Produção em alta - Móveis de Valor

Сomentários

Transcrição

Produção em alta - Móveis de Valor
matériaprima
Produção em alta
Por Mariane Antunes - Curitiba (PR)
Cresce no País o número de fabricantes de painéis para o setor moveleiro
C
omo vimos na edição 123, de janeiro/fevereiro deste
no País. E esse cenário se repete há alguns anos. Em 2005,
ano, de acordo com dados da Abipa – Associação
por exemplo, a produção foi de 3,9 milhões, e apenas 417
Brasileira da Indústria de Painéis de Madeira, a
mil m³ foram exportados. Para a superintendente executiva
hectares de reflorestamento das espécies Paricá –
indústria de painéis do Brasil fabricou ano passado 7,3 milhões
da ABIPA, Rosane Dill Donati, “com investimentos de US$
nativa da região amazônica – e Eucalipto, florestas
de m³ e a previsão é que esse número irá crescer ainda mais,
1,2 bilhão para o período 2010/2014, a capacidade instalada
que seguem rígidas normas de controle ambiental e de
com as novas unidades de fabricação e a ampliação produtiva
brasileira dará um salto de 9,1 milhões m³ em 2010 para 10,9
manejo florestal sustentável. De acordo com o diretor
de algumas empresas já estabelecidas.
milhões de m³ anuais em 2014”.
da empresa, Adriano D’Agnoluzzo, hoje a oferta
A produção nacional está totalmente focada no mercado
Um bom exemplo desse crescimento acontece com a
e a demanda do mercado interno está equilibrada.
interno, porém, com pequenos percentuais exportados. Dos
Foraplac, de Paragominas (PA). A empresa é a maior e mais
Conforme o mercado cresce, surgem novas fábricas
7,3 milhões de m³ produzidos em 2012, 7,1 milhões ficaram
recente planta industrial do Grupo Concrem, composto por
para suprir a demanda. Para ele, localização,
84
outras três unidades produtivas
qualidade dos produtos e agilidade na entrega são os
de pisos de madeira e painéis
principais diferenciais da empresa.
compensados.
Outra empresa que está ganhando espaço nesse
Especializado no setor produtivo de
segmento é a Moguitam no Brasil, com sede em
painéis de madeira há mais de 30
Curitiba (PR). A empresa é uma filial do Grupo
anos, o Grupo Concrem é responsável
Schwartzvrena, que possui quatro fábricas pelo mundo
pela fabricação de 180 mil m³/ano de
e produz fibra de madeira (hardboard), compensado
MDF crú e revestidos do mais alto
e MDP. No Brasil a empresa trabalha com fibra de
padrão de qualidade e resistência,
madeira, produzida na própria fábrica e outra parte
e prevê a implantação de uma nova
adicionada da Eucatex. Além da fibra de madeira, a
linha de produção em 2015 para
empresa revende MDF/HDF cru, revestido e pintado da
ampliar a produção para 700 mil m³/
Arauco, Berneck e Eucatex.
ano, ou seja, quase quadruplicar a
O volume de produção da fábrica é de
produção em menos de dois anos.
aproximadamente 12mil m³/mês e a principal matéria-
A empresa tem atuação estabelecida
prima utilizada no Brasil é o pinus e o eucalipto.
nas regiões Norte, Nordeste e
Na unidade da Bolívia a principal matéria-prima é
Centro-Oeste. A matéria-prima
o curupau. Os principais mercados atendidos pela
utilizada pela fábrica é proveniente
Moguitam estão no Sul e Sudeste do País, nas fábricas
de reflorestamentos próprios
de móveis, portas, embalagens, artesanato, urnas e
cultivados pelo grupo no Estado
setor automotivo. O foco são os clientes de pequeno e
do Pará, detendo mais de 30 mil
médio porte e o diferencial está no preço competitivo.
“
A capacidade
instalada brasileira
dará um salto de 9,1
milhões m³ em 2010
para 10,9 milhões de m³
anuais em 2014
”
Rosane Dill Donati
Superintendente executiva da ABIPA
85

Documentos relacionados

- Centro Gestor de Inovação Moveleiro

- Centro Gestor de Inovação Moveleiro Número do Setor Evolução da Indústria de Painéis Mercado de Painéis de Madeira Brasil x Exterior Aplicação Doméstica Distribuição Regional Floresta Plantada - uso do solo brasileiro Desafios para a...

Leia mais

CresCimento

CresCimento Na segunda parte do Dossiê, acompanhe a evolução do mercado de revestimentos e as tendências em tecnologia para painéis e revestimentos que influenciarão o mercado brasileiro.

Leia mais