COMPONENTES

Сomentários

Transcrição

COMPONENTES
CATÁLOGO PROFISSIONAL
COMPONENTES
HISTÓRIA
TECNOLOGIAS
TECNOLOGIAS
Fundada em 1
195
958, na ci
cidade
de d
de Ca
Canoas/RS,
S, p
pel
elosFundada em 1958, na cidade de Canoas/RS, pelos irmãosFundada
a em
irmãos Vic
ictor,
r, H
Henrique, A
Arno e pelo amigo Car
arlo
los. QueVi
Victor, Henrique, Arno e pelo amigo Carlos. Que logo depois foina cidad
ade de
logo dep
epoi
ois
s fo
foi substitu
tuíd
ído
o na s
sociedade p
por G
Gastã
tão. Asu
substituído na sociedade por Gastão. A vanguarda tecnológica,Ca
Canoas/RS,
S, p
vang
ngua
uard
rda
a te
tecnológic
ica, que
ue m
mar
arca a emp
mpresa a
até
té hoje,que marca a empresa até hoje, despontou com lançamentosir
irmãos V
Vic
icto
desp
sponto
tou com lanç
nçam
amen
entos ousa
sado
dos e inéditos.ousados e inéditos. Apenas 2 anos depois de sua fundação aHe
Henrique
ue, Ar
maiores
Apen
enas
as 2 a
anosUma
depoisdas
de
de
d
e sua
fund
ndação a Seleniu
ium
mSelenium colocou no mercado seu primeiro Tweeter,pe
pelo
lo amigo C
indústrias
nacionais
coloco
co
cou
u no merca
cado
do seu primeiro
o Tw
Tweeter, tornand
ndoo-seto
tornando-se a marca sinônimo deste tipo de transdutor por suaQu
Que logo dep
a ma
marc
rca
a sinônimo
mo setor
des
este
te tipo
de trans
nsdu
dutor po
porr suaqu
qualidade e pelo desempenho técnico. Nos anos 60,su
do
sendo
subs
bstitituído na
qualid
qu
idad
ade e pe
pelo
lo desem
empenho
técn
té
cnic
ico.
o. Nos a
ano
nos
s 60
60,,desenvolveu o primeiro alto-falante para uso residencial, e nosso
socied
edade po
inclusive
reconhecida
dese
senv
nvolveu o primeiro a
alto-fa
falante pa
para u
uso
soan
anos 70 a empresa transfere-se para o município de Nova
Gastão
Ga
ão. A
internacionalmente.
resi
re
sidenc
ncial, e n
nos
os ano
nos 70 a emp
mpre
resa transfe
fere-s
-se
e pa
para
raSa
Santa Rita/RS. Na década de 80 ingressou no mercado de somva
vang
ngua
uarda
o muni
nicípio de Nova
a Santa Rita
ta/R
/RS. Na dé
década
da de
e 80automotivo, ganhando destaque rapidamente, também comtecn
cnol
ológica, q
ingr
gres
essou no m
mercado de som
m au
automotivo
vo, ganh
nhan
andoso
sonorização de grandes ambientes, lançando a linha dema
marca
a a empr
dest
de
staq
aque rapid
idamen
ente
te, tamb
mbém
ém c
com son
onorizaç
ação
ão deprodutos profissionais. Nos anos 90 a empresa se posicionouat
até
é ho
hoje,
gran
gr
andes ambi
bien
entes,
s, llançand
ndo a linha de pro
rodu
dutosno mercado externo, onde possuia uma subsidiária nosde
desp
spon
ontou co
profis
pr
issionais. N
Nos a
ano
nos 90 a e
emp
mpresa se
e po
posi
sici
si
cion
ona
a noEstados Unidos - a Selusa, com um escritório de vendas ela
lanç
nçam
amentos
merc
me
rcado extern
rno, onde poss
ssui uma
ma sub
ubsi
sidiár
ária
ia n
nos
oslogística no estado da Virginia, e um centro de distribuição naou
ousa
sado
dos e in
Esta
tados Unidos
os - A S
Selusa,
a, c
com u
um es
escritór
ório
ór
io d
deCalifórnia - na costa leste, a Selenium Europe, e uma intensa
aAp
Apen
enas 2 ano
vend
ndas e logísti
tica no
o estado d
da
a Virg
rginia, em centro deop
operação na Ásia, com a Selenium China. A marca cresceude
depois
is de su
distri
ribu
buição na Califórnia – na co
costa
a leste, a S
Sel
elenium
mfo
fortemente, nos mercados Europeu, Asiático e, também, na
fundaç
fu
ação a
Euro
Eu
rope
pe, e uma inte
tens
nsa operaç
ação n
na Ásia, co
com aOceania (Austrália). Os produtos são exportados, ainda paraSe
Sele
leni
nium col
Sele
Se
leni
nium
um China. A ma
marc
rca vem cr
cresce
cendo fortem
emen
ente
te,,70 países, equipando alguns dos melhores PAs, estádiosno m
mercado s
nos me
merc
rcados E
Europeu,, As
Asiático
co e
e, também, naes
esportivos, teatros, salas de cinema, casas de espetáculos,pr
prim
imeiro Twe
Ocea
eani
nia
a (Austrália
ia). O
Os pr
produtos são e
exportados,
s,além de uma das mais importantes montadoras de automóveisto
torn
rnando-se
ainda pa
para
ra 7
70 países
es, equi
uipa
pand
ndo algu
guns
ns dos
os m
melhoresco
como a Renault. Todo este trabalho foi reconhecido por trêsma
marca sinôni
PAs, est
stád
ádio
ád
ios esport
rtivos, teat
atros, salas
as de ci
cine
nema,anos consecutivos pelo PGQP (Programa Gaúcho dede
deste tipo d
de
casas de esp
spetáculos
os, al
além
ém d
de um
uma
a das ma
maisQu
Qualidade e Produtividade), um dos mais importantes prêmiostransdutor
or p
por
or
importantes
s montadoras
as d
de
e auto
tomóveis c
como ade qualidade do Brasil. Em 1998, a Selenium recebeu o troféuqualidad
ade
e e pe
Renault. Tod
odo
o este trabalh
lho fo
foii re
reco
conh
nhec
ecido por tr
três
êsbronze, em 1999, prata e, em 2000, o troféu ouro. Em 2006 adesemp
mpen
enho
ho
anos consecutivo
an
vos pelo PGQ
GQP (P
(Pro
rograma Gaúcho deSe
Selenium consolidou sua sonoridade empresarial como umatécnico.
o. N
Nos a
Qual
Qu
alidade e Prod
odutividade), um d
dos m
mai
ais import
rtan
ante
tes
sda
das maiores indústrias nacionais do setor, sendo inclusive60, d
des
esen
envo
prêm
pr
êmios de qualilida
dade do Brasil. Em 1998,
8, a Seleniumreconhecida internacionalmente por processos e produtos, cujaprim
imei
eiro
ei
ro
rece
cebe
beu o troféu bronz
nze, em 1999, pr
prat
ata e, em
m 20
2000, oqu
qualidade e performance permite a competição/concorrênciaal
alto-f
-fal
alante
te p
trof
oféu
éu o
our
uro. Em 2006
06 a Selenium co
cons
nsolida su
suaco
com os principais players mundiais - fato impensável, há algumus
uso re
resi
sidenc
Harman do Brasil
sono
so
norida
dade
de e
empresarial
al ccomo uma das ma
maio
iore
res
re
ste
tempo atrás para as industrias nacionais do setor. Em junho deno
nos
s an
anos 70
0
BR-386, Km 435 - Nova Santa Rita/RS
indú
in
dúst
stri
rias CEP:
nac
n
acionais
do
setor,
sendo
inclusi
sive
2010
a
empresa
foi
comprada
pela
americana
Harman
20
empresa
em
92480-000 - Tel.: 51 3479 4000
reconhec
ecida
inte
ternacionalmen
ente p
por processos eInternational que transformou a Selenium na marca JBLtr
transferee-se
se p
[email protected]
prod
pr
odut
utos
os,, www.harmandobrasil.com.br
cuja
cu
ja q
qua
ualidade e per
erfo
form
rmance permite aSe
Selenium agregando seus produtos no portfólio mundial.
municípi
pio de
NOSSA HISTÓRIA
NOSSA
NOSSA
FÁBRICA
NOSSA FÁBRICA
Nossa fábrica possui 3734m² e é praticamente 100%
verticalizada, ou seja, produzimos praticamente todos os
componentes dos nossos alto-falantes e drivers, além de
montá-los, isso significa que detemos o controle do processo
de fabricação através de máquinas, dispositivos,linhas de
montagem e colaboradores altamente especializados e
treinados. Nosso controle de qualidade é altamente rigoroso,
atuando desde a fabricação dos componentes até a montagem
final dos produtos, onde avaliamos 100% do que é produzido.
FREQUENCY
LOW
LOW FREQUENCY
LOW
FREQUENCY
A suspensão impregna
impregnada é
vedada com polímeros que
ue
reduzem a fadiga pre
”;
precoce”;
Sistem
Sistema
Sistem
Sist
ema
em
a de rref
refrigeração
efri
rige
gera
raçã
ção
o produzido
prod
pr
oduz
uzid
ido
o pe
pelo
lo
conjun
conjunto magnético e carcaça a fim de
reduzir a compressão de potência.
Produttos indicados
Produtos
indicad
dos p
para
ara rreprodução
eprodução de baixas e mé
médias frequências
monitoras de palco,
em caixas
ca
aixas acústicas tipo subgraves, multi-uso, mon
trios elétricos, P.A.’s. convencionais, side e front fil
fill e line arrays.
Subwoofers: Indicados para reprodução de baixas frequências (entre 40 e 120Hz) em caixas para
reprodução de subgraves de sonorização profissional de potência elevada. Possuem conjunto magnético com
sistema de ventilação que maximiza a vida da bobina móvel e reduz a compressão de potência. Possuem
conjunto móvel de construção robusta para aplicações severas. A suspensão é impregnada e vedada com
polímeros especiais que garantem vedação e redução de fadiga precoce. Possuem a tecnologia MCS.
Modelos com carcaças em alumínio que proporcionam leveza e rigidez. Tais combinações destes
componentes construtivos proporcionam harmonia e definição das frequências subgraves.
Woofers: Indicados para reprodução de baixas e médias frequências (entre 80Hz e 2000Hz) em caixas de 2
ou mais vias para reprodução de graves e médios de sonorização profissional corporativa e de potências
reduzidas. A combinação dos conjuntos magnéticos e móveis proporcionam ótima fidelidade na reprodução a
uma excelente relação custo benefício. Modelos disponíveis com carcaças em alumínio e chapa de aço.
Mid Bass e Mid Range: Indicados para reprodução de médias frequências (entre 80 e 1200Hz para Mid Bass
// 150Hz e 1200Hz para Mid Range) em caixas para reprodução de médios de sonorização profissional de
potência e performance elevadas. Possuem conjunto magnético otimizados com softwares CAE. Possuem
conjunto móvel de construção robusta para aplicações severas. Também possuem anel de curto para redução
de distorção harmônica e melhor resposta das médias frequências. A suspensão é impregnada e vedada com
polímeros especiais que garantem vedação e redução de fadiga precoce. Modelos com carcaças em alumínio
que proporcionam leveza e rigidez. Tais combinações destes componentes construtivos proporcionam
timbres definidos e harmonia das frequências médio-graves.
Woofer
8PX
Woofer profissional de 8” desenvolvido para atender as mais
diversas necessidades em reforço de som nas faixas de freqüências
médias e baixas.
O 8PX é indicado para utilização em unidades móveis ou em
ambientes como boates, clubes, salões, auditórios e também para
caixas monitoras. É um alto-falante compacto e robusto e as
características de seus componentes podem ser conferidas à seguir:
A carcaça em chapa de aço, leve e de grande rigidez, o conjunto
móvel é dotado de cone prensado leve e resistente de celulose de fibras
longas e suspensão de tecido impregnada. A centragem é composta por
tecido resistente. A bobina é composta por fio de cobre, corpo rígido e
adesivos resistentes à altas temperaturas
O conjunto magnético, de 102mm, de alta densidade de fluxo
magnético, combinado com as características acima conferem ao produto
alta sensibilidade.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 203 (8)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 230 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,5
Potência
1
Programa Musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 200
2
RMS (NBR 10.303) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Sensibilidade ([email protected]) média entre 88 e 6.500 Hz . . . . . . 90
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 4,3
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2.3
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 1.4
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 70 a 9.000
Freqüência de corte mínima recomendada (12dB/oit) . . . . . 60
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
Hz
1
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90,4
Vas (volume equivalente do falante). . . . . . . . . . . . . . . . . . 10,0
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,72
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,91
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 17,26
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 0,37
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,01961
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49,0
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 2,5
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 15,4
Hz
l
%
m2
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.047 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,6
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,83
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9,0
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00333
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . . . . 3
Hvc (altura do enrolamento da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . 11,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,0
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,2
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16,9
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,18
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 0,6
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 0,888
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 0,619
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,395
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,13
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 1,33
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 23,56
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . . 0,3
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 2,3
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,96
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 0,85
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .440 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 102 x 14 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1.100 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Chapa de Aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .0,6 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.280 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1.445 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . .40,5 x 22,5 x 22.5 cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5 x 5 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .194 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . .182 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . .177 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Soldável
Polaridade. . . . . .Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
204
Ø5 (4x)
79
102
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES 2 - 1984 (Rev. 2003).
194
29
51
Dimensões em mm
8
Woofer
8PX
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
110
50 Hz
105
30°
95
240°
150°
180°
0
-6
-20
dB
180°
330°
300°
-20
dB
270° 90°
240°
150°
0
-6
-10
60°
300°
120°
210°
250 Hz
30°
330°
-10
60°
270° 90°
120°
85
dB
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
30°
330°
-10
60°
100
0
-6
270°
240°
120°
210°
150°
180°
210°
80
500 Hz
75
30°
70
50
100
200
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
500
Hz
1k
2k
5k
10k
30°
300°
-20
dB
90°
60
800 Hz
330°
-10
60°
65
0
-6
240°
150°
180°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
60
45
50
40
40
330°
30°
30
35
20
240°
150°
300°
240°
150°
180°
210°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
120°
210°
180°
210°
4 kHz
30°
330°
-20
dB
270°
120°
210°
-10
60°
270° 90°
240°
180°
0
-6
300°
270°
240°
120°
150°
180°
210°
10
graus
Ohm
30
300°
120°
150°
180°
330°
-20
dB
3,15 kHz
-20
dB
90°
240°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
150°
-10
60°
50
0
-6
30°
300°
-20
dB
210°
2 kHz
30°
1,25 kHz
330°
-10
60°
270° 90°
120°
0
-6
25
0
-10
20
Curva de Resposta Polar.
-20
15
-30
10
-40
5
-50
0
-60
10
20
50
100
200
500
1k
2k
5k
10k
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
110
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
æ
ö
æ
1 ö
RB
ç
÷
ç
1÷
TA 25 +
TB =
TA +
÷
ç
ç
÷
RA
a
25 ø
ø
è
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
100
90
dB
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
80
70
60
50
40
50
100
200
500
1k
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
2k
5k
10k
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm e Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Tipo Selada, com volume de 455 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 00 - 11/10
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
8PW3
Woofer de 8” profissional desenvolvido para atender as mais diversas
necessidades de sonorização de médios e pequenos ambientes, apresentando
excelente desempenho na reprodução de médias e baixas freqüências.
Indicado para reforço de som em boates, clubes, salões, auditórios,
conjuntos musicais e também para caixas monitoras.
A sua grande eficiência na reprodução sonora deve-se à excelente
combinação de seus componentes:
- O cone leve fabricado com fibras longas e a suspensão em tecido
impregnado proporcionam ao conjunto móvel grande estabilidade, alto
rendimento e baixa distorção.
- A bobina móvel é fabricada com fio resistente a altas temperaturas e
enrolada em fôrma de Kapton®.
- A carcaça em chapa de aço reforçada, com pintura epoxi, confere ao
conjunto elevada resistência mecânica.
- O uso de adesivos de alta resistência garante aos componentes uma
ótima colagem e durabilidade.
*8PW3-SLF: Produto sem logotipo frontal Selenium impresso na calota.
A exposição à níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não
responsabiliza-se pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 205 (8)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 280 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,5
Potência
Programa Musical1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 125
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 125
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 100 e 6.000 Hz . . . 92
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,9
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,6
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,3
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 70 a 8.000
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Hz
l
%
2
m
cm3
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.012 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,3
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,10
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9,5
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00342
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . . 2,0
Hvc (altura do enrolamento da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . 11,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,3
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,1
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14,4
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 369,9
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 0,6
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 1,458
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 0,632
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,247
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,14
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 1,59
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 23,64
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . 0,598
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . 9,811
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,902
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,686
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .4
Diâmetro dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,0 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . 194 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal . . . . . . . . . . . . . . . . 184 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira . . . . . . . . . . . . . . . 180 mm
Tipo do conector . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Soldável
Polaridade . . . . . . . . . . . . . . . Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 205
85
(4x) 5x7
ø 183
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 69
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,66
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,71
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 10,68
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 1,47
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0250
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 58,75
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . 2,35
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . . 8,0
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .560 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 115 x 14 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.520 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Chapa de aço
Acabamento da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pintura epoxi, cor preta
Acabamento das arruelas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Cromatização azul
Material do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Cobre
Material da fôrma da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . Poliimida (Kapton®)
Material do cone . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,6 l
Peso líquido do falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1.780 g
Peso total (incluindo embalagem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.000 g
Dimensões da embalagem (C x L x A) . . . . . . . . . . .20,5 x 20,5 x 9 cm
ø 195
ø 114
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (100 - 1.000 Hz).
27
50
Dimensões em mm
8
Woofer
8PW3
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
50 Hz
110
30°
240°
150°
180°
0
-6
30°
300°
-20
dB
240°
150°
180°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
120°
210°
250 Hz
330°
-10
60°
270° 90°
120°
dB
30°
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
330°
-10
60°
100
0
-6
270°
240°
120°
210°
150°
180°
210°
80
500 Hz
30°
70
200
Hz
2k
0
-6
-10
60°
30°
300°
-20
dB
270° 90°
1,25 kHz
330°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
270°
20k
240°
120°
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
30°
300°
-20
dB
90°
20
800 Hz
330°
-10
60°
60
0
-6
B
240°
120°
240°
120°
K
150°
180°
210°
150°
330°
30°
2 kHz
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
200
30°
90
300°
-20
dB
90°
240°
120°
graus
ohms
0
100
180°
0
-6
150°
60°
300°
-20
dB
240°
150°
180°
210°
210°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
120°
210°
180°
4 kHz
30°
330°
-10
270° 90°
45
150°
210°
3,15 kHz
-10
60°
150
0
-6
180°
270°
240°
120°
150°
180°
210°
Curva de Resposta Polar.
-45
50
0
20
200
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
2k
20k
B
-90
K
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
æ
ö
æ
1 ö
RB
÷
ç
ç
1÷
TA 25 +
TB =
TA +
÷
ç
÷
ç
RA
a
25 ø
ø
è
è
140
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
120
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
dB
100
80
60
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
B
K
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm, Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 7,5 cm e 5 cm de comprimento, volume interno
de 19 litros.
Kapton® : Marca Registrada da Du Pont.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 02/03
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
10CV4
Woofer profissional de 10" desenvolvido para atender as mais diversas
necessidades em reforço de som nas faixas de freqüências médias e baixas.
Indicado para utilização em unidades móveis ou em ambientes como boates,
clubes, salões e auditórios.
A grande eficiência na reprodução sonora se deve a excelente
combinação de seus componentes.
O cone leve, fabricado com fibras longas, proporciona ao conjunto móvel
grande estabilidade, alto rendimento e baixa distorção.
A bobina móvel é fabricada com fio resistente às altas temperaturas e
enrolada em fôrma de Kapton®.
A carcaça em chapa de aço reforçada, com pintura epoxi, dá ao conjunto
grande resistência e estrutura mecânica.
A calota em alumínio garante uma perfeita dissipação do calor proveniente
da bobina móvel.
O uso de adesivos de alta resistência garante aos componentes uma
ótima colagem e durabilidade.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
mm (in)
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na saída
do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,6
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,84
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 12,48
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 0,59
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,035
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 80,5
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 2,3
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . . 7,5
Hz
l
%
2
m
cm3
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.000 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 0,930
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 0,617
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,382
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . 0,164
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . 1,395
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 17,28
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . . 0,9
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 2,5
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,94
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 0,84
Tm
T
mm
m
1/°C
°C(°F)
°C/W(°F/W)
mm
mm
W
g
m
m/N
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Dimensões dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,5 x 8 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .243 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 231 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . .. . .225 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Soldável
Polaridade. . . . . . . . . . . . . . . .Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 255
106
8xø 55x8.0
ø 228
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,9
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,05
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00403
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . .265 (509)
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) 2.65 (5.09)
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,3
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,5
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 140
Rms (resistência mecânica da suspensão). . . . . . . . 1,15 kg/s
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .560 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 115 x 14 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1.560 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Chapa de aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
®
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida (Kapton )
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1,4 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.020 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2.320 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . . . .26 x 26 x 14 cm
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
ø 243
ø 115
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 254 (10)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 208 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,48
Potência
1
Programa musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 200
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 300 e 3.000 Hz . . . 93
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 4,5
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,5
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,9
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 70 a 8.000
27
69
Dimensões em mm
10
Woofer
10CV4
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
45
0
110
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
50 Hz
30°
115
0
-6
100 Hz
-10
60°
300°
100
240°
150°
85
180°
30°
75
0
-6
70
30°
300°
0
-6
270° 90°
270°
240°
150°
180°
210°
1,25 kHz
330°
30°
300°
-20
dB
300°
120°
210°
-10
60°
330°
-20
dB
800 Hz
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
330°
-10
60°
300°
120°
210°
250 Hz
30°
330°
-20
dB
500 Hz
80
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
90
dB/SPL
-20
dB
90°
95
30°
330°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
270°
65
240°
120°
60
150°
104
103
Frequency f1 [Hz]
102
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
0
-6
330°
30°
Phase
300°
-20
dB
90°
180°
210°
240°
120°
150°
180°
210°
3,15 kHz
-10
60°
Impedance
150°
2 kHz
30°
60
180°
240°
120°
210°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
270°
50
240°
120°
240°
120°
40
210°
150°
150°
210°
30
180°
20
[Ohm]
0
-10
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
-20
-30
-40
-50
-60
50
100
500
200
1k
2k
5k
10k
Frequency [Hz]
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
2nd Harmonic
Fundamental
140
3rd Harmonic
130
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
æ
ö
æ
RB
1 ö
÷
ç
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
÷
ç
÷
ç
a
RA
25 ø
ø
è
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se, ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada, obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
120
110
dB/SPL
180°
Curva de Resposta Polar.
10
100
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm e Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
90
80
70
60
20
50
100
200
500
1k
2k
5k
10 k
Frequency [Hz]
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
Kit auditório Kit eleitoral
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 7,5 cm e 11 cm de comprimento, volume
interno de 100 litros.
Kapton® : Marca Registrada da Du Pont.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 01/06
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
10PX
Woofer profissional de 10” desenvolvido para atender as mais
diversas necessidades em reforço de som nas faixas de freqüências
médias e baixas.
O 10PX é indicado para utilização em unidades móveis ou em
ambientes como boates, clubes, salões, auditórios e também para
caixas monitoras. É um alto-falante compacto e robusto e as
características de seus componentes podem ser conferidas à seguir:
A carcaça em chapa de aço, leve e de grande rigidez, o conjunto
móvel é dotado de cone prensado leve e resistente de celulose de fibras
longas e suspensão de tecido impregnada. A centragem é composta por
tecido resistente. A bobina é composta por fio de cobre, corpo rígido e
adesivos resistentes à altas temperaturas
O conjunto magnético, de 115mm, de alta densidade de fluxo
magnético, combinado com as características acima conferem ao produto
alta sensibilidade.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES 2 - 1984 (Rev. 2003).
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 66,0
Vas (volume equivalente do falante). . . . . . . . . . . . . . . . . . 33,0
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,24
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,37
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 13,32
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 0,67
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,03500
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 134,8
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 3,9
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 10,1
Hz
l
%
2
m
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.047 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,4
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,08
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33
Comprimento do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11,5
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00385
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 260
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . . 2,1
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 14,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,3
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,0
Mms (massa móvel). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30,15
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,19
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 1,0
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 1,695
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 0,883
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,430
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,23
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 2,42
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 32,76
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . . 1,2
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 7,2
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,87
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 0,76
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .620 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 115 x 16 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1.640 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Chapa de Aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1,4 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.060 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2.180 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . .50,1 x 27,1 x 27,0 cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,5 x 8 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .243 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 231 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 235 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Soldável
Polaridade. . . . . .Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
Ø256
8x5,5 (8x)
98
Ø115
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 254 (10)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 172 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,5
Potência
1
Programa Musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 125
AES3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 125
Sensibilidade ([email protected]) média entre 90 e 5.000 Hz . . . . . . 92
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,1
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,4
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,9
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 52 a 5.500
Ø243
29
69
Dimensões em mm
8
Woofer
10PX
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
110
50 Hz
30°
105
85
dB
240°
150°
180°
30°
75
0
-6
70
0
-6
270°
240°
150°
180°
210°
1,25 kHz
330°
30°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
300°
120°
210°
-10
60°
330°
-20
dB
800 Hz
30°
300°
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
330°
-10
60°
30°
300°
120°
210°
250 Hz
330°
-20
dB
500 Hz
80
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
90
30°
300°
-20
dB
90°
95
100 Hz
330°
-10
60°
100
0
-6
300°
-20
dB
270° 90°
270°
65
240°
120°
60
50
100
200
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
500
Hz
1k
2k
5k
150°
10k
180°
240°
120°
210°
150°
330°
30°
2 kHz
30°
55
300°
-20
dB
90°
240°
120°
210°
150°
3,15 kHz
-10
60°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
0
-6
180°
0
-6
30°
300°
-20
dB
270° 90°
210°
4 kHz
330°
-10
60°
180°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
270°
60
50
40
45
240°
120°
50
0
150°
180°
210°
240°
120°
150°
180°
210°
240°
120°
150°
180°
210°
30
40
20
10
graus
Ohm
35
30
-10
25
Curva de Resposta Polar.
-20
20
-30
15
-40
10
-50
-60
5
10
20
50
100
200
500
1k
2k
5k
10k
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
120
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo
é extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
æ
æ
ö
RB
1 ö
÷
ç
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
÷
ç
RA
a
25 ø
è
ø
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
110
100
dB
90
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
80
70
60
50
40
30
50
100
200
500
1k
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
2k
5k
10k
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um
comportamento não-linear que pode ser modelado através de
diversos parâmetros. Os parâmetros Krm, Kxm, Erm e Exm, por
exemplo, permitem calcular o valor da resistência e da indutância
da bobina em função da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Tipo Selada, com volume de 455 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 03/11
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
10PW3
Woofer de 10” profissional desenvolvido para atender as mais diversas
necessidades de sonorização de médios e pequenos ambientes, apresentando
excelente desempenho na reprodução de médias e baixas freqüências.
Indicado para reforço de som em boates, clubes, salões, auditórios,
conjuntos musicais e também para caixas monitoras.
A sua grande eficiência na reprodução sonora deve-se à excelente
combinação de seus componentes:
- O cone leve fabricado com fibras longas e a suspensão em tecido
impregnado proporcionam ao conjunto móvel grande estabilidade, alto
rendimento e baixa distorção.
- A bobina móvel é fabricada com fio resistente a altas temperaturas e
®
enrolada em fôrma de Kapton .
- A carcaça em chapa de aço reforçada, com pintura epoxi, confere ao
conjunto elevada resistência mecânica.
- O uso de adesivos de alta resistência garante aos componentes uma
ótima colagem e durabilidade.
*10PW3-SLF: Produto sem logotipo frontal Selenium impresso na calota.
A exposição à níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não
responsabiliza-se pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 255 (10)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 315 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,0
Potência
Programa Musical1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300
2
RMS (NBR 10.303) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
AES3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 100 e 2.000 Hz . . . 98
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 2,7
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 1,7
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,5
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 60 a 6.000
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Hz
l
%
m2
cm3
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.002 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10,4
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,15
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Comprimento do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11,6
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00344
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 275
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 1,83
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 10,5
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,0
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,3
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27,8
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 171,8
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 2,0
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 1,544
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 0,699
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,280
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,16
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 1,73
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 26,10
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . 0,634
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . 9,830
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,905
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,698
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,0 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .243 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 231 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 225 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Soldável
Polaridade. . . . . . . . . . . . . . . . Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 257
113
(8x) 5,5x8
ø 243
ø 147
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,66
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,73
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,32
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 1,51
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0350
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43,75
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . 1,25
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . . 8,5
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.240 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147 x 18 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3.200 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Chapa de aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pintura epoxi, cor preta
Acabamento das arruelas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Cromatização azul
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
®
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida (Kapton )
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1,3 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.710 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .4.040 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . . 26 x 26 x 13,5 cm
ø 230
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (100 - 1.000 Hz).
34
69
Dimensões em mm
10
Woofer
10PW3
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
110
50 Hz
30°
240°
dB
80
180°
70
200
Hz
2k
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
20k
B
300°
240°
150°
180°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
80
90
330°
30°
45
-20
dB
240°
180°
330°
300°
-20
dB
270°
240°
120°
150°
180°
210°
graus
180°
210°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
180°
210°
4 kHz
30°
300°
120°
210°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
300°
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
150°
ohms
300°
0
-6
330°
-20
dB
3,15 kHz
-10
60°
90°
60
0
-6
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
180°
210°
1,25 kHz
30°
300°
120°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
210°
2 kHz
30°
0
-6
300°
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
K
30°
330°
-20
dB
800 Hz
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
330°
-10
60°
20
0
-6
300°
120°
210°
250 Hz
30°
330°
-20
dB
500 Hz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
150°
60
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
30°
330°
-10
60°
100
0
-6
40
0
20
-45
0
-90
Curva de Resposta Polar.
20
200
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
2k
20k
B
K
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
æ
æ
ö
RB
1 ö
ç
÷
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
÷
ç
RA
a
25 ø
è
ø
è
140
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
120
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
dB
100
80
60
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
B
K
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm, Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
VB10PW2A
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 7,5 cm e 3,7 cm de comprimento, volume
interno de 28 litros.
Kapton® : Marca Registrada da Du Pont.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 02 / 03
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
12CV4
Woofer profissional de 12” desenvolvido para atender às mais
diversas necessidades em reforço de som nas faixas de freqüências
médias e baixas, sendo indicado para utilização em unidades móveis
ou em ambientes como boates, clubes, salões e auditórios.
A grande eficiência na reprodução sonora se deve à excelente
combinação de seus componentes.
O cone leve, fabricado com fibras longas, proporciona ao
conjunto móvel grande estabilidade, alto rendimento e baixa distorção.
A bobina móvel é fabricada com fio resistente às altas
temperaturas e enrolada em fôrma de Kapton®.
A carcaça em chapa de aço reforçada e pintura epoxi dá ao
conjunto grande resistência e estrutura mecânica.
A calota em alumínio garante uma perfeita dissipação do calor
proveniente da bobina móvel.
O uso de adesivos de alta resistência garante aos componentes
uma ótima colagem e durabilidade.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 305 (12)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 190 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,9
Potência
Programa musical1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300
2
RMS (NBR 10.303) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
W
W
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 100 e 3.000 Hz . . . 97
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,8
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,3
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . 0,48
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 65 a 5.000
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
mm (in)
W
W
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na saída
do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,86
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,93
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12,2
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 1,54
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0522
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 104,6
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 2,0
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . . 7,5
Hz
l
%
2
m
cm3
mm
mm
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .920 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 134 x 18 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2.600 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Chapa de aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
®
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida (Kapton )
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2,4 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.200 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3.700 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . . . 32 x 32 x 14 cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Dimensões dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,5 x 8 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .293 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . .281 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . .275 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Soldável
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da potência Polaridade. . . . . . . . . . . . . . . .Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
NBR.
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.003 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 %
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 1,538
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 0,832
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,431
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,16
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 2,23
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 37,27
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . . 0,6
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 5,7
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,94
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 0,78
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
122
(8x) 5,5x8
ø 279
ø 308
ø 293
ø 134
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9,6 Tm
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,98 T
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46 mm
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13 m
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00403 1/°C
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . .304 (580) °C (F°)
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . 2.02 (3.87) °C/W (°F/W)
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . . . 12 mm
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,0 mm
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,5 W
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41 g
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 160 m
m/N
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . 1,29 kg/s
32
79
Dimensões em mm
11
Woofer
12CV4
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
45
0
110
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
50 Hz
30°
115
0
-6
100 Hz
330°
-10
60°
100
300°
-20
dB
90°
30°
0
-6
-10
60°
0
-6
30°
300°
-20
dB
270° 90°
250 Hz
330°
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
270°
95
240°
120°
240°
120°
240°
120°
dB/SPL
90
150°
180°
210°
150°
180°
210°
150°
180°
210°
85
500 Hz
80
30°
75
800 Hz
330°
-10
60°
70
0
-6
300°
-20
dB
90°
30°
0
-6
-10
60°
0
-6
30°
300°
-20
dB
270° 90°
1,25 kHz
330°
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
270°
65
240°
120°
60
150°
10
3
2
10
10
Frequency f1 [Hz]
4
30°
Phase
330°
30°
300°
240°
150°
180°
0
-6
150°
240°
150°
180°
210°
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
120°
210°
0
-6
30°
300°
-20
dB
180°
210°
4 kHz
330°
-10
60°
270° 90°
120°
40
180°
240°
120°
210°
3,15 kHz
-20
dB
90°
50
0
-6
-10
60°
Impedance
150°
2 kHz
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
60
180°
240°
120°
210°
270°
240°
120°
150°
180°
210°
30
20
Curva de Resposta Polar.
[Ohm]
10
0
-10
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
-20
-30
-40
-50
-60
50
100
500
200
1k
2k
5k
10k
Frequency [Hz]
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
2nd Harmonic
Fundamental
140
3rd Harmonic
130
æ
æ
ö
RB
1 ö
÷
ç
ç
÷
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
ç
RA
a
25 ø
è
ø
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se, ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada, obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
120
110
dB/SPL
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
100
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm e Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
90
80
70
60
20
50
100
200
500
1k
2k
5k
10 k
Frequency [Hz]
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 10 cm e 2 cm de comprimento, volume interno
de 65 litros.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
Kit auditório Kit eleitoral
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
Kapton® : Marca Registrada da Du Pont.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 01/06
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
12PX
Woofer profissional de 12” desenvolvido para atender as mais
diversas necessidades em reforço de som nas faixas de freqüências
médias e baixas.
O 12PX é indicado para utilização em unidades móveis ou em
ambientes como boates, clubes, salões, auditórios e também para
caixas monitoras. É um alto-falante compacto e robusto e as
características de seus componentes podem ser conferidas à seguir:
A carcaça em chapa de aço, leve e de grande rigidez, o conjunto
móvel é dotado de cone prensado leve e resistente de celulose de fibras
longas e suspensão de tecido impregnada. A centragem é composta por
tecido resistente. A bobina é composta por fio de cobre, corpo rígido e
adesivos resistentes à altas temperaturas
O conjunto magnético, de 134mm, de alta densidade de fluxo
magnético, combinado com as características acima conferem ao produto
alta sensibilidade.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 69,6
Vas (volume equivalente do falante). . . . . . . . . . . . . . . . . . 49,0
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,2
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,3
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 15,72
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 1,23
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,05309
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 106,2
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 2,0
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 14,0
Hz
l
%
2
m
cm3
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.047 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,8
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,91
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13,0
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00345
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 290
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . . 1,9
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 12,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,0
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,4
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42,5
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,12
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 1,2
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 1,562
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 0,893
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,476
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,18
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 2,23
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 37,26
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . . 0,6
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 5,6
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,94
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 0,79
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .920 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 134 x 18 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2.600 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Chapa de Aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2,4 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.080 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3.467 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . .57 x 32,7 x 30 cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,5 x 8 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .293 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 281 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 275 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. .Soldável
Polaridade. . . . . . . . . . . . . . . .Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 308
120
(8x) 5,5x8
ø 279
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES 2 - 1984 (Rev. 2003).
ø 293
ø 134
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 305 (12)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 188 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,9
Potência
1
Programa Musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
Sensibilidade ([email protected]) média entre100 e 2.500 Hz . . . . . . 95
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,1
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,3
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,6
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 60 a 5.100
32
79
Dimensões em mm
9
Woofer
12PX
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
110
50 Hz
105
30°
90
240°
150°
80
180°
30°
70
50
100
200
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
500
Hz
1k
2k
5k
10k
300°
-20
dB
90°
60
30°
240°
150°
180°
330°
30°
2 kHz
30°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
60
50
60
40
30
50
10
30
-10
240°
150°
180°
180°
210°
210°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
240°
150°
180°
4 kHz
30°
300°
120°
210°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
300°
-20
dB
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
0
-6
330°
270°
240°
120°
150°
180°
210°
graus
Ohm
20
40
300°
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
3,15 kHz
-10
60°
70
0
-6
240°
150°
210°
1,25 kHz
270° 90°
120°
210°
180°
30°
300°
-20
dB
270°
240°
150°
330°
-10
60°
270° 90°
120°
0
-6
300°
120°
210°
800 Hz
330°
-10
60°
65
0
-6
180°
330°
-20
dB
270° 90°
240°
150°
0
-6
-10
60°
300°
120°
210°
250 Hz
30°
330°
-20
dB
500 Hz
75
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
85
dB
300°
-20
dB
90°
95
100 Hz
30°
330°
-10
60°
100
0
-6
0
Curva de Resposta Polar.
-20
20
-30
-40
10
0
-50
-60
10
20
50
100
200
500
1k
2k
5k
10k
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
120
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
æ
æ
ö
RB
1 ö
ç
÷
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
ç
÷
RA
a
25 ø
è
ø
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
110
100
dB
90
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
80
70
60
50
40
30
50
100
200
500
1k
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
2k
5k
10k
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm e Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Tipo Selada, com volume de 455 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 00 - 03/11
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
12PW3
Woofer de 12” profissional desenvolvido para atender as mais diversas
necessidades de sonorização de médios e pequenos ambientes, apresentando
excelente desempenho na reprodução de médias e baixas freqüências.
Indicado para reforço de som em boates, clubes, salões, auditórios, conjuntos
musicais e também para caixas monitoras.
A sua grande eficiência na reprodução sonora deve-se à excelente combinação
de seus componentes:
- O cone leve fabricado com fibras longas e a suspensão em tecido impregnado
proporcionam ao conjunto móvel grande estabilidade, alto rendimento e baixa distorção.
- A bobina móvel é fabricada com fio resistente a altas temperaturas e enrolada
®
em fôrma de Kapton .
- A carcaça em chapa de aço reforçada, com pintura epoxi, confere ao conjunto
elevada resistência mecânica.
- A calota em alumínio garante uma perfeita dissipação do calor proveniente da
bobina móvel.
- O uso de adesivos de alta resistência garante aos componentes uma ótima
colagem e durabilidade.
*12PW3-SLF: Produto com calota na cor preta sem logotipo frontal Selenium
impresso na mesma.
A exposição à níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não
responsabiliza-se pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 305 (12)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 212 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,0
Potência
Programa Musical1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 400
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 200
AES3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 175
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 100 e 4.000 Hz . . . 97
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,4
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,4
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,9
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 55 a 5.000
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Hz
l
%
m2
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.002 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9,9
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,15
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Comprimento do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11,6
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00344
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 1,43
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 10,5
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,0
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,4
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 36,9
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 269,1
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 1,5
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 1,611
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 0,654
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,265
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,14
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 1,75
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 22,59
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . 1,010
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . 9,092
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,853
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,699
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,5 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .292 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 280 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 275 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Soldável
Polaridade. . . . . . . . . . . . . . . .Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 308
124
(8x) 5,5x8
ø 279
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,69
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,75
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,95
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 1,62
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0510
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63,75
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . 1,25
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . . 9,5
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.240 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147 x 18 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3.200 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Chapa de aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Acabamento das arruelas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cromatização azul
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
®
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida (Kapton )
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1,8 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.940 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .4.360 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . . 32 x 32 x 14,5 cm
ø 293
ø 147
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
34
79
Dimensões em mm
11
Woofer
12PW3
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
110
50 Hz
30°
240°
dB
80
180°
70
200
Hz
2k
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
20k
B
300°
240°
150°
180°
80
90
330°
30°
45
-20
dB
240°
180°
330°
300°
-20
dB
270°
240°
120°
150°
180°
210°
graus
ohms
0
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
210°
210°
4 kHz
240°
150°
180°
30°
300°
120°
210°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
300°
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
150°
40
300°
0
-6
330°
-20
dB
3,15 kHz
-10
60°
90°
60
0
-6
0
-6
-10
60°
270° 90°
180°
210°
1,25 kHz
240°
150°
180°
30°
300°
120°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
210°
2 kHz
30°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
0
-6
300°
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
K
30°
330°
-20
dB
800 Hz
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
330°
-10
60°
20
0
-6
300°
120°
210°
250 Hz
30°
330°
-20
dB
500 Hz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
150°
60
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
30°
330°
-10
60°
100
0
-6
Curva de Resposta Polar.
20
-45
0
-90
20
200
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
2k
20k
B
K
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
æ
æ
ö
RB
1 ö
ç
÷
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
ç
÷
a
RA
25 ø
è
ø
è
140
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
120
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
dB
100
80
60
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
B
K
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm, Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
VB12PW-A2
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nossa home-page.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 10 cm e 2 cm de comprimento, volume interno
de 65 litros.
®
Kapton : Marca Registrada da Du Pont.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 02/03
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
12PW5
Woofer de 12” profissional desenvolvido para atender as mais diversas
necessidades de sonorização de médios e pequenos ambientes, apresentando
excelente desempenho na reprodução de médias e baixas freqüências.
Indicado para reforço de som em boates, clubes, salões, auditórios, conjuntos
musicais e também para caixas monitoras.
A sua grande eficiência na reprodução sonora deve-se à excelente
combinação de seus componentes:
- O cone leve fabricado com fibras longas e a suspensão em tecido
impregnado proporcionam ao conjunto móvel grande estabilidade, alto rendimento e
baixa distorção.
- A bobina móvel é fabricada com fio resistente a altas temperaturas e
enrolada em fôrma de Kapton®.
- A carcaça em chapa de aço reforçada, com pintura epoxi, confere ao
conjunto elevada resistência mecânica.
- A calota em alumínio garante uma perfeita dissipação do calor proveniente
da bobina móvel.
- O uso de adesivos de alta resistência garante aos componentes uma ótima
colagem e durabilidade.
*12PW5-SLF: Produto sem logotipo frontal Selenium impresso na calota.
A exposição à níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não
responsabiliza-se pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 305 (12)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 212 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,2
Potência
1
Programa Musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 600
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 100 e 1.000 Hz . . . 96
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 2,8
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 1,5
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,5
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 50 a 4.000
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Hz
l
%
2
m
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.016 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15,5
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,07
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 75
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23,0
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00368
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 230
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 0,77
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 15,5
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,0
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,0
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49,4
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 297,8
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 0,8
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 4,449
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 1,332
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,433
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,28
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 4,15
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 51,08
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . 2,726
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . 35,461
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,838
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,625
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,5 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .292 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 280 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 275 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Soldável
Polaridade. . . . . . . . . . . . . . . .Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 308
130
(8x) 5,5x8
ø 279
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 108
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,31
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,32
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 16,33
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 2,40
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0510
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 188,7
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 3,7
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 19,0
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.000 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 169 x 24 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .4.880 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Chapa de aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Acabamento das arruelas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cromatização azul
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
®
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida (Kapton )
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2,1 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.600 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .6.200 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . .34,5 x 33 x 18 cm
ø 293
ø 169
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
40
79
Dimensões em mm
11
Woofer
12PW5
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
110
50 Hz
30°
240°
150°
180°
0
-6
-20
dB
180°
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
240°
150°
0
-6
30°
300°
120°
210°
250 Hz
330°
-10
60°
270° 90°
120°
dB
30°
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
330°
-10
60°
100
0
-6
270°
240°
120°
210°
150°
180°
210°
80
500 Hz
30°
70
20
200
Hz
2k
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
20k
B
800 Hz
330°
-10
60°
240°
150°
180°
30°
400
90
30°
45
150°
240°
180°
210°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
240°
150°
210°
4 kHz
300°
120°
210°
180°
30°
330°
-20
dB
270° 90°
120°
180°
240°
120°
210°
-10
60°
270°
270°
240°
120°
150°
180°
210°
graus
ohms
0
200
300°
0
-6
300°
-20
dB
3,15 kHz
-20
dB
150°
180°
330°
-10
60°
270° 90°
240°
330°
0
-6
30°
300°
120°
150°
-10
60°
90°
300
0
-6
1,25 kHz
330°
-20
dB
210°
2 kHz
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
K
30°
300°
-20
dB
90°
60
0
-6
Curva de Resposta Polar.
100
-45
0
-90
20
200
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
2k
20k
B
K
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto. A
temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
æ
æ
ö
1 ö
RB
÷
ç
ç
1÷
TA 25 +
TB =
TA +
ç
÷
÷
ç
a
RA
25 ø
è
ø
è
140
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
120
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
dB
100
80
60
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
B
K
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm, Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 10 cm e 2 cm de comprimento, volume interno
de 65 litros.
Kapton® : Marca Registrada da Du Pont.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 05/03
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
WPU1209
Woofer profissional de 12" desenvolvido para atender às exigências dos sistemas
de reprodução sonora de alta potência na faixa de graves com a utilização de
sonofletores de volume reduzido. Para um alto grau de desempenho e confiabilidade,
cada componente utiliza a mais avançada tecnologia disponível.
A bobina móvel, de 100 mm (4") de diâmetro, utiliza fio resistente a altas
temperaturas e fôrma de Poliimida.
O cone é fabricado em celulose impregnado com resinas especiais que garantem
ao conjunto móvel grande estabilidade mecânica e perfeita reprodução de graves.
A nova suspensão de tecido recebe um tratamento especial a base de borracha
reduzindo distorções e fadiga; a aranha é dupla para garantir a centragem perfeita do
conjunto móvel.
A carcaça do alto-falante em alumínio injetado possui perfil baixo o que facilita a
instalação em caixas acústicas de volume reduzido.
O conjunto magnético altamente otimizado por elementos finitos, foi
desenvolvido de forma a minimizar a distorção harmônica, possuindo assim, campo
magnético simétrico e polo estendido. A dissipação térmica é garantida por um grande
furo de ventilação central e por 6 janelas laterais posicionadas na carcaça ,
proporcionando grande dissipação do calor proveniente da bobina, garantindo o máximo
de eficiência e baixa compressão de potência.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 305 (12)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 212 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,4
Potência
1
Programa Musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 900
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 450
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 450
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 100 e 2.000 Hz . . . 95
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,2
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 1,6
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,3
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 45 a 3.000
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Hz
l
%
2
m
cm3
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.020 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 56 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21,0
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,98
Diâmetro da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29,7
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00388
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 225
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 0,50
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 18,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9,5
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,3
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 74,9
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 159,4
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . 2,32
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . 5,164,
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 1,876
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,710
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,28
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 4,87
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . 76,202
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . 1,608
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . 32,076
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,917
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,675
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8
Diâmetro dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,0 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . 294 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal . . . . . . . . . . . . . . . . .282 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira . . . . . . . . . . . . . . . .275 mm
Tipo do conector . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Pressão p/ fio nu
Polaridade . . . . . Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 311
8x ø 7
122
ø 294
ø 200
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 44
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,32
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,33
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9,72
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 1,66
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0530
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 227,9
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 4,3
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 13,0
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2.640 g
Diâmetro x altura do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .200 x 24 mm
Peso do conjunto magnético . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.000 g
Material da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Alumínio injetado
Acabamento da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Cobre
Material da fôrma da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Poliimida
Material do cone . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4,0 l
Peso líquido do falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .7.740 g
Peso total (incluindo embalagem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.460 g
Dimensões da embalagem (C x L x A) . . . . . . . . . . . 34 x 34 x 15,5 cm
ø 280
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
49
61
Dimensões em mm
12
Woofer
WPU1209
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
110
50 Hz
30°
240°
dB
80
180°
60°
70
200
Hz
2k
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
20k
B
300°
-20
dB
90°
240°
150°
180°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
330°
30°
90
300°
-20
dB
90°
0
200
240°
20
200
Hz
2k
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
20k
B
-90
180°
270°
240°
120°
150°
180°
210°
330°
300°
-20
dB
270°
240°
120°
210°
150°
180°
210°
Curva de Resposta Polar.
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
K
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
æ
æ
ö
RB
1 ö
÷
ç
ç
÷
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
ç
a
RA
25 ø
è
ø
è
140
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
120
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
dB
100
80
60
150°
300°
-20
dB
-45
100
0
graus
ohms
45
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
300
210°
330°
3,15 kHz
-10
60°
400
0
-6
0
-6
-10
60°
270° 90°
180°
210°
1,25 kHz
240°
150°
180°
30°
300°
120°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
210°
2 kHz
30°
0
-6
300°
-20
dB
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
K
60°
800 Hz
30°
330°
-10
60°
20
0
-6
180°
330°
-10
270° 90°
240°
150°
0
-6
30°
300°
120°
210°
250 Hz
330°
-20
dB
500 Hz
30°
0
-6
-10
270° 90°
120°
150°
60
30°
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
330°
-10
60°
100
0
-6
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
2k
B
K
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 7,5 cm e 5 cm de comprimento, volume interno
de 35 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 04/09
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm, Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
VB1205B1
VB1205D1
HB1205A1
HB1205A3
HB1205D1
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
15CV4
Woofer profissional de 15" desenvolvido para atender as mais diversas
necessidades em reforço de som nas faixas de freqüências médias e baixas.
Indicado para utilização em unidades móveis ou em ambientes como boates,
clubes, salões e auditórios.
A grande eficiência na reprodução sonora se deve a excelente
combinação de seus componentes.
O cone leve, fabricado com fibras longas, proporciona ao conjunto móvel
grande estabilidade, alto rendimento e baixa distorção.
A bobina móvel é fabricada com fio resistente às altas temperaturas e
enrolada em fôrma de Kapton®.
A carcaça em chapa de aço reforçada, com pintura epoxi, dá ao conjunto
grande resistência e estrutura mecânica.
A calota em alumínio garante uma perfeita dissipação do calor proveniente
da bobina móvel.
O uso de adesivos de alta resistência garante aos componentes uma
ótima colagem e durabilidade.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
mm (in)
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 68
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 82
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,47
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,68
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 11,98
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 1,51
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0840
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 167,9
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 2,0
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . . 8,5
Hz
l
%
2
m
cm3
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.000 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9,4 Tm
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,93 T
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46 mm
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13 m
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00403 1/°C
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . .320 (608) °C (°F)
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . 2.13 (4.05) °C/W (°F/W)
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . . . 12 mm
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,0 mm
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,5 W
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65,6 g
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 80 m
m/N
Rms (resistência mecânica da suspensão). . . . . . . . 2,35 kg/s
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 1,457
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 0,852
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,468
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . 0,197
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 2,38
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 38,67
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . . 0,7
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 4,9
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,93
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 0,80
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 920 g
Diâmetro x altura do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .134 x 18 mm
Peso do conjunto magnético . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.600 g
Material da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Chapa de aço
Acabamento da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Cobre
®
Material da fôrma da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . Poliimida (Kapton )
Material do cone . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4,3 l
Peso líquido do falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3.480 g
Peso total (incluindo embalagem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.120 g
Dimensões da embalagem (C x L x A) . . . . . . . . . . . . .39 x 39 x 17 cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8
Dimensões dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,5 x 8 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . 368 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal . . . . . . . . . . . . . . . . 352 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira . . . . . . . . . . . . . . . 348 mm
Tipo do conector . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Soldável
Polaridade . . . . . . . . . . . . . . . Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 381
146
(8x) 5,5x8
ø 350
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
ø 368
ø 134
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 (15)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 160 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,8
Potência
Programa musical1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300
2
RMS (NBR 10.303) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 300 e 3.000 Hz . . . 99
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 4,1
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,1
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . 0,56
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 70 a 4.000
32
103
11
Dimensões em mm
Woofer
15CV4
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
45
0
110
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
50 Hz
0
-6
30°
115
100 Hz
-10
60°
100
300°
-20
dB
90°
30°
330°
0
-6
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
250 Hz
30°
330°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
270°
95
dB/SPL
240°
120°
90
150°
180°
85
240°
120°
210°
150°
500 Hz
80
0
-6
30°
75
70
300°
-20
dB
90°
0
-6
150°
300°
-20
dB
270° 90°
180°
210°
1,25 kHz
30°
330°
-10
60°
240°
120°
210°
800 Hz
30°
330°
-10
60°
180°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
270°
65
240°
120°
60
10
3
2
10
10
Frequency f1 [Hz]
150°
4
180°
30°
60
Phase
0
-6
330°
30°
300°
-20
dB
90°
60°
270° 90°
50
240°
120°
40
180°
210°
240°
120°
150°
180°
210°
3,15 kHz
-10
60°
Impedance
150°
2 kHz
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
240°
120°
210°
0
-6
330°
-10
300°
-20
dB
270°
240°
120°
210°
210°
30
150°
20
180°
150°
180°
[Ohm]
10
0
Curva de Resposta Polar.
-10
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
-20
-30
-40
-50
-60
50
100
500
200
1k
2k
5k
10k
Frequency [Hz]
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
2nd Harmonic
Fundamental
140
3rd Harmonic
130
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se, ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada, obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
120
110
dB/SPL
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto. A
temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
æ
ö
æ
RB
1 ö
÷
ç
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
÷
ç
÷
ç
RA
a
25 ø
ø
è
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
100
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm e Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
90
80
70
60
20
50
100
200
500
1k
2k
5k
10 k
Frequency [Hz]
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
Kit auditório Kit eleitoral
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 7,5 cm e 11 cm de comprimento, volume
interno de 100 litros.
®
Kapton : Marca Registrada da Du Pont.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 01/06
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
15PX
Woofer profissional de 15” desenvolvido para atender as mais
diversas necessidades em reforço de som nas faixas de freqüências
médias e baixas.
O 15PX é indicado para utilização em unidades móveis ou em
ambientes como boates, clubes, salões, auditórios e também para
caixas monitoras. É um alto-falante compacto e robusto e as
características de seus componentes podem ser conferidas à seguir:
A carcaça em chapa de aço, leve e de grande rigidez, o conjunto
móvel é dotado de cone prensado leve e resistente de celulose de fibras
longas e suspensão de tecido impregnada. A centragem é composta por
tecido resistente. A bobina é composta por fio de cobre, corpo rígido e
adesivos resistentes à altas temperaturas
O conjunto magnético, de 147mm, de alta densidade de fluxo
magnético, combinado com as características acima conferem ao produto
alta sensibilidade.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 381 (15)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 149 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,8
Potência
Programa Musical1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 400
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 200
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 200
Sensibilidade ([email protected]) média entre150 e 3.000 Hz . . . . . . 95
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 2,8
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 1,2
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,9
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 40 a 4.500
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Hz
l
%
2
m
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.047 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12,4
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,97
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17,6
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00385
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 260
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . . 1,3
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 14,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,0
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,3
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 74,2
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,14
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 1,9
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 2,609
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 1,387
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,739
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . . 0,2
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 3,34
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 55,88
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . . 0,9
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 8,7
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,94
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 0,79
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,5 x 8 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .368 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 352 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 348 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Soldável
Polaridade. . . . . . . . . . . . . . . .Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 381
150
(8x) 5,5x8
ø 352
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49,3
Vas (volume equivalente do falante). . . . . . . . . . . . . . . . . 144,0
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,87
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,94
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 11,83
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 1,76
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,08501
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 255,0
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 3,0
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 14,7
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.300 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147 x 20 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3.500 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Chapa de Aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,5 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.360 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .4.840 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . .41,5 x 40,3 x 35,5 cm
ø 368
ø 147
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES 2 - 1984 (Rev. 2003).
36
105
Dimensões em mm
9
Woofer
15PX
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
110
50 Hz
105
30°
90
dB
240°
150°
80
180°
30°
60
50
100
200
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
500
Hz
1k
2k
5k
300°
-20
dB
90°
65
150°
180°
330°
30°
70
60
-20
dB
90°
0
-6
270° 90°
270°
240°
150°
180°
210°
4 kHz
330°
0
-6
30°
300°
-20
dB
300°
-20
dB
120°
210°
-10
60°
330°
-10
60°
3,15 kHz
300°
0
-6
270° 90°
180°
210°
1,25 kHz
300°
120°
150°
180°
30°
240°
210°
-10
60°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
0
-6
240°
150°
330°
-20
dB
2 kHz
30°
0
-6
270°
120°
210°
-10
60°
270° 90°
240°
120°
10k
30°
300°
-20
dB
800 Hz
330°
-10
60°
70
0
-6
180°
330°
-10
60°
270° 90°
240°
150°
0
-6
30°
300°
120°
210°
250 Hz
330°
-20
dB
500 Hz
75
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
85
30°
300°
-20
dB
90°
95
100 Hz
330°
-10
60°
100
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
270°
50
60
40
30
50
240°
120°
150°
180°
210°
240°
120°
150°
180°
210°
240°
120°
150°
180°
210°
10
30
-10
graus
Ohm
20
40
0
Curva de Resposta Polar.
-20
20
-30
-40
10
0
-50
-60
10
20
50
100
200
500
1k
2k
5k
10k
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
120
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo
é extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
æ
æ
ö
RB
1 ö
ç
÷
ç
÷
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
ç
÷
RA
a
25 ø
è
ø
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
110
100
dB
90
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
80
70
60
50
40
30
50
100
200
500
1k
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
2k
5k
10k
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético,
a bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um
comportamento não-linear que pode ser modelado através de
diversos parâmetros. Os parâmetros Krm, Kxm, Erm e Exm, por
exemplo, permitem calcular o valor da resistência e da
indutância da bobina em função da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Tipo Selada, com volume de 455 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 00 - 03/11
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
12PW3
Woofer de 12” profissional desenvolvido para atender as mais diversas
necessidades de sonorização de médios e pequenos ambientes, apresentando
excelente desempenho na reprodução de médias e baixas freqüências.
Indicado para reforço de som em boates, clubes, salões, auditórios, conjuntos
musicais e também para caixas monitoras.
A sua grande eficiência na reprodução sonora deve-se à excelente combinação
de seus componentes:
- O cone leve fabricado com fibras longas e a suspensão em tecido impregnado
proporcionam ao conjunto móvel grande estabilidade, alto rendimento e baixa distorção.
- A bobina móvel é fabricada com fio resistente a altas temperaturas e enrolada
®
em fôrma de Kapton .
- A carcaça em chapa de aço reforçada, com pintura epoxi, confere ao conjunto
elevada resistência mecânica.
- A calota em alumínio garante uma perfeita dissipação do calor proveniente da
bobina móvel.
- O uso de adesivos de alta resistência garante aos componentes uma ótima
colagem e durabilidade.
*12PW3-SLF: Produto com calota na cor preta sem logotipo frontal Selenium
impresso na mesma.
A exposição à níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não
responsabiliza-se pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 305 (12)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 212 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,0
Potência
Programa Musical1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 400
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 200
AES3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 175
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 100 e 4.000 Hz . . . 97
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,4
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,4
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,9
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 55 a 5.000
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Hz
l
%
m2
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.002 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9,9
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,15
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 46
Comprimento do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11,6
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00344
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 1,43
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 10,5
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,0
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,4
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 36,9
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 269,1
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 1,5
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 1,611
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 0,654
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,265
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,14
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 1,75
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 22,59
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . 1,010
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . 9,092
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,853
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,699
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,5 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .292 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 280 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 275 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Soldável
Polaridade. . . . . . . . . . . . . . . .Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 308
124
(8x) 5,5x8
ø 279
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,69
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,75
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,95
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 1,62
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0510
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63,75
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . 1,25
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . . 9,5
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.240 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147 x 18 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3.200 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Chapa de aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Acabamento das arruelas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cromatização azul
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
®
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida (Kapton )
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1,8 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.940 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .4.360 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . . 32 x 32 x 14,5 cm
ø 293
ø 147
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
34
79
Dimensões em mm
11
Woofer
12PW3
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
110
50 Hz
30°
240°
dB
80
180°
70
200
Hz
2k
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
20k
B
300°
240°
150°
180°
80
90
330°
30°
45
-20
dB
240°
180°
330°
300°
-20
dB
270°
240°
120°
150°
180°
210°
graus
ohms
0
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
210°
210°
4 kHz
240°
150°
180°
30°
300°
120°
210°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
300°
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
150°
40
300°
0
-6
330°
-20
dB
3,15 kHz
-10
60°
90°
60
0
-6
0
-6
-10
60°
270° 90°
180°
210°
1,25 kHz
240°
150°
180°
30°
300°
120°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
210°
2 kHz
30°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
0
-6
300°
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
K
30°
330°
-20
dB
800 Hz
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
330°
-10
60°
20
0
-6
300°
120°
210°
250 Hz
30°
330°
-20
dB
500 Hz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
150°
60
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
30°
330°
-10
60°
100
0
-6
Curva de Resposta Polar.
20
-45
0
-90
20
200
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
2k
20k
B
K
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
æ
æ
ö
RB
1 ö
ç
÷
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
ç
÷
a
RA
25 ø
è
ø
è
140
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
120
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
dB
100
80
60
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
B
K
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm, Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
VB12PW-A2
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nossa home-page.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 10 cm e 2 cm de comprimento, volume interno
de 65 litros.
®
Kapton : Marca Registrada da Du Pont.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 02/03
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
15PW3
Woofer de 15” profissional desenvolvido para atender as mais diversas
necessidades de sonorização de médios e pequenos ambientes, apresentando
excelente desempenho na reprodução de médias e baixas freqüências.
Indicado para reforço de som em boates, clubes, salões, auditórios, conjuntos
musicais e também para caixas monitoras.
A sua grande eficiência na reprodução sonora deve-se à excelente combinação
de seus componentes.
- O cone leve fabricado com fibras longas e a suspensão em tecido impregnado
proporcionam ao conjunto móvel grande estabilidade, alto rendimento e baixa distorção.
- A bobina móvel é fabricada com fio resistente a altas temperaturas e enrolada
®
em fôrma de Kapton .
- A carcaça em chapa de aço reforçada, com pintura epoxi, confere ao conjunto
elevada resistência mecânica.
- A calota em alumínio garante uma perfeita dissipação do calor proveniente da
bobina móvel.
- O uso de adesivos de alta resistência garante aos componentes uma ótima
colagem e durabilidade.
*15PW3-SLF: Produto com calota na cor preta sem logotipo frontal Selenium
impresso na mesma.
A exposição à níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não
responsabiliza-se pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 274
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,61
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,68
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,81
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 2,00
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,08605
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 258,2
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 3,0
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . . 9,5
Hz
l
%
2
m
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.000 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 43 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12,3
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,15
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17,5
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00368
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 215
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 0,86
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 14,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,0
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,3
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 71,2
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 265,3
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 2,8
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 2,475
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 0,929
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,384
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,11
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 2,31
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 36,56
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . 0,728
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . 12,311
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,922
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,705
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.600 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 169 x 19 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .4.360 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Chapa de aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Acabamento das arruelas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cromatização azul
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
®
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida (Kapton )
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .4,0 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.390 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .6.100 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . . 39 x 39 x 16,5 cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,5 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .367 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 352 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 348 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Soldável
Polaridade. . . . . . . . . . . . . . . .Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 381
(8x) 5,5x8
150
ø 350
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
ø 368
ø 169
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 (15)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 160 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,8
Potência
1
Programa Musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 500
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 100 e 2.000 Hz . . . 98
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 4,1
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,5
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,6
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 40 a 4.000
36
103
Dimensões em mm
11
Woofer
15PW3
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
110
50 Hz
30°
240°
dB
80
180°
70
200
Hz
2k
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
20k
B
300°
240°
150°
180°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
80
90
330°
30°
45
-20
dB
240°
graus
ohms
0
20
-45
0
-90
20
200
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
2k
20k
B
K
180°
330°
300°
-20
dB
270°
240°
120°
150°
180°
210°
Curva de Resposta Polar.
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto. A
temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
æ
æ
ö
RB
1 ö
ç
÷
ç
÷
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
ç
÷
RA
a
25 ø
è
ø
è
140
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
120
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
dB
100
80
60
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
210°
210°
4 kHz
240°
150°
180°
30°
300°
120°
210°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
300°
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
150°
40
300°
0
-6
330°
-20
dB
3,15 kHz
-10
60°
90°
60
0
-6
0
-6
-10
60°
270° 90°
180°
180°
210°
1,25 kHz
240°
150°
270°
240°
30°
300°
120°
300°
-20
dB
150°
330°
-20
dB
210°
2 kHz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
K
30°
330°
120°
210°
800 Hz
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
330°
-10
60°
20
0
-6
300°
120°
210°
250 Hz
30°
330°
-20
dB
500 Hz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
150°
60
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
30°
330°
-10
60°
100
0
-6
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
B
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 10 cm e 4 cm de comprimento,
volume interno de 110 litros.
K
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm, Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
MB15PW-A3
MB15PW-B3
MB15PW-C3
RB15PW-A2
VB15PW-A2
VB15PW-C2
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
Kapton® : Marca Registrada da Du Pont.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 02/03
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
15PW4
Woofer de 15” profissional desenvolvido para atender as mais diversas
necessidades de sonorização de médios e pequenos ambientes, apresentando
excelente desempenho na reprodução de médias e baixas freqüências.
Indicado para reforço de som em boates, clubes, salões, auditórios, conjuntos
musicais e também para caixas monitoras.
A grande eficiência na reprodução sonora se deve à excelente combinação de
seus componentes.
- O cone leve fabricado com fibras longas e a suspensão com novo design
em tecido impregnado proporcionam ao conjunto móvel grande estabilidade, alto
rendimento e baixa distorção.
- A bobina móvel é fabricada com fio resistente a altas temperaturas e enrolada
®
em fôrma de Kapton .
- A carcaça em chapa de aço reforçada, com pintura epoxi, confere ao conjunto
elevada resistência mecânica.
- O uso de adesivos de alta resistência garante aos componentes uma ótima
colagem e durabilidade.
*15PW4-SLF: Produto com calota na cor preta sem logotipo frontal Selenium impresso
na mesma.
A exposição à níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não
responsabiliza-se pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 (15)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 137 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,6
Potência
1
Programa Musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 500
2
RMS (NBR 10.303) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
AES3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 90 e 3.000 Hz . . . . 98
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . 3,28
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . 3,17
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . 0,88
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 55 a 4.400
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Hz
l
%
m2
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.006 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12,3
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,0
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17,6
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00368
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 260
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 0,86
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 14,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,0
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,07
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 83,9
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 210,0
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . 1,62
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . . 2,32
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 1,427
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,911
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . 0,201
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . 3,427
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . 46,426
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . 1,47
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 5,3
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,87
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,5 x 8 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .368 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 352 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 348 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Soldável
Polaridade. . . . . . . . . . . . . . . .Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 381
(8x) 5.5x8
150
ø 350
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38
Vas (volume equivalente do falante). . . . . . . . . . . . . . . . . 220,7
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,7
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,8
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 12,44
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 1,48
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,08605
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 258,2
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 3,0
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 14,5
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.300 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147 x 20 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3.500 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Chapa de aço
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Acabamento das arruelas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Cromatização azul
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
®
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida (Kapton )
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5,48 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.620 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .4.840 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . . 39 x 39 x 16,5 cm
ø 368
ø 147
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
36
103
Dimensões em mm
11
Woofer
15PW4
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
50 Hz
110
30°
105
dB- [V] (rms)
90
240°
150°
80
180°
60°
30°
65
60
50
100
200
500
1k
2k
5k
240°
150°
Curva de Resposta a
Curva de Resposta a 45°.
180°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
120
90
110
0
-6
330°
30°
-10
60°
300°
-20
dB
90°
270° 90°
270°
240°
150°
180°
210°
4 kHz
0
-6
30°
330°
300°
-20
dB
300°
120°
210°
-10
60°
330°
-20
dB
3,15 kHz
0
-6
0
-6
-10
60°
270° 90°
180°
210°
1,25 kHz
240°
150°
180°
30°
300°
120°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
210°
2 kHz
30°
0
-6
300°
-20
dB
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
10k
0°. Frequency [Hz]
30°
300°
-20
dB
90°
60°
800 Hz
330°
-10
60°
70
0
-6
180°
330°
-10
270° 90°
240°
150°
0
-6
30°
300°
120°
210°
250 Hz
330°
-20
dB
500 Hz
75
0
-6
-10
270° 90°
120°
85
30°
300°
-20
dB
90°
95
100 Hz
330°
-10
60°
100
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
270°
100
45
90
240°
120°
150°
80
180°
240°
120°
210°
150°
180°
210°
240°
120°
150°
180°
210°
0
60
50
graus
[Ohm]
70
Curva de Resposta Polar.
40
-45
30
20
10
0
-90
2
5
10
20
50 100 200
500
Frequency [Hz]
1k
2k
5k
10k
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
140
130
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
æ
æ
ö
RB
1 ö
÷
ç
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
÷
ç
a
RA
25 ø
è
ø
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
120
110
[dB] - [V] (rms)
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
100
90
80
70
60
102
103
Frequency [Hz]
104
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos
parâmetros. Os parâmetros Krm, Kxm, Erm, Exm, por exemplo,
permitem calcular o valor da resistência e da indutância da bobina
em função da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 10,0 cm e 4,5 cm de comprimento, volume
interno de 110 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 01/08
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
15PW5
Woofer de 15” profissional desenvolvido para atender as mais diversas
necessidades de sonorização de médios e pequenos ambientes, apresentando
excelente desempenho na reprodução de médias e baixas freqüências.
Indicado para reforço de som em boates, clubes, salões, auditórios, conjuntos
musicais e também para caixas monitoras.
A sua grande eficiência na reprodução sonora deve-se à excelente
combinação de seus componentes.
- O cone leve fabricado com fibras longas e a suspensão em tecido
impregnado proporcionam ao conjunto móvel grande estabilidade, alto rendimento e
baixa distorção.
- A bobina móvel é fabricada com fio resistente a altas temperaturas e
enrolada em fôrma de Kapton®.
- A carcaça em chapa de aço reforçada, com pintura epoxi, confere ao
conjunto elevada resistência mecânica.
- A calota em alumínio garante uma perfeita dissipação do calor proveniente
da bobina móvel.
- O uso de adesivos de alta resistência garante aos componentes uma ótima
colagem e durabilidade.
*15PW5-SLF: Produto sem logotipo frontal Selenium impresso na calota.
A exposição à níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não
responsabiliza-se pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 190
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,40
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,41
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 16,82
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 2,90
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,08605
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 490,0
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 5,7
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 12,0
Hz
l
%
2
m
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.016 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17,0
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1,14
Diâmetro da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 75
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26,0
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00368
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 240
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 0,69
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 19,5
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,0
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,5
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 84,6
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 183,9
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 1,3
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 4,612
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 1,303
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,404
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,34
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 4,32
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 44,79
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . 4,690
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . 39,660
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,781
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,609
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2.440 g
Diâmetro x altura do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .200 x 19 mm
Peso do conjunto magnético . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.215 g
Material da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Chapa de aço
Acabamento da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pintura epoxi, cor preta
Acabamento das arruelas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Cromatização azul
Material do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Cobre
®
Material da fôrma da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . Poliimida (Kapton )
Material do cone . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4,3 l
Peso líquido do falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .7.090 g
Peso total (incluindo embalagem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.135 g
Dimensões da embalagem (C x L x A) . . . . . . . . . . . . . 40 x 39 x 17cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8
Diâmetro dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,5 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . 367 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal . . . . . . . . . . . . . . . . .352 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira . . . . . . . . . . . . . . . .348 mm
Tipo do conector . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Soldável
Polaridade . . . . . . . . . . . . . . . .Tensão + no (+): deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 381
(8x) 5,5x8
151
ø 350
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
ø 368
ø 200
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 (15)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 180 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,4
Potência
1
Programa Musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 700
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 350
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 350
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 100 e 2.000 Hz . . . 98
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,0
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 1,9
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,6
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 40 a 3.000
35
103
Dimensões em mm
11
Woofer
15PW5
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
110
50 Hz
30°
240°
dB
80
180°
70
-20
dB
90°
200
Hz
2k
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
20k
B
300°
240°
150°
180°
330°
30°
2 kHz
30°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
400
90
45
240°
180°
180°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
210°
210°
4 kHz
240°
150°
180°
30°
300°
120°
210°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
300°
-20
dB
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
0
-6
330°
270°
240°
120°
150°
180°
210°
graus
ohms
0
200
300°
-20
dB
150°
180°
0
-6
-10
60°
3,15 kHz
-10
60°
90°
300
0
-6
240°
150°
210°
1,25 kHz
270° 90°
120°
210°
180°
30°
300°
-20
dB
270°
240°
150°
330°
-10
60°
270° 90°
120°
K
0
-6
300°
-20
dB
120°
210°
800 Hz
30°
330°
-10
60°
20
0
-6
180°
330°
-10
60°
270° 90°
240°
150°
0
-6
30°
300°
120°
210°
250 Hz
330°
-20
dB
500 Hz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
150°
60
30°
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
330°
-10
60°
100
0
-6
Curva de Resposta Polar.
100
-45
0
-90
20
200
Hz
2k
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
20k
B
K
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
æ
æ
ö
RB
1 ö
÷
ç
ç
÷
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
ç
a
RA
25 ø
è
ø
è
140
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
120
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
dB
100
80
60
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
B
K
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm, Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 12,5 cm e 2 cm de comprimento,
volume interno de 110 litros.
Kapton® : Marca Registrada da Du Pont.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 01 - 05/03
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
WPU1509
Woofer profissional de 15" desenvolvido para atender às exigências dos
sistemas de reprodução sonora de alta potência na faixa de graves com a utilização de
sonofletores de volume reduzido. Para um alto grau de desempenho e confiabilidade,
cada componente utiliza a mais avançada tecnologia disponível.
A bobina móvel, de 100 mm (4") de diâmetro, utiliza fio resistente a altas
temperaturas e fôrma de poliimida.
O cone é fabricado com celulose de fibras longas e impregnado com resinas
especiais que garantem ao conjunto móvel grande estabilidade mecânica e perfeita
reprodução de graves.
A nova suspensão de tecido recebe um tratamento especial a base de borracha
reduzindo distorções e fadiga; a aranha é dupla para garantir a centragem perfeita do
conjunto móvel.
A carcaça do alto-falante em alumínio injetado possui grande rigidez estrutural e
auxilia na dissipação do calor.
O conjunto magnético altamente otimizado por elementos finitos, foi
desenvolvido de forma a minimizar a distorção harmônica, possuindo assim, campo
magnético simétrico e polo estendido. A dissipação térmica é garantida por um grande
furo de ventilação central e por 6 janelas llaterais posicionadas na carcaça ,
proporcionando grande dissipação do calor proveniente da bobina, garantindo o máximo
de eficiência e baixa compressão de potência.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 36
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 164
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,35
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,35
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 14,70
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 2,00
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0814
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 350,0
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . 3,75
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . . . 13
Hz
l
%
m2
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.005 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21,1
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,98
Diâmetro da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29,7
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00388
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 237
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 0,53
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 17,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9,5
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,2
Mms (massa móvel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 113,7
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 177,6
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 1,4
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 5,668
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 1,732
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,598
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,21
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 4,43
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 67,58
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . 1,554
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . 38,689
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,909
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,645
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2.640 g
Diâmetro x altura do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .200 x 24 mm
Peso do conjunto magnético . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.000 g
Material da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Alumínio injetado
Acabamento da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Cobre
Material da fôrma da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Poliimida
Material do cone . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,0 l
Peso líquido do falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8.520 g
Peso total (incluindo embalagem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.740 g
Dimensões da embalagem (C x L x A) . . . . . . . . . . . .40 x 40 x 18,5 cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8
Diâmetro dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,0 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . 368 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal . . . . . . . . . . . . . . . . .351 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira . . . . . . . . . . . . . . . .345 mm
Tipo do conector . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Pressão p/ fio nu
Polaridade . . . . . Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 389
179
8x ø 7
ø 368
ø 200
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
ø 349
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 (15)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 190 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,1
Potência
1
Programa Musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 900
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 450
AES3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 450
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 100 e 2.000 Hz . . . 97
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3.9
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,7
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,3
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 40 a 3.500
49
118
Dimensões em mm
12
Woofer
WPU1509
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
110
50 Hz
30°
240°
dB
80
180°
70
2k
200
20k
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
K
180°
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
330°
30°
90
300
0
200
20
200
Hz
2k
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
20k
B
300°
-20
dB
270°
240°
120°
150°
180°
210°
330°
300°
-20
dB
270°
240°
120°
210°
150°
180°
210°
Curva de Resposta Polar.
-90
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
K
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
æ
æ
ö
RB
1 ö
ç
÷
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
ç
÷
a
RA
25 ø
è
ø
è
140
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
120
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
dB
100
80
60
240°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
150°
330°
-10
60°
270° 90°
210°
0
-6
-45
100
0
graus
ohms
45
300°
-20
dB
90°
210°
3,15 kHz
-10
60°
400
0
-6
180°
180°
1,25 kHz
240°
150°
270°
240°
30°
300°
120°
300°
-20
dB
150°
330°
-20
dB
210°
2 kHz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
B
300°
120°
Hz
30°
330°
120°
210°
800 Hz
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
330°
-10
60°
20
0
-6
30°
300°
120°
210°
250 Hz
330°
-20
dB
500 Hz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
150°
60
30°
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
330°
-10
60°
100
0
-6
20
200
20k
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
B
K
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm, Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
HB1505A1 HB1505B1 HB1505C1 HB1505D1 HB1505E1
HB1502B1 VB1505A1 VB1505B1 VB1505C1 SD1505A3
SD1505B3 SD1505C3 PAS1MA1 PAS3MA2 PAS3MA3
PAS3G2 RB1505A1
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 1 duto ø 10 cm e 4 cm de comprimento,
volume interno de 110 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 00 - 08/04
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Subwoofer
15SW1P
Subwoofer profissional de 15” desenvolvido especialmente para atender às
exigências dos sistemas de reprodução sonora de alta potência na faixa de
subgraves, capaz de suportar 800 watts RMS com grande deslocamento linear do
cone.
O conjunto móvel utiliza aranha dupla de poliéster e algodão, que garante a
linearidade de excursão mesmo em temperaturas elevadas. A bobina móvel possui
100 mm (4") de diâmetro, fôrma de fibra de vidro e fio chato de alumínio.
O conjunto magnético foi projetado com software de elementos finitos,
proporcionando o máximo aproveitamento do fluxo magnético. A utilização de peça
polar estendida garante uma maior linearidade do campo magnético ao longo do
deslocamento da bobina, o que reduz significativamente a distorção.
Um sistema triplo de ventilação (furo central, seis furos na arruela inferior e
seis janelas na carcaça) garante a necessária refrigeração, de modo que os
elevados valores de potência possam ser suportados.
O cone não prensado é impregnado para oferecer grande rigidez aos
elevados esforços mecânicos existentes e elevada resistência à umidade.
A carcaça em alumínio injetado possui grande rigidez estrutural e atua como
dissipador de calor, além de não introduzir perdas no fluxo magnético.
*15SW1P-SLF: Produto sem logotipo frontal Selenium impresso na calota.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 (15)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 118 Hz. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,5
Potência
1
Programa Musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.600
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 800
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 800
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 80 e 250 Hz . . . . . . 96
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,5
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,8
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,8
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 30 a 2.500
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Hz
l
%
2
m
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.020 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21,5
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,93
Diâmetro da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39,7
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00372
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 275
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 0,34
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 32,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13,5
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,5
Mms (massa móvel). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 121,0
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 130,0
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 2,5
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . 11,702
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 2,716
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,698
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,85
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . 10,38
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . 107,39
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . 11,328
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . 143,326
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,780
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,547
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .7,0 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .368 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 351 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 345 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pressão p/ fio nu
Polaridade. . . . . .Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 389
8x ø 7
195
ø 368
ø 220
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 120
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,35
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,36
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 12,34
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 2,36
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0814
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 350,0
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 9,3
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 25,0
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.440 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 220 x 24 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .11.800 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Alumínio injetado
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Alunínio
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Fibra de vidro
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . .Celulose fibra longa não prensada
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .6,6 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.920 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .14.700 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . . . 43 x 43 x 23 cm
ø 349
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
65
118
Dimensões em mm
12
Subwoofer
15SW1P
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE, EM CAMPO
LIVRE, 1 W / 1 m
100
50 Hz
30°
240°
dB
70
180°
60
100
1k
Hz
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
B
300°
240°
150°
Curvas de resposta medidas com o subwoofer instalado na caixa de teste
pelo método do plano de terra em ambiente externo a 1 W / 1 m. Subtraiu-se
6 dB das curvas originais para simular a medição em câmara anecóica.
180°
0
-6
60°
180°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
210°
210°
1,25 kHz
240°
150°
180°
30°
300°
120°
210°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
300°
120°
210°
-10
270° 90°
120°
K
30°
330°
-20
dB
800 Hz
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
330°
-10
60°
20
0
-6
300°
120°
210°
250 Hz
30°
330°
-20
dB
500 Hz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
150°
50
300°
-20
dB
90°
80
100 Hz
30°
330°
-10
60°
90
0
-6
270°
240°
120°
150°
180°
210°
Curva de Resposta Polar.
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
300
45
graus
90
ohms
400
200
0
100
-45
0
20
200
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
2k
20k
B
-90
K
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR NA
CAIXA DE TESTE, EM CÂMARA ANECÓICA, A 1 m
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
æ
æ
ö
RB
1 ö
ç
÷
ç
÷
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
ç
÷
RA
a
25 ø
è
ø
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se, ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada, obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm e Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
140
120
dB
100
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
HB1502B1
HB1505D1
80
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
60
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
B
K
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 2 dutos ø 10 cm e 35 cm de comprimento, volume interno
de 100 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 04 - 01/06
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Subwoofer
15SW3P
Subwoofer de alta potência para o uso profissional, especificamente projetado para
responder na faixa de freqüência de 38 a 150 Hz em caixa tipo vented box, suportando 800 W
RMS (Norma AES ou 1.600 W de potência musical contínua) ou caixas tipo corneta.
O conjunto magnético otimizado pelo método de elementos finitos (FEA) resultou em
um conjunto de grande eficiência e baixo peso. A utilização T-yoke com arruela inferior
rebaixada assegura um deslocamento máximo (Xlim) compatível com a potência. Esta peça
também possui polo estendido que melhora a distribuição do campo magnético e a
dissipação térmica diminuindo a distorção e a compressão de potência. Neste alto-falante foi
dado atenção especial ao comportamento em condições de sobrecarga mecânica,
suportando as condições mais severas de trabalho, sem falhas.
A bobina de 4" (100 mm) em fio redondo de aluminio com 4 camadas, enrolado em
fôrma de fibra de vidro com duas vezes a espessura das fôrmas comuns, a forma tem o
objetivo de dar ao conjunto móvel grande rigidez.
O cone de papel não prensado e de fibras longas possui massa e rigidez suficientes
para suportar enormes forças de aceleração, precisamente centrado por duas aranhas feitas
de tecido de poliéster e algodão.
A carcaça em alumínio injetado possui grande rigidez estrutural e atua como
dissipador de calor, além de não introduzir perdas no fluxo magnético. Um sistema triplo de
ventilação (furo central, seis furos na arruela inferior e seis janelas na carcaça) garante a
necessária refrigeração, de modo que os elevados valores de potência possam ser
suportados.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 36
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 132
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,31
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,32
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13,7
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 1,93
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0814
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 550,0
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . 6,75
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 21,0
Hz
l
%
2
m
cm3
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.022 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 45 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da potência
NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23,9
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0.66
Diâmetro da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 49
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00345
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 320
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . . 0,4
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 25,0
Hag (altura do gap). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11,5
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,7
Mms (massa móvel). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 139,6
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 140,0
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 2,1
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . . . 8,7
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . . . 4,6
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . . . 2,6
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . . 0,7
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 9,1
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 khz) . . . . . . . . 94,0
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . . 9,9
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 24,4
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,78
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 0,82
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3.440 g
Diâmetro x altura do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .220 x 24 mm
Peso do conjunto magnético . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.350 g
Material da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Alumínio injetado
Acabamento da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Aluminio
Material da fôrma da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Fibra de vidro
Material do cone . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa não prensada
Volume ocupado pelo falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,4 l
Peso líquido do falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .10.960 g
Peso total (incluindo embalagem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.100 g
Dimensões da embalagem (C x L x A) . . . . . . . . . . . . . 43 x 43 x 23 cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8
Diâmetro dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,0 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . 373 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal . . . . . . . . . . . . . . . . .351 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira . . . . . . . . . . . . . . . .345 mm
Tipo do conector . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Pressão p/ fio nu
Polaridade . . . . . Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 389
8x ø 7
190
ø 368
ø 220
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na saída
do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
ø 349
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 (15)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 119 Hz. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,3
Potência
Programa musical1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.600
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 800
AES3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 800
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 50 e 150 Hz . . . . . . 95
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . 3,23
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . 2,32
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . 0,83
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 38 a 2.000
60
118
12
Dimensões em mm
Subwoofer
15SW3P
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE, EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
110
50 Hz
30°
240°
150°
180°
0
-6
30°
300°
-20
dB
240°
150°
180°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
120°
210°
250 Hz
330°
-10
60°
270° 90°
120°
dB
30°
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
330°
-10
60°
100
0
-6
270°
240°
120°
210°
150°
180°
210°
80
500 Hz
30°
70
20
100
1k
Hz
800 Hz
300°
-20
dB
240°
150°
180°
0
-6
300°
-20
dB
240°
150°
180°
210°
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
120°
210°
1,25 kHz
30°
330°
-10
60°
270° 90°
120°
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
30°
330°
-10
60°
90°
60
0
-6
270°
240°
120°
150°
180°
210°
Curvas de resposta medidas com o subwoofer instalado na caixa de teste
em câmara anecóica 1 W / 1 m.
Curva de Resposta Polar.
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
400
90
300
graus
ohms
45
200
0
100
-45
0
20
200
Hz
2k
20k
-90
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR NA
CAIXA DE TESTE, EM CÂMARA ANECÓICA, A 1 m
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
æ
æ
ö
RB
1 ö
÷
ç
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
÷
ç
a
RA
25 ø
è
ø
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se, ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada, obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
140
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm e Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
120
dB
100
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
HB1502A1 H B 1 5 0 2 B 1
HB1502D1
PA S 3 G 2
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
80
60
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 3 dutos ø 15,2 cm e 20 cm de comprimento, volume
interno de 100 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 00 - 11/07
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Subwoofer
15SW4000
O 15SW4000 é um subwoofer de alta potência para o uso automotivo,
especificamente projetado para responder na faixa de freqüência de 50 a 160 Hz em caixa
tipo vented box com volume reduzido, suportando 2000 W RMS (Norma NBR ou 4000 W de
potência musical contínua) ou caixas tipo corneta.
O conjunto magnético otimizado pelo método de elementos finitos (FEA) resultou
em um conjunto de grande eficiência e baixo peso. A utilização T-yoke com arruela inferior
rebaixada assegura um grande deslocamento máximo (Xlim) compatível com a potência.
Esta peça também possui polo estendido que melhora a distribuição do campo magnético e
a dissipação térmica diminuindo a distorção e a compressão de potência. Neste alto-falante
foi dado atenção especial ao comportamento em condições de sobrecarga mecânica,
suportando as condições mais severas de trabalho, sem falhas.
A bobina de 4" (100 mm) em fio chato, enrolado em fôrma de fibra de vidro com duas
vezes a espessura das fôrmas comuns, a forma tem o objetivo de dar ao conjunto móvel
grande rigidez.
O cone de papel prensado, pintado e de fibras longas possui massa e rigidez
suficientes para suportar enormes forças de aceleração, precisamente centrado por duas
aranhas feitas de tecido de poliéster e algodão.
A carcaça em alumínio injetado possui grande rigidez estrutural e atua como
dissipador de calor, além de não introduzir perdas no fluxo magnético. Um sistema triplo de
ventilação (furo central, seis furos na arruela inferior e seis janelas na carcaça) garante a
necessária refrigeração, de modo que os elevados valores de potência possam ser
suportados.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
Hz
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 64
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,5
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,52
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19,6
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . . 1,8
Sd (área efetiva do cone) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,0814
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 834,0
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . 8,25
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 21,0
Hz
l
%
2
m
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.047 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da potência
NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17,8
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0.8
Diâmetro da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 31.7
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00345
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 298
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 0,15
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 29,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12,5
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3,5
Mms (massa móvel). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 130,0
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 70,0
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 2,2
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 7,026
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 2,281
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,731
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,95
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 7,35
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 khz) . . . . . . . . 58,0
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . 1,76
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 63,0
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,69
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 0,62
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.440 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 220 x 24 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .12.100 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Alumínio injetado
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Aluminio
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Fibra de vidro
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . .Celulose fibra longa não prensada
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .7,6 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.000 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .13.800 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . . . .43 x 43 x 23 cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .7,0 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .373 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 351 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 345 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pressão p/ fio nu
Polaridade. . . . . .Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 389
8x ø 7
190
ø 368
ø 220
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na saída
do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (50 - 500 Hz).
ø 349
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 (15)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Impedância mínima @ 125 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4,5
Potência
1
Programa musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.000
2
RMS (NBR 10.303) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.000
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.000
Sensibilidade ([email protected]) média entre 50 e 150 Hz . . . . . . . . 92
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 1,6
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 1,0
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,6
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 50 a 2.000
Freqüência de corte mínimo recomendada HPF (12dB/oit) . 50
60
118
12
Dimensões em mm
Subwoofer
15SW4000
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE, EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
CURVA DE RESPOSTA SIMULADA EM SOFTWARE
100
dB 9
95
6
90
Ref Eff 0
85
-6
dB
80
-12
75
-18
70
-24
65
-30
60
-36
55
5
10
50
102
Hz
103
100
50
500 Hz
Curva de Resposta em Closed box 80l.
104
Curva de Resposta em Closed Box 50l.
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
CAIXAS ACÚSTICAS SUGERIDAS
Curvas de resposta medidas com o subwoofer instalado na caixa de teste
em câmara anecóica 1 W / 1 m.
VENTED BOX
CLOSED BOX
MODELOS Volume Interno Volume Interno
(litros)
(litros)
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
15SW4000
50
80
xx
150
150
Duto (s)
Qtde
Diâm. x Comp. (cm)
3
3
10 x 10
10 x 10
INSTRUÇÕES PARA CÁLCULO DO VOLUME (INTERNO) DE CAIXA ACÚSTICA
100
50
CAIXA TRAPÉZIO RETÂNGULO
75
0
50
-50
B
B
A
A
C
C
25
-100
0
50
100
200
500
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
1k
2k
5k
10k
-150
CAIXA RETANGULAR
D
graus
[deg]
100
Ohms
125
Volume interno=
(
AxBx C+D
2
1000
(
Volume interno=
AxBxC
1000
As dimensões A, B C e D são internas (em cm) e o resultado da
fórmula do volume interno é dado em litros.
Hz
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR NA
CAIXA DE TESTE, EM CÂMARA ANECÓICA, A 1 m
140
Os volumes sugeridos de caixas referem-se a um único alto-falante,
já incluso o volume ocupado pelo mesmo e pelo(s) duto(s).
Para caixas com mais de um alto-falante, deve-se multiplicar o
volume sugerido e duto(s) pela quantidade de alto-falantes e
construí-las com câmaras separadas (divisória interna).
Os volumes sugeridos de caixas consideram o reforço de graves
introduzido pelo interior do veículo, com o porta-malas fechado.
130
120
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência RMS do altofalante. Este headroom de 3 dB deve-se à necessidade de acomodar os picos
que caracterizam o sinal musical.
dB
110
100
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto. A temperatura da
bobina pode ser calculada através da equação:
90
80
æ
æ
ö
RB
1 ö
ç
÷
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
ç
÷
RA
a
25 ø
è
ø
è
70
60
50
100
200
500
1k
2k
5k
10k
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 3 dutos ø 10,0 cm e 10 cm de comprimento, volume
interno de 100 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 02 - 05/11
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB, respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca uma redução
na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se, ao dobrarmos a potência
elétrica aplicada, obtivermos um acréscimo de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB
esperados, podemos dizer que houve uma compressão de potência de 1 dB.
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a bobina dos
alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento não-linear que pode
ser modelado através de diversos parâmetros. Os parâmetros Krm, Kxm, Erm
e Exm, por exemplo, permitem calcular o valor da resistência e da indutância
da bobina em função da freqüência.
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Woofer
WPU1809
Woofer profissional de 18" desenvolvido para atender às exigências dos
sistemas de reprodução sonora de alta potência na faixa de graves . Para um alto grau
de desempenho e confiabilidade, cada componente utiliza a mais avançada tecnologia
disponível.
A bobina móvel, de 100 mm (4") de diâmetro, utiliza fio resistente a altas
temperaturas e fôrma poliimida.
O cone é fabricado com celulose de fibras longas e impregnado com resinas
especiais que garantem ao conjunto móvel grande estabilidade mecânica e perfeita
reprodução de graves.
A nova suspensão de tecido recebe um tratamento especial a base de borracha
reduzindo distorções e fadiga; a aranha é dupla para garantir a centragem perfeita do
conjunto móvel.
A carcaça do alto-falante em alumínio injetado possui grande rigidez estrutural e
auxilia na dissipação do calor.
O conjunto magnético altamente otimizado por elementos finitos, foi
desenvolvido de forma a minimizar a distorção harmônica, possuindo assim, campo
magnético simétrico e polo estendido. A dissipação térmica é garantida por um grande
furo de ventilação central e por 6 janelas laterais posicionadas na carcaça ,
proporcionando grande dissipação do calor proveniente da bobina, garantindo o máximo
de eficiência e baixa compressão de potência.
*WPU1805-SLF: Produto sem logotipo frontal Selenium impresso na calota.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma Brasileira NR
15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não responsabiliza-se pelo uso
indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 460 (18)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 150 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,0
Potência
1
Programa musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 900
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 450
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 450
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 100 e 2.000 Hz . . . 98
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 2,7
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 1,4
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,2
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 35 a 3.000
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Hz
l
%
2
m
cm3
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.005 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 56 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20,0
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,98
Diâmetro da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29,7
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00388
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 251
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 0,56
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 17,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9,5
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6,7
Mms (massa móvel). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 145,3
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165,0
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . 1,65
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 5,225
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 1,701
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,637
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,22
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 4,65
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 kHz) . . . . . . . 65,10
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . 2,097
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . 29,845
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,881
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,672
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
mW
mH
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .7,0 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .439 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 422 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 412 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pressão p/ fio nu
Polaridade. . . . . .Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 457
8x ø 7
205
ø 439
ø 200
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33
Vas (volume equivalente do falante). . . . . . . . . . . . . . . . . 328,5
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,45
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,46
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 18,03
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 2,60
Sd (área efetiva do cone). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,1194
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 447,8
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . 3,75
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . . . 13
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.640 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 200 x 24 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .7.000 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Alumínio injetado
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Cobre
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Poliimida
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8,0 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.840 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .10.380 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . .46,5 x 46,5 x 21,5 cm
ø 420
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na
saída do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
49
144
Dimensões em mm
12
Woofer
WPU1809
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
110
50 Hz
30°
240°
dB
80
180°
20
200
Hz
2k
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
300°
240°
150°
K
180°
30°
330°
30°
90
300°
-20
dB
90°
240°
0
200
150°
180°
330°
300°
-20
dB
270°
240°
120°
150°
180°
210°
330°
300°
-20
dB
270°
240°
120°
210°
150°
180°
210°
graus
ohms
45
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
300
210°
0
-6
3,15 kHz
-10
60°
400
0
-6
180°
210°
-10
60°
270° 90°
240°
150°
180°
1,25 kHz
30°
300°
120°
270°
240°
150°
330°
-20
dB
210°
2 kHz
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
0
-6
300°
120°
210°
-10
60°
270° 90°
120°
20k
B
30°
330°
-20
dB
800 Hz
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
330°
-10
60°
70
0
-6
300°
120°
210°
250 Hz
30°
330°
-20
dB
500 Hz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
150°
60
300°
-20
dB
90°
90
100 Hz
30°
330°
-10
60°
100
0
-6
Curva de Resposta Polar.
-45
100
0
-90
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
B
K
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR,
A1m
æ
ö
æ
RB
1 ö
÷
ç
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
÷
ç
÷
ç
RA
a
25 ø
ø
è
è
140
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
120
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
dB
100
80
60
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
B
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 3 dutos ø 10 cm e 28 cm de comprimento,
volume interno de 170 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 00 - 08/04
K
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm, Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
HB1805A1 HB1805B1 HB1805C1 VB1805A1 PAS1G1
PAS2G1 PAS3G1
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Subwoofer
18SW1P
Subwoofer profissional de 18” desenvolvido especialmente para atender às
exigências dos sistemas de reprodução sonora de alta potência na faixa de subgraves,
capaz de suportar 800 watts RMS com grande deslocamento linear do cone.
O conjunto móvel utiliza aranha dupla de poliéster e algodão que garante a
linearidade de excursão mesmo em temperaturas elevadas. A bobina móvel possui 100
mm (4") de diâmetro, fôrma de fibra de vidro e fio chato de alumínio.
O conjunto magnético foi projetado com software de elementos finitos,
proporcionando o máximo aproveitamento do fluxo magnético. A utilização de peça
polar estendida garante uma maior linearidade do campo magnético ao longo do
deslocamento da bobina, o que reduz significativamente a distorção.
Um sistema triplo de ventilação (furo central, seis furos na arruela inferior e seis
janelas na carcaça) garante a necessária refrigeração, de modo que os elevados
valores de potência possam ser suportados.
O cone não prensado é impregnado para oferecer grande rigidez aos elevados
esforços mecânicos existentes e elevada resistência à umidade.
A carcaça em alumínio injetado possui grande rigidez estrutural e atua como
dissipador de calor, além de não introduzir perdas no fluxo magnético.
*18SW1P-SLF: Produto sem logotipo frontal Selenium impresso na calota.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 460 (18)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 112 Hz. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,2
Potência
1
Programa musical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.600
2
RMS (NBR 10.303) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 800
3
AES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 800
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 80 e 250 Hz . . . . . . 97
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,3
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,8
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,7
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 30 a 2.500
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
1
Hz
l
%
2
m
cm3
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.020 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da
potência NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21,0
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,93
Diâmetro da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 39,7
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00372
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 275
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 0,34
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 32,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13,5
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,5
Mms (massa móvel). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 160,8
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 116,5
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 3,3
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . 11,073
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 2,549
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 0,674
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,81
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . 10,10
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 khz) . . . . . . . 99,48
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . 12,690
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . 124,087
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . 0,764
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 0,556
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
W
mH
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8
Diâmetro dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .7,0 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação . . . . . . . . . . . . . . . . . 439 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal . . . . . . . . . . . . . . . . 422 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira . . . . . . . . . . . . . . . 412 mm
Tipo do conector . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pressão p/ fio nu
Polaridade . . . . .Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 457
221
8x ø 7
ø 439
ø 220
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 232
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,44
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,46
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 11,45
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 2,47
Sd (área efetiva do cone). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,1194
Vd (volume deslocado). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.134,3
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 9,3
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 25,0
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3.440 g
Diâmetro x altura do ímã . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .220 x 24 mm
Peso do conjunto magnético . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.200 g
Material da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Alumínio injetado
Acabamento da carcaça . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Alumínio
Material da fôrma da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Fibra de vidro
Material do cone . . . . . . . . . . . . . . . Celulose fibra longa não prensada
Volume ocupado pelo falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,6 l
Peso líquido do falante . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .14.180 g
Peso total (incluindo embalagem) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15.400 g
Dimensões da embalagem (C x L x A) . . . . . . . . . . . . .48 x 48 x 24 cm
ø 420
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, com o crossover passivo recomendado, sendo a
potência calculada em função da tensão na saída do amplificador e da impedância
nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
65
144
12
Dimensões em mm
Subwoofer
18SW1P
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE, EM CAMPO
LIVRE, 1 W / 1 m
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
100
50 Hz
30°
240°
dB
70
180°
60
100
1k
Hz
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
B
300°
240°
150°
180°
0
-6
240°
150°
180°
210°
180°
210°
1,25 kHz
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
120°
210°
270°
240°
30°
300°
-20
dB
300°
-20
dB
150°
330°
-10
60°
270° 90°
120°
K
30°
330°
120°
210°
800 Hz
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
330°
-10
60°
20
0
-6
30°
300°
120°
210°
250 Hz
330°
-20
dB
500 Hz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
150°
50
30°
300°
-20
dB
90°
80
100 Hz
330°
-10
60°
90
0
-6
270°
240°
120°
150°
180°
210°
Curvas de resposta medidas com o subwoofer instalado na caixa de teste
pelo método do plano de terra em ambiente externo a 1 W / 1 m. Subtraiu-se
6 dB das curvas originais para simular a medição em câmara anecóica.
Curva de Resposta Polar.
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
200
90
150
0
100
-45
50
0
graus
ohms
45
20
200
Hz
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
2k
20k
B
-90
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
æ
æ
ö
RB
1 ö
÷
ç
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
÷
ç
a
RA
25 ø
è
ø
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
K
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR NA
CAIXA DE TESTE, EM CÂMARA ANECÓICA, A 1 m
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se, ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada, obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
140
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm e Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
120
dB
100
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
HB1805A1 HB1805B1 HB1805C1 VB1805A1 PAS1G1
PAS2G1 PAS3G1
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
80
60
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
B
K
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 3 dutos ø 15 cm e 20 cm de comprimento, volume
interno de 191 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 04 - 01/06
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Subwoofer
18SW3P
Subwoofer de alta potência para o uso profissional, especificamente projetado para
responder na faixa de freqüência de 37 a 150 Hz em caixa tipo vented box com volume de
150 a 250 litros, suportando 800 W RMS (Norma AES ou 1.600 W de potência musical
contínua) ou caixas tipo corneta.
O conjunto magnético otimizado pelo método de elementos finitos (FEA) resultou
em um conjunto de grande eficiência e baixo peso. A utilização T-yoke com arruela inferior
rebaixada assegura um deslocamento máximo (Xlim) compatível com a potência. Esta peça
também possui polo estendido que melhora a distribuição do campo magnético e a
dissipação térmica diminuindo a distorção e a compressão de potência. Neste alto-falante
foi dado atenção especial ao comportamento em condições de sobrecarga mecânica,
suportando as condições mais severas de trabalho, sem falhas.
A bobina de 4" (100 mm) em fio redondo de aluminio com 4 camadas, enrolado em
fôrma de fibra de vidro com duas vezes a espessura das fôrmas comuns, a forma tem o
objetivo de dar ao conjunto móvel grande rigidez.
O cone de papel não prensado e de fibras longas possui massa e rigidez suficientes
para suportar enormes forças de aceleração, precisamente centrado por duas aranhas
feitas de tecido de poliéster e algodão.
A carcaça em alumínio injetado possui grande rigidez estrutural e atua como
dissipador de calor, além de não introduzir perdas no fluxo magnético. Um sistema triplo de
ventilação (furo central, seis furos na arruela inferior e seis janelas na carcaça) garante a
necessária refrigeração, de modo que os elevados valores de potência possam ser
suportados.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
Vas (volume equivalente do falante) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 215
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,41
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,43
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . 11,51
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . 2,42
Sd (área efetiva do cone). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,1194
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.611,9
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . 6,75
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 21,0
Hz
l
%
m2
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.022 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 45 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da potência
NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23,4
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0.66
Diâmetro da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 48
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00345
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 320
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . . 0,4
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 25,0
Hag (altura do gap). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11,5
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5,7
Mms (massa móvel). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 175,8
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 110,0
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 3,5
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 9,636
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 4,509
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . . 2,264
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,56
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . 11,86
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 khz) . . . . . . 186,66
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . . 3,8
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 35,7
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,92
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 0,77
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
W
mH
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.440 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 220 x 24 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .9.350 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Alumínio injetado
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Aluminio
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Fibra de vidro
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . .Celulose fibra longa não prensada
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8,6 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.300 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .12.950 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . . . 48 x 48 x 25 cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .7,0 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .439 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 422 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 412 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pressão p/ fio nu
Polaridade. . . . . .Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 457
215
8x ø 7
ø 439
ø 220
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na saída
do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
ø 420
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 460 (18)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Impedância mínima @ 90 Hz. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7,2
Potência
Programa musical1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.600
2
RMS (NBR 10.303) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 800
AES3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 800
Sensibilidade (2,[email protected]) média entre 50 e 150 Hz . . . . . . 96
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,6
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,9
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 1,3
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 37 a 2.000
60
144
Dimensões em mm
12
Subwoofer
18SW3P
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE, EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
CURVAS DE RESPOSTA POLAR
30°
300°
240°
150°
70
180°
20
100
1k
Hz
300°
240°
150°
180°
0
-6
240°
150°
180°
210°
180°
210°
1,25 kHz
0
-6
330°
-10
60°
300°
-20
dB
270° 90°
120°
210°
270°
240°
30°
300°
-20
dB
300°
-20
dB
150°
330°
-10
60°
270° 90°
120°
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
30°
330°
120°
210°
800 Hz
-20
dB
90°
180°
0
-6
-10
60°
270° 90°
240°
150°
330°
-10
60°
60
0
-6
300°
120°
210°
250 Hz
30°
330°
-20
dB
500 Hz
30°
0
-6
-10
60°
270° 90°
120°
dB
30°
330°
-20
dB
90°
80
0
-6
-10
60°
90
50
100 Hz
50 Hz
100
270°
240°
120°
150°
180°
210°
Curvas de resposta medidas com o subwoofer instalado na caixa de teste
em câmara anecóica 1 W / 1 m.
Curva de Resposta Polar.
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
400
90
300
graus
ohms
45
200
0
100
-45
0
20
200
Hz
2k
20k
-90
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR NA
CAIXA DE TESTE, EM CÂMARA ANECÓICA, A 1 m
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência
RMS do alto-falante. Este headroom de 3 dB deve-se à
necessidade de acomodar os picos que caracterizam o sinal
musical.
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto.
A temperatura da bobina pode ser calculada através da equação:
æ
æ
ö
RB
1 ö
ç
÷
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
ç
÷
RA
a
25 ø
è
ø
è
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB,
respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca
uma redução na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se, ao
dobrarmos a potência elétrica aplicada, obtivermos um acréscimo
de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB esperados, podemos dizer que
houve uma compressão de potência de 1 dB.
140
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a
bobina dos alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento
não-linear que pode ser modelado através de diversos parâmetros.
Os parâmetros Krm, Kxm, Erm e Exm, por exemplo, permitem
calcular o valor da resistência e da indutância da bobina em função
da freqüência.
120
dB
100
80
60
20
200
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
20k
PROJETO(S) DE CAIXA(S) ACÚSTICA(S) SUGERIDA(S)
HB1805A1 HB1805B1 HB1805C1 VB1805A1 PAS1G1
PAS2G1 PAS3G VB18P1
Para outros projetos de caixas acústicas, consulte nosso website.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 3 dutos ø 15,2 cm e 20 cm de comprimento, volume
interno de 191 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 00 - 02/06
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
Subwoofer
18SW4000
O 18SW4000 é um subwoofer de alta potência para o uso automotivo,
especificamente projetado para responder na faixa de freqüência de 50 a 160 Hz em caixa
tipo vented box com volume reduzido, suportando 2000 W RMS (Norma NBR ou 4000 W de
potência musical contínua) ou caixas tipo corneta.
O conjunto magnético otimizado pelo método de elementos finitos (FEA) resultou
em um conjunto de grande eficiência e baixo peso. A utilização T-yoke com arruela inferior
rebaixada assegura um grande deslocamento máximo (Xlim) compatível com a potência.
Esta peça também possui polo estendido que melhora a distribuição do campo magnético e
a dissipação térmica diminuindo a distorção e a compressão de potência. Neste alto-falante
foi dado atenção especial ao comportamento em condições de sobrecarga mecânica,
suportando as condições mais severas de trabalho, sem falhas.
A bobina de 4" (100 mm) em fio redondo de aluminio com 4 camadas, enrolado em
fôrma de fibra de vidro com duas vezes a espessura das fôrmas comuns, a forma tem o
objetivo de dar ao conjunto móvel grande rigidez.
O cone de papel prensado, pintado e de fibras longas possui massa e rigidez
suficientes para suportar enormes forças de aceleração, precisamente centrado por duas
aranhas feitas de tecido de poliéster e algodão.
A carcaça em alumínio injetado possui grande rigidez estrutural e atua como
dissipador de calor, além de não introduzir perdas no fluxo magnético. Um sistema triplo de
ventilação (furo central, seis furos na arruela inferior e seis janelas na carcaça) garante a
necessária refrigeração, de modo que os elevados valores de potência possam ser
suportados.
A exposição a níveis de ruído além dos limites de tolerância especificados pela Norma
Brasileira NR 15 - Anexo 1*, pode causar perdas ou danos auditivos. A Selenium não se
responsabiliza pelo uso indevido de seus produtos. (*Portaria 3214 / 78).
mm (in)
W
W
W
W
W
dB SPL
dB
dB
dB
Hz
Hz
PARÂMETROS DE THIELE-SMALL
Fs (freqüência de ressonância) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42
Vas (volume equivalente do falante). . . . . . . . . . . . . . . . . 160,0
Qts (fator de qualidade total). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,5
Qes (fator de qualidade elétrico). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,6
Qms (fator de qualidade mecânico) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16,3
h
o (eficiência de referência em meio espaço) . . . . . . . . . . . 2,2
Sd (área efetiva do cone). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,1194
Vd (volume deslocado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 835
Xmáx (deslocamento máx. (pico) c/ 10% distorção) . . . . . . 7,0
Xlim (deslocamento máx. (pico) antes do dano) . . . . . . . . 19,5
Hz
l
%
m2
3
cm
mm
mm
Condições atmosféricas no local de medição dos parâmetros TS:
Temperatura . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24 °C
Pressão atmosférica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.010 mb
Umidade relativa do ar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 44 %
Parâmetros de Thiele-Small medidos após amaciamento de 2 horas com metade da potência
NBR.
É admitida uma tolerância de ± 15% nos valores especificados.
PARÂMETROS ADICIONAIS
b
L . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17,0
Densidade de fluxo no gap . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 0,8
Diâmetro da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100
Comprimento do fio da bobina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55,0
Coeficiente de temperatura do fio (a
2
5
) . . . . . . . . . . . . 0,00345
Temperatura máxima da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300
q
vc (temperatura máx. da bobina/potência máx.) . . . . . . . 0,15
Hvc (altura do enrolamento da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 26,0
Hag (altura do gap) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12,5
Re (resistência da bobina). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3,7
Mms (massa móvel). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 176,0
Cms (compliância mecânica) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60,0
Rms (resistência mecânica da suspensão) . . . . . . . . . . . . . 3,3
PARÂMETROS NÃO-LINEARES
Le @ Fs (indutância da bobina na ressonância) . . . . . . . . . 4,554
Le @ 1 kHz (indutância da bobina em 1 kHz) . . . . . . . . . . . 1,939
Le @ 20 kHz (indutância da bobina em 20 kHz) . . . . . . . . 0,8137
Red @ Fs (resistência de perdas na ressonância) . . . . . . . . 0,48
Red @ 1 kHz (resistência de perdas em 1 kHz) . . . . . . . . . . 6,38
Red @ 20 kHz (resistência de perdas em 20 khz) . . . . . . . . 89,0
Krm (coeficiente da resistência de perdas) . . . . . . . . . . . . . . . 2,9
Kxm (coeficiente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . 24,5
Erm (expoente da resistência de perdas da bobina) . . . . . . . 0,88
Exm (expoente da indutância da bobina) . . . . . . . . . . . . . . . 0,71
Tm
T
mm
m
1/°C
°C
°C/W
mm
mm
W
g
m
m/N
kg/s
mH
mH
mH
W
W
W
W
mH
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Material do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Ferrite de bário
Peso do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.440 g
Diâmetro x altura do ímã. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 220 x 24 mm
Peso do conjunto magnético. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .12.100 g
Material da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Alumínio injetado
Acabamento da carcaça. . . . . . . . . . . . . . . . . . Pintura epoxi, cor preta
Material do fio da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Aluminio
Material da fôrma da bobina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Fibra de vidro
Material do cone. . . . . . . . . . . . . . . .Celulose fibra longa não prensada
Volume ocupado pelo falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .9,0 l
Peso líquido do falante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.760 g
Peso total (incluindo embalagem). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .15.360 g
Dimensões da embalagem (C x L x A). . . . . . . . . . . . . .48 x 48 x 25 cm
INFORMAÇÕES PARA MONTAGEM
Número de furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
Diâmetro dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .7,0 mm
Diâmetro do círculo dos furos de fixação. . . . . . . . . . . . . . . . . .439 mm
Diâmetro do corte para montagem frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . 422 mm
Diâmetro do corte para montagem traseira. . . . . . . . . . . . . . . . 412 mm
Tipo do conector. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .Pressão p/ fio nu
Polaridade. . . . . .Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente
Distância mín. entre parede da caixa e a traseira do falante. . . .75 mm
ø 457
218
8x ø 7
ø 439
ø 220
1
Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica
máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na saída
do amplificador e da impedância nominal do transdutor.
2
Norma Brasileira NBR 10.303, com a aplicação de ruído rosa durante 2 horas
ininterruptas.
3
Norma AES (60 - 600 Hz).
ø 420
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Diâmetro nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 460 (18)
Impedância nominal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4
Impedância mínima @ 88,6 Hz . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4,5
Potência
Programa musical1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.000
RMS (NBR 10.303)2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.000
AES3 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.000
Sensibilidade ([email protected]) média entre 50 e 150 Hz . . . . . . . . 95
Compressão de potência @ 0 dB (pot. nom.) . . . . . . . . . . . 3,2
Compressão de potência @ -3 dB (pot. nom.)/2 . . . . . . . . . 2,6
Compressão de potência @ -10 dB (pot. nom.)/10 . . . . . . . 0,9
Resposta de freqüência @ -10 dB . . . . . . . . . . . . . . 50 a 2.000
Freqüência de corte mínimo recomendada HPF (12dB/oit) . 50
60
144
Dimensões em mm
12
Subwoofer
18SW4000
CURVAS DE RESPOSTA (0° e 45°) NA CAIXA DE TESTE, EM CÂMARA
ANECÓICA, 1 W / 1 m
CURVA DE RESPOSTA SIMULADA EM SOFTWARE
dB 9
95
6
90
Ref Eff 0
dB
100
85
-6
80
-12
75
-18
70
-24
65
-30
60
-36
55
5
10
50
102
Hz
103
Curva de Resposta em Closed Box 100l.
CAIXAS ACÚSTICAS SUGERIDAS
Curvas de resposta medidas com o subwoofer instalado na caixa de teste
em câmara anecóica 1 W / 1 m.
CURVAS DE IMPEDÂNCIA E FASE AO AR LIVRE
Volume Interno
(litros)
Volume Interno
(litros)
XX
130
100
18SW4000
110
100
100
75
90
80
50
70
25
Diâm. x Comp. (cm)
3
3
10 x 4
10 x 7
CAIXA RETANGULAR
D
B
B
0
50
Duto (s)
Qtde
INSTRUÇÕES PARA CÁLCULO DO VOLUME (INTERNO) DE CAIXA ACÚSTICA
CAIXA TRAPÉZIO RETÂNGULO
graus
60
VENTED BOX
CLOSED BOX
MODELOS
Ohms
500 Hz
Curva de Resposta em Closed box 130l.
104
Curva de Resposta a 0°.
Curva de Resposta a 45°.
-25
40
A
-50
30
20
-75
10
0
100
50
-100
50
100
200
500
Curva de Impedância ao ar livre.
Curva de Fase ao ar livre.
1k
2k
5k
10k
A
C
C
Volume interno=
(
AxBx C+D
2
1000
(
Volume interno=
AxBxC
1000
As dimensões A, B C e D são internas (em cm) e o resultado da
fórmula do volume interno é dado em litros.
Hz
CURVAS DE DISTORÇÃO HARMÔNICA A 10% DA POTÊNCIA NBR NA
CAIXA DE TESTE, EM CÂMARA ANECÓICA, A 1 m
140
Os volumes sugeridos de caixas referem-se a um único alto-falante,
já incluso o volume ocupado pelo mesmo e pelo(s) duto(s).
Para caixas com mais de um alto-falante, deve-se multiplicar o
volume sugerido e duto(s) pela quantidade de alto-falantes e
construí-las com câmaras separadas (divisória interna).
Os volumes sugeridos de caixas consideram o reforço de graves
introduzido pelo interior do veículo, com o porta-malas fechado.
130
120
COMO ESCOLHER O AMPLIFICADOR
O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência RMS do altofalante. Este headroom de 3 dB deve-se à necessidade de acomodar os picos
que caracterizam o sinal musical.
dB
110
100
CALCULANDO A TEMPERATURA DA BOBINA
Evitar que a temperatura da bobina ultrapasse seu valor máximo é
extremamente importante para a durabilidade do produto. A temperatura da
bobina pode ser calculada através da equação:
90
80
æ
ö
æ
RB
1 ö
÷
ç
÷
ç
TB =
TA +
1÷
TA 25 +
ç
÷
ç
a
RA
25 ø
ø
è
è
70
60
50
100
200
500
1k
2k
5k
10k
Hz
Curva de Resposta.
Curva de Distorção, 2ª harmônica.
Curva de Distorção, 3ª harmônica.
CAIXA DE TESTE UTILIZADA
Caixa bass reflex c/ 3 dutos ø 15,2 cm e 20 cm de comprimento, volume
interno de 191 litros.
Devido aos avanços tecnológicos, reservamo-nos
o direito de inserir modificações sem prévio aviso.
Cód.: N/A
Rev.: 02 - 05/11
TA , TB= temperaturas da bobina em °C.
RA , RB= resistência da bobina nas temperaturas TA e TB, respectivamente.
a
= coeficiente de temperatura do condutor, a 25 °C.
2
5
COMPRESSÃO DE POTÊNCIA
A elevação da resistência da bobina com a temperatura provoca uma redução
na eficiência do alto-falante. Por esse motivo, se, ao dobrarmos a potência
elétrica aplicada, obtivermos um acréscimo de 2 dB no SPL ao invés dos 3 dB
esperados, podemos dizer que houve uma compressão de potência de 1 dB.
COMPONENTES NÃO-LINEARES DA BOBINA
Devido ao acoplamento com a ferragem do conjunto magnético, a bobina dos
alto-falantes eletrodinâmicos exibe um comportamento não-linear que pode
ser modelado através de diversos parâmetros. Os parâmetros Krm, Kxm, Erm
e Exm, por exemplo, permitem calcular o valor da resistência e da indutância
da bobina em função da freqüência.
www.jblselenium.com.br
www.harmandobrasil.com.br
REPAROS
ORIGINAIS
A correta manutenção dos componentes JBL Selenium
garantem a fidelidade na reprodução das freqüências e a
performance desejada em qualquer aplicação sonora. Desta
forma, recomendamos a substituição dos reparos danificados
(devido à queima ou fadiga por tempo de uso) por reparos
originais. Os reparos originais são montados com os mesmos
materiais e controles de produção do produto JBL Selenium.
Utilizando reparos originais você estará preservando as
características originais do produto.
REPAROS
Tiragem 001 / xxx unidades / Fevereiro - 2012
Harman do Brasil
BR-386, Km 435 - Nova Santa Rita/RS - Brasil
CEP: 92480-000 - Tel.: 51 3479 4000
www.harmandobrasil.com.br

Documentos relacionados

WOOFER 10PW7 REV.00-10

WOOFER 10PW7 REV.00-10 Especificações para uso de programa musical e de voz, permitindo distorção harmônica máxima no amplificador de 5%, sendo a potência calculada em função da tensão na saída do amplificador e da imped...

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas Diâmetro do corte para montagem frontal . . . . . . . . . . . . . . . 352 mm Diâmetro do corte para montagem traseira . . . . . . . . . . . . . . 348 mm Tipo do conector . . . . . . . . . . . . . ....

Leia mais

WPU1805 / WPU1805-SLF*

WPU1805 / WPU1805-SLF* Tipo do conector . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . P ressão p/ fio nu Polaridade . . . . . . . . . . . . Tensão + no borne vermelho: deslocamento p/ frente Dis...

Leia mais

15SW5P - Rev.00-01-12 Port..cdr

15SW5P - Rev.00-01-12 Port..cdr O amplificador dever ser capaz de fornecer o dobro da potência RMS do altofalante. Este headroom de 3 dB deve-se à necessidade de acomodar os picos que

Leia mais

super tweeter

super tweeter beu o troféu bronz nze, em 1999, pr prat ata e, em m 20 2000, oqu qualidade e performance permite a competição/concorrênciaal alto-f -fal alante te p trof oféu éu o our uro. Em 2006 06 a Selenium c...

Leia mais