no brasil - Horse Society Lifestyle

Сomentários

Transcrição

no brasil - Horse Society Lifestyle
by
Doda Miranda
O sonho olímpico
a fórmula 1
dos cavalos
no brasil
Investir no esporte
Uma oportunidade
de crescimento
E d i torial
foto: Simone Perloff
Inspire-se!
Enthusiasm, energy and passion values that make the world of sport
C
ompartilhar toda a credibilidade,
o conceito pautado no bom gosto
e qualidade em cada detalhe
com o objetivo de superar expectativas
e agregar valor, somando forças a este
espetáculo esportivo e social que é hoje
o Athina Onassis International Horse
Show, é certamente algo inspirador!
Compartilhando este Horse Society
Lifestyle, com todos aqueles que
admiram os cavalos e prestigiam os
esportes, fico satisfeita por poder
contribuir com o desenvolvimento do
esporte eqüestre no Brasil.
É inspirador observar a harmonia entre
dois atletas, que encaram juntos qualquer
obstáculo por um objetivo comum, neste
esporte inegavelmente belo e charmoso.
Em igualdade de condições, cavaleiros e
amazonas “pilotam” estes nobres seres,
que movimentam músculos potentes
como motores de máquinas com toda a
sutileza de tudo que é natural.
Dias de lazer, integração social e
fortes emoções, neste ambiente
cuidadosamente planejado dentro
da Sociedade Hípica Brasileira, no
Editora Executiva
Aida de Mendonça Nunes
[email protected]
Make life free.
great.
Values that Gruppo Fondiaria Sai
has always backed, through its
offer of protection and security.
Rid life of oppressive thoughts
C
coração da Cidade Maravilhosa, podem inspirar muita gente a
acreditar que qualquer sonho é possível!
M
and allow yourself more time
and freedom.
Y
Tudo isso aliado ao nível técnico e à dimensão deste concurso
hípico, foco de atenção internacional, onde os melhores cavalos e
cavaleiros do mundo se reúnem na disputa final do mais prestigiado
e premiado circuito mundial de hipismo, certamente é algo
inspirador para o esporte e para o incentivo ao mesmo. E, não por
acaso, é exatamente este o cenário conquistado pelo Brasil para os
Jogos Olímpicos de 2016.
CM
MY
CY
CMY
K
A vida no esporte é algo singular, portanto, voltemos os olhares
para esta arena olímpica, pois os melhores estão aqui! Acompanhe
o ritmo das próximas páginas e fique atento ao que está por vir.
Aida de Mendonça Nunes.
Jornalista Responsável
Ana Borges
Colaboraram nesta edição: Samantha Leiras, Gilmar Rodrigues, Carina Grael, Aline Domingues, Marcela Higino,
Gabriela Smith, Érica Sportiello
Fotógrafos: Alexandre Vidal, Russo, Emerson Emerin
Conselho Editorial
Álvaro Afonso de Miranda Neto
Athina Onassis de Miranda
André Beck
Fale com a redação: [email protected]
Foto da capa: Aida de Mendonça Nunes
Projeto Gráfico e diagramação: Nilmon Filho
Editora Nova Tríade
Setor comercial
2NT Comunicação +55 21 2233 7755
A Horse Society Lifestyle é uma publicação da Horse Society Lifestyle LTDA. Todos os direitos estão reservados. Fica proibida qualquer reprodução do conteúdo. Os artigos de
opinião são de exclusiva responsabilidade dos autores. A Horse Society Lifestyle não se responsabiliza pelos anúncios e mensagens publicitárias incluídos nessa edição.
4
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
5
ap r es entação
É uma grande honra recebê-los na quarta edição do Athina Onassis International Horse Show. O que começou como um sonho meu e do Doda já
se consolidou como um dos principais eventos do Brasil. Fico orgulhosa em
ver como conseguimos transformar o evento em uma grande plataforma
de entretenimento, unindo moda, música e gastronomia ao esporte. Como
uma amante do hipismo é um enorme prazer ver os principais cavaleiros e
amazonas do mundo aqui no Brasil, minha segunda pátria.
Eu só tenho a agradecer a equipe que trabalha ao longo do ano inteiro neste
projeto. Um obrigado especial ao Governador Sérgio Cabral que se envolve
diretamente no evento por entender a importância do Athina Onassis Horse
Show para o Rio. Agradeço também aos patrocinadores que estão conosco
novamente como Bradesco Private, Coca-Cola, Gerdau, Pamcary e a recente
entrada da Petrobrás e principalmente da OI que este ano vem apresentando o nosso evento, além dos apoios fundamentais do Governo do Estado do
Rio de Janeiro e da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.
Um obrigado aos cavaleiros e amazonas que nos prestigiam com todo o seu
talento e junto com seus cavalos nos brindam com este belo espetáculo. À
toda organização, juízes, veterinários, tratadores que nos ajudam a fazer esta
linda festa, o meu agradecimento. Tenho certeza que o público terá momentos inesquecíveis no Athina International Horse Show 2010. Muito obrigada a
todos pela presença!!
Athina Onassis de Miranda
Patronesse do GCT
O Global Champions Tour está na sua quinta temporada e a cada ano vem desenvolvendo
cada vez mais e desde 2006 vem se consolidando como um dos principais eventos hípicos
do planeta. O GCT contribuiu significamente para aumentar a qualidade e a premiação das
outras competições de hipismo, o que chamamos de efeito GCT.
A final da temporada de 2010 não é uma exceção. Patrocinadores, cavaleiros, proprietários e todos os envolvidos terão um belo espetáculo. A atmosfera do Rio de Janeiro, aliada
ao desejo dos organizadores da etapa brasileira em sempre fazer um evento de alta qualidade, é a certeza de um maravilhoso palco para a decisão da temporada do GCT.
Aproveitem o espetáculo!
Jan Tops
Presidente do Global Champions Tour
6
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
7
A SINTONIA DO
Sucesso
ap r es entação
Pelo segundo ano consecutivo, o Rio de Janeiro
terá a honra de sediar um dos maiores eventos de hipismo do mundo e o maior da América Latina, o Athina Onassis International Horse Show. A vinda da competição para a Cidade
Maravilhosa – após ter ocorrido em São Paulo,
em 2007 e 2008 – é mais uma prova da nossa
vocação para o esporte.
O carioca não pode perder a chance de torcer e
ver de perto os astros do espetáculo: cavaleiros
renomados como os campeoníssimos Rodrigo
Pessoa e Doda Miranda. Uma excelente oportunidade para conhecer melhor um dos esportes
olímpicos mais tradicionais, que já nos presenteou com importantes medalhas e que estará, firme e forte, muito bem representado nos nossos
Jogos de 2016.
O programa, imperdível, acontece de 26 a 28 de
agosto, na Sociedade Hípica Brasileira, na Lagoa.
O Rio agradece a todos os competidores o carinho
e a confiança e promete recebê-los - é claro - de
braços abertos!
O Governo do Estado está orgulhoso em receber
novamente o Athina Onassis International Horse
Show, importante torneio que reúne os melhores cavaleiros e amazonas do ranking mundial.
Poucos são os esportes que conciliam a prática
da atividade física com a possibilidade de aproveitar belas paisagens e a natureza. O hipismo
está entre eles. Por isso, o Rio de Janeiro, que
se prepara para receber os Jogos Olímpicos em
2016, é o melhor cenário para receber também o
AOIHS . Admiradores e competidores de todo o
mundo terão a oportunidade de conciliar a paixão
pelo hipismo com entretenimento unindo esporte, moda, música e gastronomia. São segmentos
que mobilizam milhões de pessoas, alavancando setores de turismo e serviços, e mostrando
que o Rio de Janeiro está preparado para realizar, pela segunda vez, o maior evento de hipismo da America Latina.
Sérgio Cabral
Governardor do Estado do Rio de Janeiro
C
M
Y
CM
MY
CY
CMY
K
No mundo do hipismo, é difícil dizer o que é mais importante: se a perícia do cavaleiro ou o
preparo do animal. Uma coisa, porém, é certa: a sintonia entre os dois é fundamental.
Buscar a sintonia perfeita é o que move a Pamcary junto a seus clientes. Conhecer o cliente
tão profundamente a ponto de transformar uma relação comercial em parceria.
Nós, da Pamcary, estamos com nossos clientes em diversos momentos da cadeia logística. E
conhecemos muito bem cada elo desta corrente, seja para repor as eventuais perdas através
dos seguros, reduzir os riscos que sua empresa corre ou para aumentar a produtividade no
transporte de carga.
Seja você também um parceiro da Pamcary.
Eduardo Paes
Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro
Soluções inteligentes para diminuição de riscos e
aumento de produtividade na cadeia logística
www.gps-pamcary.com.br
8
|
horse society lifestyle
O cavaleiro olímpico brasileiro, Álvaro Afonso de Miranda Neto - o Doda - doou seu cachê
para a APAF - www.apafsp.org.br|
horse society lifestyle
9
sumário
Editorial 04
Apresentação 06
Global Champions Tour 14
FASANO
ATUAL, DESDE 1902
Comitê organizador 20
Ping pong 24
Athina Onassis 2010 30
Galeria 2007 34
Galeria 2008 38
Galeria 2009 42
Pista olímpica 44
Transporte 52
Investimento 56
Especial 60
Boox 62
Estilo 64
Perfil 72
Guia de serviços 82
AV VIEIRA SOUTO 80 IPANEMA RJ T 21 3202 4000
10
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
11
12
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
13
Gl obal Ch ampi o n s Tour
14
|
A Fórmula 1
dos cavalos
horse society lifestyle
Afirmar que o circuito mais importante e badalado do mundo dos cavalos de salto aterrisa na Cidade mais charmosa do Brasil em
grande estilo seria uma enorme redundância. De um lado vista para a Lagoa Rodrigo de
Freitas, de outro o Jardim Botânico do Rio de
Janeiro e ainda aos pés do Cristo Redentor, a
Sociedade Hipica Brasileira, através do Athina Onassis International Horse Show a etapa
final do GCT, onde os melhores cavaleiros e
amazonas do mundo pilotam as mais belas
máquinas da indústria eqüina mundial.
horse society lifestyle
|
15
Gl obal Ch ampi o n s Tour
“É uma honra para
mim ser a patronesse do
Global Champions Tour
desde o início em 2006”
Athina Onassis de Miranda
Cavalos e mais cavalos de potência, que podem
ser observadas em ação através das toneladas
de músculos que se movimentam em saltos inacreditáveis, numa estrutura montada e pensada
para a diversão e conforto de todos os participantes, unindo o que há de melhor em esporte de alta
performance e entretenimento de alto nível, é o
que inspira a reallização deste circuito, que tem
como patronesse, desde a sua criação em 2006,
a amazona Athina Onassis de Miranda, conhecida
internacionalmente pela sua paixão pelos cavalos
e também pelo Brasil.
16
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
17
Valsa Design
Gl obal Ch ampi o n s Tour
Dias de muita adrenalina e fortes emoções nos mais
belos cenários de todo o mundo reúnem atletas,
apreciadores e incentivadores do esporte eqüestre
é o que promete o circuito que distribui milhões de
euros em prêmios e atrai não somente público local, mas uma enorme atenção dos mais variados
setores de mídia em todo o mundo pelo encanto que
promove. Antes de acompanhar a etapa final, reveja
alguns dos melhores momentos das demais etapas
do Global Champions Tour. Aproveite e acompanhe
ao vivo os últimos capítulos deste show único!
Patrocinadora oficial do
18
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
19
COMITÊ ORGANIZADOR
Comitê de Honra
Sra. Athina Onassis de Miranda
Sr. Orlando Silva – Ministro dos Esportes
Sr .Sergio Cabral – Governador do Rio de Janeiro
Sr. Eduardo Paes – Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro
Mr. Luiz Roberto Giugni- Presidente da Confederação
Brasileira de Hipismo
Sr. Pedro Valente – Presidente da Federação Equestre
do Estado do Rio de Janeiro
Sr. Carlos Palermo – Presidente da Sociedade Hípica
Brasileira
Presidente do Global Champions Tour
Sr. Jan Tops
Presidente do Athina Onassis International
Horse Show
Sr. Nélson Pessoa
Presidente do Comitê Organizador do AOIHS
Sr. Álvaro Affonso de Miranda Neto
Membros do Comitê Organizador
Sr. André Beck
Sr. Rodrigo Rivellino
Sr. Marcelo Goulart
Sr. João Pedro Cabral
20
|
horse society lifestyle
Sr. Luc Mussette
Sr. Fábio Leivas
Sr. Marco Antônio Alencar
Secretaria do AOIHS
Sra Caroline Wauters
Sra Erica Sportiello
Sra Vera Cairo
Assessoria de Imprensa
MKT MIX
Presscom Comunicação
MBraga Comunicação
Diretor Geral do AOIHS
Sr. André Beck
Patrocinadores:
Oi
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro
Coca-Cola
Bradesco Private
Petrobrás
Pamcary
Gerdau
Fashion Mall
Pernod Ricard
Kia Motors
Patrocinadores GCT
Adalgiso Mendes(BRA), Jose Evandro Gervasio(BRA)
Mídia Parceria AOIHS 2010
Globosat – Sportv
TV GLOBO
Bandsports
Editora Três
Juri de Apelação
Presidente:Sr. Pablo Mayorga (ARG)
Membros: Sra. Dorothy Carlson (BRA), Sr. Tarcísio
Lima Guedes (BRA)
Mídia Parceira – GCT
Eurosport
Juízes e oficiais
Júri de Campo
Presidente:Sra Elaine Zander (BRA)
Membro: Sra. Perla Guedes (BRA)
Membro:Sr. Kurt Grijspeerdt (BEL)
Membro:Sr. Jorge Ichaso (BRA)
Juíz estrangeiro
Sra Sonia Rabbow (MEX)
Desenhador do Percurso
Sr. Uliano Vezzani (ITA)
Sr. Luc Musette (BEL)
Assistentes : Érica Sportiello (BRA), Leandro Balen
(BRA), Vailton Cordeiro (BRA), Sergio Freitas (BRA),
Carlos Alberto R. Lopes (BRA), Ivan Tagler (ARG),
Comissário Chefe
Sr. César Hirsch (VEN)
Comissários: Roberta Milane (BRA), Ricardo Casale
(BRA), Andre Porto (BRA), Lucia Delamare Leite(BRA),
Carolina Bühler (BRA), Laura Rosseti (BRA), Monica
Penafiel (ECU), Gabriela de Oliveira(BRA), Patrícia
Rennó (BRA)
Veterinário Oficial
Montello Veterinários
Locutores
Andre-Jacques Le Goupil (FRA), Heraldo Nunes de
Souza ( BRA), Luiz Fernando Monzon (BRA)
Ferrador
Equipe Perret
horse society lifestyle
|
21
PROGRAMAÇÃO 2010
DATA
HORÁRIO
PROVA
ALTURA
CAVALOS
26/08 - Quinta-feira
16h
19h
21h30
Pamcary Amador e Amador Top
Gov. do Rio de Janeiro ao cronômetro
Petrobrás 1 Desempate
1,20/1,30m
1,45m
1,50m
1 cavalo
1 cavalo
1 cavalo
27/08 - Sexta-feira
16h*
18h30
21h
Bradesco Volta da Vitória
Gerdau Amador e Amador Top
Volta da Vitória
1,45m
1,20/1,30m
1,45m
2 cavalos*
1 cavalo
25% melhores
10h30
13h
15h45
16h30
19h
19h45
Prefeitura Amador e Amador Top
Coca-Cola Dificuldade Progressiva
Desfile dos Conjuntos
Final GCT - OI
Final GCT - OI
Final GCT - OI
1,20/1,30m
1,50m
1 cavalo
1 cavalo
1,60m
1,60m
1,60m
Primeira Passagem
Segunda Passagem
Desempate
28/08 - Sábado
PREMIAÇÃO
Nº. DA PROVA
EU 20.000
EU 125.000
A1
I1
I2
EU 125.000
Segundo Percurso
EU 20.000
I3
A2
A3
I4
I5
EU 300.000
* 2 CAVALOS POR CAVALEIRO SENDO QUE O CAVALEIRO QUE FOR PARTICIPAR NO GP DA FINAL DO GCT SOMENTE PODERÁ PARTICIPAR COM 1 CAVALO
NA PROVA DA VOLTA DA VITÓRIA.
PARA O SEGUNDO PERCURSO VÃO OS 25% MELHORES DO PRIMEIRO MAS TODOS ZERAM SEUS PONTOS.
MELHOR CAVALEIRO - EU 27.000,00 - MELHOR TRATADOR - EU 3.000,00
CONTAM PONTOS AS PROVAS. I1, I2, I3, I4 E I5.
Prêmiação Extra do GCT - EU 500.000,00 da organização do AOIHS e EU 450.000,00 do GCT
TOTAL: 1.120.000,00 + 450.000,00
22
|
horse society lifestyle
EU 1.570.000,00
horse society lifestyle
|
23
p i ng pong
Sonho olímpico
Alvaro Affonso de Miranda Neto cresceu em meio aos cavalos, no haras do seu pai Ricardo. E
quem diria aquele menino que se transformaria em um dos maiores cavaleiros do Brasil tinha
medo de cavalo.
M
as o incentivo do pai fez com que
ele fosse perdendo o medo e aos
nove anos começou a montar na
Escolinha do Clube Hípico de Santo
Amaro, em São Paulo. Aos 12 anos,
disputou a primeira competição. O primeiro título
veio em 1984 no torneio Mirim Pão de Açucar e três
anos mais tarde, já era campeão paulista. A partir
daí, o pódio foi um lugar constante na carreira de
Doda. Ganhou títulos na categoria Junior, Young
riders até chegar a Sênior.
Em 1996, veio um dos momentos mais inesquecíveis
da carreira com a estreia em Jogos Olímpicos. E que
estreia....Doda Miranda e seu inesquecível Aspen
conquistaram a medalha de bronze por equipe em
Nome: Álvaro Affonso de Miranda Neto
Nascimento: 05/02/73
COMO É SER O IDEALIZADOR E PIONEIRO DE UM
EVENTO HÍPICO DESTE NÍVEL NO BRASIL? Para
mim é a realização de mais um sonho. Nós brasileiros sempre tivemos grandes cavaleiros, excelentes resultados internacionais, mas faltava ainda
sermos reconhecidos também como organizadores
de grandes eventos hípicos. O Athina nasceu da
vontade de preencher essa lacuna que eu acreditava ser muito importante para o nosso país. Foi o
primeiro evento cinco estrelas da América Latina,
ou seja, que tem a classificação máxima da Federação Equestre Internacional
QUAL É A PRINCIPAL CONTRIBUIÇÃO DO AOIHS
PARA O PAÍS? Eu acredito que são várias contribuições. Além do reconhecimento e respeito internacional que ganhamos como organizadores de grandes
24
|
horse society lifestyle
Atlanta, a primeira da história do hipismo brasileiro
em Olimpíadas. Feito que se repetiu quatro anos
depois, com a mesma equipe: Doda Miranda, Rodrigo
Pessoa, Luiz Felipe de Azevedo e André Johannpeter,
em Sydney, 2000. Este quarteto é o único do hipismo
brasileiro que está no seleto grupo de atletas com
duas medalhas olímpicas.
Com o sonho de subir ao pódio olímpico
realizado, era a hora de começar a construção
de um novo sonho: ter os melhores cavaleiros
do mundo juntos saltando um evento brasileiro.
Proporcionar para as crianças e jovens a
oportunidade de ver de perto os seus ídolos
em ação: era o início do sonho chamado Athina
Onassis International Horse Show.
Natural: São Paulo, SP
Onde Monta: Valkenswaard - Holandês
eventos esportivos, atraímos a atenção de diversos
públicos para o nosso esporte, já que o Athina, além
de ter um conteúdo esportivo de altíssimo nível, trabalha a plataforma de entretenimento unindo o esporte, à moda, música e gastronomia. A presença de
grandes nomes do hipismo mundial em nosso país,
alavanca também a prática do hipismo, já que o fato
das crianças verem os ídolos de perto faz acreditálas que um dia também podem estar ali.
COMO VOCÊ VÊ O HIPISMO A LONGO PRAZO E O QUE
ESPERA DOS JOGOS OLÍMPICOS DE 2016? O hipismo
brasileiro evoluiu muito ao longo dos anos. Na década de 60, o Neco ( Nélson Pessoa) foi o pioneiro, indo
para a Europa para adquirir experiência. Hoje, os
cavaleiros brasileiros tem mais estrutura, este intercambio fica mais accecível e os resultados aparecem
horse society lifestyle
|
25
p i ng pong
mais. Eventos como esse aqui dão a oportunidade
para os cavaleiros que não tem tanta oportunidade
de irem para a Europa, poderem estar lado a lado
com os melhores do mundo e isto era bastante difícil
há alguns anos.
Um cavalo: Aspen
Um cavaleiro: Nélson Pessoa
Um amigo: meu pai
Sobre 2016, acredito que o Brasil fará uma excelente Olimpíada. Eu estive presente nas últimas quatro
olimpíadas e não tenho dúvida que o Rio e o Brasil
farão uma das melhores Olimpíadas da história. Vou
fazer o possível para fazer parte da equipe brasileira
de hipismo e realizar outro sonho: ganhar uma medalha olímpica saltando no Brasil.
CONTA UM POUCO COMO É A SUA ROTINA NO ESPORTE? Eu monto praticamente todos os dias. Durante a semana trabalho de oito a dez cavalos, o que
dá mais ou menos nove horas por dia em cima de
um cavalo. Quase todos os finais de semana estou
competindo em algum lugar, ou seja, a minha rotina
é praticamente em função dos cavalos e concursos.
26
|
Uma frase: a fé de um guerreiro vai muito
alem do que seus olhos podem enxergar.
Um filme: O Gladiador
Um livro: Poder sem limites (Anthony
Robbins)
Um lugar especial: Marbella
Uma viagem: Tailândia
Uma lembrança: nascimento da minha
filha: Viviane
COMO É TER UMA COMPANHEIRA TAMBÉM DENTRO
DO HIPISMO? Ë ótimo. Como disse, a minha rotina de
vida é um função do hipismo e ter ao meu lado uma
pessoa que não só gosta, mas que também monta
e compete, é maravilhoso. Assim ficamos o tempo
todos juntos e com os dois fazendo o que gostam!
Família: É tudo na minha vida
COMO É A SUA VIDA FORA DO HIPISMO? Gosto de
curtir a minha família, brincar com a minha filha,
sair para jantar com amigos.
Um sonho: ouro olímpico individual
horse society lifestyle
Filhos: a melhor coisa da vida
Um medo: já tive muito quando comecei
a montar
Doda: uma pessoa determinada
horse society lifestyle
|
27
UM EVENTO QUE
MISTURA VELOCIDADE,
SUPERAÇÃO DE OBSTÁCULOS
E SALTOS IMPRESSIONANTES
TINHA MESMO QUE SER
APRESENTADO PELA OI.
A MAIOR EMPRESA DE TELECOMUNICAÇÕES
DO BRASIL APRESENTA ATHINA ONASSIS INTERNATIONAL
HORSE SHOW NO RIO.
Acompanhe a transmissão do evento pelo oiacontece.com.br
28
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
29
at hina onassi s 2010
10
O ATHINA É
Alguém duvida que o Athina
Onassis International Horse Show
é dez? O número que também faz
referência ao ano do concurso
traduz na escala mais rigorosa
as conquistas ao longo de quatro
edições, se consolidando como
um dos eventos mais importantes e bem organizados do cenário
hípico mundial.
30
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
31
at hina onassi s 2010
E
m 2009, quando foi transferido de São Paulo para o Rio de Janeiro, o Athina funcionou como teste para
as Olimpíadas de 2016. Teste, a propósito, tão bem sucedido que consagrou a cidade maravilhosa como
sede da etapa brasileira do Global Champions Tour. Diga-se de passagem, eleito por duas vezes a melhor
etapa do GCT.
Outro reconhecimento foi a avaliação da Federação Eqüestre Internacional. No Brasil, a maior classificação que
uma competição de hipismo tinha conquistado eram duas estrelas. Hoje, o AOIHS é o único evento de toda a América Latina contemplado com nota máxima de cinco estrelas.
Os investimentos desde 2007 foram altos. Um projeto de mais de R$ 40 milhões. O grande diferencial é que o
concurso ultrapassa as pistas de hipismo, reunindo o esporte ao lazer, através de grandes marcas que levam para
o mesmo local moda, música e gastronomia. Um dos sócios da Atto Sports Inteligence, responsável pela organização, Rodrigo Rivellino, diz que “o objetivo é consolidar o evento como uma das mais importantes plataformas
de entretenimento da América Latina, colocando o Brasil em destaque no mundo”.
Com a experiência de edições anteriores, o Athina Onassis International Horse Show, a cada ano, fica melhor.
Agora em 2010, foi construída uma estrutura de quase 12 mil metros quadrados, dividida em três grandes setores: um local com mesas para 800 pessoas, com um serviço completo de buffet, um camarote também para 800
pessoas com fingers foods e bebidas o dia inteiro e ainda uma arquibancada com capacidade para 1000 lugares.
Uma das novidades este ano é o boulevard com áreas
de convivência, assinado pelo Fashion Mall. Pela primeira vez no país um shopping transfere seu espaço
físico para um evento. “Em termos de estrutura fizemos algumas mudanças, com o objetivo de proporcionar mais sinergia dentro do local, além de oferecer
mais conforto”, diz Rodrigo Rivellino.
Outra boa notícia foi o investimento no espaço onde
acontecem os grandes espetáculos. Do total de R$
14 milhões em 2010, um milhão e meio foi destinado à reforma da pista Jose de Verda. Um dos
maiores especialistas em piso de pista eqüestre no
mundo, Bart Poels, foi convidado para desenvolver
seu trabalho no Brasil.
mesmos obstáculos e viver as mesmas emoções dos
principais cavaleiros do mundo”. Além disso, as provas nacionais impulsionam ainda mais o hipismo no
Brasil. No ano passado foi registrado um aumento de
cerca de 20% na procura pelo esporte no país.
O AOIHS será transmitido para os quatro cantos do
mundo. A estimativa é que mais de 205 milhões de
pessoas assistam aos três dias do campeonato. Além
do Brasil, serão 59 países da Europa, 11 da Ásia, Estados Unidos e lugares do Oriente Médio e África.
Tudo para receber os grandes atletas. São 90 cavalos
e 60 cavaleiros e amazonas de diversos países. Entre
eles os brasileiros Doda Miranda e Rodrigo Pessoa, os
alemães Meredit-Michael Beerbaum e Ludger Beerbaum, além de Charlotte Casiraghi, filha da princesa
Caroline de Mônaco. Os prêmios somam mais de um
milhão e meio de euros.
O torneio terá duas categorias nacionais. Uma para
Amadores com altura de 1,25m e uma para Amadores Top com altura de 1,35m. De acordo com Rodrigo
Rivellino, “estas provas fazem com que os cavaleiros
que investem no esporte e não são profissionais tenham a oportunidade de saltar na mesma pista, nos
32
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
33
g a leria 2007
34
|
horse society lifestyle
Melhores momentos AOIHS 2007
horse society lifestyle
|
35
at hina onassi s 2010
Rotina alterada
Para preparar um concurso cinco estrelas como este,
são cerca de 700 profissionais de diversas áreas. Este
ano, foram gerados quase três mil empregos indiretos. Só na parte de montagem, três empresas com
experiência na realização de eventos internacionais
foram contratadas. O encarregado de obras, Zezito
Silva, conta que a orientação para todos os operários
foi uma só: “cuidado redobrado, principalmente com
os materiais utilizados”.
A rotina na Sociedade Hípica Brasileira, onde acontece
a disputa, mudou completamente durante os dois últimos meses. A segurança foi intensificada e todos os
funcionários foram identificados com crachás. Quase 20 caminhões faziam diariamente a operação de
carga e descarga no local. “Muitas atividades ficaram
restritas no clube, como a parte de estacionamento,
treino e aquecimento”, afirma o auxiliar administrativo André Cruz.
André Beck, Doda e Rodrigo Rivellino na coletiva de imprensa
Pilotando o espetáculo
Se o Athina International Horse Show é referência mundial, os aplausos se estendem também aos bastidores.
Prova disso é que a própria empresa organizadora
cresce e se destaca junto ao concurso. A agência de
marketing esportivo Sportcom, liderada pelo empresário André Beck, entra no grupo Aktuell, de Rodrigo Rivellino, formando a Atto Sport Inteligence, responsável
agora por toda a organização.
Não é fácil organizar um campeonato dessa dimensão. Os transtornos existem, mas segundo o presidente da
Sociedade Hípica Brasileira, Carlos Palermo, valem a pena: “os prejuízos são mínimos diante dos benefícios, como
recuperação das pistas, melhora na estrutura e divulgação”. Ele lembra que no ano passado, houve pouco tempo
para a preparação e agora em 2010, “tudo ocorreu com tranqüilidade”. “Todos os problemas foram corrigidos,
tenho certeza que o AOIHS é sucesso absoluto”, aposta.
36
|
horse society lifestyle
Os empresários, que compartilham do mesmo sonho,
visão empreendedora e paixão pelo esporte, desenvolveram suas atividades juntos nas edições anteriores,
mas resolveram oficializar a parceria em 2010. O resultado foi um trabalho muito mais completo, com uma
grande equipe de profissionais integrados, ao mesmo
tempo, com tarefas distintas e bem definidas.
Este ano, segundo André Beck, a organização da etapa
brasileira do Global Champions Tour foi ainda melhor.
“Pela primeira vez tivemos mais tempo de planejamen-
to. Isso se traduziu numa redução de tempo de montagem e mais facilidade para os negócios”, destaca.
Mas, isso não significa que o trabalho foi pouco. Muito pelo contrário. André conta que “é difícil coordenar
tudo”, principalmente com a proximidade das datas do
concurso. Ele teve que dividir o tempo entre o Brasil e
a Europa, precisando adequar seus compromissos aos
fusos horários. “Não podia me dar ao luxo de deixar
as pessoas me esperando. Dormia sempre depois de
meia-noite e acordava entre 4h e 5h da manhã. Chegava a levantar da cama só para responder alguns emails e depois voltava”, lembra.
Ao final, no momento de aplaudir o espetáculo, sempre vem a sensação do dever cumprido. Hora do
merecido descanso, mesmo pouco. Um mês após o
AOIHS, tudo volta ao normal. Mais 11 meses de pesquisas, avaliações, conquistas, negociações, expectativas e muito, muito trabalho.
horse society lifestyle
|
37
g a leria 2008
38
|
horse society lifestyle
Melhores momentos AOIHS 2008
horse society lifestyle
|
39
R i o d e J a n e i r o / S ‹ o P a u l o / N e w Yo r k / M i a m i / M i l a n o / R o m a / To k y o
40
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
41
g a leria 2009
42
|
horse society lifestyle
Melhores momentos AOIHS 2009
horse society lifestyle
|
43
g a leria 2009
44
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
45
p i s ta olím pic a
De primeira
Bart Poels pilotando pessoalmente o trator na SHB
Feito por quem entende
Tudo começou numa cidadezinha da Bélgica, há mais de 40 anos. Na época, o pequeno Bart
observava o trabalho do pai, à frente de uma empresa que comercializava areia. Logo que começou
a praticar hipismo, esporte comum no país, dedicou sua atenção aos pisos das pistas. “Sempre
ouvia meu professor falar como aquilo podia influenciar o desempenho do cavalo”, lembra.
Professor, via de regra, está certo.
N
ão precisou muito tempo de prática que
Bart confirmou a história. Resolveu investir pesado em pesquisa e ao longo
do tempo desenvolveu um trabalho
respeitável na área. Aquele estabelecimento do pai que vendia areia é referência hoje em
pistas do mundo todo. A Bart Poels Company é mais
uma prova de como o incentivo no esporte pode desenvolver uma empresa.
46
|
horse society lifestyle
Especialista em preparação de piso, o cavaleiro viaja por todos os continentes para preparar pistas de
competição de hipismo. Por isso, foi convidado para
experimentar sua fórmula também no Brasil. Orçada em quase um milhão e meio de reais, a obra na
pista Jose de Verda na Sociedade Hípica Brasileira é
garantia de um ótimo show. Para os espectadores e
principalmente para os atores: os cavalos. “Um bom
desempenho depende dos pisos”, garante.
Um leigo poderia questionar o porquê de tanto investimento, já que areia parece sempre igual. Bart
prova exatamente o contrário. Segundo ele, quanto
melhor a pista, mais conforto e menos risco para o
cavalo. O cavaleiro compara a qualidade do piso a
um seguro de vida: “Tratam-se de cavalos caríssimos e uma pista ruim pode comprometer a carreira
de um animal desses”.
Isso significa que, pela primeira vez, o Brasil terá uma
pista de nível olímpico. Pronta para receber grandes
astros do hipismo internacional. Ele assegura que até
os chamados “rampões” poderão ser dispensados em
nossas arenas. E afirma que “qualquer cavalo está
seguro para competir no país”.
A pista de hipismo do Athina Onassis International Horse Show 2010 vai contar
com duas novidades: o material usado
e o sistema de drenagem. No ano passado, o piso era à base de areia e caolin
que, segundo um dos responsável pela
coordenação do trabalho, Ives Sportiello,
“não oferece um bom impacto para os
cavalos”. Este ano, com a vinda do especialista Bart Poels, algumas modificações foram feitas.
Sportiello afirma que apenas 50% do
material foi utilizado, misturado a uma
outra composição formada por dois tipos
de fibra. “Assim a pista fica muito mais
resistente e o animal não sofre lesão”,
explica ele comparando a uma diferença semelhante que percebemos quando
trocamos a caminhada na areia fofa da
praia pela caminhada na areia molhada.
Outra mudança foi o sistema de drenagem. Sportiello lembra que “em 2009
a pista não absorvia bem a chuva”. O
dreno foi ampliado com uma espécie de
“colchão de pedra” em toda a extensão
da pista para conter completamente a
água. Sportiello, que é também cavaleiro, garante que agora “temos um piso
de nível olímpico”.
horse society lifestyle
|
47
p i s ta olímp i ca
REVERSO. SWITCH TIME ZONES IN A SECOND.
Dedicação
O modo de trabalho de Bart Poels também foi colocado em prática no Athina Onassis International
Horse Show. Talvez ainda mais intenso. Se ele leva
em média um mês para executar toda a obra, no Rio
de Janeiro ultrapassou a previsão. Bart conta que
nem tempo teve de conhecer a cidade maravilhosa.
Durante toda sua estadia no Rio, ficou concentrado
na Sociedade Hípica Brasileira, clube que apreciou
bastante “pela estrutura antiga, mas de excelência”.
O cavaleiro costuma fazer um trabalho personalizado. Do estudo técnico de todo o material usado
até a condução das máquinas. E no Brasil, ele ainda enfrentou um problema a mais que, por muito
tempo foi ponto fraco para as competições no país:
a inadequação das pistas. De acordo com Bart, as
pistas são “inferiores as da Europa”.
No ano passado, a chuva comprometeu o AOIHS, o que,
segundo ele, não pode acontecer. Para evitar transtornos como esse, o cavaleiro fez um estudo aprofunda-
48
|
horse society lifestyle
do das condições climáticas do Rio de Janeiro. Ele diz
que “nada este ano vai atrapalhar o concurso”.
Bart Poels tem outra preocupação: valorizar a
matéria-prima nacional. O material que costuma usar é de origem do próprio país. Na Jose de
Verda, foram raros os momentos que recorreu ao
mercado internacional.
E se engana quem pensa que o trabalho de Bart
termina na hora da entrega da obra. Depois de
pronta, ele ainda faz questão de acompanhar toda
a manutenção. Por isso, sua próxima visita já está
confirmada para o mês de setembro, quando irá
aproveitar para colocar o mesmo piso na pista Roberto Marinho, a queridinha dos cavaleiros.
Aproveitar também para conhecer melhor o Rio
de Janeiro, um lugar onde há muito a lhe oferecer. Os encantos da cidade maravilhosa serão
nossos agradecimentos.
GRANDE REVERSO 986 DUODATE. Jaeger-LeCoultre Calibre 986/1000®
Created in 1931 for polo players, the legendary Reverso houses an ingenious
patented system: two back-to-back dials driven by a single mechanical movement
indicate two time zones adjustable by a single crown. The full measure of
Jaeger-LeCoultre’s inventiveness in an upsized version of the reversible case.
HAVE YOU EVER WORN A REAL WATCH?
Jaeger-LeCoultre and UNESCO in partnership for conservation of World Heritage
sites. A real commitment to a precious cause.
www.jaeger-lecoultre.com
horse society lifestyle
|
49
50
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
51
t r a ns port e
Eles vêm
voando
Nem os passageiros mais metódicos se preparam
com tanta antecedência. É verdade, eles são diferentes! Além de estrelas de grandiosos espetáculos, são animais valiosos que precisam e merecem todos os cuidados. A viagem dos cavalos que
participam de um evento como o Athina Onassis
International Horse Show é, obrigatoriamente,
muito bem planejada.
A
começar pela negociação junto ao Ministério
da Agricultura do Brasil. Isso pelo menos seis
meses antes do concurso. As autoridades brasileiras estabelecem um acordo com a União
Européia em Bruxelas, por meio de um órgão
chamado DGSANCO, sobre as exigências sanitárias para a
entrada dos eqüinos em nosso país.
Depois vem o processo de autorização de importação dos
cavalos. Durante o período são realizadas reuniões com
a Receita Federal e a Infraero, no Aeroporto Internacional
do Rio de Janeiro para que “a operação seja rápida e com
menos desgaste para os animais”, diz o diretor zootecnista
Eduardo Guimarães, sócio da Feat Transportes Internacionais Ltda, especializada em transporte de carga viva.
Antes da viagem os animais passam por alguns exames,
como coletas de sangue e vacinas. O veterinário Thomaz
Montello, que se dedica hoje à Federação Eqüestre Internacional e aos cavalos de Doda Miranda e Ludo Philiphaerts,
explica que o procedimento para o embarque é de extrema
importância para o bem-estar do próprio animal. “Temos
que verificar se estão com proteções adequadas, bem hidratados, se há fornecimento de água”, diz. Os tranqüilizantes, segundo ele, “só quando necessário”.
Por conta desses cuidados, os “passageiros” devem chegar algum tempo antes do embarque. E não são aquelas tradicionais duas horas, não. Eles costumam ir para
o aeroporto no mínimo com seis horas de antecedência.
Lá, ficam na cocheira aguardando a hora. No local ficam
montados ainda postos veterinários para receber os cavalos na chegada e na saída do país, além de garantir
agilidade para qualquer emergência.
52
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
53
t r a n s port e
Última chamada
para o embarque
Chega o momento mais importante, entrar no avião e
enfrentar uma longa jornada. A viagem de Frankfurt,
na Alemanha, para o Rio de Janeiro leva em média
11horas. Mais quatro horas para escala de abastecimento em Dakar, no Senegal. Para os cavalos, é claro,
um roteiro bastante cansativo. Por isso, uma estrutura eficiente é fundamental para garantir o conforto e a
segurança deles.
A Lufthansa é a empresa aérea parceira do AOIHS.
Um dos motivos para essa escolha é que a companhia tem um limite máximo por vôos. Transporta
apenas15 animais, diferente de outras companhias
utilizada em outros concursos internacionais, inclusive das olimpíadas.
Sócio da Attos Sports, responsável pela organização
do evento, André Beck, explica que a hora mais difícil
do transporte é quando o cavalo fica dentro do contêiner, aguardando a decolagem. “Em um avião muito
grande, essa demora é enorme. O primeiro cavalo
que entra no contêiner espera muito tempo até que o
último também entre”, conta. De acordo com ele, num
vôo com menos cavalos, “os embarques e desembarques são rápidos (cerca de uma hora) e o risco de acidentes é menor”.
Fábio Rodrigues
nários e tratadores. Em cada vôo, são dois acompanhantes. Normalmente quem embarca são os
próprios tratadores dos animais porque conhecem,
convivem e sabem exatamente como acalmá-los.
O cavalo viaja num box instalado na parte de carga
do avião, mas a cada instante o tratador vai verificar se está tudo bem.
Os competidores de alto rendimento não são “marinheiros de primeira viagem”. Com experiência em concursos internacionais e longas distâncias (na terra e no
céu), não costumam dar trabalho. Mas, não há como
fugir dos imprevistos. Tratador há 12 anos, metade do
tempo na Europa, Fábio Rodrigues, lembra que já passou por “algumas surpresas”.
Para o concurso, a Lufthansa vai operar com seis vôos
de MD11 para a ida e mais seis para a volta. André
destaca também a grade da companhia aérea para o
Brasil. São 8 vôos por semana. “Isso nos dá a tranqüilidade de contar com aqueles que servem de back-up
no caso de qualquer problema”, garante.
Para saber como agir e solucionar os possíveis
problemas, os cavalos sempre viajam com veteri-
54
|
horse society lifestyle
“Quando se trata de animais, seres vivos como nós, tudo
pode acontecer. É uma grande responsabilidade e exige
muita atenção e dedicação”, explica o tratador. Ele conta
que certa vez, bem na hora do embarque, um cavalo resistiu e não quis entrar no avião. “Não sei o que deu nele,
mas não teve jeito. Não quis entrar e pronto. Remarcamos a ida para outro vôo”, conta.
Mais um exemplo de como uma estrutura planejada de
transporte de animais consegue reverter também situações inesperadas. A tranqüilidade de uma viagem é de
fundamental importância para o desempenho do cavalo. A “correria” deve ficar restrita somente às pistas.
horse society lifestyle
|
55
i n v e s timento
COMPETIÇÃO E INTEGRAÇÃO JUNTAS
A prova prática do paradoxo de como o incentivo a
uma disputa pode promover união e oportunidades
O
esporte transforma, ensina e educa. Através dele, muitas crianças e jovens se desenvolvem e trilham caminhos gloriosos. Pensando nisso, as grandes empresas
cada vez mais investem no esporte no Brasil, uma forma de aliar responsabilidade
social a uma excelente forma de posicionar a marca.
No hipismo, não é diferente. E o Athina Onassis International Horse Show oferece um cenário perfeito
para essa parceria. A Oi encontra no concurso a chance de levantar mais uma vez a bandeira de integração social do esporte: “Nossa marca sempre esteve ligada a atributos do esporte
como paixão, superação de limites e espírito de equipe, enfim, tudo que nos impulsiona e leva ao crescimento pessoal e reconhecimento do nosso valor na sociedade”,
afirma Flávia da Justa (foto), diretora de Comunicação de Mercado da Oi.
56
|
horse society lifestyle
O esporte eqüestre encanta e os cavalos representam
um símbolo de charme, força que inspira coragem e
vontade de vencer não somente para os cavaleiros,
mas para todo o público admirador. Estar presente
num evento esportivo do porte do Athina Onassis International Horse Show não significa apenas assistir
ou participar de uma disputa, mas essencialmente
fazer parte de todo o espetáculo.
Um dos principais patrocinadores, o também cavaleiro Jorge Gerdau, diz como o AOIHS tem um significado especial para o hipismo no Brasil. “Sua representatividade no meio hípico, pelo elevado padrão técnico
requerido e pelas diversas participações que vem
obtendo, coloca esse evento entre um dos mais importantes no circuito mundial desse esporte”, define.
Para a Gerdau, “a participação de um evento com essas características está alinhada com nossos valores
de qualidade e busca da excelência”.
A Coca-cola destaca ainda que projetos como esse
são ótimas chances “de preparação para 2014 e 2016,
anos de Copa do Mundo FIFA no Brasil e Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro”. Mais um patrocinador que
acerta. A prática, o apoio e o incentivo podem inspirar
potencialmente qualquer país para o desenvolvimento através do esporte. No caso do hipismo, superando
qualquer obstáculo!
horse society lifestyle
|
57
i n v e s timento
No obstacles here to enjoying
your next stay.
C
M
Y
CM
MY
CY
BOM NEGÓCIO SEMPRE
CMY
K
Durante os quatro dias do Athina International Horse Show será possível se divertir, apreciar dos melhores sabores,
fazer compras exclusivas e promover grandes encontros. O local está preparado para receber cerca de 15 mil pessoas pela manhã, tarde e noite. E para quem desejar, até o sol raiar. Tudo em um ambiente único e especial: a Sociedade
Hípica Brasileira, numa das cidades mais bonitas e badaladas do Brasil.
As empresas aproveitam toda essa idéia de conceito, pensada já na primeira edição em 2007, para criar uma plataforma de entretenimento, que reúne moda, música e gastronomia. Tudo direcionado a um público sofisticado e
exigente. “O consumidor que está presente no evento da Athina tem um perfil diferenciado, e está acostumado a
interagir com ações de marcas desse segmento de luxo”, define Bruno Correa, gerente de grupo das bebidas super
Premium da Pernod Ricard Brasil.
Este ano, 13 instituições patrocinam o evento, considerado um dos mais importantes do circuito hípico no mundo. A
Pamcary aponta que “de um lado, a exposição da marca no AOIHS nos insere num mundo de excelência internacional
e de superação contínua de talentos. De outro, temos uma oportunidade única de convidar parceiros para o evento,
estreitando relações importantes”.
O Athina Onassis International Horse Show está inserido no calendário de eventos de luxo no país. Para os patrocinadores, sempre um bom momento para celebrar o esporte e brindar em alto estilo os bons negócios.
Welcome to the Grand Hotel Les Trois Rois in Basel.
Enjoy the charm and elegance of a grand hotel steeped in history on the banks of the Rhine, in the heart
of the old city centre. The Grand Hotel Les Trois Rois is one of Europe’s oldest city hotel and offers everything
its discerning guests expect. For instance, the Gourmet Restaurant Cheval Blanc, with 2 Michelin stars and
18 GaultMillau points. So treat yourself to a superlative weekend in Basel and stay at Basel’s one and only
grand hotel.
Grand Hotel Les Trois Rois
Blumenrain 8 CH-4001 Basel Switzerland
Phone +41 61 260 50 50 Fax +41 61 260 50 60 www.lestroisrois.com [email protected]
A S PIRIT HOTEL
58
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
59
ESPECIAL
Combinação
que deu certo
Mais uma vez Oskar Metsavaht mostra como sua marca virou tendência no Athina Onassis International Horse Show. Pelo segundo ano consecutivo, a Osklen comparece e se destaca no
evento. Para Oskar, que se considera um apreciador do hipismo, apoiar o evento é “uma oportunidade de aliar o conceito da Osklen a este belo esporte”.
E
ste ano, Oskar pretende apresentar peças
da última coleção, além das t-shirts e ecobags criadas especialmente para o Athina.
Através de suas camisas, ele consegue
mostrar exatamente sua definição de “way
of life carioca e brasileiro”. “Esta é mais uma forma de
dizer que o AOIHS também cool and brazilian”, aposta.
A inspiração da Osklen tem tudo a ver com o AOIHS.
Ambos reúnem a perfeita combinação entre esporte,
elementos da natureza e, ao mesmo tempo, contrastando, características da cidade grande. O resultado “casual-chic” da loja tem identidade semelhante
a este, que é um dos mais importantes torneios do
hipismo internacional.
Sem falar, da própria moda do esporte. O próprio
Oskar afirma que o hipismo confere o que “há de mais
contemporâneo no sportswear. Uma silhueta moderna, atlética e ao mesmo tempo refinada”.
Por trás da roupa criada por Oskar há sempre uma
intenção de comunicar. Não é a tôa que a Osklen é
considerada hoje uma das marcas mais influentes no mundo. Sua moda faz referência a um estilo
de vida tanto apreciado pelos amantes do esporte,
respeitadores do meio-ambiente e moradores dos
60
|
horse society lifestyle
centros urbanos. Tudo isso produzido com materiais
finos e sustentáveis, que conseguem traduzir a sofisticação e rusticidade da Osklen.
Toda essa riqueza conceitual das peças é conseqüência da inquietação artística do estilista. Oskar vai
muito além da roupa. Para quem não sabe, ele tem
especialização em medicina esportiva e reabilitação.
Suas atividades estão voltadas também ao design de
móveis, direção de documentários, desenvolvimento
de projetos sócio-ambientais, sem falar das expedições por diferentes lugares, de onde aproveita para
trazer muitos objetos e grandes idéias.
Nascido no Rio Grande do Sul, escolheu o Rio de Janeiro para morar e o mundo inteiro para passear. E
claro, trabalhar. Além dos 55 pontos no Brasil, a Osklen tem duas lojas em Milão e Nova Iorque, uma em
Miami, Tóquio e Roma, showroom em outras cidades
como Los Angeles, Athenas e Milão e ainda exporta
para o Japão, Chile e Oriente Médio.
É bem verdade, a Osklen já foi contemplada pelo mundo inteiro. Mas, para quem vem de fora, nada como
admirar suas coleções, onde a marca foi criada, na
cidade maravilhosa. E neste caso, com todo o charme
do AOIHS, aos pés do cristo redentor.
horse society lifestyle
|
61
bo ox
CHARME E REQUINTE NA
NOITE CARIOCA
Pelo som agradável, pelo atendimento caloroso, pelo astral dos moradores... A noite do Rio de Janeiro
está entre as mais famosas do planeta. É cenário de novelas, letra de música e inspiração para encontros. Mas o que há de ainda melhor na noite carioca consegue se concentrar em um único lugar, no
coração de Ipanema.
O
Boox se tornou referência de lazer e
bom gosto. O mérito é também do criador. Após 20 anos de trabalho nas noites
do Rio, Walter Guimães resolveu inovar.
``eu queria um lounge, mas sem cara de
boate”. E foi o que fez, há três anos criou o Boox,um
clube-conceito com capacidade para 250 pessoas e
diversão sem limite. E Waltinho, como ficou conhecido, atua como anfitrião da festa. Não há como não
se sentir em casa.
Localizado numa das áreas mais privilegiadas da cidade, o Boox Ipanema é um lugar completo. A começar pelo restaurante, considerado pelo dono ``o verdadeiro charme da casa”. A cozinha contemporânea
reúne misturas deliciosas preparadas com muito cuidado pelo chef Ronaldo. O cliente que aprecia um bom
drink sempre fica satisfeito. Seja pela variedade, seja
pelo sabor, muitas vezes surpreendente. Algumas bebidas são exclusivas. É o caso do Boox Love Potion,
com espumante, grand marier e suco de tangerina.
A casa, que fica cheia de terça a sábado com programações diferentes, precisa de reserva antecipada e
ainda assim, a fila na porta é inevitável. O conceito de
diversão direcionada e música de altíssimo nível atrai
um público seleto e diversificado, que une empresários, artistas, celebridades e formadores de opinião,
que estão sempre circulando pelos famosos sofás.
62
|
horse society lifestyle
São muitas as razões que tornam o Boox Ipanema
referência na noite carioca, e todo este diferencial
será apresentado numa amostra que integra a programação social de um dos concursos mais importantes do hipismo internacional.
horse society lifestyle
|
63
bo ox
Boox no Athina
Quem for ao Athina Onassis International Horse Show poderá entender por que o Boox tem conquistado tantos admiradores. E o empresário Walter Guimaraes promete: ‘’três noites explosivas”. Para isso, ele preparou
uma estrutura super decorada, com muito conforto. A expectativa é receber cerca de 800 pessoas por dia, que
poderão curtir o que há de melhor da música eletrônica, do lounge music ao house eletrônico.
Uma das atrações mais especiais da festa, será a garrafa de champagne tamanho extra large, são 9 litros da
bebida mais apreciada principalmente pelas mulheres, é também a preferida dos freqüentadores do Boox
que, por conta desta peculiaridade, foi classificado como o maior consumidor de champagne do Brasil em
2009 segundo pesquisa da Moet Chandon.
Ao contrário da maioria dos concorrentes, que traz marcas de fora para garantir o sucesso local, o Boox
preferiu se consolidar primeiro no Rio de Janeiro, para depois expandir o nome. Apesar de manter alguns
segredos, Waltinho não nega suas pretensões.
O espaço na Sociedade Hípica Brasileira será uma excelente oportunidade para mostrar o Boox para
quem vem de outros estados, enquanto a casa vai planejando os novos territórios. O que já dá pra adiantar é que algumas cidades como Brasília e Belo Horizonte serão contempladas. Outros lugares do Brasil
também vão receber uma visitinha, ainda que Belo Horizonte serão contempladas. Outros lugares do
Brasil também vão receber uma visitinha, ainda que rápida, através do Boox Tour.
Falta pouco para o Boox atravessar fronteiras. E um evento do porte do AIHS vai deixar muita gente ansiosa.
Não é só a garota, muitas particularidades de Ipanema podem seduzir o Brasil e o mundo!
64
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
65
e st i lo
HIPISMO
NA MODA
A
moda é uma das principais parceiras
do Athina Onassis International Horse
Show. Este ano, ela será apresentada em
alto estilo. Pela primeira vez, o Fashion
Mall participa do evento levando todo seu
charme e bom gosto para um dos concursos mais badalados do esporte equestre.
De acordo com a gerente de marketing do shopping,
Paula Stenzel, a “paquera” já tinha começado no ano
passado, quando o AOIHS veio para O Rio de Janeiro. E agora, no segundo ano, foi possível oficializar de
vez essa união. “É o mesmo público, uma combinação
perfeita”, afirma.
O mini fashion mall reúne10 lojas. Tudo que fascina os
olhos e mexe com o coração! São roupas, acessórios,
jóias e para surpreender pelo paladar, gastronomia. O
público pode admirar e, principalmente, experimentar. Os produtos expostos no evento também estão à
venda. Uma excelente oportunidade para as compras.
Em primeira mão!
Cada loja apresenta novas coleções, peças exclusivas
e muitas novidades. Distribuidora oficial da Rolex no
Brasil, A Sara Jóias, uma das presentes no espaço, já
anunciou um lançamento pra lá de especial: um relógio de aro e fundo verde. Nada melhor do que ver o
tempo passar com tanto requinte!
Visitar o Mini Fashion Mall do AOIHS é como estar dentro
do shopping de São Conrado. Alem dos produtos diferenciados, há conforto, beleza e atendimento impecável.
66
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
67
e st i lo
C
M
Y
Fashion Mall
CM
MY
Abrigando as mais importantes grifes do país, O Fashion Mall se tornou tão conceituado no Rio de Janeiro graças ao seus freqüentadores, um público seleto que não abre mão de ser bem tratado. É hoje um dos locais da
cidade mais elogiados por formadores de opinião.
CY
CMY
K
Para agradar seus clientes, o shopping faz questão de oferecer bons serviços, que vão do valet parking, com
uma equipe prontamente bem treinada aos programas culturais, como o cinema e o teatro, com estrutura e
exibições de qualidade.
Os mimos do FM aos freqüentadores são tantos que
hoje já existe o fashion prime. Os mais cativos recebem um cartão VIP, com benefícios que tornam ainda
mais agradável o passeio. E por falar em passeio, a
ida a um shopping bem localizado, entre o mar e as
montanhas, sempre compensa. É um lugar de segurança, tranqüilidade e gente bonita.
Com tantas coisas em comum com o Athina Onassis
International Horse Show, não tem como não apostar
que esse casamento, apesar de recente, é pra valer.
Os antenados estarão lá como testemunha.
A Diesel promete levar a piscina de bolas de sua
campanha para o Mini Fashion Mall do AOIHS
When it comes to stabling,
always back the right horse.
Welcome to the Grand Hotel Bellevue in Gstaad.
Situated at the entrance to the trafmc-free village of Gstaad, our grand hotel is set in the middle of an idyllic
park. Its comfortable rooms and spacious suites offer all the space you need to unwind and relax. Our two
restaurants serve seasonal menus catering for even the most discerning palate, and the Bellevue SPA is an
oasis of calm to reinvigorate body and soul. Our four bright seminar rooms offer every amenity, creating the
perfect setting for business meetings. We are looking forward to being your hosts.
Grand Hotel Bellevue
Phone +41 33 748 00 00
68
|
horse society lifestyle
A S PIRIT HOTEL
CH-3780 Gstaad Switzerland
Fax +41 33 748 00 01 www.bellevue-gstaad.ch
[email protected]
horse society lifestyle
|
69
70
|
horse society lifestyle
horse society lifestyle
|
71
BERNARDO ALVES (BRA)
Começou a montar aos 4 anos e aos 16 já era profissional de hipismo. Foi ouro nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg em 99 e bronze no Pan de Santo Domingo 2003. Em
2007, no Pan do Rio, foi ouro por equipe. No GCT, deste ano, levantou a taça de campeão
no Grande Prêmio de Montecarlo.
ALI AL RUMAIHI (QAT)
Representou o Qatar nos Jogos Pan Arabe de 2007 e desde então tem feito temporadas na Europa. Recentemente, ele integrou a equipe da Copa das Nações do Qatar no
CSIO 5*, em Abu Dhabi.
ÁLVARO MIRANDA (BRA)
Álvaro Affonso de Miranda Neto, mais conhecido como Doda, monta desde os 12 anos
e tornou-se um dos cavaleiros mais importantes do país. Um dos momentos marcantes de sua carreira foi a medalha de bronze por equipe nos Jogos Olímpicos de
Atlanta 96 e Sydney 2000. Doda é medalha de ouro, por equipe, nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg em 99 e bronze, também por equipe, no Pan de Santo Domingo
em 2003. É o idealizador do Athina Onassis International Horse Show, eleito ainda o
melhor cavaleiro do torneio em 2007.
ANDREA GUZZO (BRA)
Vencedora da edição 2010 do Oi Serra e Mar de Hipismo, a amazona baiana, que defende a Federação Paulista de Hipismo, garantiu o direito de saltar o Athina
Onassis International Horse Show.
ATHINA ONASSIS DE MIRANDA (GRE)
O sonho de disputar uma Olimpíada está ficando cada
vez mais perto da amazona Athina Onassis de Miranda. A evolução ao longo dos anos e a conquista
de bons resultados internacionais a deixam cada vez
mais perto deste feito. Sob o olhar atento do marido
e consagrado cavaleiro Álvaro de Miranda e do experiente Nelson Pessoa, Athina Onassis de Miranda é
hoje o principal nome do hipismo grego.
BARTOLOMEU BUENO DE MIRANDA NETO (BRA)
O Campeão Brasileiro Sênior Top de 2009 juntou-se à
equipe AD Sport Horses, no final de junho. Totty, como
é conhecido, vem de uma temporada de saltos em
Valkenswaard, na Holanda.
BEN MAHER (GBR)
Bem Maher nasceu em 30 de janeiro de 1983 em Enfield, na Inglaterra. Em 2004,
fez parte da equipe da Grã-Bretanha no Campeonato Europeu em Portugal, no qual
conquistou o primeiro lugar.
72
|
horse society lifestyle
2010
p e r f il
BILLY TWOMEY (IRL)
Billy Twomey vive em Cheshire, Inglaterra. Ele fez parte do esquadrão Irlandês na Copa
das Nações, vencendo em Lummen, na Bélgica no início deste ano.
CAIO SERGIO DE CARVALHO (BRA)
Começou a montar na Sociedade Hípica Paulista. Representou o Brasil nos Jogos PanAmericanos de 1983 e nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984. Atualmente Caio
Sérgio concilia a carreira de cavaleiro com a de diretor de salto da Confederação Brasileira de Hipismo.
CARLOS MOTTA RIBAS (BRA)
Impossível falar de Carlos Motta Ribas sem citar o notável Mumu. Juntos, formaram
um conjunto inesquecível no hipismo brasileiro. Cacá como é conhecido transformou
o cavalo que puxava carroça no Rio em vencedor de competições em internacionais.
Hoje, Mumu já está aposentado. Cacá está radicado na Europa e disputa o Athina
Onassis International Horse Show pela segunda vez.
CHRISTIAN AHLMANN (ALE)
Recente vencedor do GP de Norton Hardenburg, Christian foi medalha de bronze no
Campeonato Mundial de 2006 e nos Jogos Olímpicos de 2004.
DANIEL DEUSSER (ALE)
O cavaleiro Daniel Deusser começou a montar jovem e aos 14 anos quase desistiu por
causa de inúmeras quedas do cavalo. Felizmente, seguiu em frente e o ginete alemão
vem se destacando cada vez mais no cenário hípico internacional. Daniel foi eleito o
segundo melhor cavaleiro do AOIHS 2008, perdendo somente para o compatriota Ludger Beerbaum.
DENIS LYNCH (IRL)
O irlandês monta desde os 12 anos. De lá pra cá representou o seu país em várias
Copas das Nações e inclusive nos Jogos Olímpicos de 2008. Em 2010, Lynch fez parte
da equipe da Irlanda que ganhou o CHIO Aachen Copa das Nações.
EDOUARD DE ROTHSCHILD (ISR)
Francês de nascimento, Edouard se naturalizou israelense recentemente e tem
como objetivo a classificação para os Jogos Olímpicos de Londres 2010. Para isso,
Rothschild, tem como treinador um dos maiores cavaleiros da atualidade: o alemão
Ludger Beerbaum.
horse society lifestyle
|
73
2010
p e r f il
HARRIE SMOLDERS (HOL)
Este cavaleiro holandês vem obtendo grandes resultados mundo afora. Ocupa atualmente a 13ª posição no ranking da FEI e a 20ª colocação no ranking do GCT 2010.
EDWINA ALEXANDER (AUS)
A amazona Edwina Alexander deixou a Austrália, sua
terra natal, para treinar na Europa e se tornar uma das
principais amazonas do mundo. Em 2010, Edwina esteve
presente em três pódios do GCT: foi campeã em Cannes,
vice em Hamburgo e terceiro lugar em Chantilly.
ELLEN WHITAKER (GBR)
A amazona britânica, Ellen Whitaker carrega no sangue
a paixão pelo hipismo. É filha do cavaleiro Steven Whitaker e sobrinha dos cavaleiros John Whitaker e Michael
Whitaker. John, inclusive, foi o campeão do Troféu Aristóteles Onassis, em 2007, na 1ª edição do Athina Onassis
International Horse Show.
ERIC VANDER VLEUTEN (HOL)
Eric Vander Vleuten recebeu, em 2003, um prêmio especial por mais de 100 aparições na Copa do Mundo.
Obteve, recentemente, bons resultados em Birmingham, Eindhoven e Hergenbosch. Ganhou a eliminatória da Copa do Mundo de 2009, em Olímpia, com o
cavalo Tomboy.
FABIO LEIVAS DA COSTA (BRA)
A diversão de suas férias quando criança era montar
a cavalo na fazenda do tio. A brincadeira ficou séria e,
aos 13 anos, Fábio Leivas começou a competir. Hoje é
um dos principais cavaleiros do país, tendo no currículo inúmeros títulos, entre eles
o bicampeonato do Circuito Serra e Mar de Hipismo, bicampeonato do Troféu Roberto
Marinho, campeonato brasileiro Júnior, dois vice-campeonatos do Brasileiro Sênior Top.
Em 2010, Fábio Leivas foi o campeão do The Best Jump, em Porto Alegre.
FÁBIO SARTI (BRA)
Fábio Sarti começou a montar em 1987. Foi vice campeão do GP Oi Serra Mar 2007,
etapa Angra dos Reis. Em 2010 conquistou o segundo lugar do Grande Prêmio na
Copa Paulista.
FRANCISCO MUSA (BRA)
Começou a montar aos 12 anos com seu pai na Escola de Sargento das Armas em Três
Corações, Minas Gerais. Fábio foi campeão do Grande Prêmio 1,55 Seletivo dos Jogos
Equestres Mundiais na Copa São Paulo.
74
|
horse society lifestyle
JOANA VALENTE (BRA)
De promessa à nova geração do hipismo nacional, a carioca Joana Valente já desponta como revelação do esporte. A amazona costuma marcar presença nos pódios das
principais provas hípicas do país.
JOS LANSINK (BEL)
Jos Lansink subiu ao pódio pela primeira vez aos 12 anos e não parou mais. A consagração veio nos Jogos Olímpicos de Barcelona 92, com a conquista da medalha de
ouro. E em 2006, com o título de Campeão Mundial em Aachen, Alemanha. Foi bronze
nas etapas 2010 do GCT em Estoril e Montecarlo.
JOSÉ LAROCCA (ARG)
Há anos baseado na Europa, José Larocca obteve uma série de sucessos nos Grandes
Prêmios, com cavalos como Con Air e Royal Power. Defendeu a Argentina nos Jogos
Olímpicos de Pequim e é um dos principais cavaleiros do país.
JOSÉ ROBERTO FERNANDES (BRA)
Filho do lendário Alfinete, Zé Roberto herdou do pai o talento para o esporte. É atualmente um dos cavaleiros mais vitoriosos do país. Foi o campeão do ranking da
Confederação Brasileira de Hipismo na categoria Sênior Top, em 2008, e irá participar do AOIHS pela terceira vez. Em 2007, foi campeão da prova de 1,50m do evento,
realizado em São Paulo.
JUAN CARLOS GARCIA (ITA)
Juan é colômbiano naturalizado italiano. Além do salto, ele compete também no concurso completo de equitação (CCE). É inclusive, o único cavaleiro classificado para as
duas modalidades nos Jogos Mundias de Kentucky.
JUDY ANN MELCHIOR (BEL)
Herdeira do Haras Zangersheide, a jovem Judy-Ann Melchior é uma das revelações
do esporte no seu país. Com bons cavalos, a belga deseja crescer cada vez mais no
esporte que tanto ama.
KAMAL BAHAMDAN (KSA)
Representante da Arábia Saudita, Kamal Bahamdan saltará pela segunda vez na Cidade Maravilhosa. O cavaleiro tinha apenas 7 anos quando descobriu o mundo dos cavalos e a paixão foi à primeira vista. Kamal representou o seu país nos Jogos Olímpicos
de Atlanta 96 e Sydney 2000 e no Mundial de Hipismo de 2002, na Espanha.
horse society lifestyle
|
75
2010
p e r f il
KARINA JOHANNPETER (BRA)
Caçula de uma família tradicional do hipismo nacional, Karina Johannpeter cultiva o
sonho de um dia ganhar uma medalha olímpica, assim como o irmão André Johannpeter (bronze por equipe em Atlanta 96 e Sydney 200). A jovem amazona foi bronze por
equipe no Pan de Santo Domingo 2003 e reserva nos Jogos Pan-Americanos do Rio de
Janeiro 2007, no qual o Brasil conquistou a medalha de ouro.
KEVIN STAUT (FRA)
O francês Kevin Staut vem ao Athina Onassis International Horse Show pela segunda
vez. Kevin foi campeão europeu com a equipe francesa em 2000 e vice na etapa de
Cannes, do GCT deste ano. Ocupa a terceira colocação no ranking mundial da FEI.
LARS NIEBERG (GER)
Lars Nieberg está no seleto grupo de bicampeão olímpico. O cavaleiro foi medalha de
ouro com a equipe da Alemanha nos Jogos Olímpicos de 1996 e 2000.
LAUREN HOUGH (EUA)
Aos 15 anos, Lauren já colecionava títulos.
Aos 22 integrou a equipe americana nos Jogos
Olímpicos de Sydney 2000. Foi uma das principais responsáveis pela conquista da medalha
de ouro dos Jogos Pan-Americanos 2003, em
Santo Domingo e do bronze por equipe no Pan
do Rio em 2007. No GCT 2010, ganhou o grande
prêmio em Hamburgo, Alemanha.
LEOPOLD VAN ASTEN (HOL)
Leopold representou a Holanda no Campeonato Europeu em 2003 e, em seguida, nos Jogos
Olímpicos de 2004, quando sua equipe terminou
em quarto. No GCT 2008, em Estoril, Leopold
Van Asten foi o único que conseguiu o triplo zero
na difícil prova com obstáculos a 1,60m, levando
o prêmio final. Ganhou, recentemente, prova em
Mannerbio, na Itália.
LOISSE GARCIA (VEN)
Loisse Garcia nasceu na Venezuela, mas adotou o Brasil para morar. Está radicada no
Rio de Janeiro há quase 25 anos. Disputou os Jogos Pan-Americanos do Rio defendendo a Venezuela, ficando em oitavo lugar. Em 2010, foi vice-campeã do The Best Jump,
de Porto Alegre.
LUCAS COSTA ARAÚJO (BRA)
Representando a Federação Hípica de Minas Gerais, o cavaleiro Lucas Costa Araújo
conquistou o título de Campeão Brasileiro Young Riders 2010.
76
|
horse society lifestyle
LUCIANA DINIZ (POR)
A amazona nascida no Brasil, de família tradicional de São Paulo, agora defende as
cores de Portugal. Depois de representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004,
Luciana sonha em saltar novamente em uma Olimpíada, mas desta vez com a bandeira portuguesa.
LUDGER BEERBAUM (ALE)
Com 15 anos de idade, Ludger teve seu primeiro cavalo. Desde então, começou a construir uma carreira com muitas vitórias, tornando um dos mais renomados cavaleiros
do mundo. Coleciona medalhas, entre as mais importantes: as de ouro, por equipe, nos
Jogos Olímpicos em Sydney 2000 e Atenas 2004.
LUIZ FELIPE AZEVEDO (BRA)
O cavaleiro Luiz Felipe de Azevedo é um dos mais experientes do país. Já representou
o Brasil em diversas competições internacionais. Integrou a equipe brasileira medalha
de bronze por equipes em Atlanta e Sydney. Conquistou a medalha de ouro por equipes
nos Jogos Pan-Americanos de Havana, em Cuba.
LUIZ FELIPE AZEVEDO FILHO (BRA)
Filho mais velho do medalhista olímpico brasileiro Luiz Felipe de Azevedo, Felipinho
Filho cresceu cercado por cavalos. Radicado na Europa, ele participou de todas as etapas do GCT de 2010 e é claro, o AOIHS não poderia ficar de fora.
LUIZ FRANCISCO AZEVEDO (BRA)
Luiz Francisco de Azevedo é o filho caçula de Luiz Felipe de Azevedo. E foi observando
o pai e o irmão mais velho montarem que decidiu seguir os mesmos passos. Alternando temporadas de saltos na Europa e no Brasil, Chiquinho quer ser a segunda geração
Azevedo em Jogos Olímpicos. Em 2010, foi o campeão do Derby Herdade das Palmas.
MARCO KUTSCHER (ALE)
Um dos melhores cavaleiros do cenário hípico mundial, Marco Kutscher coleciona troféus e medalhas. Entre elas a de bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 e dois ouros no Campeonato Europeu de 2005. Liderou boa parte do ranking do GCT em 2010.
MARCUS EHNING (ALE)
Reconhecido pela sua obstinação, Marcus Ehning é um dos principais cavaleiros do
momento. Em 2009, ele fechou o ano como o número 1 e começou 2010 entrando para
o seleto time de tricampeões da Copa do Mundo de Hipismo. Travou uma bela briga
com o compatriota Marco Marco Kutscher pela liderança do ranking.
horse society lifestyle
|
77
MEREDITH M. BEERBAUM (ALE)
Americana por nascimento, Meredith optou por saltar pela Alemanha, terra natal
de seu marido, Markus Beerbaum, irmão
do renomado cavaleiro Ludger Beerbaum.
Foi a primeira mulher a assumir a liderança do ranking mundial, é tricampeã
da Copa do Mundo e vencedora do Campeonato Europeu de 2007. Poucos meses
após dar a luz sua a sua primeira filha,
Meredith voltou ao topo do pódio, na etapa
de Estoril do GCT 2010.
MICHAEL FORSTEN (FIN)
O finlandês Mikael Forsten é um apaixonado pelo esporte. Ao lado da esposa Noora
Forstén, Mikael mantém o Manége Forstén-Pentti, em Guttecoven, na Holanda. O
cavaleiro salta profissionalmente há mais de 20 anos e é um dos grandes nomes do
hipismo do seu país, além de participar dos principais concursos hípicos da Europa.
PABLO BARRIOS (VEN)
O venezuelano Pablo Barrios é um dos mais experientes cavaleiros do seu país. Já
disputou uma olimpíada e dois campeonatos mundiais. No Rio de Janeiro, fez parte da
equipe venezuelana dos Jogos Pan-Americanos de 2007.
Paulo Fernando Afonso de Miranda
Participando pela 2° vez do concurso Athina Onassis International Horse Show, Paulo
Fernando de Miranda,é irmão de Doda Miranda . Este ano, no 22° Torneio de Verão no
Clube Hípico de Santo Amaro (SP) ficou em 2° lugar no mini-GP, montando AD Bieke.
PEDRO VENISS (BRA)
Pedro Veniss começou a montar aos 4 anos e aos 15 tornou-se profissional. Com 18
anos foi morar e treinar na Bélgica com Nelson Pessoa. Fez parte da nova geração do
hipismo nacional, que tem tudo para colocar o Brasil no pódio mundo afora. Participou
da equipe brasileira nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 e foi medalha de ouro por
equipe nos Jogos Pan-Americanos do Rio 2007.
PHILIP WEISHAUPT (ALE)
Philip foi membro da equipe alemã durante a temporada em La Baule e Roma. Ele
ganhou a prova de velocidade em Leoville. Em 2010, Philip espera se qualificar e ser
selecionado para o Campeonato Mundial, que “seria um final incrível para um ano que
já fez meus sonhos virarem realidade”, segundo ele diz.
78
|
horse society lifestyle
PHILIPPE ROZIER (FRA)
O francês Philippe Rozier participou de dois Jogos Olímpicos: Los Angeles 84 e Sydney
2000. Em 1994, foi vice-campeão mundial com a equipe da França. Defendeu a equipe
francesa em mais de 70 Copas das Nações. É um dos cavaleiros mais experientes do
Athina Onassis International Horse Show.
2010
p e r f il
RAFAEL AMARAL RODRIGUES (BRA)
Há seis anos radicado na Europa, o cavaleiro brasiliense Rafael Amaral Rodrigues, 25,
atravessa grande fase.
RODRIGO MARINHO (BRA)
O hipismo é o esporte praticado por vários membros da família. Rodrigo Marinho herdou
o gosto pelo esporte do avô. O pai e a irmã também saltam, aos poucos, Rodrigo começou
a transformar o hobby por cavalos em profissão.
RODRIGO PESSOA (BRA)
Rodrigo Pessoa herdou do pai, Nelson Pessoa, a paixão por cavalos. Com três títulos seguidos em Copas do Mundo, um título mundial, duas medalhas de bronze por equipe em
jogos olímpicos (Atlanta 96 e Sydney 2000) e a de ouro individual em Atenas 2004 é um dos
mais premiados cavaleiros na história do hipismo. Este ano conquistou o terceiro lugar no
Grande Prêmio GCT da Itália.
ROGER YVES BOST (FRA)
Roger começou a montar com seus pais, quando ainda era uma criança. Ao longo de toda
sua carreira, ele colecionou títulos e vitórias em concursos mundo afora. Está entre os 20
melhores no ranking do GCT 2010. Ganhou provas nas etapas de Estoril e Valência e no
tradicional CHIO Aachen.
ROMEU FERREIRA LEITE (BRA)
O cavaleiro Romeu Ferreira Leite é mais um representante do Hipismo paulista no
AOIHS 2010. Possui os títulos de Vice-Campeão Brasileiro, Campeão Brasileiro Master.
Já foi vencedor do GP Santo Amaro, GP Best Jump, GP Cidade do Rio de Janeiro e GP
Governo do Paraná.
SHEIK ALI AL THANI (QAT)
Sheik Ali Al Thani vem, há algum tempo, representando o Qatar em competições internacionais. Na Final do Global Champions Tour em Doha, no Catar, em 2009, ele ganhou o
warm up.Disputa pela segunda vez o Athina Onassis International Horse Show.
SIMON DELESTRE (FRA)
Simon Delestre é integrante da equipe da França. Tem grandes chances de representar
seu país nos Jogos Mundiais em Kentucky.
horse society lifestyle
|
79
l i s tagem ao i hs
Veja a lista de convidados que
disputarão a série nacional do AOIHS 2010:
LISTA AMADOR 1,20/1,25m AOIHS 2010
(Nome - Federação)
Isabela Pinheiro FPH
Martha Johannpeter FGEE
Beatriz Johannpeter FGEE
Marco Souza Alho FEERJ
João Roberto Marinho FEERJ
Marco Antônio de Alencar FEERJ
Carlos Eduardo Correa do Lago FEERJ
Rodolpho Figueira de Mello FEERJ
Paulo Figueira de Mello FEERJ
Luiz Carlos Nolasco FEERJ
Juliana Nehme FPH
Flora Ribeiro FEERJ
Pedro Barbosa Lima FEERJ
Luciana Palermo FEERJ
Bernardo Gomes FEERJ
Maurício Manfredi FEERJ
Ana Eliza Aguiar Ramos FPH
Ricardo Vianna FEERJ
Fernando Mascarenhas FEP
Flavia Mendonça FPH
Rafaela Lins FEERJ
Marcos Vasconcellos FEERJ
Aida de Mendonça Nunes FHB
Manuel Lopes da Costa FEERJ
Cap. Claudio de Azevedo Coggia Militar
Ten. Rodrigo de Oliveira Barros Militar
Juarez Andrade FHB
Eduardo Garcia FEERJ
Luiz Frias FPH
Karen Romano FEERJ
José Roberto Pimentel FEERJ
José Roberto Palhares FEERJ
Bianca Matarazzo FPH
Gilberto Solanês FEERJ
Princesa Charlotte Casiraghi de Mônaco
LISTA AMADORES TOP 1,30/1,35m
(Nome - Federação)
David Ades FPH
Ricardo Ricci FPH
Joana Leitão FPH
Isabella Salles FPH
Rodrigo Cunha FEERJ
Pedro Figueira de Mello FEERJ
Adauto Freire FPH
Karina Ivone Smith FPH
Renato de Ramos Martinez FPH
Sergio Cunha FGEE
Marcio Appel FPH
Ana Luiza Araujo FEERJ
80
|
horse society lifestyle
Cristiane Paiva Chaves FEERJ
Sergino Ribeiro de Mendonça FPH
Gustavo Padilha FEERJ
Jorge Carneiro FEERJ
Richard Bilton FPH
Roberto Villa Real FPH
Tenente Rodrigo Felix CDE
Maj. Ruy Menescal Couto CDE
Jacques Fernandes FPH
Teresa Tourinho FPH
Gabriela Miguel FPH
André Ryffer FEERJ
Fernando Sterea FEERJ
g u i a de s erviç o s
ENTIDADE NACIONAL
CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar
CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ)
Tel: (21) 2277-9150 / Fax: (21) 2277-9165
www.cbh-hipismo.com.br
ENTIDADES ESTADUAIS
Federação Equestre de Alagoas - FEA
Endereço: Av. Siqueira Campos, nº 1.295 , Trapiche da Barra Parque da Pecuária , Maceió
CEP: 57010-001
Telefone: (82) 3336-1642
Fax: (82) 3336-8797 ; 3351-8086
E-mail: [email protected]
Site: www.feahipismo.com.br
Federação Amazonense de Hipismo - FAHI
Endereço: Rua Barão de Indaiá, nº 1.700 - Sala 01/A , Manaus
CEP: 69048-750
Telefone: (92) 3654-8492 ; 9185-6788
E-mail: [email protected]
Federação Hípica da Bahia - FHBA
Endereço: Av. Praia de Itapuã, sem nº (Equus Clube do Cavalo) Vilas do Atlântico , Lauro de Freitas , Salvador
CEP: 42700-000
Telefone: (71) 3379-3499
Fax: (71) 3379-3499
E-mail: [email protected] ; [email protected]
Site: www.fhb-ba.com.br
Federação Equestre do Ceará - FEC
Endereço: Rua Itaboraí, n° 560 , Passaré , Fortaleza
CEP: 60861-630
Telefone: (85) 3295-2898 / (85) 3234-7233 Tel: (85) 9927-9243/ (secr. Carol)
Fax: (85) 8897-9284
E-mail: [email protected]; [email protected] ; [email protected]
Federação Hípica de Brasília - FHBr
Endereço: Setor de Áreas Isoladas, nº 12 , Brasília
CEP: 70610-000
Telefone: (61) 3245-5870 ; 3445-1864
Fax: (61) 3245-5870
E-mail: [email protected]; [email protected]
Site: www.fhbr.com.br
Federação Hípica do Espírito Santo - FHES
Endereço: Rua Rodoviária do Sol, km 10 - nº 1020 , Itaparica , Vila Velha
CEP: 29120-022
Telefone: (27) 3339-1557 - SecretᲩa Bete Firmino: 9241 9727
Fax: (27) 3349-3411
E-mail: [email protected]; [email protected]
Federação Hípica de Goiás - FeHGO
Endereço: Rua das Gameleiras, Quadra 26-B, lote 09 , Aldeia do Vale , Goiânia
CEP: 74680-220
Telefone: (62) 84-16 21-60 nextel (62) 7812 3955 ID 85*29917
E-mail: [email protected] ; [email protected]
Site: www.fehgo.com.br
Federação de Esportes Equestres do Maranhão - FEEM
Endereço: Av. Village Bonanza, nº 6 , Araçagi , São José Ribamar
CEP: 65130-000
Telefone: (98) 3248-3533 ; 3235-8395
Fax: (98) 3248-3533 ; 3235-8395
E-mail: [email protected] ; [email protected]
Federação Hípica de Minas Gerais - FHMG
Endereço: Av. Brasil 283 – salas 707/708 , Santa Efigiênia , Belo Horizonte
CEP: 30140-000
Telefone: (31) 3241-1116 / (31) 9981-2241
Fax: (31) 3241-3151
E-mail: [email protected]; [email protected]
Site: www.fhmg.com.br
Federação Sul Matogrossense de Hipismo - FSMH
Endereço: Rua Valério Fabiano, nº 100 , Jd. Alhambra , Dourados
CEP: 79843-1333
Telefone: (67) 3331-2158 ; 9971-7773
Fax: (67) 3312-8919
E-mail: [email protected]
Site: www.fsmh.com.br
Edifício Cuiabá Work Centro - conjunto 1302/1303 , Bosque da Saúde , Cuiabá
CEP: 79050-000
Telefone: (65) 3642-5553 ; 9971-0991
Fax: (65) 3642-5553
E-mail: [email protected] ; [email protected]
Federação Equestre Paraibana - FEPA
Endereço: Av. João Maurício, nº 1341 - Sala 1 , Manaira , João Pessoa
CEP: 58038-000
Telefone: (83) 3246-8811
Fax: (83) 3246-8811
E-mail: [email protected]
Site: www.fepa.com.br
Federação Equestre do Pernambuco - FEP
Endereço: : Av. Caxangá, nº 5362 , Várzea , Recife
CEP: 50800-000
Telefone: (81) 3453-1405
Fax: (81) 3272-7172 ; 3271-6896
E-mail: [email protected]
Site: www.fep-hipismo.com.br
Federação Paranaense de Hipismo - FPrH
Endereço: Rua Itupava, nº 1299 - sala 11 - Shopping Itupava , Hugo Lage , Curitiba
CEP: 80040-000
Telefone: (41) 3363-3406 ; 7815-1895
Fax: (41) 3363-3406
E-mail: [email protected]
Site: www.amigosdohipismo.com.br
Global Champions Tour
Calendar 2010
Comissão de Desportos do Exército - CDE
Endereço: Estrada Marechal Mallet, nº 1283 , Vlia Militar - Deodoro , Rio de Janeiro
CEP: 21615-220
Telefone: (21) 2301-4054 ; 2301-2178 ; 3357-5945
Fax: (21) 2301-4054
E-mail: [email protected] ; [email protected] ;
[email protected]
Site: www.eseqex.ensino.eb.br
Federação Norteriograndense de Hipismo - FNRGH
Endereço: Rua Sandoval Cavalcante, n° 3618 - apt° 702 , Candelária , Natal
CEP: 59064-735
Telefone: (84) 3234-5048
Fax: (84) 3234-5048
E-mail: [email protected]; [email protected]
Federação Equestre do Rio de Janeiro - FEERJ
Endereço: Rua Jardim Botânico, nº 421 , Jardim Botânico , Rio de Janeiro
CEP: 22470-050
Telefone: (21) 2286-3930 ; 2539-4602
Fax: (21) 2286-9714
E-mail: [email protected]
Site: www.feerj.com.br
Federação Gaúcha dos Esportes Equestres - FGEE
Endereço: Av. Juca Batista, 4931 , Belém Novo , Porto Alegre
CEP: 91780-070
Telefone: (51) 3264-1297
Fax: (51) 3264-1334
E-mail: [email protected]; [email protected]
Site: www.fgee.com.br
Federação Catarinense de Hipismo - FCH
Endereço: Rodovia Antônio Heil - km 29,5 - nº 33 - sala 4 , Brusque
CEP: 88353-100
Telefone: (47) 3350-6881 ; 7812-8429 ; 9989-1680
Fax: (47) 3350-6881
E-mail: [email protected] ; [email protected]
Site: www.fch.com.br
Federação Hípica de Sergipe - FHSE
Endereço: Rua Poeta José Sales Campos, nº 260 , Atalaia , Aracajú
CEP: 49035-650
Telefone: (79) 9134-4236
E-mail: [email protected]
Federação Paulista de Hipismo
Endereço: Rua Carmo do Rio Verde, nº 241 - 10º andar conjuntos 101 e 102 , Jardim Caravelas , São Paulo
CEP: 04729-010
Telefone: (11) 5642-3350
Fax: (11) 5642-3358
E-mail: [email protected]
Site: www.fph.com.br
Federação Hípica do Mato Grosso - FHMT
Endereço: Av. Historiador Rubens de Mendonça, nº 1836 -
PARA ANUNCIAR NO NOSSO GUIA DE SERVIÇOS, ENTRE EM CONTATO COM O
NOSSO DEPARTAMENTO COMERCIAL: [email protected]
82
|
horse society lifestyle
livestreamed www.globalchampionstour.com
horse society lifestyle
|
83
UM GRANDE ESPETÁCULO ANTES,
DURANTE E DEPOIS
DAS COMPETIÇÕES
)*1*4.0t.Á4*$"t.0%"t("4530/0.*"
SOCIEDADE HÍPICA BRASILEIRA
RIO DE JANEIRO
26 A 28 DE AGOSTO
WWW.AOIHS.COM
PATROCÍNIO
REALIZAÇÃO
APOIO

Documentos relacionados

Onde existia fim, eu vi um começo.

Onde existia fim, eu vi um começo. Foto da capa: Anna Paula Carvalho Conselho Editorial Especial Álvaro Afonso de Miranda Neto Athina Onassis de Miranda André Stuart Beck

Leia mais

A preparação já começou De cara nova

A preparação já começou De cara nova Sr. André Beck MEMBROS DO COMITÊ ORGANIZADOR Sr. Rodrigo Rivellino Sr. Marcelo Goulart Sra. Erica Sportiello Sr. Yves Sportiello Sr. Luiz Rocco Sr. Roberto Beck Sr. Ricardo Miranda Srta. Marcelle G...

Leia mais

horse society #09 - Horse Society Lifestyle

horse society #09 - Horse Society Lifestyle Brosnan, Manuela Cunha, Carola May e Sara Paes Projeto gráfico e diagramação: Nilmon Filho

Leia mais