Seco Tools

Сomentários

Transcrição

Seco Tools
NOVIDADES SECO E OPINIÕES AO REDOR DO MUNDO
Lâminas de turbinas para
a indústria de geração de
energia
No.1 – 2002
Reduza os custos
de produção em
90%
A Thor Hammer de Birmingham (Inglaterra), é um dos poucos fabricantes no
mundo a produzir martelos de cobre,
couro, madeira e plástico.
Veja página 22.
Martelos de puro cobre
RM12, um motor a jato da Volvo Aero.
As turbinas a gás série “G” da empresa MHI
utiliza o que existe de mais moderno em
tecnologia hoje.
Leia sobre a cooperação entre a Mitsubishi
Heavy Industries (MHI) e a Seco. Consulte a
página 4. Outros produtos para a indústria de
geração de energia podem ser encontrados nas
páginas 7, 10 e 11.
❖ Aproximadamente 80% das aeronaves comerciais no mundo, incorporam
componentes produzidos pela Volvo Aero.
Veja página 6
❖ A nova fresa para cavidades R217.97 apresenta uma elevada capacidade de
remoção de material, principalmente em alumínio, sendo uma excelente recomendação para a indústria aeronáutica. Leia sobre a empresa Consur S.A. de
Sevilha (Espanha), que é uma sub contratada da indústria aeronáutica.
Veja página 8.
❖ “Nós temos desenvolvido uma parceria especial com a Seco, fato que nos tem
trazido muito sucesso” comenta Bernie Phimister, Diretor Presidente da MB
Aerospace.
Veja página 9.
❖ Usinagem de virabrequins para motores de alta performance a partir de blank
sólido.
Veja página 34.
Gerando custo/benefício e aumentando a eficiência
O novo método PCA possibilita à Seco Tools fornecer uma estimativa precisa
dos custos de produção. Na empresa Pro Cam, a análise provou sua importância com o comparativo entre as brocas Seco CrownLoc e as brocas helicoidais
convencionais.
Veja página 3.
MDT
Multi Directional Turning
Ferramentas modulares para ranhuras axiais
MDT13
A revista internacional
do Grupo Seco Tools
Lâminas
CL-R
CR-R
Editor chefe: Fredrik Nilsson
Editor: Bo Holmblad
Seco Tools AB
Porta-lâminas
Departamento de Marketing
S-737 82 Fagersta, Suécia
Telefone: +46 223-40 000. Fax: +46 223-71 860
Internet: www.secotools.se
2
3
4
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
29
30
31
32
33
34
36
Conteúdo
No. 1 – 2002
Novidades MDT
Método PCA, Suíça
Lâminas para turbinas – MHI, Japão
Furação na indústria aeroespacial, Suécia
Siemens Power Generation, Hungria
Remoção de cavacos rápida, Espanha
Operações otimizadas, Inglaterra
Crescendo rápido, Inglaterra
Hexamill na Finlândia
Indústrias pesadas, Hungria
Guindastes móveis, Finlândia
Imatra Steel, Finlândia
Ferramentas eficientes, Finlândia
MDT na Nova Zelândia
A Seco Tools no Brasil provou seu valor
TP1000 na Saab, Suécia
Mini Square e CrownLoc na Dinamarca
CrownLoc na BMW da Alemanha
Fabricante de martelos na Inglaterra
CrownLoc na Holanda
Hexamill na Dinamarca
Seco Hungria 10 anos
Portas abertas para a Seco, Espanha
Cruzetas na França
Seco fornecedor preferencial na Índia
Seco adquire a Jabro na Holanda
Espanha e Portugal, trabalhando juntas
Custos e ferramentas em mergulho, Suíça
Hexamill trazendo benefícios, França
Seminário técnico Seco-Mazak, Índia
Fresas Seco 217/220.97
Thierlert Aircraft Engines, Alemanha
Uma pequena grande sensação
GR/L
Haste
Ângulo de posição 0°
FR/L
Haste
Ângulo de posição 90°
A-FR/L
Barra de mandrilar
Ângulo de posição 90°
Seco-CaptoTM
(Disponível em
todas as versões)
O Seco Capto é produzido sob licença da
Sandvik Coromant, sendo completamente
intercambiável com o Coromant CaptoTM.
Cobre diâmetros de 17-100 mm
A penetração inicial deve ser feita dentro da faixa
de diâmetros designada, a partir daí, o
torneamento em direção ao centro pode ser feito
sem quaisquer restrições.
Pastilhas recomendadas
LCMF/R 13
• Pastilhas com uma ou duas arestas de corte
• Larguras de 3 e 4 mm
• Quebra-cavacos -FT
2
Pro Cam, Huttwil
Suíça
Utilizando o novo método PCA:
Gerando custo/benefício e
aumentando a eficiência
Heinz Krähenbühl um jovem e inovador homem de negócios,
vem envaidecendo a Seco com o rápido crescimento de sua
empresa, a Pro Cam. “Utilizando o novo método PCA, com o
apoio da equipe de engenharia de aplicação da Seco, a Seco Tools
não será somente um fornecedor de ferramentas de corte, tomará
também a responsabilidade na otimização dos processos”
comenta Heinz Krähenbühl.
Com grandes centros de usinagem únicos no mercado
suíço e trabalhando com componentes de até 8
metros no eixo “X”, Heinz Krähenbühl tem, nos últimos 6 anos, feito da Pro Cam um conhecido fornecedor de serviços para a indústria de moldes e matrizes.
O sucesso só se apresenta para empresas que estabelecem um elevado nível de padronização e trabalham
com os melhores parceiros. Como o principal fornecedor, a Seco foi uma opção segura, lógica e simples.
O constante crescimento tem obrigado o jovem
empreendedor a expandir a capacidade de sua empresa constantemente. Alguns desses objetivos de expansão puderam ser concretizados sem qualquer novo
investimento com a ajuda da Seco e da análise proporcionada pelo sistema PCA.
PCA (Productivity & Cost Analysis) é um método
de acompanhamento e análise desenvolvido pela Seco
Tools e incorporado a um novo software. Essa ferramenta capacita os engenheiros da Seco Tools a oferecer uma estimativa precisa dos custos de produção
para operações individuais.
Dispondo dos dados atuais levantados, as ferramentas são analisadas e, se for necessário, serão substituídas por opções mais rentáveis ou outros métodos
de usinagem.
O PCA não mostra somente comparações precisas
de custos para o componente acabado, oferece também detalhes exatos da capacidade de economia e
otimização de compras. Na Pro Cam Huttwil brocas
convencionais, dentre outras coisas, foram substituídas pela broca Seco CrownLoc e analisadas pelo sistema PCA. A eliminação dos custos de reafiação, a
diminuição dos tempos de usinagem e a adoção de
trocas mais rápidas de ferramentas foram alguns dos
exemplos de economia gerados pelo uso do novo
método PCA, comenta Heinz Krähenbühl.
“A comparação de custos precisa entre os diferentes métodos, demonstra que é possível verificar o nível de economia, tendo a certeza de poder produzir
com uma relação custo/benefício atraente e com o
máximo de confiança no processo.
O engenheiro de aplicação da Seco, Renato Bulfon,
mostra para o Sr. Heinz Krähenbühl, proprietário e
fundador da Pro Cam Huttwil, os custos de produção
calculados através do software Seco PCA.
O time PCA da esquerda para a direita: Renato
Bulfon, engenheiro de aplicação Seco. Silvia Baur,
gerente Seco, Heinz Krähenbühl, proprietário e
fundador da Pro Cam em Huttwil.
3
Takasago Machinery Works of Mitsubishi Heavy
Industries Ltd. – Takasago, Japão
Colaboração MHI e Seco:
Lâminas de turbinas para a
indústria de geração de energia
A produção de lâminas para turbinas é
extremamente complexa. Além dos materiais e formatos serem difíceis, é necessário ser capaz de remover uma grande
quantidade de material a elevadas velocidades, mantendo a precisão e atingindo
tolerâncias estreitas.
com demonstrações e sugestões, pudemos entender
como o processo trabalha” comenta Norihiro Haji,
gerente do departamento de engenharia de produção.
O Sr.Motonari Machida do departamento de produção e fábrica de lâminas da Takasago Machinery
Works, Mitsubishi Heavy Industries Ltd., comenta
“Por dois meses, testamos as ferramentas Seco Tools
e pudemos perceber que poderíamos reduzir o número de operações de 10 para 6 no desbaste e de 6 para
4 no semi-acabamento”.
As fresas para plunging da Seco são usadas nas
operações de desbaste das lâminas sólidas do compressor das turbinas a gás e a vapor (altura de 100 a
300 mm) fabricadas a partir de blocos sólidos e em
lâminas forjadas para turbinas a vapor (altura de 40
polegadas) fabricadas a partir de forjados de precisão
NNS (Near Net Shape).
A colaboração entre a Seco e a MHI foi crucial
para alcançar os bons resultados de produtividade.
Hoje, é uma tendência dentro da MHI, trabalhar de
uma maneira integrada, envolvendo desde o início, o
programador, o operador da máquina e o técnico de
produção. E a Seco faz parte desse time.
“Agora, nós pensamos na solução global – anteriormente, cada departamento tomava conta de sua
área. Dessa maneira, tudo, desde o planejamento até
a solução dos problemas é feita de uma forma muito
mais eficiente” e Norihiro Haji continua: “Dessa forma, levamos em consideração todos os custos de produção, e usando as ferramentas Seco Tools, aumenta-
A Mitsubishi Heavy Industries Ltd. – Japão, uma das maiores indústrias de componentes pesados, testou as fresas Seco
para plunging e outras ferramentas, e está
satisfeita com os resultados técnicos e com
o aumento nos níveis de produtividade.
A Mitsubishi Heavy Industries Ltd. (MHI), fabrica
turbinas a gás e turbinas a vapor para usinas termo
elétricas e nucleares, e turbinas para água e bombas
na empresa Takasago Machinery Works na porção
ocidental do Japão. Desde julho de 2000, a Seco entrega ferramentas para a usinagem de lâminas e carcaças de turbinas a vapor e a gás.
“Nós ouvimos sobre a tecnologia de fresamento
por plunging, e entramos em contato com a Seco
Tools, que goza de uma grande experiência e uma
boa reputação nesse tipo de operação. E graças ao
suporte técnico oferecido pelos engenheiros da Seco,
A altura das lâminas de uma turbina a vapor varia entre 20 e 1500 mm (8 – 54 polegadas).
4
Section illustration of 501G-Type Gas turbine
mos nossa produtividade e reduzimos os custos totais”.
Mamuro Kubota, do departamento de vendas da
Seco Tools, visita a MHI pelo menos 3 vezes por semana e Hiroaki Ohi, técnico de suporte, algumas vezes por mês.
“Nós percebemos que o serviço da Seco é muito
eficiente e rápido” comenta Motonari Machida.
“Além disso, a Seco tem sido bastante ativa no desenvolvimento de nossas operações e tem nos indagado
freqüentemente como nosso processo tem se comportado”.
A MHI tem utilizado as fresas para plunging com
pastilhas XOMX-09 em grandes quantidades e fresas
Micro Turbo na usinagem das lâminas das turbinas a
gás, principalmente na parte do compressor. As máquinas são, na sua grande maioria, de um fabricante
suíço Starrag’s Rigid 4 x 5 eixos. As fresas para
plunging com pastilhas SCET-12 e as fresas Octomill
estão sendo usadas nas carcaças para turbinas a vapor.
MHI uma empresa global
A Mitsubishi Heavy Industries é uma das maiores
empresas da indústria de componentes pesados do
mundo e faz parte do Grupo Mitsubishi, o maior
grupo privado do Japão. A MHI fabrica de tudo, desde porta aviões até submarinos, turbinas a vapor a
motores para aeronaves. A Mitsubishi Materials e a
Mitsubishi Motor Corporation são outras empresas
do grupo.
Takasago Machinery Works é a maior planta da
MHI, fundada em 1962 como uma fábrica da MHI
Kobe Shipyard, se tornou uma empresa de capital
aberto em 1964, com mais de 3.000 funcionários trabalhando em uma planta com uma área ao redor de
1.000.000 m2. Em abril de 2000, a planta de Iwanai
em Hokkaido iniciou a produção de circuitos impressos utilizando equipamentos e tecnologia de ponta. A
empresa abriu a Orlando Service Center na Flórida
(USA) para prestar serviços em turbinas a gás.
Hoje, combinando uma planta de geração cíclica,
utilizando uma turbina a gás em conjunto com uma
turbina a vapor, tem exercido um papel de liderança
na indústria de geração de energia. Essa tecnologia
tem economizado uma grande quantidade de energia
quando comparada com plantas de geração a vapor
com o benefício de serem menos poluentes.
A MHI entregou sua primeira turbina a gás com a
última palavra em tecnologia em 1984 para a
Tohoku Electric Power Co. Higashi Niigata Power
Station, consistindo de uma planta de geração cíclica
combinada. Desde então, esse tem sido o foco da
empresa. Mais de 40 plantas de geração cíclica combinada tem sido fornecidas para 20 países ao redor
do mundo. Comenta Norihiro Haji.
Por exemplo: A MHI tem fornecido plantas de
geração cíclica combinada para a unidade de
Damhead – King North, e Salted – Hulsey na Inglaterra; Mystic e ForeRiver em Massachussets e Wolf
Hollow – Texas nos USA.
As turbinas a gás constituem aproximadamente
60% da produção da Takasago MHI e a empresa
está situada entre os 4 maiores fornecedores de turbinas a gás do mundo e detem ao redor de 40% do
mercado no Japão. A capacidade de produção anual
de turbinas a gás é de 7.200.000 kW. A MHI
Takasago também fornece turbinas a vapor para usinas termo elétricas e usinas nucleares.
Maria Olsson
5
Volvo Aero, Trollhättan
Suécia
Exigências extremas na indústria aeroespacial.
Furação com brocas sólidas de
metal duro Seco
“Nós estamos gratos por encontrar uma
broca que desempenha seu papel tão
bem” comenta Roger Olsson, engenheiro
de produção da Volvo Aero. A tarefa envolve a furação de discos de ventilação
para os motores General Electric F414. O
material a ser furado é titânio. A norma
de segurança aeronáutica permeia todos
os processos. As exigências quanto as tolerâncias dimensionais são muito estreitas.
As ferramentas usadas no passado eram quase sempre fabricadas em aço rápido (HSS). No entanto, os
fabricantes de motores aeronáuticos, gradualmente
tem permitido, que seus sub contratados usem ferramentas de metal duro para a usinagem de componentes desses motores.
A Volvo Aero produz partes vitais em um grande
número de modernas aeronaves a jato civis de militares. A gama de motores tem se estendido desde
Boeing 747 até os motores RM12 utilizados nos aviões suecos Jas 39 Gripen. O motor F414 também
equipa, por exemplo, as aeronaves americanas F/A18E/F.
Os discos de ventilação para a última parte da
turbina tem de ser furados e Morgan Klasson, que é
o comprador das ferramentas de corte, procurou testar brocas sólidas de metal duro nessa operação.
“Nós começamos testando as brocas no Centro
de Desenvolvimento de Furação da Seco em
Norrköping, auxiliados por Clas Möller, chefe da
engenharia de desenvolvimento para brocas”, comenta Klasson.
Aproximadamente 80% das aeronaves comerciais no
mundo, incorporam componentes produzidos pela
Volvo Aero.
A escolha recaiu sobre a broca SD25 na geometria
“T”, que apresentam furos internos para refrigeração
e uma geometria específica para usinagem de titânio
e ligas de titânio. Nesse tipo de broca, as tolerâncias
da ponta de corte são muito estreitas.
Essa broca é capaz de furar um total de 3,6
metros lineares em titânio sem qualquer desgaste visível. As pontas das brocas necessitam ser inspecionadas em microscópios para serem detectadas quaisquer marcas de desgaste. As brocas são trocadas normalmente com certa antecedência, para manter a elevada segurança e qualidade padrão.
O processo de furação completo é monitorado
através de sensores de carga, e essas leituras são gravadas junto com as demais informações para todos os
estágios de produção.
O titânio apresenta um baixa condutividade térmica e, desse modo, o calor gerado durante o processo de corte flui pela broca. O fluido refrigerante é
fornecido por um indutor externo com uma pressão
de 20 bar.
“Os testes de furação tem produzido bons resultados” comenta Morgan Klasson. “Nós podemos furar
3 ou 4 vezes mais rápido que com brocas de aço rápido. E a qualidade das furações é muito melhor. Os
fabricantes de motores aeronáuticos apresentam exigências de segurança muito apertadas. Agora, nós
estamos também aguardando a aprovação de outros
fabricantes para começar a usar as brocas sólidas de
metal duro”.
A Seco SD25 gera um mínimo de tensões residuais
no material e as rebarbas na saída são muito pequenas.
“A qualidade das brocas Seco é elevada, os prazos
de entrega são curtos e os preços competitivos” conclui Morgan Klasson. A Volvo Aero possuia 4,250
funcionários em 2000, e apresentava um faturamento
de 10713 milhões de SEK.
As brocas SD25
podem executar
furações em peças
fabricadas
em ligas de titânio,
com o mínimo de
rebarbas na saída.
6
~
Siemens – Erõmutechnika Kft., Budapeste
Hungria
Uma fábrica moderna com
máquinas modernas
Uma planta produtiva altamente eficiente, no setor de geração de
energia elétrica, tem sido construída na capital da Hungria – Bu~
dapeste na Siemens Erõmutechnika
Kft. Os equipamentos da fábrica consistem de novas máquinas ferramentas, para as quais a
Seco é o fornecedor de ferramentas principal.
~
A Siemens Erõmutechnika
Kft. é um membro da
Siemens Power Generation. Os produtos da empresa
incluem lâminas para turbinas, lâminas para compressores, guias para palhetas e carcaças para turbinas e logicamente outros produtos voltados para o
setor de geração de energia elétrica. Sendo um membro do grupo Siemens Power Generation a empresa
tem acesso aos desenhos disponíveis em um banco de
dados central.
“A Seco é um dos maiores fornecedores de ferramentas aqui” comenta László Mihályi, chefe do departamento de produção de lâminas, que conta com
130 funcionários sob sua responsabilidade. A
~
Siemens Erõmutechnika
Kft. tem um total de 470
funcionários.
As ferramentas Seco Tools utilizadas no sistema
de produção da empresa são: a Minimaster, a Micro
Turbo e as fresas 220.13/220.29.
“A Minimaster é 200 a 300% mais rápida que as
ferramentas de aço rápido e a qualidade na usinagem
é muito melhor” comenta.
~
Na Siemens Erõmutechnika
Kft. as pastilhas triangulares Minimaster são reafiadas quando necessário e também recobertas. Novas e modernas máquinas transfer, tem sido especialmente adaptadas para
a produção de lâminas de turbinas e compressores
para serem compradas. As máquinas para produção
de lâminas vem da planta Siemens da Alemanha,
além disso, agora a empresa está investindo também
em 8 centros de usinagem suíços.
A empresa também dispõem de máquinas ferramentas para usinagem de componentes de grandes
dimensões. As mandriladoras são recomendadas
para peças de até 4500 mm de diâmetro e 3000 mm
de altura. As máquinas transfer podem usinar peças
de até 6500 mm de comprimento e 1600 mm de altura.
László Mihályi com uma seleção de lâminas para turbinas
7
Consur S.A., Sevilha
Espanha
Fluxo de cavacos rápido e seguro
A nova fresa para cavidades Seco
R217.97 apresenta uma elevada capacidade de remoção de material, principalmente em alumínio. Essa característica encontra especial aplicação nas operações de
fresamento em rampas onde o fluxo de
cavacos se direciona para baixo da fresa.
ção de 11.000 rpm e uma profundidade de corte de 7
mm.
“Como bônus, a segurança é muito elevada, fato
de relevante importância” comenta Salvador Perez,
engenheiro da Consur S.A.. Comparativamente, o
consumo de potência também é menor que outros tipos de fresas utilizadas, além do fluxo de cavacos ser
melhor com o uso da fresa para cavidades.
A Consur S.A. utiliza uma série de outras fresas
fornecidas pela Seco Tools, incluindo a Micro Turbo,
a Super Turbo e a Minimaster. Da mesma maneira, a
empresa também utiliza uma grande quantidade de
brocas sólidas de metal duro da Seco, além de brocas
com pastilhas intercambiáveis e da CrownLoc.
“A Seco é o principal fornecedor de ferramentas
de corte” comenta Ignácio Gonzáles-Blanch, o proprietário da Consur S.A..
A empresa foi fundada em 1942, quando produzia acessórios para a indústria automobilística. Durante os últimos 15 anos a empresa se especializou
em serviços sub contratados para a indústria aeronáutica. A empresa emprega por volta de 40 funcionários.
A Consur S.A. é uma empresa subcontratada"
instead of da indústria aeronáutica. A empresa produz vários componentes para o Boeing 717, para o
Airbus 320, para o Embraer 145, para o Bombardier
CRJ, para os helicópteros Sikorsky e muitos outros.
Os materiais mais comuns são o alumínio 7075/
6063, o titânio Ti-6Al-4V e os aços inoxidáveis.
A segurança da operação fica comprometida se
forem usadas outros tipos de fresas. O alumínio pode
algumas vezes aderir à fresa, e o fenômeno da aresta
postiça pode ocorrer nas pastilhas. Em ambos os casos, ocorrerão problemas de usinagem.
A R217.97 com diâmetro de 50 mm, possibilitou
o aumento da velocidade de avanço de 3000 mm/min
para 5000 mm/min. A fresa trabalha com uma rota-
Ignácio Gonzáles-Blanch Roca, proprietário da Consur S.A., operador José M. Rioja e os
representantes da Seco Guilhermo Herranz e Francisco Sillero.
Eles estão próximos a um centro de usinagem vertical 5 eixos com estrutura Grantry e
3 eixos árvore. A taxa de remoção de material, utilizando a fresa R217.97 é enorme.
As peças são componentes para as asas da aeronave regional Embraer 145 para 50 passageiros.
8
MB Aerospace Ltd., Motherwell
Inglaterra
Operações otimizadas
A alguns anos atrás, a MB Aerospace tinha mais de 100 diferentes tipos de pastilhas no estoque. Os técnicos da Seco fizeram com que esse total pudesse ser cortado para um número ao redor de 20 tipos
de pastilhas, cobrindo 90% de todas as
operações de usinagem.
Agora as pastilhas estão acomodadas em um sistema
automático de distribuição (ATD) que um grande
número de clientes na Inglaterra tem comprado da
Seco. Gordon Ramsey, técnico da Seco na Escócia, foi
a pessoa que auxiliou a MB Aerospace a otimizar todas suas operações. As operações foram otimizadas a
alguns anos atrás, no entanto, o uso do software PCA
(Production & Cost Analysis System), Gordon
Ramsey otimizou ainda mais as operações na fábrica
da MB. O trabalho tornou-se portanto, uma super
otimização.
“Nós estamos desenvolvendo uma parceria especial com a Seco, que tem nos ajudado a alcançar o
sucesso” comenta Bernie Phimister, Diretor Presidente
da MB Aerospace.
“A Seco Tools é o nosso único fornecedor de ferramentas no momento”, confirma Bernie Phimister.
A empresa produz como sub contratada, uma série de componentes complexos destinados à indústria
aeroespacial. Isso pode envolver a produção de complexos componentes de paredes finas, que são muito
difíceis de serem usinados.
Os materiais utilizados nas peças são: titânio, alumínio, lítio, magnésio, bronze e aço. A linha de produção inclui componentes para o Airbus A320/321,
A330/340, para o Learjet 45, para o Boeing 757,
para o Bombardier RJ200 e também para vários tipos
de helicópteros. Componentes para motores aeronáuticos como o Rolls-Royce Trent 500, também fazem
parte da linha de produtos.
A empresa tem atualmente 104 anos de idade e
conta com a colaboração de 240 funcionários. O
faturamento anual é de 24 milhões de libras. A MB
opera em três plantas na Inglaterra, Motherwell,
Edinburgh e Burnley. A MB Aerospace faz parte do
grupo Motherwell Bridge que emprega 4000 funcionários.
Bernie Phimister, Diretor Presidente e Mike Kennedy,
Gerente de Produção segurando um anteparo do jato
executivo Learjet 45. Observe o sistema de fixação no
segundo plano Hitec Ecosse, Glenrothes
Gordon Ramsey da Seco Inglaterra e Dougie More,
Engenheiro de L:ogística da MB Aeroespace. Eles
estão segurando um componente do sistema de flaps
do Airbus A320, que agora está sendo produzido pela
MB Aeroespace.
9
Hitec Ecosse, Glenrothes
Escócia
Hi-Tec Ecosse
A Seco fornece ferramentas para uma
empresa que cresce dinamicamente
Como resposta ao crescimento da demanda na indústria de geração de energia dos
USA, a construção de uma nova planta
para componentes pesados da Willian
Cook Hi-Tec Ecosse foi iniciada em dezembro de 2000 e seus primeiros produtos
deixaram a fábrica 15 meses mais tarde.
A Willian Cook Hitec Ecosse (Ecosse é a palavra
francesa para Escócia) se especializou na usinagem
em acabamento de carcaças de turbinas a gás e turbinas a vapor. As carcaças são fundidas em CrMo e
CrMoV (SMG 4) na fundição da Willian Cook HiTec em Penistone, próximo a Sheffield. A nova fábrica foi montada em Glenrothes próximo a Edinburgh
com o objetivo de fornecer essas complexas carcaças
acabadas, prontas para a montagem.
Fundidos individuais de até 35 toneladas cada são
usinados com tolerâncias apertadas em 6 grandes
máquinas CNC, organizadas em duas células de
usinagem, uma para turbinas a vapor e outra para
turbinas a gás.
A Seco Tools Inglaterra está envolvida com essa
fábrica desde o começo, e foi selecionada como o
principal fornecedor de ferramentas de corte, depois
de uma detalhada revisão de todas as alternativas.
Angus MacDonald e Max Townson, ambos engenheiros de aplicação, estão trabalhando em estreita
cooperação com o time da Hi-Tec Ecosse, para definir
as melhores soluções em ferramentas para otimizar a
produção dessas complexas peças. Eles tem gasto uma
grande parcela de seu tempo na nova fábrica oferecendo suporte técnico para aplicação dos produtos e
otimizando o desempenho das ferramentas.
As ferramentas fornecidas compreendem toda a
linha Seco Capto, fresas Octomill, fresas 335.18 e
brocas Perfomax, além de ferramentas para
torneamento multi direcional (MDT).
“O MDT produz um excelente acabamento superficial de Ra 0,6 mm” comenta Angus MacDonald.
“Os operadores estão muito contentes com o
MDT” declara Max Townson.
Os componentes são grandes, a foto mostra que
Angus MacDonald e Max Townson podem facilmente, ser acomodados dentro deles, enquanto observam
o desempenho das ferramentas.
A Hitec Ecosse se utiliza de ferramentas especiais
inovadoras, as quais são grandes barras de mandrilar
controladas por CNC, para o mandrilamento interno
de diâmetros críticos nas carcaças de turbinas a vapor. Essas barras apresentam um diâmetro inicial de
700 mm e são introduzidas em uma entrada estreita
na carcaça, podendo ser extendidas até diâmetros de
1750 mm.
Carcaça de turbina a gás que será usinada pela Hitec
Ecosse.
Operador Brian Peters à frente de uma barra de 660
mm de diâmetro produzida pela ITS e usada pela
Hitec Ecosse.
Max Towmson e Angus MacDonald dentro de uma
carcaça de turbina. Eles estão mostrando algumas
ferramentas Seco MDT para a produção de ranhuras
nesses grandes componentes.
O projeto permite que a posição das pastilhas sejam ajustadas durante o processo de usinagem.
As unidades de madrilamento únicas, custaram £
250.000 e são usadas em uma mandriladora de grande porte, evitando a compra de uma máquina especial para esse propósito com um custo de £ 2.000.000.
10
Metso Minerals (Tampere) Oy, Tammerfors
Finlândia
Hexamill: rendimento 50% maior
nas operações de desbaste
Comparada com a fresa usada no passado, a nova fresa Seco
Hexamill (R220.66) durou 50% mais nas operações de desbaste na Metso Minerals na Finlândia.
A taxa de remoção de material foi aumentada em 10%. No entanto o limite agora é estabelecido pela capacidade da máquina
ferramenta e não pela ferramenta.
O fundido do qual é retirado uma lâmina para uma
turbina tipo Francis pode pesar 8 toneladas. Por volta de 1200 kg de material deve ser removido durante
a operação de desbaste. O material é um aço inoxidável AISI 304. As pastilhas Hexamill na classe T250M
apresentaram um desempenho basatante elevado. As
lâminas de turbina são bastante complicadas para
serem usinadas. Nada menos do que 15.000 linhas de
programa são necessárias para carregar os dados em
uma máquina de 5 eixos. Esse tipo de máquina não é
comum na Finlândia e por isso permanece com uma
carga de trabalho muito elevada.
As lâminas são produzidas com um sub contrato
com a Metso Lokomo Steels Foundry. A Metso
Minerals é o resultado da fusão da empresa sueca
Svedala com a empresa finlandesa Nordbergs. A linha de produtos de ambas as empresas inclui
trituradores de rochas e equipamentos similares.
A Metso Mineral (Tampere) Oy. é membro do
grupo Metso que dispõem da colaboração de 22.000
funcionários e gerou um montante de vendas em
2000 da ordem de 3.9 bilhões de Euros.
Pertti Malkki e Raimo Peltovako a frente de
uma lâmina para uma turbina Francis.
A nova fresa Hexamill (R220.66) tem rendimento
50% maior nas operações de desbaste" instead of
11
Apritógépgyár Rt., Jászberény
Hungria
Indústria de componentes pesados
em rápido crescimento
A Apritógépgyár Rt., é uma empresa com 50 anos de idade
e agora está em uma trajetória dinâmica de crescimento. De
1993 a 2000, o faturamento cresceu de 1.4 bilhões de Forins
para 7.8 bilhões. Muitas das ferramentas de metal duro usadas pela empresa são fornecidas pela Seco Tools.
A Apritógépgyár Rt. fabrica componentes pesados
para quaisquer aplicações desde fresas para
britadores de carvão até trituradores de rochas, com
pesos atingindo até 80 toneladas. Componentes para
escavadeiras, principalmente os braços móveis onde
dúzias de lâminas e caçambas são fixadas, são os produtos de maior importância. Fresas para trituração
de compostos e entulho, equipamentos de processo,
tambores rotativos e outros diferentes produtos fazem parte da extensa linha da Apritógépgyár Rt.. A
empresa também atende a solicitações de serviço de
usinagem de clientes como sub contratada.
Clientes incluindo a Hitachi, Mannsmann,
Caterpillar, Liebherr e outros grandes fabricantes. Do
total produzido, 92% da produção é exportada para
empresas da Europa ocidental. A empresa emprega
hoje 850 pessoas em Jászberény e Hatvan. Em 1993
os funcionários adquiriram muitas ações da empresa.
“A Seco oferece as ferramentas mais eficientes. A
qualidade e a vida útil das ferramentas são também
excelentes” comenta Tibor Tóvizi, executivo de divisão da Apritógépgyár Rt em Jászberény. “A linha de
ferramentas disponibilizada pela Seco é bastante am-
pla e vai de encontro às nossas necessidades específicas”.
A Apritógépgyár Rt., freqüentemente usina peças
soldadas, onde a dureza do material é variável nas
juntas soldadas. As fresas Octomill comprovaram um
comportamento muito bom nesses materiais. O
bedame 150.10 com sua lâmina de aço rápido também apresentou um bom desempenho.
A Apritógépgyár Rt. adquiriu uma grande quantidade de pastilhas para torneamento nas classes
TP30 e TP40, que provaram ser muito duráveis em
operações com cortes interrompidos, muito comuns
aqui. O quebra cavacos R4 é especialmente indicado
para muitos dos diferentes materiais usinados na
empresa.
Uma ferramenta de mandrilar projetada pelo engenheiro reformado Szilua está sendo usada na empresa. Essa ferramenta está disponível em diâmetros
entre 32 a 450 mm. Agora, uma ferramenta equivalente com um projeto mais moderno executada pela
subsidiária Seco a EPB está sendo testada. A broca
Perfomax está sendo usada para broqueamento e a
nova CrownLoc está sendo testada.
Fornecedor e cliente, a partir da esquerda, gerente de vendas Seco Janos Wohl
e o executivo de divisão Tibor Tóvizi da Apritógépgyár Rt.
12
Loglift Oy Ab, Salo
Finlândia
A maior da Europa em guindastes
móveis
Loglift Oy Ab investiu em um centro de
usinagem Fastem. Quase todas as ferramentas foram fornecidas pela Seco Tools
AB através da Oy Grönblom Ab, distribuidor Seco na Finlândia.
O centro de usinagem para o qual a Seco forneceu as
ferramentas, apresenta um magazine com capacidade
para 70 ferramentas. Essa é uma máquina 3 eixos
com um comprimento de trabalho de 9 metros. As
ferramentas fornecidas pela Seco são cones básicos e
ferramentas modulares Graflex EPB, brocas
Perfomax e Fresas Super Turbo.
A Loglift tem suas origens em uma fundição que
também executava reparos. As operações foram iniciadas em 1891, e a produção de guindastes florestais
foi iniciada em 1965 e se tornou o foco dos negócios
11 anos mais tarde. A Loglift e a empresa sueca irmã
Jonsered Cranes AB, agora fazem parte do grupo
Finnish Partek.
A empresa é a maior da Europa em guindastes
florestais para caminhões, processadores, ceifadeiras,
máquinas para desembarque, etc.
A empresa também produz guindastes industriais,
principalmente para a construção civil. A empresa
Um guindaste florestal trabalhando.
dispõem de mais de 200 funcionários e apresentou
um faturamento em 2000 na ordem de 247 milhões
de FIM. 90% da produção é exportada, principalmente para a Alemanha, Rússia, Japão, América do
Norte e América do Sul.
Seppo Saviranta, vendedor da Grönblom para a região, Jyrki Pynninen da Loglift
e Jukka Liuttu, gerente de departamento da Oy Grönbloms Ab.
13
Seco Tools AB coopera com a Imatra Steel
Desenvolvendo novas pastilhas
e novas classes de aços
A Seco Tools AB e a Imatra Steel da Finlândia vem cooperando entre si desde
1998, almejando o desenvolvimento de
produtos de maior competitividade – a
Imatra no campo dos aços e a Seco no
campo das pastilhas intercambiáveis. A
Imatra é bem conhecida pelo seu aço M.
A alguns anos atrás, Sakari Ruppi, especialista em
cobertura da Seco, ministrou uma conferência na
Finlândia, e lá encontrou alguns engenheiros de desenvolvimento da Imatra Steel.
“Esse encontro pavimentou o caminho para uma
troca efetiva, que nos permitirá receber indicações,
para nosso trabalho de produção de classes de metal
duro mais indicadas para o corte dos aços, enquanto
habilita a Imatra a desenvolver várias classes de aços
com a usinabilidade melhorada” comenta Rolf
Olofsson, engenheiro de desenvolvimento da Seco.
A Seco está desenvolvendo no presente momento
uma nova geração de classes para torneamento e tem
mantido uma estreita cooperação com a Imatra.
“Nossa cooperação com a Seco tem nos capacitado a desenvolver classes de aços otimizadas” declara
Ari Anonen, engenheiro de desenvolvimento da
Imatra Steel.
A Imatra Steel está oferecendo para seus clientes,
por volta de 300 tipos diferentes de classes de aços,
que cobrem uma gama completa de aços para construção de máquinas, aços estruturais de alta resistência, aços para têmpera e cementação, aços para molas, aços ao boro, aços micro ligados, aços para
nitretação e aços para endurecimento direto.
Até o final de 2003 a Imatra Steel terá investido
por volta de 200 milhões de Euros desde 1989 nesses
trabalhos de desenvolvimento. A cadeia produtiva
inteira será muito em breve renovada. Um dos maiores investimentos envolve a redução nas emissões na
produção.
“É muito importante para nós podermos participar nos processos de inovação para nossos clientes”
Classes de aço otimizadas graças a cooperação com a
Seco Tools AB.
comenta Vesa Ollilainen, gerente de desenvolvimento
da Imatra Steel.
Isso significa que o fabricante de aços, a forjaria e
o cliente, cooperam em uma estrita relação, com o
objetivo comum de alcançarem os melhores resultados possíveis. A Imatra Steel dispõem de forjarias
próprias na Finlândia e Suécia e agora, também na
Escócia, mais uma fábrica de molas na Finlândia.
Aços M
A Imatra Steel é provavelmente mais conhecida através de seu aço “M”, onde o “M” significa
usinabilidade (Machinability). Métodos foram efetivamente desenvolvidos para o tratamento do aço
com cálcio, permitindo que vários elementos possam
ser retidos na matriz do aço. Essas inclusões formam
um filme lubrificante na ponta aresta de corte. A
melhora da taxa de usinabilidade resulta em menores
tempos de usinagem e maior vida para as pastilhas.
Economia e aumento da capacidade de produção são
resultados naturais.
A Imatra Steel entrega metade de sua produção
para indústrias metalúrgicas e o restante para a indústria automobilística. Dentre os clientes da indústria automobilística estão a Ford, a Mercedes-Benz, a
Peugeot-Citroën, a Volvo entre outros.
A história da Imatra Steel começou em 1915,
quando a empresa Elektrometallurgiska AB começou
a produzir ferro em lingotes e ferro silício. Hoje a
empresa faz parte do grupo Wärtsilä. A Imatra Steel
dispõem de 750 funcionários e apresentou uma produção de 250.000 toneladas no ano de 2001.
Esquerda: testes avançados de usinabilidade são
executados no laboratório de usinagem da empresa
Imatra Steel normalmente usando pastilhas da
Seco Tools AB. Vesa Ollitainen e Ari Anonen estão
sendo vistos aqui, acompanhando o teste executados
pela operador Hannu Immonen.
14
Kumera Machinery OY, Kylmákoski
Finlândia
“As ferramentas Seco são mais
eficientes”
A Kumera Machinery OU é um sub contratado de componentes grandes e pesados para a indústria de mineração, indústria petrolífera, instalações offshore, máquinas para papel, guindastes e outros
componentes pesados para engenharia. A
Oy Grönblom Ab, o representante Seco
na Finlândia, equipou recentemente uma
máquina fresadora Pama Speedram 3 tanto com elementos de fixação como com
ferramentas de corte. A Kumera está investindo pesadamente em novas
tecnologias e novas máquinas.
“A Seco Tools tem sido nosso principal fornecedor
de ferramentas para usinagem” comenta Hannu
Viljanen, Diretor Presidente da Kumera Machinery
OY. Torna-se natural, portanto, que a Seco forneça
quase todas as ferramentas para a fresadora horizontal Pama Speedram 3. As ferramentas fornecidas incluem
adaptadores
EPB,
ferramentas
de
mandrilamento Graflex e também fresas para
faceamento, esquadrejamento, contornos, rasgos e
plunging, além, naturalmente da Minimaster. As bro-
cas CrownLoc também tem apresentado um bom desempenho na Kumera.
“Nós temos testado ferramentas de diferentes fabricantes e chegamos a conclusão que as ferramentas
Seco apresentam um desempenho muito bom” declara Matti Remes, programador NC da Kumera. “Nosso critério na escolha das ferramentas é a qualidade”
completa.
O fabricante da fresadora Pama tem realmente
colocado em uso todas as oportunidades de
tecnologia. De seus escritórios na Itália, os engenheiros da Pama podem programar a máquina por transmissão de dados via Internet. Existe também uma
câmera conectada on line, onde eles podem observar
o que está acontecendo ao redor da máquina. Além
disso, eles podem conversar com o cliente na Finlândia no mesmo link da Internet. Isso é realmente um
serviço rápido.
Por volta de 100 pessoas estão empregadas na
Kylmäkoski. A empresa pode atender a operações
como a usinagem interna e externa de peças de até 26
metros de comprimento, estampagem de blanks pesados com forças de até 2200 toneladas e também o
forjamento pesado de cilindros de até 6 metros de
diâmetro.
A Kumera Machinery OU foi certificada pela ISO
9001 e também possui certificados de qualidade para
a produção de vasos de pressão e para soldagem.
Matti Remes Hannu Viljanen, Markku Räikkä e na extrema direita Stig Adahl da Oy Grönblom Ab.
15
James Nilsson Ltd., Auckland NZ
Austrália
“O MDT nos deu uma
produtividade 20% maior”
Recentemente, Grant Nilsson, diretor da
James Nilsson Ltd., obteve um contrato
onde as ferramentas MDT foram consideradas uma opção quando o tempo de
usinagem precisa ser reduzido.
“Um de nossos perfis mais detalhados nos
convenceu que o sistema Seco MDT é
mais rígido e portanto mais versátil que os
produtos concorrentes, que estávamos
usando”comenta Grant Nilsson.
Nesse componente em particular eles foram capazes
de remover duas fases de operação e duas ferramentas
de torneamento. Agora, eles podem desbastar e acabar o perfil com as ferramentas Seco MDT e também
puderam otimizar o processo reduzindo o número de
operações de 3 para 2.
Tudo isso levou a uma economia significativa no
tempo de ciclo, por volta de 20%, adicionando 7.5
horas adicionais de tempo de produção para cada lote.
“Nós podemos usinar qualquer coisa desde não
ferrosos, aços inoxidáveis e aços ferramentas. Outros
fornecedores tentaram mas não conseguiram superar
a versatilidade das ferramentas Seco MDT” comenta
Grant Nilsson.
A James Nilsson Ltda. foi fundada em 1963 e se
especializou na terceirização de serviços e na fabricação de guinchos náuticos. A empresa, rotineiramente,
trabalha com uma grande diversificação de materiais,
desde aços de elevada resistência, aços inoxidáveis até
não ferrosos e bronzes náuticos.
Âncoras são fabricadas para atender a uma completa gama de necessidades. Recentemente, foram fabricados alguns guinchos automáticos a manivela,
capazes de puxar 15 toneladas para o super yacht
“Geórgia”.
O Fundador Jim Nilsson, adotou rapidamente a
tecnologia CNC no final dos anos 70 e a empresa
hoje pode ser controlada literalmente por comandos
CNC e sistema CAD-CAM. A empresa estabeleceu
links de computador com escritórios particulares dos
parceiros Jerry Bennett e Grant Nilsson, onde muitos
dos desenvolvimentos de design em CAD são feitos.
Grant também utiliza uma série de outros produtos Seco, incluindo a linha de brocas SD55,
Minimaster e as fresas de faceamento Octomill.
As pastilhas para torneamento Seco também tem
apresentado bons resultados e o último caso de sucesso foi o quebra-cavacos MF1 em combinação com a
classe CP50, gerando excelentes resultados em um
componentes de paredes finas fabricado em aço inoxidável.
Acima: Produtos típicos da James
Nilsson Ltd.
A partir da direita:
Ian Langley, Seco Tools Nova
Zelândia,
Grant Nilsson e Jerry Bennett da
James Nilsson Ltd.
16
Alcoa Alumínio S.A., Sorocaba
Brasil
Alcoa Alumínio S.A. – Sorocaba reconhece a Seco Tools –
Brasil como o melhor fornecedor
do período 2000/2001.
A Alcoa Alumínio S.A., o maior fabricante mundial de alumínio com aproximadamente 140 mil funcionários e um
faturamento anual de 23 bilhões de dólares, na América Latina é formada por 17
unidades além de nove filiais e escritórios
de vendas, através de sua planta situada
na cidade de Sorocaba – São Paulo, reconheceu e premiou a Seco Tools – Brasil
como o melhor fornecedor do período
2000/2001.
Na planta produtiva da Alcoa Alumínio S.A. situada
na cidade de Sorocaba, tal qual as demais unidades
da empresa espalhadas pelo mundo, implantaram o
ABS (Alcoa Business System), uma adaptação do sistema just-in-time da Toyota, com o objetivo de eliminar os desperdícios – humanos, de transporte, de tempo, de equipamentos, etc., otimizando e maximizando
as atividades da empresa.
Na planta de Sorocaba, além da produção de perfis de alumínio extrudados, encontra-se a
ferramentaria central onde são fabricadas as ferramentas de extrusão para todas as unidades do Brasil
e Argentina.
Em 1997, a Seco Tools do Brasil iniciou o forneci-
mento de ferramentas, com o claro objetivo de se tornar um parceiro e não somente ser mais um fornecedor, mas se engajar nas metas estabelecidas pelo sistema ABS para otimização dos índices de produtividade.
O primeiro passo para alcançar as metas de redução dos tempos de usinagem e aumento da produtividade, foi a implantação das linhas Turbo Mill e
Minimaster no fresamento das matrizes de extrusão.
As diferentes necessidades impostas pelo sistema
ABS, exigiram um maior comprometimento e parceria por parte dos fornecedores. A Seco Tools do Brasil
prontamente aceitou o desafio e foi a pioneira como
fornecedor just-in-time, administrando através do sistema Kanban o fornecimento de seus produtos, assumindo assim, a responsabilidade pelo suprimento de
seus estoques. Além de não permitir a
descontinuidade na fabricação das matrizes por falta
de ferramentas, a Alcoa também obteve o benefício
de trabalhar com estoque a “custo zero”.
Em função desse trabalho, a Alcoa Alumínio S.A.
de Sorocaba, premiou os esforços da Seco Tools do
Brasil, considerando-a o melhor fornecedor 2000/
2001 através do “Sistema Alcoa de Reconhecimento
ao Mérito”.
A Seco Tools reconhece que o seu sucesso depende diretamente do sucesso de seus clientes, por isso,
utiliza o Kaizen, outra ferramenta do just-in-time,
para melhorar continuamente
os índices de produtividade e
redução de desperdícios. O
exemplo típico é a implementação da nova linha de
fresas para esquadrejamento
Super Turbo, produtos de
tecnologia mais avançada,
que estão proporcionando
melhores resultados.
Esse prêmio veio coroar
dois eventos importantes
para a Seco Tools em 2001:
a inauguração de sua nova
sede em Sorocaba e a comemoração dos 40 anos de atividades no mercado brasileiro.
A partir da esquerda: Júlio da Cruz Roque, diretor presidente da Seco Tools do
Brasil, António Fernando Pereira, gerente regional de vendas, Rafael Carlos
Lopes, vendedor técnico, Cláudio Capitão, gerente de fábrica, Edmilson
Gonzales, gerente de ferramentaria, Orlando Dias, gerente de recursos humanos
e Edelcio Fochi, representante de vendas.
17
Saab Automotive Powertrain AB, Gothenburg
Suécia
TP1000
Grande potencial para aumento da
produtividade
A Saab Automotive Powertrain AB de
Gothenburg – Suécia é uma das empresas
que testaram a TP1000 a nova classe
para torneamento da Seco. Comparada
com classes P10 usadas no passado, a velocidade de corte pôde ser incrementada
em 25%, sem a necessidade de trocas freqüentes. Além do nível de desgaste ter
sido menor e mais uniforme.
Os testes foram feitos nas luvas sincronizadoras
fabricadas em aço para cementação correspondente
aos aços do grupo 4 da Seco. As pastilhas usadas foram as WNMG 060412-M3 e a velocidade de corte
foi elevada de 400 para 500 metros por minuto.
Também foram feitos testes nos pinhões com o mesmo tipo de pastilha, no entanto foi utilizada uma
classe P30 mais tenaz, para prevenir riscos de quebra. Devido a maior tenacidade da aresta de corte, a
TP1000 também pode substituir essas pastilhas, mesmo que essa classe tenha sido desenvolvida principalmente para o campo de aplicação P10. Nesse caso a
velocidade de corte foi aumentada de 260 para 400
metros por minuto e puderam ser fabricados o mesmo número de componentes com uma aresta de corte.
O potencial para melhorias oferecido pela
TP1000, se deve também ao desgaste uniforme, permitindo o uso em condições específicas como em
máquinas com compensação automática de desgastes.
“Nós deveremos agora executar testes adicionais
A TP1000 possibilita uma produção rápida e segura.
A luva sincronizadora é usinada em duas operações.
de maior duração com a TP1000 antes de introduzila em máquinas de maior relevância” comenta o engenheiro de produção Aki Salo.
A Saab Automotive Powertrain AB em
Gothenburg, tem produzido caixas de transmissão a
48 anos. Tudo começou em 1954, quando a fábrica
também produzia motores dois tempos, pelos quais a
Saab ficou conhecida. A produção desses motores foi
descontinuada em 1966.
A Saab Automotive Powertrain AB é
agora uma subsidiária da Fiat-Gm
Powertrain. Além de produzir transmissões para os carros Saab, a fábrica também produz caixas de transmissão para o
Opel Vectra e para o Saturno nos Estados
Unidos. Atualmente, a taxa de produção
está em 700 caixas de transmissão por
dia. Nos últimos anos, foram investidos
400 milhões de SEK em modernas máquinas e outros equipamentos.
Sture Johansson, vendedor da Seco para a
costa oeste da Suécia e o engenheiro de
produção Aki Salo da Saab Automotive
Powertrain AB.
18
Vald. Birns Maskinfabrik A/S, Holstebro
Dinamarca
A Minisquare e a CrownLoc
impulsionaram a produção
Duas ferramentas Seco Tools em particular, tem dado um
substancial impulso para a produtividade na Vald. Birns
Maskinfabrik A/S. O maior benefício oferecido pela
Minisquare quando comparada com uma fresa de outro
fornecedor é o aumento da vida útil da pastilha de 8 horas por aresta de corte para 24 horas.
A broca CrownLoc é boa para um tempo de usinagem de
9 horas antes da coroa necessitar ser trocada.
Muitos dos materiais usinados na Vald. Birns
Maskinfabrik A/S são ferros fundidos, como o GG25
e o GGG40. Na usinagem de um fundido (GG25);
fresas Minisquare de 50 e 63 mm equipadas com pastilhas T150M possibilitaram ao cliente tanto uma
economia de tempo como de dinheiro. Uma vez que a
vida útil das arestas de corte foi aumentada em 3 vezes e as máquinas não precisaram ser paradas
freqüentemente para a troca de arestas.
“Eu estou muito contente com a Minisquare” comenta Jens Kristensen, responsável pela Vald. Birns
Maskinfabrik A/S.
A CrownLoc também tem apresentado aumentos
significativos no campo da produtividade, quando
comparada com as brocas sólidas de metal duro
fornecidas, no passado, por outro fornecedor.
“Os resultados de fluxo de cavacos com a broca
CrownLoc são muito melhores” declara o responsável Henrik Nielsen. A broca CrownLoc pode usinar
um total de 200 metros lineares em um ferro fundido
GGG40.
Isso significa que uma coroa pode cortar por um
Superintendente da
fábrica Ejnar
Cristensen.
total de 9 horas antes de se desgastar. A broca
CrownLoc trabalha com uma velocidade de corte de
100 m/min e uma velocidade de avanço de 675 mm/
min.
“Nós temos testado muitos tipos de brocas, mas as
brocas da Seco são muito melhores” comenta Henrik
Nielsen. Ele está muito contente com o bom serviço
de entregas da Seco. As novas coroas chegam um dia
depois de serem pedidas.
Dispostivos de fixação mais estáveis serão comprados
em um futuro muito próximo, para permitir que os
dados de corte sejam aumentados sem o risco de vibrações.
“A Seco Tools AB fornece uma grande parte de nossas ferramentas para usinagem” declara Ejnar
Cristensen, superintendente da fábrica Vald. Birns
Maskinfabrik A/S.
A Vald. Birns Maskinfabrik A/S emprega por volta de
200 pessoas e seus produtos são principalmente componentes para os caminhões Volvo, Scania e
Mercedes-Benz. A essa linha também são incluídos
peças para os veículos Volvo e Ford. Além disso, a
espresa também dispõem de produto próprio – polias para correias, fabricadas em ferro fundido nodular
e equipadas com furos de refrigeração para aumento
da vida útil das correias.
A Vald. Birns Maskinfabrik A/S e sua empresa irmã,
a Vald. Birns Jernstoberi A/S foram as primeiras empresas no mundo a receberem os certificados ISSO
9000, ISSO 14001 e OHSAS 18001. O grupo como
um todo emprega 1200 funcionários.
Torben Dahl, vendedor Seco e Henrik Nielsen,
responsável da Vald. Birns Maskinfabrik A/S. A foto
mostra a broca CrownLoc e a peça na qual se
demonstrou tão eficiente. O diâmetro do furo é 20
mm e o comprimento 100 mm.
19
BMW, Dingolfing
Alemanha
A Seco CrownLoc despeja as
brocas sólidas de metal duro
Raramente, existe um novo desenvolvimento executado
por um fabricante de ferramentas, que esteja em
consonância com as exigências específicas dos clientes
como a Seco CrownLoc na BMW em Dingolfinf.
Pleased with the excellent results achieved with the Seco CrownLoc (from left): Hermann Lepschy and Gabi
Stoffels-Lunkenheimer (Seco), Jürgen Halwax (BMW) and Claes Möller (Seco Drilling Centre, Sweden).
A fábrica de Dingolfing, com 21.000 funcionários, é
a maior planta produtiva do grupo BMW. Ao lado
dos veículos das séries 3, 5, 7 e 8, a planta também
produz unidades de chassis para a fabricação de veículos em outras fábricas da BMW.
Jürgen Halwax, um dos especialistas do Departamento de Tecnologia de Ferramentas, foi inicialmente
responsável pelo gerenciamento do processo. Um de
seus principais objetivos foi o processo de
otimização, em colaboração com especialistas externos de todos os processos que determinavam os tempos de ciclo. Através dos anos, poucos fabricantes,
tem se destacado dentre o grande número de fornecedores possíveis, fabricantes estes em que os produtos
e serviços são igualmente impressionantes. Um deles
certamente é a Seco.
Permita-nos mencionar somente um exemplo: As
articulações de direção são componentes veiculares
nos quais a segurança é um requisito de extrema importância. Esses componentes apresentam um limite
de resistência bastante elevado 1100 N/mm2 e são fabricados de um material extremamente difícil de ser
usinado o 38MnSiVS5. Essas articulações são
fabricadas em Dingolfing em uma linha transfer especialmente modificada. Uma das deficiências da linha
transfer residia nas operações de furação, especificamente em dois furos. O maior, no qual só poderiam
ser executados 700 furos antes da broca necessitar
reafiação, implicava em uma taxa de desgaste muito
rápida e não era a menor parcela, porque depois de
reafiadas as brocas necessitavam uma reajustagem na
montagem.
Jürgen Halwax descreveu o problema como segue: “As articulações de direção são forjadas de uma
forma grosseira, indicando que todos os blanks, apresentam pequenas diferenças de contornos e dimensões, além das superfícies a serem usinadas serem levemente esféricas.
Essas características causam flexões na ferramenta quando a mesma entra em contato com o material.
20
A vida da ferramenta foi melhorada consideravelmente, de 1200 para 2800 unidades para o
furo menor e de 700 para 2600 unidades no caso do furo de maior diâmetro.
Visto que, as brocas sólidas de metal duro são inerentemente rígidas, a carga à qual estão sujeitas é extremamente alta aumentando os níveis de desgaste”.
Não é de se surpreender, portanto, que Jürgen
Halwax ficou entusiasmado com a idéia de uma ferramenta de furação com haste de aço e uma coroa
que poderia ser rapidamente substituída, enquanto a
ferramenta era mantida na máquina, e sem qualquer
necessidade de ajustes subseqüentes.
Desde o início, os resultados dos testes com as
brocas CrownLoc foram convincentes. Como Jürgen
Halwax colocou: “Com um único tiro, nós conseguimos melhorias significativas, mesmo sem alterar os
dados de corte. E ao lado disso, a vida da ferramenta foi consideravelmente aumentada, de 1200 para
2800 unidades para o furo menor e de 700 para
2600 unidades no caso do furo de maior diâmetro”.
Que isso significa para uma produção anual de
850.000 articulações de direção não é muito difícil de
ser calculado.
Hermann Lepschy (Seco) comenta: “Com a
CrownLoc nós estamos oferecendo um sistema que
economiza todos os custos de manuseio e logística
associados à reafiação, além das coroas poderem ser
substituídas diretamente na máquina. Somando-se a
isso, ganhos substanciais na vida das ferramentas;
essas foram definitivamente as razões pelas quais pudemos ganhar na BMW contra concorrentes já estabelecidos”.
Robert Pfaffenberger, responsável da BMW para
tecnologia de ferramentas, entre outros departamentos, comenta: “Como, agora podemos desistir de
todo o negócio de reafiação e reajuste durante a troca
de ferramentas, a economia total para as duas
furações atinge os valores de 32% e 41% respectivamente. Nós também precisávamos de 80 horas por
ano para ajustagem e troca das brocas, tempo que
pode ser economizado agora graças a broca
CrownLoc. Além disso, devemos levar em consideração, que as enormes melhorias na vida fez com que a
produtividade da linha transfer fosse aumentada em
2%”. Considerando a melhoria de desempenho e a
melhoria na produtividade, o custo relativamente
maior da CrownLoc não é mais um fator relevante.
A cooperação com a Seco, tem sido completamente positiva; Robert Pfaffenberger atribui os resultados
à vasta experiência e know-how que o pessoal da
Seco possui. “Nós vemos os engenheiros da Seco
como parceiros em nossa procura pela solução perfeita. Eles sempre cumprem com as melhorias prometidas”. Jürgen Halwax acena com a cabeça e acrescenta: “Para nós especialistas em ferramentas aqui na
BMW Dingolfing, a Seco é um do nossos mais valorosos parceiros”.
21
Thor Hammer, Birmingham
Inglaterra
Eficiência da Seco CrownLoc e da
Minimaster cortam os custos de
produção em 90%
A Thor Hammer é um dos poucos
fabricantes remanescentes de martelos
feitos de cobre, couro, madeira e plástico.
A empresa iniciou seu vôo durante a
segunda guerra mundial.
Tudo começou em 1941, quando foi concedido, à
Thor Hammer, um pedido de 250.000 martelos pelas
forças armadas britânicas. Os martelos tinham faces
de impacto em couro e madeira para, por exemplo,
reparar a trilha dos tanques ou montar pontes pré
fabricadas sem gerar muitos ruídos. Depois da guerra, muitos soldados de todo o mundo levaram os
martelos para casa com eles. E Thor Hammer se tornou um conceito.
A fábrica da empresa em Shirley – Birmingham,
emprega hoje 38 funcionários na produção dos martelos que são exportados para 80 países. Atualmente,
existem somente dois fabricantes de martelos providos de faces de impacto em couro – a Thor Hammer
é um deles, e o outro encontra-se nos USA. O couro
vem da pele de búfalos d’água importada da China e
Tailândia. A empresa adquiriu recentemente uma
máquina CNC da Bridgeport. Ela será usada principalmente para a furação e fresamento de cobre puro.
O problema então, era encontrar a ferramenta de
metal duro mais indicada, ao invés das ferramentas
de aço rápido usadas no passado.
Verificou-se que somente as brocas Seco
CrownLoc foram capazes de executar a furação no
cobre. Em outras brocas, o cobre gerava arestas postiças, mas na CrownLoc a coroa é um pouco maior
que o corpo da broca, fato que eliminou esse problema.
“A CrownLoc, tornou nossa vida mais fácil” comenta Derek J. Mathers, gerente de marketing da
empresa. “Agora, nós estamos dirigindo o corte de
nossos custos de produção, na usinagem de cobre,
em valores ao redor de 90%”, declara Graham C.
Binney o gerente de produção.
A furação é feita em duas direções e a peça é
indexada na máquina. O furo cilíndrico é formado
dentro de um furo cônico oval através de uma pastilha Minimaster. Esse produto também apresenta um
desempenho muito bom na usinagem do cobre puro.
A CrownLoc apresentou uma vida entre 250-350
minutos, o que é equivalente a dois dias de produção. Com a CrownLoc e a Minimaster na máquina,
todas as operações apresentam um desempenho tão
Graham C. Binney e Derek J. Mathers.
bom, que não é necessário supervisionar a operação
continuamente.
“Nós não precisamos mais nos preocupar com a
quebra das ferramentas” conclui Graham C. Binney.
James Lister & Sons, o distribuidor Seco na região
executou as vendas para a Thor Hammer.
Tracie Clarke, vendedora técnica,
segurando o menor martelo, ao
lado do maior apoiado no chão.
22
J.G. Scholten Oldenzaal b.v. Machinefabriek, Oldenzaal
Holanda
Seco CrownLoc
– Elevada produtividade e longa
vida útil.
Ferramentas confiáveis para operações
rápidas são de vital importância para uma
grande espresa especializada em usinagem
para terceiros. As brocas CrownLoc da
Seco Tools AB tem alcançado um grande
sucesso na J.G. Scholten Oldenzaal b.v.
Machinefabriek
A J.G. Scholten Oldenzaal b.v. Machinefabriek está
localizada no sudeste da Holanda, próxima a região
conhecida como German border. A empresa é uma
sub contratada de várias grandes empresas, incluindo
a SKF rolamentos e a Dutch railways.
Kevin Hanson, engenheiro de vendas da Seco, rodeado
pelo operador Gerrit Veld e por René Scholten.
Utilize imediatamente
A produção consiste de pequenos lotes em uma grande variedade de materiais. Portanto, é muito importante para o gerenciamento da empresa encontrar ferramentas que possam ser utilizadas imediatamente,
sem a necessidade de longos períodos de teste. A
CrownLoc é justamente esse produto.
“A CrownLoc nos proporciona uma elevada produtividade e a broca apresenta uma vida útil bastante
longa” comenta René Scholten, proprietário da empresa junto com seu irmão Jan Scholten.
Um exemplo é a furação de um ferro fundido
GGG50. Usando uma CrownLoc de 14.2 mm de diâmetro com uma velocidade de corte de 90 m/mine
uma taxa de avanço de 0.2 mm/rotação, foram executadas 3200 furações com um total de 127 metros
lineares e um tempo de usinagem de 310 minutos. A
coroa da broca não apresentava nem sinais de desgaste. A broca usada foi uma SD103 com uma coroa
“K” e refrigeração interna. Outra coroa CrownLoc
(coroa tipo P) de 18 mm de diâmetro foi usada em
um aço St52.3 do grupo de materiais Seco 3. A velocidade de corte era de 90 m/min e a taxa de avanço
0.3 mm/rotação. Depois de executar 50 metros lineares de furação, havia somente uma pequena marca
de desgaste.
A CrownLoc apresenta uma propriedade em particular de vital importância para a J.G. Scholten
Oldenzaal b.v. Machinefabriek. Quando são executadas furações em componentes de paredes finas, depois da operação não existem tendências de deformação no material. Os esforços de corte são tão favoráveis que nada de inesperado acontece.
Abaixo:
Um rolamento de
esferas produzido pela
SKF. O material ao
redor da furação
é fino, mas isso não é
problemas para a
CrownLoc.
Jan Scholten.
A empresa foi fundada em 1946, e a Seco tem
sido o principal fornecedor de ferramentas desde
1970.
23
MAN B&W Diesel A/S, Holeby
Dinamarca
Hexamill diminui o tempo de
usinagem pela metade e triplica
a vida útil
Bo Udsen da Seco Tools A/S, Sten Lejre, operador e Roald Larsen, programador CNC da
MAN B&W Diesel. Os três estão atrás de dois virabrequins para motores navais.
A MAN B&W Diesel A/S testou várias fresas de diferentes
fabricantes antes de decidir substituir a antiga fresa Seco
R220.13-15 pela nova fresa de desbaste Seco R220.66 de
160 mm de diâmetro. A Seco também tem fornecido uma
série de fresas especiais para esse cliente.
A Hexamill provou ter sido tão eficiente que o cliente economizou 57.000 DKK por ano. O tempo de
usinagem foi reduzido pela metade e as pastilhas
agora são capazes de usinar três vezes mais peças que
as antigas. A Hexamill está sendo usada para o
fresamento de faceamento dos munhões dos motores
navais produzidos pela MAN B&W Diesel A/S. O
material utilizado no compoente é um aço cromo níquel, normalmente temperado, do grupo Seco 5.
Agora, a fresa foi incluída em um sistema flexível de
manufatura (FMS).
A produção da MAN B&W Diesel A/S, foi aumentada substancialmente devido às fresas especiais
fornecidas pela Seco Tools AB. As fresas especiais
permitem executar operações que anteriormente
eram muito difíceis ou praticamente impossíveis de
serem executadas. Por exemplo: Uma fresa de
faceamento de 160 milímetros de diâmetro está subs-
tituindo agora três outras ferramentas. Essa ferramenta está trabalhando tão bem que o cliente pretende comprar novas fresas. Para executar determinada
operação, também foi necessária uma fresa de perfil.
Um fresa de rosca, fabricada em metal duro, também
economizou uma grande parcela de tempo e dinheiro.
A operação hoje é 10 vezes mais rápida que a executada no passado. Uma fresa de perfil, para executar
uma ranhura especial para fixação do contra-peso do
virabrequim, acelerou a operação, que agora é 4 vezes mais rápida que o antigo processo usando fresas
de HSS.
“Nós devemos muito a Svend Jorgensen, engenheiro da Seco, que foi o grande responsável para
que essas fresas se tornassem realidade. Ele foi extremamente prestativo” comenta Palle Rasmussen, engenheiro de produção da MAN B&W.
“Nós recebemos a assistência técnica, sempre que
24
A fresa de perfil
especial produzida,
operando.
foi necessário”, confirma John Henriksen, pessoa responsável pelo departamento de programação CNC.
A Seco Tools AB vem fornecendo uma grande
parcela das ferramentas de usinagem usadas na
MAN B&W Diesel. Por cinco anos, o cliente vem
utilizando as fresas Seco R220.60 e a R220.90 para
operações de freso-torneamento dos virabrequins.
Comparado com os métodos convencionais, os tempos de usinagem foram reduzidos em 70%.
A empresa apresenta uma longa tradição. Hans
Christoffersen fundou uma forjaria em Holeby antes
de 1877. Em 1898, começou a produzir motores a
querozene para a indústria e agricultura. Seu primeiro motor Diesel marítimo foi produzido em 1913. A
MAN B&W Diesel A/S, dispõem atualmente de 570
funcionários em Holeby.
Seco Tools Kft na Hungria comemora seu 10o
aniversário.
No final de novembro de 2001, a subsidiária Seco
Tools Kft celebrou seu 10o aniversário. Por volta de
200 convidados, principalmente clientes, chegaram
ao banquete oferecido no Stefano Palace em Budapeste. Os clientes vieram principalmente da Hungria,
mas também contribuíram com alguns clientes
Rússia, Romênia e Iugoslávia. “Durante esses 10
anos, a empresa tem apresentado um grande sucesso” comenta Olle Berg, Presidente do Conselho. “Por
exemplo, a Seco Tools Kft tem se tornado o fornecedor de muitas empresas multinacionais com operações na Hungria”.
Olle Berg recebe flores
e uma lembrança de
Zsuzsa Kiss, Diretor
Presidente da Seco
Tools Kft.
25
John Deere, Getafe (Madrid)
Espanha
As portas estão abertas para
a Seco
A Seco Tools Espanha, subsidiária Seco na Espanha, foi escolhida
para fornecer todas as ferramentas e materiais de suporte para
uma nova célula de usinagem completamente automática. De
todos os fornecedores de ferramentas dessa unidade da Deere, a
Seco Tools é um dos mais eficientes.
A partir da esquerda:
Juan Romera Bao,
engenheiro de vendas da
Seco, Manuel Brea,
supervisor do
departamento de
ferramentas, Angel
Montero, gerente de
produção e Guillermo
Herranz Navarra,
gerente de vendas para a
região de Madrid
A unidade da John Deere Getafe (Madrid) – Espanha
está localizada a 12 km do centro de Madrid. A unidade iniciou suas atividades em 1954 como uma
planta de fabricação da tratores LANZ.
Ela foi adquirida pela Deere em 1963 e até 1995
vem produzindo tratores completos com motores de
3, 4 e 6 cilindros.
Como resultado da concentração de produtos de
diferentes unidades Deere na Europa, essa unidade foi
forçada a encontrar sua própria identidade, uma vez
que perdeu a produção de tratores pela centralização
da fabricação em Manheim (Alemanha). Em 1984, a
planta iniciou a produção de uma grande variedade
de componentes para sistemas de transmissão especiais completos, que abriram caminho para o presente
desenvolvimento.
100% exportação
Hoje, a produção inteira está focada em transmissões
para máquinas agrícolas e outros produtos para as
unidades Deere ao redor do mundo. A maioria dos
sistemas de embreagem para os motores Deere também vem daqui, com 100% da produção destinada
fundamentalmente para USA, Alemanha e França.
Essa pequena unidade emprega 700 funcionários
diretamente, e sua produção inteira baseia-se no con-
ceito de manufatura autônoma e células de fabricação.
Quando foi instalada uma célula automática de
manufatura de última geração, com uma combinação
de 6 máquinas, algumas novas, outras já em operação, providas de dois robôs ABB, foi decidido, que
todas as ferramentas de corte e elementos de fixação
seriam fornecidos pela Seco Tools. As razões por trás
dessa decisão, de acordo com o gerente de processos
e ferramentas A. Montoro, foram o excelente desempenho encontrado, os preços competitivos, o suporte
técnico proporcionado e por último e não menos importante, a confiança do prazo de entrega Seco.
Por todas essas razões, bem como, pelo relacionamento entre a Deere Getafe e a Seco Espanha, o Sr.
Montoro e o Sr. Brea da Deere (Getafe) deixam bem
claro que as portas estão realmente abertas para a
Seco e a empresa é considerada fornecedor preferencial.
26
Wärtsilä, Mulhouse
França
Bielas, o principal produto
Melhorias nas operações de
usinagem na ordem de 40%
Fundada na Alsacia a cerca de um século atrás, a Wärtsilä fabrica
motores Diesel de alta potência, capazes de gerar até 22.500 kW.
Esses motores são destinados à estações de geração (capazes de
produzir eletricidade, calor e refrigeração), para geradores de
emergência ou para motores navais.
Sr. Egler, departamento de métodos e processos.
Os motores fabricados apresentam dimensões impressionantes: com 12, 16 ou 18 cilindros, alcançam
pesos de até 20 toneladas com pistões de até 220 mm
de diâmetro. A localidade de Mulhouse apresenta
uma força de trabalho de mais de 600 pessoas, cobrindo pesquisa & desenvolvimento, produção e
marketing.
O Sr. Hartmann e o Sr. Gehin do departamento
de métodos e processos, apresentam a incumbência
de otimizar três dos mais importantes componentes
da empresa: o bloco do motor, as carcaças e mais de
4000 bielas por ano.
A Seco mantém um envolvimento com o grupo
de desenvolvimento de processos com relação a usinagem
das bielas. Em cada componentes existe a necessidade de remover 17 kg de cavacos. Todas
as operações de usinagem são
executadas com ferramentas
Seco, mas em duas fases esse
envolvimento é particularmente importante. A primeira operação consiste no fresamento
do pé da biela por interpolação.
Com uma gama de diâmetros de 71 a 99 mm, essa operação é executada com uma
fresa tipo R220.29-0050- Usinagem da biela com a nova fresa
08.6H (com pastilhas redondas helicoidal Seco.
de 16 mm de diâmetro). Graças a uma profundidade de corte de 3.5 mm e uma
gama de avanços entre 980 e 1440 mm/min, foi
conseguida uma redução nos custos de produção da
ordem de 40%, quando comparada com a ferramenta anteriormente usada.
A segunda operação consiste do fresamento do
contorno da peça com uma profundidade de corte de
74 mm. Essa delicada operação de usinagem foi executada com a nova geração de fresas helicoidais da
Seco e os benefícios foram: redução da potência
consumida, taxas de avanço até 3.5 vezes maiores,
uma única ferramenta ao invés de duas (uma delas de
design especial) – o ganho acumulativo remonta a
67%.
A estreita cooperação entre o departamento de
métodos e processos e a Seco, significa a melhor escolha de ferramentas que pode ser feita e alguns ganhos
excepcionais em produtividade, alcançados na
usinagem dos componentes mais importantes da
Wärtsilä.
Daniel Breistroff, técnico da Seco, o Sr. Hartmann e o
Sr. Gehin do departamento de métodos e processos da
Wärtsilä
27
Tata Cummins Ltd., Jamshedpur
Índia
Seco – Fornecedor preferencial da
indústria automobilística
A Tata Cummins Ltd., é uma joint venture 50-50 entre a Telco Índia e a
Cummins USA, pioneira na fabricação de motores Diesel de elevada potência
para aplicações automobilísticas.
A Tata Cummins iniciou suas operações em Jamshedpur – Índia em 1995.
Apresenta uma força de trabalho de 800 pessoas e um faturamento acima de 5
bilhões de rúpias. Até hoje a TCL tem produzido mais de 100.000 motores.
A TCL é uma empresa certificada pela QS 9000 e
tem trabalhado com sucesso em dois pilares básicos,
TPM & TBWS. Devido ao esforço em se tornar um
dos fabricantes de motores amigos da natureza na
Índia, recebeu o prêmio Rajeev Gandhi National
Quality em 2001. E seus colaboradores se esforçaram para tornar esse sonho realidade.
A fábrica da TCL compreende mais de 200 máquinas, em atmosfera controlada, com uma variedade de máquinas SPM & CNC, fabricando 5 dos principais componentes para a montagem de seus motores. As peças são: cabeçotes, blocos, virabrequins,
eixos comando e bielas.
De acordo com o Sr. S.K. Joshi, gerente do departamento de engenharia e ferramentas:
“Depois que a Seco assumiu o comando, a TCL
não experimentou somente o suporte dos avançados
produtos, mas também um suporte nas áreas técnicas
e de logística. A TCL sente que a Seco irá crescer rapidamente se seu suporte for mantido constante”. A
Drillco Seco, sempre se sentiu confortável em trabalhar com a TCL.
Graças a aceitação de novas e inovativas ferramentas por parte do cliente, finalmente tivemos e
também estamos tendo a oportunidade de oferecer
soluções de baixo custo continuamente, concluindo
os try-outs no chão de fábrica com velocidade. Na
TCL, a Drillco Seco tem oferecido soluções produtivas nas seguinte áreas:
Pastilhas TNMN em CBN 300 no cabeçote /
executando a operação de usinagem das válvulas
Aumento da vida útil em 39% contra classes
concorrentes de última geração. Os try-outs iniciais
da fresa Seco R220.30-ST Cap com as pastilhas
SEEX na classe T150M no fresamento em acabamento do cabeçote, trouxe excelentes resultados.
Suas vantagens tem sido uma vida insuperável, guiando a uma drástica redução dos tempos de parada
de máquina, compatíveis com a montagem Auto Cap
básica, porem com um peso menor. Além disso, testes exaustivos tem indicado para a TCL uma vida
extremamente consistente.
Aumento de 6 vezes na vida contra pastilha com
cobertura concorrente. A pastilha TNMN na classe
P.N. Laskar, engenheiro de vendas da
Drillco Seco, Debashish Das, da
Sanjav Associate Tooling,
Tata Cummins, S.B.Joshi engenheiro
de aplicação regional, D.K. Mishra
coordenador de vendas
da Drillco Seco em frente a uma
máquina Heller com uma ferramenta
especial Seco.
28
CBN 300, montada em uma fresa especial, foi testada com sucesso na operação de usinagem das válvulas no cabeçote. Ela foi considerada uma ferramenta
de elevada produtividade. Além disso, existe a possibilidade de explorar o aumento da vida da ferramenta contra os parâmetros existentes na SPM.
25% de redução nos custos/componente com economia anual de 100.000 rúpias. Pastilhas especiais
quadradas e redondas na classe 225M, para uma máquina Heller, tem se estabelecido firmemente nas operações de freso-torneamento dos munhões e moentes
dos virabrequins. Essa classe tem superado todos os
concorrentes e tem surgido como a melhor solução
técnico-econômica.
A Tata Cummins, além disso, tem a expectativa
de novos desenvolvimentos de ferramentas, incluindo
especiais, fato que irá permitir juntar dois parceiros
produtivos de uma forma muito mais forte.
Seco Tools fortalece sua posição em uma
área em expansão
A Seco Tools é uma das líderes na fabricação de ferramentas de metal duro para operações de usinagem
com formação de cavacos. A empresa almeja alcançar
um crescimento contínuo através da expansão nas
áreas de novos produtos e nichos de mercado.
Como parte de sua estratégia de expansão, a Seco
Tools assinou um acordo para adquirir 100% das
ações da empresa holandesa Jabro Tools, localizada
em Lottum, Holanda. A Jabro Tools, que também
tem operações nos USA, apresenta vendas na ordem
de 140 milhões de SEK, com 120 funcionários. A
Jabro Tools está entre as empresas líderes na produção de fresas de topo sólidas de metal duro – uma
área em franco crescimento fundamentalmente
focada na indústria e moldes e matrizes e na indústria
aeroespacial.
Através dessa aquisição, a Seco Tools será capaz
de expandir a oferta de produtos para seus clientes,
além de aumentar sua competitividade em servir clientes nos segmentos acima mencionados. Espera-se
que a aquisição venha a contribuir de uma maneira
positiva sobre os resultados em 2003. A compra está
sujeita à aprovação das autoridades competentes.
Espanha e Portugal mais próximos
Até agora, esses dois mercados tem operado de maneira autônoma. Com o objetivo de otimizar recursos e melhorar a eficiência, uma nova organização
interna foi criada, chamada Seco Ibérica. Essa mudança irá afetar os serviços a clientes de uma maneira positiva. Ambas as empresas continuarão a operar
como empresas individuais em seus respectivos mercados.
Antônio Diaz (Diretor Presidente da Seco
Espanha, irá se retirar esse ano) e Jean-François
Martins (Diretor Presidente da Seco em Portugal, está
encarregado desse projeto.
Antônio Diaz, que instead of irá se retirar esse ano.
Fernando Vide, responsável pelo mercado português e
Jean-Françis Martins, o novo Presidente da Seco
Ibérica.
29
Tornos, Moutier
Suíça
Aumento de produtividade faz
com que custos e ferramentas
entrem em mergulho
Exemplos na Tornos mostra que: O
fresamento por plunging é 5 vezes mais
rápido que o fresamento de rasgos de
chavetas convencionais e utiliza somente
10% da quantidade original de pastilhas.
O sistema de fixação Graflex da EPB,
proporciona os pré requisitos necessários.
Como um fabricante de tornos automáticos de elevada qualidade, que goza de uma boa reputação internacional, a Tornos, vem dando uma grande ênfase a
uma estreita cooperação produtiva com a Seco. Foi
percebido, que se entrassem em parceria com a Seco,
um grande salto em produtividade seria possível.
Essa cooperação cobre tanto a otimização de processos para as máquinas existentes como o fornecimento
As peças depois da usinagem. Esquerda: Método de
fresamento de topo convencional Direita: Método de
fresamento por plunging.
de ferramentas e adaptadores para novas máquinas
de produção.
Uma linha de produção com 7 centros de
usinagem Makino, foi completamente equipada com
adaptadores e ferramentas Seco EPB. O sistema de
elevada precisão e estabilidade Graflex proporciona
as condições ideais para a máxima utilização das ferramentas de corte.
Um rebaixo medindo 70 x 351 mm com uma
profundidade de 72 mm, foi cortada em uma peça
feita de CK45-XM. Utilizando os dados de corte que
foram otimizados em relação à produção e à estabilidade, uma peça era desbastada pelo método de
fresamento de topo convencional em 3 horas e 51
minutos, utilizando uma fresa de diâmetro 40 mm.
Durante esse tempo, 12 arestas de corte foram completamente usadas.
O especialista de produtos, Daniel Schaedeli da
Seco e Christophe Zannato, engenheiro de projetos
da Tornos, alteraram o método de usinagem para o
fresamento por plunging.
As fresas utilizadas.
Baseados na máquina, foi escolhida uma fresa de
plunging (R217.79-2532.3-09A) equipada com 4 pastilhas (XOMX 090308TR-ME06, F40M). A uma
rotação de 1750 rpm e uma taxa de avanço de 450
mm/min, a peça foi completamente desbastada em 46
minutos com o uso do método de fresamento por
plunging. A vida de uma aresta de corte foi de 4 horas, o que representa mais de 5 peças.
O uso do método de fresamento por plunging ao
invés do fresamento de topo convencional, economizou aproximadamente 80% em termos de tempo de
usinagem e 93% em relação aos gastos com pastilhas.
De acordo com o Sr. Zannato, essa cooperação de
sucesso com a Seco garantiu para a Tornos um contínuo aumento da produtividade e ao mesmo tempo a
redução dos custos de usinagem.
Isso proporcionou à Tornos as condições ideais
para defender sua competitividade e uma forte posição no mercado.
O grupo de otimização de processos na Tornos de
esquerda para a direita:
Claude-Alain Aubry (engenheiro de aplicação da Seco)
Christofer Zannato (enegenheiro de projetos da
Tornos) Aqqa Abdelmalek (operador de máquina)
Daniel Schaedeli (especialista de produtos da Seco)
30
Deville Rectification, Pont Salomon, Haute-Loire
França
Hexamill, o moderno tratamento de superfície:
Melhorias em cada setor
Especialistas em chapas e lâminas pré
usinadas desde 1990, a Deville colocou
toda sua energia e conhecimento a serviço
de seus clientes. A máxima responsabilidade, apoiada por um impressionante
aparato de hardware e uma organização
que nunca deixa ninguém para trás.
Fresamento de faceamento com as fresas Hexamill.
A linha de produtos é composta por três famílias de
materiais, aços carbono, aços de alto teor em liga e
aços pré tratados para fabricantes de moldes e matrizes para corte, dobra e repuxo. A gama de espessuras
vai de 7 a 700 mm e as dimensões podem alcançar
até 3.000 x 13.000 mm. Mais de 17.000 toneladas de
chapas e lâminas fresadas a cada ano, significando
um volume de 4.000 toneladas de um aço específico
transformadas em cavacos. Cuidadosamente selecionada, as fresas Seco podem trabalhar em qualquer
tipo de superfície em dimensões extremamente grandes. A Hexamill é a resposta perfeita para atender a
todas as necessidades dos clientes, em termos de
melhorias na qualidade e produtividade dos elementos fabricados.
Os excelentes resultados obtidos com essa fresa
da Seco significaram desde o início: melhorias na produtividade superiores a 15%, maior economia de custos graças às seis arestas de corte das pastilhas
Hexamill (ao invés das quatro arestas das pastilhas
que estavam em uso), sem mencionar a redução no
esforço de corte e no nível de deformações, resultado
de ângulos de corte mais positivos das pastilhas Seco
frente a outros concorrentes.
Os parâmetros selecionados, para as operações de
faceamento, por William Deville, o homem encarregado pela usinagem, foram de 6 mm para as operações de desbaste e 0.3 mm de profundidade para
operações de acabamento. Com velocidades de corte
de 100 a 150 m/min para aços pré tratados e taxas de
avanço de 0.5 mm/dente. A qualidade da usinagem
graças à pastilha alisadora é menor do que 1.6 mm
em Ra.
A partir de cima:
Jacques Berthoix, diretor geral, Pascal Dejous, técnico
Seco e Willian Deville, responsável pelas operações de
usinagem.
Deville Rectification – Objetiva
conquistar novos mercados
A Deville está forjando constantemente o futuro, desenvolvendo e adaptando a estrutura da empresa
para proporcionar o melhor serviço e a melhor gama
de produtos para a França, bem como para exportação. A Seco foi escolhida como principal fornecedora,
e está caminhando em frente com a Deville em seu
objetivo de ser a melhor na tecnologia de usinagem.
O estoque de material: A chave para um serviço
eficiente.
31
Yamazaki Mazak Índia, Pune
Índia
Seco – Mazak
Parceiros no mercado de matrizaria da Índia
A Drillco Seco e Yamazaki Mazak Índia conduziram um seminário técnico com as últimas tecnologias em moldes & matrizes,
em 26 de novembro de 2001 nas dependências do Centro
Tecnológico da Iamazak Mazak em Pune, reunindo as mais
importantes matrizarias e ferramentarias do estado de
Maharashtra. Uma excelente oportunidade para mostrar as
máquinas e ferramentas de corte do futuro.
Bengt Strand – gerente de desenvolvimento de produtos do departamento de fresamento da Seco Tools AB –
Inventor da Minimaster e Kauko Piippo – gerente do mercado Mould & Die apresentando os últimos métodos
de fresamento em cópia para cortar o tempo de desbaste e acabamento.
Inaugurado por Erik Jonsson, Diretor da Drillco
Seco Ltda. e Koji Oe, Diretor Presidente da Yamazak
Mazak Índia Ltda. o seminário destinado à fabricantes de moldes e matrizes apresentou o máximo em
informações técnicas com apresentações realizadas
por dois dos mais conhecidos experts em matrizaria
e ferramentaria: Bengt Strand, inventor da
Minimaster e Kauko Piippo gerente para o mercado
de Mould & Die da Seco Tools AB – Suécia.
J.V.Prasanna, representante GM Yamazak Mazak
Índia, apresentou as máquinas ferramentas do futuro
com o conceito de máquinas Mazak para o ano 2019
e o novíssimo desenvolvimento a série Integrex – e.
Depois de apresentar diversas aplicações: Mould
& Die para matrizes de estampagem, matrizes para
forjamento, moldes para injeção de alumínio e plástico, Kauko Piipo introduziu o programa para
fresamento em cópia da Seco e os fundamentos para
a seleção correta das ferramentas, particularmente
crítica no caso das pastilhas redondas, fresas de pon-
ta esférica e Minimaster, onde a otimização de classes
pode resultar em aumentos expressivos de vida e redução dos ciclos de tempo. O último programa de
adaptadores EPB, para aplicações em elevadas rotações (onde o batimento e o desbalanceamento devem
ser mínimos), também foi apresentado. Foram feitas
demonstrações em um centro de usinagem vertical
FJV-250 UHS com fresas de pastilhas redondas e a
Minimaster. Uma aplicação de acabamento de uma
cavidade em uma base de molde que normalmente
leva 120 min com fresas de topo sólidas de metal
duro foi feita em 20 minutos com a Minimaster. A
mesma pastilha pode ser usada para 5 peças sem
qualquer necessidade de reafiação e recobertura, reduzindo os inventários e os custos administrativos.
As aplicações básicas e os métodos de usinagem
foram apresentados por Begnt Strand, que enfatizou
as oportunidades de economia pelo uso do método
de plunging na abertura de cavidades e para aplicações de desbaste. Os benefícios da Minimaster, atual-
32
Presenting the Seco EPB Adapters programme for high speed machining.
mente a mais popular solução de fresamento de topo
na Índia, e suas recentes extensões de linha também
foram apresentadas.
Begnt Strand apresentou a Nano Turbo, a primeira fresa com pastilhas intercambiáveis realmente
super positiva, bem como uma nova extensão de linha das fresas com pastilhas redondas, com uma pastilha de 6 mm para pequenas profundidades de corte.
A ação de corte da Nano Turbo é muito mais suave, com baixos esforços, fato que faz dessa fresa
uma ferramenta de elevado desempenho em máquinas pequenas com potência limitada.
Comenta Thierry Cros, Vice Presidente de
Marketing da Drillco Seco: “Para conseguir a maior
produtividade, os fabricantes indianos devem integrar tanto o fornecedor da máquina ferramenta
quanto o fornecedor das ferramentas de corte como
parte de seu time de desenvolvimento de ferramentas
e projetos”.
A Drillco Seco e a Yamazak Mazak objetivam
oferecer a mais moderna tecnologia de manufatura,
para contribuir com a competitividade da indústria
indiana.
Fresas para cavidades
217/220.97
Para usinagem de alumínio
Gama
• Fresas com hastes D = 32-40 mm
• Fresa para montagem Arbor D = 50-100 mm
• Cabeças de corte Combimaster D = 32-40 mm
Aplicações
• Fresamento de esquadrejamento
• Fresamento de rasgos
• Fresamento em rampa (ângulo de rampa acentuado)
• Fresamento de cavidades
• Interpolação helicoidal
33
Thielert Aircraft Engines GmbH
Alemanha
O futuro já começou – com uma
pequena ajuda da Seco!
Situada na histórica e importante região industrial da Saxônia,
no triângulo formado pela cidades de Zwickau, Chemnitz e
Leipzig, é um pequeno distrito de Lichtenstein onde, no extremo
do país, a empresa Thielert Aircraft Engines GmbH fabrica
virabrequins, eixos comando e outros componentes para motores de carros de corrida e para protótipos de renomados
fabricantes de automóveis alemães e estrangeiros. Os
engenheiros da Thielert estão empenhados, sobretudo, na
otimização de motores a combustão interna e em processos
industriais de produção.
A empresa iniciou suas atividades com a mão de obra
de apenas uma pessoa em 1989. Hoje, a empresa emprega 60 bons profissionais na localidade de
Lichtenstein, todos eles, dedicados e de extrema consciência e capacidade. A completa planta produtiva da
empresa, está equipada para a fabricação de componentes para motores, tanto em pequenos lotes como
para protótipos. Como esses componentes são produzidos completamente pela Thielert, o prazos de entrega são os menores possíveis.
Para a fabricação de virabrequins e eixos comandos, tanto em pequenos lotes como para protótipos, a
Seco tem equipados as máquinas da Thielert com as
ferramentas necessárias e também fornecido o suporte
técnico necessário, com destaque para as operações de
freso-torneamento. Os virabrequins são fresados, torneados e furados a partir de um blank material sólido
extremamente difícil de ser usinado. A lista de diferentes ferramentas é extremamente longa. O MDT é
usado, por exemplo, para o torneamento e
sangramento dos alojamentos de rolamentos principais. A Super Turbo é usada para o fresamento de
contornos e acabamento. A produção de um simples
virabrequim leva aproximadamente 12 horas. O principal critério usado para os lotes de produção e para
os protótipos não é a produtividade, mas sim a maior
segurança possível para o processo antes dos componentes entrarem em produção em massa. Ferramentas
que apresentam uma vida útil de somente 30 minutos
são inaceitáveis para esse tipo de aplicação.
O principal problema apresentado é a extrema
dificuldade de usinagem do material com o qual os
virabrequins são produzidos. Primeiramente a operação de desbaste é feita com a classe T250M com um
sobremetal de 3 mm. Então, o virabrequim é endurecido, tornando a usinagem ainda mais difícil. Além
disso, todas as operações subseqüentes irão impor
severas exigências às ferramentas, levando as mesmas
aos limites de sua capacidade de corte. Os contornos
em acabamento são executados com a Super Turbo
utilizando as pastilhas intercambiáveis XOEX na classe F40M. Novamente a F40M provou ser a melhor
classe para operações de acabamento em todos os tipos de
materiais. E as pastilhas
intercambiáveis XOEX associadas com a linha de pastilhas
alisadoras provaram ser a melhor combinação. Os contra
pesos, munhões e furos de lubrificação também são executados com o material temperado. Isso se torna necessário,
porque os virabrequins fabricados pela Thielert são destinados principalmente para
motores de carros de corrida
ou motores de elevado desempenho para aplicação esportiva.
Como o nome sugere,
existe muito mais atrás da
“Thielert Aircraft Engines” Crankshaft machined from the
que simplesmente vibrequins e solid
outros componentes para motores automobilísticos.
Realmente, se for possível, o TAE estará escrevendo o próximo capítulo no futuro da história da aviação, e para isso está sendo desenvolvido, construído e
testado um motor aeronáutico acionado por óleo diesel indicado para aplicação geral. Para qualquer pessoa familiarizada com o campo aeronáutico (aeronaves comerciais, aeronaves para resgate, aeronaves de
aplicação geral em todo o mundo), irá entender imediatamente o quão revolucionário será esse motor.
Embora, atualmente, os motores aeronáuticos sejam completamente seguros, eles também são tecnicamente obsoletos. Uma vez que o uso da gasolina na
aviação está se tornando cada vez mais escassa, e
muito mais cara (sem mencionar a poluição
ambiental), ela foi uma alternativa desenvolvida por
um longo tempo e trouxe somente o benefício da segurança
Thielert Aircraft Engines GmbH, através de seu
34
The TAE 125 is the first certified diesel engine for general aviation.
fundador, Frank Thielert alcançou o desafio construindo o TAE 125, o primeiro certificado de aviação
de motor a diesel.
A idéia inicial foi um motor de carro alemão, de
luxo, de alta tecnologia o qual posteriormente se
desenvolveu no TAE para uso no motor de aeronave.
Foi necessário, por exemplo, desenvolver um
novo virabrequim, pois as exigências na aviação são
mais severas do que às da indústria automobilística.
Desde que cada componente individual testado e
aprovado pela Aviação Alemã, todos os componentes importantes do motor são fabricados localmente
para facilitar a certificação. Isto inclui uma redução
de alumínio na caixa de câmbio que é necessário
para reduzir a velocidade da hélice para 2300 r.p.m.
É claro que qualquer motor de carro projetado
para ser usado em estrada, não pode ser simplesmente incorporado numa aernonave.
Os engenheiros de Thielert tiveram que pensar
em soluções engenhosas para um grande número de
problemas. Isto é, achando uma maneira de amortizar a vibração do motor ou como fazer um truque
para que o combustível a diesel fique em condições
ideais.
Todos os equipamentos testados necessários estão disponíveis e, o condensador básico dos motores,
com toda performance e as medidas de comparação
são levados a efeito no local de teste. Este novo motor de aeronave tem sido já testado através de profissionais em testes práticos num campo de aviação
perto de Altenburg.
Poderia parecer que o momento seria oportuno
para um motor de aeronave moderno, inofensivo
para o meio ambiente, com alta performance e ainda
econômico. Em todo caso, o interesse mostrado nesse
novo desenvolvimento é enorme. Os fabricantes de
aernonaves e jornalistas visitaram Thielert
freqüentemente. Este motor a diesel tem sido divulgado em todas as revistas internacionais sobre aviação.
Os especialistas de usinagem da Seco Alemã têm
dado todo suporte possível para os pioneiros da
Thielert Aircraft Enginees para este novo desenvolvimento que representa o início de uma revolução na
fabricação de uma aeronave. E, se o sucesso coroa os
esforços da Thielert, podemos dizer que este foi obtido com uma pequena ajuda da Seco.
35
A PEQUENA
GRANDE SENSAÇÃO
Seco Nano Turbo
A Seco está anunciando o lançamento da primeira fresa de topo super positiva com pastilhas
intercambiáveis – a Seco Nano Turbo.
A família Turbo está crescendo, mas o tamanho das pastilhas está diminuindo.
A Nano Turbo apresenta uma pastilha de tamanho 6 mm. Projetada para operações com pequenas profundidades de corte. Pastilhas pequenas proporcionam espaço para mais dentes no
corpo da fresa. E mais dentes significam maior
taxa de avanço e maior produtividade.
Pastilhas pequenas também significam baixo
consumo de metal duro, bom tanto sob o ponto
de vista econômico como sob o ponto de vista de
impacto ambiental.
Com relação a outros aspectos, as pastilhas
Nano Turbo apresentam as mesmas grandes qualidades das outras pastilhas da família Turbo.
Ação de corte suave e silenciosa, elevado desempenho e bom acabamento superficial.
A família Turbo – Nano, Micro e Super Turbo é uma combinação difícil de se bater dentro
da gama de ∅10 – ∅100 mm.
Nano Turbo sua primeira escolha para máquinas de porte em componentes de pequenas dimensões.
Seco Tools AB, SE-737 82 Fagersta, Suecia.
Tel. +46 223-400 00
ST025035Br © SECO TOOLS AB, Sweden
Printed in Sweden
db grafiska Örebro 2002

Documentos relacionados