Pressupostos

Transcrição

Pressupostos
1. Introdução
O crescimento populacional e as mudanças de comportamento dos consumidores levam a um
aumento maciço no consumo de recursos naturais. A disponibilidade, por exemplo, de fontes
de energia fósseis e vários minérios, bem como de recursos fisiologicamente vitais como
fósforo e água é limitada e, portanto, sua preservação apresenta-se à humanidade com um de
seus maiores desafios. Impactos ambientais estão intimamente ligados ao aumento do
consumo de recursos.
A proteção do meio ambiente e dos recursos naturais e o desenvolvimento econômico já não
estão mais em conflito. Muito pelo contrário, as sinergias entre ambos os setores já estão
sendo reconhecidas. Na tentativa de minimizar os problemas descritos, o gerenciamento de
resíduos assume uma posição chave, representando simultaneamente:desafio e oportunidade.
Padrões legais restritivos para as questões ambientais, bem como a infraestrutura ambiental
desenvolvida remeteram o gerenciamento de resíduos da Alemanha a um patamar de
referencia
global.
Ainda
assim,
a
transferência
de
know-how
não
é
de
todo
satisfatória. Especialmente porque as pequenas e médias empresas, estas as principais
operadoras do setor, não são suficientemente representadas internacionalmente.
As análises de mercado demonstram uma demanda no sentido de permitir a transferência de
know-how a partir dos setores de resíduos e dos recursos naturais. Os requisitos básicos para
o sucesso sustentável em nível internacional são:

Existência de conhecimentos específicos do mercado nos países selecionados;

Disponibilidade de tecnologias e serviços adequados;

Fornecimento de pessoal qualificado por meio da disponibilidade de capacitações
adequadas para o treinamento básico e avançado;

Acesso a locais que sirvam de referencia para demonstrações e apresentações de uma
ampla e representativa gama de tecnologias de gestão de resíduos; bem como

Acesso as redes e estruturas cooperativas.
O Centro para Pesquisa, Educação e Demonstração em Gerenciamento de Resíduos (CReED)
foi fundado em 2009 na cidade de Pohlsche-Heide no distrito de Minden-Lübbecke (norte da
Alemanha). As atividades do CReED são voltadas para a promoção da transferência
internacional de know-how e das tecnologias dos resíduos e gestão do setor de recursos
naturais e - com base em experiências adquiridas - apoiar o desenvolvimento de tecnologias e
estratégias personalizadas.
2. Termos de Referência e focos do CReED
O CReED é um centro internacional de pesquisa &desenvolvimento e treinamento tanto básico
quanto avançado em matéria de resíduos e de gestão de recursos naturais com foco
internacional. Ao mesmo tempo, o centro funciona como um local de demonstração para
tecnologias ambientais do setor de gerenciamento de resíduos e de recursos da Alemanha. As
principais áreas de atividade são:

Pesquisa e desenvolvimento, principalmente por meio do uso do centro à disposição
em Pohlsche-Heide e da infraestrutura de gestão de resíduos nas proximidades;

Treinamento básico, continuado e avançado na área de gestão de resíduos e de
recursos e disciplinas adjacentes, como a gestão urbana de água e gestão de energia,
bem
como
agricultura,
firmando
uma
relação
intensa
entre
teoria
e
prática. Especialmente estrangeiros devem ser treinados nestas instalações.

Apresentação e demonstração de tecnologias em escala de gestão de resíduos e de
recursos para interessados da Alemanha e do exterior com ênfase em gestão de
resíduos e recursos naturais.
3. Objetivos
As atividades do CReED devem contribuir para a promoção do intercâmbio internacional de
know-how e tecnologias no setor de gerenciamento de resíduos e recursos naturais e, assim,
garantir a preservação ambiental e dos recursos naturais.

O desenvolvimento de produtos ecologicamente corretos vão unir estratégias para o
fortalecimento da economia com a redução de problemas ambientais;

A adaptação de processos para fornecimento de produtos e serviços voltados para o
mercado internacional e suas implementações devem ser ecologicamente efetivas,
economicamente eficientes e socialmente aceitáveis. A preservação do ar, água e solo
deve desempenhar um papel importante para a proteção dos recursos;

A provisão de pessoal qualificado tanto na Alemanha, como dos países parceiros
(países em desenvolvimento e economias em transição) é responsável pela criação de
condições necessárias para o sucesso da implementação de procedimentos
organizacionais e operacionais;

As atividades de CReED são para contribuir para a melhoria da infraestrutura para
pesquisa e desenvolvimento, bem como para a formação e educação continuada.
Assim, por meio de uma melhor ligação em rede, os envolvidos podem contribuir para
um uso mais eficiente dos novos conhecimentos existentes e podem servir como
iniciadores para a inovação. O uso de sinergias pode melhorar significativamente as
estruturas de pesquisa. Portanto, o CReED não se considera como um concorrente
para os institutos de pesquisa já existentes, mas quer apoiar estes em seu trabalho.
A disponibilidade de tecnologias e serviços que sejam adequados e atendam as demandas são
consideradas como uma vantagem competitiva crucial para as empresas interessadas em
abertura dos mercados internacionais e também para os parceiros de cooperação
internacional. O mesmo vale para a disponibilidade de pessoal qualificado. Os objetivos do
CReED vão ajudar a cumprir os pressupostos necessários.
4. Atividades
O foco das atividades do CReED reside no gerenciamento de resíduos e recursos com
orientação para a aplicação internacional e marketing com ênfase em:

Desenvolvimento de conceitos de gestão de resíduos adaptados;

Logística e gerenciamento de coleta considerando o setor informal;

Desenvolvimento de tecnologias apropriadas para as necessidades dos países-alvo,
entre outros, triagem, fermentação, compostagem, combustão, eliminação, reabilitação
de aterro e remediação;

Desenvolvimento
de
produtos
e
mercados para
matérias-primas
secundárias,
considerando os mercados locais e regionais;

Estabelecimento de
sistemas
de
garantia
de
qualidade,
por
exemplo,
para
compostagem e outros produtos de reciclagem;

Estabelecimento de capacidades laboratoriais, especialmente para vigilância da
qualidade e desenvolvimento de produtos, observação e controle das emissões, mas
também para fins de treinamento;

Planejamento, construção e operação de plantas de tratamento;

Licenças e fiscalização das plantas;

Medidas de proteção do clima na gestão de resíduos;

Desenvolvimento de conceitos de educação ambiental e relações públicas;

Desenvolvimento e realização da educação e formação;

Capacidade construtiva bem como o desenvolvimento de métodos e critérios para a
transferência internacional de know-how, e apoio na criação de estruturas de
governança;

Suporte para o projeto de leis e regulamentos;

Ações de informação e missões para levantamento de informações e fatos.
Também poderão ser ministradas aulas para disciplinas adjacentes como gestão urbana de
águas, energia, bem como agricultura valorizando intensamente a ligação entre teoria e prática.
5. Localização
O CReED se encontra em Pohlsche - Heide no distrito de Minden-Lübbecke. O distrito de
Minden-Lübbecke tem disponível uma grande quantidade de tecnologias para a gestão de
resíduos seja na unidade de Pohlsche Heide seja nas imediações. Estes abrangem todas as
principais tecnologias modernas de gerenciamento de resíduos e recursos – que é único na
Alemanha:

Tratamento aeróbio e anaeróbio de resíduos biológicos coletados separadamente;

Planta para processamento de biogás com alimentação na rede de gás local e uso em
usinas de calor e energia combinadas descentralizadas;

Tecnologia moderna de classificação de diferentes frações de resíduos como o vidro e
embalagens leves;

Planta para processamento de escórias de tratamento mecânico-biológico (TMB) com
alta recuperação de metal;

Tratamento mecânico-biológico de resíduos urbanos (TMB) – aeróbio e anaeróbio;

Planta para remediação de aterros;

Planta para o processamento e aproveitamento energético de resíduos;

Local para aterro de TMB e aterro na fase de pós-tratamento;

Purificação de águas residuais, entre outros para lixiviados altamente contaminados,
incluindo todos os equipamentos de laboratório necessários;

Planta piloto para tratamento de efluentes através da utilização de algas;

Área de cultivo de matérias-primas renováveis, por exemplo, bosques de curta rotação;
Devido à integração das universidades envolvidas e instituições de pesquisa, as tecnologias
existentes vêm sendo desenvolvidas com o apoio de laboratórios e plantas-piloto. Por exemplo:

Várias tecnologias de fermentação e de combustão;

Planta de secagem dos rejeitos e produção de biomassa;

Planta para o processamento de escórias;

Reator de compostagem e grandes lisímetros;

Plantas em batelada para a despolimerização de resíduos plásticos;

Instalações em grande escala para a determinação de parâmetros mecânicos dos
resíduos.
O local dispõe de áreas e infraestrutura para a instalação de plantas de teste em grande
escala. Além disso, há espaço suficiente para a instalação de laboratórios especializados, bem
como salas de treinamento. Atualmente, extensos projetos de pesquisa e desenvolvimento
estão sendo realizados com plantas-piloto associados e equipamentos de pesquisas, entre
outros para remediação de aterros, purificação de águas residuais e ar de exaustão pelo uso
de algas, medições e análises de processo de emissões de óxido nitroso de aterros de TMB,
otimização do processo de fermentação dos resíduos biológicos, etc..
6. Membros e parceiros
O princípio do CReED é a concentração de competências existentes de seus membros desde
Economia, Ciência e empresas de direito público, através de redes de cooperação, com a
infraestrutura disponível em Pohlsche Heide.
Atualmente, o CReED conta com uma rede de mais de 70 membros de diversas áreas do
ramo:

Fornecedores de tecnologias, processos e componentes de gestão de resíduos;

Operadores de instalações de processamento de resíduos;

Agentes do direito público;

Universidades e outras instituições de pesquisa;

Empresas e instituições de ensino e formação;

Sindicatos relevantes;

Empresas de engenharia.
A diretoria estatutária é composta por membros das seguintes seções:

P&D e treinamentos;

Empresas públicas e privadas;

Sindicatos e associações.
O CReED tem uma ligação estreita com outras associações profissionais na área da
valorização de resíduos.
7. Ações realizadas e em planejamento
7.1
Pesquisas aplicadas e projetos de desenvolvimento
As atividades de pesquisa centram-se principalmente no campo de aplicação e devem permitir
principalmente desenhos técnicos em grande escala que não podem - ou apenas em
condições difíceis - ser realizados em laboratório ou centros técnicos de universidades e
empresas.
Há projetos de P&D contratados com um volume total de 9 milhões de euros entre os anos de
2010 e 2013. Sem um networking próximo e conexões pessoais bem desenvolvidas no âmbito
das atividades de CReED, esses projetos não poderiam ser realizados.
Exemplos:

Escavação de aterros (Mining);

Purificação de águas residuais e de exaustão de ar através da utilização de algas;

Análises e medições de processos de emissões de óxido nitroso em aterros de TMB;

Otimização do processo de fermentação;

Desenvolvimento de conceito de valorização de resíduos em navios para as ilhas e
centros urbanos costeiros;

7.2
Desenvolvimento de métodos físicoquimicos de despolimerização de frações plásticas.
Intervenção do CReED na contratação de tecnologias
Através da coordenação brasileira do CReED, uma empresa brasileira contratou 5 plantas de
tratamento mecânico e biológico de fornecedores alemães. Neste caso, foi essencial a
participação do CReED na organização de várias visitas técnicas à plantas de fermentação e
compostagem na Alemanha que contou com a participação de representantes de empresas
brasileiras, agencias ambientais e órgãos de financiamento. O volume de pedidos equivale a
25 milhões de Euros.
7.3
Assessoramento
O CReED está assessorando diversas instituições no exterior, por exemplo, na Rússia,
Filipinas, México, Malta, etc. No Cazaquistão, na região de Caraganda, o CReED assessora o
Ministério de Ambiente a respeito de um conceito de gestão sustentável dos resíduos, que
servirá como um modelo para o Cazaquistão.
No Brasil, os membros do CReED são designados para assessorar o banco mais importante
para o financiamento de projetos de infra-strutura, a Caixa Econômica Federal, relativo ao
financiamento de plantas para a valorização de resíduos sólidos urbanos.
É importante considerar três pré-requisitos essenciais, de modo a tornar eficiente a gestão de
resíduos.
Pressupostos
Conceitos adequados para a gestão de resíduos só são
realizáveis caso não sejam apenas bem pensados, mas
principalmente exequíveis!
Pressuposto 1:
Pressuposto 2:
Pressuposto 3:
Bem projetado e
sistema viável
Mão de obra
suficientemente treinada
e motivada
Envolvimento dos
líderes
Desenvolvimento de
componentes
adaptados
Conceitos de
treinamento bem
fundamentados em
uma estrutura de
treinamento aberta
Relações públicas
e consultoria
Figura 1: Componentes das boas práticas em Gestão de Resíduos
Além da infraestrutura técnica, o processo de qualificação deve dar ênfase também aos
aspectos de relações públicas e de qualificação e treinamento de pessoal.
7.4
Formação profissional e ações de qualificação
Não há gerenciamento de resíduos adequado sem pessoal devidamente treinado. O CReED,
portanto, concentra-se na formação de pessoal qualificado para a gestão sustentável dos
resíduos ambientalmente equilibrada.
O sistema alemão de formação profissional inclui uma estreita cooperação entre as empresas e
escolas de formação profissionais. Os locais de instrução escolar (teoria) e da empresa
(prática) estão intimamente ligados uns aos outros, para que os conhecimentos teóricos
adquiridos na escola possam ser transferidos para a prática no local de trabalho e inovações
práticas podem ser integradas em instruções teóricas. Com base neste sistema confiável de
formação profissional, o "sistema dual", os cursos de qualificação no CReED oferecem uma
mistura bem alinhada de instrução teórica e realização prática durante o dia-a-dia operacional
do negócio. Com todas as tecnologias de tratamento aplicáveis à mão e disponíveis para
treinamento, a planta de Pohlsche Heide é o local ideal.
As instalações do CReED e as plantas presentes nas imediações permitem atividades de
formação abrangente, na prática, bem como na teoria. No CReED, todos os pré-requisitos
instrumentais e técnicas necessárias, juntamente com conhecimentos dos membros, permitem
atividades vocacionais e profissionais adequada à formação avançada.
Especialmente para os países em desenvolvimento e com economia em transição, o CReED
oferece unidades de formação avançada que são ajustadas às necessidades locais. Métodos
de conteúdo e didáticos do programa de qualificação são construídos sob as experiências do
"sistema dual", na Alemanha. Medidas de qualificação estão sendo projetadas como conceitos
"Trainining-on-the-job". Esta concepção didática aumenta a relevância prática, a fim de permitir
a maior aplicação possível dos conhecimentos adquiridos no local de trabalho. Seguindo o
modelo 4C/ID (Modelo Instrucional de Quatro Componentes), o foco encontra-se na instrução
do conhecimento prático, a fim de promover a aquisição de tarefas cognitivas complexas em
vez de habilidades isoladas.
Todo o conjunto de cursos tem um design modular e está estruturado por temas. Ele cobre a
gama completa de gestão de resíduos, por exemplo, coleta de resíduos, processamento e
tratamento de resíduos, construção de aterros sanitários, monitoramento, organização e
financiamento. Os conteúdos de ensino, particularmente envolvem a aplicação específica em
países com altas necessidades de desenvolvimento. O programa de treinamento é
personalizado individualmente para os vários grupos-alvo e os temas necessários serão
tratados de acordo com as necessidades destes grupos. A primeira classificação horizontal dos
grupos-alvo permite a seguinte distinção mostrado na figura 2.
Atores
Políticos,
Stakeholders
Competências Essenciais
Gestão de resíduos em princípios gerais, bases
políticas e jurídicas, proteção dos recursos
Administradores,
Autoridades
Conceitos de gestão de resíduos, procedimentos de
licenciamento, fundamentos legais, limites legais,
funções de supervisão, competências de consultoria
em gestão de resíduos
Projetistas e
construtores de
plantas
Conceitos de gestão de resíduos, planejamento para
o licenciamento, fundamentos legais, planejamento e
processo de construção, custos, módulos
operacionais
Operadores de
instalações
Conceitos de gestão de resíduos, princípios
jurídicos, modelos de operação, eficiência
econômica, custos, componentes operacionais,
insumos
Pessoal de
operação
Operação da planta, componentes operacionais,
insumos, noções técnicas básicas
Figura 2: Cascata de Treinamento Funcional em Gerenciamento de Resíduos
7.4.1
Especialistas e pessoal de operação:
Perfil de tarefas e foco do trabalho: compostagem, especialista em reciclagem, operação de
máquinas e equipamentos, coleta e transporte, análises.
Na área técnica executiva, o conteúdo sempre se relaciona com o contexto experiencial nos
países-alvo. A aprendizagem experiencial desempenha um papel essencial dentro do conceito
“training on the job”. Os conceitos de instrução são baseados no princípio de aprender fazendo,
voltado principalmente para o manuseio seguro e competência técnica. Os currículos se
concentrarão principalmente na experiência baseada na aquisição do conhecimento e da
vontade para um desempenho adequado, completo e responsável.
7.4.2
Operadores e planejadores de plantas
Perfil de tarefas e foco do trabalho: organização de frotas e sistemas de coleta de resíduos,
registro dos resíduos, operação de plantas de compostagem e de fermentação, TMB, plantas
de incineração e aterros para rejeitos, plantas para o processamento e classificação,
desenvolvimento de produtos, garantia da qualidade e comercialização de matérias-primas
secundárias manufaturáveis.
As pessoas a serem treinadas serão instruídas no planejamento e operação de plantas. Elas
recebem o conhecimento geral sobre os componentes das plantas, estruturas de custos e
parâmetros operacionais. Os cursos de formação avançada são voltados para pessoas já préqualificados (engenheiros, construtores de máquinas, etc) cujas competências específicas na
gestão de resíduos e gestão do fluxo de resíduos devem ser estendidas.
7.4.3
Multiplicadores, administradores, agentes públicos e consultores
Perfil de tarefas e foco do trabalho: como acima, incluindo leis sobre meio ambiente e resíduos,
aconselhamento de proprietários privados e comerciais de resíduos, competências para a
formação e o monitoramento, marketing, publicidade, relações públicas.
Este grupo receberá um conhecimento amplo sobre os conceitos complexos de gestão de
resíduos. Questões econômicas serão abrangidas, bem como os aspectos legais e de
licenciamento, e conhecimentos em tecnologias de construção e operação. Além disso, serão
desenvolvidas competências metodológicas pertinentes para consultorias internas e externas,
o trabalho de grupos e relações públicas.
7.4.4
Políticos e empresários
Perfil de tarefas e foco do trabalho: as decisões fundamentais sistemáticas serão feitas ao nível
da política municipal e regional, geralmente com o envolvimento de políticos responsáveis e
representantes das partes interessadas. Ambas as partes envolvidas precisam de informações
fundamentadas para a tomada de decisões. Isso requer profundo conhecimento dos aspectos
relevantes para os procedimentos de aprovação, bem como uma ampla gama de
conhecimento geral de noções básicas de gestão de resíduos.
O setor de gestão de resíduos pode se transformar em um motor gerador de trabalho. Nos
subdesenvolvidos e emergentes o setor informal, especialmente na área de coleta e triagem,
desempenha um papel importante. Geralmente mal treinados e apenas rudimentarmente
preparados para as suas tarefas, a este grupo de pessoas deve ser oferecido o emprego com
um status socialmente seguro. É um desafio para a política, para conduzir a integração social
do setor informal como o objetivo de sustentabilidade social.
O CReED apoia interessados de países subdesenvolvidos e emergentes para assumir a
responsabilidade social e econômica para o setor informal ea sua integração nas
considerações conceituais.
7.4.5
Treinar o treinador
A longo prazo, uma oferta suficiente de pessoal qualificado e a sua integração local só pode
ser obtida pela formação de instrutores.
Os cursos para formação de instrutores cada vez mais têm o foco - ao lado da entrada
funcional - em instruções didático-pedagógicas.
Medidas concretas são:

Compilação de unidades de formação modulares com uma elevada percentagem de
formação prática - "Training on the Job"

Desenvolvimento de unidades de aprendizagem para todas as áreas relevantes da
gestão moderna de resíduos

Inclusão de professores de pesquisa e prática

Consideração das particularidades e necessidades específicas de cada país, bem
como tecnologias e conceitos adaptados

Implementação de cursos de formação de instrutor

Desenvolvimento de uma plataforma eletrônica de apoio preparatório e avançado via elearning e semi-presencial
A estrutura modular dos cursos de qualificação do CReED permite eventos abrangentes para
os grupos de aprendizagem, que geralmente são bilíngues. A organização, a estrutura didáticopedagógica e os objetivos geralmente incluem exigências práticas locais. Para este efeito, uma
plataforma e-learning modularizada será desenvolvida, desta forma os participantes poderão
ter acesso mesmo após a conclusão do curso.
Para todos os grupos-alvo, o CReED mantém formatos de instrução e formulários adaptados.
Dentro da rede de relacionamentos do CReED, vários especialistas de ciência, tecnologia,
economia e administração estão disponíveis como professores e docentes.
Esta estrutura poderá ser apoiada por unidades de e-learning, CBTs, vídeo conferências e
seminários na web. Além disso, o sistema recentemente desenvolvido para a avaliação de
competências informais LEVEL5 pode ser usado.
A ferramenta, que foi desenvolvida pelos membros do CReED BUPNET dentro de uma
cooperação transnacional europeia, permite registrar o incremento de competências nos
contextos de aprendizagem informais. No final das unidades de aprendizagem, será entregue
aos participantes o respectivo certificado.
Nos últimos três anos, 23 grupos de 16 países participaram de medidas de qualificação
específ.
Qualificações para
aqueles em busca de um
emprego
Formação acadêmica e
Profissional
Qualificações para funcionários
e Empresas
Capacitação e formação
Aconselhamento e
Desenvolvimento de
Organizações
Congressos, visitas
técnicas, etc
Figura 3: Formas de Organização e Grupos-alvo
• Treinamento no trabalho
• Treinar o treinador
• Treinamento em tempo
integral
• Cursos de fim de semana
• Treinamento misto
com módulos de e-learning e
centro de treinamento virtual
• Matchmaking
• Estágios
• Várias outras formas de
atividades
operativo
Técnica e Operação de Plantas
Projetistas e
construtores de
plantas
Construção, Licenciamento de Projetos
Grenzwerte
Custo, Modelos de Operação
a
Financiamento, Eficiência Econômica
estratégico
Consultoria em Gestão de Resíduos
Administração
Autoridades
Valores limites de emissão
Tarefas de supervisão
Procedimentos Regulatórios
De
Conceitos de Gestão de Resíduos
Proteção de Recursos
Política Ambiental e Climática
Fundamentos Jurídicos
Visão geral de Gestão de Resíduos
Politica
Stakeholder
Operadores de
instalações
Funcionários
conhecimento
Figura 4: O bookshelf - inventário de conhecimento e seus usuários
Políticos,
Stakeholders
Administração
Autoridades
Planejamento
Construtores
de plantas
• Fundamentos Jurídicos de Gestão de Resíduos
• Da Gestão de Resíduos a Gestão do ciclo de vida
• Planejamento de Gestão de Resíduos
• Coleta e Transporte
• Separação e Preparo de Resíduos
• Modelo de Valorização
• Tipologia de resíduos e seu manejo
• Métodos de TMB
• Waste-to-Energy e recuperação térmica
• Disposição final ambientalmente adequada
• Gestão de Resíduos, Valorização e Emprego
Figura 5: inventário do conhecimento Unidade de Instrução, por exemplo, visão global
Políticos,
Stakeholders
Administração
Autoridades
• Hierarquia Legal em Gestão de Resíduos
Fundamentos Legais
• Lei sobre a Gestão do Ciclo de Vida e regulamentos
secundários
• Fixação Jurídica da hierarquia de resíduos
• Legislação sobre Emissão e Controle da Poluição
• Áreas do Direito envolvidas (clima, ar, água)
• Legislação sobre resíduos de países-alvo
Figura 6: Unidade Instrucional Fundamentos Legais
8. Eventos informativos e visitas de delegações
Nos últimos três anos, visitas de delegações e visitas guiadas têm aumentado maciçamente
em Pohlsche Heide, bem como no resto da Alemanha, isto tornou o CReED notório dentro do
cenário mundial.
Durante este período, mais de 106 grupos de 22 países participaram de visitas guiadas e
eventos de informação, onde a maioria dos grupos de visitantes deseja intensificar a
cooperação.
9. Implementação de uma área para exposição de tecnologias em espaços de
destinação de resíduos
Nas instalações do centro de gestão de resíduos Pohlsche Heide, bem como em vários outros
locais na proximidade, uma série de plantas de gestão de resíduos já estão sendo instaladas,
assim as visitas podem ser realizadas durante as operações em tempo real, dentro de visitas
guiadas organizadas pelo CReED.
Neste local, fabricantes alemães e fornecedores do setor de gestão de resíduos tem a
oportunidade de apresentar os seus componentes de plantas, processos e conceitos de
solução para os visitantes da Alemanha e estrangeiros. No CReED a localização, os espaços
verdes e salas podem ser usados individualmente para projetos de apresentação em operação
em tempo real simulado. Assim, no CReED a mais moderna tecnologia pode ser observada na
operação diária.
Ofertas possíveis são:

Áreas com espaço aberto e salas experimentais para instalação de exposições

Possibilidades para a demonstração operacional

Possibilidade de inclusão de exposições em visitas à plantas e durante ações de formação

Organização e realização de visitas guiadas para as delegações.
10. Organização de conferências e congressos
O CReED apoia a organização de conferências e congressos dentro da Alemanha e no
exterior. Por exemplo, o CReED, juntamente com a Universidade Técnica de Braunschweig,
organizou dois congressos no Brasil , em nome do Ministério Federal da Educação e Ciência.
O tema principal eraa fermentação como um componente de uma gestão sustentável dos
resíduos para os municípios brasileiros. Um congresso foi realizado em dezembro de 2013, em
Jundiaí (SP), com 450 participantes, um segundo terá lugar em Florianópolis em Maio de 2014.
Novos marcos legais no Brasil tem fomentado a implementação de sistemas de gestão de
resíduos sustentáveis. No entanto, a falta de know-how abrange quase todos os envolvidos.
Experiências captadas nos últimos anos refletem uma série de obstáculos que o Brasil
precisará transpor, estes vivenciados na Alemanha a mais de uma década e que foram
superados com a promoção do biogás como fonte de energia.
Nas conferências com palestrantes brasileiros e alemães, de diversos setores, seja pesquisa,
empresas
e
gestores
públicos,
são
transferidos
conhecimentos
funcionais
para
o
estabelecimento de sistemas de gestão de resíduos sustentável, integrando também a
fermentação. Os eventos técnicos também servem para construir cooperações bilaterais de
conhecimento para a implementação bem sucedida de projetos. Isto também inclui o
desenvolvimento e a adaptação de tecnologias alemãs para as condições brasileiras.
Foto 1: Congresso Jundiaí, Brasil, 2013 (Foto, Wiese)
Foto 2: Dipl.-Eng. e advogada Christiane Pereira, Congresso Jundiaí, Brasil, 2013 (Foto,
Wiese)
Contatos
CReED e.V.
Pohlsche-Heide 1
32479 Hille
www.CReED-ev.de
 Prof. Dr.-Eng. Klaus Fricke: Technische Universität Braunschweig e Presidente CReED;
mail: [email protected]
 Dipl.-Eng. Burkart Schulte, Vice Presidente CReED; mail: [email protected]
 Dipl.-Päd. Lutz Hoffmann, BUPnet GmbH; Membro CReED, head of working education;
mail: [email protected]
 Dipl.-Eng. e advogada Christiane Pereira: Technische Universität Braunschweig e CReED;
Responsável pela América Latina; mail: [email protected] [email protected] ev.de

Documentos relacionados