Fascismo e nazismo na europa - Campus São Cristóvão II

Сomentários

Transcrição

Fascismo e nazismo na europa - Campus São Cristóvão II
FASCISMO E NAZISMO NA EUROPA:
O COLAPSO DO LIBERALISMO POLÍTICO
ENTRE OS ANOS 1920 E 1930.
COLÉGIO PEDRO II
PROFESSOR: ERIC ASSIS
LIBERALISMO POLÍTICO
 Surgiu no século XVIII: Após as Revoluções Inglesas, Americana e
Francesa.
 Principais ideias:
- Democracia Representativa: ELEIÇÕES, PARTIDOS.
- Igualdade jurídica: TODOS TÊM DIREITOS.
 Foi duramente implementado ao longo dos século XIX .
O PERÍODO ENTRE GUERRAS: 1919-1939
 Países como Itália e Alemanha não tinham experiências democrático-
liberais até o final do século XIX.
 Os problemas econômicos e sociais eram atribuídos à democracia.
 Os governos parlamentares eram vistos como frágeis e instáveis.
CARACTERIZAÇÃO DO FASCISMO E DO NAZISMO
 Contra a sociedade liberal e os seus valores:
- Democracia
- Individualismo
- Liberalismo econômico
- Igualdade dos seres humanos
 Contra o socialismo marxista:
- Não aceitava a luta de classes;
- Não aceitavam ideias internacionalistas;
CARACTERIZAÇÃO DO FASCISMO E DO NAZISMO
 Defendiam:
- Nacionalismo exacerbado.
- Conquista de territórios e colônias para o “ESPAÇO VITAL”.
- A guerra como experiência sublime.
- TOTALITARISMO
TOTALITARISMO:
 IDEOLOGIA
 CULTO AO LÍDER
 EXISTÊNCIA DE PARTIDO ÚNICO
 “UTOPIA” DO “HOMEM NOVO”
 “SOCIALISMO NACIONAL”
 APOIO DAS MASSAS
O SURGIMENTO DO FASCISMO NA ITÁLIA (1919-1925)
 A Itália tinha como regime político uma Monarquia Parlamentar
( Unificação em 1870)
 O voto universal masculino foi estabelecido somente em 1913.
 Comportamento dúbio na Primeira Guerra Mundial: fazia parte da
Tríplice Aliança (Alemanha, Austria-Hungria e Império TurcoOtomano), mas acabou lutando ao lado da Tríplice Entente
(Inglaterra, França e Império Russo).
 Saiu insatisfeita dos acordos territoriais do Tratado de Versalhes.
 Eleições de 1919:Ampla maioria dos votos para os SOCIALISTAS.
Rei Vítor Emanuel III
1900-1946
TENSÕES SOCIAIS NA ITÁLIA APÓS A PRIMEIRA GUERRA
 Dívidas e gastos econômicos com a reconstrução após a guerra.
 Baixos salários e inflação elevada.
 1919: Camponeses começam a ocupar terras para pressionar a Reforma Agrária.
 1919: Inicia-se um intenso movimento grevista no Norte da Itália.
Benito Mussolini cria o grupo “FASCI DI COMBATTIMIENTO”
(Grupo paramilitar)
Apoiados por:
- Latifundiários
- Grandes
empresários
- Setores da
classe média
Benito Mussolini
Fasci di combattimento
ou
Camisas Negras
LINHA DO TEMPO DO FASCISMO NA ITÁLIA
1919
Eleição de
35
deputados
fascistas
1921
1922
Surge o
Partido
Nacional
Fascista
(PNF)
Marcha
sobre
Roma
Mussolini
se torna
Primeiro
Ministro
da Itália
1924
Eleição
de 403
deputados fascistas
1925
Mussolini amplia
seus poderes
tornando-se chefe
de governo
PRINCIPAIS MEDIDAS DE MUSSOLINI NO PODER:
 Reforma educacional em 1923: Nova política educacional para as crianças fascistas,
 Suspendeu o direito de greve em 1924.
 Suspende os partidos políticos em 1924.
 Estabeleceu a censura à imprensa.
 Criou uma polícia política.
 Tornou o catolicismo a religião oficial do estado Fascista. (Tratado de Latrão).
 Década de 1930: modernizou a Itália e conquistou crescimento econômico.
 Invade a Etiópia (África)
Papa Pio XI e Mussolini assinando o Tratado de Latrão em 1929.
A JUVENTUDE FASCISTA
Grupo “Filhos da Loba”, crianças de 6 a 8 anos
Grupo dos “Balilas” crianças de 8 a 14 anos
A PROPAGANDA FASCISTA
O “Duce” (“Condutor”)
Crer – Obedecer - Combater
O APOIO DAS MASSAS
O SURGIMENTO DO NAZISMO NA ALEMANHA (1919-1933)
 República de Weimar (1918-1933)
 Tratado de Versalhes:
- Alemanha derrotada.
- Perda de colônias;
- Alta indenização de guerra a ser paga.
- Perda de soberania (exército e
armamentos limitados)
 Período de auge da cultura alemã.
Rosa Luxemburgo e Karl Liebknecht
Assassinados em 1919 por promoveram uma
revolução comunista na Alemanha.
INSATISFAÇÕES COM A REPÚBLICA DE WEIMAR
 Eleições de 1919:
 Economia:
- 1923: hiperinflação (1 bilhão%)
- 1929: 44% de desemprego
Evolução Eleitoral do Partido Nazista (1924-1932)
Eleições para o Reichstag (Parlamento)
Participação
eleitoral em %
Número de votos
(em milhares)
Porcentagem de
votantes
Número de
cadeiras
4 de maio de 1924
76,3
1918,3
6,6
32
7 de dezembro de 1924
77,7
907,3
3,0
14
20 de maio de 1928
74,6
810,1
2,6
12
14 de setembro de 1930
81,4
6409,6
18,3
107
31 de julho de 1932
83,4
13745,8
37,3
230
6 de novembro de 1932
79,9
11737,0
33,1
196
5 de março de 1933
88,0
12277,2
43,9
288
A FORMAÇÃO DO PARTIDO NAZISTA
 Nome original: Partido dos Trabalhadores Alemão (DAP)
Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães.
 Forte orientação anticomunista (originado dos antigos Freikorps) e anticapitalista, com
uma intensa crítica às grandes empresas, grandes bancos e ao liberalismo econômico.
 Com a sua ascensão ao poder, passou a minimizar o discurso anticapitalista, e a enfatizar
o discurso racista e contrário aos marginalizados.
Anton Drexler Dietrich Eckart
Felix Graf von
Bothmer
Hans Frank Alfred Rosemberg
Rudolf Hess
Ernest
Röhm
Adolf Hitler
LINHA DO TEMPO DO NAZISMO NA ALEMANHA
1919
Surge o
Partido
Nacional
Socialista dos
Trabalhadores
Alemães
(NSDAP)
Partido
Nazista
1923
1929
1932
1933
Tentativa
de
Golpe
dos
Nazistas
Tropas de
Assalto dos
Nazistas
tomam as ruas
para combater
os comunistas
Hitler perde
a primeira
eleição
presidencial
Janeiro: Hitler se torna
Primeiro Ministro.
Junho: “Noite dos
longos punhais”
Fevereiro: Comunistas
são colocados na
ilegalidade.
Outubro: Hitler se
torna Chefe de
Estado e Chefe de
Governo.
Hitler é
preso e
escreve
o livro
My
Kempf
Março: Parlamento
concede plenos
poderes a Hitler.
Julho: Cassação de
todos os partidos.
1934
Ditadura Nazista
A RECUPERAÇÃO ECONÔMICA DA ALEMANHA:
 Controle do câmbio (importação seria realizada com
produtos alemães)
 Grandes obras públicas e construção civil: gerar emprego.
 Defendia a intervenção do Estado na economia.
 Empregos:
1933: 6 milhões de desempregados
1939: 40 mil desempregados
Hjalmak Schacht
Presidente do
Banco Central
Alemão
e
Ministro da
Economia
de 1934-1937
Hermann Göring
Ministro da Economia
de 1937-1945
A IDEOLOGIA NAZISTA
 Carcaterística principal: SUPERIORIDADE DA RAÇA ARIANA
 Combate ao “grupos degenerados”:
JUDEUS
CIGANOS
NEGROS
HOMOSSEXUAIS
DEFICIENTES FÍSICOS
COMUNISTAS
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ.
“Sem dúvida, os judeus são uma raça, mas não são
humanos”
Adolf Hitler
AS LEIS DE NUREMBERG (1935)
 Primeiras leis oficialmente antissemitas da Alemanha aprovadas pelo Parlamento.
1ª Lei: Lei para a proteção do Sangue Alemão e da Honra Alemã.
2ª Lei: Lei de Cidadania do Reich
 Foram acrescentados anexos a essas leis que estendiam as Leis de Nuremberg para Ciganos e Negros.
 As Leis de Nuremberg foram adotadas por vários países europeus:
- Hungria (1938): Lei Judaica.
- Bulgária (1940): Lei de Proteção da Nação.
- Romênia (1941): Lei da Guarda de Ferro
- Eslováquia (1941): Codez Judaicus
- Croácia (1941): Restringe o contato com os judeus.
Livros "não-alemães" são queimados na Opernplatz (Praça da
Ópera). Estudantes alemães, alguns usando uniformes da SA,
marcham em à luz de tochas.
Berlim, 10 de maio de 1933.
"Porco judeu, que suas mãos apodreçam!“
Áustria, 1938
"Alemães! Defendam-se! Não comprem dos judeus!"
Berlim, Alemanha, março ou abril de 1933.
Passaportes emitidos para um casal de judeus
alemães, com o "J" de "Judeu" carimbado nos
documentos.
Karlsruhe,Alemanha. 29 de dezembro de 1938.
OS PRIMEIROS CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO
Dachau: inaugurado em 20 de março de 1933.
Número de prisioneiros: 200 mil.
Número de mortos: 35. 600.
A JUVENTUDE HITLERISTA
1936: Lei que obriga
jovens de 10 a 18 anos a
ingressarem na
Juventude Hitlerista.
“"Nossos milhares de
jovens são a garantia do
futuro!”
A PROPAGANDA NAZISTA
 Palavra de ordem, obediência e da força do Reich.
 Ênfase na sociedade militarizada.
 Destaque para os trabalhadores, soldados e a
juventude.
 Condenação e culpabilização dos judeus pela crise
social e moral da Alemanha.
Joseph Goebbels
Ministério da Propaganda
O CULTO AO FÜHRER
Eleições de 1933
OS EVENTOS DE MASSA
O PARTIDO NAZISTA
"Abra a porta para a
liberdade! Coloque um
homem forte no trono!
Adiante com as forças da
renovação! Vote na
Nacional Socialista Lista 2"
"Socialismo Nacionalista: o Espírito de Organização da Nação"
O POVO ALEMÃO
"Trabalhadores da mão e da mente!
Votem no soldado do front Adolf
Hitler!"
A JUVENTUDE ALEMÃ
O INIMIGO
Cartaz de setembro de 1930:
A espada nazista cravada sobre a estrela de Davi na cabeça da cobra.
Algumas das palavras em vermelho como sangue jorrando do réptil
são: usura,Versailhes, Inflação, Bolchevismo, Barmat, Kutisker, Sklarek
(últimos três judeus envolvidos em grande escândalo financeiro),
prostituição, terror, etc.
O ANTISSEMITISMO
“O judeu civilizado que conhecemos
na Alemanha nos dá apenas uma
imagem
incompleta
do
seu
verdadeiro caráter racial. Este filme
mostra imagens reais dos guetos
poloneses. Ele nos mostra os judeus
como realmente se parecem antes
de se esconderem por trás de
máscaras de europeus civilizados.”
“O culpado pela guerra”
Filme “O eterno judeu” 1940
O ANTISSEMITISMO
Livro Nazista destinado a crianças de 1936:
“Os judeus são a causa do nosso infortúnio"
e "Como o judeu trapaceia"
OUTROS FASCISMOS NA EUROPA
 FRANÇA:
-
Partido Popular Francês
(1936-1945)
Jacques Doriot
OUTROS FASCISMOS NA EUROPA
 Áustria:
-
Heimwehr (surge entre as
décadas de 1920 e 1930).
Frente da Pátria: para combater o nazismo
OUTROS FASCISMOS NA EUROPA
 Romênia:
- Guarda de Ferro (1927)
Corneliu Zelea Codreanu
Saudação fascista durante o cortejo fúnebre de Ion Mota e
Vasile Marin - 1937
OUTROS FASCISMO NA EUROPA
 Grécia:
-
Ditadura de Ioannis Métaxas
(1936-1940)
Métaxas, o Árkhigos (“Líder” da Terceira Civilização Helênica)
OUTROS FASCISMOS NA EUROPA
 Portugal:
- Golpe militar estabeleceu um regime
nacionalista entre 1926-1933.
- Ditadura de Antônio Salazar (1933-1974)
OUTROS FASCISMOS NA EUROPA
 Croácia:
- Movimento Ustase (1929)
Ante Pavelić
OUTROS FASCISMOS NA EUROPA
 Inglaterra:
- União Britânica de Fascistas (1932-1940)
Oswald Mosley
OUTROS FASCISMOS NA EUROPA
 Irlanda:
-
Movimento National Guards- Blueshirts (19321933)
-
Objetivo: combate ao IRA
General Eoin O’Duffy
OUTROS FASCISMOS NA EUROPA
 Noruega:
- Movimento União Nacional (1933)
Vidkun Quisling
OUTROS FASCISMOS NA EUROPA
 Finlândia:
- Movimento de Lapua (1929)
Vihtori Kosolae e Kurt Martti Wallenius.
Marcha Popular em Helsink (07/07/1930)
OUTROS FASCISMOS NA EUROPA
 Hungria:
- Partido da Cruz Flechada (1935)
Ferenc Szálasi
Criou o “Governo de Unidade Nacional”
entre 1944-1945 de apoio a Hitler.
OUTROS FASCISMOS NA EUROPA
 Espanha:
- Falange Espanhola (1933)
José António Primo de Rivera
O FASCISMO NO BRASIL:
O MOVIMENTO INTEGRALISTA
 Ação Integralista Brasileira (1932)
Plínio Salgado
A GUERRA CIVIL ESPANHOLA (1936-1939)
 Espanha: sem governos liberais
consolidados ao longo do século
XIX.
 No início do século XX mantinha um
parlamentarismo frágil, com a
permanência da monarquia.
 1923-1930: Ditadura militar e
nacionalista de Primo de Rivera.
Rei Afonso XIII
Ditador Primo de Rivera
A GUERRA CIVIL ESPANHOLA (1936-1939)
 1931: Abdicação do Rei: Formação da
Segunda República Espanhola.
 1931-1936: Período de falta de alianças
entre as esquerdas e de governos
conservadores.
 1936: Formação da FRENTE POPULAR
de esquerda: Socialistas, Comunistas,
Nacionalistas Republicanos, e com
“certo” apoio dos anarquistas.
 1936:Vitória da Frente Popular nas
eleições.
A GUERRA CIVIL ESPANHOLA (1936-1939)
 Início do
conflito: golpe
militar em julho
de 1936.
General Francisco Franco
A GUERRA CIVIL ESPANHOLA (1936-1939)
 O impacto
internacional
da guerra:
-
Apoio relativo
da União
Soviética aos
republicanos.
-
Formação das
Brigadas
Internacionais
A GUERRA CIVIL ESPANHOLA (1936-1939)
-
Apoio militar aos
nacionalistas de
Franco: Alemanha e
Hitler e Itália de
Mussolini.
-
Auxílio em
armamentos,
submarinos e
aviões.
-
Vitória de Franco:
instaura uma
ditadura que durou
de 1939 até 1975.
Franco e Hitler
Franco e Mussolini
La Guernica, quadro de Pablo Picasso de 1937.
Em homenagem à cidade espanhola Guernica, bombardeada por aviões alemães em 1937.
1936/1937: A FORMAÇÃO DO EIXO
 Os interesses territoriais e expansionistas
aproximaram Alemanha, Itália e Japão, entre
outubro e novembro de 1936.
 Formação do PACTO ANTICOMINTERN,
para combater o comunismo internacional.
 Formou-se, dessa forma, as forças do EIXO
Berlin-Roma-Tóquio.
Hitler, Mussolini e Hideki

Documentos relacionados

Apostila de apoio e exercícios

Apostila de apoio e exercícios Itália, Mussolini já havia chegado ao poder no início dos anos 20. Na Alemanha, Hitler conseguiu o poder em 1933. Casos semelhantes iriam acontecer na Espanha, com o General Franco, e em Portugal, ...

Leia mais

Tema 3 Uma experiência dolorosa: o nazismo alemão

Tema 3 Uma experiência dolorosa: o nazismo alemão Guerra Civil Espanhola começou devido a um golpe liderado pelo general Francisco Franco em 1936, contra o recém-instaurado governo espanhol da Frente Popular, formado por socialistas, comunistas e ...

Leia mais

I GUERRA MUNDIAL (1914

I GUERRA MUNDIAL (1914 * Cinqüenta mil milicianos fascistas (Camisas Negras), ocuparam a capital italiana, exigindo a nomeação de um governo presidido por Benito Musolini. * Diante da pressão, o rei Victor Emanuel III, a...

Leia mais