RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE FILOSOFIA

Сomentários

Transcrição

RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE FILOSOFIA
CONTEÚDO DA RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE FILOSOFIA (1ª SÉRIE, 2º SEMESTRE). O SER
HUMANO, IDEOLOGIA, TRABALHO E ALIENAÇÃO.
SER HUMANO: BIOLÓGICO E CULTURAL.
Ser humano: não apenas seres biológicos (natureza alterável).
Conhecimento: não herdado no sentido biológico, mas transmitido através da linguagem.
“A vida de um animal é, em grande medida, semelhante ao padrão básico vivido por sua espécie” (p. 147).
“O ser humano não nasce pronto pelas mãos da natureza, como parece acontecer com os demais animais. A vida de
cada indivíduo é um „parto‟ constante, um processo permanente de nascimento e construção de si” (p. 148).
Humano: padrão de comportamento da espécie é distinto.
Ser biológico e cultural: mistura entre características hereditárias e adquiridas, inatas e aprendidas.
BIOSFERA E ANTROPOSFERA
A humanidade cria para si um “mundo novo”, diferente do cenário natural original.
Biosfera (esfera da vida): parte do planeta que reúne condições para o desenvolvimento da vida.
Biosfera: condições ambientais em que se processa a vida animal e vegetal da terra. É a camada do globo terrestre
habitada pelos seres vivos.
Antroposfera: é o espaço da biosfera, onde o ser humano vive. Espaço construído pelos conhecimentos e
realizações desenvolvidos e compartilhados pelos grupos sociais.
Antroposfera: parte do mundo que resulta do ajustamento da natureza às necessidades humanas. inclui todas as
formas de atividades, relações e papeis na sociedade humana.
CONCEPÇÕES DE IDEOLOGIA
Sentido Neutro (Positivo): conjunto de ideias, de pensamentos, de doutrinas, de visões de mundo de um indivíduo,
de um grupo ou de uma sociedade;
RESUMINDO: Ideologia no sentido positivo é o conjunto de idéias e opiniões de um indivíduo ou de uma
sociedade.
Sentido Crítico (Negativo): ideias distorcidas, enganadoras, ou seja, seriam as meias-mentiras, algo que ajuda a
obscurecer a realidade e a enganar as pessoas;
RESUMINDO: Ideologia no sentido negativo é um sistema de representações que serve para sustentar relações de
dominação.
CONCEITO MARXISTA DE IDEOLOGIA.
Ideologia: conjunto de ideias, representações e normas de conduta que levam o indivíduo a pensar, sentir e agir da
maneira que convém à classe que detém o poder.
INFORMAÇÃO IDEOLÓGICA E NÃO IDEOLÓGICA
Informação Ideológica: é falsa, mascara a realidade, veicula interesses de grupos restritos, transforma-se em
instrumento de poder e impede a multiplicidade de ideias.
Informação NÃO Ideológica: desmascara a ideologia, revela a verdade, é aberta à discussão e oferece espaços para
debates e opiniões divergentes.
A CONCEPÇÃO DE TRABALHO EM KARL MARX (1818-1883).
Trabalho: atividade tipicamente humana, porque implica a existência de um projeto mental que modela uma
conduta a ser desenvolvida para se alcançar um objetivo.
ALIENAÇÃO
Alienação em Hegel: processo pelo qual os indivíduos colocam suas potencialidades nos objetos por eles criados.
Alienação como exteriorização da criatividade humana, de sua capacidade de construir obras no mundo.
MARX: ALIENAÇÃO, EXPROPRIAÇÃO, ESTRANHAMENTO
1º sentido: o trabalhador, de certa forma, estava “alheio ao produto final de seu trabalho” (MARX, Manuscritos
Econômico-Filosóficos, 1974,).
Antes da Revolução Industrial: a atividade produtiva era artesanal e manual (manufatura).
O produto final do trabalho pertencia ao trabalhador, que participava de todas as fases do processo produtivo.
Revolução Industrial: produção maquino-faturada e o produto torna-se alheio ao trabalhador, ao operário.
Revolução Industrial: ao operário aliena-se a matéria-prima; alienam-se os seus instrumentos de trabalho; o produto
do trabalho lhe é arrancado.
Trabalhador: não vende mais o produto, vende a força de trabalho, o produto final não pertence mais ao produtor,
mas sim ao seu patrão.
ALIENAÇÃO EM MARX
Marx emprega dois sentidos principais ao termo Alienação.
Alienação 1º sentido: Estranhamento das etapas de produção; E expropriação do produto final.
2º sentido: o novo regime trabalhista imposto pela indústria também “aliena o homem de si mesmo” (MARX,
1974, s/p).
Perde sua condição humana: tende a converter o trabalhador em uma engrenagem de uma máquina; Não há espaço
para a invenção, a criatividade, seu trabalho é resumido a repetição de movimentos quase mecânicos.
FETICHISMO DA MERCADORIA E REIFICAÇÃO DO HOMEM
Fetiche: “objeto animado ou inanimado, feito pelo homem ou produzido pela natureza, ao qual se atribui poder
sobrenatural e se presta culto”.
Fetichismo da mercadoria: atribuição de valor simbólico aos produtos.
Marx se utilizou de uma parábola bíblica para exemplificar na modernidade como o homem estava tratando as
mercadorias (sapatos, bolsas, etc.): objeto de adoração.
Reificação do homem: homem tratado como objeto, mercadoria, coisa.
CONSUMO ALIENADO
Consumir: utilizar; gastar (bens de consumo ou de produção) pelo uso; absorver (alimento ou bebida); enfraquecer;
destruir.
O consumo é inerente ao ser humano: o homem sempre precisará consumir produtos que atendam suas
necessidades orgânicas (alimentação, saúde), culturais (educação, conforto, habitação).
Consumismo: consumir produtos supérfluos de forma quase irrefreável, insaciável, irracional, impulsiva.
Consumo Alienado: se antes o indivíduo era alienado porque trabalhava mecanicamente e não pensava, hoje, ele
compra compulsivamente, impulsivamente, incessantemente e também não pensa.
A INFLUÊNCIA DO MERCADO: O DESEJO PELO NOVO.
A mídia utiliza de pessoas famosas para fazer o consumidor desejar e adquirir seu produto, impõe padrões a serem
seguidos, marcas, modelos.
“O consumidor alienado é movido pelo desejo de sentir-se uma „exceção‟ em meio a multidão.”
Compra irrefletida: compra sem saber se realmente precisa.

Documentos relacionados

CONTEÚDO DA PROVA DE FILOSOFIA (1ª SÉRIE) O SER

CONTEÚDO DA PROVA DE FILOSOFIA (1ª SÉRIE) O SER Cultura: ideias, crenças, valores e atitudes que modelam e caracterizam uma sociedade. SER HUMANO: BIOLÓGICO E CULTURAL Cultura: cria para si um “mundo novo”, diferente do cenário natural original....

Leia mais

Conteúdo para prova de Filosofia

Conteúdo para prova de Filosofia Vida em sociedade: linguagem. SER HUMANO: BIOLÓGICO E CULTURAL Cultura: cria para si um “mundo novo”, diferente do cenário natural original. Biosfera (esfera da vida): parte do planeta que reúne co...

Leia mais

Linguagem - WordPress.com

Linguagem - WordPress.com LINGUAGEM O que é linguagem? Ela é exclusiva dos seres humanos? Quais as formas de linguagens no âmbito humano? Linguagem é a capacidade de comunicar ou expressar pensamentos, emoções, posições fr...

Leia mais

TRABALHO ALIENADO

TRABALHO ALIENADO No entanto, a produção depende do consumo e vice-­­versa. Sendo que o consumo produz a produção, e sem o consumo o trabalhador não produz. A produção consome a força de trabalho, também sustentando...

Leia mais

Ontologia humana e trabalho alienado - NUPE

Ontologia humana e trabalho alienado - NUPE existência. Ocorre, porém, que ao longo da sua história, os meios naturais de existência foram sendo substituídos - em razão de dificuldades inicialmente naturais e depois, também sociais – por me...

Leia mais