REINO MONERA - Passo a passo 1. a) Bactérias, cianobactérias e

Сomentários

Transcrição

REINO MONERA - Passo a passo 1. a) Bactérias, cianobactérias e
REINO MONERA - Passo a passo
1. a) Bactérias, cianobactérias e arqueobactérias (arqueas) são os componentes desse reino.
b) Célula procariótica é a que não possui núcleo diferenciado, envolto por membrana nuclear. O material
genético fica disperso no hialoplasma. Também não existem organelas (organoides) envolvidas por
membrana.
2. Sugestão de resposta: utilização em processos industriais, por exemplo, na transformação de leite em
coalhada; atuação em ciclos da natureza, por exemplo, no ciclo do nitrogênio; atuação nos processos de
decomposição da matéria orgânica; participação na biotecnologia e Engenharia
Genética; são causadoras de importantes doenças no ser humano.
3. a) a – hialoplasma; b – parede celular; c – cromatina (cromossomo bacteriano); d – plasmídio; e –
membrana plasmática; f – polissomo (conjunto de ribossomos); g – ribossomos. O esquema ilustrado é o de
uma célula procariótica porque o material genético não está envolvido por membrana, ou seja, não há núcleo
diferenciado.
b) A região ocupada pelo material genético (a cromatina bacteriana) é denominada de nucleoide. Os quatro
componentes são: membrana plasmática, hialoplasma, ribossomos e cromatina. c) coco, bacilo e espirilo.
4. a) Modalidades de bactérias heterótrofas: parasitas – agridem outros seres vivos e causam doenças;
decompositoras – vivem dos nutrientes obtidos por meio da decomposição de matéria orgânica; simbiontes –
associam-se a outros seres vivos, sem prejudicá-los, deles obtendo matéria orgânica e outros nutrientes.
b) A principal diferença entre esses dois processos é a fonte de energia necessária para a síntese de matéria
orgânica. Na fotossíntese, a fonte de energia é a luz do Sol. Na quimiossíntese, a fonte é a derivada da
energia liberada em uma reação química inorgânica.
c) As formas de resistência são os esporos. Esporos sãoelaborados no interior das bactérias, sendo, portanto,
endósporos.
5. c 6. d
7. a) Reprodução assexuada por divisão binária.
b) A divisão celular bacteriana ocorre por amitose. Nesse tipo de divisão, não há participação dos fusos de
divisão mitóticos, característicos da mitose de células eucarióticas.
8. a. F, b. F, c. V, d. F, e. V, f. F, g. V
9. Corretas: 02, 16 e 64; portanto, soma = 82.
10. e
11. a) Assim como todas as bactérias, a célula das cianobactérias é procariótica. Entre as diferenças,
podemos citar a existência de lâminas (lamelas) distribuídas pelo interior da célula e de um envoltório
gelatinoso externo à parede celular.
b) A fotossíntese é realizada nas lamelas internas das células. Não há cloroplastos. Os pigmentos são:
clorofila do tipo a e pigmentos acessórios, dentre os quais podem ser citados carotenoides, ficoeritrina e
ficocianina.
c) As células podem ser isoladas ou formar conjuntos coloniais. A reprodução é assexuada e ocorre por
divisão binária. Hormogônios são formados como resultado da reprodução, por fragmentação, de espécies
filamentosas.
12. c
13. a) Célula procariótica é a que não possui núcleo diferenciado, verdadeiro. O material genético de
comando fica disperso no hialoplasma e não é circundado por carioteca (membrana nuclear). Nas bactérias,
a reprodução assexuada ocorre por divisão binária.
b) O processo é a conjugação. Com a conjugação, ocorre o processo de recombinação gênica em bactérias.
Questões objetivas
1. c) Os vírus, por não terem estrutura celular, não preenchem o critério I e, assim, não podem ser
considerados seres vivos.
2. b
3. d
4. b)
5. a
6. d
7. c
8. b
9. b
10. Corretas: 02, 04 e 16; portanto, soma = 22.
11. a
12. a
13. c) A febre maculosa, causada por uma bactéria, é transmitida por um carrapato, que é um ácaro. Gripe
aviária e dengue, por sua vez, são duas viroses.
14. a) As doenças citadas nos dois textos são ambas causadas por bactérias, que se alojam em roedores
silvestres.
Comentário: os textos se referem, por duas vezes, erroneamente, aos carrapatos como sendo insetos, quando
esses animais são, na verdade, aracnídeos.
Questões dissertativas
1. a) Em X, é representado um vírus (bacteriófago); em Z, uma bactéria.
b) O bacteriófago, ao fixar-se na parede bacteriana, injeta seu material genético, que se multiplica e termina
formando novas unidades virais; ocorre a destruição (lise) da célula bacteriana, e novos vírus são liberados
no meio.
2. Bactérias, B; bacteriófagos, A. As bactérias possuem divisão binária ou cissiparidade, por isso seu número
dobra a cada ciclo. Os bacteriófagos são vírus que infectam as bactérias e utilizam seu metabolismo para
formar novos vírus. A cada ciclo lítico, um único bacteriófago gera muitos outros.
3. a) Inicialmente, deve-se isolar o gene humano cujo produto se deseja obter. Esse gene é inserido em um
plasmídeo – porção do DNA bacteriano –, obtendo-se, dessa forma, um DNA recombinante. Essa molécula
é reinserida em uma bactéria, cuja descendência, ao expressar o gene, produzirá o medicamento desejado.
b) No caso do botulismo, a contaminação se dá pelo consumo de alimentos em conserva mal esterilizados.
No segundo caso, isso ocorre pela infecção de ferimentos profundos por objetos ou terra contaminados.
4. A resistência bacteriana nos três casos ilustrados ocorre em função da variabilidade genética dos
microrganismos no enfrentamento do antibiótico. Essa variabilidade é decorrente de mutação e
recombinação gênica – transformação, conjugação e transdução –, expressando a transferência vertical e
horizontal da informação genética. Sendo as bactérias organismos de ciclo de vida curto com crescimento
exponencial (investimento maciço na reprodução), a propagação da resistência se faz rapidamente,
originando linhagens resistentes ao antibiótico.
5. O antibiótico I atua sobre a tradução, pois, ao ser administrado, reduz imediatamente a síntese proteica. O
antibiótico II pode atuar inibindo a transcrição e/ou a replicação gênica, pois do momento da administração
até o início da redução da síntese proteica decorrem 20 minutos; isso significa que havia ácido ribonucleico
mensageiro sendo traduzido e produzindo proteína.
Programas de avaliação seriada
1. d
Passo a passo
O

Documentos relacionados

O MUNDO MICROSCÓPICO VÍRUS, BACTÉRIAS E PROTOZOÁRIOS

O MUNDO MICROSCÓPICO VÍRUS, BACTÉRIAS E PROTOZOÁRIOS boca e em nosso intestino e, normalmente, não nos causam mal; Outras são capazes de provocar doenças no ser humano ou em outros animais.

Leia mais

Ciências - Escola São Domingos

Ciências - Escola São Domingos a) Diferencie a célula vegetal da animal em três aspectos. b) Por que o núcleo é o centro de comando da célula? c) Por que o citoplasma é o responsável pela nutrição da célula? d) Cite as funções ...

Leia mais