as armas do meu adufe

Сomentários

Transcrição

as armas do meu adufe
AS ARMAS DO MEU ADUFE A B A B A B A B As armas do meu adufe, as armas do meu adufe, são de pau de laranjeira, são de pau de laranjeira. Quem houver de tocar nele, quem houver de tocar nele, há de ter a mão ligeira, Há de ter a mão ligeira. O rosmaninhal se queixa, o rosmaninhal se queixa, de não ter moças formosas, de não ter moças formosas. Subam lá cima Idanha, subam lá cima Idanha, que até as silvas dão rosas, que até as silvas dão rosas. Estrutura musical do arranjo Estrutura do texto Introd. A B A B A B A B -­‐-­‐-­‐-­‐-­‐-­‐-­‐-­‐ Estrofe 1 Estrofe 2 Estrofe 3 Estrofe 4 © www.cantarmais.pt 

Documentos relacionados

E aqui termin´a história, Lara

E aqui termin´a história, Lara B Ni dolor tan aguda como el del amor Ni dolor tan aguda como el del amor

Leia mais

itinerary moto - Escuderia Castelo Branco

itinerary moto - Escuderia Castelo Branco ITINERARY MOTO 1st LEG September, 9 - Friday TC

Leia mais

GeoPark Naturtejo

GeoPark Naturtejo RUTA DE LOS FÓSILES Y RUTA CASTILLOS TEMPLARIOS

Leia mais