Edição número 5 - 13/06/2011

Сomentários

Transcrição

Edição número 5 - 13/06/2011
Qualidade e Tempo - Nossa Lema
contabilidadechagas.com
BOLETIM INFORMATIVO CONTABILIDADE CHAGAS
Se você não conseguir visualizar essa mensagem, acesse este link.
Edição 5 - 13/06/2011
Rede de sanduíches Quiznos prepara
entrada no Brasil
A rede americana de sanduíches Quiznos planeja abrir
ainda neste ano suas primeiras lojas no Brasil. A Global
Franchise, empresa de consultoria em franchising responsável por trazer a marca para o Brasil, já está cadastrando candidatos interessados em adquirir as primeiras
franquias da marca no país.
Segundo Paulo Mauro, presidente da Global Franchise, a
rede pretende ter dois franqueados máster no país e acaba de fechar um acordo com o primeiro deles.
“Os sócios já assinaram contrato e estão em treinamento
nos Estados Unidos”, afirma. Ele conta que os franqueados são de um grupo do ramo alimentício e adquiriram o direito de representação da rede na
maior parte do país, com exceção da região Sul e dos
estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.
Quiznos é considerada
uma
das
maiores
concorrentes da Subway.
EXPORTAÇÃO
“Eles devem abrir cinco lojas até o final do ano em Salvador, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília. E, na sequência abriram para franquias”, explica. O investimento
para abrir uma loja no país será a partir de R$ 250 mil,
segundo a Global Franchise.
O diretor de expansão internacional da Quizno, Lee Vala,
informou que a empresa deve anunciar em “até duas
semanas” o novo projeto de avanço internacional da
marca e os planos para o Brasil.
A rede de fast food possui mais de 4.500 unidades no
mundo, incluindo países da Europa e da Ásia. O Brasil irá
abrigar as primeiras lojas da Quiznos na América Latina.
A marca é considerada uma das maiores concorrentes da
Subway.
A especialidade da Quizno são os sanduíches servidos na
baguete e montados na hora. Como principal diferencial
é a opção de sanduíches tostados, feitos num forno patenteado pela marca. O cardápio inclui ainda sopas e saladas.
Franquias estrangeiras
O cenário favorável da economia brasileira vem atraindo
um interesse maior de redes estrangeiras, que enxergam
o país como uma grande oportunidade para expansão de
suas franquias.
Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF),
existem no país cerca de 150 marcas estrangeiras no
setor, o que representam menos de 10% das redes de
franquias. Neste ano, estão sendo oferecidas cerca de 50
opções de franquias de origem estrangeira. Dessas, 50%
estão estreando no país.
“Muitas marcas estão inclusive voltando”, afirma Ricardo
Camargo, diretor executivo da ABF. “O mercado asiático
já está bem explorado e o europeu está morto para investimentos novos, então as empresas dos Estados Unidos e da Europa vêem cada vez com mais bons olhos o
Brasil”.
Para o presidente da Global Franchise, o Brasil se tornou
um alvo para qualquer marca queira crescer e se tornar
mundial. “O Brasil ainda é um país fechado e há muito
espaço para crescer. Na maioria dos países, 30% das
redes são estrangeiras”, diz o executivo.
A consultoria, especializada na internacionalização de
redes de franquias, representa atualmente 35 marcas
estrangeiras que estão selecionando franqueados brasileiros. “No ano passado, estávamos com 26”, afirma
Moura.
Além da Quiznos, a empresa também está selecionando
interessados em abrir franquias de marcas estrangeiras
como a rede espanhola Mango, considerada a maior concorrente da Zara. A marca já possui uma loja própria no
Rio de Janeiro e está atrás de franqueados múltiplos,
dispostos a abrir de 2 a 5 lojas da rede, com investimento por unidade estimado em R$ 800 mil.
Fonte: Portal G1
O boletim informativo da Contabilidade Chagas tem o
objetivo de trazer até você informações com conteúdo de
qualidade.
O mesmo está sendo enviado para este e-mail devido a
assinatura realizada através do site da Contabilidade
Chagas, caso, não queira receber mais o informativo
clique aqui e faça o cancelamento do mesmo, todavia,
temos o maior prazer de ter seu e-mail cadastrado em
nosso banco de dados e compartilhar com você nossas
informações.
Faturamento alcançou US$
3,047 bilhões no período.
Principal comprador de
café verde brasileiro, em
volume, foi a Alemanha.
A receita cambial com
exportação de café verde
apresentou elevação de
79,08% nos primeiros cinco meses do ano, em
comparação com o mesmo
período de 2010. O faturamento alcançou US$ 3,047
bilhões, ante US$ 1,702
bilhão, conforme relatório
da Secretaria de Produção
e Agroenergia, do Ministério da Agricultura, com
base em números da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério
do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). O volume embarcado no período teve
alta de 12,48%, para
738.008 toneladas, ante
656.132 toneladas nos
primeiros cinco meses de
2010.
O preço médio de exportação teve elevação de
59,21% no período, de
US$ 2.593 por tonelada
para US$ 4.129 por tonelada. A receita cambial
cresceu entre todos os 15
principais destinos do café
verde brasileiro até maio.
Os destaques de alta, em
termos porcentuais, foram: Coreia do Sul
(140,14%),
Finlândia
(1 2 5 , 5 8% ),
N or ue ga
(121,67%) e Bélgica
( 1 1 1 , 8 0 % ) .
Ler mais...
N
OSSA MISSÃO
Buscar permanentemente a perfeição, trabalhando
com ética e respeito as leis e ao cliente.

Documentos relacionados

Ritmo acelerado

Ritmo acelerado Enquanto no setor de turismo o aquecimento foi influenciado pela entrada da CVC, no segmento de limpeza o bom resultado se deve à ascensão da mulher no mercado de trabalho, que vem ocorrendo há algu...

Leia mais