Cantos de Casa

Сomentários

Transcrição

Cantos de Casa
CANTOS de CASA Infantil
O Álbum Cantos de Casa compartilha um possível cotidiano da vida de uma
criança, através do mundo mágico de uma casa totalmente feita de instrumentos
musicais.
Todas as canções foram compostas por Badi e inspiradas durante os primeiros anos
da vida de Sofia, sua primeira filha. Os temas abordam desde a hora em que a criança
acorda até quando vai dormir, sempre apresentados de uma forma divertida,
compartilhando ideias e ideais de interesses como: respeito à vida, alimentação
saudável, higiene, sustentabilidade, reciclagem, entre outros mais.
O CD segue o enredo do show-teatral, de mesmo nome, pretendendo despertar no
público infantil o interesse e subsequente questionamento sobre os temas abordados.
Todas as músicas de “Cantos de Casa” são tocadas apenas, além dos convencionais
violão, ukulele e contrabaixo, com instrumentos percussivos construídos a partir do
que naturalmente já existe pelos cômodos de uma casa:
As músicas de acordar e dormir (Logo de manhã, Bicharada, No colo do papai)
acontecem no quarto, onde Badi usa o ukulele, como se fosse mais um dos
brinquedos sonoros usados, assim como um instrumento feito especialmente para o
espetáculo pelo luthier Jamil Giúdice, construído com garrafas pet que são afinadas
com ar (!); As músicas que acontecem no banheiro (Salvador, Qual é a da água?) são
tocadas com instrumentos feitos através de materiais de construção, também
construídos pelo Jamil, como tubos de pvc, flauta de cobre, pias etc; As músicas
sobre alimentação (Café-da-manhã , Tá com fome de quê?) acontecem na cozinha e são
usados pratos, panelas, frigideiras, copos afinados, tambores de água etc;
A música de abertura ‘O chocoalho’, que fala sobre limpeza, é toda tocada com
vassouras, espanadores, pandeiro feito de pratinho de vaso de flor e um contrabaixo
construído com balde e cabo de vassoura, apelidado de contra-balde. Além desses
ambientes, ainda há músicas que acontecem na sala e no quintal, sempre seguindo a
mesma ideia de raciocínio e construção.
Para este projeto Badi chamou os conceituados multi-insturmentistas Ricardo Prado
(contra-baixo) e Guilherme Kastrup (percussões diversas) para ajudá-la na construção
sonora e arranjos. Badi também contou com a participação especial de Marcelo Pretto e
as irmãs Sophia e Irina Alfonso (vozes diversas), Marcelo Rodrigues (Gaita) e Sofia Assad
Vakros, cantando um dueto de mãe e filha…
Atuando como produtora musical pela primeira vez, Badi volta à cena com seu
primeiro projeto dedicado às crianças, e o segundo do seu sêlo Quatro Ventos.
Repertório:
1. O Chocoalho
2. Logo de manhã
3. Bicharada
4. Salvador
5. Café-da-manhã
6. Tá com fome de quê?
7. Três tristes tigres
8. Corpinho musical
9. A Bola
10. Qual é a da água?
11. Qualquer coisa por você
12. No colo do papai
@ACESSE:
www.badiassad.com.br
www.facebook.com/BadiAssadBR
www.youtube.com/canalbadiassad
www.twitter.com/badiassad
+ sobre Badi Assad
Badi Assad nasceu na cidade de São João da Boa Vista (SP) e foi criada no Rio de
Janeiro. Irmã dos violonistas do Duo Assad (reconhecidos mundialmente), queria
seguir os passos dos irmãos, mas por ter aprendido piano primeiro, só chegou ao
violão aos 14 anos. Um ano depois, já dominava o instrumento e subia aos palcos
participando e ganhando concursos nacionais e internacionais.
Badi se consolidou por seu talento e conquistou o cenário internacional com sua
reconhecida técnica violonística, suas experimentações vocais, capacidade de
interpretar profundamente sua obra e uma insaciável sede de inovação. Mantém um
grupo crescente de fãs fiéis, incluindo críticos e colegas músicos mundo afora. No
palco, Badi Assad revela-se uma artista completa e virtuose. Encantadora como uma
diva, ela canta, toca violão, dança e transforma seu corpo em percussão – E...Tudo
ao mesmo tempo!
Com 11 CDs lançados internacionalmente e muitos deles premiados: Rhythms (1995)
rendeu-lhe o prêmio de melhor violonista do mundo pela revista Norte-Americana
Guitar Player; Wonderland (2006), foi considerado pela BBC/ Londres um dos 100
melhores álbuns do ano e conquistou o 27o destaque do ranking da Amazon.com;
Amor e Outras Manias Crônicas (2013) - seu primeiro trabalho 100% autoral e o
primeiro lançado por seu próprio selo ‘Quatro Ventos’ - a rendeu o prêmio de
Melhor Compositora do Ano pela APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte),
assim como foi selecionada entre os 70 mestres do violão e guitarra da História
Brasileira, sendo a única mulher desta geração, pela Revista Rolling Stones/BR, e
conquistou, com sua canção 'Pega no Coco', o primeiro lugar no 'USA International
Competition', na categoria World Music.
Badi já trabalhou com artistas como Bobby McFerrin, Yo-Yo-Ma, Sarah McLaughlin,
Seu Jorge, Naná Vasconcelos e Toquinho entre tantos outros. Se apresentou em
alguns dos mais prestigiados festivais internacionais como Montreal Jazz Festival
(CA), North Sea Jazz (NL) e teatros como L’Opera de Paris (FR), Metropolitan
Museum (US), Palais de Beaux- Art(BE) e Teatro Municipal do Rio de Janeiro (BR).
Representou o Brasil nos aclamados ‘FarmAid’ e ‘Lilith Fair’(US) e teve sua música
“Waves” na trilha musical do filme “It runs in the family”.
Para comemorar 20 anos de carreira Badi lançou, em 2010, o DVD Badi Assad. No
mesmo ano foi a protagonista de uma ópera contemporânea ‘Opera das Pedras’,
dirigida por Denise Milan e Lee Breuer (Mabou Mines). Em 2012, a artista fez
apresentação especial ao lado do Balé Teatro Castro Alves, de Salvador (BA) no
Teatro Municipal de São Paulo, interpretando um de seus principais discos da
carreira, Verde. O espetáculo foi convidado também para se apresentar na Bienal de
Dança de Veneza (IT).
Nesse ano de 2014, Badi foi convidada para compor a trilha Sonora, e tocá-la ao vivo,
do filme mudo Chinês “The Goddess “, no Merkin Hall (NY), aonde teve destaque no
NYTimes. No mês de março saiu em Turne de 40 dias pela Europa , com seu
trabalho solo e nos EUA com sua família - o 'Assad Quintet'. No Brasil, Badi se
apresentou em respeitados festivais brasileiros como: Festival de Jazz e Blues de
Manguinhos (ES), Festival Chapada In Jazz, na Chapada dos Guimarães (MT) ,
Evento Quinta Pedra que Brilha - Mostra de Cinema de Itabira (MG), entre outros.
Sempre intensamente envolvida em sua proposta artística, Badi interpreta
profundamente sua obra e leva seu público a uma verdadeira experiência de emoções:
Ora forte, ora suave, sensual ou ingênua, urbana ou interiorana...
"Badi Assad redefine a apresentação solo. Reveladora e brilhante ela é um complexo de
inovação, imaginação e habilidade ... Hipnoticamente atraente!" Los Angeles Times
Discografia
Dança dos tons (1989) Independente LP
Solo (1994) Chesky Records CD
Rhythms (1995) Chesky Records CD
Echoes of Brazil (1997) Chesky Records CD
Chameleon (1998) i.e.music/PolyGram CD
Nowhere (2003) Independente CD
Three guitars (2003) Chesky Records CD
Dança das Ondas (2003) GHA CD
Verde (2004) eDGe music/Universal CD
Wonderland (2006) eDGe music/ Universal CD
DVD Badi Assad (2011) Biscoito Fino
Amor e outras manias crônicas (2012) Proac
Badi Assad em Cantos de Casa (2014) Proac
[11] 5531-8675 | 99616-6632
CNPJ: 09.043.347/0001-96
[email protected]
www.dgproducoesartisticas.com.br
Rua Álvaro Rodrigues, 943
Vila Cordeiro – São Paulo. CEP: SP 04582-002
Assessoria de Imprensa
Débora Venturini (11) 98326-3851
[email protected]
Contato para shows:
[email protected]

Documentos relacionados

release - Badi Assad

release - Badi Assad meados dos anos 80, já como Duo Assad, seus irmãos ganharam reconhecimento e popularidade mundial. Badi queria seguir os passos do irmão, mas por ter aprendido piano primeiro, só pegou no violão ao...

Leia mais

Badi Assad lança “Amor e outras manias crônicas”

Badi Assad lança “Amor e outras manias crônicas” álbuns do ano e o 27o destaque do ranking da Amazon.com), Badi foi eleita uma das melhores violonistas do planeta pela revista americana Guitar Player. Trabalhou com artistas como Bob McFerrin, Yo-...

Leia mais