Baixe o folder completo

Сomentários

Transcrição

Baixe o folder completo
Pequena
introdução
ao estudo da
Linguagem
Cinematográfica
com exemplos
da História do
Cinema
Prof.º Francisco Conte
Tendo como referência
os principais momentos
que marcaram a
História do Cinema, o
curso despertará nos
alunos o interesse pela
apreciação do Cinema
como uma linguagem
própria, diferenciada das
outras artes, além de
transmitir conhecimentos
básicos necessários
para que os alunos
ingressem no estudo da
análise do filme.
Ao contrário de outros
tempos, hoje é cada
vez mais freqüente a
utilização de filmes como
material complementar
em todas as áreas do
conhecimento e assim,
um contato mais próximo
com o Cinema, sua
linguagem e respectiva
evolução, seria uma
ferramenta a mais
para os que precisam
recorrer ao audiovisual
na busca por um
conhecimento.
O curso será ministrado a partir de
dois conteúdos básicos, a serem
explorados de modo intercalado
1 - A Linguagem Cinematográfica, onde serão estudados
elementos tais como Planos; Posições de câmera,
Movimentos de câmera, Corte, Câmera Objetiva e
Câmera Subjetiva, Campo e Contra-Campo, “Move-in” e
Move-out”, “Flash-Back” e “Flash-Forward”, Simbolismo,
Paralelismo, Contraste, Simultaneidade, “Leit-Motiv”,
“Raccord” e “Faux-Raccord”, Argumento e Roteiro, Direção
Cinematográfica, Montagem, a equipe cinematográfica.
2 - História do Cinema, onde os participantes poderão
acompanhar a evolução da Linguagem Cinematográfica através
dos tempos. Para tanto, serão levantados alguns dos principais
períodos que marcaram a História da Cinematografia, como
por exemplo as “Fotografias Animadas” (1893/1900), os
primórdios da Sétima Arte (1900/1910), o cinema de grande
espetáculo Italiano (1911/1918), o Expressionismo Alemão
(1919/1929), a “Avant-Garde” francesa (anos 20), a Escola
Soviética (anos 20), o advento do Cinema Sonoro
(1927), o neo-realismo Italiano (1945 aos anos 50), a
“Nouvelle Vague Francesa” (1959 aos anos 60), o “Cinema
Novo” brasileiro (anos 60), as novas cinematografias dos anos
70 e 80, as cinematografias emergentes dos anos 90.
Público alvo:
Interessados em artes, especialmente cinema
De 20 de janeiro
a 7 de fevereiro
de 2014 das
19h às 22h30
(segundas, quartas
e sextas-feiras)
Francisco Conte é
professor de cinema
há 38 anos, mestre
em Comunicação
e Semiótica pela
PUC-SP e um dos
precursores do
movimento Super-8
brasileiro nos anos
70, premiado nos
principais festivais.
Programa
1º encontro - 20 de janeiro
O cinema e as demais artes. Evolução e formação
da Linguagem Cinematográfica nos primórdios
da cinematografia (1895/vésperas dos anos 20):
Lumière, Méliès, Cinema Italiano, Griffith.
Principais trechos de filmes: A Chegada do Trem
na Estação (Auguste e Louis Lumière, 1895); Viagem
à Lua (Georges Méliès, 1902); Cabiria (Giovanni
Pastrone, 1914); O Nascimento de uma Nação e
Intolerância (D. W. Griffith, 1915 e 1916).
4º encontro - 27 de janeiro
Anos 40. O Neo-Realismo Italiano. Cinema de
Guerra Americano (1941-45), “Film Noir” e Filme “B”,
o “Désuet” (1940-44). Cinema Brasileiro.
2º encontro - 22 de janeiro
Anos 20. A ascensão de Hollywood, o
Expressionismo alemão, a Escola Soviética, a
Vanguarda francesa.
Principais trechos de filmes: Ouro e Maldição
(Erich Von Stroheim, 1923/24) e Em Busca do
Ouro (Charles Chaplin, 1925); O Gabinete do
Dr. Caligari (Wiene,1919) e Nosferatu (F. W. Murnau,
1922); O Encouraçado Potemkin e Outubro (Sergei
Eisenstein, 1925 e 1927); Le Chien Andalou (Luis
Buñuel, 1928).
5º encontro - 29 de janeiro
Anos 40 e 50. “Filme A e Filme B”; “Film Noir”
e Filme “B”. “Filme B” e “Filme Z”. O “Trash”.
O “Twilight Zone”.
3º encontro - 24 de janeiro
Final dos anos 20 e anos 30. Vanguarda Francesa,
transição para o cinema sonoro. Primórdios do
cinema sonoro (1927- meados dos anos 30),
Pós-Expressionismo alemão (1929-33), o Realismo
Poético Francês, Hollywood. Cinema Brasileiro.
O cinema em cores.
Principais trechos de filmes: O Cantor de Jazz (Alan
Crosland, 1927); L’Âge D’Or (Luis Buñuel, 1930);
Limite (Mário Peixoto, 1930); M – o Vampiro de
Düsseldorf (Fritz Lang, 1931); O Sinal da Cruz (Cecil
B. DeMille, 1932); A Grande Ilusão (Jean Renoir,
1937); E o Vento Levou (Victor Fleming, 1939).
Principais trechos de filmes: Roma Cidade Aberta
(Roberto Rossellini, 1945) e Ladrão de Bicicletas
(Victorio De Sicca, 1947); Casablanca (Michael
Curtiz, 1943); O Boulevard do Crime (Marcel
Carné, 1945); Romance Proibido (Adhemar
Gonzaga, 1944).
Principais trechos de filmes: Retrato de Mulher
(Fritz Lang, 1944) e Espelhos d’Alma (Siodmak,
1946); A Fonte dos Desejos (Negulesco, 1954)
e Melodia Interrompida (Fitzmaurice, 1955);
Crepúsculo dos Deuses (Billy Wilder, 1950),
A Morte num Beijo (Robert Aldrich, 1955), e
Vampiros de Almas (Siegel, 1956); Glenn or
Glenda (Ed Wood, 1953) e A Mulher de 15 Metros
(Nathan Hertz,1958).
6º encontro - 31 de janeiro
Anos 50. O Neo- Realismo Italiano nos anos 50.
O “American Realism”. Nouvelle Vague.
Principais trechos de filmes: Europa 51 (Roberto
Rossellini, 1952) e Na Estrada da Vida (Federico
Fellini, 1954); Uma Rua Chamada Pecado (Elias
Kazan, 1951) e Férias de Amor (Logan, 1955);
Acossado (Godard, 1959), Hiroshima Meu Amor
(Alain Resnais, 1959) e Os Incompreendidos
(François Truffaut, 1959).
7º encontro - 3 de fevereiro
Anos 60. Nouvelle Vague. O cinema de Nova York.
O “free-cinema” inglês. Hollywood e o cinema
independente. O “Cinema Novo” brasileiro.
Principais trechos de filmes: Alphaville
(Godard, 1961); Help! (Lester, 1967); Mickey
One (Penn, 1965); Oito e Meio (Federico Fellini,
1962) e O Leopardo (Visconti, 1963); A Noviça
Rebelde (Wise, 1964) e Sem Destino (Hooper,
1968); Deus e o Diabo na Terra do Sol
(Glauber Rocha, 1964) e Os Cafajestes (Ruy
Guerra, 1962).
Período
De 20 de janeiro a 7 de fevereiro de 2014
Segundas, quartas e sextas-feiras
das 19h às 22h30
Carga horária - 30 horas em 9 encontros
Local
Espaço Itaú de Cinema - Anexo
Rua Augusta, 1470 - Cerqueira César - SP
Vagas 30 pessoas
8º encontro - 5 de fevereiro
Anos 70 e 80. Panorama geral (cinema
americano, italiano, francês, brasileiro. As novas
cinematografias (o neo-expressionismo alemão,
cinema australiano, argentino, espanhol).
(mínimo de 20 para a realização do curso)
Principais trechos de filmes: Tubarão (Spielberg,
1975); Ludwig (Visconti, 1973), Sopro no
Coração (Malle, 1971), Mad Max (Miller, 1978),
Camilla (Bemberg, 1984); O Desespero de
Veronika Voss (Fassbinder, 1981); Mulheres
à Beira de Um Ataque de Nervos (Almodovar,
1988).
A partir de 17/1 R$ 480,00 à vista
ou 2 cheques de R$ 255,00
9º encontro - 7 de fevereiro
Livre discussão com os alunos sobre os
rumos e tendências do cinema atual, inclusive o
brasileiro (anos 90 até os dias de hoje). A partir
de então, serão escolhidos pelos próprios
alunos, já providos dos conhecimentos básicos
necessários, os materiais fílmicos a serem
explorados.
Formas de pagamento
Até 16/1 R$ 450,00 à vista
ou 2 cheques de R$ 240,00
Inscrições - (11) 3266-5115
[email protected]
Rua Antônio Carlos, 288 - 1º andar
realização:

Documentos relacionados