DOMUS_Apostila 01 - HISToRIA II - Modulo 36

Сomentários

Transcrição

DOMUS_Apostila 01 - HISToRIA II - Modulo 36
As reformas religiosas, protestante e católica,
indicaram, simbolicamente, a vitória da quaresma sobre
o carnaval, pois:
a) apontavam uma nova ordem social apoiada no projeto
de eliminação da miséria, da implantação da tolerância
e da afirmação dos valores burgueses;
b) acentuavam o caráter de reerguimento moral oriundo
das críticas ao mundanismo do clero católico e às
desordens sociais decorrentes das disputas teológicas,
do medo do diabo e das atitudes místicas que rompiam
com os procedimentos hierárquicos da Igreja Católica;
c) praticavam a repressão à cultura popular, proibindo
qualquer manifestação cultural que pudesse ridicularizar
a Igreja e introduziam o carnaval no calendário oficial da
vida civil;
d) reproduziam o novo pensamento religioso, mais
aberto para as reivindicações sociais e preocupado com
a formação dos estados estamentais;
e) reivindicavam um modo de vida contemplativa, no
qual o exame de consciência e o livre arbítrio adquiriam
um lugar central na formação da vocação religiosa.
Exercício 03
Questão 01
Criada no período da Reforma Católica do século XVI,
a Companhia de Jesus teve papel preponderante na
expansão da religião católica, tanto no campo europeu,
quanto nas missões do norte da África, da Ásia e da
América. No Brasil, a chegada dos jesuítas (1549)
inaugurou um novo período de conquista espiritual, em
virtude, entre outros aspectos, da atuação de seus
padres junto aos indígenas e aos colonos.
a) Caracterize a atuação dos jesuítas em relação aos
colonos no Brasil.
b) Cite duas outras ações da Igreja Católica em seus
reforços para conter a Reforma Protestante do século
XVI.
Questão 05
Questão 02
Nos últimos dias, recebemos duas notícias extraídas
de uma só raiz venenosa, a intolerância. A primeira
assustou pela violência [...] das bombas enviadas contra
a Anistia Internacional e outros defensores dos direitos
civis. A segunda estarreceu os cristãos, com o anúncio
do texto "Dominus Iesus" decretando o fim das árduas
tentativas ecumênicas do Concílio Vaticano 2°. Não sei
qual desses eventos ocasiona maior dor nas almas. As
bombas crescem no solo fértil dos anátemas (maldições)
religiosos, esse é o testemunho da história. Lendo os
escritos emanados da Cúria Romana nesses últimos
tempos, vemos um retorno ao séculos 16 e 17, época em
que as fogueiras arderam em nome do amor. [...] creio
ser o novíssimo documento do Vaticano uma reiterada
abertura à imposição de crenças, em desafio ao ensino
de Paulo: 'O temor da punição torna-se a nova regra, em
prejuízo do dever da consciência' (Romanos 13 5).
No meio de pestes terríveis, de repetidas guerras e
de aflitivas lutas civis, numa Europa Ocidental e Central
abalada por brutais reviravoltas da conjuntura
econômica, a Igreja de Cristo parecia navegar à deriva
para o abismo. Mas o século XVI viu-a recuperar-se e, ao
mesmo tempo, quebrar-se e mostrar à luz do dia o
escandaloso espetáculo de ódio entre os seus filhos.
(DELUMEAU, J. A Civilização do Renascimento.
Lisboa, Estampa, 1984.)
O texto acima refere-se à conjuntura do seguinte
processo histórico:
a) Iluminismo
b) Liberalismo
c) Reforma Religiosa
d) Revolução Filosófica e Científica
Roberto Romano: "Os mestres da verdade.." in "Folha de São
Paulo",Tendências/ Debates. 11 de setembro de 2000
Questão 03
Em 1545, diante da necessidade de fazer frente à
expansão do protestantismo e de repensar as doutrinas
e práticas da Igreja Católica, o Papa Paulo III convocou o
Concílio de Trento, que organizou a chamada ContraReforma e cujas orientações guiaram os católicos
durante séculos.
Em 1962, a convocação do Concílio Vaticano 2° pelo
Papa João XXIII, também pode ser vista como uma
resposta às demandas que se colocavam para a Igreja
Católica diante da nova realidade mundial no póssegunda guerra.
a) Explique uma medida adotada pela Igreja Católica a
partir do Concílio de Trento que teve por objetivo a
conter a expansão do protestantismo.
b) Identifique uma decisão tomada pelo Concílio
Vaticano 2° que exemplifique a busca da Igreja em
responder às demandas sociais do período.
"Os pintores representam às vezes o Cristo sobre um
arco-íris com uma espada saindo de sua boca. Mas os
pintores não deveriam representar uma vara com flores
e sim um bastão. E tanto o bastão quanto a espada
deveriam se dirigir para o mesmo lado, para abater os
danados: 'que se quebre o braço do ímpio, que se
persiga sua iniquidade e sua maldade não deixará
traços'. Estas palavras nos ensinam que é desta maneira
que a autoridade do Papa, inspirada pelo Anti-Cristo,
será destruída. A palavra do Cristo que é o sopro, o
bastão e a espada que saem de sua boca, manifestará
plenamente para o mundo a tirania e a sedução desta
Igreja".
(Trecho do opúsculo "SINCERA ADMOESTAÇÃO A TODOS OS
CRISTÃOS PARA QUE SE GUARDEM DE TODA REVOLTA", escrito em
1522, por Martinho Lutero.)
Questão 06
No texto Lutero ataca duramente a Igreja Católica e o
Papa, comparado por ele ao Anti-Cristo.
Apresente duas críticas formuladas pelo luteranismo à
Igreja Católica.
Aprovação em tudo que você faz.
O texto a seguir se refere ao período do início da
transição do feudalismo para o capitalismo.
1
www.colegiocursointellectus.com.br
DOMUS_Apostila 01 - HISTÓRIA II - Módulo 36 (Exercício 03)
Questão 04
Questão 08
As lutas religiosas na Europa do século XVI acabaram
tendo um dos seus episódios na Baía de Guanabara.
Assinale a opção que apresenta corretamente esse
episódio.
a) A presença de franceses com a intenção de criar a
cidade de Henryville e de estabelecer a França Antártica
nas Américas.
b) A presença francesa com o intuito de estabelecer uma
rota comercial, tendo como principal produto o pau
brasil e a constituição de uma colônia de luteranos nas
Américas.
c) A presença de comerciantes e de piratas franceses
com a responsabilidade de apoderar-se do pau brasil,
capturar indígenas e estabelecer no Maranhão uma
colônia de anabatistas.
d) A presença de franceses com o ideal de expansão dos
preceitos anglicanos e o desejo de construir a cidade de
Henryville.
e) A presença de franceses com a intenção de combater
os católicos e empreender o domínio da área sul das
Américas.
SODRÉ, N. W. "Síntese de História da Cultura Brasileira". Rio
de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999. 19. ed., p.15.
A articulação entre catequese e colonização na
América acima descrita pode ser entendida:
a) pelo interesse do colonizador europeu em conquistar
a confiança do ameríndio, conhecedor dos caminhos que
levaram às minas de metais preciosos existentes em
toda a região continental americana.
b) como uma preocupação quanto ao risco de influência
das religiões dos africanos, trazidos à América para o
trabalho escravo, sobre os ameríndios, afastando-os da
"verdadeira" religião (cristã).
c) pela busca da melhoria do trabalho do ameríndio
através da influência de uma cultura superior (a
europeia), o que garantiria uma possibilidade de
ascensão social do indígena a médio ou longo prazo.
d) como resultado de um conflito entre Igreja Católica e
os governantes dos Estados Modernos europeus, todos
em busca de afirmação política e econômica,
apresentando assim antagonismos inconciliáveis.
e) pela fusão de interesses nem sempre pacíficos dos
Estados colonizadores e da Igreja Católica visando, entre
outros objetivos, à maior exploração do "gentio" e seu
afastamento da pregação reformista.
Questão 09
Relações entre a pregação protestante e as
estruturas políticas então existentes foram muitas vezes
decisivas tanto para os destinos da pregação em si
quanto para os rumos afinal tomados pela organização
das novas Igrejas.
Questão 07
FRANCISCO JOSÉ CALAZANS FALCON In: RODRIGUES, Antonio
Edmilson M. e Falcon, Francisco José C. "Tempos modernos: ensaios de
história cultural". Rio de Janeiro: civilização Brasileira, 2000.
O texto acima se refere a processos da Reforma
Religiosa ocorridos na Europa. O movimento reformista,
entretanto, conheceu diferentes reações em distintas
áreas.
Indique duas causas para a Reforma Religiosa na
Inglaterra e uma consequência econômica desse
movimento.
Questão 10
"Quando o amor-próprio [egoísmo] começou a
crescer na terra, então começou o Homem a decair.
Quando a humanidade começou a brigar sobre a terra, e
alguns quiseram ter tudo e excluir os demais, forçandoos a serem seus servos: foi essa a Queda de Adão".
As
sociedades
europeias
do
século
XVI
testemunharam importantes fenômenos de ordem
religiosa, econômica, política e, em consequência dos
descobrimentos ultramarinos, global. Considerando tal
cenário, responda às questões a seguir:
a) Nessa época, o Ocidente europeu vivenciou a crise do
catolicismo e a reanimação do cristianismo. Explique tal
afirmação.
b) Indique uma cidade comercial asiática com a qual os
portugueses passaram a manter estreitos contatos a
partir de então, e explique de que maneira o padrão
europeu de consumo de mercadorias orientais contribuía
para reafirmar a hierarquia social vigente no Velho
Mundo.
Aprovação em tudo que você faz.
(Adaptado de HILL, Christopher. "O mundo de ponta-cabeça".
São Paulo: Companhia das Letras, 1987, p. 169)
a) Explique por que podemos associar o texto acima às
correntes mais radicais que atuaram na Revolução
Inglesa de 1640.
b) O texto acima pretende, à luz da Bíblia, discutir
algumas tensões próprias da sociedade inglesa do
século XVII. Cem anos antes, o mesmo procedimento
esteve presente nas rebeliões dos camponeses
anabatistas alemães.
Analise uma diferença entre o ideário anabatista e o
luterano no que se refere à autoridade dos príncipes.
2
www.colegiocursointellectus.com.br
DOMUS_Apostila 01 - HISTÓRIA II - Módulo 36 (Exercício 03)
A expansão navegadora que decorreu do
desenvolvimento mercantil ao fim do medievalismo é
contemporânea da cisão religiosa definida com a
Reforma. Como aquela expansão foi capitaneada pelas
nações católicas, "colonização" e catequese religiosa
confundiram-se.
Questão 06
Questão 01
Letra E.
a) Os jesuítas exerceram um papel de grande
importância em relação à educação dos filhos dos
grandes proprietários de escravos e terras até sua
expulsão. Sua presença foi tão significativa que seus
colégios constituíram-se enquanto marcos da ação
colonizadora portuguesa na América.
b) Convocação do Concílio de Trento;
Restauração da Inquisição;
Obrigatoriedade da frequência de futuros sacerdotes a
seminários;
Criação de um Índice de Livros Proibidos (Índex).
Questão 07
a) A crise da Igreja, expressa em questionamentos à
venda de indulgências, à devassidão do clero etc,
contribuiu para o desenvolvimento de movimentos
reformistas protestantes e radicais. As reformas
religiosas do Quinhentos - a católica entre elas - partiam
da mesma matriz, qual seja o cristianismo, e se inseriam
no movimento de reanimação ocorrido com as crises do
final da Idade Média. Cada uma delas se entendia como
a verdadeira intérprete do ideário cristão e via nos
opositores - as demais reformas - ameaças a semelhante
ideal.
b) O aluno poderá citar, entre outras, as cidades de Goa,
Diu e Macau. Deverá explicar ainda que, na Europa,
prevalecia uma hierarquia social marcada por diferenças
estamentais e impregnada de valores aristocráticos.
Assim, o consumo de produtos de luxo orientais pela
aristocracia e por grupos com pretensões de poder
(como os grandes negociantes da época) contribuía para
reforçar seu status e, pois, a sua preeminência social.
Questão 02
Letra C.
Questão 03
O luteranismo criticou várias práticas da Igreja
Católica e vários aspectos de sua doutrina: a venda de
indulgências, o poder temporal da Igreja, a ostentação
de luxo e riqueza, o culto aos santos e à Virgem Maria, a
adoração de imagens, o dogma da virgindade e da
ascenção de Maria, a ideia da infalibilidade do Papa, a
comunhão de todos os santos, a crença no purgatório, a
oração fúnebre, o sacramento da confissão e a ideia da
Igreja (e do clero) como intermediários da relação entre
os fiéis e Deus, insistindo na livre interpretação da Bíblia
e na relação direta do indivíduo com Deus.
Questão 08
Letra A.
Questão 09
Duas das causas:
- interesse do rei Henrique VIII nas terras da Igreja
- interesse da burguesia na queda de taxas e impostos
- interesse da burguesia em ampliar o seu poder no
Parlamento
- interesse do rei em fortalecer sua autoridade a partir
da criação de uma Igreja subordinada diretamente a ele
- não concessão da anulação do casamento do rei com
Catarina de Aragão pelo Papa e consequente interdição
de seu casamento com Ana Bolena
Uma das consequências:
- aceleração do processo de cercamento dos campos
- início da projeção da Inglaterra como potência
econômica e naval na Europa
- confisco e leilão das terras da Igreja Católica,
ampliando os recursos disponíveis à monarquia
Questão 04
Letra B.
Questão 05
a) O candidato deverá explicar uma medida adotada
pela Igreja Católica a partir do Concílio de Trento que
teve por objetivo a conter a expansão do
protestantismo, considerando:
- A utilização de ordens religiosas como agentes da
"reconquista", notadamente dos jesuítas e capuchinhos,
na Europa e com a fundação de missões na América e na
Ásia;
- A reorganização do Tribunal do Santo Ofício,
encarregado de combater as heresias, o protestantismo
e o judaísmo; a criação da Congregação do Índex,
organização eclesiástica encarregada de publicar a
relação dos livros contrários à doutrina e, portanto, de
leitura proibida aos católicos.
b) A realização dos cultos em língua nacional, a
utilização dos meios de comunicação para veiculação de
ideias, a ampliação da participação dos leigos na vida
religiosa, a definição por uma Igreja democrática e
ecumênica e o reconhecimento das liberdades religiosa
e de consciência.
Aprovação em tudo que você faz.
Questão 10
a) O crescimento do amor-próprio [egoísmo], entendido
como avanço da propriedade privada e/ou de diferenças
socioeconômicas, gerou conflitos na sociedade.
b) Os luteranos criticavam a Igreja Católica, no entanto
respeitavam a ordem temporal, pois a entendiam como
resultado da vontade de Deus, já os Anabatistas, além
de criticarem a Igreja Católica Romana, consideravam
que o príncipe era passível de críticas.
3
www.colegiocursointellectus.com.br
DOMUS_Apostila 01 - HISTÓRIA II - Módulo 36 (Exercício 03)
GABARITO

Documentos relacionados

Lista de Exercícios de Reforma

Lista de Exercícios de Reforma b) a liberdade de culto foi implementada, favorecendo a constituição de diversos grupos religiosos após a Reforma Protestante. c) o casamento civil, desvinculado da cerimônia religiosa, foi estabel...

Leia mais