5ºB – WHAT IF WHAT IF – WHATIF?

Сomentários

Transcrição

5ºB – WHAT IF WHAT IF – WHATIF?
5ºB – WHAT IF – WHATIF?
Nas aulas de Language, tivemos a oportunidade de viajar pelo universo infantil
criado pelo consagrado escritor americano Shel Silverstein. Sua obra Where the
Sidewalk Ends retrata, em forma de poesia, ideias, conceitos, comentários e
questionamentos sob o ponto de vista infantil. Entre
Entre outros, exploramos o poema
Whatif,, que deu origem a este trabalho aqui apresentado.
Primeiramente, observamos métrica e rima, bem como outros
outro aspectos da forma
empregados pelo autor. Em seguida, os alunos puderam identificar, no conteúdo,
muitos dos medos e sentimentos que os rodeiam nessa idade. Usamos então a
criatividade e cada aluno escreveu uma versão subjetiva do poema, com seus
próprios whatifs.
Em Science,, quando discutimos a questão da sustentabilidade, nos deparamos
novamente com inúmeras perguntas sobre o mundo em que vivemos, e como este
será num futuro próximo, devido à ação destrutiva do homem. Diante disso,
pensamos em novamente fazer uso da estrutura
estrutura apresentada por Shel criando
mais uma versão – dessa vez, coletiva – do poema.
No trabalho de Orientação Educacional, buscamos mostrar e experimentar a
discussão de dilemas morais, além de analisar situações hipotéticas de convivência
conflituosa.
Ao propor essas práticas de educação, apresentamos situações que possibilitam a
formação moral de nossos alunos. Por meio da reflexão, eles tomam
conhecimento das diferentes perspectivas presentes nos problemas, raciocinando
além de sua própria percepção.
As práticas morais de ensino contribuem para legitimar a visão do outro sobre o
mundo e para favorecer a aceitação do diferente, além de enaltecer a participação
do indivíduo na vida coletiva. Nessas discussões, alunos e professores revezam-se
revezam
entre ouvir e falar, ensinar e aprender, pois compartilham um espaço oportuno
para que valores da vida social e cultural sejam construídos e transformados.
Professoras: Andrea Scoda, Bianca Rodrigues dos Santos,
Marcela Polo Minguete e Silva e Maria Regina Alfaia
Alfai