victoria saavedra

Сomentários

Transcrição

victoria saavedra
VICTORIA SAAVEDRA
COLÔMBIA
Começa seus estudos musicais com 13 anos em Bogota (Colombia). Com 18 anos viajou para a
Califórnia (Estados Unidos) para tomar aulas na escola The jazz School, na cidade de Berkeley (CA);
recebendo lições de gramática, improvisação, canto e interpretação. Na cena da Califórnia teve a
oportunidade de participar de worshops com grandes professores e magnícos artistas como Bobby
McFerrin, King Nancy e Antonioli Laurie.
Na sua volta pra Colômbia a cantora foca os seus estudos no folclore da música latino-americana,
guiando as sua atenção principalmente para estudo vozes e percussão dos diversos gêneros musicais
que o continente Sul Americano apresenta.
A partir da sua relação com a música folclórica Colombiana começa a participar de importantes
festivais, no 2007 e 2009 participou ativamente no festival do Petroneo Alvarez festival de Música
Tradicional do Pacíco colombiano, com o grupo de Marimba Pambil, ganhadores no 2007 do prêmio
de melhor canção inédita e com este mesmo grupo foram os ganhadores do Festival Internacional de
Música e Dança Africano em Esmeraldas – Equador e no 2010 mudou-se para o Brasil continuar com
os seus estudos de música e conhecer mais da cultura e música brasileira.
Formada em canto popular pela Faculdade Santa Marcelina e desde o 2011 com faz parte da
Orquestra K e do Candombá, nesse último cantora e compositora. Em 2015 inicia sua parceria com a
dançarina Marina Abib, criando e circulando com a performance “Mar Alto”. Atualmente também
trabalha em composições para seu primeiro CD.
Pesquisa continuamente - por meio de referências teóricas e vivências de campo, a construção de
novas possibilidades sonoras que a voz proporciona, sempre com um foco particular em cantos
regionais do Brasil e o resto da América Latina.
Direção artística
e co-produção:
Realização
Financiamento