MU003P MANUAL CAMA 10.CM.614X

Сomentários

Transcrição

MU003P MANUAL CAMA 10.CM.614X
MANUAL do UTILIZADOR
CAMA HOSPITALAR
REFª 6140
Modelo André
.
JMS – Indústria de Mobiliário Hospitalar, Lda
Rua da Zona Industrial nº 26, Ap. 19 – 3871-909 Bunheiro
Tel. +351 234880018 - Fax +351 234880017 - Contribuinte n.º 506 846 601
e.mail : [email protected]
MANUAL do UTILIZADOR
Índice
1 – Introdução
2 - Forma de entrega
3 - Instruções de Segurança
4 - Condições de utilização
5 Dados técnicos da cama
5.1 Parâmetros eléctricos da cama
5.2 Descrição da cama
6 - Opções e acessórios
6.1 Cabeceiras
6.2 Rodas
6.3 Pára-Choques
6.4 Grades laterais
6.5 CPR (Ressuscitação Cardiopulmonar)
7 - Instalação da cama e colocação em funcionamento
7.1 Verificação e colocação em funcionamento
8 - Carregamento e colocação em serviço das baterias
9 - Instalação dos comandos
9.1 Legenda e funções da caixa controlo e dos motores
9.2 Legendas do motor
10.3 Limpeza do comando
10 Comando Manual
10.1 Legenda e funções do comando manual
10.2 Guia para detecção e eliminação de erros no comando manual
10.3 Limpeza do comando
10.4 Eliminação e Reciclagem dos comandos
11 - Execução mecânica do CPR (Ressuscitação Cardiopulmonar)
12 – Movimentação manual da secção dos pés
13 - Cabeceiras
13.1 Fixação das cabeceiras
14 – Grades laterais
14.2 Funcionamento das grades laterais inteiras
14.3 Imagem do pormenor da montagem da grade
15 – Travão central das rodas da cama
16 - Acessórios
16.1 Coluna de suspensão e haste de soro
17 – Remoção da protecção das secções do estrado
18 – Limpeza e desinfecção
18.1 Instruções básicas antes da limpeza
18.2 Procedimento de limpeza da cama
18.3 Extensões das operações de limpeza da cama
18.4 Procedimento de limpeza dos motores e dos comandos
19 – Manutenção e armazenamento
20 - Protecção do ambiente (Eliminação e Reciclagem)
MU003/0 (Modelo André)
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
3
3
3
4
4
5
5
6
6
6
6
6
6
6
6
7
7
7
8
8
8
8
8
8
9
9
9
10
10
10
10
10
11
11
11
12
12
12
12
12
12
13
13
Pagina 2/13
MANUAL do UTILIZADOR
1 Introdução
As camas modelo ANDRÉ, foram desenhadas para o internamento de doentes em hospitais, enfermarias de
cuidados intensivos e em serviços médicos.
Esta cama é produzida em conformidade com as normas internacionais EN 60601-2-38, EN 60601-1-2, EN
60601-1, EN ISO 10993.
Este produto cumpre os requisitos essenciais estabelecidos pela Directivas Comunitárias 93/42/CEE e
2007/47 e a Directiva 2004-108/CEE, da compatibilidade electromagnética, incluindo os motores.
A JMS é uma empresa certificada de acordo com a norma EN ISO 9001 de gestão da qualidade.
Antes de manusear a cama, deve conhecer em detalhe este manual.
Todas as acções de manipulação da cama devem ser realizadas de acordo com o manual! Qualquer
outra acção que seja incompatível com o manual ou com a finalidade de utilização prevista desta
cama é da sua responsabilidade. Este manual deverá estar disponível para consulta do utilizador,
durante o tempo de vida útil da cama!
O fabricante não se responsabiliza por qualquer dano, lesão ou acidente decorrente de negligência
ou manipulação errada da cama. A cama só deverá ser manuseada/utilizada por pessoas, que pelo
seu conhecimento ou experiência prática, garantam que a cama poderá ser utilizada sem nenhum
problema.
As indicações de segurança para o funcionamento da cama e as instruções relativas à movimentação
devem ser rigorosamente respeitadas.
2 Forma de entrega
A cama é fornecida completamente montada, com excepção das cabeceiras.
Os acessórios como: grades laterais inteiras, coluna de suspensão e haste de soro são opção (ver ponto 6).
Todos os elementos devem ser montados na cama antes de a utilizar.
A quando da entrega deverá ser efectuada uma verificação para se certificar de que a cama está completa.
Todas as falhas ou danos devem ser imediatamente comunicados ao fornecedor, por escrito.
Quando se efectua a deslocação da cama, e transporte da mesma deverá ter o cuidado de destravar a
cama. As rodas existentes na cama foram desenhadas para uso interior, deslocação em chão liso e limpo
(piso cerâmica azulejos, linóleo, madeira e similares). As rodas podem danificar-se quando a cama é
deslocada por um chão áspero, irregular ou sujo.
3 Instruções de Segurança
Antes de usar a cama, deve ler o manual e utilizá-la de acordo com este.
A cama não deverá ser utilizada se forem detectados erros ou anomalias na mesma que possam
ferir as pessoas.
A cama só deverá ser manuseada/utilizada por pessoas, que pelo seu conhecimento ou experiência
prática, garantam que a cama pode ser utilizada sem nenhum problema.
O pessoal técnico de saúde é obrigado a conhecer as funções dos comandos usados na cama, de
forma a adequar estas funções ao estado de saúde do paciente.
É importante o utilizador/paciente, conhecer as características e as funções da cama antes de a
usar.
A cama só deverá ser utilizada em pisos planos e sólidos, nas condições estabelecidas no ponto 4 Condições de utilização.
A cama não pode ser sobrecarregada, mesmo durante um breve período, mas se for realmente
necessário em situações específicas (por exemplo durante a reanimação) as partes individuais do
estrado deverão estar na posição horizontal.
As rodas devem estar sempre travadas (excepto nas deslocações). Uma cama não travada põe em
risco o paciente, quando ele desce/sobe ou se apoia nela. O mesmo pode suceder inadvertidamente
a terceiros.
MU003/0 (Modelo André)
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
Pagina 3/13
MANUAL do UTILIZADOR
A altura e inclinação do estrado deverão ser ajustadas de acordo com a altura, condições e estado
clínico do paciente.
A cama não deverá ser usada/movimentada por terceiros.
Durante a movimentação das partes da cama, deverá existir o cuidado com o paciente, outras
pessoas ou objectos para que não fiquem presos durante o movimento.
Durante o movimento, da elevação ou inclinação da cama deverá ser tida em atenção a existência
de acessórios (coluna de suspensão ou sistemas de infusão) fixos à cama, de forma a evitar que
fiquem danificados.
Antes da limpeza e manutenção da cama, o cabo de ligação deverá ser desligado da corrente.
Os materiais usados na cama são resistentes ao calor, no entanto não aproximar de altas
temperaturas, de produtos inflamáveis ou fontes de ignição.
Durante a reparação da cama só deverão ser usados materiais e componentes originais; quando são
substituídas partes danificadas com materiais inapropriados, o fabricante não se responsabiliza por
qualquer dano ocorrido.
Só deve usar na cama colchões e acessórios da JMS; quando usa colchões incompatíveis e grades
laterais a cama pode funcionar mal e pôr em perigo a segurança dos pacientes/pessoal médico.
Quando transporta a cama, o cabo deverá ser desligado, preso ou colocado num local seguro para
prevenir a queda ou que se danifique.
O cabo principal deverá ser colocado de modo a não ficar junto às partes móveis ou ficar
trilhado/esmagado entre elas; se o cabo for danificado existe o perigo de lesão pela corrente
eléctrica.
Deverá ser efectuada pelo menos uma inspecção por ano à cama para verificar o desgaste das
partes móveis e articuladas.
Muita atenção a este símbolo, ele está
localizado junto das zonas de contacto de
duas
superfícies,
podendo
ocorrer
esmagamento devido ao movimento das
secções articuladas, caso os dedos ou mãos
estejam sobre zona de contacto.
4 Condições de utilização
A cama deverá ser utilizada num ambiente interior, respeitando as seguintes características:
Temperatura + 10°C to + 40°C
Humidade 30% to 75%
Pressão atmosférica 700 hPa a 1060 hPa
É essencial consultar o fabricante quando se pretender uma cama para usar em ambientes diferentes!
A cama não deverá ser usada se existir o perigo de explosão ou a presença de produtos inflamáveis.
A cama é concebida para utilização em ambiente com fins médicos.
As instalações eléctricas devem cumprir as normas locais para segurança de instalações eléctricas, de forma
a garantir uma boa protecção do equipamento. No caso de dúvida desligar sempre a ficha da tomada em
caso de trovoada.
5 Dados técnicos da cama
Comprimento total da cama: 2180mm
Largura total da cama: 965mm
Largura do leito: 840mm
Dimensões das secções:
Costas 792x820mm * Fixa 245x820mm * Pernas 375x820mm * Pés 559x820mm
Dimensão recomendada para o colchão 2040 × 840 x 120mm
Altura regulável do suporte de estrado 410 – 790mm
MU003/0 (Modelo André)
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
Pagina 4/13
MANUAL do UTILIZADOR
Ângulo da secção das costas ajustável entre 0º e 70°
Ângulo da secção das coxas ajustável entre 0º e 15°
Ângulo entre a secção das costas e a secção das coxas 95º
Ângulo entre a secção das pernas e o suporte estrado 8,3º a 10,4º
Ângulos da posição de Trendelenburg 14,8º e anti-Trendelenburg 14,6°
Altura da grade acima do do suporte do estrado (sem o colchão) 36,5 cm
Peso total da cama: 127 Kg
Peso máximo do paciente 270 kg
Carga máxima (incluindo o colchão e os acessórios) 340 kg
Acabamento da estrutura: desengorduramento e tratamento da superfície e pintura epoxi
Distância vertical mínima entre pedais e estrutura, para travar a cama 62mm
5.1 Parâmetros eléctricos da cama
Fonte de alimentação: 230 V, +/- 10%, 50-60 Hz,
Tensão de operação: 24 V DC
Protecção contra água e poeiras: IP 66
Nível de ruído ≤65 dB
Motor eléctrico em funcionamento: 10%, max. 2 min / 18 min
5.2 Descrição da cama
1 Secção das costas
10
2 Secção fixa
11
3 Secção das pernas
12
4 Secção dos pés
13
5 Cabeceiras
14
6 Comando refª 51495
15
7 Coluna de suspensão
16
8 Haste de soro
17
9 Pára-choques
18
OBS: Na cama refª 6141 (versão
motor refª 40265.
MU003/0 (Modelo André)
Alavanca CPR
Rodas
Motor de accionamento da cabeceira com função do CPR refª 63737 IP 66
Motor de articulação da secção dos pés refª 55971 IP 66
Motor elevação e Trendelenburg e Anti-trendelenburg refª 60922 IP 44
Caixa bloqueio refª 33816
Caixa AG7 refª 33396 IP 44
Bateria MCL Hospital refª 47819
Travão central
Modelo André sem CPR) os nºs 12 e 13 da tabela são substituídos pelo
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
Pagina 5/13
MANUAL do UTILIZADOR
Aviso:
As camas podem ser fornecidas, a pedido do cliente, com os parâmetros eléctricos correspondentes
ao standard de cada território. (outras valores de voltagem, tipos de cabos conectores de
alimentação).
Atendendo ao facto de que o motor é alimentado a partir da corrente eléctrica, pode interferir com
outros equipamentos sensíveis. A fim de reduzir o risco de efeitos eléctrico magnéticos indesejáveis a
cama é fabricada em conformidade com a norma EN 60601-1-2. A fim de evitar estes problemas, a
cama deve ser usada de acordo com este manual.
6 Opções e acessórios
6.1 Cabeceiras
A cama vai equipada com as cabeceiras em tubo inox e painel em compacto fenólico ou cabeceiras em
matéria plástica ABS, ver funcionamento no ponto 13 e 13.1.
6.2 Rodas
Esta cama está equipada com rodas de 150mm com travão central, ver funcionamento no ponto 15.
6.3 Pára-choques
Esta cama está equipada com 4 batentes nos cantos do suporte de estrado, que servem de protecção em
caso de embate com as paredes e/ou móveis.
6.4 Grades laterais
A cama é fornecida sem grades laterais.
Como opção existem grades inteiras em tubo pintado ou inox. Para ver montagem e funcionamento no ponto
14.2 e 14.3.
6.5 CPR (Ressuscitação Cardiopulmonar)
A cama modelo André pode ir equipada com ou sem a função de CPR (ver ponto 11).
A cama modelo André sem a função CPR é a refª 6141.
7 Instalação da cama e colocação em funcionamento
7.1 Verificação e colocação em funcionamento
Retirar a embalagem e colocá-la num ecoponto mais próximo.
De acordo com o documento de entrega, verifique se o produto está completo e sem danos visíveis
que tenham ocorrido durante o transporte.
Leia cuidadosamente este manual de utilização
Se a temperatura durante o transporte ou armazenamento da cama for diferente da temperatura de
utilização, é necessário deixar a cama sem ligar durante 24 horas para se adaptar às condições
internas.
Se a cama for fornecida com as cabeceiras desmontadas, estas devem ser instaladas de acordo
com as instruções no ponto 13.
Ligue a cama à corrente eléctrica, incluindo a ligação da bateria, até estar carregada.
A fim testar as partes articuladas do estrado, suba e desça até à posição máxima cada uma das
partes.
Verificar o funcionamento das rodas e o travão central, a extensão do suporte de colchão (asa) e as
cabeceiras.
Verifique todas as funções dos comandos.
Certifique-se que as grades laterais funcionam sem problemas.
MU003/0 (Modelo André)
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
Pagina 6/13
MANUAL do UTILIZADOR
8 Carregamento e colocação em serviço das baterias.
A cama é fornecida com uma bateria “backup” que necessita de ser carregada durante 24 horas contínuas
antes de ser utilizada, para garantir o perfeito funcionamento da mesma.
A bateria deve ser sempre carregada se a cama estiver sem utilização durante um período
máximo de 6 meses.
Só deverá ser realizado o recurso à utilização da bateria se houver um corte de energia ou
quando o paciente estiver a ser transportado.
Se verificar que a bateria, os comandos e os cabos estão danificados, cortados ou deformados,
deverá desligar a cama da corrente eléctrica e contacte o fornecedor.
9 Instalação dos comandos
Os comandos e a parte eléctrica da cama já vão previamente instalados de fábrica. Não sendo necessária
qualquer montagem. No entanto antes da primeira utilização verifique se todos estes estão devidamente
conectados.
9.1 Legenda e funções da caixa de controlo e dos motores
Bloqueado Desbloqueado
Articulação das costas para cima ▲ e para baixo ▼
Articulação dos pés para cima ▲ e para baixo ▼
Elevação horizontal para cima ▲ e para baixo ▼
Figura 2
Trendelenburg
Anti-Trendelenburg
Figura 3
MU003/0 (Modelo André)
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
Pagina 7/13
MANUAL do UTILIZADOR
9.2 Legendas do motor
Marcação CE
Classificação de Protecção
Protecção contra Choques Eléctricos Tipo B
Categoria de protecção
Não colocar no lixo doméstico
Usar em ambientes Internos
A fim de garantir a segurança, este selo está colado
em todos os produtos DEWERT. Abertura do
produto danifica o selo, indicando assim que a
unidade foi aberta ou adulterada. Estes produtos só
podem ser abertos por pessoal técnico qualificado na
área eléctrica.
10 Comando Manual
10.1 Legenda e funções do comando manual
LED de funcionamento (verde quando um botão é pressionado)
Articulação das costas para cima ▲ e para baixo ▼.
Articulação dos pés para cima ▲ e para baixo ▼.
Articulação das costas e pés em simultâneo para cima ▲ e para baixo ▼.
Elevação horizontal para cima ▲ e para baixo ▼.
Anti-Trendelenburg e trendelenburg
LED de ligação (intermitente cor amarela quando a bateria está a carregar e
luz permanente quando a bateria está carregada ou conectada)
Figura 4
Antes da utilização do comando manual, por parte do doente, este deverá ser informado sobre
todas as indicações necessárias para o funcionamento do comando.
Não deixar o comando manual ao alcance do paciente/outras pessoas, se a equipa médica
verificar que a situação clínica do doente não permite a sua utilização.
10.2 Guia para detecção e eliminação de erros na caixa de controlo e no comando manual
A tabela a seguinte serve para ajudar a detectar e eliminar falhas ou erros.
Se detectar algum defeito / erro que não está identificado nesta tabela, contacte o seu fornecedor.
Todas estas falhas / erros só devem ser inspeccionados e rectificados por pessoal técnico qualificado na
área eléctrica.
MU003/0 (Modelo André)
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
Pagina 8/13
MANUAL do UTILIZADOR
Problema
Possível causa
- Fonte de alimentação não é suficiente
O Comando não
funciona e/ou o LED
não acende
- Caixa de controlo bloqueada
- Comando está com defeito
- Caixa de controlo bloqueada
Não realiza
qualquer movimento
- Cabo de alimentação interrompido
- Cabo de alimentação danificado
Sinal acústico
- Comando bloqueado
Resolução
- Verificar a ligação do cabo, se necessário desligar e
voltar a ligar.
- Desbloquear a caixa de controlo
- Contactar o fornecedor
- Verificar a posição dos botões de
bloqueio/desbloqueio (figura 2 )
- Verificar a ligação do cabo, se necessário desligar e
voltar a ligar.
- Contactar o fornecedor/ substituir o comando
- Verificar a posição dos botões de
bloqueio/desbloqueio
10.3 Limpeza do comando
Antes de proceder a qualquer operação de limpeza, desligue a cama da corrente eléctrica.
A limpeza do comando é fácil, deve ser limpo com um pano húmido e macio. (ver ponto 18.4)
10.4 Eliminação e Reciclagem dos comandos
Todas as operações de eliminação e reciclagem dos comandos da cama e outros componentes eléctricos da
cama devem ser efectuadas de acordo com o ponto 20.
11 – Execução mecânica do CPR (Ressuscitação cardiopulmonar)
A articulação das costas pode ser rapidamente descida em situações de
emergência, nomeadamente durante reanimação cardiopulmonar (CPR), ou
quando existe um corte de energia.
As alavancas “CPR” que permitem esta articulação situam-se em ambos os
lados da cama, à cabeça do paciente, debaixo do suporte do estrado (figura
5), sendo necessário apenas pressionar a alavanca (vermelha) para baixo,
exercendo com a mão pressão para baixo na articulação das costas.
Alavanca CPR
Figura 5
Antes de iniciar o CPR (Ressuscitação Cardiopulmonar),
deve colocar a grade da cama na posição mais baixa.
12 Movimentação manual da secção dos pés
A secção dos pés pode ser ajustada manualmente puxando a asa de
forma a colocá-la na posição pretendida (figura 6).
No caso de ser necessário colocar a secção dos pés para uma posição
mais baixa, deve-se elevar através da asa esta secção até á posição mais
alta e depois baixar. O ajuste da secção dos pés manualmente, deve ser realizado
com as 2 mãos em ambas as asas da secção dos pés, para não correr o risco dos dedos ficarem
trilhados ou esmagados.
Figura 6
O sistema de articulação da secção dos pés pode ser accionado involuntariamente, caso se
verifique um mau encaixe do sistema ou a aplicação de uma força inadvertida, podendo causar
a queda involuntária da secção dos pés.
MU003/0 (Modelo André)
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
Pagina 9/13
MANUAL do UTILIZADOR
13 Cabeceiras
Esta cama está equipada com duas cabeceiras amovíveis. Podem ser com o aro em tubo de inox e painel
em compacto fenólico ou termomoldado ABS.
13.1 Fixação das Cabeceiras
Para encaixar as cabeceiras é necessário fazer coincidir as duas extremidades (tubos)
na zona de encaixe do suporte de estrado fazendo pressão para baixo (figura 7).
cabeceiras não possuem sistema de fecho para bloqueio da saída.
14 Grades Estas
Laterais
Alertamos para o perigo de poderem ser retiradas acidentalmente.
Figura 7
14 - Grades Laterais
14.2 Funcionamento das grades laterais inteiras
Para utilizar este tipo de grades necessita adquirir umas extensões das grades.
Estas extensões devem ser apertadas na cama antes de apertar as grades ( ver ponto 14.3)
Para articular a grade execute o procedimento de acordo com os pontos 1, 2 e 3 da figura 8.
1
3
1 - Zona onde deve colocar a mão para
pressionar a grade
2 - Puxar o fecho da grade para fora
3 - Empurrar a grade para a frente
2
Figura 8
14.3 Imagem do pormenor da montagem da grade
Antes de proceder ao aperto deste tipo de grades laterais inteiras, deverá apertar as extensões das grades
(figura 9).
A figura 10 mostra o tipo de fecho usado nas grades laterais inteiras.
Figura 11
Figura 9
Se o paciente estiver deitado na cama, a grade deverá ser colocada na posição elevada.
O pessoal médico é responsável por colocar a grade na posição elevada e pela
verificação, se a mesma se encontra correctamente trancada.
MU003/0 (Modelo André)
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
Pagina 10/13
MANUAL do UTILIZADOR
15 – Travão central das rodas da cama
Esta cama está equipada com travão central. As alavancas do travão estão localizadas
aos pés da cama. O travão central é usado para facilmente movimentar e manipular a cama por uma pessoa.
Para facilmente perceber basta seguir as imagens abaixo. (fig. nº 11,12 e 13):
Fig 11. Alinhar numa única direcção.
A roda esquerda da frente é direccional e mantém a direcção alinhada
durante o movimento da cama.
Fig 12. Direcção livre
Todas as rodas estão desbloqueadas.
Fig 13. Travada
Nesta posição todas as rodas ficam bloqueadas
Deve-se ter especial atenção para o cuidado de travar as rodas da cama, quando se
encontra parada, para que esta não se mova acidentalmente.
Deve-se ter especial atenção para o cuidado de desligar o cabo da corrente eléctrica e
prende-lo à cama, a fim de evitar que caia ao chão ou que fique danificado pelas rodas.
16 – Acessórios
16.1 Coluna de suspensão e haste de soro
Coluna de suspensão
A cama encontra-se preparada para levar coluna de suspensão e haste de soro nos quatro cantos. A coluna
de suspensão pode ser encaixada em duas posições, bastando encaixar as ranhuras nos respectivos pinos,
ver figura no ponto 5.2 (Descrição da cama).
A coluna de suspensão está equipada com uma pega triangular (trapézio) plástica, ajustável à altura do
paciente.
Carga máxima da coluna de suspensão é de 75 Kg
Haste de soro
A haste de soro vai pronta a encaixar no casquilho, situado nos cantos da cama.
A haste de soro serve unicamente para suporte de contentores líquidos e não dispositivos eléctricos ou
bombas de infusão.
A carga máxima da haste de soro é de 8 kg, a do gancho de plástico é de 2 kg e a altura regulável é de 850
a 1600mm.
A coluna de suspensão apenas deverá ser encaixada com o pino nas duas ranhuras e não noutra
posição, porque poderá provocar o perigo de desequilíbrio da cama, se alguém se pendurar na
coluna.
A coluna de suspensão foi desenhada para auxiliar o posicionamento do paciente, na cama e não
para a execução de quaisquer exercícios de reabilitação.
MU003/0 (Modelo André)
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
Pagina 11/13
MANUAL do UTILIZADOR
17 - Remoção da protecção das secções do estrado
Nas camas modelo André que têm em cada uma das quatro secções do estrado uma protecção constituída
de matéria plástica ABS, estas deveram ser removidas, para melhor acesso a todas as peças metálicas e
eléctricas para uma completa limpeza, desinfecção e manutenção (ver ponto 18.2).
18 – Limpeza e desinfecção
18.1 – Instruções básicas antes da limpeza.
Para a desinfecção da cama, usar detergentes concebidos apenas para limpeza de dispositivos médicos.
Não use detergentes abrasivos ou outros materiais que possam danificar o revestimento.
Não utilize produtos corrosivos, cáusticos ou ácidos, nem detergentes que possam alterar a
estrutura ou o comportamento dos plásticos (diluente, acetona, petróleo etc.) Limpar a cama
com um pano húmido e macio.
As camas não foram concebidas para estações de lavagem automática. As camas não foram
concebidas para a limpeza com pressão da água, pulverização ou limpeza a vapor.
O fabricante não se responsabiliza por qualquer risco ou dano ocorrido na sequência de uma
limpeza inapropriada, desrespeitando as indicações estabelecidas neste manual.
18.2 – Procedimento de limpeza da cama
Para um melhor acesso a todas as partes da cama, suba o leito até à posição mais elevada. Efectue
a articulação das costas e dos pés até à posição máxima.
Travar as rodas, bloquear os movimentos de articulação no comando supervisor, desconectar o
comando de mão de forma a prevenir lesões acidentais durante a limpeza.
Desligue cabo da corrente eléctrica.
O grau de limpeza e desinfecção deve depender da sua finalidade e do nível de contaminação da
cama.
18.3 – Extensão das operações de limpeza da cama
Limpeza diária/regular
Limpeza e desinfecção
completa a realizar a
quando da mudança de
doente ou sempre que
necessário
Superfícies expostas em contacto com o paciente e operador:
Comando manual e supervisor
Todas as superfícies em contacto com o corpo (cabeceiras, grades e fechos,
coluna suspensão, haste soro, alavancas, barras laterais, etc.)
Todos os pontos indicados no ponto anterior
Todas as protecções em matéria plástica ABS, da cama e do carro, bem como
todas as partes acessíveis após retirar essas protecções.
Superfícies das colunas do motor de elevação da cama
Toda a superfície exterior do colchão dos dois lados
Todas as partes metálicas acessíveis do suporte de estrado
Todos os cabos de alimentação e de ligação à corrente eléctrica
Todos os acessórios incluídos no ponto anterior, bem como as protecções dos
cantos, rodas, travão, etc.
18.4 Procedimento de limpeza dos motores e dos comandos
A limpeza é muito simples graças à sua superfície plana. Para limpar use um pano húmido e macio.
Nunca utilize estações de lavagem automática, lavagem em túnel, água a alta pressão ou sprays líquidos,
nas operações de limpeza dos motores e dos comandos. Corre o risco de danificar os equipamentos!
Não utilize solventes como benzeno, álcool ou substâncias semelhantes!
MU003/0 (Modelo André)
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
Pagina 12/13
MANUAL do UTILIZADOR
19 – Manutenção e armazenamento
Atendendo ao facto de algumas partes da cama sofrerem desgaste devido ao uso, limpeza e
desinfecção, inspeccionar pelo menos uma vez a cada 3 meses:
Articulações das grades e parafusos.
Articulações e parafusos das secções do estrado e do motor, limpe e lubrifique com óleo de silicone.
Outro procedimento de manutenção especial requer a intervenção de pessoal qualificado ou do fabricante.
Durante as operações de limpeza e manutenção, caso verifique alguma anomalia, não
coloque a cama em funcionamento e contacte o fornecedor.
20 - Protecção do ambiente (Eliminação e Reciclagem)
A JMS, procura proteger o meio ambiente e as futuras gerações. Portanto, faz parte da sua politica da
qualidade, a atenção ao desenvolvimento, à inovação, produção e utilização de tecnologias e materiais que
respeitem o ambiente.
Os produtos JMS não contêm substâncias perigosas, nomeadamente chumbo, cádmio, mercúrio, amianto,
PCB ou CFC!
O nível ruído do produto cumpre os requisitos exigidos pelas normas.
Todos os materiais usados nos produtos da JMS (aços, plásticos, papel/cartão, madeiras,
componentes eléctricos e electrónicos) são recicláveis, por isso devem ser separados e
encaminhados para reciclagem ao abrigo da legislação em vigor.
Protecção Ambiental
A JMS preocupa-se com a preservação do Ambiente em tudo o que faz. Solicitamos que:
- Separe os resíduos da embalagem e os encaminhe para os ecopontos correspondentes ou
para operadores licenciados.
- Após o tempo de vida útil, entregue o produto a um operador licenciado.
- Não coloque o produto no lixo junto de resíduos comuns.
Obrigado pela sua colaboração!
MU003/0 (Modelo André)
Elaborado pelo Gabinete Técnico e Departamento da Qualidade – Fevereiro 2012
Pagina 13/13

Documentos relacionados