Despertai! N.° 5 2016

Сomentários

Transcrição

Despertai! N.° 5 2016
!"#2
JESUS
EXISTIU MESMO?
N . ° 5 20 16
!"#2
˙
TAMBÉM NESTE NÚMERO
7
OBSERVANDO O MUNDO
Em foco: Américas
8
AJUDA PARA A FAMÍLIA
Como falar com seus filhos sobre sexo
10 Um elemento químico fantástico
12
O CONCEITO DA BÍBLIA
Gratidão
14
3
Aristóteles
MATÉRIA DE CAPA
Jesus existiu mesmo?
Algumas pessoas têm certeza de
que Jesus existiu. Outras duvidam
disso. E alguns acham que não dá
para saber a verdade.
Esta revista considera o que as evidências revelam sobre o assunto.
LIÇÕES DO PASSADO
16 “Um novo jeito de aprender”
s VE JA MA I S N O S I TE
VÍDEOS
w
Torne-se Amigo de Jeová
Sempre agradeça
Esse vídeo mostra como você pode
demonstrar gratidão.
r
Vol. 97, No. 5 / Bimonthly / PORTUGUESE (Brazilian Edition)
(Acesse jw.org e coloque o título do vídeo
no campo de busca.)
Circulação de cada número: 57.761.000. Disponível em 106 idiomas
Esta publicação não é vendida. Ela faz parte de uma obra educativa bíblica,
mundial, mantida por donativos. Para fazer um donativo, acesse www.jw.org.
Gostaria de receber mais informações ou
ter um curso bíblico gratuito em sua casa?
A menos que haja outra indicação, os textos bíblicos citados são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.
Acesse www.jw.org ou escreva para um
dos endereços abaixo.
´
´
Despertai!, numero 5, outubro de 2016. Despertai! e publicada a cada dois meses pela Watchtower Bible and Tract
˜
´
´
Society of New York, Inc., Wallkill, New York, U.S.A., e pela Associaçao Torre de Vigia de Bıblias e Tratados, Cesario Lange,
˜
˜
´
Sao Paulo, Brasil. 5 2016 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania e Associaçao Torre de Vigia de Bıblias e Tratados.
Todos os direitos reservados. Impressa no Brasil.
MAT ÉRIA D E CAPA
JESUS EXISTIU
MESMO?
ELE não era rico nem tinha influência política. Também
não tinha um lugar para morar. Mas o que ele ensinou
influencia a vida de milhões de pessoas. Será que Jesus
realmente existiu? O que historiadores e pessoas de
destaque, no passado e no presente, disseram sobre
a existência de Jesus?
˙ Michael Grant, historiador e especialista no estudo
de civilizações antigas, escreveu: “Devemos usar
para o Novo Testamento o mesmo critério que usamos para outros escritos antigos que contêm informações históricas. Se fizermos isso, teremos de aceitar que Jesus realmente existiu. Se rejeitamos
a existência de Jesus, então podemos rejeitar também a existência de vários personagens históricos
pagãos que ninguém duvida que existiram.”
˙ Rudolf Bultmann, professor universitário de estudos
do Novo Testamento, declarou: “A dúvida quanto à
existência de Jesus não tem base nem merece ser
contestada. Ninguém em sã consciência pode duvidar que Jesus foi o fundador [do cristianismo].”
˙ Will Durant, historiador, escritor e filósofo, escreveu:
“Seria um milagre ainda mais incrível [do que qualquer milagre registrado nos Evangelhos] que apenas em uma geração uns tantos homens simples . . .
inventassem uma personalidade tão poderosa e
atraente como a de Jesus, uma moral tão elevada e
uma tão inspiradora ideia da fraternidade humana.”
˙ Albert Einstein, físico nascido na Alemanha,
disse: “Sou judeu, mas fico encantado com a figura
luminosa do Nazareno.” Numa ocasião, perguntaram
a ele se acreditava que Jesus tinha existido de verdade. Ele respondeu: “Sem dúvida! Ninguém consegue
ler o Evangelho sem sentir a presença real de Jesus.
A personalidade dele pulsa em cada palavra. Nenhum
mito tem tanta vida assim.”
Despertai! N.° 5 2016
3
O QUE A HISTÓRIA REVELA
O registro mais detalhado da vida e do ministério de Jesus está nos quatro livros
bíblicos conhecidos como Evangelhos, que foram escritos por Mateus, Marcos, Lucas
e João. Mas várias outras obras antigas e não cristãs citam o nome de Jesus.
TÁCITO
SUETÔNIO
PLÍNIO,
O MOÇO
(Cerca de 56-120 d.C.) Tácito é considerado um dos maiores historiadores
romanos da Antiguidade. Uma de suas obras trata do Império Romano durante os anos 14 a 68. (Jesus morreu no ano 33.) Tácito escreveu que o imperador Nero foi acusado de causar um incêndio que devastou Roma no
ano 64. Depois de dizer que Nero pôs a culpa nos cristãos, Tácito escreveu:
“O autor do . . . nome [“cristãos”] foi Cristo, que no governo de Tibério foi
condenado ao último suplício pelo procurador Pôncio Pilatos.” (Anais, XV.)
(Cerca de 69–depois de 122 d.C.) Esse historiador romano registrou eventos
que ocorreram durante os governos de vários imperadores romanos. Ao falar
do imperador Cláudio, Suetônio mencionou conflitos que ocorreram entre os
judeus em Roma, provavelmente causados por discussões a respeito de Jesus. (Atos 18:2) Ele escreveu que os judeus que causavam tumultos “por
incitamento de Cresto [Cristo, nota], foram expulsos de Roma por ele [Cláudio]”. (A Vida dos Doze Césares, Editora Martin Claret: 2005, p. 263.) Suetônio estava errado ao afirmar que Jesus estava provocando tumultos, mas ele
não negou que Jesus existia.
(Cerca de 61-113 d.C.) Esse escritor romano foi também governador da Bitínia (atual Turquia). Na época, ele escreveu ao imperador Trajano sobre como
estava tratando os cristãos na Bitínia. Plínio disse que tentava forçar os cristãos a renunciar sua fé e que executava os que não fizessem isso. Ele escreveu: “Decidi libertar os que . . . repetiram comigo uma invocação aos deuses
[pagãos] e adoraram . . . sua imagem [isto é, do imperador], . . . e que, por
fim, amaldiçoaram Cristo.” (Cartas de Plínio,1 Livro X, XCVI.)
1 Tttulo em inglês: Pliny—Letters.
Tácito: 5 Mary Evans Picture Library/age fotostock; Suetônio: 5 Mary Evans Picture Library;
Plínio, o Moço: 5 De Agostini Picture Library/age fotostock
(Cerca de 37-100 d.C.) Em uma de suas obras, esse sacerdote judeu e historiador falou sobre Ananias, um sumo sacerdote judaico com muita influência
política. Flávio Josefo escreveu que Ananias reuniu “um conselho, diante do
qual fez comparecer Tiago, irmão de Jesus, chamado Cristo”. (Antiguidades
Judaicas, Livro XX.)
FLÁVIO
JOSEFO
O TALMUDE
Essa coleção de escritos religiosos judaicos foi produzida entre os anos 200
e 500. Ela deixa claro que até os inimigos de Jesus acreditavam na sua existência. Um trecho do Talmude diz que na “Páscoa Yeshu [Jesus], o Nazareno,
foi pendurado”. A história confirma essa informação. (Talmude Babilônico,
Sinédrio 43a, Códice de Munique; veja João 19:14-16.) Outra passagem diz:
“Que nenhum de nossos filhos ou alunos se envergonhe em público como o
Nazareno.” (Talmude Babilônico, Berakoth 17b, nota, Códice de Munique.)
“Nazareno” era um título dado a Jesus. — Lucas 18:37.
O QUE A BÍBLIA REVELA
Os Evangelhos contêm um relato bem
abrangente da vida e do ministério de Jesus.
Os nomes de pessoas, lugares e períodos específicos mostram que esses relatos são história real. Um exemplo disso está em Lucas
3:1, 2. Esse texto nos ajuda a saber a data
exata em que João Batista, que anunciou a
chegada de Cristo, começou a sua obra.
Lucas escreveu: “No décimo quinto ano
do reinado de Tibério César — quando Pôncio
Pilatos era governador da Judeia, Herodes
era governador distrital da Galileia, seu irmão
Filipe era governador distrital da região da Itureia e de Traconites, e Lisânias era governador
distrital de Abilene —, nos dias do principal sacerdote Anás, e de Caifás, a declaração de
Deus chegou a João, filho de Zacarias, no deserto.” Essas informações detalhadas e historicamente corretas nos ajudam a saber que “a
declaração de Deus chegou a João” no ano 29.
“Toda a Escritura é inspirada por Deus.”
— 2 Timóteo 3:16
Despertai! N.° 5 2016
5
“Ninguém consegue ler
o Evangelho sem sentir a
presença real de Jesus.”
— Albert Einstein
Jesus ensinou sobre um governo
chamado “Reino de Deus”
As sete pessoas que Lucas citou por nome
são bem conhecidas pelos historiadores. Mas
nem sempre foi assim. Por um tempo, alguns
críticos afirmaram precipitadamente que Pôncio Pilatos e Lisânias não existiram. Só que
mais tarde foram descobertas inscrições antigas com o nome desses dois governantes.
Assim, ficou claro que Lucas estava certo o
tempo todo.1
POR QUE SABER DISSO É IMPORTANTE
Os ensinos de Jesus são importantes. Por
isso, vale a pena saber se ele existiu mesmo.
Por exemplo, Jesus ensinou como ser feliz e
ter objetivo na vida.2 Também falou de um
tempo em que os humanos vão viver em paz,
segurança e união, debaixo de um único governo: o “Reino de Deus”. — Lucas 4:43.
O termo “Reino de Deus” indica que Deus
vai usar esse governo para exercer sua soberania, ou autoridade, em toda a Terra. (Apocalipse 11:15) Jesus deixou isso claro quando fez
a oração-modelo: “Pai nosso, que estás nos
céus, . . . venha o teu reino. Seja feita a tua
vontade . . . na terra.” (Mateus 6:9, 10) O que
1 Foi encontrada uma inscrição com o nome de um “tetrarca”,
ou “governador distrital”, chamado Lisânias. (Lucas 3:1, nota) Ele
governou Abilene exatamente na época mencionada por Lucas.
2 Veja um exemplo dos ensinos de Jesus em Mateus, capítulos 5
a 7. O discurso que ele fez nesses capítulos é conhecido como
Sermão do Monte.
esse governo vai fazer pelos humanos? Veja
algumas coisas:
Guerras e conflitos civis vão acabar.
— Salmo 46:8-11.
A maldade, a ambição e a corrupção
vão deixar de existir, junto com as
pessoas más. — Salmo 37:10, 11.
Os humanos terão um trabalho
produtivo, que lhes dará satisfação.
— Isaías 65:21, 22.
A Terra vai se recuperar e vai produzir
muito alimento. — Salmo 72:16;
Isaías 11:9.
Algumas pessoas acham que essas promessas não passam de um sonho. Mas não concorda que sonho seria esperar que os humanos melhorassem o mundo? Pense bem: a
humanidade já fez progressos incríveis na
área da ciência, da educação e da tecnologia.
Mesmo assim, milhões de pessoas não sabem o que esperar do futuro. Somos afetados
por crises políticas e econômicas, opressão religiosa, ambição e corrupção. Não há dúvidas:
o governo do homem é um fracasso! — Eclesiastes 8:9.
Assim, a existência de Jesus é um assunto
que merece nossa atenção. A Bíblia diz em
2 Coríntios 1:19, 20: “Não importa quantas
sejam as promessas de Deus, elas se tornaram
‘sim’ por meio dele [Cristo].”1 ˛
1 Para saber mais sobre Jesus e as coisas que ele ensinou, visite o site jw.org e acesse ENSINOS BÍBLICOS ˛ PERGUNTAS BÍBLICAS
RESPONDIDAS.
O B S E R VA N D O O M U N D O A M É R I C A S
EM FOCO:
AMÉRICAS
Estas notícias mostram que a
Bíblia tem princípios sábios,
que nos ajudam até hoje.
DEIXAR O E-MAIL DE LADO PARA FICAR
MENOS ESTRESSADO As pessoas ficam
menos estressadas quando olham
seus e-mails apenas três vezes por
dia. Isso foi o que revelou uma pesquisa realizada em Vancouver, Canadá. O pesquisador-chefe, Kostadin
Kushlev, disse: “As pessoas acham difícil resistir à tentação de olhar seus
e-mails toda hora. Mas resistir a essa
tentação diminui o estresse.”
PENSE NISTO: Vivemos em “tempos crí-
ticos, difíceis de suportar”. Por isso, é
bom fazer todo o possível para diminuir o estresse. — 2 Timóteo 3:1.
RECUPERAÇÃO DOS EFEITOS DA SOBREPESCA Um relatório
da Sociedade para a Conservação da Vida Selvagem (WCS,
sigla em inglês) diz sobre Belize e outras áreas do Caribe:
“Existem casos documentados de aumento na população de
moluscos, lagostas e peixes em zonas de preservação.” O relatório diz ainda: “A recuperação de espécies ameaçadas em
zonas de preservação pode levar de um a seis anos, mais rápido do que em áreas de pesca livre. Mas a recuperação
completa . . . pode demorar décadas.” Janet Gibson, diretora de um programa da WCS, disse: “Fica claro que as zonas
de preservação podem ajudar a recuperar as áreas de pesca
e a biodiversidade [de Belize].”
PENSE NISTO: A natureza tem uma capacidade incrível de se
recuperar. Será que isso não é evidência de que existe um
Criador inteligente? — Salmo 104:24, 25.
VIOLÊNCIA NO BRASIL Relatórios da Agência Brasil mostram
que a violência nesse país está aumentando. Em 2012, o número de assassinatos ultrapassou 56 mil, a maior taxa anual
registrada pelo Ministério da Saúde. Para Luís Sapori, especialista em segurança pública, esses dados mostram que os
valores morais estão em decadência. Ele disse que, quando
as pessoas perdem o respeito pelas leis, elas “passam a usar
da força física para prevalecer seus interesses”.
VOCÊ SABIA? A Bíblia predisse um tempo em que o amor da
maioria das pessoas esfriaria e haveria um aumento do que
é contra a lei. — Mateus 24:3, 12.
Despertai! N.° 5 2016
7
A J U D A PA R A A FA M Í L I A C R I A Ç Ã O D E F I L H O S
Como falar
com seus
filhos sobre
sexo
O DESAFIO
O QUE VOCÊ DEVE SABER
Algumas décadas atrás, os
pais conseguiam ser os primeiros a falar com seus filhos sobre sexo. E eles podiam explicar as coisas aos poucos, de
acordo com a idade e a personalidade de cada filho.
O conteúdo sexual está em toda a parte. Deborah Roffman,
autora do livro Fale Comigo Primeiro,1 escreveu: “Imagens sexuais e linguagem de duplo sentido estão em todo lugar: em
conversas, propagandas, filmes, livros, músicas, programas
de TV, revistas, videogames, outdoors, telefones e computadores. Por isso, muitos [adolescentes, pré-adolescentes e até
crianças] concluem, talvez sem perceber, que o sexo deve ser
. . . a coisa mais importante da vida.”
Agora a realidade é outra. O livro O Efeito Lolita diz: “Cada
vez mais cedo, as crianças estão sendo expostas a mensagens sexuais, e o conteúdo sexual na mídia para crianças é
cada vez maior.” Será que isso
ajuda ou atrapalha o desenvolvimento das crianças?
Parte da culpa é das propagandas. Profissionais da propaganda e vendedores fazem de tudo para vender peças sensuais para as crianças. Isso faz com que elas, desde bem
cedo, se importem demais com a aparência. O livro A Infância Perdida2 comenta que os profissionais da propaganda
exploram as fragilidades emocionais das crianças. O livro diz:
“Todas essas imagens e produtos sexuais não têm a intenção
de vender sexo às crianças — têm a intenção de fazê-las
comprar.”
Só dizer como funciona não é suficiente. Existe uma diferença entre saber como um carro funciona e ser um bom motorista. Do mesmo modo, os filhos não precisam apenas saber o
que é sexo. Eles precisam usar o que sabem para tomar boas
decisões.
A conclusão é: Hoje, mais do que nunca, você precisa treinar
seus filhos para que eles consigam “distinguir tanto o certo
como o errado”. — Hebreus 5:14.
1 Tttulo original: Talk to Me First.
2 Tttulo original: So Sexy So Soon.
r
Veja mais conselhos para a família no site jw.org
O QUE VOCÊ PODE FAZER
Não fuja da responsabilidade. Falar com seus filhos sobre sexo
talvez seja um pouco esquisito. Mas fazer isso é responsabilidade sua! — Princípio bíblico: Provérbios 22:6.
Fale aos poucos. Em vez de falar tudo de uma vez, converse
com seu filho enquanto vocês fazem atividades do dia a dia ou
enquanto estão no carro. Para ajudar seu filho a se abrir, pergunte a opinião dele. Imagine que vocês vejam uma propaganda com uma imagem sensual. Talvez não seja bom perguntar:
“Você gosta desse tipo de propaganda?” É melhor perguntar:
“Por que você acha que eles usam essas imagens para vender
um produto?” Deixe seu filho responder. Depois, pergunte:
“O que você acha disso?” — Princípio bíblico: Deuteronômio
6:6, 7.
Fale de acordo com a idade. Antes de os filhos irem para a escola, você já pode ensinar os nomes certos dos órgãos sexuais.
Também pode mostrar como se proteger de pedófilos. Com o
tempo, explique como os bebês nascem. Antes de eles chegarem à puberdade, é preciso que entendam bem os aspectos físicos e morais do sexo.
Ensine valores morais. Desde bem cedo, você deve ensinar valores a seus filhos, como honestidade, responsabilidade e respeito. Esses valores serão como um alicerce para quando você
for falar com eles sobre sexo. Também explique o que você considera certo e errado. Por exemplo, se acredita que sexo antes
do casamento é errado, diga isso claramente aos seus filhos.
Explique por que é errado e quais são as consequências. O livro
Uma Longa Conversa Não Basta1 diz: “Quando um adolescente
sabe que seus pais não aprovam o sexo antes do casamento, é
menos provável que ele faça sexo.”
Dê o exemplo. Aja de acordo com o que você ensina. Por exemplo, você ri de piadas imorais? Você se veste de modo sensual?
Você flerta? Se fizer essas coisas, vai ser mais difícil ajudar seus
filhos a ter bons valores. — Princípio bíblico: Romanos 2:21.
T E X T O S P R I N C I PA I S
“Eduque a criança [ou, “o jovem”,
nota] no caminho em que ela deve
andar; mesmo quando ela envelhecer, não se desviará dele.”
— Provérbios 22:6.
“Você deve gravar [as ordens de
Deus] em seus filhos.” — Deuteronômio 6:6, 7, nota.
“Você, que ensina a outros, não
ensina a si mesmo?” — Romanos
2:21.
O PAPEL DOS PAIS
Algumas pessoas acham que os
filhos, incluindo os adolescentes,
são mais influenciados pelos colegas do que pelos pais. Mas isso
não é verdade. O livro Fale Comigo
Primeiro diz: “As crianças procuram orientação para entender o
mundo à sua volta. Para isso, elas
sempre buscam primeiro a ajuda
dos adultos mais próximos. Elas
só buscam ajuda em outro lugar
quando percebem que esses adultos não estão presentes ou não
querem ajudar. . . . Décadas de
pesquisa revelaram o que já se
imaginava: pais que conversam
com seus filhos sobre assuntos
como sexo criam jovens responsáveis e capazes de tomar boas decisões. E, mais importante, conseguem evitar que seus filhos
desenvolvam tendências ruins.”
Não fale do sexo de modo negativo. O sexo é um presente de
Deus e pode dar muita satisfação no contexto certo: o casamento. (Provérbios 5:18, 19) Explique ao seu filho que, com
o tempo, ele vai poder usar esse presente sem se preocupar
com os problemas que acompanham o sexo antes do casamento. — 1 Timóteo 1:18, 19. ˛
1 Tttulo original: Beyond the Big Talk.
Despertai! N.° 5 2016
9
Um elemento químico
fantástico
“Nenhum elemento é tão essencial para a vida quanto o carbono”, diz o livro
Os Elementos Básicos da Natureza.1 O carbono é um elemento sem igual.
Ele se combina com muitos elementos químicos e com outros átomos de
carbono. Assim, pode formar milhões de substâncias. Muitas delas ainda
estão sendo descobertas ou produzidas em laboratórios.
Os átomos de carbono podem se estruturar em vários formatos, como
correntes, pirâmides, bolas, folhas e tubos. Sem dúvida, o carbono é um
elemento químico fantástico! ˛
1 Tttulo original: Nature’s Building Blocks.
DIAMANTE
Um diamante é formado por átomos de carbono que se estruturam em pirâmides chamadas de tetraedros. Essa estrutura é
extremamente forte, tanto que o diamante é a substância natural mais dura que se conhece. Um diamante perfeito é formado
basicamente por uma única molécula de átomos de carbono.
GRAFITE
Para formar a grafite, átomos de carbono bem amarrados uns
aos outros são organizados em camadas, como se fossem
folhas de papel empilhadas. Essas características fazem da
grafite um excelente lubrificante. Ela também é essencial na
fabricação de lápis.1
GRAFENO
O grafeno é formado por átomos de carbono que se organizam
em uma estrutura hexagonal entrelaçada, como se fosse uma
treliça. A força de tensão do grafeno é muito maior que a do
aço. Um risco de lápis pode ter pequenas quantidades de grafeno em uma ou mais camadas.
1 Veja o artigo “Alguém tem um lápis?”, na Despertai! de julho de 2007.
Carbono: um elemento produzido nas estrelas
O carbono se forma pela combinação de três núcleos de hélio.
Os cientistas acreditam que isso acontece dentro de estrelas chamadas gigantes vermelhas. Mas é preciso que haja as condições
perfeitas para isso. O físico Paul Davies escreveu: “Se ocorresse
qualquer mudança [nas leis físicas], mesmo que infinitamente pequena, não existiria o Universo, nem vida e, obviamente, não existiriam seres humanos.” O que poderia ter causado essas condições
ideais para a formação do carbono? Alguns dizem que isso ocorreu
por acaso. Para outros, isso é prova de que existe um Criador inteligente. Qual dessas explicações você acha que faz mais sentido?
SOHO (ESA & NASA)
FULERENOS
Laurie Excell/Fogstock/age fotostock
Os fulerenos são moléculas ocas de carbono que podem ter
vários formatos, como bolas microscópicas ou tubos, que são
chamados nanotubos. Eles são medidos em nanômetros.
Cada nanômetro equivale a um bilionésimo de um metro.
ORGANISMOS VIVOS
As células que formam plantas, animais e humanos são construídas em uma estrutura de carbono. Esse elemento é encontrado
em carboidratos, gorduras e aminoácidos.
‘As qualidades invisíveis de Deus são
percebidas por meio das coisas feitas.’
— Romanos 1:20.
Despertai! N.° 5 2016
11
O C O N C E I TO D A B Í B L I A G R AT I D Ã O
G R AT I D Ã O
Ser grato traz benefícios físicos, mentais e emocionais.
Por isso, todos nós deveríamos mostrar gratidão no dia a dia.
Em que sentido ser grato faz bem?
O QUE A CIÊNCIA DIZ Uma publicação médica
da Universidade de Harvard1 afirma: “Existe
uma forte relação entre gratidão e felicidade.
A gratidão ajuda as pessoas a ser mais positivas, a aproveitar os bons momentos da
vida e a lidar melhor com os problemas. Também melhora a saúde e ajuda a construir relacionamentos mais fortes.”
O QUE A BÍBLIA DIZ A Bíblia nos incentiva a
mostrar gratidão. O apóstolo Paulo escreveu: “Mostrem-se gratos.” E ele deu um bom
exemplo nesse sentido. Quando ele pregou
para algumas pessoas e elas aceitaram a
mensagem, ele agradeceu muito a Deus.
(Colossenses 3:15; 1 Tessalonicenses 2:13)
É claro que não vamos ser felizes só por dizer
“obrigado” de vez em quando. Precisamos
1 Harvard Mental Health Letter
r
ter uma atitude de gratidão. Assim, não vamos achar que as pessoas são obrigadas a
fazer coisas por nós. Essa atitude também
vai nos proteger da inveja e do ressentimento, sentimentos que tiram nossa alegria e levam as pessoas a se afastar de nós.
Nosso Criador também nos dá um bom
exemplo. Ele mostra gratidão até pelo que os
humanos fazem! Hebreus 6:10 diz: “Deus não
é injusto para se esquecer da sua obra e do
amor que vocês mostraram ao nome dele.”
Para Deus, a falta de gratidão é uma forma
de injustiça.
“Estejam sempre alegres. Deem graças
por todas as coisas.” — 1 Tessalonicenses
5:16, 18.
Veja mais respostas a perguntas bíblicas no site jw.org
Como a gratidão melhora nossa relação
com outras pessoas?
O QUE A EXPERIÊNCIA MOSTRA Quando al-
guém nos dá um presente ou nos diz algo
bondoso e agradecemos de coração, a pessoa se sente valorizada. Até um desconhecido se sente bem quando agradecemos por
um gesto bondoso, como segurar a porta.
O QUE A BÍBLIA DIZ Em Lucas 6:38, Jesus dis-
se: “Pratiquem o dar, e lhes será dado. Derramarão na dobra da sua roupa uma boa
medida, comprimida, sacudida e transbordante.” Veja o que aconteceu com Rose,
uma menina surda de Vanuatu, uma ilha no
sul do Pacífico.
Rose costumava ir às reuniões das Testemunhas de Jeová, mas não entendia quase
nada porque nem ela nem outros na congregação sabiam língua de sinais. Daí, um casal
que sabia língua de sinais visitou a congregação e viu a situação de Rose. Eles começaram a dar aulas de língua de sinais para
ela e para outros interessados. Rose ficou
muito grata pela ajuda deles. Ela diz: “Fico
feliz de ter tantos amigos que me amam.”
Ela também começou a dar comentários nas
reuniões. O casal ficou muito contente ao
perceber a gratidão de Rose e ver esses resultados. Rose também é grata pelos esforços que outras pessoas fizeram para aprender a língua de sinais e se comunicar com
ela. — Atos 20:35.
‘Quem oferece agradecimentos como
sacrifício glorifica a Deus.’ — Salmo 50:23.
Como você pode desenvolver gratidão?
O QUE A BÍBLIA DIZ O que sentimos tem mui-
to a ver com o que pensamos. Veja o
exemplo de Davi. Ele era uma pessoa que
sempre demonstrava gratidão. O que o ajudava a ser grato? Durante toda a sua vida,
ele meditou nas coisas que Deus fazia. (Salmo 71:5, 17) Numa oração, ele disse a
Deus: “Medito em todos os teus atos; reflito
no trabalho das tuas mãos com vivo interesse.” (Salmo 143:5) Ou seja, ele não era uma
pessoa superficial; ele pensava em assuntos
profundos. Isso o ajudou a desenvolver gratidão.
A Bíblia nos dá um ótimo conselho: ‘Tudo
que é verdadeiro, tudo que é amável, tudo
de que se fala bem, tudo que é virtuoso e
tudo que é digno de louvor, continuem a
pensar nessas coisas.’ (Filipenses 4:8, nota)
A expressão “continuem a pensar” confirma
que, para termos uma atitude de gratidão,
precisamos tirar tempo para pensar nas coisas positivas que temos na nossa vida. ˛
“As reflexões do meu coração revelarão
entendimento.” — Salmo 49:3.
Despertai! N.° 5 2016
13
L I Ç Õ E S D O PA S S A D O A R I S T Ó T E L E S
ARISTÓTELES
HÁ MAIS de 2.300 anos, Aristóteles fez contribuições
importantes para a ciência e a filosofia. Até hoje as
pessoas se interessam pelas coisas que ele escreveu.
Suas obras ainda são estudadas e são traduzidas
para vários idiomas. James MacLachlan, professor
universitário de História, escreveu: “As concepções
aristotélicas sobre a natureza dominaram o pensamento europeu por quase dois milênios.” Alguns dos
ensinos de Aristóteles influenciaram o catolicismo, o
protestantismo e até o islamismo.
) Aristtteles tinha paixão pelo
conhecimento. Ele tinha “uma
profunda reverência pelo valor
e pela excelência do universo
que o cercava”. — Aristóteles,
de Jonathan Barnes.
) Ele acreditava que a natureza
tem um “Primeiro Motor”, o causador de um movimento eterno.
Esse “Primeiro Motor” seria bom
e existiria fora do Universo.
) Aristtteles é considerado o pai
da biologia e da lógica.
) Aristtteles foi instrutor de um
menino da Macedônia que se tornou líder de um grande império,
Alexandre, o Grande.
Fonte: The Historians’ History of the World, Vol. IV, Henry Smith Williams, 1904
CURI O S I DAD E S
Uma infinidade de interesses
Aristóteles escreveu sobre astronomia, biologia, psicologia, magnetismo, movimento, direito, política, linguagem, arte, poesia, lógica, metafísica, retórica, ética, prazer e também sobre a alma, que ele considerava mortal.
Mas ele é famoso principalmente pelas suas obras sobre
biologia e lógica.
Na antiga Grécia, os estudiosos tentavam explicar o
mundo à sua volta. Para isso, observavam as coisas e tiravam conclusões se guiando pela lógica. Eles escolhiam
uma verdade óbvia como ponto de partida. Aqueles estudiosos achavam que, se refletissem sobre essas verdades, conseguiriam chegar a um entendimento correto sobre o mundo.
Esse método os ajudou a chegar a algumas conclusões corretas. Uma dessas conclusões é que existe
certa ordem no Universo. Só que a capacidade de observação deles estava limitada ao que podiam ver a olho nu.
Por causa dessa limitação, muitos dos homens mais inteligentes do passado se enganaram, inclusive Aristóteles. Por exemplo, eles acreditavam que os planetas e as
estrelas giravam em torno da Terra. Naquela época, essa
era considerada uma verdade óbvia. No livro Como a
Alguns ensinos de Aristóteles se
transformaram em verdades absolutas
Mente Ocidental Se Fechou,1 Charles Freeman diz: “A razão e a experiência pareciam confirmar a visão dos gregos de que a Terra era o centro do Universo.”
Se esse conceito equivocado tivesse ficado apenas no
campo da ciência, muitos problemas sérios teriam sido
evitados. Mas não foi isso que aconteceu.
1 Tttulo original: The Closing of the Western Mind.
2 Para saber mais, leia o artigo “Galileu confronta a Igreja”, na Despertai! de
22 de abril de 2003.
+
Muitas pessoas acreditavam que
a Terra era o centro do Universo
Eles foram al ém
do que a B íblia diz
Alguns teólogos antigos adotaram a ideia de Aristóteles de que
a Terra era o centro do Universo.
Isso aconteceu porque interpretaram passagens bíblicas de modo
errado. Por exemplo, o Salmo
104:5 diz: “[Deus] estabeleceu a
terra em seus alicerces; ela nunca,
jamais, será tirada do seu lugar.”
Nesse texto, a Bíblia não está falando do lugar da Terra no Universo. Na verdade, o escritor desse
salmo usou linguagem poética
para dizer que a vontade de Deus
é que a Terra nunca deixe de existir. — Eclesiastes 1:4.
Quando a Bíblia entra no campo
da ciência, ela sempre é exata.
Por exemplo, Jó 26:7, que foi escrito cerca de 3.500 anos atrás,
diz que Deus “suspende a terra
sobre o nada”. E Jó 38:33 fala que
existem leis governando os corpos
celestes.
Despertai! N.° 5 2016
15
Fonte: Harmonia Macrocosmica seu Atlas Universalis et Novus, Gerardum Valk & Petrum Schenk, Amsterdã, 1708
O catolicismo adota as ideias de Aristóteles
Na Europa “cristã” entre os anos 500 e 1500, alguns
ensinos de Aristóteles se transformaram em verdades
absolutas. Teólogos católicos, principalmente Tomás de
Aquino (cerca de 1224-1274), usaram os escritos de Aristóteles na sua teologia. Foi assim que a ideia de Aristóteles de que a Terra é o centro do Universo se transformou
em doutrina católica. Alguns líderes protestantes, como
Calvino e Lutero, também adotaram esse ensino. Eles
diziam que essa doutrina era baseada na Bíblia. — Veja o
quadro “Eles foram além do que a Bíblia diz”.
O escritor Charles Freeman disse: “Em algumas áreas
do pensamento, quase não havia diferença entre [os ensinos de Aristóteles] e o catolicismo.” Por causa disso,
alguns dizem que Tomás de Aquino converteu Aristóteles
ao catolicismo. Mas, como diz Freeman, a verdade é
que “Tomás de Aquino se tornou um discípulo de Aristóteles”. E podemos dizer que, até certo ponto, a Igreja
também! Isso causou sérios problemas para o astrônomo e matemático italiano Galileu Galilei. Ele teve a ousadia de dizer, com base em suas observações pessoais,
que a Terra girava em torno do Sol. O resultado é que ele
foi julgado pela Inquisição e forçado a negar sua teoria.2 É interessante que o próprio Aristóteles acreditava
que o conhecimento científico não é definitivo e está sujeito a mudanças. Infelizmente, as igrejas não pensavam
o mesmo. ˛
“Um novo jeito de aprender”
s
n
o
Arquivos gratuitos
para download
desta revista e de
revistas anteriores
p
palestra organizada pela Fundação para a
Prevenção da Violência Juvenil. Ela disse:
“Os desenhos do vídeo são muito divertidos e chamam a atenção dos jovens. Sem
falar que o vídeo tem ótimas dicas que
mostram não só como lidar com a violência, mas também como evitá-la.” A fundação pediu permissão para usar o vídeo em
suas palestras, que são feitas em muitas
escolas de ensino médio e fundamental, e
a permissão foi dada. Até autoridades policiais estão usando vídeos do jw.org.
Se ainda não conhece esse site, faça
uma visita! É fácil navegar nas páginas do
jw.org. Além disso, você poderá baixar áudios, vídeos, a Bíblia e outras publicações.
Todo o conteúdo do site é gratuito. ˛
Bíblia disponível
on-line em cerca
de 130 idiomas
Acesse
www.jw.org
ou capture
o código
g16.5-T
160617
SOO-JEONG é educadora no ensino médio, na Coreia do Sul. Ela costuma usar vídeos do site jw.org em suas aulas. Ela diz:
“A reação dos alunos ao vídeo O Que É um
Amigo de Verdade? é incrível! Depois de
assistir a esse vídeo, eles costumam dizer: ‘Eu nunca tinha pensado nesse assunto dessa forma. É um novo jeito de aprender!’ Alguns até disseram que pretendem
acessar o site quando precisarem de algum conselho.” Soo-jeong disse que já recomendou esse vídeo a vários colegas de
trabalho e que eles gostam de usá-lo em
suas aulas.
Outro vídeo do jw.org que fez sucesso
entre muitos alunos na Coreia do Sul foi a
animação em quadro branco Como Enfrentar o Bullying sem Partir para a Briga.
Uma professora universitária mostrou
esse vídeo a um grupo de alunos numa