Aprenda au ar as ores

Сomentários

Transcrição

Aprenda au ar as ores
Presentes
descolados
para seu pa1
~
ANO 51
N'·S95
AGOSTO
RS 7,50
DOnum
de 45m 2
Especial
de colchoes
Aprenda a u ar as ores
0 laranja-sujo, o vermelho-cereja eo chocolate-a margo sao os tons da esta~ao:
dao urn toque de ousadia a casa. Mas as cores suaves tam bern estj o em alta.
SAIBA COMO COMBINA-LAS
ARQU ITETU RA
A piscina parece um
espelho d'agua em frente da
casa, mas tem 25 m de raia e
3 m de profundidade. Fica
ao lado da entrada de carros
e em baixo do volume
frontal ocupado pelo estar
ARQUITETURA
I MPLANTADA NA PARTE altadoterrenode5 milm2
num condominio do Tambore, em Barueri,
SP, a casa de 900 m2 projetada pelo arquiteto paulistano Mauro Munhoz para o casal de
40 anos, com dois filhos adolescentes, possui caracteristicas que atendem principalmente as necessidades do marido, indusn·ial
e triatleta. Com estruturas de concreto e madeira, pianos intercalados e total integra<;ao
enn·e 0 exterior e 0 interior, a residencia e
inspirada na arquitetura do norte-americano Frank Lloyd Wright, cuja obra do inicio
do seculo passado seduziu 0 proprietario.
'·O projeto tirou proveito da topografia. Os
volumes vao se articulando ao nivel do terre-
-
formado por grande co luna revestida de pedras miracema,
que abriga outras duas lareiras nos pisos inferior, onde esta o
escrit6rio, e superior, o mezanino. Nas laterais, nichos feitos
com prateleiras de vidro temperado. A luminaria Constantin,
de Andree Putman, esta em cima da mesa Erea, com cadeiras
Mies van der Rohe, compradas na Forma. Objetos, Arango
CASAEJARDIM
80
AGOSTO
2004
CASAF JARDIM
81
A GOSTO
2004
ARQUITETURA
os desnfveis do terreno
no, suspe n o por pilotis ou ava nc;ado por
lajes em b alan r;o, como o te rrac;o d a ala, que
fl utua sobre a pi cina-~ cliz Nlunhoz.
Na constru<;ao d istri b uida em tres volume que fo rmam urn T, a pi r ina Fir:~ ~10 l :~ do
d a e ntrada d os ca rro , e m baixo d a ha te
mais lo nga, ocupacla pela <\ rea ocial. "A pi cina uma com b i na~ao de espelho d'<1gua e
raia d e na tac;ao, com 2.5 m d e corn p rim e nto
e 3 m de pro fund idade, usad a pelo mo rador
p ara o tre ino diario de tria tlo'~ ex plica Mu-
e
Espa ~ os
nhoz. Para as outra ctapa do trcinamento,
um a ponte de madeira liga a varancla da suite doca al-queocupa u mdo \Oiu mc later ais, a 8 m do chao- i1 trilha do bosq ue
nos fn nd os cia rasa. 1 a va ran cla, ha portas
de ace so ao q uarto e ao ban heiro, de onde
o tTia tle ta sai pela ma n ha para o circu ito de
esp orte, q ue comer;a com nata\aO, scgu icla
de ciclism o e con·ida. Em su ma, a casa nasce u pa ra o bom de empenho eo repouso
do espo rtista.
amplos, bem-iluminados e integrados na area social. 0 estar fica na haste maior do T, com janelas de correr
horizontais que ocupam metade das duas paredes latera is. Em baixo delas. armarios e estantes de madeira feitos
pela Marcenaria Maj Moreno. Ao fundo, as portas-janelas dao acesso varanda feita de laje em balan<;:o. A estrutura do teto
ede madeira jatoba eo forro, de pau-marfim. No piso, madeira ipe. Poltronas. vermeil, sofas e mesa de centro, Erea
a
CASAEJARDIM
82
A GOSTO
2004
0 eixo central do T e formado por tre
la reira que se sobrepoem no pavimentos
i nfe ri o r (o nd e fica o escrit6 rio ), prin cipal
( ala d e jan tar) e su pe rior (sa Ia de TV). "As
has te alongadas doT pos ibi lita m maior
il uminac;ao de tod os os amb icntcs, co m janela e m mai de uma parcde. A casa ficou
clara e a rejada, como q u eriam o d o n os·:
afi rma Mun hoz. I o pi o principal, a sala de
janta r te m a jane las de um lad o voltad as
para o vale e. do o utro, se abri nd o para o pati o interno co m jardi m. 0 a mb ientes sociai iio interligados. I ao ha portas e1me as
ala de jantm; de estar e de TV. A tll ti ma fica
no mezan ino e d a acesso as u fte - as do
fil ho e clos h6spedes estao no volu me lateral o po to ao do d a suite d o casa l e e nco ntra m o nfvcl d o terren o no funclos, o ncle ha
urn gramado.
Porta pivotantes de viclro co m mo ld ura
de madeira e param a area ocial da cozin ha
A luz natural
e farta em todos
os ambientes,
inclusive na sala
de TV, que fica
no mezanino, e
na escada com
guarda-corpo
feito de per;:as
sobrepostas da
mesma madeira
da estrutura.
Na sala de TV, a
mesa de centro
eda Vermeil e
os sofas, da
Paschoal Ambrosio.
Al mofadas
e vaso, Arango
C ASAE JARDIM
83
AGOSTO
2004
ARQUITETURA
Pavimento superior
/
1
c
Pavimento terreo
As garagens interligadas por colunas de pedras
tern piso revestido com mosaico portugues.
Escadas cobertas com pequenos telhados
9
a
dao acesso oficina de carros que fica na parte
mais baixa do terreno, onde tambem estao a
academia de ginastica e a casa dos empregados
14
L______
Pavimento i nferior~
iA
\'A
A
A
A
A
c;t , t J
rP
cl
CASAE JARDIM
84
AG OSTO
2004
1. Ponte
2. varanda
3. Quarto do casal
4. Closet
5. Banheiro
6. Suite
7. Corredor
8. Sala delV
9.Escada
10. Lavandena
11. Garagem
12. COZinha
13. Sala de ]antar
14. Te rra~o
15. Sala de estar
16. Piscina
17. Escrit6no
18.Sauna
o proprietario quis a
a
casa integrada
natureza- como nas
obras de Wright- para
facilitar seus treinos
de triatlo. A obra foi
implantada no alto do
terreno, preservando
parte das rochas e
da vegeta~ao nativa .
Um dos volumes laterais
e ocupado pelo
apartamento do casal:
quarto e banheiro
tem acesso avaranda
dos fundos, que e ligada
por uma ponte de
madeira diretamente
ao bosque, onde
ha trilhas para corrida
c d o te rra<;o la te ral, qu e e rve d e e mracl a
princi pa l. "A portas de vid ro clissolvem o lim ite e ntre a areas extcrna e im crna,, uma
imcgra<;<1o muito im porta nte no proje to':
af-l rma o arq ui teto, qu e, em fun <;ao d isso, colocou elementos co n u·uti vos cia ca a no jard ime de te nos ambie m e interio rc _As peel ras mirace ma, co m con e n]stico, por exemplo, reveste rn as coluna d e concreto tanto
fo ra como dcmro. '"Tivc mo um cu idado e pccial como jardim. Tra baJ hamos com um a
cngen he ira florestaJ na recupera<;ao cia rnata
nativa do terreno d ividido em clo i lote ·:
are cema. umdo IOte ficaaca aenoouu·o, mais ba ixo, a oficina de carros (outro
hobby d o mo rador), a ala d e gim1 tica e a
re iclencia d o e mpregado .
Um d os principais destaques d o p rojeto
sao os tclhad os alo ngaclo , co mo o clas ca-
CASAEJARDIM
85
A GOSTO
2004
As janelas do quarto do
casal emolduram a mata
nativa que envolve a casa.
Ao lado da porta de sa ida
para a varanda e para a ponte
de madeira dos fundos,
espac;o para o computador na
bancada da Marcenaria Maj
Moreno. Na cama, cabeceira
revestida de veludo marrom
confeccionada por valdir sa
Valadares. colcha, almofadas
e vaso, da Cor do Sol. Criados
de antiquario. No banheiro,
tambem com acesso a
varanda, bancada da Maj
Moreno e espelhos da MRM
--~
··-,~--~--
a o rie ntais e da pradarias do me io-oeste
d os E tad os Unid o . " E se tipo d e a rquitetura co m telhad o alo ngad o
uma tradi<;ao bra ilei ra, tra zid a ao pal pe los portug uc es que, assim como Wright, esti veram no
Orie nte, o n d e o cl i ma e pa recido com o nosa·: afirma Munh oz. "O s te lhado» ao tlteis
po rq ue protegem a e trurura de mad eira do
sol e da chuva. 6 pude faze-lo p o rqu e a tecnologia cla estrutura de m ade ira pre-fabricacla possibi lita qu e os beirai eja m mai
Io ngo ."
A e tru[Ura d e madeira ja tob<1 co me<;a
na jane las e e e te nde ate o tell1ado. Foi
prc-fa bricada d e aco rdo como cl esenho
criad o pe lo arquiteto e mo ntad a na o bra. A
e
a
e cada inte rna esta integ ra da es trutura
qu e forma o mczan ino e te m pcrcurso qu e
vi uali za vari a a ngu lo s da ca a. '·O guard acorpo feito de pe<;a d a mad e ira qu e d escan a m uma o bre a o utra·: diz Munhoz. 0
fo rro d e mad eira pa u-ma rfim junto ao telhado criou am bie ntes agradavci , co m pcdire ito mais alto no centro. Entre o for ro e
as telhas fo i colocada ca macla de uma polegada de la d e rocha e su b cobertu ra de man ta te rm ica. "Escolh i a mad e ira e c ura d o jatoba porqu c tcm b am d esempe nho estrutural e a made ira clara pau-marfim pa ra que
rdl eti sse a lum ina idad e na janclas. A b elcza e a h arm o ni a vie ram por acrescimo':
a fi rma Munhoz. E que acre cimo! 1ii
e
CASAE JARDIM
87
AGOS'O
2004
No quarto da filha
adolescente, cama
com dassel feito
artesanalmente par
Tokizo ono. A bancada
e da Maj Moreno.
A decorac;:ao de toda
a casa foi feita pela
proprietaria com
a ajuda da arquiteta
Tetela Yassuda Monteiro,
da SYT Arqui tetura.
Em todos os ambientes,
iluminac;:ao La Lampe
e persianas Luxaflex,
compradas na DMS