Sintetel conquista aumento real nas prestadoras. Convenção é

Transcrição

Sintetel conquista aumento real nas prestadoras. Convenção é
Jornal do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações no Estado de São Paulo
LINHA DIRETA
Telecomunicações
Tel.: 11 3351 8899 www.sintetel.org
Jornal maio 2012
Sintetel conquista aumento real nas
prestadoras. Convenção é aprovada
por grande maioria
Assembleias de trabalhadores aprovam Convenção Coletiva 2012/2013 das prestadoras de
serviços em Telecom. Sindicato negociou até conseguir uma ótima proposta. As datas-base
(abril/maio) foram unificadas e passou a ser 1º de abril para todos. Detalhes nas páginas 4 e 5.
Bauru: trabalhadores da TEL ouvem a proposta para Convenção apresentada pelo diretor regional Jorge Luiz Xavier.
São Paulo: diretor José do Paraíso comanda assembleia na EGS.
NESTA EDIÇÃO
Sintetel reverte situação na Dedic. Pág. 6
Governo nomeia novo ministro do Trabalho
e reduz os juros. Pág. 3
Trabalhadores eleitos para CIPAs.
Pág. 7
2
INSTITUCIONAL
mai 2012
PALAVRA DO PRESIDENTE
Sucesso nas negociações com as prestadoras
Desde que o setor de Telecom foi privatizado, o Sintetel busca recompor o
poder de compra dos trabalhadores, precarizado desde então.
ciações fossem retomadas. Outra conquista foi garantir o reajuste de forma
integral para todos os trabalhadores, independente da data de admissão.
De lá para cá, muitas lutas aconteceram e gradativamente fomos avançando
rumo ao nosso objetivo. A Convenção Coletiva 2012/2013, aprovada por
grande maioria nas assembleias, é muito significativa.
E no final, saímos vitoriosos. Foi um exemplo de luta conjunta dos trabalhadores unidos ao seu Sindicato. Parabéns !
Conseguimos um importante passo em nossa longa caminhada. Unificamos as datas-base (abril/
maio) para 1º de abril. Fato que fortalece a categoria, pois agora teremos mais força e representatividade para negociar com os patrões. Estamos
juntos num grupo bem maior de trabalhadores.
Isso aumentará nossa força diante das empresas.
Além disso, conquistamos aumento real diante de
um quadro de intransigência das empresas. Foi
preciso organizar mobilizações para que as nego-
No teleatendimento, a luta continua
Os trabalhadores em teleatendimento podem sempre contar com o Sintetel.
Fato concreto foi a nossa atuação em um site da empresa Dedic, no qual queriam prejudicar os operadores no recebimento da Remuneração Variável.
O Sindicato foi até a empresa e resolveu a questão de forma que os trabalhadores não saíram prejudicados, conforme contamos nesta edição. Contem
conosco!
Boa leitura!
Almir Munhoz - Presidente
Sintetel participa de reunião da UNI no México
O Comitê Regional Executivo de UNI Américas se reuniu na Cidade do México, em 26 e 27 de abril, para debater temas importantes como a realização da 3ª
Conferência Regional de UNI Américas, que acontece em dezembro no Uruguai. Cristiane do Nascimento, diretora do Sintetel, foi eleita para o Comitê de
Resoluções da Conferência.
O presidente do Sintetel, Almir Munhoz, apresentou relatório sobre a reunião
que teve com o presidente da Embratel e também a solução de problemas que
vinham se arrastando já há algum tempo.
Almir Munhoz apresenta relatório das ações sindicais do Sintetel no Brasil
Assinatura de Acordo Coletivo
O presidente Almir também participou do ato de assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho 2012/2014 entre a Telmex e o Sindicato das Telefonistas da
República Mexicana (STRM). Os diretores do Sintetel e da Fenattel José Carlos Guicho e Cenise Monteiro também testemunharam a assinatura do documento.
O grupo formado por Almir, Guicho e Cenise foi apresentado a Héctor Slim,
diretor-geral das empresas América Movil e Telmex, e também a gerentes de
outras empresas do setor. A secretária de Trabalho e Proteção Social do México,
Rosalinda Vélez Juárez, elogiou a atitude da empresa e do Sindicato de chegarem
a um entendimento benéfico para a categoria de trabalhadores mexicanos.
Comitiva do Sintetel expõe a realidade brasileira para Héctor Slim, diretor-geral das
empresas América Movil e Telmex
EXPEDIENTE
Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadores de Mesas Telefônicas no Estado de São Paulo.
SEDE: Rua Bento Freitas, 64
SUBSEDES:
ABC (11) 4123-8975
-
Tel.: (11) 3351-8899
-
BAURU (14) 3231-1616
CAMPINAS (19) 3236-1080 - RIBEIRÃO PRETO (16) 3610-3015
SANTOS (13) 3225-2422 - SÃO JOSÉ DO RIO PRETO (17) 3232-5560
VALE DO PARAÍBA (12) 3939-1620
Órgão de divulgação - Linha Direta Especial
Depto. Comunicação - Diretor Resp.: Almir Munhoz, Jornalista Resp.: Marco Tirelli
(MTb 23.187), Redação: Emílio Franco Jr. (MTb 63.311), Marco Tirelli, Renata Sueiro
e Renata Moraes. Fotos: F. F Fotografia, Sandra Yumi e Robson Fonseca. Diagramação:
Agência Uni, Impressão: Unisind - Tiragem 50.000 exemplares
FILIADO À:
mai 2012
BRASIL
Brizola Neto toma posse no Ministério do Trabalho e Emprego
O deputado federal Brizola Neto (PDT) foi empossado ministro do Trabalho e Emprego em 3 de maio, e defendeu os direitos conquistados pelos trabalhadores nos últimos anos. Segundo o ministro, o receituário neoliberal é um anacronismo que prega a
autorregulação do mercado. Com discurso aliado ao movimento sindical, a esperança é
que Brizola retome a agenda trabalhista, paralisada após a saída de Carlos Lupi, ainda
no ano passado.
Aos 33 anos, Brizola Neto é o mais jovem ministro da equipe de Dilma Rousseff. A
presidenta ressaltou a parceria com o PDT, firmada ainda no governo Lula, e o legado
deixado por políticos ligados ao trabalhismo. Ela citou principalmente João Goulart e
o avô do novo ministro, Leonel Brizola. “As empresas mais modernas são aquelas que
entendem os trabalhadores como a parte mais importante de seu capital”, discursou o
ministro Brizola Neto.
Uma das primeiras missões do novo ministro é conversar com o movimento sindical
sobre as reivindicações de isenção do Imposto de Renda da PLR e redução da jornada
de trabalho.
Festa do trabalhador reúne 1 milhão de pessoas em São Paulo
A comemoração do 1º de Maio unificado reuniu
mais de um milhão de trabalhadores, de acordo
com estimativa da organização, na Praça Campo de
Bagatelle, em São Paulo. O ato foi promovido pela
Força Sindical junto com as centrais CGTB, CTB,
Nova Central e UGT e contou com a presença de
políticos e líderes sindicais.
O evento começou por volta das sete da manhã e
durante todo o dia os trabalhadores puderam assistir a shows de artistas conhecidos da música brasi-
leira. Além das atrações houve também o sorteio de
15 automóveis 0 km e um caminhão de prêmios. O
diretor do Sintetel, Marcos Milanez, compareceu à
sede da Força, em 11 de maio, para fazer a entrega
de um dos prêmios.
Bandeira de lutas
Desenvolvimento com menos juros, mais salários
e empregos foi o tema central do evento. As principais reivindicações foram o fim do fator previdenciário, usado como cálculo das aposentadorias
Copom reduz taxa básica de juros
para 9% ao ano
O Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu, em meados de abril, a taxa
básica de juros da economia para 9% ao ano. Após nova queda de 0,75%, sexto
corte seguido, o Brasil deixou de ter a maior taxa real do mundo – aquela em que
a inflação é descontada. Agora, o posto é da Rússia.
Na reunião anterior, o colegiado divulgou ata na qual falava em estabilizar os juros próximos dos patamares mínimos históricos, que é de 8,75%. Entretanto, os
novos movimentos do governo, com alteração no cálculo da poupança e cobrança
de queda dos juros praticados pelos bancos, além da decisão unânime dos diretores do Banco Central, indicam a continuidades dos cortes na Selic. No próximo
encontro, em junho, a taxa pode recuar para o menor nível da história.
O governo federal pressiona pela queda da taxa de juros oficial, reivindicação
compartilhada tanto pelo movimento sindical quanto pelos empresários. A presidenta Dilma, inclusive, disse que gostaria de ver os juros nos mesmos patamares das maiores economias do mundo.
dos brasileiros, a redução da jornada de trabalho
sem impacto no salário e a isenção do Imposto de
Renda sobre o PLR (Participação nos Lucros e Resultados).
O ex-presidente da Força Sindical, Paulo Pereira
da Silva, o Paulinho, elogiou a presidenta Dilma
por ter indicado o deputado federal Brizola Neto
(PDT) como ministro do Trabalho. Brizola participou da festa e disse ter orgulho de ter sido indicado
para o cargo.
Paulinho deixa a presidência
da Força Sindical
O deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT) deixou a presidência da
Força Sindical no dia 7 de maio após treze anos no comando. Paulinho irá
se dedicar agora à campanha para a prefeitura de São Paulo. No seu lugar,
toma posse o atual presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo,
Miguel Torres. Ele já havia assumido o posto interinamente durante a vitoriosa campanha de Paulinho para a Câmara dos Deputados, em 2010.
Miguel Torres é o terceiro presidente da Força. Antes de Paulinho, a central era comandada por seu fundador, Luiz Antônio de Medeiros, que
deixou a função após se eleger deputado federal.
A primeira missão do novo presidente foi representar a Força no encontro
com o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, para discutir a
isenção do Imposto de Renda (IR) nas Participações sobre Lucros e Resultados (PLR) dos trabalhadores.
3
4
AÇÕES DO SINDICATO
mai 2012
Trabalhadores das prestadoras aprovam
Convenção Coletiva 2012/2013 negociada pelo Sintetel
Os trabalhadores das prestadoras de serviço em telecom com data-base 1º
de abril e 1º de maio aprovaram, por grande maioria, a Convenção Coletiva
2012/2013 negociada pelo Sintetel com os representantes patronais. O aumento real foi conquistado após muita argumentação do Sindicato, que recusou
diversas propostas que não atendiam as reivindicações dos trabalhadores.
Linha Direta montou uma galeria de fotos representativas das assembleias.
Por isso, as negociações se estenderam. Os trabalhadores mostraram insatisfação com a postura das empresas, mas o Sintetel, apesar de apoiá-los nas paralisações, alertava de que estava negociando firmemente as melhores condições
e que não abriria mão das bandeiras de lutas, que incluíam aumento real e
reajuste significativo nos benefícios. E foi o que aconteceu. O Sindicato brigou
até o fim e as empresas entenderam que era mesmo preciso valorizar mais os
trabalhadores.
“O processo de negociação foi difícil, mas nós provamos que sabíamos a todo
instante o que estávamos fazendo e assim conquistamos essa boa Convenção”,
celebrou Almir Munhoz, presidente do Sintetel. “Agradeço a confiança dos
trabalhadores no nosso trabalho e provamos que eles podem contar conosco”,
completou.
Como a data-base unificada da categoria é 1º de abril, o Sindicato garantiu na
mesa de negociação a retroatividade. Outra conquista foi garantir o reajuste de
forma integral para todos os trabalhadores, independente da data da admissão.
Principais avanços da nova Convenção Coletiva:
Líder Osasco
• Auxílio creche de R$ 120
• Vale-Refeição no valor de R$ 15
• Evolução nos pisos por função: Em alguns casos com aumento de até 17%
• Aumento Real: acima de 2%
O Sindicato distribuirá cartilha da Convenção Coletiva contendo todas as
cláusulas econômicas mais 74 cláusulas de âmbito social, sindical e jornada de
trabalho. Aguarde.
As assembleias
Nas assembleias realizadas de 18 a 28 de maio para apresentar a proposta final
aos trabalhadores de todo o Estado de São Paulo, as cláusulas apresentadas
foram muito bem recebidas pela grande maioria.
Ability Taubaté
TEL Ribeirão Preto
Icomon Santo André
TEL São José do Rio Preto
mai 2012
CAPA
Trabalhadores vibraram com a boa Convenção Coletiva negociada pelo Sindicato
Ability Osasco
Ability Embu
Ability Piratininga
Dominion
EGS Campo Limpo
Grupo Empreza
HUAWEI Campinas
Icomon Jaçanã
Icomon Mogi
Icomon Penha
Icomon Vila Guilherme
TEL Praia Grande
Procisa Freguesia do Ó
TEL Sorocaba
Telemont Freguesia do Ó
5
6
EMPRESAS
mai 2012
Ação sindical na Tivit do Vale do Paraíba
O Sintetel prossegue com a realização das ações sindicais na porta das empresas.
Dessa vez, a ação aconteceu na Tivit de São José dos Campos, em 23 de março.
Na data, o Sindicato entregou informativos e levantou as principais causas de
reclamações dos funcionários. Como representante sindical dos 5.000 funcionários, o Sintetel realiza a ação preventiva para solucionar com agilidade os
problemas junto à empresa em prol do bem-estar e melhores condições para os
trabalhadores.
“Ressaltamos que ações como essa são muito importantes para informar e levantar o que acontece no dia a dia dos trabalhadores com o objetivo de buscar
melhorias”, afirma Eudes José Marques, diretor regional do Vale do Paraíba.
Trabalhadores recebem o jornal Linha Direta das mãos do diretor Eudes na porta da Tivit
.
Sintetel reverte situação que prejudicaria os trabalhadores da Dedic
Os teleoperadores da Dedic, site Barão de Limeira/Operação Vivo, tiveram uma
desagradável surpresa ao saber que o sistema de recebimento da Remuneração
Variável havia mudado para pior. A alteração traria perda significativa nos valores
da RV. Diante da situação, os trabalhadores entraram em contato com o Sintetel,
que imediatamente acionou a direção da empresa cobrando uma solução.
Como a resposta da Dedic não foi convincente, os trabalhadores, orientados
pelo Sintetel, cruzaram os braços em 16 de maio. Sentindo-se pressionada pelo
movimento, a empresa abriu negociações e no dia 18 se reuniu com o Sindicato.
A Dedic recuou e modificou o plano de pagamento da RV que havia apresentado
anteriormente.
Os diretores do Sintetel, Aurea e Fábio Oliveira, voltaram à empresa e apresentaram aos trabalhadores o que havia sido discutido. Os teleoperadores reconheceram que a união com o Sindicato e a mobilização trouxeram, e trazem, resultados
positivos.
Negociações na
TGestiona paralisadas
Após duas rodadas de negociações para o Acordo Coletivo 2012/2013 da
TGestiona, o Sintetel conseguiu garantir a data-base. Ou seja, tudo que for
negociado será retroativo a 1º de abril.
Na última reunião, realizada em abril, o Sindicato reiterou as bandeiras de
lutas da pauta aprovada nas assembleias. São elas: Reajuste salarial equivalente ao INPC do período; 5% de aumento real; Vale Refeição - valor facial de
R$ 22 sem participação do trabalhador; Vale Alimentação de R$ 240 e
Assistência Médica gratuita.
Até o fechamento desta edição, as negociações emperraram pois a empresa se
recusa a oferecer uma proposta decente.
Diretores do sindicato se reunem com trabalhadores da Dedic
Ability paga 2º parcela do PPR na
região metropolitana de SP e no Vale
Os trabalhadores da Ability da região metropolitana de São Paulo - o
que inclui São Roque, Itapevi, Barueri e Osasco - e também do Vale do
Paraíba receberam em 4 de maio o pagamento da segunda parcela do PPR
(Programa de Participação nos Resultados) 2011, no valor de R$ 430,00,
de acordo com as metas estabelecidas.
Vale lembrar que a primeira parcela de R$ 500,00 foi antecipada e paga
ainda no ano passado.
Durante o dia 2 de maio alguns empregados da Ability na região de
Osasco, com assistência do sindicato, realizaram protestos pela falta de
pagamento do benefício. Em função disso, o Sintetel negociou com a
empresa as horas paradas e a não aplicação de represálias contra os manifestantes.
mai 2012
EMPRESAS
Sintetel convoca e Vidax explica irregularidades na
Superintendência Regional do Trabalho
Mesmo após as paralisações realizadas pelos tra-
O Sindicato expôs para o auditor fiscal do minis-
balhadores da Vidax, organizados pelo Sintetel,
tério todas as irregularidades cometidas pela em-
em função dos atrasos no pagamento dos salários
presa. Sobre o VR e VT, a empresa alegou que
e benefícios, o problema não foi resolvido. Para dar
todos os débitos foram quitados e que não resta ne-
resposta à altura, o Sindicato convocou a empresa
nhuma pendência, assim como no caso do Abono.
para uma mesa-redonda na Superintendência Re-
Em relação ao salário, a Vidax diz que todos os
gional do Trabalho, o que aconteceu em 3 de maio.
trabalhadores receberam a remuneração devida. O
Sintetel apresenta Convenção em
nova empresa de teleatendimento
O Sintetel visitou pela primeira vez, nos dias 26
e 27 de abril, a nova empresa de teleatendimento
Datamétrica, localizada na cidade de Itapetininga.
Durante os quatro turnos, o diretor do Sindicato
Reynaldo Cardarelli e a delegada sindical Rosângela
Maria Silva apresentaram a mais recente Convenção Coletiva da categoria para os operadores.
O interesse, de acordo com os relatos, foi grande.
A presença do Sintetel serviu para que os teleoperadores pudessem solucionar dúvidas sobre os benefícios da Convenção e também sobre os serviços
prestados pela entidade. Reynaldo estimou em
mais de 50 novos filiados somente nesses dois dias
de visita.
O próximo passo é encaminhar carta à empresa para
alinhar pontos ainda em aberto, como as condições
para o pagamento da Participação nos Lucros. A
diretoria da Datamétrica também viu com bons
olhos a visita do sindicato.
O Sintetel ainda aproveitou para sortear agendas e
camisetas para os operadores.
Convênio Médico seria restabelecido até 7 de maio.
Já as pendências com férias, rescisões e FGTS, a
empresa afirma que resolverá a questão em até 30
dias a contar da data da reunião.
O Sintetel não concordou com as explicações.
Diante do impasse, nova mesa-redonda ficou agendada para 4 de junho.
Delegada sindical é
eleita para a CIPA da
Tivit de Jundiaí
A delegada sindical Rosangela Silva foi eleita,
em quarto lugar, para a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) da Tivit de
Jundiaí com 122 votos. Na ocasião, o diretor do Sintetel Reynaldo Cardarelli acompanhou todo o processo de escolha e apuração
dos votos.
Vale lembrar que a CIPA possui um mandato
anual.
Sintetel participa das eleições da CIPA nas empresas da Baixada Santista
No primeiro semestre desse ano, a subsede de Santos prestigiou as eleições para a composição da
CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) 2012/2013 nas empresas Tel e Tivit da Baixada
Santista. Em 9 de março, foram escolhidos membros para a comissão na Tel de Praia Grande. Os
companheiros Genivaldo Barrichello, Hegilberto
de Lara Costa, Anderson Luiz Ferreira e Carlos Alberto dos Santos, acompanharam a votação dos 69
inscritos, Leonidas Gomes de Souza Jr. foi eleito
em primeiro lugar pelos funcionários.
Já entre os dias 17 e 19 de abril, foi a vez da eleição
na Tivit de Santos. O Sindicato acompanhou o
processo de votação representado pelo diretor re-
gional Genivaldo Barrichello e pelo companheiro
Hegilberto de Lara Costa. Após a apuração dos votos, foram divulgados os nomes dos cipeiros eleitos,
sendo Edgar Rodrigues de Araújo o primeiro colocado.
Genivaldo Barrichello, diretor regional, lembra a
importância da atuação dos cipeiros dentro das empresas. “Os membros são importantes agentes fiscalizadores na prevenção dos acidentes, condições
de trabalho e saúde dos trabalhadores”.
Sintetel fiscaliza a eleição dos membros para a comissão
de prevenção de acidentes da Tivit de Santos.
Companheiros da subsede de Santos presentes na eleição
da CIPA da TEL de Praia Grande.
ERRATA
Diferente do que foi publicado na edição de março/2012, sobre eleições para a CIPA, esclarecemos que o mandato dos cipeiros é anual.
7
8
VARIEDADES
mai 2012
Torneio Sintetel/TEL de futebol em Bauru
consagra equipe de Botucatu/Avaré
A regional de Bauru promoveu, em parceria com
a empresa TEL, um torneio de futebol na chácara do TeleClube, em 6 de maio. Participaram
oito equipes representando as seguintes cidades:
Botucatu/Avaré, Presidente Prudente, São José
do Rio Preto, Ourinhos, Bauru, Marília e Araçatuba. “Foi um dia de integração entre os trabalhadores com muita alegria e confraternização”, destaca Jorge Luiz Xavier, diretor regional
do Sindicato.
Além da diretoria da região, o diretor Social do
Sintetel, Fábio Oliveira, também prestigiou o
evento. Coordenadores e supervisores da rede
da cidade também marcaram presença no torneio. “A ideia agora é preparar um torneio mais
amplo envolvendo a melhor equipe de cada
região. Certamente a equipe campeã aqui de
Bauru participará desta nova etapa esportiva”,
Equipe Campeã Botucatu/Avaré recebe o troféu das
mãos dos diretores Jorge e Fábio.
Conheça os representantes
sindicais da região de
Ribeirão Preto
Francisco Françoá de Alencar,
diretor de base,
TEL
Giuskeller Oliveira Reis, COSLT,
TEL
Maurílio Pádua,
delegado de
base, TEL
Gabriela Carlos
Jardim,diretora
de base,TEL
Araraquara
Marcos Elias
Marcos Augusto
Vulcano, diretor Mariotti,delegado
regional adjunto, de base, Atento
TEL Araraquara
JeanCarlo Augusto de Souza,
delegado de
base, Atento
Fabiano Santos,
José Lelis de
delegado de
Barros, diretor subase, Atento
plente da Fenattel,
Embratel
afirma Fábio Oliveira.
Ao final do torneio, o time de Botucatu/Avaré
foi o vencedor. Em segundo, Presidente Prudente e em terceiro São José do Rio Preto. Os
demais times foram condecorados com medalhas
de participação.
Quer receber a Revista do Sintetel? Cadastre-se
Você sabia que o Sintetel tem uma revista
quadrimestral sobre os mais diversos assuntos? E
o melhor, que você pode recebê-la gratuitamente?
Para isso, basta ser trabalhador da categoria e
mandar e-mail para [email protected]
com. Este e-mail funciona apenas para cadastrar
novos leitores interessados em receber a publicação. Então, não perca tempo, mande já sua mensagem com nome e endereço completos.
dentro dos principais acontecimentos políticos e
econômicos do país e de tudo que acontece no
Sintetel e nas empresas da base, acesse diariamente nosso site (www.sintetel.org) e siga nosso
perfil no Twitter (@sintetel).
A 14ª edição já está sendo distribuída. O destaque
são os 70 anos de história da entidade. Além disso, textos sobre Antônio Carlos Jobim, a Comissão da Verdade - que investigará as infrações aos
direitos humanos também no período da ditadura militar – e uma explicação sobre o que são
as taxas de juros são algumas das outras matérias
da revista. O entrevistado da vez é o presidente
do Sintetel, Almir Munhoz.
Neiva Luzia Sta- Carlos Domenck, Claudionor Maximato, delegada de delegado de base, mo de Souza, debase, Telefônica
Telefônica
legado de base,
Telefônica
E mais... se você procura uma forma de estar por
Fale com o Sindicato
Sede: (11) 3351-8899 ou [email protected]
Acesse: www.sintetel.org
Alan Berso de
Almeida, diretor de base, ALU
Serviços
José Geraldo
Willians José
Nascimento, dele- Zeviane,diretor
gado de base,
de base, Confica
ALU Serviços
Taquaritinga
Araraquara