Exercícios de Placas Tectônicas

Сomentários

Transcrição

Exercícios de Placas Tectônicas
PLACAS TECTÔNICAS
1. (Espcex (Aman) 2016) O relevo é o resultado da atuação de forças de origem interna e
externa, as quais determinam as reentrâncias e as saliências da crosta terrestre. Sobre esse
assunto, podemos afirmar que
I. o surgimento das grandes cadeias montanhosas, como os Andes, os Alpes e o Himalaia,
resulta dos movimentos orogenéticos, caracterizados pelos choques entre placas tectônicas.
II. o intemperismo químico é um agente esculpidor do relevo muito característico das regiões
desérticas, em virtude da intensa variação de temperatura nessas áreas.
III. extensas planícies, como as dos rios Ganges, na Índia, e Mekong, no Vietnã, são
resultantes do trabalho de deposição de sedimentos feito pelos rios, formando as planícies
aluviais.
IV. os planaltos brasileiros caracterizam-se como relevos residuais, pois permaneceram mais
altos que o relevo circundante, por apresentarem estrutura rochosa mais resistente ao
trabalho erosivo.
V. por situar-se em área de estabilidade tectônica, o Brasil não possui formas de relevo
resultantes da ação do vulcanismo.
Assinale a alternativa que apresenta todas as afirmativas corretas
a) I, II e III
b) I, III e IV
c) II, IV e V
d) I, II e V
e) III, IV e V
2. (Ufrgs 2016) Júlio Verne, ao escrever Viagem ao Centro da Terra, trouxe para a ficção o
conhecimento científico que estava sendo desenvolvido na época. Assim, a escolha da Islândia
como cenário para sua narrativa justifica-se pelas suas características geográficas, mas
também pela sua posição na crosta terrestre.
Considere as afirmações sobre a Islândia e sobre as camadas da Terra.
I. A Islândia, localizada em área de afastamento de placas tectônicas, possui vulcões ativos,
áreas geotermais e uma falha que corta o país de norte a sul.
II. O manto localizado sob a crosta terrestre é fluido e se movimenta através de correntes
convectivas que se formam pela diferença de temperatura existente no interior do planeta.
III. O núcleo, que apresenta uma parte interna sólida e uma parte externa líquida, é a camada
mais quente da Terra, e estima-se que sua temperatura pode atingir 6.000 °C.
Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.
3. (Upe-ssa 1 2016) Observe, atentamente, as ilustrações a seguir:
Pelas características observadas, é CORRETO afirmar que a sequência de ilustrações exibe
esquematicamente a
a) formação de extensas voçorocas em terrenos cristalinos.
b) separação de grandes placas litosféricas.
Página 1 de 11
PLACAS TECTÔNICAS
c) gênese e a evolução de morfoestruturas em estruturas geológicas dobradas.
d) formação de grandes vales em estruturas tectonicamente falhadas.
e) evolução de uma dorsal mesoceânica.
4. (Ueg 2016) Os movimentos orogenéticos, resultantes da deriva continental e dinâmica de
placas, são os responsáveis pela formação de grandes cadeias de montanhas no planeta, que
surgem em virtude do enrugamento ou soerguimento de extensas porções da crosta terrestre.
A cordilheira dos Andes resulta dessa dinâmica, e sua origem está relacionada ao choque
entre as placas
a) do Pacífico e Norte-Americana
b) de Nazca e Norte-Americana
c) do Pacífico e Sul-Americana
d) de Nazca e Sul-Americana
5. (Uece 2016) Os terremotos são fenômenos que demonstram nitidamente o caráter dinâmico
da Terra. Considerando esses eventos, analise as afirmações abaixo.
I. Os abalos sísmicos que ocorrem no Brasil são de baixa intensidade e, na sua grande
maioria, resultam das forças geológicas que atuam em toda a placa que contém o continente
sul-americano.
II. Os terremotos podem ocorrer na área de contato entre duas placas, assim como no interior
das mesmas.
III. Quando ocorre um abalo sísmico, são geradas ondas sísmicas capazes de se propagar em
todas as direções.
Está correto o que se afirma em
a) I e III apenas.
b) I e II apenas.
c) II e III apenas.
d) I, II e III.
6. (Unisc 2016) Leia o fragmento da notícia e observe o mapa abaixo.
Terremoto do Nepal desloca monte Everest em três centímetros
O forte terremoto de 7,8 graus que abalou o Nepal no dia 25 de abril de 2015 deslocou o
monte Everest, a maior montanha do planeta, em três centímetros para o sudoeste, afirma a
Administração chinesa de Estudos, Cartografia e Informação Geológica.
Adaptado de http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/planeta-ciencia/noticial/2015/06/terremoto-donepal-desloca-monte-everest-em-tres-centimetros-4782584.html. Acesso em 02/09/2015.
Página 2 de 11
PLACAS TECTÔNICAS
Considere as proposições a seguir:
(
(
(
(
(
) De acordo com o mapa as placas tectônicas que provocaram o terremoto no Nepal foram
as placas Euro-asiática e a Indo-australiana, que apresentam um limite divergente.
) O Nepal localiza-se no continente africano.
) O maior número de fossas abissais ou oceânicas situa-se na Dorsal Meso-Atlântica.
) As placas tectônicas se deslocam sobre a Astenosfera e provocam a deriva continental.
) O Nepal e o Japão, que sofrem intensamente com terremotos, estão preparados para
enfrentar esse fenômeno natural. Isso decorre do nível de desenvolvimento desses
países e de suas condições econômicas, que possibilitam investimentos em pesquisas no
setor de construção civil, no treinamento da população, nos equipamentos para previsão
de tremores, na manutenção de cientistas, entre outras precauções.
Escolha a alternativa que preenche adequadamente os parênteses, de cima para baixo, com
(V) para verdadeiro e (F) para falso.
a) V – V – F – F – F.
b) V – V – F – F – V.
c) V – F – V – V – V.
d) F – F – F – V – F.
e) V – F – F – V – V.
7. (Upf 2016) As duas notícias abaixo se referem a eventos geológicos recentes envolvendo
placas tectônicas.
Notícia 1
“Um forte terremoto de 8,4 graus abalou, na quarta-feira, a região central do Chile, segundo o
Centro Sismológico Nacional da Universidade do Chile (CSN). O tremor balançou prédios,
provocou um alerta de tsunami e deixou a população em pânico.”
(Disponível em: http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2015/09/terremoto-no-chile-e-sentidoem-cidades-do-rs-e-em-outros-estados-do-brasil-4849599.html. Acesso em 24 set. 2015).
Notícia 2
“O Nepal foi atingido neste sábado (25) por um terremoto de magnitude 7,8, o mais devastador
no montanhoso país asiático em 81 anos, deixando mais de 1.900 mortos e mais de 4.700
feridos no país.”
(Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2015/04/1621135. Acesso em 24 set.
2015).
Página 3 de 11
PLACAS TECTÔNICAS
Considerando o seu conhecimento sobre o assunto, analise as afirmativas que seguem.
I. O movimento de placas tectônicas a que se referem às notícias 1 e 2 é conhecido como
convergente.
II. Na notícia 1, o movimento de placas é convergente, e, na notícia 2,é divergente.
III. Nas duas notícias, o movimento das placas é divergente.
IV. Em movimentos convergentes, as placas tectônicas se colidem (chocam), e, em
divergentes, elas se afastam.
É correto apenas o que se afirma em:
a) I, II e III.
b) I e IV.
c) II e III.
d) II, III e IV.
e) I, II e IV.
8. (G1 - ifsp 2016) Sobre as “Placas Tectônicas”, considere o texto a seguir e marque a
alternativa correta adiante.
Um forte terremoto ocorreu na noite desta quarta-feira (16.09.15) ao norte de Santiago, perto
da região de Coquimbo, no Chile. Por volta das 00h30 desta quinta, o subsecretário do Interior
do Chile, Mahmud Aleuy, disse que há cinco mortos confirmados por causa do terremoto, que
deixou ainda 1 milhão de pessoas evacuadas. “É o sexto terremoto mais forte da história do
país”, afirmou. Entre os mortos estão duas mulheres e três homens; uma pessoa é considerada
desaparecida e dezenas ficaram feridas. “Estamos em um processo de continuar o
monitoramento das regiões afetadas. É uma análise que está se completando”, disse a
presidente Michelle Bachelet. Segundo ela, o governo do Chile ainda está analisando se é
preciso declarar estado de exceção. A magnitude do tremor foi 8,3 segundo o Serviço
Geológico dos Estados Unidos (USGS) – o serviço sismológico chileno informou 8,4. Um
alerta de tsunami foi emitido pelas autoridades para toda a região costeira. As autoridades
locais determinaram a evacuação das áreas litorâneas, enquanto as emissoras de televisão
mostravam sirenes de alerta ativadas.
(Fonte: Disponível em: <http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/09/forte-terremoto-chile.html>
Acesso em 28 out. 2015).
Com base nas informações do texto, é correto afirmar que as Placas Tectônicas que atuaram
nos fatos ocorridos são:
a) Placa Sul Americana e Australiana.
b) Placa de Nazca e Sul Americana.
c) Placa Africana e Caribenha.
d) Placa de Nazca e Africana.
e) Placa da Oceania e Caribenha.
9. (Uerj 2016) As usinas geotérmicas são uma forma alternativa de geração de energia elétrica
por utilizarem as elevadas temperaturas do próprio subsolo em algumas regiões. Considere as
informações do esquema e do mapa a seguir:
Página 4 de 11
PLACAS TECTÔNICAS
O país cuja localização espacial proporciona condições ideais para amplo aproveitamento da
energia geotérmica é:
a) Islândia
b) Nigéria
c) Uruguai
d) Austrália
10. (Uern 2015) Os deslocamentos gerais apresentados pela litosfera são chamados
movimentos tectônicos. Muitas dessas ocorrências geológicas acontecem nas bordas das
placas que são áreas de tensão entre estas.
No mapa, localizamos a falha de San Andreas. Assinale, a seguir, o tipo de movimento que
ocorre nesta falha.
a) Destrutiva.
b) Construtiva.
c) Conservativa.
d) De subducção.
Página 5 de 11
PLACAS TECTÔNICAS
11. (Pucpr 2015) Analise os dados da tabela abaixo.
Ano
2003
2004
2005
2008
2010
2011
Local
Irã
Indonésia
Paquistão/Índia
China
Haiti
Japão
Magnitude (escala Ritcher)
6,3
9,1
8,6
7,8
7
9
Mortos
26.000
300.000
73.000
87.000
230.000
25.000
Fonte: Adaptado da Folha de S. Paulo. Disponível em:
<http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2015/04/1621358-numero-de-mortos-no-nepal-passa-de2000-paisesenviam-ajuda.shtml>.
Acesso em: 13 mai. 2015.
Assinale a alternativa que correlaciona CORRETAMENTE o fenômeno natural identificado na
tabela com suas consequências para as sociedades humanas.
a) Consequência dos movimentos tectônicos, os terremotos geram vítimas em número
proporcional a sua magnitude.
b) Os países que compõem a tabela estão no chamado Círculo de Fogo do Pacífico, área que
apresenta grande atividade sísmica e nações subdesenvolvidas.
c) Os terremotos resultam de forças internas incontroláveis, capazes de gerar enormes
prejuízos sociais e econômicos, sobretudo em países com estruturas precárias.
d) Muito frequentes em áreas de contato entre as placas tectônicas, o impacto socioeconômico
dos terremotos restringe-se ao epicentro.
e) O elevado número de mortes, visualizado na tabela, revela o baixo interesse científico no
estudo dos fenômenos naturais por parte das nações mais afetadas por terremotos.
12. (Acafe 2015) A litosfera é a camada sólida mais superficial de nosso planeta. Ela é
formada por rochas e minerais e faz parte do cenário onde se desenvolve a vida, juntamente
com outras camadas ou esferas.
Sobre a litosfera, todas as alternativas estão corretas, exceto a:
a) As bacias sedimentares resultam de acúmulos de sedimentos em depressões a partir da era
Paleozoica e nelas são encontrados os combustíveis fosseis como o carvão mineral e o
petróleo.
b) A litosfera está dividida em placas tectônicas que flutuam sobre um material pastoso e cujos
limites estão sempre em movimento, provocando instabilidades geológicas como vulcanismo
e abalos sísmicos.
c) As relações entre a litosfera, a atmosfera e a hidrosfera não interferem no modelado
terrestre, não afetam o ciclo das águas e nem os fenômenos meteorológicos, pois cada
camada ou esfera age independente uma da outra.
d) Das três estruturas geológicas que aparecem na crosta terrestre, ou seja, os maciços ou
escudos antigos, as bacias sedimentares e os dobramentos modernos, somente a terceira
estrutura não existe no Brasil.
13. (Uece 2015) As placas litosféricas podem ser de natureza oceânica ou, de uma forma mais
comum, compostas por porções da crosta continental e da crosta oceânica. Analise as
afirmações abaixo sobre essas placas, e assinale com V as verdadeiras e com F as falsas.
(
(
(
) As características das crostas continental e oceânica são bastante distintas quanto a suas
composições química, litológica, morfológica e dinâmica.
) Os limites divergentes dessas placas são marcados por processos de intenso
magmatismo. Nesses limites podem ocorrer fossas e províncias vulcânicas, como
ocorrem na placa Pacífica.
) A crosta oceânica tem composição litológica mais homogênea do que a continental,
sendo formada por rochas ígneas básicas que podem estar cobertas por camadas
Página 6 de 11
PLACAS TECTÔNICAS
(
sedimentares.
) Quando placas oceânicas colidem, a mais antiga, mais densa, mais fria e mais espessa
mergulha sob a outra em direção ao manto, carregando os sedimentos acumulados sobre
ela.
A sequência correta, de cima para baixo, é:
a) F – V – V – F.
b) V – F – V – V.
c) F – V – F – F.
d) V – F – F – V.
14. (Fuvest 2015) Observe a figura, com destaque para a Dorsal Atlântica.
Avalie as seguintes afirmações:
I. Segundo a teoria da tectônica de placas, os continentes africano e americano continuam se
afastando um do outro.
II. A presença de rochas mais jovens próximas à Dorsal Atlântica comparada à de rochas mais
antigas, em locais mais distantes, é um indicativo da existência de limites entre placas
tectônicas divergentes no assoalho oceânico.
III. Semelhanças entre rochas e fósseis encontrados nos continentes que, hoje, estão
separados pelo Oceano Atlântico são consideradas evidências de que um dia esses
continentes estiveram unidos.
IV. A formação da cadeia montanhosa Dorsal Atlântica resultou de um choque entre as placas
tectônicas norte-americana e africana.
Está correto o que se afirma em
a) I, II e III, apenas.
b) I, II e IV, apenas.
c) II, III e IV, apenas.
d) I, III e IV, apenas.
e) I, II, III e IV.
15. (Uel 2015) Leia o texto a seguir.
Montes Claros (MG) registrou uma sequência de tremores nos últimos três anos. O mais forte
deles – de 4,2 de magnitude na escala Richter, ocorrido em 19 de maio de 2012 – motivou a
instalação de estações sismográficas na Universidade de Brasília (UnB) e na Universidade de
São Paulo (USP), que passaram a monitorar os fenômenos em parceria com a Universidade
Estadual de Montes Claros (Unimontes).
Adaptado de: <http://selmawebsite.blogspot.com.br/2014/04/abalos-sismicos-em-minasgerais.html>. Acesso em: 30 abr. 2014.
Página 7 de 11
PLACAS TECTÔNICAS
Considerando que o Brasil encontra-se na placa tectônica Sul-Americana, assinale a alternativa
que apresenta, corretamente, o que gerou o abalo sísmico no estado de Minas Gerais, em abril
de 2014.
a) As acomodações da falha geológica, de aproximadamente 3 km de extensão.
b) A colisão da placa de Nazca com a placa Sul-Americana.
c) O constante choque entre as placas Sul-Americana e Africana.
d) Os sentidos divergentes entre as placas Sul-Americana e de Nazca.
e) Os sentidos convergentes das falhas geológicas que limitam as placas Sul-Americana e
Africana.
Página 8 de 11
PLACAS TECTÔNICAS
Gabarito:
Resposta da questão 1:
[B]
Os itens incorretos são:
[II] Em regiões desérticas com baixo índice pluviométrico impera o intemperismo físico e a
erosão eólica;
[V] O território que constitui atualmente do Brasil no passado geológico como a Era Mesozoica
teve atividade vulcânica responsável por aspectos importantes da estrutura geológica, relevo e
solo no país, a exemplo da existência de cuestas basálticas e solo de terra roxa.
Resposta da questão 2:
[E]
As afirmativas [I], [II] e [III] estão corretas, pois: A Islândia localiza-se na cordilheira MesoOceânica, área de divergência de placas tectônicas, o que explica sua intensa atividade
geológica; o magma em alta temperatura e pressão, forma correntes convectivas que
movimentam as placas tectônicas; o núcleo central é a camada mais quente da Terra.
Resposta da questão 3:
[C]
Como mencionado corretamente na alternativa [C], os diagramas indicam a evolução de uma
morfoestrutura originada a partir de orogênese e submetida a processos exógenos. Estão
incorretas as alternativas: [A], porque voçorocas são resultantes de erosão hídrica sendo,
portanto, resultante de processos exógenos e não endógenos; [B], porque o dobramento indica
convergência de placas e não divergência; [D], porque estruturas falhadas estão associadas
genericamente à epirogênese e não à orogênese indicada nas imagens; [E], porque as figuras
não representam uma dorsal.
Resposta da questão 4:
[D]
Orogênese refere-se ao processo de formação de dobramentos, ou seja, cadeias montanhosas
formadas por estruturas geológicas dobradas. As dobras ocorrem principalmente em rochas
sedimentares e metamórficas. Os dobramentos ocorrem nas faixas de convergência entre
placas tectônicas, a exemplo do choque entre as placas de Nazca e Sul-americana, que deu
origem a Cordilheira dos Andes no oeste da América do Sul.
Resposta da questão 5:
[D]
Os terremotos de maior intensidade ocorrem nas zonas de contato entre as placas tectônicas.
O local de origem do tremor em profundidade chama-se hipocentro. O reflexo na superfície é o
epicentro. As ondas sísmicas de propagam por extensas áreas. Em países distantes das zonas
de contato como o Brasil, os abalos sísmicos são de média e baixa magnitude, decorrentes de
falhas geológicas locais.
Resposta da questão 6:
[D]
Justificando os itens falsos:
Falso. O terremoto do Nepal aconteceu em zona de convergência ou colisão entre placas
tectônicas;
Falso. O Nepal localiza-se na Ásia;
Falso. No Atlântico, o movimento das placas é divergente e dá origem a cadeia ou dorsal
Página 9 de 11
PLACAS TECTÔNICAS
mesoceânica devido à formação de rocha vulcânica e falhas geológicas; as fossas abissais se
formam quando as placas são convergentes;
Verdadeiro.
Falso. O Nepal é um país subdesenvolvido com graves problemas econômicos e sociais, não
apresenta arquitetura e engenharia adaptadas a terremotos de alta magnitude como o Japão,
país desenvolvido.
Resposta da questão 7:
[B]
I. CORRETO: O tremor no Chile resulta do movimento convergente das placas Sul-Americana
e Nazca ao passo que no Nepal, ocorre a convergência das placas Euro-asiática e Indoaustraliana.
II. INCORRETO: Nos dois casos, o movimento é convergente.
III. INCORRETO: Nos dois casos, o movimento é convergente.
IV. CORRETO: Em bordas convergentes ocorre a aproximação das placas e nas divergentes, a
separação.
Resposta da questão 8:
[B]
O terremoto de alta magnitude ocorrido no Chile deve-se à convergência das placas tectônicas
de Nazca e da América do Sul. No limite convergente, a placa de Nazca mergulha no manto
superior (astenosfera), fenômeno denominado subducção, o que pode ocasionar abalos
sísmicos de alta intensidade, além de tsunamis e vulcanismo ativo.
Resposta da questão 9:
[A]
A localização da Islândia sobre a cadeia Mesoatlântica, borda divergente das placas euroasiática e norte americana, privilegia a produção geotérmica. Estão incorretas as alternativas
seguintes, porque indicam países cuja localização é o meio da placa tectônica.
Resposta da questão 10:
[C]
A falha de San Andreas está localizada na Califórnia, Estados Unidos, e encontra-se numa
área onde o limite entre as placas tectônicas é transformante ou conservativo. Isto é, as placas
se movimentam paralelas em sentido oposto.
Resposta da questão 11:
[C]
Como mencionado corretamente na alternativa [C], a tabela indica os efeitos dos terremotos,
fenômeno definido como a propagação de ondas sísmicas, cujos efeitos devastadores são
maiores em países com limitadas infraestrutura. Estão incorretas as alternativas: [A], porque o
número de vítimas é proporcional à infraestrutura dos países para responder aos efeitos dos
tremores; [B], porque dos países listados, somente Japão e Indonésia se situam no Círculo de
Fogo do Pacífico; [D], porque o impacto dos tremores se espalha para áreas distantes do
epicentro; [E], porque o elevado número de mortes resulta da magnitude dos tremores
associado à ausência ou limitação da infraestrutura para responder aos terremotos.
Resposta da questão 12:
[C]
Como mencionado corretamente nas alternativas [A], [B] e [D], a litosfera é formada por
grandes placas rochosas denominadas placas tectônicas que se movimentam em razão das
correntes convectivas do magma. Nela, encontra-se três províncias geológicas: dobramentos
Página 10 de 11
PLACAS TECTÔNICAS
modernos (ausente no Brasil), maciços antigos (cuja origem indica depósitos metálicos) e
bacias sedimentares (cuja deposição de sedimentos proporciona a formação de recursos
energéticos). A alternativa [C] está incorreta porque existe interdependência entre as esferas
da Terra.
Resposta da questão 13:
[B]
[V] A crosta ou litosfera, camada mais externa da Terra, divide-se em Sial e Sima, constituídas
respectivamente por rochas a base de silício e alumínio e, silício e magnésio, exemplo de
como a composição da crosta continental e oceânica são distintas.
[F] A Placa Pacífica caracteriza-se por apresentar limite convergente e não divergente como
afirma a alternativa.
[V] A crosta oceânica reveste-se de rochas sedimentares em razão de ser uma área rebaixada
onde constantemente ocorre a deposição de detritos retirados de outras rochas.
[V] No processo de subducção, a placa mais antiga e mais densa mergulha no manto.
Resposta da questão 14:
[A]
Como mencionado corretamente nas afirmativas [I], [II] e [III], a Dorsal Atlântica é o indicativo
da borda divergente entre as placas tectônicas africana e sul-americana onde, evidencias como
fósseis, espécies animais e vegetais e a idade das rochas indicam que se constituíam em uma
única massa emersa, atestando a teoria da Deriva Continental de Alfred Wegener. A afirmativa
[IV] está incorreta porque as placas mencionadas são divergentes e não convergentes.
Resposta da questão 15:
[A]
Como mencionado corretamente na alternativa [A], como o Brasil está no meio da placa SulAmericana, o caso de Montes Claros exemplifica os tremores intraplacas, sismos que ocorrem
na superfície como resultado de acomodações de falhas geológicas. Estão incorretas as
alternativas: [B] e [C], porque o tremor em Montes Claros é intraplaca e não ocorre em razão
do choque das placas tectônicas; [D], porque além de não ser um tremor causado pelo choque
das placas, o sentido da Sul-Americana e da de Nazca é convergente; [E], porque além de não
ser um tremor causado pelo choque das placas, o sentido da Sul-Americana e da Africana é
divergente.
Página 11 de 11