Programa e Bibliografia

Сomentários

Transcrição

Programa e Bibliografia
OBJECTIVOS, PROGRAMA SUCINTO, PROGRAMA
BIBLIOGRAFIA E MÉTODOS DE AVALIAÇÃO
DETALHADO,
Curso: ECONOMIA
Disciplina: MACROECONOMIA I
Docente Responsável: Antonio Mendes da Silva Ferraz
Gabinete EEG: 2.22 - e-mail: [email protected]
A. ENQUADRAMENTO E RESULTADOS DE APRENDIZAGEM
A disciplina de Macroeconomia I tem por objectivo dotar os estudantes das
primeiras competências para a compreensão dos movimentos agregados das
economias de mercado contemporâneas. Tendo em conta a situação da disciplina
no plano da licenciatura, o tempo lectivo disponível, e a articulação com as
restantes disciplinas na âmbito da macroeconomia – mais imediatamente
Macroeconomia II e Economia Monetária Internacional - a disciplina concentra-se
nos seguintes resultados da aprendizagem:
1) Descrever a macroeconomia como uma ciência e analisar o objecto da
macroeconomia.
2) Identificar as variáveis macroeconómicas fundamentais e os principais
problemas e questões macroeconómicas, nomeadamente o desemprego, o ciclo
económico, a inflação e o défice externo.
3) Medir e descrever o funcionamento global. Calcular os principais agregados
macroeconómicos.
4) Analisar os modelos macroeconómicos básicos: (i) Modelo Clássico ou Liberal;
(ii) Modelo Keynesiano Elementar; (iii) Modelo Hicksiano (Modelo IS-LM em
economia fechada); Modelo Mundell-Fleming (Modelo IS-LM em economia
aberta).
5) Descrever em termos introdutórios o modelo procura-oferta agregada e o
modelo da curva de Phillips.
6) Perspectivar as implicações de política económica de cada um dos modelos.
7) Avaliar as principais potencialidades e limitações de cada um dos modelos.
B. PROGRAMA SUCINTO
1.
2.
3.
4.
Introdução: dados das principais variáveis macroeconómicas.
Alguns conceitos e instrumentos fundamentais.
Medida da actividade económica.
Modelos macroeconómicos básicos: O modelo Clássico/Liberal. O Modelo
Keynesiano/Intervencionista. Modelo IS-LM (Modelo Hicksiano).
5. Modelo macroeconómico básico em economia aberta: O Modelo de
Mundell-Fleming (com perfeita mobilidade de capitais).
6. Conclusões.
1
C. PROGRAMA DETALHADO
I. INTRODUÇÃO
1.1 Análise dos Problemas Económicos que se colocam a qualquer sociedade e breve
referência aos principais Sistemas de Organização Económica. Natureza da Ciência
Económica e sua Inserção nas Ciências Sociais.
1.2 Notas Metodológicas. Macroeconomia e Microeconomia. Âmbito da Análise
e Interdependência.
1.3 Questões Macroeconómicas Fundamentais: Abordagem à Realidade Portuguesa.
II. MEDIDA DA ACTIVIDADE ECONÓMICA
2.1 As Formas de Representação da Actividade Económica Global.
2.2 Os Principais Agregados Macroeconómicos: Conceitos, Critérios de Medida e
Relações Fundamentais. As Ópticas e Métodos de Cálculo do Produto.
2.3 Análise da Contabilidade Nacional na Perspectiva da Representação das Variáveis
Macroeconómicas Fundamentais e Identidades Básicas.
2.4 Breve Análise das Contas Nacionais Portuguesas. Análise da Evolução dos
Principais Agregados Macroeconómicos em Portugal.
III. MODELOS DE DETERMINAÇÃO DO PRODUTO, RENDIMENTO E
PREÇOS (MODELOS EM ECONOMIA FECHADA)
3.1 Questões Macroeconómicas e Questões de Política Económica. Principais
Correntes de Pensamento Macroeconómico em confronto.
3.2 O Modelo Clássico/Liberal de Determinação do Produto, Rendimento e Preços.
3.2.1 Introdução. Hipóteses Básicas do Modelo Clássico. Função Produção,
Mercado de Trabalho e a Determinação das Variáveis Nominais e Reais da
Economia. Análise Crítica.
3.2.2 Moeda, Preços e Juros. A Teoria Quantitativa da Moeda e a Curva da Procura
Agregada de Bens e Serviços.
3.2.3 Implicações de Política Económica. Potencialidades e Limitações do Modelo.
3.3 O Modelo Keynesiano Elementar de Determinação do Produto, Rendimento e
Preços.
3.3.1 Introdução. Hipóteses do Modelo. Conceito e Determinantes do Produto
Potencial. A Curva de Oferta Agregada Subjacente ao Modelo (Modelo a
Preços Constantes). Análise Crítica.
3.3.2 A Procura Agregada de Bens e Serviços. Consumo e Poupança das Famílias;
Conceitos e seus Determinantes - Função Consumo e Poupança.
Função Investimento: Conceito e Determinantes - Função Investimento
Elementar. Função Procura Agregada de uma Economia de Dois Sectores.
Conceito, Determinantes e sua Interpretação Lógica e Gráfica.
3.3.3 O Equilíbrio numa Economia de Dois Sectores: Derivação Analítica e
Geométrica do Equilíbrio. Significado do Equilíbrio, Mecanismos de
Ajustamento e Condições de Estabilidade do Modelo. Análise Crítica.
2
3.3.4 O Fenómeno do Multiplicador de Rendimento da Procura Agregada
Autónoma. Conceito, Explicação e sua Importância no Modelo Keynesiano.
3.4. Extensão do Modelo com a Introdução do Sector Público Administrativo
(SPA).
3.4.1 Receitas e Despesas Públicas: Conceitos e sua Medida. A Conta do SPA e a
Necessidade ou Capacidade de Financiamento do SPA. Os Meios de
Financiamento dos Défices do SPA. A Dívida Pública.
3.4.2 As Funções Receitas e Despesas Públicas e a Função Procura Agregada num
Modelo de uma Economia Fechada de Três Sectores.
3.4.3 O Equilíbrio no Modelo de Três Sectores e Análise dos Mecanismos de
Ajustamento: Condições de Estabilidade do Equilíbrio.
3.4.4 Os Efeitos Directos e Indirectos, das Receitas e Despesas Públicas na Procura
Agregada de Bens e Serviços: os Multiplicadores de Rendimento das Despesas
Públicas em Bens e Serviços, das Transferências e dos Impostos. A Função
Orçamento do SPA. O Carácter Endógeno e Exógeno do Saldo da Conta do
SPA.
3.4.5 Estudo do Caso Português. O Orçamento de Estado e a Política Orçamental.
3.5 O Modelo Keynesiano Elementar e a economia real: as predições básicas do
modelo e suas implicações de política económica. Análise Crítica.
IV. MODELOS DE DETERMINAÇÃO DO PRODUTO, RENDIMENTO E
PREÇOS (MODELOS EM ECONOMIA ABERTA)
4.1. A Balança de Pagamentos: sua análise. A Balança de Pagamentos em
Portugal.
4.2. O Mercado Cambial: Os Regimes Cambiais.
4.3. Extensão do Modelo com a Introdução do Sector Exterior
4.3.1 Principais Identidades da Contabilidade Nacional.
4.3.2 Hipóteses (Simplificadoras) do Modelo.
4.3.3 Função «Fugas ou Saídas» no Modelo de 4 Sectores.
4.3.4 Função «Injecções ou Entradas» no Modelo de 4 Sectores.
4.3.5 Equilíbrio do Modelo.
4.3.6 Função Balança Comercial.
V. O MODELO IS-LM (MODELO HICKSIANO) EM ECONOMIA FECHADA
5.1 Hipótese do Modelo.
5.2 O Mercado Real (de Bens e Serviços): Função IS.
5.2.1 Significado da Função IS.
5.2.2 Derivação Analítica e Geométrica da Função IS.
5.2.3 Casos Extremos da Função IS.
5.2.4 Equilíbrio/Desequilíbrio no Mercado Real (de Bens e Serviços): Mecanismos
de Ajustamento.
5.3 O Mercado Monetário e de Activos Financeiros (Títulos): Função LM.
5.3.1 Procura e Oferta de Moeda e de Activos Financeiros.
5.3.2 Restrição da Riqueza e Interdependência dos Mercados Monetário e de
Títulos.
3
5.3.3 Significado da Função LM.
5.3.4 Derivação Analítica e Geométrica da Função LM.
5.3.5 Casos Extremos da Função LM.
5.3.6 Equilíbrio/Desequilíbrio no Mercados Monetário: Mecanismos de
Ajustamento.
5.3.7 Multiplicadores Monetários e seu Significado.
5.4 Equilíbrio Macroeconómico Global Interno
5.4.1 Interdependência entre os Mercados Real, Monetário e de Activos Financeiros:
Modelo IS/LM.
5.4.2 Dedução Analítica e Geométrica do Equilíbrio Global Interno.
5.4.3 Equilíbrio/Desequilíbrio: Mecanismos de Ajustamento no Sistema Global e
Condições de Estabilidade do Equilíbrio.
5.4.4 Multiplicadores Globais e seu Confronto com os Multiplicadores Simples.
5.4.5 Exemplos de Aplicação.
5.4.6 As Predições Básicas do Modelo IS/LM: Explicação do Ciclo Económico e
Implicações de Política Económica.
5.4.7 Debate entre os Pensamentos Clássico/Liberal e Keynesianos acerca da
Oportunidade e Eficácia Relativa das Políticas de Estabilização
Macroeconómica: Políticas Orçamental e Monetária no Contexto do Modelo
IS/LM.
5.4.8 Potencialidades e Limitações do Modelo IS-LM.
VI. O MODELO IS-LM EM ECONOMIA ABERTA
6.1 Introdução.
6.2 Extensão do Modelo IS-LM à Economia Aberta.
6.3 O Equilíbrio Externo: a Curva BP.
6.4 O Mercado Cambial: Regimes Cambiais.
6.4.1 Regime de Câmbios Fixos.
6.4.2 Regime de Câmbios Flexíveis ou Flutuantes.
6.5 O Equilíbrio Global Interno e Externo.
6.5.1 Mecanismo de Ajustamento da BP em Regime de Câmbios Fixos
6.5.2 Mecanismo de Ajustamento da BP em Regime de Câmbios
Flexíveis ou Flutuantes.
6.6 A Questão da Oportunidade e Eficácia Relativa das Políticas de Estabilização
Macroeconómica (Políticas Orçamental, Monetária e Cambial.
6.6.1 Hipótese de Perfeita Mobilidade de Capitais (Modelo Mundell – Fleming):
Câmbios Fixos e Flutuantes/Flexíveis.
6.6.2 Hipótese de Imperfeita Mobilidade de Capitais: Câmbios Fixos e
Flutuantes/Flexíveis.
Potencialidade e Limitações do Modelo.
4
VII. PROCURA E OFERTA AGREGADA – UMA INTRODUÇÃO
7.1 A Função Procura Agregada.
7.1.1 Seu Significado e Derivação Analítica e Geométrica.
7.1.2 Movimentos ao Longo da Curva de Procura Agregada e Deslocações da Curva
de Procura Agregada – sua origem e mecanismos de transmissão.
7.1.3 Exemplos de Aplicação.
7.2 A Função Oferta Agregada.
7.2.1 Oferta Agregada: Curto e Longo Prazo.
7.2.2 Modelo de Ajustamento Gradual de Salários e Preços (Preços Variáveis:
Modelo AS/AD).
7.3 Inflação e Produto Real: Curva de Phillips.
7.3.1 Curva de Phillips de Curto e de Longo Prazo.
7.3.2 Choques de Procura e de Oferta.
5
D. BIBLIOGRAFIA
D1. BÁSICA
- FERRAZ, ANTONIO, M. S. (2002), ANÁLISE MACROECONÓMICA – TEORIA
E PRÁTICA, ESCOLAR EDITORA, LISBOA.
- DORNBUSH, R.; S. FISCHER, S. e R. STARTZ, (2008), MACROECONOMICS,
MC GRAW-HILL, 10ª EDIÇÃO.
- SANTOS, J; PINA, A.; BRAGA, J.; TEIXEIRA, M. e ST. AUBYN, M. (2002),
MACROECONOMIA, SCHAUM’S OUTLINES, MCGRAW-HILL, 2ª Ed.,
LISBOA.
D2. COMPLEMENTAR
- Amaral, J. Ferreira e outros (2002), Introdução à Macroeconomia, Escolar Editora,
Lisboa.
- Blanchard, O. (2003), Macroeconomics, 3ª Ed., Prentice Hall.
- Burda, M. e C.Wyplozs (2005), Macroeconomics, a European Text, 4ª Ed., Oxford.
- Frank, R; B.Bernanke (2003), Princípios de Economia, McGraw-Hill, Lisboa.
- Gordon, R.J. (2005), Macroeconomics, 10ª Ed., Addison-Wesley.
- Heijdra, B.J. e F. van der Ploeg (2002), The Foundations of Modern
Macroeconomics, Oxford.
- Romer, D. (2006), Advanced Macroeconomics, McGraw-Hill, 3ª Ed.
- Snowdon, B e H.R. Vane (2005), Modern Macroeconomics – Its
Origins, Development and Current State, Edward Elgar.
D3. REVISTAS E JORNAIS DA ESPECIALIDADE RECOMENDADOS
- Economia Pura.
- The Economist – http://www.economist.com/
- Financial Times – http://news.ft.com/
- New York Times – http:// www.nytimes.com/
- Business Week – http://www.businessweek.com/
D4. DICIONÁRIOS
- The Palgrave – A Dictionary of Economics (IEEG - EEG).
- Enciclopédia da Economia (David R. Henriques e João César das Neves,
coordenadores, 2000. Enciclopédia de Economia. Principia, Cascais).
D5. BASES DE DADOS (disponíveis no IEEG)
- Bases de Dados Bibliográficos:
- PROQUEST ABI/INFORM (disponível na Biblioteca da UM).
- ECONLIT (disponível a partir da EEG)
- NBER – Working Papers Online (disponível a partir da EEG)
- Publicações Estatísticas e Base de Dados Estatísticos (disponíveis no IEEG):
- International Financial Statistics (IFS), cd-rom - FMI
- World Development indicators, 1999, cd-rom – World Bank
6
- Séries Longas para a Economia Portuguesa Pós Guerra Mundial, vol. I, cd-rom –
Banco de Portugal - Estatísticas da União Europeia, cd-rom - Eurostat
- Banco de Portugal, diversos (disponível no IEEG).
- INE, diversos (disponível no IEEG).
- MARKTEST – Sales índex, CD-Rom (disponível no IEEG).
- EUROSTAT, Estatísticas da UE, CD-Rom (disponível na CDEU- Minho).
- OCDE, Historical Statistics 1970-1999, CD-Rom (disponível no IEEG).
- FMI, International Financial Statistics (IFS), CD-Rom (disponível no IEEG).
D6. LINKS DE INTERESSE
- A Universidade:
- Universidade do Minho: www.uminho.pt
- Escola de Economia e Gestão: www.eeg.uminho.pt
- Instituto de Estudos em Economia e Gestão (IEEG):
www.economia.eeg.uminho.pt/ieeg
- Serviços Académicos: www.saum.uminho.pt
- Biblioteca: www.sdum.uminho.pt
- E-mail da Unversidade: webmail.uminho.pt
- Informação sobre a Economia Portuguesa:
- Banco de Portugal: www.bportugal.pt
- Direcção Geral do Orçamento: www.dgo.pt
- Ministério das Finanças: www.min-financas.pt
- Ministério da Economia: www.min-economia.pt
- Ministério da Segurança Social e do Trabalho: www.msst.gov.pt
- Departamento de Prospectiva e Planeamento (Min. Finanças): www.dpp.pt
- Direcção Geral de Estudos e Previsão (Min. Economia): www.dgep.pt
- Portal do Governo: www.portugal.gov.pt
- Presidência da República: www.presidenciarepublica.pt
- Assembleia da República: www.parlamento.pt
- Quadro Comunitário de Apoio: www.qca.pt
- Plano Operacional da Economia (Min. Economia): www.poe.min-economia.pt
- Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte: www.ccr-n.pt
- Instituto Nacional de Estatística: www.ine.pt
- http:// www.altavista.com
- http://www.google.com
- Informação sobre a União Europeia:
- Portal da União Europeia: Europa.eu.int
- Comissão Europeia: Europa.eu.int / comm / índex.htm
- Banco Central Europeu: www.ecb.int
- Banco Europeu de Investimento: www.eib.eu.int
- Fundo Europeu de Investimento: www.eif.org
- Parlamento Europeu: www.europarl.eu.int
- Departamento de Estatísticas da união europeia: ec.europa.eu/eurostat
- Organizações Internacionais:
- Banco Mundial: www.worldbamk.org
- Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE):
www.oecd.org
7
- Fundo Monetário Internacional (FMI): www.imf.org
- Federal Reserve Bank (EUA): www.bog.frb.fed.us
- Organização das Nações Unidas (ONU): www.un.org
LISTAGEM DAS PÁGINAS DO MANUAL (PAPEL E INTERNET), DO
DORNBUSH E DO SCHAUM’S. ENDEREÇOS ELECTRÓNICOS
. CAPÍTULO I: INTRODUÇÃO
. MANUAL (PAPEL): PP. 11 – 56
. MANUAL (INTERNET): MACRO.CAP 1
. DORNBUSH: PP. 3-21
. SCHAUM’S: PP. 4 - 6
. www.bportugal.pt
. www.ine.pt
. www.google.com/macroeconomia
. CAPÍTULO 2: MEDIÇÃO DA ACTIVIDADE ECONÓMICA
. MANUAL (PAPEL): PP. 61 – 111
. MANUAL (INTERNET): MACRO.CAP 2
. DORNBUSH: PP. 22-50
. SCHAUM’S: PP. 1 - 15
. www.bportugal.pt
. www.ine.pt
. www.google.com/macroeconomia
. CAPÍTULO 3: MODELOS DE DETERMINAÇÃO DO PRODUTO,
RENDIMENTO E PREÇOS (MODELOS EM ECONOMIA FECHADA)
- ECONOMIA FECHADA S/ ESTADO (2 SECTORES)
. MANUAL (PAPEL): PP. 117 – 130 e PP. 299 – 318 (Modelo Clássico) ;
PP. 131 – 151
. MANUAL (INTERNET): MACRO.CAP 3
. DORNBUSH: PP. 97-182; PP. 194-218
. SCHAUM’S: PP. 17 – 20
. www.google.com/macroeconomia
- ECONOMIA FECHADA C/ESTADO (3 SECTORES)
. MANUAL (PAPEL): PP. 249 - 263
. MANUAL (INTERNET): MACRO.CAP 3
. DORNBUSH: PP. 194-218
. SCHAUM’S: PP. 20 – 36
. www.google.com/macroeconomia
8
CAPÍTULO 4: MODELOS DE DETERMINAÇÃO DO PRODUTO,
RENDIMENTO E PREÇOS EM ECONOMIA ABERTA
. MANUAL (PAPEL): PP. 249 – 263 ; 286 (exercícios 1 e 2)
. MANUAL (INTERNET): MACRO.CAP 5 (pp. 1 – 23)
. DORNBUSH: PP. 194-218; PP. 279 - 298
. SCHAUM’S: PP. 85 - 92
. www.google.com/macroeconomia
CAPÍTULO 5: O MODELO IS-LM (MODELO HICKSIANO) EM ECONOMIA
FECHADA
5.1 ; 5.2 ; 5.3
. MANUAL (PAPEL): PP. 179 – 219 ; 240-1 (exs.)
. MANUAL (INTERNET): MACRO. CAP 4
. DORNBUSH: PP. 219-239
. SCHAUM’S: PP. 37 – 43
. www.google.com/macroeconomia
5.4
. MANUAL (PAPEL): PP. 219 – 233 ; 240-1 (exs.)
. MANUAL (INTERNET): MACRO.CAP 4
. DORNBUSH: PP. 239-278
. SCHAUM’S: PP. 43 - 46
. www.google.com/macroeconomia
5.5
. MANUAL (PAPEL): PP. 233 – 240; 240-1 (exs.)
. MANUAL (INTERNET): MACRO.CAP 4
. DORNBUSH: PP. 241-247; PP. 279-282 (exs.)
. SCHAUM’S: PP. 46 - 62
. www.google.com/macroeconomia
CAPÍTULO 6: O MODELO IS-LM EM ECONOMIA ABERTA
. MANUAL (PAPEL): PP. 249 – 285 ; 286-7 (exs. 3, 4,5)
. MANUAL (INTERNET): MACRO.CAP 5 (pp. 23 – 65)
. DORNBUSH: PP. 279-313
. SCHAUM’S: PP. 85 – 129
. www.google.com/macroeconomia
9
CAPÍTULO 7: PROCURA E OFERTA AGREGADA: UMA INTRODUÇÃO
. MANUAL (PAPEL): PP. 293 – 348
. MANUAL (INTERNET): MACRO.CAP 6 (pp. 1 – 67)
. DORNBUSH: PP. 97-144; PP. 241-243
. www.google.com/macroeconomia
10

Documentos relacionados

Universidade Federal de Viçosa

Universidade Federal de Viçosa Universidade Federal de Viçosa  

Leia mais

Manual de macroeconomia.indb

Manual de macroeconomia.indb Introdução, 59 Moeda: conceito e funções, 59 Moeda como meio de troca, 60 Moeda como unidade de conta, 61 Moeda como reserva de valor, 61 Formas de moeda, 62 Oferta de moeda, 65 Agregados monetário...

Leia mais

Macroeconomia I

Macroeconomia I Barro, Robert J(1996). Macroeconomics. John Wiley & Sons. Inc. cap. 2 a 5. Blanchard, Olivier(1999).Macroeconomia. Rio de Janeiro, Campus, cap. 3 a 6. Dornbusch, R & Fischer,S(1991). Macroeconomia....

Leia mais