NEI KE - Wdielly Araújo

Сomentários

Transcrição

NEI KE - Wdielly Araújo
NEI KE
Autores:
Prof: Liu Zhao Yang
Prof: Paulo Noleto
Revisado por:
Profa. Wdielly Araújo
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
NEI KE
1- INTRODUÇÃO
É a disciplina clinica que se utiliza das teorias de base da MTC e estuda a
natureza e o desenvolvimento das doenças, bem como as previne e as trata de acordo
com os métodos e princípios da medicina chinesa.
2- CLASSIFICAÇÃO
As doenças são causadas por:
- Fatores Exógenos: Liu Xie (6 perversos). Estes estão ligados à fatores climáticos.
- Fatores Endógenos:

Qi Qing – 7 fatores emocionais anormais: Xi (alegria), Mu (raiva), You
(ansiedade), Si (pensamentos), Bei (tristeza), Kong (pânico) e Jing (susto).

Lao Yi Shi Du – Desequilíbrio entre trabalho e descanso.

Fang Shi Bu Jie – Irregularidade na alimentação de sólidos e líquidos como o
fatos de não respeitar horário para se alimentar, uso indevido e alimentos,
excessos ou deficiências alimentares ou falta de higiene alimentar.

Yin Shi Suo Shang – Distúrbios da distribuição de nutrientes, energia, sangue,
líquidos orgânicos e produção patogênica. Os 5 órgãos alteram o organismo. Ex:
A deficiência do fígado leva a estagnação do Qi do fígado e consequentemente à
estagnação do sangue que pode finalmente culminar com o aparecimento de
tumores.

Nei Sheng Wu Xie – 5 fatores patogênicos produzidos no interior:
- Feng (vento): lesão do fígado, causando tonteira, zumbido...
- Han (frio): deficiência do Yang do baço ou rim, causando obstrução da
circulação do Qi Xue, 4 membros frios, náuseas, vômito, diarréia, peso nos
membros.
- Shi (umidade): diminuição da função do baço, afetando o transporte e a
transformação.
- Zao (secura): alteração do Jin Ye, causando pele seca, sem brilho,
prisão de ventre, secura vaginal, olhos secos, coceira.
2
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
- Huo (fogo): produto anormal da disfunção dos 5 orgãos. Deficiência do
Yin e abundância de fogo com olhos vermelhos, dor de cabeça, vertigens e ulceras
na boca.
3- DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO
O procedimento do diagnóstico e tratamento para doenças internas inclui:
3.1- Os 4 tempos diagnósticos (inspeção, audição-olfação, interrogatório e palpação)
3.2- Diferenciação das síndromes
3.3- Eleição do Princípio Terapêutico
3.4- Prescrição das substâncias.
3.1- Si Zhen (4 Tempos)
1- Wèn (Interrogatório)

É o mais importante passo diagnostico.

É preciso fazer perguntas objetivas (baseadas nos sintomas) HDA.

10 Perguntas Básicas (Shi Wèn Ge):
1- Yi Wèn Han (pergunta frio calor)
2- Er Wèn Han (pergunta sobre suor)
3- San Wèn Tou She (pergunta cabeça corpo)
4- Si Wèn Bian (pergunta sobre fezes e urina)
5- Wu Wèn Yi Shi (pergunta sobre apetite)
6- Liu Xiong Fu (pergunta peito e abdômen)
7- Qi Long (perguntar sobre ouvido)
8- Ba Ke Ju Dang Bian (todos devem distinguir boca e garganta)
9- Jiu Wèn Jiou Bing (perguntar sobre histórico)
10- Shi Wèn Yin (perguntar a causa)

Criança (Xia Jer): Xiao Re Dang Wèn Ma Zhen Huan (perguntar sobre
sarampo)

Mulher (Fu Nu): Fu Nu Dang Jing Daí Chan (perguntar sobre
menstruação, leucorréia e gravidez).
3
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Wang (Observação)

4 Tipos:
- Shen (consciência): observação do rosto
- Se (cor): observação do cabelo e olho.
- Xing (corpo): observar porte corporal.
- Tai (movimento): observar a movimentação

Nesta etapa também entra a observação da língua.

Observar as 5 secreções (Nei Fen Mi Wu): urina (Mi Niao), fezes (Fan Bian),
leucorréia (Bai Tai), catarro (Tan) e menstruação (Yue Jing).
3- Wen (Olfação)

“ouvir resiração e cheirar secreções”

Passos:
- Shen Yin (voz)
- Hu Xi (respiração): Ruido Seco (Luo Yin Gan)
Barulho de água (Luo Yin Shi)
Murmúrio vesicular diminuído: Xu Qi Fei
Ronco: obesidade ou obstrução de vias
aéreas.
- Fen Mi Wu (secreção): se for ruim é umidade-calor ou tumor.
4- Qie (Palpação)
I. Conceituação:
O diagnóstico através da palpação inclui a tomada do pulso e a palpação de
diferentes regiões do corpo.
A leitura da tomada de pulso se justifica pela teoria da circulação do Qi e sangue
nos meridianos e vasos sanguíneos impulsionado pelo do Qi do coração ocasionando a
pulsação.
A circulação contínua do Qi e do sangue dependem:
1. Os vasos sanguíneos se conectam ao coração, sendo este, portanto, considerado a
residência do sangue. Vasos e sangue formam uma integrada rede funcional, onde o
coração governa o sangue e os vasos.
4
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2. O QI do coração é o propulsor da circulação e o fluxo do sangue é confinado nos
vasos. O volume e a quantidade do sangue representam um papel importante no
processo como um todo, onde estrutura e função se interagem. “O pulso é produzido
pelo batimento cardíaco” e “o pulso pode ser percebido por causa da pulsação”.
A percepção do pulso na medicina chinesa não se relaciona somente com o
coração, sangue e vasos, mas com a atividade funcional de todos os órgãos e vísceras:
1. O pulmão origina o Qi.
2. O sangue é gerado da essência dos alimentos.
3. A circulação do sangue é dominada pelo coração.
4. O sangue é controlado pelo baço e armazenado no fígado e distribuído pelo Qi dos
pulmões.
Através da interatividade funcional dos órgãos e vísceras o sangue flui por todo
o corpo através dos meridianos e vasos. O sangue é a essência do YIN e este é
armazenado nos rins. O QI do aquecedor médio transforma os alimentos em sangue sob
o auspício do MING MEN, portão da vitalidade, aspecto YANG dos rins.
Desta maneira o sangue flui nos meridianos e vasos manifestando a atividade
funcional dos órgãos e vísceras.
II. Função da pulsologia:
Determinar o local e a natureza da doença e fazer a correlação entre a energia
vital e o patógeno, prevendo, portanto a evolução da doença (YU HOU):
III. Classificação dos pulsos por grupo:
1. Superficial – o patógeno se encontra na camada superficial.
2. Profundo – o patógeno se encontra no interior do organismo.
3. Rápido – denota uma síndrome de calor.
4. Lento – denota uma síndrome de frio.
5. Pulso de insuficiência – caracteriza uma energia vital fraca.
6. Pulso de excesso – caracteriza uma energia vital forte.
5
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
IV. Calcular a evolução da doença para se obter um prognóstico de melhora ou
agravamento:
Pulso de doença crônica
- lento e brando: o QI do estômago em recuperação;
- rápido e urgente: a energia vital em exaustão;
Pulso após arrepio e suor
- calmo e sem febre: em processo de melhora;
- rápido e agitado: em processo de agravamento.
V. Localização dos pulsos:
1. Método antigo:
a) Parte superior, na cabeça:
1. Ponto TAI YANG; (EXCP5) para o QI temporal.
2. Ponto ER MEN; (Ta 21) para o QI dos olhos e ouvidos.
3. Ponto JU LIAO (E 5) para o QI da boca e dentes.
b) Parte média, na mão:
4. Ponto CUN KOU (P 9) para o QI do pulmão.
5. Ponto SHEN MEN (C 7) para o QI do coração.
6. Ponto HE GU (IG 4) para o QI do peito.
c) Parte inferior, no pé:
7. Ponto TAI CHONG (F3) para o QI do fígado.
8. Ponto CHONG YANG (E42) para o QI do baço e estômago.
9. Ponto TAI XI (R3) para o QI dos rins.
2.Método contemporâneo: Três partes com nove pontos (SAN BU JIU HOU):
a. Palpação de CUN KOU – Polegada (CUN), Barreira (GUAN) e pé (CHI).
b. Primeiramente devemos posicionar o dedo médio na região GUAN para depois
posicionar o dedo indicador e anular nos outros dois pontos, CUN e CHI. Pressionar em
três profundidades sentindo minuciosamente as qualidades dos pulsos.
6
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
c. Método: o ponto de GAO GU (ponto dos estilóides radiais) serve para determinar o
GUAN MAI (pulso barreira), o dedo indicador posiciona-se no ponto CUN MAI
(polegar), o médio, no ponto GUAN MAI (barreira) e o anular, no ponto CHI MAI (pé).
d. Correspondência entre órgãos e os pontos de CUN GUAN CHI.
Zuo (E)
Cun
Xin
Guan
Gan
Chi
Shen (Yin)
You (D)
Fei
Pi
Shen (Yang)
Ming Men
3. Para os Adultos:
Procurar a localização com 3 dedos. Achar primeiro o ponto “barreira” na
extremidade inferior do rádio, apoiando com o dedo médio, achar em seguida o ponto
“polegar” e aí colocar o indicador; achar enfim o ponto “pé” e aí colocar o anular.
Os três dedos devem simular a forma de um arco sobre o mesmo plano, a fim de
que a polpa dos dedos pressione a artéria. O afastamento dos dedos está em função da
estatura do paciente, os dedos serão mais afastados se ele for de grande estatura, e mais
apertados se for de pequena estatura.
7
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
4. Em crianças:
A localização de Cun Kou é muito curta e não é possível tomar as três
localizações. Pode-se achar o ponto “barreira” com um só dedo (o polegar) e não
distinguir as três partes.
VI. Recomendações:
a. Horário: o melhor tempo para tomar pulso é de manhã cedo, em jejum, em
ambiente calmo.
b. Posição do corpo: paciente deve estar sentado ou deitado estendido (decúbito
dorsal com a barriga para cima), com a mão ao mesmo nível do coração, em cima de
uma pequena almofada.
c. Posição da mão do médico: coloca os três dedos paralelos e alinhados, com o dedo
médio no ponto GUAN MAI e o indicador no ponto CUN MAI e o anular no CHI MAI
mantendo os três dedos em forma de concha.
d. Formas de palpar (três regras)
a) Método JU: o JU é uma palpação leve; e com palpação JU se faz diagnóstico sobre
doenças das vísceras e síndromes superficiais.
b) Método AN: o AN é uma palpação profunda; e com AN se faz diagnóstico sobre
doenças dos órgãos e síndromes internas;
c) Método XUN: o XUN é uma palpação nem leve nem profunda, e deve mover os
dedos para frente e para traz várias vezes a fim de achar o ZHENG MAI, o pulso certo.
d) Manter a calma: o médico deve manter-se sereno, estabilizando e acalmando sua
respiração e ritmo cardíaco para sentir o pulso, procurando obter uma sensibilidade
nítida e clara, durante 50 pulsações (aproximadamente 3 a 5 minutos) SAN YAO SU.
VII. Alterações
1. Os pulsos normais podem alterar, e as alterações são sujeitas aos seguintes
fatores:
1) Clima.
2) Ambiente.
3) Sexo.
4) Idade.
5) Condição física.
8
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
6) Estado emocional.
7) Grau de cansaço.
8) Alimentação.
9) Anormalidade anatômica.
2. Variações fisiológicas:

A idade: Quanto mais jovem, mais o pulso é rápido. O pulso do lactente é
precipitado. O pulso dos adolescentes, dos adultos e das pessoas em boa saúde
tem força. O pulso dos idosos e das pessoas de constituição frágil é fraco;

O sexo: O pulso das mulheres adultas é mais fraco e um pouco mais rápido do
que dos homens;

O aspecto físico: As pessoas de grande estatura têm uma localização de pulso
mais extensa. Esta localização é mais curta nas pessoas de pequena estatura. Nos
magros, o pulso é levemente superficial, sendo mais profundo em pessoas gordas;

O modo de vida: quando se faz um trabalho de força, movimentos violentos,
uma longa marcha, que se coma ou que se beba álcool, ou que se tenha uma
exaltação devida a um dos 7 sentimentos, o pulso é rápido e tem força. Se houver
fome, o pulso é fraco;

Variações da localização: Em algumas pessoas, o pulso não se acha no ponto
“polegar”, mas obliquamente em direção ao dorso da mão, a partir do ponto “pé”.
É chamado de “pulso deslocado em oblíquo”. O pulso que se manifesta sobre a
face dorsal do Cun Kou é o “pulso invertido”. Isso corresponde a uma posição
anatômica anormal da artéria radial. Esta localização não é patológica.
3. Variações Climáticas:
As mudanças de estação têm uma certa influência sobre o estado do pulso. O Su Wen
(cap. 18) diz:
“Na primavera o pulso está levemente em “corda” no indivíduo sadio . . .
No verão, o pulso normal está levemente em “gancho” . . .
No 6º mês, o pulso normal está levemente flexível e fraco . . .
No outono, o pulso está levemente em “penugem”. . .
No inverno, o pulso está levemente em “pedra”.
9
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
VII. Três dados importantes do pulso normal (WEI, SHEN, GEN):
1- Com Vitalidade (WEI): o pulso deve manifestar-se nem profundo nem superficial,
nem rápido nem lento, com calma e tranqüilidade, isto é, ter WEI QI (Qi do Estômago e
Baço). O estomago representa a vitalidade pela importância da alimentação. Sem
alimento por 3 dias o pulso fica sem o Qi do Estomago e do Baço.
2- Com Ritmo (SHEN): o pulso deve ser ritmado e cheio de energia, isto é, ter WEI
SHEN (energia e vitalidade).
3- Com força no fundo – Raiz (GEN): apertando para tomar o pulso CHI MAI e sentir
força apropriada contra o dedo, isto é, perceber a energia do rim. Significa que o pulso
tem raiz. CHI MAI em vazio, pulso sem raiz e portanto Shen Deficiente.
VIII. Pulso Patológico (Bing Mai)
- Bu Wei (localização): Biao X Li
- Shuo (velocidade): Rápido X Lento OBS: normal 72 BPM, lento valor menor que 60.
- Xing (forma): Fino X Cheio
- Tai (força): Forte X Fraco
1. Relação dos Pulsos Patológicos
1- Superficial (FU MAI): fácil de tomar na palpação superficial, se sente menos
resistente na palpação profunda, mas não é oco.
Indica: síndrome superficial e de insuficiência.
2- Profundo (CHEN MAI): não responde à palpação superficial e se toma com força
em uma palpação profunda.
Indica: síndrome interna.
3- Lento (CHI MAI): ritmo lento, menos de quatro pulsações a cada respiração.
Indica: síndrome de frio, insuficiência do YANG.
4- Rápido (SHUO MAI): mais de cinco pulsações a cada respiração. Até 7 batimentos
por ciclo respiratório.
Indica: síndrome de calor; insuficiência.
5- Impetuoso (HONG MAI): fácil de tomar na palpação superficial, se sente uma
impetuosidade como ondas do mar, chegada forte e saída fraca e é fácil de tomar
levemente.
Indica: síndrome de calor de excesso. “O calor machuca a camada Qi” (Qi Fen Re
Shèng).
10
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
6- Fino (XI MAI): pulsação fraca na palpação superficial, pulso fino como um fio, mas
é distinto na palpação.
Indica: Síndrome de insuficiência do QI XUE (Qi Xue Liang Kui)
Síndrome de insuficiência do Yang (Yang Qi Shuai Wei)
Anemia (Pin Xue)
7- Mínimo (Xi ou Xiao) ou Indistinto (WEI MAI): pulsação fraca na palpação
superficial, o pulso se apresenta finíssimo, quase não se sente, e a pulsação é indistinta à
palpação.
Indica: Síndrome de insuficiência do QI XUE (Qi Xue Liang Kui)
Síndrome de insuficiência do Yang (Yang Qi Shuai Wei)
8- Incoerente, Irregular ou Disperso (SAN MAI): fácil de tomar na palpação
superficial, pulsação incoerente, arritmada e sem fundamento na posição CHI MAI (pé)
(CHI BU WU GEN).
Indica: síndrome de falência de energia vital e Yang Qi dos órgãos em exaustão.
9- Insuficiente (XU MAI): pulsação fraca na palpação superficial apresenta-se oco na
palpação profunda.
Indica: síndrome de insuficiência, geralmente de QI, XUE, YIN e YANG.
10- Excesso (SHI MAI): pulsações enérgicas com força sentida na palpação.
Indica: síndrome de excesso.
11- Deslizante ou Escorregadio (HUA MAI): pulsação corrente como série de
bolinhas rolando.
Indica: síndrome de TAN YIN, acumulação de alimentos, calor verdadeiro, gestação
ou menstruação.
12- Áspero (SE MAI): o pulso se apresenta travado, como um rolamento áspero
passando debaixo da palpação. “faca no bambu”. Oposto ao pulso Escondido.
Indica: síndrome de estagnação do Qi, estase sanguínea, acúmulo de alimentos,
insuficiência do sangue e essência.
13- Longo (CHANG MAI): pulsações coerentes, cobrindo além da própria posição.
Indica: síndrome de excesso do YANG Qi (Hiperatividade do Yang) e síndrome do
calor.
14- Curto (DUAN MAI): pulsação fraca na palpação superficial, coerente, não chega a
cobrir a primeira e a terceira posição.
Indica: Se apresentar também Forte: Estase Xue / Se apresentar-se fraco: Insuficiência
do Qi).
11
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
15- Em corda (XUAN MAI): como uma corda comprida em vibração.
Indica: síndrome de doenças do fígado e da vesícula biliar, dor intensa, mucosidade e
fleuma, malária.
16- Cebolinha - Oco (KOU MAI): fácil de tomar na palpação superficial, pulso
flutuante e oco, parecido ao caule de cebolinha.
Indica: síndrome de perda de sangue (hemorragias) e o Jin Ye gravemente consumido.
17- Tenso (JIN MAI): tenso como uma corda torcida.
Indica: síndrome do frio e dor, acumulação dos alimentos da refeição do dia anterior.
18- Brando (HUAN MAI), também conhecido como moderado: pulso vagaroso,
justamente com quatro pulsações a cada respiração, mas com impressão de lentidão.
Indica: síndrome de umidade, insuficiência do QI do baço.
19- Pele de tambor (GE MAI): fácil de tomar na palpação superficial, com vibração
evidente, mas oco por baixo, como quando palpamos a pele de um tambor.
Indica: síndrome de insuficiência do Jing, Qi, Xue e Jin Ye, metrorragia ou aborto.
20- Submerso (LAO MAI), também conhecido como confinado ou resistente: se toma
na palpação profunda contra o osso, é de pulsação forte e de excesso. Se encontra longo.
Indica: síndrome do YIN e Frio, contração (espasmo de dor intensa), hérnias, ZHENG
JIA (tumor formado de sangue).
21- Fraco (RUO MAI): o pulso é tomado pela palpação profunda, mas se apresenta
fino, fraco e profundo.
Indica: síndrome de insuficiência do QI XUE.
22- Flutuante (RU MAI): fácil de tomar ao palpar de leve, junção de superficial e fino,
com aparência confusa.
Indica: síndrome de insuficiência e umidade (por insuficiência do baço).
23- Escondido (FU MAI): se toma na palpação profunda contra o osso e se sente
pulsação fraca. Parece com o pulso profundo. Pode evoluir para pulso Inquerente.
Indica: síndrome do bloqueio patogênico (XIE BI), coma, dor intensa e pavor
ocorrendo em ataque repentino.
24- Agitado (DONG MAI): pulsação rápida, deslizante, forte, agitada e incoerente.
Pode-se confundi-lo com o pulso escorregadio.
Indica: síndrome de dor intensa ou pavor extremo (susto).
25- Acelerado (CU MAI): pulsação rápida e arritmada (com intervalo irregular).
Indica: síndrome de calor verdadeiro com excesso de Yang; acumulo de alimento,
inchaço, fleuma, estagnação do Qi e do Xue.
12
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
26- Arritmado (JIE MAI): pulso vagaroso ( um pouco menos lento que o tipo 1 ) que
interrompe em intervalos irregulares.
Indica: síndrome de frio intenso, estagnação do Qi e Xue, mucosidade, tumor,
problemas cardíacos.
27- Periódico intermitente (DAÍ MAI): pulsação fraca na palpação superficial, com
intervalo regular e o intervalo são longos.
Indica: síndrome de falência do Qi dos órgãos, grave doença cardíaca, grave perda de
sangue por traumatismo, susto.
28- Precipitado (JI MAI): mais de sete pulsações a cada respiração, com pulsações
apressadas. Batimento cardíaco acima de 7 por ciclo respiratório.
Indica: síndrome de exaustão do YANG e do YIN, energia vital em colapso.
Os 28 Pulsos e as Correspondências
Entre os Pulsos e as Doenças
1. Pulsos superficiais:
(1) Superficial (FU MAI): fácil de tomar na palpação superficial, se sente menos
resistente na palpação profunda, mas não é oco.
Indica: síndrome superficial e de insuficiência.
(2) Impetuoso (HONG MAI): fácil de tomar na palpação superficial, se sente uma
impetuosidade como ondas do mar, chegada forte e saída fraca e é fácil de tomar
levemente.
Indica: síndrome de calor de excesso. “O calor machuca a camada Qi” (Qi Fen Re
Shèng).
3) Flutuante (RU MAI): fácil de tomar ao palpar de leve, junção de superficial e fino,
com aparência confusa.
Indica: síndrome de insuficiência e umidade (por insuficiência do baço).
(4) Incoerente, Irregular ou Disperso (SAN MAI): fácil de tomar na palpação
superficial, pulsação incoerente, arritmada e sem fundamento na posição CHI MAI (pé)
(CHI BU WU GEN).
Indica: síndrome de falência de energia vital e Yang Qi dos órgãos em exaustão.
(5) Cebolinha - Oco (KOU MAI): fácil de tomar na palpação superficial, pulso
flutuante e oco, parecido ao caule de cebolinha.
Indica: síndrome de perda de sangue (hemorragias) e o Jin Ye gravemente consumido.
13
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
(6) Pele de tambor (GE MAI): fácil de tomar na palpação superficial, com vibração
evidente, mas oco por baixo, como quando palpamos a pele de um tambor.
Indica: síndrome de insuficiência do Jing, Qi, Xue e Jin Ye, metrorragia ou aborto.
2. Pulsos Profundos
(1) Profundo (CHEN MAI): não responde à palpação superficial e se toma com força
em uma palpação profunda.
Indica: síndrome interna.
(2) Escondido (FU MAI): se toma na palpação profunda contra o osso e se sente
pulsação fraca. Parece com o pulso profundo. Pode evoluir para pulso Inquerente.
Indica: síndrome do bloqueio patogênico (XIE BI), coma, dor intensa e pavor
ocorrendo em ataque repentino.
(3) Submerso (LAO MAI), também conhecido como confinado ou resistente: se toma
na palpação profunda contra o osso, é de pulsação forte e de excesso. Se encontra longo.
Indica: síndrome do YIN e Frio, contração (espasmo de dor intensa), hérnias, ZHENG
JIA (tumor formado de sangue).
(4) Fraco (RUO MAI): o pulso é tomado pela palpação profunda, mas se apresenta
fino, fraco e profundo.
Indica: síndrome de insuficiência do QI XUE.
3. Pulsos lentos:
(1) Lento (CHI MAI): ritmo lento, menos de quatro pulsações a cada respiração.
Indica: síndrome de frio, insuficiência do YANG.
(2) Brando (HUAN MAI), também conhecido como moderado: pulso vagaroso,
justamente com quatro pulsações a cada respiração, mas com impressão de lentidão.
Indica: síndrome de umidade, insuficiência do QI do baço.
(3) Áspero (SE MAI): o pulso se apresenta travado, como um rolamento áspero
passando debaixo da palpação. “faca no bambu”. Oposto ao pulso Escondido.
Indica: síndrome de estagnação do Qi, estase sanguínea, acúmulo de alimentos,
insuficiência do sangue e essência.
(4) Arritmado (JIE MAI): pulso vagaroso ( um pouco menos lento que o tipo 1 ) que
interrompe em intervalos irregulares.
Indica: síndrome de frio intenso, estagnação do Qi e Xue, mucosidade, tumor,
problemas cardíacos.
14
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
4. Pulsos rápidos:
(1) Rápido (SHUO MAI): mais de cinco pulsações a cada respiração. Até 7 batimentos
por ciclo respiratório.
Indica: síndrome de calor; insuficiência.
(2) Acelerado (CU MAI): pulsação rápida e arritmada (com intervalo irregular).
Indica: síndrome de calor verdadeiro com excesso de Yang; acumulo de alimento,
inchaço, fleuma, estagnação do Qi e do Xue.
(3) Precipitado (JI MAI): mais de sete pulsações a cada respiração, com pulsações
apressadas. Batimento cardíaco acima de 7 por ciclo respiratório.
Indica: síndrome de exaustão do YANG e do YIN, energia vital em colapso.
(4) Agitado (DONG MAI): pulsação rápida, deslizante, forte, agitada e incoerente.
Pode-se confundi-lo com o pulso escorregadio.
Indica: síndrome de dor intensa ou pavor extremo (susto).
5—Pulsos de insuficiência:
(1) Insuficiente (XU MAI): pulsação fraca na palpação superficial apresenta-se oco na
palpação profunda.
Indica: síndrome de insuficiência, geralmente de QI, XUE, YIN e YANG.
(2) Mínimo (Xi ou Xiao) ou Indistinto (WEI MAI): pulsação fraca na palpação
superficial, o pulso se apresenta finíssimo, quase não se sente, e a pulsação é indistinta à
palpação.
Indica: Síndrome de insuficiência do QI XUE (Qi Xue Liang Kui)
Síndrome de insuficiência do Yang (Yang Qi Shuai Wei)
(3) Fino (XI MAI): pulsação fraca na palpação superficial, pulso fino como um fio,
mas é distinto na palpação.
Indica: Síndrome de insuficiência do QI XUE (Qi Xue Liang Kui)
Síndrome de insuficiência do Yang (Yang Qi Shuai Wei)
Anemia (Pin Xue)
(4) Periódico intermitente (DAÍ MAI): pulsação fraca na palpação superficial, com
intervalo regular e o intervalo são longos.
Indica: síndrome de falência do Qi dos órgãos, grave doença cardíaca, grave perda de
sangue por traumatismo, susto.
(5) Curto (DUAN MAI): pulsação fraca na palpação superficial, coerente, não chega a
cobrir a primeira e a terceira posição.
15
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Indica: Se apresentar também Forte: Estase Xue / Se apresentar-se fraco: Insuficiência
do Qi).
6. Pulsos de excesso:
(1) Excesso (SHI MAI): pulsações enérgicas com força sentida na palpação.
Indica: síndrome de excesso.
(2) Deslizante ou Escorregadio (HUA MAI): pulsação corrente como série de
bolinhas rolando.
Indica: síndrome de TAN YIN, acumulação de alimentos, calor verdadeiro, gestação
ou menstruação.
(3) Tenso (JIN MAI): tenso como uma corda torcida.
Indica: síndrome do frio e dor, acumulação dos alimentos da refeição do dia anterior.
(4) Longo (CHANG MAI): pulsações coerentes, cobrindo além da própria posição.
Indica: síndrome de excesso do YANG Qi (Hiperatividade do Yang) e síndrome do
calor.
(5) Em corda (XUAN MAI): como uma corda comprida em vibração.
Indica: síndrome de doenças do fígado e da vesícula biliar, dor intensa, mucosidade e
fleuma, malária.
Grupo do Caracterí
Pulso
Pulso
Diferenciação de Pulso
stica
Nome do
comum
pulso
Característica do Pulso
Síndrome principal
Apalpado Superficial Pode ser sentindo com Síndrome externa
Superficia com leve (FU)
leve toque, mas
l
desprezado ao toque
toque
forte.
Impetuoso
Sensação larga igual
Calor perverso em
(HONG)
fluxo abundante, forte
excesso
na vinda, fraca na
partida.
16
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Flutuante
Pode ser sentido no
Indica vazio, também
(RU)
nível superficial,
umidade.
macio e fino.
Espalhado
Pulso dispersado sem
Severa deficiência de QI
(SAN)
um foco fixo
vital, grande perda de QI
dos ZHANG FU.
Oco
Superficial, mas vazio Grande perda de sangue
(KOU)
no meio, semelhante à e fluído
sensação de palpar
cebolinha.
Tambor
Vazio no meio,
Deficiência severa de
(GE)
esticado dos lados,
essência, sangue e YIN.
semelhante ao tambor.
Pulso
Apalpado Profundo
Só pode ser sentindo
Síndrome interna
Profundo
com
(CHEN)
com pressão forte
pressão
Escondido
Só pode ser sentindo
Estagnação do de QI
forte
(FU)
com pressão forte no
perverso, desmaio, dor
nível dos ossos e
extrema.
tendões
Fraco
Muito macio fino em
Deficiência de QI e
(RUO)
nível profundo.
sangue
Submerso
Firme e como em
Fio interno, estagnação
(LAO)
corda em nível
interna, hérnia, massa
profundo
abdominal.
Síndrome de Frio
Pulso
Menos
Lento
Menos do que 4
Lento
que 4
(CHI)
batidas num ciclo
batidas
respiratório
num ciclo Brando
4 batidas num ciclo
Deficiência do baço,
respiratór (HUAN)
respiratório, lento na
síndrome de umidade.
io
vinda
Áspero
Fluxo rígido, lento e
Exaustão da essência,
(SE)
sem fluir facilmente.
deficiência de sangue,
estagnação de QI, estase
de sangue.
17
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Atado
Lento, interrompe-se
Excesso de YIN,
(JIE)
em intervalos
estagnação de QI, frio,
irregulares.
mucosidade, sangue.
Síndrome de calor
Pulso
Mais do
Rápido
Mais que 5 batidas
Rápido
que 5
(SHUO)
num ciclo respiratório
batidas
Acelerado
7 a 8 batidas num ciclo Excesso de YANG ao
num ciclo (JI)
respiratório, pulso
extremo causa exaustão
respiratór
rápido e urgente
de YIN, QI vital em
io
colapso.
Apressado
Rápido e urgente,
Excesso de calor de
(CU)
interrompe-se em
Yang, estagnação de Qi,
intervalos irregulares.
estase de sangue,
retenção de mucosidade
e alimento.
Movente
Pulso escorregadio,
(DONG)
rápido, dinâmico,
Dor, medo
forma curta como
feijão.
Pulso
Fraco na
Vazio
Sem força na
Vazio
palpação
(XU)
palpação, macio e
Síndrome de vazio
vazio.
Fino (XI)
Fino igual linha,
Ambos Qi e sangue em
evidente na palpação.
deficiência, danos por
causa do acumulo do
vazio; também indica
umidade.
Indistinto
Muito fino e macio
Acumulo de vazio no
(WEI)
difícil de sentir.
YANG, YIN, QI,
sangue. Vazio de YANG
em colapso
18
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Intermitent Cessa e recomeça por
QI de órgão (ZANG) em
e (DAI)
insuficiência, síndrome
intervalos regulares
de vento, síndrome de
dor, danos e feridos de
queda.
Pulso
Curto
Pulso ocupa no espaço Deficiência severa de
(DUAN)
menos do que normal
YIN e YANG, estado
(CUN, GUAN CHI)
grave.
Pulso forte e grande
Síndrome plenitude
Dinâmica Plenitude
Excesso
(SHI)
mesmo com pressão
forte ou leve
Escorregad Pulso suave, fluxo
Acumulo de
io (HUA)
mucosidade, alimentos,
fácil, escorregadio.
plenitude de calor.
Em corda
Longo, fino e esticado Doença de fígado e
(XUAN)
igual uma corda de
vesícula biliar acumulo
violão.
de mucosidade,
síndrome de dor,
Tenso
Sensação contorcida,
Síndrome frio, síndrome
(JIN)
forte como se fosse
de dor, retenção de
uma corda espessa.
alimentos.
Longo
Pulso ocupa no espaço Yang em excesso,
(CHANG)
maior do que normal
síndrome de calor.
(CUN, GUAN, CHI)
IX. Correspondência entre pulsos e síndromes:
FU-HUAN (superficial-brando): vento patogênico no canal do TAI YANG (gripe ou
resfriado).
FU-JIN (superficial-tenso): síndrome de excesso superficial de vento frio; BÍ ZHEN de
vento e dor.
FU-SHU (superficial-rápido): síndrome de excesso superficial de calor (nível Wei Fen).
FU-HUA (superficial-deslizante): síndrome superficial misturada com fleuma e
umidade interna.
HUA-SHU (deslizante-rápido): calor interno por fogo de mucosidade ou calor gerado
por acumulação de alimentos.
19
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
HONG SHU (impetuoso-rápido): exuberância do calor no QI FEN (com quatro
importantes sintomas).
CHEN-CHI (profundo-lento): frio interno, insuficiência do YANG do baço e do rim.
CHEN-XUAN (profundo-em corda): depressão do QI do fígado e estagnação interna
de TAN YIN.
CHEN-SE (profundo-áspero): insuficiência do YANG e estase sanguínea por frio
congelado.
CHEN-HUAN (profundo-brando): insuficiência do baço, acumulação ou estagnação do
líquido/umidade.
CHEN-XI (profundo-fino): insuficiência do YIN e do sangue.
XUAN-SHU (em corda e rápido): fogo produzido por depressão do fígado, calor
úmido no fígado e vesícula biliar.
XUAN-HUA (corda e deslizante): fogo no fígado misturado com mucosidade /
hiperatividade do YANG do fígado.
X.Questão da ordem rotineira e ordem inversa:
Síndrome de ordem rotineira: Significa a correspondência entre o pulso e a
síndrome. Por exemplo: síndrome de excesso e de calor verdadeiro deve estar
acompanhada dos pulsos impetuoso, rápido ou de excesso.
Síndrome de ordem inversa: Significa a não correspondência entre o pulso e a
síndrome. Por ex.: síndrome de excesso e de calor verdadeiro, contrariamente está
associada a pulsos fino, fraco ou indistinto.
Respeitar a síndrome e não o pulso: Nesse caso, o excesso é verdadeiro e a
insuficiência é falsa, ou o calor é verdadeiro e o frio é falso. Por exemplo: acumulação
e plenitude dolorosa no abdome, acompanhado de prisão de ventre e febre alta, com
língua vermelha e revestimento seco, mas, pelo contrário, o pulso fica profundo e fino.
Respeitar o pulso e não a síndrome: Por exemplo, “SHANG HAN JIE XIONG”
(pleurite, fase inicial da pneumonia) é uma síndrome de calor de excesso, tem de
aplicar ervas frias e amargas, mas “é proibido usar ervas de tal natureza quando o
pulso é muito superficial, do contrário, matará o paciente”. Por isso, tem que respeitar
o pulso e não a síndrome. É imperioso fazer suar se a síndrome superficial não for
eliminada por meio da dispersão, pois, existe chance de curar a doença por meio de
dispersar o patógeno superficial.
Outro exemplo: uma doença causada por exopatógeno, acompanhada de febre alta,
com os quatros membros gelados, mas o pulso é rápido e deslizante interpretando
calor verdadeiro. É evidente que o tratamento deve seguir a manifestação do pulso.
20
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
3.2- Diferenciação das síndromes
Para um diagnóstico em MTC é preciso fazer a diferenciação de síndromes, para
isso é preciso saber a natureza da doença, sua localização no organismo e a reação deste
organismo a ela; dados que se obtém através de cuidadosa análise e síntese, obtidos por
meio dos quatro métodos tradicionais de diagnóstico.
Uma avaliação sindrômica incorreta, feita por uma observação parcial ou
dissociada do Pensamento Fisiopatológico Tradicional leva a um tratamento que pode
ser não apenas ineficiente como responsável pelo agravamento de uma doença. Por isso
é necessário avaliar e pesar cuidadosamente cada sinal e sintoma colhido.
Os Oito Princípios Diagnósticos (Ba Gang) são os primeiros passos para a
avaliação de qualquer doença pois permitem avaliar as características gerais da doença e
a resposta orgânica a ela e devem ser complementados por outros diagnósticos, que
verificam a localização da doença nos Zang-Fu, Canais e Colaterais, etc., para permitir
um tratamento eficiente.
Os Oito Princípios são:
1.
Tipo ou Qualidade da doença: Yin ou Yang (é o parâmetro principal; todos os
sintomas e sinais podem ser classificados desta maneira);
2.
Profundidade da doença: Externa (Biao) ou Interna (Li);
3.
Natureza da doença: Calor (Re) ou Frio (Han);
4.
Força da doença x Capacidade Defensiva: Excesso (Shi) ou Insuficiência (Xu).
3.3- Eleição do Princípio Terapêutico
O principio terapêutico e o método de tratamento são designados de acordo com
o resultado da diferenciação de síndromes.
3.4- Prescrição das substâncias
Somente após as etapas anteriores é que se tem a base para a prescrição da
formula mais apropriada.
21
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
1- Doenças do Sistema Metal
1.1- Gripe- Gan Mao
1.1.1- Gai Nian

Infecção das vias aéreas superiores

A gripe é uma doença infecciosa aguda causada por um vírus chamado
Influenza. Podendo estar acompanhado de bactérias oportunistas.

A doença evolui, generalmente, de forma benigna, sem necessidade de grandes
medidas terapêuticas. No entanto, pode complicar-se e aparecer sob formas mais
graves. A gravidade da infecção viral depende do grau de virulência e da
quantidade dos vírus, da idade e do estado de saúde do indivíduo.

Como doença, é altamente contagiosa e durante as epidemias e pandemias
(epidemias que atingem proporções mundiais), o vírus Influenza atinge uma
elevada percentagem da população. Pensa-se ter existido trinta e duas
pandemias, três das quais no século XX:
- A primeira em 1918-1919 (gripe espanhola) causou vinte a quarenta milhões de
mortes, com maior incidência na faixa etária entre os 20 e 40 anos;
- A segunda em 1957-1958 (gripe asiática); e
- A terceira em 1968-1969 (gripe de Hong Kong).
Nestas duas epidemias morreram mais de 1,5 milhões de pessoas e os custos
económicos directos, a nível mundial, foram superiores a 32 bilhões de dólares.

Pode ser classificada a gripe como:
- Gripe Comum (Pu Tong Gan Mao): sintomas leves, não contagiosas.
- Gripe Epidêmica (Liu Xing Gan Mao): sintomas graves, contagiosa, podendo
ocorrer, além dos sintomas característicos da gripe, vômito, diarréia, intoxicações.
1.1.2- Diagnóstico – Zhen Duan
Principais pontos para o diagnóstico:

Contato do paciente com pessoas ou ambientes contaminados

Sintomas característicos gerais: Febre, nariz entupido, dor de cabeça, aversão ao
frio, suor, olhos e garganta irritados, entre outros.

Identificação da localização da doença (superfície ou interior) e da natureza da
mesma (frio ou calor).
22
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Teste de laboratório: leucócitos aumentados podem indicar infeções bacterianas.
1.1.3 - Tipos de Síndromes:
1- Feng Han Zheng – Síndrome do Vento Frio
Manifestações Clinicas: Aversão ao frio, febre leve, sem suor, dor de cabeça, nariz
entupido, coriza clara, dor no corpo.
L: Saburra branca e fina
P: Superficial e tenso
Principio Terapêutico: Xin Wen Jie Biao Yao – picantes e mornas que liberam a
superfície.
Fórmula: Jing Fang Bai Du San (Ma Huang Tang + Gui Zhi Tang)
Composição: Jing Jie 12g, Fang Feng 10g, Qian Hu 10g, Xing Ren 10g, Zhi Qiao 6g,
Gan Cao 6g, Chuan Xiong 10g, Gui Zi 6g, Sheng Jiang 10g, Zi Su Ye 10g.
2- Fang Re Zheng – Síndrome do Vento Quente.
Manifestações Clinicas: febre alta, pouca aversão a frio, sem suor ou transpiração
pouca sendo insuficiente para parar a febre, dor de cabeça e na garganta, catarro
amarelo, mucosidade amarela, sede com desejo de beber.
L: ponta vermelha, revestimento fino e amarelo
P: flutuante e rápido
Principio Terapêutico: Xin Liang Jie Biao Yao – picante e fresca que liberam a
supreficie.
Fórmula: Yin Qiao San
Composição: Jin Yin Hua 12g, Lian Qiao 12g, Niu Bang Zi 9g, Bo He 6g, Dan Dou
Chi 12g, Jie Geng 9g, Dan Zhu Ye 6g, Lu Gen 9g, Gan Cao 6g, Xing Ren 10g.
3- Shu Shi Zheng – Síndrome de Calor de Verão Umidade.
Só ocorre no verão, com a ação do sol forte e a umidade aumentada.
Manifestações Clinicas: febre, pouca aversão ao frio, pouco suor (não alivia a febre),
dificuldade de saída do suor, membros e corpo pesados, cabeça pesada e com sensação
de distensão, agitação, tosse com catarro pegajoso, opressão torácica, náusea com
vomito (regurgitação acida), sede sem muita vontade de beber água.
L: saburra amarela e gordurosa
23
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
P: macio e rápido
Principio Terapêutico: Qing Re Jie Shu Qu Shi – Tirar calor, eliminar calor canicular,
afastar umidade.
Fórmula: Huo Xiang Zheng Qi San Modificado
Composição: Huo Xiang 12g, Pei Lang 12g, Zi Su 10g, Jie Geng 6g, Lian Qiao 15g,
Bai Zhi 12g, Chen Pi 12g, Hou Pó 12g, Xiang Ru 10g.
4-Wai Han Li Re – Frio externo calor interno.
Manifestações Clinicas: febre aversão ao frio, sem suor, dor de garganta, sede, tosse,
respiração acelerada, catarro amarelo, fezes secas, urina amarela escura, constipação.
L: vermelha na ponta e margens com saburra amarela e branca
P: superficial e rapido
Principio Terapêutico: Shu Xuan Fei Qi Qing Re San Han – Normalizar a função do
pulmão, tirar calor e afastar o frio.
Fórmula: Ma Xing Xi Gan Tang
Composição: Ma Huang 12g, Sheng Shi Gao 48g, Xing Ren 18g, Zhi Gan Cao 6g,
Fang Feng 10g, Jing Jie 10g, Huan Qin 10g, Zhi Zi 10g, Lian Qiao 10g, Jie Geng 10g,
Bo He 5g.
1.2-Tosse – Ke Sou
1.2.1- Gai Nian

A tosse é a expulsão brusca e barulhenta, reflexa ou voluntária, que assegura a
expulsão do ar (a rapidez da expulsão pode atingir 900 km/h), contido nos
pulmões, trata-se de uma reação do corpo a uma irritação, é um reflexo vital.

Freqüente manifestação do sistema respiratório

Pode ser considerada uma doença ou apenas um sintoma.

Possui inúmeras causas, entre elas: gripe, reação ao frio, alergia, resultado de
doença infecciosa, asma, resposta ao fumo, refluxo do liquido gástrico, reação à
determinados medicamentos, entre outros.
24
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
1.2.2 - Diagnóstico – Zhen Duan
Pode ser interna ou externa:

INTERNA: causada por uma alteração nos Zang Fu. Geralmente é
acompanhada por febre, aversão ao frio, sem suor, acompanhada das síndromes
específicas do Zang Fu.

EXTERNA: causada pelos 6 perversos invadindo o Fei, tratando-se portanto de
um fenômeno superficial. Sendo de origem curta.
1.2.3- Tipos de Síndromes:
TOSSE DE ORIGEM EXTERNA (Wai Gan Ke Sou).
1- Feng Han Xi Fei Zheng – Vento frio ataca o Pulmão
Manifestações Clinicas: tosse, coceira na garganta, mucosidade clara, respiração
ofegante, coriza clara, dor de cabeça, dor no corpo, aversão ao frio, febre, sem suor.
L: revestimento fino e branco
P: tenso, fino, superficial
Principio Terapêutico: Xin Wen Shu Han Xuan Fei Zhi Ke – Picante e morna para
dispersar o vento frio, difundir o pulmão para cessar a tosse.
Fórmula: Zhi Sou San Modificado
Composição: Zi Wan 10g, Bai Qian 10g, Qian Hu 10g, Xing Ren 10g, Jie Geng 6g,
Gan Cao 6g, Ma Haung 6g, Zi Su Ye 6g, Jing Jie 10g.
2- Feng Re Xi Fei Zheng – Vento calor ataca o Pulmão
Manifestações Clinicas: tosse, irritabilidade na garganta com coceira, mucosidade
amarela, febre alta pouca aversão ao frio, pouco suor, dificuldade de suar, tosse com voz
rouca ou febre, descarga nasal amarela, sede, dor de cabeça.
L: Vermelha com revestimento fino amarelo
P: superficial e rápido
Principio Terapêutico: Qing Re Jie Biao Su Fei Zhi Ke – Tira calor alivia superfície,
normaliza a difusão pulmonar e cessa a tosse.
Fórmula: Sang Ju Yin
Composição: Sang Ye 10g, Ju Hua 10g, Bo He 6g, Xing Ren 10g, Lu Gen 15g, Jie
Geng 10g, Lian Qiao 12g, Gan Cao 6g.
25
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
3- Zao Xie Shang Fei Zheng – Secura perversa lesando o Pulmão
Manifestações Clinicas: tosse seca, pouco muco, dificuldade de expectoração, garganta
seca e dolorida, boca e nariz secos.
L: vermelha com revestimento fino e seco.
P: Fino e rápido
Principio Terapêutico: Qing Zao Shu Feng Yun Fei Zhi Ke – Elimina secura, dispersa
o vento, nutre o pulmão para acabar com a tosse.
Fórmula: Sang Xing Tang Modificado
Composição: Sang Ye 10g, Xing Ren 10g, Zhe Bei Mu 10g, Qian Hu 10g, Dan Dou
Chi 6g, Zhi Zi 6g, Li Pi 6g.
TOSSE DE ORIGEM INTERNA (Nei Shang Ke Sou)
1- Tan Shi Yang Fei Zheng- Acumulo de umidade e mucosidade encobrindo o
Pulmão.
Manifestações Clinicas: tosse com som abafado, mucosidade de cor clara e pegajosa
em grande quantidade ou catarro grosso em pedaços, agravada pela manha, peito cheio,
sensação de tórax e abdomem distendidos, náuseas, falta de apetite, lassidão.
L: pálida, inchada, revestimento branco gorduroso
P: macio e deslizante
Principio Terapêutico: Jian Pi Zao Shi Hua Tan Li Fei – Beneficiar o baço, secar a
umidade, transformar mucosidade, beneficiar o pulmão e parar a tosse.
Fórmula: Er Cheng Tang + San Zi Yang Qin Tang
Composição: Ban Xia 10g, Chen Pi 10g, Cang Zhu 6g, Hou Pó 6g, Fu Ling 15g, Gan
Cao 6g, Zi Su Zi 10g, Lai Fu Zi 10g, Bai Jie Zi 10g, Yi Yi Ren 20g, Sheng Jiang 6g, Da
Zao 3 pacotes.
2- Tan Re Yu Fei Zheng – Umidade calor estagnando o Pulmão.
Manifestações Clinicas: tosse com respiração rouca, expectoração profusa, mucosidade
de cor amarela e mau cheirosa, mancha de sangue, dispnéia, rosto vermelho, boca seca,
sede, sensação de distensão do peito e hipocôndrio, febre.
L: vermelha, revestimento amarelo gorduroso.
P: deslizante e rápido.
Principio Terapêutico: Qing Re Hua Tan Shu Fei Zhi Ke – Tirar calor, transformar
mucosidade, liberar a difusão pulmonar, para a tosse.
26
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Fórmula: Qing Jin Hua Tan Tang
Composição: Huang Qin 10g, Zhi Zi 10g, Zhe Bei Mu 10g, Jie Geng 10g, Gua Lou
15g, Zhi Mu 10g, Ju Hong 6g, Sang Bai Pi 6g, Mai Men Dong 9g, Gan Cao 6g.
3- Gan Huo Fan Zheng – Fogo do fígado invade o Pulmão
Manifestações Clinicas: tosse repetida (paroxística) com dor na região do hipocôndrio,
expectoração difícil e pegajosa, sintomas de fogo do fígado, olhos e face vermelhos,
boca amarga e garganta seca, pigarro difícil de expelir.
L: revestimento fino e amarelo seco
P: corda e rápido
Principio Terapêutico: Qing Fei Ping Gan Shun Qi Zhi Ke – Tira fogo do pulmão,
acalmar o fígado, regular e circular o Qi
Fórmula: Ke Xue Fang + Xie Bai San
Composição:

Ke Xue Fang ( Zhi Zi 6g, Gua Lou Ren 6g, Qing Daí 6g, Fu Hai Shi 6g, He Zi
3g)

Xie Bai San (San Bai Pi 20g, Di Gu Pi 20g, Jing Mi 15g, Zhi Gan Cao 3g)
4- Fei Yin Kui Zheng – Deficiência Severa do Yin do Pulmão.
Manifestações Clinicas: Tosse seca, dificuldade de expectoração, catarro branco
pegajoso ou com rajadas de sangue, garganta e boca seca, calor nos 5 centros, suor
noturno.
L: vermelha com pouco revestimento
P: fino e rapido
Principio Terapêutico: Zi Yin Run Fei Hua Tan Zhi Ke – Nutrir o Yin, umidecer o
pulmão, dissolver mucosidade e tirar tosse.
Fórmula: Sha Shen Mai Men Tong Tang
Composição: Bei Sha Shen 15g, Mai Men Dong 12g, Bai He 12g, Sang Ye 10g, Tian
Hua Fen 12g, Chuan Bei Mu 10g, Yu Zhu 12g, Xin Gren 10g, Gan Cao 6g.
27
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
5- Fei Yin Kui – Deficiência do Yin do Pulmão.
Manifestações Clinicas: Tosse de longa duração com som baixo e respiração asmática,
catarro branco e fino, falta de apetite, respiração curta, opressão no peito, cansaço, suor
espontâneo, aversão ao frio.
L: pálida e macia com revestimento branco
P: fino e fraco
Principio Terapêutico: Nutrir o Qi do pulmão, resolver fleuma e parar a tosse.
Fórmula: Bu Fei Tang
Composição: Huang Qi 15g, Dang Shen 10g, Sang Bai Pi 10g, Wu Wei Zi 6g, Ban Xia
10g, Bai Zhu 10g, Chen Pi 6g, Gan Cao 6g.
1.3- Asma – Xiao Chuan
1.3.1- Gai Nian

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas.

Em indivíduos susceptíveis esta inflamação causa episódios recorrentes de tosse,
chiado, aperto no peito, e dificuldade para respirar.

A inflamação torna as vias aéreas sensíveis a estímulos tais como alérgenos,
irritantes químicos, fumaça de cigarro, ar frio ou exercícios.

Nem toda a pessoa com alergia tem asma e nem todos os casos de asma podem
ser explicados somente pela resposta alérgica do organismo a determinados
estímulos.

Se não for tratada, a asma pode ter um impacto significativo na qualidade de
vida de uma pessoa. No entanto, se controlada, é possível levar uma vida
produtiva e ativa.

Antigamente, a asma era chamada de bronquite, bronquite alérgica ou bronquite
asmática. O nome asma estava vinculado aos casos mais graves. O nome correto
é simplesmente ASMA. A bronquite é, na verdade, a inflamação dos brônquios e
diferente da asma pode ter sua causa bem definida, por exemplo, uma infecção
por bactérias ou vírus. Também difere da asma por apresentar um tempo de início
definido e poder ser totalmente tratada.

Afeta 100 milhões de pessoas no mundo e cerca de 1% da população da China.
28
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

“A fleuma como principal fator patogênico dessa doença, acumula-se nos
pulmões e se torna uma RAIZ OBSTINADA, desencadeada por mudança
climática, aspiração alérgica, desordem emocional ou dieta imprópria”

Repetidos ataques por longos períodos, enfraquecem os pulmões, baço e rins. A
Deficiência do Qi do pulmão pode resultar em falência do Wei Qi. A deficiência
do Qi do baço pode trazer a falência na função de transporte, produzindo a
fleuma nos pulmões. A deficiência do Qi dos rins pode causar a falência no
recebimento do Qi. A deficiência do Yang dos rins causa acúmulo de fluidos
patogênicos que pode se transformar em fleuma. A deficiência do Yin dos rins
pode induzir a hiperatividade do fogo que consome os fluidos corporais,
induzindo à fleuma, que se move para cima e piora a condição do individuo.

Pode ter origem:
- EXTERNA: fatores perversos externos, mudanças climáticas, sensibilidade
alérgica, dieta imprópria, distúrbios emocionais.
- INTERNA: deficiência congênita, deficiência da energia renal, hipersensibilidade
congênita.
1.3.2- Características Clínicas – Lei Xing

Apresenta as seguintes manifestações clinicas:
- Chuan Xi: respiração com dificuldade (dispnéia)
- Qi Cu: respiração sibilosa
- Xiong Me: opressão torácica
- Ke Sou: tosse
1.3.3- Diagnóstico – Zhen Duan
O diagnóstico é feito através das:
- Manifestações clinicas: Chuan Xi, Qi Cu, Xiong Me, Ke Sou.
- Sinais Físicos: Duan Zuo Hu Xi (busca posição sentada)
Bi Yi Shang Dong (movimento da asa do nariz)
Xiong Bu Qi Fu (movimento ondulatório do tórax)
Liang Jian Song Dong (2 ombros sobrem e descem)
- Ausculta
- Exames laboratoriais: aumento de Leucócitos, Eosinófilos e Neutrófilos
29
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
- Verificação de histórico de hipersensibilidade alérgica à mudanças climáticas,
alimentos ou medicamentos.
1.3.4- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:

Fase de crise: geralmente provocada por fatores externos ou alérgicos. A crise
passa espontaneamente após serem afastados os fatores causadores.

Fase de Reinicio: ocorre devido à insuficiência dos Zang Fu. É preciso
suplementar o Pulmão, fortalecer o Baço, tonificar o Yang e nutrir o Yin.
OBS: Durante período de crise tratar manifestação, fora da crise tratar a raiz.
1.3.5- Tipos de Síndromes:
FASE DA CRISE
1-Han Tan Yong Fei – Frio e Umidade invadem o Pulmão.
Manifestações Clinicas: Falta de ar com respiração curta, barulho e mucosidade na
garganta, peito cheio com sensação de sufocação, compleição escura e azulada, sem
sede ou sede com vontade de beber líquidos quentes, membros frios, muita mucosidade
branca e rala, aversão ao frio, sintomas que se agravam com o frio.
L: pálida com saburra branca
P: tenso e fino
Principio Terapêutico: Wen Fei San Han Hua Tan Ping Chuan – Aquecer o pulmão,
dispersar o frio, dissolver mucosidade e acalmar a asma.
Fórmula: She Gan Ma Huang Tang Modificada
Composição: She Gan 10g, Zi Ma Huang 6g, Xi Xin 3g, Zi Yuan 12g, Hou Pó 10g, Zhi
Ban Xia 10g, Gan Jiang 3g, Xing Ren 12g, Bai Qian 10g, Kuan Dong Hua 10g.
2- Tan Re Yong Fei – Umidade Calor invadem o Pulmão
Manifestações Clinicas: Falta de ar com respiração ruidosa, peito muito cheio, tosse
freqüente e irritante, muita mucosidade de cor amarela e densa, irritação, incomodo,
rosto e olhos vermelhos, boca seca, sede.
L: vermelha com saburra amarela
P: macio e rapido
Principio Terapêutico: Qing Re Hua Tan Su Fei Ping Chuan – Tirar calor, dissolver
mucosidade, libertar o pulmão, parar a descensão e eliminar a asma.
30
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Fórmula: Ding Chuan Tang
Composição: Bai Guo 6g, Zhi Ma Huang 10g, Kuan Dong Hua 10g, Zi Su Zi 10g,
Xing Ren 10g, Huang Qin 10g, Gan Cao 3g, Bei Mu 10g, Ban Xia 6g, Sang Bai Pi 6g.
3-Gan Qi Fen Fei – Qi do Fígado invade o Pulmão
Manifestações Clinicas: Falta de ar com respiração ruidosa, sensação de sufocação no
peito, distensão abdominal agravada pela irritação emocional e eliviada por arrotar ou
saltar flatulências.
L: revestimento fino e branco
P: corda
Principio Terapêutico: Shu Gan Kai Yu Jiang Qi Ping Chuan – Regularizar o fígado,
dissolver o acumulo, liberar fluxo do Qi e acalmar a asma.
Fórmula: Chai Hu Shu Gan San (Estagnação do Fígado ataca o Pulmão)
Xiao Yao Wan (Estagnação do Fígado ataca o Baço)
Composição: Chai Hu Shu Gan San Modificado (Chai Hu 6g, Xiang Fu 10g, Bai Shao
Yao 12g, Zhi Ke 10g, Qing Pi 6g, Cheng Xiang 6g, Mu Xiang 10g, Yu Jin 10g, Chuan
Xiong 3g) + Xiao Yao Wan ( Chai Hu 6g, Dang Gui 6g, Bai Zhu 3g, Bai Shao Yao 6g,
Fu Ling 6g, Bo He 3g, Gan Cao 3g, Sheng Jiang 3g).
FASE DE REINCIDÊNCIA
1-Fei Qi Xu Zheng – Deficiência do Qi do Pulmão
Manifestações Clinicas: Suor espontâneo, aversão ao vento, falta de ar, gripes
sucessivas, barulho leve na garganta, muco claro e ralo, rosto pálido e sem brilho.
L: pálida com revestimento branco.
P: fino e fraco
Principio Terapêutico: Bu Fei Gu Wei – Tonificar o pulmão e fortalecer Wei Qi.
Fórmula: Yu Ping Feng San
Composição: Bai Zhu 10g, Fang Feng 6g, Huang Qi 12g, Wu Wei Zi 6g, Dang Shen
10g, Hu Tao Rou 10g.
2-Shen Xu Zheng – Deficiência do Rim
Manifestações Clinicas: Respiração ruidosa, curta e agravada ao movimento, zumbido,
desconforto lombar, bochechas vermelhas, disforia com calor nos 5 centros, suor
noturno, aversão ao frio, membros frios, compleição pálida.
L: vermelha com pouca saburra
31
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
P: fino, profundo e rápido.
Principio Terapêutico: Bu Shen Na Qi – Tonificar o rim para que o mesmo receba o
Qi dos pulmões.
Fórmula: Jin Gui Shen Qi Wan
Composição: Shu Di Huang 12g, Shan Zhu Yu 10g, Shan Yao 12g, Fu Zi 6g, Gui Zhi
3g, Zé Xie 12g, Fu Ling 12g, Mu Dan Pi 10g.
1.4-Câncer de Pulmão– Fei Ai
1.4.1- Gai Nian

Também conhecido como “Câncer Brônquico Primário”, é um tumor maligno
originado do Pulmão.

Possui alto índice nos homens.

O câncer de pulmão é o mais comum de todos os tumores malignos,
apresentando um aumento por ano de 2% na sua incidência mundial.

Em 90% dos casos diagnosticados está associado ao consumo de derivados de
tabaco.

No Brasil, o câncer de pulmão foi responsável por 14.715 óbitos em 2000, sendo
o tipo de câncer que mais fez vítimas.

Doença de grande reincidência e número alto de morte

Sobrevida de cerca de 5 anos

Grande incidência de metástase.

Quase 100% sem cura

Possíveis causas:
- Zhou Wei Huan Ling (ambiente contaminado do ar): poluição do ar, fumantes,
material cancerígeno.
- Ji Ti Nei Zai Yin Sun (fatores internos): imunidade baixa, genética, irregularidade
da função endrócrina.
1.4.2- Características Clínicas – Lei Xing
O paciente apresentará sintomas gerais de: tosse, hemoptise, respiração com
dificuldade, febre “vai e vem”, tosse com muco e sangue, dor aguda como agulhas,
difusão pulmonar dificultada.
A evolução da patologia pode ser identificada pelos sinais:
32
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
- FASE INICIAL: fator perverso abundante e verdadeiro, paciente irá apresentar
sintomas de mucosidade, umidade, calor tóxico, estagnação de Xue. O tratamento
consiste em afastar e atacar o Xie.
- FASE MEDIA FINAL: perverso invade e lesa o corpo, por deficiência do Yin, Xue,
Yang. O tratamento consiste no aumento da sobrevida combinado com tratamento dos
sintomas clínicos.
1.4.3- Diagnóstico – Zhen Duan

Através dos sinais descritos acima.

Histórico de probabilidades.

Exames labóriais para identificação de células cancerígenas (secreções). Punção
de líquidos retidos no tórax

Exames de imagem
1.4.5- Tipos de Síndromes:
EXCESSOS
1- Qi Zhi Xue Yu Zheng – Estagnação do Qi e Estase de Xue
Manifestações Clinicas: Dor torácica, dor aguda, respiração difícil, tosse com
dificuldade de expectoração, hemoptise.
L: escura com manchas, petéquias.
P: fino e áspero
Principio Terapêutico: Xing Qi Huo Xue Hua Tan Ruan Jian – Liberar o Qi, mover o
Xue, transformar umidade e dissolver ponto forte.
Fórmula: Da Hong Si Wu Tan + Wu Ling San
Composição: Wu Ling Zhi 15g, Pu Huang 10g, Xia Ku Cao 15g, Chuan Bei Mu 15g,
Chen Pi 15g, Zhi Shi 10g, Quan Gua Lou 15g.
OBS:
- Xia Ku Cao, Chuan Bei Mu: atacam o câncer, dissolvem nódulos e catarro.
- Chen Pi, Zhi Shi: facilitam a circulação do Qi.
- Quan Gua Lou: alivia escarro, umedece o pulmão, facilita fezes e urina.
33
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Tan Shi Yong Fei Zheng – Acúmulo de fleuma umidade no pulmão
Manifestações Clinicas: Tosse, respiração difícil, escarro, expectoração com sangue ou
sem sangue, barulho na garganta, muco pegajoso, difícil expectoração, opressão
torácica.
L: pálida, revestimento branco gorduroso.
P: deslizante e corda
Principio Terapêutico: Hua Tan Li Fei Jie Du Xia Ji – Transforma mucosidade, alivia
os pulmões, elimina o tóxico e a estase.
Fórmula: Dão Tan Tang + Ting Li Da Zao (Modificados)
Composição: Zhi Ban Xi a10g, Chen Pi 15g, Zhi Nan Xing 15g, Bai Zhu 15g, Zhi Shi
10g, Ting Ling Zi 15g, Xia Ku Cao 15g, Bai Hua She Cao 30g, Ban Bian Lian 30g, Fu
Ling 12g, Da Zao 10g.
DEFICIENCIA E EXCESSO
1- Yin Xu Du Re Zheng – Deficiência do Yin e calor tóxico
Manifestações Clinicas: Tosse seca com pouco ou sem catarro, escarro com sangue,
sintomas de deficiência do Yin, suor escondido, boca seca, febre baixa.
L: vermelha, revestimento com falhas.
P: fino e rápido
Principio Terapêutico: Zi Yin Qing Re Jie Du San Jie – Nutrir o Yin, tirar calor
tóxico, dissolver coágulos e nódulos.
Fórmula: Sha Shen Mai Dong Tang (trata deficiência Yin do Pulmão) + Bai He Gu Jin
Tang (trata deficiência Yin).
Composição:
-Sha Shen Mai Dong Tang (Bei Sha Shen 6g, Nan Sha Shen 6g, Mai Men Dong 6g, Yu
Zhu 6g, Tian Hua Fen 9g, Bian Dou 10g, Sang Ye 6g, Gan Cao 3g)
-Bai He Gu Jin Tang (Shu Di Huang 6g, Sheng Di Huang 6g, Mai Men Dong 6g, Bai
Shao Yao 6g, Xuan Shen 6g, Chuan Bei Mu 6g, Dang Gui 6g, Jie Geng 3g, Gan Cao
3g.
34
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
DEFICIÊNCIA
1- Qi Yin Liang Xu Zheng – Deficiência de Qi e de Yin do pulmão juntas (Fase
final)
Manifestações Clinicas: Tosse baixa e fraca, causando fraqueza, dor surda nas costas e
peito, respiração curta, falta de força, suor espontâneo ou noturno, calor nos 5 centros.
L: vermelha, pouco revestimento
P: profundo e fino
Principio Terapêutico: Yi Qi Yang Yin Qing Fei Jie Du – Beneficiar o Qi, nutrir o
Yin, regular o pulmão e dissolver fatores tóxicos.
Fórmula: Si Jun Zi Tang + Qing Zao Jiu Fei Tang
Composição: Tai Zi Shen 15g, Fu Ling 12g, Bai Zhu 15g, Nan Sha Shen 15g, Mai
Dong 12g, Sheng Di Huang 12g, Yu Zhu 12g, Shi Hu 10g, Tian Hua Fen 12g, Yu Xing
Cao 15g, Xia Ku Cao 10g, Ban Zhi Lian 20g, Zhi Gan Cao 10g.
2- Yin Yang Ju Xu Zheng – Deficiência de Yin e Yang (Fase final)
Manifestações Clinicas: Tosse, pouca mucosidade, opressão torácica, respiração curta,
rosto pálido e sem brilho, tonteira, zumbido como cigarra, desconforto lombar, aversão
ao frio, 4 membros frios, cansaço.
L: pálida, revestimento branco
P: profundo e fino
Principio Terapêutico: Bu Shen Yi Fei Yin Yang Liang Tiao – Tonificar os rins, nutrir
o pulmão e regular o Yin e o Yang.
Fórmula: Sheng Mai San + Er Xian Tang = Sheng Mai Yin He Er Xian Tang
Composição: Tai Zi Shen 15g, Tian Dong 12g, Mai Dong 12g, Wu Wei Zi 12g, Zhi
Gan Cao 6g, Xian Mão 10g, Xian Li Pi 10g, Bai Ji Tian 10g, Ban Zhi Lian 15g, Shan
Yu Rou 12g, Bu Gu Zhi 10g.
35
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Doenças do Sistema Fogo
2.1- Doença Coronariana (Angina) – Guan Xin Bing
2.1.1- Gai Nian

O coração é o imperador: controla e comanda o sangue, dele dependem a
circulação e a nutrição, condiciona o espírito (Shen). Por isso, as doenças
psíquicas, emocionais, morais, espirituais e distúrbios bipolares estão ligados ao
coração.

A Doença Coronariana é mais comum acima dos 40 anos e atinge na maioria os
homens do que as mulheres (antes da menopausa).

Também chamada de doença Isquêmica do Coração.

A doença arterial coronariana (DAC) ocorre quando os vasos sangüíneos que
levam o oxigênio para o coração - as artérias coronárias - vão se estreitando
(estenose), e diminuem até ficarem totalmente obstruídos. Este estreitamento é
causado pela aterosclerose (placa de gordura na parede do vaso), ou pela
agregação de plaquetas sobre uma dessas placas de gordura. Quando a obstrução
se torna grave (40% de oclusão do vaso), a DAC pode causar angina (dor no
peito) ou ataque cardíaco (infarto do miocárdio).

A estenose ou obstrução dos vasos sanguíneos, bloqueiam assim o fluxo de
sangue e provocam uma isquemia do miocárdio, hipóxia e mesmo necrose.

Mais comum no ocidente.

Possui
relação
com
a
obesidade,
hipertensão,
tabagismo,
consumo
indiscriminado de proteína animal, excesso de alimentos e pouca atividade
física.
2.1.2- Características Clínicas – Lei Xing

Doença assintomática, de inicio súbito com opressão forte no peito, dor forte
(angina), rosto pálido, expressão facial de irritação, palpitação cardíaca,
respiração curta, suor, sensação de peso no peito com sensação de sufoco.

Sinais importantes:
- Zhao Fa Xi Si: se acontece pela manha, morre a noite.
- Xi Fa Dan Si: se acontece de noite, morre pela manhã.
- Xiong Tong Che Bei: dor torácia, causa nas costas.
- Bei Tong Che Xiong: dor nas costas, causa torácica.
36
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2.1.3- Diagnóstico – Zhen Duan

Doença assintomática de inicio súbito.

ECG: inversão das ondas S-T

Cardiomegalia em função da sobrecarga “Tamanco Holandês”
2.1.4- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
URGENTE:

Síndrome de excesso

Doença aguda

Tratar a manifestação

Causas:
-Yu Xue Zu Se (estase de sangue obstrui)
- Tan Shi Yong Sheng (acumulo de umidade mucosidade no coração)
- Yin Han Ning Jie (condensação do frio)
MENOS URGENTE:

Síndrome de deficiência

Doença crônica

Tratar a raiz
2.1.5 - Tipos de Síndromes:
EXCESSO (URGENTE):
1-Xin Mai Yu Zu Zheng – Impedimento pela estase de sangue no coração.
Manifestações Clinicas: Dor aguda como agulha mexendo, mais grave durante a noite,
palpitação cardíaca.
L: arroxeada escura
P: profundo e áspero
Principio Terapêutico: Huo Xue Hua Yu Tong Luo Zhi Tong – Mover o sangue,
transformar mucosidade, liberar o fluxo dos canais e tirar a dor.
Fórmula: Xue Fu Zhu Yu Tang
37
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Composição: Dang Gui 10g, Chuan Xiong 12g, Sheng Di Huang 15g, Chi Shao Yao
15g, Tao Ren 12g, Hong Hua 12g, Chuan Niu Xi 10g, Jie Geng 10g, Zhi Ke 12g, Chai
Hu 10g, Gan Cao 6g, Dan Shen 30g.
2- Tan Zhuo Yong Se Zheng – Entupimento por mucosidade turva.
Manifestações Clinicas: Opressão torácica com entupimento ou dor estendida para
ombro e costas, respiração curta, muita mucosidade, membros pesados, obesidade.
L: branca e pegajosa, turva
P: deslizante.
Principio Terapêutico: Tong Yang Hua Zhuo Huo Tan Kai Jie – Regularizar o Yang,
dissolver o turvo, dispersar mucosidade e eliminar acúmulos (estagnação).
Fórmula: Gua Lou Xie Bai Ban Xia Tang
Composição: Xie Bai 10g, Zhi Ban Xia 10g, Gan Jiang 5g, Chen Pi 10g, Bai Zi Ren
5g, Yu Jin 10g, Shi Chang Pu 10g, Gan Cao 6g.
3- Yin Han Ning Jie Zheng – Acumulo de frio de Yin
Manifestações Clinicas: Dor torácica que se estende para as costas, agravada com o
frio, opressão torácica com dificuldade de respirar, frio nos 4 membros, palpitação,
respiração curta, não consegue descansar deitado, face pálida.
L: revestimento branco
P: profundo e fino
Principio Terapêutico: Xin Wen Tong Yang Kai Bi San Han – Aquecer o coração,
regular o Yang, tirar obstrução e expulsar o frio.
Fórmula: Gua Lou Xie Bai Gui Zhi Tang
Composição: Quan Gua Lou 10g, Xie Bai 10g, Gui Zhi 10g, Zhi Shi 10g, Zhi Fu Zi
10g, Dang Shen 15g, Gan Cao 10g.
DEFICIENCIA (MENOS URGENTE)
1- Xin Shen Yang Xu Zheng – Deficiência do Yang do Coração e do Rim.
Manifestações Clinicas: Dor e opressão torácica, calor torácico, irritação, insônia,
palpitação cardíaca, suor noturno, desconforto lombar, tonteira, zumbido, joelhos
fracos.
L: vermelha com equimoses
P: fino e rapido
38
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Principio Terapêutico: Zi Shen Yang Yin Yang Xin An Shen – Nutrir o Rim,
beneficiar o Yin e o coração, acalmar a mente.
Fórmula: Zuo Gui Yin
Composição: Shu Di Huang 15g, Shan Zhu Yu 10g, Shan Yao 15g, Gou Qi Zi 10g, Fu
Ling 10g, Wu Wei Zi 10g, Bai Zi Ren 10g, Yuan Zhi 6g, Zhi Gan Cao 10g.
2- Qi Yin Liang Xu Zheng – Deficiência de Qi e Yin
Manifestações Clinicas: Opressão torácica, respiração curta, dor precordial escondida
(não muito forte) que piora com o exercício, palpitação, lassidão, falta de vontade de
falar, vertigem, rosto pálido e sem brilho.
L: vermelha com pouca saburra, marcas de dentes
P: fino e fraco
Principio Terapêutico: Yi Qi Yang Yin Huo Xue Tong Luo – Beneficiar o Qi, nutrir o
Yang, mover Xue e regular os canais.
Fórmula: Shen Mai San + Ren Shen Yang Ying Tang
Composição:
- Shen Mai San (Sheng Mai San 10g, Ren Shen 6g ou Tai Zi Shen 10g, Mai Men Dong
10g, Wu Wei Zi 6g)
- Ren Shen Yang Ying Tang (Ren Shen 6g, Sheng Di Huang 15g, Bai Zhu 10g, Dang
Gui 10g, Bai Shao Yao 15g, Fu Ling 10g, Huang Qi 30g, Rou Gui 3g, Wu Wei Zi 6g,
Yuan Zhi 6g, Chen Pi 10g, Gan Cao 5g, Sheng Jiang 1-3g, Da Zao 3-5g opcional)
3- Yang Qi Xu Tuo – Deficiência do Yang Qi
Manifestações Clinicas: Opressão torácica, respiração curta, palpitação, suor, aversão
ao frio, frio nos 4 membros, rosto pálido, boca, lábios e unhas azuladas, dor no peito
irradiando para as costas.
L: escura e pálida
P: profundo, fino ou indistinto
Principio Terapêutico: Wen Yang Yi Qi Huo Xue Tong- Amornar o Yang, nutrir o Qi,
mover o sangue e regular os canais.
Fórmula: Shen Fu Tang + You Gui Yin
Composição:
-Shen Fu Tang (Ren Shen 12-15g ou Hong Shen 5g, Zhi Fu Zi 10g), formula que
resgata o Yang.
39
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
-You Gui Yin (Shu Di Huang 15g, Gou Qi Zi 10g, Shan Zhu Yu 10g, Du Zhong 10g,
Zhi Fu Zi 6-9g, Shan Yao 15g, Rou Gui 3g, Zhi Gan Cao 6g) formula usada para
tonificar o Yang.
OBS: Patenteados:
- Su Xiao Jiu Xin Wan (colocar em baixo da lingua).
- Fu Fang Dan Shen Pian (para doença crônica, uso diário)
- Jiu Xin Dan (colocar 2 em baixo da língua, 25-50mg, 2x dia)
2.2- Miocardite Virótica - Bing Du Xing Xin Ji Yan
2.2.1- Gai Nian

É uma inflamação do músculo cardíaco. Embora bactérias, fungos e parasitas
causem a miocardite, a infecção viral é a causa mais comum da doença.

Tipo de Vírus: Coxackie, Echo, Poliomelite, Enterose.

Ocorre no verão e no outono.

Afeta pessoas jovens entre 20 e30 anos, principalmente do sexo masculino.

Pode se apresentar como caso leve (sem sintomas) ou como caso grave, onde o
paciente irá apresentar sintomas característicos de uma doença crônica.
2.2.2- Características Clínicas – Lei Xing

Sintomas: edema, dor no miocárdio, arritmia, exaustão cardíaca, respiração
curta, infarto.
- Xiong Men: Opressão torácica
-Qi Duan: Respiração curta
-Xin Ji: Palpitação
-Be Ma Lu: Taquicardia
- Xin Yin Du Dun: Ruído baixo do batimento.

1 a 3 semanas antes da crise o paciente relata histórico de gripe ou diarréia ou
inflamação da garganta.

Exames laboratoriais para identificação do vírus

Exames ECG: onde é constatado a inversão da onda T.

Raio X: verificação do tamanho do coração.
40
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2.2.3- Tipos de Síndromes:
EXCESSO: representa a maior parte dos casos iniciais.
1- Re Du Xie Wei Qin = Du Qin Xin Zheng – Calor tóxico invade o interior do
coração.
Manifestações Clinicas: Febre, dor no corpo, entupimento nasal, dor e coceira na
garganta, tosse com catarro, dor abdominal, diarréia, desconforto dos músculos e nos 4
membros, opressão torácica, palpitação e respiração curta.
L: vermelha com revestimento fino e amarelo ou gorduroso
P: fino e rápido
Principio Terapêutico: Qing Re Jie Du Zi Yang Xin Yin – Tirar o calor, dissolver a
toxidade, nutrir e umedecer o Yin do coração.
Fórmula: Yin Qiao San
Composição: Jin Yin Hua 10g, Lian Qiao 12g, Niu Bang Zi 6-9g, Dan Dou Chi 10g,
Bo He 3-6g, Jie Geng 6g, Dan Zhu Ye 12g, Lu Gen 30g, Gan Cao 6g.
2- Ta Shi Nei Zu Zheng – Obstrução por mucosidade e umidade
Manifestações Clinicas: Opressão torácica, obstrução respiratória, palpitação, dor no
peito, sem apetite.
L: revestimento branco pegajoso, pálida
P: macio, deslizante
Principio Terapêutico: Hua Tan Qi Shi Wen Tong Xin Yang – Dissolver muco,
dispersar umidade, amornar a circulação do Yang do coração.
Fórmula: Gua Lou Xie Bai Ban Xia Tang
Composição: Gua Lou 9-12g, Xie Bai 6-9g, Ban Xia 9-12g, Bai Jiu 30g.
3- Xin Mai Yu Zu Zheng – Obstrução cardiaca
Manifestações Clinicas: Palpitação e dor no peito (aguda e em pontadas), lábios e boca
arroxeados.
L: manchas e petequias
P: arritmado
Principio Terapêutico: Huo Xue Hua Yu Tong Luo Zhi Tong – Move o sangue,
transformar estase, desbloquear canais e tirar a dor.
Fórmula: Xue Fu Zhu Yu Tang
41
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Composição: Tão Ren 9-12g, Hong Hua 6-9g, Dang Gui 6g, Chuan Xiong 3g, Chi
Shao Yao 6g, Chuan Niu Xi 6g, Chai Hu 3g, Jie Geng 3g, Zhi Ke 6g, Di Huang 6g, Gan
Cao 3g.
DEFICIÊNCIA
1- Qi Yin Liang Xu Zheng – Deficiência do Yin e do Qi
Manifestações Clinicas: Palpitação cardíaca, respiração curta, opressão torácica, suor,
lassidão, muitos pesadelos, boca seca.
L: vermelha, pouco revestimento
P: fino, deslizante, arritmado
Principio Terapêutico: Yi Qi Yang Yin Yong Xin An Shen – Tonificar o Qi, nutrir o
Yin, beneficiar o coração e acalmar a mente.
Fórmula: Zhi Gan Cao Tang + Sheng Mai Yin
Composição: Zhi Gan Cao 30g, Tai Zi Shi 15g, Gui Zhi 6g, E Jiao 12g, Mai Dong 15g,
Wu Wei Zi 12g, Sheng Di 15g, Da Cao 10g.
2- Yin Yang Liang Xu – Deficiência do Yin e do Yang
Manifestações Clinicas: Palpitação cardíaca, respiração curta, frio nos 4 membros,
fezes liquidas, desconforto lombar, fraqueza no corpo.
L: pálida, revestimento fino e branco
P: profundo, fino ou arrítmico
Principio Terapêutico: Wen Yang Yi Qi Yang Yin Fu Mai – Aquecer o Yang,
beneficiar o Qi, nutrir o Yin e recuperar o pulso.
Fórmula: Sheng Fu Yang Ying Tang
Composição: Hong Shen 10g, Zhi Fu Zi 6g, Gui Zhi 6g, Gan Jiang 6g, Sheng Di 20g,
Dang Gui 12g, Bai Shao 12g, Huang Qi 15-30g, Mai Dong 12g, Bei Sha Shen 15g
3- Yang Qi Xu Tuo Zheng – Pré colapso
Manifestações Clinicas: Crise súbita, respiração rápida, não pode deitar, boca azulada,
irritação, incomodo, agitação, suor espontâneo sem parar, frio nos 4 membros.
L: arroxeada escura
P: fino e fraco
Principio Terapêutico: Hui Yang Yi Qi Gu Tuo – Salvar o Yang, beneficiar o Qi,
consolidar para impedir o declínio.
Fórmula: Shen Fu Long Mu Tang
42
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Composição: Hong Shen 10g, Zhi Fu Zi 6g, Sheng Long Gu 30g, Sheng Mu Li 30g,
Zhi Gan Cao 6g.
2.3-Insônia – Shi Miau
2.3.1- Gai Nian

“Quando o coração não controla a mente, surge a insônia”.

Insônia não é definida pela quantidade de horas que uma pessoa dorme ou
quanto tempo leva para cair no sono. Indivíduos geralmente variam em suas
necessidades de sono.

A Insônia pode causar problemas durante o dia como cansaço, falta de energia,
dificuldade de concentração e irritabilidade.

No ocidente ela pode ser classificada como: Transiente (curto-prazo),
Intermitente (vem e vai), e crônica (constante). Insônia que dura desde uma noite
até algumas semanas é classificada como transiente. Caso os episódios de
insônia transiente ocorram de tempos em tempos, classifica-se como
intermitente. A insônia é considerada crônica se ocorre na maioria das noites e
dura mais de um mês.
2.3.2- Características Clínicas – Lei Xing

São considerados Insônia, as queixas:
- Dificuldade de começar o sono
- Passa a noite toda acordado
- Acorda no meio da noite e não volta a dormir.
- Dorme poucas horas
2.3.3- Diagnóstico – Zhen Duan

Através de sinais e sintomas

Exame de sangue: para verificação de anemia ou deficiência hormonal

Verificar a qualidade do sono:
- Tempo (variação conforme idade: criança 10 a 12h, adulto 8h, idoso 6h)
- Natureza do sono
- Intervalo de 15 a 30 minutos de almoço
43
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Descartar outras doenças que também podem ser a causa da insônia:
Esquizofrenia, menopausa, psiquismo, seqüelas cerebrais por traumatismos,
hipertensão, problemas de tireóide
2.3.4- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
EXCESSO: A depressão do Gan transforma-se em Fogo, controloa as emoções e a
normal descensão. A Umindade é produzida pela deficiência do Baço, responsável pela
transformação e o transporte, gerando mucosidade interna que transforma em calor,
pode gerar obstrução no peito ou transformar em fogo, este provoca o desequilíbrio do
Yin e do Yang, desequilibrando o sono.
DEFICIENCIA: A deficiência de Xue do Coração e do Qi do Baço provocam
perturbações no espírito, a mente não tem bom funcionamento provocando a insônia.
O Gan e Dan tem relação com a superfície (Biao) e o interior (Li). O Gan
comanda o espirito, tem a função do “Estado Maior das Forças Armadas” e controla as
emoções. Dan tem secreção que ajuda na digestão, alem de ser uma víscera ligada às
emoções pois comanda a determinação e a decisão.
2.3.5- Tipos de Síndromes:
EXCESSO
1- Xin Huo Zhi Zheng – Excesso de fogo do coração.
Manifestações Clinicas: Inquietude do coração, sono agitado, língua e boca seca,
pouca urina, fezes secas, úlceras na boca e língua.
L: vermelha com revestimento amarelo.
P: rápido e forte
Principio Terapêutico: Qing Xin Xie Huo Ning Xin Fan Na Shen – Deixar o coração
afastado do calor, acalmar o coração e o espírito.
Fórmula: Zhu Sha An Shen Wan
Composição: Zhu Sha (mercúrio) 0,3g, Huang Lian 6g, Dang Gui 6g, Di Huang 6g,
Gan Cao 3g, Huang Qin 10g, Lian Qiao 10g, Zhu Fu Shen 6g.
44
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Gan Yu Hua Huo – Estase do Fígado transformado em fogo
Manifestações Clinicas: insônia, irritação fácil, muito sonho, acorda fácil e não volta a
dormir, dor de cabeça, tonteira, olhos e rosto vermelhos, boca amarga e seca, prisão de
ventre, urina amarela e fezes secas.
L: vermelha com revestimento amarelo
P: corda e rápida
Principio Terapêutico: Qing Gan Xie Huo Zhen Xin An Shen - Eliminar o calor do
Fígado e acalmar a mente.
Fórmula: Long Dan Xie Gan Tang
Composição: Long Dan Cao 3g, Huang Qin 9g, Zhi Zi 6g, Zé Xie 6g, Che Qian Zi 6g,
Sheng Di Huang 9g, Mu Li 15g, Yu Jin 10g, Chai Hu 6g, Gan Cao 1-3g.
3- Tan Re Nei Rao – Umidade calor perturba o interior
Manifestações Clinicas: insônia, palpitação, opressão torácica, peito cheio de
mucosidade, vomito e boca amarga.
L: vermelha com revestimento amarelo pegajoso
P: deslizante e rapido
Principio Terapêutico: Qing Re Hua Tan He Zhong An Shen - Eliminar calor,
transformar mucosidade, harmonizar o centro, acalmar a mente e harmonizar o
estomago. “Se o estomago não estiver harmonizado não há como dormir tranqüilo”.
Fórmula: Wen Dan Tang
Composição: Ban Xia 6g, Chen Pi 6g, Fu Ling 9g, Zhi Shi 6g, Zhu Ru 6g, Gan Cao 13g, Da Zao 3-5g.
DEFICIÊNCIA
1- Xin Pi Liang Xu – Coração e Baço Deficientes
Manifestações Clinicas: insônia, muitos sonhos, acorda facilmente, memória fraca,
palpitação cardíaca, fraqueza no corpo e mente cansada, tonteira, vertigem, rosto branco
e sem brilho.
L: pálida, revestimento fino branco.
P: fino e rapido
Principio Terapêutico: Bu Yin Xin Pi Yang Xin An Shen - Tonificar e nutrir o
coração e o baço, fortalecer o coração e acalmar a mente.
Fórmula: Gui Pi Tang
45
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Composição: Ren Shen 6-9g, Huang Qi 9-12g, Dang Gui 6g, Long Yan Rou 9g, Bai
Zhu 6g, Mu Xiang 3g, Fu Ling 9g, Yuan Zhi 6g, Suan Zao Ren 9g, Gan Cao 3g, Sheng
Jiang 1-3g, Da Zao 3g.
2- Xin Dan Qi Xu – Deficiência do Qi do Coração e Vesícula Biliar.
Manifestações Clinicas: insônia por perturbações cardíacas, muitos sonhos, facilmente
despertam, palpitação cardíaca, indecisão, respiração curta, suor espontâneo, lassidão,
inquietude, acorda assustado.
L: pálida com revestimento branco
P: fino e corda
Principio Terapêutico: Yi Qi Zhen Jing Ding Zhi An Shen – Nutrir a energia para
afastar o temor fortalecer determinação para acalmar o espírito.
Fórmula: Suan Zao Ren Tang
Composição: Suan Zao Ren 10g, Fu Ling 9g, Zhi Mu 6g, Chuan Xiong 6g, Gan Cao 36g, Yuan Zhi 6g, Shi Chang Pu 6g, Wu Wei Zi 10g, Duan Long Gu 30g, Mu Li 25g,
3- Xu Huo Nei Rao – Deficiência e perturbação interna por fogo falso.
Manifestações Clinicas: Insônia, perturbação do coração, palpitação cardíaca,
desconforto lombar, tonteira e zumbido, perda de memória, boca seca, diminuição dos
líquidos da boca, calor nos 5 centros.
L: vermelha pouco revestimento
P: fino e rapido
Principio Terapêutico: Zi Yin Jiang Huo Ning Xin An Shen – Nutrir o Yin, diminuir o
calor, acalmar o coração e a mente.
Fórmula: Liu Wei Di Huang Wan + Huang Lian E Jiao Tang + Tian Dong 10g + Mai
Dong 10g.
Composição: Liu Wei Di Huang Wan ( Shu Di Huang 24g, Shao Yao 16g, Shao Zhu
Yu 16g, Xe Xie 9g, Mu Dan Pi 9g, Fu Ling 9g) + Huang Lian E Jiao Tang (Huang Lian
3-6g, E Jiao 9-12g, Huang Qin 9-12g, Bai Shao Yao 9-12g, Ji Zi Huang 2g) + Tian
Dong 10g + Mai Dong 10g.
46
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2.4- Esquizofrenia – Jing Shen Fen Lie Zheng
Doença mental – Dian Kuang
2.4.1- Gai Nian

As atuais evidências relativas às causas da esquizofrenia são um mosaico: a
única coisa clara é a constituição multifatorial da esquizofrenia. Isso inclui
mudanças na química cerebral, fatores genéticos e mesmo alterações estruturais.
A origem viral e traumas encefálicos não estão descartados. A esquizofrenia é
provavelmente um grupo de doenças relacionadas, algumas causadas por um
fator, outras, por outros fatores.

É a doença mais freqüente dentro dos problemas mentais, possuindo um grande
aumento em sua incidência.

Ocorre mais com adolescentes do que com adultos.

Não existe distinção de intensidade entre homem e mulher.

Ocorre mais na primavera e no verão.

Não existe método isolado eficiente de tratamento.

Atinge 0,3 a 0,8% da população.

POSSIVEIS CAUSAS
- Herança familiar
- Fatores psicológicos
- Excitação emocional ou choque emocional
- Desordem endócrina (hipotireoidismo)
- Infecções por fatores virais ou bacterianos que atacam sistema nervoso.
2.4.2- Características Clínicas – Lei Xing

Possue 3 das 4 caracteristicas básicas:
- Si Wei Cuo Ruan – Desordem emocional
- Zhi Jue Yi Chang – Sensação anormal
- Re Ge Jie Ti – Obstáculo mental
- Huan Jue – Alucinação
- Jing Bu Xie Jiao – Mudança de comportamento
47
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Outras manifestações podem ocorrer, são elas: bipolaridade, perda da
capacidade de distinguir pessoas próximas, falar coisas que normalmente não
fala.

Personalidade: anti-social, introvertido, sempre ilusão, hipersensível.
2.4.3- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
EXCESSO:
- Fase inicial
- Excesso de mucosidade e estagnação do Qi do Gan
- Primeiro deve-se equilibrar a emoção para depois eliminar a estagnação do Qi e
dissolver a mucosidade.
DEFICIENCIA:
- Fase crônica
- O tempo leva a perda da energia e ao emagrecimento rápido.
2.4.4- Tipos de Síndromes:
EXCESSO:
1- Tan Qi Yu Jie – Acumulo de mucosidade e estagnação da energia do Gan
Manifestações Clinicas: Depressão emocional, sem expressão facial (apatia), calado ou
com a fala desordenada, fala sozinho, não distingue o que é limpo e sujo, sem apetite, as
vezes fica nervoso.
L: vermelha com revestimento branco pegajoso
P: corda, deslizante
Principio Terapêutico: Li Qi Jie Yu Hua Tan Xing Shen – Regular o Qi para resolver
a estagnação, transformar a mucosidade para liberar a mente e espírito.
Fórmula: Shun Qi Dão Tan Tang
Composição: Chen Pi 12g, Ban Xia 10g, Fu Ling 15g, Nan Xing 10g, Shi Chan Pu 10g,
Xiang Fu 10g, Yuan Zhi 12g, Zhi Shi 10g, Yu Jin 10g, Gan Cao 6g.
48
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Tan Huo Rao Shen – Calor e mucosidade perturbam o espirito
Manifestações Clinicas: Irritação emocional, dor de cabeça, insônia, olhos de raiva,
rosto e olhos vermelhos, alteração súbita do comportamento, sem censura, insulta
facilmente as pessoas, pode ficar agressivo, força irracional.
L: vermelha com revestimento amarelo.
P: deslizante e rapido
Principio Terapêutico: Qing Gan Xie Huo Di Tan An Shen - Regularizar o Gan,
reduzir o calor, dissolver mucosidade para acalmar a mente.
Fórmula: Meng Shi Gun Tan Wan
Composição: Meng Shi 15g, Da Huang 6g, Huang Qin 6g, Zé Bei Mu12g, Tian Zhu
Huang 10g, Dan Xing 10g, Liang Qiao 20g, Long Dan Cao 6g, Shan Zhi Zi 10g, Ju Pi
10g.
3- Yu Xue Zu Qiao – Estase de sangue perturba a mente
Manifestações Clinicas: Pouco sono, acorda fácil, desconfiado, perda de memória e
objetivos, dificuldade de articular palavras, rosto pálido escuro.
L: arroxeada escura, revestimento fino.
P: áspero
Principio Terapêutico: Hua Yu Tong Qiao An Shen Ding Zing – Transformar
acúmulos, deixar a mente livre e acalmar o espírito.
Fórmula: Dian Kuang Meng Xing Tang
Composição: Tão Ren 12g, Chi Shao 12g, Chai Hu 9g, Chen Pi 10g, Xiang Fu 10g,
Qin Pi 10g, Sang Bai Pi 10g, Da Fu Pi 10g, Gan Cao 6g, Zi Su Zi 10g, Zhi Ban Xia 6g.
DEFICIENCIA
1- Xin Pi Liang Xu – Deficiência do Xin e do Pi
Manifestações Clinicas: Instabilidade do espírito e mente, palpitação cardíaca,
expressão facial de susto, tristeza e vontade de chorar, lassidão, sem apetite.
L: pálida e revestimento fino
P: fino e fraco
Principio Terapêutico: Yang Xin Jian Pi Tiao Li Qi Ji – Nutrir o coração, fortalecer o
Pi e harmonizar a energia.
Fórmula: Yang Xin Tang
49
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Composição: Suan Zao Ren 20g, Bo Zi Ren 10g, Tian Dong 12g, Mai Dong 12g, Dang
Gui 10g, Yuan Zhi 12g, Fu Ling 15g, Xuan Shen 10g, Zhi Gan Cao 10g.
2- Huo Sheng Shang Yin – Hiperatividade do calor lesando o Yin
Manifestações Clinicas: Longo tempo de doença, a força do paciente diminuiu
causando fraqueza no coração e no baço, paciente magro, aparência do rosto sem brilho,
fala sozinho, assusta fácil, as vezes fica irritado, fala sem parar e não sabe o que fala.
L: vermelha, pouco revestimento ou sem
P: fino e rapido
Principio Terapêutico: Zi Yin Jiang Huo An Shen Ding Zhi – Umidecer o Yin,
reduzir o calor, acalmar a mente e estabilizar o espírito.
Fórmula: Er Yin Jian
Composição: Sheng Di 15g, Mai Dong 12g, Suan Zao Ren 15g, Xuan Shen 10g, Fu
Shen 15g, Zhi Gan Cao 10g, Huan Lian 3g.
3- Doenças do Sistema do Baço- Pâncreas e Estomago
Pi Wei Xi Tong Ji Bing
3.1- Gastrite Crônica – Man Xing Wei Yan
3.1.1- Gai Nian

A gastrite é uma doença inflamatória que se caracteriza por acometimento da
camada de tecido mais superficial que reveste o estômago, chamada de mucosa
gástrica.

Essa inflamação desenvolve-se como uma resposta normal do organismo quando
ocorre uma agressão à sua integridade. Entretanto, essa resposta normal pode
levar ao desenvolvimento de sinais e sintomas característicos dessa doença. A
gastrite pode ser causada por diversos fatores diferentes.

Raro em crianças, atinge 20% da população adulta.

Bactéria H.Piloris é a principal causadora.

Possíveis Causas:
- Helicobacter pylori: essa bactéria tem a capacidade de viver dentro da camada de
muco protetor do estômago. A prevalência da infecção por esse microorganismo é
50
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
extremamente alta, sendo adquirida comumente na infância e permanecendo para o
resto da vida a não ser que o indivíduo seja tratado. A transmissão pode ocorrer por
duas vias: oral-oral ou fecal-oral. A gastrite não é causada pela bactéria em si, mas
pelas substâncias que ela produz e que agridem a mucosa gástrica, podendo levar a
gastrite, úlcera péptica e, a longo prazo, ao câncer de estômago.
- Aspirina: o uso de aspirina e de outros antiinflamatórios não-esteróides podem
causar gastrite porque levam à redução da proteção gástrica. Importante ressaltar
que esses medicamentos só levam a esses problemas quando usados regularmente
por um longo período. O uso de corticóide por longo período também pode levar a
gastrite.
- Álcool: pode levar à inflamação e dano gástrico quando consumido em grandes
quantidades e por longos períodos.
- Gastrite auto-imune: em situações normais, o nosso organismo produz anticorpos
para combater fatores agressores externos. Na gastrite auto-imune, os anticorpos
levam à destruição de células da parede do estômago, reduzindo a produção de
várias substâncias importantes. O câncer de estômago também pode ocorrer a longo
prazo.
- Outras infecções: a gastrite infecciosa pode ser causada por outras bactérias que
não o H. pylori, como por exemplo a bactéria da tuberculose e a da sífilis; pode
também ser causada por vírus, fungos e outros parasitas.
- Formas incomuns: são causas mais raras. Temos as gastrites linfocítica e
eosinofílica; a gastrite granulomatosa isolada; e a gastrite associada a outras doenças
como a sarcoidose e a doença de Crohn.

Manifestações clinicas: plenitude epigástrica, epigastralgia, pouco apetite,
vomito severo, arrotos.
Wei Tong – gastralgia
Pi Man – epigástrio cheio
Cao Za – desconforto gástrico
Ou Tu – vômitos
Tun Suan – regurgitação acida

Pela endoscopia a doença divide-se em dois tipos:
GSC: Gastrite superficial crônica, curável com fitoterápicos
GAC: Gastrite atrófica crônica, afeta glândulas da mucosa provocando
ulcera e hemorragia, tratamento mais difícil.
51
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Na MTC as principais causas são:
1. Dietas Impróprias: alimentos contaminados, sem limite para comer,
sem horário para comer, hora come muito- hora come pouco, excesso de
alimentos picantes, consumo excessivo de álcool.
2. Fatores Emocionais: Madeira sobre-dominando o elemento Terra.
3.1.2- Diagnóstico – Zhen Duan

Sintomas Clínicos: dor surda, gastralgia, falta de apetite, arrotos, regurgitação
acida, dor ao apertar o estomago.

Exames Complementares: endoscopia e identificação do H. Piloris no exame
de sangue.
3.1.3- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:

De acordo com Ba Gang. Se ao comer melhora é sinal de deficiência, se piora é
sinal de excesso.

Principio Terapêutico: regularizar o Qi e Harmonizar o Estômago.
3.1.4- Tipos de Síndromes:
EXCESSOS:
1- Han Xie Fan Wei Zheng - Frio fica dentro do corpo.
Manifestações Clinicas: dor gelada e súbita no estomago, aversão ao toque, preferência
por calor e aversão ao frio, alivio em coisas quentes, gosta de alimentos mornos.
L: pálida com revestimento branco
P: apertado
Principio Terapêutico: Wen Wei San Han Zhong Zhi Tong – Amornar o Estomago,
expelir o frio, harmonizar o centro e tirar a dor.
Fórmula: Zheng Qi Tian Xiang San
Composto: Zi Su Zi 10g, Mu Xiang 10g, Wu Yao 10g, Yan Hu Suo 15g, Chen Pi 10g
Extra: Liang Fu Wan + Zheng Qi Tian Xiang San
Gao Liang Tiang 5g, Xiang Fu 10g, Gan Jiang 3g, Zi Su Zi 10g, Wu Yao 10g, Chen Pi
6g, Mu Xiang 6g, Yan Hu Suo 12g.
52
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Gan Wei Bu He Zheng
Manifestações Clinicas: dor com dilatação epigástrica, quando aperta setne
direcionando para outro ponto, sensação de cheio, dor também expande para as costelas,
sempre triste e suspirante, irrita-se com facilidade, vertigem, pouco sono.
L: pálida revestimento branco (mas se a energia do fígado se transforma em fogo e o
revestimento pode ficar amarelo).
P: em corda.
Principio Terapêutico: Shu Gan Li Qi Zhi Tong – Suavizar o fígado para promover
livre fluxo e conciliar estômago e aliviar a dor.
Fórmula: Chai Hu Shu Gan San
Composto: Chen Pi 10g, Chai Hu 6g, Chuan Xiong 10g, Zhi Ke 10g, Bai Shao 12g,
Gan Cao 3g, Xiang Fu 10g, Tao Ren 10g, Hong Hua 10g, Dan Shen 12g, E Zhu 6g.
3- Yu Xue Zu Wo Zheng
Manifestações Clinicas: Dor aguda, localizada (em pontada), aversão ao toque,
hematemese, melena, rosto pálido ou acinzentado.
L: Arroxeada escura, as vezes manchada com revestimento fino.
P: Tenso
Principio Terapêutico: Huo Xue Hua Yu Tong Luo Zhi Tong – Mover o sangue,
transformar estase, deixar livre os vasos e tirar a dor.
Fórmula: Shi Xiao San Jia Wen
Composto: Wu Ling San 12g, Pu Huang 12g, Yan Hu Suo 15g, Di Long 6g, Qing Pi
10g, San Qi 1-3g.
DEFICIENCIA
1- Pi Wei Xu Han – Frio falso no interior.
Manifestações Clinicas: Dor surda no epigástrio, sem interrupção, necessita aquecer
com calor local ou alimentos quentes, gosta do toque, dor diminui ao comer, pouco
apetite, regurgitação de líquidos claros, sensação de frio nos 4 membros, lassidão
corporal e diarréia.
L: pálida com revestimento fino e branco.
P: fino e fraco
53
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Principio Terapêutico: Wen Zhong Yi Qi Jian Pi He Wei – Aquecer o central,
beneficiar a energia, fortalecer o Baço e harmonizar o estomago.
Fórmula: Xiao Jian Zhong Tang + Huang Qi
Composto: Xiao Jian Zhong Tang ( Yi Tang 18-30g, Gui Zhi 9g, Zhi Gan Cao 6g,
Sheng Jiang 9g, Da Zao 12 peças ) + Huang Qi.
2- Pi Wei Qi Xu Zheng
Manifestações Clinicas: Sensação de cheio abdominal, sensação de gases quando
mexe, come pouco, depois de comer sente plenitude, lassidão, diarréia, dor surda.
L: pálida, grande, marca de dentes, revestimento branco e fino.
P: fino e fraco.
Principio Terapêutico: Bu Pi Yi Qi Jian Wei He Zhong
Fórmula: Bu Zhong Yi Qi Tang
Composto: Huang Qi 12-24g, Ren Shen 12g, Bai Zhu 12g, Zhi Gan Cao 3-6g, Dang
Gui 12g, Chen Pi 9g, Sheng Ma 3-6g, Chai Hu 3-9g, Sha Ren 6g, San Qi 1-3g.
3- Wei Yin Bu Zu
Para: Gastrite Atrófica Crônica
Manifestações Clinicas: Dor surda no epigástrio, boca seca com sede, desconforto no
estomago, queimação, fezes secas, calor nos 5 centros.
L: vermelha, pouco revestimento.
P: fino e rápido.
Principio Terapêutico: Yang Yin Qing Re Yi Wei Sheng Jin – Nutrir o Yin, tirar o
calor, beneficiar o estomago, descer líquidos.
Fórmula: Yi Wei Tang
Composto: Bei Sha Shen 10g, Mai Dong 12g, Shen Di 15g, Fu Shou 6g, Yu Zhu 12g,
Chai Hu 10g, Di Gu Pi 12g.
3.2- Ulcera Péptica – Xiao Hua Xing Kui Yang
3.2.1- Gai Nian

A úlcera péptica é uma lesão localizada no estômago ou duodeno com
destruição da mucosa da parede destes órgãos, atingindo os vasos sanguíneos
subjacentes.
54
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

É causada pela insuficiência dos mecanismos protectores da mucosa contra a
acidez gástrica, muitas vezes devido a infecção com a bactéria Helicobacter
pylori.

Doença benigna, caracterizada por dor freqüente em período determinado (após
o almoço ou antes do almoço).

Localizado no epigástrio, pode ter ou não regurgitação ácida, náuseas, vomito e
arrotos.

Geralmente a área mais afetada é a ulcera do estomago.

A incidência maior é entre os homens.

Pode evoluir para uma hemorragia ou para o câncer.

Causas Principais:
- Bactéria Helyobacter Pilloris.
- Herança familiar.
- Hábitos alimentares
- Depressão psíquica
- Situação geográfica.
- Fumantes
- Medicação química inadequada.
3.2.2- Diagnóstico – Zhen Duan

Sintomas Característicos: Dor do epigástrio que acontece em períodos rítmicos
e repetidamente (intervalos entre as refeições), sensação de fome constante,
aumento de salivação, pode apresentar queimação e regurgitação acida. Além da
dor caracteriza-se pelas hemorragias continuas para dentro do tracto
gastrointestinal. A ruptura de uma úlcera, criando uma comunicação anormal
entre o tracto gastrointestinal e a cavidade peritoneal é uma emergência médica
potencialmente mortal.

Sinais Basais: quando toca, tem dor do lado esquerdo do epigástrio, no caso de
ulcera duodenal a dor é do lado direito.

Exames Complementares: Endoscopia (para visualização da parede estomacal,
e identificação da bactéria H. Pilloris) e exame de fezes (para identificação de
sangue oculto nas fezes).
55
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
3.2.3- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
EXCESSO: Doença aguda
DEFICIENCIA: Doença crônica.
3.2.4- Tipos de Síndromes:
EXCESSO:
1- Gan Wei Bu He Zheng – Desarmonia do Fígado e do Estomago.
Manifestações Clinicas: Dor por dilatação epigástrica, sente dos dois lados, se agrava
quando fica triste, suspiros, regurgitação acida.
L: pontos vermelhos, revestimento fino e branco.
P: corda.
Principio Terapêutico: Tiao He Gan Wei Li Qi Zhi Tong – Harmonizar o Fígado e
Estomago, regular o Qi e Tirar a dor.
Fórmula: Chai Hu Shu Gan San
Composto: Chen Pi 6g, Chai Hu 6g, Chuan Xiong 4,5g, Zhi Ke 4,5g, Bai Shao 4,5g,
Zhi Gan Cao 1,5g, Xiang Fu 4,5g, Chuan Lian Zi 6g, Yu Jin 10g.
2- Yu Xue Zu Wei Zheng – Obstrução do Estomago por estase de Sangue.
Manifestações Clinicas: Dor aguda no epigástrio, dor fixa agravada a noite, aversão ao
toque, tem fome, sem vontade de comer, insônia.
L: escura, vermelha arroxeada, veias sublinguais, azuladas.
P: aspero
Principio Terapêutico: Huo Xue Hua Yi Li Qi Zhi Tong – Mover o sangue, desfazer
estagnação, regular o Qi e tirar a dor.
Fórmula: Shi Xiao San + Dan Shen Yin
Composto: Shi Xiao San (Wu Ling Zi 12g, Pu Huang 10g) + Dan Shen Yin ( Dan Shen
15g, Dang Gui 10g, Xiang Fu 10g, Chi Shao 12g, Yan Hu Suo 15g).
DEFICIENCIA
1- Pi Wei Xu Zheng – Frio falso provocando deficiência em Baço e Estomago
Manifestações Clinicas: Dor surda no epigástrio, gosta do toque e do calor,
desconforto no estomago, pouco apetite, anorexia, regurgitação de líquidos claros, um
pouco de frio, diarréia.
L: revestimento branco e úmido.
56
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
P: profundo e fino.
Principio Terapêutico: Wen Bu Pi Yang Nian Wei Jian Zhong – Amornar e tonificar o
Yang do Baço, amornar o Estomago e fortalecer o central.
Fórmula: Li Zhong Tang + Huang Qi Jian Zhong Tang
Composto: Yi Tang 20-30g, Gui Zhi 6-9g, Bai Shao Yao 10-15g, Sheng Jiang 3-6g, Da
Zao 3-5g, Gan Jiang 9g, Ren Shen 9g, Bai Zhu 9g, Zhi Gan Cao 9g.
2- Wei Yin Bu Zu Zheng – Deficiência do Yin do Estomago.
Manifestações Clinicas: Dor surda no epigástrio, com sensação de desconforto e fome,
mas sem apetite, boca seca e com pouco liquido, fezes secas, prisão de ventre.
L: vermelha, pouco revestimento ou revestimento com falhas, pode ter fissuras na
língua.
P: fino e rapido
Principio Terapêutico: Zi Yang Wei Yin Sheng Jin Qing Re – Nutrir o Yin do
Estomago, produzir líquidos orgânicos e eliminar o calor.
Fórmula: Yi Wei Tang
Composto: Sha Shen 10g, Mai Men Dong 12g, Sheng Di Huang 15g, Yu Zhu 12g, Di
Gu Pi 12g, Chai Hu 19g, Fu Shou 6g.
3.3- Colite Crônica – Man Xing Jie Chang Yan
3.3.1- Gai Nian

Infecção que ocorre na mucosa ou na submucosa de todo o intestino grosso,
colon e reto.

Afecta principalmente individuos com 15-30 anos e depois com 60-80 anos.

Mais comum entre as mulheres que entre os homens.

A incidência é de 100 casos por 100.000 pessoas, sendo mais frequente nos
Ocidentais que nos Orientais, onde a incidência tem crescido nos últimos anos.

Não existe uma causa confirmada, apenas suspeitas de caráter genético, infecção
por um microbio pouco patogénico que estimula uma resposta alto-imuni ou por
uso inadequado de medicamento na enterite aguda.

Características Clinicas:
- Dor no abdome inferior esquerdo, intermitente, que melhora quando evacua.
- Diarréia
- Fezes pegajosas
- Sangue nas fezes.
57
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Na MTC as possíveis causas são:
- Dieta inadequada
- Desequilíbrio emocional
- Longo tempo de doença
- Fatores perversos externos
*** Esses fatores afetam a função de transporte e transformação do Pi, Wei e
Intestinos, afetando a separação do puro e impuro.
3.3.2- Diagnóstico – Zhen Duan

Sintomas Específicos: Diarréia com sangue pegajoso causando dor intermitente
e espasmos intestinais. Não tratados causam emagrecimento.

Exames de Fezes: apresentam poucas células brancas (em grande quantidade
indica Enterite Aguda).

Colonoscopia: apresenta congestão e edema no colo.

RX com contraste: apresenta distorções da mucosa e testura irregular.
3.3.3- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
EXCESSO: Fase inicial, ataque de Xie.
DEFICIENCIA: Fase média final.
3.3.4- Tipos de Síndromes:
a) EXCESSOS:
1- Han Shi Zhong Zu - Obstrução central por Frio e Mucosidade.
Manifestações Clinicas: Fezes claras como água, dor abdominal com borborigmos,
opressão epigástrica, anorexia, aversão ao frio, febre, entupimento nasal e dor de
cabeça, dor nos 4 membros causada por frio intenso.
L: pálida e pegajosa
P: macio, lento e superficial.
Principio Terapêutico: Jie Biao San Han Fang Xiang Hua Shi – Liberar superfície,
expulsar o frio, dissolver mucosidade.
Fórmula: Huo Xiang Zheng Qi San
Composto: Huo Xiang 6-9g, Huo Po 6-9g, Zi Su Ye 6-9g, Bai Zhi 3-6g, Chen Pi 3-6g,
Fu Ling 6-9g, Bai Zhu 6-9g, Da Fu Pi 6-9g, Jie Geng 6-9g, Ban Xia 6-9g, Gan Cao 36g, Sheng Jiang 1-3g, Da Zao 3-5g.
58
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Shi Re Shang Zhong – Umidade Calor lesam o central.
Manifestações Clinicas: Diarréia urgente, dor abdominal, calor anal, urina curta e
vermelha escura ou amarela, sede e boca seca.
L: revestimento amarelo pegajoso
P: deslizante e rapido
Principio Terapêutico: Qing Re Li Shi Zhi Xie Zhi Tang – Tirar calor, eliminar
umidade, parar a diarréia e a dor.
Fórmula: Ge Gen Qin Lian Tang
Composto: Ge Gen 10g, Huang Qin 6g, Huang Lian 3g, Yi Yi Ren 30g, Hou Pó 10g,
Chen Pi 10g, Pu Gong Ying 20g, Lian Qiao 20g, Gan Cao 6g, Er Hua 20g.
3- Gan Qi Cheng Pi – Qi do Fígado lesando o Baço (Evolui para Deficiência).
Manifestações Clinicas: Dor aguda com borborigmos, diarréia urgente com cólica, dor
alivia com a diarreia, sensação de plenitude no hipocôndrio, arrotos, pouco apetite,
depressão emocional, os sintomas agravam com emoções.
L: vermelha com pouco revestimento
P: corda
Principio Terapêutico: Yi Um Fu Tu Tiao Zhong Zhi Xie
Fórmula: Tong Xie Yao Fang
Composto: Bai Zhu 12g, Bai Shao 20g, Chen Pi 10g, Fang Feng 6g, Chai Hu 10g,
Dang Shen 15g, Yi Yi Ren 30g, Jiao San Zha 10g, Wu Mei 5g.
DEFICIENCIA
1- Pi Wei Xu Ruo – Fraqueza do Baço e Estomago.
Manifestações Clinicas: Diarréia, irregularidade da digestão, não pode comer comida
gordurosa pois aumenta a diarréia, rosto amarelão, lassidão dos 4 membros, pouco
apetite.
L: pálida com revestimento branco
P: fino e fraco
Principio Terapêutico: Jian Pi Yi Qi Yun Zhong Zhi Xie – Fortalecer o Baço,
beneficiar o Qi, normalizar o central e eliminar diarréia.
Fórmula: Shen Ling Bai Zhu San
59
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Composto: Dang Shen 12g, Lian Zi Rou 15-20g, Shan Yao 10-15g, Bai Zhu 12g, Fu
Ling 15g, Bai Bian Dou 20g, Yi Yi Ren 30g, Sha Ren 3-6g, Jie Geng 9g, Gan Cao 6g,
Gu Ya 15g.
2- Shen Yang Xu Shuai – Deficiência Yang do Rim.
Manifestações Clinicas: Diarréia de madrugada, dor abdominal que alivia com a
diarréia, frio nos 4 membros, fraqueza e desconforto lombar, rosto amarelo sem brilho.
L: pálida com revestimento branco
P: profundo e fraco
Principio Terapêutico: Wen Shen Jian Pi Gu Se Zhi Xie – Amornar o Rim, fortalecer
o baço, adstringir e secar a diarréia.
Fórmula: Si Shen Wan
Composto: Bu Gu Zi 10g, Wu Wei Zi 12g, Rou Dou Kou 10g, Wu Zhu Yu 6g, Dang
Shen 15g, Huang Qi 15g, Fu Zi 6g, Chi Shi Zhi 20g.
3- Qi Yin Liang Shang – Dupla lesão do Qi e do Yin.
Manifestações Clinicas: Diarréia sem parar (por longo tempo), dor surda no abdome,
febre baixa (após o meio dia), insônia, tonteira, vertigem, emagrecimento e fraqueza.
L: vermelha com pouco revestimento
P: fino e rapido
Principio Terapêutico: Yi Qi Yang Yin Qing Re Gu Chang – Beneficiar o Qi, tonificar
o Yin, eliminar o calor falso e fortalecer o intestino.
Fórmula: Shen Mai San (Bu Yin) + Liu Jun Zi Tang (Bu Qi )
Composto: Liu Jun Zi Tang (Ren Shen 6-10g, Bai Zhu 10g, Fu Ling 10-15g, Zhi Gan
Cao 3-6g, Chen Pi 9g, Ban Xia 12g) + Shen Mai San (Sha Sheng 12g, Bai Shao 12g,
Mai Dong 12g, Wu Wei Zi 10g).
3.4-Constipação – Bian Mi
3.4.1- Gai Nian

Freqüente em idade avançada e nas crianças.

Incidência maior entre as mulheres.

É a dificuldade de defecar. As fezes ficam secas dificultando sua saída, causando
dor e defecação prolongada.

Termos Chineses:
- Mi Jie Bu Tong: fezes secas, não saem fácil.
60
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
- Jian Se Nan Xing: dificuldade de evacuar.
- Shi Jian Yan Chong: defecação longa.

Causas:
- Medicamentos
- Questões emocionais (Estagnação do Qi do Gan)
- Sedentarismo
- Deficiência por longo tempo
- Fraqueza física por idade avançada
- Dieta imprópria (alimentos quentes e picantes)
3.4.2- Diagnóstico – Zhen Duan

Sintomas Clínicos: dilatação abdominal (Fu Zhang), dor abdominal (Fu Tong),
pouco apetite (Shi Shao), fissura anal (Gan Lie), hemorroida (Zhi Chuang),
halitose (Kou Chou).

Colonoscopia: descartada as mudanças funcionais da doença.
3.4.3- Tipos de Síndromes:
a) EXCESSOS:
1-Wei Chang Ji Re – Acumulo de calor no estomago e no intestino grosso.
Manifestações Clinicas: Prissão de ventre, dilatação abdominal, dor abdominal, rosto
vermelho, calor no corpo, inquietude, halitose, urina curta e escura, boca seca,
inquietude.
L: vermelha com revestimento amarelo
P: deslizante e rapido
Principio Terapêutico: Qing Re Dão Zhi Run Chang Tong Bian – Tirar o calor,
desobstruir o intestino, lubrificar o intestino e facilitar a evacuação.
Fórmula: Ma Zi Ren Wan
Composto: Ma Zi Ren 30g, Hou Po 10g, Xing Ren 10g, Da Huang 10g, Chen Pi 6g,
Bai Shao Yao 15g, Zhi Shi 10g, Bai Mi 10g, Hou Ma Ren 10g.
2- Yin Han Ning Zhi – Obstrução interna por frio no Yin.
Manifestações Clinicas: Fezes duras, difícil eliminação, dor em espasmos, dilatação
abdominal com aversão ao toque, vomito, frio nos membros.
L: pálida, revestimento branco pegajoso
P: corda e tenso
61
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Principio Terapêutico: Wen Li San Han Tong Bian Zhi Tong – Amornar o interior,
dispersar o frio, facilitar as fezes e eliminar a dor.
Fórmula: Da Huang Fu Zi Tang
Composto: Sheng Da Huang 10g, Xi Xin 3g, Zhi Shi 10g, Hou Pó 10g, Mu Xiang 10g,
Gan Jiang 6g, Shu Fu Zi 6g.
3- Chang Dão Qi Zhi – Estagnação do Qi no Da Chang
Manifestações Clinicas: Fezes com dificuldade, borborigmos, dilatação abdominal,
opressão torácica, anorexia.
L: pálida, revestimento fino pegajoso
P: corda
Principio Terapêutico: Li Qi Tong Bian Dão Zhi – Regular energia, liberar as fezes,
desobstruir os intestinos.
Fórmula: Liu Mo Tang
Composto: Bin Lang 10g, Wu Yao 15g, Mu Xiang 10g, Zhi Shi 10g, Da Huang 6g, Yu
Li Ren 12g.
DEFICIENCIA
1- Pi Qi Xu Ruo – Fraqueza por deficiência do Qi do Baço
Manifestações Clinicas: Fezes secas e duras, rosto sem brilho, palpitação, respiração
curta, insônia, perda da memória, lábios pálidos.
L: pálida, revestimento branco
P: fraco
Principio Terapêutico: Bu Qi Run Chang Tong Bian – Tonificar o Qi, lubrificar os
intestinos e liberar as fezes.
Fórmula: Huang Qi Tang
Composto: Huang Qi 20g, Dan Shen 15g, Huo Ma Ren 30g, Chen Pi 10g, Dang Gui
12g, Bai Mi 10g.
2- Xue Xu Jin Shao – Deficiência de Xue, pouco Jin.
Manifestações Clinicas: Fezes secas, mas não tão duras. Rosto pálido e sem brilho,
palpitações, respiração curta, insônia, perda de memória, lábios pálidos.
L: pálida, revestimento branco
P: fino
62
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Principio Terapêutico: Yang Xue Run Chang Tong Bian – Fortalece o sangue,
umedecer os intestinos e liberar as fezes.
Fórmula: Run Chang Wan
Composto: Dang Gui 15g, He Shou Wu 15g, Sheng Di 10g, Bai Zi Ren 10g, Yu Li Ren
10g, Tao Ren 10g, Zhi Ke 6g, Da Huang 6g.
4- Doenças do Sistema do Fígado e Vesícula Biliar
Gan Dan Ji Bing
4.1- Hepatite Viral – Bing Du Xin Gan Yan
4.1.1- Gai Nian

Doença contagiosa renitente e freqüente na clinica, provocada por mais de um
vírus.

Tipos Virais A e E: são agudas
O tipo A é facilmente tratado com a farmacologia chinesa. É uma doença
infecciosa aguda causada pelo vírus HVA que é transmitido por via oral-fecal, de
uma pessoa para outra ou através de alimentos ou água contaminada. Entre os
alimentos
destacam-se
os
frutos
do
mar
e
alguns
vegetais.
A incidência da hepatite A é maior nos locais em que o saneamento básico é
deficiente ou não existe. Uma vez infectada, a pessoa desenvolve imunidade contra
esse vírus por toda a vida.
A hepatite E resulta da infecção pelo vírus da hepatite E (VHE), é transmitida de
pessoa a pessoa, através da água e de alimentos contaminados com matéria fecal, e
já foi responsável por grandes epidemias no centro e sudeste da Ásia, no norte e
oeste de África e na América Central. No mundo industrializado, o vírus quase não
existe, como é o caso de Portugal, onde a doença escasseia e apenas se manifesta em
indivíduos que tenham estado em regiões tropicais endémicas.
 Tipos Virais B, C e D: dificilmente curam, podendo evoluir para cirrose ou CA.
- O tipo B É uma doença infecciosa, sexualmente transmissível, que provoca
63
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
inflamação no fígado. É causada pelo vírus HBV e também pode ser transmitida por
via
parenteral
e
perinatal
(durante
a
gestação
e
o
parto).
Após a fase inflamatória o vírus pode ser eliminado naturalmente do organismo ou
causar uma doença inflamatória crônica que, após alguns anos, pode levar a
complicações hepáticas como cirrose e câncer de fígado.
- A hepatite C é causada por um vírus transmitido principalmente pelo sangue
contaminado, mas a infecção também pode passar através das vias sexual e vertical
(de mãe para filho). O portador do vírus da hepatite C pode desenvolver uma forma
crônica da doença que leva a lesões no fígado (cirrose) e câncer hepático.
No Brasil há cerca de 2 milhões de pessoas infectadas pelo vírus da hepatite C. Não
há vacina contra a hepatite C.
- O vírus da hepatite D ou delta é um dos menores vírus RNA animais. Tão
pequeno que é incapaz de produzir seu próprio envelope protéico e de infectar uma
pessoa. Para isso, ele precisa utilizar a proteína do vírus B. Portanto, na grande
maioria dos casos a hepatite D ocorre junta a B, ambas com transmissão parenteral
(sangue contaminado e sexual). O vírus D normalmente inibe a replicação do B, que
fica latente.
OBS: Os casos agudos podem evoluir para os crônicos.

Para MTC, a Hepatite é uma síndrome de umidade-calor no Gan. Que possui as
seguintes características em Termos Chineses:
- Huang Dan: Icterícia (olhos, rosto, pele e urina com a cor laranja- Yan Huang)
- Xie Tong: Dor no hipocôndrio, dor surda, lesão das células do fígado provocando
inchaço.
- Gan Wen: doença por calor.
4.1.2- Diagnóstico – Zhen Duan

Características Clinicas: lassidão ou fraqueza física, pouco apetite, náusea e
vômito, inchaço do fígado e do Baço, lesão e disfunção do fígado, dor no
hipocôndrio.

Podendo apresentar dor ao apertar a área do fígado, que pode estar levemente
inchado.

Intolerância à gorduras.
64
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Também pode haver sintomas de rosto cinzento amarelado, angilectasia no
rosto, eminência tênar fica vermelha, rosto com marcas de teia vascualar.

Cor da urina vai ficando escura e não clareia mesmo ao beber água. Esse
escurecimento é progressivo.

O exame de sangue deve ser pedido para que se identifique o vírus,

Poucos pacientes podem ter icterícia, o que progressivamente pode indicar a
gravidade do caso, com aumenta o vômito, fraqueza externa, dilatação
abdominal, alteração mental (obstáculo do espírito), e às vezes tendência a
hemorragias.
4.1.3- Tipos de Síndromes:
a) EXCESSOS:
1- Shi Re Yun Zheng – aumento e acúmulo de umidade-calor.
Manifestações Clinicas: Rosto, pele e olhos amarelos, urina amarela, febre, sede,
lassidão, anorexia, prisão de ventre.
L: vermelha com saburra amarelada e pegajosa.
P: corda e deslizante (Xian Hua)
Principio Terapêutico: Qing Re Jie Du Li Shi Tui Huang – eliminar calor tóxico,
eliminar umidade e tirar o amarelo.
Fórmula: Yin Chen Hao Tang
Composição: Yin Chen Hao 30g, Da Huang 6g (se houver prisão de ventre muito forte
pode ser 10g), Shan Zhi Zi 10g, Huang Qin 10g, Pu Gong Yin 15g, Che Qian Zi 30g,
Yu Jin 12g, Chen Pi 10g, Da Zao 10g, Gan Cao 6g.
2- Shi Xie Kun Pi - Umidade afetando o Baço.
Manifestações Clinicas: Epigástrio cheio (Wan Fu), anorexia, náusea, vomito, fraqueza
nos 4 membros, corpo pesado, dor no hipocôndrio, com ou sem ectericia, mas essa não
é brilhante. O problema principal nessa síndrome é a digestão difícil.
L: Pálida com revestimento pegajoso
P: Macio e deslizante
Principio Terapêutico: Jean Pi Hua Shi Li Qi He Zhong – fortalecer o baço,
transformar umidade, beneficiar o Qi e harmonizar o centro.
Fórmula: Yin Chen Wei Ling Tang
Composição: Yin Chen 20g, Huang Qin 6g, Hou Po 10g, Cang Zhu 12g, Chen Pi 10g,
Zhu Ling 12g, Kou Ren 20g, Jian Shan Zha 15g, Shen Qu 10g, Gan Cao 6g.
65
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
3- Gan Yu Qi Zhi – Estagnação do Qi do Figado.
Manifestações Clinicas: Dor leve e continuada no hipocôndrio, dilatação e plenitude
epigástrica, anorexia, arroto, sem apetite, boca amarga, pouca ectericia.
L: saburra fina e branca, podendo ter coloração aroxeada.
P: em corda.
Principio Terapêutico: Shu Gan Jie Yu Li Qi Zhi Tong – liberar o fluxo do fígado para
remover a estagnação, regular o Qi e tirar a dor.
Fórmula: Chai Hu Shu Gan Tang
Composição: Chen Pi 6g, Chai Hu 6g, Chuan Xiong 4,5g, Zhi Ke 4,5g, Bai Shao 4,5g,
Zhi Gan Cao 1,5g, Xiang Fu 4,5g.
4- Yin Xue Zhu Luo – Estagnação de Xue obstruindo meridianos.
Manifestações Clinicas: Rosto cinzendo e sem brilho, estase de Xue, teleangectasia
(Chi Lou Hong Zhi), inchaço do fígado, enrijecimento leve do órgão fígado, dor no
hipocôndrio, eminência tênar vermelha, nariz e gengiva às vezes sangram, febre baixa
que aumenta durante a noite, menstruação irregular, cólicas e coágulos.
L: arroxeada escura com manchas
P: áspero e fino
Principio Terapêutico: Huo Xue Hua Yu Xiao Ji Tong Luo – mover o sangue,
transformar estase, reduzir inchaço e desobstruir canais.
Fórmula:
1- Ge Xia Zhu Yu Tang
2- Xue Fu Zhu Yu Tang
3- Shao Fu Zhu Yu Tang (indicada para mulher)
Composição:
1- Chai Hu 10g, Dang Gui 12g, Tao Ren 10g, Hong Hua 10g, Zhi Qiao 12g, Yu Jin
12g, Xiong Fu 12g, Yuan Hu 15g, Chuan Xiong 10g, Zhi Bie Jia 15g, Gan Cao
6g.
2- Tão Ren 12g, Hong Hua 9g, Dang Gui 9g, Chua Xiong 4,5g, Chi Shao 6g, Niu
Xi 9g, Chai Hu 3g, Jie Geng 4,5g, Zhi Ke 6g, Sheng Di Huang 9g, Gan Cao 3g.
3- Chão Xiao Hui Xiang 1,5g, Chão Gan Jiang 0,6g, Yan Hu Suo 3g, Dang Gui 9g,
Chuan Xiong 3g, Mo Yao 3g, Guan Gui 3g, Chi Shao 6g, Pu Huang 9g, Chão
Wu Ling Zhi 6g.
66
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
b) DEFICIÊNCIA:
1- Gan Pi Bu Zu – Deficiência do Baço e do Fígado.
Manifestações Clinicas: Caso em que madeira sobredomina o elemento Terra,
causando dor surda no hipocôndrio, tontura, olhos secos, rosto pouco inchado e sem
brilho, lassidão profunda, pouco apetite, irritabilidade, respiração curta, sem vontade de
falar, magro e barriga inchada.
L: pálida com revestimento fino e branco
P: fino e fraco
Principio Terapêutico: Bu Gan Fu Pi – nutrir o Gan e ajustar o Pi.
Fórmula: Gui Shao Liu Jun Zi Tang (junção de Liu Jun Zi Tang + Shao Yao + Dang
Gui)
Composição: É preciso saber os componentes da fórmula Liu Jun Zi Tang: Ren Shen
3g, Bai Zhu 4,5g, Fu Ling 3g, Zhi Gan Cao 3g, Chen Pi 3g, Ban Xia 4,5g.
Si Jun Zi Tang = Dang Shen + Fu Ling + Bai Zhu + Da Zao.
Liu Jun Zi Tang = Si Jun Zi Tang + Chen Pi + Ban Xia.
Xiang Sha Liu Jun Zi Tang = Liu Jun Zi Tang + Mu Xiang + Sha Ren
Gui Shao Liu Jun Zi Tang = Dang Gui + Shao Yao + Xiang Sha Liu Jun Zi Tang.
2- Gan Shen Yin Xu – Deficiência do Yin do Figado
Manifestações Clinicas: É o caso da hepatite cronica em fase final, possuindo sintomas
de dor surda no hipocôndrio, olhos secos e ásperos, garganta e boca seca, calor nos 5
centros, insônia com pesadelos, muitos sonhos, desconforto lombar e nos joelhos,
zumbido, tonteira, pouca menstruação ou amenorréia.
L: vermelha, seca com pouco revestimento e com fissuras.
P: fino e rapido
Principio Terapêutico: Yang Xue Rou Gan Zi Yin Bu Shen – beneficiar o sangue,
facilitar o fígado, nutrir o Yin e tonificar o Rim.
Fórmula: Yi Guan Jian
Composição: Sha Shen 10g, Sheng Di Huang 20g, Mai Dong 12g, Chuan Lian 10g,
Gou Zi 15g.

Modificação da formula, ao acrescentar: Wu Wei Zi 15g, Dan Shen 15g, Suan
Zao Ren 10g, Xuan Shen 10g, Gan Cao 6g, Shen Shu Di 12g cada.
67
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Esta formula evita que o fígado fique fibrosado, prevenindo assim a cirrose.
4.2- Cirrose – Gan Yin Hua
4.2.1- Gai Nian

A Cirrose é uma doença crônica do fígado que se caracteriza por fibrose e
formação de nódulos que bloqueiam a circulação sangüínea.

Pode ser causada por infecções ou inflamação crônica dessa glândula.

A cirrose faz com que o fígado produza tecido de cicatrização no lugar das
células saudáveis que morrem. Com isso, ele deixa de desempenhar suas funções
normais como produzir bile (um agente emulsificador de gorduras), auxiliar na
manutenção dos níveis normais de açúcar no sangue, produzir proteínas,
metabolizar o colesterol, o álcool e alguns medicamentos, entre outras.

A cirrose é mais comum em homens acima dos 45 anos, mas pode acometer
também as mulheres.

Pode ter uma ou várias causas, mas o uso abusivo de álcool fez crescer o número
de portadores da doença nos últimos anos.

Geralmente evolui da Hepatite B ou C, sendo a B mais comum e a C mais fácil
de transformar em cirrose podendo evoluir para o CA.
 Evolui para doença crônica.

Inicialmente sem sintomas, mas com a diminuição da função hepática ocorre o
aumento da pressão na Veia Porta, evoluindo para fibrose do fígado e com o
tempo afeta outros sistemas.

Na China, a medicina ocidental usa uma vacina chamada Gan Rao Su. A
medicina oriental, através das ervas, trata e evita a fibrose.

Prováveis causas da Cirrose:
Hepatite B ou C, desnutrição, contato e uso de substancias químicas,
álcool, causas genéticas e outras ainda desconhecidas.
 Termos Chineses:
Ji Ju: fígado e baço aumentado, dor no hipocôndrio
Xie Tong: dor no hipocôndrio
Gu Zhang: abdomem inchado.
68
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
4.2.2- Diagnóstico – Zhen Duan
Possui duas fases:
a) Fase Compensatória:

Suas características não são tão visíveis.

Apresenta diminuição das funções hepáticas, o fígado enfraquecido tenta
compensar suas funções digestivas para eliminação de toxinas.

Manifestação Clinica: sem força, falta de apetite, parte alta do abdomem
dilatada, dor no hipocôndrio, diarréia e vomito.

Sinais Físicos: Fígado e Baço aumentados e depois, o Figado vai diminuindo
(fibrosando), eminência tênar vermelha, teleangectasia.
b) Fase Descompensatória:

Características mais graves e portanto mais visíveis.

Excesso de trabalho do Fígado já não consegue mais compensar, chamada de
Fase de Perda.

Manifestações Clinicas: barriga em tambor, fraqueza, febre, magro, rosto
sem brilho e escuro, icterícia.

Sinais Físicos: os homens vão apresentar aumento de mamas e de pelos
pubianos, as mulheres apresentam suspensão da menstruação.
Exames Laboratoriais:
1- Hemograma: apresentando diminuição de leucócitos e hemoglobina
2- Transaminase: apresentando aumento TGO, TGP, GT e GGT, alem da diminuição
das albuminas.
3- Ultrasonografia: Superfície do tecido do fígado não esta em aspecto liso.
4.2.3- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
Pode-se ter casos de Excesso e de Deficiência.
EXCESSOS: acumulo de umidade calor. Pertencem a Fase Compensatória.
DEFICIÊNCIAS: estagnação do Xue do fígado e baço. Pertencem a Fase
Descompensatória
69
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
4.2.4- Tipos de Síndromes:
a) EXCESSOS:
1- Gan Pi Xue Yu- Estagnação de sangue do baço e do figado
Manifestação Clinica: caracterizada pelo inchaço do fígado e baço, (esplenomegalia),
eminencia tênar vermelha, pontos de telangiectasia, dor hipocondrio, rosto sem brilho e
escuro.
L: roxo com petequias e marcas de estase.
P: áspero
Principio Terapêutico: Huo Xue Hua Yi Xiao Ji Zhi Tong - mover o sangue, dissolver
estagnação, diminuir o inchaço e tirar a dor
Formula: Ge Xia Zhu Yu Tang
Composição: Dang Gui 6-9g, Chuan Xiong 6-9g, Tão Ren 6-9g, Hong Hua 3-6g, Mu
Dan Pi 6-9g, Chi Shao Yao 6-9g, Yuan Hu Suo 6-9g, Xiang Fu 6-9g, Zhi Ke 3-6g, Wu
Ling Zhi 6-9g, Wu Yao 3-6g, Gan Cao 6-9g.
2- Shi Re Yun Jie – Acumulo por umidade calor no Figado e Baço.
Manifestação Clinica: Inchaço abdominal (ascite), calor corpóreo, ictericia, boca
amarga, seca e com cheiro ruim, sem vontade de beber, fezes duras, urina amarela.
L: Saburra amarela
P: deslizante e rapido.
Principio Terapêutico: Qing Re Hua Shi Jie Du – tirar calor, desfazer umidade e
eliminar toxidade.
Formula: Yin Chen Hua Tang e Gan Lu Xiao Du Yin
Composição:
Gan Lu Xiao Du Yin: Hua Shi 15g, Yin Chen 15-20g, Huang Qin 6g, Shi Chang Bei Mu
6g, Huo Xiang 6g, She Gan 10g, Lian Qiao 15g, Bo He 3g. (Formula diurética, elimina
toxinas e elimina o Xie da umidade calor.)
Yin Chen Hua Tang: Yin Chen Hao 30g, Da Huang 6g, Shan Zhi Zi 10g, Huang Qin 6g,
Pu Gong Yin 30g, Che Qian Zi 30g, Yu Jin 12g, Chen Pi 10g, Da Zao 10g, Gan Cao 6g.
b) DEFICIENCIA:
1- Gan Shen Yin Xu – Deficiência do Yin do Rim e do Fígado
Manifestação Clinica: magro, sem força, aumento do fígado e baço ou diminuição,
rosto escuro, boca seca, sem sede, calor nos 5 centros, barriga grande.
70
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
L: vermelha com pouca saburra
P: corda e fino
Principio Terapêutico: Zi Yin Rou Gan Qing Re Liang Xue – nutrir Yin, flexibilizar o
fígado, tirar calor e refrescar o sangues.
Formula: Yi Guan Jian
Composição: Shen Di Huang 15g, Bai Sha Shen 15g, Mai Men Dong 15g, Dang Gui
12g, Gou Qi Zi 12g, Chuan Li Zi 10g.

Se houver deficiencia do Yin muito forte, acrescentar: Shi Hu 10-12g e Tian
Dong 10-12g.

Se houver sangramento nasal, acrescentar: Da Ji 12g e Xiao Ji 12g.
2- Gan Yu Pi Xu – Estagnação do fígado e deficiência do Yang do baço
Manifestação Clinica:Ocorre por causa da deficiência do Qi do Baço que não consegue
controlar o sangue dando sintomas como dor no hipocôndrio, sem força, distensão
abdominal, edema nos pés, sem apetite, rosto sem brilho, barriga inchada.
L: edemaciada, com marcas de dente, sab. branca.
P: corda, fino e fraco.
Principio Terapêutico: Shu Gan Li Qi Yun Pi Gu Shi – suavizar e regular o Qi do
fígado, fortalecer o baço e drenar a umidade.
Formula: Wei Ling Tang + Chai Hu Shu Gan San
Composição:
Wei Ling Tang = Wu Ling San + Ping Wei San (Fu Ling 6-9g, Zhu Ling 6-9g, Ze Xie 69g, Gui Zhi 3-6g, Bai Zhu 6-9g)
Chai Hu Shu Gan San: Chai Hu 6-9g, Chuan Xiong 3-6g, Xiang Fu 3-6g, Bai Shao Yao
6-9g, Zhi Ke 3-6g, Gan Cao 3-6g, Chen Pi 6-9g.

Se houver deficiência do Yang, acrescentar: Fu Zi 6g e Dang Shen 10g.

Se houver edema, acrescentar: Zhu Ling 10g e Ch Qian Zi 30g.
4.3- Colecistite – Dan Nang Yan
4.3.1- Gai Nian

A colecistite é uma inflamação da vesícula biliar

Desenvolve-se quando uma pessoa tem cálculos biliares, pedras resultantes
do depósito de substâncias químicas (colesterol ou sais contidos na bile) que
71
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
se formam dentro da vesícula. Se um cálculo biliar desprender da vesícula e
bloquear o ducto cístico, a bile fica represada na vesícula.

Tanto as substâncias químicas da bile retidas na vesícula como uma infecção
bacteriana na bile pode conduzir à inflamação da parede da vesícula biliar,
chamada colecistite.

Uma crise súbita de bloqueio da bile, com ou sem infecção associada, é
chamada de colecistite aguda. Porém, se crises leves e repetidas de
colecistite aguda acontecerem, chamamos de colecistite crônica, nesta os
efeitos dos múltiplos episódios de inflamação, irritação e lesão da vesícula
levam a um espessamento de suas paredes pelo processo cicatricial.
Finalmente, este processo pode fazer com que a vesícula encolha e possa
perder sua capacidade de armazenar e liberar a bile.

Causas principais da inflamação na Vesícula Biliar: infecção bacteriana
ou cálculos biliares, estes são os mais freqüentes. A diferenciação da causa é
importante para estipular o tipo de tratamento.

Mais freqüente em mulheres entre 40-60 anos, sendo mais comum na
população obesa.

A MTC tem boa ação, pois, procura suavizar o fígado, regular o Qi, mover o
sangue e tirar o calor, melhorando assim a função digestiva, cessando o
vomito, tirando a dor e aumentando a sensibilidade de gordura.

A diferenciação de agudo e crônico é muito importante:
AGUDA
CRONICA
*Dor no hipocondrio e vômito
*Dor continua que
*Febre
irradia

*Ictericia
para escápula
*Tremor
*Aversão à gordura
É caracterizada por:
Xie Tong: Dor no hipocôndrio.
Dan Zhang: Inchaço da Vesícula Biliar.
Huang Dan: Icterícia.
72
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
CUIDADO!!
Diferenciação da Dor
Wei - Gastrite
*Abdominal Superior
Gan - Hepatite
*Abdominal Superior
Dan - Colecistite
*Abdominal Superior
*Aumenta após comer
*Acompanhada de
*Dor no hipocôndrio que
*Localizada em região distenção abdominal
irradia para escápula D
central podendo ir para *Dor surda no hipocond.
o peito.
4.3.2- Diagnóstico – Zhen Duan
Outro meio de se fazer diagnostico é através de exames como:

Ultrasonografia B,

Raio X,

Toque: apresentando dor à pressão.
4.3.3- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
É muito importante a diferenciação dos casos de Excesso (Fase Aguda) e
Deficiência (Fase Crônica).
Os casos de EXCESSO (Fase Aguda) podem ser por:

Estase de Qi do Fígado e Vesícula: Dor pelo inchaço

Estase de Xue causada pela estagnação do F e VB: Dor em pontada

Acumulo de Calor na VB: Dor quente.

Acúmulo de Umidade Calor.
Cuidado!!
Na Fase Aguda: usar antibióticos concomitantes com formulas chinesas. Lembrando
que antibióticos como Streptomicina e ou Garamicina injetáveis são medicações fortes
que podem causar surdez por afetar o VIII nervo craniano.
Os casos de deficiência (Fase Crônica) podem ser por:

Deficiência do Yin do F e R

Deficiência de Yang do E e Bp.
73
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
4.3.4- Tipos de Síndromes:
EXCESSO (Fase Aguda):
1- Gan Dan Qi Yu – Estagnação do Qi do Figado e da Vesícula Biliar.
Manifestação Clinica: Desâmino, suspiros, dor inchada entumescida, que é a
característica de dor por estagnação do Fígado que acentua-se com a emoção, , opressão
torácica, regurgitação ácida, dor no hipocôndrio podendo irradiar para as costas, pouco
apetite.
L: revestimento branco, pegajoso arroxeada.
P: corda
Principio Terapêutico: Shu Gan Li Qi Li Dan Zhi Tong – suavizar o Fígado,
beneficiar o Qi, ajustar a Vesícula e tirar a dor.
Formula: Chai Hu Shu Gan San
Composição: Chai Hu 6g, Chen Pi9g, Yu Jin10g, Zhi Qiao6g, Bai Shao Yao12g,
Chuan Xiong9g, Gan Cao6g.
2- Qi Zhi Xue Yu – Estagnação do Qi e Estase de sangue
Manifestação Clinica: Dor em pontada em lugar fixo (abdômen inferior) que não
irradia, dor à pressão, rosto escuro, pele escamosa e seca, boca seca e amarga, sede.
L: roxa com manchas, saburra fina ou com petequias.
P: áspero.
Principio Terapêutico: Xing Qi Huo Xue Hua Yu Zhi Tong – mover o sangue,
desfazer estase, regular o Qi e parar a dor.
Formula: Ge Xia Zhu Yu Tang (também utilizada para Cirrose).
Composição: Dang Gui 6-9g, Chuan Xiong 6-9g, Tão Ren 6-9g, Hong Hua 3-6g, Mu
Dan Pi 6-9g, Chi Shao Yao 6-9g, Yan Hu Suo 6-9g, Xiang Fu 6-9g, Zhi Qiao 3-6g, Wu
Ling Zhi 6-9g, Wu Yao 3-6g, Gan Cao 6-9g.
Estagnação Qi
Frio
Dor Fixa
Dor Fixa
Dor em
pontada
Dor fria
Suspiros (Gan) Melhora com calor
ESTASE DE XUE
Deficiência Xue
Dor Fixa
Dor surda
Palidez
Diminuição da Veloc,
com o tempo estagna
Deficiência Qi
Dor Fixa
Calor
Dor Fixa
Fraqueza
Resp. curta
Qi não move
Xue
O calor condensa
Dor quente
74
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Principio Terapêutico
Xing Qi Hua Yu
Wen Jing San
Han
Bu Xue Hua Yu
Bu Qi Hua Yu
Liang Xue Hua
Yu
3- Gan Dan Shi Re - Calor Úmido no Figado e Vesicular Biliar
Manifestação Clinica: Dor no hipocôndrio, sensação de inchaço, sem apetite, boca
amarga, náusea e vômito, icterícia (devido ao calor umidade), opressão torácica
acompanhada por sensação de sufoco, retenção de alimentos, inquietude.
L: vermelha com saburra amarela pegajosa
P: corda e deslizante
Principio Terapêutico: Qing Re Li Shi Shu Gan Li Gan – tirar calor, limpar umidade,
suavizar o Gan e ajustar Dan.
Formula: Da Chai Hu Tang ( Fórmula alterada de Xiao Chai Hu Tang ), que trata
síndromes do Shao Yang e Yang Ming.
Composição:
Chai Hu 10g, Bai Xia 6g, Sheng Jiang 3g, Da Zao 4 unid., Huang Qin 6g, Ren Shen 5g,
Gan Cao 6g.
4- Dan Nang Yu Re – Acumulo de calor na Vesícula Biliar
Manifestação Clinica: Dor em queimação no hipocôndrio, sensação de calor, rosto e
olhos vermelhos, boca seca, fezes duras, urina curta e escura, insatisfação, irritabilidade,
insônia. O calor sobe à garganta, secando a mesma.
L: vermelha com saburra amarela e seca
P: corda e rápido
Principio Terapêutico: Qing Re Xie Huo Shu Dan Zhi Tong – tirar calor, expulsar o
fogo, suavizar Dan e tirar a dor.
Formula: Qing Dang Tang
Composição: Sheng Da Huang 10g (colocar no final do cozimento), Huang Lian 6g,
Zhi Zi 10g, Chai Hu 10g, Pu Gong Ying 20-30g, Bai Shao Yao 12-15g, Jin Qian Cao
15-30g, Yu Jin 12g, Yan Hu Suo 15g, Gua Lou Pi 12g, Chuan Lian Zi 10g.
75
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
DEFICIÊNCIA (Fase Crônica):
1- Gan Shen Yin Xu – Deficiência Yin do Fígado e Rim
Manifestação Clinica: Dor branda no hipocôndrio, boca seca, febre não alta no final da
tarde, calor nos 5 centros, malar corado.
L: vermelha com pouco revestimento
P: fino e rápido
Principio Terapêutico: Zi Yin Jian Huo Zhi Tong Chu Fan – nutrir o Yin, baixar o
fogo, para a dor e tirar irritabilidade.
Formula: Yi Guan Jian
Composição: Shen Di Huang 15g, Bai Sha Shen 15g, Mai Men Dong 15g, Dang Gui
12g, Gou Qi Zi 12g, Chuan Li Zi 10g.
Bian Zheng (Dan)
Síndrome
DOR
Termo Chinês
Gan Dan Qi Yu Zheng
Qi Zhi Xue Yu Zheng
Dan Nang Yu Re Zheng
Gan Shen Yin Shu Zheng
Gan Dan Shi Re Zheng
distensão
pontada
queimação
surda, branda
distensão e queimação
Zhang Tong
Chi Tong
Zuo Tong
Yin Tong
Zhang Tong / Zuo Tong
4.4– Vertigem – Xuan Yun
4.4.1- Gai Nian

A palavra vertigem vem do latim “vertere” e significa RODAR.

O paciente tem a sensação de desequilíbrio, instabilidade, de pisar no vazio,
de que vai cair, vê os objetos rodarem ao seu redor e visão turva.

Podendo apresentar ainda sintomas de vômito, zumbido, suor, palidez e
tremor (Nistagmo).

Na MTC, a vertigem é uma doença, já na medicina ocidental é um sintoma.

Xuan: confusão visual - Yun: tonteira, mareado .

Possíveis causas: Pressão alta (diastólica acima de 90mmHg) ou baixa
(diastólica abaixo de 60mmHg), hipoglicemia, deficiência do sangue,
esclerose, compressão cervical, arterosclerose, dificuldade de circulação na
artéria cervical, Síndrome de Meniere, fraqueza do corpo, anemia.
76
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Existe a Vertigem Aguda e Crônica:
AGUDA: caracterizada por tonteira e tremor.
CRÔNICA: caracterizada por tonteira fraca freqüente, com evolução lenta e
gradativa.
4.4.2- Diagnóstico – Zhen Duan
Depende dos sintomas principais e sua evolução.
Exames Complementares:

Sangue: Leucócitos, hemoglobina e plaquetas baixas – suspeita de anemia.

Aferir a pressão arterial.

Raio X cervical.

Ressonância Magnética

Tomografia Computadorizada.
4.4.3- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
Importante a diferenciação entre Excesso e Deficiência.
EXCESSOS (Agudos): tonteira com visão turva, sente sempre que roda. Possui um
período curto e piora com a emoção.
DEFICIÊNCIAS (Crônicas): não tem tonteira, apenas manifestações de zumbido,
piora da visão (turva). Período longo de doença.
4.4.4- Tipos de Síndromes:
EXCESSOS:
1- Feng Yao Shang Rao – Ascensão do vento Yang do Fígado
Manifestação Clinica: Tonteira, zumbido, dor de cabeça, emoções como raiva
piorando os sintomas, insônia, tremor, rosto e olhos vermelhos, cabeça inchada – dor
pulsante.
L: vermelha com saburra fina amarela.
P: corda e rápido
Principio Terapêutico: Ping Gan Qian Yang Zhi Xuan – acalmar o fígado, abaixar o
Yang e tirar a tonteira.
Fórmula: Tian Ma Gou Teng Yin Jia Jia
Composição: Tian Ma 12g, Gou Teng 12g, Fu Ling 15g, Sang Ye 10g, Ju Hua 10g,
Zhu Ru 12g, Bei Mu 12g, Shu Di Huang 12g, Ci Shi 20g, Shi Jue Ming 15g, Huang Qin
6g.
77
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Gan Huo Shang Yan – Ascensão do fogo do Fígado
Manifestação Clinica: Dor de cabeça, irritação, tonteira, plenitude torácica.
L: vermelha com saburra amarela pegajosa.
P: corda.
Principio Terapêutico: Qing Gan Xie Huo Zhi Xuan – tirar o calor, drenar o fogo do
fígado e parar tonteira.
Fórmula: Long Dang Xie Gan Tang (Fórmula patenteada modificada).
Composição: Long Dan Cao 6g- Pick, Che Qian Zi 20-30g, Chai Hu 10g, Sheng Di 1215g, Zé Xie12g, Dang Gui 12g, Shan Zhi Zi 10g, Gan Cao 6g, Huang Qin 6g.
3-Tan Zhuo Shang Meng – Distúrbio ascendente da mucosidade turva
* Lembrar: a mucosidade obstrui os orifícios da cabeça.
Manifestação Clinica: tonteira, cabeça pesada, pressão torácica, vomito e enjôo.
L: branca pegajosa, marca de dente.
P: corda e escorregadio
Principio Terapêutico: Hua Tan Kai Qiao Zhi Xuan – dissolve mucosidade, abrir
orifícios e eliminar tonteira.
Fórmula: Ban Xia Bai Zhu Tian Ma Tang
Composição: Zhi Ban Xia 10g, Fu Ling 15g, Tian Ma 10g, Chen Pi 10g, Gou Teng
10g, Sheng Jiang 3g, Bai Ji Li 10g.
DEFICIÊNCIAS
1- Qi Xue Kui Xu – Deficiência do Qi e do Xue
A deficiência de Qi e de Xue, vem do Gan e do Shen. Não há nutrição na cabeça.
Manifestação Clinica: Tonteira, visão turva, não sente rodar, sintomas pioram quando
fica cansado, melhora ao descansar e ao fechar os olhos. Sintomas de deficiência como
falta de força, rosto pálido, palpitação e insônia.
L: vermelha com saburra fina.
P: muito fino e fraco.
Principio Terapêutico: Bu Qi Yi Xue Zhi Yun – nutrir a energia, melhorar o sangue e
tirar a vertigem.
Fórmula: Gui Pi Tang ou Ba Zhen Tang
78
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Composição:
Gui Pi Tang: Dang Shen 6-9g, Huang Qi 9-12g, Dang Gui 6-9g, Long Yan Rou 9-12g,
Bai Zhu 6-9g, Mu Xiang 3-6g, Fu Ling 9-12g, Yuan Zhi 3-6g, Suan Zao Ren 9-12g,
Zhi Gan Cao 3-6g, Sheng Jiang 1-3g, Da Zao 3-5g.
Ba Zhen Tang: Ren Shen 6-9g, Bai Zhu 3-9g, Fu Ling 6-9g, Gan Cao 3-6g, Dang Gui 69g, Chuan Xiong 3-6g, Shu Di Huang 6-15g, Bai Shao Yao 6-9g.
2- Gan Shen Yin Xu – Deficiência do Fígado e do Rim
Manifestação Clinica: tonteira, com sintomas de deficiência do Yin do Gan e do Shen,
visão turva, memória fraca, insônia, zumbido, fraqueza, calor nos 5 centros, dor lombar,
impaciência.
L: vermelho não vivo
P: fino e profundo
Principio Terapêutico: Zi Gan Yang Shen Zhi Yun – nutrir o fígado, nutrir o Yang do
Rim e eliminar a tonteira.
Fórmula: Zuo Gui Wan
Composição: Shu Di Huang 9-25g, Gou Qi Zi 9-12g, Chuan Niu Xi 9-12g, Shan Yao
9-12g, Shan Zhu Yu 9-12g, Lu Jio Jiao 9-12g, He Shou Wu 12g, Tu Si Zi 9-12g, Gui
Ban 9-12g.

Se houver dor lombar muito forte, acrescentar: Du Zhong 10g.

Se houver memória fraca, acrescentar: Hu Tão Ren 10g.
79
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
5- Doenças do Sistema Renal
She Xi Ji Bing
5.1- Nefrite Crônica – Man Xing Shen Yan / Man Xing Shen Xiao Qiu
Shen Yan
5.1.1- Gai Nian

Nefrite (também chamada glomerulonefrite) é um termo usado para descrever
enfermidades renais, nas quais a parte filtrante do rim (glomérulo) está
inflamada.

A síndrome nefrótica, também chamada de nefrose, é um termo usado para
descrever uma condição na qual existe grande perda de proteína na urina,
habitualmente em associação com níveis reduzidos de proteína no sangue. Além
disso, há um aumento da concentração de colesterol no sangue e retenção de
líquidos (edema). Pode ser secundária a uma doença primária dos rins ou uma
complicação de uma enfermidade sistêmica

Existe a nefrite (glomerulonefrite aguda) e a nefrite crônica (glomerulonefrite
crônica). No primeiro caso, há uma tendência para a melhora espontânea. E na
forma crônica ocorre uma lesão progressiva dos rins. Sinais da doença podem
ser a presença de proteína e sangue na urina e habitualmente uma elevação da
pressão arterial.

No Brasil, a nefrite crônica é a causa mais comum da insuficiência crônica dos
rins, causando uma enfermidade terminal nestes órgãos, a qual habitualmente
termina em diálise.

Trata-se portanto de uma infecção crônica em glomérulos (Shen Xiao Qiu), que
só ocorre após baixa imunológica.

Ocorrem por causas diferentes e variadas.

Podem evoluir a partir de várias doenças.

Caracterizada por:
- Evolução lenta, crônica, de longa duração.
- Edema (palpebral, cabeça e restante do corpo, nessa ordem)
- Pressão alta
- Urina: Hematúria, Proteinúria, Células Tubulares no EAS (elementos anormais
de sedimentação).
80
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
5.1.2- Características Clínicas – Lei Xing

TIPO FREQUENTE (Pu Tong Xing):
- Longa duração
- Ocorre com maior freqüência entre 10 a 30 anos,
- De forma assintomática ou com sintomas de difícil percepção,
- Culminando com perda da função renal, edema não grave, hematúria
pequena e hipertensão.

NEFROSE ( Lei Shen Bing Xing ): “É o tipo que parece doença no rim”
- Hiperproteinuria,
- Hipolipidemia (baixa proteína no sangue),
- Aumento do triglicérides,
- Gordura no sangue,
- Pressão alta, não constante.
- Progressão rápida e porcentagem de sobrevida baixa.

PRESSÃO ALTA ( Gao Xue Ya Xing ):
- Hipertensão constante.
- Pressão do fundo de olho, muito grave (Glaucoma)
- Proteína (albumina) no sangue baixa,
- Pressão diastólica alta,
- Perda rápida da função do rim,
- Edemas no corpo.
5.1.3- Diagnóstico – Zhen Duan

Edema, aumento da pressão, proteinúria, diminuição da função renal, fraqueza,
pode ter anemia, acumulo de toxina, uremia, hematúria.

Exames laboratoriais:
- Urina: EAS, Proteína,Sangue (uréia e creatinina).
- Pressão arterial
- Biopsia (para confirmação diagnóstica).*
81
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
5.1.4- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
Diferenciar 3 tipos:

Mista:Deficiência principal e Excesso secundário (na aparência pode ter
síndrome de estase de sangue).

Deficiência (Shen, Pi, Xue e Qi)

Excesso ( Umidade, Umidade-Calor e Estagnação de Xue)
5.1.5 - Tipos de Síndromes:
MISTA (Deficiência e Excesso):
1- Pi Xu Shi Zu – Deficiência do Baço e Acumulo de umidade (Síndrome Mista)
Manifestações Clinicas: Edema superficial que não diminui e constante, membros
pesados, inchaço abdominal, perda da função de transporte, sem apetite, sem força,
pouca urina, rosto amarelo, desanimo.
L: gorda, marca de dente, sab fina e branca
P: flutuante e macia
Principio Terapêutico: Bu Qi Jian Pi Li Shui Xiao Zhong – Movimenta e fortelece o
baço, tira a água e o edema.
Fórmula: Wu Ling San
Composição: Fu Ling 15g, Zhu Ling 12g, Zé Xie 12g, Bai Zhu 15g, Gui Zhi 6g, Fang
Ji 10g, Huang Qi 30g, Da Zao 10g, Huang Qi 10g, Chen Qia Zi 30g.
EXCESSO:
1- Feng Shui Hu Fan – Invasão do vento perverso e Transbordamento da água.
Manifestações Clinicas: Edema mais notado em membros superiores (de forma súbita),
febre, peso nos 4 membros, pouca urina, aversão ao vento frio, respiração asmatiforme ,
dor de garganta.
OBS: Ocorre na fase inicial da Nefrite.
L: vemelha com revestimento fino e amarelo.
P: Superficial e rapido
Principio Terapêutico: Shu Feng Jie Biao Xuan Fei Li Shui – Acalmar o vento liberar
a superfície melhorar difusão pulmonar e liberar a água.
Fórmula: Yue Pi Jia Zhu Tang + Ma Huang Lian Qiao Chi Xiao Dou Tang
82
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Composição:

Ma Huang 6g, Shi Gao 20-30g, Sheng Jiang 3g, Da Zao 10g, Gan Cao 6g (Yue
Pi Jia Zhu Tang).

Ma Huang 5g, Lian Qiao 10- 30g, Chi Xiao Dou 10g, Xing Ren 6g, Sang Bai Pi
10g, Shen Jiang 3 fatias, Gan Cao 5g (Ma Huang Lian Qiao Chi Xiao Dou
Tang).
2- Shi Re Yong Sheng – Acumulo de calor úmido
Manifestações Clinicas: Edema generalizado, irritação, boca seca com sede, sensação
de peito e abdomem inchado, urina curta e um pouco vermelha, fezes secas. Sinais de
Calor Umidade.
L: Vermelha com sab amarela
P: Profundo, rápido
Principio Terapêutico: Qing Re Li Shi Xiao Zhong – Tirar calor mover a umidade
reduzir edema.
Fórmula: Shu Zao Yin Zi (Modificada)
Composição: Zé Xie 12g, Chi Xia Dou 20g, Shang Lu 6g (não usar mais que essa
dosagem), Qian Huo 10g, Da Fu Pi 30g, Qin Jiao 10g, Sheng Jiang 3g, Jiao Mu 3g,
Biang Lang 12g.
3- Yu Xue Nei Zu – Obstrução por estase do sangue.
Manifestações Clinicas: Edema por tempo prolongado que nunca diminui, pele escura,
dor lombar, dor fixa.
L: Roxa com petéquias
P: Áspero e fino
Principio Terapêutico: Huo Xue Hua Yu Xiao Zhong – Mover o sangue, desfazer
estagnação e drenar edema.
Fórmula: Tão Hong Si Wu Tang
Composição: Chi Shao 15g, Dan Shen 15g, Di Huang 10-15g, Dang Gui 9-12g, Chuan
Xiong 6-9g, Bai Shao Yao 9-12g, Tão Ren 10g, Hong Hua 9g.
83
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
DEFICIÊNCIA:
1- Pi Shen Yang Xu – Deficiência do Yang do Baço e do Rim
Manifestações Clinicas: Edema em todo corpo (mais nos tornozelos), sinal de Godê
(que significa longa deficiência do Pi e Shen), rosto pálido e inchado, anemia, temor ao
frio, membros frios, dor lombar, fezes moles.
L: pálida, gorda, marca de dente, saburra fina e branca.
P: profundo e fino
Principio Terapêutico: Wen Bu Pi Shen Shui Xiao Zhong – aquecer e tonificar o Pi e
Shen, circular a água e diminuir edema.
Fórmula: Zhen Wu Tang (modificado).
Composição: Shu Fu Zi 6g, Bai Zhu 15g, Fu Ling 12g, Gan Jiang 3-6g, Bai Shao Yao
12g (Zhen Wu Tang), Bing Lang 12g, Rou Gui 6g, Da Fu Pi 20-30g.
2- Shen Yin Kui – Deficiência do Yin do Rim
Manifestações Clinicas: Edema de longo tempo (crônica), não grave, calor nos 5
centros, boca seca e dor lombar.
L: Vermelha com pouca saburra
P: profundo e fino
Principio Terapêutico: Zi Yin Bu Shen Li Shui Xiao Zhong – Nutrir o Yin, tonificar
Shen, mover umidade e reduzir edema.
Fórmula: Zhi Bo Di Huang Wan (modificado)
Composição: Zhi Mu 10g, Huang Bai 6g + Liu Wei Di Huang Wan
*Outra Formula: Da Bu Yin Wan
Composição: Zhi Gui Ban 12-15g, Zi Mu 10g, Huang Bai 6g, Shu Di 12g.
5.2- Infecção Urinária – Mi Niao Xi Gan Yan
5.2.1- Gai Nian

É uma infecção que acomete qualquer parte do sistema urinário, desde os rins, a
bexiga, até a uretra. Sendo definida como a presença de microorganismos em
alguma parte desse sistema.

Pode acometer indivíduos de qualquer idade e sexo, mas é extremamente mais
comum entre as mulheres – Proporção de incidência de 10 mulheres para 1
84
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
homem. Essa relação se inverte no primeiro ano de vida, quando é mais comum
nos meninos.

A freqüência da ocorrência em mulheres se deve provavelmente a fatores
anatômicos. Na mulher, a saída da uretra é bem próxima à entrada da vagina,
onde sabe-se que a mulher abriga diversos microorganismos que compõem a
flora vaginal. Além disso, os hábitos de higiene após o uso do toalete, como a
passagem do papel higiênico em direção ânus-vagina, favorece o transporte de
microorganismos intestinais até a vulva. Outro fator importante é que a uretra
feminina é bem menor que a masculina, o que favorece o caminho das bactérias
desde a entrada da uretra até a bexiga

Ocorre principalmente quando os microorganismos, na maioria dos casos
bactérias, "sobem" pela uretra e atingem a bexiga, os ureteres e os rins. A
bactéria que mais comumente causa a infecção urinária é chamada Escherichia
coli, e faz parte da flora intestinal normal. Assim, podemos perceber a
importância de hábitos de higiene adequados para a prevenção das infecções
urinárias.
Mi
Niao
Xi
Gan Ran
acumula de pouco em pouco
Urina
Sistema (cálice, ureter, bexiga e uretra)
Infecção
Sistema Urinário Superior (Shang Mi Niao Dão):
1- Infecção do Cálice (Shen Yu): casos de Nefrite (que não é nefrite). É a mais
comum das infecções. Pode ser aguda (Ji Xing), possui febre e calafrio, ou
crônica (Man Xing), não possui febre nem calafrios.
2- Ureter (Shu Niao Gan Ran)
Sistema Urinário Inferior (Xia Mi Niao Dão):
3- Infecção da Bexiga - Cistite (Pang Guan Gan Ran)
4- Infecção da Uretra - Uretrite (Niao Dão Yan)
5.2.2- Características Clínicas – Lei Xing

Freqüência urinaria – Niao Pin

Urgência urinaria – Niao Ji

Dor ao urinar – Nai Tong
85
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Dor Lombar – Yao Tong

Febre alta, calafrio, perda de apetite e dor de cabeça: Crise aguda.
5.2.3- Diagnóstico – Zhen Duan

Depende da manifestação clinica (as 4 principais)

Exame complementar: rotina de urina, indicando + que 5 piócitos por campo
(indícios de infecção – pus na urina) e hematúria (sangue na urina).

Percussão lombar: segue últimas costelas até as costas.
5.2.4- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
É preciso diferenciar os casos de deficiência e excesso.
DEFICIÊNCIA: dor não muito forte, longa duração (crônico - Man Xing), não possui
febre nem calafrios.
EXCESSO: períodos curtos de dor forte, causada por Calor-Umido, os rins perdem a
capacidade de evaporação. Quando há prejuízo dos vasos sanguíneos tem sangue.
Aguda (Ji Xing), possui febre e calafrio.
5.2.5- Tipos de Síndromes:
DEFICIÊNCIA
1- Shen Pi Liang Xu Zheng – Dupla Deficiência do Rim e do Baço
Manifestações Clinicas: Período longo, crônica, podendo ser as vezes grave ou não.
Piora com o cansaço, dor não é forte, presença de gotejamento que aumenta durante a
noite.
L: pálida com saburra branca
P: fino e rapido
Principio Terapêutico: Bu Shen Gu Niao Jian Pi Yi Qi – Tonificar o Rim, segurar a
urina, fortalecer o Baço e nutrir o Qi.
Fórmula: Wu Bi Shan Niao Yao Wan
Composição: Shan Yao 20-30g , Shan Yu Rou 12g , Fu Ling 12g , Rou Gong Rong
10g, Shu Di 12g, Ze Xie 12g, Du Zhong 15g, Ba Ji Tian 10g, Wu Wei Zi 12g (
adstringe a urina e segura o Yin), Tu Si Zi 15g.
EXCESSO
1- Pang Guang Shi Re Zheng – Síndrome de Calor-Umidade na Bexiga
* Nos casos de excesso o mais encontrado é o acumulo de Calor-Umidade.
86
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
* Síndrome mais freqüente no inicio de uma infecção urinária, sendo a fórmula básica.
Manifestações Clinicas: Urgência para urinar (Niao Ji), dor ao urinar (Niao Tong), dor
lombar (Yao Tong), freqüência urinaria (Niao Ping), ardência, urina amarela, garganta
seca, fezes duras, febre – São sintomas de Calor-Umidade no Aquecedor Inferior.
L: vermelha com saburra amarela
P: flutuante e rápido
Principio Terapêutico: Qing Re Li Shi Zhi Lin – Tirar calor, dissolver muco e parar o
gotejamento.
Fórmula: Ba Zheng San
Composição: Chen Qian Zi 12g, Bian Xu 12g, Qu MAI 12g (drenar água), Shen Da
Huang 6g (tirar calor- tóxica), Deng Xin Cao 6g, Gan Cao Shao 6g ( tiram calor do
coração e intestino), Hua Shi 15g (drena água), Jin Qiao Cao 20-30g, Ji Nei Jin 10g
(tirar calor e drenar umidade, dissolve pedra) Huang Po 6g (tira mucosidade).
2- Re Shang Xue Luo Zheng – Calor prejudicando vasos sanguíneos.
Manifestações Clinicas: Urgência urinária (Niao Ji), dor ao urinar (Niao Tong), dor
lombar (Yao Tong), frequencia urinaria ( Niao Ping), sangue na urina, dor muito forte,
pulsante, muito calor, ardência com saída de urina difícil. Em casos mais graves
coágulos, irritabilidade (Xin Fan), aversão ao frio e febre.
L: vermelha com saburra amarela
P: deslizante e rápido
Principio Terapêutico: Qing Re Li Shi Zhi Xue – tirar calor, dissolver muco e parar o
sangue.
Fórmula: Xiao Ji Yin Zi modificado
Composição: Xiao Ji 12g, Sheng Di 10g, Hua Shi 15g, Pu Huang 10g, Zhu Ye 6g,
Dang Gui 12g, Shan Zhi Zi 10g, Jin Yin Hua 15-30g, Gan Cao 6g, Sheng Da Huang 6g.
5.3- A função sexual do homem não é correta – Nan Xing Xing Geng
Neng Zhang Ai
5.3.1- Gai Nian

Problema masculino que atinge 1% da população.

Influencia o estado de saúde mental, emocional e social.
87
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Quando causado por alterações orgânicas o tratamento é difícil, porém, nos
problemas funcionais o resultado é melhor.

Yang Wei (pênis mole), Yi Jing (espermatorréia) e Zao Xie (ejaculação
precoce): são
fatores que
levam à
impotência.
Podem aparecer
individualmente ou um pode estar ligado ao outro.
5.3.2- Características Clínicas – Lei Xing

Yang Wei (pênis mole): sem obtenção de ereção por muito tempo.
OBS: Fatores emocionais que afetam a ereção não é considerado Yang Wei.

Yi Jing (espermatorréia): perda de esperma sem ereção. Pode ser noturna
ou diurna.

Zao Xie (ejaculação precoce): possui ereção, mas ejacula rapidamente perda de esperma antes da hora.
5.3.3- Diagnóstico – Zhen Duan

Hábito de masturbação, na criança, gera a deficiência do Rim, fazendo com que
o pênis perca a elasticidade do tecido erétil ( Zhong Jin Song Chi).

Nefrite de longa duração

Tosse crônica.

Cirrose
Doença Crônica
5.3.4- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
É preciso distinguir o Excesso da Deficiência
EXCESSOS: São raros.
DEFICIÊNCIA: A vida é caracterizada por essência (Jing), a impotência pode ser a
deficiência dessa essência:
- Ming Men Huo Suai: apaga o Fogo da Porta da Vida diminui o Yang.
- Kong Shang Shen: “pânico lesa o Rim”, o medo ou o susto lesa o Rim
apagando Yang.
88
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
5.3.5- Tipos de Síndromes:
1- Ming Men Huio Suai – Fogo apagado da Porta da Vida
Manifestações Clinicas: Não tem ereção, quando sobe não consegue sustentar, esperma
ralo, dor lombar, invasão de frio, mãos frias, desanimo, zumbido, rosto pálido –
sintomas de Deficiência de Yang.
L: pálida com saburra branca
P: profundo e fino
Principio Terapêutico: Wen Bu Ming Men, Bu Shen, Zhuang Yang – Tonificar Ming
Men, nutrir o Rim e fortalecer Yang.
Fórmula: Zan Yu Dan modificado
Composição: Xian Mão 10g, Xian Ling Pi 10g, Ro Cong Rong 12g, Ba Ji Tian 10g, Tu
Si Zi 15g, Sheng Du Zhong 10g, Jiu Cai Zi 15g, Yang Qi Shi 15g (Tonificam o Yang)
Shu Di 10g, Gou Qi Zi 15g, Shao Yao 15g (Tonificam o Yin).
2- Xin Pi Liang Xu – Dupla Deficiência do Coração e do Baço.
Manifestações Clinicas: Sem ereção, desânimo, sonho e sono inquieto, rosto sem
brilho, sem apetite, respiração curta, sem força.
L: pálida com saburra fina
P: fino
Principio Terapêutico: Bu Yi Xin Pi Zhu Yang Na Shen – Tonificar o Coração e o
Baço, ajustar e elevar o Yang e acalmar a mente.
Fórmula: Gui Pi Tang
Composição: Dan Shen 15g, Huang Qi 15g, Bai Zhu 12g (nutrem o Qi Bp), Fu Shen
10g, Yuan Zhi 12g, Suan Zao Ren 12g, Mu Xiang 10g, Long Yan Rou 12g, Ye Jiao
Teng 15g, Gan Cao 6g, Yang Qi Shi 15g, Dang Gui 10g, Bai Shao 12g, Da Zao 4
unidades.
3- Shen Jing Kui Xu Zheng – Deficiência Renal “Kou Ju Shang Shen – Medo lesa o
Rim”.
* Síndrome que ocorre por perda constante de Jing.
Manifestações Clinicas: Sem ereção ou ereção por pouco tempo, dor lombar,
palpitação, medo (falta de coragem), sono inquieto.
L: pálida com saburra fina
P: fino
89
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Principio Terapêutico: Bu Shen Tian Jing Zhu Yang – Tonificar o Rim, recuperar a
essência e fortalecer o Yang.
Fórmula: Da Bu Yuan Jian
Composição: Shu Di 12g, Shan Yao 12g, Shan Yu Rou 12g, Gou Qi Zi 15g, Dan Shen
12g, Du Zhong 15g, Dang Gui 10g.
4- Shi Re Xia Zan – Umidade e calor que descem e acumulam.
Manifestações Clinicas: Sem ereção, umidade na virilha, coceira, vermelhidão, eczema
na pele, pernas pesadas, dor, urina amarela escura ou vermelha, fezes duras.
L: saburra amarela e gordurosa.
P: rápido
Principio Terapêutico: Qing Re Hua Shi Zhu Yang
Fórmula: Long Dan Xie Gan Tang
Composição: Long Dan Cao 6g, Huang Bai 6g, Zhi Zi 6g, Zé Xie 10g, Tong Sao 3g,
Che Qian Zi 15g, Sheng Di 10g (Pick), Dang Gui 6g, Gan Cao 5g, Chai Hu 6g.
6- Doenças Extras
6.1- Pressão Alta – Gao Xue Yan
6.1.1- Gai Nian

Ti Yun Hu Dong Mai Ya Zheng Gao – Síndrome da alta pressão sanguínea
arterial circulante no corpo.

A hipertensão arterial é o aumento desproporcionado dos níveis da pressão em
relação, principalmente, à idade.

A pressão arterial normal num adulto alcança um valor máximo de 140 mmHg
(milímetros de mercúrio) e mínimo de 90 mmHg. Valores maiores indicam hipertensão
(pressão alta).

A incidência de pressão alta é observada em relação a: Idade e Sexo (sendo mais
comum nos homens do que nas mulheres, e em pessoas de idade mais avançada do que
nos jovens), Genética (Pessoas com antecedentes familiares de hipertensão têm maior
predisposição a sofrer da mesma), Estresse e Excesso de peso (obesidade).
90
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Pode ser uma doença independente ou transformar em várias doenças como: doença
coronária, AVC, perda de função renal, como também pode acontecer em consequencia
de outras doenças.

As causas que provocam a pressão alta são muitas e variadas. Na maioria dos casos,
a causa é desconhecida ou não está bem definida. Entre as causas conhecidas estão as
doenças dos rins, das glândulas (endócrinas), do sistema nervoso, o abuso de certos
medicamentos e a gravidez.

Na primeira fase a hipertensão arterial não apresenta sintomas, mas, à medida que os
anos vão passando, eles começam a aparecer. Os mais comuns são: Tou Tong (dor de
cabeça) e Xuan Yu (vertigem). Na clínica o diagnóstico parte desses sintomas.

A importância da pressão alta não está nos sintomas, mas nas graves complicações
que podem provocar um enfarte agudo de miocárdio, ou um derrame cerebral e até a
morte de forma instantânea.
6.1.2- Classificação:
1. Fase Aguda – Ji Jin Xing: Período curto, maligno (e xing), sintoma agudo, rápido,
urgente. Mais perigosa e tem mal prognostico, ocorre perda da função renal e pode
provocar morte súbita.
2. Fase Crônica - Huan Jin Xing: Período longo, inicio sem sintomas, não é perigoso
como no caso agudo.
6.1.3- Diagnóstico – Zhen Duan

Depende da manifestação clinica: dor de cabeça, vertigem, zumbido, sonhos, perda
de força, algumas pessoas podem se queixar de dor localizada na região occipital.

Exames Clínicos:
- Percurção Local: Hipertrofia do Ventrículo esquerdo.
- Auscuta: Segundo som mais longo que o normal (Di Er Xin Yin Kang Jin).
- Mensuração da Pressão (Xue Ya): 140X90mmHg
- ECG: onda ST alterada, Hipertrofia do Ventrículo
- Exame de Urina: no inicio pode ser normal, mas com o tempo apresenta proteinúria e
hematúria.
- RX: visualização do tamanho do coração.
91
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
6.1.4- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
Excesso: Hiperatividade do Yang.
Deficiência: - Sendo o caso mais comum.
- Caracterizado por: “Raiz em deficiência” Ben Xu
“Manifestação em Plenitude” Biao Shi
- Por isso deve-se Nutrir o Yin de Gan e Shen.
- Manifestações gerais: Vento (Feng), Mucosidade (Tang),
Estagnação (Yu) e Fogo (Huo).
6.1.5- Tipos de Síndromes:
DEFICIENCIA
1-Gan Shen Yin Xu Zheng – Deficiência do Yin do Fígado e Rim
Manifestações Clinicas: Pressão alta, sempre acima de 90 mmHg, dor de cabeça,
vertigem, escotomas visuais, cabeça pesada e pé leve (não sente o chão, por isso cai
fácil), palpitação, dificuldade para dormir e quando o faz tem muitos sonhos, dor no
joelho e lombar, boca e garganta secas, zumbido.
L: vermelha com pouco revestimento.
P: fino, corda, rápido.
Principio Terapêutico: Zi Yin Bu Shen Gan Qian Yang - Nutrir Yin, tonificar Rim,
nutrir o Gan, abaixar o Yang (reduzir Fogo).
Fórmula: Tian Ma Gou Teng Yin
Composição: Tian Ma 12-15g, Gou Teng 12-15g, Ju Hua 12g, Sang Ye 10g, Sheng Di
12g, Sheng Shi Jue Ming 30g, Ge Gen 12g, Sha Yu Rou 12g, Luo Shi Teng 10g, Chuan
Niu Xi 10g, Fu Shen 12g, Shi Hu 15g.
2- Yin Yang Lian Xu Zhen – Dupla deficiência do Yin e do Yang
Manifestações Clinicas: Tonteira, escotomas, dor de cabeça, zumbido, perda auditiva,
palpitação, memória fraca, freqüência urinária noturna, frio genital, dormência nos
membros, impotência.
L: pálida com pouca ou ausência de saburra.
P: fino, fraco e profundo
92
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Principio Terapêutico: Zi Yin Zhuang Yang – Nutre o Yin, fortalecer Yang
Fórmula: Er Xian Tang He Shen Qi Wan
Composição: Xian Mão 12g, Xian Ling Pi 12g, Ba Ji Tian 12g, Bu Gu Zhi 10g, Gou Qi
Zi 10g, Sheng Shu Di 12g, Shan Yu Rou 12g, Wu Wei Zi 12g, Sheng Mu Li 30g, Dan
Shen 10g, Yi Zhi Ren 10g, Dang Gui 10g, Zhi Mu12g.
3- Chong Ren Xu Gan – Deficiência e prejuízo de Chon e Ren Mai
* Ocorre mais nas mulheres
Manifestações Clinicas: Dor de cabeça, vertigem, inquietude (Xin Fan), insônia, calor
nos 5 centros, palpitação, zumbido, menstruação irregular, infertilidade podendo ter
aborto, edema e desmaios após o parto.
L: Vermelha com saburra fina
P: corda e fino
Principio Terapêutico: Tiao Bu Chong Ren Zi Yin Ping Gan – Regular e tonificar o
Chong Mai e o Ren Mai, nutrir o Yin, apaziguar o Fígado.
Fórmula: Zhi Bai Di Huang Tang - modificado.
Composição: Liu Wei Di Huang Wan + Zhi Mu, Huang Bai (para abaixar o Fogo) +
Xia Ku Cao 10g, Shi Jue Ming 25g, Dang Gui 10g (para baixar a pressão).
EXCESSO:
1- Gan Yang Shang Kang – Hiperatividade do Yang do Gan
Manifestações Clinicas: Sensação de cabeça inchada, tonteira, vertigem, zumbido,
boca amarga e seca, rosto e olhos vermelhos.
L: Vermelha com saburra amarela
P: corda, rápido e forte
Principio Terapêutico: Qing Re Xie Luo Ping Gan Qian Yang – Tirar calor, limpar
meridiano, subjulgar o Yang do Gan, limpar o Yang.
Fórmula: Long Dan Xie Gan Tang modificado + outras substancias.
Composição: (Long Dan Cao 6g, Da Huan 5g, Dan Pi 6g, Zé Xie 10g, Cao Jue Ming
15g, Sheng Pi 10g, Huang Qin 6g, Shen Zhi Zi 10g) - Long Dan Xie Gan Tang
modificado + Sang Ye 10g, Ju Hua 10g, Shi Jue Ming 25g, Zhen Zhu Um 10g, Ge Gen
12g, Gou Teng 12g,
93
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Tan Shi Yong Sheng – Mucosidade e Umidade em grande acumulo.
Manifestações Clinicas: Cabeça pesada, tonteira, opressão torácica, sensação de
plenitude abdominal (Xiong Men Wan Pi), sem apetite, náusea, ânsia de vômito sem
vômito, peso e falta de força nos 4 membros, palpitação, inquietute e edema.
L: saburra branca pegajosa, amarela de houver calor
P: deslizante
Principio Terapêutico: Hua Tan Xi Feng – Transformar umidade e acalmar vento do
Gan
Fórmula: Ba Xia Zhu Tian Ma Tang - modificado
Composição: Zhi Ban Xia 10g, Tian Ma 6g, Gou Teng 15g, Bai Zhu 12g, Shi Chang
Pu 10g, Zhi Shi 6g, Che Qian Cao 15g, Chen Pi 10g*, Fu Ling 10g*, Gan Cao 6g* (*
Componentes de Er Chen Tang).
6.2- AVC – Zhong Feng
6.2.1- Gai Nian

Conhecido popularmente como "derrame cerebral".

É a terceira causa de morte em vários países do mundo e a principal causa de
incapacitação física e mental.

Doença aguda, urgente e perigosa.

Geralmente ocorre acima dos 40 anos.

O AVC pode ser compreendido como uma dificuldade, em maior ou menor grau, de
fornecimento de sangue e seus constituintes a uma determinada área do cérebro,
determinando o sofrimento ou morte desta (neste caso, chamado infarto) e,
consequentemente, perda ou diminuição das respectivas funções.

CLASSIFICAÇAO:
1- Esquêmico – Que Xue: quando não há passagem de sangue para determinada área,
por uma obstrução no vaso ou redução no fluxo sangüíneo do corpo.
2- Hemorrágico – Não Chu Xue ou Não Yi Xue: quando o vaso sangüíneo se rompe,
extravasando sangue.
94
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
6.2.2- Características Clínicas – Lei Xing
- Tu Ran Hun Pu: queda súbita
- Bu Xing Ren Shi: perda de sentidos
- Kou Yan Wai Xue: boca e olhos contorcidos
- Ban Shen Bu Sui: hemiplegia
6.2.3- Diagnóstico – Zhen Duan
1- Depende dos 16 sintomas já citados.
2- Exames de tomografia computadorizada e ressonância magnética.
6.2.4- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
 São 2 Tipos:
1- Zhong Jing Luo:
- Caso mais leve,
- Ocorre nos Canais
- Paciente não perde a lucidez,
- Paciente não consegue falar,
- Não tem perigo de vida.
- Possui duas causas:
a) Shi Zheng: Feng Tan Zu Luo – Vento Umidade obstruindo
Gan Yang Shang Kang – Ascensão do Yang do Fígado
Tan Re Fu Shi – Mucosidade acumulando na Víscera Intestino
b) Xu Zheng: Qi Xue Liang Xu – Deficiência de Qi e Xue
Yin Xu Feng Dong - Movimento do Vento por Deficiência do Yin
2- Zhong Zang Fu:
- Caso mais grave,
- Ocorre nos Zang ( Xin, Gan, Shen e Pi)
- Mais perigoso
- Paciente tem queda súbita e perda de sentidos e até coma.
- Dividido em:
95
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
a) Bi Zheng: mucosidade obstrui os orifícios, fechando os orifícios cerebrais. “Paciente
Fechado” (espástico). Também dividido em 2 tipos:
*Yang Bi:
- Causado pelo Calor, Fogo e Umidade.
- Sintomas: inquietude, agitação, irritabilidade, fezes secas, língua com saburra
amarela gordurosa e pulso deslizante e rápido.
- Principio Terapêutico: Qing Re Gan Qu Tan Kai Qiao – Tirar calor do Fígado,
tirar mucosidade, abrir os orifícios.
*Yin Bi:
- Causado pelo Frio e Umidade
- Sintomas: corpo e membros frios, dormência, língua não muito escura, saburra
branca gordurosa, pulso profundo e deslizante.
- Principio Terapêutico: Wen Qu Shi Shu Feng – Aquecer, tirar a umidade e acalmar
o vento.
b) Tuo Zheng: perda de energia essencial, rosto pálido, suor frio e abundante, fezes
secas. “Paciente Abandonado” (Flácido).
6.2.5- Tipos de Síndromes:
EXCESSO
1- Feng Tan Zhu Luo - Vento Umidade Obstruindo Orificios
Manifestações Clinicas: Paralização súbita de um dos lados do corpo, hemiplegia,
olhos e bocas contorcidos, dificuldade para falar, dormência, tonteira, escotomas, muito
catarro, geralmente gordo.
L: escura, saburra branca e gordurosa
P: corda e deslizante
Principio Terapêutico: Qu Feng Hua Tan Tong Luo – Tirar o vento, transformar a
mucosidade e desobstruir canais.
Fórmula: Dão Tan Tang + Qian Zheng San
Composição: Qian Zheng San ( Di Long 6g, Bai Jiang Can 6g, Quan Xie 3g) Dao Tan
Tang (Tian Ma 12g, Gou Teng 10g, Chen Pi 10g, Dan Xing 6g, Zhi Ban Xia 10g, Bai Ji
Li 10g, Shi Chang Pu 12g, Yuan Zhi 10g, Ju Hua 10g, Luo Shi Teng 10g).
96
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Gan Yang Shang Kang – Ascenção do Yang do Gan
*Não é tão freqüente quanto o primeiro caso.
Manifestações Clinicas: Hemiplegia, olhos e boca contorcidos, língua rígida,
dificuldade para falar, dor de cabeça, tonteira, rosto e olhos vermelhos, boca amarga,
inquietude, irritabilidade, urina amarela escura e fezes secas.
L: vermelha escura com saburra fina amarela
P: forte e em corda
Principio Terapêutico: Ping Gan Xie Huo Tong Luo – Suavizar o Gan, eliminar Fogo
e desobstruir canais.
Fórmula: Tian Ma Gou Teng Yin modificado + Luo Shi Teng
Composição: Tian Ma Gou Teng Yin (Tian Ma 12-15g, Gou Teng 12-15g, Ju Hua 12g,
Sang Ye 10g, Sheng Di 12g, Sheng Shi Jue Ming 30g, Ge Gen 12g, Sha Yu Rou 12g,
Luo Shi Teng 10g, Chuan Niu Xi 10g, Fu Shen 12g, Shi Hu 15g.) Luo Shi Teng ( Huang
Qin 6-9g, Zhi Zi 3-6g, Yi Mu Cao 6-12g, Ye Jiao Teng 9-20g, Du Zhong 6-12g, Sang Ji
Shen 6-20g).
3- Chong Ren Xu Sun – Deficiência e Prejuízo de Chon e Ren Mai
Manifestações Clinicas: tonteira, muito catarro, perda de sentidos, boca e olhos
contorcidos, hemiplegia, prisão de ventre, muita mucosidade, queda súbita.
L: escura, saburra amarela gordurosa
P: deslizante e em corda
Principio Terapêutico: Hua Tan Xie Fu Tong Luo – Transformar mucosidade, abrir
orifícios para limpar o intestino.
Fórmula: Xiao Cheng Qi Tang modificado
Composição: Sheng Da Huang 6g, Mang Xiao 6g, Quan Guo Lou 10g , Huang Qin 6g,
Dan Nan Xing 6-10g, Dan Shen 15g, Hou Pó 6g.
4- Tan Re Bi Qiao Zheng – Mucosidade Calor Obstrui os Orifícios.
* Classificada como Bi Zheng - Yang Bi: deve-se tirar calor do Gan, tirar mucosidade e
abrir os orifícios.
Manifestações Clinicas: Ocorre de repente, perda de consciência, desmaio, seqüela de
hemiplegia, tremores, frio nos 4 membros (Yang obstruído), ronco de mucosidade na
garganta, inquietação, intranqüilidade, calor no tronco, pode ocorrer vomito com sangue
(hemoptise).
L: vermelha escura, saburra amarela e gordurosa.
97
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
P: corda, rápido, deslizante.
Principio Terapêutico: Qing Re Hua Tan Xing Shen Kai Qiao - Tirar calor e
mucosidade, acordar a mente e abrir os orifícios.
Fórmula: Ling Yang Jiao Tang modificada
Composição: Ling Yang Jiao (Fen) 0,5g, Zhen Zhu Mu 30g, Zhu Ru 15g, Tian Zhu
Huang 5g, Shi Chang Pu 6g, Yuang Zhi 10g, Dan Pi 10g, Xia Ku Cao 6g, Dan Nan
Xing 10g, Shan Zhi Zi 10g, Yu Jin 10g.
5- Tan Shi Meng Qiao – Mucosidade e Umidade Obstruindo Orificios
Manifestações Clinicas: Desmaio, hemiplegia, membros frios, rosto pálido, muito
muco acumulando na garganta, lábios escuros.
L: roxa escura, saburra branca gordurosa
P: profundo deslizante
Principio Terapêutico: Wen Yang Hua Tan Xing Não Kai Qiao – Tonificar o Yang,
transformar mucosidade, acordar a mente e abrir orifícios.
Fórmula: Di Tan Tang (Er Chen Tang + Dão Tan Tang + Shi Chang Pu 6-9g, Zhu Ru
6-10g, Ren Shen 6g)
Composição: Er Chen Tang (Chen Pi 10g, Fu Ling 10-12g, Ban Xia 6-10g, Gan Cao
6g: formula base para tirar mucosidade), Dão Tan Tang ( Er Chen Tang + Dan Nan
Xing 6-9g, Zhi Shi 6g: usado para catarro seco, agarrado, pois seca a umidade e move o
Qi) + Shi Chang Pu 6-9g, Zhu Ru 6-10g, Ren Shen 6g.
DEFICIENCIA
1- Qi Xue Liang Xu – Deficiência de Energia e Sangue
Manifestações Clinicas: Queda súbita, perda dos sentidos, boca e olhos contorcidos,
hemiplegia, rosto pálido, respiração curta, sem força, suor espontâneo, sialorreia, mãos
e pés inchados, palpitação.
L: pálida, saburra fina e branca
P: fino e profundo
Principio Terapêutico: Yi Qi Huo Xue Tong Luo – Beneficiar o Qi, mover o sangue e
abrir os canais.
Fórmula: Bu Yang Huang Wu Tang
Composição: Huang Qi 15-30g, Dang Gui 12g, Chi Shao 10g, Chuan Xi 9g, Tão Ren
10g, Hong Hua 10g, Di Long 10g, Shi Chang Pu 10g, Yuan Zhi 12g, Mu Gua 10g, Shen
Jing Cao 12g, Chuan Duan 10g, Shang Ji Sheng 10g
98
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Yin Xu Feng Dong – Deficiência de Yin que moveu o Vento (Gan e Shen)
Manifestações Clinicas: Calor nos 5 centros, insônia, inquietude, tonteira, zumbido,
Zhu Zheng.
L: mais escura que vermelha, pouca saburra ou sem saburra
P: fino, rápido e em corda
Principio Terapêutico: Zi Yin Qian Yang Tong Luo – Beneficiar o Yin, baixar o
Yang, desobstruir os canais.
Fórmula: Zhen Gan Xi Feng Teng Tang modificado
Composição: Sheng Long Gu 20g, Sheng Mu Li 20g, Daí Zhe Shi 20g, Zhi Gui Ban
10g (pesadas, portanto cozinhadas primeiro), Bai Shao Yao 12g, Xuan Shen 10g, Tian
Men Dong 12g, Zhuan Niu Xi 10g, Ju Hua 10G, Sheng Di 12g, Shu Di 12g.
3- Yuan Qi Bai Tuo Zheng – Perda da energia essencial
* Classificada como Tuo Zheng: “Paciente Abandonado” (Flácido).
Manifestações Clinicas: Queda súbita, desacordado, corpo mole e frio, boca aberta,
suor e perda de controle das excreções.
L: ligeiramente retraída, escura com saburra branca e gordurosa
P: profundo e fino
Principio Terapêutico: Yi Qi Hui Yang Gu Tuo – Mover Qi, recuperar Yang, resgatar
o abandonado.
Fórmula: Shen Fu Tang Jia Wei
Composição: Ren Shen 10g, Fu Zi 6-10g, Gan Jiang 6-10g, Zhi Gan Cao 10g, Zhi
Huang Qi 15g, Long Gu 25-30g, Mu Li 25-30g, Shan Zhu Yu 12g.
6.3- Edema – Shui Zhong
6.3.1- Gai Nian

Doença muito encontrada na clínica.

Pode manifestar como sintoma de outras doenças ou como patologia
independente.

Consiste no acúmulo de líquidos no tecido intercelular (intersticial), nos espaços
ou nas cavidades do corpo.

Os edemas podem aparecer sob duas formas: localizado e sistêmico.
99
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
- Edema localizado é o edema inflamatório, cuja constituição é rica em
proteínas. Daí o líquido desse tipo de edema ser denominado de "exsudato".
- O edema sistêmico é formado por líquido com constituição pobre em
proteínas. Esse líquido é denominado de "transudato", estando presente, por exemplo,
no edema pulmonar. O significado clínico dos edemas sistêmicos reside no fato de
que a presença desses líquidos pode originar infecções, trazendo complicações
maiores para o local afetado. Assim, os edemas pulmonares podem originar
pneumonias e insuficiência respiratória; o edema cerebral, por sua vez, pode ser
mortal.

Os edemas podem ser apenas sintomas de doenças como:
- Nefrite: manifestação de edema nas pálpebras e passa para os 4 membros.
- Cirrose ou CA: edema localizado na barriga (ascite).
- Doenças cardíacas e renal: edema localizado nos pés e pernas
- Subnutrição: edema no corpo todo e rosto amarelo pálido (anemia).
6.3.2- Características Clínicas – Lei Xing
1. Sintomas
2. Exames:

Urina: presença de proteinúria indica Nefrite. Uréia e Creatinina
insuficiente indicando problema renal e do Fígado.

Sangue: diminuição da hemoglobina e leucócitos. Dosagem de albumina
e globulina em relação de 3/1. O aumento de Albumina indica Cirrose ou
CA do Fígado.

Eletrocardiograma ( ECG)

Ultra som renal
6.3.3- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
Yang Shui:
- Fase curta
- Edema urgente
- Agudo na parte superior do corpo, pele fica brilhante, fina e não apresenta sinal de
Godê.
100
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
- Usar método diaforético: Fazer suar (Fa Han), fazer urinar (Li Xiao Bian).
Yin Shui:
- Fase longa
- Edema aparece e desaparece
- Pele sem brilho, amarelo escuro, apresenta sinal de Godê.
- Usar método: drenar água (Li Shui), tirar calor, liberar toxinas e drenar agua (Qing Re
Jie Du Li Shui), tirar calor e eliminar umidade (Qing Re Qu Shi), tonificar o baço para
drenar a água (Jian Pi Bu Shen), tonificar o Yang do Rim (Bu Yang Shen).
6.3.4- Tipos de Síndromes:
YANG SHUI
1- Feng Shui Zheng – Síndrome Vento Água.
Manifestações Clinicas: Edema nas pálpebras e nos 4 membros, agudo, febre, aversão
ao frio, dificuldade de urinar, desconforto nas articulações, inflamação e dor na
garganta.
L: vermelha, saburra fina amarela ou fina branca (vento frio)
P: deslizante, rápido ou superficial e deslizante.
Principio Terapêutico: Shu Feng Xuan Fei Li Shui Xiao Zhong – Suavizar o vento,
dispersar o pulmão e mover a água para drenar edema.
Fórmula: Yue Pi Jia Zhu Tang
Composição: Ma Huang 6g, Xing Ren 10g, Shi Gao 30g, Gan Cao 6g, Fu Ling 12g,
Bai Zhu 12g, Zé Xie 12g, Zi Su Ye 6g, Gui Zhi 6g, Fang Feng 6-10g.
2- Shi Du Zheng – Síndrome de Umidade Tóxica.
Manifestações Clínicas: Pálpebras inchadas, edema que passa para o corpo todo,
dificuldade urinária, corpo quente, coceira, quando coça infecciona, febre e aversão ao
frio.
L: vermelha, saburra amarela.
P: superficial, rápido e deslizante
Principio Terapêutico: Qing Re Jie Du Qu Shi Xiao Zhong – Tirar calor tóxico,
expulsar umidade e eliminar edema.
Fórmula: Ma Huang Liang Qiao Chi Xiao Dou Tang + Wu Wei Xiao Du Yin + Ku
Shen 10g, Chi São Yao 10g.
101
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Composição: Ma Huang Liang Qiao Chi Xiao Dou Tang (Ma Huang 3-9g, Lian Qiao
6-9g, Chi Xiao Dou 6-9g, Sang Bai Pi 6-9g, Xing Ren 6-9g, Sheng Jiang 3-6g, Da Zao
3-4g, Gan Cao 3-6g), Wu Wei Xiao Du Yin (Jin Yin Hua 12-15g, Zi Hua Di Ding 915g, Ye Ju Hua 9-15g), Ku Shen 10g, Chi São Yao 10g.
3- Shi Re Zheng – Síndrome Umidade Calor
Manifestações Clinicas: Edema no corpo todo, pele tensa e brilhante, calor que irrita,
sede, urina escassa e escura, inchaço epigástrico.
L: vermelha, saburra amarela e pegajosa
P: rápido, deslizante ou rápido flutuante
Principio Terapêutico: Qing Re Li Shi Qu Shui Xiao Zhong – Tirar calor, mover
umidade, tirar água e parar edema.
Fórmula: Shu Zhao Yin Zi
Composição: Chi Xiao Dou 15g, Zé Xie 10g, Shang Lu 6g, Qiang Huo 9g, Da Fu Pi
15g, Qin Jiao 9g, Fu Ling Pi 10g, Jiao Mu 6g, Sheng Jiang 3g, Bin Lang 15g.
YIN SHUI
1- Pi Yang Xu Zheng – Síndrome da deficiência Yang do Baço.
Manifestações Clinicas: Edema no corpo, mais evidente na parte inferior, sinal de
Godê, inchaço epigástrico, sem apetite, cansaço, membros frios, urina escassa.
L: pálida branca e pagajosa
P: profundo e brando
Principio Terapêutico: Wen Yang Jiang Pi Li Shui Xiao Zhong – Aquecer o Yang,
beneficiar o baço, eliminar água e tirar edema.
Fórmula: Shi Pi Yin
Composição: Zhi Fu Zi 6-9g, Bai Zhu 6-9g, Mu Gua 6-9g, Hou Pó 6-12g, Gan Jiang 69g, Mu Xiang 6-9g, Fu Ling 6-9g, Da Fu Pi 3-6g, Cao Guo 3-6g, Da Zao 1-3g, Huang
Qi 15g.
2- Sheng Yang Xu Zheng – Síndrome da deficiência do Yang do Rim.
Manifestações Clinicas: Edema no rosto e corpo, parte baixa mais visível, sinal de
Godê, desconforto lombar, palpitação, respiração curta, 4 membros frios, aversão ao
frio, rosto cinzento.
L: pálida com saburra branca
P: profundo, fino e fraco
102
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Principio Terapêutico: Wen Yang Bu Shen Li Shui Xiao Zheng - Aquecer o Yang,
tonificar o Rim, tirar liquido e eliminar edema.
Fórmula: Zhen Wu Tang + outras substâncias.
Composição: Zhen Wu Tang (Fu Ling 12g, Bai Zhu 15g, Bai Shao 10g, Zhi Fu Zi 6g,
Gan Jiang 6g) + Zé Xie 12g, Dan Shen 15g, Niu Xi 12g, Rou Gui 6g, Che Qian Zi 1530g.
6.4- Diabetes – Xiao Ke
Tang Niao Bing (Açúcar na Urina)
6.4.1- Gai Nian

Muito comum na clinica

Difícil tratamento

Ocorre em qualquer idade, sendo mais comum em pessoas acima de 45 anos.

3º Doença que mais mata no mundo.

Alto índice de mutilações e cegueira.

É uma Doença do metabolismo que afeta a função do Pâncreas causando uma
insuficiência na secreção da insulina.

SINTOMAS:
- Assintomático no inicio (difícil observar)
- Caracterizado por: “3 muito e 1 pouco” (Muita urina, fome e sede, pouco
emagrecimento).
- Glicose aumentada no sangue e na urina, freqüência urinaria aumentada.
- Intolerância a glicose.
- Pode apresentar conseqüências como: infecções agudas, tuberculose, insuficiência
renal, retinopatia e cegueira.
- Dormência nas extremidades com perda de sensibilidade em estagio avançado.
 CAUSAS:
1. Excesso alimentar (proteínas, gorduras e carboidratos)
2. Congênito
3. Idade
4. Sedentarismo
103
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
 CLASSIFICAÇÃO:
- Diabetes Tipo 1 (Insulino-dependente): as células do pâncreas que normalmente
produzem insulina, foram destruídas. Quando pouca ou nenhuma insulina vem do
pâncreas, o corpo não consegue absorver a glicose do sangue; as células começam a
"passar fome" e o nível de glicose no sangue fica constantemente alto. A solução é
injetar insulina subcutânea (embaixo da pele) para que possa ser absorvida pelo sangue.
- Diabetes Tipo 2: Embora não se saiba o que causa o Diabetes Tipo 2, sabe-se que
neste caso, o fator hereditário tem uma importância bem maior do que no Diabetes Tipo
* Também existe uma conexão entre a obesidade e o Diabetes Tipo 2; embora a
obesidade não leve, necessariamente ao Diabetes. É um distúrbio comum, afetando 5 10 % da população. Todos os diabéticos tipo 2 produzem insulina quando
diagnosticados e, a maioria, continuará produzindo insulina pelo resto de suas vidas. O
principal motivo que faz com que os níveis de glicose no sangue permaneçam altos está
na incapacidade das células musculares e adiposas de usarem toda a insulina secretada
pelo pâncreas. Assim, muito pouco da glicose presente no sangue é aproveitado por
estas células. Esta ação reduzida de insulina é chamada de "resistência insulínica". Os
sintomas do diabetes tipo 2 são menos pronunciados e esta é a razão para considerar
este tipo de diabetes mais "brando" que o Tipo 1.
- Diabetes Gestacional: é uma patologia que acomete subitamente mulheres nãodiabéticas que engravidam. No Diabetes Gestacional, a mulher desenvolve o Diabetes
somente durante a gestação porque produz uma quantidade insuficiente de insulina para
ela e seu bebê. Ao término da gestação, a mulher volta ao seu estado normal de
produção de insulina. Isto ocorre porque, neste período, a placenta produz substâncias
que bloqueiam a ação da insulina, o que pode provocar a elevação de glicose. Fatores de
risco são: Idade acima de 30 anos, obesidade ou ganho excessivo de peso na gestação;
parentes próximos com Diabetes; gestação anterior com bebê pesando mais que 4 Kg ao
nascer; aborto ou morte fetal anterior (não-esclarecidos); tratamento para "Pressão alta",
diabetes presente em gestações anteriores; presença de glicose na urina.
-Diabetes Mody (Maturity-Onset Diabetes of the Young): é um subtipo da diabetes
Mellitus, caracterizado por manifestação precoce (em geral abaixo dos 25 anos de
idade) e com transmissão autossómica dominante (determinada em pelo menos três
gerações). Corresponde a um defeito primário na secreção da insulina, associada a
disfunção na célula β pancreática. Assim, as premissas necessárias para o diagnóstico de
diabetes tipo MODY são: Diagnóstico efetuado antes dos 25 anos de idade em, pelo
menos, um membro da família, transmissão autossómica dominante com, pelo menos, 3
gerações atingidas pela diabetes, capacidade de controlo da diabetes sem recurso à
insulinoterapia (e sem desenvolver cetose) durante um período de, pelo menos, 2 anos
ou níveis significativos de péptido C.
Diabetes LADA: É um surgimento tardio da Diabetes Mellitus do tipo 1 e atinge de 2 a
12% dos casos, ou seja, 1,4 milhão de pacientes no Brasil. o paciente com LADA, em
geral, possue entre 35 a 60 anos, é magro e com cetose. Esse tipo de Diabetes tem uma
progressão lenta para a insulino-dependência, mas têm mais risco de complicações
cardiovasculares.
104
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

TIPOS:
Shang Xiao: Fei – Se Diabetes com muita sede.
Zhong Xiao: Pi e Wei – Se Diabetes com muita fome.
Xia Xiao: Shen – Se Diabetes com muita urina.
6.4.2- Características Clínicas – Lei Xing
1. Sintomas já descritos
2. Exames:
- Glicose no sangue: não pode passar de 114mg/L.
- Exame de urina por 3 dias seguidos, sendo positivo nas 3 vezes.
- Teste reativo com peptídeo C: para verificação da Insulina
- Cetonuria: verifica presença de cobre na urina.
6.4.3- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
1.Yin Xu ( Deficiência do Yin): a doença sempre começa a partir dela.
2.Zao Re (Calor Seco): geralmente vem da transformação do Yin Xu e pode evoluir
para Deficiência de Qi e Yin (Qi Yin Liang Xu).
* Possui duas fases:
INICIAL: Yin Xu Zao Re: Fei Re Jin Shang/ Wei Huo Zhi Sheng/ Shen Yin Kui Xu
FINAL: Qi Yin Liang Xu / Yin Yang Liang Xu
6.4.4- Tipos de Síndromes:
Shang Xiao: Fei – Se Diabetes com muita sede. (Yin Xu)
1- Fei Re Shang Jin Zheng – Calor no Fei
Manifestações Clinicas: Calor que gera irritação, sede, bebe água mas continua com
sede, boca seca, aumento da quantidade de urina.
L: vermelha, seca, saburra fina amarela
P: impetuoso e rapido
Principio Terapêutico: Qing Re Rum Fei Sheng Jin Zhi Ke – Tira calor, umidecer o
pulmão, produzir líquidos e parar a secura.
Fórmula: Xiao Ke Fang + Er Dong Tang
105
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Composição: Sheng Di 12g, Tian Dong 12g, Mai Dong 12g, Tian Hua Fen 20g, Yu
Zhu 10g, Huang Lian 5g, Huang Qin 6g, Xuan Shen 12g, Bei Sha Shen 12g, Zhi Mu
12g, Ge Gen 10g.
Zhong Xiao: Pi e Wei – Se Diabetes com muita fome. (Yin Xu)
2- Wei Huo Zhi Sheng Zheng – Ascensão do Fogo do Estomago
Manifestações Clinicas: Come muito, está sempre com fome, emagrecimento, boca
seca, sede, prisão de ventre, sangue na gengiva, mal hálito, dor de dente.
L: vermelha, saburra amarela e seca
P: impetuoso
Principio Terapêutico: Qing Wei Run Zao Yang Yin Zheng Ye – Eliminar calor do
estomago, umedecer secura, nutrir o Yin e produzir Jin Ye.
Fórmula: Yu Nu Jian
Composição: Sheng Shi Gao 30g, Zhi Mu 12g, Sheng Di 10g, Mai Dong 12g, Zhi Zi
10g, Niu Xi 12g, Xuan Shen 12g, Zhi Da Huang 5g, Huang Lian 5g.
Xia Xiao: Shen – Se Diabetes com muita urina. (Yin Xu)
3- She Yin Kui Xu Zheng – Deficiência do Yin do Rim
Manifestações Clinicas: Poliúria, urina turva e leitosa, boca seca e amarga, desconforto
lombar e nos joelhos.
L: vermelha com pouca saburra
P: profundo, fino e rapido
Principio Terapêutico: Zhi Yin Gu Shen – Nutre Yin e segura o Shen.
Fórmula: Zhi Bai Di Huang Wan ou Qi Ju Di Huang Wan
Composição:
Zhi Bai Di Huang Wan ( Liu Wei Di Huang Wan - modificado + Zhi Mu + Huang
Bai).
Qi Ju Di Huang Wan (Liu Wei Di Huang Wan – modificado + Gou Qi Zi + Ju Hua)
OBS: Liu Wei Di Huang Wan – modificado: Shan Yu Rou 6g, Shan Yao 15g, Dan Pi
6g, Fu Ling 12g, Yi Zhi Ren 10g, Long Gu 20g, Mu Li 20g, Huang Qi 15g.
106
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Evolução do Yin Xu – Fase Final
1- Qi Yin Liang Xu – Deficiência do Yin e da Essência.
Manifestações Clinicas: Não existe a característica de “3 muito e 1 pouco”, boca seca,
cansaço, sem força, palpitação, respiração curta, suor noturno ou espontâneo, calor nos
5 centros, insônia com muitos sonhos.
L: vermelha com marcas de dente, saburra fina com falhas, partes vermelhas no corpo
que se apresenta pálida e edemaciada.
P: fino e em corda
Principio Terapêutico: Yi Qi Yang Yin – Tonificar o Qi e nutrir o Yin
Fórmula: Shen Mai San + Zheng Ye Tang + outras substâncias.
Composição: Shen Mai San (Mai Dong 12g, Wu Wei Zi 12g, Ren Shen 10g), Zheng
Ye Tang (Mai Dong 12g, Xuan Shen 12g, Sheng Di 12g), Bai Shao Yao 12g, Huang
Jing 15g, Ge Gen 10g).
Evolução do Yin Xu – Fase Final
2- Yin Yang Liang Xu – Deficiência do Yin e do Yang
Manifestações Clinicas: Freqüência urinaria, cada vez que bebe água faz xixi, rosto
escurecido, joelhos e lombar com desconforto, corpo frio com aversão ao frio.
L: pálida com saburra branca
P: profundo e fino
Principio Terapêutico: Wen Yang Bu Yin Gu Se – Aquecer o Yang, tonificar o Rim e
adstringir o Jin Ye.
Fórmula: Shen Qi Wan modificado
Composição: Zhi Fu Zi 6g, Rou Gui 6g, Jin Ying Zi 10g, Fu Pen Zi 10g, Xuan Shen
12g, Xuan Shen 12g, Huang Jing 15g, Yin Yang Huo 10g, Du Zhong 10g, He Shou Wu
15g, Yi Zhi Ren 12g, Ge Gen 10g, Tian Hua Fen 15g.
6.5- Obesidade – Fei Pang Zheng
6.5.1- Gai Nian

A Obesidade é uma doença na qual a reserva natural de gordura aumenta até o
ponto em que passa a estar associada a certos problemas de saúde ou ao aumento
da taxa de mortalidade.
107
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo

Apesar de se tratar de uma condição clínica individual, é visto, cada vez mais,
como um sério e crescente problema de saúde pública, pois o excesso de peso
predispõe o organismo a uma série de doenças, em particular doença
cardiovascular, diabetes mellitus tipo 2, apnéia do sono e osteoartrite.

Na Medicina Ocidental a obesidade é avaliada em termos absolutos pelo IMC
(índice de massa corporal) e também pela sua distribuição na circunferência da
cintura ou pela razão entre as circunferências da cintura e do quadril. Além
disso, a presença de obesidade deve ser avaliada enquanto fator de risco
cardiovascular e outras condições médicas que podem aumentar o risco de
complicações.
Equação: IMC = kg / m2
Onde kg é o peso do indivíduo em quilogramas e m é sua altura em metros.
As atuais definições estabelecem a seguinte convenção de valores, acordada em 1997 e publicada em
2000:IMC menor que 18.5 é abaixo do peso

IMC entre 18.5 e 24.9 é normal

IMC entre 25.0 e 29.9 é acima do peso

IMC entre 30.0 e 39.9 é obeso/a

IMC de 40.0 ou mais é severamente (ou morbidamente) 'obeso(a)'

Pesquisadores já concluíram que o aumento da incidência de obesidade em
sociedades ocidentais nos últimos 25 anos do século 20 teve como principais
causas o consumo excessivo de nutrientes combinado com crescente
sedentarismo. Outros fatores que podem ter contribuído para esse aumento –
ainda que sua ligação direta com a obesidade não seja tão bem estabelecida – o
estresse da vida moderna e sono insuficiente.

Na MTC, o cálculo para se detectar obesidade é diferente:
Normal (Kg)= (altura – 100)x 0,9
Se o valor obtido for acima de 10 a 20% = obesidade
108
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
6.5.2- Diferenciação e Tratamento: Bian Zhen \ Lun Zhi:
Dan Cun Xing – Obesidade Simples: Paciente com sono, casaco, sem força,
desanimado, acima de 40 anos, pode apresentar hipertensão, arteriosclerose, aumento de
colesterol, doença coronariana, gordura no fígado, diabetes e AVC.
CAUSAS:
- Internas (Nei Yin): 1- Constitucional (genético)
2- Psicológico
3- Hormonal
4- Acúmulo de gordura
- Externas (Wai Yin): 1- Alimentação
2- Ambiental (emoções)
Ji Fa Xing – Obesidade Patológica: Paciente adiquire o sobrepeso em conseqüência
de uma doença. Possue sintomas como tensão nervosa, ansiendade, alterações
hormonais.
6.5.3- Diagnóstico:
1- Depende dos sintomas
2- Exame: Colesteral, PA, glicose, Hormônio, ECO, US.
3- Fórmula para cálculo de peso.
6.5.4 - Tipos de Síndromes:
1- Pi Wei Ji Re Zheng – Síndrome de acumulo de calor no Baço e no Estômago.
Manifestações Clinicas: obesidade, come muito, tem fome, rosto vermelho, boca seca
e amarga, ansiedade, calor no coração.
L: vermelha, sab amarela e gordurosa
P: escorregadio, rapido
Principio Terapêutico: tirar calor e harmonizar o E.
Fórmula: Bao He Wan + Xiao Cheng Qi Tang (modificadas)
Composição: Sheng Da Huang 10g, Zhi Shi 10g, Zé Xie 15g, Shan Za 10g, Fu Ling
12g, Huang Lian 6g, Shan Zhi Zi 10g, Yin Chen 20g.
109
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
2- Tan Zuo Nei Sheng – Síndrome de fleuma-fria abundante.
Manifestações Clinicas: obesidade, peso nos 4 membros, fleuma (Ta Yin), tontura,
desânimo, sem força, sufoco, gosta de comer carne gordurosa, doces e bebidas
alcoólicas.
L: sab branca e gordurosa
P: escorregadio
Principio Terapêutico: Secar umidade, tirar a fleuma e mover o Xue.
Fórmula: Er Chen Tang + Zé Xie Tang (modificado).
Composição: Zhi Ban Xia 6-9g, Chen Pi 10g, Fu Ling 10g, Gan Cao 6g, Shi Chang Pu
10g, Ze Xie 12g, Zhu Ru 10g, Zhi Dan Xing 6g, Zhi Da Huang 6g.
3- Qi Zhi Xue Yu – Estagnação de Qi e Xue
Manifestações Clinicas: obesidade, inchaço abdominal, disforia, rosto vermelho
escuro, insônia.
L: roxa com estase, base da língua escura, saburra fina.
P: aspero
Principio Terapêutico: Mover o Qi Xue
Fórmula: Xue Fu Zhu Yu Tang (modificado)
Composição: Dang Gui 10-12g, Sheng Di 10g, Tão Ren 10g, Hong Hua 9g, Chuan
Xiong 9g, Chi Shao 10g, Chai Hu 6-10g, Zhi Qiao 6-10g, Jie Gen 6g, Jie Gen 6g,
Chuan Niu Xi 10-12g, Yin Chen 15-20g, Zhi Da Huang 6-10g, Yu Jin 10g.
4-Pi Xu Bu Yun – Deficiência do Pi que não transforma e transporta.
Manifestações Clinicas: edema com a pele sem brilho, cansaço, sem força, corpo
pesado, plenitude no peito.
L: pálida,saburra branca, edemaciada
P: fino, lento, flutuante
Principio Terapêutico: fortalecer o Pi, mover a mucosidade
Fórmula: Shen Ling Bai Zhu Tang (modificado)
Composição: Dang Shen 15g, Huan Qi 15g, Chang Zhu 10g, Bai Zhu 10g, Fang Ji 10g,
Fu Ling 15g, Chen Qian Zi 15g, Ze Xie 15g, Da Fu Pi 15g, Chen Pi 10g, Gan Cao 6g.
110
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
5- Pi Shen Yang Xu – Síndrome de deficiência do Yang do Baço e do Rim.
Manifestações Clinicas: obesidade, rosto com edema, muito sono, cansaço, respiração
curta, sem força, frio nos 4 membros, fezes pastosas, suor espontâneo, respiração
ofegante.
L: inchada e pálida, saburra fina e branca
P: profundo e fino
Principio Terapêutico: Aquecer o Yang, fortalecer o Bp e tirar edema.
Fórmula: Zhen Wu Tang + Ling Gui Zhu Gan Tang (modificação)
Composição: Dang Shen 12g, Huang Qi 15g, Fu Ling 12g, Bai Zhu 12g, Bai Shao 10g,
Gan Jiang 6, Che Qian Zi 30g, Gui Zhi 6g, Mu Guan 10g, Shan Za 10g, Hu Zhang 15g.
111
INCISA– Prof. Paulo Noleto; Prof. Liu Z. Yang – Revisão: Profa. Wdielly Araújo
Fórmulas do Liu para emagrecer:
1- Shou Shen Fang – Formula de emgrecer
Jue Ming Zi 15, He Ye 10 (tira gordura), Zé Xie 12 (diurética), Sheng Di 12 (nutre Yin
“proteção”), Dang Shen 10, Huang Qi 15 (fortalece Bp), Shui Niu Jue 20 (diurética).
* 7 Dosagens – 2xdia
2- Jian Fei Chá – Chá para emagrecer
He Ye 10g, Shu Ye 10g, Shan Za 10g – Tomar todos os dias.
OBS: também usada para baixar o colesterol (sem efeito colateral)
3- Xiao Fei Yin – Bebida para emagrecer
He Ye 15g, Zé Xie 10g, Shan Za 15g – Tomar 1 litro por dia durante 1 mês
4- He Ye Tang – Sopa de folha de lótus para umidade-calor.
He Ye 10g, Chang Zhu 10g, Bai Zhu 10g, Huang Bai 6g, Niu Xi 10g, Yi Yi Ren 15g,
Huang Qi 15g, Gui Zhi 6g, Mu Gua 10g, Shan Za 10g, Zé Xie 12g, Hu Zhang 15g.
5- Jue Ming Zi Fen – Pó de semente de fedegoso
Jue Ming Zi 12g, Zé Xie 10g, Yu Li Ren 15g, Huo Ma Ren 10g, Shan Za 12g (total de
20g) – tomar 1 a 2x dia. OBS: para qualquer tipo de gordura.
6- Shou Shen Mei Ti Cha – Chá para emagrecer e embelezar o corpo
Jue Ming Zi 12g, Shan Za 9g, Chen Pi 6g, Gan Cão 6g – Tomar todos os dias 1x dia
112

Documentos relacionados