Texto sobre Mais

Сomentários

Transcrição

Texto sobre Mais
O CONCEITO DE MAIS-VALIA
Karl Marx foi o primeiro pensador econômico que criticou a dinâmica do modelo
capitalista. Escreveu um tratado de três volumes sobre todos os economistas
existentes, que foi publicado como Teoria da Mais-Valia e, posteriormente,
incorporado à obra O Capital, obra mais importante do autor.
Mais-valia é o termo usado para designar a disparidade entre o salário pago e o valor
do trabalho produzido. Existem muitos cientistas e pensadores sociais que
desenvolveram diferentes vertentes para conceber uma explicação para surgimento e
o funcionamento do sistema capitalista.
Para Adam Smith, o valor do trabalho agregado ao produto é menor que o valor que a
mercadoria poderia ser vendida. David Ricardo afirmava que a questão salarial está
ligada às necessidades fisiológicas, isso quer dizer que o valor pago gira em torno das
condições mínimas de sobrevivência, ou seja, o ordenado cobre somente o essencial
(alimentos, roupas).
De acordo com Werner Sombart, o capitalismo não se encontrava aliado somente à
economia, mas à essência da burguesia que emergiu no final da Idade Média na
Europa. Isso propiciou o nascimento de um pensamento burguês que afirmava que
para melhor acumular riquezas o principal não era acumular capital.
Karl Marx fez uma análise dialética sobre o tema, afirmou que o sistema capitalista
representa a própria exploração do trabalhador por parte do dono dos meios de
produção, na disputa desigual entre capital e proletário sempre o primeiro sai
vencedor. Desse modo, o ordenado pago representa um pequeno percentual do
resultado final do trabalho (mercadoria ou produto), então a disparidade configura
concretamente a chamada mais-valia, dando origem a uma lucratividade maior para o
capitalista.
A teoria maxista da mais-valia pode ser compreendida da seguinte forma:
suponhanhamos que um funcionário leve 2 horas para fabricar um par de calçados.
Nesse período ele produz o suficiente para pagar todo o seu trabalho. Mas, ele
permanece mais tempo na fábrica, produzindo mais de um par de calçados e
recebendo o equivalente à confecção de apenas um. Em uma jornada de 8 horas, por
exemplo, são produzidos 4 pares de calçados. O custo de cada par continua o mesmo,
assim também como o salário do proletário. Com isso, conclui-se que ele trabalha 6
horas de graça, reduzindo o custo do produto e aumentando os lucros do patrão. Esse
valor a mais (mais-valia) é apropriado pelo capitalista e constitui o que Karl Marx
chama de "Mais-Valia Absoluta". Além do operário permanecer mais tempo na fábrica
o patrão pode aumentar a produtividade com a aplicação de tecnologia. Dessa forma,
o funcionário produz ainda mais. Porém o seu salário não aumenta na mesma
proporção. Surge assim, a "Mais-Valia Relativa". Com esse conceito Marx define a
exploração capitalista
Fonte: http://pt.shvoong.com/social-sciences/1705312-karl-marx-conceito-mais-valia,
acesso em 25/08/2011.

Documentos relacionados