ACETATO DE CHUMBO

Сomentários

Transcrição

ACETATO DE CHUMBO
ACETATO DE CHUMBO
1) IDENTIFICAÇÃO DA SUBSTÂNCIA
3
0
0
Sinônimos: Acetato de Chumbo Triidratado, sal de chumbo de ácido acético
triidratado, Chumbo diacetato triidratado, sal de Saturno.
Fórmula química: Pb(C2H3O2)2.3 H2O;
Massa molecular: 379,33
Aspecto: Cristais brancos.
CAS N°: 6080-56-4
2) IDENTIFICAÇÃO DOS DANOS
VENENO! CUIDADO! Pode ser fatal se inalado ou absorvido pela pele. Sob
suspeita de causar câncer. O risco de causar câncer depende no nível e da
duração da exposição. Código de Armazenamento: Azul.
Índices:
Saúde: 3 - Corrosivo ou tóxico. Evitar contato com a pele ou inalação.
Inflamabilidade: 0 - Não Inflamável.
Reatividade: 0 - Estável.
Contato: 1 - Leve.
AVISO: Estável. Incompatível com agentes oxidantes fortes e halogênios. As
partículas finamente dispersas formam misturas explosivas com o ar.
3) EFEITOS POTENCIAIS Á SAÚDE
Inalação: Chumbo pode ser absorvido pelo sistema respiratório. Irritação local dos
brônquios e pulmões pode acontecer e, em caso de exposição aguda, sintomas
como gosto metálico, dores torácicas e abdominais e aumento dos níveis de
chumbo no sangue.
Ingestão: Tóxico! Os sintomas de intoxicação por chumbo incluem dor abdominal
e espasmos, náuseas, vômito e enxaqueca. Intoxicação aguda pode levar ao
enfraquecimento de músculos, linha de chumbo na gengiva, gosto metálico, perda
definitiva de apetite, insônia, vertigem, altos níveis de chumbo no sangue e na
urina com choque, coma e morte em casos extremos.
Contato com a pele: Chumbo e compósitos de chumbo podem ser absorvidos
pela pele em exposições prolongadas. Contatos curtos períodos podem causar
irritação local, vermelhidão e dor.
Contato com os olhos: Absorção pode ocorrer pelo tecido ocular, mas os perigos
mais comuns são: irritação local ou abrasão.
Exposição crônica: Chumbo é um veneno cumulativo e cada exposição pequena
pode elevar o conteúdo do corpo a níveis tóxicos. Os sintomas da exposição
crônica são aqueles da intoxicação por ingestão, mas agitação, irritabilidade,
perturbações visuais, hipertensão e cor facial acinzentada podem também ser
notados.
Exposição crônica: Chumbo é um veneno cumulativo e cada exposição pequena
pode elevar o conteúdo do corpo a níveis tóxicos. Os sintomas da exposição
crônica são aqueles da intoxicação por ingestão, mas agitação, irritabilidade,
perturbações visuais, hipertensão e cor facial acinzentada podem também ser
notados.
Agravamento das condições pré-existentes: pessoas com pré-existência de
enfermidade circulatória, renal ou em nervos ou problemas com pele e olhos
podem ser mais sensíveis aos efeitos desta substância.
4) MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS
Inalação: Remover o indivíduo para ar fresco. Se não estiver respirando, fazer
respiração artificial. Se respirar com dificuldade, dar oxigênio. Procure ajuda médica.
Ingestão: NÃO INDUZA O VÔMITO! Nunca dê algo pela boca para uma pessoa
inconsciente. Procure ajuda médica imediatamente.
Contato com a pele: Lave imediatamente em água corrente e sabão por, pelo
menos, 15 minutos. Remova a roupa contaminada e os sapatos, lave-os antes de
reutilizá-los. Procure ajuda médica.
Contato com os olhos: Lave imediatamente com água corrente por, pelo menos, 15
minutos, abrindo e fechando as pálpebras. Procure ajuda médica.
5) MEDIDAS EM CASO DE DERRAME ACIDENTAL
Ventile a área do vazamento ou derramamento. Limpe com aspirador de pó para
evitar a dispersão do pó. Encaminhe os resíduos para aterro de classe 1.
6) MANUSEIO E ARMAZENAMENTO DE RESÍDUOS DE VAZAMENTO
Ao manusear este produto use avental de mangas longas, óculos de segurança e
máscara P1. Mantenha este recipiente firmemente fechado, em área ventilada.
Proteja contra danos físicos. Áreas em que possam ocorrer exposição do metal
chumbo ou componentes de chumbo devem ser identificadas por uma indicação
ou significado apropriado, e o acesso para estas áreas deve ser limitado para
pessoas autorizadas. Estoque na área azul do almoxarifado.
7) PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS
Solubilidade:60 mg em 100 mg de água.
Ponto de Ebulição: 100°C
Ponto de Fusão: 75°C
8) INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS
Quando lançado no solo, esse material não lixivia para o aqüífero subterrâneo.
Substância bioacumulativa.
9) INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS
LD50 Oral: ratos: 4665 mg/kg (forma triidratada). Investigado como inductor de
tumor, como agente mutagênico.
Toxicidade sobre o Sistema Reprodutivo: Chumbo e seus compostos são
perigosos ao sistema reprodutivo.
Carcinogenicidade:EPA / IRIS classificação: Grupo B2 – Provavelmente
carcinogênicos a humanos, evidencias suficientes em animais.
Classificação IARC: Grupo 3, sem evidências suficientes.
10) DESCARTE DE RESÍDUOS
Tratar com soda cáustica (NaOH + Na2CO3) em excesso. Descartar a mistura nos
tambores apropriados para este fim que se encontram no laboratório.

Documentos relacionados

acetato de chumbo - Faculdades Oswaldo Cruz

acetato de chumbo - Faculdades Oswaldo Cruz i Contato com os olhos: Absorção pode ocorrer pelo tecido ocular mas os perigos mais comuns são irritação local ou abrasão. i Exposição crônica: Chumbo é um veneno cumulativo e cada exposição peque...

Leia mais

FISPQ

FISPQ 13. Considerações sobre destinação final Produto: A solução final pode ser descartada em estação de tratamento de efluentes química. Restos do produto: Mantenha os restos do produto em suas embalag...

Leia mais