swissair - Acervo Digital - PUC

Сomentários

Transcrição

swissair - Acervo Digital - PUC
OO?0f
APOIO CULTURAL
swissair
1 MINUT
p
VÍDEO
GAZETA
A 1 « I « Y I I Ò « d» Sto Poul»
MUSIC TELEVISION
FONE 01L864.03B8
FUNDAÇÃO CULTURAL SÃO PAULO
Construído nos anos 60 para ser o grande Auditório da
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC­SP), o
TUCA assumiu um importante papel no desenvolvimento
cultural brasileiro. Com o incêndio, ocorrido em setembro de
1984, a sociedade civil se mobilizou e inúmeras atividades
foram levadas a cabo para reconstruí­lo.
Desde 1988, a Fundação Cultural São Paulo, mantenedora do
TUCA, começou a desenvolver projetos oferecendo aos
paulistanos inúmeras opções de atividades culturais. Desta­
cam­se: Escola de Formação Básica de Atores, CUCA (Coral
do TUCA), Produções e Co­Produções ("Pierrot", "O Cobra­
dor", "A Bao A Qu"), Concertos com a Orquestra Experimen­
tal de Repertório (soba regência do Maestro Jamil Maluf). Na
área de Vídeo, a Fundação Cultural São Paulo também se
insinua com a implantação da TV PUC (Sistema de TV a cabo
no Campus da Universidade), e o "Festival do Minuto",
evento que agora será apresentado em diversos pontos do país.
RENATO NUNES GANHITO
Diretor­Geral
vreocominicnQue
(Motel
L.­­S
rooaisiLirm
OHLOFF
VOOKA
BiniuniiruiD
Seaaram*
:
BLENDERS
PRIDE
T
omfy
§
w
H
i
**u\*
~gmp
â
m
MIS
SAO PAULO
M U S E U
DA I M A G E M
E OO S O M
fj.i'm:iiii.'M.iii'.iJmn;|.l.'.ul!I.LI
TRANSAMrRICA
FLAT
O "FESTIVAL DO MINUTO"
MARCELO MASAGÁO
Coordenador do "Festival,"
■
III
%$
'■
ICQIM
A equação é: "Maior quantidade e principalmente qualidade
de informações no mais reduzido espaço de tempo".
Uma oportunidade para Tele­Fílmicos­Humanos exercitarem
sua síntese, cortarem de seus roteiros tudo que seja médio,
tudo que redunde. Uma espécie de "Hai­Kais" eletrônicos.
Sem cometer a indelicadeza de comentar a Mostra antes que
ela seja vista, se fosse para resumi­la em uma palavra, diria
que é sangüínea.
Sangüínea no bom humor, nas situações criadas, na simplici­
dade, na delicadeza, na diversidade e, sobretudo, nos canti­
nhos e detalhes.
Ora, o detalhe sempre teve absoluta importância para a
humanidade, já que é através dele que os fatos e fotos
singularizam­se. Se a sociedade moderna midiatizada tende a
banalizar e clichetizar tudo, o detalhe singularmente materi­
alizado é uma possibilidade de fugirmos do clichê.
O "Festival do Minuto" aponta nesta direção.
E se este ano você não fez seu "Minuto", prepare­se. No ano
que vem tem mais.
II
XX.
SWÍ
rtcui uuumcK «toco
[âwume]
m
FM100J
TVT
UIDEOTECfi
liiMK-J
si;7í^=ll
REALIZAÇÃO
H
FUNDAÇÃO
CXILTURAL
SÃO PAULO
Vincuioda ã Pontifícia Unive nidod* Católica de Soo Paulo