Advento: - paróquia são judas tadeu

Сomentários

Transcrição

Advento: - paróquia são judas tadeu
Paróquia São Judas Tadeu
Diocese de Piracicaba - SP
COMUNICANDO A LUZ DA PALAVRA DE DEUS | novembro de 2014
Advento
Jesus quer renascer
:
em nossos corações
As principais figuras do
tempo do Advento - página 02, 03 e 04
Perguntas e Respostas
sobre a Eucaristia – página 04
“O lado de cá e o lado de lá”, reflexão sobre
o dia de todos os Santos e Finados– página 04
2
PARÓQUIA SÃO JUDAS TADEU | DIOCESE DE PIRACICABA - SP | NOVEMBRO DE 2014
PALAVRA DO PÁROCO
Côn.Norberto Cazellotto Junior, O. Praem
Paroquianos, amigos e devotos de São Judas Tadeu
Iniciamos o mês de novembro onde somos convidados a celebrar Todos os Santos
e Santas de Deus. Jesus nos diz: “Sede santos como o Pai do céu é Santo” (Mt 5, 48).
Meus irmãos, celebrar a comunidade do
céu é também celebrarmos a nossa festa, pois, um dia, estaremos todos diante
do Cordeiro e daquela multidão que no céu
ninguém consegue contar. Quando falamos
em santo logo nos vem à mente as imagens
dos santos que estão expostas nas igrejas.
Essas, meus irmãos, existem com o propósito
de motivar a santidade, ou seja, o seguimento de Cristo. Essas imagens representam ho-
mens e mulheres, de carne e osso, como cada
um de nós, que na sua liberdade escolheram
imitar Cristo. Grande exemplo para nós é
Nossa Senhora, a toda santa, que sempre intercede por nós para que cheguemos à santidade e possamos contemplar a face de Deus.
Meus irmãos, viver a santidade é dedicar-se ao serviço do próximo, como os santos
fizeram, deram tudo de si para que os outros
tivessem vida. Como estamos preparando o
nosso céu, meus irmãos? Olhemos os nossos santos e vejamos que a santidade se
constrói seguindo o Cristo e colocando em
prática a sua palavra. Sabemos que não é
fácil fazer a vontade do Pai, mas sejamos
perseverantes. Seguindo Jesus saberemos
que um dia vamos fazer parte daquela multidão “que lavaram e alvejaram as suas vestes
no sangue do Cordeiro” (Ap. 7, 14).
Meus irmãos, que nossa Comunidade paroquial possa ser sinal da santidade de Deus
não na perfeição, mas nos gestos concretos de
amor para nosso próximo. Jesus disse que estaria sempre conosco para nos mostrar o caminho
a ser seguido. Ouçamos o Senhor Jesus e vivamos através de nossos atos a sua palavra, como
os nossos intercessores, os santos fizeram na
sua vida.
Que São Judas Tadeu seja para nós um
exemplo a ser seguido através da palavra
que Ele anunciou e deu sua vida.
Que o Senhor nosso Deus nos
abençoe!
Um grande abraço! Côn. Norberto,
opraem.
CRÔNICA SOCIAL
BATIZADOS
Matriz: 21/09/14 – Eduarda de Camargo Cunha (Jd. Abaete), Maria
Eduarda Gonçalves Pereira (Vila Independência), Maria Luiza Cancelliero
Oliva (Bairro Alto) e Eduardo Maximino Lopes da Cruz Sallun (São Judas)
06/09/14 – Alexsandro Santos Gomes e Silmara Natalia
Fogaça, Fathallah Bom Abbas Junior e Mariana Baltieri
28/09/14 – Lorenzo Carvalho Ruiz (Dois córregos) e Pedro
Rogerio Franco De Gaspari
20/09/14 – Wagner Ruiz e Elaine Aparecida dos Santos Ruiz,
Jefferson Alexandre Rivas Martins e Amanda Viviane de Toledo
CASAMENTOS
Matriz – 30/08/14 – Vlamir de Almeida Souza e Patrícia Batista Souza
04/10/14 – Renato Ferreira Avelino e Aline Aparecida Cottet,
Jonathan Carvalho da Fonseca e Andressa Rafael da Silva
13/09/14 – Rodrigo Brunelli e Ana Paula Diehl
As figuras do advento
O tempo do Advento é para toda a
Igreja, momento de forte mergulho
na liturgia e na mística cristã. É tempo
de espera e esperança, de estarmos
atentos e vigilantes, preparando-nos
alegremente para a vinda do Senhor,
como uma noiva que se enfeita, se prepara para a chegada de seu noivo, seu
amado. O Advento começa às vésperas
do Domingo mais próximo do dia 30 de
Novembro e vai até as primeiras vésperas do Natal de Jesus contando quatro
domingos. Esse tempo possui duas características: Nas duas primeiras semanas, a nossa expectativa se volta para
a segunda vinda definitiva e gloriosa
de Jesus Cristo, Salvador e Senhor da
história, no final dos tempos. As duas
últimas semanas, dos dias 17 a 24 de
Dezembro, visam em especial, a prepa-
ração para a celebração do Natal, a primeira vinda de Jesus entre nós. Por isto,
o Tempo do Advento é um tempo de
piedosa e alegre expectativa. Uma das
expressões desta alegria é o canto das
chamadas “Antífonas do Ó”. O Profeta
Isaías, João Batista, São José e Maria de
Nazaré são, verdadeiramente, figuras
do Advento e modelos para o crente
que espera a chegada do Senhor.
PARÓQUIA SÃO JUDAS TADEU | DIOCESE DE PIRACICABA - SP | NOVEMBRO DE 2014
PALAVRA DO VIGÁRIO
Côn. Luiz Carlos Emilio de Oliveira
O LADO DE LÁ E O LADO DE CÁ
A Igreja nos oferece no início do mês de
novembro duas faces da magnífica medalha
cunhada por Deus, que é a nossa vida, o dia de
todos os Santos e a comemoração dos fiéis falecidos. Olhamos primeiro para o ponto de chegada, o destino magnífico para o qual fomos
criados: a plenitude da vida e da felicidade junto
de Deus. Deus não nos criou para uma vida medíocre, sem sentido e para a perdição, mas sim,
todos temos a vocação para a realização plena.
Os santos foram homens e mulheres simples.
Lutaram e amadureceram em tempos de grandes
desafios e percorreram a vida com os olhos fixos
naquele que nos criou. O lado de lá é preparado
pelo lado de cá bem vivido, com o qual os homens
e mulheres se preparam para a páscoa pessoal,
enfrentando as dificuldades com alegria até chegar o dia de ultrapassar o umbral da morte. Morremos do jeito que vivemos. Nossa morte e nosso
céu se constroem no dia-a-dia, para que o dia do
Senhor não nos surpreenda, mas nos encontre
vigilantes e preparados.
Ninguém precisa ficar preocupado com a morte, mas viver bem, amando a Deus e o próximo.
Sim, a vida só vale a pena se for vivida no amor,
pois, é a única coisa que levaremos para lá. Vamos antecipar a morte morrendo para o nosso
egoísmo e transformando tudo em dom a Deus
e aos outros. Viver para si mesmo é construir e
antecipar o inferno para si e para os outros.
3
A realidade inexorável da morte deve recordar-nos de que temos um tempo limitado para
realizar a nossa vida: lembra-te de teu criador
nos dias da tua juventude antes que o pó volte a terra e o sopro volte a Deus (Eclo 12,27). Santa Terezinha dizia: não morro, entro na
vida. A liturgia da Igreja diz: Senhor, para os que
creem em vós, a vida não é tirada, mas transformada. Paulo chamou a morte de partida, ou
seja, para o cristão a morte é mudar de endereço. É desarmar a tenda e armar noutro lugar.
O tempo de preparar é hoje, pois, se não está
preparado hoje como estará amanhã?
São Francisco brincou com a morte. Em sua
última hora, pediu dois cabos de vassoura. Começou a cantar e tocar violino naquele instrumento improvisado. Os frades se admiram. Frei
Francisco, você está morrendo e tem coragem
de brincar? E o santo: estou entrando no paraíso. Querem que eu vá chorando? Não, vou cantando e tocando violino.
ISAÍAS - É o profeta que, durante os tempos difíceis do exílio do povo eleito, levava a
consolação e a esperança. Na segunda parte do seu livro, dos capítulos 40 - 55 (Livro da
Consolação), anuncia a libertação, fala de um novo e glorioso êxodo e da criação de uma
nova Jerusalém, reanimando assim os exilados. As principais passagens deste livro são
proclamadas durante o tempo do Advento num anúncio perene de esperança para os homens de todos os tempos. Ele que no capítulo 7 do seu livro já anuncia a vinda do Senhor.
JOSÉ - Nos textos bíblicos do Advento, se destaca José, esposo de Maria, o homem justo e humilde que aceita a missão de ser o pai adotivo de
Jesus. Ao ser da descendência de Davi e pai legal
de Jesus, José tem um lugar especial na encarnação, permitindo que se cumpra em Jesus o título
messiânico de “Filho de Davi”. José é justo por causa de sua fé, modelo de fé dos que querem entrar
em diálogo e comunhão com Deus.
JOÃO BATISTA - É o último dos profetas e segundo o próprio Jesus, “mais que um profeta”, “o
maior entre os que nasceram de mulher”, o mensageiro que veio diante d’Ele a fim de lhe preparar o
caminho, anunciando a sua vinda (Lc 7, 26 - 28), pregando aos povos a conversão, pelo conhecimento
da salvação e perdão dos pecados (Lc 1, 76s). A figura de João Batista ao ser o precursor do Senhor e
aponta como presença já estabelecida no meio do povo, encarna todo o espírito do Advento. Por isso ele
ocupa um grande espaço na liturgia desse tempo, em especial no segundo e no terceiro domingo. João
Batista é o modelo dos que são consagrados a Deus e que, no mundo de hoje, são chamados a também
ser profetas e profetisas do reino, vozes no deserto e caminho que sinaliza para o Senhor, permitindo,
na própria vida, o crescimento de Jesus e a diminuição de si mesmo, levando, por sua vez os homens a
despertar do torpor do pecado.
4
PARÓQUIA SÃO JUDAS TADEU | DIOCESE DE PIRACICABA - SP | NOVEMBRO DE 2014
MARIA - Não há melhor maneira de se viver o Advento do que se unindo à Maria
como mãe, grávida de Jesus, esperando o seu nascimento. Assim como Deus precisou do sim de Maria, hoje, Ele também quer precisar do nosso sim- para poder
nascer em nós e se manifestar no mundo; assim como Maria se preparou para o
nascimento de Jesus, a começar pela renúncia e mudança de seus planos pessoais
para sua vida inteira, nós precisamos nos preparar para vivenciar o nascimento d’Ele
em nós mesmos e no mundo, em uma mesma disposição mariana: Faça-se em mim
segundo a sua Palavra (Lc 1, 38). Permitindo-nos, assim, uma conversão do nosso
modo de pensar, da nossa mentalidade, do nosso modo de viver, agir, etc. Em Maria
encontramos a realização e a expectativa messiânica de todo o Antigo Testamento.
A Eucaristia
doentes e seus assistentes
podem comungar mesmo que
tenham tomado algo na hora
imediatamente anterior.
O que diz o Catecismo Católico
O que é a Eucaristia?
É o sacramento do corpo e do
sangue de Jesus Cristo sob
as espécies de pão e vinho.
Por meio da consagração, o
sacerdote converte realmente
no corpo e sangue de Cristo o
pão e vinho oferecido no altar.
O que é a Santa Missa?
É a renovação sacramental
do sacrifício da cruz.
A Santa Missa é o mesmo
sacrifício da Cruz?
Sim, a Santa Missa é o
mesmo sacrifício da Cruz,
mas sem derramamento
de sangue, pois agora
Jesus Cristo encontra-se
em estado glorioso.
Quem pode celebrar
a Santa Missa?
Quando se recebe a
primeira comunhão?
Somente os sacerdotes
podem celebrar a Santa
Missa, pois somente eles
podem atuar personificando
a Cristo, cabeça da Igreja.
Quais são os fins pelos quais
se oferece a Santa Missa?
Os fins pelos quais se oferece
a Santa Missa são quatro:
adorar a Deus, agradecer por
seus benefícios, pedir-lhe dons
e graças, e para a satisfação
por nossos pecados.
O que é a Santa Comunhão?
A Sagrada Comunhão
é receber Jesus Cristo
presente na Eucaristia.
De que modo Jesus Cristo está
presente na Eucaristia?
Jesus Cristo está na
Eucaristia verdadeira, real e
substancialmente presente,
ANO XII - EDIÇÃO 168
Informações: [email protected] | Projeto gráfico: Rodrigo Cardoso |
[email protected] | Edição fechada em 08/11/2014
inteiro, vivo e glorioso, com seu
corpo, sangue, alma e divindade,
em cada uma das espécies e
em qualquer parte delas.
Quem pode comungar?
Pode comungar quem
estiver em graça de Deus,
guardar o jejum eucarístico
e saber quem vai receber.
Em que consiste o
jejum eucarístico?
Consiste em abster-se de
tomar qualquer alimento ou
bebida, pelo menos uma hora
antes da Sagrada Comunhão,
exceto água e remédios. Os
A primeira comunhão pode ser
recebida quando se começa
a ter uso da razão, o que se
supõe a partir dos sete anos;
tendo recebido previamente
a preparação oportuna e o
sacramento da penitência.
Que pecado comete quem
comunga em pecado mortal?
Quem comunga em pecado
mortal comete um grave
pecado chamado sacrilégio.
O que deve fazer quem
deseja comungar e encontrase em pecado mortal?
Quem deseja comungar
e encontra-se em pecado
mortal não pode receber a
Comunhão sem recorrer antes
ao sacramento da Penitência,
pois para comungar não
basta o ato de contrição.
PARÓQUIA SÃO JUDAS TADEU | DIOCESE DE PIRACICABA - SP | NOVEMBRO DE 2014
5
6
PARÓQUIA SÃO JUDAS TADEU | DIOCESE DE PIRACICABA - SP | NOVEMBRO DE 2014

Documentos relacionados

Março de 2015 - paróquia são judas tadeu

Março de 2015 - paróquia são judas tadeu Que nosso padroeiro São Judas Tadeu, interceda por nós e nos faça discípulos missionários do Senhor Jesus Cristo. Um grande abraço, Côn. Norberto, opraem.

Leia mais