Nervos Cranianos e Núcleos

Сomentários

Transcrição

Nervos Cranianos e Núcleos
FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL
MÓDULO SISTEMA NERVOSO
NEUROANATOMIA FUNCIONAL
Nervos Cranianos
Prof. Gerardo Cristino
Aula disponível em:
www.gerardocristino.com.br
Objetivos de Aprendizagem
Nervos Cranianos e Núcleos dos NNCC




Identificar os nervos cranianos (NNCC)
Conhecer seus núcleos, sua origem no
encéfalo e suas relações anatômicas
Entender sua classificação funcional
Conhecer as principais funções de cada
par
Nervos Cranianos
Generalidades

Nervos que fazem conexão com o
encéfalo



Olfatório (I par)  telencéfalo
Óptico (II par)  diencéfalo
III ao XII pares  tronco encefálico
Nervos Cranianos
Generalidades

12 pares



I par (nervo olfatório)
II par (nervo óptico)
III par (nervo oculomotor), IV par (nervo
troclear) e VI par (nervo abducente)


Inervam os músculos do olho
V par (nervo trigêmeo)

Três ramos: nervos oftálmico, maxilar e

Principal nervo sensitivo da cabeça
mandibular
Nervos Cranianos
Generalidades

12 pares

VII par (nervo facial)

Nervo facial propriamente dito e nervo
intermédio


VIII par (nervo vestíbulo-coclear)


Principal nervo motor da cabeça
Partes vestibular (equilíbrio) e coclear (audição)
IX par (nervo glossofaríngeo)

Gustação; deglutição
Nervos Cranianos
Generalidades

12 pares

X par (nervo vago)



XI par (nervo acessório)



Inervação vegetativa visceral
Deglutição; fonação
Raizes craniana (bulbar) e espinhal
Gira a cabeça; eleva os ombros
XII par (nervo hipoglosso)

Motilidade lingual
Nervos Cranianos
Componentes Funcionais
temperatura, dor, pressão,
geraise proprioceptores
exteroceptores
tato, propriocepção
V, VII(i),
IX
e
X
pares
somáticas
audição, equilíbrio
retinaespeciais
e ouvidovisão,
interno
Fibras
II e VIII pares
aferentes
visceroceptores
gerais sensib. visceral, dor visceral
VII(i),
IX e X pares
viscerais
receptores gustativos
(sist.e olfação
digestório)
gustação
especiais
e olfatórios (sist. respiratório)
I, VII(i), IX e X pares
mm.
esqueléticos miotômicos
somáticas
III, IV, VI e XII pares
Fibras
eferentes
mm. lisos
gerais
m. cardíaco
III, VII(i), IX,
X e XI pares
glândulas
viscerais
SNA parassimpático craniano
mm. especiais
esqueléticos branquioméricos
VII(i) – n. intermédio do facial
V (raiz motora), VII, IX, X e XI pares
Nervos Cranianos
Funções

Sensitivos/Sensoriais




Motores




I (olfação)
II (visão)
VIII (equilíbrio e audição)
III, IV e VI (motricidade ocular)
XI (cefalogiria e elevação dos ombros)
XII (motricidade da língua)
Mistos (motores e sensitivos)




V (sensibilidade exteroceptiva da face; mastigação)
VII (mímica facial, função lacrimal e salivar; gustação)
IX (deglutição, salivação (parótida); gustação)
X (deglutição, fonação (parte craniana do XI); inervação das
vísceras do tórax e abdome)
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo Olfatório - I Par



Pequenos e numerosos feixes nervosos
Atravessam a lâmina crivosa do osso
etmóide e terminam no bulbo olfatório
Função


Aferente visceral especial
Olfação
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo Óptico - II Par



Origem na retina
Penetra no crânio pelo canal óptico
Unem-se para formar o quiasma óptico



Ocorre cruzamento parcial das fibras
As fibras continuam como tracto óptico até o corpo
geniculado lateral
Função


Aferente somático especial
Visão
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

III, IV e VI Pares


Penetram na órbita pela fissura orbital superior
Distribuem-se aos mm. extrínsecos do bulbo ocular








M. elevador da pálpebra superior (III)
M. reto superior (III)
M. reto inferior (III)
M. reto medial (III)
M. reto lateral (VI)
M. oblíquo superior (IV) - tróclea
M. oblíquo inferior (III)
Função


Eferentes somáticos
Motricidade ocular extrínseca
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

III, IV e VI Pares

III par


Eferente visceral geral (parassimpático)
Motricidade ocular intrínseca

mm. intrínsecos do bulbo ocular (mm. lisos)
 M. ciliar (regula convergência do cristalino)
 M. esfíncter da pupila
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo trigêmeo - V Par


Raiz sensitiva origina-se no gânglio trigeminal
(gânglio semilunar ou de Gasser)
Perifericamente, do gânglio trigeminal partem
três ramos (divisões) do trigêmeo:




N. oftálmico
N. maxilar
N. mandibular
Raiz motora – acompanha o nervo mandibular
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo trigêmeo - V Par

Função

Aferente somático geral (raiz sensitiva)



Temperatura, dor, pressão e tato da face
Propriocepção
 impulsos oriundos dos mm. mastigatórios e
articulação têmporo-mandibular
Eferente visceral especial (raiz motora)

Mastigação
 mm. temporal, masséter, pterigóideo lateral,
pterigóideo medial, milo-hióideo, digástrico
(ventre anterior)
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo facial - VII Par






Emerge do tronco cerebral no sulco bulbo-pontino
Penetra no meato acústico interno, juntamente com o VIII
par
Penetra no canal facial (parte petrosa do osso temporal)
Encurva-se para trás, formando o joelho externo (genículo
do nervo facial; gânglio geniculado)
Encurva-se para baixo e emerge do crânio pelo forame
estilomastóideo
Atravessa a parótida e emite diversos ramos para:



Mm. mímicos
M. estilo-hióideo
M. digástrico (ventre posterior)
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo facial - VII Par



Raiz motora (n. facial propriamente dito)
Raiz sensitiva (n. intermédio)
Função (nervo facial propriamente dito)

Eferente visceral especial

Mímica facial
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo facial - VII Par

Função (nervo intermédio)

Aferente visceral especial




Gustação 2/3 anterior da língua
Aferente visceral geral
Aferente somático geral
Eferente visceral geral (parassimpático)


Função lacrimal (glândulas lacrimais)
Função salivar (glândulas submandibular e
sublingual)
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo glossofaríngeo - IX Par


Emerge do bulbo pelo sulco lateral
posterior na forma de filamentos
radiculares
Emerge do crânio pelo forame jugular,
seguindo trajeto descendente até a raiz da
língua e faringe
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo glossofaríngeo - IX Par

Função

Aferente visceral especial


Aferente visceral geral (sensibilidade geral)



1/3 posterior da língua; faringe; úvula; tonsilas; tuba
auditiva; seio e corpo carotídeo
Eferente visceral geral (parassimpático)


Gustação no 1/3 posterior da língua
Inervação da parótida
Eferente visceral especial
Aferente somático geral
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo vago - X Par



Emerge do bulbo no sulco lateral posterior
na forma de filamentos radiculares
Emerge do crânio pelo forame jugular
Percorre o pescoço e o tórax, terminando
no abdome
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo vago - X Par

Função
 Eferente visceral geral


Eferente visceral especial (fonação)


Mm. da faringe e laringe (n. laringeo recorrente)
Aferente visceral geral (sensibilidade geral)


Inervação parassimpática das vísceras torácicas e
abdominais
Faringe, laringe, traquéia, esôfago, vísceras do tórax e
abdome
Aferente visceral especial
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo vestíbulo-coclear - VIII Par



Penetra na ponte na porção lateral do sulco bulbopontino, entre o VII par e o flóculo do cerebelo
(ângulo ponto-cerebelar)
Ocupa o meato acústico interno (porção petrosa
do osso temporal), juntamente com o VII par
Função

Aferente somática especial
 Equilíbrio (parte vestibular)
 Audição (parte coclear)
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo acessório - XI Par

Emerge como filamentos radiculares do bulbo pelo
sulco lateral posterior (raiz craniana) e dos
segmentos C1-C5/C6 da medula (raiz espinhal)





A raiz espinhal penetra no crânio pelo forame magno
Atravessa o forame jugular juntamente com os IX
e X pares
Divide-se em ramos interno (fibras da raiz
craniana) e externo (fibras da raiz espinhal)
O ramo interno junta-se ao vago
O ramo externo inerva os mm. trapézio e
esternocleidomastóideo
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo acessório - XI Par

Função

Eferente visceral especial



Mm. da laringe (raiz craniana – n. laringeo
recorrente)
Mm. esternocleidomastoideo e trapézio (raiz
espinhal)
Eferente visceral geral
Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Nervo hipoglosso - XII Par



Emerge do bulbo pelo sulco lateral anterior
na forma de filamentos radiculares
Emerge do crânio pelo canal do hipoglosso
Função

Eferente somático


Mm. intrínsecos e extrínsecos da língua
Motricidade da língua
FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL
MÓDULO SISTEMA NERVOSO
NEUROANATOMIA FUNCIONAL
Núcleos dos
Nervos Cranianos
Prof. Gerardo Cristino
Aula disponível em:
www.gerardocristino.com.br
Constituintes do
Tronco
Encefálico
Tractos
Fascículos
Lemniscos
Fibras transversais
Pedúnculos cerebelares
Núcleos dos NNCC
Substância cinzenta
própria do TE
 Formação Reticular













nn. da Formação Reticular
n. parabducente (P)
centro da deglutição (P)
centro respiratório (B)
centro vasomotor (B)
centro do vômito (B)
 Cavidades
 aqueduto cerebral
 IV ventrículo
 canal central do bulbo
 Substância branca
 Substância cinzenta (compacta)
 Subst. cinzenta + branca
n = núcleo; nn = núcleos
NC = nervo craniano
M = mesencéfalo; P = ponte; B = bulbo
1.
2.
3.
4.
8.
9.
10.
11.
12.
13.
14.
15.
16.
17.
18.
n. do oculomotor (NCIII, M)
n. de Edinger-Westphal (NCIII, M)
n. do troclear (NCIV, M)
n. do tracto mesencefálico do trigêmeo
(NCV, M+P)
n. sensitivo principal do trigêmeo (NCV, P)
n. motor do trigêmeo (NCV, P)
n. do tracto espinhal do trigêmeo (NCV,
P+B)
n. do abducente (NCVI, P)
nn. do facial (NCVII, P)
n. lacrimal (NCVII, P)
n. salivatório superior (NCVII, P)
n. do tracto solitário (NCVII-IX-X, B)
nn. cocleares (NCVIII, P)
nn. vestibulares (NCVIII, P+B)
n. salivatório inferior (NCIX, B)
n. ambíguo (NCIX-X-XI, B)
n. dorsal do vago (NCX, B)
n. do hipoglosso (NCXII, B)
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.
11.
n. rubro (M)
substância negra (M)
colículo superior (M)
n. do colículo inferior (M)
área pré-tectal (M)
nn pontinos (P)
n do corpo trapezóide (P)
n do leminisco lateral (P)
n. grácil (B)
n cuneiforme (B)
nn olivares (P+B)
5.
6.
7.
1. nn. da rafe (M+P+B)
2. substância cinzenta periaquedutal (M)
3. área tegmentar ventral (M)
4. locus ceruleus (P)
Núcleos dos Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Coluna eferente somática
Músculos estriados miotômicos do olho
e da língua




Núcleo
Núcleo
Núcleo
Núcleo
do
do
do
do
oculomotor
troclear
abducente
hipoglosso
Núcleos dos Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Coluna eferente visceral geral
Neurônios pré-ganglionares do
parassimpático craniano

Núcleo de Edinger-Westphal


III - Gânglio ciliar – músculo ciliar e esfíncter
da pupila
Núcleo lacrimal

VII – Gânglio pterígopalatino – glândula
lacrimal
Núcleos dos Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Coluna eferente visceral geral
Neurônios pré-ganglionares do
parassimpático craniano

Núcleo salivatório superior


Núcleo salivatório inferior


VII – Gânglio submandibular – glândulas
submandibular e sublingual
IX – Gânglio ótico – Glândula parótida
Núcleo dorsal do vago

X – Gânglios viscerais
Núcleos dos Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Coluna eferente visceral especial
Fibras que inervam os músculos de origem
branquiomérica

Núcleo motor do trigêmeo


Núcleos do facial


Músculos mastigatórios, milo-hióideo e ventre anterior
do digástrico
Músculos da mímica, ventre posterior do digástrico
Núcleo ambíguo

Músculo da laringe e da faringe (IX, X e XI)
Núcleos dos Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Coluna aferente somática geral
Fibras da sensibilidade somática geral da
cabeça

Núcleo do tracto mesencefálico do trigêmeo


Núcleo sensitivo principal


Propriocepção musculatura mastigatória
Tato epicrítico da face
Núcleo do tracto espinhal do trigêmeo

Sensibilidade térmico-dolorosa da face
Gânglio semilunar
Núcleos dos Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Coluna aferente somática especial

Núcleos cocleares


Gânglio coclear (espiral)
Núcleos vestibulares

Gânglio vestibular
Núcleos dos Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Coluna aferente visceral

Núcleo do tracto solitário

Sensibilidade visceral geral e especial
(gustação) (VII, IX e X)



Gânglio geniculado (NC VII)
Gânglio inferior do vago
Gânglio inferior do glossofaríngeo
Núcleos dos Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Conexões supra-segmentares





Lemnisco trigeminal
Lemnisco lateral
Fibras vestíbulo-talâmicas
Fibras solitário-talâmicas
Tracto córtico-nuclear
Núcleos dos Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Conexões reflexas
Reflexo mandibular


Trigêmeo-trigêmeo
Reflexo corneano

Trigêmeo-facial
Núcleos dos Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Reflexo lacrimal


Reflexo de piscar


Óptico-facial
Nistagmo


Trigêmeo-facial (parassimpático)
Vestíbulo-coclear-óculomotor, abducente e
troclear
Reflexo fotomotor direto

Óptico - óculomotor
Núcleos dos Nervos Cranianos
Estrutura e Função

Reflexo consensual


Óptico-óculomotor (parassimpático)
Reflexo do vômito

Vago – hipoglosso – frênico – espinhais
Aula disponível em:
www.gerardocristino.com.br

Documentos relacionados

I – Nervo Olfatório

I – Nervo Olfatório • Fibras eferentes somáticas gerais – Impulsos motores para a musculatura esquelética • Nervos oculomotor, troclear, abducente e hipoglosso

Leia mais

Nervos Cranianos

Nervos Cranianos A raiz motora do trigêmeo inervam os músculos da mastigação e dois supra-hióideos. Origem aparente: entre a ponte e o pedúnculo cerebelar médio.

Leia mais

GLOSSOFARÍNGEO E VAGO - IX e X NERVOS

GLOSSOFARÍNGEO E VAGO - IX e X NERVOS último também pelo XII nervo, empurram o bolo alimentar para faringe, através do anel da faringe, o que arrasta a língua para cima e para trás. Segundo tempo da deglutição: a gravidade pouco influ...

Leia mais