Suplemento - Livraria Castro e Silva

Сomentários

Transcrição

Suplemento - Livraria Castro e Silva
LIVRARIA CASTRO E SILVA
LIVROS ANTIGOS – RARE BOOKS
Rua do Norte, 44 • 1200-286 Lisboa • PORTUGAL
Telefone +351 213 467 380 • Telemóvel +351 967 201 362
CATÁLOGO 141 – Fevereiro de 2013
http://www.castroesilva.com/ • [email protected]
Este documento permite visualizar imagens de cada obra do catálogo, clicando sobre o título da mesma.
This document allows visualizing images from each of the works present in the catalogue by clicking on the title
1.
ALMENO, Frei José do Coração de Jesus. OS QUATRO PRIMEIROS LIVROS DA METAMORPHOSE DE P.
OVIDIO NASAÕ POETA ROMANO. TRADUZIDOS EM VERSO SOLTO PORTUGUEZ. POR ALMENO. LISBOA: NA
TYPOGRAFIA LACERDINA. ANNO 1805. Junto com:POESIAS DE ALMENO PUBLICADAS POR ELPINO
DURIENSE. LISBOA: NA TYPOGRAFIA LACERDINA. ANNO 1815. Obra em 2 volumes. In 12º (de 13,5x7,5 cm) com
xxii-223 e 229-(vi) pags. Encadernações da época inteiras de pele. Inocêncio IV, 293: “Fr. José do Coração de Jesus,
Missionário apostólico do Seminário de Brancanes em Setúbal. Era natural de Lisboa, e morreu na mesma cidade, pouco
avançado em anos, em casa do seu amigo Ascenso de Sequeira Freire, em 1795. Foi sepultado no extinto convento de Santa
Maria de Xabregas. As suas obras só vieram a publicar-se póstumas ao fim de alguns anos, por diligência de outro seu intimo
amigo, e grande admirador, o doutor Antonio Ribeiro dos Santos [Elpino Duriense]. Saíram com o título seguinte: 2996)
Poesias de Almeno, publicadas por Elpino Duriense. Tomo I. Esta declaração acha-se no anterrosto, a que segue o frontispício,
e neste se lê: Os quatro primeiros livros da Metamorphose de P. Ovidio Nasão, poeta romano. Traduzidos em verso solto
portuguez por Almeno. Lisboa, na Typ. Lacerdina 1805. 12.º de XXII-224 pag. – Tem á frente uma Noticia sobre Almeno etc.
pelo editor, a qual é tida por modelo no estilo. Aí transluz o sentimento da amizade que os unira, expressado em encómios
desmedidos, e por ventura exagerados: mas é tão pouco explicita no que diz respeito à vida e feitos do elogiado, que nem dela
constam ao menos as datas do seu nascimento e óbito! 2997) Poesias de Almeno, publicadas por Elpino Duriense. Tomo II.
Ibi, na mesma Typ. 1815.12.º de 229 pag. e mais 6 inumeradas, que compreendem o índice. Contém este volume 80 odes
horacianas, e mais 7 sobre assuntos sagrados, 23 sonetos, um epitalâmio, uma fábula, quadras, cantigas, etc. terminando por
uma ode do doutor José da Silva Xavier, poeta setubalense (do qual não achei até hoje mais noticia) dirigida a Ribeiro dos
Santos, sobre a morte de Almeno. Diz Ribeiro dos Santos, que em seu poder paravam numerosos escritos em prosa do mesmo
Almeno, os quais determinava publicar igualmente, com mais amplas informações acerca da vida do seu amigo: porém a morte
o assaltou antes de realizar tal determinação. Por falta de oportunidade não verifiquei ainda, se esses escritos existem hoje na
Bibl. Nacional, para onde provavelmente deveriam passar com os outros de que Ribeiro fez doação aquele estabelecimento.
Nas Obras poéticas da Marquesa de Alorna impressas em 1844 vêm incluídas algumas odes e outros versos de Almeno, que
me parece escaparam a ser coligidos na edição das poesias deste: Fr. José do Coração de Jesus gozou entre os seus
contemporâneos de notável celebridade; e alguns dos nossos críticos poetas, cujo voto parece de grande peso, ao falarem dele e
dos seus versos não pouparam elogios, e frases significativas do mais avantajado conceito. Destes o mais antigo em data é
Antonio Ribeiro dos Santos, que na já citada notícia diz entre muitas coisas o seguinte: «Foi Almeno um feliz discípulo da
natureza e da arte; que certo ambas de mãos dadas conspiraram para o formar um poeta de génio e de doutrina. E em verdade,
as suas composições denunciam um poeta de singular talento, de sabedoria e de gosto; rico de seu próprio cabedal, e do que
houve de gregos e romanos, e dos melhores de nossa Lusitânia. Fácil, natural e engraçado como Anacreonte, quando cantava
os desenfados da vida, e os prazeres da amizade: urbano e sentencioso como Horácio, quando entre os deleites poéticos
envolvia as instruções da razão e da moral; nobre e sublime como Píndaro, se exaltava nos seus versos o merecimento, as
virtudes e a sabedoria do homem: assim que todos os seus poemas eram peças de muita preciosidade e valia, como escritos
com grão discernimento, e asselados pela mão das musas»'.
€200
2.
BARROS, Alonso de. PERLA DE LOS PROVERBIOS MORALES DE ALONSO DE BARROS, CRIADO del Rey
nuestro señor. Año 1617. IMPRESSOS EM LISBOA, Por Iorge Rodriguez. In 12.º de 13,5x9 cm. com [xii], 54, [ii] fólios.
Encadernação recente imitação de inteira de pergaminho. Exemplar com assinatura de posse coeva rasurada na folha de rosto.
O penúltimo fólio (não numerado) contém uma bela marca do impressor e o último é em banco. Azevedo Samodães, 327. “As
xii folhas preliminares compreendem: «Frontispício». «Licenças». «Aprouaçam». Seis quadras de «Lope de Veja Carpio Al
Autor». «Elogio em Alabanza de los Proverbios por Hermano de Soto». «Prologo de Mateo Aleman al letor» e dedicatória a
«Don Garcia Loaysa». Edição muito rara.” Palau 1990. I, 181. O autor foi natural de Segovia. Primeira edição com o título
Perla. No ano de 1598, saiu em Madrid, a obra com o título Proverbios Morales.
€900
3.
BREVE PAPAL – PAPA INOCÊNCIO XIII – 1862. Confraria da Capela de Nossa Senhora da Saúde. Mouraria. Lisboa.
1862. Em 1 fólio duplo (de 32x21 cm). Ilustrado com registo da imagem de N. S. da Saúde. Impresso dentro de quadrilongos
tipográficos decorativos. Contém transcrição dos Breves Papais anteriores até ao ano de 1692, contendo celebrações,
calendários e rituais, e acrescenta (em minuta) as indulgências mencionadas a favor de um membro da Confraria: “E quanto a
vós Exma. Sra. Condessa de Torre (s) [?], vos assentaste por Irmão desta Irmandade no livro deles a folhas 64, gozais das
graças, e Indulgência sobreditas, se vos passa o presente, para delas teres notícia, assinado pelo Secretário da Mesa em 3 de
Fevereiro de 1862”.
€120
4.
BURIO, Guilherme. ROMANORUM PONTIFICUM BREVIS NOTITIA. Ritus Ecclesiasticos a singulis institutos
praecipue declarans. ONOMASTICON Vocum obscuriorum, quae in Missali, Breviario, Martyrologio Romano, & hac Noticia
continentur. AUCTORE GULIELMO BURIO Bruxellensi, Eccles. Metrop. Mechlin. Canonico Zellariensi. PATAVII,
MDCCLXI. [Pádua, 1761]. Ex Typographia Seminarii. Apud Joannem Manfrè. In 8º (de15x9 cm) com [xxii], 610, [xxii] pags.
Encadernação da época inteira de pele com ferros a ouro. Ilustrado com gravura em anterrosto. Exemplar com trabalhos de
traça sem afectar a mancha gráfica e leves manchas de humidade. A obra resume os editais e os breves papais mais relevantes
dos principais pontificados, contendo notícias sobre os ritos e as instituições católicas; uma série cronológica e alfabética dos
Papas e dos seus pontificados; e esclarecimentos sobre expessões hebráicas, toponímicas, e onomásticas pouco claras no
Breviário e no Martirológio Romano.
€120
5.
CAMÕES, Luís de. OS LUSIADAS. Poema épico em dez cantos. Por… acompanhado da versão franceza do mesmo poema
por Fernando de Azevedo. Precedido de um prologo por M. Pinheiro Chagas sócio effectivo da Academia Real das Sciencias.
Desenhos de Soares dos Reis – Gravuras de J. Pedroso. Imprensa Nacional. Lisboa. 1878. In fólio (de 37x29 cm) com
xxxii-337 pags. Encadernação da época de pele (marroquin verde) com finos ferros a ouro na lombada, e ainda nas esquadrias,
filetes e conchas das pastas. Guardas interiores em tecido de damasco verde. Profusamente ilustrado em extra texto com
gravuras abertas em chapa de cobre por Pedroso a partir de desenhos do pintor Soares dos Reis. Exemplar apresenta-se com
dano na coifa superior da lombada; capa anterior da encadernação solta; e com alguns picos de humidade.
€200
6.
CAMPOS, Manoel de Jesus. IMPRESSÕES VÁRIAS. Subsidios para a história do 19 de Outubro de 1921. [Por]…
Alferes de Infantaria. Desenhos de Varela Aldemira. [Composto e impresso na Tipografia do Comercio]. Livraria Portugal.
Lisboa. 1923. De 18x13 cm. Com 142 pags. Encadernação do editor em tecido de seda com a pasta anterior ilustrada
manualmente (assinada J. F. e reproduzindo o mesmo desenho da capa de brochura). Exemplar com dedicatória na folha de
anterrosto dirigida ao “Venerando Chefe de Estado” António José de Almeida. O acontecimento do 19 de Outubro de 1921 é
também conhecido como a “Noite Sangrenta”, designação pela qual ficou conhecida a revolta radical que ocorreu em Lisboa
nessa data, no decurso da qual foram assassinados, entre outros, António Granjo, então presidente do Ministério; Machado
Santos e José Carlos da Maia - históricos da Proclamação da República Portuguesa; e ainda o comandante Freitas da Silva,
secretário do Ministro da Marinha, e o coronel Botelho de Vasconcelos, antigo apoiante de Sidónio Pais.
€200
7.
CANE, Florance du. THE FLOWERS & GARDENS OF MADEIRA. With sixteen full-page illustrations in colour by Ella
du Cane. A. & C Black, Ltd. London. 1926. De 21x13 cm. Com ix-150 pags. Encadernação do editor. Ilustrado com 16 belas
gravuras coloridas, por Ella du Cane, intercaladas em extra texto. Exemplar preserva sobrecapa decorativa e de protecção; e
carimbo comercial na folha de guarda anterior. Obra com a descrição e a ilustração dos jardins do Funchal, Palheiro, Camacha;
e outras gravuras representativas das flores das encostas e das montanhas da Ilha da Madeira.
€150
8.
CATÁLOGO GERAL DA PRIMEIRA EXPOSIÇÃO DE «EX-LIBRIS» EM PORTUGAL. Efectuada na Imprensa
Nacional de Lisboa de 4 a 31 de Outubro de 1927. Imprensa Nacional de Lisboa. Lisboa. 1930. De 33x24 cm. Com 239 pags.
Encadernação com lombada em pele. Capas de brochura preservadas. Profusamente ilustrado no texto com reproduções de
ex-libris. Exemplar de uma tiragem geral de 500 exemplares; e com ex-libris armoriado do Conde de Bobone.
€300
9.
CÉRTIMA, António de. EPOPEIA MALDITA. O drama da guerra d’África: que foi visto, sofrido e meditado pelo
combatente… Portugal-Brasil Depositária. Lisboa. M. CM. XXIV [1924]. De 26x18 cm. Com 276-(vii) pags. Encadernação da
época com lombada em pele. Ilustrado com um mapa da zona de operações do Niassa; e fotogravuras no texto e em extra-texto
sobre papel couché fino. Exemplar com assinatura de posse sobre a folha de rosto e sublinhados a lápis.
€120
10. CHAGAS (Franco) e João Soares. QUADROS DA HISTÓRIA DE PORTUGAL. Coordenados por... e... Ilustrações de
Roque Gameiro e Alberto de Sousa. Prosa original de Chagas Franco. Edição da Papelaria Guedes. Lisboa. 1917. De 36x45
cm. Com [vi]-138-[vi] pags. Encadernação editorial. Obra profusamente ilustrada e impressa sobre papel couché. Exemplar
com folha de guarda editorial especialmente impressa: 'Exemplar de Sua Excelência o Senhor Presidente da República Doutor
António José de Almeida'; e dedicatória de Franco Chagas dirigida ao mesmo enquanto 'glória e símbolo da Pátria e da
República'.
€300
11. CHAGAS, Fr. António das. ESCOLA DE PENITENCIA, E FLAGELLO DE VICIOSOS COSTVMES, Que consta de
Sermoens Apostolicos DO MUYTO VENERAVEL PADRE FREY ANTONIO DAS CHAGAS, FRADE MENOR DA
REGULAR OBSERVANCIA de Nosso Padre Saõ Francisco; Filho da Santa Provincia dos Algarves; celeberrimo Prégador,
Missionario Apostolico, & Instituidor do Seminario de S. Antonio de Varatojo, de Missinarios Apostolicos. Tirados a luz POR
Fr. MANOEL DA CONCEYÇAM, Indigno Filho da mesma Santa Provincia, & Missionario no dito Seminario. I. PARTE.
[única publicada]. OFFERECIDO AO MUYTO ALTO, E PODEROSO REY, & Senhor Nosso. D. PEDRO II. LISBOA. Na
Officina de MIGUEL DESLANDES, & à sua custa Impresso. Anno 1687. In 8º (de 21x15 cm) com [xiv], 516 pags.
Encadernação da época em pergaminho flexível com título manuscrito na lombada e vestígios de atilhos na dianteiras das
pastas. 1ª edição desta obra clássica da literatura portuguesa; impressa a duas colunas sobre papel de linho muito fino e alvo.
Inocêncio I, 110 e VII, 115: Fr. Antonio das Chagas (2.º), chamado no século Antonio da Fonseca Soares, seguiu
primeiramente a vida militar, chegando ao posto de Capitão. Depois renunciando o mundo e suas pompas, professou a regra de
S. Francisco no convento de Évora, em 1663 quando contava quase 32 anos de idade. Foi Missionário Apostólico, e instituidor
do seminário do Varatojo no convento que aí fundara el-rei D. Afonso V, e de que ele e seus companheiros tomaram posse em
1680. Nasceu na vila da Vidigueira, no Alentejo, em 1631, e depois de rejeitar a mitra de Lamego que lhe fora oferecida,
morreu com fama de grande santidade no referido seminário do Varatojo em 1682, com pouco mais de 51 anos. Escola de
Penitencia, e flagello de viciosos costumes, que consta de Sermões apostolicos etc. tirados á luz por Fr. Manuel da Conceição,
Missionario do Varatojo. Lisboa, por Miguel Deslandes 1687. 4.º de XIV 516 pag. A segunda edição da Escola de Penitencia é
de Lisboa, por Miguel Rodrigues, 1738. 4.o; devendo por isso contar se como terceira a de 1763. Ainda que estes sermões
saíssem póstumos, e não recebessem da mão do autor a última lima, contudo pela alteza dos assuntos, pela solidez e força do
raciocínio, e até pela cultura da dicção, gravidade do estilo, e pureza da frase não são menos recomendáveis que as outras obras
do respeitável missionário. O sermão preludial e exortatório, que vem no princípio, é todo do editor Padre Conceição, que de si
confessa haver acrescentado nos outros muitos lugares e muitas autoridades”. Pinto de Matos 173. Ameal 588. Samodães 1,
720. Monteverde 1586. Cunha, X. Impr. deslandesianas 720. Santos, M. Bibliogr. geral 1, 2777. Nepomuceno 463. Avila Perez
1695. Arouca C 380. Marinha. Impr. séc. XVII 173.
€400
12. CÍCERO, Marco Túlio. SELECTA M. TULLII CICERONIS OPERA PHILOSOPHICA, Numeris & Captibus ad usum
scholarum distincta, notisque illustrata, In quibus continentur: De Officis Libri três. De Senectuite & de Amicitia Dialogi.
Paradoxa ad M. Brutum. Somnium Scipionis. Tusculanarum Quaestionum Liber I. & V. Juxta accuratissimam D. Lallemand
Emeriti Rhetoricae Professoris editionem. CONIMBRICAE, Typis Academicis. 1812. In 8º (de 15x10 cm) com 508 pags.
Encadernação da época inteira de pele. Exemplar com vários títulos de posse manuscritos sobre a folha de rosto (António [e
Francisco] Duarte da Silva Pinto). Selecção de obras filosóficas de Marco Túlio Cícero (106 - 43 a.C.) filósofo, orador,
escritor, advogado e político romano.
€120
13. COLECÇÃO DE TEXTOS DE DIREITO PORTUGUÊS: FORAES. Volume I [e único publicado]. Faculdade de Direito
da Universidade de Coimbra. Imprensa da Universidade. Coimbra. 1914. De 25x17 cm. Com 184 pags. Encadernação da época
com lombada em pele. Exemplar com títulos de posse na capa anterior de brochura e na folha de rosto; sublinhados e
anotações coevas a tinta no texto; e lombada com coifas danificadas. Obra com a transcrição diplomática de cerca de 50 cartas
de foral afonsinas (séc. XII).
€120
14. COLLECÇAÕ DA LEGISLAÇÃO ANTIGA E MODERNA DO REINO DE PORTUGAL. PARTE II. DA
LEGISLAÇÃO MODERNA. COLLECÇAÕ CHRONOLOGICA DE LEIS EXTRAVAGANTES, POSTERIORES,
PUBLICADAS EM 1603. Desde este anno até o de 1761 conforme às Collecções, que daquelas se fizerão e inserirão na edição
Vicentina destas do anno de 1747, e seu Appendix do de 1760. Às quaes accrescêrão nesta edição as compiladas por F. da C.
França em suas Addições e Appendix. Recenseadas todas, accuradamente revistas e frequentemente emendadas de muitos
erros e faltas daquellas e outras edições, por J. I de F. [Livros, Alvarás, etc.] TOMO I: Que comprende os Reinados de Filippe
II e III, e do Senhor D. João IV. TOMO II: Que comprende os Reinados dos Senhores D. Afonso VI, D. Pedro II, e D. João V.
TOMO III: Que comprende o Reinado do Senhor D. José I até o ano de 1756 inclusivamente. TOMO: IV: Que comprende o
Reinado do Senhor D. José I desde o ano de de 1761 inclusivamente. TOMO I: de Decretos e Cartas, Etc. COIMBRA, NA
REAL IMPRENSA DA UNIVERSIDADE. 1819. Por Resolução de S. Magestade de 2 de Setembro de 1786. 5 (de 6)
volumes. De 22x16 cm. Com 631, 568, 582, 432, e 378 pags. Encadernações da época em pastas de papel decorativo e
lombadas em pele com finos ferros a ouro. Exemplar com ex-libris oleográficos sobre as folhas de rosto; e com a falta do
último tomo de Decretos e Cartas. Inocêncio VI, 328: 'Collecção chronologica de leis extravagantes, posteriores á nova
compilação das Ordenações do Reino publicadas em 1603, desde esse anno até o de 1761. Coimbra, 1819. 4.º 6 tomos'. €200
15. CORTESÃO, Armando, e Avelino Teixeira da Mota. PORTVGALIAE MONVMENTA CARTOGRAPHICA.
Reprodução fac-similada da edição de 1960. Imprensa Nacional – Casa da Moeda. Lisboa.1987 6 volumes (de 37x27 cm) + 1
volume (de 38x60 cm) contendo fac-similes de mapas. Encadernações do editor. Ilustrado com mais de 625 estampas em
extra-texto a cores e a p/b distribuídas ao longo da obra. Obra monumental profusamente ilustrada sobre os Descobrimentos
Portugueses com a compilação de todos os mapas portulanos conhecidos, acrescentando-se nesta edição um último volume de
índices e de actualizações.
€500
16. COSTA, Afonso. ESTUDOS DE ECONOMIA NACIONAL. I. O problema da emigração. Dissertação de concurso à
cadeira de Economia Política na Escola Polythecnica de Lisboa. Edição do autor. Imprensa Nacional. Lisboa. Lisboa. 1911. De
24x17 cm. Com 188 pags. Brochado. Exemplar por abrir e aparar (apenas com vestígios exteriores de picos de humidade nas
capas de brochura) e com a dedicatória do autor dirigida ao seu amigo, e colega, o Ministro do Interior António José de
Almeida.
€120
17. CRUZ E SILVA, António Diniz da. O HYSSOPE, POEMA HEROI-COMICO [coleção] De Antonio DINIZ da Cruz e
Sylva. EM Londres [aliás, Paris].No Anno de 1802. [S/I.] In 12.° (de 15,5x9 cm) com iv, 115 pags. Encadernação da época
inteira de pele, com pequenas falhas na lombada, e as folhas de guardas em papel decorativo com motivos vegetalistas. Junto
com: IDEM; DE… LISBOA, NA TYPOGRAFIA ROLLANDIANA. 1808. In 8º pq. (de 17x11 cm) com 128 pags.
Encadernação ao gosto da época inteira de pele com finos ferros a ouro na lombada. Exemplar com resumo bibliográfico e
cronológico das edições manuscrito pela mão do Prof. Dr. Cortez Pinto: 'Esta edição de 1808, a 2ª que se fez, foi feita durante a
Estada dos Franceses em Portugal, sendo os exemplares desta obra recolhidos logo que eles [franceses] foram expulsos'. Junto
com: IBIDEM; Nova edição correcta, com variantes, Prefacio, e Notas. PARÎS. Na officina de A. BOBÉE. 1817. In 12º
(de 17x11 cm) com xxxiii-(1)-137-(1) pags. Encadernação da época com cantos; coifas e charneiras da lombada reparados.
Ilustrado com gravura. Exemplar com acidulação. Junto com: IBIDEM; Nova edição revista, correcta e ampliada de
Notas. PARIZ, NA OFFICINA DE P. N. ROUGERON. 1821. In 12º (de 17x11 cm) com xxviii-198-(i) pags. Encadernação
ao gosto da época com pastas em papel decorativo e lombada em pele com ferros a ouro. Ilustrado com gravura no ante-rosto.
3ª edição de Paris. Conjunto das primeiras 4 edições de uma das mais significativas obras da literatura portuguesa, proibida em
Portugal e sujeita a severas punições, em diversos períodos da nossa história. A licença para publicação em Portugal, terá sido
recusada, por isso foi impressa em Paris, com indicação falsa de Londres (prefácio da 3.º edição, Paris 1817). Esta edição 1802
foi proibida de circular em Portugal por um decreto de 18 de abril de 1803, emitido por Pina Manique, Chefe de Polícia, em
Lisboa, sob a autoridade do ministro D. Rodrigo de Sousa Coutinho; sob pena de quem se encontrasse em sua posse e não a
entregasse ser condenado a um exílio de 10 anos na África. A segunda edição também rara foi publicada em Lisboa no ano de
1808. A cidade encontrava-se então sob o domínio do exército napoleónico, sendo também proibida a sua venda ou circulação
em Setembro de 1808, logo após a expulsão dos franceses. A terceira e quarta edição foram impressas em Paris, 1817 e 1821.
Martins de Carvalho enumera 24 edições até ao início do século XX (1921). Cruz e Silva inspirou o seu poema na disputa entre
o bispo de Elvas, D. Lourenço de Lencastre, e o deão D. José Carlos de Lara, que ele testemunhou pessoalmente, quando
residio em Elvas de 1764 a 1774. Como Bell descreve, Cruz e Silva 'foi chamado para ler a sua sátira ao Marquês de Pombal,
na presença do bispo de Elvas D. Lourenço de Lencastre que ficou furioso... o poema foi demais para a gravidade do ministro,
que o nomeou juiz no Rio de Janeiro (1776) '(pp. Português Literatura 273-4). O Hyssope mais tarde foi uma fonte de
inspiração para o famoso escritor burlesco Francisco de Mello Franco, no seu poema Reino da Estupidez. Martins de Carvalho
refere (p. 7) que muitos contemporâneos consideraram O Hyssope 'muito superior' a Pope, no seu Rape of the Lock. De origem
humilde (o seu pai era carpinteiro e abandonou a família para emigrar para o Brasil, tendo a sua mãe sustentado a familia
trabalhando como costureira), Cruz e Silva (Lisboa 1731-Rio de Janeiro 1799) estudou Direito em Coimbra. Foi co-fundador
da Arcadia Ulyssiponense em 1756, serviu como juiz militar e desenvolveu uma reputação formidável como um poeta lírico e
satírico. A maioria dos poemas de Cruz e Silva permaneceu inédito até depois de sua morte. Em julho 1790 Cruz e Silva foi
enviado novamente para o Brasil, para ajudar no julgamento dos líderes da conspiração republicana em Minas, em que Tomás
António Gonzaga, Cláudio Manuel da Costa, Manuel Inácio da Silva Alvarenga e outros homens de letras estavam envolvidos,
e em 1792, foi nomeado chanceler da Relação no Rio de Janeiro. Seis anos mais tarde, foi nomeado conselheiro do Conselho
Ultramarino, mas não viveu para voltar para a Europa. Inocêncio I, 124 (sem colação): observa que esta edição foi realmente
impressa em Paris. Martins de Carvalho, As edições do 'Hyssope,' Apontamentos bibliographicos 1: em 1921 refere esta edição
como 'pouco vulgar', e admitindo (p. 5) não possuir um exemplar. Ramos, A Edição de Língua Portuguesa em França
(1800-1850) 2: colaciona iv, 115 pags. Palha 855: colaciona 113 pags. Pinto de Mattos (1970) p. 235: colaciona iv, 115 pags.
Avila-Perez 2134. Não pressente em Ameal ou Monteverde. Não presente em Azevedo-Samodães, que cita apenas a Paris,
1817 edição. Bell, Literatura Portuguêsa pags. 273-4. NUC: MH. Ficha extraida em grande parte de Special List 165 - Richard
C. Ramer - Old & Rare Books. N.º 172.
FIRST EDITION, rare, of this famous burlesque poem on the use of Gallicisms.
Contemporary binding with gilt letter, edges of covers milled, text-block edges sprinkled. Small typographical vignetteon title
page and one illustrated woodcut at page 100 with terrestrial globe. Permission to print it in Portugal having been refused, it
was printed instead in Paris, with a false imprint of London (so noted in the preface to the Paris, 1817 edition). This 1802
edition was forbidden to circulate in Portugal by an edict of 18 April 1803 issued by Pina Manique, Chief of Police in Lisbon,
on the authority of Minister D. Rodrigo de Sousa Coutinho; anyone who did not turn in his copy was subject to a 10-year exile
in Africa. The second edition, Lisbon, 1808, was forbidden to be sold or circulated in September 1808, after the expulsion of
the French, and is also rare. The third and fourth editions were printed in Paris, 1817 and 1821. Martins de Carvalho lists 24
editions by the early twentieth century. Cruz e Silva based his poem on the quarrel between the bishop of Elvas, D. Lourenço
de Lancastre, and the dean, D. José Carlos de Lara, which he witnessed first-hand while resident in Elvas from 1764 to 1774.
As Bell recounts the tale, Cruz e Silva “was summoned to read his satire to the all-powerful [Marques de] Pombal in the
presence of the infuriated bishop … the poem proved too much for the gravity of the minister, who appointed him a judge in
Rio de Janeiro (1776)” (Portuguese Literature pp. 273-4). O Hyssope was later a source of inspiration for Francisco de Mello
Franco’s well-known burlesque poem Reino da estupidez. Martins de Carvalho notes (p. 7) that many contemporaries
considered O Hyssope 'muito superior' to Pope’s Rape of the Lock. Of humble origins (his father was a carpenter who
abandoned the family to emigrate to Brazil, while his mother supported them working as a seamstress), Cruz e Silva (Lisbon
1731-Rio de Janeiro 1799) studied law at Coimbra. He co-founded the Arcadia Ulyssiponense in 1756 and, while serving as a
military judge, developed a formidable reputation as a lyric poet and satirist. Most of Cruz e Silva’s poems remained
unpublished until after his death. In July 1790 Cruz e Silva was sent again to Brazil to assist in trying the leaders of the
Republican conspiracy in Minas, in which Tomás António Gonzaga, Claudio Manuel da Costa, Manuel Inácio da Silva
Alvarenga and other men of letters were involved, and in December 1792 he became chancellor of the Relação in Rio. Six
years later he was named councillor of the Conselho Ultramarino, but did not live to return home. Inocêncio I, 124 (without
collation): noting that this edition was actually printed in Paris. Martins de Carvalho, As edições do “Hyssope,” Apontamentos
bibliographicos 1: “pouco vulgar” (in 1921), and noting (p. 5) that he did not own a copy. Ramos, A edição de língua
portuguesa em França (1800-1850) 2: calling for iv, 115 pp. Palha 855: calling for 113 pp. Pinto de Mattos (1970) p. 235:
calling for iv, 115 pp. Avila-Perez 2134. Not in Ameal or Monteverde. Not in Azevedo-Samodães, which cites only the Paris,
1817 edition. Bell, Portuguese Literature pp. 273-4. NUC: MH. Description extracted mainly from Special List 165 - Richard
C. Ramer - Old & Rare Books. No. 172.
€1.200
18. DESENHO - CARICATURA. AMARELHE, Américo da Silva. Representa 7 figuras (de actores teatrais) do teatro de
revista portuguesa: o estudante, a varina, a minhota, o futebolista, o campino, o poeta, e a saloia. Desenho a tinta-da-china.
Circa 1930-40. De 36x65 cm. Emoldurado com caixilho de madeira, modesto. Américo da Silva Amarelhe (Porto, 1892 Lisboa, 1946), conhecido por Amarelhe, foi um caricaturista e cenógrafo que se destacou no meio teatral de Lisboa com
sucedidas produções das primeiras décadas do século XX. Amarelhe como cronista gráfico dedicou-se durante a sua curta
carreira a retratar e a caricaturar gente do meio teatral: actores, músicos, empresários, técnicos a dramaturgos; e colaborou em
diversas publicações periódicas (O Século Cómico, e outras). Refere Fernando de Pamplona in Diccionário de Pintores e
Escultores, 1987, Vol. I, pag. 90: 'Amarelhe (Américo) Caricaturista portuense de feição vincadamente popular, falecido em
1947. Procurava apenas divertir. Industrializou a sua arte ao serviço de empresários teatrais. Era capaz de muito melhor, como
o provam algumas caricaturas notáveis de Camilo, Afonso Lopes Vieira, Correia de Oliveira, etc, que figuravam na sua
exposição póstuma em 1947'.
€600
19. ENCADERNAÇÃO ARTÍSTICA ARMORIADA – MADEIRA – SÉC. XIX. MASON. (J. A.) A TREATISE ON THE
CLIMATE AND METEOROLOGY OF MADEIRA; by the late… M. D. inventor of Mason’s hygrometer; edited by James
Sheridan Knowles. To which are attached A Review of the State of Agriculture and of the Tenure of Land; by George Peacock,
D. D., F. R. S., &c. &c. Dean of Ely and Lowndean Professor of Astronomy in the University of Cambridge. An Historical and
Descriptive Account of the Island, and Guide to Visitors; by John Driver, Consul for Greece, Madeira. London: John
Churchill. Liverpool: Deighton and Laughton. M.DCCC.L. [1850]. In 4º (25x16 cm) com xiv-388 pags. Encadernação artística
da época inteira de pele (marroquin vermelho) com finíssimos ferros a ouro representando na lombada e nas pastas motivos
vegetalistas madeirenses (a cana do açúcar cruzada e entrelaçada com videiras) e brasão armoriado da Ilha da Madeira em
super-libris (de ambas as pastas). Corte dourado por folhas. Ilustrado com quadros de dados e 3 pranchas (com 5 gráficos
milimétricos) com a comparação das temperaturas e humidade ao longo de um ano em Londres e na Madeira. Muito belo
exemplar de grande qualidade e apresentação gráfica. Tratado sobre o clima e a meteorologia da Madeira; um relatório sobre a
agricultura e a posse da terra; uma descrição histórica da ilha; e um guia para o visitante. Obra considerada: 'An excessively
rare book'.
€800
20. ERVEDAL DA BEIRA, Visconde do. NARRATIVAS INSULANAS. Adolpho, Modesto, & Cª. Lisboa. 1894. De 20x15
cm. Com 258-(vi) pags. Encadernação da época com lombada em pele com ferros a ouro. Exemplar ex-libris oleográficos da
época nas páginas interiores; e com dedicatória do autor sobre a folha de rosto dirigida ao crítico literário Canto Ferreira; junto
com uma carta apensa do autor dirigida ao mesmo crítico.
€150
21. ESTATVTOS DA VNIVERSIDADE DE COIMBRA. Confirmados por el Rey nosso Snõr Dom IOAÕ O 4. em o anno
de 1653. Impressos por mandado e orde[m] de MANOEL DE SALDANHA do Conselho de sua Magestade Reitor da mesma
Vniversidade e Bispo Eleito de Viseo. EM COIMBRA Na Officina de Thome Carualho Impressor da Vniversidade. Anno
1654. In fólio 29,5x20 cm. Com 14, [vi], 330, [vi], 208, 10, [vi] pags. Encadernação do século xviii inteira de pele com nervos
na lombada, danificada por falhas de pele. Ilustrado com magnifico frontispício gravado e uma gravura aberta a buril com
título dentro de portada gravada, ornada com diversas figuras e encimada pelas armas do reino e a esfera armilar, ambos
desenhados por Josefa Ayalla, Óbidos 1653. No fim da obra vêm o Regimento dos Médicos e Boticários Cristãos Velhos,
seguido do Reportório do mesmo. A primeira versão impressa dos estatutos da universidade de Coimbra publicou-se em 1591,
a presente é a segunda feita seguramente pela necessidade de uma reforma no âmbito da Restauração. No tempo do Marquês
de Pombal, com a necessidade de remover a influência dos jesuítas, publicou-se a terceira e última. Inocêncio II, 236. ”Tem
frontispicio gravado a buril, com uma elegante portada, e outra estampa que representa a Sabedoria (antiga insignia da
Universidade), delineada, como se vê da inscripção, pela insigne pintora Josepha d'Ayalla, mais conhecida pelo nome de
Josepha de Obidos. O preço d'estes Estatutos, de que tem apparecido em Lisboa varios exemplares á venda, ha sido
ultimamente regulado de 960 a 1:600 réis, e alguns chegaram, creio, a 1:920 reis. Brunet no seu Manual faz menção de dous
exemplares, vendidos um por 100 francos, o outro por 24 ditos.”
€2.000
22. FEIO SERPA, Joaquim. SEGREDOS DAS ARTES LIBERAES, E MECANICAS, RECOPILADOS, E TRADUZIDOS
de vários Authores Selectos, que trataõ de Física, Pintura, Architectura, Optica, Quimica, Douradora, e Acharoado, com outras
varias curiosidades proveitosas, e divertidas. SEU AUTOR O LICENCIADO D. BERNARDO DE MONTON. Vertido de
Castelhano em Portuguez. Por JOAQUIM FEYO CERPA. LISBOA. Na Offic. de DOMINGOS GONSALVES. M.
DCC.XLIV. [1744]. In 8º (de 14x10) cm. Com [xxiv], 176 pags. Encadernação da época inteira de pele com ferros a ouro na
lombada. Obra com formulas semi-industriais e conceitos pré-científicos. Inocêncio XII, 77.
€200
23. FELDE, Johann. COMPENDIUM DOCTRINAE SPHAERICAE. Succinctum & perbreve, Conscriptum à JOHANNE à
FELDE H. S. LIPSIAE [Leipzig], Literis LANCKISIANUS, M. DC.LIII. [1653]. In 12º de 12x7,5 cm. com 104, [iv] pags.
Encadernação recente em pergaminho ao gosto da época. Exemplar com dois carimbos e uma assinatura de posse coeva de um
convento de agostiniano alemão na folha de rosto. Existe um exemplar nas Bibliotecas da Universidade de Standford na
coleção Newton.
Binding: recent replica of a contemporary parchment. Ownership at title page: 2 stamps and a
contemporary signature from a German Monastery. Copy known available in the Newton Collection at Standford University.
€1.200
24. FERREIRA BORGES, José. CODIGO COMMERCIAL PORTUGUEZ. LISBOA. NA IMPRENSA NACIONAL. 1833.
De 30x20 cm. In fólio (de 32x22 cm) com [13]-316 pags. Brochado, preservando capas de brochuras originais. Exemplar por
aparar e com dedicatória do autor na folha de anterrosto. Primeira edição do primeiro Código Comercial português. Obra
resultante do estudo, compilação e organização de Ferreira Borges, baseado no aperfeiçoamento de códigos comerciais
estrangeiros, dedicado ao Imperador D. Pedro IV de Portugal e I do Brasil, tendo o mesmo decretado pelo Ministro de Estado
José da Silva Carvalho “Querendo dar-vos um público testemunho do muito apreço em que tenho o relevante serviço que
haveis feito à Nação na obra que felizmente ultimastes: Houve outro sim por bem nomear-vos Supremo Magistrado do
Comercio, e Juiz Presidente do Tribunal Comercial de 2ª Instancia, sem prejuízo de qualquer reconhecimento e galardão que as
Cortes vos hajão de decretar]…[manda o Duque de Bragança, Regente, em Nome da Rainha, declarar ao Conselheiro José
Ferreira Borges que a venda do Codigo Comercial lhe pertence]…[ pelo espaço de quatorze anos] …[ Lei… em 25 de
Novembro de 1833]. Inocêncio IV, 327 e 330: “JOSÉ FERREIRA BORGES, Bacharel formado em Canones pela
Universidade de Coimbra em 1805: Advogado na cidade do Porto, sua patria, desde 1808 até 1820; Secretario da Junta da
Companhia dos vinhos do Alto-Douro em 1818; Membro da Junta provisional do Governo Supremo do Reino, proclamada no
dia 24 de Agosto de 1820; para cujos successos concorreu tão activamente como consta das suas biographias, e das Revelações
e Memorias do seu consócio Xavier de Araujo; Deputado ás Côrtes constituintes em 1821; Conselheiro de Estado em 6 de
Março de 1823; emigrado em Londres desde Junho do mesmo anno até Fevereiro de 1827; e novamente em Fevereiro do anno
seguinte até Septembro de 1833; Supremo Magistrado do Commercio, e Juiz presidente do Tribunal Commercial de segunda
instancia, por carta regia de 18 de Septembro do mesmo anno; demittido de todos os cargos, por assim o haver requerido, em
19 de Septembro de 1836. Nasceu no Porto a 6 de Junho de 1786, e ahi morreu a 14 de Novembro de 1838, havendo perdido
totalmente a vista quatro annos antes. Codigo Commercial Portuguez. Lisboa, na Imp. Nacional 1833. fol. Porto, Typ. de D.
Antonio Moldes 1846. 8.o gr. de XVI 477 pag., e mais uma com a errata. Tem tido mais algumas reimpressões. Eis-aqui a
opinião que formou a respeito do Codigo o illustre jurisconsulto Manuel Antonio Coelho da Rocha: «N’elle se acha regulado
tudo o que diz respeito às pessoas, obrigações, organisação do fôro, e fórma do processo commercial, com uma segunda parte
sobre commercio maritimo. Seu auctor compilou as mais providentes disposições dos codigos das nações cultas da Europa,
porém acumulando definições e principios geraes, que em obra de tal natureza muito bem se poderiam dispensar. Nota-se-lhe
em muitos logares confusão nas materias e irregularidade na redacção, e em outros a insersão de principios deslocados e sem
uso.»
€300
25. FORJAZ DE SAMPAIO, Albino. HISTORIA DA LITERATURA PORTUGUESA. Ilustrada. Publicada sob a direcção
de… da Academia das Sciências de Lisboa. Com a colaboração dos senhores Dr. Afonso Lopes Vieira, Dr. Agostinho Campos,
Dr. Fidelino de Figueiredo, Dr. Fortunato de Almeida, Henrique Lopes de Mendonça, Dr. Joaquim de Carvalho, Dr. José de
Figueiredo, Dr. José Joaquim Nunes, Dr. José Leite de Vasconcelos, Dr. José Pereira Tavares, Dr. Manuel Oliveira Ramos, Dr.
José Bensabat Amzalak, e Dr. Reinaldo dos Santos. Aillaud e Bertrand. Paris e Lisboa. S/d [1929-1942]. Obra em 4 volumes.
De 32x25 cm. Com 387, 386, 353 e 378 pags. Encadernações editoriais inteiras de pele (carneira natural) estampada com
ferros decorativos a seco e a ouro. Profusamente ilustrado com fotogravuras e fac-similes de frontispícios.
€600
26. FOTOGRAFIA - CINEMA - FELLINI. REPORTAGEM DE PREMIÈRE NO CINEMA SÃO JORGE, LISBOA, 1957.
Com 10 fotografias formato 6x9 cm. Junto com: 48 fotografias de 10x16 cm. Revelação de fotografias efectuada na época por
Mundial Fotos, Rua Nova do Almada, Lisboa. Reportagem profissional (por fotografo ou fotojornalista) da chegada a Portugal,
presença em Lisboa na ante-estreia, e do regresso a Itália do realizador Federico Fellini, para a première de «Noites de
Cabiria», com presença deste realizador e de Giulietta Masina no cinema São Jorge, em Lisboa. As Noites de Cabiria (Le notti
di Cabiria, Itália, 1957) um dos melhores filmes de Federico Fellini. O filme retrata a sobrevivência na Itália do pós-guerra. A
sua personagem principal é interpretada por Giulietta Masina no papel de Maria 'Cabiria' Ceccarelli, uma prostituta que
acredita no amor, mas que se ilude com homens mentirosos e sem escrúpulos. O carisma do filme reside na personagem que
mesmo sob situações adversas insiste em sonhar. Adaptado à personalidade da actriz este papel tornou-se o mais memorável da
sua carreira e deu a Giulietta Masina o prémio do Festival de Cannes.
€2.000
27. FREIRE DE ANDRADE, Jacinto. VIDA DE DOM JOÃO DE CASTRO QUARTO VISO REY DA INDIA. Escripta por
Jacinto Freire de Andrade impressa conforme a primeira edição de 1651. Ajuntão-se algumas breves notas autorizadas com
documentos originaes e inéditos por D. Fr. Francisco de S. Luiz Bispo Reservatario de Coimbra, Conde de Arganil, Par do
Reino, Conselheiro de Estado, socio da Academia Real das Sciencias, etc. Ornada com estampas, e hum mapa da India. Na
Livraria de Vª J. –P. Aillaud, Monlon e Cª Livreiros de suas Magestades o Imperador do Brasil e El-Rei de Portugal. Pariz.
1856. In 8º (de 17x11 cm) com 375 pags. Encadernação da época com ferros a seco nas pastas e a ouro na lombada. Ilustrado
com reproduções das gravuras existentes na edição de 1651; e com um mapa desdobrável oitocentista com a cartografia da
Ásia. Exemplar com títulos de posse sobre a folha de rosto; descarga da Biblioteca da Real Escola de Oficiais da Dinamarca.
€120
28. FREIRE DE CARVALHO, José Liberato. O CAMPEAÕ PORTUGUEZ EM LISBOA, OU O AMIGO DO POVO E DO
REI CONSTITUCIONAL. Semanario politico, publicado para advogar a Causa e os interesses da Naçaõ Portugueza em ambos
os mundos, e servir de continuaçaõ ao Campeaõ Portuguez em Londres. Volume I [Volume II e Volume III]. Lisboa, na
Typographia Rollandiana. 1822. 3 volumes encadernados em 2. In 8º gr. (de 20x13 cm) com [iv], 416 e 416, 128 pags.
Encadernações da época inteiras de pele, cansadas, com cantos e coifas ligeiramente danificados. Exemplar com assinatura de
posse na folha de guarda: 'D. Joze Antº Barbosa, 1830'. Publicação periódica quinzenal seguida e completa, excepto o último
fascículo (Nº 61 de 31 Maio 1823) em falta. Inocêncio VI, 417-419: “José Liberato Freire de Carvalho [1772-1855] começou
por si só a redacção deste jornal pouco depois de ter deixado a do Investigador Portuguez, no qual colaborara activamente
desde o 1.º de Janeiro de 1814, e dele fora quase único redactor do princípio de 1816 até Dezembro de 1818. Escrito em termos
mais moderados, e em linguagem menos virulenta que a dos outros periódicos que pelo mesmo tempo se publicavam em
Londres, o Campeão não só pugnava a favor das reformas de que Portugal carecia, censurando os abusos do governo, e
dispondo os ânimos para a mudança política que pouco depois sobreveio, mas ficou sendo um importante repositório de factos
e documentos, onde encontrarão matéria de sumo proveito os que se propuserem estudar e conhecer o estado do reino e as
questões políticas e económicas que se agitaram naqueles tempos, e ainda nas épocas anteriores, a contar do começo do século
XIX. Depois de regressado à pátria, José Liberato empreendeu a publicação de um novo periódico, ou antes a continuação do
anterior, dirigido então a encaminhar o espírito público em harmonia com as instituições [liberais] recentemente plantadas, e
que se tratava de arreigar. Saiu com o título seguinte: O CAMPEÃO PORTUGUEZ EM LISBOA, ou o amigo do povo e do rei
constitucional. Semanario politico para advogar a Causa e interesses da Nação Portugueza em ambos os mundos, e servir de
continuação ao Campeão Portuguez em Londres. Lisboa, Typ. Rollandiana 1822 e 1823. 8.º gr. 3 tomos, compreendendo 61
números dos quais o 1.º tem a data de 6 de Abril de 1822, e o ultimo a de 31 de Maio de 1823”. No conjunto dos artigos
publicados destacamos aqueles no âmbito das relações entre Portugal e o Brasil (um artigo com este título - e que começa na
pag. 27 do Vol I. - o qual é continuado quinzenalmente em todas as edições). Segue-se uma Carta aos Brasileiros (pag. 145 do
Vol. I) em 8 de Junho de 1822. A Independência do Brasil ocorreu em 7 de Setembro de 1822. O Campeão Português deu
conta na sua edição de 16 de Novembro de 1822 (pags. 110-112 do Vol. II) da instabilidade política. No mês de Dezembro de
1822 o príncipe D. Pedro foi declarado Imperador do Brasil. O Campeão Português na sua edição de 15 de Fevereiro de 1823
ocupou toda a publicação nesta data com a notícia da Independência (pags. 303-320 do Vol. II) intitulada “Estado Político do
Rio de Janeiro” e analisando a forma como foi aceite a independência brasileira em Portugal por comparação da da América
relativamente à Inglaterra. Destacamos ainda os artigos com maior interesse para a análise das questões económicas e
comerciais: Projecto para pagar a Dívida Pública (pag. 32, Vol I); Outro Projecto para pagar a Dívida Pública (pag. 62, Vol. I),
O que é um Ministério em Governo Constitucional (pag. 257, Vol. I); Dívida Velha e Dívida Nova (pag. 337, Vol. I); Para
Haver Erário Não Basta Arrecadar Bem (pag. 385, Vol. I); Causa Pública e os homens que a dirigem (pag. 413, Vol. I); O
Tesouro e a Comissão para a sua reforma (pag. 155, Vol. II); Livro Vermelho e Livro Preto (dos principais beneficiários de
pensões e ordenados públicos, pag. 174 e segs, Vol. II); Amortização da Dívida Pública. Será ela necessária, será justa, será
política? (pag. 257, Vol. II); e muitos outros artigos.
€300
29. GAMA BARROS. (Henrique da) HISTORIA DA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA EM PORTUGAL nos Séculos XII a
XV. Por… 2ª edição dirigida por Torcato de Sousa Soares Professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
Livraria Sá da Costa – Editora. Lisboa. 1945, 46, 47, 49, 50 e 1954. Obra em 11 volumes. De 25x16 cm Com 432, 524, 476,
540, 471, 638, 564, 537, 554, 463 e 525 pags. Brochados. Exemplares com títulos de posse e ex-libris oleográficos sobre as
capas de brochura e nas folhas de anterrosto.
€400
30. GOMES DA COSTA, General. O CORPO DE EXÉRCITO PORTUGUÊS NA GRANDE GUERRA. A BATALHA DO
LYS. 9 de Abril de 1918. [Por]… Comandante da 1ª e da 2ª divisões do C. E. P. [1º Milhar]. Editores: Luso-Brasiliana. Rio de
Janeiro. Renascença Portuguesa. Porto. 1920. De 19x12 cm. Com 256 pags. Brochado. Ilustrado com fotogravuras extra-texto;
um mapa do ataque das unidades alemãs em La Lys; e um mapa geográfico desdobrável com a situação da 2ª Divisão no
momento do mesmo ataque. Exemplar com dedicatória do autor dirigida em “homenagem respeitosa” ao Presidente da
República Portuguesa.
€150
31. GRAVURA - LISBOA. INÍCIO SÉC. XVIII. SPARROW. (Thomas) A General View of Lisbon, the capital City of
Portugal. Sparrow sculp. S/d. [circa 1690-1754]. De 20,5 x 30,5 cm. Gravura em cobre (exemplar não colorido) no seu estado
primitivo a negro. Emoldurada. Representação da cidade Lisboa, anterior ao Terramoto de 1755, observada da outra banda do
Rio Tejo: em primeiro plano várias embarcações de pequeno e grande porte e em segundo plano com especial pormenor do
Terreiro do Paço e da Ribeira das Naus (onde se encontram grande quantidade de navios). Todo o conjunto é ladeado por uma
tarja de fina composição de elementos vegetalistas, mais larga nas suas margens laterais. Bem conservada. Provável
identificação [segundo BNP]: Publicado em Millar, George Henry [In] The new complete and universal system of
Geography... London, 1782. Exemplar avulso, de uma edição sem o título da obra de Millar à cabeça da gravura. Obra da
Escola Americana, assinada: «Sparrow sculp.». Bénézit menciona Sparrow como um excelente gravador e joalheiro que
trabalhou em Filadélfia de 1765 a 1784 e mais tarde em Annapolis onde gravou ex-libris, vinhetas e notas de banco.
€800
32. GRAVURA PANORÂMICA DE LISBOA - SÉC. XVII - LISSABON GRAVURA PANORÂMICA DE LISBOA - SÉC.
XVII - LISSABON [VISTA INTEGRAL DE LISBOA A PARTIR DA MARGEM SUL DO RIO TEJO. OBRA ANÓNIMA E
DESCONHECIDA] S/L. [Alemanha ou Holanda]. S/i. S/d. [Circa 1663-1707]. Fólio oblongo de 116x41 cm. Impressão
utilizando duas chapas sobre dois fólios separados, juntos postriormente por uma carcela. Gravura de grande dimensão e
qualidade gráfica colorida manualmente. Magnifica vista panorâmica da cidade de Lisboa no século xvii, tomada a partir da
margem Sul do rio Tejo, representando a cidade com grande pormenor: desde a montante o Mosteiro de S. Vicente de Fora; até
a jusante o Forte de S. Julião da Barra. Sendo possível distinguir em pormenor todos os conjuntos edificados da cidade (e não
apenas os principais edifícios como é costume noutras gravuras) assim como os seus habitantes nas suas tarefas diárias, tal
como é usual nos mapas holandeses a partir Ortelius. Ao centro em rodapé apresenta uma cartela com a palavra 'Lissabon'
ladeada por dois homens (figuras de acompanhamento trajando ao estilo do século xvii, segurando um deles o Escudo Real
português (anterior a D. João V) e o outro a Esfera Armilar. Abaixo encontra-se uma pequena carta marítima da Barra do Rio
Tejo. No extremo direito encontra-se uma fogueira da Inquisição; e uma forca (tripé ao estilo inglês do Tyborn Tree) para
execução de criminosos, ambas em funcionamento. Apresenta uma extensa legenda dos locais notáveis da cidade (constituída
por 71 referências) e em duas línguas: Alemão e Francês. Trabalho de autoria e publicação totalmente desconhecidas, sem
nome de impressor ou gravador, não se encontra presente qualquer referência na bibliografia consultada. ÚNICO EXEMPLAR
CONHECIDO.
Preço por consulta
33. HUBER, Zacarias. ULRICH HUBERI INSTITUCIONES HISTORIAE CIVILIS, Quae Continent summan rerum toto
Orbe Gestarum ab ortu Imperiorum, usque ad médium saeculum à Christo nato decimum septimum: IN TRES PARTES
DISTINCTAE. Editio nova, ex postrema Auctoris ante obitum cura, multis locis aucta & emendata, QUAM RECENSUIT
ZACHARIAS HUBER, Ullr. Fil. Jectus, & Antecessor Frisius. PRANEQUERAE, Apud BERNARDUM WIBRANDA, 1703.
In 4º (de 21x16 cm) com [viii], 714, [lviv] pags. Encadernação da época inteira de pele, cansada e com danos na coifa superior
e nos rótulos. Obra impressão a duas colunas e com página de rosto a duas cores. Exemplar com 2 ex-libris armoriados:
ex-libris da época pertencente a Charles de Baschi, Marquis d’Aubaïs; e ex-libris oleográfico sobre a página de rosto
pertencente a Albassiana Bibliotheca (a mesma proveniência); e um título de posse manuscrito de Maximiano Hippolyto
Barradas. Obra com a História da Europa, dos regimes políticos dos vários países, das suas guerras e das instituições civis
criadas em cada um deles, entre as quais, destacamos (pag. 498 a 506): o início da revolta da Catalunha; A Guerra da
Catalunha de 1632 a 1640; a história da guerra da Independência de Portugal de 1640 em diante; e as alianças das países
europeus influenciados pela política externa de Richelieu, até ao Tratado de Westefália. Charles de Baschi, Marquês de Aubais
(1686-1777), colecionador, bibliófilo, historiador, e autor de numerosas obras de genealogia e dicionários. Baschi reuniu no
seu castelo d’Aubais (Gard) uma biblioteca considerável de 30.000 volumes e manuscritos que foram parcialmente dispersos à
data da sua morte, tendo o resto desaparecido no incêndio do castelo em 1789. Os exemplares detinham o ex-libris 'Bibliotheca
Albassiana'.
Work on the political history of Europe.
Ex-libris de Charles de Baschi, Marquis d’Aubais (1686-1777),
bibliophile, collectionneur et historien, réunit dans son château d’Aubais (Gard) une bibliothèque considérable de 30 000
volumes et manuscrits qui fut en partie dispersée à sa mort, et dont le reste disparut dans l’incendie du château en 1789. On
trouve encore de nombreux ouvrages provenant de cette collection, pourvus de l’ex-libris « Bibliotheca Albassiana ». Baschi
est l’auteur de nombreux ouvrages historiques (généalogies, dictionnaires).
€300
34. IMITAÇAÕ DA SS. VIRGEM, Pelo estilo da Imitação de Jezu Christo, Traduzido do Francez POR M. DE S. LISBOA.
NA TYPOGRAPHIA ROLLANDIANA. 1779. In 12º (de 14x7,8 cm) com xxxix, 460, [xv] pags. Encadernação da época
inteira de pele com ferros a ouro na lombada. Exemplar com ex-libris; e apresentando galerias de traça na lombada e nas
pastas. Autor desconhecido (poderá ser Manuel de Sant’Ana). Inocêncio não menciona. BNP refere apenas a edição de 1830.
€120
35. JESUS MARIA, P. Fr. Joaõ de. PHARMACOPEA DOGMATICA MEDICO-CHIMICA, E THEORICO-PRATICA.
DIVIDIDA EM DUAS PARTES: NA PRIMEIRA TRACTA DAS PRINCIPAES PARTES E OPERACOENS da
Pharmacologia Galenico-Chimica, com as mais particularizadas Compoziçoens Antigas, e Modernas, exaggeradas com as
anotaçoens, e expurgaçoens do melhor Methodo: NA SEGUNDA SE DAÕ AS NECESSARIAS NOTICIAS MUITO
EXACTAS dos usuaes Animaes, Minerais, e Vegetaes, que ha, e póde haver neste Reyno; udo instruído de razões, e
experimentos, chegados ao MODERNO Século, e repartido em 5. Tractados dispersos em 2 Tomos com extenso numeroo de
exquesitos remedios de reconhecido effeito manifesto. OBRA UTILISSIMA A qualquer Professor de Medicina, e
particularmente precisa aos Pharmaceuticos. DEDICADA AO ABADE GERAL DE S. BENTO AUTOR O P. Fr. JOAÕ DE
JESUS MARIA, Monge da mesma Congregaçaõ, e Administrador da Botica do Reformado, e antiquíssimo Mosteiro de Santo
Thyrso. PORTO: Na Officina de ANTONIO ALVARES GUIMAR: Anno de M. DCC. LXXII. [1772] In fólio de 33x21 cm.
Com [x], 420, [ii] e 323, [ii] pags. Encadernação da época inteira de pele com ferros a ouro, nervos e rótulo vermelho na
lombada. Exemplar com ligeira acidez própria do papel e 2 fólios (pags. 1 a 4 da 1º parte) mais curtos junto ao pé, provenientes
de outro exemplar. Inocêncio III, 387. “É obra hoje de todo esquecida, e de que não tenho visto algum exemplar, para dar aqui
a seu respeito mais miuda indicação.”
€900
36. LAFITAU, Joseph François. HISTOIRE DES DÉCOUVERTES ET CONQUESTES DES PORTUGAIS Dans le
Nouveau Monde, avec des Figures en taille-douce, Paris, Saugrain, MDCCXXXIII. [1733]. 2 vols. In-4º de 25x19 cm. com
[vi], 616, [xlviii] e 693 [lxxxvi] pags. Encadernações da época inteiras de pele, com nervos, rótulos vermelhos e ferros a ouro
nas lombadas. Corte das folhas carminada a vermelho. 1.ª edição, a mais apreciada. Obra ilustrada com um frontispício
gravado com uma magnífica vista de Lisboa, com a frota da Índia, fundeada no Tejo, assinado J. B. Scotin Sculp., vinhetas,
capitulares, um mapa-mundo desdobrável e catorze gravuras alusivas aos descobrimentos e seus heróis, com plantas das
cidades indianas. Duarte de Sousa, 1, 456. “As grav. A talha doce são, na maior parte, plantas das seguintes terras: Ilha de
Moçambique, Sofala, ilha e cidade de Goa, Mombaça, Quíloa, S. Jorge da Mina, Aden, ilha e cidade de Ormuz, Calecut, Diu,
Malaca, Chaúl, Baçaim, Damão, Mangalor, Onor, Bracalor, etc.
2 volumes. In 4 ° (25x19 cm) with [vi], 616, [xlviii] e 693
[lxxxvi] pags. Bindings: contemporary full calf gilt at spines and in compartments, slightly rubbed and corners bumped.
Papercut colored carmine. First edition and the most appreciated one. Work illustrated with a frontispiece engraved with a
magnificent view of Lisbon with India's Fleet standing at anchor in the River Tagus, signed J. B. Scotin Sculp.; a folding world
map and 14 extra-text engravings with maps and panoramas of Goa and other Indian cities; and portraits of portuguese
navigators. Duarte de Sousa, 1, 456. 'The woodcut plates or intaglio are for the most part, maps of the following lands: Island
of Mozambique, Sofala, Island and city of Goa, Mombasa, Kilwa, S. Jorge da Mina, Aden, Island and city of Ormuz, Calicut,
Diu, Malacca, Chaúl, Bassein, Daman, Mangalore, Onor, Bracalor, etc..
€3.000
37. LAMAS, Maria. ARQUIPÉLAGO DA MADEIRA. Maravilha Atlântica. Editorial Eco do Funchal, Lda. Funchal. Madeira.
1956. De 28x21 cm. Com 394-(v) pags. Encadernação com lombada e cantos em pele. Profusamente ilustrado no texto e em
extratexto sobre papel couché. Obra com grande recolha etnográfica; e com grande quantidade de fotogravuras comparadas
com as reproduções de gravuras antigas dos mesmos locais.
€200
38. LE VACHER DE CHARNOIS, Jean. RECHERCHES SUR LES COSTUMES ET SUR LES THÉATRES DE TOUTS
LES NATIONS, TANT ANCIENNES QUE MODERNES, OUVRAGE utile aux Peitres, Statuaires, Architectes,
Décorateurs, Comédiens, Costumiers, en un mot aux Artistes de tous les genres; non moins utile pour l’étude de l’Histoire des
temps reculés, des Moeurs des Peuples antiques, de leurs Usages, de leurs Loix, et nécessaire à l’Education des Adolescens.
Avec des Estampes en couleur et au lavis, dessinées par M. CHÉRY, et gravées par P. M. Alix. A PARIS, Chez M. Drouhin,
1790. In 4.º de 25,5x20 cm. 2 volumes com [ii], 8, 150, [i] e [i], 183 pags. Encadernação da época inteira de pele com rótulos
verdes e finos ferros a ouro nas lombadas e pastas. Cortes das folhas marmoreados. Ilustrado com o retrato do autor e 55
gravuras águas-tintas coloridas manualmente.
€2.000
39. LEITE DE VASCONCELLOS, José. O DIALECTO MIRANDEZ. Contribuição para o estudo da dialectologia românica
no domínio glotologico hispano-lusitano. Por… Alumno da Escóla Medica do Porto. Livraria Portuense de Clavel & Cª
Editores. Porto. 1882. De 23x15 cm. Com 39 pags. Encadernação recente em percalina azul.
€120
40. LUQUE, Eugénio de. ESTADÍSTICA Ó DESCRIPCION GEOGRÁFICA Y POLÍTICA DEL GRAN IMPERIO DE
RUSIA, TRADUCIDA AL CASTELLANO POR DON EUGENIO LUQUE. MADRID. En la Imprenta de la Ibarra. 1807. In
8.º de 17x11 cm. Com [vi], xxxvii, 244, [iii] pags. Encadernação da época inteira de pele com rótulo vermelho e ferros a ouro
na lombada e pastas. Ilustrado com 3 gravuras extratexto coloridas manualmente.
€900
41. LUZ SORIANO, Simão José da. HISTÓRIA DO CERCO DO PORTO. Por … Bacharel formado na Faculdade de
Medicina. Nova edição ilustrada. Precedida da biographia do auctor. Porto 1889 e 1890. A. Leite Guimarães – Editor. Obra em
2 volumes. De 31x23 cm.Com xxxvi, 886 e 889 pags. Encadernações da época com lombadas em pele. Ilustrado com gravuras
coloridas litografadas sobre papel couché em extra-texto representando os uniformes militares; gravuras p/b com retratos dos
comandantes militares e políticos de ambas as partes em confronto (das quais destacamos o retrato do Rei D. João VI); e com
mapas desdobráveis do teatro de operações. Segunda edição e de luxo. Inocêncio VII, 278 e XIX, 223. “Luz Soriano, Bacharel
formado em Medicina pela Universidade de Coimbra, Oficial-maior graduado da secretaria de Estado dos Negócios da
Marinha e Ultramar, e chefe da secção de Marinha; deputado às Cortes pela Província de Angola nos anos de 1853 e seguintes,
etc. Era estudante na universidade em 1828, quando se ligou á revolução constitucional do Porto, proclamada em 16 de Maio.
Pelo malogro dessa revolução emigrou com os corpos que a sustentavam para Espanha, fazendo parte do batalhão de
Voluntários Académicos, e de lá para Plymouth, onde ele e seus camaradas se viram reduzidos a condição de simples soldados,
dando-se-lhes para quartel um casarão sem vidraças, e servindo-lhes de cama alguma palha nos primeiros dias. De Inglaterra
passou para a ilha Terceira em Fevereiro de 1829, vindo depois na expedição ao Porto em 1832; em cujo cerco serviu
militarmente, até entrar como amanuense de primeira classe na secretaria de Estado dos Negócios da Marinha em Dezembro
do mesmo ano, e a esse respeito faz ele bem amargas considerações de pag. 532 a 536 do já citado livro. Poderia contudo
moderar o seu justo ressentimento, consolando-se com a ideia de que não foi ele o único em quem se dessem então, e ainda
hoje, iguais motivos de queixa; pois que nada tem sido infelizmente mais comum nesta nossa malfadada terra, que ver
esquecidos e postergados mérito e serviços reais em graça daqueles, que mal poderiam alegá-los com verdade, se de tais provas
carecessem para obter os favores da ventura. História do Cerco do Porto, precedida de uma extensa notícia sobre as diferentes
fases políticas da monarquia, desde os mais remotos tempos até ao ano de 1820; e desde este mesmo ano até ao começo do
sobredito cerco. A propósito desta obra lê-se na revista universal lisbonense: «o estilo é belo e corrente; adicionou muita coisa
ao que já sobre a matéria se havia escrito, distinguindo-se principalmente por uma melhor critica que a dos seus antecessores.
Contudo o autor não conseguiu elevar-se acima dos afectos de homem e de contemporâneo. Fazendo para isso esforços, só
conseguiu mostrar que não era para a sua organização comportar alma tão vigorosa, qual as circunstâncias requeriam para
depurar a verdade, e só a verdade... Enfim, afigura-se-nos que ainda não é este o livro sine ira et studio de que tanto
carecemos» (este artigo é anónimo). O Duque de Palmela D. Pedro de Sousa Holstein, julgando que varias alusões e
referências que no primeiro tomo desta obra se faziam à sua pessoa, e a actos por ele praticados, careciam de comentário ou
rectificação, escreveu ou ditou para ser anexo àquele volume um opúsculo neste sentido. Solicitou do autor da história a
permissão de que fosse nesta incorporado o dito opúsculo; e como ele a isso se prestasse, chegou a imprimir-se…”
€400
42. MACHADO SANTOS. A REVOLUÇÃO PORTUGUEZA. 1907-1910. RELATÓRIO DE... Papelaria e Tipographia
Liberty de Lamas & Franklin. Lisboa. 1911. De 24x15 cm. Com 174 pags. Brochado. Ilustrado com retrato e rúbrica
oleográfica do autor. Impresso sobre papel couché e ilustrado com gravuras dos revolucionários e dos momentos da Revolução
de 5 de Outubro de 1910. Exemplar com dedicatória do autor: 'Ao seu colega na Assembleia Nacional Constituinte António
José de Almeida oferece, 3-7-1911, o auctor'.
€150
43. MANFREDI, Girolamo. Opera nuoua intitulada il Perche vtilissima ad intendere le cagioni de molte cose: y maximamente
alla conseruatione della sanita: Et phisionomia. Et virtu delle berbe. Nouamente stampata. M.D.XXXVI. [1536] COLOFON:
Stampato in Venetia per Francesco bindoni & Mapheo pasini cõpagni: Nel ano del Signore. 1526. Adi. 18. del mese di
Setembre. In 8.º de 15x10,5 cm. Com [15], 128 fólios. Encadernação recente inteira de pele com ferros a seco nas pastas.
Impressão adornada com xilogravura com a marca do impressor na folha de rosto, uma capitular de belo efeito, no texto
utilizaram-se caracteres rotundos (perguntas) e góticos (respostas). Edição do século XVI desta popular obra de Girolamo
Manfredi, impressa pela primeira vez em 1474, em Bolonha. Dividida em dois livros, trata no primeiro da forma de conservar
a saúde e no segundo sobre assuntos vários, principalmente sobre a anatomia do corpo humano. Escrita em forma de perguntas
e respectivas respostas, é composta por um total de 565 perguntas. A data do frontispício difere da do colofón, constando no
primeiro a data de 1536 em numeração romana e no segundo, a de 1526. Exemplar com leves picos traça marginais. Muito
raro. Girolamo Manfredi (Bologna, 1430-1493) foi um dos maiores mestres da Universidade de Bologna, na segunda metade
do século XV. Médico e astrólogo bolonhês, rapidamente alcançou uma grande reputação que atravessou as fronteiras da
universidade. Entre os seus concidadãos, era especialmente famoso pela sua fecunda atividade no campo das previsões
astrológicas. Foi médico pessoal de grandes figuras da sua cidade. Ficou conhecido para a posterioridade pelo extraordinário
sucesso da sua obra Il Perche, tratado com uma compilação enciclopédica original dos conhecimentos médicos da sua época,
reeditado até o século XVII. Foi também autor de um tratado sobre a peste e um trabalho sobre anatomia.
€3.000
44. MANUSCRITO - GENEALOGIA. QUEIRÓS E VASCONCELLOS, António Peixoto. NOBILIÁRIO DAS FAMÍLIAS
ILUSTRES DE PORTUGAL ordenado por… S/d [Séc. XVIII]. 3 volumes. De 34x23 cm. Encadernações da época com
lombadas em pele. Tomos manuscritos a duas mãos firmes e regulares. Conjunto de 3 volumes desta notável genealogia
setecentista que Eduardo Azevedo Soares (Carcavelos) na sua importante e competente “Bibliografia Nobiliarquica
Portuguesa” classifica como trabalho de “muito merecimento” acrescentando que alguns volumes apresentam a data de 1775.
O mesmo bibliógrafo refere ainda que a obra seria composta de pelo menos 27 volumes dos quais a maior parte “pertencem à
Livraria do Conselheiro Alexandre Ferreira Cabral Paes do Amaral e os restantes à Torre do Tombo”. Hoje em dia confirma-se
na Torre do Tombo a presença de 14 volumes. Descrevem-se os rostos dos volumes aqui presentes: Tomo 3º da Letra C, que
contém o Título de Cunhas; Cavalgantes; Cazaes; Cabraes; Camões; Coimbras; Cottas; Carvalaes; Codornigas; Couros;
Cadenas; Carregueiros; Carreiros; Corrutelos; Casqueiros; e Covas. Com 259 fólios numerados. Exemplar apresentando
remoção de ex-libris no interior da pasta de encadernação. Tomo 1º da Letra F (Letra F. Tomo 1º) [Com os títulos de]:
Freires; Figueiras; Figueiroas; Falcoens; Freitas; e Farias. Com 363 fólios numerados. Exemplar com título de posse na folha
de guarda: “Desembargador Henriques F”. Tomo 2º da Letra S, Título da Familia de Souzas; Soares de Alb[ergaria];
Salazares; Seabras; Seixas; e Simas. Com 276 fólios numerados. Ilustrado com um esboço a carvão de uma embarcação
“Muleta do Seixal” precedendo o título Seixas (fólio 201 verso).
€1.200
45. MANUSCRITO - SÉC. XVIII - VIDA | DA SERVA DE DEOS | SOROR IZABEL DO MENINO JESUS | ABBADEÇA
QUE FOY DO MOSTEIRO DE N. MADRE SANTA | CLARA DE PORTALEGRE. | Escripta pela mesma Veneravel
Religiosa, de mandado | de seus Padres Espirituais, com outros tratados Mysticos, | pratica para o interior das Religiosas do
mesmo Convento | em que se encontram as muitas merces, que Deos lhe fez | em ordem a Salvação das Almas, .como ingénua
e humildemente (+) [Confesso] nestes seus escriptos que por sua morte | Legou ao Superior da Provincia dos Algarves | (…) de
N. P. S. Francisco de que foi filha e Subdita | Vão também as suas Cartas | E no Prologo de (…) | da sua preciosa morte. | Dado
a Lús | Pelo M. R. P. Frei Martinho de S. Jozé Pregador Ju | bilado, e Provincial actual da mesma Provincia dos Al | garves,
que também foi Confessor desta Serva de Deos. | In fólio (de 30x22 cm) com (i), 172 numeradas na época (sobre numeração
anterior). Encadernação da época em pergaminho flexível com vestígios de atilhos e o título manuscrito em super-libris: “Vida
da venerável M[adre] Izabel do Menino Jezus Falecida em 5 de Outubro de 1752'. Manuscrito redigido a duas mãos: a primeira
mão apenas redigiu a folha de rosto; a segunda mão firme e regular - em caligrafia do início do século dezoito – redigiu a
totalidade do corpo do manuscrito. Fólios apresentam restauro e recolocação dos cadernos na época. Posterior trabalho de traça
com galerias nos restauros e em alguns pontos dos fólios sem perda de texto. Conhecida a edição da “Vida da Serva de Deos
Soror Isabel do Menino Jesus” impressa por Joseph da Costa, em Coimbra, em 1757, i. e. ,5 anos após a morte da autora. As
badanas de papel que acrescentam texto, coladas marginalmente com lacre, sugerem tratar-se do manuscrito original, visto
tratar de uma técnica usual nos acréscimos de texto realizada pelos próprios autores. A obra impressa em 1757 segue ipsis
verbis o texto da folha de rosto deste ms. até ao ponto da palavra “Almas,.”; sendo o seguinte texto diverso. No presente ms. o
texto é “dado à luz” pelo Padre Frei Martinho de S. José; enquanto que na edição impressa o texto “é disposto pelo” Padre Frei
Martinho de S. José, sendo “dado à luz” pelo Padre João Evangelista da Cruz e Costa. Possivelmente será o mesmo texto ms.
utilizado para a composição de imprensa, encontram-se distribuídos na margem do texto as numerações referentes aos
parágrafos. A primeira página de texto coincide, também ipsis verbis, no manuscrito e no impresso, dando-nos a justificação da
obra e também a autenticidade do próprio manuscrito. Assim escreve a autora: 'Aº Rmo. Pe. Provincial. Nam ha vida que não
morra, nem Morte que nam tivesse Vida. A Vida de M. Isabel do Minino Jesus, Religiosa do Convento de Sta. Clara de Portª,
depois de medida no pó da terra nam podia dizer qual foiy a sua vida, e pª Memoria dela, vai escrita de mão Própria...'
Inocêncio VI, 155: 'Frei Martinho de S. Jozé, Franciscano da provincia dos Algarves, na qual foi Provincial. Ignoro as demais
circumstancias que lhe dizem respeito, e o mesmo aconteceu ao abbade Barbosa, que nem ao menos teve conhecimento da
obra seguinte, por elle composta, ou publicada, e da qual eu conservo um exemplar: 1492) Vida da serva de Deus Soror Isabel
do Menino Jesus, abbadessa que foi do mosteiro de Sancta Clara de Portalegre. Escripta pela mesma veneravel religiosa de
mandado de seas padres espirituaes, com outros tractados mysticos… e algumas cartas suas espirituaes. Disposta pelo M. R. P.
Fr, Martinho de S. José, etc. e dada á luz pelo P. João Evangelista da Cruz e Costa. Lisboa, por José da Costa Coimbra 1757.
Com um retrato da serva de Deus, gravado por Le Bouteux. O meu amigo Rodrigues de Gusmão me escreve em carta do mez
passado, dizendo conservar alguma idéa de que esta Vida fôra depois prohibida pela auctoridade civil ou ecclesiastica. E
accrescenta: «Se o não foi, bem o merecia! É pelo menos a impressão que me deixou a sua leitura». Segundo o Padre Anacleto
Martins: “Deixou-nos alguns dados sobre a sua vida e descreveu-nos as suas experiências místicas com revelações, sobre cuja
autenticidade a Igreja, oficialmente, nunca se pronunciou, mas que, nem por isso deixam de ter interesse até como expressão da
mentalidade de uma época, embora não só, mas, sobretudo, em referência ao ambiente da vida conventual”. Soror Isabel do
Menino Jesus era natural de Marvão, constando na obra uma referência à sua terra natal, o desgosto de aí ter primeiro servido
ao mundo, antes de se consagrar a Deus, e indicando ainda quem foram seus pais.
€1.200
46. MANUSCRITO CALIGRAFO SÉC. XIX - D. LUÍS I. TEXTO DA PRIMEIRA CONVENÇÃO INTERNACIONAL
DA CRUZ VERMELHA. 1864. In fólio. De 33x23 cm. Com 8 fólios inumerados. Encadernação da época em percalina
castanha com lombada cansada. Documento manuscrito sobre papel apergaminhado com o texto inicial caligrafado a uma só
mão, nas línguas portuguesa e francesa, com o propósito de ser assinado pelos países europeus que se constituíram como partes
fundadoras da organização que, mais tarde, viria a ser conhecida como Cruz Vermelha Internacional. O texto caligrafo
encontra-se completo, faltando por algum motivo desconhecido ao documento as assinaturas dos plenipotenciários das partes
signatárias, o referendo do Rei de Armas; e a assinatura régia com o selo Grande das Armas Reais. A autoria deste texto pode
ser atribuída a um mestre de caligrafia da Casa Real Portuguesa, não mencionado. Destacamos os excertos principais do texto:
“Dom Luiz, por Graça de Deus, Rei de Portugal e dos Algarves, [etc]… Faço saber aos que a presente Carta de confirmação
virem, que aos vinte e dois do mês de Agosto do ano próximo findo se concluiu e assinou pelos respectivos Plenipotenciários,
na cidade de Genebra, entre Mim e [citam-se as outras partes] uma Convenção afim de melhorar a sorte dos militares feridos
ou doentes durante a campanha, cujo teor é o seguinte: [Segue-se a tradução do texto anterior em língua francesa, e
acrescenta-se]: Également animés du désir d’adoucir, autant qu’il dépend d’eux, les maux inséparables de la guerre, de
supprimer les rigueurs inutiles et d’améliorer le sort des militaires blésses sur les champs de bataille, ont résolu de conclure une
Convention à cet effet et ont nommé pour leur Plénipotentiaires, savoir: Sa Magesté le Roi de Portugal et des Algarves: le
Sieur José Antonio Marques, Chevalier de l’Ordre du Christ [etc]… [seguem-se os nomes dos representantes plenipotenciários
de cada nação; e os seus títulos e condecorações] Lesqueles, aprés avoir échangé leurs pouvoirs, trouvés en bonne et due
forme, sont convenues des Articles suivants: Article 1. Les ambulances et les hôpitaux militaires seront reconnus neutres, et,
comme tels, protégés et respectés par les belligérants, aussi longtemps qu’il s’y trouvera des malades et des blessés. La
neutralité cesserait, si ces ambulances ou ces hôpitaux étaient gardés par une force militaire. [Seguem-se 10 artigos da
Convenção, sendo o Artigo 7º a atribuição do distintivo da organização; e o último artigo contendo a respectiva ratificação]:
Article 7. Le drapeau et le brassard porteront croix rouge sur fond blanc. Article 10. Fait à Genéve, le vingt deuxième jour du
mois d’Août de l’an mil huit cent soixante quatre. [seguem-se os apelidos dos Plenipotenciários no local de colocação das
assinaturas]. E sendo Me presente a mesma Convenção, cujo teor fica acima inserido, e bem visto considerado e assinado por
Mim tudo o que nela se contém [...] Em testemunho e firmeza do sobredito, Fiz passar a presente Carta por Mim assinada,
passada com o Selo Grande das Minhas Armas, e referendada pelo… [documento termina neste ponto]. O representante
plenipotenciário José António Marques, fundador da Instituição 1822-1884: cursou Medicina na Escola Médico-Cirúrgica de
Lisboa. Em 1842 foi nomeado cirurgião-ajudante e colocado no Batalhão de Caçadores n.º 30. Subiu os vários estágios da
carreira militar, sendo em 1851 graduado ao posto de Cirurgião de Brigada. Por nomeação do Rei D. Luís I representou
Portugal na Conferência Internacional realizada em Agosto de 1864, em Genebra. Portugal, por intermédio de José António
Marques, foi um dos doze países que assinou a I Convenção de Genebra de 22 de Agosto de 1864, destinada a melhorar a sorte
dos militares feridos dos exércitos em campanha. Regressado a Portugal, este médico organizou, em 11 de Fevereiro de 1865, a
'Comissão Portuguesa de Socorros a Feridos e Doentes Militares em Tempo de Guerra', primitiva designação da Cruz
Vermelha Portuguesa.
Texte original portugais (esquisse final calligraphe) de la Première Convention de la Croix-Rouge,
22 Août 1864. La Conférence internationale réunie à Genève le 8 Août pour élaborer une convention. La Convention prévoit :
l'obligation de soigner les blessés sans distinction de nationalité, la neutralité du personnel et des établissements sanitaires et le
signe distinctif de la croix rouge sur fond blanc. La Croix-Rouge a été inspirée par le philanthrope genevois Henri Dunant.
€300
n. 2
n. 21
n. 18
n. 17
n. 17
n. 17
n. 17
n. 19
n. 19
n. 31
n. 22
n. 23
n. 35
n. 43
47. MANUSCRITO RÉGIO SÉC. XVII - FILIPE IV DE ESPANHA, III DE PORTUGAL. 1 fólio duplo (26,5x32 cm).
Lisboa. 8 de Junho de 1623. Assinatura [firma] régia. Documento notarial manuscrito sobre pergaminho com a carta de
quitação [ou recibo] relativa ao pagamento da renda a pagar ao rei pela exploração agrícola de um paul. Apresentando-se com
dano (corte) na dobra sem perda de suporte ou texto e com falta habitual do selo régio pendente de chumbo, referido no
documento. Acondicionado dentro de lâmina dupla de acrílico. Transcrevemos o documento com ortografia adaptada /
actualizada: Dom Philippe per graça de deos Rey de Portugal e dos Algarves e dallem mar em Africa Snr de Guine e da
Conquista navegação e Comercio de Ethiopia, Arabia, pérsia e da India Eu faço saber a quantos esta minha carta de quitaçaõ
Virem que eu mandei tomar conta em meus contos do Pagtº e casa a Francisco Petis Aranha que servio...do paul da sequa … os
anos de seicentos e dezoito seiscentos e dezanove e pela Recadação dela se mostra receber nos ditos dous annos oitenta e nove
mil e duzentos e sessenta rs. & de trigo noventa e nove mil e vinte oito alq[ueires] de trigo & cinquenta e cinco moyos trinta e
seis alqueires de cevada [etc, etc.]. O que tudo dispendeu entregou sem ficar a dever cousa alguma se vio pela dita conta que se
lhe for tomada pelo contador Francisco Cabral Godinho Vista pelo Provedor Bertolomeu Sueiro, pelo que quedou por quite e
livre ao dito Francisco Petis Aranha e a todos os seus herdeiros e sucessores do dito dinheiro e mais coisas assina no
encerramento da dita conta declaradas para que nunca algum por isso sejam requeridos nem demandados em meus
Cons[selhos] nem fora deles por de tudo ter dado com entrega como dito é. E mando aos Vedores de minha Faz[enda] e ao
meu contador mor dos ditos contos a[ssim] a todos os corregedores, ouvidores, juizes, justiças oficiais e pessoas a que
pertencer comprar. E guardem e façam inteiramente cumprir e guardar esta minha carta de quitação que por fineza de todo lhe
mandei dar por mim assinada e selada com o meu selo pendente, a Francisco Leitão [Debrie?] escrivão dos ditos contos a fez
em Lxª [Lisboa] aos oito de junho Ano do nascimtº de nosso senhor jesus cristo de mil seiscentos vinte e tres anos. EL REI
F[elipe].:.- No rosto verso exterior do documento encontra-se o Visto e a assinatura de Bartolomeu Soeiro [Berlameu Sueiro
F&].
€800
48. MARCADÉ, (V.) EXPLICATION THÉORIQUE ET PRATIQUE DU CODE NAPOLÉON. Contenant l’analyse critique
des auteurs et de la jurisprudence et un traité résumé aprés le commentaire de chaque titre. Par V. Marcadé Ancien avocat a la
Cour de Cassation, au Conseil d’État et du Ministère de L’Intérieur, l’un des rédacteurs-fondateurs de la Revue Critique de
Jurisprudence. Cinquième édition. Augmentée de plusieurs Questions et des Lois et Arrêts récentes. 2ª Tirage. Cotillon.
Libraire du Conseil d’Etat. Paris. 1859. Obra em 6 volumes. De 21x13 cm. Com 623, 655, 619, 679, 783, e 608 pags. Seguido
de: EXPLICATION THÉORIQUE ET PRATIQUE DU CODE NAPOLÉON. Contenant l’analyse critique des auteurs et de la
jurisprudence ouCOMMENTAIRE-TRAITÉ THÉORIQUE ET PRATIQUE DE LA PRESCRIPTION. Par V. Marcadé
[etc]. Cotillon. Libraire du Conseil d’État. Paris. 1854. 1 volume. Com 319 pags. Seguido de: EXPLICATION DES Tit. XVIII
et XIX, Liv. III. DU CODE NAPOLÉON. Contenent l’analyse critique des auteurs et de la jurisprudence ou
COMMENTAIRE-TRAITÉ THÉORIQUE DES PRIVILÉGES ET HYPOTHÈQUES ET DE L’EXPROPRIATION
FORCÉE. Mis en rapport avec la loi sur la transcription. Par Paul Pont Conseiller de la Cour Impériale de Paris, continuateur
de V. Marcadé. Cotillon. Libraire du Conseil d’État. Paris. 1859. 2 volumes. Com v, 1324 pags. Encadernações da época com
lombadas em pele com finos ferros a ouro. Corte das folhas marmoreado. Exemplar com ex-libris e título de posse manuscrito
sobre a folha de rosto sem afectar a mancha gráfica.
€500
49. MARTINS DE OLIVEIRA, Valério. ADVERTENCIAS AOS MODERNOS, QUE APRENDEM O OFFICIO DE
PEDREIRO, E CARPINTEIRO, OFFERECIDAS AO SENHOR S. JOSEPH, PATRONO DO MESMO OFFICIO,
Venerado na sua Paroquial Igreja desta Cidade de Lisboa, POR VALERIO MARTINS DE OLIVEIRA Mestre Pedreiro na
mesma Cidade. Terceira Impressaõ, accrescentada com o que pertence ao Officio de Carpinteiro. LISBOA, Na Regia Officina
SYLVIANA, e da Academia Real. M. DCC.LVII. [1757] In 4.º de 20x14 cm. Com [xii], 241, [iii] pags. Encadernação da
época inteira de pele com nervos, rótulo vermelho e ferros a ouro na lombada. Ilustrado no texto com quadros de dados,
desenhos geométricos, um fólio volante desdobrável com “Taboada da Aritemetica” e utensílios de desenho. Exemplar com
pequena antiga mancha marginal de café? afectando poucas páginas e falta de uma gravura de S. José em anterrosto que muito
raramente aparece assim como o fólio volante desdobrável presente. Contém: capítulo com as normas éticas e legislação
portuguesa e internacional sobre a construção e a protecção às construções erigidas, dando inúmeros exemplos de casos
litigiosos e casos jurídicos ocorridos; capítulo sobre a história da construção e dos símbolos maçónicos (gentílicos) contidos
em monumentos como o de Mafra; Localização de importantes monumentos sobre nascentes de água mineromedicinal,
contido num relevante capítulo final sobre hidrologia. Inocêncio VII, 400: “ Valério Martins de Oliveira, Mestre Pedreiro em
Lisboa, e varias vezes Juiz do seu officio na antiga casa dos vinte e quatro. - Foi natural de Santarem, e baptisado a 20 de
Novembro de 1695. Vivia ainda em 1757. (C) Advertencias aos modernos que apreadem o officio de pedreiro. Lisboa, na
Offic. Silviana da Academia Real 1739. 16.º Ibi, por Antonio da Silva? 1748. 8.º Terceira impressão accrescentada com o que
pertence ao officio de carpinteiro (pelo mesmo auctor). Lisboa, na Regia Offic. Silviana da Acad. Real 1757. 4.º de XII 241
pag., com uma estampa de S. José aberta a buril. (Sem duvida de todas a melhor edição, e muito superior ás duas precedentes,
por ter sobre elles notaveis augmentos, feitos pelo proprio.) - Quarta edição, Lisboa, Imp. Regia 1826. 8”.
€600
50. MARTINS, Carlos António de. DE LEGE NATURALI POSITIONES IN USUM AUDITORII VINDOBONENSIS.
OLISIPONE, Apud FRANCISCUM BORGES DE SOUSA. MDCCLXXII [1772]. Junto com: CAROLI ANTONII DE
MARTINI S. C. R. A. M. IN SUPREMO JUDICIORUM TRIBUNALI A CONSILIIS AULICIS ET P. P. O. POSITIONES
DE JURE CIVITATIS IN USUM AUDITORII VINDIBONENSES. Apud OLISIPONE, Apud FRANCISCUM BORGES DE
SOUSA. MDCCLXXII [1772]. 2 volume em 1. In 8º (de 15x10 cm) com 304 e 358 pags. Encadernação da época inteira de
pele marmoreada com finos ferros a ouro por casas fechadas e rótulo vermelho. Obra com as posições jurídicas dos tribunais
de Viena de Áustria sobre o conceito de Lei Natural; e o Direito Civil segundo o autor e segundo os mesmos tribunais. Contém
ainda uma parte autónoma (com anterrosto próprio a partir da página 225) sobre o direito tradicional dos gentios e dos povos
não civilizados, nomeadamente sobre o direito e a justiça entre os povos na deflagração de uma guerra, as convenções da
guerra e os pactos de paz; com muitos autores profusamente citados, entre os quais Grocius.
€200
51. MASSEI, Giuseppe. VITA DI S. FRANCESCO SAVERIO Della Compagnia di Giesù APOSTOLO DELL’INDIE
DESCRITTA DAL P. GIVSEPPE MASSEI Della medesma Compagnia. IN MILANO, 1701. Nelle Stampe dell’ Agnelli. In
12.º de 14x8 cm. com 451, [v] pags. Encadernação da época em pergaminho. Ilustrado com uma gravura com o retrato de S.
Francisco Xavier. Obra com muito interesse para a história da chegada dos primeiros ocidentais à China e ao Japão. Exemplar
com leves manchas de humidade nas últimas páginas.
In 12º (14x8 cm) with 451, [v] pags. Binding: contemporary flexible
vellum. Small recoverable dent at spine vellum. Copy with some foxing and slight stain at last pages. Illustrated with
frontispiece portrait of Saint Francis Xavier. Work with great interest to the history of the arrival of the first westerners to
China and Japan.
€900
52. MAUGHAM, (R. C. F.) PORTUGUESE EAST AFRICA. The history, scenery, & great game of Manica and Sofala. By…
H. B. M. Consul for the Districts of Mozambique and Zambezia, and for the territory of Manica and Sofala. With maps and
illustrations. John Murray, Albemarle Street, W. London. 1906. De 23x16 cm. Com xii-340 pags. Encadernação editorial com
super-libris armoriado da monarquia portuguesa. Ilustrado com fotogravuras impressas em extra-texto sobre papel couché
contendo cenas de caça aos grandes mamíferos; e uma fotogravura em anterrosto com a entrada da fortaleza de Sofala.
Exemplar com apontamentos marginais coevos manuscritos a lápis. Obra sobre a história, o território, as paisagens e os safaris
em Moçambique.
€150
53. MENDES PINTO, Fernão. PEREGRINAÇAM DE FERNAM MENDEZ PINTO, E POR ELLE ESCRITA: QVE
CONSTA DE MVITAS, E MVITO estranhas cousas que vio, & ouvio no Reyno da China, no de Tartaria, no de Pegú, no de
Martavão, & em outros muitos Reynos, & Senhorios das partes Orientaes, de que nestas nossas do Occidente há muyto pouca,
ou nenhuma noticia. E TAMBEM DA CONTA DE MVITOS casos particulares que acontecéram assim a elle como a outras
muytas pessoas; & no fim della trata brevemente de algumas noticias, & da morte do Santo Padre Mestre Frãcisco Xavier,
unica luz, & resplandor daquellas partes do Oriente, & nellas Reytor Vniversal da Companhia de Iesus. EM LISBOA. Na
Officina de Antonio Craesbeeck de Mello. Anno de 1678. In fólio de 29x20 cm Com (iv)-445 pags. Encadernação da época em
pergaminho flexível. Exemplar com ténues manchas de humidade entretanto desvanecidas pelo tempo. Segunda edição
portuguesa (a primeira saiu em 1614) do mais importante livro de viagens, o mais conhecido e procurado, especialmente no
estrangeiro, pois trata-se do relato do primeiro ocidental entrar no Japão.
In folio (29x20 cm) with (iv) -445 pags. Binding:
contemporary flexible vellum. Copy with slight water stains faded out by time. Text printed in double column. Second
Portuguese edition (first printed in 1614) of a fascinating 16th century travel book considered the most important one ever
written. Inocêncio II, 285. Brunet IV, 670. 'Primiere édition [1614] de cette curieuse relation; elle est rare. Celle de Lisb.
Craesbeeck, 1678, est un peu moins chère.' Mendez Pinto (1509-1583) was a Portuguese adventurer, a soldier, sailor,
merchant, doctor, missionary and ambassador. He embarked to India in 1537 in a fleet commanded by the son of Vasco da
Gama and traveled for 21 years, fought and traded in China, Tartary, Pegu and the neighboring countries, sailing in every sea.
Mendes Pinto went to the mouth of the Mekong River and was in Japan before the arrival of St. Francis Xavier. He became
later his friend and traveling companion. He traveled extensively in Asia between 1537 and 1557. In 1542 he landed in Japan
and gained the favor of a feudal lord, to whom they claim to have given the first firearm to have entered Japan, the Portuguese
“arquebus”. This is the source of Pinto's claim to be the first westerner to enter Japan. The weapon was rapidly reproduced and
had a major impact on the ongoing Japanese civil wars. He is credited for the opening up of Indo-China trade. He joined the
Society of Jesus and St. Francis gave him the money with which to build the first Jesuit establishment in Japan. Mendez
accompanied the Jesuits as ambassador from the Portuguese Viceroy of India to the King of Bungo. While a number of the
details of his work are obviously taken from other accounts, such as the visits to Ethiopia and Tibet, the total picture given of
Asia in the first half of the 16th century has undoubted authenticity. This is one of the greatest books by a European traveler in
the East and is a classic of Portuguese literature.
€9.000
54. METASTASIO, Pedro. POESÍE DEL SIGNOR ABATE PIETRO METASTASIO. Giusta le correzioni fatte dall’Autore
nell’Edizione di Parigi, coll’ agglunta della NITTETI, e del SOGNO, ultimamente date alla luce dal medesimo. IN TORINO,
NELLA STAMPERIA REALE. MDCCLVII. [1757]. Obra em 10 volumes. In 8º (de 23x18 cm). Com ccxiv-304, 440, 438,
469, 461, 469, 431, 446, 422, e 357 pags. Encadernações da época inteiras de pele com ferros a ouro na lombada, cansadas.
Ilustrado com um retrato do autor em anterrosto (gravado por Filippo de Grado) e frontispícios com finas vinhetas decorativas
gravadas por chapa de cobre; desenhadas por Alberti e gravadas por Stagnon, na mesma data da obra. Exemplar impresso com
margens de papel generosas (grand papier).
€900
55. MICHELET, Jules. HISTOIRE DE LA RÉVOLUTION FRANÇAISE. Par… [Imprimmerie Émile Martinet] C. Marpon et
E. Flammarion Éditeurs. Paris.1879. Obra em 9 volumes. De 18x12 cm. Com 426, 379, 314, 383, 380, 440, 344, 351 e 357
pags. Encadernações da época com lombadas em pele.
€300
56. MODES ET COSTUMES HISTORIQUES. Dessinés et graves par Pauquet Frères d’après les meilleurs maitres de
chaque époque et les documents les plus autentiques. Aux Bureau des Modes et Costumes Historiques. Pauquet Frères.
René Pincebourde. Paris. S/d [1864?]. In fólio (de 31x26 cm). Ilustrado com 96 litografias coloridas. Encadernação de final
séc. xix (meia-amador) com lombada e cantos em pele. Exemplar com ex-libris armoriados da Livraria de J. G. Mazziotti
Salema Garção.
€800
57. MORAIS, Inácio Paulino de. ITINERARIO LISBONENSE OU DIRECTORIO GERAL DE TODAS AS RUAS,
TRAVESSAS, BECOS, CALÇADAS, PRAÇAS, &c. Que se compreendem no recinto da cidade de Lisboa, com os seus
próprios nomes, principio, e termo, indicados os lugares mais conhecidos, e geraes, para utilidade, uso, e comodidade dos
estrangeiros, e nacionais. Terceira edição. Na Typographia Rollandiana. Lisboa, 1824. De 15x10 cm. Com viii, [i], 142 pags.
Encadernação da época com lombada em pele. Inocêncio III, 213: “Ignacio Paulino de Moraes, cuja naturalidade e mais
circunstancias se conservam ainda ocultas à minha investigação. Vivia em Lisboa no princípio do seculo XIX. Suficientemente
exacto no tempo em que foi escrito, este Itinerário é hoje de menor préstimo, em razão das sucessivas alterações ocorridas na
capital de então até agora”.
€150
58. NOUVEAU COMMENTAIRE SUR L’ORDONNANCE DE LA MARINE, Du mois d’Août 1681. Par***, Avocat en
Parlement. A MARSEILLE, Chez Jean Mossy, Imprimeur du Roi, de la Marine, & Libraire au Parc. A PARIS, Chez L. Cellot,
Imprimeur Libraire. M. DCC. LXXX [1780]. 2 volumes. In 8º (de 17x10 cm) com lx, 436 e viii, 540 pags. Encadernações da
época inteiras de pele, cansadas e com galerias de traça. Corte das folhas marmoreado. Exemplar com falhas marginais,
recuperáveis, em ambas as folhas de rosto, sem afectar a mancha gráfica; e cantos das pastas cansados.
€180
59. NUNES ESTEVES, João. HISTORIA DAS REVOLUÇÕES PORTUGUEZAS. Desde 24 de Agosto de 1820 até hoje: e a
biografia de vivos e mortos, que nellas mais figurarão; Tudo extrahído de Papeis autênticos, que sahirão nas suas differentes
Épochas: quando se tratar das Biografias respeitarei a sua vida particular: leva algumas notas, para mais illucidar a Historia, e
fazer conhecer o fim de todos os Revolucionarios, ou Regeneradores, que tem apparecido desde 24 de Agosto de 1820.
Escripta por João Nunes Esteves. 5 Annos na Rua dos Capelistas, Nunes Sem Filho. [Vinheta com esquadro invertido] Posto ás
avessas, he Arma perfurante. Direito, he sempre Divisa de Pedreiros. Typographia de Elias Jose’ da Costa Sanches. Lisboa.
1844. In 4º (de 20x15 cm) com xii, 269, iv pags. Encadernação da época com lombada em pele. Eventualmente apenas o
primeiro volume de uma obra que Inocêncio (III, 428) refere, no conjunto, como sendo um “grosso volume”: 'João Nunes
Esteves, Tipografo e vendedor de livros em Lisboa, onde teve por muitos anos o seu estabelecimento na Rua Nova d'El-rei,
vulgo dos Capelistas n.º 31 B, pela numeração seguida nessa epocha. A perda de um filho, que sendo soldado do 15.º batalhão
da Guarda Nacional, pereceu desgraçadamente no respectivo quartel, vítima da comoção política do dia 13 de Março de 1838,
deu lugar a certas disposições ou tendências monomaniacas, a que, segundo ouvi, era já propenso antes daquele facto. O certo
é, que lhe chegou o prurido de ser escritor, e deu ao prelo durante alguns anos na sua oficina uma numerosa quantidade de
papeis soltos, que intitulava Jornais de Anúncios, Ordens do dia, etc., os quais eram por ele distribuídos gratuitamente às
pessoas que os pediam. Muitos curiosos fizeram colecções deles, e de outras coisas que publicou, entre as quais avulta pelo
tamanho a seguinte: 1074) Historia das Revoluções portuguezas desde 24 de Agosto de 1820 até hoje, [etc]. Um grosso
volume. Tudo isto apresenta vestígios característicos do seu desarranjo mental, e seria escusado buscar nestas produções
ordem, nexo, coerência de ideias ou de doutrina, nem ainda a observância dos mais simples preceitos gramaticais, que o autor
postergava a todo o momento, inteiramente falto como era dos primeiros rudimentos literários”.
€120
60. PEREIRA DE FIGUEIREDO, António. ANONYMI ROMANI QUI DE PRIMATU PAPAE NUPER SCRIPSIT VANA
RELIGIO, ET MALA FIDES: HOC EST DEFENSIO TENTAMIS THEOLOGICI DE AUTORICTATE EPISCUPORUM
TEMPORE SCISSURAE ADVERSUS ITALICUM LIBELLUM RAVENAE SEU VERIUS ROMAE NUPER
EVULGATUM. SCRIBEAT ANTONIUS PERERIA FIGUEREDIUS REGIAE CURIAE CENSORIAE DECEMVIR
ORDINARIUS REGISQUE FIDELISSIMI AB EPISTULIS LATINIS. OLISIPONE. EX TYPOGRAPHIA REGIA. Anno
MDCCLXX.[1770]. In 8º gr. (de 20x14 cm) com lv-367 pags. Encadernação inteira de pele com ferros a ouro na lombada,
com falta do rótulo. Corte das folhas carminado. Obra sobre o primado jurídico do Papa e das leis canónicas. Obra muito rara
BNP não refere. Inocêncio I, 223. “P. Antonio Pereira de Figueiredo (1.º), da Congregação do Oratório de Lisboa, da qual saiu
em 1769 para o estado de Presbítero secular, Deputado da Real Mesa Censória, Sócio da Acad. Real das Ciências de Lisboa,
havido por um dos maiores latinistas da Europa no século passado, e célebre pelos seus escritos teológicos e por sua
incontestável e profunda erudição, nasceu na Vila de Mação, comarca de Tomar, em 1725. Morreu em 1797, na Casa de N. S.
das Necessidades, onde já vivia recolhido como hóspede desde 1785”.
€400
61. PERKINS, (R. W.) HONOLULU. The Cross-Roads of the Pacific. Photos by… Halftones by [+] Press by Hawaiian
Gazette, Co. Ltd. Nineteen Hundred and Thirteen [1913]. De 30x15 cm. Com circa 50 fólios inumerados. Brochado.
Profusamente ilustrado com fotogravuras da cidade de Honolulu, interiores e exteriores de habitações e edificios particulares,
comerciais e industriais. Impressão sobre papel couché. Exemplar com ex-libris oleográfico armoriado da República
Portuguesa procedente da “Escola Oficial Portuguesa – Honolulu – Hawaiian Islands, U. S. A.”
€120
62. PETRARCA, Francisco. IL PETRARCHA COM L’ESPOSITIONE D’ALESSANDRO VELLVTELLO E COM
MOLTE ALTRE VTILIS SIME COSE IN DIVERSI LVOGHI DI QVELLA NVOVAMENTE DA LVI AGGIVNTE. M D
XXVIII. [1528] In 8.º de 19x12,5 cm. Com [xi], 185, [li] fólios Encadernação do século xviii inteira de pele com nervos e
ferros a ouro na lombada. Ilustrado com um mapa de página dupla. Exemplar com ex-libris manuscrito na folha de guarda de
Francisco de Mello Cogominho e ex-libris de Camilo Monteiro. Segunda edição impressa em caracteres itálicos deste famoso
comentário à obra poética de Petrarca, a primeira saiu em 1525. Acompanhada de uma biografia do autor e um ensaio sobra a
identidade Laura a musa do poeta e o local em que se passou o romance na região de Avinhão. O mapa que facilita a
compreensão das duas viagens do poeta em busca da amada à mesma região. Brunet IV, 548.
€3.000
63. PINELLI, Bartolomeo. Nuova Raccolta DI CINQUENTA COSTUMI PITTORESCHI incisi all’ acqua forte da
Bartolomeo Pinelli Romano. ROMA 1816 Presso Nicola de Antoni e Ignazio Pavon. In fólio oblongo de 26x37 cm. Com [I],
50 fólios. Encadernação da época com lombada e cantos em pele. Exemplar com ex-libris heráldico hebraico na guarda
anterior. Magnifica impressão romana de 50 gravuras abertas a água-forte com trajos e costumes.
Landscape folio (26 X
37cm), engraved title-page, 50 engraved plates; light spotting. Contemporary binding. Fresh copy of the first edition of this
work by the prolific Pinelli (1771-1835), well representative of his charming style. Colas 2378; Lipperheide 1263. Bookseller
Inventory # 86423
€3.500
64. PINHEIRO FREIRE DA CUNHA, João. BREVE TRATADO DA ORTOGRAFIA PARA OS QUE NAÕ
FREQUENTÁRÃO OS ESTUDOS, OU DIALOGOS Sobre as mais principaes Regras da Orthografia uteis para o Povo
menos instruído, que dezeja acertar na praxe sem grande multiplicidade de preceitos, que naõ lhe saõ fáceis de compreender, e
muito mais proveitózos aos Meninos, que frequentão as Escolas. SEU AUTHOR JOAÕ PINHEIRO FREIRE DA CUNHA,
Professor Público de Grammática Latina, e Portugueza. Septima Impressaõ mais acrescentada. LISBOA. Na Officina de
Antonio Gomes. M. D. CC. XCII. [1792]. In 8º (15x10 cm) com vi, 298, [xxix] pags. Encadernação da época inteira de pele,
com pequenos trabalhos exteriores de traça na lombada. Exemplar com título de posse da época sobre a folha de rosto
(Bartolomeu José Manuel Cardoso Giraldes de Meneses); e profusamente anotado com comentários coevos e especializados de
interesse filológico.
€200
65. PLANO DIRECTOR. 1967. CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA. 1. Inquérito e Análise. 2. Esquema de Estrutura e
Regulamentação. Lisboa. 1967. Obra em 2 volumes. De 34x46 cm (formato oblongo). Com 84 e 52 fólios inumerados.
Encadernações editoriais com lombadas em argolas plásticas. Profusamente ilustrado com mapas e estatísticas descritivas no
texto; e 1 mapa com o Plano Director (dividido em 4 secções) na escala 1:10.000, colocado em extra-texto. O presente plano
director realizado pela C. M. L., presidida pelo General França Borges, foi dirigido e orientado pelo Arquitecto Urbanista
Georges Meyer-Heine e executado por um Grupo de Trabalho dependente da 1ª Repartição (Urbanização e Expropriações) da
Direcção de Serviços de Urbanização e Obras, sendo Director dos Serviços o Engenheiro Ciro Oliveira Pinto e Chefe da
Repartição o Engenheiro Tomaz da Costa França, assistido no referido grupo pelo Arquitecto José Nicolau Cid Tudella.
Participaram na elaboração deste estudo 23 arquitectos e engenheiros além de desenhadores, auxiliares e maquetistas, e nos
trabalhos de inquérito o Batalhão de Sapadores Bombeiros.
€150
66. PRESENÇA. Revista de arte e crítica. Numero I, Serie II, Ano XII, Novembro de 1939. Junto com:PRESENÇA. Revista
de arte e crítica. Numero 2, Série II, Ano XII. Fevereiro de 1940. 2 volumes. De 24x19 cm. Com 142 pags. Brochados.
Ilustrados. Conjunto completo da segunda série desta publicação. Contém textos de Fernando Pessoa; Adolfo Casais Monteiro;
João Gaspar Simões; Alberto de Serpa; José Régio; António Nobre; Mario de Sá Carneiro; e outros.
€120
67. RAIMONDI, Eugenio. DELLE CACCIE DI EUGENIO RAIMONDI BRESCIANO LIBRI QUATTRO AGGIUNTOUI
'N QUESTA NUOUA 'MPRESSIONE IL QUINTO LIBRO DELLA VILLA. IN NAPOLI, PER Lazaro Scoriggio. M. DC.
XXXVI. [1626] In 4.º de 20,5x14,5 cm. Com [lvi], 635 pags. Ilustrado com frontispício gravado e 19 gravuras (8 são
repetidas) com cenas venatórios. Encadernação da época em pergaminho flexível. Exemplar com ex-líbris de Salema Garção.
€5.000
68. REGRA SANTISSIMA DO PRINCIPE DOS PATRIARCAS S. BENTO PAI DE TODOS OS MONGES. PORTO, Na Of.
De Antonio Alvares Ribeiro. Anno de 1791. In 16.º De 7,0x4,5 cm. Com 236, [xx] pags. Encadernação da época inteira de
pele. Rara edição em miniatura impressa com caracteres microscópios, ilustrada com um frontispício com um retrato de corpo
inteiro de S. Bento, uma gravura no texto com a Cruz de S. Bento, as últimas xx pags. inumeradas contêm: Escudo
Impenetravel aos Trovões, Rayos, Peste, e ár corrupto, administrado por S. Barbara, ilustrado com 6 gravuras no texto entre
elas, uma de S. Barbara e uma de S. António, acompanhada do Responsório de S. António. Inocêncio não refere qualquer
edição desta Regra em miniatura. Não existe exemplar na BNP. Publicou-se uma edição em 1780, impressa no Porto por
António Alves[?] Ribeiro Guimarães.
€300
69. RIBEIRO DE MACEDO, Duarte. OBRAS DO DOUTOR… , Cavalleiro da Ordem de Christo, do Conselho de Sua
Magestade, e de sua Real Fazenda, Enviado que foi ás Cortes de Pariz, Madrid, e de Torim. LISBOA, Na Officina de Antonio
Rodrigues Galhardo. Anno MDCCLXVII [1767]. 2 volumes em 1. De 20x15 cm. Com viii-289 e vii-327 pags. Encadernação
da época inteira de pele mosqueada com ferros a ouro na lombada. Inocêncio II, 215: “Duarte Ribeiro de Macedo, Cavaleiro da
Ordem de Cristo, Doutor em Direito pela Universidade de Coimbra, do conselho d'El-Rei D. Pedro II, Desembargador e
Conselheiro da Fazenda; Secretario da Embaixada que na regência da rainha D. Luísa foi a França em 1659 e depois Ministro
enviado á mesma Corte e a de Espanha. Posto que Barbosa e os outros seus biógrafos o fizessem natural da vila do Cadaval,
ele próprio nos diz de si expressamente que nasceu em Lisboa. OBRAS DO DOUTOR DUARTE RIBEIRO DE MACEDO.
Lisboa por Antonio Isidoro da Fonseca 1743. 4.º 2 tomos. E novamente: Lisboa, por Antonio Rodrigues Galhardo 1767. 4.º 2
tomos o I com VIII 290 pag. o II com VIII 327 pag”.
€300
70. RODRIGUES DE MELLO, José. DE RUSTICIS BRASILIAE REBUS CARMINUM LIBROI IV. ACCEDIT
PRUDENTII AMARALII BRASILIENSIS DE SACCHARI OPIFICIO CARMEN. ROMAE. Ex Typographia Fratrum
Puccinelliorum MDCCLXXXI. (1781) In-8º de VII, 206 págs. [IV gravuras desdobráveis] Encadernação ao gosto da época
inteira de pele. Ilustrada com quatro gravuras em folhas desdobráveis, abertas a buril em chapa de cobre, com representação da
mandioca, sua plantação e distribuição e um moinho de açúcar. Posteriormente esta obra tornou-se conhecida sob o nome de
Geórgicas Brasileiras. Primeira edição de extrema raridade. Contém poesias sobre a plantação dos arbustos da mandioca e do
tabaco, da autoria do José Rodrigues de Melo, natural do Porto. Em 1739 chegou à Bahia e tornou-se posteriormente professor
de ciências humanas nos colégios de Santos e Paranguá. Na época das perseguições aos jesuítas foi banido primeiro para o Rio
de Janeiro e mais tarde para Lisboa. De lá, dirigiu-se a Roma, onde morreu em 1789. Obra com um poema sobre a fabricação
do açúcar brasileiro de Prudêncio do Amaral, do Rio de Janeiro, reimpresso aqui pela segunda vez. Exemplar com dois
carimbos de posse no frontispício e em algumas folhas do texto um deles da Biblioteca Vittorio Emanuele em Roma. Com
restauros marginais.
Binding: full calf 18th replica finely gilt at spine. Illustrated with four folding copper plate engravings
with representations of cassava plantation, sugar mill, and its industrial processing. Copy with several stamps at bottom of
titlepage (duplicate copy ownership of Italy National Library Vittorio Emanuele II in Rome) and on some leaves of text. Slight
repairs, but overall in good condition. This work later became known under the name of Brazilian Georgics. Contains poems
about planting shrubs cassava and tobacco, written by José Rodrigues de Melo, a native of Oporto. In 1739 he arrived in Bahia
and later became professor of humanities in the schools of Santos and Paranguá. At the time of the persecutions to the Jesuits
he was banished to Rio de Janeiro and later to Lisbon. From there he went to Rome, where he died in 1789. Contains a poem
about the manufacture of sugar written by Prudencio do Amaral of Rio de Janeiro, and hereby second time reprinted. GMBH Biblioteca Brasiliana, 234; Borba de Moraes, pág. 552/553; Blake, Vol. V, pág. 164.
€3.000
71. SALMON, Tomás. LO STATO PRESENTE DEL REGNO DI SPAGNA. [IN] LO STATO PRESENTE DI TUTTI I
PAESI, E POPOLI DEL MONDO NATURALE, POLITICO, E MORALE, COM NUEVE OSSERVAZIONI, E
CORREZIONI DEGLI ANTICHI, E MODERNI VIAGGIATORI. VOLUME XIV. IN VENEZIA, Presso Giambatista
Albrizzi q.Gir. MDCCXLV. (1745) In 8.º De 18x12 cm. Com (xiv)-464 pags. Encadernação da época inteira de pergaminho
com nervos, rótulo dourado na lombada, e ferros lavrados a seco nas pastas. Ilustrado com: um frontispício gravado, um mapa
desdobrável da península Ibérica 22 gravuras desdobráveis: vista da cidade de Madrid panorama da Praça Mayor Vista do
Palácio Real vista do Buen Retiro o Grande Lago do Buen Retiro a igreja de Sto António no Buen Retiro vista de S. Paulo no
Buen Retiro o Real Palácio del Pardo a entrada principal do Escorial o pátio do Escorial o claustro do Escorial vista do palácio
de Aranjuez panorama da fonte de Aranjuez Vista da Catedral de Toledo panorama da cidade de Sevilha vista da Catedral de
Sevilha e da Torre da Giralda vista do Mosteiro da Praça de S. Francisco em Sevilha vista do Palácio Real de Sevilha vista do
Palácio Real na Grande Praça de Cádis vista do Pátio dos Banhos na Alhambra de Granada vista do Pátio dos Leões na
Alhambra de Granada. Importante livro de viagens em Espanha. Apresenta uma descrição histórica e geográfica de todas as
suas províncias.
Single volume. Binding: later contemporary vellum (pigskin fashioned at the style of an earlier period)
finished on hard paperboards, blank tooled at covers, and gilt on spine labels. Illustrated with a frontispiece engraved cooper
plate 22 folding stamps: view of the city of Madrid, panorama of the Plaza Mayor, view the Royal Palace, view of the Buen
Retiro, the Great Lake of the Buen Retiro, the church of St. Anthony in the Buen Retiro, view of S. Paul in the Buen Retiro the
Royal Palace del Pardo the main entrance of Escorial, the courtyard of Escorial, the cloister of Escorial view of the Palace of
Aranjuez, panorama of the Aranjuez Fountain, view of the Cathedral of Toledo panorama of Seville view of the Seville
Cathedral and Giralda Tower, view from the Square of the Monastery of St. Francis in Seville, view the Royal Palace of
Seville, view the Royal Palace in the Great Square of Cadiz view of a courtyard in the Alhambra of Granada, seen from the of
the Lions Courtyard in the Alhambra of Granada.
€2.500
72. SARMENTO DE BEIRES, José Manuel. DE PORTUGAL A MACAU. (A Viagem do “Patria”). Edição da Seara Nova.
[Composto e impresso na Imprensa Libânio da Silva]. Lisboa. 1925. De 20x13 cm. Com 202 pags. Brochado. Tiragem especial
de 70/20 ex. em papel Liorne numerados e rubricados pelo autor. Ilustrado em extra-texto com 8 fotografias (provas
fotográficas) montadas em separado em cartolinas próprias intercaladas no texto. Exemplar com dedicatória do autor no
anterrosto dirigida ao ex-Presidente da República Portuguesa, datada de Paris, 1925. Em 7 de Abril de 1924 os aviadores
Sarmento de Beires e Brito Pais partiram de Vila Nova de Milfontes em direcção a Macau num Breguet de 300cv adquirido
por subscrição pública em Junho de 1921. Baptizado com o nome Pátria, o aparelho tinha como tripulantes os dois oficiais e o
mecânico Manuel Gouveia, que os aguardava em Tunes. Substituído por outro aparelho um Havilland Liberty, de 400cv,
adquirido na Índia, após uma aterragem forçada, o Pátria II partiu da Índia a 30 de Maio. A 20 de Junho, o Pátria II deixou a
Indochina, onde ficara retido devido às chuvas e inundações, em direcção a Macau, mas a proximidade de um tufão obrigou-o
a seguir viagem para Cantão, já depois de ter sobrevoado Macau. Uma aterragem de emergência, junto à linha de comboio
Kowloon-Cantão, deixou o aparelho danificado e os pilotos forçados a seguir de comboio para Kowloon.
€150
73. SAXONIA, Ludolphus de. Vita Jesu christi domini ac salvatoris nostri ex evangelio & approbatis ab ecclesia catholica
doctoribus sedule collecta per Ludolphum de Saxonia candidissimi chartusianorum ordinis servantissimum: et accurate per
Jodocum badium ascensium annotata: atque alphabetico indicio ac vita sancte Anne: atque laudibus divi Joachim aucta :
diligenterque rursus Lugdunum impressa 1510. Claude Davost (para) Stephanus Gueynard (Etienne Gueynard, dit Pinet) In
fólio de 25x18 cm. Com 428 fólios sem numeração. Encadernação da época em pergaminho flexível com o título caligráfico na
lombada. Bela impressão pós incunabular em caracteres góticos, frontispício gravado com cenas bíblicas, o titulo a duas cores.
Texto impresso a duas colunas com belas capitulares. Ilustrado com uma gravura xilográfica inicio do texto representado o
presépio. Importante obra sobre a vida de Cristo, comentário devocional aos evangelhos com citações da literatura patrística e
medieval. Principal texto do autor, monge cartuxo natural de Estrasburgo (1295-1378), impresso pela primeira vez em 1474, na
cidade natal do autor. Esta foi a primeira obra ilustrada impressa em Portugal (1495) e a terceira impressa em língua
portuguesa, tendo considerada a primeira até cerca de 1965.
Binding: in a contemporary flexible vellum with calligraphic
title on the spine. Calf ties remains. Very fine post incunabular print in Gothic characters, frontispiece engraved with biblical
scenes, and title page printed in two colors. Text printed in two columns with beautiful capital letters containing biblical
scenes. Title page with an engraved woodcuts (beginning of the text) representing the Nativity. Very important devotional
book - devotional commentary to the Gospels with citations from literature patristic and medieval - printed in Lyon in 1510
from the Carthusian monastery Marienburg, near Duelmen, for Stephanus Gueynard (Etienne Gueynard, dit Pinet), 29 July
1510. (Main text of the author, a native of Strasbourg Carthusian monk (1295-1378), first printed in 1474, in the hometown of
the author). In 4to. Title (printed in red and black) beginning with a woodcut initial (V), underneath a woodcut of 122x
124mm. with Maria and the infant Christ sitting on a pillow and holding a large cross at the right probably the publisher is
praying framed by woodcut borders of portraits of saints at the left, of five angels and saints, below and six separate woodcuts
of ca. 32x20mm of angels and saints at the right together in a second border of floral and decorative woodblocks. An
interesting and beautiful woodcut of the birth of Christ in a fantasized architectural setting (98x75mm), flanked by three
woodcuts of angels and saints (ca.32x20mm) at either side, in a border of floral woodcut blocks at the beginning of the text.
Headline and beginning of the text printed in red. Many small woodcuts (ca.32x20mm) with biblical scenes and saints at the
beginning of each chapter (some are bigger) and many woodcut initials. The artist who made these cuts is the famous Lyonese
woodcutter G. Leroy II (Baudrier, IX, p. 172). The book is rubricated throughout. (12), (416) leaves. Very rare lavishly
illustrated re-edition of the Lyonese edition printed by Etienne Gueynard and Martin Bouillon in 1507. This time the book was
printed, as stated in the colophon on f. 2E7v by Claude Davost for Gueynard. The edition is sometimes dated '1514' in the
bibliographies as the date in the colophon reads: 'M. quingentesimodecimo: quarto Kal. Aug.' Etienne Gueynard (1460-1525)
was active as a printer in Lyon from 1485 onwards. This famous devotional work mostly referred to as the Vita Christi, is the
main work of the Carthusian monk Ludolphus de Saxonia (ca.1295-Stassburg 1378). In fact it is a commentary on the four
Gospels interspersed with citations from patristic and medieval literature. The result is a continuing story of the life of Jesus
that has been very influential for, among others, Ignatius of Loyola (see: H. Böhmer, Loyola und die deutsche Mystik (1921)).
The editio princeps of the Vita was published in Strassbourg in 1474, with another edition in the same year in Schletstadt. The
standard modern edition is by L.M. Rigollot (1878). On the verso of the title page is the dedicatory letter of Josse Badius
Ascensius to Petrus Rostanus, dated 27.11.1507 (the date of the first Gueynard edition), followed by a poem 'ad studiosos
lectores'. The 'Tabula' is on the next 11 leaves. The 'Prologus'of Ludolphus' Vita Christi is on f. 1-4r the first part on f. 4r-217r
and the second part on f. 217r-412r.f. 412v-413v: Petrus Dorlandus, Vita gloriosissime matris Anne.f. 414r : Jodocus
Bessellius, Rosarium de Sancta Anna.f. 414v-415r: Laudes et hymni (a.o. a hymn by Jacobus Keimolanus). f. 415r-v:
Guillermus Bibaucius, Octo epigrammata. f. 415v: two poems by Robertus Baguinus the colophon and a 'Tetrasticon' to the
reader by Josse Badius Ascensius.f. 416r: the often lacking 'Registrum' (list of the quires verso: blank). Very good copy of this
important devotional work complete with the last leaf containing the list of quires ('Registrum') BM STC French, p. 292
Graesse IV, 291 Baudrier, XI, p. 172 and 223-4 BSB, 24, p.230 (this ed.?) Renouard, Josse Badius Asc., III, p.33-4 I. Schunke,
Die Schwenke Sammlung, II, p.276 M.I. Bodenstedt, The Vita Christi of Ludolphus the Carthusian (1944) not in the BN, Paris.
[This file was extracted mostly from Antiquariatt FORUM / Esta ficha foi extraída em grande parte de Antiquariatt FORUM].
€4.000
74. SEMEDO, Alvaro. IMPERIO DE LA CHINA Y CULTURA EVANGELICA EN EL, Por los Religiosos de la Compañia
de JESUS, Sacado de las noticias del Padre Alvaro Semmedo de la propria Compañia. POR MANUEL DE FARIA Y SOUSA,
Cavallero de la Orden de Christo, y de la Casa Real. LISBOA OCCIDENTAL, EN LA OFFICINA HERRERIANA. M.
DCC.XXXI. [1731] In fólio menor de 29x20 cm. Com [xviii], 252 pags. Encadernação da época inteira de pele com rótulo
vermelho, nervos e ferros a ouro na lombada. Folha de rosto impressa a duas cores adornada com o escudo real de D. João V, a
quem é dedicada a obra. Exemplar com assinatura de posse do bibliógrafo Pinto de Matos no verso da folha de rosto; e
ex-libris do Dr. José Bayolo Pacheco de Amorim. Segunda edição em castelhano, a primeira publicou-se em Madrid no ano de
1642. Inocêncio I, 50. “Imperio de la China y cultura evangelica en el, por los religiosos de la Compañia de Jesus. Sacado de
las noticias del P. Alvaro Semmedo de la propria Compañia. Madrid, por Juan Sanchez 1642. 4.º - É dividida em tres partes,
das quaes a. I tracta geralmente da descripção do paiz, e de suas provincias, sitio, e qualidades: a II do seu governo, e do
tocante ás pessoas e costumes de seus habitadores: a III emfim do que diz respeito á cultura evangelica, e introducção do
christianismo no imperio. Foi tão bem aceita esta relação, que todas as nações da Europa se apressaram a transportal a para os
seus idiomas, o que se prova pelas traducções que d’ella se fizeram, a saber: Em italiano com o titulo: Relazione della grande
monarchia della Cina, Roma 1643. 4.º, adornada com o retrato do auctor, e reimpressa ibi, 1653. 4.º - Em francez, com o titulo
Histoire universelle du grand royaume de la Chine composée en italien par le P. Alvares de Semmedo, et traduite en notre
langue par L. Coulon. Paris 1645. 4.° Reimpressa em Lyon 1667. 4.°, da qual tinha um exemplar o cav. Francisco José Maria
de Brito. - Em inglez: History of the grande and renowed monarchy of China. London 1665 fol. illustrada com mappas, e
retrato do auctor, da qual Barbosa declara ter tido um exemplar. Reimpressa ibi, 1665 fol., se é exacto o que diz Mr. Ternaux
Compans na sua Bibliotheque Asiatique et Africaine n.º 2001.[O] original manuscripto, tal como o escrevera o P. Semmedo, e
que parece ter estado em poder de Manuel de Faria, que por elle fez a sua versão, esse original é mais que raro, e mesmo se
ignora, creio, o destino que levou: A traducção de Faria (n.º 265) sahiu novamente com o mesmo titulo, Lisboa Occidental, na
Off. Herreriana 1731. fol. de XVII 252 pag., por diligencia de Miguel Lopes Ferreira, a quem muito se deve pelo serviço
prestado ás lettras nas varias publicações que fez de alguns ineditos, e nas reimpressões de livros antigos e estimaveis que se
iam tornando raros.
SEMEDO, Alvaro. (1586-1658) [Empire of China and the Christian culture of the Society of Jesus,
taken from the accounts of P. Alvaro Semmedo]. Second Edition in Spanish. Small Folio. Conteporary Period gilt tooled full
calf with a red gilt morocco label. A very good copy. Rare work. Semedo was the Portuguese Jesuit “Procurador General” for
China. This is a general description of Chinese society which describes the foreign missions and the Manchu campaigns. The
manuscript was written by Semedo in Goa in 1638 and contains the first description of tea in a European work on China.
'Semedo first arrived in China in 1613, and worked there for the next twenty-four years. During this time he was associated
with Johann Adam Schall von Bell, whom he joined at Xian in 1628, and was responsible for the first European translation of
the engraved pillar commemorating the arrival of the Nestorian Alopen. Sent back to Europe as procurator in Rome for the
China mission, he called at Goa, where in 1638 he completed his Relacao da propagacao de fe no regno da China e outras
adjacentes, a valuable account of the conditions in China at the end of the Ming dynasty. The Portuguese original of the work
eventually reached the hands of the Portuguese historian, Manuel Faria y Sousa, who edited it into an historical form and had it
translated into Spanish' (Howgego S81). 'This work gives a long account of China, its various provinces, inhabitants and their
manners and customs, Government and Military Art, propagation of the Gospel, and more particularly an account of the
labours of the Jesuits there' (Cox. I, p. 323); Cordier Sinica 23-24; 'On 29 March 1608, [Semedo] left for Goa and the Far East
aboard Na. Sra. Do Vencimento. He arrived to Macau in 1610, and to Nanjing in 1613. Along with another Jesuit, Alfonso
Vagnoni, he was imprisoned during an anti-Christian campaign in Nanjing in 1616, and then sent back to Macau, where he
stayed till 1621. As the persecution campaign in the mainland China abated, Fr. Semedo changed his Chinese name from Xie
Wulu to Zeng Dezhao and re-entered China, now working in Jiangsu and Jiangnan provinces. He spent most of his term in
China in the central and southern provinces; perhaps his only trip north was the one he made to Xi'an in 1625, during which he
was the first European to see the recently unearthed Nestorian Stele'.
€3.000
75. SILVA CARVALHO, José da. DIRECTORIO PARA OS ESCRIVÃES DOS JUIZES PEDANEOS CONFORME O
DECRETO DE 16 DE MAIO DE 1832. Lisboa: Imprensa Nacional. 1833. De 14x9 cm. Com 35 pags. Brochado. Exemplar
com capa de brochura da época com título manuscrito; e última página com pequena falha marginal, afectando algumas
palavras. Lei promulgada aos 24 de Dezembro de 1833. Contém minutas para a elaboração de documentos, entre as quais,
certidões, inquirições e autos de diferentes corpos de delito. Inocêncio não menciona. BNP não refere.
€80
76. SILVA, Padre Fernando Augusto. PELA HISTÓRIA DA MADEIRA. Digressões através de alguns livros e arquivos.
[Tipografia Madeira Gráfica. Funchal]. Edição da Câmara Municipal do Funchal 1947. De 21x16 cm. Com 300 pags.
Brochado. Exemplar com dedicatória do autor. Obra de memórias eruditas sobre o desenvolvimento cultural e social da
Madeira, divididos em pequenos capítulos temáticos de onde se salientam: Descobrimento e supostos descobridores; as
condições do meio e as relações sociais; a governação superior do arquipélago; «Saudades da Terra» o autor, o anotador e as
edições; a obra do século XVI 'Insulae Materiae Historia' e os seus autores, publicações e plágios; a Madeira no cancioneiro de
Resende; a Madeira na obra de Teófilo Braga; ascensão ao Pico Ruivo e os seus excursionistas, toponímia e dados ciêntificos;
igrejas, capelas e padrões memoráveis; o padroeiro, a sua igreja e a peste; Santo Antonio Doutor da Igreja; através do antigo
Funchal; o “problema máximo: as levadas”; nostalgia e isolamento e as comunicações com a Europa; o aluvião e o terramoto
nos anos de 1724 e 1748; o aluvião de 1803; a ocupação estrangeira; os governadores civis, concelhos e autonomia
administrativa de 1834 a 1900; e ainda a referência aos primeiros opúsculos e à intensa actividade jornalística na Madeira,
entre outros temas.
€120
77. STORCK, Wilhelm. VIDA E OBRAS DE LUÍS DE CAMÕES. Primeira parte [e única publicada]. Versão do original
allemão. Annotada por Carolina Michaëlis de Vasconcellos. Por ordem e na Academia Real das Sciencias. Lisboa. M D CCC
XCVII [1897]. De 31x24 cm. Com 744 pags. Encadernação com lombada e cantos em pele com finos ferros rolados a ouro nas
pastas. Exemplar apenas aparado à cabeça. Este volume foi destinado a conter os trabalhos de Wilhelm Storck, sendo o 2º
volume destinado aos trabalhos da tradutora.
€200
78. TORÍO, Torquato. ARTE DE ESCRIBIR POR REGLAS Y CON MUESTRAS, SEGUN LA DOCTRINA DE LOS
MEJORES AUTORES ANTIGUOS Y MODERNOS, EXTRANGEROS Y NACIONALES: ACOMPAÑADO DE UNOS
PRINCIPIOS DE ARITMÉTICA, Gramática y Ortografia Castellana, Urbanidad y vários sistemas para la formacion y
enseñanza de los principales caracteres que se usan en Europa. COMPUESTO Por Don Torquato Torío de Riva y Herrero,
Socio de número de la Real Sociedad económica Matritense; Oficial del Archivo del Excelentísimo Señor Marques de Astorga,
Conde de Altamira; Escritor de Privilegios, y Revisor de Letras antiguas por S. M. MADRID MDCCXCVIII. [1798]. EN LA
IMPRENTA DE LA VIUDA DE DON JOAQUIN IBARRA. 4º (de 21x15 cm) com xxviii-418-[i] pags. Encadernação da
época em pergaminho rígido com atilhos por fechos. Ilustrado com 58 lâminas - numeradas e intercaladas em extra-texto - com
dezenas de exemplos de alfabetos para uso caligráfico e para a execução de tipos de imprensa. Anterrosto da obra com
frontispício decorativo. 1ª edição. Palau 1992, VII, 42.
Printed by Ibarra (Viuda de Don Joaquin). 1st edition. Binding:
contemporary flexible vellum with tie ropes. Illustrated with 58 engraved plates - numbered and interspersed in extra-text with dozens of examples of calligraphic alphabets to use as typographical fonts. Frontispiece is a very fine decorative engraved
copperplate. Contains an 18th Century writing book. Includes also treatises in Spanish coinage, grammar and arithmetic, and
social protocol. The author was calligrapher to the King of Spain. Palau 1992, VII, 42; Magge, Spanish Books, 102113; Salva,
7431.
€1.500
79. VACHEROT, (J.) PARCS ET JARDINS. Album d’Études. Précédé de la 2ª édition de Les Parcs et Jardins au
commencement du XX ème siècle. Par… Architecte Paysagiste, Jardinier en Chef de l’Exposition de 1900, Jardinier principal
honnoraire de la Ville de Paris. 402 figures dans le texte. 126 planches hors texte. Librairie Octave Doin – Gaston Doin,
Éditeur. 1925. De 28x38 cm (formato oblongo). Com 129 pags. Brochado. Profusamente ilustrado com 402 fotogravuras e
esboços no texto; e com 126 fotogravuras e planos de arquitectura em extra-texto.
€150
80. VALENTE, (A. J.) ANGOLA E CONGO. Quatrocentos annos depois. Historia antiga e moderna. A Questão do Zaire.
Breves reflexões sobre os portos do norte da costa occidental da Africa Portugueza que fazem parte dos Estados
Portuguezes de Angola e Congo. Coordenação de algumas doutrinas e documentos relativos aos direitos legítimos de
Portugal aos mesmos territórios, consideradas e compiladas por occasião da invasão de Brazza e da Associação Internacional.
As nossas ultimas occupações ao Norte do Zaire. As pretenções da Associação Internacional Africana e a pendência com
Portugal. O Congresso e o Tratado de Berlim. Por… Socio da Sociedade de Geographia de Loanda, Escrivão da Alfandega de
Mossamedes, etc. Volume I. [e único publicado]. Typographia Rua da Atalaya, 40 a 52. Lisboa. 1887. De 24x16 cm. Com
501-(iv) pags. Encadernação do editor com motivos decorativos impressos e gravados a ouro. Ilustrado com um retrato do
autor em anterrosto e gravuras no texto. Inocêncio XVI, 350.
€300
81. VANDELLI, Domingos. DICCIONARIO DOS TERMOS TECHNICOS DE HISTORIA NATURAL. EXTRAHIDOS
Das Obras de Linnéo, com a sua explicaçaõ, e estampas abertas em cobre, para facilitar a intelligencia dos mesmos. E A
MEMORIA SOBRE A UTILIDADE DOS JARDINS BOTANICOS. … Director do Real Jardim Botanico, e Lente das
Cadeiras de Chymica, e de Historia Natural na Universidade de Coimbra. &c. COIMBRA: Na Real Officina da Universidade.
M. DCC. LXXXVIII. (1787) In 4.º de 20,5x14 cm. Com frontispício gravado, (i)-vi-301-(iii)-xxxvi pags. + xxi estampas
muitas delas desdobráveis. Junto com: VANDELI. (Domingos) FLORAE LUSITANIACE ET BRASILIENSIS
SPECIMEN * Plantae exoticae B. Brasiliensis. ET EPISTOLAE AB ERUDITIS VIRIS CAROLO A LINNÉ
ANTONIO HAEN A DOMINICUM VANDELLI Scriptae. CONINBRICAE: Ex Typographia Academico-Regia,
MDCCLXXXVIII. (1788) In 8.º de 20x14,5 cm. com (ii)-96 pags. Ilustrado com 5 gravuras desdobráveis. Encadernação da
época inteira de pele com nervos e ferros ao ouro na lombada. Inocêncio II 200. “DOMINGOS VANDELLI, Commendador da
Ordem de Christo, Doutor em Philosophia pela Univ. de Padua, e Lente jubilado da mesma faculdade na de Coimbra Deputado
da Real Junta do Commercio, Agricultura, Fabricas e Navegação Director do Real Jardim Botanico d'AJuda, Socio da
Academia Real das Sciencias de Lisboa, e das de Upsal, Lusacia, Padua, Florença, etc. etc.-N. em Padua, segundo se crê, pelos
annos de 1730, sendo filho do Doutor em Medicina Jeronymo Vandelli, Lente na Universidade da mesma cidade. Veiu para
este reino convidado pelo ministro Marquez de Pombal, com o destino de reger uma cadeira de Philosophia em Coimbra, e
parece que já estava em Lisboa em 1765. Gosou em Portugal de grandes honras e distincções, que, se podemos dar credito as
queixas do seu collega e consocio Brotero, não foram tanto devidas a sua sciencia, quanto ao modo com que sabia insinuar se,
e captar a benevolencia de certas personagens collocadas em logares eminentes, ou que dirigiram os negocios da monarchia
por aquelles tempos. Parece que durante o periodo da invasão e occupação do reino pelas tropas francezas em 1807 e 1808 fôra
suspeito, ou quando menos accusado de adhesão ao partido dos invasores e d'ahi lhe proveiu que no anno de 1810, apesar dos
seus 80 annos, e das enfermidades companheiras da decrepidez, fosse com outros incluido na denominada Septembrisada, e
conduzido preso para bordo da fragata Amazona para n'ella seguir viagem para a ilha Terceira, com os seus companheiros
deinfortunio. Foi lhe porém concedida depois a transferencia para Inglaterra, onde teve de demorar se até a paz geral.
Regressando para Lisboa em 1815, segundo creio, viveu ainda algum tempo no estado de quasi completa imbecilidade,
falecendo finalmente a 27 de Junho de 1816.-As obras que escreveu em Portugal, em portuguez e latim, foram numerosas
umas se publicaram em separado, outras inscritas nas collecções da Academia e algumas ficaram manuscriptas, segundo me
constou, em poder de seus filhos, e de outras pessoas. [Flora Lusitanicae et Brasiliensis] Este opusculo, que Vandelli publicou,
servindo se de indicações fornecidas pelo dr. Joaquim Velloso de Miranda, correspondente da Acad. Real das Sciencias, e
residente na provincia de Minas Geraes, foi depois alterado em parte, por decisão da mesma Acad., substituindo se por outros
os nomes de varias plantas, que Velloso dedicara a certas personagens (sem se esquecer de si proprio, como se vê a pag. 32 do
referido opusculo). A Memoria assim reformada sahiu nas da Academia a pag. 37 e seguintes do tomo I.- O sr. Manuel
Bernardo Lopes Fernandes me fez ver autographa a censura do P. João de Loureiro, em cuja conformidade se fizeram as
al¬terações indicadas.” Borba de Moraes, 875.
Binding : contemporary natural calf gilt to spine and label. Engraved
frontispiece and 21 folding plates skillfully printed. Contemporary signature to title page. Printed at the Royal Typography of
the University of Coimbra. Leatherbound together with the very important cientific research on the Brazilian Flora: FLORA
LUSITANIACE ET BRASILIENSE SPECIMEN [Plantae exoticae B. Brasiliensis] is a pioneer cientifical research
illustrated with 5 folding plates. The Vandelli’s Diccionary of Technical Terms - a translation of the Latin words and
expressions of natural history based on the Linnean works - contains explanations and engravings printed from copper plates. It
is a useful work still worth as a memoir for botanical gardens which was writen by the Director of Royal Botanical Gardens in
Portugal, and Professor of Natural History. Domingos Vandelli Doctor in Philosophia University of Padua, in Italy professor of
Natural History at Coimbra University Member of the Royal Board of Commerce, Agriculture, Plants and Navigation Director
of the Royal Botanical Gardens Member of the Royal Academy of Sciences of Lisbon Uppsala Padua Florence, etc. He was
born in Padua, circa 1730, son of the Medical Doctor Jeronymo Vandelli, Professor at the University. He came to Portugal
invited by the prime-minister Marquis of Pombal, to take the a chair in Coimbra. During the period of the Napoleonic
Invasions, and occupation of Portugal by the French troops, he was suspected to the party of the invaders and despite his 80
years he was sent to exile. After the general peace he returned to Lisbon in 1815 where he died in 1816. Flora Brasiliensis et
Lusitanicae which Vandelli published was using information provided by Dr. Joaquim Velloso de Miranda - correspondent
Royal Academy of Sciences and resident in the brazilian province of Minas Gerais – and was later corrected by decision of the
Royal Academy, replacing names of various plants, which Velloso devoted to known persons and to himself.
€3.000
82. VERTOT, Abbé de. RÉVOLUTIONS DE PORTUGAL. Par M. l’Abbé de Vertot, de l’Académie des Inscriptions &
Belles-Lettres. NOUVELLE ÉDITION, revue & augmentée. A LA HAYE, Chez Pierre Gosse Junior, et Daniel Pinet. M.DCC.
LXIX. [1769]. In 8º (de 14x11 cm) com xii-276 pags. Encadernação da época com lombada e cantos em pele. Exemplar com
ex-libris oleográfico sobre a folha de rosto. O tema principal é o da Revolução de 1640 e as manobras da sua preparação em
segredo. O Abade de Vertrot (1655-1735), membro da Academia das Inscrições, escreveu esta obra em 1690 tendo obtido um
sucesso que o conduziu à elaboração de outras análises histórias no entanto o seu talento foi essencialmente de natureza
literária. Segundo Gastão de Melo e Matos afirma (na nova tradução e impressão de 1945); foi com a Restauração que Portugal
se tornou conhecido do europeu médio da época, pois Portugal não constituia um factor político na Europa; e foram pelas
acções dirigidas contra o rei de Espanha que esta obra alcançou fama.
Rene Aubert, Abbe de Vertot (1655-1735) was a
French historian who was one of the most prolific 18th-century authors on the subject of revolutions. His histories generally
had many French editions before being translated into other languages. This history of the Portuguese Revolution of 1640 was
the most popular of his works, having 35 printings in French alone. The book records Portugal's independence resulting from
the dissolution of the Iberian Union.
€150
83. VIEIRA, António. A NEW PORTUGUESE GRAMMAR. CONTAINING I. Rules for the modification and use of the
different parts of speech. II. The syntax, in which are explained, after a more copious manner than hitherto attempted, the
peculiar use of Portuguese Particles. III. A Vocabulary, more particulary containing the Terms of Commerce, War and
Navigation, with a variety of Frases and familiar Dialogues, taken from common conversation and the best authors. THE
FIFTH EDITION. By ANTHONI VIEYRA TRANSTAGANO, Teacher of the Portuguese and Italian Languages. LISBON:
Printed for F[rancisco] ROLLAND. 1812. With Permission da Meza do Desembargo do Paço. In 8º (de 20x12 cm) com (iii),
335, (i), (vii) pags. Encadernação da época inteira de pele com ferros a ouro na lombada. Edição realizada para Francisco
Rolland, impressa em Inglaterra. Inocêncio (VIII, 320) refere outras edições com conteúdo diferente porém não refere esta.€150
84. WANTON, Henry. VIAGES DE ENRIQUE WANTON AL PAIS DE LAS MONAS. Traducidos del inglês al italiano y de
este al español. Por D. G. J. V. D. G. Y. M. Madrid en la Imprenta Real. Año de 1800. Obra em 4 volumes. In 12º (de 13x8
cm) com xxii-306, 285, 348, e 305-(ii) pags. Encadernações da época inteiras de pele. Ilustrado em extra-texto com gravuras
com os episódios da viagem à terra (ou planeta) dos macacos. Obra de um subgénero emergente no século XVIII de uma
ficção a partir de escritos utópicos originários em interpretações ficcionadas em pesquisas bibliografias e muitas vezes
incluídas nos jornais europeus da sua época. Originalmente com o título: The Travels of Henry Wanton to the undiscovered
Austral regions and the Kingdom of the Apes, in which are expounded the Character, Customs, state of Knowledge and form
of Government of their extraordinary Inhabitants.
€400
85. WILDE, (W. R.) NARRATIVE OF A VOYAGE TO MADEIRA, TENERIFFE, AND ALONG THE SHORES OF
MEDITERRANIAN, including a visit to Algiers, Egypt, Palestine, Tyre, Rhodes, Telmessus, Cyprus, and Greece. With
observations on the present state and prospects of Egypt and Palestine, and on the climate, natural history, antiquities, etc. of
the countries visited. By… M. R. I. A. Licentiate of the Royal College of Surgeons In Ireland, Member of the Dublin Natural
History Society, &c. In two volumes. William Curry, Jun. and Company. Dublin 1840. Obra em 2 volumes. In 4º (de 22x14
cm) com xiv, [i], 464 e viii, 495 pags. Encadernações da época com lombadas e cantos em pele. Corte das folhas marmoreado.
Ilustrado no texto e em extra-texto com litografias coloridas e mapas. O autor W. R. Wilde, cirurgião irlandês, foi o pai do
escritor Óscar Wilde.
€1.200
Suplemento
86. AFONSO LOPES VIEIRA. 1878-1946. In Memoriam. MCMXLVII [1947]. De 32x25 cm. Com 267 pags. Brochado.
Ilustrado no texto e em extra-texto com retratos do autor.
€80
87. AFONSO. (Rui) INJUSTIÇA. O Caso Sousa Mendes. Caminho. Lisboa. 1990. De 21x14 cm. Com 197 pags. Brochado. €20
88. AGREEMENT FOR THE ESTABLISHMENT OF A EUROPEAN PAYMENTS UNION. (With Annexes and Protocol
of Provisional Application). Paris, 19th September, 1950. Published by the Stationary Office. Dublin. 1950. De 24x16 cm.
Com 33 pags. Brochado.
€20
89. AGUIAR. (António de) AS MAIS ANTIGAS ESPÉCIES ICÓNICAS AFONSINAS. Separata da Revista 'Ocidente'.
Lisboa. 1957. De 25x18 cm. Com 44 pags. Brochado. Ilustrado.
€15
90. ALARCÃO. (Jorge e Adília de) VIDROS ROMANOS DE CONIMBRIGA. Museu Monográfico de Conimbriga.
Direcção-Geral do Ensino Superior a das Belas-Artes. Ministério da Educação Nacional. Coimbra. 1965. De 24x18 cm. Com
169 pags. Brochado. Ilustrado com levantamentos arqueológicos da morfologia das peças.
€50
91. ALARCÃO. (Jorge) PORTUGAL ROMANO. 33º volume da colecção 'História Mundi'. Editorial Verbo. Lisboa. 1973. De
21x15 cm. Com 273 pags. Brochado. Profusamente ilustrado.
€30
92. ALBUM DE DESENHO COM 4 RETRATOS E 6 LITOGRAVURAS. De 28x37 cm. (formato oblongo). Cerca 45 fólios.
S/l. [Malange] S/d. (Circa 1890-1910). Encadernação da época com lombada e cantos em pele com danos exteriores e
marginais. Caderno de desenho ilustrado manualmente com 4 esboços (todos a carvão) com bustos retratados em estudo
clássico de perfil, assinados Ilda Judice; e com 6 gravuras da época, litografadas, coladas nos fólios. Os desenhos retratam
bustos clássicos possivelmente inspirados em protótipos pré-existentes num livro de desenho. As gravuras litografadas têm
origem no 'Album de Portugal em Africa', com os títulos respectivamente: Conselheiro Cabral Moncada, Governador Geral da
Provincia de Angola; D. António Dias Ferreira, Bispo resignatário de Angola e Congo; D. António José Gomes Cardoso,
Bispo de Angola e Congo; Bolama - Fanfarristas indigenas educados pelo Cónego Serpa Pinto; Padre José Scahller,
Missionário do Espírito Santo; e Conselheiro Jacinto Cândido da Silva, Ministro da Marinha e Ultramar.
SKETCHBOOK.
Oblong 28x37 cm. With 45 folium. (Circa 1890-1910). Binding: contemporary half fabric. Illustrated with 4 hand drawings (all
charcoal). Non identified subjects. Author: Ilda Judice.
€100
93. ALBUQUERQUE SOUSA. (José de) COMENTÁRIO AO CÓDIGO DO TRABALHO RURAL DO ULTRAMAR. Por
... Juíz da Relação. Contendo em apêndices: I-Legislação diversa (Nomeadamente, sobre: -julgados municipais e tribunais
municipais do trabalho;-processo e custas nos tribunais do trabalho;-Serviços de Inspecção do trabalho, Institutos do Trabalho,
Previdência e Acção Social;-convenções colectivas e despachos de regulamentação do trabalho;-extinção do indigenato,
relações de direito privado (usos e costumes); E ainda: Estatutos do Trabalho Nacional e outros diplomas). II-Documentos
diversos (Trabalhos preparatórios do Código). Edição do Autor. Depositária, Coimbra Editora, Limitada. 1962. De 23x16 cm.
Com 902 pags. Encadernação da época em percalina. Exemplar com o número 488 e com chancela do autor, com assinatura de
posse na folha de anterrosto.
€40
94. ALBUQUERQUE. (António de) A EXECUÇÃO DO REI CARLOS. Monarchicos e republicanos. Editor Antonio
Albuquerque. Imprimerie Liberté – Bruxelles. 1909. De 19x11 cm. Com 226 pags. Brochado. Ilustrado com o retrato do autor
em extra-texto numa reprodução de um desenho a carvão. Local de impressão provavelmente fictício.
€60
95. ALBUQUERQUE. (D. António de) SIDÓNIO NA LENDA. Estudo crítico por… autor do «Marquês da Bacalhôa».
Empresa Internacional Editora Lúmen. 1922. De 21x12 cm. Com 102 pags. Brochado deve ser encadernado. Exemplar com
capa com danos marginais recuperáveis.
€40
96. ALCOOL (O) VINICO CONTINENTAL EXPULSO DA ILHA DA MADEIRA. Monopolio em perspectiva. Refutação do
folheto «O Alcool do continente na Madeira». Typ. e Papelaria Baeta Dias. Lisboa. 1909. De 21x14 cm. Com 15 pags.
Brochado. Obra publicada anónima, porém subscrita por Cossart Gordon & Cª; Blandy Brothers & Cª; e outras firmas inglesas.
€40
97. ALENCAR. (José de) O GUARANY. Romance Brasileiro. Livraria Francisco Alves. Rio de Janeiro|S. Paulo|Belo Horizonte.
1915. Dois volumes de 18x12 cm. Com 288 e 255 pags. Encadernação em percalina azul com lombada e cantos em pele
pintada da mesma cor, com ferros a ouro na lombada. Exemplar com carimbos oleográficos e assinatura de posse preserva
capas de brochura originais.
€60
98. ALIGHIERI. (Dante) A DIVINA COMÉDIA. I VOLUME. O INFERNO. II VOLUME. O PURGATÓRIO. III
VOLUME. O PARAÍSO. Prefácio pelo Prof. Vieira de Almeida. Tradutores: I Volume O Inferno, Fernanda Botelho; II
Volume O Purgatório, Sophia de Mello Breyner Andresen. III Volume O Paraíso, Armindo Rodrigues. Editorial Minautauro.
Lisboa. 1961. 3 volumes. De 30x24 cm. Com 380, 382 e 472 pags. Encadernações editoriais. Profusamente ilustrado por
António Areal, Carlos Botelho, Daciano, Júlio Pomar, Camarinha, José Júlio, João Vieira, Cipriano Dourado, Fernando
Azevedo, Nikias Skapinakis, Maria Velez e Jorge Barradas.
€120
99. ALMEIDA GARRETT. O TOUCADOR. Periódico sem Política. Prefácio de Fernando de Castro Pires de Lima. Vega.
Lisboa. 1993. De 21x14 cm. Com 127 pags. Brochado. Ilustrado.
€20
100. ALMEIDA GARRETT. OBRAS COMPLETAS… Lello & Irmão, Editoras. Porto. 1966. Obra em 2 volumes. De 19x13
cm. Com 1968 e 2122 pags. Encadernações do editor. Ilustrados com um retrato do autor. Obra impressa sobre papel bíblia.
€60
101. ALMEIDA GARRETT. ROMANCEIRO. I. Romances de tradição oral. Edição revista e prefaciada por Fernando de
Castro Pires de Lima. Biblioteca Lusíada. Livraria Simões Lopes de Manuel Barreira Editor. Porto. 1949. De 20x13 cm. Com
478 pags. Brochado. Exemplar por abrir.
€30
102. ALMEIDA SILVANO. O [GRANDE] MARQUEZ DE POMBAL. Celebrado por um grupo de distinctos escriptores
liberaes. [Por]… Bacharel formado pela Universidade Pombalina. Empreza de O Bem Publico. Lisboa. 1906. De 20x12 cm.
Com 295 pags. Brochado.
€90
103. ALTHUSSER. (Louis) IDEOLOGIA E APARELHOS IDEOLÓGICOS DO ESTADO. 3ª edição. Editorial Presença.
Lisboa. 1980. De 18x11 pags. Com 120 pags. Brochado. Exemplar com título de posse na folha de guarda.
€15
104. ALVES DA VEIGA. (Augusto Manuel) POLÍTICA NOVA Ideias para a reorganisação da nacionalidade portugueza.
Livraria Clássica Editora de A. M. Teixeira & Cta. Lisboa. 1911. De 19x12 cm. Com 239 pags. Brochado. Exemplar com
dedicatória do autor no anterrosto dirigida ao Presidente da República Portuguesa. Obra impressa em 1911, na Imprensa
Portuguesa, no Porto. O autor refere no prefácio que “não podendo tomar assento nas Cortes Constituintes, em virtude do posto
diplomático que o Governo Provisório lhe confiou, julgou conveniente exprimir por este meio a maneira de ver sobre estas
questões”. Alves da Veiga (1850-1924) Foi um dos republicanos que fizeram a revolta do Porto, em 31 de Janeiro de 1891.
Formou-se em direito na Universidade de Coimbra. Em 1875 e 1876, quando fixou a residência no Porto, foi um dos
redactores da Actualidade, jornal do centro eleitoral republicano, na lista do governo provisório figura o seu nome. Na revolta
de 31 de Janeiro de 1891, de que foi uma das figuras principais, leu das janelas da câmara municipal a proclamação do novo
governo ao povo. Após o malogro da revolução emigrou para Paris.
€50
105. ALVES MARTINS. (C.) e outros. EVOLUÇÃO DA ESTRUTURA ESCOLAR PORTUGUESA (METRÓPOLE).
Previsão para 1975. Projecto Regional do Mediterraneo. Subsidiado pela Fundação Calouste Gulbenkian. Centro de Estudos
de Estatística Económica. Instituto de Alta Cultura. Lisboa 1963. De 22x16 cm. Com 234 pags. Brochado. Previsão com
divulgação aprovada por Despacho Ministerial de 2 de Abril de 1964.
€20
106. ALVES REDOL. ANÚNCIO. Obras de... Novela. (2ª edição). Editorial Inquérito. Lisboa. 1945. De 19x12 pags. Com 302
pags. Encadernação do editor.
€50
107. ALVES REDOL. AVIEIROS. Obras de... Romance. 3ª edição. Editorial Inquérito. Lisboa. S/D (194?). De 19x12 cm. Com
354 pags. Encadernação do editor.
€50
108. ALVES REDOL. GAIBÉUS Obras de... Romance. (4ª edição). Editorial Inquérito. Lisboa. S/D (194?). De 19x12 cm. Com
315 pags. Encadernação do editor.
€50
109. ALVES REDOL. MARÉS. Obras de... Romance. (2ª edição). Editorial Inquérito. Lisboa. De 19x12 cm. Com 353 pags.
Encadernação do editor.
€50
110. ALVES TERÇAS. (Padre J.) A CAMINHO DA TERRA SANTA. Edição e propriedade do auctor. Lisboa. 1929. De 21x15
cm. Com 270 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado com fotogravuras, mapas e desenhos com a reconstituição
de Jerusalém.
€30
111. AMARAL. (J. M. F. do) REFUTAÇÃO ÁS ALEIVOZIAS E INDECENCIAS QUE VEM EXARADAS NA
EXPOSIÇÃO DAS CIRCUNSTÂNCIAS QUE ACOMPANHARÃO A VINDA A PORTUGAL d’Arcenio Pompilio
Pompeo de Carpo e sua prisão e processo em Lisboa. Por… Na Impressão de Galhardo. Lisboa. 1845. De 19x13 cm. Com
20 pags. Brochado.
€60
112. AMEAL (João) HISTÓRIA DE PORTUGAL [1ª edição]. [Por]... da Academia Portuguesa de História. 1941. Livraria
Tavares Martins. Porto. Ano Áureo. 1940. De 20x14 cm. Com xvi-867 pags. Brochado. Ilustrado e com 1 diagrama
genealógico dos reis de Portugal; mapa das pincipais batalhas em território português; planta do posição protocolar dos
membros das Cortes segundo a tradição antiga; e outros mapas, fac-similes e gravuras desdobráveis.
€40
113. AMORIM GIRÃO. (Aristides de) GEOGRAFIA DE PORTUGAL. 3ª edição. (Acrescida do estudo das Ilhas
Adjacentes. [Por]… Professor de Geografia de Portugal na Universidade de Coimbra. [Composto e impresso nas oficinas
gráfica da Companhia Editora do Minho, Barcelos]. Portucalense Editora, S. A. R. L. Pôrto. 1960. De 30x21 cm. Com 510
pags. Encadernação editorial em percalina estampada e seco a ouro com motivos decorativos e título em super-libris.
Profusamente ilustrado com mapas geográficos completados com informação impressa sobre folhas de papel vegetal; mapas
hipsométricos; mapas com as bacias hidrográficas; mapas com os tipos de povoamento; mapas com os tipos de produção; etc.
Contém um levantamento das tipologias da habitação rural. Obra com excelente acabamento tipográfico sobre papel de linho
creme. Estudo da Madeira e dos Açores ocupa as últimas 50 páginas. Exemplar com assinatura de posse sobre a página de
rosto e em várias páginas de texto; e vestígios de fita-cola nas folha de guarda, no anterrosto e no cólofon.
€60
114. AMZALAK. (Moses Bensabat) A PRIMEIRA EMBAIXADA ENVIADA PELO REI D. JOÃO IV Á DINAMARCA E
Á SUÉCIA. Notas e Documentos. [Por]... Professor Catedrático do Instituto Superior de Comércio de Lisboa. Comp. e
impresso nas Of. Gráf. do Instituto Superior de Comércio. Lisboa. 1930. De 25x17 cm. Com 70-(i) pags. Brochado. Exemplar
por aparar. Ilustrado com fac-similes de frontispícios de obras da época da Restauração; e a transcrição de documentos que
atestam a ajuda dos países nórdicos no auxílio na guerra contra a Espanha.
€40
115. ANDRADE DE FIGUEIREDO. (Manuel) NOVA ESCOLA PARA APRENDER A ler, escrever, e contar.
[FAC-SIMILE]. OFFERECIDA A’ AUGUSTA MAGESTADE DO SENHOR DOM JOAÕ V. REI DE PORTUGAL
PRIMEIRA PARTE. POR MANOEL DE ANDRADE DE FIGUEIREDO, Mestre desta Arte nas Cidades de Lisboa.
Occidental, e Oriental. LISBOA OCCIDENTAL, Na Officina de BERNARDO DA COSTA DE CARVALHO, Impressor do
Serenissimo Senhor Infante. (S/D. (1722). De 33x25 cm. Com (XVI)-156 pags. Encadernação editorial acondicionada dentro
de estojo cartonado. Exemplar numerado XVI (fora da tiragem de 1100 destinados ao mercado) com dedicatória do editor.
Ilustrado com 2 gravuras de B. Picart: a famosa gravura de Lisboa antes do terramoto de 1755, encimada pelo brasão real; e a
segunda com o retrato do autor aos 48 anos datado de 1721. Seguem-se 45 estampas decorativas com alfabetos, penas e
desenhos caligráficos da autoria de Andrade datadas de 1718. Obra máxima e monumental da caligrafia portuguesa moderna,
com a qual Andrade (1673-1735) criou um tipo de letra a que chamaram português. A sua publicação reformou uma arte que
não tinha evoluído desde que saiu a luz a obra Exemplares de Diversas Sortes de Letras de Manuel Barata, ainda no início do
período filipino. Manteve-se actual até ao início do reinado de D. José. Nessa época introduziu-se em Portugal a letra inglesa e
francesa. Já no século XIX, Ventura da Silva publica a obra Regras Metódicas e regulariza a letra portuguesa seguindo o
método de Andrade. Segundo (Inocêncio V, 354): “Famoso professor de calligraphia em Lisboa, e natural da capitania do
Espírito-Santo no estado, hoje império, do Brasil. Diz Ventura da Silva «deu á Luz Andrade a sua Arte de Escripta, que
enriqueseu d’elegantes abecedários, ornados de engraçadas laçarias.» Antonio Jacinto Araujo, dizendo a respeito de Andrade:
«Tirou de Morante algumas idéas engraçadas, as quaes todavia aperfeiçoou. Os seus abecedarios são ornados de elegantes
labyrintos, e o bastardo e cursivo é maravilhoso».”
€120
116. ANDRADE. (Anselmo) EVOLUÇÃO DA MOEDA. [Por]... Antigo Ministro da Fazenda. Coimbra Editora, Lda. Antiga
Livraria França & Arménio. Coimbra. 1923. De 19x13 cm. Com 350 pags. Brochado.
€40
117. ANDRADE. (Eugénio de) OS DÓCEIS ANIMAIS. Doze desenhos de Cristina Valadas. Direcção Gráfica de Armando
Alves. Edições Asa. Porto. 2003. De 35x24 cm. Brochuras editoriais (soltas) junto com gravuras acondicionadas dentro de
pasta do editor. Profusamente ilustrado.
€120
118. ANOS (50) DE HISTÓRIA DO MUNDO. 1900-1950. Editorial 'Século'. Composto e impresso nas oficinas da Sociedade
Nacional de Tipografia. Lisboa. 1950. Obra em 2 volumes. De 32x25 cm. Com 1368 pags. Encadernações do editor inteiras de
pele decoradas com ferros a ouro e a seco nas pastas e na lombada. Profusamente ilustrados com gravuras no texto, mapas e
similigravuras coloridas em extra texto. Exemplar com título de posse sobre as folhas de rosto.
€150
119. ANTAS. (Miguel d') OS FALSOS D. SEBASTIÃO. Introdução e Notas do Doutor Sales Loureiro, Prof. Catedrático da
Faculdade de Letras de Lisboa. Heuris. Lisboa. S/D (198?). De 23x16. Com 268 pags. Brochado.
€40
120. ANUÁRIO DIPLOMÁTICO E CONSULAR PORTUGUÊS 1939 A 1944. (De 1 de Janeiro de 1939 a 31 de Dezembro de
1944). Ministério dos Negócios Estrangeiros. Imprensa Nacional. Lisboa. 1945. De 24x17 cm. Com 242 pags. Brochado.
Ilustrado com fotogravuras do Presidente da República General Carmona e de Dr. António Oliveira Salazar.
€20
121. ARAUJO CORREIA. O GÉNIO DA RAÇA. Livraria Bertrand. Lisboa. 1933. De 19x12 cm. Com 63 pags. Brochado.
Sublinhado no interior.
€20
122. ARAÚJO. (Juvenal d’) ACÇÃO DE EXPROPRIAÇÃO DO MONTADO DO BARREIRO. Requerida pela Camara
Municipal do Funchal contra os proprietários do mesmo Montado. Allegações finaes dos embargantes William Hinton & Sons
e D. Josephina Pimbet da Rocha Machado. Pelo advogado… Typ. do D. da Madeira. Funchal. 1907. De 21x15 cm. Com 19
pags. Brochado.
€50
123. ARAUJO. (Norberto de) PEQUENA MONOGRAFIA DE SÃO VICENTE. Edição do Grupo dos Amigos de Lisboa. [Tip
da Empresa do Anuário comercial]. Lisboa. S/d. [194?]. De 20x14 cm. Com 89 pags. Brochado. Ilustrado.
€20
124. ART PORTUGAIS XII-XV SIECLE. AUX CONFINS DU MOYEN-AGE. Europália. Centrum voor kunst en Cultuur
sint-Pietersabdij Gent. 29 septembre 1991 - 5 Janvier 1992. Europalia Portugal. Vlaamse Gemeenschap Administratie Kunst.
Avec l'aide de La Ville de Gent. 1992. De 30x23 cm. Com 292 pags. Brochado. Ilustrado. Catálogo da exposição internacional
Europália.
€20
125. ATAÍDE BANAZOL. (Luíz) OS «CAPITÃES GENERAIS» E OS «CAPITÃES POLÍTICOS». (Reflexões e objecções).
[Por] Tenente Coronel... Prelo Editora. Lisboa. 1976. De 18x12 cm. Com 149 pags. Brochado.
€20
126. AUXÍLIO AOS DESEMPREGADOS. Decreto nº 21699, de 19 de Setembro de 1932, e demais legislação complementar.
República Portuguesa. Imprensa Nacional. Lisboa. 1962. De 22x14 cm. Com 66 pags. Brochado.
€10
127. AZEREDO PERDIGÃO. (José) e José Alberto dos Reis. AINDA AS ACÇÕES DE INVESTIGAÇÃO DE
PATERNIDADE ILEGÍTIMA. Com os fundamentos do concubinato de more uxorio e da posse de estado ou o
problema da quadratura do círculo. Minutas pelo ...Advogado. Parecer pelo... Professor Doutor. Lisboa. 1942. De 24x17
cm. Com 125 pags. Brochado. Exemplar com título de posse sobre a folha de rosto.
€20
128. AZEREDO. (Francisco) PÁRA-RAIOS. ESTUDO TEÓRICO E PRÁTICO. Typografia de António José da Silva
Teixeira. Porto. 1895. De 24x16 cm. Com ix-192 pags. Encadernação da época com lombada em pele. Ilustrado com 11
pranchas extra-texto, contendo 168 figuras com os diversas sistemas de pára-raios (construções, cablagens e acessórios).
Exemplar com falta de capas de brochura.
€120
129. AZEVEDO RAMOS. DISCURSO PROFERIDO NAS SOLEMNES EXEQUIAS MAÇONICAS DE ELIAS GARCIA.
Celebradas no Templo da Loja “Liberdade” aos 18 de Julho de 1891. Typographia “Esperança”. 1891. De 24x17 cm. Com 39
cm. Com 39 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor na folha de rosto.
€80
130. AZEVEDO. (Maximiliano de) HISTÓRIA DAS ILHAS (Reminiscências dos Açores e da Madeira). Desenhos de Celso
Hermínio. Parceria António Maria Pereira Livraria Editora. Lisboa. 1899. De 20x13 cm. Com 247 pags. Brochado. Ilustrado
no texto. Obra apresenta memórias cuidadosamente ilustradas.
€150
131. AZEVEDO. (Pedro de) NOTAS DE UM AGENTE DA POLÍCIA DO MARQUÊS DE POMBAL. Por… Separata do
Boletim da Segunda Classe, volume XVI. Academia das Sciencias de Lisboa. Imprensa da Universidade. Coimbra. 1925. De
23x15 cm. Com 100 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor na folha de rosto e ex-libris de Manuel Paço d’Arcos.
€80
132. BABO. (Carlos) O MARQUÊS DE POMBAL. Enciclopédia pela Imagem. Livraria Lello. Limitada. Proprietária da Livraria
Chardron. Porto. S/d. [1933?]. De 25x18 cm. Com 64 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar com extensa dedicatória do autor
na página de anterrosto deste fascículo, cuja documentação foi coligida por Alberto de Souza.
€30
133. BACELLAR BEBIANO. (J.) O PÔRTO DE LISBOA. Estudo Económico. Por... Engenheiro, Vogal do Conselho de
Administração. Administração Geral do Porto de Lisboa. Imprensa Nacional. Lisboa. 1936. De 27x18 cm. Com 82 pags.
Brochado. Ilustrado com quadros estatísticos e quadros de dados. Exemplar com dedicatória do autor no anterrosto.
€60
134. BALBINO REGO. (António) NA ILHA DA MADEIRA. Hospital improvisado. Por… Director do Laboratório de
Bacteriologia do Funchal. Typ. a Vap. da Emprêsa Litteraria e Typographica. Porto. 1907. De 14x22 cm. Com 117 pags.
Brochado deve ser encadernado. Ilustrado com um mapa desdobrável da implantação do Lazareto do Funchal na escala de
1/500; e um desdobrável com os planos de um forno crematório. Obra com uma pormenorizada situação sanitária e da
assistência médica ao movimento marítimo na Ilha da Madeira.
€120
135. BALULA CID. (António José do Amaral) UNIDADES DE 1ª LINHA DE INFANTARIA QUE TIVERAM QUARTEL
NA CIDADE DE VISEU. Subsídios para a história militar da Beira Alta. Pelo Capitão de Infantaria… Composto e impresso
na Liga dos Combatentes da Grande Guerra. Lisboa. 1957. De 23x16 cm. Com 207 pags. Brochado. Ilustrado.
€70
136. BARBAS. (Alexandre) O CONCÍLIO DE TRENTO E A CIVILIZAÇÃO MODERNA. Dissertação apresentada no quarto
ano do Curso Superior de Letras, de habilitação para o magistério secundário. (Grupo de Geografia e História). Composto e
impresso no Centro Tipográfico Colonial. Lisboa. 1914. De 19x13 cm. Brochado. Exemplar apresenta leves manchas
marginais de humidade na capa de brochura anterior e na folha de anterrosto, e capa de brochura anterior solta.
€30
137. BARRADAS DE CARVALHO. (Joaquim) AS IDEIAS POLÍTICAS E SOCIAIS DE ALEXANDRE HERCULANO. 2ª
edição corrigida e aumentada. Seara Nova. Lisboa. 1971. De 19x12 cm. Com 291 pags. Brochado. Exemplar com sublinhados
e anotações.
€20
138. BARRAGEM SALAZAR E OBRAS DE REGA DO VALE DO SADO. Ministério das Obras Publicas. Junta Autónoma
das Obras de Hidráulica Agricola. Lisboa. 1949. De 24x18 cm. Com cerca de 150 pags. Inumeradas. Brochado. Profusamente
ilustrado. Com um desdobrável em anexo.
€30
139. Barrento. (João) LER O QUE NÃO FOI ESCRITO. Conversa inacabada entre Walter Benjamin e Paul Celan. Cotovia.
Lisboa. 2005. De 21x13 cm. Com 62 pags.
€10
140. BARROS E SOUSA. (Abílio) PLANO DE ARBORIZAÇÃO DO MONTADO DO BARREIRO. Pelo Engenheiro
Agrónomo… Edição da Câmara Municipal do Funchal. 1946. De 22x15 cm. Com 72 pags. Brochado. Ilustrado com 9 esboços
de arquitectura paisagística. Obra contém listagens de espécies florestais; divididas por folhosas, resinosas, e essências de luz e
de sombra.
€40
141. BARROS. (João de) e Guerreiro Murta. COMO SE DEVEM LER OS ESCRITORES MODERNOS. Livraria Sá da
Costa. Editora. Lisboa. S/d. De 19x12 cm. Com 302 pags. Brochado. Exemplar por abrir com chancela dos autores.
€15
142. BARROS. (João) ILÍADA HOMERO. Adaptação em prosa... Círculo de Leitores. Lisboa. 1988. De 20x13 cm. Com 121
pags. Encadernação do editor. Ilustrado.
€15
143. BARROS. (José Manoel de) A DIPHTERIA NAS ESPECIES AVIARIAS E SUAS RELAÇÕES COM A DIPHTERIA
HUMANA. Por… These Inaugural de Medicina Veterinária. Julho de 1900. Instituto d’Agronomia e Veterinária. Typographia
da Cooperativa Militar. Lisboa. 1900. De 23x16 cm. Com 32 pags. Brochado.
€20
144. BASTOS. (Carlos) SUBSÍDIOS PARA A HISTÓRIA DA ARTE ORNAMENTAL DOS TECIDOS. Por… [Impresso na
Tipografia Portugália]. Porto. 1954. De 26x32 cm. Com 118 pags. Encadernação com lombada e cantos em pele. Ilustrado em
extra texto com fotogravuras impressas sobre papel couché, mostrando padrões de tecidos desde a Idade Média. Obra impressa
sobre papel creme de elevada qualidade.
€150
145. BATALHA REIS. (Pedro) A NUMISMÁTICA NA EXPOSIÇÃO DE OURIVESARIA PORTUGUESA. Lisboa. 1947.
De 24x16 cm. Com 14 pags. Brochado. Ilustrado com V [5] estampas extra texto impressas sobre papel couché reproduzindo
os especimens numismáticos da exposição organizada pela Casa Bancária Almeida, Basto & Piombino & Cª, em Lisboa. €20
146. BATALHA REIS. (Pedro) GUIA DA MAIS NOTÁVEL COLECÇÃO DE MEDALHAS PORTUGUESAS REUNIDA
EM PORTUGAL. Lisboa. MCMLIX [1959]. De 25x18 cm. Com 16 pags. Brochado. Ilustrado com 18 estampas em extra
texto, impressas sobre papel couché, com as imagens dos especimens medalhísticos, reunidos na exposição da Casa Bancária
Almeida, Basto e Piombino & Cª.
€60
147. BATALHA REIS. (Pedro) PREÇARIO DAS MOEDAS PORTUGUESAS DE 1640 A 1940. AÇORES – MADEIRA.
[Por]… da Academia Portuguesa de História. Editora Gráfica Portuguesa. Lisboa. MCMLVIII [1958]. De 25x18 cm. Com 90
pags. Brochado. Ilustrado com 49 estampas com os espécimens numismáticos.
€80
148. BATALHA REIS. (Pedro) UM RETRATO D’EL-REI DOM JOÃO II. Comunicação apresentada à academia Portuguesa
de História em 17 de Junho de 1942. Prefácio de Joaquim Bensaúde. Lisboa. MCMXLVI [1947]. De 26x19 cm. Com 31 pags.
Brochado. Ilustrado em extra-texto com reprodução de retratos quinhentistas. Exemplar com dedicatório do autor na folha de
guarda.
€60
149. BEADNELL. (C. M.) DICIONÁRIO DE TÊRMOS CIENTÍFICOS TAL COMO SÃO USADOS NAS DIFERENTES
CIÊNCIAS. Por C. M. BeadnellL C. B., F. Z. S. Traduzido por um grupo de cientistas portugueses. Livraria Sá da Costa,
Editora. Lisboa. 1945. De 20X15 cm. Com 357 Pags. Encadernação do editor. Exemplar com carimbo oleográfico na página
de rosto.
€20
150. BEIRÃO. (Caetano) D. MARIA I. 1777-1792. Por… Subsídios para a revisão da história do seu reinado. (Com quatro
heliogravuras e fac-similes de várias cartas). Empresa Nacional de Publicidade. [1ª edição]. Lisboa. 1934. De 23x16 cm. Com
474 pags. Encadernação da época com lombada danificada. Ilustrado com o retrato de D. Maria I. Exemplar preserva capas de
brochura; e com pastas da encadernação e lombada danificadas.
€30
151. BENSAÚDE. (Joaquim) A CRUZADA DO INFANTE D. HENRIQUE. Agência-Geral do Ultramar. Lisboa. 1959. De
23x16 cm. Com 131 pags. Brochado.
€30
152. BENSAUDE. (Joaquim) LES LÉGENDES ALLEMANDES SUR L'HISTOIRE DES DÉCOUVERTES MARITIMES
PORTUGAISES. Réponse a M. Hermann Wagner, Professeur à l'Université de Göttingue. Imprimerie A. Kundig. Genève.
1917-1920. De 25x19 cm. Com 122-13. Brochado. Exemplar por abrir e com leve mancha de humidade.
€40
153. BENTES CASTEL-BRANCO. (João) A CULTURA DA VIDA. Emprêgo dos Agentes Físicos em Medicina. [Por]…
Médico Director das Caldas de Monchique. Segunda edição. XIV Volume da Biblioteca Vegetariana. Sociedade Vegetariana
Agricola-Naturista. Porto. 1919. De 23x16 cm. Com 209 pags. Brochado. Ilustrado com o retrato do autor em fotogravura no
anterrosto.
€40
154. BERNARDES. (Diogo) RIMAS VÁRIAS. FLORES DO LIMA. Reprodução fac-similada da edição de 1597. Nota
introdutória de Aníbal Pinto de Castro. Imprensa Nacional – Casa da Moeda. 1985. De 25x17 cm. Com 408 pags. Brochado.
Ilustrado com fac-simile.
€50
155. BESSA. (Alberto) ENCYCLOPEDIA DO COMMERCIANTE E DO INDUSTRIAL. Obra indispensável e quantos se
dediquem ao commercio e á industria – Repositorio de conhecimentos uteis e necessários a comerciantes e industriaes – Livro
de educação theorica e de utilidade pratica. [Por]… Socio do Instituto de Coimbra. Livraria Portuense de Lopes & Cª, Suc.
Porto. 1915. De 18x12 cm. Com xv, 690 pags. Encadernação da época inteira de pele com super-libris gravados a seco em
ambas as pastas. Ilustrado com tabelas. Obra do mesmo autor do dicionário da gíria portuguesa. Inocêncio XX, 109:
“Encyclopedia do commerciante e do industrial. Ibi., 1909”.
€50
156. BLANCHET. (Désiré) et Jules Toutain. HISTOIRE DE L'ORIENT ET DE LA GRÈCE. Sommaires, Récits, Lectures.
Cours complet d'histoire a l'usage de l'enseignement secondaire, rédigè conformément aux programmes officiels de 1902.
Second cycle, classe de seconde. Cinquième édition. Librairie classique Eugène Belin, Belin Frères. Paris. 1914. De 18x11 cm.
Com 404 pags. Encadernação editorial. Ilustrado. Exemplar com titulo de posse na folha de guarda e na pasta anterior.
€20
157. BODIN. (Margarida) A INJUSTIÇA DAS DUAS MORAES SEXUAES. Por… Memoria premiada com o primeiro premio
do Congresso Permanente da Humanidade. Traducção de Constantino de Brito, Membro do Conselho Supremo do mesmo
organismo. Parceria António Maria Pereira Livraria Editora. Lisboa. 1906. De 21x13 cm. Com 216 pags. Brochado.
€50
158. BOEHRER. (George C. A.) APONTAMENTOS PARA A CIVILIZAÇÃO DOS ÍNDIOS BÁRBAROS DO REINO DO
BRASIL. Por José Bonifácio de Andrada e Silva. Edição crítica [de]… Agência-Geral do Ultramar. Lisboa. 1963. De 23x16
cm. Com 32 pags. Brochado. Estudo crítico elaborado enquanto Professor extraordinário da Georgetown University.
€20
159. BOIADZHIEV. (G. N.), A. Dzhivelegov, e S. Ignatov. HISTORIA DO TEATRO EUROPEU (DESDE A IDADE
MÉDIA ATÉ AOS NOSSOS DIAS). Tradução, Prefácio, Notas e Resenha sobre o Teatro em Portugal por Rogério Paulo.
Apêndice de Carlos Villiers. [Edições] Prelo. Lisboa. 1960. Obra em 2 volumes. De 23x19 cm. Com 1009 pags.
Encadernações editoriais inteiras de pele. Profusamente ilustrado no texto e em extra-texto.
€90
160. BONHOMME. (Pierre) e Yannick Vigouroux. LA CONQUÊTE DES POLES. 150 ans de photographie en Artique et en
Antarctique. [Org.]... e... Mission du patrimoine photographique. Paris. 1997. De 21x20 cm. Com cerca de 57 fólios
inumerados. Encadernação em percalina. Ilustrado com um resumo das fotografias recolhidas nos polos durante as expedições
ao polos nos últimos 150 anos.
€50
161. BORBA JÚNIOR. (João Vieira de) A TRANSMISSÃO. Operada segundo o Direito Civil e a sua tributação pelo Direito
Fiscal. Por... Adjunto da Inspecção Geral de Finanças. Prefácio do Dr. Cunha Gonçalves. Edição do autor. Lisboa. 1947. 2
volumes de 25x17 cm. Com 352 e 168. pags. Brochados. Exemplares com o nº 978 e 163, com título de posse no anterrosto.
Capa de brochura posterior do 2º volume solta.
€60
162. BOTELHO. (Fernanda) A GATA E A FÁBULA. 3ª edição. Livraria Bertrand. Lisboa. S/D. De 20x14 cm. Com 327 pags.
Encadernação de Frederico de Almeida em percalina vermelha com lombada em pele pintada da mesma cor, com nervos e
ferros a ouro na lombada. Exemplar preserva capas de brochura originais.
€30
163. BOTTO-MACHADO. (Fernão) OS ESCRAVOS MODERNOS. Discursos sobre o projecto de lei dos accidentes de
trabalho. Proferidos nas sessões da “Camara dos Deputados” dos dias 2, 23 24 e 28 de Novembro de 1911, e reproduzidos do
Diario da mesma Camara. Typographia Bayard. Lisboa. 1912. De 24x16 cm. Com 57 pags. Exemplar por abrir.
€30
164. BOURBON E MENESES. OS PORTUGUESES PERANTE A ALIANÇA INGLÊSA. Depositária Livraria Bertrand.
Lisboa. S/d [1941]. De 18x11 cm. Com 35 pags. Brochado.
€10
165. BRAGA PAIXÃO. (V. M.) UM TESTE DE PRUDÊNCIA DO PODER MODERADOR (1893). Por ... Da Academia das
Ciências de Lisboa. Academia das Ciências de Lisboa. Lisboa. 1970. De 25x19 cm. Com 83 pags. Brochado. Exemplar com
dedicatória do autor.
€10
166. BRAGANÇA. (D. Duarte, Duque de) D. NUNO DE SANTA MARIA - O SANTO. [Por]... ACD, Editores. Lisboa. 2005.
De 24x17 cm. Com 51 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado com iconografia.
€20
167. BRANDÃO. (Júlio) MARIA DO CÉU (Cartas de Marcelo). Livraria Chardron de Lello & Irmão, Editores. Porto. 1902. De
18x12 cm. Com 178 pags. Encadernação do editor em tela verde ligeiramente cansada.
€30
168. BRANDÃO. (Raul) OS PESCADORES. [1ª edição]. Livrarias Aillaud e Bertrand. Paris e Lisboa. 1923. De 19x12 cm. Com
326 pags. Brochado. Exemplar com capa de brochura cansada e dedicatória do autor no anterrosto dirigida a A. J. A.
€80
169. BRANDÃO. (Raúl) OS POBRES. Carta-prefácio de Guerra Junqueiro. 3ª edição. Livrarias Aillaud e Bertrand,
Paris-Lisboa|Livraria Chardron, Porto| Livraria Francisco Alves, Rio de Janeiro. 1925. De 18x12 cm. Com 327 pags. Com
encadernação do editor em percalina verde com ilustração de Stuart de Carvalhais.
€30
170. BRAVO. (Pedro) e Duarte de Oliveira. VINIFICAÇÃO MODERNA. Volume I. Fabrico de Vinhos. Volume II.
Conservação, doenças, tratamentos e subproductos. 4ª edição. Biblioteca de Instrução Profissional. Livraria Bertrand.
Lisboa. S/d [194?]. Obra em 2 volumes. De 18x12 cm. Com 336 e 365 pags. Encadernações do editor. Ilustrado. Exemplar
com títulos de posse sobre a folha de rosto.
€120
n. 24
n. 53
n. 44
n. 45
n. 36
n. 36
n. 36
n. 38
n. 38
n. 40
n. 40
n. 49
n. 74
n. 56
n. 56
171. BRITO CÂMARA. (João de) ILHA. Poemas. [Oficinas tipográficas da «Atlântida»]. Coimbra. 1950. De 17x13 cm. Com 96
pags. Brochado. Exemplar por abrir.
€30
172. BRITO CAPELLO e Roberto Ivens. ITINERÁRIOS DE VIAGEM. [Execução Gráfica Instituto Hidrográfico]. Edições
Culturais da Marinha. Lisboa. 1989. De 17x24 cm (formato oblongo). Com cerca de 135 fólios inumerados. Encadernação
editorial. Obra com reprodução fac-simile do caderno de apontamentos, desenhos etnográficos, e esboços geográficos da
viagem de exploração no interior do continente africano.
€120
173. BRUNET. (Raimundo) ENFERMEDADES DE LOS VINOS. Por… Ingeniero agrónomo. Primera edición. Con 38
grabados en el texto. Biblioteca Agricola Salvat. Salvat Editores, SA. Barcelona. 1932. De 21x13 cm. Com 151 pags.
Brochado. Ilustrado com gravuras no texto mostrando equipamentos e micróscopias das plantas. Exemplar com mancha
marginal de humidade sem afectar a mancha gráfica; e com título de posse sobre a folha de rosto.
€50
174. CABRAL. (Alexandre) CAMILO CASTELO BRANCO. Roteiro dramático dum profissional das letras. 2ª edição.
Centro de Estudos Camilianos. Lisboa. 1988. De 22x14 cm. Com 159 pags. Brochado.
€20
175. CABRAL. (Alexandre) NOTAS OITOCENTISTAS II. Luís de Camões, poeta do povo e da pátria. Livros Horizonte. Capa
de Rocha Soares. Lisboa. 1980. De 21x14 cm. Com 173 pags. Brochado.
€25
176. CABREIRA. (António) BODAS DE OIRO CIENTIFICAS DE ANTÓNIO CABREIRA E VII CENTENÁRIO DA
TOMADA DE TAVIRA. Dupla celebração pelo Instituto António Cabreira. Lisboa. MCMXLII [1942]. De 26x19 cm. Com
257 pags. Brochado. Ilustrado em extra-texto. Exemplar por abrir e com dedicatória do autor na folha de guarda dirigida à
memória de António José de Almeida (1866-1929).
€80
177. CABRITA. (Henrique) ESTA É A VERDADE SÔBRE SALAZAR. Editorial Império. Lisboa. 1934. De 19x12 cm. Com
159 pags. Brochado. Exemplar com título de posse sobre a folha de rosto. Obra como um libelo contra o livro de Afonso
Costa.
€40
178. CAEIRO. (António) AS SOCIEDADES DE PESSOAS NO CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS. [Por]...
Procurador-Geral Adjunto, Consultor Jurídico da Comissão das Comunidades Europeias. Separata do número especial do
Boletim da Faculdade de Direito de Coimbra. 1988. De 23x16 cm. Com 90 pags. Brochado. Exemplar com título de posse na
folha de rosto.
€20
179. CAETANO. (Marcello) A HORA É DE ACÇÃO. Discurso pronunciado no Palácio de S. Bento ao aceitar a eleição para
Presidente da Comissão Central da Acção Nacional Popular, em 21 de Fevereiro de 1970. Secretaria de Estado de Informação
e Turismo. Lisboa. 1970. De 22x16 cm. Com 27 pags. Brochado. Exemplar com títulos de posse na folha de rosto.
€15
180. CAETANO. (Marcello) CONSTITUIÇÕES PORTUGUESAS. 4º Edição, Actualizada, com a análise da Constituição de
1976. [Editorial] Verbo. 1978. De 21x14 cm. Com 157 pags. Brochado. Obra com análise e comentário crítico do Prof.
Marcelo Caetano, confrontando o texto constitucional de 1976 com asserções da doutrina marxista.
€15
181. CAETANO. (Marcello) FACTOS E FIGURAS DO ULTRAMAR. Figuras e Feitos de Além-Mar. Nº 17. Agência-Geral do
Ultramar. Lisboa. 1973. De 18x11 cm. Com 162 pags. Brochado.
€20
182. CAETANO. (Marcello) MANUAL DE DIREITO ADMINISTRATIVO. CAETANO. (Marcello) MANUAL DE DIREITO
ADMINISTRATIVO. [Por]… Professor da Faculdade de Direito de Lisboa. Emprêsa Universidade Editora. Depositária:
Livraria Morais. Lisboa. S/d [1937]. De 22x17 cm. Com 676 pags. Encadernação da época em pele diabo (tela). Exemplar com
falta das capas de brochura e com ex-libris oleográficos sobre a folha de rosto. Primeira edição deste manual.
€120
183. CAETANO. (Marcello) RECEPÇÃO E EXECUÇÃO DOS DECRETOS DO CONCÍLIO DE TRENTO EM
PORTUGAL. [Por]… Professor da Faculdade de Direito de Lisboa. Lisboa. 1965. De 24x16 cm. Com 87 pags. Brochado.
€50
184. CAETANO. (Marcelo) TRADITIONS, PRINCIPES ET MÉTHODES DE LA COLONISATION PORTUGAISE. Par
Prof. Doutor... Agência Geral do Ultramar. Divisão de Publicações e Biblioteca. Ministério do Ultramar. República
Portuguesa. Lisboa. 1951. De 19x13 cm. Com 54 pags. Brochado. Ilustrado e com encarte de um mapa com as colónias e
ex-colónias (Brasil) portuguesas à data.
€25
185. CALEJO. (José) TRAMITAÇÃO DO PROCESSO SUMARÍSSIMO NAS COMISSÕES CORPORATIVAS. (Reforma
de Abril de 1964). Por... Juíz do Tribunal do Trabalho do Porto. Coimbra Editora, LDA. Lisboa. 1964. De 24x17 cm. Com 72
pag. Brochado.
€20
186. CAMARA. (Jaime) FRUCTOS. Oficinas tipográficas do Bazar do Povo. S/L. (Funchal). 1920. De 25x19 cm. Com 159 pags.
Brochado. Obra poética.
€50
187. CAMARA. (Jayme) SÁTIRA. O FUNERAL DO CYRIACO. Off. do “Heraldo da Madeira”. Funchal. 1910. De 22x16 cm.
Com xv pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor sobre a folha de rosto. Obra poética.
€30
188. CAMÕES. (Luís de) LÍRICA I e LIRICA II. Prefácio e notas de Hernani Cidade, vinhetas e ilustrações de Lima Freitas.
Realizações Artis, Lda. Lisboa. 1959. 2 volumes. De 31x24 cm. Com xxiv-605 pags. Encadernações de luxo - inteiras de pele
com finos ferros da autoria de Lima de Freitas e inspirados em gravuras quinhentistas - com motivos decorativos a ouro na
lombada e em super-libris. Ilustrado em extra-texto com gravuras protegidas por folhas de papel vegetal. Obra impressa sobre
papel creme de elevada espessura. Apenas os 2 volumes com a Lírica de Camões completa; de uma colecção de 4 volumes
com as obras completas do poeta.
€150
189. CAMÕES. (Luís de) OS LUSIADAS. De… Reimpressão «fac-similada» da verdadeira 1ª edição dos Lusiadas, de 1572.
Precedida de uma introdução e seguida dum aparato crítico do professor da Faculdade de Letras Dr. José Maria Rodrigues.
Lisboa. Publicações da Biblioteca Nacional. Tip. da Biblioteca Nacional. 1921. De 24x18 cm. Com xxxv-187-[50] pags.
Brochado. Ilustrado com gravura histórica de Camões em anterrosto. As 187 páginas que reproduzem o original dos Lusiadas
são em papel de linho de gramagem e qualidade superior. Exemplar nº 2 de uma tiragem de 150 ex. em papel especial; por
aparar; e com dedicatória da Biblioteca Nacional, e do seu director, ao Presidente da República em exercício à época desta
edição.
€90
190. CAMPOS LIMA. O REINO DA TRAULITÂNIA. 25 dias de reacção monárquica no Porto. Edição da Renascença
Portuguesa. Porto. 1919. De 17x12 cm. Com 339 pags. Brochado. Profusamente ilustrado em extra-texto com os vários
momentos da tomada da cidade do Porto pelo movimento monárquico de Paiva Couceiro. Exemplar com capas de brochura
cansadas; e com dedicatória dirigida ao Presidente da República Portuguesa Contém os 66 Decretos que a denominada Junta
Governativa do Reino emitiu em nome do Rei Dom Manuel II; e junto com os seus despachos, portarias, alvarás e editais.
€80
191. CAMPOS. (A.) O INSIGNE VIZIENSE JOÃO DE BARROS. (No quarto centenário da primeira viagem marítima á India).
Publicação Centenária. 1897-1898. Viseu. 1997. De 28x19 pags. Brochado. Exemplar com vestígio de humidade.
€40
192. CAMPOS. (Ezequiel de) A EVOLUÇÃO E A REVOLUÇÃO AGRÁRIA. Edição da «Renascença Portuguesa». Porto.
1918. De 19x12 cm. Com 99 pags. Brochado. Exemplar com título de posse sobre a folha de rosto.
€40
193. CAMPOS. (Ezequiel de) MELHORAMENTOS PUBLICOS NA ILHA DE S. THOMÉ. Apontamentos ligeiros. I.
Saneamento da cidade. II. Gare marítima. III. Viação. Por… E. C. Livraria Nacional e Estrangeira de Eduardo Tavares Martins
Editora. Porto. 1910. De 24x16 cm. Com 348 pags. Brochado. Exemplar por abrir e com trabalho de traça marginal no pé do
livro sem afectar mancha gráfica.
€200
194. CANAS MENDES. (Nuno) DUARTE E ISABEL DUQUES DE BRAGANÇA. Biografia autorizada. Lyon Multimédia
Edições. Lisboa. 1995. De 21x14 cm. Com 154 - (viii) pags. Brochado. Ilustrado.
€25
195. CANCIO. (Francisco) A FESTA BRAVA Grande edição ilustrada. [Por]… do Instituto de Coimbra, do Instituto Português
de Arqueologia, História e Etnografia, e do “Grupo de Amigos de Lisboa”. Ano de 1941. De 29x21 cm. Com 608 pags.
Encadernação da época com lombada e cantos em pele.
€200
196. CANNAVIAL. (Visconde do) BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE OS DIREITOS DE IMPORTAÇÃO DO
ASSUCAR ESTRANGEIRO Pelo… Typ. do «Diario de Noticias». Funchal. 1885. De 23x13 cm. Com 16 pags. Brochado.
€50
197. CARAÇA. (Bento de Jesus) A CULTURA INTEGRAL DO INDIVÍDUO. Problema central do nosso tempo. 2.ª edição.
Cadernos da «Seara Nova». Secção de Estudos Políticos e Sociais. Seara Nova. Lisboa. 1939. De 19x12 cm. Com 49 pags.
Brochado. Exemplar com título de posse na folha de rosto.
€10
198. CARAMONA RIBEIRO. (José) REGULAMENTO DA OCUPAÇÃO E CONCESSÃO DE TERRENOS NAS
PROVÍNCIAS ULTRAMARINAS ANOTADO. Por... Juíz Desembargador Aposentado do Ultramar, Antigo Presidente do
Tribunal da Relação de Luanda. Tipografia Barbosa & Xavier, LDA. Luanda. 1966. De 21x15 cm. Com 210 pags. Brochado.
€20
199. CARDOSO PINTO. SÈVRES DANS LES COLLECTIONS DE L'ETAT PORTUGAIS. Institut Français au Portugal.
Lisbonne. 1940. De 24x17 cm. Com 15 pags. Brochado. Ilustrado.
€10
200. CARLES. (Jules) LA CHIMIE DU VIN. Deuxième édition revue et mise a jour. Par… Professeur á l’Institut Catholique de
Tolouse, Directeur de Recherches au CNRS. [Collection] Que sais-je. Presses Universitaires de France. Paris. 1966. De 17x11
cm. Com 125 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar com título de posse sobre a folha de rosto.
€30
201. CARMO REIS. (António do) O LIBERALISMO EM PORTUGAL E A IGREJA CATÓLICA. A época de Sua
Majestade Imperial e Real D. Pedro. Editorial Notícias. Lisboa. 1986. De 21x15 cm. Com 268. pags. Brochado. Exemplar de
trabalho com vincos de manuseamento.
€20
202. CARMONA. (Mário) O HOSPITAL REAL DE TODOS-OS-SANTOS DA CIDADE DE LISBOA. Por... Ano de
MCMLIV. (1954). De 26x20 cm. Com 444 pags. Brochado. Profusamente ilustrado. Exemplar por abrir. Contém mapas de
vários levantamentos do autor, e outros levantamentos anteriores a esta sua obra, com a possível localização do Hospital
Todos-os-Santos. O autor sugere a hipotética reconstituição gráfica de alguns dos seus elementos a partir de edifícios
coetâneos em Portugal e na Europa. O Hospital de Todos-os-Santos, fundação d'el-rei D. João II em 1492, estava situado no
local designado actualmente Praça da Figueira, com frente para o Rossio, tendo sido transferido para o Colégio de Sto.
Antão-o-Novo com o nome de Hospital de S. José, depois do terramoto de 1755 que muito o tinha arruinado. A sua história
tem uma importância primordial para o estudo da assistência e da medicina em Portugal no tempo das Descobertas.
€60
203. CARNEIRO DE MOURA. PORTUGAL E O TRATADO DE PAZ. Depois da Guerra. Por… Director Geral da
Administração Pública. Imprensa Nacional. Lisboa. 1918. De 23x18 cm. Com 271 pags. Brochado. Exemplar por abrir e
aparar.
€40
204. CARNOT. (M.) COMMENTAIRE SUR LE CODE PÉNAL. Par ... Conseiller a la cour de cassation. Contenant: La
manière d'en faire une juste application, l'indication des améliorations dont il est susceptible, et des dissertations sur les
questions les plus importantes qui peuvent s'y rattacher. Nouvelle édition, enrichie de notes présentant la législation et la
jurisprudence les plus récentes en cette matière. Tome Deuxième. Ve P.-J de Mat, a la Librairie Nationale et Étrangère.
Bruxelles. 1835. De 22x15 cm. Com 464 pags. Encadernação da época com lombada em pele.
€60
205. CARRILHO. (Manuel Maria) DICIONÁRIO DO PENSAMENTO CONTEMPORÂNEO. Direcção de... Publicações D.
Quixote. Lisboa. 1991. De 24x16 pags. Com 301 pags. Brochado. Exemplar com sublinhados e anotações a lápis.
€20
206. CARVALHAL. (Conde de) LANÇAMENTOS DE CONTRIBUIÇÕES. [Por]… presidente da Camara Municipal da
Cidade do Funchal &c. &c. 1881. De 21x15 cm. Com 8 pags. Brochado. Folheto com a tabela do acórdão da Commissão
Executiva Delegada da Junta Geral do Districto para a reforma da classificação dos impostos sobre os bens industriais e de
consumo transacionados na Madeira.
€50
207. CARVALHO E BOURBON. (António de Brito Peixoto de) e Manuel Collares Pereira. O CASO ANGOLA E
METROPOLE. MINUTA DE AGRAVO DE INJUSTA PRONUNCIA DE ANTONIO BANDEIRA. Pelos advogados...
e... Papelaria Palhares. Lisboa. S/d [1928]. De 24x17 cm. Com 240 pags. Brochado.
€50
208. CARVALHO. (Juvenal de) e outros. A QUESTÃO DO PORTO DO FUNCHAL (REPRESENTAÇÃO AO
GOVERNO). [Portugália, Limitada]. Lisboa. 1926. De 24x18 cm. Com 29 pags. Brochado.
€40
209. CASAL RIBEIRO. (Conde do) ESBOÇO CRÍTICO DO PRINCIPE PERFEITO POR OLIVEIRA MARTINS.
Precedido de uma introdução por Henrique de Barros Gomes. Typographia do Jornal do Commercio. Lisboa. 1898. De 19x13
cm. Com 103 pags. Brochado. Exemplar com pequenas falhas recuperáveis na capa anterior de brochura.
€40
210. CASTELLO BRANCO. (Camillo) BOHEMIA DE ESPIRITO. Por… Eduardo da Costa Santos Editor. Livraria
Civilisação. Porto. 1886. De 22x15 cm. Com 454 pags. Encadernação da época com lombada em pele. Ilustrado com uma
fotogravura do autor em anterrosto. Exemplar com titulo de posse na página de rosto e apresentando pastas da encadernação
cansadas. 1ª edição.
€120
211. CASTILHO. (Eugénio de) DICCIONARIO DE RIMAS LUSO-BRAZILEIRO. Por… Revisto, e augmentado com um
prefácio e um compendio de metrificação por Antonio Feliciano de Castilho Visconde de Castilho. Terceira Edição. Refundida
e copiosamente accrescentada. [Typographia Universal – imprensa da Casa Real]. Livraria Ferreira. Lisboa. 1894. De 18x12
cm. Com xxxi-374 pags. Encadernação da época inteira de pele cansada. Inocêncio IX, 194: “Eugenio de Castilho, nascido em
Lisboa a 27 de Abril de 1847, filho mais novo do sr. Antonio Feliciano de Castilho (agraciado com o titulo de Visconde)”. €50
212. CASTRO DA SILVA CANEDO. (Fernando de) A DESCENDÊNCIA PORTUGUESA DE EL-REI D. JOÃO II. Por...
Tenente-Coronel de Infantaria, Comendador da Ordem de Avis, Cavaleiro da Ordem de Christo, Sócio do Instituto Português
de Heráldica, etc. Edições Gama. Lisboa. MCMXLV-MCMXLVI. [1945-1946]. Obra em 3 volumes. De 27x19 cm. Com 603,
413 e 479 pags. Encadernações da época inteiras de pele, com lombadas cansadas. Ilustrado com várias estampas em separado,
além de numerosas árvores genealógicas em folhas desdobráveis. Obra da maior amplitude e vasta erudição genealógica, é
considerado pelo Conde de São Payo, como obra «por certo a mais extensa, volumosa e exaustiva e onde os investigadores
encontrarão fartas informações que os haverão de auxiliar e interessar, que marcará a historiografia portuguesa como uma
fonte a que o futuro muito se haverá de proveitosamente recorrer». Edição de cuidada execução gráfica impressa em papel de
elevada qualidade.
€400
213. CASTRO. (D. João de) ROTEIRO DO MAR ROXO DE… Ms. Cott. Tib. DIX [Manuscrito da Cotton Library Tiberius D.
IX] da British Library. Introdução de Luís de Albuquerque. Patrocínio da Academia Portuguesa de História. Edições Inapa.
Lisboa. 1991. De 37x29 cm. Com 91 pags. Encadernação do editor, acondicionado dentro de estojo editorial. Ilustrado com
mapa geográfico do mar Vermelho e o fac-simile integral dos mapas quinhentistas. Exemplar com assinatura de posse no
anterrosto.
€120
214. CASTRO. (Manuela de) A EDUCAÇÃO DA MULHER E A ALEGRIA NO LAR. Tipografia «Minerva». Vila Nova de
Famalicão. 1935. De 19x12 cm. Com 148 pags. Brochado.
€20
215. CASTRO. (Mário de) A HISTÓRIA E PROVAS DO CRIME DE EDUARDO PLÁCIDO. Peças do processo pelo
advogado… Minerva Central. Lisboa. 1936. De 28x19 cm. Com 350 pags. Brochado. Caso de abuso de confiança que
envolveu Eduardo Plácido e a seguradora A Mundial: cheques sem provisão e fraude financeira.
€60
216. CASTRO. (Rodrigo de ) CINZAS IMORTAIS. Na morte de António Granjo. Por…Tipografia Lusitania. Porto. 1922. De
19x13 cm. Com 271 pags. Brochado. Ilustrado em extra-texto com fotogravuras do biografado. Exemplar com dedicatória do
autor dirigida a A. J. A.
€60
217. CAYOLA ZAGALLO. (Manuel C. de Almeida) A PINTURA DOS SÉCULOS XV E XVI DA ILHA DA MADEIRA.
(Subsídios para o seu estudo e inventário). Por... Conservador do Palácio Nacional da Ajuda e Adjunto do Museu das Janelas
Verdes. Academia Nacional de Belas Artes. Lisboa. 1943. De 25x19 cm Com 83 pags. Brochado. Ilustrado com 42 estampas
(fotogravuras a preto e branco) com retábulos e polípticos das igrejas da Madeira. Exemplar com vestígios de humidade. €50
218. CELSO. (Affonso) LUPE. (Segunda edição corrigida e com um prefácio novo). Domingos de Magalhães - Editor. Livraria
Moderna. Rio de Janeiro. 1895. De 18x12 cm. Com 209 pags. Encadernação de Ramos d'Almeida e successores no Maranhão
em tela vermelha e lombada em pele com ferros a ouro e com a inscrição I.A.F. a ouro na pasta anterior.
€30
219. CENTENARIO (V) DO DESCOBRIMENTO DA MADEIRA. Publicação Comemorativa. Editora: «Comissão da
Propaganda e Publicidade do Centenário». Tip. Bazar do Povo. Funchal. 1922. De 32x22. Com 60 pags. Brochado. Exemplar
por abrir.
€80
220. CERDEIRA. (Eleutério) A EDIÇÃO PRINCEPS DE «OS LUSÍADAS». (Artigo publicado no N.º 138 do Ocidente). S/L.
[Porto]. 1949. De 25x18 cm. Com 8 pags. Brochado.
€10
221. CÉRTIMA. (António) NOTÍCIAS DE ANTO E DE PURINHA. António Nobre ou a poesia sob o signo da morte e do
amor. Por... Lisboa. MCMLV [1955]. De 24x19 cm. Com 189 pags. Encadernação (editorial?) com pastas em percalina verde,
e acondicionada dentro de estojo apropriado. Ilustrado. Tiragem de 1100/154 ex. em papel velino-gótico impresso a duas cores
e ilustrado com gravuras e fac-similes. Exemplar com ex-libris armoriados.
€60
222. CERVANTES SAAVEDRA. (Miguel) EL INGENIOSO HIDALGO DON QUIJOTE DE LA MANCHA. Compuesto
por... Edición ilustrada. Casa Editorial Maucci, Barcelona|Maucci Hermanos, Buenos Aires. 1909. Dois volumes de 16x11 cm.
Com 447 e 479 pags. Com retrato do autor na folha de anterrosto. Encadernação com lombada e cantos em pele, rótulos
vermelhos e ferros a ouro na lombada. Exemplar com pequeno pico de traça no primeiro volume a partir da pág.435 e mancha
na pasta anterior da encadernação do segundo volume.
€80
223. CHAGAS. (João) 1908. Subsidios críticos para a historia da dictadura. Editor: João Chagas. Composto e impresso na Typ.
do Annuario Commercial. Lisboa. 1908. De 19x13 cm. Com 431 pags. Brochado. Exemplar com mancha de humidade no
interior e por aparar.
€60
224. CHAGAS. (João) HOMENS E FACTOS. [1902-1904]. França Amado Editor. Coimbra. 1905. De 19x13 cm. Com 363 pags.
Brochado. Exemplar com dedicatória do autor no anterrosto dirigida a António José de Almeida (1866-1929).
€50
225. CHATEAUBRIAND. (F. A. De) OS MARTYRES, ou triumpho da religião christãa, poema de F. A. de Chateaubriand
traduzido em versos portuguezes por Francisco Manuel: e por este dedicado ao Illmo e Exmo Senhor Antonio de Araujo de
Azevedo, Conde da Barca, etc. Com o retrato do tradutor. Pariz, vende-se em casa de Rey e Gravier, mercadores de livros,
anno 1816. Em 2 volumes. De 17x11 cm. Com xxxii-392 e i-479-iii pags. Encadernação da época inteira de pele de carneira
com finos ferros a ouro na lombada. Segundo antigo verbete da Livraria Castro e Silva, de um catálogo dos anos 60, consta:
“Obra rara. Linda edição com o retrato do tradutor no primeiro volume”. Inocêncio II, 448 e 452: “O poema dos Martyres, por
Francisco Manuel, reduzido a metro português, com um vigor, e uma elegância por maneira tal afeiçoada e sublime, que as
belezas do estilo cobrem os defeitos de toda a desconchavada contextura do tal chamado poema! Formalmente contradigo eu a
ideia, que a respeito do original vai dada pelo próprio Francisco Manuel, no prologo á sua tradução; porém cuido que comigo
haverão de conformar se os inteligentes que o lerem, e reflectirem sobre as causas que provavelmente a essa tediosa tarefa
obrigaram Francisco Manuel, pobre velho há tantos anos tão longe da sua pátria, que ele tanto amou, e ilustra! De boamente, e
por muitos motivos, pomos de parte o original, para notar que a tradução é de per si um copioso tesouro da mais sonora, e
grandíloqua linguagem portuguesa; e bem assim pode dizer-se prodígio, que na idade de oitenta anos tivesse Francisco Manuel
tão opulentos os depósitos da fantasia e da memória, que ali desenvolvesse um vigor muitas vezes igual ao de sua mais
poderosa florescencia. Villemain não duvidou chamar um dos melhores da Europa moderna; e tornar-se-ia como que
interminável a tarefa, se pretendesse fazer a resenha de todos os louvores que se lhe dirigiram, tanto mais honrosos para ele,
quanto menos podem atribuir-se a espírito de parcialidade, ou dependência: que em geral os próprios que lhos dispensaram,
são os primeiros a reconhecer os seus defeitos, inegáveis sim, mas amplissimamente resgatados pelo mérito superior, que não
consentirá que ele deixe de ser jamais considerado como um dos primeiros clássicos da nossa linguagem”.
€80
226. CHAVES. (Luís) NOS DOMÍNIOS DA ARTE E DA ARTESANIA. Olarias rústicas e cerâmicas artísticas. Editorial
Minerva. Lisboa. 1965. De 25x19 cm. Com 114 pags. Brochado. Ilustrado.
€20
227. CHOFFATT. (Paul) ÉTUDE STRATIGRAPHIQUE ET PALÉONTOLOGIQUE DES TERRAINS JURASSIQUES
DU PORTUGAL. Par… Première livraison: Le Lias et le Dogger au Nord du Tage. Imprimerie de l’Académie Royale des
Sciences. Lisbonne. 1880. De 31x24 cm. Com 72 pags. Encadernação do editor. Ilustrado com mapas, gráficos, quadros de
dados, e esquemas estratigráficos dos terrenos ibéricos e europeus.
€50
228. CIDADE DO FUNCHAL. Quadragésimo quinquagésimo aniversário da elevação da elevação da Vila do Funchal à
categoria de Cidade 1508-1958. Edição da Câmara Municipal do Funchal. 1958. De 26x21 cm. Com 19 fólios inumerados.
Brochado. Ilustrado em extra-texto com fotogravuras e estampas com reproduções de documentos.
€60
229. CIDADE. (Hernâni) A POESIA LÍRICA CULTISTA E CONCEPTISTA. Colecção de poesias do século XVII,
principalmente de «Fénix Renascida». 4ª edição, corrigida e ampliada. Prefácio e notas de.... Seara Nova. Lisboa. 1968. De
19x13 cm. Com 63 pags. Brochado. Exemplar com título de posse na folha de guarda e com sublinhados a lápis.
€10
230. CIDADE. (Hernâni) LUIS DE CAMÕES. I. O LÍRICO. II. O ÉPICO. III. OS AUTOS E O TEATRO DO SEU
TEMPO. AS CARTAS E O SEU CONTEÚDO BIOGRÁFICO. Por… Professor da Faculdade de Letras de Lisboa.
Publicação da revista da Faculdade de Letras [e] Livraria Bertrand. Lisboa. 1936, 1950 e 1956. Obra em 3 volumes. De 24x17
cm. Com 354, 224 e 167 pags. Brochados precisam ser encadernados. Obra de análise pormenorizada das produções
camonianas e comparação com outros autores contemporâneos.
€90
231. CIDADE. (Hernâni) O CONCEITO DE POESIA COMO EXPRESSÃO DA CULTURA. Sua evolução através das
literaturas portuguesa e brasileira. [Por] ... Professor da Faculdade de Letras de Lisboa. Colecção Studium, Temas Filosóficos,
Jurídicos e Sociais. Arménio Amado, Editor. Coimbra. 1945. De 19x12 cm. Com 312 pags. Brochado.
€20
232. CIDADE. (Hernani) OS GRANDES PORTUGUESES. Obra monumental planeada e dirigida por… [Composto e impresso
na Editorial Minerva]. Editora Arcádia. S/d [1960]. Obra em 2 volumes. De 31x24 cm. Com 409 e 501 pags. Encadernações do
editor inteiras de pele com ferros a ouro em super-libris e nas lombadas. Profusamente ilustrado com reprodução a cores de
retratos, pinturas, gravuras e mapas.
€120
233. CINCINNATO DA COSTA. (B. C.) e D. Luiz de Castro. L’ENSEIGNEMENT SUPÉRIEUR DE L’AGRICULTURE
EN PORTUGAL. Par… et… de l’Institute Agronomique de Lisbonne, directeurs de la Royale Association Centrale de
l’Agriculture Portugaise. Lisbonne. Imprimerie Nationale. 1900. De 30x21 cm. Com 358 pags. Brochado. Ilustrado com
fotogravuras extra-texto impressas sobre papel couché; e desdobráveis com as plantas arquitectónicas do Instituto Nacional de
Agronomia.
€80
234. CODE DU TRAVAIL. (Textes codifiés et textes annexes). Petits Codes Dalloz. Trente-Cinquième Edition. Jurisprudence
Générale Dalloz, Société Anonyme Emmanuel Vergé, Président, Patrice Vergé, Directeur Général. Rédaction et Librairie.
Paris. 1968. De 15x10 cm. Com 1111 pags. Brochado.
€15
235. COELHO. (Eduardo) LE SOLEIL DE LISBONNE. Société Franco-Portugaise. Resumé du rapport général et Dossiers.
Hôtels –Palaces – Casinos – Stations hivernales et climatiques – Eaux minérales – Mines – Etc. Typographie Universelle.
Lisbonne. Portugal. 1911. De 20x14 cm. Com 54 pags. Brochado. Ilustrado no texto com fotogravuras dos locais turísticos em
Lisboa, Cascais, Sintra e no resto do país. Exemplar com dedicatória do autor em nome da sociedade de empreendimentos
turísticos dirigida ao Ministro do Interior.
€40
236. COMEMORAÇÃO DO PRIMEIRO CENTENÁRIO DO VISCONDE DE ALMEIDA GARRETT. (1854-1954).
Comissão Nacional do Centenário de Almeida Garrett. Ministério da Educação Nacional. Lisboa. 1959. De 30x23 cm. Com
542 pags. Encadernação com lombada e cantos em pele.
€120
237. CONSOLADO MACEDO. (Maria Cândida) REI DOM CARLOS. CAMPANHAS OCEANOGRÁFICAS. ESTUDO
DAS COLECÇÕES MALACOLÓGICAS. Com o patrocínio da Shell Portuguesa. Edições Culturais da Marinha no
Centenário das Campanhas Oceanográficas do Rei D. Carlos. Edições Inapa. 1996. De 31x25 cm. Com 188 pags.
Encadernação do editor. Profusamente ilustrado. Obra bilingue (português e inglês) e com fichas descritivas dos espécimes
estudados.
€50
238. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA PORTUGUESA. Após a revisão constitucional publicada no Diário da República n.º
155, no dia 8 de julho de 1989. 6.ª edição. Constituição da República Portuguesa de 1989. Declaração Universal dos Direitos
do Homem. Índice sistemático. Rei dos Livros. Lisboa. 1989. De 21x14 cm. Com 194. Brochado.
€10
239. CONSTITUTION POLITIQUE DE LA RÉPUBLIQUE PORTUGUAISE. Approuvée par le Plébiscite National du 19
Mars 1934, et avec les modifications introduites par les lois n.º 1885, 1910, 1945, 1963 et 1966, respectivement des 23 Mars et
23 Mai 1935, 21 Décembre 1936, 18 Décembre 1937 et Avril 1938.L'ACTE COLONIAL. Avec les modifications introduites
par la loi n.º 1900, du 21 Mai 1935. Editions SPN. Lisbonne. 1939. De 20x14 cm. Com 73 pags. Brochado.
€20
240. CONSTRUÇÃO DE CASAS DE RENDA LIMITADA E PROPRIEDADE HORIZONTAL. Decretos-Leis nºs 36 212, de
7 de Abril de 1947, 36 700, de 29 de Dezembro de 1947, 40 333, de 14 de Outubro de 1955 e 41 532, de 18 de Fevereiro de
1958. Imprensa Nacional de Lisboa. 1958. De 22x14 cm. Com 40 pags. Brochado.
€10
241. CONVENÇÃO DE EXTRADIÇÃO ENTRE PORTUGAL E OS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, ASSINADA EM
WASHINGTON A 7 DE MAIO DE 1908. Ministério dos Negócios Estrangeiros. Imprensa Nacional. Lisboa. 1913. De
25x17 cm. Com 11 pags. Brochado. Exemplar com vestígios de humidade e dano marginal na capa de brochura.
€20
242. CORDEIRO DE SOUSA. (J. M.) A DATA NUMA INSCRIÇÃO MEDIEVAL DE COIMBRA. Faculdade de Letras da
Universidade de Coimbra. Instituto de Estudos Históricos Doutor António de Vasconcelos. Coimbra. 1961. De 24x17 cm. Com
6 pags. Brochado. Ilustrado com fotogravura da inscrição existente no Museu do Carmo em Lisboa.
€15
243. CORDEIRO. (Luciano) CARTAS DE AMOR. SOROR MARIANNA AO CAVALHEIRO DE CHAMILLY. Tradução
de… Desenhos de Alberto de Sousa. Livraria J. Rodrigues & Cª. Lisboa. 1925. De 28x22 cm. Com 59 pags. Brochado.
Ilustrado em separado com 4 litografias a cores colocadas em cartolinas (sendo 2 impressas com belas vinhetas contornais).
€50
244. CORRÊA GUEDES. (F.) UM ASPECTO DA QUESTÃO SOCIAL NA ETIOLOGIA DA TUBERCULOSE. Dissertação
de... Escola Medico-Cirurgica de Lisboa. Ateliers Graphicos B. Nogueira, Sucessor. Lisboa. 1908. De 21x16 cm. Com 157
pags. Brochado. Exemplar com dedicatória de oferta do autor. Ilustrado com vinhetas tipográficas Arte Nova e um quadro
estatístico desdobrável.
€20
245. CORRÊA MONTEIRO. (Miguel Maria Santos) INÁCIO MONTEIRO (1742-11812), UM JESUÍTA PORTUGUÊS NA
DISPERSÃO. Edição do Centro de História da Universidade de Lisboa. Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Com
o apoio da FCT-Fundação para a Ciência e Tecnologia. Ministério da Ciência e do Ensino Superior. Lisboa. 2004. De 24x17
cm. Com 562 pags. Brochado.
€40
246. CORREIA DAS NEVES. (Francisco) e Carlos S. de Oliveira Martins. INFRACÇÕES ANTIECONÓMICAS E
CONTRA A SAÚDE PÚBLICA. 2ª Edição Acrescida e Actualizada. Anotações ao Dec-Lei 41.204 de 24-7-1957, com Larga
Referência a Diplomas Legais, Acórdãos, Regulamentos, Portarias e Despachos Relacionados com a Actividade Económica.
[Por]... Delegado do Procurador da República, Inspector da Policia Judiciária (em comissão de serviço) e... Chefe da Brigada
da Int. Geral dos Abastecimentos. Livraria Petrony. Lisboa. 1960. De 23x16 cm. Com 74 pags. Brochado. Ilustrado com a
nomenclatura dos cortes da carne em Lisboa. Exemplar com ex-libris.
€20
247. CORREIA ESTEVES. (António) LEGISLAÇÃO ACTUALIZADA SOBRE ACIDENTES DE TRABALHO. Por...
Chefe de Secção do Tribunal do Trabalho de Lisboa. I-Trabalhadores por conta de outrem. II-Funcionários públicos. IIITrabalho Prisional e correcional. Tabelas para cálculo de pensões e remições. Editora-Livraria Morais. Lisboa. 1952. De 22x15
cm. Com 96 pags. Encadernação da época em tela. Exemplar com ligeiros sublinhados a tinta.
€15
248. CORREIA. (Gaspar) LENDAS DA ÍNDIA. Por… Contendo as acçoens de Vasco da Gama, Pedralvares Cabral, João da
Nova, Francisco de Albuquerque, Vicente Sodré, Duarte Pacheco, Lopo Soares, Manuel Telles, D. Francisco d’Almeida.
Lenda de 13 Annos, desde o primeiro descobrimento da Índia até o Anno de 1510. [Volume segundo em que se recontão os
famosos feitos d’Afonso d’Albuquerque, Lopo Soares, Diogo Lopes de Sequeira, D. Duarte de Meneses, D. Vasco da Gama
Visorey, D. Anrique de Menezes. Lenda de 17 Annos acabados no ano de 1526. Volume terceiro que conta dos feitos de Pero
de Mascarenhas, e Lopo Vaz de Sampaio, e Nuno da Cunha em que passarão 17 annos. Volume quarto a Quarta Parte da
Cronica dos feytos que se passarão na Índia do ano de 1538 até o ano de 1550, em que residirão 6 Governadores (D. Gracia de
Noronha, D. Estevão da Gama, Martim Afonso de Sousa, D. João de Castro, Gracia de Sá, e Jorge Cabral)]. Introdução e
revisão de M. Lopes de Almeida. [Colecção] Tesouros da Literatura Portuguesa. Lello & Irmão – Editores. Porto. 1975. Obra
em 4 volumes. De 25x19 cm. Com xxxvi-1013, 985, 909, e 756-106 pags. Encadernações do editor. Ilustrados com gravuras e
mapas extra-texto. Exemplar com leves sublinhados a lápis. Obra finamente impressa sobre papel bíblia.
€150
249. CORREIA. (Luz) GARATUJAS. Estudo psicopedagógico do grafismo infantil. Prefácio estudo pelo Prof. Vitor Fontes.
Lisboa. 1963. De 27x22 cm. Com 115 pags. Brochado. Profusamente ilustrado com desenhos infantis a cores. Obra impressa
por Henry Gris, Lda. e editado pela Junta Geral do Distrito Autónomo do Funchal. Exemplar com dedicatória (autor?) sobre a
folha de rosto.
€50
250. CORREIA. (Teodoro) CICLO DAS CARAVELAS. Poemato. Edição do autor. Funchal. MCMXLVI. [1946]. De 23x17
cm. Com 29 pags. Brochado. Exemplar com cartão e dedicatória do autor. Obra de 'tributo e homenagem à memória do Infante
D. Henrique – O grande animador da epopeia dos Descobrimentos'.
€30
251. CORREIA. (Teodoro) NIMBOS (Versos). Composto e impresso no «Dário da Madeira». MCMXXXII. [1932]. De 22x16
cm. Com 43 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor.
€30
252. CORREIA. (Vergilio) e Nogueira Gonçalves. INVENTÁRIO ARTÍSTICO DE PORTUGAL. CIDADE DE COIMBRA.
II. Academia Nacional de Belas Artes. Lisboa. 1947. 1 volume. De 28x24 cm. Com xxxi-238 pags. Brochado. Profusamente
ilustrado em extra-texto e com mapas.
€120
253. CÔRTE-REAL E AMARAL. O SÁBIO JOAQUIM BENSAÚDE. Insigne historiador dos descobrimentos e o seu labor
benemérito. Angra do Heroísmo. 1945. De 22x16 cm. Com 32 pags. Brochado. Ilustrado com o retrato do biografado.
Exemplar com dedicatória do autor.
€30
254. CORTESÃO. (Armando) THE MYSTERY OF VASCO DA GAMA. By… Agrupamento de Estudos de Cartografia
Antiga. 12. Secção Anexa à Universidade de Coimbra. Junta de Investigações do Ultramar – Lisboa. Coimbra. 1973. De 25x18
cm. Com 195 pags. Encadernação do editor. Ilustrado com quadros de dados, reproduções de mapas antigos, e projecções
geográficas modernas a partir de mapas antigos. Exemplar com breves sublinhados no texto e com dedicatória do autor no
anterrosto.
€120
255. CORTESÃO. (Jaime) HISTÓRIA DOS DESCOBRIMENTOS PORTUGUESES. Círculo de Leitores. Lisboa. S/d.
[1970]. Obra em volumes. De 24x15 cm. Com 394, 316 e 302 pags. Encadernação do editor. Ilustrado no texto.
€80
256. CORTESÃO. (Jaime) MEMÓRIAS DA GRANDE GUERRA (1916-1919). [Por]… 2º milhar. Biblioteca Histórica.
Memórias II. Edição da «Renascença Portuguesa». Porto. 1919. De 19x13 cm. Com 242 pags. Encadernação da época com
lombada e cantos em pele. Ilustrado com imagens das trincheiras na frente de batalha e retratos de ilustres membros do CEP:
Capitão Augusto Casimiro; Hernani Cidade; Moura Neves, Alferes Lorga; Luis Gonzaga, e outros. Contém um mapa
desdobrável do sector do CEP. Exemplar apresenta dedicatória do autor e um ex-libris.
€80
257. COSTA COUVREUR. (Raul da) NUMISMÁTICA INDO-PORTUGUESA. Bazarucos (Compilação). Separata do
Boletim da Sociedade de Geografia de Lisboa. Composto e Impresso na Sociedade Astória. Lisboa. 1943. De 24x18 cm. Com
124 pags. Encadernação da época com lombada em pele, danificada. Ilustrado com 4 estampas extra-texto com os espécimens
numismáticos.
€90
258. COSTA E ALMEIDA. (António Correia da) COIMBRA 1909-1914. Porto. 1970-71. De 24x17 cm. Com 23 pags.
Brochado. Exemplar com dedicatória do autor. Contém memórias da vida académica.
€15
259. COSTA LIMA. DICCIONÁRIO DE RIMAS. Para uso de portugueses e brasileiros. Com uma poética histórica portuguesa
por Theophilo Braga. 2.ª edição revista e ampliada. Empreza Litteraria Fluminense. Lisboa 1914. De 18x11,5 cm. Com 442
pags. Encadernação em tela (pele diabo). Exemplar com restauro na folha de rosto.
€50
260. COSTA PINTO. (António) e Nuno Afonso Ribeiro. A ACÇÃO ESCOLAR VANGUARDA (1933-1936). A Juventude
Nacionalista nos Primórdios do Estado Novo. Cooperativa Editora História Crítica. Lisboa 1980. De 21x15 cm. Com 185
pags. Brochado. Com dedicatória de oferta na folha de guarda.
€20
261. COSTA VEIGA. (Tenete-Coronel A. Botelho da) ESTUDOS DE HISTÓRIA MILITAR PORTUGUESA. Volume I.
Corografia militar do Noroeste de Portugal em 1220-1258; Análise da Tradição e da polémica de Ourique. Lisboa. 1936. Dois
volumes de 28x17 cm. Com 772 pags. Com 7 fotografias extratexto no fim do segundo volume. Encadernação de Ilidio
António com lombada e cantos em pele pintada de azul. Exemplares com dedicatórias autógrafas. Na parte primeira (volume
1) a ao Professor Doutor João Pinto da Costa Leite à altura Sub-Secretário de Estado das Finanças e político ligado ao Estado
Novo, que exerceu diversos cargos de responsabilidade política nos governos liderados por António de Oliveira Salazar, entre
os quais o de Ministro das Finanças (1940-1950) e o de presidente da Junta Central da Legião Portuguesa e da União Nacional.
Foi o principal expoente da teoria corporativa portuguesa. Era filho do 3.º conde de Lumbrales, daí ser muitas vezes referido
como Lumbrales. Na parte segunda (volume 2) a José Maria de Vilhena Barbosa de Magalhães jurisconsulto e político, um dos
autores da Constituição Portuguesa de 1911, Ministro da Justiça, da Instrução Pública e dos Negócios Estrangeiros entre 1913
e 1922. Bastonário da Ordem dos Advogados (1933), presidiu a diversas Comissões Internacionais de Direito Internacional
Comparado e deixou vasta obra jurídica em publicações da especialidade. Fez parte da Comissão Directiva do Movimento de
Unidade Democrática que na década de 1940 se opôs ao Estado Novo, sofrendo então insistentes perseguições políticas. €90
262. COSTA. (Joaquim) EÇA DE QUEIRÓS: CRIADOR DE REALIDADES E INVENTOR DE FANTASIAS. Livraria
Civilização. Pôrto. 1945. De 21x14 cm. Com 295 pags. Encadernação em percalina vermelha. Exemplar com título de posse na
folha de anterrosto.
€25
263. COSTA. (Maria Rosa) A PONTUAÇÃO. Porto Editora. Lisboa. 1994. De 17x12 cm. Com 141 pags. Brochado.
€20
264. COUTO VIANA. (António Manuel) NÃO HÁ OUTRO MAIS LEAL. Colecção O Lugar da Pirâmide. Editora Átrio.
Lisboa. 1991. De 24x16 cm. Com 15 pags. Brochado. Obra poética em libelo contra a passagem de Macau para a soberania
chinesa. Contém 2 poemas: “Naufrágio de Macau” e “Aquela Morte naquele Dia” (20 de Dezembro de 1999).
€20
265. CRATO. (Nuno) O «EDUQUÊS» EM DISCURSO DIRECTO. Uma Crítica da Pedagogia Romântica e Construtivista.
Gradiva. Lisboa 2006. De 21x14 cm. Com 131 pags. Brochado.
€20
266. CRÓNICA DO IMPERADOR MAXIMILIANO. Cod. 490. Col. Pombalina da Biblioteca Nacional. Prefácio de João
Palma-Ferreira, transcrição de Luís Carvalho Dias, revisão ortográfica de Fernando Filipe Portugal. Co-edição
INCM/Biblioteca Nacional. Lisboa. 1983. De 24x15 cm. Com 644 pags. Brochado.
€20
267. CRUZ MAGALHÃES. RAFAEL BORDALO PINHEIRO. O MUSEU. UM APÊLO MALOGRADO. (Ante catálogo do
Museu Rafael Bordalo Pinheiro). Tiragem de 100 exemplares, numerados e rubricados pelo autor, para oferta à Imprensa,
Bibliotecas, Protetores de Museus, etc. Campo Grande, 382. [Lisboa]. 1916. De 19x12 cm. Com 30-(i) pags. Brochado.
Ilustrado no texto e em extra-texto com uma fotogravura de Bordalo. Exemplar com dedicatória a A. J. A. e, por obséquio, sem
número de tiragem.
€50
268. CRUZ. (António) O PORTO NAS NAVEGAÇÕES E NA EXPANSÃO. [Por]... Professor Jubilado da Universidade do
Porto. Edição sob os auspícios do Comissariado para a XVII Exposição Europeia de Arte, Ciência e Cultura. Lisboa. 1983. De
24x17 cm. Com 278 pags. Brochado. Ilustrado em extra-texto com fotogravuras dos vestígios da arquitectura portuense da
época do Infante D. Henrique.
€30
269. CUNHA DA SILVEIRA. (José) PORTUGAL NO MUNDO E A SOBERANIA DO SEU AÇÚCAR. [Por]...Prof. do I. S.
A. Separata do Volume XXX dos Anais do Instituto Superior de Agronomia. Lisboa. 1968. De 26x19 cm. Com 19 pags.
Brochado. Exemplar com dedicatória do autor na folha de guarda. Conferência proferida na Sala de Actos do Instituto Superior
de Agronomia, em 6 de Abril de 1967.
€20
270. CUNHA LEAL. EU, OS POLITICOS E A NAÇÃO. Portugal-Brasil Sociedade Editora. Arthur Brandão & Cª. Lisboa. S/D
(1926?). De 19x12 cm. Com 335 pags. Encadernação recente em percalina preta, com lombada en pele pintada da mesma cor e
ferros a ouro na lombada. Exemplar preserva capas de brochura originais.
€40
271. CUNHA LEAL. ILUSÕES MACABRAS. Coisas do Tempo Presente. Edição do Autor. Lisboa. 1964. De 19x12 cm. Com
274 pags. Brochado.
€20
272. CUNHA. (Alfredo da) TERRA-MATER. Notas Monográficas. D. João IV nas obras dum pintor fundanense. Fastos de
Portugal. 1940. De 27x20 cm. Com 29 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar com dedicatória do autor e com vestígios de
humidade nas páginas de guarda posteriores.
€20
273. CUNHA. (Antonio A. R.) O VINHO DE COLLARES. Descripção da região vinhateira, cultura da vinha, variedades de
castas, processos de vinificação, analyses, e legislação. Por... Composto e Impresso na Imprensa Africana de Antonio Tibério
de Carvalho. Lisboa. S/d. (191?). De 23x16 cm. Com 82 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar com assinatura de posse sobre a
folha de rosto e vestígios marginais de humidade sobre a capa de brochura sem afectar a mancha gráfica.
€80
274. CUNHA. (José Anastácio da) NOTÍCIAS LITERÁRIAS DE PORTUGAL 1780. Conforme o manuscrito do Arquivo
Nacional do Rio de Janeiro (Colecção Memórias), Vol. VIII, Códice 807. Texto francês do original. Tradução portuguesa,
prefácio e notas de Joel Serrão. 2ª edição revista. Seara Nova. Lisboa. 1971. De 21x13 pags. Com 103 pags. Brochado.
Exemplar com título de posse no anterrosto.
€20
275. CURSO DE INSTRUÇÃO PRÁTICA DA ESCOLA LUSITÂNIA FEMININA. Escola Lusitânia Feminina. Fundada em
1928. Lisboa. 1969. De 22x17 cm. Com 36 pags. Brochado. Folheto sobre a finalidade do curso e informações sobre o mesmo
(conteúdos, organização, plano de estudos e colocação), com os fólios finais contendo declarações de várias e importantes
empresas nacionais e internacionais sobre a excelência das funções prestadas pelas ex-alunas deste estabelecimento.
€15
276. DANTAS. (Júlio) A CEIA DOS CARDEAIS. [Por]... Oitava Edição. Livraria Editora Viuva Tavares Cardoso. Lisboa. 1906.
De 23x17 cm. com 44 pags. Brochado deve ser encadernado. Ilustrado com um retrato do autor em anterrosto. Exemplar com o
ex-libris do Conde de Sucena.
€20
277. DANTAS. (Julio) ROSAS DE TODO O ANNO. Comédia em 1 acto em prosa. Livraria Editora Viuva Tavares Cardoso.
Lisboa. 1907. De 19x12 cm. Com 30 pags. Brochado. Ilustrado com retrato do autor na folha de anterrosto. Exemplar com
título de posse na capa.
€20
278. DANTAS. (Miguel) LES FAUX DON SÉBASTIEN. Étude sur l’histoire de Portugal. Par Miguel D'Antas, Conseilleur de
La Lègation de Sa Majesté le Roi de Portugal en France. Chez Auguste Durand, Libraire. Paris. 1866. De 22x15 cm. Com 476
pags. Brochado deve ser encadernado. Inocêncio XVII, 62. “Miguel Martins Dantas. Commendador da ordem de S. Thiago.
Foi ministro dos negocios estrangeiros, mas pouco tempo esteve no gabinete. Tem sido ministro plenipotenciario acreditado
em Madrid, em Londres, em Washington e em Bruxellas. Na collecção dos Livros brancos ha muitos documentos diplomaticos
de sua pena, no correr de negociações em que tem intervindo no desempenho de suas elevadas funcções. A respeito d'esta obra
escreveram, entre outros, Rebello da Silva; Mendes Leal, Veggezzi Ruscala, e Pinheiro Chagas.
€50
279. DANTAS. (Virgílio A.) MANUAL DE LEGISLAÇÃO VITIVINICOLA E SOBRE O ALCOOL E PRODUTOS
ALCOÓLICOS DIVERSOS. Volume II. Disposições publicadas a partir do 2º semestre de 1938 até ao fim de 1957 (com
anotações). [Por]… Engenheiro Agrónomo e Advogado. Junta Nacional do Vinho. Lisboa. 1971. De 21x15 cm. Com 496 pags
(pags 501 a 997). Brochado. Exemplar com título de posse sobre a folha de rosto.
€30
280. DESCARTES. (Réné) DISCURSO DO MÉTODO. Textos filosóficos. Introdução e Notas de Étienne Gilson. Edições 70.
1992. De 21x13 cm. Com 118 pags. Brochado. Exemplar com anotações marginais a lápis.
€15
281. DIAS LEITE. (Jerónimo) DESCOBRIMENTO DA ILHA DA MADEIRA e Discurso da Vida e Feitos dos Capitães da
dita Ilha. Tratado composto em 1579 e agora publicado com introdução e notas de João Franco Machado Bolseiro do Instituto
para a Alta Cultura. Por... Cónego da Sé do Funchal. Publicação Subsidiada pelo Fundo Sá Pinto. Instituto de Estudos
Históricos Dr. António de Vasconcelos. Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. [Composto na Companhia Editora
do Minho. Barcelos]. Universidade de Coimbra. MDCCCCXLVII [1947]. De 24x18 cm. Com cvii-137 pags. Brochado.
Ilustrado com folha fac-similada do manuscrito. Obra com a transcrição diplomática do manuscrito quinhentista, antecedida
um aparato crítico nas primeiras cvii [137] páginas, e contendo no final um índice remissivo organizado por: nomes de
pessoas; pelos seus títulos; nomes de terras; povos e comunidades.
€80
282. DIAS. (Aida Fernanda) DIARIO DA JORNADA DO CONDE DE OUREM AO CONCILIO DE BASILEA.
Apresentação e Leitura [de]... Câmara Municipal de Ourém. 2003. De 21x15 cm. Com 84 pags. Brochado. Obra contém a
transcrição do roteiro da viagem por terra de Lisboa a Basileia e à Terra Santa iniciada em 11 de Janeiro de 1436.
€20
283. DIAS. (Jorge) NÓTULAS DE ETNOGRAFIA MADEIRENSE. Contribuição para o estudo das origens étnico-culturais da
população da Ilha da Madeira. Separata de Biblos. Universidade de Coimbra. MCMLIII [1953]. De 23x16 cm. Com 27 pags.
Brochado. Ilustrado com fotogravuras e desenhos etnográficos no texto. Exemplar com dedicatória do autor no anterrosto.
€50
284. DINIS. (Júlio) AS PUPILAS DO SENHOR REITOR. Chronica da Aldeia. Grande edição de luxo com ilustrações de Roque
Gameiro. Typ. 'A Editora'. Lisboa. S/d. [1900]. De 36x26 cm. Com 110 pags. [Peso: 4260 g]. Encadernação editorial. Corte
das folhas dourado. Ilustrado com 30 belas gravuras a cores extra-texto do pintor Roque Gameiro. Edição impressa sobre papel
couché com separadores de protecção das gravuras em papel vegetal.
€200
285. DIONÍSIO. (Bacili Alcino) e al. A JUNTA DOS LACTICÍNIOS DA MADEIRA E A DEFESA DA PECUÁRIA DA
ILHA. Por… médico veterinário, Jaime Alberto de Azevedo Pereira engenheiro agrónomo, e Alcino Daniel Julio Drummond
médico veterinário. Separata do Boletim Anual da Junta dos Lacticínios da Madeira. 1948-1949. Tipografia Esperança.
Funchal. 1951. De 23x16 cm. Brochado. Exemplar com assinatura de um autor sobre a folha de rosto.
€30
286. DOCUMENTOS RELATIVOS AOS ACORDOS ENTRE PORTUGAL, INGLATERRA E ESTADOS UNIDOS DA
AMÉRICA PARA A CONCESSÃO DE FACILIDADES NOS AÇORES DURANTE A GUERRA DE 1939-1945.
Ministério dos Negócios Estrangeiros. Lisboa. 1946. De 25x17 cm. Com 65 pags. Brochado. Colecção de ofícios e documentos
com as respectivas traduções em português e inglês.
€15
287. DOSTOIEVSKI. (Fiódor Mikhailovich) CRIME E CASTIGO. Por... (em russo Фёдор Михáйлович Достоéвский).
Versão portuguesa de Maria Franco e Cabral do Nascimento. Portugália Editora. Lisboa. S/D. (196?). De 22x16 cm. Com 493
pags. Encadernação com lombada em pele com ferros a ouro na lombada. Exemplar preserva capas de brochura originais. €50
288. DOSTOIEVSKI. (Fiódor Mikhailovich) OBRAS COMPLETAS DE… Editora Arcádia Limitada. Lisboa. Obra em 10
volumes. De 22x16 cm. Com cerca de 800 páginas cada volume. Encadernações do editor.
€120
289. DUARTE. (A.) APONTAMENTOS DE VINIFICAÇÃO. 1ª Edição. Oficina Gráfica, Lda. Lisboa. 1931. De 18x12 cm.
Com 404 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar com títulos de posse sobre a folha de rosto. Obra com carimbo comercial sobre
a folha de rosto mencionando: «Livro premiado pelo “Office International du Vin” de Paris».
€80
290. EHRHARDT. (Marion) D. FERNANDO II – UM MECENAS ALEMÃO REGENTE DE PORTUGAL. Paisagem
Editora. Porto. 1985. De 23x16 cm. Com 49 pags. Brochado. Ilustrado com 7 gravuras extra-texto com retratos do monarca.€25
291. EHRHARDT. (Marion) UM OPÚSCULO ALEMÃO DO SÉCULO XVI SOBRE A HISTÓRIA PORTUGUESA DO
ORIENTE. Por… Leitora de Alemão na Faculdade de Letras de Lisboa. Borsenverein Des Deutschen Buchhandels. Frankfurt.
1964. De 24X17 cm. Com 37 pags. Brochado. Ilustrado com um fac-simile alemão (e respectiva transcrição portuguesa
moderna) de uma missiva enviada da Índia ao rei de Portugal sobre as conquistas nas Molucas.
€10
292. EINSTEIN. (A.) THÉORIE DE LA RELATIVITÉ RESTREINTE ET GÉNÉRALISÉE. (Mise a la portée de tout le
monde). Par… Traduit d’Après la Douzième édition allemande. Par Mlle. J. Rouvière Licenciée ès sciences mathématiques.
Avec un Préface de M. Emile Borel. Gauthiers-Villars et Cª. Éditeurs. Paris. 1921. De 18x11 cm. Com xx-120 pags. Brochado.
€50
293. ELIOT. (George) O CARPINTEIRO DO VALE DOS FENOS (“ADAM BEDE”). (Edição integral). Tradução de Alberto
Candeias. 2ª edição. Colecção Centauro. Editorial “Inquérito”, Lda. 1941. De 24x18 cm. Com 411 pags. Encadernação da
época com lombada em pele com finos ferros a ouro; executada pelo mestre encadernador Frederico d’Almeida.
€60
294. ENCADERNAÇÃO ARTÍSTICA - 1ª REPÚBLICA - O ESTUDO. Orgão dos alunos do Gymansio Anglo-latino
(Collegio Portuguez). Avenida Paulista, 27. São Paulo (Brasil). Typ. Hennies Irmãos. São Paulo. 1920-1922. De 23x17 cm.
Com 24-28-24-16-35-32-70-72-28 pags. Encadernação artística inteira de marroquin vermelho e verde (bandeira republicana)
com escudo do colégio e título em super-libris. Profusamente ilustrado com fotogravuras. Impresso sobre papel couché.
Contém 13 números em 9 publicações: do Nº 1 de Dezembro de 1920 até ao Nº13 de Junho de 1922, apresentando um artigo
com a Travessia Aérea do Atlântico Sul por Gago Coutinho e Sacadura Cabral.
€150
295. ENCADERNAÇÃO ARTÍSTICA. SÉC. XX. PRESIDENCIA DA REPUBLICA. JORNAL DOS CEGOS. Revista de
Tiflologia. [Fundada em 1895]. Impressa à custa do Estado. Premiada com medalhas nas Exposições Industriais [etc]. Volume
XXII. Fundador e director Branco Rodrigues. Redacção Instituto dos Cegos. Estoril. 1918. De 22x16 cm. Com 64 pags.
Encadernação da época (percalina vermelha com título e oferta em super-libris) pelo mestre encadernador João César (Rua do
Norte, Lisboa). Ilustrado com fotogravuras documentando as aulas de instrução dos invisuais.
€50
296. ENCOMPASSING THE GLOBE. Portugal and the World in the 16th & 17th Centuries. Published by the Arthur M.
Sackler Gallery, Smithsonian Instutitution. Edited by Jay A. Levenson. Washington, D. C. 2007. De 31x25 cm. Com 386 pags.
Encadernação do editor em tela, preservando sobrecapa decorativa. Profusamente ilustrado com reproduções de obras de arte e
mapas. Catálogo da exposição temporária patente no Smithsonian Instutitution, em Washington, com a mais significativa
reunião de objectos públicos e privados sobre o tema dos descobrimentos portugueses.
€120
297. EXPANSÕES E CONFIDENCIAS. Por C. R. M. Typographia «Esperança». Funchal. 1896. De 18x12 cm. Com 149 pags.
Brochado. Exemplar com dedicatória sobre a capa de brochura assinado Alfredo Júlio da Silva (possível autor sob pseudónimo
CRM?). Obra poética. BNP não refere. Inocêncio não menciona.
€30
298. FALCATO. (João) ANGOLA DO MEU CORAÇÃO. Editorial Notícias. Empresa Nacional de Publicidade. Lisboa. 1961.
De 21x15 cm. Com 256 pags. Brochado.
€30
299. FARIA. (Eduardo de) OS QUE GANHARAM COM A GUERRA. Tipografia da L. C. G. G. Lisboa. 1935. De 19x13 cm.
Com 267 pags. Brochado. Exemplar com ex-libris na folha de rosto e etiqueta de arrumação na lombada. Obra com memórias
sobre a Iª Guerra Mundial.
€20
300. FAVEIRO. (Vítor António Duarte) A INFRACÇÃO DISCIPLINAR. Esquema de uma Teoria Geral. Por...
Director-Geral das Contribuições e Impostos. Cadernos de Ciência e Técnica Fiscal. Imprensa Nacional de Lisboa. 1962. De
21x15 cm. Com 134 pags. Brochado.
€15
301. FERNANDES ROSA. (J.) e J. Pulquerio Fernandes. MANHÃ TRÁGICA. A CATÁSTROFE DE CAMARA DE
LOBOS. [A VAGA DA MORTE]. Compilação das mais importantes reportagens da imprensa Madeirense sobre a horrorosa
tragedia da Ribeira do Vigário, ocorrida na manhã de 4 de Março de 1930, por… e … Composto e impresso na tipografia do
Diário da Madeira. Funchal. S/d [1930]. De 21x14 cm. Com 116 pags. Brochado. Ilustrado com 31 fotogravuras. Obra sobre a
catástrofe (deslizamento de terras) que vitimou pelo menos 18 habitantes.
€80
302. FERNANDES THOMÁS. (Pedro) CANÇÕES PORTUGUESAS (DO SÉCULO XVIII À ACTUALIDADE). [Colecção]
Subsídios para a história da arte portuguesa. Imprensa da Universidade. Coimbra. 1934. De 23x17 cm. Com 169 pags.
Brochado. Ilustrado com pautas musicais que acompanham toda a colectânea deste cancioneiro.
€50
303. FERNANDES. (J. J.) ESPECIALIDADES FARMACÊUTICAS DA FARMÁCIA E LABORATÓRIO
FARMACOLÓGICO DE J. J. FERNANDES & Cª. Com algumas indicações de utilidade prática. Depositário exclusivo
Raul Vieira. Composto e impresso na Tipografia dos Serviços Gráficos do Exército. Lisboa. S/d [1915?]. De 18x12 cm. Com
198-(i) pags. Encadernação do editor, cansada. Ilustrado com fotogravuras dos equipamentos; instalações; e das fases de
manipulação dos produtos. Exemplar com dedicatória do autor e proprietário farmacêutico dirigida ao Presidente da República
Portuguesa. BNP refere outros catálogos deste laboratório, no entanto este catálogo não é referido.
€60
304. FERRÃO. (António) GOMES FREIRE NA RUSSIA. Cartas inéditas de Gomes Freire de Andrade e outros documentos
autógrafos acerca desse ilustre português quando combateu no exército russo, precedidos dum estudo sobre a política externa
de Catarina II. Por… Obra commemorativa do 1º centenário da morte de Gomes Freire de Andrade aprovada em sessão da
academia, de 12 de Junho de 1917. Trabalhos da Academia das Sciências de Portugal. Primeira Série – Tomo VII. Imprensa da
Universidade. Coimbra. 1918. De 26x16 cm. Com 380 pags. Brochado deve ser encadernado. Exemplar com rasgo marginal
recuperável na capa de brochura e no anterrosto; e dedicatória do autor na folha de rosto dirigida ao Presidente da República
Portuguesa.
€120
305. FERRARO VAZ. (J.) NVMARIA MEDIEVAL PORTUGVESA. 1128-1383. Lisboa. MCMLX. [1960]. Obra em 2
volumes. De 30x22 cm. Com 448-xvi pags. Brochados. Ilustrado com todos os especimens de numismática e sigilografia e o
seu enquadramento na arte e na arquitectura medieval portuguesa.
€150
306. FERREIRA BARROS. (Alexandre) MOEDAS PORTUGUESAS DOS REINADOS DE D. CARLOS I E DE D.
MANUEL II. Catálogo. Separata da revista MVSEV. Vol. II. Círculo Dr. José de Figueiredo. Pôrto. 1943. De 24x17 cm.
Com 50 pags. Brochado. Ilustrado com os especimens numismáticos de Portugal continental, insular e ultramarino. Contém
descrição das ligas metálicas e as transcrições das autorizações régias das emissões.
€60
307. FERREIRA DA COSTA. NA PISTA DO MARFIM E DA MORTE. Editôra Educação Nacional, Lda. Pôrto.1944. De
19x13 cm. Com 460 pags. Ilustrado com vinhetas coloridas de Manuel Ribeiro Pavia.
€50
308. FERREIRA DA COSTA. PEDRA DO FEITIÇO. Reportagens africanas. 1ª edição. Editôra Educação Nacional, Lda. Pôrto.
S/d [1944]. De 19x13 cm. Com 485 pags. Ilustrado com vinhetas coloridas de Manuel Ribeiro Pavia.
€50
309. FERREIRA DE CASTRO. (José Maria) AS MARAVILHAS ARTISTICAS DO MUNDO OU PRODIGIOSA
AVENTURA DO HOMEM ATRAVÉS DA ARTE. EMPRESA NACIONAL DE PUBCICIDADE. LISBOA. 1959-1963.
(COPYRIGHT 1958). 2 volumes. De 38x31 cm. com 1052 pags. Encadernações do editor inteira de pele finamente gravada a
seco e a ouro com aplicações de estampas coloridas nas pastas e nas lombadas que estão um pouco cansadas. Obra impressa
em papel couché de elevada gramagem e profusamente ilustrada em extra texto com gravuras coloridas e encarceladas. José
Maria Ferreira de Castro (Ossela, Oliveira de Azeméis, 24 de Maio de 1898 — Porto, 29 de Junho de 1974) foi um escritor
português, que aos doze anos de idade emigrou para o Brasil, onde viria a publicar o seu primeiro romance em 1916.
Emigrante, homem do jornalismo, mas sobretudo ficcionista, é hoje em dia, ainda, um dos autores com mais obra traduzida em
todo o mundo, podendo-se incluir a sua obra na categoria de literatura universal moderna, percursora do neorealismo, de
escrita caracteristicamente identificada com a intervenção social e ideológica.
€200
310. FERREIRA MARTINS. (General) PORTUGAL NA GRANDE GUERRA. Direcção do… Composto e impresso na
Tipografia da Empresa do Anuário comercial. Editorial Ática. Lisboa. 1934-35. Obra em 2 volumes. De 30x23 cm. Com 319 e
351-xciv pags. Encadernações do editor. Profusamente ilustrado com excelentes fotogravuras impressas no texto e em
extra-texto sobre papel couché; organograma da Ordem de Batalha do C.E. P. Contém mapas desdobráveis dos teatros de
operações: Organização defensiva no Secret Map A Estaires - La Lys; situação das tropas na noite de 8/9 de Abril de 1918;
movimentos de ataque das divisões alemãs; situação (progressão) das tropas nas manhãs de 25/8 e 11/11 de 1918; operações
em Angola em 1915-1915; etc.
€300
311. FERREIRA. (Joaquim) HISTÓRIA DA LITERATURA PORTUGUESA. Editorial Domingos Barreira Editor. Porto. S/d
[194?]. De 22x15 cm. Com 1181 pags. Encadernação editorial.
€50
312. FERRO RODRIGUES. (Eduardo) Fernando Piteira Santos e Mário Murteira. A NATUREZA DE CLASSE DO 25 DE
ABRIL. Depoimentos de… Iniciativas Editoriais. Pontos de Vista. Lisboa. 1974. De 20x12 cm. Com 29 pags. Brochado.
Exemplar com vestígios de humidade.
€10
313. FERRO. (Antonio). SALAZAR O HOMEM E A SUA OBRA Por... Prefácio de Oliveira Salazar. Emprêsa Nacional de
Publicidade. Lisboa. 1933. De 19x13 cm. Com 228 pags. Brochado. Ilustrado com fotogravuras de Salazar em entrevistas com
o autor. Exemplar com picos de humidade nas capas de brochura.
€50
314. FERRO. (João Pedro) A. H. OLIVEIRA MARQUES. O HOMEM E O HISTORIADOR. Balanço de Seis Décadas.
Diálogos com…. Editorial Presença. Lisboa. 1994. De 16x23 cm. Com 253 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar com
dedicatória de Oliveira Marques na folha de guarda.
€20
315. FICALHO. (Conde de) UMA ELEIÇÃO PERDIDA. Introdução e notas de Nuno Sampaio. Imprensa Nacional-Casa da
Moeda. Lisboa. 1982. De 24x15 cm. Com 173 pags. Brochado.
€20
316. FIGUEIREDO. (Jaime de) ILHA DE GONÇALO VELHO. Da descoberta até ao aeroporto! C. de Oliveira, Limitada
(editores). Lisboa. 1954. De 21x15 cm. Com 205 pags. Brochado. Ilustrado e com mapas estatísticos em anexo com a
comparação de dados de movimentos insulares de passageiros, mercadorias e valores, antes e depois da abertura do aeroporto
da ilha de Santa Maria, Açores.
€50
317. FLOREZ. (Henrique) MEDALLAS DE LAS COLONIAS, MUNICIPIOS Y PUEBLOS ANTIGUOS DE ESPAÑA.
[FAC-SIMILE]. COLECCION DE LAS QUE SE HALLAN en diversos Autores, y de otras nunca publicadas: con
explicacion y dibujo de cada una. Por el R. P. M. Fr. Henrique Florez, del Orden de S. Agustin, Cathedratico de Theologia de
la Universidad de Alcalá, y Exprovincial de su Provincia de Castilla. EN MADRID: EN LA OFICINA DE ANTONIO
MARIN. AÑO DE M.DCC.LVII. [1757]. Obra em 3 volumes. De 23x16 cm. Com [xvi], 408, 681, 292 pags. Encadernações
recentes em percalina. Ilustrado com 56 estampas; com prospectos adicionais das moedas dos Godos; e com mapa desdobrável
das localidades que cunharam espécimens conhecidos à data desta publicação. Fac-simile recente obtido por processo de
fotocópia.
€80
318. FONSECA. (Carlos da) PARA UMA ANÁLISE DO MOVIMENTO LIBERTÁRIO E DA SUA HISTÓRIA. Edições
Antígona. Lisboa. 1988. De 21x13 cm. Com 80 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória (do autor?) na folha de guarda. €20
319. FONTOURA DA COSTA. (A.) DEAMBULAÇÕES DA GANDA DE MODAFAR, REI DE CAMBAIA, DE 1514 A
1516. Divisão de Publicações e Biblioteca. Agência Geral das Colónias. Ministério das Colónias. Lisboa. 1937. De 22x16 cm.
Com 47 pags. Brochado. Ilustrado com vários desenhos do Rinoceronte Ganda de Alberto Dürer e reproduções de mapas do
sec. XVI.
€20
320. FORTUNATO QUEIRÓS. (Francisco) D. PEDRO V E OS NEGÓCIOS MILITARES. Por…Assistente da Faculdade de
Letras do Porto, Bolseiro do Instituto de Alta Cultura. Universidade do Porto. 1973. De 24x17 cm. Com xli-(ii)-159 pags.
Brochado. Ilustrado.
€50
321. FRANÇA (José Augusto) A ARTE E A SOCIEDADE PORTUGUESA NO SÉC XX. (1910 a 1990). 3ª edição actualizada.
Livros Horizonte. 1991. Lisboa. De 21x14 cm. Com 93 pag. Brochado.
€15
322. FRANÇA PITÃO. (J.) LEGISLAÇÃO ANOTADA SOBRE O DIVÓRCIO. Por... Assistente da Faculdade de Direito de
Coimbra. Atlântida Editora. Coimbra. 1975. De 23x15 cm. Com 74 pags. Brochado. Exemplar com titulo de posse manuscrito
na folha de rosto.
€15
323. FRANÇA. (Alfredo) POEMA RUBRO. 1903-1904. Typographia Esperança. Funchal. 1904. De 22x13 cm. Com 22 pags.
Brochado. Exemplar com título de posse sobre a folha de rosto.
€30
324. FRANÇA. (Isabella de) JORNAL DE UMA VISITA À MADEIRA E A PORTUGAL. (1853-1854) 1853-1854. Por…
Junta Geral do Distrito Autónomo do Funchal. Lisboa. 1970. De 30x22 cm. Com 269 pags. Encadernação do editor com
sobrecapas de guarda. Ilustrado. Segundo o original manuscrito de Isabella de França. Tradução portuguesa de Cabral do
Nascimento. Introdução de Cabral do Nascimento e Santos Simões. Notas e comentários de Santos Simões. Ilustrações
reproduzidas das aguarelas originais de Isabella de França.
€60
325. FRANÇA. (José-Augusto) A ARTE EM PORTUGAL NO SÉCULO XIX. Livraria Bertrand. Lisboa. 1966. Obra em 2
volumes. De 23x20 cm. Com 489 e 531 pags. Encadernações do editor. Ilustrados. Primeiro volume abrange de 1780 a 1880
com o Neoclassicismo e o Romantismo. O segundo volume abrange desde 1880 até 1910; com o Naturalismo e uma análise do
cruzamento da gerações depois de 1910; e ainda considerações finais sobre o legado artístico do século XIX.
€60
326. FRANÇA. (José-Augusto) PRIMEIRO DIÁLOGO SOBRE ARTE MODERNA. Edição do autor. Lisboa. 1957. De 19x13
cm. Com 35 pags. Brochado. Ilustrado.
€10
327. FRANÇA. (José-Augusto) RAPHAEL BORDALLO PINHEIRO CARICATURISTA POLÍTICO. Texto e selecção de...
Colecção Arte e Artistas. Edições Terra Livre. Lisboa. 1976. De 20x14 cm. Com 107 pags. Brochado. Ilustrado com uma
selecção de caricaturas políticas.
€10
328. FRANCEM DA SILVEIRA. (Henrique) INDUSTRIAS DE FERMENTAÇÃO. Biblioteca de Instrução Profissional
fundada por Thomaz Bordallo Pinheiro. Livrarias Aillaud e Bertrand. Lisboa. S/d [194?]. De 18x12 cm. Com 179 pags.
Encadernação do editor. Ilustrado. Exemplar com títulos de posse sobre a folha de rosto
€80
329. FRANQUE. (D. Domingos José) NÓS, OS CABINDAS. História, leis, usos e costumes dos povos N’Goio pelo príncipe
negro… Boma-Zanei-N’Vimba. Editora Argo. Lisboa. 1940. De 19x12 cm. Com 230-(ix) pags. Brochado. Ilustrado com o
retrato do autor - a corpo inteiro em grande uniforme militar - impresso sobre papel couché fino em extra-texto. Exemplar com
título de posse no anterrosto. Obra com coordenação e notas finais de Manuel Resende.
€60
330. FRAZÃO. (Fernanda) LENDAS PORTUGUESAS. Investigação, recolha e textos de… Amigos do Livro Editores, Lda. S/d
[198?].Obra em 6 volumes. De 27x22 cm. Com 153, 147, 147, 153, 145, e 137-(xi) pags. Encadernações do editor. Exemplar
com leve mancha de humidade afectando os cantos superiores. Obra com bibliografia e índices finais por temas e regiões. €60
331. FREDERICO (Carlos). FÁBULAS DE ESOPO. Contos para crianças. Ilustrações de Rachel Roque Gameiro. Livraria Lélo,
Limitada editores. 1930. De 15x10 cm. Com 53 pags. Encadernação do editor em percalina azul. Profusamente ilustrado.
Exemplar preserva sobrecapa de proteção.
€20
332. FREDERICO (Carlos). O CAVALLO ENCANTADO. Tirado das Mil e uma Noites. Contos para crianças. Ilustrações de
Rachel Roque Gameiro. Livraria Chardron, de Léllo e Irmão, Lda editores. 1926. De 15x10 cm. Com 37 pags. Encadernação
do editor em percalina azul. Profusamente ilustrado. Exemplar preserva sobrecapas de proteção originais.
€20
333. FREDERICO. (Carlos) ALADINO E A LAMPADA MARAVILHOSA. Illustrações de Rachel Roque Gameiro. Contos
para crianças. Livraria Chardron, de Lello & Irmão, Lda. Porto. 1927. De 15x10 cm. Com 71 pags. Encadernação do editor em
percalina azul. Profusamente ilustrado. Exemplar com dedicatória.
€20
334. FREDERICO. (Carlos) A BATALHA DE ALJUBARROTA. Ilustrações de Amoroso Lopes. Contos para crianças. Livraria
Chardron de Lélo & Irmão, Lda. Porto. 1927. De 15x10 cm. Com 49 pags. Encadernação do editor em percalina azul.
Profusamente ilustrado. Exemplar com dedicatória.
€20
335. FREDERICO. (Carlos) HISTORIA DE CHRISTININHA E DO SEU CORDEIRO. Por... Ilustrações de Laura Costa.
Contos para crianças. Livraria Chardron, de Lello & Irmão, L.da editores - Ria das Carmelitas, 144. Porto. 1929. De 15x10 cm.
Com 45 pags. Encadernação do editor em percalina azul. Profusamente ilustrado. Exemplar com dedicatória.
€20
336. FREDERICO. (Carlos) OS BONECOS DE ELSINHA E A GALINHA PEDRÊS. Ilustrações de Laura Costa. Contos para
crianças. Livraria Chardron de Lélo, Lda. Porto. 1930. De 15x10 cm. Com 45 pags. Encadernação do editor em percalina azul.
Profusamente ilustrado. Exemplar com dedicatória.
€20
337. FREIRE ANTUNES. (José) A DESGRAÇA DA REPÚBLICA NA PONTA DAS BAIONETAS. As Forças Armadas do
28 de Maio. Livraria Bertrand. Lisboa. 1978. De 19x17 cm. Com 169 pags. Brochado.
€40
338. FREIRE. (João Paulo) O LIVRO DE JOÃO FRANCO sobre El-Rei D. Carlos. [Por]… (Mário). Recortes e commentarios
d’um jornalista. Livraria e Imprensa Civilização Editora. Porto. 1924. De 19x12 cm. Com 210 pags. Brochado. Exemplar com
ex-libris oleográfico sobre a folha de rosto.
€30
339. FREITAS FERRAZ. (Maria de Lourdes) DOCUMENTAÇÃO HISTÓRICA MOÇAMBICANA. Volume I. Junta de
Investigações do Ultramar. Lisboa. 1973. De 24x18 cm. Com 364 pags. Brochado. Obra de sumarização da documentação do
fundo que abrange os séculos XVII, XVIII e o primeiro quartel do século XIX. Documentos distribuídos por 78 caixas dos
arquivos mais antigos, referentes à primeira iniciativa da Coroa Portuguesa em colonizar o interior de Moçambique perante os
ataques de holandeses e de outras potências; e perante o problema da colonização espontânea no interior dos cursos fluviais
que escapava ao poder soberano.
€20
340. FREITAS. (Gustavo de) A COMPANHIA GERAL DO COMÉRCIO DO BRASIL (1649-1720). Subsídios para a História
Económica e Portugal e do Brasil. Colecção da “Revista de História”. III. Sob a direção de E. Simões de Paula. São Paulo.
1951. De 23x15 cm. Com 89 pags. Brochado. Exemplar com manchas de humidade na capa anterior de brochura, e dedicatória
do autor no verso da folha de rosto.
€20
341. FREITAS. (João de) A REVISÃO DA LEI DA SEPARAÇÃO DO ESTADO DAS EGREJAS. (Projecto a apresentar á
Commissão de Cultos do Senado). Imprensa Portuguesa. Porto. 1913. De 22x15 cm. Com 70 pags. Brochado.
€30
342. FREITAS. (Jordão A. de) O 2.º VISCONDE DE SANTAREM E OS SEUS ATLAS GEOGRAPHICOS. Por... Official da
Real Bibliotheca d'Ajuda. (Estudo publicado pelo actual Visconde de Santarem). Officina Typographica. Lisboa. 1909. De
27x19 cm. Com 202 pags. Brochado deve ser encadernado. Ilustrado com o retratos do 2º Visconde de Santarém. Exemplar
com dedicatório do 3.º Visconde de Santarém dirigida ao Dr. António José de Almeida.
€50
n. 51
n. 51
n. 68
n. 68
n. 54
n. 54
n. 78
n. 78
n. 73
n. 73
n. 67
n. 67
n. 63
n. 63
343. FURTADO DOS SANTOS. (António) DIREITO INTERNACIONAL PENAL E DIREITO PENAL
INTERNACIONAL. Aplicação da Lei penal Estrangeira pelo Juíz Nacional. Tip. da E. N. P. (Secção Anuário Comercial de
Portugal). Lisboa. 1960. De 23x18 cm. Com 98 pags. Brochado.
€20
344. FURTADO. (José Afonso) O QUE É O LIVRO. Difusão Cultural. Lisboa. 1995. De 21x12 cm. Com 174 pags. Brochado.
Exemplar de trabalho com vincos de manuseamento.
€20
345. FUSS. (Peter) RIO DE JANEIRO. Mit 48 Tessar-Aufnahmen von… Atlantis Verlag. Berlin und Zürich. S/d. [1937]. De
29x21 c. Com 58 pags. Encadernação do editor inteira de pele (de carneira natural) com ferros a ouro em super-libris.
Profusamente ilustrado com 48 fotogravuras primorosamente impressas, tendo sido obtidas com lentes Tessar colocadas em
câmaras da Zeiss Ikon e da Karl Zeiss AG. A fotogravura da página 38 obtida a partir do Corcovado retrata o «Graf Zeppelin»
voando sobre a enseada do Botafogo.
€80
346. GAMA CAEIRO. (Francisco da) FREI MANUEL DO CENÁCULO. Aspectos da sua actuação filosófica. Instituto de
Alta Cultura. Centro de Estudos de Psicologia e de Histórica da Filosofia anexo à Faculdade de Letras da Universidade de
Lisboa. Lisboa. 1959. De 24x16 cm. Com xvi-352 pags. Encadernação com lombada em pele executada por Frederico de
Almeida. Ilustrado.
€60
347. GAMA FERNANDES. (Vasco da) O PROJECTO DO CÓDIGO CIVIL. Razões duma atitude. Documentos. Factos.
Por... Advogado. [Composto e impresso na Tipografia Leiriense, Limitada]. Leiria. 1967. De 23x16 cm. Com 63 pags.
Brochado. O autor Vasco da Gama Fernandes foi, após o 25 de Abril de 1974, o primeiro presidente da Assembleia da
República Portuguesa.
€15
348. GARCEZ VENTURA. (Margarida) O MESSIAS DE LISBOA. Um Estudo de Mitologia Política (1383-1415). Edições
Cosmos. Lisboa. 1992. De 24x16 cm. Com 131 pags. Brochado.
€20
349. GARRIDO DE CASTRO. (Alvaro) QUADROS SINTÉTICOS DE DIREITO ROMANO. De harmonia com as prelecções
do Exmo. Senhor Professor da Cadeira Doutor Luiz Cabral de Moncada. [Por]… Aluno da Faculdade de Direito da
Universidade de Coimbra. 1º Milhar. Edição do Exmo. Senhor Dr. José de Castro. Propriedade do autor. S/L [Coimbra]. 1926.
De 26x18 cm. Com 6 pags. Brochado. Ilustrado com 4 quadros sinópticos (grandes fólios desdobráveis) das noções do Direito
Romano. Exemplar com dedicatória do autor na folha de rosto dirigida a A. J. A.
€50
350. GASPAR SIMÕES. (João) NATUREZA E FUNÇÃO DA LITERATURA. Por... Livraria Sá da Costa. Editora. Lisboa.
1948. De 19x12 cm. Com 157 pags. Brochado. Exemplar por abrir e com picos de humidade sobre a capa de brochura.
€20
351. GASPAR SIMÕES. (João) PERSPECTIVA LITERÁRIA PORTUGUESA DO SÉCULO XIX. De Silvestre Pinheiro
Ferreira a José Duro. Direcção, prefácio e notas bibliográficas de… Gravuras em madeira de Abel Manta. Edições Ática.
Lisboa. 1947 e 1948. Obra em 2 volumes. Encadernações com lombadas e cantos em pele. Ilustrado com gravuras extra-texto
com retratos dos autores biografados.
€150
352. GERSON. (Brasil). O SISTEMA POLÍTICO DO IMPÉRIO. Progresso Editôra. Bahia. 1970. De 23x15 cm. Com 178-(i)
pags. Brochado. Exemplar com assinatura de posse na folha de guarda. Ilustrado com o modelo definitivo da bandeira do
Império Brasileiro, desenhada por Debret, em 1822.
€40
353. GIBBON. (David) & Ted Smart. U. S. A. A PICTURE BOOK TO REMEMBER HER BY. Designed by... Produced by....
Crescent. New York. 1978. De 27x20 cm. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado.
€20
354. GIFFORD. (Thomas) O HOMEM DE LISBOA Circulo de Leitores. Lisboa. 1980. De 24x16 cm. Com 353 pags.
Encadernação do editor sem sobrecapa de protecção. Edição integral com a obra romanceada sobre o desfalque de Alves dos
Reis. Título original de 1977: “The Man from Lisbon”.
€20
355. GODIN. (O. L.) PRINCES ET PRINCESSES DE LA FAMILLE ROYALE DE PORTUGAL ayant par leurs alliances
régné sur la Flandres. Rapports entre la Flandre et le Portugal de 1094 à 1682. Mémoire présenté à la 10ème session du
Congrès International des Orientalistes. Société de Géographie de Lisbonne. Imprimerie National. Lisbonne. 1892. De 25x16
cm. Com 48 pags. Brochado. Obra contém uma importante análise económica bilateral muito para além do objecto
mencionado no título.
€20
356. GOES. (Ernesto) OS EUCALIPTOS EM PORTUGAL. [I Volume] IDENTIFICAÇÃO E MONOGRAFIA DE 90
ESPÉCIES. Iº Volume. Por… (Engenheiro Silvicultor). Direcção Geral dos Serviços Florestais e Aquícolas. Ministério da
Economia. Lisboa. 1960. De 25x18 cm. Com 298 pags. Brochado. Profusamente ilustrado com os esboços das plantas em
herbários e um mapa desdobrável da Austrália com a indicação das regiões de origem das espécies conhecidas. Exemplar
apenas do 1º Volume com a identificação das espécies
€50
357. GOMES DA SILVA. (Manuel) OS CONTRATOS COLECTIVOS DE TRABALHO PERANTE AS CRISES DE
DESEMPREGO RURAL. Parecer do Exmo. Senhor Doutor... Professor Catedrático da Faculdade de Direito da Universidade
de Lisboa. Edição da Associação Central da Agricultura Portuguesa. Lisboa. 1950. De 22x15 cm. Com 36 pags. Brochado. €20
358. GOMES DE ALMEIDA. (António) O PETISCO EM PORTUGAL. [In] À RODA DO TACHO (2ª Parte). Texto de…
Desenhos de Artur Correia. Pesquisa de António Melo Guimarães Ferreira. TV Guia. Edições Asa. SA. Rio Tinto. 1999. De
30x21 cm. Com 191 pags. Encadernação do editor. Ilustrado com banda desenhada com a história anedótica da gastronomia
portuguesa.
€30
359. GOMES DE AMORIM. (Francisco) FÍGADOS DE TIGRE. Prefácio de Luíz Francisco Rebello. Imprensa Nacional - Casa
da Moeda. Lisboa. 1984. De 24x15 cm. Com 207 pags. Brochado.
€20
360. GOMES DOS SANTOS. (Domingos Maurício) ORAÇÃO FÚNEBRE NA TRASLADAÇÃO DO SENHOR D.
MIGUEL I E DE D. ADELAIDE SOFIA DE LOWENSTEIN PARA O PANTEÃO DA CASA DE BRAGANÇA, EM
SÃO VICENTE DE FORA. Lisboa. 1967. De 22x16 cm. Com 18 pags. Brochado.
€10
361. GONÇALVES PEREIRA. (A.) TRATADO DE TODOS OS VICE REIS E GOVERNADORES DA ÍNDIA. Editorial
Enciclopédia, Lda. Lisboa. 1962. De 25x17 cm. Com 317 pags. Encadernação do editor. Ilustrado com os retratos conhecidos
dos governantes da Índia Portuguesa; os seus brasões de armas; mapas e plantas das cidades do Estado da Índia. Obra com a
cronologia completa dos Vice-reis, Governadores e Conselhos de Governo provisórios, mencionando os termos da sua
nomeação, biografias dos governantes e razões do termo dos seus mandatos. No final o autor apresenta uma extensa
bibliografia temática.
€80
362. GONÇALVES VIANA. (Mário) ACHEGAS PARA UM DICIONÁRIO GRAMATICAL. Separata da 'Revista de
Portugal - Série A: Língua Portuguesa' - Volume XXXI. Lisboa. 1966. De 25x18 cm. Com 532 pags. Brochado. Exemplar por
abrir.
€50
363. GONÇALVES. (Caetano) A PRIMEIRA LEGISLATURA DA REPUBLICA PORTUGUEZA. 1911-1914. Ideias e
factos. Discursos e conferencias. [Por]… Deputado à Assembleia Nacional Constituinte. Typ. da Livraria Ferin Torres & Cª.
Lisboa. 1914. De 19x13 cm. Com 167 pags. Brochado. Exemplar com galeria de traça sobre a capa de brochura; e dedicatória
do autor no anterrosto dirigida ao Presidente da República Portuguesa.
€30
364. GONÇALVES. (Carlos Miguel) S. M. F. EL-REI D. MIGUEL I. O Rei mais Português de Portugal. Conferência no
Centro de Cultura Popular. 30 de Junho de 1952. Braga. 1967. De 21x16 cm. Com 43 pags. Brochado. Ilustrado.
€15
365. GONÇALVES. (Vasco) DISCURSOS, CONFERÊNCIAS DE IMPRENSA, ENTREVISTAS. Introdução do Prof. J. J.
Teixeira Ribeiro. Organização e edição de Augusto Paulo da Gama. Porto. 1976. De 20x13 cm. Com 507 pags. Brochado.
€15
366. GONSALVES DE FREITAS. (Luiz António) IMPRESSÕES. Poesias de... Imprensa da Universidade. Coimbra. 1878. De
18x13 cm. Com 211 pags. Encadernação da época em percalina azul. Ilustrado com uma fotografia do autor (albumina) em
anterrosto. Obra primorosamente impressa. Inocêncio XIII, 341: “Luiz António Gonçalves de Freitas, filho de António
Gonçalves de Freitas, nasceu na ilha da Madeira. Bacharel formado em direito pela universidade de Coimbra, antigo deputado
às Cortes e chefe de repartição no Governo Civil do Distrito de Lisboa. Colaborou em diversas publicações literárias e
políticas, e ultimamente no jornal A Pátria de que foi redator principal”.
€80
367. GONSALVES DE FREITAS. (Luiz António) MAGDALENA. Quadro bíblico. Empreza Horas Romanticas. David
Corazzi editor. Lisboa. 1880. De 21x15 cm. Com 78 pags. Encadernação da época em percalina azul. Inocêncio XIII, 341.
€40
368. GONSALVES DE FREITAS. (Luiz António) OSCILLAÇÕES. Versos. Empreza Horas Romanticas. David Corazzi editor.
Lisboa. 1880. De 19x13 cm. Com 139-(iv) pags. Encadernação da época em percalina azul. Inocêncio XIII, 341.
€40
369. GONSALVES. (A. Isidro) ADULTERAÇÕES QUE GELAM A NOBREZA D’ALMA. Compilação de artigos publicados
no Rio de Janeiro, e no Funchal, assim como dos documentos exarados n’esta ilha; faltando alguns que ficaram n’aquella
Capital. Por… Typ. do “Diario Popular”. Funchal. Madeira. 1905. De 17x12 cm. Com 140 pags. Brochado. Exemplar com
dedicatória do autor submetendo “ao circunspecto julgamento” de Luiz Augusto da Silva Carvalho.
€80
370. GOUVEIA ANDRADE. (Maria Paula) e Álvaro Dias Saraiva. DICIONÁRIO JURÍDICO (FRANCÊS-PORTUGUÊS).
[Por]...Advogada, Assistente Est.ª da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e ... Licenciado em Direito, Membro da
Associação Portuguesa dos Consultores em Propriedade Industrial e da Internacional Federation of Industrial Property
Attorneys. Usus Editora. Lisboa. 1992. De 23x16 cm. Com 195 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor no
anterrosto.
€20
371. GOUVEIA. (João) BREVIÁRIO. [Por] João Gouvêa. Typographia «Esperança». Funchal. 1900. De 18x12 cm. Com 111
pags. Brochado. Exemplar por abrir e com pequenas falhas recuperáveis nas capas de brochura. Obra poética.
€40
372. GRANJA (A). REVISTA MENSAL, de carácter exclusivamente técnico, propriedade do «Sindicato Nacional dos Regentes
Agrícolas», para distribuição gratuita aos seus associados. Director: A. C. de Sá Nogueira. Editor: Célio Costa Lima. Ano 1º.
Numero 1. 15 de Outubro de 1940 [até] Ano 2º. Numero 12. 15 de Setembro de 1942. Conjunto de 24 revistas em 2 volumes.
De 23x16 cm. Com 416 e 384 pags. Encadernações da época em tela (pele diabo). Ilustrado com fotogravuras e desenhos
técnicos.
€60
373. GRANJO. (António) A GRANDE AVENTURA. (Scenas da Guerra). Sociedade Editora Portugal-Brasil, Limitada. Lisboa.
De 19x12 cm. Com 193 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor no anterrosto dirigida ao Presidente da República
Portuguesa.
€50
374. GRAVE. (João) FOGUEIRAS DE SANTO ANTÓNIO. Cantares. [Por]… da Academia das Sciências de Lisboa. Livraria
Chardron de Lelo & Irmão, Lda. Editores. Porto. 1920. De 13x9 cm. Com 106 pags. Brochado. Contém 100 quadras poéticas
de Sto. António para serem cantadas pelas raparigas nas danças.
€30
375. GRAVE. (João) O MUTILADO. (Romance). Livraria Chardron de Lélo & Irmão, editores. Porto. 1918. De 18x13 cm. Com
377 pags. Encadernação do editor em tela.
€20
376. GUEDES. (Fernando) O LIVRO E A LEITURA EM PORTUGAL. Subsídios para a sua história. Séculos XVIII e XIX.
Editorial Verbo. Lisboa. 1987. De 20x13 cm. Com 308 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar de trabalho com anotações e
sublinhados.
€20
377. GUEDES. (Rui) JOALHARIA PORTUGUESA. PORTUGUESE JEWELLERY. Por… Textos de/ Texts by Nuno
Vassallo e Silva. Traduzidos por/Translated by Richard Trewinnard. Bertrand Editora. Lisboa. 1995. De 31x24 cm. Com 159
pags. Brochado. Profusamente ilustrado.
€60
378. GUERRA JUNQUEIRO. ORAÇÃO AO PÃO. Livraria Chardron. Porto. 1902. De 24x16 cm. Com 19 pags. Brochado deve
ser encadernado. Exemplar com ex-libris e título de posse sobre a capa de brochura.
€20
379. GUERREIRO. (J. Piedade) SÍNDROMAS ALÉRGICOS DE URGÊNCIA. [Por]… ex-assistente de Clínica Médica da
Universidade de Lisboa [etc]. Prólogo pelo Dr. Luís Recatero Chefe do Departamento de Alérgia do Instituto de patologia
Médica do Prof. Marañon (Madrid). Livraria Portugal. De 24x16 cm. Com 567 pags. Encadernação do editor. Ilustrado.
Exemplar com dedicatória da autora.
€30
380. GUIA DO FORASTEIRO NAS FESTAS ANTONIANAS. 1195-1895. 1ª EDIÇÃO. Typ. Rua Ivens, 50. Lisboa. 1895. De
17x12 cm. Com 152 pags. Brochado. Profusamente ilustrado com anúncios comerciais que nos transmitem uma ideia
aproximada da actividade empresarial da época. Obra publicada pela Comissão Central dos Festejos.
€50
381. GUIA-ALBUM DE CHAVES E SEU CONCELHO. Tipografia Progresso de Domingos Augusto da Silva. Porto. 1915. De
22x16 cm (formato oblongo). Com 63 pags. Brochado. Profusamente ilustrado com fotogravuras no texto. Obra de cariz
turístico impressa sobre papel couché. Contém fotogravuras dos locais e dos participantes civis no combate da Defesa de
Chaves de 7 a 9 de Julho de 1912.
€50
382. GUIMARÃES. (Alberto) A VERDADE SÔBRE AFONSO COSTA. Edição do autor. Lisboa. 1935. De 19x12 cm. Com
259 pags. Brochado. Obra com a resposta a Afonso Costa que anteriormente tinha publicado uma obra sobre a verdade sobre
Salazar.
€30
383. GUIMARÃES. (Delfim) e Raquel Ottolini. O LIVRO DE BÈBÉ. Versos de… Ilustrações de… Edição da Papelaria
Guedes. Lisboa. 1917. De 31x24 cm. Com 93 pags. Brochado. Profusamente ilustrado. Obra com as minutas e os assentos para
o registo do crescimento da criança; desde o nascimento até às primeiras lições.
€80
384. HALPERN PEREIRA. (Miriam) POLÍTICA E ECONOMIA (Portugal nos séculos XIX e XX). Livros Horizonte.
Lisboa. 1979. De 19x13 cm. Com 152 pags. Brochado. Exemplar de trabalho com sublinhados a lápis.
€20
385. HELENO. (Manuel) COLABORAÇÃO PORTUGUESA NOS DESCOBRIMENTOS NAUTICOS DAS OUTRAS
NAÇÕES. Tese apresentada ao Congresso Luso-Espanhol para o progresso das Ciências. Lisboa. 1932. De 26x19 cm. Com 17
pags. Brochado. Obra com extensa bibliografia.
€30
386. HILL. (Ralph) O CONCERTO. Editora Ulisseia Limitada. Lisboa. S/d [196?]. De 18x11 cm. Com 535 pags. Brochado.
Ilustrado com excertos musicais. Obra traduzida pelo Maestro João de Freitas Branco.
€40
387. HIPÓLITO. (Mário C.) MOEDAS GREGAS ANTIGAS. Ouro. Museu Calouste Gulbenkian. Lisboa. 1996. De 30x23 cm.
Com 113 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado com as imagens dos especimens numismáticos expostos. €30
388. HOMENAGEM A JOÃO DE BARROS. Síntese Biográfica de João de Barros. Lisboa. 1952. De 25x17 cm. Com 196 pags.
Brochado. Ilustrado. Exemplar por abrir e com pequenos picos de oxidação natural do papel nas capas de brochura.
€40
389. HORTA FERNANDES (António) e António Paulo Duarte. PORTUGAL E O EQUILÍBRIO PENÍNSULAR. Passado,
presente e futuro (Um estudo de geoestratégia). Por... 2º edição. Publicações Europa América. Lisboa. 2003. De 21x14 cm.
Com 193 pags. Brochado.
€20
390. HORTA OSORIO. (António) HISTORIA DO CRIME. O caso do Banco Angola e Metropole. Resposta aos agravos dos
arguidos: José Bandeira, António Bandeira, Justino de Moura Coutinho, Avelino Teixeira. Pelo advogado do Banco de
Portugal... Estamparia do Banco de Portugal. Lisboa. 1928. De 28x22 cm. Com 479 pags. Brochado. Peça jurídica onde consta
toda a história detalhada do Caso Alves dos Reis, nomeadamente o grande «petit contract» de 11 de Fevereiro de 1925 na
divisão e destino do papel-moeda emitido em Inglaterra. Peça do processo de julgamento da burla de Alves dos Reis.
€50
391. IMITAÇÃO DE N[OSSO] S[ENHOR] J[ESUS] C[RISTO]. Editorial Verbo. Lisboa. 1961. De 28x23 cm. Com 310 pags.
Encadernação editorial inteira de pele com ferros decorativos a ouro em super-libris. Profusamente ilustrado com vinhetas e
gravuras a cores reproduzindo obras de António Lino. Obra realizada com a direcção literária de Plínio Salgado; e orientação
artística de António Lino; e composição e impressão de L. Henry Gris, Lda. Contém texto da “Imitação” da tradução de Frei
António de Pádua e Bellas, religioso da Arrábida, segundo a edição de 1731 da Tipografia Rolandiana, revisto e actualizado.
€80
392. IN MEMORIAM DE CAMILLO. Coordenado por E. A. e V. A. Direcção artística de Saavedra Machado. Casa Ventura
Abrantes Livraria Editora. Lisboa. MCMXXV. [1925]. De 34x 23 cm. Com 851 pags. Encadernação da época com lombada e
cantos em pele. Ilustrado. Exemplar de uma tiragem não justificada; impressa em papel creme; e diferente arranjo gráfico com
o texto dentro de quadrilongos vermelhos.
€200
393. IN MEMORIAM DE JOÃO VILLARET. Composto e Impresso na Tipografia Antunes. Livraria Popular de Francisco
Franco. Lisboa. S/d [1962]. De 25x17 cm. Com 166-[v] pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar com dedicatória de oferta no
anterrosto.
€30
394. ÍNDICE GERAL da REVISTA DE LEGISLAÇÃO E JURÍSPRUDÊNCIA. Compreendendo desde o volume Iº Ano ao
volume do 46º Ano. Coordenado por Luiz Gonzaga de Assis Teixeira de Magalhães, Juiz de Direito de Primeira Instancia.
França Amado Editor. Coimbra. 1902 e 1916. 2 volumes. De 29x21 cm. Com vi-862-xli e 409 pags. Encadernações da época
com lombadas em pele.
€50
395. INGLÊS FONTES. (João Luís) A CASA SENHORIAL DO INFANTE DOM FERNANDO. [In] MORAR. Tipologia,
funções e quotidianos de habitação medieval. 'MEDIA AETAS 3/4. Lisboa. 2000/2001. De 24x17 cm. Com 139 pags.
Brochado de separata factícia. Ilustrado com mapa de Portugal com localização dos bens e direitos do Infante.
€15
396. JOÃO LISBOA. (Livro comemorativo da inauguração da sua estátua, contendo estudos críticos de vários autores). Academia
Maranhense. Imprensa Oficla. S. Luiz do Maranhão. 1918. De 21x15 cm. Com 148 págs. Encadernação cartonada do editor.
Obra contendo estudos críticos e biográficos sobre a vida de João Francisco Lisboa (1812-1863), político, historiador,
jornalista e escritor brasileiro, a quem a Academia Brasileira de Letras conferiu o patronato da cadeira 18. Os estudos são da
autoria de Dr. António Henriques Lial (A vida e as obras de João Lisboa), F. Sotero (Lições), José Veríssimo (O moralista e o
político), Teófilo Braga (Apreciação crítica) e Pedro Lessa (João Francisco Lisboa).
€30
397. JORNADA DEL-REI DOM SEBASTIÃO À ÁFRICA. CRÓNICA DE D. HENRIQUE. Imprensa Nacional Casa da
Moeda. Lisboa. 1978. De 25x18 cm. Com 205 pags. Encadernação em percalina vermelha com ferros a ouro na lombada.
Prefácio do Prof. Doutor Francisco de Sales Mascarenhas Loureiro. Exemplar com ex-libris. Obra anónima atribuída a Góis
Loureiro.
€50
398. JORNADAS VITIVINÍCOLAS. 1962. XXV Aniversário da Junta Nacional do Vinho. Volumes I, III, IV, e V. Edição dos
Anais da J. N. V. Lisboa. 1962. De 23x16 cm. Com 126, 331, 290, e 388 pags. Brochados. Ilustrados. Com falta do volume II
na sequência deste conjunto.
€80
399. JÚNIOR. (Alfredo Diogo) ANGOLA NA TRADIÇÃO E NA LENDA. Edições Quissange. Luanda. 1963. De 20x13 cm.
Com 192 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor dirigida ao Ministro de Ultramar.
€60
400. KEIL DO AMARAL. (F.) HISTÓRIAS À MARGEM DE UM SÉCULO DE HISTÓRIA. Seara Nova. 1970. De 22x14
cm. Com 242 pags. Brochado.
€40
401. LAMAS. (Maria) A MULHER NO MUNDO. Livraria Editora da Casa do Estudante do Brasil. [Composto e impresso na
Tipografia Silva Rocha]. Lisboa. 1955. Obra em 2 volumes. De 26x19 cm. Com 623-(x) e 646-(ix). Brochados. Ilustrados em
extra-texto. Obra monumental sobre a história da condição feminina.
€150
402. LARANJEIRA. (Manuel) CARTAS. Prefácio e Cartas de Miguel de Unamuno. Portugália Editora. Lisboa. 1943. De 19x12
cm. Com 183 pags. Brochado. Ilustrado com o retrato do autor. Exemplar da tiragem de 2000/1956 ex. para venda ao público,
numerados e rubricados pelo filho do autor e pelos editores.
€30
403. LARREA. (António) TRATADO PRATICO DE VITICULTURA Y ENOLOGIA. Manual para capataces bodegueros.
Por… Editorial Aedos. Aedos. Barcelona. 1962. De 20x14 cm. Com 332 pags. Encadernação do editor. Ilustrado no texto.
Exemplar com título de posse sobre a folha de rosto.
€60
404. LEGISLAÇÃO REPUBLICANA OU AS PRIMEIRAS LEIS E DISPOSIÇÕES DA REPUBLICA PORTUGUEZA.
Coordenadas por A. Morgado e Editadas pela Empreza do Almanach Palhares. Composto e impresso na Typographia Palhares
& Comtª. Lisboa. 1910-1911. Obra em 5 volumes. De 22x16 cm. Encadernações do editor. Contém 25 tomos da legislação
republicana começada em 5 de Outubro de 1910.
€200
405. LEI DO DIVÓRCIO. Publicada no «Diário do Governo» de 4 de Novembro de 1910. 3ª edição. República Portuguesa.
Imprensa Nacional. 1935. De 22x14 cm. Com 18 pags. Brochado. Exemplar com anotações e sublinhados a tinta.
€20
406. LEIRIA DE LIMA. (Luís) e Isabel Salema. LISBOA DE PEDRA E BRONZE. Lisboa in Stone and Bronze. A estatuária
no caminho da cidade. The statuary in public places of the city. Fotografias/Photographs Luís Leiria de Lima. Textos/Text
Isabel Salema. Tradução/Translation Patrícia Thorburn. Difel – Difusão Editorial, Lda. Lisboa. De 31x24 cm. Com 171 pags.
Encadernação do editor. Profusamente ilustrado.
€80
407. LEITÃO. (Humberto) OS PORTUGUESES EM SOLOR E TIMOR DE 1515 A 1702. Pelo Comandante… Subsidiada
pelo Instituto para a Alta Cultura. Tip. da Liga dos Combatentes da Grande Guerra. Lisboa. 1948. De 26x20 cm. Com 299
pags. Encadernação com lombada e cantos em pele. Ilustrado com mapas desdobráveis.
€90
408. LEITE DE VASCONCELLOS. (J.) O DOUTOR STORCK E A LITTERATURA PORTUGUESA. Por... Primeiro
Conservador da Biblioteca Nacional de Lisboa, Professor do Curso de Bibliotecario-archivista, Socio correspondente da
Academia Real das Sciencias. Por ordem e na Typographia da Academia Real das Sciencias. Lisboa. 1910. De 23x15 cm. Com
338 pags. Brochado. Ilustrado em extra-texto com os retratos dos principais investigadores da literatura e do romanceiro
português no século XIX. Exemplar por abrir e aparar.
€60
409. LEITE DE VASCONCELOS. (José) «EMBLEMAS» DE ALCIATI: EXPLICADOS EM PORTUGUÊS. Manuscrito do
século xvi-xvii ora trazido a lume por… Edição da «Renascença Portuguesa». Porto. 1917. De 18x11 cm. Com 109 pags.
Brochado. Exemplar com pequena mancha de tinta no exterior da lombada e ex-libris armoriado no anterrosto.
€40
410. LEITE. (Bertha) SANTO ANTÓNIO DE LISBOA E DONA CONSTANÇA SANCHES. [Composto e impresso no Centro
Tipografico Colonial]. Lisboa. 1938. De 17x13 cm. Com 142 pags. Brochado. Exemplar por abrir.
€50
411. LEITE. (Teixeira) COMO NASCEU A PORTUGUESA. Terra Livre. Lisboa. 1978. De 21x15 cm. Com 63 pags. Brochado.
Exemplar com fotogravuras e fac-similes no texto e em extra-texto.
€20
412. LELLO & IRMÃO E OS SEUS DIREITOS ÀS OBRAS LITERÁRIAS DE EÇA DE QUEIROZ compreendidas na
escritura de 23 de Setembro de 1923. Porto. 1970. De 25x19 cm. Com 89 pags. Brochado. Ilustrado com fac-similes de
documentos e transcrições de escrituras.
€20
413. LEMOS COELHO (Francisco de) DUAS DESCRIÇÕES SEISCENTISTAS DA GUINÉ. Por… manuscritos inéditos
publicados. Introdução e anotações históricas pelo académico de número Damião Peres. Academia Portuguesa de História.
Lisboa. MCMXC [1990]. De 26x20 cm. Com 283 pags. Brochado. Exemplar por abrir.
€30
414. LEVRON. (Jacques) LES COURTISANS. 'Le temps qui court'. Editions du Seuil. Paris. 1961. De 18x12 cm. Com 182 pags.
Brochado. Ilustrado. Exemplar com título de posse na folha de rosto.
€20
415. LINO NETTO. (António) A QUESTÃO ADMINISTRATIVA. (O Municipalismo em Portugal). Por... Lente cathedratico
do Instituto Industrial e Commercial de Lisboa Licenciado em Direito. Estudos de Renascença Nacional. II. Antigas Livrarias
Aillaud e Bertrand Aillaud, Alves, Bastos & Cª. Editores. Lisboa. S/d [1911]. De 19x12 cm. Com 238 pags. Encadernação da
época com lombada e cantos em pele. Exemplar com dedicatória do autor em anterrosto e com leves sublinhados a lápis. €60
416. LIVRO DE OURO DA INFANTARIA. MCMXIV - MCMXVIII. (Comissão Técnica da Arma de Infantaria). Lisboa. Na
Tipografia Fernandes & Cª. 1922. In fólio de 31x23 cm. Com 285 pags. Encadernação do editor (encadernador Paulino
Ferreira). Ilustrado com frontispício e vinhetas decorativas do pintor Carlos Reis. Exemplar com leves manchas sobre a pasta
de encadernação. O Livro de Ouro da Infantaria foi editado pela comissão técnica desta arma como uma contribuição para o
conhecimento da participação de Portugal na Primeira Grande Guerra. Iª parte: Discursos proferidos na sessão solene da
Sociedade de Geografia de Lisboa em 10 de Junho de 1920. Discurso proferido pelo Presidente da República António José de
Almeida comemorando os mortos na Grande Guerra. Discurso do Ministro da Guerra João Águas. Discurso do Coronel
Henrique Monteiro professor da Escola Militar. IIª parte. Artigos publicados a partir da colaboração da Arma de Infantaria: A
Infantaria através da história, Agonia heroica, Brio de soldado, Sentinela, Merecida homenagem, Raid, o Culto da baioneta, as
Companhias indígenas expedicionárias, o 022, o Inferno, Nhamacúrra, Negomano, a Acção de 14 de Março de 1918, Herói ou
mártir, Soldados do 24 de Infantaria na trincheira da Flandres, Evocações, o Raid do 21, 'João Serra', o Morteireiro, Infantaria
portuguesa no Cuanhama, Heróis obscuros, evocação da narrativa de um combatente, Richeburg Saint Vast, o quadrado da
Mongua em Angola, a infantaria indígena de Moçambique, a retirada de Newala em Moçambique, glórias do batalhão de
infantaria nº 12, aos mortos do 15 e do 13, o meu louvor, a 2ª brigada na Flandres, em louvor de São Tarata, proclamação ao
batalhão de infantaria 23 do CEP. IIIª parte: Algumas alocuções proferidas nas sessões solenes realizadas nos quartéis, para
inauguração das lápides comemorativas dos mortos da infantaria em 10 de Junho de 1920: aos regimentos de infantaria nº 4,
12, 22, 5, 4, 33, 28, e de metralhadoras nº 3. IVª parte: Louvores colectivos às unidades de infantaria. Vª parte: Lista completa
dos mortos da arma de infantaria na Grande Guerra em Angola, França e Moçambique. As fotografias da obra foram
executadas pelo fotografo Garçês do Serviço Fotográfico do CEP e as restantes pelos Serviços Gráficos do Exército. As
imagens cromolitografadas focam nomeadamente: colunas militares, vista lateral das trincheiras e abatizes, interior de uma
enfermaria, marcha do CEP sob o Arco do Triunfo em Paris, soldados do CEP em descanso, exercícios com baioneta, um
bivaque das tropas do CEP, soldados dentro do reduto, os fortins na savana africana, a progressão no terreno farpado da
Flandres, uma ambulância do CEP, vista panorâmica de um fortim em Moçambique, o uso de máscaras na Flandres, panorama
das trincheiras da Flandres e os seus parapeitos da retaguarda, sepultura inglesa de um português, panorama de uma coluna a
passar a vau um rio africano.
€80
417. LOBO D’AVILA. (Arthur) e Saul Santos Ferreira. CRISTOBAL COLÓN. SALVADOR GONSALVES ZARCO
INFANTE DE PORTUGAL. [Tip. da Empresa Nacional de Publicidade]. Lisboa. 1939. De 25x17 cm. Com 136 pags.
Brochado. Ilustrado com reprodução de gravuras, frontispícios de obras raras; heráldica e textos hebraicos. Obra na sequência
de outros estudos de António Ferreira de Serpa e do major Santos Ferreira sobre a pertença de Cristóvão Colombo à Casa Real
portuguesa.
€60
418. LOPES CARDOSO. (A. Eurico) PROJECTOS DE REVISÃO DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. Por... Juíz do
Supremo Tribunal de Justiça. I. Processo de Execução, processos preventivos e conservatórios, incidentes da Instância. Edição
Oficial. Ministério da Justiça. Gabinete do Ministro. Imprensa Nacional de Lisboa. Lisboa. 1958. De 23x16 cm. Com250 pags.
Brochado. Exemplar com carimbo oleográfico de posse.
€15
419. LOPES DE MENDONÇA. (Henrique) SANTOS DE CASA. [Por]... Socio efectivo da Academia das Sciencias de Lisboa.
Edição de Portugal-Brasil, Companhia Editora. Lisboa. De 18x11 cm. Com 215 pags. Encadernação do editor em percalina
azul estampa a seco com ferros a ouro. Exemplar preserva capas de brochura originais.
€30
420. LOPES VIEIRA. (Afonso) CANCIONEIRO DE COIMBRA em que se contêm poesias portuguesas, & nos saudosos
campos inspiradas, desde o seculo xv até aos nossos tempos, com uma sylva de romances e cantigas traicionais. Escolhidas por
Affonso Lopes Vieira. França Amado. Editor & impressor. Coimbra. 1918. De 17x12 cm. Com 146 pags. Encadernação da
época inteira de pele com ferros a ouro na lombada. Exemplar com assinatura de posse na folha de guarda, preserva capas de
brochura originais.
€80
421. LOPES. (Fernão) PRIMEIRA PARTE DA CRÓNICA DE D. JOÃO I. Por… Vassalo del Rey e Guardador das escrituras
do Tombo. Edição do Arquivo Histórico Português. Imprensa Libânio da Silva. Lisboa. 1915. De 29x21 cm. Com lxx-388
pags. Brochado. Ilustrado com gravuras e com fac-similes de manuscritos pela mão de Fernão Lopes. Exemplar por aparar e de
uma tiragem 200/63 ex. numerados e assinados pelo erudito investigador/editor/prefaciador Anselmo Braamcamp Freire. Obra
contém prefácio com as relações/listas dos códices das crónicas medievais conhecidas à data. Seguido do texto impresso a
partir do códice (do qual Braamcamp Freire desconhece a existência de uma segunda parte); e em confronto com outros
códices existentes; copiados desta crónica manuscrita cerca do ano de 1449.
€80
422. LOPES. (Maria Antónia) MULHERES, ESPAÇO E SOCIABILIDADE. A transformação dos papeis femininos em
Portugal à luz de fontes literárias (segunda metade do século XVIII). Livros Horizonte. Lisboa. 1989. De 21x14 cm. Com
229 pags. Brochado. Exemplar com título de posse no anterrosto. Exemplar de trabalho com sublinhados e anotações a lápis.
€20
423. LOPES. (Oscar) ALBUM DE FAMÍLIA. Ensaios sobre Autores Portugueses do Século XIX. Colecção Universitária 8.
Editorial Caminho. Lisboa. 1984. De 21x15 cm. Com 190 pags. Brochado. Exemplar com anotações.
€20
424. LOPEZ. (Pe. José) LA ORDEN FRANCISCANA EN LA ASISTENCIA DE LOS CRISTIANOS CAUTIVOS EN
MARRUECOS. Por el Rdvo.... O. F. M. Misionero del Vicariato Apostólico de Marruecos (Tánger). Tipografia
Hispano-Arábiga de la Misión Católica. Tanger. 1945. De 24x17 cm. Com 59 pags. Brochado.
€10
425. LORAINE. (Fanny) ESTUDOS SOBRE QUIROLOGIA, METOPOSCOPIA E ASTROLOGIA. Sensacionais revelações
científicas resultantes de profundas investigações. Segundo os métodos modernos de…Livraria Bertrand. Lisboa. S/d [1936].
De 21x15 cm. Com 186 pags. Brochado deve ser encadernado. Ilustrado.
€30
426. LOURENÇO MARTINS. (Maria Manuela Pera) D. AUGUSTO DE LEUCHTENBERG E SANTA CRUZ. Contributo
para uma biografia. Edições Colibri. Lisboa. 2001. De 23x18 cm. Com 150 pags. Brochado. Ilustrado.
€20
427. LUCENA E VALE. (A. de) VISEU DO SÉCULO XVIII NOS LIVROS DE ACTAS DA CÂMARA. [Por] A. de Lucena
Vale. Separata da Revista «Beira Alta». Edição da Junta Distrital de Viseu. 1963. De 22x16 cm. Com 413 pags. Brochado.
€60
428. LUCENA. (Armando de) A ARTE SACRA EM PORTUGAL. Empresa Contemporânea de Edições. Lisboa. 1946-1950. 2
volumes. De 28x22 cm. Com 283 e 275 pags. Encadernações da época com lombadas e cantos em pele. Profusamente
ilustrados com gravuras no texto e em extra-texto. Exemplar com carimbos de posse. Obra impressa em sépia e com gravuras
colocadas em locais apropriados no texto, mostrando todas as principais igrejas, conventos, mosteiros e peças sacras existentes
em Portugal.
€200
429. LUCENA. (Armando) e Eng. António Bello. OS JARDINS DO PAÇO DUCAL DE VILA VIÇOSA. Fundação da Casa
de Bragança. [Edições Maranus]. 1955. De 25x18 cm. Com 31 pags. Brochado. Ilustrado com 10 gravuras extra texto a p/b
com panorâmicas gerais.
€20
430. LUIS. (Pepe) CARTAZ DE TOIROS. Páginas de ontem, de hoje e de sempre. Prefácio de Aquilino Ribeiro. Livraria
Popular de Francisco Franco. Lisboa. 1950. De 21x13 pags. Brochado. Ilustrado no texto. Exemplar com dedicatória do autor.
€80
431. MACEDO. (Diogo de) OS ROMÂNTICOS PORTUGUESES. Por… [Editora] Realizações Artis. Lisboa. 1961. De 31x26
cm. Com 128-ix pags. Encadernação do editor com lombada e cantos em pele. Profusamente ilustrado em extra texto com xcix
[99] gravuras a p/b e a cores reproduzindo pinturas do século dezanove. Tiragem de 1100/416 exemplares.
€120
432. MACEDO. (José de) AUTONOMIA DE ANGOLA. Estudo de Administração Colonial. Typographia Leiria. Edição do
autor. Lisboa. 1910. De 19x14 cm. Com 275 pags. Brochado. Exemplar por abrir e com dedicatória do autor dirigida a A. J. A.
€80
433. MACHADO. (Frederico) ACTIVIDADE VULCÂNICA DA ILHA DO FAIAL (1957-58). Noticias Preliminares
Publicadas na Atlântida (Orgão do Instituto Açoriano de Cultura), Vol II, Nº 4 e 5, 1958, e Vol. III, Nº1 e 3, 1959). 2ª Edição
Subsidiada pelo Governo Civil da Horta. Angra do Heroísmo. 1960. De 22x15 cm. Com 51 pags. Brochado. Ilustrado.
Pranchas com fotogravuras extra-texto e mapa desdobrável do vulcão dos Capelinhos. Composto e impresso na União Gráfica
Angrense, Terceira, Açores. Com nota a tinta na folha de anterrosto.
€20
434. MACHADO. (Virgilio) O DOUTOR BERNARDINO GOMES (1768-1823). A sua vida e a sua obra. Portugália Editora.
Lisboa.1925. De 26x20 cm. Com 134 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor no anterrosto.
€120
435. MADUREIRA PINTO. (José) IDEOLOGIAS: INVENTÁRIO CRÍTICO DUM CONCEITO. Gabinete de Investigações
Sociais. Editorial Presença. Lisboa. 1978. De 21x14 cm. Com 146 pags. Brochado. Ilustrado com esquemas gráficos.
€20
436. MADUREIRA.(ARNALDO) A COLONIZAÇÃO PORTUGUESA EM ÁFRICA 1890-1910. Retrospectiva e diagnóstico.
Livros Horizonte. Lisboa. 1988. De 21x14 cm. Com 111 pags. Brochado.
€20
437. MAGALHÃES LIMA. (Dr.) e Cruz Magalhães. RAFAEL BORDALO PINHEIRO. Moralizador político e social.
[Seguido de] O MUSEU RAFAEL BORDALO PINHEIRO. Imprensa da Universidade. Coimbra. 1925. De 24x18 cm. Com
71 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar com vestígios de humidade nas primeiras páginas e capa de brochura; e dedicatória
dos autores dirigida a A. J. A.
€60
438. MAGNAGUTI. (Conte Alessandro) EX NUMMIS HISTORIA. II. MONETE DELL’AES GRAVE. MONETE
ROMANE, DELLA REPUBLICA E DELL’IMPERO (Fino a Nerva – 98 d. c.). P. & P Santa Maria, Editori in Roma.
XCMXLIX. [1949]. De 27x21 cm. Com 100-(i) pags. Brochado. Ilustrado com 28 lâminas extra-texto com a reprodução de
637 espécimens numismáticos.
€120
439. MAGRO. (José) CARTAS DA PRISÃO. 1 - Vida prisional. Edições Avante. Lisboa. 1975. De 21x15 cm. Com 110 pags.
Brochado.
€20
440. MAHOMET. LE CORAN. Traduction nouvelle avec notes d'un choix de Sourates précédées d'une Introduction au Coran par
Édouard Montet, Professeur de langues orientales a l'Université de Genéve, Ansien Recteur. Payot. Paris. De 18x12 cm. Com
265 pags. Brochado. Exemplar por abrir e com ex-libris.
€20
441. MALHEIRO DIAS. (Carlos) ZONA DE TUFÕES. Por... Da Academia de Sciencias de Lisboa e da Academia Brasileira de
Letras. Aillaud, Alves & Cia. Paris e Lisboa. Francisco Alves & Cia. Rio de Janeiro.1912. De 19x12 cm. Com 591 pags.
Brochado. Obra de polémica e análise histórica na recensão dos acontecimentos após a implantação República Portuguesa.
Malheiro Dias exilou-se voluntariamente no Brasil quando da proclamação da República Portuguesa em 1910, onde viveu até
1935. A publicação das suas obras de polémica política - tal como esta e a anterior «Do Desafio à Debandada» - provocavam a
hostilidade pública.
€40
442. MAN. (John) A PRIMEIRA GRANDE GUERRA. Memórias de um século. Selecções do Reader’s Digest. Lisboa. 1998.
De 30x23 cm. Com 160 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado.
€30
443. MANUAL DO PRESTIDIGITADOR. Escamoteio de cartas, ligeireza de mãos, desaparições misteriosas, ilusionismo,
magnetismo, hipnotismo, fascinação, transmissão de pensamento, truques de sala, subtilezas, problemas engraçados, física
recreativa, etc, etc. 6ª edição. Ilustrada com numerosas gravuras explicativas e consideravelmente aumentada com muitas
sortes de novidade. Editor Arnaldo Bordalo. Lisboa. 1914. De 19x13 cm. Com 254 pags. Encadernação da época em tela.
Profusamente ilustrado. Obra de ensino dos truques de ilusionismo.
€60
444. MARCILLA ARRAZOLA. (Juan) TRATADO PRATICO DE VITICULTURA Y ENOLOGÍA ESPAÑOLAS Tomo II.
Enologia. Tercera edición, revisada e ampliada. [Por]… Ingeniero agrónomo. Obra galardonado con el Premio Científico del
Office Internationale du Vin, de Paris. Madrid. 1950. De 24x17 cm. Com 517 pags. Brochado. Profusamente ilustrado no
texto. Exemplar com título de posse na página de rosto.
€80
445. MARINHO DOS SANTOS. (João) e José Manuel Azevedo e Silva. VASCO DA GAMA: A HONRA, O PROVEITO, A
FAMA E A GLÓRIA. Editora Ausência. Porto. 1999. De 25x17 cm. Com 323 pags. Encadernação do editor. Ilustrado. €40
446. MARINHO. (José) ELEMENTOS PARA UMA ANTROPOLOGIA SITUADA. Cadernos do Centro de Investigação
Pedagógica. Editora Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa. 1966. De 23x16 cm. Com 36 pags. Brochado.
€20
447. MARIZ CARNEIRO. (António de) DESCRIÇÃO DA FORTALEZA DE SOFALA E DAS MAIS DA ÍNDIA.
Reprodução do cód. iluminado 149 da Biblioteca Nacional. Nota introdutória e legendas de Pedro Dias. Fundação Oriente.
Lisboa. 1990. De 23x34 cm. Com 52 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado a cores.
€120
448. MARQUES GOMES. O CONSELHEIRO MANUEL FIRMINO D'ALMEIDA MAIA : CINCOENTA ANNOS DE
VIDA PUBLICA. Typ. do Campeão das Provincias. Aveiro. 1899. De 23x16 cm. Com [6], 669 pags. Encadernação da época
com lombada em pele. Exemplar incompleto com falta da folha de rosto; falta das primeiras 6 páginas iniciais inumeradas; e
com falta das últimas 5 páginas da obra.
€50
449. MARQUES. (Gentil) LENDAS DE PORTUGAL. Ilustradas pelos melhores artistas portugueses contemporâneos. Editorial
Universus. Porto. 1962. Obra em 2 volumes. Encadernações editoriais em percalina estampada a ouro e a seco. Profusamente
ilustrado no texto e em extra-texto com gravuras a cores reproduzindo serigrafias, xilogravuras, aguarelas pelos mais
conceituados artistas plásticos da época, entre os quais: Thomaz de Mello (Tom); Manuel Lapa; António Soares; João Abel
Manta; Rezende; e outros.
€120
450. MARTÍN MAQUEDA. (António) SABE VER UMA CORRIDA DE TOUROS? Revisto o português pelo Dr. Magalhães
Basto. Porto Editora, Lda. Porto. 1956. De 19x13 cm. Com 338 pags. Brochado. Ilustrado com desenhos do autor.
€50
451. MARTINET. (Gilles) OS CINCO COMUNISMOS. Russo. Jugoslavo. Chinês. Checo. Cubano. 2ª Edição. Publicações
Europa-América. Lisboa. 1974. De 19x18 cm. Com 301 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória de oferta na folha de
guarda.
€15
452. MARTINS BARATA. (José Pedro) O MENIR DA MEADA E DOAÇÃO DOS CASTELOS DE MONSANTO E DE
ABRANTES COM O SEU TERMO, POR DOM AFONSO HENRIQUES EM 1172 E 1173, À ORDEM DE
SANTIAGO DA ESPADA. Editorial Minerva. Lisboa. 1965. De 25x19 cm. Com 8 pags. Brochado. Ilustrado com
fotogravuras.
€10
453. MARTINS DOS REIS. (Sebastião) A VIDENTE DE FÁTIMA DIALOGA E RESPONDE PELAS APARIÇÕES. Tip.
Editorial Franciscana. Braga. 1970. De 22x15 c. Com 130 pags. Brochado. Profusamente ilustrado em extra-texto. Exemplar
com ex-libris oleográficos na página de rosto.
€40
454. MARTINS. (Paulo Miguel) PERCORRENDO O ORIENTE. A vida de António Albuquerque Coelho (1682-1745).
Livros Horizonte. Lisboa. 1988. De 24x17 cm. Com 141 pags. Brochado. Ilustrado com um mapa no texto.
€25
455. MATOS SEQUEIRA. TEMPO PASSADO. (Crónicas alfacinhas). Por… (da Associação dos Arqueólogos Portugueses).
Portugália Editora. Lisboa. 1923. De 26x20 cm. Com 204 pags. Brochado. Ilustrado com reproduções de quadros; gravuras
com cenas de Lisboa antiga; e esboços de mapas de locais históricos. Exemplar por abrir.
€60
456. MATTOS E SILVA. (Abílio Leal de) O TRAJO DA NAZARÉ. Le costume de Nazaré. The costume of Nazaré. Editorial
Astória. Lisboa. 1970. De 28x21 cm. Com 77 páginas. Gravuras extra-texto sobre papel Printomate de 120 gramas. Texto
impresso sobre papel creme de 140 gramas. Obra trilingue (português, francês e inglês) com excelentes reproduções a cores
das gravuras modernistas do próprio autor, retratando figurinos do vestuário feminino e masculino. Contendo no último
capítulo os desenhos para corte e costura, acompanhados de notas, para confecção do vestuário, calçado e chapelaria de todas
as indumentárias nazarenas.
€80
457. MEDEIROS FERREIRA. (Arnaldo Manuel de) FORTIFICAÇÕES PORTUGUESAS NO BRASIL. Edições Elo,
Lisboa. 2004. De 28x25 cm. Com 144 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado.
€50
458. MEMÓRIA (À) DE LUÍS DEROUET. PALAVRAS JUSTAS. Homenagem. Por iniciativa de A Pensionista. Cooperativa
do Pessoal da Imprensa Nacional de Lisboa. Imprensa Nacional. Lisboa. 1928. De 29x20 cm. Com 263 pags. Brochado.
Ilustrado em extra-texto sobre papel couché. Obra in memoriam finamente impressa a duas cores (quadrilongos decorativos
azuis), contento a actividade profissional, literária e as iniciativas profissionais do falecido Director da Imprensa Nacional. €60
459. MENDES ATANÁZIO. (Manuel Cardoso) A ARTE EM FLORENÇA NO SÉC. XV E A CAPELA DO CARDEAL DE
PORTUGAL. Colecção arte e artistas. Edição sobre os auspícios do Comissariado para a XVII Exposição de Arte, Ciência e
Cultura. Lisboa. 1983. De 23x16 cm. Com 272 pags. Brochado. Ilustrado.
€30
460. MENDES PINTO. (Fernão) PEREGRINAÇÃO DE… (edição fac-símile da edição de 1614). Apresentação José Manuel
Garcia. Castoliva editora, Lda. Maia. 1995. De 28x20 cm. Com 18 pags. e (4)-303-(6) fólios. Encadernação do editor. Ilustrado
com o fac-simile integral. Edição patrocinada pela Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos
Portugueses.
€60
461. MENDONÇA. (Miguel Francisco de) O PROGRESSO DO EXERCITO ou alguns pensamentos sobre O Systema Militar
de um Povo Livre. Por… Alferes de Infanteria. Imprensa da Universidade. Coimbra. 1866. De 19x13 cm. Com 56 pags.
Brochado.
€20
462. MESQUITA CARVALHO. (Luiz Augusto Pinto de) ORGANISAÇÃO JUDICIÁRIA PORTUGUEZA. Projecto de Lei
apresentado à Camara dos Deputados. Pelo deputado… Typographia Santos. Porto. 1912. De 21x15 cm. Com 171 pags.
Brochado. Exemplar por abrir e com dedicatória do autor na folha de anterrosto dirigida ao Presidente da República
Portuguesa. Obra segundo o autor: “Leis e projectos. Tentativa digna e honesta de remodelação dos serviços judiciários e,
como tal, parcela, embora mínima, para a realização do seu nobre e ideal político pela República e pela Pátria”.
€60
463. MESSIAS MARTINS. (João Carlos) e outros. NOTA DESCRITIVA DA CITÂNIA DE SANFINS . E DO SEU
ESPÓLIO ARQUEOLÓGICO. [Por]... e Maria Salette Gomes Simões, Elisa Carlota P. de Magalhães, Maria Ergínia R. de
Oliveira Coelho, António Manuel Dias Farinha. I Congresso Nacional de Arqueologia. (Separata do I Vol. das Actas e
Memórias). (Separata subsidiada pelos Serviços Culturais da Mocidade Portuguesa). Lisboa. 1959. De 25x19 cm. Com 8 pags
(da pag. 271 à 279). Brochado. Ilustrado com fotogravuras e com desenhos da utensilagem arqueológica.
€15
464. MESTRE. (Victor) ARQUITECTURA POPULAR DA MADEIRA. [Impressão e acabamento Printer Portuguesa]. Editora
Argumentum. Lisboa. 2001. De 28x22 cm. Com 350 pags. Encadernação do editor preservando sobrecapa de protecção.
Ilustrado com fotogravuras, esboços arquitectónicos e etnográficos, paletas de cor, esquemas de engenhos e sistemas de
moagem, alçados, plantas, mapas, quadros tipológicos dos levantamento e identificação das tipologias; descrição geográfica do
arquipélago da Madeira e Porto Santo; os materiais que se utilizam nas construções; as bases para o possível renascimento e
reabilitação da arquitectura popular; a ética da conservação e a falta dela; uma proposta de alargamento das classificações
arquitectónicas à arquitectura popular; bibliografia; glossário; e um índice geográfico da Madeira.
€80
465. MIMOZO. (Amadeu) NA ILHA DOS SONHOS. Romance passado na Ilha da Madeira com uma pequena monografia da
mesma Ilha, e prefácio de Nuno Catharino Cardoso. Edição do Autor. Lisboa. 1954. De 18x12 cm. Com 209 pags. Brochado.
Ilustrado com o retrato do autor impresso sobre papel couché.
€40
466. MIRA FERNANDES. (Aureliano de) O ESPÍRITO MATEMÁTICO E A CULTURA GERAL. Por... Lisboa. 1928. De
23x16 cm. Com 11 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor. Comunicação lida na Academia das Ciências em
1928.
€10
467. MOISÉS. (Massaud) DICIONÁRIO DE TERMOS LITERÁRIOS. 4ª Edição. Editora Cultrix. São Paulo. 1985. De 20x14
cm. Com 520 pags. Brochado.
€20
468. MONT'ALVERNE DE SEQUEIRA. QUESTÕES AÇORIANAS. I- O monopólio do álcool. II - A emigração dos Açores.
III - De como temos sido burlados. IV - Autonomia administrativa dos Açores. Palavras prévias do Dr. José Guilherme Reis
Leite. Colecção Autonomia. Ponta Delgada. 1994. De 22x14 cm. Com 396 pags. Brochado. Ilustrado com quadros de dados
desdobráveis.
€20
469. MONTEIRO DA COSTA. (A.) A PROFILAXIA DA RAIVA. (Seu problema no concelho de Lisboa). Apreciação da
vacinação rábica e do impôsto sôbre os cães. Projecto de lei sôbre a raiva. Relatório apresentado à municipalidade de Lisboa
em 7 de Março de 1929. Por… Médico veterinário, Assistente da Escola Superior de Medicina Veterinária, e Inspector
Sanitário da Câmara Municipal de Lisboa. Tipografia Municipal. Lisboa. 1929. De 23x16 cm. Com 83 pags. Brochado.
Ilustrado com um quadro de dados desdobrável.
€20
470. MONTEIRO FERNANDES. (A. L.) NOÇÕES FUNDAMENTAIS DE DIREITO DO TRABALHO. Por... Assistente da
Faculdade de Direito de Lisboa. Livraria Almedina. Coimbra. 1977. De 24x16 cm. Com 349 pags. Brochado.
€20
471. MORAYTA. (Miguel) LAS CONSTITUYENTES DE LA REPÚBLICA ESPAÑOLA. [Por]… Catedratico de la
Universidad de Madrid. Sociedad de Ediciones Literarias y Artísticas. Libreria Ollendorf. París. S/d [1907?]. De 20x13 cm.
Com xvii-281 pags. Brochado. Exemplar com assinatura de posse na capa de brochura e sobre a página de rosto.
€50
472. MOREIRA DA FONSECA. (Álvaro) e outros. O VINHO DO PORTO. Notas sobre a sua História, Produção e Tecnologia.
Instituto do Vinho do Porto. Porto. 1981. De 25x22 cm. Com 172 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado com
fotogravuras a cores e mapas climatológicos e orográficos da região vinícola. Exemplar com dedicatória de um autor na página
de rosto.
€50
473. MOREIRA. (Adriano) DUPLICIDADE. Conferência proferida pelo Ministro do Ultramar Prof... no Instituto de Estudos
Políticos de Madrid. Agência-Geral do Ultramar. Lisboa. 1962. De 21x15 cm. Com 23 pag. Brochado.
€15
474. MOREIRA. (Adriano) GERAÇÃO TRAÍDA. Conferência proferida pelo Ministro do Ultramar Prof. Doutor ..., na Casa do
Infante, no Porto em 11 de Maio de 1962. Agência-Geral do Ultramar. Lisboa. 1962. De 21x15 cm. Com 30 pags. Brochado.
€10
475. MOREIRA. (Adriano) INTRANSIGÊNCIA. Discurso proferido pelo Ministro do Ultramar, Prof. Doutor Adriano Moreira,
em 31 d Outubro de 1962 na sessão de encerramento dos trabalhos do Conselho Ultramarino para a revisão da Lei Orgânica do
Ultramar Português. Agência Geral do Ultramar. Lisboa. 1962. De 21x15 cm. Com 14 pags. Brochado.
€15
476. MOREIRA. (António Cristóvão) ATÉ AO RABO É TOIRO. Crónicas taurinas da temporada de 1982. [Por pseud.]
Solilóquio. Tip. ENCM. Lisboa. 1983. De 17x12 cm. Com 207 pags. Brochado.
€50
477. MOREIRA. (Rafael) HISTÓRIA DAS FORTIFICAÇÕES PORTUGUESAS NO MUNDO. Direcção de… [Colecção]
Portugal no Mundo. Publicações Alfa. Lisboa. 1989. De 30x23 cm. Com 336 pags. Encadernação do editor. Profusamente
ilustrado. Exemplar com sublinhados a tinta e título de posse sobre a folha de guarda.
€50
478. MOTA DE VASCONCELOS. «AÇORES-MADEIRA» [Revista]. Número Único. Direcção de… Composto e impresso na
Tip. Madeira Gráfica de Jaime de Abreu Macedo. Funchal. 1950. De 29x23 cm. Com 132-84-32-16 pags. Brochado. Contém
notas, factos, figuras e actividades das ilhas da Madeira e Porto Santo; e do arquipélago dos Açores. Profusamente ilustrado
com fotogravuras e retratos no texto. Exemplar apresenta capa de brochura com lombada cansada. Contém descrições da vida
sócio-cultural e económica das ilhas, memórias de cidadãos ilustres; e muitas “biografias” de firmas comerciais da Madeira.€80
479. MOTTA VEIGA. (António Jorge) PROJECTO DE III PLANO DE FOMENTO PARA 1968-1973. Comunicação aos
órgãos da Informação, em 20 de Junho de 1967. [Por]... Ministro de Estado, Adjunto do Presidente do Conselho. Secretariado
Nacional da Informação. Lisboa. 1967. De 21x15 cm. Com 43 pags. Brochado. Ilustrado com quadros de dados.
€20
480. MOUSINHO DE ALBUQUERQUE. (Luiz da Silva) MEMORIA INEDITA ÁCERCA DO EDIFICIO
MONUMENTAL DA BATALHA. Por... Typographia Leiriense. Leiria. 1854. De 19x13 cm. Com 38 pags. Brochado. Capa
de brochura anterior com restauro de papel sem afectar a mancha gráfica e picos de oxidação.
€50
481. MÜLLER. (J. P.) A VIDA AO AR LIVRE. [Por] Auctor de O Meu Systema. Versão livre de Ardisson Ferreira Med-Insp.
do Gim. Club Port. e trad. de O Meu Systema. Antigas Livrarias Aillaud e Bertrand. Lisboa. S/d. [1911?]. De 20x13 c. Com
158 pags. Encadernação do editor. Ilustrado com fotogravuras no texto. Exemplar com títulos de posse manuscritos sobre a
folha de rosto. Obra sobre a cultura da educação física introduzida por Pierre de Coubertin nos Jogos Olímpicos modernos.
€50
482. MURALHA. (Pedro) TERRAS DE AFRICA. MOÇAMBIQUE E RAND. Composto e impresso na Publicitas. Lisboa. S/d.
[1925]. De 23x16 cm Com 412-viii pags. Brochado. Profusamente ilustrado. Exemplar por aparar e com extensa dedicatória do
autor na folha de anterrosto. Obra com importantes apontamentos e recolhas fotográficas de África incluindo a África do Sul;
Moçambique e o Transvaal. Contém análise das principais culturas e produções (açúcar, do algodão, etc) e quadros de dados.
€150
483. MUSEU NACIONAL DE ARTE ANTIGA. As Grandes Colecções. Kunst – und Ausstellungshalle der Bundesrepublik
Deutschland. Bonn. Hirmer Verlag. Münschen. 1999. De 28x25 cm. Com 381 pags. Brochado. Ilustrado. Versão portuguesa do
catálogo alemão da exposição temporária do Kunst – und Ausstellungshalle, representando as obras e o museu português,
integrada no ciclo As Grandes Colecções (e patente entre 26 de Março a 11 de Julho de 1999).
€30
484. NAMORA. (Fernando) MINAS DE SAN FRANCISCO. Romance. (2ª edição, refundida). Capa de Manuel Ribeiro de
Pavia. Editorial Inquérito Limitada. Lisboa. S/d [1952]. De 19x12 cm. Com 374 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do
autor.
€50
485. NAMORA. (Fernando) RETALHOS DA VIDA DE UM MÉDICO. 3ª edição, ampliada. Com ilustrações de Manuel
Ribeiro de Pavia. Editorial Inquérito Limitada. Lisboa. S/d [194?]. De 19x12 cm. Com 273 pags. Brochado. Exemplar com
dedicatória do autor.
€50
486. NAVARRE. (Jean-Pierre) MANUEL D’OENOLOGIE. À l’usage des élèves des Lycées et Collèges Agricoles. Par…
Ingénieur agricole [etc]. Collection d’enseignement agricole publiée sous la direction de Georges Desclaude [etc]. J.-B.
Baillière et Fils, Éditeurs. Paris. 1965. De 19x13 cm. Com 238 pags. Brochado. Ilustrado com fotogravuras e estatísticas de
análises químicas. Exemplar com título de posse sobre a folha de rosto.
€30
487. NOBRE DA VEIGA. TEMAS DE ENOLOGIA. Separatas da «Gazeta das Aldeias». S/L. 1973. De 26x19 cm. Com 201
pags. Encadernação em percalina. Ilustrado.
€80
488. NOGUEIRA. (Eurico) A IGREJA EM PORTUGAL E A CONCORDATA DE 1940. [Por] Cónego Dr. ... SNI. S/L.
[Lisboa]. S/d. [1941]. De 24x16 cm. Com 64 pags. Brochado. Exemplar com carimbo de posse.
€15
489. NOGUERA PUJOL. (Jose) ENOTECNIA INDUSTRIAL. Nuevos métodos de elaboracion de mostos y vinos conjugados
com las normas modernas de comercializacion. Por… Técnico-Diplomado por el Centro de Investigación y Desarrollo Agrario
del Ebro [etc]. Tabulados de datos y clasifición bibliográfica por Lina Calvet Turro Miembro de la Agencia de Publicistas y
Escritores Agrarios Españoles. Tecnologia de la Producción y de las Industrias Agrarias. Dilagro Ediciones. Lerida. 1973. De
25x18 cm. Com 763 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado no texto. Exemplar com título de posse sobre a
folha de rosto.
€80
490. NORONHA. (Adolfo César) e Alberto Artur Sarmento. OS PEIXES DOS MARES DA MADEIRA. [Por]… e…
(Madeirenses). Diário de Notícias. Funchal. 1934. De 28x20 cm. Com 145 pags. Brochado. Ilustrado no texto.
€120
491. NORONHA. (Eduardo de) O PASSADO. Reminiscencias anecdoticas dos tempos idos. Alguns annos de fita
animatografica da vida. Magalhães & Moniz, Lda. Editores. Porto. 1912. De 19x12 cm. Com 376 pags. Brochado. Exemplar
com dedicatória do autor dirigida a A. J. A.
€50
492. NORTON. (Manuel Artur) D. PEDRO MIGUEL DE ALMEIDA PORTUGAL. Agência-Geral do Ultramar. Lisboa.
1967. De 23x16 cm. Com 472 pags. Brochado. Obra com a genealogia e a biografia do Governador de S. Paulo, no Brasil, em
1716.
€60
493. NOVA (A) QUESTÃO HINTON. Editor Germano da Silva. Typographia Portugueza. Lisboa. 1915. De 23x15 cm. Com 65
pags. Brochado. Ilustrado com quadros de dados desdobráveis.
€50
494. NOVA (A) QUESTÃO HINTON. Resposta das Emprezas Assucareiras da África Portuguêsa ao folheto da firma W.
Hinton & Sons. Tipografia Universal. Lisboa. 1915. De 23x15 cm. Com 137 pags. Brochado. Ilustrado com quadros de dados
no texto.
€50
495. NOVÍSSIMA REFORMA JUDICIÁRIA. Contida no Decreto de 21 de Maio de 1841. Conforme a autorisação concedida ao
Govêrno pela Carta Lei de 28 de Novembro de 1840. (Publicação oficial). Imprensa da Universidade. Coimbra. 1919. De
24x16 cm. Encadernação da época com lombada em pele. Exemplar com assinatura de posse sobre a folha de rosto.
€20
n. 70
n. 70
n. 70
n. 71
n. 71
n. 71
n. 62
n. 85
n. 85
n. 81
n. 81
496. NÚMERO COMEMORATIVO DO 506º ANIVERSÁRIO DO ACHAMENTO DAS ILHAS DE CABO VERDE. Liga
dos Amigos de Cabo Verde. Boletim Cultural. (Suplemento). Luanda. 1966. De 23x17 cm. Com 37 pags. Brochado. Ilustrado
com 15 fotografias extra texto.
€30
497. NUNES DA MATTA. (José) NAVEGAÇÃO AEREA ENTRE PORTUGAL E A ILHA DA MADEIRA. Tip. da Emprêsa
Rosa, Lda. Lisboa. 1921. De 22x15 cm. Com 21-(i) pags. Brochado. Ilustrado com as equações e as tabelas do cálculo da
velocidade do vento e da duração da travessia aérea. Exemplar com dedicatória do autor na primeira página de texto.
€60
498. NUNES DE FIGUEIREDO. (José) e António Gomes Ferreira. COMPÊNDIO DE GRAMÁTICA PORTUGUESA. Para
os 1º, 2º e 3º, anos Liceais (3º, 4º e 5º de transição), adaptado a nova nomenclatura gramatical. [Por] ... Professor-Metodólogo
do Liceu Normal de Coimbra e... Porto Editora, Lda. Porto. S/d. [196?]. De 21x16 cm. Com 357 pags. Encadernação do editor.
Ilustrado.
€20
499. NUNES RIBEIRO. (Fernando) A VILLA ROMANA DE PISÕES. Editado pela Comissão Municipal de Turismo. Beja.
1972. De 25x19 cm. Com 46 pags. Brochado. Ilustrado com 17 estampas e 1 mapa desdobrável. Contém fotografia aérea do
local arqueológico e imagens de mosaicos, vidros e arquitectura desta luxuosa 'vila' romana documentada desde o séc. I ao séc.
IV d. c.
€20
500. NUNES. (Leopoldo) O DITADOR DAS FINANÇAS. Com um prefácio do eminente Professor e Economista Dr. Armindo
Monteiro Sub-Secretário de Estado das Finanças. Composto e impresso na Ottosgrafica. Lisboa. 1930. De 19x13 cm. Com 229
pags. Brochado.
€50
501. OLIVEIRA JORGE. (Susana) POVOADOS DA PRÉ-HISTÓRIA RECENTE (IIIº - Inicios do IIº Milénios A. C.) DA
REGIÃO DE CHAVES – Vª Pª DE AGUIAR (Trás-os-Montes Ocidental). [Por]… Professora da Faculdade de Letras do
Porto; ex-bolseira do Instituto Nacional de Investigação Científica. Instituto de Arqueologia da Faculdade de Letras do Porto.
Porto. 1986. Obra em 3 volumes. In fólio (de 29x21 cm) com 1131 págs. Brochados. Ilustrados ilustrado no texto e com ccxiv
[214] estampas colocadas em anexo no 3º volume, apresentando mapas, desenhos arqueológicos, esboços de utensilagem,
fotogravuras, e quadros estatísticos. Dissertação de doutoramento em pré-história e arqueologia apresentada à Faculdade de
Letras do Porto.
€90
502. OLIVEIRA MARQUES. (A. H. de) ENSAIOS DE INTERVENÇÃO. Palas Editores, Lda. Lisboa. 1987. De 20x15 cm.
Com 200 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor.
€20
503. OLIVEIRA MORAES. (Antonio d’) ALGUMAS PALAVRAS SOBRE O RACHITISMO NOS ANIMAES
DOMESTICOS. Dissertação inaugural apresentada por… Outubro de 1907. Typographia «A Publicidade». Lisboa. 1907. De
20x15 cm. Com 76 pags. Brochado. Exemplar com assinatura de posse sobre a capa de brochura e na folha de rosto.
€20
504. OLIVEIRA RAMOS. (Luís A. de) DA ILUSTRAÇÃO AO LIBERALISMO. (Temas Históricos). Lello & Irmão Editores. Porto. 1979. De 19x13 cm. Com 217 pags. Brochado. Exemplar de trabalho com sublinhados e anotações a lápis.
€20
505. OLIVEIRA SALAZAR. (António de) DISCURSO DE INAUGURAÇÃO DA 1ª CONFERÊNCIA DA UNIÃO
NACIONAL. O Pensamento de Salazar. 9 de Novembro de 1946. Edições SNI. Lisboa. 1946. De 23x16 cm. Com 21 pags.
Brochado.
€15
506. OLIVEIRA SALAZAR. (António de) O MEU DEPOIMENTO. O PENSAMENTO DE SALAZAR. Discursos de S. Ex.ª o
Presidente do Conselho na Sessão Inaugural da II Conferência da União Nacional, no Porto, em 7 de Janeiro de 1949. Edições
SNI. Lisboa. 1949. De 23x16 cm. Com 24 pags. Brochado.
€15
507. OLIVEIRA. (Carlos de) CASA NA DUNA. Romance. 4ª edição. Publicações dom Quixote. Lisboa. 1970. De 18x12 cm.
Com 184 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar com carimbo de posse sobre a folha de rosto.
€20
508. OLIVEIRA. (Dr. Águedo de) O VINHO DO PÔRTO NOS TEMPOS CLÁSSICOS. Livraria Portugália. Lisboa. 1941. De
20x12 cm. Com 229 pags. Brochado. Obra sobre o vinho do Porto com um importante desenvolvimento da sua importância no
tempo do domínio romano e durante a Idade Média.
€60
509. OLIVEIRA. (Maurício) DIÁRIO DE JORNALISTA. Edição póstuma do autor. Lisboa. 1973. De 21x14 cm. Com 287
pags. Brochado. Ilustrado.
€30
510. OREY. (Leonor d’) A BAIXELA DA COROA PORTUGUESA. Edições Inapa. 1991. De 33x26 cm. Com 225 pags.
Encadernação do editor. Profusamente ilustrado com fotogravuras a cores (aspectos gerais das peças e macrofotografias) do
serviço de prata de D. José I, executado à semelhança de outros serviços encomendados em França para D. João V e
desaparecidos durante o Terramoto de 1755. Posteriormente, o serviço de prata conhecido como Baixela Germain - devido a
ter sido produzida por François Thomas Germain - foi enviado em várias remessas entre 1757 e 1765.
€50
511. ORGANIZAÇÃO GERAL DOS SERVIÇOS E DEPARTAMENTOS MARÍTIMOS, CAPITANIAS DOS PORTOS E
RESPECTIVAS DELEGAÇÕES DO CONTINENTE DA REPÚBLICA E DAS ILHAS ADJACENTES. Decreto nº
5:703 de 10 de Maio de 1919. Ministério da Marinha. 4ª Delegação. 2ª Repartição. 2ª Secção. Imprensa Nacional de Lisboa.
1919. De 22x14 cm. Com 84 pags. Encadernação do editor. Ilustrado com quadro desdobrável com a jurisdição dos
departamentos marítimos.
€50
512. ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA DAS COLÓNIAS. Aprovada por Decreto n.º 14.453, de 20 de Outubro de 1927, e o
decreto n.º 14.974, de 30 de Janeiro de 1928 Que regula a arrecadação, administração e liquidação das heranças dos que
morrem no Ultramar, sem testamento. Ministério das Colónias. Imprensa Nacional. Nova Goa [Índia Portuguesa].1928.
[Seguido de]: RIBEIRO (Sebatião) LEGISLAÇÃO SOBRE ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA DAS COLÓNIAS.
Reforma do Processo Civil, Comercial e Criminal, Notariado e Registo Judicial, etc. Coligida por... Juiz de Direito. Sá da
Bandeira. Lubango.[Huila.Tipografia da Missão. Angola].1927. 2 volumes em 1. De 24x16 cm. Com 175 e 336 pags.
Encadernação da época em tela, cansada. Exemplar manuseado e com apontamentos marginais coevos.
€80
513. ORWELL. (George) ANIMAL FARM. A fairy story. Penguin Modern Classics in association with Secker & Waburg. Made
and printed in Great Britain by Hunt Barnard Printing, Ltd. Aylesbury. 1972. De 18x11 cm. Com 119 pags. Brochado.
€20
514. OSÓRIO. (D. Jerónimo) CARTA À RAINHA DE INGLATERRA. Introdução de José V. de Pina. Crítica e modernização
do texto, tradução e notas de Sebastião de Pinho. Biblioteca. Lisboa. 1981. De 24x15 cm. Com 249 pags. Brochado. Ilustrado
com o fac-simile da carta impressa dirigida à Rainha Isabel I de Inglaterra, leitora e apreciadora das obras políticas do autor.
€30
515. OSÓRIO. (Paulo) CAMILO. A SUA VIDA. O SEU GÉNIO. A SUA OBRA. (2ª edição, aumentada). Companhia
Portuguesa Editora. Porto. 1920. De 18x12 cm. Com 442 pags. Brochado. Exemplar com capas de brochura cansadas e com
manchas de humidade.
€20
516. PACHECO DE AZEVEDO. (Manuel) VINHO DO PÔRTO. O AUXILIAR DO ANALISTA. [Por]…
Engenheiro-agrónomo. Desenhos de Mirão. Edição do Instituto do Vinho do Pôrto. De 22x15 cm. Com 299 pags.
Encadernação da época em tela (pele diabo). Ilustrado com esboços técnicos e quadros de dados das análises químicas ao
vinho do Porto. Exemplar com títulos de posse na página de rosto.
€60
517. PACHECO. (Luiz) MANO FORTE. Dezassete cartas de ... a António José Forte. Imagens escritas, traçadas à máquina e à
mão em carta e postal, e enviadas entre 1961 e 1966, pelo editor-escritor Luiz Pacheco, de Lisboa, Cacilhas, Almoinha
(Santana-Sesimbra), Macieira (Sertã), Porto, Setúbal e Caldas da Rainha, ao poeta António José Forte, em Vieira do Minho,
Tomar, Portalegre e Santarém; onde se fala da vida (altos, baixos, ramerrame), dos amores, dos amigos e dos inimigos, da
escrita (de uns e de outros), de livros, folhetos, postais (lidos, escritos, publicados) e da edição como forma de guerra
(principalmente pela sobrevivência), talvez com sonhos de fama ou outros, mas tentando sobretudo agarrar o dia a dia - com
(ou sem) pessoas, sonhos, vinho, lecas, miragens, textos; textos fortes, feitos de palavras fortes, ao serviço de ideias fortes.
Transcrição e apresentação de Bernardo Sá Nogueira. Nuno Franco e Livraria Alexandria. Lisboa. 2002. Desta primeira edição
de MANO FORTE [dezassete cartas de Luiz Pacheco a António José Forte, transcritas e apresentadas por Bernardo Sá
Nogueira], edição Alexandria, fez-se uma tiragem de mil exemplares sobre papel Renovaprint de 90 g., numerados de 1 a
1000, e uma tiragem especial de cento e trinta exemplares sobre papel Renovaprint de 120 g., cartonados, assinados pelo autor,
dos quais cem numerados de 1 a 100, e trinta, reservados a bibliófilos e numerados de I a XXX, com estojo e encadernação em
tela. Impressão e acabamento nas oficinas gráficas da Editorial Minerva, no mês de Fevereiro de 2002. Capa com foto do autor
da autoria de Rui Ochôa. De 19x13 cm. Com 168 pags. Brochado. Exemplar 304/1000.
€50
518. PACOTTET. (P.) e L. Guittonneau. VINOS DE CHAMPAÑA Y VINOS ESPUMOSOS. Por… Inginiero agrónomo, Ex
jefe del Laboratório de Investigaciones vitícolas [etc] y … … Inginiero agrónomo, Ex auxiliar del Laboratório de
Investigaciones vitícolas [etc]. Enciplopedia Agricola. Publicada por una Junta de Ingenieros agónomos bajo la dirección de G.
Wery. Salvat Editores, SA. Barcelona. 1929. De 18x12 cm. Com 467 pags. Encadernação recente em percalina.
€80
519. PAIS. (Pêro) HISTÓRIA DA ETIÓPIA. Reprodução do códice coevo inédito da Biblioteca Pública de Braga. Com uma
introdução por Elaine Sanceau. Nota bio-bibliográfica por Alberto Feio - Director da Biblioteca e Arquivo Distrital de Braga.
Leitura paleográfica de Lopes Teixeira - Conservador do Arquivo de Braga. B. H. Série Ultramarina - n.º V. Livraria
Civilização-Editora. Porto. 1945/46. 3 volumes. De 22x15 cm. Brochados.
€60
520. PALMA CARLOS. (Adelino da) A HIPOTECA E O REGISTO. A ALEGAÇÃO EM RECURSO DE AGRAVO. [Por]
Doutor...Advogado. Lisboa. 1942. De 22x16 cm. Com 35 pags. Brochado. Exemplar com títulos de posse na capa de brochura
e na folha de rosto.
€20
521. PALMELA. (Duque de) DISCURSOS PARLAMENTARES DO DUQUE DE PALMELLA NAS CAMARAS
LEGISLATIVAS. PALMELA. (Duque de) DISCURSOS PARLAMENTARES DO DUQUE DE PALMELLA NAS
CAMARAS LEGISLATIVAS. Desde 1834 até hoje. Volume 3º. Na imprensa Nacional. Lisboa. 1844. 1 (de 3) volume. In 4º
(de 22x15 cm) com 480 pags. Brochado. Apenas o 3º volume desta obra. Inocêncio VII: 'Edição de que só se tiraram 325
exemplares e que não foi exposta à venda publica. Os que aparecem no mercado em razão das causas inevitáveis que aí
conduzem os livros usados, têm sido vendidos por preços variáveis de 720 até 1:600 réis. Eis aqui o que a propósito destes
trabalhos diz um dos biógrafos já mencionados: «O duque de Palmela, presidindo á camara dos Senadores (e igualmente á dos
Pares) honrou o sistema parlamentar, e honrou se a si mesmo, pela dignidade e apurado tato, pela imparcialidade e prudência
com que dirigia as discussões, missão difícil numa época em que os partidos procuravam excitar as paixões publicas em favor
das suas ideias e interesses, e quando estavam separados, não só pelas crenças, mas pelo sangue ainda fresco das lutas civis. «O
duque de Palmela não era dotado da paixão, do fogo, do estilo ornado e sumptuoso que distingue os oradores nos tempos
revolucionários; mas possuía em grau eminente as qualidades mais sólidas do debater, eloquência própria das épocas de paz, e
de progresso pausado e gradual, quando os Catilinas não ameaçam invadir Roma à frente de uma população infrene, nem os
gansos sagrados grasnam sinistramente no capitólio. «A sua argumentação era lógica, e ao mesmo tempo fecunda, a sua
exposição lucida e concisa, e sabia optimamente adaptar a força das razões á gravidade dos assumptos, ou fosse em discursos
preparados no gabinete, ou no calor do improviso. «Indiferente na tribuna aos gozos do amor-próprio, o seu intuito era fazer
triunfar as suas ideias, e levar a convicção ao espirito dos seus adversários, e não seduzi-los ou deslumbra-los pelos encantos
da sua palavra... As suas opiniões em economia política e em administração iam além das de alguns dos seus adversários, que
se proclamavam progressistas por excelência... Ninguém tratou com maior clareza e ciência a questão dos direitos diferenciais,
combatendo os preconceitos do sistema protector, que naquele tempo se julgava panaceia infalível para todos os males, e a
origem de todos os nossos progressos... Tratando das verdadeiras causas da decadência do nosso comércio, expôs
perfeitamente a questão, etc»
€50
522. PAMPLONA. (Fernando) CHAVE DA PINTURA DE AMADEU. As ideias estéticas de Sousa-Cardoso através das suas
cartas inéditas. [Por]… da Academia Nacional de Belas-Artes. Guimarães & Cª, Editores. Lisboa. 1983. De 30x21 cm. Com 78
pags. Brochado. Ilustrado.
€30
523. PÃO BARATO - O Problema Cerealifero em Portugal. Ao Povo Portuguez. Typographia Calçada de Sant’Ana. Lisboa. S/d
[1913?]. De 20x13 cm. Com 16 pags. Brochado. Folheto produzido pelo Centro Eleitoral dos Defensores da República.
€40
524. PASTOR DE MACEDO. (Luiz) LISBOA DE LÉS-A-LÉS. Subsídios para a história das vias públicas da cidade. [Por]… do
Grupo de «Amigos de Lisboa». Publicações Culturais da Câmara Municipal de Lisboa. Lisboa. 1955, 1960, 1962 e 1968. Obra
em 5 volumes. De 21x15 cm. Com 277, 268, 307, 273 e 338 pags. Encadernação em percalina verde com lombada e cantos em
pele pintada da mesma cor e com ferros a ouro na lombada. Ilustrados com gravuras intercaladas no texto e mapas de
pormenor desdobráveis. Obra de referência e com índices remissivos no último volume. Exemplar com ex-libris de João Paulo
de Abreu e Lima no volume 2, 3, 4 e 5.
€150
525. PATO. (Mário) TABELAS PARA A DETERMINAÇÃO DO EXTRACTO SÊCO DOS VINHOS PORTUGUESES,
POR DENSIMETRIA. Por… Engenheiro Agrónomo, Director da Estação Vitivinícola da Beira Litoral. Repartição de
Estudos, Informação e Propaganda. Direcção Geral dos Serviços Agrícolas. Ministério da Agricultura. Lisboa. 1938. De 23x16
cm. Com 207 pags. Encadernação da época em tela (pele diabo). Exemplar com falta das capas de brochura; e com títulos de
posse na página de rosto. Obra com instruções do uso das presentes tabelas para a determinação do extracto seco dos vinhos do
Porto.
€60
526. PATO. (Octávio) O VINHO. MÉTODOS MODERNOS DE FABRICO, TRATAMENTO E CONSERVAÇÃO. Por…
Regente Agrícola (da Estação Agronómica Nacional). 2ª Edição. Colecção Fontes de Riqueza. XXIV. Livraria Clássica Editora
A. M. Teixeira & Cª (Filhos), Lda. Lisboa. 1963. De 19x12 cm. Com 421 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar com títulos de
posse sobre a folha de rosto e sublinhados a tinta.
€80
527. PEGADO LIZ. (Jorge) ORIL VERSUS FRATELLI TOSELLI. Peças de um incidente processual como introdução ao
estudo da cláusula compromissória e da competência internacional dos tribunais portugueses. Lisboa. 1971. De 23x16 cm.
Com 87 pags. Brochado.
€20
528. PEIXOTO. (Afrânio) MINHA TERRA E MINHA GENTE. Livraria Francisco Alves, Rio de Janeiro|Livrarias Aillaud e
Bertrand, Paris-Lisboa. 1916. De 18x12 cm. Com 230 pags. Encadernação cartonada do editor. Profusamente ilustrado.
Exemplar com carimbo oleográfico e assinatura de posse e leves sublinhados a lápis.
€25
529. PEQUITO REBELO. ANTI-MARX. Edições SPN. Lisboa. 1937. De 19x13 cm. Com 48 pags. Brochado.
€30
530. PEREIRA DE SOUSA. (F. L.) O TERRAMOTO DE 26 DE JANEIRO DE 1531. Por… Socio Effectivo da Academia das
Sciencias de Lisboa. Separata do Boletim da Academia das Sciencias de Lisboa. Imprensa da Universidade. Coimbra. 1930.
De 23x15 cm. Com 22 pags. Brochado. Exemplar por abrir e com ex-libris sobre a folha de rosto.
€30
531. PEREIRA FORJAZ. (António) ENTRE DUAS RAINHAS. Por... da Academia das Ciências de Lisboa. Separata das
«Memórias». (Classe de Ciências - Tomo VIII). Academia das Ciências de Lisboa. [Impresso na Ottosgráfica, Lda]. Lisboa.
1961. De 24x19 cm. Com 49 pags. Brochado. Profusamente ilustrado com fac-similes e retratos. Obra documental sobre a
Academia das Ciências - no período entre a sua fundação no reinado de D. Maria I e o seu estabelecimento definitivo no
reinado de D. Maria II - contendo os documentos da sua autonomia institucional através de prerrogativas reais.
€40
532. PEREIRA GOMES. (Soeiro) ESTEIROS. De... Série «Romance» 2. Edições 'Sirius'. 1941. De 19x13 cm. Com 297 pags.
Brochado. Ilustrado com capa, desenhos e vinhetas de Álvaro Cunhal. Exemplar da 1ª edição e por abrir.
€60
533. PEREIRA. (Eduardo) DELENDA EST CARTHAGO ! Duas palavras ditas n’uma academia de jovens, do Funchal, (a 28
de Fevereiro de 1909) por… da (J. C. M.). [Composto e impresso na Typographia «Esperança»]. Funchal. 1913. De 19x13 cm.
Com 37 pags. Brochado.
€80
534. PÉREZ. (Rogério) MEIO SÉCULO A VER TOUROS. [Por]… «El Terrible Pérez». Editora Marítimo-Colonial, Lda.
Lisboa. 1945. De 19x13 cm. Com 166 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar com carimbo oleográfico comercial sobre a capa
de brochura.
€70
535. PESSOA. (Fernando) MENSAGEM. 7ª edição. Com uma nota de David Mourão Ferreira. Por… Obras completas de…
Editorial Ática. Lisboa. 1963. De 20x14 cm. Com 108 pags. Brochado.
€30
536. PESTANA JUNIOR. O RECONHECIMENTO DO ARQUIPELAGO DA MADEIRA (1421-1425). Ensaios de crítica
histórica. Typ. Diário de Notícias. Funchal. 1820. De 23x16 cm. Com 27 pags. Brochado.
€50
537. PESTANA. (Sebastião) ESTUDOS DE LINGUAGEM. Domingos Barreira-Editor-Pôrto. Porto. 1944. De 19x12 cm. Com
215 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória autógrafa.
€20
538. PETISCOS & GULOSEIMAS. O livro de ouro da cozinha. Edições FP - Fernando Pereira. Lisboa. 1979. De 21x15 cm. Com
571 pags. Encadernação do editor em percalina azul com ferros a ouro na lombada e pasta anterior. Obra publicada sem nome
de autor, apenas na dedicatória impressa: Maria João.
€60
539. PETIT. (André) ILES DU SOLEIL, ILES DU PRINTEMPS, LES CANARIES; LES AÇORES. Connaissance du
Monde. Société d'Édition Géographique et Touristique. S/L. 1965. De 21x16 cm. Com 190 pags. Brochado. Ilustrado.
€50
540. PIJOAN. (José) HISTÓRIA DO MUNDO. Publicações Alfa. Barcelona. 1979. Obra em 11 volumes. De 29x23 cm. Com
cerca de 3800 pags. Profusamente ilustrado com fotogravuras e mapas no texto.
€80
541. PIMENTA DE CASTRO. (Gonçalo Pereira) A REVOLTA DE MONSANTO DE JANEIRO DE 1920. Por…
Tenente-Coronel reformado e antigo Comandante de Infantaria 16. Tipografia Mendonça. Porto. 1920. De 21x13 cm. Com 71
pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor dirigida ao Presidente da República Portuguesa.
€50
542. PIMENTA DE FRANÇA. (A.) A PÉROLA ATLÂNTICA DO OCEANO. Poêma – Madeira. Editora Gráfica Portuguesa.
Lisboa. 1944. De 20x13 cm. Com 92 pags. Brochado.
€40
543. PINA MANIQUE. (Luiz) A ARTE MANUELINA NA ARQUITECTURA DE ALVITO. Impressões e Apontamentos.
Por... da Associação dos Arqueólogos Portugueses. Oficinas Gráficas de Bertrand (Irmãos), Lda. Lisboa. MCMXLIX [1949].
De 28x20 cm. Com 73 pags. Brochado. Profusamente ilustrado em extra-texto com reprodução de desenhos e esboços do
autor.
€60
544. PINHARANDA GOMES. A REGRA PRIMITIVA DOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS. Hugin Editores, Lda. 1999. De
23x16 cm. Com 160 pags. Brochado.
€20
545. PINHEIRO. (Rui) e Artur Maurício. A CONSTITUIÇÃO E O PROCESSO PENAL. 2ª edição (revista e actualizada).
Por... e... Procuradores Gerais Adjuntos. Rei dos Livros. Lisboa. 1983. De 23x16 cm. Com 205 pags. Brochado. Exemplar com
carimbo de posse na folha de guarda.
€15
546. PINTO BASTO. (António Aloísio) VIAGENS POR TERRA COM EL-REI DOM CARLOS 1895-1905. Chaves Ferreira
– Publicações, S. A. Lisboa. 1997. De 35x25 cm. Com 140 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado e com
fac-simile de manuscrito. Exemplar acondicionado dentro de estojo cartonado editorial.
€90
547. PINTO CARNEIRO. GRAMÁTICA PORTUGUESA. 2.ª Edição, aprovada oficialmente para o 2.º ciclo dos Liceus por
despacho publicado no Diário do Governo em 19 de Janeiro de 1946, e de harmonia com o programa dos Seminários. Coimbra
Editora, Limitada. 1946. De 20x14 cm. Com 365 pags. Encadernação do editor, cansada.
€20
548. PINTO COELHO. (Domingos) JULGAMENTO DO FACTO E JULGAMENTO DO DIREITO. SEGUNDO O
CÓDIGO DO PROCESSO CIVIL. Singelas reflexões pelo advogado.... União Gráfica. Lisboa. 1941. De 22x16 cm. Com 24
pags. Brochado.
€10
549. PINTO COELHO. (Luiz d’Ornellas) HARPA MADEIRENSE. Typographia «Academica». Funchal. 1896. De 17x12 cm.
Com 178-(i) pags. Encadernação da época com lombada em percalina. Exemplar com ex-libris e apresentando picos de
humidade. Obra poética.
€60
550. PINTO CORRÊA. (Armando) UM POETA EM FRANGALHOS. Sumario. 1º - Cartas ao troveiro dos caroços e das
cascas. 2º - Poema Antigo, Junta & Cª. 3º - Uma barrela na «Carta em prosa». Typographia Esperança. Funchal. 1921. De
22x15 cm. Com 97 cm. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor.
€50
551. PINTO. (Maria Evangelina) A HIGIENE NAS ESCOLAS. NECESSIDADE DO SEU ENSINO Dissertação elaborada
como título de candidatura ao concurso para provimento do lugar de médica escolar do Liceu de D. Felipa de Lencastre.
Tipografia da Cooperativa Militar. Lisboa. 1930. De 25x18 cm. Com 73 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória da autora
na folha de rosto.
€20
552. PINTURA DOS MESTRES DO SARDOAL E DE ABRANTES. Catálogo das obras atribuídas e roteiro da exposição.
Galeria de exposições temporárias da fundação. Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa. Outubro. 1971. De 26x24 cm. Com
173 pags. Brochado. Exemplar com títulos de posse manuscritos na folha de rosto.
€30
553. PIRES AURÉLIO. (Diogo) A VONTADE DE SISTEMA. Estudos sobre filosofia e política. Edições Cosmos. Lisboa.
1998. De 23x16 cm. Com 179 pags. Brochado.
€20
554. PIRES BARREIRA. (Domingos) A MAÇONARIA E A GUERRA. [Por] Aquiles. Com uma carta preambular de Reclüs.
Depositário Tipografia Mendonça. Lisboa. 1915. De 19x13 cm. Com 76 pags. Brochado. Exemplar apresentando capa de
brochura com rasgo e dedicatória do autor (assinatura maçónica) dirigida a A. J. A.
€60
555. PIRES DE LIMA. (Américo) PARA A HISTÓRIA DA BOTÂNICA E DO FOMENTO DA ILHA DA MADEIRA. Pelo
professor… Director do Instituto de Botânica «Doutor Gonçalo Sampaio». Com [14] pags. [In] Separata do Boletim de
Informação e Publicidade. Junta dos Lacticínios da Madeira. [Tip. Alcobacense]. 1951. De 23x16 cm. Com 165 pags.
Brochado. Ilustrado. Separata inclui ainda mais 17 artigos e comunicações científicas diversas.
€30
556. PIRES MARTINS. INICIAÇÃO À ESTATÍSTICA. 1º volume. 2ª edição. [Por]... Professor efectivo da Escola Comercial
Oliveira Martins. Curso Complementar do Ensino Técnico. Porto Editora, Lda. Porto. 1981. De 23x17 cm. Com 175 pags.
Brochado. Ilustrado com quadros de dados.
€20
557. PIRES. (António Pedro) O CULTO DOS ANTEPASSADOS EM MACAU. Edições Afrontamento. Porto. 1999. Edição
com o apoio do Leal Senado de Macau e da Fundação Oriente. De 25x21 cm. Com 238 pags. Brochado. Profusamente
ilustrado.
€20
558. PITTA E CUNHA. (Paulo de) OS IMPOSTOS SOBRE AS TRANSACÇÕES. Cadernos de Ciência e Técnica Fiscal.
Gabinete de Estudos da Direcção-Geral das Contribuições e Impostos. Ministério das Finanças. Lisboa. 1963. De 21x15 cm.
Com 169 pags. Brochado.
€20
559. PORTO (O) DE LISBOA. Estudo de História Económica seguido de Catálogo Bibliográfico e Iconográfico. Quinto
Centenário do Infante D. Henrique. Edição da Administração Geral do Porto de Lisboa. MCMLX [1960]. De 33x26 cm. Com
405 pags. Encadernação em pergamoide com título em super-libris, preservando sobrecapas decorativas. Profusamente
ilustrado com gravuras coloridas; fac-similes com mapas desdobráveis; tabelas de dados económicos e aduaneiros desde o
século XVI; gráficos do movimento marítimo desde o século XVII; e mapa desdobrável do avanço das construções do Porto de
Lisboa sobre o Rio Tejo.
€150
560. PORTO DA CRUZ. (Visconde do) DANÇAS & MÚSICAS DO ARQUIPÉLAGO DA MADEIRA. [Por]… da Academia
Brasileira de Ciências Sociais e Políticas. Edição do autor. 1954. De 23x16 cm. Com 18 pags. Brochado. Ilustrado.
€30
561. PORTUGAL EM ESPANHA. EXPOSIÇÃO DO MUNDO PORTUGUÊS. (Obras de Arte e Documentos). Contribuição
Espanhola às Comemorações Centenárias. Lisboa. 1940. De 23x16 cm. Com 32 pags. Brochado. Contém catálogo expositivo.
€20
562. PORTUGAL-BRASIL: A ERA DOS DESCOBRIMENTOS ATLÂNTICOS. [Catálogo da exposição; 2 de Junho – 1º de
Setembro de 1990, Nova Iorque]. Ensaios Luís de Albuquerque Charles R. Boxer, Francisco de Leite Faria, Max Justo Guedes,
Francis M. Rogers, Wilcomb E. Washburn. Mensagens de Fernando Collor, Presidente do Brasil; Mário Soares, Presidente de
Portugal. Notas de Abertura Iza Chateaubriand Sessler; Timothy Healy. Editores: Max Justo Guedes, Adriano Lopes, Gerald
Lombardi. Bertrand Editora. Franco Maria Ricci. Brazilian Cultural Foundation. [Impresso em Itália por Arti Grafiche
Federico Motta, Arese]. 1990. De 30x24 cm. Com 270 pags. Encadernação editorial protegida com cartonado. Profusamente
ilustrado com reproduções no texto e em extra texto. Catálogo com a descrição e comentário de 161 items presentes na
exposição; constando na sua maioria de obras impressas e manuscritas e de mapas.
€80
563. PRADO COELHO. (Jacinto do) DIVERSIDADE E UNIDADE EM FERNANDO PESSOA. 6º Edição, revista e
aumentada. Editorial Verbo. Lisboa. 1980. De 20x12 cm. Com 263 pags. Brochado.
€20
564. PRESENÇA DE PORTUGAL NA OBRA DE ARPAD SZENES E VIEIRA DA SILVA. Fundação Arpad Szenes - Vieira
da Silva. Lisboa. 3 de Novembro 1994 - 26 Março 1995. De 24x22 cm. Brochado. Profusamente ilustrado a cores com
catálogo da exposição temporária, na Fábrica das Sedas, em Lisboa.
€20
565. PROENÇA DE CARVALHO. (Daniel) O CASO DA HERANÇA SOMMER: PORQUE RENUNCIEI À DEFESA DE
ANTONIO CHAMPALIMAUD. Alegação para a relação. Edição do autor. Lisboa. 1971. De 23x16 cm. Com 80 pags.
Brochado.
€20
566. PROENÇA SIMÕES. (Maria Alzira) CATÁLOGO DOS IMPRESSOS DE TIPOGRAFIA PORTUGUESA DO
SÉCULO XVI. A Colecção da Biblioteca Nacional. Introdução, organização e índices por… Secretaria de Estado da Cultura.
Biblioteca Nacional Lisboa. 1990. De 24x17 cm. Com 402 pags. Brochado. Ilustrado.
€60
567. PROENÇA. (Maria Cândida) A PRIMEIRA REGENERAÇÃO. O Conceito e a Experiência Nacional 1820-1923.
Livros Horizonte. Lisboa. 1990. De 21x14 cm. Com 166 pags. Brochado.
€20
568. PROENÇA. (Maria Cândida) O SISTEMA DE ENSINO EM PORTUGAL (SÉCULOS XIX-XX). Coordenação de...
Edições Colibri. Lisboa. 1998. De 23x16 cm. Com 182 pags. Brochado.
€20
569. QUADROS. (António) PROBLEMÁTICA CONCRETA DA CULTURA PORTUGUESA Conferência proferida na sede
do Centro de Estudos Político–Sociais no dia 5 de Maio de 1957. Lisboa. 1957. De 23x15 cm. Com 73 pags. Brochado.
€10
570. QUESTÃO (A) SACCHARINA DA MADEIRA. QUESTÃO (A) SACCHARINA DA MADEIRA. Typographia de «A
Editora». Lisboa. 1910. De 23x15 cm. Com 56 pags. Brochado. Obra com análise do problema do açúcar da Madeira colocado
pelos Decretos de 1895 e 1903.
€50
571. RACHEWILTZ. (Boris de) EROS NEGRO. Costumbres sexuales en Africa desde la prehistoria hasta nuestros dias. Por...
Ilustraciones en negro y colores. Cuatro mapas. Traduccíon de José Victor Botaya Fabra. Sagitário S. A. de Ediciones y
Distribuciones. Barcelona. 1967. De 23x16 cm. Com 316 pags. Encadernação do Editor com estojo cartonado. Profusamente
ilustrado.
€80
572. RAMALHO ORTIGÃO. O CONDE DE FICALHO. (Retrato intimo). Livraria Aillaud. Lisboa. 1919. De 21x14 cm. Com
33 pags. Brochado deve ser encadernado.
€10
573. RAMIRES. (Ad. Baptista) LEITARIA MODERNA. Escolha e tratamento dos bovídeos leiteiros. Análise, higiene e
comércio do leite. Fabrico de manteigas. Fabrico de queijos: tipos nacionaes. Tipos estrangeiros. Legislação. [Por]… da
Academia das Sciencias de Lisboa, Professor do Instituto Superior de Agronomia. J. Rodrigues & Cª, Editores. Lisboa. 1931.
De 20x14 cm. Com 668 pags. Brochado. Ilustrado com os equipamentos para a produção de lacticínios. Exemplar com título
de posse na página de anterrosto.
€50
574. RAMOS. (Feliciano) FREI LUÍS DE SOUSA DE ALMEIDA GARRETT. I - Introdução Biográfica e Crítica; II - Texto e
Memória ao Conservatório; III - Anotações Histórico-Literárias. [Por]... Professor do Liceu Nacional de Braga. Livraria Cruz.
Braga. 1956. De 22x16 cm. Com 102 pags. Exemplar por abrir e com dedicatória de Feliciano Ramos sobre a folha de rosto.
€15
575. RAMOS. (Hélio) LOULÉ. TERRA DE ENCANTOS. Edição da Câmara Municipal de Loulé. 1999. De 31x23 cm. Com 99
pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado.
€25
576. RAPOSO. (Eduardo M.) CANTORES DE ABRIL. Entrevistas e cantores e outros protagonistas do «Canto de Intervenção».
Prefácio de Manuel Alegre. Edições Colibri. Lisboa. 2000. De 23x16 cm. Com 220 pags. Brochado. Ilustrado.
€20
577. RATES. (J. Carlos) A DITADURA DO PROLETARIADO. Secção editorial de «A Batalha». Lisboa. 1920. De 18x12 cm.
Com 100 pags. Brochado.
€30
578. RATES. (J. Carlos) A RUSSIA DOS SOVIETES. As teorias revolucionarias – Como se faz a Revolução – Os homens e ao
factos – A vida economica e social – Aspectos da Russia. Livraria Editora Guimarães & Cª. Lisboa. 1925. De 19x13 cm. Com
254 pags. Encadernação da época com lombada e cantos em pele. Exemplar com ex-libris.
€30
579. RAU. (Virgínia) CENAS DA VIDA PARISIENSE NA CORRESPONDÊNCIA DE DUARTE RIBEIRO DE MACEDO
(1668-1676). [In] Bulletin des Etudes Portugaises. Nouvelle Série. Tome trente. Institut Français au Portugal. Lisboa. 1969. De
24x17 pags. Com 22 pags (da pag. 95 à 117). Brochado.
€10
580. REBELO GONÇALVES. (F.) A FALA DO VELHO DO RESTELO. Aspectos clássicos deste episódio camoniano.
[Por]… Doutor em Letras. Imprensa Nacional. Lisboa. 1933. De 24x16 cm. Com 72 pags. Brochado. Exemplar com
dedicatória do autor.
€40
581. REDMOND. (D. A.) PEQUENO GUIA PARA BIBLIOTECAS TÉCNICAS. Organização e funcionamento. Textos e
documentos. Nº3. Biblioteca Central. Universidade de Luanda. Luanda. 1969. De 29x20 cm. Com ii-39 fólios. Brochado.
Ilustrado com a planta do interior das instalações. Exemplar dactilopolicopiado (fólios impressos apenas nas páginas
anteriores).
€20
582. REGULAMENTO DA ARBITRAGEM [FUTEBOL]. Federação Portuguesa de Futebol. Aprovado em Assembleia Geral
da F. P. F. de 13/5/1983. Lisboa. 1983. De 21x15 cm. Com 30 pags. Brochado.
€10
583. REGULAMENTO DAS EDIFICAÇÕES URBANAS. Câmara Municipal de Sintra. Sintra. 1962. De 21x14 cm. Com 20
pag. Brochado.
€10
584. REIS GOMES. (J.) PORTUGAL-BRASIL. Alocução produzida no banquete oferecido no dia 20 de junho de 1922, pelo
ilustre Consul do Brasil, Exmo. Sr. Dr. Amynthas de Lima, às autoridades madeirenses, imprensa e comissão dos festejos em
honra dos aviadores portugueses Gago Coutinho e Sacadura Cabral. Typographia Esperança. Funchal. 1922. De 26x17 cm.
Com 17 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor. Nota em anterrosto: desta edição nenhum exemplar foi posto à
venda.
€50
585. REIS. (José Alberto dos) e António do Amaral Cabral. CÓDIGO COMERCIAL PORTUGUÊS. 5ª Edição revista e
actualizada. Por Professor... e Conselheiro.... Em Apêndice Título VI do Livro II do Código (artigos 278º a 343º) Legislação e
Convenções Internacionais. Coimbra Editora, Limitada. Coimbra. 1959. De 23x16 cm. Com 500 pags. Brochado.
€20
586. RELATÓRIO APRESENTADO PELA DIRECÇÃO DA ASSOCIAÇÃO COMMERCIAL DO FUNCHAL, da sua
gerencia do anno em 30 de Junho de 1883. Typographia Funchalense. Funchal. 1884. De 23x17 cm. Com 24 pags. Brochado
deve ser encadernado.
€40
587. RELATORIO DA DIRECÇÃO APRESENTADO EM 25 DE DEZEMBRO DE 1871. [Junto com]: RELATORIO DA
DIRECÇÃO APRESENTADO EM 25 DE DEZEMBRO DE 1872. Companhia Fabril de Assucar Madeirense. Sociedade
Anonyma. Responsabilidade Limitada. Typ. da «Voz do Povo». 1871 e 1872. 2 volumes. De 30x21 cm. Com 30 e 24 pags.
Ilustrados com quadros contabilísticos em extra-texto.
€90
588. RELATORIO. Junta Agricola da Madeira. 1915. Off. Da Ilustração Portuguesa. Lisboa. 1915. De 24x16 cm. Com 53 pags.
Brochado. Exemplar com dedicatória de Ribeiro Brás.
€25
589. RENOUIL (Yves) DICTIONNAIRE DU VIN. Édition refondue et augmentée du dictionnaire-manuel du négociant en vins
et spiritueux et du maitre de chai d’Édouard Féret. Sous la direction de… Ingénieur Chimiste Oenologue, Conseiller technique
d’Organisme vinicoles. Avec la collaboration de Paul de Traversay Ancien Éleve de l’École Polytechnique. Préface du Baron
Le Roy [etc]. Avant-propos du Professeur Georges Portmann [etc]. Féret et Fils. Bordeaux. 1962. De 24x18 cm. Com 1374
pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado no texto. Exemplar com títulos de posse sobre a folha de rosto.
€80
590. RERIZ. (Maria) ARCHOTES ENTRE A BRUMA. Romance. Portugália Editora. Lisboa. De 19x13 cm. Com 297 pags.
Brochado.
€20
591. RIBEIRO. (Aquilino) LEAL DA CÂMARA. Vida e obra. Direcção artística de Abel Manta. Livraria Bertrand. Livraria
Bertrand. Lisboa. De 35x25 cm. Com 121 pags. Brochado. Ilustrado com fac-similes a cores (em extra-texto) com as
reproduções das obras do artista plástico. Tiragem de 1000/944 ex. rubricados pelo autor.
€80
592. RIBEIRO. (Aquilino) O ROMANCE DE CAMILO. Por… Desenhos de Júlio Pomar. Litografias em extra-texto de Carlos
Botelho e Júlio Pomar. [Documentação fotográfica de Mário Novais]. Edições Artísticas Fólio. Lisboa. 1957. De 28x22 cm.
Com 514 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado. Tiragem 911/1700 ex. com a chancela de Aquilino Ribeiro.
€150
593. RIBEIRO. (Aquilino) PRÍNCIPES DE PORTUGAL. Suas Grandezas e Misérias. Ilustrações de Cândido Costa Pinto.
Livros do Brasil. Lisboa. 1952. De 19x13 cm. Com 228 pags. Brochado. Ilustrado. Exemplar por abrir.
€50
594. RIBEIRO. (Jos. M. M.) CÓDIGO COMMERCIAL TELEGRAPHICO «RIBEIRO». Luso-Brazileiro. (Para transmissão
de telegrammas com o mais absoluto segredo e economia). Absolutamente indispensavel a todos os bancos, banqueiros,
financeiros, negociantes, companhias de navegação e de seguros, sociedades, companhias e empresas coloniaes, fabricantes,
commercio geral de importação e exportação (particularmente entre Portugal, Brazil e Africa e entre todos os paizes da Europa
e America em relação com aquelles), commissarios e consignatarios, corretores e capitalistas interessados em valores de bolsa,
etc, etc. O Primeiro código geral telegraphico publicado em lingua portugueza. Por… Imprensa Libanio da Silva. Lisboa. 1900.
De 27x33 cm (formato oblongo). Com 311-309 pags. Encadernação do editor com lombada em pele. Ilustrado com um retrato
do autor em anterrosto. Obra contém um código que transpõe frases inteiras em palavras de código.
€120
595. RICHIE. (Donald) INTRODUCING JAPAN. Text by… Foreword by Edwin Reischauer. Kodansha International, Lda.
Tokyo, New York & San Francisco. 1980. De 30x23 cm. Com 72 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado. €25
596. RIPERT. (Georges) PRÉCIS DE DROIT MARITIME. Por... Membre de L'Institut, Professeur Honoraire à la Faculté de
Droite de Paris. Petits Précis Dalloz. Septiéme édition. Librairie Dalloz. Paris. 1956. De 18x12 cm. Com 483 pags. Brochado.
€15
597. ROCHA MARTINS. (Francisco) BOCAGE (EPISÓDIOS DA SUA VIDA). Novela histórica. [Por]... da Academia das
Ciências de Lisboa. Tip. da Empresa Nacional de Publicidade. Lisboa. 1936. De 21x15 cm. Com 323 pags. Brochado.
Exemplar por aparar.
€30
598. ROCHA MARTINS. CORRESPONDENCIA DO 2.º VISCONDE DE SANTAREM colligida, coordenada e com
annotações de … (da Academia de Sciencias de Lisboa) Publicada pelo pelo 3.º Visconde de Santarem. Alfredo Lamas, Motta
&.ª Lda. Lisboa. 1918. Obra em 8 volumes. De 22x16 cm. Brochado deve ser encadernado. Correspondência do Visconde de
Santarém entre 1827 e 1855.
€200
599. ROCHA SOUTO. DO REGIME JURÍDICO DA CONTA EM PARTICIPAÇÃO NO DIREITO PORTUGUÊS. Por...
Advogado. (Dissertação realizada no Instituto da Conferência da Ordem dos Advogados, no Ano Judicial de 1952-1953).
Comp. e Imp. nas Oficinas Gráficas de Albano Tomás dos Anjos, Lda. Lisboa. 1956. De 23x17 cm. Com 14 pags. Brochado.
Exemplar com carimbo oleográfico de posse.
€10
600. ROCHA SOUTO. DOS FACTOS EXTINTIVOS OU DISSOLUTIVOS DO CONTRATO MERCANTIL DE CONTA
EM PARTICIPAÇÃO. Por... Advogado. (Dissertação realizada no Instituto da Conferencia da Ordem dos Avogados, no ano
judicial de 1952/53). Comp. e Imp. nas Oficinas Gráficas de Albano Tomás dos Anjos, LDA. Lisboa. 1955. De 23x17 cm.
Com 29 pags. Brochado.
€10
601. RODRIGUES [CASTILHO]. (António Feliciano) SONETOS. Illustrados com vinte e seis photogravuras de costumes e
paisagens da Ilha da Madeira. Acompanhados d’um prefacio em inglez pelo Dr. Alberto Jardim (Professor do Liceu do
Funchal) e uma carta aberta ao auctor pelo Major de Artilharia J. Reis Gomes (Professor do Liceu do Funchal). Oficinas
Ilustração Portugueza. Lisboa. 1916. De 29x20 cm. Com 78 pags. Profusamente ilustrado com fotogravuras da ilha da
Madeira. Exemplar com dedicatória de oferta sobre a folha de rosto.
€150
602. RODRIGUES CAVALHEIRO. (António) JÚLIO DE CASTILHO MESTRE DE PRÍNCIPES. Pelo académico de
número... Separata dos «Anais». Academia Portuguesa da História. Lisboa. MCMLXIX. [1969]. De 26x19 cm. Com 91 pags.
Brochado. Exemplar com dedicatória do autor.
€20
603. RODRIGUES DE OLIVEIRA. (Cristóvão) LISBOA EM 1551. SUMÁRIO em que brevemente se contêm algumas
coisas assim eclesiásticas como seculares que há na cidade de Lisboa (1551). Apresentação e notas de José da Felicidade
Alves. Livros Horizonte. Lisboa. 1987. De 21x14 cm. Com 151 pags. Brochado. Exemplar com título de posse na folha de
rosto.
€20
604. RODRIGUES QUEIRÓ. (Afonso) CONSTITUIÇÃO POLÍTICA DA REPÚBLICA PORTUGUESA. Aprovada pelo
Plebiscito Nacional de 19 de Março de 1933 entrada em vigor em 11 de Abril do mesmo ano e modificada pelas leis n.º
1885, 1910, 1963, 1966, 1009, 1048 e 2100, respectivamente de 23 de Março e de 23 de Maio de 1935, 21 de Dezembro de
1936, 18 de Dezembro de 1937, 23 de Abril de 1938, 17 de Setembro de 1945, 11 de Junho de 1951 e 29 de Agosto de 1959.
5.ª edição revista. Coimbra Editora, Limitada. 1963. De 24x17 cm. Com 112 pags. Brochado. Exemplar nº 1489 (de uma
tiragem não justificada) rubricado pelo autor e com título de posse no anterrosto.
€20
605. RODRIGUES. (F. Conceição) O PALÁCIO DA JUNTA GERAL E OS DEVANEIOS DO “MENINO E CONEGO”.
Tip. do Bazar do Povo. Funchal. 1928. De 19x13 cm. Com 79 pags. Brochado. Exemplar por abrir e com cinta promocional do
editor.
€40
606. ROQUE DA FONSECA. (Joaquim) EXPANSÃO ECONÓNICA DE PORTUGAL. [Por]... Director da Associação
Comercial de Lisboa, Vogal do Conselho do Serviço Técnico Aduaneiro. Prefácio do Prof. Doutor José Caeiro da Mata,
Ministro dos Negócios Estrangeiros, Reitor da Universidade de Lisboa. [Ottosgrafica, Lda]. Lisboa. 1933. De 25x17 cm. Com
88 pags. Brochado. Exemplar da tiragem normal.
€20
607. ROQUE DA SILVA. (M.) O LIMITE DAS RIQUEZAS. A aposentação dos ricos. Reforma social universal. Solução do
problema social pelo limite das riquezas e a aposentação dos ricos: Tratado de Roque. Livraria Alves & Ferreira. Lisboa. De
20x13 cm. Com 190 pags. Brochado.
€50
608. ROQUE LAIA. (M.) O CONTRATO DE LOCAÇÃO - E EM ESPECIAL O ARRENDAMENTO URBANO - NO
PROJECTO DO NOVO CÓDIGO CIVIL. Por... Advogado. Texto da Exposição feita no Instituto da Conferência da Ordem
dos Advogados em 15/6/66. Edição do Autor sob o patrocínio da A. I. L. Lisboa. 1966. De 27x18 cm. Com 37 pags. Brochado.
€20
609. ROUHET. (Georges) e Prof. Desbonnet. L’ART DE CRÉER LE PUR-SANG HUMAIN. Par Le Dr… de la Faculte de
Médecine de Paris [etc] et Le Professeur… Fondateur des Écoles de Culture Physique [etc]. Préfaces de M. G. Strehly et de M.
Albert Surier. Avec cent quatre-vingt-deux photographies et gravures. Berger-Levrault & Cª, Éditeurs. Paris. 1908. De 22x14
cm. Com lxxv-397 pags. Brochado precisa ser encadernado. Profusamente ilustrado com 182 fotogravuras do culturismo físico
masculino.
€60
610. RUGENDAS. (Johann Moritz) VIAGEM PITORESCA ATRAVÉS DO BRASIL. Círculo de Livro, SA. São Paulo. S/d
[196?]. De 24x15 cm. Com 257 pags. Encadernação do editor. Ilustrado em extra-texto. Exemplar com mancha de humidade
no interior.
€40
611. SÁ PEREIRA. (Virgílio de) O NOVO CÓDIGO PENAL [BRASILEIRO]. Projecto de Código Penal apresentado ao
Poder Executivo. [Por]… (Juiz da Côrte de Apelação do Distrito Federal). In BOLETIM DO INSTITUTO DE
CRIMINOLOGIA. Vol. XIV, Ano XI. Revista de Criminologia, Antropologia, Polícia Scientifica, Psiquiatria e Legislação.
Publicada sob a direcção de Rodolfo Xavier da Silva Professor do Curso Superior de Medicina Legal [etc]. Redactor principal
Dr. J. R. Gonçalves Viterbo Médico-Assistente [etc]. Tip. da Cadeia Nacional. Lisboa. 1932. De 23x16 cm. Com 138 pags [da
pag. 31 a 169]. Brochado. Exemplar com anotações marginais coevas.
€50
612. SABUGOSA. (Conde de) A RAINHA D. LEONOR 1458-1525 [Por]… Portugalia Editora. Lisboa. 1921. De 24x20 cm.
Com 378 pags. Encadernação com lombada em percalina, danificada. Ilustrado com iconografia e arquitectura relacionada com
a Rainha Dona Leonor.
€30
613. SALGADO. (Maria Antonieta) A POLÉMICA SOBRE O RETRATO DE VÉNUS. Introdução de ... Temas Portugueses.
Imprensa Nacional Casa da Moeda. Lisboa. 1983. De 24x15 cm. Com 311 pags. Brochado.
€20
614. SANCEAU. (Elaine) EM DEMANDA DO PRESTE JOÃO. Com notas da Autora para esta edição. Tradução do Dr. José
Francisco dos Santos. Livraria Civilização, Editora. Pôrto. 1939. De 20x13 cm. Com 384 pags. Encadernação com lombada e
cantos em pele. Ilustrado com gravuras extra-texto impressa sobre papel couché e mapas desdobráveis. Contém uma
cronologia dos contacto e da descoberta da Etiópia pelos portugueses desde 1415 até 1634. Exemplar mantém capas originais
de brochura.
€50
615. SANNINO. (Dr. F. A.) TRATADO DE ENOLOGÍA. Por el professor… Director de la Real Escuela de Viticultura y
Enologia de Alba (Cuneo). Versón de la 2ª edición italiana por el ingeniero Arnesto Mestre, Jefe del Sevicio Agronómico de
las Baleares. Gustavo Gili, Editor. Barcelona. MCMXXV [1925]. De 25x17 cm. Com vi-920 pags. Encadernação do editor.
Ilustrado. Exemplar com título de posse na página de rosto.
€150
616. SANTARÉM. (2º Visconde de) OPUSCULOS E ESPARSOS. Colligidos e coordenados por Jordão de Freitas. Novamente
publicados pelo 3º Visconde de Santarém. Imprensa Libanio da Silva. Lisboa. 1910. Obra em 2 volumes. De 29x21 cm. Com
xi-478 e 492 pags. Encadernações da época (meia-amador) com lombadas e dianteiras das pastas em pele gravadas com finos
ferros a ouro. Corte das folhas aparado apenas à cabeça. Ilustrado com os fac-similes dos frontispícios das obras aqui reunidas.
€200
617. SANTO ANTONIO. Responso e Oração. Lisboa. S/d [194?]. De 10x7 cm. Com 15 pags. Brochado.
€30
618. SANTOS COSTA. (Maria de Lourdes de Oliveira Monteiro dos) PORTO SANTO. MONOGRAFIA LINGUÍSTICA,
ETNOGRÁFICA E FOLKLÓRICA. Separata da Revista Portuguesa de Filologia. Vols. I, II e III. Casa do Castelo, Editora.
Coimbra. 1950. De 24x17 cm. Com 182-(i) pags. Brochado. Ilustrado com fotogravuras no texto e desenhos etnográficos de
objectos do mundo rural.
€150
619. SANTOS CRAVINA. A EPOPEIA DE SALAZAR. [Por]... 3ª edição. Capital do Império. Pró Ano XIII da Revolução
Nacional. [Depositária: Tipografia Fonseca]. Porto. 1949. De 19x14 cm. Com 134 pags. Encadernação do editor inteira de pele
com ferros decorativos a ouro e a seco sobre as pastas. Edição em papel creme de elevada qualidade.
€80
620. SANTOS CRAVINA. CAPARICA DO PADRE BALTAZAR. Livraria Latina Editora. Porto. De 20x12 cm. Com 281 pags.
Brochado. Ilustrado.
€60
621. SANTOS SEGURADO. (João Emílio dos) ALVENARIA E CANTARIA. Biblioteca de Instrução Profissional dirigida por
Thomaz Bordallo Pinheiro. 2.ª Edição. Livrarias Aillaud e Bertrand. Aillaud, Alves & Cª. Paris (Livraria Aillaud) Lisboa
(Livraria Bertrand). Livraria Francisco Alves & Cª. Rio de Janeiro-S. Paulo-Belo Horizonte. S/D. De 18x11 cm. Com 254
pags. Encadernação do editor. Ilustrado.
€60
622. SANTOS VICENTE. (Artur dos) INFRACÇÕES CONTRA A SAÚDE PÚBLICA E ANTIECONÓMICAS. Por...
Advogado. Decreto-Lei Nº 41.204 de 24 de julho de 1957. Comentado e anotado com referência aos diplomas anteriormente
publicados e que lhe dizem respeito. Edição de: Sociedade Editora de «O Comércio de Víveres», LDA. Lisboa. S/d. De 23x16
cm. com 61 pags. Brochado.
€10
623. SANTOS-FONSECA. (Emma Romero) e Vera Gharb. ARTE DO CANTO. Breves noções. Inprensa da Livraria Ferin.
Lisboa. 1927. De 22x17 cm. Com 241 pags. Encadernação recente em percalina castanha com letras a ouro na lombada.
Ilustrado e com retrato da autora na folha de anterrosto. Exemplar com leves sublinhados a lápis preserva capas de brochura
originais, com restauros de papel na capa anterior.
€40
624. SÃO JOÃO DE DEUS. Homenagem de Portugal ao seu glorioso filho. 1550-1950. Bertrand, Irmãos, Lda. Lisboa. 1950. In
fólio (de 41x30 cm). Com 308-i pags. Encadernação com lombadas e cantos em pele. Profusamente ilustrado com
fotogravuras, mapas e reproduções de gravuras e documentos da época.
€120
625. SARAIVA LIMA. INICIAÇÃO TAUROMÁQUICA. Por... Editorial Inquerito Limitada. Lisboa. 1945. De 19x14 cm. Com
206 pags. Brochado. Ilustrado com 16 estampas. Exemplar com dedicatória.
€60
626. SARAIVA. (António José) A INQUISIÇÃO PORTUGUESA. 3ª edição novamente revista. Colecção Saber. Publicações
Europa-América. Lisboa. 1964. De 18x12 cm. Com 121 pags. Brochado. Exemplar com título de posse no anterrosto.
€20
627. SARAIVA. (António José) DICIONÁRIO CRÍTICO DE ALGUMAS IDEIAS E PALAVRAS CORRENTES. Colecção
Estudos e Documentos. Publicações Europa - América. Lisboa. 1960. De 19x13 cm. Com 209 pags. Brochado. Contém
capítulos temáticos sobre conceitos de «Esquerda» e «Direita»; Democracia e Progresso Social; etc.
€20
628. SARAIVA. (José) MONUMENTOS DE PORTUGAL. LEIRIA. N.º 6. Breve estudo crítico das suas origens e notícia
histórica, archeologica e artística, das ruínas do seu Castello, da Cathedral, do Santuário da Sra. da Encarnação e da Egreja de
São Pedro. Por... Professor do Lyceu de Leiria e Sócio da Associação dos Archeológos Portuguezes. Fotografias de Alvão &
C.ª. Capa de Amoroso Lopes. Desenhos e Tarjas de Manoel Abella y Fernandez. Litografia Nacional – Edições. Porto. 1929.
De 17x13 cm. Com 134 pags. Brochado. Profusamente ilustrado com 38 gravuras extra-texto e um panorama desdobrável do
aspecto geral das ruínas do Castelo de Leiria antes da sua reconstrucção, bem como um mapa desdobrável do mesmo castelo.
€20
629. SARAIVA. (José) OS PAINÉIS DO INFANTE SANTO. Por… impresso na Tipografia Central. Leiria. 1925. Brochado.
Ilustrado com gravuras em extra texto sobre papel couché. Texto com vinhetas e letras capitais decorativas. Capas de brochura
da autoria de Alberto Souza.
€50
630. SARMENTO. (Alberto Artur) AS AVES DO ARQUIPÉLAGO DA MADEIRA. [Por]… Antigo Professor de Ciências
Naturais. [Composto e impresso no Diário de Notícias]. Funchal. Madeira. 1936. De 28x20 cm. Com 134-(viii) pags.
Brochado.
€120
631. SARMENTO. (Alberto Artur) MAMIFEROS DO ARQUIPÉLAGO DA MADEIRA. [Por]… Antigo Professor de
Ciências Naturais. [Composto e impresso no Diário de Notícias]. Funchal. 1936. De 24x20 cm. Com pags. Brochado. Ilustrado
no texto. Obra com a descrição da origem e da extinção próxima do 'Equus Caballus (madeirensis)'.
€120
632. SARMENTO. (Alberto Artur) SUBSIDIO PARA O ESTUDO DAS FORMIGAS DA MADEIRA. [Por]… Antigo
Professor de Ciências Naturais. [Composto e impresso no Diário de Notícias]. Funchal. Madeira. 1937. De 28x20 cm. Com 39
pags. Brochado.
€80
633. SCHONBERG. (Jean-Louis) VERDADEIRA HISTÓRIA DOS CONCÍLIOS. Colecção Estudos e Documentos.
Publicações Europa-América. Lisboa. 1964. De 19x13 cm. Com 265 pags. Brochado. Exemplar com ex-libris olegráfico na
capa de brochura.
€15
634. SÉRGIO. (António) ANTOLOGIA DOS ECONOMISTAS PORTUGUESES. (SÉCULO XVII). Obras em português.
Selecção, prefácio e notas de… Publicações da Biblioteca Nacional. Oficinas Gráficas da Biblioteca Nacional. Lisboa. 1924.
De 22x15 cm. Com 392 pags. Brochado. Obra com a transcrição dos seguintes opúsculos: Diálogos do sítio de Lisboa; Dos
Remédios para a falta de Gente; e Introdução das Artes no Reino.
€40
635. SERRÃO. (Joel) DA «REGENERAÇÃO» À REPÚBLICA. Livros Horizonte. 1990. De 21x14 cm. Com 235 pags.
Brochado. Obra com a abordagem do período entre 1807 a 1911; compreendendo a primeira Regeneração (1807-1832); a
segunda Regeneração (1832-35); o Setembrismo (1836-42) e por fim a Regeneração finalmente assumida em 1851.
€20
636. SERRÃO. (Joel) DO SEBASTIANISMO AO SOCIALISMO EM PORTUGAL. Colecção Horizonte. Livros Horizonte.
De 18x12 cm. Com 165 pags. Brochado.
€20
637. SERRÃO. (Joel) LIBERALISMO, SOCIALISMO, REPUBLICANISMO. Antologia de pensamento político português.
2ª edição. Selecção, introdução e notas de... Livros Horizonte. Lisboa. 1979. De 21x14 cm. Com 368 pags. Brochado.
€20
638. SHAKESPEARE. OBRAS DE… Direcção literária de Luís de Sousa Rebelo. Edição de José Scarpa. Composto e impresso
por Scarpa, Limitada. Lisboa. S/d [1960]. 3 volumes. De 28x24 cm. Com 429 e 872 pags. Encadernações editoriais inteiras de
pele com ferros decorativos a ouro em super-libris. Ilustrado com fotogravuras das representações inglesas. Direcção artística
de Manuel Lapa. Coordenação editorial de Manuel do Nascimento.
€150
639. SILVA DIAS. (Graça) DE GIL VICENTE A CAMÕES. Culturas e Mentalidades. Centro de História da Sociedade e da
Cultura da Universidade de Coimbra. Coimbra. 1980. De 23x17 cm. Com 46 pags. Brochado. Exemplar com dedicatória da
autora na folha de rosto, sublinhados e anotações no interior; e forte mancha de derrame de tinta nas primeiras duas folhas.
€20
640. SILVA LOURO. (Padre Henrique da Silva) VILA BOIM E A SUA HISTÓRIA. [Por]... da Asssociação dos Arqueólogos
Portugueses. Gráfica Eborense. Évora. 1961. De 24x17 cm. Com 140 pags. Brochado. Ilustrado e com uma cronologia dos
párocos de Vila Boim desde o ano de 1370 e um capítulo com a listagem dos bens da Casa de Bragança que predomina na
propriedade fundiária local.
€20
641. SILVA MACHADO. (Alfredo da) ELUCIDARIO PARA O ENSAIO DAS SUBSTANCIAS MEDICINAES. 2ª edição,
refundida e muito augmentada do «Elucidário aos ensaios das substancias medicinaes recomendados na Pharmacopeia
Portugueza». Por… Chefe do Serviço Pharmaceuticodo Hospital Estephania. Administração da «Gazeta de Pharmacia».
Lisboa. S/d [1884]. De 24x16 cm. Com viii-248 pgs. Brochado deve ser encadernado. Exemplar com falta do fólio v/vii
preliminar e com lombada reparada.. BNP não refere. Inocêncio não menciona o autor nem a obra. Trata-se de um manual para
o controlo da qualidade da produção farmacêutica.
€60
642. SILVA REGO. (A. da) O ULTRAMAR PORTUGUÊS NO SÉCULO XIX (1834-1910). [Por]... Prof. do Instituto Superior
de Ciências Sociais e Política Ultramarina (Palestras na Emissora Nacional de 16 de Fevereiro a 21 de Setembro de 1965). 2ª
Edição. Agência-Geral do Ultramar. Lisboa. MCMLXIX [1969]. De 23x16 cm. Com xvi-446 pags. Brochado. Obra dividida
por temas e com um extenso índice onomástico, geográfico e ideográfico.
€30
643. SILVA REGO. A PROPÓSITO DO ARQUIVO HISTÓRICO DE ANGOLA. [Por] ... (Professor do Instituto de Ciências
e Política Ultramarina). Imprensa Nacional de Angola. 1965. De 26x19 cm. Com 14 pags. Brochado.
€10
644. SILVA RIBEIRO. (Luís da) NOTÍCIA HISTÓRICA DA ADVOCACIA EM PORTUGAL [Por]… advogado. Tipografia
Editora Andrade. Angra do Heroísmo. 1929. De 19x12 cm. Com 148 pags. Brochado. Obra sobre as condições do exercício da
advocacia desde os tempos da monarquia: deveres profissionais, privilégios, relações com os clientes, honorários, penalidades,
relações entre magistrados e advogados, os advogados e os procuradores, o vestuário dos advogados, os usos e costumes, os
processos mais importantes, a relação entre os advogados e os militares, os médicos, os políticos, a fundação da Associação
dos Advogados de Lisboa em 1838. Apresenta-se ainda um apêndice com os casos mais importantes da advocacia portuguesa
em séculos passados: o caso da sucessão da Casa de Aveiro, a defesa do jornal periódico «A Nação», e outros.
€80
645. SILVA. (Eduardo) CURAS MARAVILHOSAS. Realizadas pelo Dr… Typ. Industrial de S. Paulo. Estados Unidos do
Brazil. 1899. De 23x15 cm. Com 238 pags. Brochado. Ilustrado com o retrato do autor.
€50
646. SILVA. (Fernando Augusto da) PAROQUIA DE SANTO ANTONIO DA ILHA DA MADEIRA. Alguns subsídios para a
sua história. [Por] Padre... Edição do autor. Funchal. 1929. De 19x13 cm. Com 231 pags. Brochado. Exemplar com pequeno
rasgo na capa de brochura; e dedicatória do autor.
€50
647. SILVA. (Pedro) PORTUGAL ANCESTRAL. Mitos e mistérios. Prefácio. Lisboa. 2010. De 23x15 cm. Com 232 pags.
Brochado. Ilustrado.
€30
648. SILVIA. (Fernanda Santos) e A. Victor Machado. CRAVOS DE STO. ANTÓNIO. (Cantigas para o Povo). Edição de
Couto Martins. Lisboa. 1933. De 14x9 cm. Com cerca de 30 fólios inumerados. Contém 176 quadras poéticas dos cravos de
Sto. António.
€25
649. SMITH. (John M.) JEAN VIGO. November Books Limited. London. 1972. De 17x15 cm. Com 144 pags. Brochado.
Profusamente ilustrado.
€20
650. SOARES MARTÍNEZ. (Pedro) A OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA. Esboço do seu conceito e do seu desenvolvimento.
Por... Professor Catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa. Cadernos de Ciência e Técnica Fiscal. [Comp. e Imp. na Tip.
da E. N. P. Secção Anuário Comercial de Portugal]. Lisboa. 1963. De 21x15 cm. Com 199 pags. Brochado.
€15
651. SOARES. (Pedro) TARRAFAL, CAMPO DA MORTE LENTA. 2ª edição. Colecção «Resistência» Nº 4. Edições Avante.
Lisboa. 1975. De 21x14 cm. Com 75 pags. Brochado.
€20
652. SOCIEDADE DE BENEFICENCIA BRASILEIRA EM LISBOA. Relatório e Contas. Anno de 1878. Typographia
Universal. Lisboa. 1879. De 21x16 cm. Com 22 pags. Brochado.
€15
653. SOCIEDADE HIDRO-ELÉCTRICA DO REVUÉ S.A.R.L. Exercício de 1964. Relatório de Contas do Conselho de
Administração e parecer do Conselho Fiscal. Lisboa. 1965. De 23x16 cm. Com 11 pags. Brochado. Ilustrado com
fotogravuras; peças contabilisticas; e quadros estatísticos deste empreendimento da engenharia portuguesa em Moçambique
entre 1954 e 1964.
€20
654. SOUSA COSTA. EM BUSCA DO PARAÍSO… POR ESPANHA, FRANÇA E PORTUGAL. [Por]… da Academia das
Ciencias de Lisboa. Livraria Editora Guimarães & Cª. Lisboa. 1934. De 19x12 cm. Com 265 pags. Brochado. Exemplar por
abrir.
€30
655. SOUSA COSTA. GRANDES DRAMAS JUDICIÁRIOS (TRIBUNAIS PORTUGUESES). [Por]… da Academia de
Ciencias de Lisboa. Editorial “O Primeiro de Janeiro”. Porto. 1944. De 31x26 cm. Com 395 pags. Encadernação com lombada
e cantos em pele. Profusamente ilustrado e com gravuras e vinhetas de Fernando Carlos.
€120
656. SOUSA D'ALMEIDA. (Eduardo) UM POVO MIÚDO (NOTAS SÔBRE A VIDA DAS ABELHAS). Por... Agrónomo.
Biblioteca Cosmos. Direcção do Prof. Bento de Jesus Caraça (da Universidade Técnica de Lisboa). Nº 33. 1ª secção. Númº 15.
Ciências e Técnicas. Lisboa. 1943. Brochado. Com 110 pags. Brochado.
€20
657. SOUSA DIAS. (Gastão de) NOTAS SOBRE UMA VISITA A VILA VIÇOSA. SOUSA DIAS. (Gastão de) NOTAS
SOBRE UMA VISITA A VILA VIÇOSA. Separata da Revista “Ocidente”. Volume XLV. Editorial Império. Lisboa. 1953. De
24x18 cm. Com 15 pags. Brochado. Ilustrado.
€30
658. SOUSA LEITE. (A. Filomeno Lourenço de) COMPÊNDIO DE NOÇÕES DE COMÉRCIO. Por... Licenciado em
Ciências Económicas e Financeiras, Professor efectivo do ensino técnico. Depositária Livraria Figueirinhas. Porto. S/d. [1958].
De 22x15 cm. Com 238 pags. Encadernação do editor. Ilustrado. Exemplar nº5178 autenticado pelo Ministério da Educação
Nacional como Livro Único.
€20
659. SOUSA SOARES. (Torcato de) D. AFONSO HENRIQUES: O SEU GOVERNO, SOB O PONTO DE VISTA
POLÍTICO. Conferência proferida na Sociedade de Independência de Portugal em 13 de Julho de 1979. [Pelo] Prof. Doutor...
Lisboa. 1979. De 24x17 cm. Com 14 pags. Brochado.
€10
660. SOUSA. (Arlindo de) ORIGEM DE LISBOA. Publicação da Câmara Municipal de Lisboa. Lisboa. 1948. De 22x15 cm.
Com 143 pags. Brochado.
€40
661. SOUSA. (Eduardo de) APÓS MONSANTO. Lumen Empresa Internacional Editora. Lisboa. 1921. De 19x12 cm. Com 122
pags. Brochado. Exemplar com dedicatória do autor dirigida ao Presidente da República Portuguesa. Obra sobre a revolta de
Monsanto de Janeiro de 1920.
€60
662. SPINOLA. (Ismael Joaquim) PRECIOSIDADES IGNORADAS NO EX-CONVENTO DOMINICANO DE
MONTEMOR-O-NOVO. Editorial Minerva. Lisboa. 1965. De 25x19 cm. Com 93 pags. Brochado. Ilustrado.
€15
663. STENDHAL. (Henri-Marie Beyle) VERMELHO E NEGRO. (Edição integral). Tradução de José Marinho. Colecção
Centauro 'Inquérito'. Lisboa. 1943. De 24x19 cm. Com 367 pags. Encadernação da época com lombada em pele com finos
ferros a ouro, executada pelo mestre encadernador Frederico de Almeida.
€60
664. STUART TORRIE. (José) SECRETARIO E VOCABULARIO COMMERCIAL DA LINGUA INGLEZA.
Acompanhado dos documentos commerciaes mais usados. Por... Dedicado aos seus Alunos do Atheneu Commercial, Colégio
Nacional, Escola Estephania, Real Casa Pia, etc. Livraria de João D'Araujo Moraes. Lisboa. S/d [1903?]. De 18x13 cm. Com
277 pags. Encadernação editorial. Exemplar com título de posse na folha de rosto.
€20
665. SUL MENDES. (Maria Valentina C. A.) CATÁLOGO DE INCUNÁBULOS. Introdução, organização e índices por...
Biblioteca Nacional. Secretaria de Estado da Cultura. Presidência do Conselho de Ministros. Lisboa. 1988. De 25x18 cm. Com
442 pags. Encadernação do editor. Ilustrado com 16 fotografias a P/B e cores extratexto.
€50
666. TAUNAY. (Affonso d’E.) GRANDES VULTOS DA INDEPENDENCIA BRASILEIRA. Publicação Commemorativa do
Primeiro Centenário da Independencia Nacional. S. Paulo. Editora-Proprietária Companhia Melhoramentos de S. Paulo
(Weiszflog Irmãos Incorporado). Cayeiras-São Paulo-Rio. 1922. De 23x18 cm. Com 230 pags. Encadernação do editor.
Ilustrado em extra-texto com os retratos dos “pais fundadores” da nação brasileira em cromolitografias colocadas em molduras
tipográficas. Obra impressa a duas cores.
€90
667. TAVARES RODRIGUES. (Urbano) SANTIAGO DE COMPOSTELA. (Quadros e sugestões da Galiza). Edição da
Empresa Nacional de Publicidade. Lisboa. 1949. De 19x12 cm. Com 50 pags. Brochado. Exemplar por abrir e com leve
mancha de humidade marginal.
€10
668. TAVARES. (José) SUBSÍDIOS PARA O ESTUDO DA VINHA E DO VINHO NA REGIÃO DA MADEIRA. Edição da
Junta Geral do Distrito Autónomo do Funchal. [Tipografia da Escola Salesiana de Artes e Ofícios]. Funchal. 1953. De 24x17
cm. Com 55 pags. Brochado. Ilustrado com gravuras extra-texto com os trabalhos nas vinhas, nas vindimas, na transfega e no
armazenamento. Exemplar com título de posse sobre a folha de rosto.
€50
669. TEIXEIRA DA MOTA. (A.) CINCO SÉCULOS DE CARTOGRAFIA DAS ILHAS DE CABO VERDE. Agrupamento
de Estudos de Cartografia Antiga. Secção de Lisboa. Lisboa. 1961. De 30x20 cm. Com 6 pags. Brochado. Ilustrado co 24
estampas fac-similes de cartografia antiga.
€60
670. TEIXEIRA DE ARAGÃO. (A. C.) BREVE NOTICIA SOBRE O DESCOBRIMENTO DA AMERICA. Por… Socio
effectivo da Academia Real das Sciencias de Lisboa. Typographia da Academia Real das Sciencias de Lisboa. 1892. De 30x23
cm. Com 80 pags. Brochado deve ser encadernado. Ilustrado com fac-similes da carta de Mestre João - com a notícia do
descobrimento da constelação do Cruzeiro do Sul - e da primeira página da carta de Pêro Vaz de Caminha.
€60
671. TEIXEIRA DE SOUSA. (António) PARA A HISTÓRIA DA REVOLUÇÃO. [Impresso na Typ. da Emp. Litter. e
Typographica. Porto]. Livraria Editora Moura Marques & Paraísos. Coimbra. 1912. Em 2 volumes. De 18x12 cm. Com 430 e
508 pags. Brochados. Obra de grande valor informativo com o relato documentado dos acontecimentos políticos dos primeiros
dias de Outubro de 1910, acompanhada da referência a factos anteriores, com perfeita conexão causal, tendo sido escrita logo a
seguir à proclamação da República. António Teixeira de Sousa (1857-1917). Médico e político do Partido Regenerador natural
de Celeirós, Vila Real. Deputado em 1889 pelo círculo de Alijó. Governador civil de Braga (1894-95) e primeiro secretário da
Câmara dos Deputados (1894-98). Ministro três vezes tendo tido a pasta da Marinha e Ultramar em 1900, no gabinete Hintze
Ribeiro, e a da Fazenda em 1903 e 1906. Em 1910 foi o último Presidente de Ministério da Monarquia, contando com o apoio
de parte dos regeneradores e dos dissidentes progressistas. Inocêncio XXII, 362: 'Teixeira de Sousa possuía: Gran-cruz da
Ordem de Cristo (1903); Gran-cruz da Ordem de Carlos III, Espanha, 1900; Gran-cruz da Ordem de Salvador, Grécia, 1901;
Gran-cruz da Ordem de S. Maurício e S. Lázaro, Itália, 1903; Gran-cruz da Ordem de D. Afonso XII, Espanha, 1906'.
€80
672. TELES. (Pe. Baltazar) HISTÓRIA GERAL DE ETIÓPIA-A-ALTA. Por... Séc. XVII. Edições abreviadas de clássicos
portugueses. Organizadas por A. de Magalhãis Basto. Livraria Escolar 'Progredior'. Porto. 1936. De 18x12 cm. Com 400 pags.
Brochado. Com encarte desdobrável de mapa da Etiópia antes da conquista italiana, e corrigenda. Exemplar por abrir.
€50
673. TELLO. (Carolina) TRATADO DE CORTE E COSTURA. Grande Academia Brasil. Lisboa. 1950. De 22x16 cm. Com
115 pags. Brochado. Dactipolicopiado. Ilustrado com desenhos e moldes de peças de vestuário. Programa de curso em 36
lições. Exemplar com picos de humidade. Lombada cansada.
€40
674. TIAGO. (Manuel) A CASA DE EULÁLIA. Romance. Colecção Resistência. Edições Avante. Lisboa. 1997. De 21x14 cm.
Com 202 pags. Brochado. Exemplar com título de posse na folha de guarda e mancha de humidade marginal.
€20
675. TOLSTOI. (Leon) ANA KARENINE. Tradução de Vasco Valdez. Livraria Editora Guimarães & Cª. Lisboa. S/d [194?].
Obra em 2 volumes. De 19x13 cm. Com 381 e 406 pags. Encadernações com lombadas em pele executadas pelo mestre
encadernador Frederico d’Almeida.
€60
676. TRATADO DE 1661 ENTRE PORTUGAL E A INGLATERRA (E O SEU ANEXO SECRETO). Fac-simile fotográfico
reproduzido em fotolitos pelo Public Record Office State Papers Foreign Treaties (Sp 108) Marriages Nº. 545. (Londres), em
24.1.1949. De 40x30 cm. Com 28 fólios. Reprodução do original em latim: “Alfonsvs Dei Gracia Rex Portugalliae…
conclusus fuit tractatus de actioni pace stabilienda et praecipue de matrimónio inter Serenissimam Principissam Portugalliiae
Infantam sororem nostram et charissimam, et Serenissimum Carolum Secundum Magnae Britanniae ettc Regem…” [e por]
“Alfonsvs Dei Gratia Rex Portugalliae…Secretus Articulus supra omnia et singula, quae pacta et conclusa sunt in Tratactus de
Matrimónio…” Este tratado foi assinado por procuração, em Londres, por D. Francisco Manuel de Melo. A Inglaterra
respondeu ao pedido de auxílio de Portugal contra as ameaças da França através da assinatura, em Junho de 1661, de um
tratado militar no qual a Grã Bretanha jurou defender Portugal. Este tratado foi selado através do casamento real de Carlos II
com Catarina de Bragança. Esta rainha levou consigo um dote de dois milhões de cruzados e ainda as cidades de Tanger e
Bombaim.
€120
677. TRIGO. (Adriano A.) BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE OS MELHORAMENTOS DE QUE CARECE O PORTO
DO FUNCHAL. Communicação feita na sessão de 22 de Março de 1912 da Commissão nomeada por portaria de 8 de
Dezembro de 1911 para estudar e indicar ao Governo os melhoramentos de que carece o porto do Funchal. Pelo vogal Adriano
A. Trigo. Engenheiro Director interino das Obras Publicas do Districto. Typ. Diario de Noticias. Funchal. 1912. De 25x18 cm.
Com 17-4 pags. Brochado. Obra contém as Considerações nas primeiras 17 páginas e o Parecer da Comissão nas últimas 4
páginas.
€50
678. TÚMULO (O) DA RAINHA NOFRETARI. RECONSTITUIÇÃO FOTOGRÁFICA. Embaixada de França, Embaixada da
República Árabe do Egipto, Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa. 1979. De 20x22 cm. Com 40 pags. Brochado. Ilustrado.
€20
679. VALDEZ. (José) MANUAL DE VETERINÁRIA. Guia prático ao alcance de donos e tratadores de animais. Exterior,
higiene, doenças e seu tratamento, do cavalo, boi, porco, cão, carneiro e cabra. [Por]… Médico-veterinário. Livraria Guimarães
& Cª. Lisboa. S/d [1930]. De 20x15 cm. Com 515 pags. Encadernação da época em tela (pele diabo). Ilustrado com desenhos
da anatomia e da dentição dos animais. Exemplar com apontamentos coevos manuscritos; e títulos de posse no anterrosto e na
primeira página de texto.
€40
680. VALERIANO DE SÁ. (Francisco Xavier) VICE-REIS E GOVERNADORES DA ÍNDIA PORTUGUESA. Por ocasião
das Comemorações do V Centenário da chegada da Armada de Vasco da Gama à Índia. Macau. 1999. De 30x22 cm. Com 430
pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado com os retratos conhecidos de todos os Vice-Reis e Governadores, tendo
sido directamente reproduzidas as pinturas existentes na Galeria dos Vice-Reis do Archeological Museum, em Velha Goa.
€80
681. VAN ZELLER. (Rolando) ESTANHO: O FABRICO DE LOUÇA DE ESTANHO EM PORTUGAL. Separata da revista
«Museu». 1960. De 25x19 cm. Com 17 pags. Brochado. Ilustrado com fotogravuras de peças portuguesas. Exemplar com
dedicatória de oferta na folha de rosto. Contém lista dos artífices (picheleiros) desde o séc. XV até ao séc. XVIII e as suas
marcas de fabricação.
€20
682. VAQUINHAS. (Irene) «SENHORAS E MULHERES» NA SOCIEDADE PORTUGUESA DO SÉCULO XIX. Edições
Colibri. Lisboa. 2000. De 23x16 cm. Com 196 pags. Brochado. Profusamente ilustrado. Exemplar de trabalho com vincos de
manuseamento.
€20
683. VARELA ALDEMIRA. (Luís) A PINTORA JOSEFA GRENO. Nova autópsia dum velho caso no cinquentenário da
SNBA. [Por]… Vogal efectivo da Academia Nacional de Belas Artes, Presidente da Assembleia Geral da Sociedade Nacional
de Belas Artes. [Composto e impresso na Sociedade Industrial de Tipografia]. Lisboa. De 26x18 cm. Com 316 pags. Brochado.
Ilustrado. Exemplar por aparar.
€60
684. VARGAS. (José Manuel) FORAL DE LISBOA. 1500. Introdução, transcrição e notas… Arranjo Gráfico: Sarah Goes.
Edição Amigos de Lisboa. Lisboa. S/d [2001?]. De 29x23 cm. Com 92 pags. Encadernação do editor. Ilustrado com o
fac-simile fotográfico do foral.
€40
685. VASCO DA GAMA E A ÍNDIA. [Catálogo de exposição temporária]. Capela da Sorbonne. 11 Maio – 30 Junho. Lisboa.
Paris. 1998. De 30x23 cm. Com 189 pags. Encadernação do editor. Profusamente ilustrado com as peças da colecção exposta e
reprodução de documentos e pinturas da época.
€50
686. VASCONCELLOS. (Seraphim de) CENTENÁRIO ANTONINO. (Poêma satyrico). Typ. e Lit. Minerva Central.
Coimbra. 1897. De 22x15 cm. Com 114 pags. Brochado. Exemplar por abrir. Obra poética anti-clerical.
€30
687. VAZQUEZ. (Benito) ESTAMPAS TORERAS. Por… Textos de Jose Antonio Quijano. Ediciones “La Aficion”. Unico
Diario Deportivo y Taurino. Mexico, D. F. 1948. De 24x31 cm. Com 30 fólios oblongos inumerados. Ilustrado com
reproduções de desenhos e esboços do autor.
€60
688. VEIGA SIMÕES. INTERESSES PORTUGUESES NA AMAZÓNIA. Em Lisboa. Na Tipografia do Anuario Comercial.
Ano de M. DCCCC. XVII. [1917]. De 19x13 cm. Com 95 pags. Brochado. Exemplar por abrir e com dedicatória do autor
dirigida a A. J. A.
€60
689. VENÂNCIO. (Fernando) ESTILO E PRECONCEITO. A língua literária em Portugal no tempo de Castilho. Edições
Cosmos. Lisboa. 1998. De 23x16 cm. Com 341 pags. Brochado. Exemplar de trabalho com sublinhados a lápis.
€20
690. VENTURA. (Helena) e Manuela Caseiro. DICIONÁRIO PRÁTICO DE VERBOS. Seguidos de preposições. Mais de
1400 Verbos com Exemplos. [Editora] Fim de Século. Lisboa. 1990. De 20x13 cm. Com 173 pags. Brochado.
€20
691. VERÍSSIMO SERRÃO. (Joaquim) O HUMANISTA DIOGO DE TEIVE. Novos dados para a sua biografia. Por ... Leitor
de Língua Portuguesa na Faculdade de Letras de Toulouse. Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Instituto de
Estudos Históricos Doutor António de Vasconcelos. Coimbra. 1952. De 24x17 cm. Com 17 pags. Brochado. Exemplar com
dedicatória (do autor?) no anterrosto.
€20
692. VIA LATINA. Forum de confrontação de ideias. Publicação da D. G. A. A. C. Coimbra. Maio de 1991. De 31x31 cm. Com
356 pags. Brochado. Ilustrado. Junto com:VIA LATINA. MACAU. Suplemento da revista Via Latina. Maio de 1991. De
31x31 cm. Com155 pags. Brochado. Ilustrado.
€50
693. VIANA. (Abel) e Manuel de Sousa Oliveira. «CIDADE VELHA» DE SANTA LUZIA. (Viana do Castelo). [Por]...
Bolseiro do Instituto de Alta Cultura e... Director do Museu Regional de Viana do Castelo. [Separata da Revista de
Guimarães]. Guimarães. 1954. De 23x15 cm. Com 38 pags. Brochado. Ilustrado em extra-texto com IV estampas reunindo os
conjuntos de utensilagem e com gravuras, esboços e mapas (no texto) das construções castrejas.
€20
694. VICENTE. (Gil) OBRAS COMPLETAS. Coordenação do texto, introdução, notas e glossário do Dr. Álvaro Júlio da Costa
Pimpão Professor da faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Edição artística, ilustrada com vinhetas e iluminuras de
Joaquim Lopes Professor da Escola de Belas Artes do Porto. Companhia Editora do Minho. Barcelos. 1956. De 32x23 cm.
Com lxxiii-598 pags. Encadernação do editor inteira de pele com ferros decorativos gravados a seco e a ouro nas pastas na
lombada. Impressão em tricromia e a ouro sobre papel creme.
€120
695. VICENTE. (Gil) TRAGICOMEDIA DE DON DUARDOS. Editada por Damaso Alonso. Tomo I. Texto, estúdios y notas.
Biblioteca Hispano-Lusitana. Instituto Antonio de Nebrija. Patronato Menendez Pelayo. Consejo Superior de Investigaciones
Cientificas. Madrid. 1942. De 18x12 cm. Com 326 pags. Encadernação inteira de pele velino azul. Ilustrado com desenhos de
Jose Romero Escassi. Obra impressa sobre papel couché fino.
€50
696. VIDA (A) HERÓICA DE D. LOURENÇO DE ALMEIDA. 1505-1508. Ministério da Marinha. Escola Naval. Lisboa. 1960.
De 22x14 cm. Com 29 pags. Encadernação do editor. Ilustrado. Exemplar com título de posse no anterrosto.
€20
697. VIEGAS GUERREIRO. (Manuel) FREI JOÃO DE S. JOSÉ E A SUA COROGRAFIA DO REINO DO ALGARVE
1577. Apresentação critica. Universidade do Algarve. S/L. S/d. De 21x15 cm. Com 30 pags. Brochado.
€15
698. VIEIRA NATIVIDADE. (J.) MADEIRA A EPOPEIA RURAL. Junta Geral do Distrito Autónomo do Funchal. MCMLIII.
[1953]. De 21x15 cm. Com 42 pags. Brochado. 1ª edição.
€30
699. VIEIRA NATIVIDADE. (M.) IGNEZ DE CASTRO E PEDRO O CRU PERANTE A ICONOGRAPHIA DOS SEUS
TUMULOS. Por… Clichés de António Natividade. Lisboa. 1910. De 26x19 cm. Com 115 pags. Brochado. Profusamente
ilustrado em extra-texto com fotogravuras apresentando os pormenores escultóricos dos túmulos. Obra impressa sobre papel de
linho de elevada qualidade; com texto in 8º; sendo do mesmo autor de “Roteiro Archeologico dos Coutos de Alcobaça'.
€80
700. VISITE LISBOA [ALBUM TURÍSTICO]. Come to Lisbon. Venez à Lisbonne. Komme nach Lissabon. Venga a Lisboa.
Bezoekt Lissabon. Komtill Lissabon. Bertrand (Irmãos), Lda. Lisboa. 1954. De 25x22 cm. Com cerca de 50 fólios inumerados.
Profusamente ilustrado com fotogravuras a p/b e a cores. Obra redigida em 8 idiomas. BNP não refere esta publicação.
€60
701. VITAL MOREIRA. CONSTITUIÇÃO E REVISÃO CONSTITUCIONAL. Colecção Nosso Mundo. Editorial Caminho.
Lisboa. 1980. De 19x13 cm. Com 137 pags. Brochado. Exemplar com sublinhados a tinta.
€20
702. ZWEIG. (Stefan) FERNÃO DE MAGALHÃIS. Tradução de Maria Henriques Osswald. F. I. L. (7ª edição). Livraria
Civilização Editora. Porto. 1951. De 19x13 cm. Com 282 pags. Encadernação em percalina verde com lombada em pele
pintada da mesma cor e com ferros a ouro na lombada. Exemplar preserva capas de brochura originais.
€50
FIM
NIF 507441869 • Capital Social €10.000 • Mat Nº. 14527 4ª secção da CRCL
Para trabalhos de restauro e encadernação recomendamos:
For restoration work and binding we recommend:
Traça Pombalina Lda - Rua da Rosa, 179
1200-383 Lisboa
Portugal
Tlm: +351 936668522
[email protected]
n. 32

Documentos relacionados