A Tribuna ES

Сomentários

Transcrição

A Tribuna ES
VITÓRIA, ES, DOMINGO, 12 DE MAIO DE 2013 ATRIBUNA
13
AT2
No Tom
Alegria e desilusão com Simoninha
Depois de quase cinco anos envolvido em projetos em homenagem ao pai, Wilson Simonal, junto
com o irmão Max de Castro, Simoninha lança “Alta Fidelidade”
(Som Livre, R$ 27,90).
O disco conta com 12 faixas, sendo dez autorais e uma regravação,
“Falso Amor”, de Jair Oliveira, que
também aparece em versão remix.
O álbum tem clima solar e traz letras que falam do cotidiano, de
amor, de passeios à beira-mar, futebol e carnaval.
Além de produzir cinco faixas do
disco, Simoninha contou com dois
profissionais para cuidar do restante das músicas, Alex Moreira
(Bossacucanova) e Bruno Bona.
A primeira faixa do CD, “Meninas do Leblon”, é um bom termômetro da sonoridade e do espírito
do disco. Ela traz a participação
nos vocais e no violão de João Sabiá, que compôs a música em parceria com Simoninha.
“Quando”, composta por João
Marcello Bôscoli, Marcelo Lima e
Simoninha e “Qual É O Meu Lugar
(Menina)” trazem o suingue que
caracteriza o trabalho do cantor e
compositor, com influências de
black music e MPB.
Em “Versos Fáceis”, um destaque são os metais de Will Bone
(trombone), Sidmar Vieira (trompete) e Josué dos Santos (sax).
“Nós Dois” é uma das baladas de
“Alta Fidelidade”, trazendo romantismo ao álbum. Já “Morena
Rara”, de Edu Krieger e Simoninha, traz pitadas de samba para o
disco, reforçando o clima alegre
que é a proposta principal do CD.
“Quebra” também traz balanço e
suingue ao repertório.
Já “Falso Amor” destoa um pouco da alegria das outras faixas com
letra sobre desilusão amorosa de
Jair Oliveira, que diz: “O amor
zombou de mim, o amor me fez
chorar/ Me deu o mundo, pra depois me abandonar/ Não teve dó
de mim e soube machucar/ Por isso, eu busco um falso amor pra me
acalmar.” No remix, que fecha o
disco, traz participação do rapper
Max. B.O.
“Paixão (Meu Time)”, que fala
sobre futebol e tem arranjo puxado para a MPB; “Distraído” e “Pois
É, Poeira”, que homenageia o samba e o Carnaval, completam o álbum de Simoninha.
DIVULGAÇÃO: RAFAEL KENT
CHEGA às lojas, até o final do mês,
o DVD “In Rio”, da cantora Bebel
Gilberto. Gravado em dezembro na
Praia do Arpoador, no Rio de Janeiro, ele conta com participação do
rapper Flávio Renegado e de Chico
Buarque.
***
O RAPPA vai lançar em agosto um
novo álbum. A banda liderada por
Falcão divulgou, nesta semana, um
teaser da faixa “Anjos (Nunca Tem
Fim)”, que será divulgada na íntegra na próxima terça-feira.
***
JÁ ESTÁ À VENDA o novo trabalho de Marcelo D2, “Nada Pode Me
Parar ”. Depois de álbuns com influência do samba, D2 volta-se novamente para o hip hop no disco.
O QUE ELE RECOMENDA
SIMONINHA fala sobre amor, samba e futebol nas canções
LANÇAMENTOS
“#navibe”
O quarteto
formado mistura samba,
pagode, rock,
pop e música
eletrônica em
seu CD. O disco
conta com regravações de “Meu Erro”
e “Wonderwall” e faixas inéditas como
“Pagar de Casal” e “Tô Numa Nice”.
> ARTISTA: Oba Oba Samba House
> GRAVADORA: Sony Music
> FAIXAS: 15
> PREÇO MÉDIO: R$ 19,90
Trilha
Sonora
“Dora
Vergueiro”
“The Blue
Room”
Quarto CD da
cantora e compositora que traz
homenagens a
Clara Nunes (“I jexá”) e a Cartola
(“Meu Drama”). O disco traz ritmos
como samba, reggae e forró e parcerias com as cantoras Cris Dellano e
Isabela Rocha (ex-Natiruts).
> ARTISTA: Dora Vergueiro
> GRAVADORA: Biscoito Fino
> FAIXAS: 10
> PREÇO MÉDIO: R$ 34,90
Neste CD, a
cantora Madeleine Peyroux faz
uma releitura do
álbum “Modern
Sounds in Country & Western Music”,
de Ray Charles. As melodias alternam
influências do jazz, do blues e da música country.
> ARTISTA: Madeleine Peyroux
> GRAVADORA: Universal Music
> FAIXAS: 10
> PREÇO MÉDIO: R$ 27,90
Novo do Guns N´Roses
A banda Guns N´Roses está preparando um novo disco. Segundo
guitarrista Richard Fortus o álbum
está quase pronto e a previsão é que
ele seja lançado no ano que vem. O
disco vai suceder “Chinese Democracy”, de 2008, que levou 14 anos
para ser produzido e lançado.
Atualmente, o Guns N´Roses é formado por Axl, Fortus, Dizzy Reed,
Tommy Stinson, Chris Pitman, Ron
Thal, Frank Ferrer e DJ Ashba.
“Robson Jorge
& Lincoln
Olivetti”
“Esse disco, gravado em 1982,
nunca para de tocar por aqui. Considero um dos melhores já produzidos na história da
m ú s i c a . A m i s t u r a p e r f e i ta d o
funk/soul com a música brasileira e a
genialidade desses dois caras fazem
com que seja um dos mais venerados
pelos entusiastas da música do mundo inteiro. Altamente recomendado!.”
Lucas Arruda, músico

Documentos relacionados

1 yndi Lauper sempre foi diferente, em algumas entrevistas sua mãe

1 yndi Lauper sempre foi diferente, em algumas entrevistas sua mãe No finalzinho dos anos 70 Cyndi se juntou à banda “Blue Angel” que, em 1980, conseguiu contrato com o selo “Polydor” e lançou um álbum de mesmo nome. O álbum e, particularmente, Cyndi receberam elo...

Leia mais