranger um maior número
de jovens que frequentam ou queiram aceder
ao ensino superior, desde que apresentem bons
aproveitamentos escolares, contribuindo deste
modo, para a sua formação e promovendo a
educação de uma forma justa e igualitária.
O regulamento prevê agora todos os cursos
aos quais seja conferido o grau académico
de licenciatura e bacharelato e estabelece
um número máximo de bolsas de estudo a
atribuir. Assim, a autarquia vai conceder para o
ano lectivo 2007/2008, mediante concurso, 20
bolsas de estudo a quem preencha as condições
estabelecidas neste regulamento, sendo que, nos
anos lectivos posteriores, atribuirá 10 novas bolsas
de estudo independentemente das renovações.
O processo de inscrição às bolsas de estudo
também está mais facilitado, uma vez que são
exigidos menos documentos do que no anterior
regulamento, bem como o jovem já não fica
obrigado a prestar trabalho ao Município, durante
o período que beneficia da bolsa, desde que esta
opção se traduza numa mais valia para o aluno
e tendo em conta a saída profissional do curso
superior no Concelho.
Paralelamente, procedeu à restauração da
Escola Básica JI de Lagoa, que sofreu vários
danos, nas suas infra-estruturas, na sequência
da passagem do mini tornado que assolou
a Vila de Lagoa a 18 de Dezembro de 2006.
Um investimento total que custou cerca de
50.000,00 €.
23
“Era uma vez um história”. Assim se intitulou o I
Concurso de Histórias do Cabouco, promovido
pelo Centro Social e Cultural do Cabouco, que
teve lugar no dia 29 de Outubro, no Polivalente
do Cabouco.
Este concurso contou com a participação de 95
crianças e teve como objectivos criar hábitos de
leitura e de escrita, envolver as várias valências
do CSCC e as várias instituições do Concelho,
bem como desenvolver o gosto pelo desenho e
escrita como forma de expressão.
Bernardo Silva e Daniela Martins, da Biblioteca
Municipal de Lagoa, foram os vencedores do
Melhor Desenho, com os trabalhos intitulados
“A Casa Assombrada” e a “Fada Carolina”. Os
vencedores da categoria Melhor História foram
Cristina Sousa, Sofia Gaspar, Ana Rodrigues e
Fábio Ponte, respectivamente.
Para além da atribuição de prémios, foram
realizadas várias actividades para diversão das
crianças, nomeadamente jogos, pinturas faciais,
histórias interactivas e trabalhos de expressão
plástica.
Diversas instituições aderiram a esta iniciativa,
nomeadamente a Biblioteca Municipal de
Lagoa e C.A.T.L de Santa Cruz que se juntaram
ao Clube de Leitura, o Pólo de Leitura e a
Ludoteca Jovem +. As livrarias “O Gil”, “SEA” e
“Sol-Mar”, contribuíram na doação de livros
que serviram como prémio para os vencedores
deste concurso.
CASA DE POVO DE ÁGUA DE PAU PROMOVEU
SESSÃO DE ESCLARECIMENTO
“FALANDO DE DROGAS”
A Casa de Povo de Água de Pau, em colaboração
com a Clínica Villa de Passos e com a Câmara
Municipal,promoveu,nodia27deNovembro,uma
sessão de esclarecimento sobre a problemática
das toxicodependências.
“Falando de drogas” foi o tema desta sessão
de esclarecimento que foi proferida por Jorge
Parrado, Coordenador do Centro de Tratamento
e Recuperação de Comportamentos Adictivos e
Dependentes, Villa dos Passos.
Tratou-se de uma iniciativa, promovida no
âmbito das actividades do Projecto Trevo
que pretende esclarecer a comunidade local
sobre a problemática das toxicodependências,
abordando os seus efeitos e consequências, e que
se apresenta como sendo um dos problemas mais
graves que põe em risco a vida de muitos jovens.
De referir que, a Casa do Povo de Água de Pau
é uma instituição que tem desenvolvido vários
projectos que visam à ocupação dos tempos
livres e a formação de jovens que se encontram
em situações de risco. Neste âmbito, salienta-se as
acções do Projecto Trevo que, funcionando numa
vertente ocupacional e de despiste vocacional de
jovens entre os 15 e 18 anos de idade, pertencentes
ao Concelho, se tem revelado fundamental para
a inserção de jovens em actividades que visam à
sua formação profissional.
Ainda, neste âmbito, foi realizado, no dia 28
de Novembro, uma sessão de esclarecimento
sobre drogas aos jovens do Projecto Trevo, cujo
conteúdo baseou-se essencialmente na sua
prevenção.
CASA DE POVO
DE ÁGUA DE PAU
ACOLHEU
“PROJECTO SÉC. XXI
- SEXUALIDADE E
CONTRACEPÇÃO NO
SÉCULO XXI”
P OL ÍT IC A SOCIA L
EDU C AÇ ÃO
24
CENTRO SOCIAL E CULTURAL DO CABOUCO
I CONCURSO DE HISTÓRIAS
Teve lugar, na Casa de Povo de Água de Pau, a
apresentação do Projecto SeC XXI – Projecto
Sexualidade e Contracepção no Século XXI,
que visou apelar a comunidade em geral para
a adopção de comportamentos saudáveis,
que permitem a vivência de uma sexualidade
segura e responsável.
Este é um projecto que está a ser desenvolvido
por um grupo de estudantes do 4ºano do
Curso de Licenciatura em Enfermagem da
Escola Superior de Enfermagem de Ponta
Delgada, que integra a realização de um
Estágio de Cuidados de Enfermagem a Grupos
de Risco na Comunidade, que focalizará a sua
intervenção a um grupo de jovens do“Projecto
Trevo”, com idades compreendidas entre 14 e
19 anos.
25
LOTEAMENTO DE
SÃO PEDRO
OBRA DE INFRA-ESTRUTURAS
Decorrem a bom ritmo as obras das infraestruturas do loteamento de São Pedro, na
Freguesia do Rosário. Estas obras contemplam a
disponibilização de 16 lotes para autoconstrução
e um lote destinado à construção de uma futura
ATL e um centro de convívio, bem como, ao longo
do arruamento uma baía de estacionamento
com capacidade para 16 viaturas.
EstaobraéfinanciadapeloGovernoRegionaldos
Açores através de um contrato ARAAL, tendo
ficado à responsabilidade da autarquia
a cedência do terreno, o projecto e a
fiscalização da obra. Como contrapartida
do apoio do Governo Regional, o Município
cederá 50% dos lotes infra-estruturados.
A empreitada foi adjudicada pelo valor de
104.294,00 €, tem um prazo de execução
de seis meses e abrange uma área total
de 3500 m² correspondente aos terrenos,
onde, anteriormente, existia um parque
infantil e o Campo de treinos do Campo de
Jogos Municipal João Gualberto Arruda.
Os lotes em causa serão cedidos, pela autarquia,
a jovens e serão adquiridos a um preço social,
determinado com base no custo do lote e nos
26
P OL ÍT IC A SOCIA L
P OL ÍT IC A SOCIA L
MAIS HABITAÇÕES
NA LAGOA
APARTAMENTOS
A CUSTOS
CONTROLADOS
ESTÃO
CONCLUÍDOS
rendimentos do agregado familiar.
Para além da cedência do lote, a autarquia
entregará o projecto aprovado da moradia, de
tipologia T3 e T4, podendo os jovens concorrer
a apoios do Governo Regional dos Açores para
a construção da habitação em regime de autoconstrução.
A autarquia tem apostado neste tipo de iniciativa,
com o objectivo de fixar os casais jovens nas suas
freguesias, onde estes contribuem, na medida
das suas possibilidades, no esforço financeiro
de construção das suas moradias. Esta medida
também reflecte o esforço da autarquia em dotar
mais famílias com melhores habitações, com
mais qualidade e segurança.
Trata-se de uma obra da Câmara Municipal
que, no entender de João Ponte, Presidente da
edilidade, é fundamental para “dar resposta às
necessidades habitacionais do Concelho de
Lagoa e também para melhorar e reordenar a
zona do bairro dos pescadores, bem como toda
a orla marítima daquela zona que se encontrava
bastante degradada”.
A obra de construção dos 30 fogos em regime de
habitação a custos controlados da Urbanização
Vida Nova, na Longueira, em Santa Cruz, já está
concluída.
Trata-se de um conjunto de 30 moradias
plurifamiliares de tipologia T2 e T3, que vão
permitir que muitos jovens casais venham a obter
uma habitação condigna, na medida das suas
possibilidades financeiras.
Um grande investimento da Câmara Municipal,
que no entender do executivo camarário “se
apresenta como uma das soluções encontradas
para resolver um dos grandes problemas que o
Concelho de Lagoa enfrenta – a habitação”.
Desta feita, esta é mais uma obra da autarquia que
demonstra que a Lagoa continua a desenvolver-se
no caminho certo para uma maior modernização
em conciliação com uma melhor sustentabilidade
para o Município.
Recorde-se, ainda, que, esta obra de construção
decorreu num terreno com 23 494 m2, cedido pela
autarquia e que o projecto teve em consideração
a plena integração paisagística, estando assente
num Acordo de Cooperação entre o Governo
Regional dos Açores, o Instituto Nacional de
Habitação e a Câmara Municipal.
ESCRITURAS DE
CEDÊNCIA DE LOTES
SERÃO REALIZADAS
EM JANEIRO
Este empreendimento contempla, ainda, 10 lotes
destinados a autoconstrução, onde serão criadas
as respectivas infra-estruturas, cuja escritura de
cedências de lotes será realizada em Janeiro de
2008.
A Urbanização Vida Nova, nome adoptado para
esta nova área urbana, contempla, também, a
existência de equipamentos públicos e zonas de
lazer.
MORADIAS PARA
REALOJAMENTO
FICARÃO
CONCLUÍDAS NO 1º
TRIMESTRE DE 2008
Neste local, estão, ainda, em curso as obras de
construção de 33 fogos em regime de Habitação
Social.
Destes 33 fogos em regime de habitação social,
dezasseis serão de tipologia T2, dezasseis de
tipologia T3 e um de tipologia T4. Estas são
moradias destinadas a realojamento que ficarão
concluídas no 1º Trimestre de 2008.
27
decorreu na Praça de Nossa Senhora da Graça,
onde se encontrou estacionada uma viatura
sinistrada e um cartaz alusivo ao número de
vitimas mortais em acidentes rodoviários, que se
sucederam nos Açores, nos últimos 23 anos, no
total de 655. Ainda assim, um número inferior
comparado aos 915 casos de vítimas de doenças
provocados pelo consumo de tabaco.
CONCURSO DO DIA INTERNACIONAL CONTRA O
ABUSO E TRÁFICO DE DROGAS
EML ENTREGOU 15 MP3
Em Dia Mundial do Não Fumador, a Câmara
Municipal em parceria com a Empresa Municipal,
promoveu na Escola Secundária de Lagoa,
mais uma acção de sensibilização contra as
toxicodependências, desta feita relacionada com
o tabaco.
Nestasessão,intervieramaPresidentedoConselho
Executivo da Escola Secundária de Lagoa, Graça
Almeida, o Director Regional da Juventude, Bruno
Pacheco, o Presidente da Câmara Municipal
de Lagoa, João Ponte e os convidados Alberto
Peixoto, sociólogo, e o pneumologista, Carlos
Pavão.
Na sua intervenção, Alberto Peixoto deu a
conhecer parte dos resultados de um inquérito
realizado, no Concelho de Lagoa, durante o
Verão, a 1400 residentes e que incidiu sobre as
toxicodependências. O sociólogo apresentou
publicamente os dados estatísticos ao nível
do consumo de tabaco, onde se verificou que
62,4% dos inquiridos começaram a fumar com
idades compreendidas entre os 15 e os 20 anos,
seguindo-se, com 28,3%, a faixa etária com menos
de 14 anos, o que é um dado preocupante.
Contudo, o estudo mostra que, relativamente
a 2007, o número de consumidores de tabaco
desceu 2% comparativamente ao ano de 2004,
um resultado positivo para uma problemática que
se estende a pessoas de todas as idades.
Verificou-se através deste inquérito que, neste
Concelho, são as mulheres que mais tentam
abandonar esta dependência, sendo os homens
os maiores consumidores e os mais dependentes.
De acordo com o inquérito, das 143 pessoas
que afirmaram já ter tentado abandonar o
seu consumo, apenas 31% o conseguiu. Os
resultados também mostram que cerca de 82%
dos inquiridos iniciaram o consumo ao tabaco
no convívio com os amigos, embora haja uma
pequena percentagem que tenha começado
sozinho e também com os familiares, sendo que
28% dos inquiridos fuma diariamente e 61,6%
fuma para sentir prazer.
Na intervenção de Carlos Pavão, foram explicados
todos os malefícios e consequências do consumo
de tabaco.
Uma acção de sensibilização da responsabilidade
da Câmara Municipal que se insere no
Plano Municipal de Prevenção Primária das
Toxicodependências.
TORNEIO DE FUTSAL DE ÁGUA DE PAU
REALIZADO COM SUCESSO
Com grande sucesso e animação, é como se
classifica o Torneio de Futsal que decorreu, à
semelhança dos outros anos, em Água de Pau,
durante os meses de Junho, Julho e Agosto de
2007.
A entrega dos prémios teve lugar, no dia 8 de
Agosto, no Polivalente desta freguesia e contou
com a participação de 12 equipas lagoenses. Com
a organização deste Torneio de Futsal pretendeuse, acima de tudo, despertar o interesse dos
jovens para as modalidades desportivas, bem
como mostrar alternativas de como ocupar os
seus tempos livres, de forma útil e saudável.
De referir que, esta foi uma iniciativa organizada
pela Empresa Municipal e pela Junta de Freguesia
de Água de Pau, que visou revitalizar espaços
tidos como problemáticos.
“DROGA + VIDA = DROGA DE VIDA A SOLUÇÃO
ESTÁ NAS TUAS MÃOS” foi a mensagem que se
pretendeu transmitir com esta iniciativa.
A Empresa Municipal de Urbanização e
Requalificação Urbana e Ambiental e Habitação
Social de Lagoa, E.M. entregou, no dia 16 de
Novembro, quinze MP3 aos vencedores das
melhores frases de sensibilização contra o
consumo de drogas. Estes foram prémios
referentes a um concurso, realizado no Dia
Internacional contra o Abuso e Tráfico de
Drogas, assinalado no dia 26 de Junho.
Esta entrega foi realizada no Auditório da Escola
Secundária de Lagoa, após a comemoração do
Dia do Não Fumador, em que participaram os
alunos da escola e alguns convidados para
sensibilizar a juventude para esta problemática
e dar prosseguimento ao Plano Municipal de
Prevenção Primária das Toxicodependências.
Com esta iniciativa a Câmara Municipal, através
da EML, pretendeu prevenir, junto dos mais
jovens, o início do consumo de substâncias
psicoactivas e afastá-los de comportamentos
de risco, incutindo-lhes hábitos e estilos de
vida saudáveis.
I TORNEIO DE FUTEBOL DE PRAIA
Entretenimento, alegria e juventude foram
componentes que não faltaram no encerramento
do I Torneio de Futebol de Praia, que decorreu,
ao longo do mês de Agosto, na Avenida do Mar,
na Freguesia de Santa Cruz.
Uma actividade que contou com a participação
de 8 equipas e um total de 70 jogadores,
divididos pelos escalões de Sub-14 e Sub-17
e que encerrou, no dia 13 de Agosto, numa
cerimónia onde foram entregues os prémios aos
vencedores do torneio, seguindo-se, depois, um
pequeno convívio entre atletas e organização.
O lema adoptado foi “Viver com Energia”,
demonstrando a preocupação, destas entidades,
em apostar em actividades lúdicas e recreativas
que envolvam a prática do desporto e que
contribuem para ocupação dos tempos livres
da juventude de forma rentável e propícia à sua
formação cívica e educacional.
P OL ÍT IC A SOCIA L
P OL ÍT IC A SOCIA L
PLANO MUNICIPAL DE PREVENÇÃO PRIMÁRIA DAS TOXICODEPENDÊNCIAS
Como forma de consciencializar e despertar a
comunidade e, em particular, os automobilistas
para os perigos de uma condução perigosa, a
Câmara Municipal em parceria com a Empresa
Municipal – EML, assinalou o Dia Mundial em
Memória das Vitimas de Acidentes Rodoviários,
que se celebrou no dia 18 de Novembro.
Tratou-se de uma acção de sensibilização que
PLANO MUNICIPAL DE PREVENÇÃO PRIMÁRIA DAS TOXICODEPENDÊNCIAS
PMPPT
ACIDENTES RODOVIÁRIOS
DIA MUNDIAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS
PMPPT
28
ESTUDO PROVA QUE CONSUMO DE TABACO DECRESCEU
29
DIA MUNDIAL
DA LUTA
CONTRA A
SIDA
A 1 de Dezembro, o Centro de Saúde de Ponta
Delgada e a Unidade de Saúde de Lagoa promoveram um conjunto de acções na Praça de
Nossa Sra. do Rosário com o lema “PREVINASE. USE PRESERVATIVO!”, para assinalar o Dia
Mundial da Luta Contra a Sida.
Esta foi uma iniciativa que teve como finalidade sensibilizar e consciencializar toda a
população lagoense sobre a problemática da
SIDA.
Os interessados puderam visitar os ateliers
onde estiveram enfermeiras da Unidade de
Saúde de Lagoa que de uma forma personalizada, esclareceram dúvidas sobre a Sida. Foi
projectado um conjunto de imagens e frases
alusivas à temática e foi disponibilizado um
espaço para que todos os visitantes pudessem deixar uma mensagem sobre o dia.
A Praça de Nossa Sra. do Rosário foi, também,
palco de muita animação musical onde se
associaram vários grupos musicais e associações culturais e recreativas, muitos deles do
Concelho de Lagoa, que actuaram em solidariedade com esta campanha de prevenção e
combate à Sida.
IDOSOS
CÂMARA MUNICIPAL
ALARGA BENEFÍCIOS
30
REDE V IÁRIA
P OL ÍT IC A SOCIA L
2ª FASE DAS
OBRAS DE
SANEAMENTO
BÁSICO JÁ ESTÁ
CONCLUÍDA EM
ÁGUA DE PAU
Já está concluída a 2ª fase das obras de
saneamento básico, na Freguesia de Água de
Pau e que abrangeu a zona da Vila Nova, Ginjal,
Rua da Igreja e a Zona do Paul.
A 3ª fase dos trabalhos vai abranger as zonas
do Valverde de Baixo e de Cima.
Estas obras têm um prazo de execução de
três anos e farão deste Concelho o primeiro
da Região Autónoma dos Açores totalmente
coberto por rede de saneamento básico.
Esta é uma obra essencial que, para além de
dotar os Pauenses de uma melhor qualidade
de vida, contribuirá, também, para consolidar o
projecto de desenvolvimento para o Concelho,
num contexto de modernização e qualidade
e que, apesar da sua complexidade, decorre
a bom ritmo, de forma faseada e planeada,
evitando, assim, transtornos aos moradores e
automobilistas.
De salientar que, estes trabalhos iniciaramse em 2007 e representam um investimento
superior a 4 milhões de euros, que será alvo
de candidatura aos fundos comunitários, no
âmbito do Proconvergência.
Com o objectivo de abranger mais idosos e
dotá-los de mais benefícios, a Câmara Municipal
aprovou a alteração do Regulamento do Cartão
de Idoso, entrando em vigor no início do ano
2008.
Esta alteração contempla agora como critério
de atribuição do cartão de idoso, a elevação da
percentagem de 60 para 65 % dos rendimentos
per capita em relação ao actual salário mínimo
nacional aplicado na Região Autónoma dos
Açores. Por outro lado, os idosos que vivem
acompanhados de mais elementos na sua
habitação, poderão beneficiar do desconto de
25% da factura da água e de 50% na factura dos
resíduos sólidos, surgindo, também, algumas
alterações que visam dotar a edilidade de um
maior poder de fiscalização na atribuição dos
benefícios do cartão, bem como no processo de
análise da candidatura ao mesmo.
Estas são alterações essenciais para o
desenvolvimento da sua politica social, uma vez
que, para além de contribuir para melhorar as
condições de vida dos mais desfavorecidos, vai
permitir abranger um maior número de idosos
que, anteriormente, aquando a sua inscrição, não
foram contemplados pela concessão do cartão
do idoso.
Até à data, foram atribuídos cerca de 116 cartões
de idosos das 228 candidaturas apresentadas.
31
SEMÁFOROS NA
LAGOA
EXCESSO DE
VELOCIDADE
CONTROLADO
Já estão praticamente concluídos os trabalhos
de correcção e pavimentação da Canada de
João Ramos um troço com 531 metros. O acto
de consignação desta empreitada foi celebrado com a empresa construtora Albano Vieira,
e as obras estarão concluídas em Fevereiro. O
investimento em causa representa um custo
de 150.000,00 €, e prevê o alargamento e pavimentação da via, bem como a construção
de infra-estruturas de rede de águas pluviais.
Resolver os estrangulamentos daquela via,
que detém, actualmente, uma grande afluência de viaturas, principalmente pesadas, pelo
facto de existir, no local, um grande número
de armazéns e oficinas, para além de extracção de inertes é o grande objectivo desta
obra, que permitirá, ainda, melhorar a inserção desta via na Estrada Municipal da Malaca
de Cima, numa zona onde já se verificaram
vários acidentes graves.
Por outro lado, a obra vai resolver definitivamente o problema de drenagem de águas
pluviais, que provocava o arrastamento de
bagacina ao longo da Rua do Tanque.
REDE V IÁRIA
REDE V IÁRIA
CANADA DE JOÃO
RAMOS
ACESSO À ZONA
INDUSTRIAL
Já estão em funcionamento os sistemas
semafóricos instalados na Avenida Infante D.
Henrique, na Lagoa. Quem circular de automóvel
no Rosário tem de respeitar a sinalização dos
semáforos existentes no cruzamento do Largo
de Sainte Thérèse, no entroncamento do
Gaveto da Rua do Espírito Santo e junto aos
cruzamentos do Largo do Vinhato.
Para as passadeiras foi instalado um sistema
de botoneira. Assim, os peões sempre que
pretendam atravessar a passadeira devem
accionar um botão e esperar pela indicação
luminosa.
A Câmara Municipal foi a entidade responsável
pela instalação e montagem dos três sistemas
semafóricos com radar de controlo de
velocidade e sistema de botoneira para peões na
referida Avenida. Uma obra que representou um
investimento de 46.000,00 € e que contribuirá
para reduzir os acidentes nesse local e garantir
a segurança na travessia dos peões.
ESTRADA MUNICIPAL
516
2ª FASE VAI
INICIAR-SE EM 2008
32
A Câmara Municipal já procedeu à abertura
do concurso público para a construção da 2ª
fase da Estrada Municipal 516.
Esta nova estrada, esperada há mais de duas
décadas, terá o seu início junto ao Cemitério
do Cabouco (a Norte) e prolongar-se-à até à
rotunda da Guia (a Sul), permitindo, assim,
o acesso directo à via rápida Lagoa – Ponta
Delgada, à futura Via Rápida Lagoa – Ribeira
Grande e ao Concelho de Vila Franca.
Com a execução desta obra, a autarquia
pretende melhorar o acesso à Zona Industrial
do Chã do Rego d’ Água, criando melhores
condições de circulação aos automobilistas
e evitar algum congestionamento de trânsito
que se tem assistido, nesta localidade,
principalmente na Avenida D. Maria Luísa
Faria e Maia.
De resto, esta nova via permitirá, também,
abrir uma nova frente de urbanização, dado
que no âmbito da revisão do PDM, esta zona
vai ser classificada como espaço de expansão
urbana, dando resposta, à necessidade de
serem criadas mais áreas urbanizáveis, de
modo a baixar os preços por m 2 de terreno
para construção, com vista a atrair mais
pessoas para o Concelho.
O custo desta obra, que terá o prazo de
execução de 12 meses, está estimado em
670.000,00 €.
TRAVESSA DO SILVESTRE
CORRECÇÃO E
PAVIMENTAÇÃO
VAI INICIAR-SE EM
BREVE
Com o prazo de execução de cinco meses
e com o investimento global de cerca de
199.000,00 €, esta obra vai permitir melhorar
as condições de acesso neste local, onde se
fixaram algumas unidades industriais, bem
como algumas moradias. Por outro lado, vai
resolver os estrangulamentos daquela via, que
detém, actualmente, uma grande afluência
de viaturas e contribuirá, similarmente, para
resolver o problema de drenagem de águas
pluviais existentes na Canada do Silvestre.
33
LIMPEZA DA ORLA COSTEIRA
A Câmara Municipal aderiu, pela primeira vez,
ao Dia Europeu sem Carros. Uma data propícia
para que as autarquias promovam junto aos
seus munícipes novas iniciativas de melhoria
da mobilidade urbana.
Foi no dia 22 de Setembro, que a circulação
de automóveis esteve interdita em algumas
ruas da Freguesia do Rosário. O objectivo
desta campanha foi sensibilizar a população
para a utilização de transportes públicos em
vez de automóveis particulares de forma a
garantir uma melhor qualidade de vida em
consequência de um melhor ambiente. Sendo
assim, a autarquia disponibilizou gratuitamente
um autocarro para as pessoas se deslocarem
entre as freguesias de Água de Pau, Rosário e
Cabouco.
Ao longo deste dia, famílias inteiras puderam
desfrutar de várias actividades lúdico –
recreativas proporcionadas pela edilidade,
nomeadamente os Pula-Pulas, o Touro
Mecânico e o circuito de Pedal Kart.
AMBIEN T E
AMBIEN T E
DIA EUROPEU SEM
CARROS
EML
Ao longo dos meses de Verão, decorreram
várias acções de limpeza na orla costeira do
Concelho. As zonas privilegiadas foram a Zona
das Poças do Cruzeiro e da Rocha Quebrada,
no Lugar da Atalhada, na Freguesia de Nossa
Senhora do Rosário e a Baía de Santa Cruz,
que este ano, viu a areia chegar, formando-se
uma pequena praia muito frequentada pelos
banhistas. A limpeza desta baía contou com
34
a participação activa de todos os jovens que
integraram o I Torneio de Futebol de Praia,
onde João Ponte, Presidente da autarquia se
juntou aos trabalhos da recolha de resíduos.
A Câmara Municipal e a Empresa Municipal,
nas designadas iniciativas de sensibilização
ambiental, contaram com a colaboração da
Associação Contra as Dependências, da Associação Ecológica Amigos do Calhau (AAC) e
de muitos jovens lagoenses, que se juntaram
a esta boa causa.
O principal objectivo destas iniciativas foi
sensibilizar as populações locais para as questões ambientais e, sobretudo, para os malefícios da poluição, tendo em vista uma maior
consciencialização por parte de algumas pessoas que continuam a fazer da orla costeira
um depósito de lixo.
PASSEIO DE
BICICLETAS
A Empresa Municipal de Urbanização,
Requalificação Urbana e Ambiental, e
Habitação Social de Lagoa – EML não deixou
passar despercebido o Dia Europeu Sem
Carros.
A EML organizou um passeio de bicicletas,
através do qual se pretendeu contribuir
para a qualidade ambiental. Foram vários
os participantes neste passeio, com idades
compreendidas dos 7 ao 60 anos, que
percorrem algumas das ruas da Freguesia do
Rosário.
Uma actividade que se revelou um grande
sucesso, uma vez que a ideia foi deixar de
lado o carro, transporte propício à poluição,
e optar por transportes menos nocivos para
o ambiente, como bicicletas, trotinetes ou
transportes alternativos, como autocarros, não
excluindo, contudo, a opção de andar a pé.
35
No dia 13 de Outubro teve lugar o Rally de
Lagoa 2007, uma prova que contou para o
Campeonato Regional de Ralis. Na edição
deste ano, a prova decorreu em seis provas
especiais de classificação, com um total de 80
quilómetros de troços cronometrados.
A prova foi estruturada com três troços,
percorridos por duas passagens. As
classificativas utilizadas“Marques e Remédios”
foram as versões utilizadas em 2005, mas no
sentido contrário, enquanto que Lomba da
Maia – Achada das Furnas tratou-se da versão
conjunta utilizada no SATA Rallye Açores
2007, desta vez com o seu início na Lomba
da Maia.
Uma vez mais, a Câmara Municipal assegurou
o patrocínio desta prova que reúne um
grande número de adeptos, pela importância
que tem, quer do ponto de vista desportivo,
quer pelo impacto turístico e económico que
traz para o Concelho.
A Escola Secundária de Lagoa realizou, no dia
29 de Novembro, o 2º CROSS ESCOLAR, uma
iniciativa promovida pelo grupo de Educação
Física desta mesma escola. Esta prova englobou
três percursos: um de 1000m, outro de 2200m e
um de 3000 e decorreu no espaço envolvente da
Escola Secundária de Lagoa e na Avenida Engº.
Luís Alberto Martins Mota.
No percurso de 1000m, os classificados para os
InfantisBFemininosforamRafaelaVerdinho, Joana
Pacheco e ChantelTavares, respectivamente. Para
os Infantis B Masculinos, os vencedores foram
Cláudio Ferreira, Carlos Moniz e o Frederico Dinis
e nos Iniciados Femininos, Carolina Rodrigues,
Ana Pacheco e Carla Cordeiro. Para o percurso de
2200m, Hélder Arruda, NunoTomás eTiago Albano
DESP OR TO
DESP OR TO
RALLYE DE
LAGOA 2007
CLASSIFICADOS
DO 2º CROSS
ESCOLAR
NA ESCOLA
SECUNDÁRIA DE
LAGOA
foram os vencedores na categoria de Iniciados
Masculinos. Nos Juvenis Femininos, destaque
para a prestação de Ângela Casinha, Sara Coelho
e Glória Cordeiro e nos Juniores Femininos, os
primeiros lugares couberam a Anabela Palhinha,
Renata Vale e Sónia Maçaroco.
No percurso de 3000m, na classe dos Juvenis
Masculinos os vencedores foram Sérgio Rebelo,
Diogo Verdinho e Duarte Cabral e em Juniores
Masculinos André Botelho, Bruno Arruda e Pedro
Martins, respectivamente.
Esta foi uma actividade inserida no Plano Anual
de Actividades e que contou com o apoio da
Empresa Municipal de Lagoa, apostando no
desporto como elemento essencial para se ter
uma vida saudável.
MINI VOLEIBOL
VI TORNEIO INTERNACIONAL
A equipa de Esmoriz Ginásio Clube foi a grande
vencedora do VI Torneio Internacional de Mini
Voleibol que decorreu, este Verão, no Concelho.
A cerimónia de entrega dos prémios decorreu
na Escola 2,3 Padre João José do Amaral e contou com a presença do Director Regional da
Juventude, Bruno Pacheco, que salientou a importância desta iniciativa para a formação dos
jovens.
Desde a sua primeira edição que, a Câmara
Municipal patrocina este projecto, acreditando
na importância da prática desportiva junto da
juventude.
Este Torneio Internacional contou com a participação das equipas, Clube Asas do Atlântico,
Clube Desportivo Escolar dos Arrifes, Clube
Káiros, Coriscolândia, Esmoriz, CAIC Cernache e
Club Xuvenil de Vigo.
36
DIREITOS RESERVADOS
37
consta uma vasta lista de prémios e distinções,
com destaque para a sua passagem pelos
EUA, onde integrou uma equipa do WNBA,
que lhe trouxe reconhecimento internacional
e onde conquistou vários prémios. Destaque
também para a vitória no Campeonato de
basqueteball da Polónia, França e a vitória
no Eurocup pelo Spartk Moscow Region, sua
actual equipa.
EM ÁGUA DE PAU
III FEIRA DE
ARTES E OFÍCIOS
TRADICIONAIS
CU LT U R A
DESP OR TO
LAGOA RECEBEU
TICHA
PENICHEIRO
Ticha Penicheiro, conhecida no basquetebol
mundial, esteve em São Miguel, a convite
da Associação Juvenil do Clube Operário
Desportivo, para participar num convívio e
em jogos desportivos, que se realizaram no
dia 9 de Outubro, no Pavilhão Desportivo da
Escola Secundária de Lagoa.
Neste dia, cerca de 120 atletas disputarem
vários jogos e concursos, a que assistiu a
basquetebolista, seguindo-se uma sessão de
autógrafos.
Ticha Penicheira é uma atleta de renome,
que integra a Selecção Nacional Portuguesa
de Basquetebol feminino e do seu palmarés
Realizou-se, entre 14 e 17 de Agosto, pela
terceira vez consecutiva, a Feira de Artes e
Ofícios Tradicionais na Vila de Água de Pau. Uma
iniciativa da Câmara Municipal que contou com
o apoio da Associação Criaçores e da Igreja da
Nossa Senhora dos Anjos, com o objectivo de
manter viva as tradições e costumes artesanais
que fazem parte da identidade cultural do
Município.
Este evento teve a colaboração de vários artesãos
como Gilberta Costa, João Andrade, Maria
Bizarro, Luís Almeida, António Morais, Armando
Torres, José Maria Mendes, Hermínio Costa e José
Botelho de Almeida e, também, entidades ligadas
ao artesanato, como a Criaçores, o Centro Social
e Cultural do Cabouco, a Cooperativa “Lagoa
Vale a Pena” e Cerâmica Vieira. No decorrer deste
evento, vários artesãos executaram, ao vivo, os
diversos tipos de artesanato e ofícios tradicionais,
entre eles, a cestaria, a cerâmica vidrada, registos,
bordados, os tradicionais bonecos de presépio da
Vila da Lagoa, trabalhos em pedra vulcânica e as
tradicionais bonecas de folha de milho, oriundas
da Freguesia da Ribeira Chã.
CLUBE DE PESCA
DESPORTIVA DE
LAGOA
ENTREGA DE
PRÉMIOS
38
Teve lugar no Restaurante “O Carlos”, sito
no Rosário, um jantar de confraternização,
organizado pelo Clube de Pesca Desportiva da
Lagoa e que contou com a presença do Eng.
João Ponte, Presidente da Câmara Municipal.
Este jantar decorreu no dia 16 de Novembro
de 2007 e teve como propósito entregar os
prémios aos vencedores do campeonato de
pesca desportiva, que se realiza anualmente e
que envolve pescadores de todas as freguesias
do Município de Lagoa. Uma actividade que
conta, todos os anos, com o apoio da autarquia
que considera este tipo de actividades
importantes para a ocupação de tempos
livres de forma saudável, bem como para
incrementar novas modalidades desportivas
junto dos mais jovens.
39
e que serviram para animar a festa, durante a
tradicional arrematação, que se realizou ao fim
da tarde, prolongando-se pela noite dentro e
dias seguintes.
Uma iniciativa organizada pela Casa de Povo
de Água de Pau e a Comissão de Festas da
Paróquia de Nossa Senhora dos Anjos, que
contou com a participação do povo desta
freguesia. Este cortejo integrou-se na festa em
honra da Padroeira, Nossa Senhora dos Anjos.
CU LT U R A
CU LT U R A
40
GRANDE
CORTEJO
ETNOGRÁFICO
DA VILA DE ÁGUA
DE PAU
“Costumes e Tradições” foi o tema do grande
cortejo etnográfico que teve lugar na Vila de
Água de Pau, no dia 12 de Agosto, integrando
vários carros alegóricos que retrataram ofícios
que fizeram parte do quotidiano do povo.
A actividade piscatória, a vindima, a matança
do porco foram alguns costumes e tradições
da comunidade da Vila de Água de Pau, que
estiveram patentes neste desfile etnográfico.
Ainda no âmbito deste cortejo, foi realizada
a tradicional “migalha”, onde as pessoas
ofereceram objectos, bolos, bordados,
hortaliças e frutas, entre muitas outras coisas,
que foram distribuídas pelos diversos carros
41
IGREJA MATRIZ
GRANDE CONCERTO
VOCAL
CU LT U R A
CU LT U R A
5º CENTENÁRIO
DA VIVÊNCIA
CRISTÃ DA
PARÓQUIA DE
SANTA CRUZ
No ano de 2007 a Paróquia de Santa Cruz comemorou o 5º Centenário de Vivência Cristã, um data
histórica que foi prestigiada por uma série de celebrações que decorreram, ao longo do ano, na Igreja
Matriz de Santa Cruz, palco de algumas das cerimónias solenes realizadas.
Segundo Gaspar Fructuoso, na sua obra “Saudades da Terra” que foi pároco da Matriz de Santa Cruz,
entre 1558 a 1560, “D. João Lobo, Bispo de Tanger, veio aos Açores por ordem de D. Diogo Pinheiro,
Vigário de Tomar e deu ordens sacras na Vila de Lagoa da Ilha de São Miguel a 25 de Agosto de 1507”.
Uma data que revela a existência da Igreja Matriz de Santa Cruz e onde se terá iniciado, então, toda
a vivência de uma comunidade baseada em princípios cristãos. Para além disso, a Paróquia de Santa
Cruz terá sido uma das primeiras paróquias do Concelho, visto que os povoadores desta Vila fixaramse, inicialmente na zona da actual Igreja Matriz de Santa Cruz, onde, outrora, existira uma pequena
lagoa e que viria a dar o nome ao Concelho. A partir de então, foram dados os primeiros passos para
a constituição e desenvolvimento da Vila da Lagoa e que se traduziu, também, em termos religiosos
onde a Igreja Matriz de Santa Cruz, ao longo destes 500 anos, tem sido um porto de abrigo para a sua
comunidade.
No dia 26 de Agosto, a Igreja Matriz de Santa Cruz
recebeuumgrandeConcertoVocal,pelassopranos
Carmen Subica e Natália de Lima Ferreira e pelo
barítono Nicholas R. Laroche, acompanhados por
Ana Paula Andrade no órgão dos tubos.
Esteconcertoesteveintegradonascomemorações
do 5º Centenário deVivência Cristã da Igreja Matriz
de Santa Cruz.
CONCURSO DE
PINTURA
“IGREJA MATRIZ DE
SANTA CRUZ – 5º
CENTENÁRIO”
A Câmara Municipal promoveu uma exposição
colectiva de pintura, que teve como objectivo
demonstrar a visão de cada um dos artistas sobre
a Igreja Matriz de Santa Cruz.
A exposição teve uma dupla faceta, pois além de
exposição, foi também um concurso de arte.
Sendo assim, os oito quadros expostos foram
avaliados por um júri, composto porTomás Borba
Vieira, Victor Almeida e Roberto Medeiros. O júri
decidiu atribuir o 1º lugar ao quadro da autoria de
Berta Malhinha, por ser a obra mais criativa, com
maior equilíbrio de cores e melhor expressão
plástica. Recorde-se que Berta Malhinha nasceu
na Bermuda e é filha de lagoenses. Actualmente,
reside nos EUA onde estudou Design Gráfico na
Universidade de Massachusetts.
O 2º lugar foi para a pintura de Inês Pastor,
pela elevada qualidade pictórica da paisagem
envolvente patente na sua obra e o 3º lugar
para o trabalho de João Cabral pelo movimento
expresso nas ondas do mar do seu quadro.
42
500 ANOS DE VIVÊNCIA CRISTÃ
JANTAR CONVIVIO
Cerca de uma centena de pessoas estiveram
presentes no jantar convívio que decorreu no
dia 28 de Agosto, no âmbito das comemorações
dos 500 anos de Vivência Cristã.
Tratou-se de um jantar de confraternização e
amizade que contou com a presença do Padre
João Martins Furtado, pároco da Igreja Matriz
de Santa Cruz, do Presidente da autarquia, João
Ponte, vereadores, presidentes de juntas de
freguesia, representantes das várias instituições
de solidariedade social do Concelho de Lagoa,
elementos dos vários grupos sócio-culturais,
empresariais (NELAG) e de associações
desportivas.
O destaque foi para a presença de alguns
elementos da UCLA, oriundos dos E.U.A e
Canadá, que estiveram presentes neste jantar
convívio, acompanhados pela sua Presidente
Maria Tomásia natural da Ribeira Chã, que actual
exerce as funções de Comissária de Eleições da
Cidade de New Bedford, nos E.U.A.
A animação musical ficou a cargo do conceituado
barítono Nicholas Laroche dos E.U.A que esteve
na Ilha de São Miguel, a convite da autarquia,
para participar nestas comemorações.
43
A Paróquia de Santa Cruz foi galardoada com a
mais elevada distinção honorífica do Município – a
Medalha de Ouro no dia 17 de Novembro de 2007.
A atribuição da respectiva distinção, por parte da
Câmara Municipal, foi realizada em cerimónia
solene, que teve lugar no Salão Paroquial da
Igreja Matriz, após celebração da Eucaristia que
foi presidida por Sua Excelência Reverendíssima D.
António de Sousa Braga, Bispo de Angra e das Ilhas
dos Açores.
Esta celebração contou, ainda, com a presença do
Secretário Regional de Habitação e Equipamentos,
José Contente, em representação do Governo
Regional dos Açores, do Presidente da Câmara
Municipal,JoãoPonte,doPresidentedaAssembleia
Municipal, João Manuel Sousa, e do Pároco da
Freguesia de Santa Cruz, Padre João Martins
Furtado.
Na ocasião, João Ponte referiu que a atribuição da
Medalha de Ouro a esta Paróquia traduziu-se numa
“justa e reconhecida homenagem que se realiza à
Paróquia de Santa Cruz, uma vez que, para além de
ter sido uma das primeiras do Concelho, também
tem contribuído, de forma determinante, através
das suas actividades culturais e dos movimentos
ligados à Igreja, para a preservação de princípios
éticosfundamentaisparaoprocessodesocialização
e para a formação de uma sociedade mais justa,
fraterna e solidária”. João Ponte sublinhou, ainda,
que “estes 500 anos de Vivência Cristã da Paróquia
de Santa Cruz, não assinalam apenas uma data
numérica, mas sim 500 anos de história, onde se
afirma a identidade de um povo que soube lutar
para que Santa Cruz atingisse os parâmetros de
desenvolvimento que, actualmente, apresenta”.
APRESENTAÇÃO
DA MEDALHA
COMEMORATIVA
Foi apresentada publicamente pela autarquia, no dia 17
de Novembro, a Medalha Comemorativa alusiva aos 500
anos de Vivência Cristã na Paróquia de Santa Cruz e que
se associou à cerimónia de atribuição da Medalha de Ouro
à mesma.
Esta medalha foi idealizada pela Câmara Municipal e nela
consta a imagem em relevo da Igreja Matriz de Santa
Cruz, visando reconhecer a importância dos 500
anos de Vivência Cristã para a comunidade
local e para o Concelho em geral com uma
peça que em Portugal é símbolo de
prestígio.
CU LT U R A
CU LT U R A
ATRIBUIÇÃO DA MEDALHA DE OURO
PALESTRA
A HISTÓRIA DA
PARÓQUIA DE
SANTA CRUZ
Os primeiros registos inscritos sobre a Paróquia
de Santa Cruz e o seu percurso, ao longo dos
últimos 500 anos, foram dados a conhecer numa
palestra que foi proferida por Susana Goulart
Costa, professora universitária, que é autora
do livro “Evangelização, Devoção e Património
Cultural – Subsídios para a História da Paróquia
de Santa Cruz, Matriz da Vila da Lagoa”.
Nesta palestra foi abordada a riqueza
humana e material desta paróquia, foi feito
uma caracterização arquitectónica e uma
abordagem a toda a história que envolveu o
seu aparecimento e evolução.
44
45
EXPOSIÇÃO “PASSOS EVOLUTIVOS NA
CU LT U R A
“Passos Evolutivos na História da Ribeira Chã”
foi o tema da exposição que o Centro Social e
Paroquial da Ribeira Chã inaugurou, no dia 29
de Julho, em cerimónia que decorreu no Centro
de Catequese e Cultura da Ribeira Chã.
Tratou-se de uma iniciativa integrada nas
actividades dos Núcleos Museológicos desta
freguesia e que visou, sobretudo, demonstrar
a evolução que esta pequena comunidade
evidenciou desde as suas origens até à morte
do Padre João Caetano Flores.
No decurso da cerimónia, o Pintor e Professor
Tomás Borba Vieira proferiu uma palestra alusiva
à evolução da freguesia, seguindo-se depois
um recital de canto e piano, interpretado por
Brígida Natália Lima Ferreira e Irina Semenova.
EXPOSIÇÃO
“O JARDIM”
Teve lugar, no dia 26 de Julho, a inauguração da
exposição de pintura “O Jardim” da autoria da
artista plástica, Alice Pimentel, no Edifício dos
Paços do Concelho. Esta exposição, composta
por 18 quadros, ilustrava um jardim pessoal,
plantado no imaginário íntimo da artista,
habitado pelos seus sonhos e memórias.
Alice Pimentel já expôs, anteriormente, na
Junta de Freguesia de Água de Pau, a convite
da Câmara Municipal, na Academia das
Artes de Ponta Delgada, no Edifício da Caixa
Geral de Depósitos de Ponta Delgada e na
Universidade dos Açores.
46
CU LT U R A
HISTÓRIA DA RIBEIRA CHÔ
EM COMEMORAÇÃO DO 10 º CENTENÁRIO
CENTRO SOCIAL E CULTURAL DA ATALHADA EXPÕE NO EDIFÍCIO DOS PAÇOS
No dia 15 de Outubro teve lugar na Câmara
Municipal a inauguração da Exposição
Comemorativa do 10º Aniversário do Centro
Social e Cultural da Atalhada.
Esta exposição deu a conhecer os trabalhos e
as actividades das valências deste Centro como
a área do Artesanato, onde se destacam os
bordados, bandeiras do Espírito Santo e Registos
do Senhor Santo Cristo, a área da Carpintaria, o
Centro de Convívio de Idosos, a Rede de ATL´s e
área da pastelaria.
Criado em 1997, o Centro Social e Cultural
da Atalhada, é uma Instituição Particular de
Solidariedade Social que tem por objectivo
o desenvolvimento de actividades sociais e
culturais, designadamente de apoio à família,
crianças, jovens e idosos com situação de
carência económica, educação e formação
profissional.
47
Uma exposição de pintura intitulada “Do Mar
à Terra”, da autoria da artista plástica lagoense,
Valentina Soledade, esteve patente ao público
no Edifício dos Paços do Concelho, tendo sido
inaugurada no dia 29 de Novembro.
Esta exposição foi composta por 12 quadros a
óleo sobre tela e teve como tema principal as
bonitas paisagens da Ilha de São Miguel.
EDUARDO NERY
NO CENTRO
CULTURAL DA
CALOURA
CU LT U R A
CU LT U R A
EXPOSIÇÃO
“DO MAR À TERRA”
O Centro Cultural da Caloura assinalou o seu
segundo aniversário com a inauguração da
exposição “Imagens Fotográficas”, da autoria de
Eduardo Nery. Esta cerimónia realizou-se a 13 de
Outubro no edifício do Centro Cultural da Caloura,
na Vila de Água de Pau.
Esta exposição mostrou fotografias obtidas por
meio de dupla exposição, realizadas entre 1980
e 1988, exibindo uma das menos reveladas, mas
não menos importante área da obra deste artista.
Eduardo Nery é uma referência nacional e tem
uma vasta obra nos campos da pintura, desenho,
gravura,tapeçaria,azulejos,vitral,mosaico,relevos
murais, desenho de pavimentos e projectos de cor
para fachadas que têm sido objecto de numerosas
análises críticas e estudos.
Realizou36exposiçõesindividuaise300colectivas
pelo mundo e recebeu numerosos prémios e
menções honrosas. A sua obra está presente em 22
museus portugueses e em 4 museus estrangeiros,
sem esquecer a importância e popularidade da
sua notável arte pública.
ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO CALHAU EXPÕE
“ASPECTOS DA FAUNA E FLORA DA ORLA
COSTEIRA DA LAGOA”
48
“Alguns aspectos da Fauna e Flora da Orla
Costeira da Lagoa” foi o tema da exposição
de fotografia, organizada pela Associação dos
Amigos do Calhau, que decorreu na Escola
Secundária de Lagoa.
Esta exposição, que se inseriu no âmbito das
comemorações do Dia do Mar, teve como
principal objectivo divulgar toda a beleza da orla
costeira do Concelho, através de um conjunto
de trinta fotografias de diversos tamanhos.
49
A Câmara Municipal levou, pelo 8º ano
consecutivo, uma mostra do presépio açoriano
às comunidades emigradas nos EUA. Este ano,
estas exposições decorreram na cidades de Fall
River e, pela primeira vez, em Newport, na Nova
Inglaterra.
Assim sendo, no dia 4 de Dezembro, foi inaugurada
a exposição do Presépio Tradicional da Lagoa, no
Luso American Gallery of Antiquities de Fall River
e a 9 de Dezembro, uma exposição com o mesmo
nome abriu ao público no Belcourt Castle, em
Newport, Rhode Island. Este foi um momento
importante para a Câmara Municipal, uma vez
que se tratou da primeira exposição realizada
nesta cidade norte-americana, que integra uma
vasta comunidade de emigrantes açorianos e,
tanto mais, por ficar exposta no Belcourt Castle,
um dos mais emblemáticos edifícios da região,
conhecido pela valiosa colecção de antiguidades
que integra, referente a 32 países.
A autarquia promoveu também uma exposição
fotográfica, “Visões do Paraíso na Lagoa” de John
K. Robson e que pude, igualmente, ser visitado em
Belcourt Castle.
Para completar este importante dia, decorreu
um recital de Canto e Piano, a cargo da soprano
lagoense, Natália de Lima Ferreira, e da pianista
Alexandra Mascolo-David.
GRUPO DE
MONTREAL VISITA O
CONCELHO
CU LT U R A
CU LT U R A
8ª EXPOSIÇÃO DO PRESÉPIO DA LAGOA EM NEWPORT
A convite da Câmara Municipal, cerca de
quarenta e cinco pessoas residentes em
Montreal, no Canadá, visitaram, no dia 2 de
Novembro, alguns dos locais de interesse
do Município, designadamente a Cerâmica
Vieira, o Museu do Presépio e, também, a Vila
de Água de Pau, com paragem obrigatória no
Campo de Jogos “Mestre José Leste”, onde se
realizou um convívio e um amigável jogo de
futebol.
De salientar que, este grupo de residentes de
Montreal deslocou-se à Ilha de São Miguel, a
fim de participarem num torneio de golfe que
é, anualmente, organizado por Luís Miranda,
“Maire d’ arrondissement d’ Anjou.
LAGOA RECEBE
PROGRAMA
“SAUDADES DOS
AÇORES”
A Câmara Municipal associou-se ao programa
“Saudades dos Açores”. Uma iniciativa da Direcção
Regional das Comunidades, que teve como
objectivo trazer aos Açores emigrantes com mais
de 60 anos que, por razões económicas, já não
visitavam as ilhas açorianas há mais de 20 anos.
No dia 21 de Novembro, o grupo de 15
emigrantes, com idades compreendidas entre os
63 e os 85 anos, visitou vários locais de interesse
do Concelho, como a Cerâmica Vieira, o Museu do
Presépio Açoriano e os Museus da Ribeira Chã.
Esta foi uma iniciativa apoiada pela Câmara
Municipal, que disponibilizou o transporte e
preparou o programa de visita, oferecendo, a
todos estes emigrantes, informação sobre o
Município.
ALUNOS DA ESCOLA SECUNDÁRIA DE LAGOA
EM INTERCÂMBIO NO CANADÁ
Um grupo de dez alunos e quatro professores
da Escola Secundária de Lagoa, acompanhados
por Roberto Medeiros, Vice-Presidente da
autarquia estiveram no Canadá, em intercâmbio
com o Applewood Heights Secondary School,
Escola Secundária de Mississauga, Ontário.
Esta foi a segunda fase deste intercâmbio entre
turmas de economia destas duas escolas, já
que, em Abril de 2007, o Concelho recebeu
um grupo de alunos do Applewood Heights
Secondary School. Do programa de visita
destes estudantes ao Canadá, destacou-se
a componente pedagógica, com os alunos
da Lagoa a assistirem às aulas. Além disso
50
este grupo visitou vários locais
emblemáticos do Canadá como
as Cataratas de Niagara, o jardim
Zoológico e a Câmara Municipal de
Toronto e assistiram a um jogo de
baseball. Este intercâmbio teve como
principal objectivo facultar aos jovens
Lagoenses, contactos e experiências
com uma cultura e um método de
ensino diferentes, abrindo-lhes novos
horizontes.
Este intercâmbio contou com o apoio da
Direcção Regional da Juventude, através do
Programa Mobilidade e Intercâmbio Juvenil,
da Câmara Municipal, da Escola Secundária
de Lagoa, da Applewood Heights Secondary
School e da Casa dos Açores do Ontário.
51
Durante uma semana, o Grupo Folclórico
“Grujola” esteve em Coimbra, na Freguesia de
Sarzedo, onde estabeleceu contactos culturais
com os folcloristas, “Flores do Alva”e “Zé P’reira”,
daquela freguesia.
O jantar de recepção do Grupo Lagoense
“Grujola” decorreu na Sede da União Recreativa
Sarzedense, que contou com a presença do
Presidente da Câmara Municipal de Arganil,
Ricardo Pereira Alves, e do Presidente da Junta
de Freguesia do Sarzedo, Fernando Ferreira
Simões, que fizeram questão de estar presentes
neste jantar de confraternização.
A comitiva lagoense pôde visitar o Minho,
Trás–os–Montes, Douro Litoral, Beira Alta e
Beira Litoral. Proporcionaram-se momentos de
grande convívio entre os dois grupos e que
contribuíram para promover a cultura popular
do Concelho de Lagoa.
No espectáculo integrado nas“Noites de Verão”,
em frente aos Paços do Município, o Grupo
“Grujola” mostrou às centenas de pessoas ali
presentes, como se canta e dança no Concelho
de Lagoa, merecendo os elogios de todos os
que estavam ali presentes.
ALUNOS DA ESCOLA
SECUNDÁRIA
ANTERO DE QUENTAL
VISITARAM O
CONCELHO
GRUPO DE JOVENS
LAGOENSES
NAS FESTAS DO
CONCELHO DE
LAGOA - ALGARVE
CU LT U R A
CU LT U R A
GRUPO LAGOENSE
ACTUA EM SARZEDO
- COIMBRA
O grupo de jovens lagoense “Som do Vento”
e o grupo de teatro “Utopia” de Santa Cruz,
acompanhados pelo vice-presidente da Câmara
Municipal, Roberto Medeiros, participaram nas
festas de Nossa Senhora da Luz, no Algarve e
que integraram as comemorações do Feriado
Municipal. Tratou-se de um intercâmbio cultural,
apoiadopelaautarquia,quepretendeuestabelecer
laços afectivos de amizade com o Município do
Algarve, que em muito se assemelham. Desde
logo, pelo facto de possuírem o mesmo nome,
mas também por terem ambos ligações ao
mar, passando pelas tradicionais artes e ofícios,
nomeadamente a cerâmica e olaria.
O grupo “Som do Vento” foi recebido no Salão
Nobre da autarquia algarvia pelo seu presidente,
José Inácio Marques Eduardo, onde manifestou
o interesse de estabelecer futuras ligações no
sentido de realizar actividades de interesse social,
cultural e, até mesmo, empresarial, mostrando,
desde logo, a disponibilidade para a geminação
entre os dois concelhos.
NASCEU A
“ASSOCIAÇÃO
MUSICAL DE
LAGOA”
No dia 30 de Novembro foi formalmente
constituída a Associação sem fins lucrativos
“Associação Musical de Lagoa”. No Cartório
Notarial de Lagoa os três membros da sua
comissão instaladora: Norberto Ponte, Mário
Jorge Ponte e David Sousa fundaram a referida
Associação. Esta é uma Associação que pretende
divulgar a cultura musical no Concelho de Lagoa
através da criação de uma Orquestra Ligeira e
de uma Escola de Música. Para tal estabeleceu
protocolos com vários formadores que irão dar
formação de vários instrumentos musicais como
violão, teclas, saxofone, trompete, trombone e
canto.
A Associação Musical de Lagoa vai iniciar a sua
actividade com a Orquestra Ligeira que conta
já com 17 músicos, cujo a regência está a cargo
do 1º Sargento, Aquiles Preto. Prevê-se que o
primeiro espectáculo da Orquestra tenha lugar
em Março de 2008.
Durante o mês de Novembro, um grupo de
alunos da Escola Secundária Antero de Quental
visitou o Concelho de Lagoa. Tratou-se de
uma visita de estudo que teve como principal
objectivo dar a conhecer aos estudantes as
potencialidades turísticas e económicas do
Município.
Entre os vários locais visitados, destaca-se
o Museu do Presépio Açoriano e a Cerâmica
Vieira, que foi um dos grandes pólos de
desenvolvimento económico do Concelho, ao
longo do século XIX.
52
53
“Max e Mila” foi a peça de teatro que esteve em
palco no dia 4 de Agosto, no Cine Teatro Lagoense
Francisco D’Amaral Almeida.
Este trabalho foi da responsabilidade do Grupo
de Teatro Experimental de Pias do Alentejo e
destinou-se a um público infantil e juvenil.
A anteceder esta peça de teatro, assistiu-se a uma
animação de rua pelas principais artérias da Vila
de Lagoa a cargo do Grupo de Teatro“Brincando e
Rindo”da Associação de Juventude da Candelária,
que proporcionou momentos de muita alegria.
Esta iniciativa foi organizada pela UMAR que,
celebrando o Ano Europeu da Igualdade, dedicou
este mês à juventude, contando com o apoio da
Câmara Municipal.
IX CONVÍVIO DE
PAUENSES EM
MONTREAL
Uma comitiva de lagoenses, presidida por
João Ponte, Presidente da Câmara Municipal,
participou no IX Convívio de Naturais e Amigos
da Vila de Água de Pau, que decorreu em
Montreal.
Para além do autarca, deslocaram-se a Montreal
o Presidente da Junta de Freguesia de Água de
Pau, Roberto Sousa, o Presidente da Direcção da
Filarmónica Fraternidade Rural, João Ambrósio, e
o Pároco de Água de Pau, João Martins Furtado.
O convívio, que decorreu no Salão Paroquial
da Igreja de Santa Cruz, juntou cerca de 600
emigrantes, dos quais 150 deslocaram-se
propositadamente dos EUA e foi precedido pela
celebração de uma eucaristia, presidida pelo
Padre João Furtado, que juntou naquela igreja
cerca de um milhar de fiéis.
O principal responsável desta organização,
Manuel Torres, emigrado há cerca de 40 anos no
Canadá, aproveitou o convívio para homenagear
algumas personalidades da comunidade
local que, ao longo dos últimos nove anos,
colaboraram na realização deste evento.
Na altura, João Ponte, referiu-se à “importância
deste tipo de eventos como garantia da
afirmação da nossa cultura e como projecção do
dinamismo das comunidades de açorianos em
Montreal”.
RIBEIRA CHÃ JÁ TEM GRUPO DE ESCOTEIROS
O Concelho já conta com mais um grupo de
escoteiros, desta feita, na Freguesia da Ribeira
Chã. Este agrupamento é o vigésimo sétimo a ser
constituído na Região Autónoma dos Açores, mas
o primeiro grupo a ser fundado no ano em que
se comemora o 1º centenário deste movimento
no mundo.
A cerimónia religiosa onde foram consumadas as
primeiras promessas por parte dos 21 elementos
que compõem o grupo de escoteiros da Ribeira
JANTAR DE
ANGARIAÇÃO DE
FUNDOS
54
CU LT U R A
CU LT U R A
NO CINE TEATRO
FRANCISCO D’AMARAL
ALMEIDA
TEATRO “MAX E MILA”
Chã, sendo Alexandre Teles o seu Chefe, teve
lugar na Igreja Paroquial de S. José e contou
com a presença de vários agrupamentos da Ilha
de São Miguel e de algumas chefias dos Açores,
destacando-se a presença de José Maria Cardoso
Jorge.
Esta missa foi celebrada pelo Padre Silvano
Vasconcelos em conjunto com o Padre Francisco
Melo, este último, o pároco da freguesia que deu
inícioaoprocessodefundaçãodesteagrupamento
e um dos seus principais impulsionadores.
Na ocasião, José Maria Cardoso Jorge sublinhou
que há vários anos que a Freguesia da Ribeira
Chã é um local procurado por vários grupos de
escoteirosparaarealizaçãodassuasactividadesde
acantonamento e recordou o Padre João Caetano
Flores que em tempos havia sido convidado a
formar um grupo, mas pelo reduzido número de
habitantes, foi um projecto sempre adiado. Agora
o desejo foi finalmente concretizado.
No dia 6 de Outubro realizou-se, em Montreal,
um jantar de angariação de fundos para a
construção de um monumento em honra dos
pescadores do Porto da Caloura – Água de Pau,
desaparecidos no mar. Este jantar realizou-se,
na Missão de Santa Cruz, organizado por alguns
naturais da Vila de Água de Pau, como Armanda
Garcia e Armando Loureiro, e foi animado por
alguns artistas luso-canadianos, e contou com
a presença de Roberto Medeiros.
55
além de assinalar a chegada da nova estação,
visou também dinamizar e promover a cultura
popular e as tradições.
L AZER
CU LT U R A
I FESTIVAL
DE BANDAS
FILARMÓNICAS
Como forma de assinalar a chegada do Outono
e o Dia Mundial da Música, a Câmara Municipal
promoveu o I Festival de Bandas Filarmónicas,
que teve lugar na Praça de Nossa Senhora do
Rosário.
No dia de abertura deste festival, actuaram
a Sociedade Filarmónica Estrela D’Alva e a
Sociedade Filarmónica Lira do Rosário.
No segundo dia do festival, actuaram a
Sociedade Filarmónica Fraternidade Rural e a
Banda Filarmónica de Santa Bárbara.
Para encerrar este Festival, a autarquia convidou
a Orquestra Ligeira de Vila Franca do Campo.
Este evento integrou todas as filarmónicas e,
FESTA DO
PESCADOR
CALOURA MAR E
SOL 2007
Decorreu, nos dias 18 e 19 de Agosto, a “Festa
do Pescador – Caloura Mar e Sol 2007” em
Água de Pau. Os destaques da edição deste
ano foram para as actuações musicais da
Banda Callahan de Springfield, Ohio, EUA e
dos Abba Gold de Inglaterra, Carlos Galvão e
Nuno Martins.
Uma vez mais, o Porto da Caloura foi palco de
uma grande festa que consistiu num lanche
de diverso peixe grelhado, pão de milho e
batata cozida, oferecido pelos pescadores,
num grande desfile de moda, que contou
com a participação da Boutique Ritinha, que
encheu de glamour e beleza todo aquele
espaço.
Assistiu-se ainda à celebração da Eucaristia,
na Ermida de Nossa Senhora das Dores, em
memória dos pescadores falecidos e, pela
segunda vez, realizou-se a procissão em
honra de S. Pedro Gonçalo de Telmo, que
saiu do Convento da Caloura, em direcção ao
Porto. Depois, a imagem de S. Pedro Gonçalo
de Telmo foi transferida para a embarcação
“Vinde Jesus ao Mundo” e foi em bordejo
até à “Baixa de Fora” da Caloura, regressando,
depois, a terra e novamente à Ermida.
56
57
L AZER
GRANDE FESTA
NO II FESTIVAL
DE VERÃO DO
CABOUCO
Decorreu o II Festival de Verão na Freguesia
do Cabouco promovido, pelo segundo ano
consecutivo, pela Junta de Freguesia e que
teve lugar, nos dias 24, 25 e 26 de Agosto, no
Polidesportivo desta localidade.
Para assinalar a abertura deste grande evento
realizou-se, no dia 24 de Agosto, um desfile
que percorreu as principais ruas da freguesia,
integrandoduasbandasfilarmónicasdoConcelho,
designadamente a Sociedade Filarmónica Lira do
Rosário e a Sociedade Filarmónica Estrela D’Alva.
Neste mesmo dia, toda a comunidade assistiu às
tradicionais cantigas ao desafio, que estiveram
a cargo de Xalana e António Silva, e também
da actuação musical do grupo de “Cantares D’
Outrora”.
Por sua vez, no dia 25 de Agosto, o destaque foi
para o grande desfile de motos, que percorreram a
Freguesia do Cabouco. Os motards de Lagoa, Grave
Diggers, e a Associação Trilhos dos Açores foram os
grupos que participaram neste acontecimento,
que assinalou mais uma noite do Festival de Verão.
A animação ficou a cargo de um grupo de jovens
que demonstrarão os ritmos da dança Hip Pop e da
actuação musical da [email protected]
A encerrar este II Festival de Verão esteve o grupo
de Escoteiros nº789 do Cabouco, o grupo do
Rosário nº96 e os artistas musicais Pedro Nunes e
NunoMartins,acompanhadopelassuasbailarinas.
Para além de todos estes espectáculos musicais,
destaca-se,ainda,aaberturadaIFeiradeArtesanato
do Cabouco como forma de divulgar a cultura,
tradições e costumes desta freguesia e de três
tasquinhas com os tradicionais comes e bebes.
Com muita animação e entretenimento foi como
se caracterizou o II Festival de Verão que visou,
sobretudo, dinamizar e promover esta pequena
localidadeemfrancodesenvolvimento,bemcomo,
revitalizar espaços tidos como problemáticos.
s e Tráfico de Drogas
ceradooAbra
s Valen
Fraernse
uso
acion Cont
Dia Int
as”
“Não dês vida às drog
“Não deixes que a droga te controle, sê tu
a controlar a droga!”
lutar”
bar contra a droga vais ter que
“Se com a tua vida não queres aca
“A droga é vício que pode matar, se não queres cair nem tentes começ
ar”
ga de porta”
e de ti nunca abrires esta dro
nd
pe
de
Só
r.
sai
é
ícil
dif
,
tra
“Facilmente se en
“Se livre quer ser, de
ixar a droga é o que
tens que fazer”
rimentar.”
“Se viciado não queres ficar, a droga não deves expe
“Contra a droga tens de lutar para
ela não te apanhar”
ro uma vida segura”
“Não quero uma droga de vida que
“Se com a tua vida não queres estrag
ar com a droga tens de acabar”
ela”
“A vida é bela por isso não te metas em droga porque podes acabar com
“D destruição, R risco, O ódio, G ganância, A abu
so, S sem solução”
a tens que lutar”
el
te apanhar contra
“Para a droga não
58
C Â M A R A
M U N I C I PA L
D E
L A G O A
S . M I G U E L
.
A Ç O R E S

Documentos relacionados

L AG O A BOLE TIM MUNICIPAL

L AG O A BOLE TIM MUNICIPAL Largo D. João III . Santa Cruz | 9560-045 Lagoa Tlf. 296 960 600 Fax 296 916 229 Nº verde 800 20 40 76 http://cm-lagoa.azoresdigital.pt/ E-mail: [email protected]

Leia mais