Potenciômetro

Сomentários

Transcrição

Potenciômetro
FUNDAÇÃO ESCOLA TÉCNICA LIBERATO SALZANO VIEIRA DA CUNHA
Roteiro para Aula Prática de Física
Prof.:
Curso:
Data: ____/____/____
Sala :
Turma:
Aluno:
n°:
Roteiro elaborado pelo Professor Luiz André Mützenberg
POTENCIÔMETRO
Objetivo: Estudar o princípio de funcionamento e identificar os potenciômetros usados em circuitos eletrônicos.
Os potenciômetros são usados para ajustar o volume em circuitos de amplificação sonora, para controlar o
brilho, o contraste e a cor dos televisores. Na realidade o nome usado por técnicos para este componente depende da maneira como ele é empregado no circuito.
Quanto a estrutura eles podem variar muito, dependendo da aplicação que terão e até da estética do aparelho em que serão usados. Modernamente os potenciômetros estão sendo substituídos por circuito integrados que
direcionam a corrente para diferentes resistores fixos, isto facilita o uso de controle remoto, mas nestes casos
não se possui uma variação continua das propriedades que se deseja controlar.
A maioria dos potenciômetros é feita com uma resistência circular cujos extremos estão ligados a terminais fixos, existindo um cursor que pode percorrer toda a extensão da resistência e que está ligado a um terceiro
terminal. Nos aparelhos sonoros antigos um mesmo botão permite ligar o aparelho e ajustar o volume, isto é
feito por potenciômetros com interruptor.
Provavelmente você já viu algum aparelho em que o volume é ajustado empurrando um pino, isto é possível com potenciômetros lineares, onde a resistência principal é reta a o cursor que a percorre em um movimento
retilíneo está ligado ao pino.
A resistência principal de um potenciômetro pode ser um filme de carbono ou uma bobina feita com fios
de alta resistividade. Normalmente os potenciômetros de filme de carbono possuem uma resistência principal
entre 50Ω e 100MΩ com tolerância de 10% ou 20%. Os potenciômetros feitos com fio de alta resistividade
possuem resistência entre 50Ω e 50kΩ com tolerância de 5% ou 10%.
Os potenciômetros logarítmicos são usados para a regulagem do volume dos aparelhos sonoros porque a
resposta do ouvido humano ao som não varia de maneira linear, mas sim logarítmica. Para que tenhamos a
sensação de que o volume emitido por uma caixa acústica dobrou não basta dobrar a potência emitida por esta
caixa, mas sim teremos que dobrar o logaritmo da potência emitida por esta caixa acústica.
Os potenciômetros podem ser ligados de diferentes maneiras em um circuito, conforme as figuras, e conforme a ligação que é feita eles recebem diferentes nomes da eletrônica.
Nas figuras abaixo, Rp representa o componente ou circuito cuja potência se deseja controlar com o potenciômetro usado. Nos circuitos que estão a sua disposição foram usadas lâmpadas de lanterna de mão com Rp e
nesta aula você deve testar os três circuitos para verificar o que acontece com a tenção aplicada sobre Rp quando muda a posição do cursor. É importantes que teste a tensão com o cursor próximo das extremidades da resistência principal do potenciômetro e em posições intermediárias.
Circuito 1
Circuito 2
Circuito 3
Nº
1.
2.
3.
4.
5.
Rp
Rp
Resistor
variavel
Rp
Potênciômetro
circuito 1
V(
)
circuito 2
V(
)
circuito 3
V(
)
1- Porque não é possível atingir uma tensão de
0volts no circuito de resistor variável? Explique.
2- Em qual circuito existe menor probabilidade
de sobrecarregar o resistor variável? Explique.
3- É possível aplicar uma tensão igual a tensão da
fonte sobre Rp no circuito 3.
Conclusão:
PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Documentos relacionados

APOSTILA DE Montagem de Circuitos Eletroeletrônicos CURSO

APOSTILA DE Montagem de Circuitos Eletroeletrônicos CURSO Dê os resultados utilizando os múltiplos e submúltiplos: a) 1.000.000 x 345μ = b) 10-6 / 0,003 = c) 3M x 400n = d) 3M + 630K = e) 225 / 1.000.000 = f) 327 + 44K = g) 200G – 6p = Obs: Na eletricidad...

Leia mais