Cultura - Portal Almada Digital

Сomentários

Transcrição

Cultura - Portal Almada Digital
Editorial
Destaques
4
Ambiente – De 26 de Maio a 5 de
Junho pode participar nas muitas
iniciativas da Semana “mais” Verde
de Almada
11
18
Investigação – Na Faculdade de
Ciências e Tecnologia, na Caparica,
a Vicarte dedica-se à investigação
do vidro e sua aplicação na arte
Educação - Mais dois jardins-deinfância estão a ser construídos em
Cacilhas e no Feijó, ampliando a
rede pública do pré-escolar.
26
Ler – A partir de 28 de Maio, e
até 12 de Junho, a Praça São João
Baptista, bem no centro da cidade,
vai receber a realização uma Feira
do Livro
31
Associativismo – O Clube Náutico
de Almada vai mudar-se para um
edifício junto ao farol de Cacilhas,
fruto de um protocolo assinado com
a CMA
Direcção Municipal de Mobilidade
e Valorização Urbana, Protecção
Civil, Serviço Veterinário, ECALMA
Rui Jorge Palma de Sousa Martins
É um mês em que também se
“espalham” Sementes, numa edição
que se estende por mais de uma dezena
de concelhos, tendo o epicentro em
Almada, com a sua companhia de teatro
organizadora: o Extremo. De facto, mesmo
em tempos de crise, em que tantos
eventos culturais ficam suspensos devido à
forte diminuição do investimento público,
esta Câmara Municipal assegurou a sua
quota de financiamento do festival, para
além do apoio regular que presta ao
Teatro Extremo.
Mas se de investimento falamos,
nomeadamente ao nível da cultura, do
desporto e do associativismo, através
do apoio às iniciativas da comunidade
almadense, em Maio evidencia-se
igualmente a capacidade do Município
em criar infra-estruturas necessárias para
o incremento do bem-estar da população.
21
Direcção Municipal de
Administração Geral, Consultadoria
Jurídica, Dept. de Estratégia e
Gestão Ambiental Sustentável
Maria Emília Guerreiro Neto de Sousa
Maio é o mês da 7ª edição do concurso
de Gastronomia do concelho de Almada.
Mais uma vez, dezenas de restaurantes
vão ser postos à prova, com a excelência
dos seus pratos e a competência dos seus
profissionais.
Esta é uma iniciativa que reúne crescente
adesão por parte dos empresários do sector
que aproveitam assim esta oportunidade
para melhor divulgar a sua “arte”. Faz
também parte da estratégia do Município
de reforçar o papel que a gastronomia tem
no turismo do concelho.
SMAS – Os Serviços
Municipalizados conquistaram
um importante financiamento
comunitário no valor de seis milhões
de euros
2
Culturas,
saberes e sabores
Serviços Municipais de Água e
Saneamento, Departamento de
Recursos Humanos, Serviço de
Saúde Ocupacional CMA/SMAS
José Manuel Raposo Gonçalves
Direcção Municipal de
Planeamento, Administração do
Território e Obras, Centro de Arte
Contemporânea
Maria Amélia de Jesus Pardal
Direcção Municipal de
Desenvolvimento Social,
Departamento de Comunicação,
Centro de Informação Autárquica
ao Consumidor
António José de Sousa Matos
Vereadores não executivos
Paulo José Fernandes Pedroso
Maria D’Assis Beiramar Lopes Almeida
José Carlos Rebelo Simões
Jorge Manuel Pedroso de Almeida
Nuno Filipe Miragaia Matias
Helena Maria Gomes Oliveira
É nessa óptica que na zona do Fróis,
Caparica, estamos a erguer um novo
Centro Cívico, estando já em plena e
adianta a construção um novo complexo
de piscinas e uma biblioteca central. A unir
estes dois equipamentos será construído
um parque urbano.
Trata-se de uma nova centralidade
que está a nascer numa zona carente
do concelho. Uma demonstração que
para o Município não existem guetos
nem freguesias discriminadas, que todos
merecem o acesso aos bens culturais, ao
desporto e ao lazer.
O investimento que está a ser feito na
Caparica evidencia bem a capacidade
de diálogo entre os vários interlocutores
com responsabilidades na gestão do
concelho. De facto, tais empreendimentos,
a que outros que se somarão, só são
possíveis graças ao trabalho de parceria
entre a Câmara Municipal, o Instituto
de Habitação e Reabilitação Urbana
e várias instituições locais que, sob
iniciativa da autarquia, se associaram
para a formulação de uma candidatura ao
Quadro de Referência Estratégico Nacional
– Polis XXI – Bairros Críticos.
Um concelho com parcerias assim só
pode augurar um bom futuro!
António Matos
Vereador dos Serviços Municipais de Desenvolvimento Social,
Informação e Relações Públicas
...em directo
Valorizar o trabalho e quem trabalha
Construir um futuro melhor
O
mês de Maio iniciou-se com a
comemoração do Dia do
Trabalhador, uma conquista de Abril,
uma data que assinala, à escala mundial, um
marco histórico da luta dos Trabalhadores
por uma vida mais digna, homenageando
os trabalhadores de Chicago que há 125
anos, em Maio de 1886, desencadearam
um extraordinário movimento em defesa de
melhores condições de trabalho e de vida.
Em Almada, afirmando permanentemente
o mais profundo respeito por quem trabalha
- enfrentando com coragem a conjuntura
de crise económica grave e profunda em
que vivemos, que nos impõe a necessidade de reduzir,
onde possível, os gastos de funcionamento -, asseguramos
a manutenção de todos os direitos adquiridos pelos
trabalhadores da autarquia: Serviço de Saúde Ocupacional e
refeitórios, equipamentos de protecção e segurança, creche
e jardim-de-infância para os filhos dos trabalhadores, ou
seja, tudo daquilo que no nosso Município é assumido
enquanto responsabilidade social para com os cerca de
dois mil funcionários da autarquia.
O Relatório e Conta de Gerência do Município de 2010,
recentemente aprovado, demonstra claramente a forma
responsável como temos sido capazes de gerir o dinheiro
público em Almada.
Ausência de défice, saldo de gerência positivo, elevada
capacidade de endividamento, ausência total de dívidas
a fornecedores, são alguns dados que traduzem a
exemplaridade das contas que, com satisfação e muita
honra, fomos capazes de apresentar, em resultado de um
trabalho sério e irrepreensível da gestão da coisa pública.
Estes são factos concretos que evidenciam o grande
respeito e consideração que a gestão da Câmara Municipal
assume perante os trabalhadores e todos quantos através
dos seus impostos, contribuem activamente para a
construção de um Concelho cada vez melhor, mais humano
e mais fraterno, como sonharam e sonhando lutaram, os
heróis de Chicago e depois deles milhões e milhões de
trabalhadores em Portugal e em todo o mundo.
Esta realidade merece especial destaque
no preciso momento em que a nível
nacional a gestão das contas públicas é
fortemente questionada.
Em Almada, queremos continuar assim.
É por este caminho que queremos seguir
com a consciência de que se anunciam por
aí tempos muito difíceis e que nos querem
impor novas e ainda mais gravosas
medidas de austeridade, com novos
e injustos sacrifícios para aqueles que
menos têm e que menos podem.
Em Almada, neste nosso Concelho,
tudo faremos no âmbito das nossas competências e
possibilidades pela defesa e melhoria das condições de
vida das populações.
Contribuiremos, conforme vimos fazendo de forma
consistente e permanente, de forma séria e na medida das
possibilidades e competências das autarquias locais, para
a dinamização das actividades económicas instaladas no
nosso território, adoptando medidas concretas capazes de
estimular o nascimento e a fixação de novas actividades
económicas no nosso Concelho.
Dar trabalho às empresas e aos trabalhadores, pagar a
todos, a tempo e horas, é a nossa regra de ouro.
Mantendo firmemente este rumo de consideração e
respeito por quem trabalha, é minha convicção profunda
de que conseguiremos ultrapassar os maus momentos que
estamos a viver.
Valorizando o trabalho e quem trabalha estou certa que
podemos construir um futuro melhor!
A Presidente da Câmara Municipal de Almada
3
Ambiente
De 26 de Maio a 5 de Junho
Participe na Semana Verde de Almada
4
Durante 11 dias vamos aprender um modo de vida mais amigo do Ambiente,
poupando recursos naturais do Planeta e também alguns euros na sua carteira. E já
agora, a tornar mais bonita a sua cidade…
A
Praça da Liberdade é o principal palco das actividades da
Semana Verde de Almada que decorre de 26 de Maio a 5
de Junho. O programa inclui inúmeras actividades, entre
as quais oficinas sobre jardinagem e horticultura biológica, nos
quais podemos todos aprender a aproveitar logradouros, varandas
ou mesmo simples floreiras das janelas. A participação dos mais
novos cidadãos está novamente assegurada com a realização da
Festa Verde e do Forum 21 da Criança. Destacam-se ainda outras
iniciativas da Semana como: passeios pedestres e de bicicleta,
visitas a um Aquário Virtual, ateliês sobre energias renováveis,
campanhas de adopção de animais e actividades desportivas.
A participação é gratuita mas algumas acções requerem inscrição
prévia, por isso informe-se na Ecoteca de Almada ou no site do
Município, onde encontra ainda o programa completo (www.malmada.pt/ambiente). Desfrute desta Semana e faça com que ela
dure todos os dias do ano!
Festa Verde 2011
Na manhã do dia 26 de Maio, um grande e colorido mercado
de ar livre instala-se na Praça da Liberdade, em Almada, onde
centenas de crianças de Escolas, Jardins de Infância e Instituições
Particulares de Solidariedade Social, mostram, trocam e vendem
os produtos que plantaram e colheram nas suas hortas e jardins
pedagógicos, ao longo do ano. Concursos, jogos, oficinas e muita
animação fazem parte do programa.
Estão todos convidados para esta Festa integrada no Plano de
Acção Cultural da Câmara de Almada.
Natureza Urbana
Uma cidade mais verde é construída também por cada um
de nós… Nesta iniciativa poderá conhecer inúmeras plantas
mediterrânicas, ideais para o nosso clima, mais resistentes e que
precisam de menos água. Pode também tirar dúvidas simples
sobre jardinagem e adquirir espécies que poderá utilizar num
jardim numa varanda ou simplesmente numa floreira de janela…
Estará a contribuir para uma cidade mais bonita e com mais
biodiversidade! Esta acção tem lugar na Praça da Liberdade, em
Almada, de 26 a 31 de Maio, entre as 10h e as 21h.
Horta Biológica na Cidade
Também na Praça da Liberdade, em Almada, de 26 a 31 de
Maio, estará uma horta biológica demonstrativa, para o ensinar
a produzir os seus próprios alimentos de forma ecológica, mesmo
em pequenos recantos urbanos, como um logradouro ou uma
varanda. Conheça as boas práticas de horticultura biológica, desde
a selecção das culturas da horta, as associações proveitosas entre
plantas, o combate a pragas e doenças, que ferramentas utilizar,
como fazer composto, entre muitas outras. Para participar basta
aparecer. Grupos organizados deverão fazer marcação prévia.
Oficinas sobre Jardinagem e Horticultura
Biológica
Durante a Semana Verde, decorrerão vários ateliês práticos
para aprender mais sobre jardinagem e horticultura. Jardins em
pequenos espaços urbanos, hortas-jardim, utilizações de plantas
aromáticas e construção de arranjos com plantas mediterrânicas,
serão alguns dos temas abordados nas oficinas gratuitas que
acontecerão durante a Semana. Inscrição prévia necessária.
Fórum 21 da Criança
Que opiniões têm as crianças de Almada sobre o Concelho
e o Mundo em que vivem? Que ideias têm para o melhorar?
No dia 2 de Junho, no Teatro Municipal de Almada, terá lugar
o Parlamento dos Pequenos Deputados, onde crianças de
vários estabelecimentos de ensino darão a conhecer as suas
preocupações, sugestões e desejos para o futuro de Almada e do
Planeta. Actividade inserida no projecto Agenda 21 da Criança
de Almada.
Ecoteca de Almada
Rua Bernardo Francisco da Costa, 40, Almada
Tel. 21 272 25 18
[email protected]
www.m-almada.pt/ambiente
5
Ambiente
Trabalho de sete anos deixou resultados em Almada
Projecto CYBER Display
chegou ao fim
O projecto europeu CYBER Display – Comunicar o Desempenho Energético dos
Edifícios – de que Almada é parceira desde 2005, terminou com um evento
incluído na Semana Europeia da Energia Sustentável, em Bruxelas
6
N
o passado dia 14 de Abril chegou
ao fim o projecto CYBER Display,
que Almada integrou desde a
primeira hora.
O Município participou na conferência
final do projecto, que decorreu em
Bruxelas no âmbito da Semana Europeia
da Energia Sustentável, o maior fórum
europeu para mostrar, promover, discutir
e celebrar a eficiência energética e as
energias renováveis.
O grande objectivo do CYBER Display
foi disponibilizar informação sobre o
desempenho energético de edifícios
abertos ao público e dar a conhecer
medidas para que estes se tornem
energeticamente mais eficientes.
Vantagens do projecto
As ferramentas de cálculo desenvolvidas
no CYBER Display, e que estão disponíveis
no site do projecto, permitem, de forma
simples, atribuir uma classificação de A a G
a edifícios (algo similar ao que já acontece
com muitos tipos de electrodomésticos)
para as categorias de consumo de
energia, emissões de CO2 e consumo
de água. Esta classificação, que reflecte
o desempenho energético e ambiental
de um determinado edifício, é dada a
conhecer aos seus utilizadores através de
um poster simples, com uma mensagem
directa e clara.
Em Almada foram contemplados
35 edifícios, entre escolas e edifícios
administrativos e equipamentos
desportivos. Outra parte importante
do trabalho desenvolvido no CYBER
Display foi a concepção de diversos
materiais informativos, a dinamização de
sessões para alunos e professores, que
complementaram a afixação dos posters e
a organização em Almada, em Novembro
de 2009, de um workshop internacional
sobre eco-comunicação em escolas.
Resultados apresentados
Durante a conferência final do projecto
foram apresentados os principais
resultados e as campanhas mais apelativas
que foram construídas pelas várias cidades
que integraram o projecto, assim como
o seu impacto na operacionalização da
directiva europeia sobre desempenho
energético dos edifícios.
O projecto demonstrou claramente que
a tomada de consciência do impacto que
as acções dos utilizadores têm na factura
energética e no desempenho ambiental
do edifício torna mais fácil a alteração de
comportamentos por parte das pessoas
que usam esse equipamento.
O projecto CYBER Display foi cofinanciado a 50% pelo Programa “Energia
Inteligente para a Europa”. Foi coordenado
pela associação Energie-Cités e contou
com a participação de Municípios e
agências de energia de vários países
europeus como França, República Checa,
Reino Unido, Irlanda, Finlândia, Itália,
Lituânia e Eslovénia.
Mais informações:
AGENEAL - Agência Municipal
de Energia de Almada
Tel. 21 272 23 80
[email protected]
www.ageneal.pt
www.display-campaign.org
Até ao dia 4 de Junho, na Oficina de Cultura
Saúde, Segurança e Bem-Estar
no Trabalho em exposição
A
autarquia promove, a partir do dia 20 de Maio, e até 4
de Junho, uma exposição dedicada à Saúde, Segurança
e Bem-Estar no Trabalho na Câmara Municipal e nos
Serviços Municipalizados de Almada.
Esta exposição evoca um trajecto singular, iniciado nas condições
particulares de Almada e da Administração Pública Local, na
década de oitenta. Nela faz-se uma viagem pelos sucessos e
obstáculos de mais de 20 anos de actividade da Comissão e
Subcomissões de Saúde, Segurança e Bem--Estar no Trabalho e
da abordagem pioneira da Saúde Ocupacional, e o seu contributo
para a mudança da cultura organizacional e para a promoção da
saúde e bem-estar no trabalho na CMA e SMAS.
A iniciativa integra-se nas comemorações dos 60 anos dos
Serviços Municipalizados de Água e Saneamento.
Aberta ao público geral, a exposição está patente na Oficina
de Cultura. A inauguração está marcada para as 18h do dia 20
de Maio.
7
Em obra
F
oi com o descerrar da bandeira do Município e a colocação
simbólica de várias pedras que, no dia 12 de Abril, se deu
início à obra de requalificação (pedonalização, renovação
das redes de águas e esgotos e colocação de novo mobiliário
urbano) da Rua Cândido dos Reis, em Cacilhas.
Trata-se de um investimento de 500 mil euros, numa obra
fundamental para se alcançarem os objectivos da Área de
Reabilitação Urbana de Cacilhas – um programa que abrange
igualmente esta rua e que se reflecte num pacote de incentivos
para a recuperação dos edifícios.
Trata-se de um investimento de 500 mil euros, numa obra
fundamental para se alcançarem os objectivos da Área de
Reabilitação Urbana de Cacilhas – um programa que abrange
igualmente esta rua e que se reflecte num pacote de incentivos
para a recuperação dos edifícios.
Trata-se de um investimento de 500 mil euros, numa obra
fundamental para se alcançarem os objectivos da Área de
Reabilitação Urbana de Cacilhas – um programa que abrange
igualmente esta rua e que se reflecte num pacote de incentivos
para a recuperação dos edifícios.
8
Até Junho vão realizar-se mais fóruns
Opções Participativas passaram
pelo Laranjeiro e Cova da Piedade
No Laranjeiro foi apresentada a ampliação da rede de jardins-de-infância
A
s instalações da Junta de Freguesia do Laranjeiro,
receberam, a 8 de Abril, o fórum de participação
dedicado a esta freguesia, no âmbito do ciclo Opções
Participativas 2012. Além das questões apresentadas pelos vários
participantes, foi apresentada a ampliação da rede de jardinsde-infância em curso no Laranjeiro. Os espaços exteriores e o
seu usufruto pelos mais idosos e crianças foi um dos assuntos
abordados.
A 15 de Abril, na freguesia da Cova da Piedade (Cooperativa
Concurso de fotografia e vídeo
SMAS e ImaginArte
desafiam jovens
N
o âmbito das comemorações dos seus 60 anos, os Serviços
Municipalizados de Água e Saneamento de Almada, em
conjunto com o Projecto ImaginArte Almada, lançam o
concurso “Ideias criativas para a produção de fotografia e vídeo”,
destinado a alunos do concelho de Almada.
Os trabalhos terão como temas “a água para uso humano”
ou os “60 anos dos SMAS de Almada”, devendo ser entregues
até ao dia 3 de Outubro de 2011, na sede daqueles serviços, no
Pragal ou por Correio.
A avaliação das fotografias e vídeos será feita por um Júri
composto por um representante dos SMAS, um elemento
do projecto ImaginArte, um fotógrafo ou um técnico da área
multimédia (vídeo).
Os dois primeiros classificados recebem uma máquina fotográfica
ou de vídeo digitais, no valor de 500 euros e 350 euros,
respectivamente. Os terceiros prémios recebem uma colecção
de livros técnicos de fotografia ou vídeo, no valor de 200 euros.
Os melhores trabalhos seleccionados serão expostos e visionados
no mês de Novembro, na Oficina da Cultura.
Na Cova da Piedade foi abordada a qualificação do edificado
Piedense), realizou-se mais um fórum de participação. Nesta
sessão foram abordados, entre outros assuntos de interesse
para a freguesia, os estudos de remate urbano e a estratégia de
requalificação urbana para o centro histórico da freguesia.
As “Opções Participativas 2012” decorrem até Junho e pretendem
recolher ideias e sugestões para a elaboração do Plano de
Actividades da Câmara de Almada para 2012. Para além dos fóruns
de participação, é também possível participar através da Internet,
preenchendo um formulário disponível em www.m-almada.pt/op
9
Novos edifícios das Oficinas Gerais dos SMAS
Trabalhadores com melhores
condições de trabalho
Sala de formação, carpintaria e ferramentaria
1 0
Foram reabilitadas várias áreas e criadas novas infra-estruturas. A obra realizada
permite centralizar várias actividades que estavam dispersas pelo concelho. O
investimento foi superior a um milhão de euros
F
oi em clima de festa e confraternização
que, no passado dia 16 de Abril, foram
inaugurados os novos edifícios das Oficinas
Gerais dos Serviços Municipalizados de Água e
Saneamento (SMAS) de Almada, localizados no
antigo Matadouro do Pragal.
À cerimónia não faltaram muitos dos actuais
trabalhadores e antigos funcionários dos SMAS.
Investimento superior a um
milhão de euros
A obra realizada nestas instalações consistiu na
reabilitação de um conjunto de áreas, dotandoas de novas infra-estruturas com capacidade
para acolher um novo Centro de Formação para
os trabalhadores, bem como as actividades de
ferramentaria, serralharia, carpintaria e armazém.
Os novos edifícios permitem ainda centralizar
actividades oficinais, e que estavam dispersas Os trabalhadores não deixaram de marcar presença na inauguração dos novos edifícios
pelo concelho, melhorar o armazenamento de
materiais e equipamentos e a funcionalidade e
operacionalidade dos serviços.
e reduzir os gastos”. Numa segunda fase, para a qual já está a
ser elaborado o projecto, vão ser “requalificados, entre outros
O investimento municipal ascendeu a mais de um milhão de
espaços, os balneários e o refeitório”, revelou ainda o presidente
euros e corresponde à primeira fase de intervenção prevista para
dos SMAS.
as Oficinas Gerais dos SMAS.
Maria Emília de Sousa, presidente da Câmara de Almada,
aproveitou a ocasião para saudar todos trabalhadores dos SMAS
Valorizar os trabalhadores
que “são o rosto e o exemplo daquilo que o serviço público
José Manuel Gonçalves, presidente do Conselho de Administração
municipal é, da sua qualidade, da sua atenção à população e de
dos SMAS de Almada, afirmou que “o investimento foi feito a
funcionários públicos, com letra grande”. A autarca concluiu ao
dizer que “o serviço é de excelência, porque os trabalhadores
pensar na melhoria das condições de trabalho dos funcionários”
também o são”.
e, ao mesmo tempo, “permite optimizar a resposta dos SMAS
Apoio em cerca de 6 milhões de euros
SMAS conquistam
financiamento comunitário
1 1
Alguma das intervenções previstas vão beneficiar população da Costa da Caparica
Os SMAS conseguiram uma importante comparticipação financeira de 6 milhões de
euros, para um conjunto de obras que ascende a 8 milhões
O
s SMAS de Almada viram aprovada a sua candidatura às
obras do “Emissário da Bacia Norte e Serviço à Costapolis”
do Programa Operacional Temático de Valorização do
Território (POVT), o que se traduz num financiamento de cerca
de 6 milhões de euros, para um investimento total de mais de 8
milhões de euros.
A operação candidatada contempla a remodelação de diversas
infra-estruturas de saneamento de águas residuais existentes no
Concelho, com o objectivo de melhorar o seu desempenho. Neste
âmbito, estão previstas as seguintes intervenções:
- Remodelação da Estação de Elevatória de Esgotos da
Tagol e da respectiva conduta elevatória;
- Remodelação na ETAR do Valdeão, com aumento do
tratamento para o nível terciário e a reconstrução do
colector de descarga e instalação de exutor submarino;
- Obras nos emissários da Caparica, Torrão e Vale Bem,
procedendo-se à reabilitação de alguns troços para
garantir a manutenção do serviço e à substituição
de outros troços para aumento da capacidade de
transporte de águas residuais;
- Obras na Estação Elevatória da Caparica e do Torrão,
com beneficiação ao nível da construção civil e
equipamento electromecânico;
- Obras no Emissário da Foz do Rego, com substituição de
troços e construção de um sistema elevatório, de forma
a permitir retirá-lo do leito da ribeira da Foz do Rego.
Intervenções para breve
Neste momento já se encontra lançado o concurso para
adjudicação da empreitada da Tagol, aguardando-se a entrega
de propostas candidatas.
As intervenções na ETAR do Valdeão e do Emissário da Foz do
Rego estão em fase de elaboração e de conclusão de projecto,
respectivamente.
As intervenções a realizar nos Emissários da Caparica, Torrão
e Vale Bem, assim como nas Estações Elevatórias de Esgotos da
Caparica e Torrão, têm projectos elaborados pela Sociedade
Costapolis, estando a decorrer a fase de análise/aprovação por
parte dos SMAS, a que se seguirá o lançamento dos concursos
de empreitada para realização das respectivas obras.
Obras muito importantes
A realização destas intervenções contribui para uma significativa
melhoria do funcionamento das infra-estruturas de saneamento,
que servem cerca de 71 mil habitantes.
Recorde-se que o Município de Almada já completou o ciclo
urbano da água, proporcionando a uma população de mais de
160 mil habitantes um serviço público de água e saneamento,
que satisfaz 100% das necessidades de abastecimento, apresenta
uma taxa de 98% na cobertura da drenagem de águas residuais
e tem uma capacidade instalada de tratamento de 100% das
águas residuais do Concelho.
Piscina e Biblioteca encontram-se em construção
Centro Cívico da Caparica
A biblioteca terá vários espaços dedicados a diversas faixas etárias
1 2
A piscina já se encontra em plena construção devendo começar a funcionar já em 2012
Na zona do Fróis, freguesia de Caparica, está a ser
erguida uma nova centralidade, com um parque
urbano a unir dois novos equipamentos sociais:
uma piscina coberta e uma biblioteca central
L
ocalizado numa zona privilegiada
do concelho, o Centro Cívico da
Caparica já se encontra em plena
construção.
Constituído por uma biblioteca e por uma
piscina, ligadas por um parque urbano,
este Centro vai dotar o concelho de uma
nova centralidade, pensando na melhoria
das condições de vida da população
residente e na promoção do acesso à
cultura e à actividade física de todos.
No passado dia 9 de Abril decorreu a
cerimónia de lançamento das primeiras
pedras referentes à construção da
biblioteca central e da piscina municipal.
A 10ª piscina coberta
em Almada
“Com a obra que estamos agora a
assinalar, Almada passa a ter 10 complexos
de piscinas, sendo quatro municipais, três
associativos e três privados”. Estas foram
as palavras do vereador António Matos no
lançamento da primeira pedra no edifício
da piscina. Um número que, segundo
o detentor do pelouro da cultura e do
desporto na Câmara Municipal, permitirá
atingir rapidamente os “25 mil praticantes
semanais de natação num concelho com
menos de 200 mil habitantes”.
Comparticipada pelo QREN (fundos
comunitários) a obra está orçada em
1,8 milhões de euros. Além de um
tanque principal de 25mx12,5m (seis
pistas) o edifício possui ainda um ginásio
para prática de actividades físicas e de
manutenção.
Biblioteca Municipal
Este equipamento, além de áreas
dedicadas à leitura, terá uma sala
polivalente, uma sala de expressão plástica
e uma área infanto-juvenil, além de várias
áreas de apoio e gabinetes de trabalho.
Com a sua criação, a autarquia espera
ultrapassar rapidamente os 20 mil
utilizadores regulares das bibliotecas
municipais.
Também com uma comparticipação de
fundos comunitários, o investimento nesta
biblioteca ascende a um milhão de euros.
Um longo caminho
Nas palavras que dirigiu aos presentes, a
presidente da Câmara salientou a riqueza
do território onde está a ser erigido o
Centro Cívico da Caparica. “É uma zona
muito especial. Aqui há gente muito boa,
de várias raças, etnias e credos. Aqui não
há lugar para guetos”, referiu a presidente
Também a presidente da Junta de Freguesia da Caparica
assentou um tijolo deste novo equipamento desportivo
da Câmara salientando que a entrega
destes equipamentos à população é “uma
nova esperança para todos no acesso à
cultura, ao desporto, ao saber.”
Teresa Almeida, presidente da Comissão
de Coordenação e Desenvolvimento
de Lisboa e Vale do Tejo, referiu que
é também subjacente aos objectivos
de melhorar a qualidade de vida das
populações de Lisboa e Vale do Tejo, que
estas obras se encaixam, justificando a sua
compartição financeira pelo Quadro de
em plena obra
Com esta biblioteca Almada deverá atingir rapidamente os 20 mil leitores assíduos
A piscina terá um tanque principal de 25 metros e ainda um ginásio
1 3
A presidente da CMA e a presidente da CCDR presidiram ao lançamento da 1ª pedra biblioteca do Centro Cívico da Caparica.JPG
Referência Estratégico Nacional (QREN).
Teresa Almeida salientou ainda que
Almada tem sabido aproveitar os recursos
à disposição dos municípios.
Almada Poente
– Cidade Aberta
A construção da piscina e biblioteca
insere-se num programa de regeneração
urbana da zona do PIA, alvo de uma
candidatura ao QREN – Parcerias para a
Regeneração Urbana pela autarquia e
um conjunto de parceiros locais.
Neste âmbito estão já a decorrer
intervenções tais como a requalificação
do Parque da Filipa D’Água e a
reabilitação dos espaços exteriores do
Bairro Amarelo, da responsabilidade do
Instituto de Habitação e Reabilitação
Urbana (IHRU).
O programa contempla ainda a
construção de um parque urbano que
unirá a biblioteca e a piscina, a renovação
das instalações do Clube Recreativo União
Raposense, a relocalização do Centro de
Apoio Porta Amiga da AMI, o apoio à
fixação de actividades económicas e
várias iniciativas de dinamização cultural,
recreativa e desportiva.
O mesmo programa cumpre uma
primeira etapa da Visão “Almada
Poente – Cidade Aberta”, que resulta
de um Estudo de Enquadramento
Estratégico promovido para este teritório,
oportunamente elaborado.
VII Concurso Gastronómico do Concelho de Almada
Deixe-se conquistar
pelos sabores almadenses
Esta é a parte mais apetitosa do Concurso Gastronómico do Concelho de Almada.
Durante a fase de provas, o júri vai dizer de sua justiça, mas todos podem
provar as iguarias confeccionadas por mais de três dezenas de restaurantes
E
ntre 9 de Maio e 12 de Junho realiza-se a fase de provas
do 7º Concurso Gastronómico do Concelho de Almada.
São 33 os restaurantes inscritos e todos têm de apresentar
uma ementa completa, nas categorias de Cozinha Portuguesa
e Cozinha de Autor, sendo esta composta por uma entrada ou
sopa, prato de peixe/marisco ou carne e sobremesa. A ementa
vai ser provada e avaliada pelo júri do concurso, estando também
disponível ao público em geral.
Júri
1 4
O júri é constituído por representantes da Câmara de Almada
(entidade organizadora), da Entidade Regional de Turismo – Lisboa
e Vale do Tejo, da Associação do Comércio e Serviços do Distrito
de Setúbal (Delegação de Almada), da Associação de Hotelaria,
Restauração e Similares de Portugal e um cozinheiro gastrónomo.
Aqui deixamos a lista dos restaurantes inscritos. Para mais
informações, como morada, coordenadas GPS e ementa a concurso
deve consultar a Agenda Cultural ou o site www.m-almada.pt.
Na Frente Ribeirinha
A Toca
Cacilhas (encerra ao domingo)
Tel.: 212 764 459
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Tosta com cogumelos
ao Porto
Prato Principal: Robalo
aromatizado com baunilha
e lima
Sobremesa: Arroz doce
de chocolate
Preço médio: 13,5 euros
Atira-te ao Rio
Cacilhas (encerra à 2ªfeira)
Tel.: 212 751 380
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Salada Marta
Prato Principal:
Muqueca de marisco
Sobremesa: Panacotta
de côco
Preço médio: 40 euros
Cabrinha I
Cacilhas (encerra à 2ªfeira)
Tel.: 212 764 732
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Amêijoas
à Bulhão Pato
Prato Principal:
Lagosta Gratinada com molho
“Rouge”
Sobremesa: Tarte caseira
Preço médio: 30 euros
Estrela do Sul
Cacilhas
Tel.: 212 746 542
Menu Cozinha Tradicional
Portuguesa
Entrada: Amêijoas
à Bulhão Pato
Prato Principal: Caldeirada
à Fragateiro
Sobremesa: Maçã assada
Preço médio: 15 euros
Peralta
Cacilhas (encerra à 5ªfeira)
Tel.: 212 767 165
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Sopa de peixe
Prato Principal: Cataplana
mista de peixe
Sobremesa: “Caravela
à Peralta”
Preço médio: 15 euros
Solar Beirão
Cacilhas (encerra à 2ªfeira)
Tel.: 212 766 019
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Sopa alentejana
Prato Principal: Cataplana
de carne de porco
Sobremesa: Profiteroles
Preço médio: 16,10 euros
Na Frente Atlântica
Al-Madan
- Hotel Apartamento Meliã
Aldeia dos Capuchos
Golf & Spa.
Caparica
Tel.: 212 909 000
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Terrina de lebre brava
e espargos verdes com espuma
de alho e coentros
Prato Principal: Filete
de dourada sobre elevação
de mini cataplana de marisco
da nossa costa
Sobremesa: Triângulo folhado
de cremoso de ovos,
com framboesas e molho
de gelado de lima
Preço médio: 25 euros
Carolina do Aires
Apoio 15, Costa da Caparica
Tel.: 212 900 124
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Sopa rica do mar
Prato Principal: Arroz
de garoupa
Sobremesa: Banana ao rum
Preço médio: 20 euros
Delícias da Praia
Apoio 18, Costa da Caparica
(encerra à 3ª-feira)
Tel.: 212 902 588
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Sopa de camarão
Prato Principal: Bacalhau verde
Sobremesa: Leite-creme
Preço médio: 15 euros
Dragão Vermelho
Apoio 17, Costa da Caparica
(encerra à 2ª e 3ªfeira)
Tel.: 212 918 900
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Portubelo recheado e
gratinado com farinheira e alho
Prato Principal: Linguado e
camarão envoltos numa salada
doce e salgada Sobremesa:
Cheesecake de frutos silvestres
Preço médio: 20 euros
Estrela do Mar
Jardim Urbano, Costa da
Caparica (encerra à 2ªfeira)
Tel.: 917 028 260
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Crocante de queijo
de cabra com mel e sementes
de sésamo
Prato Principal: Bacalhau
lascado em açorda de amêijoas
Sobremesa: “Petit gâteau”
(“Fondant” de chocolate)
com bola de gelado
Preço médio: 22 euros
Horizonte
– Hotel Costa da Caparica
Costa da Caparica
Tel.: 212 918 900
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Codorniz recheada
sobre talhada de azeitonas
e marmelada
Prato Principal: Cantaril
recheado de migas de ovas
numa cama de rúcula
Sobremesa: Doce de manga
do Chef Lourenço
Preço médio: 20 euros
Mar Puro
Apoio 25, Costa da Caparica
(encerra à 3ªfeira)
Tel.: 962 427 277
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Cogumelos recheados
com farinheira e maçã
Prato Principal: Camarão
kataifi sobre migas
de cogumelos
Sobremesa: Sonho do mar com
molho de chocolate quente
Preço médio: 23,50 euros
Na cidade
O Camões
Fonte da Telha
(encera à 2ª-feira)
Tel.: 212 963 865
Entrada: Caldo de Peixe
Prato Principal: Caril
de Gambas
Sobremesa: Flan à moda
da casa
Preço médio: 17,5 euros
Oh! Carlos
Charneca de Caparica
Tel.: 212 961 128
Menu Cozinha de Autor
Entrada: “Fettucine” cozido
em caldo de beterraba envolvido
em marisco
Prato Principal: “Strüdel”
de salmão com molho de caril
e 5 pimentas
Sobremesa: “Petit gâteau“
com mousse de framboesa
Preço médio: 25 euros
Paraíso Bar
Apoio16, Costa da Caparica
Tel.: 212 910 316
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Paté de Atum
Prato Principal: Frango
no churrasco
Sobremesa: Pudim flan
Preço médio:11,30 euros
Radical
Dinner Club
Jardim Urbano, Costa da
Caparica (encerra à 3ªfeira)
Tel.: 918 089 795
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Misto de várias saladas
Prato Principal: Bife à Radical
Sobremesa: Cheesecake
com kiwi e canela
Preço médio: 14 euros
Tarquínio
Apoio 14, Costa da Caparica
Tel.: 917 240 397
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Canja de amêijoa
Prato Principal: Raia de Pitau
Sobremesa: Tortinha de Azeitão
com doce de frutos silvestres
Preço médio: 17,5 euros
Tasca do Leandro
Apoio 6, Costa da Caparica
Tel.: 212 914 144
Menu Cozinha de Autor
Entrada: “Gratin” de frutos
do mar na concha
Prato Principal: “Vol au vent”
de tamboril com gambas
Sobremesa: Abade de Priscos
com gelado de pistáchio
e molho de maracujá
Preço médio: 18,90 euros
Amarra Ó Tejo
Jardim do Castelo, Almada
(encerra à 2ªfeira e 3ªfeira
ao almoço)
Tel.: 212 730 621
Menu Cozinha de Autor
Entrada: “Sachimi” de bacalhau
de meia cura e crocante de noz
com espuma de alho confitado
Prato Principal: Lombo de
tamboril corado sobre brandada
de tomate e salada de pimento,
azeitona e coentro
Sobremesa: “Parfait”
de amendoim, bolo de frutos
silvestres e “toffee” de tomilho
Preço médio: 33 euros
Arizé
Pragal (encerra ao sábado
à noite e domingo)
Telefone: 212 741 510
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Carapauzinhos
alimados em cama de tomate
e flor de sal
Prato Principal: Supremos de
atum com batata nova e ananás
Sobremesa: Trilogia de maçã
com creme de natas e crocante
Preço médio: 15 euros
Boa Esperança
Almada (encerra à 4ªfeira)
Tel.: 212 762 860
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Tábua de queijos
Prato Principal: Rojões do mar
Sobremesa: Sonho maçã
Preço médio: 15 euros
Chá e Guloseimas
Almada
Tel.: 212 743 782
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Creme aveludado
de mexilhão
Prato Principal: Três texturas
do mar ao vapor com “risotto”
de leite
Sobremesa: Torta de laranja
com sorvete de tangerina
Preço médio: 20,50 euros
Galeria
Cova da Piedade
Tel.: 212 596 585
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Peixinhos da horta
Prato Principal: Soparra
da Trafaria
Sobremesa: Papos de Anjo
com doce do Convento
Preço médio: 20 euros
La Traviata
Almada (encerra à 4ªfeira)
Tel.: 212 741 719
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Carpaccio di língua
di vitella con fagioli freschi alla
salsa verde
Prato Principal: Petto di pollo
con pomodoro secco, indívia
e pepe verde
Sobremesa: Crema di
mascarpone al cioccolato
Preço médio: 10,90 euros
Nova Europa
Cova da Piedade
(encerra à 2ªfeira)
Tel.: 212 769 928
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Orelha de vinagreta
Prato Principal: Massinha
de peixe
Sobremesa: Mousse
de abóbora
Preço médio: 13 euros
O Tavares
Moinho
Alentejano
Cova da Piedade (encerra
ao domingo)
Tel.: 212 580 088
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Sopa de cação
Prato Principal: Maranho à
moda da Sertã
Sobremesa: Tigelada da Beira
Preço médio: 13 euros
Moinho de Maré
Feijó (encerra à 2ªfeira)
Tel.: 962 512 323
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Choco frito
Prato Principal: Açorda à
alentejana com bacalhau
Sobremesa: Doce de ovos com
gila e amêndoa
Preço médio: 12,5 euros
Cova da Piedade
(encerra ao domingo)
Tel.: 916 144 201
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Caldo verde
Prato Principal: “Polvo
à Lagareiro”
Sobremesa: Farófias
Preço médio: 15 euros
Os Farinhas
Feijó (encerra ao domingo)
Tel.: 965 791 094
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Creme de tomate
com coentros e rodelas de ovo
Prato Principal: Rolinhos
de porco à alemã com arroz
de açafrão
Sobremesa: Leite-creme
merengado
Preço médio: 13,50 euros
Pizza no Páteo
Museu dos Sabores
Cova da Piedade
(encerra à 2ªFeira)
Tel.: 919 417 620
Menu Cozinha de Autor
Entrada: “Sabores da nossa
praia”
Prato Principal: Coxa de pato
confitada com molho moscatel
de Setúbal e sabores da nossa
serra
Sobremesa: Espuma fresca
de limão
Preço médio: 20 euros
Nezy
Almada (encerra à 4ªfeira)
Tel.: 212 760 490
Menu Cozinha
Tradicional Portuguesa
Entrada: Gambas à Guilho
Prato Principal: Filetes de
peixe-galo com açorda de ovas
Sobremesa: Farófias
com leite-creme
Preço médio: 15 euros
Almada (encerra à 2ªfeira
e 3ªfeira ao almoço)
Telefone: 210 848 909
Menu Cozinha de Autor
Entrada: Paté (azeitona verde,
pimento vermelho assado
e salteli)
Prato Principal: Pizza Arrabiata
Sobremesa: Tiramisu
Preço médio: 15 euros
1 5
Relatórios e Contas de Gerência do Municípios aprovados
Almada de novo
com boas contas
1 6
As contas do Município evidenciaram-se novamente em 2010
Mais uma vez as contas do Município evidenciaram-se pelo seu rigor e exigência.
Apesar da crise e do corte nas receitas, Almada goza de uma saúde financeira
que lhe permite manter vários investimentos
A
Assembleia Municipal de Almada acaba de aprovar os
Relatórios e Contas de Gerência de 2010 da Câmara e dos
SMAS.
Num ano e num país marcados por uma crise económico-financeira
aguda, o orçamento municipal também foi afectado, impondo várias
medidas de poupança. No entanto, segundo a presidente da Câmara
“valeu-nos mais uma vez a cultura do rigor e exigência que se tem
vindo a consolidar, ano após ano, na gestão da nossa autarquia”.
Este rigor fez com que se encerrassem as contas de 2010 com
95,4% de realização da receita de 93,8% da despesa. No global, a
autarquia fechou o exercício de 2010 com 12 milhões de euros de
saldo positivo e cerca de 20 milhões de saldo positivo acumulado.
Autarquia não endividada
Nas contas de 2010 realça-se também a capacidade de
endividamento da autarquia que, no último mês do ano passado,
ultrapassava os 64 milhões de euros. Um número que reflecte bem a
saúde financeira existente em Almada, pois encontra-se muito longe
de atingir os seus limites de endividamento.
O Relatório e Conta de Gerência evidencia o facto de o Município ter
uma autonomia financeira bastante elevada, “capaz de assegurar, à
data do encerramento do exercício de 2010, as suas responsabilidades
de médio e longo prazo”, afirma a presidente da CMA.
Por último destaca-se uma poupança de quatro milhões de euros
em despesas de funcionamento, no ano passado.
SMAS prestaram serviço de excelência
Também os SMAS se evidenciaram em 2010 pelas suas boas
contas, apresentando uma taxa de execução receita e da despesa
próximas dos 95%. No total, os SMAS encerraram o ano com um
resultado económico positivo de 1,8 milhões de euros, tendo um
saldo acumulado de 11 milhões de euros.
Dos números dos serviços municipalizados destaca-se ainda
o montante de quase cinco milhões de euros canalizado para
investimento, tendo sido dois milhões utilizados na renovação e
conservação da rede de água e esgotos.
Os relatórios em números
São cerca de 67 mil os utilizadores mensais dos
equipamentos desportivos do Município
Em 2010 foram criados 2000 novos lugares de
estacionamento
No ano passado entraram em funcionamento mais
quatro bibliotecas escolares
A entrada em funcionamento do Flexibus contribuiu
para melhorar a mobilidade no centro histórico
da cidade
Os SMAS realizaram em 2010 cerca de cinco
milhões de euros em investimento
D
os vários milhares de acções de desenvolvidas ao longo
de 2010, por mais de dois mil trabalhadores da Câmara e
SMAS, deixamos aqui alguns números que dão conta da
intensa actividade do Município
Renovação Urbana
e desenvolvimento económico
- 1,2 milhões de refeições escolares a alunos do pré-escolar
e 1º ciclo
- 3 mil crianças apoiadas a 100% ao nível alimentar
- 1 milhar de crianças do pré-escolar abrangidas pelo
prolongamento de horário
- 4 novas bibliotecas escolares em funcionamento
Juventude
- 50 empresas incubadas no Madan Parque de Ciência
e Tecnologia de Almada
- 37 empresas incubadas no Núcleo Empresarial
da NovaAlmadaVelha
- 1000 edifícios abrangidos pela Campanha “Habitar é Conservar”
70% da empresas do concelho isentas de Derrama
- 4500 horas de ensaios de grupos de jovens nas Casas
Municipais da Juventude
- 5.500 participantes ou espectadores de iniciativas nas
Casas da Juventude
- 88 associações e organizações de jovens apoiadas
Ambiente
Cultura e desporto
- 121 mil metros quadrados em ampliação de espaços
verdes urbanos
- 30 mil novas espécies árvores e arbustivas no concelho
- 9200 regas de árvores
- 1200 intervenções de manutenção da rede de parques e jardins
- 103 mil toneladas de resíduos sólidos (lixo) recolhidas
- 11 toneladas de monos recolhidas
- 2100 acções de grandes limpeza
- 43.500 sacos disponibilizados para as praias na época balnear
- 3.100 rolos de sacos para os dispensadores de recolha de
dejectos animais
- 70 exposições nos equipamentos municipais
- 55 mil operações de empréstimo domiciliário a partir
da rede de bibliotecas
- 18 mil leitores inscritos nas bibliotecas municipais
- 12.300 obras disponíveis no Fundo Documental
do Centro de Documentação e Informação Rogério Ribeiro
- 550 sessões de espectáculos no Teatro Municipal
e Auditório Fernando Lopes Graça
- 67 mil utentes/mês na rede de equipamentos desportivos
- 10 mil crianças na Festa de Natal
Mobilidade
- 25 km de vias municipais beneficiados com novo pavimento
- 385 novos candeeiros de iluminação pública colocados
- 2 mil novos lugares de estacionamento
- 3200 veículos abandonados recolhidos da via pública
- 94 acções de desocupação do espaço público
- 5,5 km de ruas do centro histórico abrangidos pelo Flexibus
Educação
- 13 salas para educação pré-escolar em projecto
- 35 escolas alvo de grandes reparações
Informação e participação
- 390 mil visitantes nos sites municipais
- 3600 utilizadores registados no site da Câmara
- 35 mil atendimentos directos pelos serviços
SMAS
- 17 mil m3 de água fornecidos à população
- 14 mil análises realizadas à água fornecida
- 18 grandes intervenções de reabilitação e renovação
da rede de distribuição de água
- 25 mil intervenções de manutenção do sistema
de águas residuais e pluviais
1 7
Notícias do Concelho
VICARTE, localizada na Caparica, trabalha com vidro
1 8
Exemplos de vidros luminescentes
A criatividade ao serviço
da ciência e da arte
É uma unidade de investigação da Faculdade de Ciências e Tecnologia,
localizada no campus da Caparica, que se dedica ao desenvolvimento de
novos materiais vítreos (vidro) e sua aplicação em arte. Realiza ainda estudos
de proveniência e de corrosão em vidro e cerâmica
A
VICARTE é um centro multidisciplinar de investigação
científica e tecnológica do vidro e da cerâmica com as mais
variadas aplicações no âmbito artístico, reunindo especialistas
em artes plásticas, ciência exactas, tecnologia, história, arqueologia e
conservação e restauro.
Foi criada em 2003, numa parceria entre a Faculdade de Ciências e
Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT/UNL) e a Faculdade
de Belas Artes (FBAUL), por iniciativa dos professores António Pires de
Matos e José Carlos de Carvalho e Melo.
Para a professora Márcia Vilarigues, coordenadora da VICARTE, o
”objectivo sempre foi ter uma ligação muito grande entre a Ciência
e a Arte”. Solange Muralha, investigadora e membro da comissão
executiva, diz que “aqui controlamos todo o processo, numa relação
de grande ajuda entre cientistas, artistas e conservadores”. Robert
Wiley, professor de Arte do Vidro, acredita que “a VICARTE é única
porque junta a Arte e a Ciência e um bom cientista tem que ser
extremamente criativo”.
As origens do vidro
Com o apoio do Departamento de Conservação e Restauro e do
Instituto Tecnológico e Nuclear, a VICARTE iniciou em Portugal os
primeiros estudos de proveniência de vidros portugueses. Até à data,
foram investigados vidros dos séculos XVII e XVIII de Coina, Marinha
Grande e Mosteiro de Santa Clara-a-Velha. Foram ainda analisados
objectos do Museu Nacional de Soares dos Reis, Museu Nacional de
Machado de Castro, Museu Nacional de Arte Antiga e Museu do
Vidro da Marinha Grande.
Para Márcia Vilarigues, em muitos casos, como nas peças de sopro
(vidro), procura-se “recriar, em laboratório, como as peças foram feitas,
ou seja, pega-se nas areias, nas cinzas ou nos minérios e faz-se a receita
do próprio material, para perceber a técnica de fabrico utilizada”. Aliás,
explica Márcia Vilarigues, a VICARTE trabalha em estreita colaboração
com várias instituições e museus (em Portugal, Espanha, França, EUA,
entre outros países) que “nos procuram para que a possamos avaliar
e perceber a origem de determinadas peças em vidro”.
Colheita do vidro do forno com uma cana de vidreiro
Reaquecimento de uma peça de vidro em execução numa cornua
1 9
Processo de arredondamento do vidro colhido e soprado sobre
papel de jornal molhado com água
Formação de uma bola de vidro por sopro após colheita com cana de um pedaço
de vidro
Nesta área, o centro foi também pioneiro na realização dos primeiros
estudos sobre materiais e técnicas utilizadas na produção de vitrais em
Portugal, com o estudo das colecções de vitral medieval do Mosteiro de
Santa Maria de Vitória, na Batalha, e do Convento de Cristo, em Tomar.
Esta unidade de investigação foi ainda responsável por estudos em
arqueometria (utilização de métodos físicos e químicos) de cerâmicas
vidradas, em particular de azulejos medievais portugueses, e tem
participado em projectos de investigação em conservação e restauro
de vidro e cerâmica em colaboração com diversos museus nacionais.
Solange Muralha revela que o objectivo é “estudar o material em
si e técnicas de produção desse material”. Por exemplo, revela esta
investigadora, procura-se “compreender a pasta cerâmica, o vidrado,
a técnica decorativa ou os pigmentos e, a seguir, a proveniência, ou
seja, procura-se determinar o local ou regiões geográficas de onde
podem vir determinados artefactos”.
Assim, foram obtidos vidros que emitem luz de diferentes cores que
têm sido aplicados em vários objectos de arte. Para que seja possível
compreender, todo este processo, Márcia Vilarigues explica que “a cor
do vidro é dada pelos metais de transição (por exemplo o cobalto é o
responsável pela cor azul no vidro e o crómio pela cor verde), enquanto
os vidros luminescentes funcionam com terras raras”.
Num projecto recente, está-se a tentar “misturar as diferentes terras
raras para se obter uma paleta de cores muito maior. É de notar que
vidros com uma luz branca têm uma cor, e com uma luz ultravioleta,
têm outra cor”, revela a coordenadora da VICARTE.
Nas instalações da VICARTE funciona um estúdio para trabalho com
vidro soprado e usam-se várias técnicas de execução de objectos de
arte em vidro.
Estão também em desenvolvimento técnicas de deposição em
camada fina e materiais cerâmicos para utilização numa impressora 3D.
Novos materiais para a arte contemporânea
Fruto dos vários processos de investigação, a VICARTE tem
desenvolvido vidros com propriedades ópticas especiais com interesse
para aplicação em arte contemporânea. Márcia Vilarigues brinca e
diz que é “a altura em que os artistas vestem a bata e se juntam aos
cientistas no laboratório”.
Contactos
VICARTE
Faculdade de Ciências e Tecnologia
Universidade Nova de Lisboa – Caparica
Tel./Fax: 212 948 322
[email protected] www.vicarte.org
Mestrado em Arte e Ciência do Vidro
A
lém das actividades de investigação, a VICARTE é responsável por acolher nos seus
laboratórios um mestrado inovador sobre “Arte e Ciência do Vidro”, resultante de uma
parceria entre a Universidade Nova de Lisboa e a Universidade de Lisboa.
O mestrado teve início em Outubro de 2009 e conta já com um corpo de estudantes de vários
países, nomeadamente de Portugal, Finlândia, Holanda, Canadá, Japão e Rússia. No próximo
ano, este mestrado vai contar com estudantes dos Estados Unidos, Brasil e México.
Mais informações sobre o mestrado podem ser obtidas em www.vicarte.org ou www.fct.unl.pt
Márcia Vilarigues, Solange Muralha e Robert Wiley
Notícias do Concelho
Alunos da Escola Secundária do Monte de Caparica de parabéns
Blogue sobre a República
premiado a nível nacional
O
2 0
blogue (http://montesderepublica-esmcap.blogspot.com/),
feito pelos alunos das turmas A e B do 9º ano, da Escola
Secundária do Monte de Caparica, sob coordenação do
professor Jorge Frazão, foi premiado no concurso “O meu blogue
da República”, com o 3º lugar na categoria 3 – 3º Ciclo do Ensino
Básico, a nível nacional.
A cerimónia de entrega dos prémios realizou-se no passado dia
26 de Março na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.
Esta iniciativa decorreu no âmbito das comemorações oficiais do
Centenário da República.
A Escola Secundaria do Monte de Caparica esteve também
em plano de evidência no Projecto Parlamento dos Jovens. Este
estabelecimento de ensino do concelho de Almada (com o tema
“A violência em meio escolar”) esteve presente, no passado dia 2
de Maio, na Assembleia da República, depois de ter sido votada
(1º lugar na Sessão Distrital), juntamente com mais duas escolas
do distrito de Setúbal. João Robalo (da turma 9ºC) foi eleito o
porta-voz do distrito.
Grupo de alunos e professores na entrega dos prémios na Fundação Gulbenkian
Estatuto PME Excelência 2010
Cinco empresas do concelho
distinguidas
O
Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à
Inovação (IAPMEI) atribuiu o estatuto PME Excelência 2010,
a cinco empresas de Almada:
- A.M. Gonçalves Lda. (concessionário automóvel), em Almada;
- Alberto Figueiredo Lda. (pintura e restauros de construção civil),
na Sobreda;
- Crismetal Lda. (construção e montagens metalomecânicas), na
Charneca de Caparica;
- Lusofabril Lda. (estudos, projectos, coordenação e supervisão de
obras nas áreas das engenharias, mecânica civil e electrotécnica),
na Cova da Piedade;
- Sotecno Gaio Lda. (instalações eléctricas e electromecânicas),
na Cova da Piedade.
Estatuto PME Excelência
Este é um estatuto de qualificação empresarial criado pelo IAPMEI,
numa parceria com o Turismo de Portugal e várias instituições
bancárias a operar em Portugal. O Estatuto PME Excelência 2010
premiou as empresas que apresentaram os melhores desempenhos
económico-financeiros e de gestão durante o ano passado.
Para além das cinco empresas almadenses que receberam
o Estatuto PME Excelência, o IAPMEI distinguiu também
36 PME`s (pequenas e médias empresas), localizadas no
concelho de Almada com o estatuto de Líder 2010. No
total, foram premiadas mais de mil PME`s portuguesas.
Educação e Juventude
Primeiras pedras lançadas em Abril
Mais dois jardins-de-infância
em Cacilhas e no Feijó
2 1
Ao todo são quatro os jardins-de-infância actualmente em construção no
concelho. Um número que se vai traduzir em mais 13 salas já no ano lectivo
2011/2012
C
om abertura prevista para o início do próximo ano
lectivo (2011-2012), a Câmara de Almada lançou as
primeiras pedras de mais dois jardins-de-infância (JI) em
escolas básicas do primeiro ciclo do concelho, que se somam
a outros dois já em construção.
No dia 5 de Abril foi assinalada simbolicamente a construção
do JI da Escola Básica Cataventos de Paz, em Cacilhas. Esta obra
contempla a criação de quatros novas salas com os respectivos
espaços de apoio, tendo capacidade para 100 crianças do
pré-escolar.
A 9 de Abril foi a vez da Escola Básica nº1 do Feijó (EB1/JI Feijó
nº1) ver assinalada a construção do seu jardim-de-infância, que
terá uma capacidade para 75 crianças, com a abertura de três
salas de actividade, além de um espaço polivalente, instalações
sanitárias, arrumos e gabinetes de trabalho.
Ampliação da rede pré-escolar
No total encontram-se em construção quatros novos jardinsde-infância, que se traduzem na criação, a partir do próximo
ano lectivo, de 13 novas salas do pré-escolar. Um investimento
que ascende a 1,6 milhões de euros.
Para o vereador António Matos, com o pelouro da educação,
«trata-se de um motivo de orgulho para o concelho». No ano
lectivo 2011/2012 estima-se que a oferta ao nível do pré-escolar
da rede pública e rede solidária chegue a 82% das crianças,
contra os 50% existentes no ano lectivo 2007/08.
Segundo o vereador com o Pelouro da Educação na Câmara
de Almada, António Matos “o concelho está em vias de
ultrapassar os referenciais europeus de cobertura na Educação
Pré-escolar”.
O porquê da primeira pedra
É uma pergunta que muitas pessoas fazem: porque se está a
lançar a primeira pedra de uma obra que já vai a meio?
A explicação é simples. A primeira pedra é lançada assim que
a autarquia recebe o Visto do Tribunal de Contas em relação a
uma determinada empreitada. Um documento necessário para
pagar às empresas construtoras.
No caso concreto dos jardins-de-infância, só em Abril é que a
Câmara recebeu os respectivos vistos, quatro meses depois de
as obras terem sido consignadas (entregues aos empreiteiros).
Devido à confiança que as empresas têm em relação à
Câmara de Almada, foi possível que as mesmas avançassem
com os trabalhos, mesmo sem pagamento. Só depois dos
vistos emitidos é que puderam receber as verbas referentes
aos trabalhos já feitos. O que já aconteceu.
Esta situação, limitadora do trabalho das autarquias, já
levou a presidente da Câmara a expressar publicamente a sua
discordância, propondo que o referido Visto não seja impeditivo
do início das empreitadas.
5 de Maio a 5 de Junho
Sementes - Mostra Internacional
de Artes para o Pequeno Público
A 16ª edição apresenta espectáculos de teatro, marionetas, circo, música, artes
de rua, oficinas artísticas e contadores de estórias. Esta é uma iniciativa dirigida
a crianças de todas as idades
S
2 2
ão mais de duas dezenas de espectáculos (muitos deles
premiados internacionalmente), oriundos de Portugal,
Espanha, Itália, Alemanha, Áustria, Reino Unido, Bulgária
e Brasil.
Vários espaços do concelho (Teatro Municipal de Almada,
Teatro Extremo e Fórum Municipal Romeu Correia – Auditório
Fernando Lopes-Graça, Centro Cultural Juvenil de Sto. Amaro,
Escola Secundária Fernão Mendes Pinto e Externato Frei Luís de
Sousa) vão servir de palco. Há também espectáculos e iniciativas
em locais ao ar livre (Praça da Liberdade e Parque Urbano
Comandante Júlio Ferraz).
Para além de Almada, o 16º Sementes – Mostra Internacional
de Artes para o Pequeno Público, vai também passar, entre 5 de
Maio e 5 de Junho, por mais dez municípios (Alcochete, Barreiro,
Cascais, Crato, Moita, Montemor-o-Novo, Oeiras, Santarém,
Seixal e Sesimbra).
A organização é do Teatro Extremo, com o apoio, entre muitas
outras entidades, da Câmara de Almada.
Oficinas
O 16º Sementes preparou ainda, no Coreto do Jardim de Almada,
um conjunto de oficinas, sempre às 10h30, dedicadas aos mais
diversos temas: “Teatros de papel” (7 de Maio), “Ideias ao vento” (14
de Maio), “Há bichos no jardim” (21 de Maio), “Vamos desenhar o
corpo” (28 de Maio) e “Vamos decorar o jardim” (4 de Junho). Está
também prevista a realização de uma oficina de cerâmica, no Teatro
Extremo, em Almada Velha (4 de Junho, às 10h30).
Tertúlia
Para os mais velhos, o Sementes vai organizar uma tertúlia (19
de Maio, às 21h30) dedicada ao tema “A arte para a infância: da
ciência ao espectáculo”, onde se vai procurar fazer uma reflexão
sobre a relação entre as obras destinadas às crianças e os trabalhos
de investigação no campo da psicologia do seu desenvolvimento.
A programação detalhada do 16º Sementes pode ser consultada
em www.teatroextremo.com e na Agenda Cultural da autarquia.
Destaques do Sementes 2011
14 de Maio (16h00)
Teatro Extremo
“Porque Sim! Porque Não!”,
pelas Produções Acidentais”
M/4
Porque Sim e Porque Não são dois amigos inseparáveis mas
com uma particularidade: nunca estão de acordo! Até que
resolvem separar-se, mas no caminho passam por aventuras tão
emocionantes, que nem têm tempo para discutir.
21 de Maio (16h00)
Fórum Municipal Romeu Correia
– Auditório Fernando Lopes-Graça
“Contos do Mundo”,
pelas Marionetas de Lisboa
Para todos
Espectáculo criado com base nos contos de Andersen “A
Princesa e a Ervilha”, “A Menina dos Fósforos” e “O Patinho
Feio” com marionetas construídas a partir de elementos do
quotidiano como regadores, cestos e escovas.
28 de Maio (16h00 e 17h00)
Fórum Municipal Romeu Correia
– Auditório Fernando Lopes-Graça
“Pedra a Pedra”,
pelo Teatre de L`Home Dibuixat (Espanha)
Para todos
Espectáculo que desperta a imaginação das crianças através de
objectos inanimados (pedras, estrelas do mar, etc).
10h30
Praça da Liberdade
“Red Chocolate”, por Enano (palhaço)
Para todos
Palhaço de vida, fresco, inovador, extrovertido, esquizofrénico,
natural, espontâneo e com alta intensidade de improvisação. Cada
espectáculo é uma nova aventura onde Enano transforma a rua
na sua própria casa e o público na sua família.
2 3
29 de Maio (11h00 e 16h00)
Teatro Extremo
“Memórias de Embalar”, pela Armadilha
0 aos 5 anos
Este espectáculo/Oficina músico-teatral não tem texto, nem
enredo. Desenrola-se à volta de canções sem palavras, cantos
rítmicos, muito movimento e muita brincadeira.
Dia Mundial da Criança (1 de Junho)
(10h30 e 14h00)
Fórum Municipal Romeu Correia
– Auditório Fernando Lopes-Graça
“Circo Déjà Vu”, pela La Baldufa (Espanha)
M/6
Esta é a história de Fausto e Anselmo, dois amigos avós e
palhaços. Encontram-se todos os dias e recordam o que foram:
dois viajantes. Certa manhã, Anselmo está doente e as suas
recordações estão a desaparecer. Fausto encarrega-se de lhe
reavivar a memória.
11h00
Parque Urbano Comandante Júlio Ferraz
“A Rã Princesa”, pelo Teatro do Elefante
Para todos
Este é um conto tradicional russo apurado pelo passar dos
tempos que transmite uma herança cultural assente na oralidade.
A importância do conto maravilhoso assenta na forma como se
expressa simbolicamente e com recurso à fantasia, incentivando
a construção do sentido da história pelos espectadores.
4 de Junho (11h00 e 16h00)
No Teatro Extremo
“Na Barriga”, pela Companhia Caótica
M/6
Pais e filhos são convidados a fazer uma viagem movimentada
que viveram antes dos seus nascimentos. Vão entrar numa tendaútero onde vão ouvir e vão ver uma representação um pouco
maluca do que talvez tenham vivido in-útero.
Cultura
25 de Abril: 37 anos
Mais uma vez Almada celebrou a Revolução dos Cravos com milhares de
pessoas na rua. Os 37 anos do 25 de Abril foram festejados ao longo de todo o
mês, com destaque para a noite de 24 e para a manhã do dia 25 de Abril.
2 4
A Praça da Liberdade e a Praça S. João Baptista encheram-se de pessoas
Lura, cantora portuguesa de ascendência caboverdiana, animou a primeira parte
da noite
Os Teratron, grupo que integra dois elementos dos Da Weasel, encerraram
as comemorações a 24 de Abril
As comemorações deste ano foram marcadas pela presença de um capitão de Abril,
o coronel Mascarenhas Pessoas, de Almada
Homenageando os perseguidos foram colocadas várias coroas de flores junto ao Monumento da Praça MFA
2 5
A distribuição de cravos à população marcou a manhã do dia 25 de Abril
Foram várias as representações do movimento associativo que desfilaram
na manhã do dia 25 de Abril
Painel cerâmico “Almada Nova”
Albino Moura concretizou sonho antigo
O
Painel cerâmico “Almada Nova”, da autoria do
pintor Albino Moura, foi inaugurado no passado
dia 30 de Abril, na ligação da Rua D. João de
Castro com a Av. Bento Gonçalves (Rotunda dos Bancos),
em Almada.
São 1336 azulejos que simbolizam monumentos e a
arquitectura moderna, bem como o poder local e o poder
criativo e a liberdade artística.
Em Junho, durante as Festas da Cidade, vai ser inaugurada
a segunda parte deste painel (890 azulejos) que simboliza
o Parque da Paz e o Museu da Cidade.
Esta obra de arte pública é constituída por dois painéis
que formam um único monumento, com 20 metros de
comprimento por 1,50 metros de altura.
Ainda da autoria de Albino Moura, pode ver a exposição
“Os Dias da Liberdade”, na Galeria Municipal de Arte de
Almada, até 4 de Junho (de 2ª a 6ªfeira, das 10 às 12h30
e das 14 às 18 horas, e ao sábado, das 14 às 18 horas).
Cultura
Feijó celebra aniversário da freguesia e do Centro Cívico
Um dia de festa
O Centro Cívico do Feijó trouxe uma nova centralidade à freguesia
O
2 6
Feijó vai viver, a 28 de Maio, um dia de festa na passagem
do 17º aniversário da freguesia. As comemorações
estão marcadas para o seu Centro Cívico, que também
comemora o 2º aniversário.
O programa é variado e inclui a realização de uma feira de
artesanato, a partir das 10 horas. Ainda durante a manhã, vai
poder assistir a várias demonstrações de dança pelo Projecto Agir
“Centro Comunitário padre Ricardo Gameiro”, ASDL – Associação
de Solidariedade de Desenvolvimento do Laranjeiro e SREF –
Estrelinhas do Feijó, ou uma aula aberta, a cargo das estagiárias
do Projecto Feijó Activo.
A partir das 16 horas, na Biblioteca Municipal José Saramago,
há uma tarde de contos com Cristina Taquelim e Miguel Horta.
Segue-se a actuação dos Talento Negro, da Associação do Grupo
Coral Etnográfico Amigos do Alentejo do Feijó e do Jazz Kidding
Big Band.
O Centro Cívico do Feijó é composto pelo edifício da Junta
de Freguesia, pela Biblioteca Municipal José Saramago e pelo
Monumento ao Marinheiro Insubmisso, constituindo-se como
uma nova centralidade do concelho.
De 28 de Maio a 12 de Junho
Feira do livro anima centro de Almada
A
Feira do Livro de Almada vai
realizar-se de 28 de Maio a 12 de
Junho, na Praça S. João Baptista.
Este certame pode ser visitado de 2ª a
6ªfeira, entre as 10 e as 22 horas, e aos
sábados, domingos e vésperas de feriados,
até às 23 horas.
Ao longo de 16 dias, esta iniciativa
dedicada ao livro e à leitura, reúne obras
de várias editoras nacionais, a preços
especiais. Estão disponíveis livros de
diferentes autores e de todos os géneros
literários, para crianças e adultos.
Durante a feira do livro, estão previstos
encontros com escritores, alguns
momentos musicais e exposições sobre
José Saramago (Prémio Nobel da Literatura
Portuguesa em 1998) e o poeta Fernando
Pessoa.
Com a realização desta da Feira do Livro
de Almada, a autarquia, em parceria com
“A Página a Página – Divulgação do Livro,
SA”, procura que esta iniciativa seja uma
manifestação cultural de referência na
promoção do livro e do diálogo entre os
autores e os leitores.
A Feira do Livro de Almada vai realizar-se na Praça S. João Baptista, bem no centro da cidade
Final do Festival Cantar Abril encheu Teatro Municipal
Músicas de intervenção
continuam actuais
Os Ensemble VOCT, Miguel Calhaz e Rogério Charraz foram os grandes
vencedores do 3º Festival Cantar Abril. Samuel recebeu o Prémio Carreira,
numa noite onde o muito público vibrou ao ouvir as canções de Abril
A
grande final do Festival Cantar
Abril realizou-se no passado dia
30 de Abril, num Teatro Municipal
de Almada com casa cheia e num ambiente
de festa, com um público que esteve
sempre a apoiar as dez canções finalistas
(cinco na modalidade de Recriação das
Canções da Resistência e cinco na Criação
de Canções da Liberdade).
Após a actuação de todos os cantores
e grupos, o júri decidiu atribuir o Prémio
Adriano Correia de Oliveira (Recriação)
à canção “De Sal de linguagem Feita”
dos setubalenses Ensemble VOCT. O
Prémio José Afonso (Tema Original) foi
para Miguel Calhaz (Sertã) com a canção
“Estas Palavras”. O Prémio Ary dos Santos
(Poesia) foi entregue a Rogério Charraz
(Mem Martins) com “Pára, Olha, Escuta
e Avança”. Cada um dos vencedores
recebeu um prémio pecuniário de 2.500
euros.
Este ano, a Câmara de Almada distinguiu
com o Prémio Carlos Paredes (Carreira) o
“cantautor” Samuel.
A final do cantar Abril ficou ainda
marcada pela brilhante actuação do jovem
pianista português Domingos-António
Gomes (nasceu em 1977) e que mereceu
uma grande ovação por parte do público.
2 7
Prémio Carlos Paredes (Carreira) - Samuel
Cantar Abril
O Festival Cantar Abril é um concurso
bienal, organizado pela Câmara de
Almada, que procura homenagear a música
de intervenção em duas modalidades
(Recriação de Canções da Resistência e
Criação de Canções da Liberdade).
Na noite da final, e em nome da
autarquia, o vereador com o Pelouro da
Cultura, António Matos, fez questão de
salientar que este festival deve ser “um
palco de novas canções da Liberdade e que
os novos criadores encontrem em Almada,
um palco para o novo inconformismo, mas
também optimismo”.
Prémio Adriano Correia de Oliveira (Recriação)
- Ensemble VOCT
Prémio Ary dos Santos (Poesia) - Rogério Charraz
Prémio José Afonso (Tema Original)
- “Estas Palavras”, de Miguel Calhaz
Cultura
18 a 22 de Maio
Museus estão em festa
O Dia Internacional dos Museus comemora-se em Almada de 18 a 22 de Maio.
As portas destes equipamentos abrem-se para a Festa, gratuitamente, e, claro,
estamos todos convidados. Da programação destaque para a nova exposição
do Museu da Cidade
A
2 8
lmada assinalam o Dia
Internacional dos Museus com
uma programação que se estende
por seis dias. O destaque vai para a
inauguração da nova exposição “Há Festa
na Cidade”, no dia 17 de Maio, pelas 18h,
no Museu da Cidade.
As procissões, o Carnaval, as Festas da
Cidade e toda a dimensão cíclica anual
que faz da rua o espaço de celebração, de
liberdade e de identidade é o mote desta
nova mostra documental. Mas para além
desta, continuam patentes a exposição
central do Museu da Cidade – Diversidade
de Gentes, Construções e Modos de Vida –
do Núcleo Medieval Moderno – O Passado
como Expressão do Presente – e do Museu
Naval – Almada e o Tejo.
E porque estes seis dias são dias de Festa,
a programação dá ainda espaço para a
música, uma Feira do Livro, oficinas para
escolas e para famílias e um percurso
pedonal em Almada Velha para descobrir
memórias escondidas.
FEIRA DO LIVRO
18 a 21, Museu da Cidade, 14H30-18H00
Memórias, património, história local.
Encontre e descubra edições próprias ou
com o apoio do município.
Das 10h00 às 11h30 e das 14h30 às
16h00
Para descobrir qual foi a importância da
cerâmica para a comunidade almadense.
Segue-se atelier de técnicas tradicionais
de decoração em argila.
OFICINAS PARA ESCOLAS
EXPOSIÇÕES
Inauguração da exposição
Há Festa na Cidade.
17 de Maio, 3ª feira, 18h00,
Museu da Cidade
Diversidade de Gentes,
Construções e Modos de Vida,
exposição central no Museu da Cidade.
O Passado como Expressão do
Presente,
Núcleo Medieval Moderno
18 a 22, 9h30-13h00; 14h00-17h30
Almada e o Tejo,
Museu Naval
18 a 20, 9h30-12h30; 14h00-17h30
ANIMAÇÃO MUSICAL
Apontamentos Musicais
Academia de Música de Almada
18 e 21 de Maio, Museu da Cidade
Banda Filarmónica da Sociedade
Filarmónica União Artística Piedense
– SFUAP
21, Sábado, Museu da Cidade,
17h30-18h00
Há Festa no Museu
18, 4ª feira, Museu da Cidade
Entre as 10h e as 11h30
Vamos enfeitar o Jardim do Museu
à semelhança dos tradicionais arraiais
populares.
A música vem à rua…
18, 4ª feira, Museu da Cidade
Entre as 10h e as 11h30
Para construir instrumentos sonoros
inspirados nas bandas filarmónicas que
animavam e animam as nossas festas.
Ouves a festa?
19 e 20 de Maio, 5ª e 6ª feiras,
Museu da Cidade
Das 10h00 às 11H30 e das 14h30 às
16h00
Exploração da exposição
“Há Festa na Cidade” para descobrir que
festas populares continuam a animar as
nossas rua e de que sons são elas feitas?
Pelos trilhos da Cerâmica
19 e 20 de Maio, 5ª e 6ª feiras,
Núcleo Medieval/Moderno,
Almada Velha
OFICINAS PARA FAMÍLIAS
A música vem à rua…
21, Sábado, Museu da Cidade
Entre as 15h30m e as 18h00
Para construir instrumentos sonoros
inspirados nas bandas filarmónicas que
animavam e animam as nossas festas.
Brinquedos de Lata
21, Sábado, Museu da Cidade
Entre as 15h30 e as 18h30
Construção de réplicas de brinquedos de
lata, vendidos nas feiras e festas populares
do princípio do século.
Percurso Pedonal
em Almada Velha / Ateliê de expressões
22, Domingo, Núcleo Medieval
Moderno
10h00-13h00
Passeando em Almada Velha pode-se
aprender a descobrir as memórias que se
escondem.
Em Maio pode ver ainda espectáculos de dança, ópera e música
Teatro Municipal apresenta
“A Purga do Bebé”
O texto de “A Purga do Bebé” é do dramaturgo francês Georges Feydeau e o
trabalho de palco é da Companhia de Teatro de Almada. Este mês pode ainda
ver um espectáculo de dança com Benvindo Fonseca, a ópera “La Spinalba” e
ouvir a música de Jorge Fernando e Fábia Rebordão
O
s negócios de Follavoine e a tentativa
da sua mulher para que Totó, filho
de ambos, beba um purgante são
o ponto de partida para uma farsa hilariante,
que termina na maior das confusões com o
negócio virado em duelo.
“A Purga do Bebé” é um texto do
dramaturgo francês Georges Feydeau (18621921), com encenação de Victor Gonçalves e
remontagem e recriação adicional de Joaquim
Benite. A interpretação está a cargo de André
Gomes, Joaquim Nicolau, Maria Frade, Miguel
Martins, Sofia Correia e Teresa Gafeira.
Este espectáculo está em cena na sala
experimental do Teatro Municipal de Almada
(TMA), entre 11 de Maio e 5 de Junho
(de quarta-feira a sábado, às 21h30, e ao
domingo, às 16 horas).
tornando-se desde então Embaixador da Boa
Vontade da Organização das Nações Unidas.
“Casa do Rio” pode ser vista a 14 e 15 de
Maio (sábado às 21h30 e domingo às 16
horas).
Ópera e música
Os Músicos do Tejo apresentam-se no TMA,
a 20 de Maio (21h30), com a ópera cómica
“La Spinalba”, composta por Francisco
António de Almeida (1702–1755?), com
direcção musical de Marcos Magalhães.
No dia 28 de Maio (21h30), Jorge Fernando
divide o palco com Fábia Rebordão, para um
espectáculo especial em que as duas vozes vão
combinar-se em alguns duetos.
Coreografia
de Benvindo Fonseca
A purga do bebé
creditos Alceu Bett
A Companhia de Dança de Almada estreia
uma coreografia de Benvindo Fonseca, um
dos bailarinos emblemáticos do extinto Ballet
Gulbenkian. “A Casa do Rio” explora as
raízes portuguesas do dançarino e coreógrafo,
depois de ter já abordado as suas raízes
africanas.
Natural de Moçambique, formado pelo
Conservatório Nacional e nos Cursos de
Formação da Fundação Calouste Gulbenkian,
Benvindo Fonseca iniciou a sua carreira em
1985. Em 1986 integrou o Ballet Gulbenkian
como solista, sendo promovido a Primeiro
Bailarino, em 1990. Em 1993 recebeu o
prémio Os Jovens na Criatividade com a ONU,
La Spinalba
Casa do Rio (Benvindo Fonseca)
Um leilão solidário angariou 10.300 euros para o TMA
Pedro Calapez, M. Graça Dias, Paulo T. Silva, Luís Campos, Deodato Santos, Cristina Ataíde,
Solveig Nordlund, entre muitos outros, foram alguns artistas plásticos que ofereceram alguns
trabalhos para que estes fossem leiloados a favor do Teatro Municipal de Almada (TMA) e
amenizar o impacto do corte de 23%, aplicado unilateralmente pelo ministério da Cultura ao
teatro subvencionado.
O resultado do leilão rondou os 10.300 euros, sendo que Pedro Calapez foi um dos artistas
plásticos mais licitados (ver fotografia).
A Companhia de Teatro de Almada e o público do TMA “agradecem a todos a sua manifestação
de solidariedade”.
2 9
Cultura
Chão das Artes – Jardim Botânico assinala uma década
Aprender a Natureza na Casa da Cerca
E
3 0
ste é um ano festivo para a
Casa da Cerca – Centro de Arte
Contemporânea, que assinala os 10
anos de existência do Chão das Artes –
Jardim Botânico (inaugurado em 2001).
Para 2011, a Casa da Cerca preparou um
programa, entre exposições e actividades
educativas e lúdicas, que incide sobre a
Natureza, retomando assim a temática
explorada no ano inaugural do Jardim.
A 8, 15, 22 e 29 Maio ou a 5, 12 19 e
26 de Junho (o participante deve estar
presente em quatro sessões), realizase o atelier de desenho de natureza
“4 desenhos para o Jardim da Casa da
Cerca”, orientado por Francisco Pinheiro.
Os participantes (maiores de 14 anos)
vão adquirir noções práticas simples, que
promovem a descoberta de modos de ver a
capacidade de expressão própria, para num
segundo momento dar o seu contributo
naquele que será o desenho colectivo. O
atelier realiza-se aos Domingos das 14h às
17h e as inscrições podem ser feitas até 5
de Maio. Para mais informações deve ligar
para o 212 724 950/60.
A 4, 11, 18 e 25 de Maio (das 19 às 21
horas), tem lugar o Curso Livre de História
de Arte “Um olhar sobre o natural”,
orientado por Emília Ferreira. São quatro
sessões livres sobre a temática da Natureza,
na sua relação com as Artes Plásticas ao
longo da História. Os participantes (adultos)
devem inscrever-se, até à data de início do
curso, pelo 212 724 950/60. A entrada é
livre, sujeita à lotação da sala.
Mais informações em www.m-almada.
pt/casadacerca
Sempre à 4ªfeira à noite
Cinema de autor no Auditório
A
o longo de todo o ano há muito cinema de autor para ver
no Fórum Municipal Romeu Correia – Auditório Fernando
Lopes-Graça.
A selecção dos filmes procura ter em conta obras cinematográficas
que fogem aos habituais circuitos mais comerciais e, ao mesmo
tempo, dar a conhecer o trabalho de diferentes realizadores,
oriundos dos quatro cantos do mundo.
As sessões são sempre à 4ªfeira, (21h30). O ingresso custa três
euros, com desconto de 50% para jovens até aos 25 anos e
reformados com mais de 65 anos.
Em Maio, pode assistir aos seguintes filmes:
- Dia 11 – “Tu, que vives”, de Roy Andersson (M/12)
- Dia 18 – “Tulpan”, de Sergei Dvortsevoy (M/12)
- Dia 25 – “Mammuth”, de Gustave de Kervern e Benoît
Delépine, com Gérard Depardieu, Isabelle Adjani e Yolande
Moreau (M/12)
No início Junho, passam os filmes:
- Dia 1 – “Katalin Varga”, de Peter Stickland (M/12)
- Dia 8 – “Partir”, de Catherine Corsini (M/12)
Associativismo
Câmara apoia prática de actividades náuticas
Clube Náutico de Almada
vai ter novas instalações
A antiga Gare Cacilhas 2 vai ser requalificada para receber as futuras instalações do Clube Náutico de Almada
É o concretizar de “um sonho” para a direcção e sócios do Clube Náutico de
Almada. A mudança para o edifício da antiga Gare Cacilhas 2, em Cacilhas, vai
permitir refazer o projecto de candidatura ao QREN
O
edifício “Gare Cacilhas 2”, situado entre o Farol de
Cacilhas e a Fragata D. Fernando II e Glória, utilizado
como cais fluvial durante as obras ferroviárias na Ponte
25 de Abril, vai receber as futuras instalações do Clube Náutico
de Almada (CNA).
Esta mudança é possível graças à assinatura de um contrato
de comodato gratuito entre Câmara Municipal de Almada
(CMA) e a direcção do clube. O mesmo vai permitir refazer o
projecto aprovado pelo QREN (Quadro de Referência Estratégico
Nacional), no sentido de adaptar o edifício às necessidades do
CNA para o desenvolvimento da prática de actividades náuticas,
nomeadamente a vela e a canoagem.
Por sua vez, a cedência deste edifício ao CNA resulta do
entendimento, formalizado em protocolo, entre a autarquia e
o proprietário dos terrenos em que está localizado – os Edifícios
Atlântico.
Apoios
O financiamento desta intervenção é assegurado pela Câmara
de Almada, pelo QREN e próprio CNA.
As futuras instalações do Clube Náutico de Almada vão ter excelentes condições
para a prática de actividades náuticas
Recorde-se que o Município, com o objectivo de reforçar a
vocação turística e recreativa da Frente Ribeirinha da Cidade
da Almada, liderou a candidatura ao QREN, através do projecto
“Revitalização de Almada Velha – Ginjal: Cultura. Lazer. Turismo”,
no qual o CNA é parceiro.
36 anos ao serviço da vela e da canoagem
O
Clube Náutico de Almada (CNA), fundado a 9 de Abril de
1975, é uma associação de carácter desportivo, cultural e
recreativo sem fins lucrativos, reconhecida como pessoa
colectiva de utilidade Pública, com o objectivo de desenvolver
actividades náuticas em geral. Em 2000 foi-lhe atribuída a
Medalha de Mérito Desportivo, pela Câmara de Almada.
O CNA aposta fundamentalmente na divulgação da vela
e da canoagem no concelho de Almada e na formação de
praticantes destas duas modalidades. Com componente escola e
competição, foram e continuam a ser muitos os que nesta casa
aprenderam e desenvolveram a arte de velejar ou as técnicas
de canoagem.
O número de sócios activos ascende às duas centenas, sendo
que, a idade dos praticantes varia entre os 8 e os 80 anos.
3 1
Parabéns Miguel Oliveira
O piloto de Almada dá nas vistas
no Mundial de Motociclismo
M
iguel Oliveira tornou-se, no
passado dia 20 de Março, no
primeiro piloto português a
competir e a pontuar (seis pontos) no
Mundial de Motociclismo (categoria de
125cc.).
A estreia do jovem piloto almadense
(residente na Charneca de Caparica),
com apenas 16 anos, aconteceu no
Qatar, numa prova disputada à noite, aos
comandos de uma Aprilia.
Na segunda corrida da temporada (a 3 de
Abril), em Jerez de La Frontera (Espanha), a
prova de Miguel Oliveira acabou à 5ª volta,
quando rodava na 3ª posição, após uma
queda aparatosa mas sem consequências
físicas.
Na terceira prova do Mundial de
Motociclismo, realizada a a 1 de Maio,
no Circuito do Estoril, o piloto de Almada
partiu do 3º lugar mas alguns problemas
físicos acabaram por ditar a 7ª posição
final.
Na tabela de pontos, Miguel Oliveira
soma 15 pontos, ocupando a 10ª posição
da geral.
Para além dos treinos, e corridas, Miguel
Oliveira dedica-se também aos estudos,
na Escola Secundária da Charneca de
Caparica, onde é aluno do 10º ano.
3 2
A estreia de Miguel Oliveira no Mundial de Motociclismo aconteceu no Qatar
A 14 e 15 de Maio
III Open do Clube Escola de Ténis de Almada
O
Clube Escola de Ténis de Almada (CETA) organiza, a 14
e 15 de Maio, nos campos do Complexo dos Desportos
“Cidade de Almada”, no Feijó, o seu III Open de Ténis.
Podem participar atletas do escalão sénior (maiores de 18 anos).
As inscrições para este torneio federado, estão abertas até dia 11
de Maio. O valor a pagar é de 13 euros, para atletas do CETA, e de
15 euros, para outros atletas. Para mais informações e inscrições
devem contactar o 962 510 072 ou o e-mail [email protected]
Vitórias do CETA
Duas atletas do CETA estiveram em destaque no VIII Open Juvenil
(realizado a 26 e 27 de Março), organizado pelo Clube Recreativo e
Desportivo Brasileiro Rouxinol. Beatriz Matos e Márcia Filipa Arôcha
classificaram-se, respectivamente, em primeiro e segundo lugar.
Noutro registo, Beatriz Matos venceu o XIII Torneio Moinho Maré,
no escalão sub-12, em Corroios, e Jorge Conceição sagrou-se
Vice-Campeão Regional da Associação de Ténis de Setúbal, na
vertente de singulares e pares no escalão +35 anos.
Márcia Arôcha (2ª classificada) e Beatriz Matos (1ª classificada) estiveram evidência
no VIII Open Juvenil
Jogos do Futuro da Região de Setúbal a 27, 28 e 29 de Maio
Almada recebe provas de natação
O
No dia 29 de Maio (domingo), entre
as 14h30 e as 18h30, o Complexo
Municipal dos Desportos “Cidade de
Almada”, no Feijó, recebe as provas de
natação.
Criar um espaço de convívio e de
estímulo à prática desportiva dos
jovens, no âmbito intermunicipal,
é o grande objectivo dos Jogos do
Futuro, uma iniciativa organizada pelas
oito câmaras municipais da região de
Setúbal, movimento associativo popular,
escolas e associações distritais das várias
modalidades que integram a competição.
s Jogos do Futuro realizam-se
a 27, 28 e 29 de Maio, com as
várias provas a decorrerem nos
concelhos de Almada, Alcochete, Barreiro,
Moita, Palmela, Seixal, Sesimbra e Setúbal.
Futsal, ténis, natação, basquetebol,
xadrez, ténis de mesa, judo, futebol de 7 e
de 11, hóquei em patins e atletismo são as
modalidades que integram, em 2011, esta
iniciativa. São esperados cerca de 2000
participantes, de ambos os sexos, com
idades compreendidas entre os 11 e os
16 anos, distribuídos por 11 modalidades.
Nadadores da SFUAP conquistaram 14 medalhas
Catarina Nunes e Diogo Gaspar
são campeões nacionais
A
Sociedade Filarmónica União
Artística Piedense (SFUAP)
esteve em plano de evidência
nos últimos Campeonatos Nacionais de
Juniores e Seniores de Piscina Longa,
prova disputada em Rio Maior, entre 1
e 3 de Abril.
Nesta competição, organizada pela
Federação Portuguesa de Natação, os
nadadores da colectividade da Cova da
Piedade arrecadaram 14 medalhas (quatro
de ouro, quatro de prata e seis de bronze).
A nível individual, destaque para
No pódio, Catarina Nunes (ao meio) teve a
companhia de Marta Miranda (à dta.)
Catarina Nunes que, no seu último ano
enquanto júnior, venceu as provas de 50
e 100 metros mariposa, enquanto Diogo
Gaspar conquistou dois títulos nos 800 e
1500 livres, ambos com um novo recorde
pessoal.
Diogo Gaspar venceu também o
Campeonato Nacional de Longa Distância
(5 km), competição realizada a 9 de
Abril, no Complexo Olímpico de Piscinas
de Coimbra. Na mesma prova, mas no
escalão júnior, André Marinho (também
da SFUAP) alcançou igualmente o 1º lugar.
A 27, 28 e 29 de Maio, no Complexo dos Desportos
II Torneio Internacional
de Ginástica Rítmica de Almada
A
s melhores atletas nacionais
vão participar no 2º Torneio
Internacional de Ginástica Rítmica
de Almada (TIGRA), a realizar a 27, 28 e
29 de Maio, no Complexo dos Desportos
“Cidade de Almada”, no Feijó. A entrada
é gratuita.
A 1ª edição, em 2010, reuniu cerca
de oito dezenas de atletas, de 20
clubes nacionais e quatro delegações
internacionais (Bélgica, Rússia, Hungria e
República Checa).
O objectivo deste torneio desportivo
é juntar as melhores atletas nacionais
da modalidade e proporcionar a estas
ginastas a possibilidade de competirem
entre si, mas também, a oportunidade de
poderem comparar o seu nível desportivo
com atletas de outros países e de outras
realidades desportivas.
Para mais informações pode aceder a
www.tigra.com.pt
A organização do TIGRA é da Sociedade
Filarmónica União Artística Piedense
(SFUAP), com o apoio da Câmara de
Almada.
3 3
Programa Almada Mexe Comigo
Mantenha-se em forma
Percursos pedestres, passeios de bicicleta, caminhadas, actividades de
aventura, aulas de ginástica para grávidas e aulas de Yoga e de Body Vive,
são as propostas do Almada Mexe Comigo para Maio
15 de Maio
Percurso pedestre
- Trafaria (Cais de embarque)/Costa/
Trafaria (11km) – 09h00
Clube Ibérico de Montanhismo e
Orientação
Inscrições até 13 de Maio
[email protected] / 212 583 029 / 929
264 499
- Trilhos das Figueiras (9 km)
Partida no Parque Verde (Quintinhas)
– 09h00
Grupo 173 – Assoc. dos Escoteiros de
Portugal
Inscrições até 27 de Maio
[email protected]
966 207 501
Actividades de aventura
Workshop de escalada no muro de
treino e slackline
Campus da FCT-UNL – 15h00
NAve – Associação Nova Aventura
Inscrições até 26 de Maio
www.nave.pt
969 415 461 / 962 744 072
3 4
Aula de ginástica para grávidas
28 de Maio
Passeio de bicicleta
- Partida no Parque da Paz (20 km)
– 09h30
Clube de Ciclismo de Almada
Inscrições até 26 de Maio
[email protected]
926 670 772 / 925 974 689
A correr com os Amigos do
Parque (Parque da Paz)
- Junto ao Monumento à Paz – 17h30
Clube de Amigos do Parque da Paz
Inscrições até 25 de Maio
inscriçõ[email protected]
917 655 555 / 936 329 391
963 898 044 / 917 719 904
29 de Maio
Grupos de caminhada
- Pelos parques de lazer da Charneca de
Caparica (6 km) – 09h30
Amigos de Atletismo
da Charneca de Caparica
Inscrições até 27 de Maio
[email protected]
965 055 103 / 933 267 013
Parque Urbano da Costa da Caparica
– 10h30
Steps Relax & Fit Studio
[email protected]
917 519 379 / 210 992 500 / no local
Passeios de bicicleta
- Partida da Loja Fivesevens (30 km)
– 08h30
Saltapocinhas BTT / Fivesevens
Inscrições até 23 de Maio
[email protected]
[email protected]
969 084 138 / 963 144 781
- Partida da Loja K-Bike (12 km) – 10h00
K-Bike
Inscrições até 26 de Maio
[email protected]
210 996 622 / 912 347 119
- Partida no Largo 25 de Abril,
na Sobreda (40 km) – 09h00
Núcleo BTT Sobreda
Inscrições até 26 de Maio
[email protected]
Aulas abertas
Yoga
14 de Maio (17h00) – Praia Nova
15 de Maio (11h00) – Praia Nova
28 de Maio (10h00) – Parque da Paz
29 de Maio (10h00) – Parque da Paz
Aula intensivo local
28 de Maio (09h45) – Court de ténis do
Aquafitness (Qt. do Texugo)
Body Vive e Body Balance
28 de Maio (10h00) – Parque Urbano,
em Almada
28 de Maio (10h00) – Parque da Paz
Eleições Legislativas a 5 de Junho
»
Saiba que pode votar
antecipadamente
www.m-almada.pt
www.m-almada.pt
N
o próximo dia 5 de Junho
realiza-se a eleição para a
Assembleia da República.
Os cidadãos que, por motivos
profissionais, não possam deslocarse à sua assembleia de voto,
no dia das eleições, podem votar
antecipadamente, entre 16 e 31 de
Maio.
Estão também abrangidos por esta modalidade de votação os
estudantes, que frequentem uma instituição de ensino situada em
distrito ou região autónoma diferente daquele onde se encontra
inscrito no recenseamento eleitoral.
Esta medida aplica-se ainda a eleitores, deslocados no estrangeiro,
doentes internados ou presos.
Para mais informações pode deslocar-se à sua Junta de Freguesia
ou Câmara Municipal ou aceder a www.portaldoeleitor.pt
Onde se vota?
Na semana que antecede o dia das eleições, é afixada na Câmara
Municipal (edifício dos Paços do Concelho) e nas 11 Juntas de
Freguesia, a informação sobre as mesas de voto onde pode votar. Este
edital estará também disponível para consulta em www.m-almada.pt
Pode ainda obter esta informação em www.recenseamento.mai.
gov.pt ou se enviar um SMS (gratuito) para o 3838 (escrevendo
RE espaço nº de BI ou CC espaço Data de Nascimento no modo
AAAAMMDD).
Partilhe Almada
nas redes sociais
A partir de agora já é possível partilhar as
notícias, os eventos de agenda e os conteúdos
genéricos do site da Câmara Municipal de
Almada nas redes sociais.
No topo de cada página estão aos
botões que, ao serem clicados, publicam
a informação do site municipal, assim
como o respectivo link, no seu perfil do
Facebook, Twitter, Blogger, entre outras redes.
Através destes botões pode ainda enviar o
link da notícia ou evento de agenda por mail.
Esta partilha nas redes sociais, pelos próprios
utilizadores do site, permite divulgar de forma
rápida e fácil a actividade municipal, assim como
o próprio concelho de Almada.
Partilhe em www.m-almada.pt
Informações úteis
Equipamentos Municipais e Monumentos
Câmara Municipal de Almada
Geral
Departamento de Comunicação
Almada Informa-Informações e Sugestões
[email protected]
www.m-almada.pt
Direcção Municipal de Administração Geral
212 724 000
212 724 500
800 206 770
212 724 000
Dep. de Administração e Finanças
Casa Pargana - Arquivo Histórico
212 724 900
Pista Municipal de Atletismo
212 537 579
Centro de Arte Contemporânea
212 724 950
Ponto de Encontro
212 748 210
Centro de Informática e Documentação
212 723 077
Posto de Turismo da Costa da Caparica
212 900 071
Centro Juvenil de Santo Amaro
212 548 220
Solar dos Zagallos
212 947 000
Centro de Lazer (Costa da Caparica)
212 918 250
Teatro Municipal de Almada
212 739 360
Complexo Municipal dos Desportos
212 587 100
Centro Municipal de Turismo
212 739 340
Complexo Municipal
de Piscinas da Sobreda
212 549 370
Complexo Municipal
Direcção Municipal de Desenvolvimento Social
212 724 700
de Piscinas da Charneca de Caparica
212 964 220
Direcção M. de Mobilidade e Valorização Urbana
212 724 300
Convento dos Capuchos
212 919 342
Dep. de Salubridade, Espaços Verdes e Transportes
212 549 700
Fórum Municipal Romeu Correia
212 724 920
Ambiente - Linha Verde
800 206 017
Galeria Municipal de Arte
212 724 700
Museu da Cidade
212 734 030
Museu de Arqueologia Naval
212 724 980
Museu de Sítio
212 724 760
Oficina de Cultura
212 724 050
Parque da Paz
212 508 710
Dir. M. de Planeamento, Adm. Território e Obras
212 724 300
Dep. Estratégia e Gestão Ambiental Sustentável
212 722 510
Departamento de Recursos Humanos
212 724 600
Centro Inf. Autárquica ao Consumidor
212 724 763
Pav. Municipal da Charneca de Caparica 212 972 591
Pav. Municipal da Costa de Caparica
212 911 189
Pav. Municipal do Laranjeiro
212 545 161
Urgências
Hospital Garcia de Orta
Bombeiros Voluntários de Almada
Bombeiros Voluntários de Cacilhas
Bombeiros Voluntários da Trafaria
GNR - Almada
GNR - Charneca
PSP - Almada
GNR - Costa da Caparica
PSP - Laranjeiro
Linha Azul de Emergência
Protecção Civil
EDP - Piquete
212 940 294
212 722 290
212 722 520
212 946 569
212 743 408
212 964 077
212 722 634
212 909 340
212 558 530
800 205 146
212 946 577
800 506 506
SMAS
Serviço de Atendimento
SMAS - Piquete
212 726 000
212 726 161
212 726 152
Ficha Técnica Propriedade Câmara Municipal de Almada Redacção e Administração C.M.A. Largo Luís de Camões 2800-158 Almada Tel: 212 724 000
Fax: 212 724 599 e-mail [email protected] Director Vereador António Matos Redacção Aníbal Martins, Margarida Leal, Miguel Ribeiro, Sandra Gomes e Sandra
Guerreiro Paginação Gabinete Gráfico / CMA Fotografia Anabela Luís, António Nabais e José Figueira Execução Gráfica Infoportugal SA Tiragem 70.000 exemplares Depósito
Legal N.º 76448/94 ISSN 1645-9903
3 5

Documentos relacionados