Clique aqui para visualizar o release.

Сomentários

Transcrição

Clique aqui para visualizar o release.
De Seattle a Porto Alegre
Os anos 90 trouxeram de volta as grandes bandas que movimentaram multidões. Com elas,
legiões de fãs em todo o mundo começaram a construir seu gosto musical e a formar sua bagagem
cultural. De Seattle (E.U.A.), vários artistas chamaram a atenção da mídia e do público com canções
pesadas e, ao mesmo tempo, melódicas. Nirvana, Soundgarden, Alice in Chains, entre outros, fizeram
história, mas acabaram transformando-se em lendas.
Na contramão de todo o poder destrutivo da fama e da responsabilidade de ser um ícone ou
mesmo um mito, o Pearl Jam conseguiu manter-se firme desde então, respeitando os fãs simplesmente
com música de qualidade, shows energéticos e discretas aparições na imprensa.
O senso de autopreservação e atualização musical ajudou a banda a permanecer intacta e cada
vez mais admirada no cenário do rock mundial. Com isso, eles acabaram se tornando muito mais do que
lendas ou mitos: o Pearl Jam se tornou parte indissolúvel da vida de cada um de seus fãs.
Com essa trajetória, a banda acabou influenciando milhares de músicos em todo o mundo.
Bugs - Pearl Jam Tribute
Em meio a esse cenário, surgiu a primeira banda cover do Pearl Jam de Porto Alegre, àquela
época batizada de Around the Pearl.
Em 1998, o baixista Fabiano Palma e o guitarrista Joel de Lima tiveram a ideia de formar uma
banda cover de Pearl Jam em Porto Alegre. No final do ano de 1999 os dois decidiram oficializar a banda
juntamente com o baterista Márcio Figueiredo que entrou no início do ano 2000. Neste mesmo ano,
também entraram para a banda o guitarrista Rafael Backbone e o vocalista Luciano Bargmann,
completando a primeira formação do tributo.
A formação da banda passou por várias modificações, posteriormente assumindo o nome de
Pearl Jam Cover e a partir de 2013 passou a se chamar Bugs – Pearl Jam Tribute.
A banda é integrada por Felipe Tatsch (vocal), Fabiano Palma (contrabaixo), Andrey Aires e Ico
Hanke (guitarras) e Márcio Figueiredo (bateria). Desde a sua origem, foram realizados vários shows,
participações em eventos, e principalmente, muitos ensaios com toda a dedicação de cada membro da
banda.
Objetivo
Além da busca incessante pela fidelidade sonora na execução das músicas, principalmente dos
registros ao vivo, a Bugs - Pearl Jam Tribute busca trazer para o palco toda a emoção e as nuances de
um show do Pearl Jam, tanto nas baladas quanto nas canções mais pesadas. A partir disso, a Bugs tem
como missão proporcionar uma experiência única ao público, agradando tanto aos fãs mais exigentes e
admiradores da banda norte-americana quanto àqueles que conhecem apenas alguns hits.
Com uma rotina de ensaios semanal, a Bugs procura trabalhar todas as fases da carreira do Pearl
Jam, mantendo desta forma, seu repertório em constantes atualização e aprimoramento.
Fidelidade sonora
Um dos grandes desafios de uma banda tributo é executar as canções com fidelidade sonora à
banda original. Nesse quesito, a Bugs vai além. E vai além porque não apenas tem o comprometimento
com a qualidade sonora, mas se preocupa com cada detalhe das canções executadas pelo Pearl Jam. E
se tratando de Pearl Jam, são muitos detalhes. Para que todos eles possam ser contemplados, podemos
dividi-los da seguinte forma:
Equipamentos
Todo o equipamento utilizado pela Bugs é focado nos timbres utilizados pelo Pearl Jam, como
por exemplo, instrumentos e pedais.
Afinações
Muitas canções do Pearl Jam exigem diferentes configurações de afinações dos instrumentos de
cordas. Cada canção incluída no repertório da Bugs é estudada de forma minuciosa. De forma a garantir
que os timbres da música reproduzida sejam fiéis aos da original, os instrumentos de corda são afinados
exatamente com o mesmo padrão de afinação utilizado pelo Pearl Jam.
Palco e performance
Os integrantes da Bugs se posicionam no palco da mesma forma que o Pearl Jam, conforme
mostrado no mapa de palco. Durante o show, ocorrem trocas de instrumentos de acordo com as
variações de cada música em função das diferentes afinações e timbres.
Em relação às execuções das músicas, a Bugs traz cada detalhe ao palco. Mantém as mesmas
divisões de guitarras utilizadas pelo Pearl Jam, ou seja, um guitarrista (Andrey Aires) toca somente o que
é tocado pelo Mike e o outro (Ico Hanke) toca somente o que é tocado pelo Stone. O contrabaixista
(Fabiano Palma) utiliza dois tipos de contrabaixo, um tradicional e outro fretless (sem trastes),
alternando entre um e outro dependendo da música, assim como o Jeff Ament. Na bateria (Márcio
Figueiredo), não são acrescentados elementos além dos utilizados atualmente pelo Matt Cameron. O
vocalista (Felipe Tatsch) também toca guitarra, violão, harmônica e ukulele nas músicas em que o Eddie
Vedder toca. Além disso, existe uma grande atenção em relação à pronúncia das palavras em inglês em
cada canção reproduzida.
A Bugs é uma banda tributo dedicada e especializada única e exclusivamente ao Pearl Jam e com
qualidade para tocar em qualquer evento.
Pearl Jam Fans Party
Em 10 de novembro de 2015, a Bugs – Pearl Jam Tribute se apresentou em uma noite
memorável na “Pearl Jam Fans Party” em Porto Alegre, encontro que reuniu fãs de diversos países que
vieram à cidade especialmente para o show do Pearl Jam, realizado em 11 de novembro.
Formação atual
Felipe Tatsch (vocal/guitarra)
Fabiano Palma (contrabaixo)
Márcio Figueiredo (bateria)
Andrey Aires (guitarra)
Ico Hanke (guitarra)
Conheça a Bugs – Pearl Jam Tribute.
Site: www.bugs.mus.br
You Tube: www.youtube.com/BugsPearlJamTribute
Facebook: www.facebook.com/BugsPearlJamTribute
Sound Cloud: http://soundcloud.com/BugsPearlJamTribute
Google Plus: http://plus.google.com/+BugsMusBr
Instagram: http://instagram.com/BugsPearlJamTribute
Contato:
Fabiano Girard Palma
Fone: (51) 8111-2935
E-mail: [email protected]
Mapa de palco

Documentos relacionados

Pearl jam - Choco la Design

Pearl jam - Choco la Design banda, lançado no dia anterior. Embora já viesse se apresentando para o público desde agosto, o grupo escolheu Seattle para tal empreitada. E deu para entender o motivo: em meio a vizinhos, amigos ...

Leia mais