Processos Psicológicos Básicos I

Сomentários

Transcrição

Processos Psicológicos Básicos I
Processos Psicológicos Básicos I
Curso:
Psicologia
Semestre:
2014.1
Corpo Docente:
MIRENY BARBOSA GOMES FONSECA
Coordenadores:
CLAUDIO REZENDE, EUSTAQUIO JOSE DE SOUZA JUNIOR
Carga Horária:
Total: 40,00h Semanal:2,00h Atividades de Aprendizagem Teórico/Prática:32,00h Atividades de
Aprendizagem Orientada:8,00h
Perfil do profissional
•
Atuar como agente promotor da saúde mental e qualidade de vida junto a pessoas e
organizações.
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
Ementa
Motivação. Vida Afetiva. Inteligência.
Competências
Conhecer as técnicas psicoterápicas para intervir de forma individual e coletiva nas
diversas instituições públicas e privadas.
Conhecer os domínios da Psicologia como ciência e profissão, em uma perspectiva
histórica; os diferentes sistemas em Psicologia em termos dos seus pressupostos
epistemológicos e concepção de ciência que lhe são subjacentes.
Conhecer a lógica dos processos de investigação, os instrumentos e procedimentos
pertinentes à pesquisa científica no campo da Psicologia.
Conhecer e atuar em políticas e programas de saúde.
Conhecer os processos psicológicos e psicossociais básicos e evolutivos que estruturam
as relações do sujeito com seu ambiente físico, social e cultural de modo a compreender os
binômios normalidade/anormalidade; saúde/doença, em sua existência.
Conhecer a estrutura, o desenvolvimento e o funcionamento bio-fisio-neurológico do
organismo humano, identificando as inter-relações com os processos psicológicos.
Conhecer teorias e técnicas psicoterápicas e psicopedagógicas que possibilitem
intervenções em todas as faixas etárias, nos diferentes níveis de atenção à saúde e contextos
profissionais.
Conhecer os processos de gestão de pessoas em diferentes tipos de organizações e
suas implicações para o desempenho e bem-estar de indivíduos e grupos.
Conhecer instrumentos de avaliação de diferentes tipos de fenômenos psicológicos –
cognitivos, afetivos e comportamentais –, bem como técnicas de intervenção individuais e
coletivas frente aos fenômenos psicológicos e psicossociais.
Conhecer instrumentos de avaliação de diferentes tipos de fenômenos psicológicos cognitivos, afetivos e comportamentais -, bem como técnicas de intervenção individuais e
coletivas frente aos fenômenos psicológicos e psicossociais.
Conhecer os recursos didáticos e metodológicos, para atuar no ensino da Psicologia nos
diversos contextos da educação formal e informal.
Conhecer as transformações político-sociais, adequando sua prática pedagógica às
exigências de uma educação inclusiva, comprometida com os valores da solidariedade e
cidadania.
Conhecer a organização escolar, gestão e legislação de ensino referentes à educação
no Brasil, assim como a análise das questões educacionais relativas à dinâmica institucional e
à organização do trabalho docente na área da Psicologia.
Conhecer a realidade escolar brasileira e as articulações existentes com as políticas
públicas educacionais e o contexto socioeconômico do país.
Habilidades
•
•
•
•
•
•
•
Analisar e Interpretar
Tomar decisão
Liderar
Ser criativo
Raciocinar de forma lógica
Raciocinar de forma crítica e analítica
Negociar
•
•
•
•
•
•
Planejar
Trabalhar em Equipe Multiprofissional
Relacionamento Interpessoal
Comunicar
Analisar e Interpretar.
Comunicar.
Justificativa da Disciplina
É importante que a formação do psicólogo lhe ofereça embasamento teórico para compreender
os processos psicológicos básicos, analisando os aspectos biológicos e contextuais neles
implicados.
•
Objetivo da Disciplina
Caracterizar os referidos processos psicológicos básicos, apresentando suas
respectivas diversidades teóricas, a evolução de seus estudos, a metodologia adotada para a
tentativa de compreensão acerca de cada um deles, assim como sua importância histórica
para o campo da psicologia.
Objetivos por Unidade de Ensino
Conhecer as teorias da motivação humana, identificar os fatores que interferem nos
processos motivacionais e afetivos e suas implicações no comportamento humano
•
Conhecer os conceitos e teorias da emoção e estabelecer sua relação com outros
processos psicológicos básicos. Discutir sobre as possibilidades e limites da influência de
estruturas biológicas cerebrais no comportamento emocional.
•
Conhecer os aspectos históricos que contribuíram para o desenvolvimento do conceito.
Identificar as diferenças, bem como fatores complementares entre as teorias.
•
•
•
•
•
•
Unidades de Ensino
Motivação
Vida Afetiva
Inteligencia
Metodologia
.A abordagem das unidades de ensino relacionadas será trabalhada através de aulas
teórico-expositivas, estudos dirigidos, seminários, pesquisas e revisão bibliográfica.
Proposta Metodológica - Atividades de Aprendizagem Teórico/Práticas
As aulas teóricas serão desenvolvidas de forma interativa, com projeção multimídia,
programas de computador, exposição dialogada, discussão e problematização dos assuntos,
trabalhos em grupos, utilização diversificada de recursos didáticos e audiovisuais, objetivando
a construção de espaços potenciais de ensino-aprendizagem.
Proposta Metodológica - Atividades de Aprendizagem Orientadas
•
Serão atividades extraclasse, que os acadêmicos desenvolverão, visando a autoaprendizagem, descritas na aula estruturada de forma clara, objetiva, contendo o tempo
médio que o acadêmico necessitará para o seu desenvolvimento, podendo compor as
avaliações parciais.
Proposta de Avaliação do Processo Ensino e Aprendizagem
•
As avaliações oficiais e parciais serão cumulativas dos assuntos abordados na disciplina
no decorrer do semestre. As avaliações poderão ser realizadas através de: prova escrita,
prova prática, participação do aluno nas atividades práticas, estudos dirigidos, discussão de
relatórios, seminários e outros.
Referências Básicas
JOHNMARSALL, Reeve,. Motivação e Emoção. 4. ed. RJ: LTC, 2006.
GOMES, Penna, Antonio. Introdução a Motivação e Emoção. 4. ed. São Paulo: Imago,
2006.
BOCK, Ana Mercês Bahia; TEIXEIRA, Maria De Lourdes Trassi; FURTADO, Odair.
Psicologias: Uma introdução ao estudo de Psicologia. 14. ed. São Paulo : Saraiva, 2009.
Referências Complementares
ANGELO., Machado. Neuroanatomia funcional. sao paulo: atheneu, 2000.
L., Davidoff L.. Introdução à Psicologia. São Paulo: Pearson , 2009.
ATKINSON. Introdução à psicologia.. Porto Alegre: Artmed, 1995.
HOWARD, Gardner,. Inteligências múltiplas: a teoria na prática. Porto Alegre: Artes
Médicas, 2000.
E.., Guyton A C Hall J. Fisiologia humana: Fisiologia humana. 6. ed. Rio de Janeiro:
Guanabara Coogan, 2008.
Periódicos
Multi-Mídia
Outras Fontes de Pesquisas

Documentos relacionados

Processos Psicológicos Básicos II

Processos Psicológicos Básicos II  A avaliação será processual e contínua e se dará a partir da observação e análise das atividades desenvolvidas no curso, baseada nos seguintes critérios:

Leia mais

Psicologia do Desenvolvimento - Cefid

Psicologia do Desenvolvimento - Cefid KREBS. R.J. Teoria dos Sistemas Ecológicos: Um paradigma para desenvolvimento infantil. Santa Maria: Casa Editorial,1995. MICHAELS. G. Ciência Psicológica: mente, cérebro e comportamento. Porto Ale...

Leia mais