Mamíferos aquáticos infectados ou portadores de patógenos

Сomentários

Transcrição

Mamíferos aquáticos infectados ou portadores de patógenos
06/11/2014
Projeto educacional e informativo destinado ao combate das zoonoses
provenientes de mamíferos marinhos em Fortaleza - CE
Mamíferos aquáticos infectados ou
portadores de patógenos zoonóticos
Afetados: treinadores, veterinários,
voluntários, turistas, médicos desinformados
Doenças: dermatites, tuberculose, leptospirose,
brucelose
Fatores de risco: exposição prolongada e
frequente com animais vivos, carcaças, águas
de criatórios
1
06/11/2014
Não tentar devolver o animal para
a água
Obter fotografias do animal, para a
identificação da espécie e documentação do
caso
Evitar respirar o ar expirado pelos animais
Evitar manipular os animais sem luvas
Não se aproximar da cauda
• Doentes
Normas agudos
sanitárias
com orientação e
ouadequadas,
crônicos, com
monitoração de todos os procedimentos.
sintomas
respiratórios,
lesõescom
de pele,
• Doentes
agudos
ou crônicos,
sintomas respiratórios,
lesões de pele, imunossuprimidos,
grávidas,
contato
imunossuprimidos,
grávidas, evitar
contatoevitar
com mamíferos
com
mamíferos
marinhos
e
preparo
da
alimentação
marinhos e preparo da alimentação dos animais; dos
animais;
Sorologias
anuais;
• Sorologias anuais;
recipientes
• Cozinha,
Cozinha e área
áreade
demanuseio
manuseio de
dealimentos
alimentos eapenas
para apenas
esse
fim eesse
desinfetadas
diariamente;
para
fim e desinfetadas
diariamente;
• Necropsia:
Necropsia: máscara,
máscara, luvas,
luvas,botas,
botas,óculos
óculosee avental;
avental;
• Lavagem
das
mãos
com
sabão
anti-séptico
antes
Lavagem
mãos com
sabão anti-séptico
antese edepois
depois de
de
manejardas
os animais
e preparar
a sua alimentação;
manejar
os
animais
e
preparar
a
sua
alimentação;
• Os recipientes de alimentação individuais e corretamente
higienizados após cada uso;
2
06/11/2014
Boto Cinza – Sotalia guianensis
Baleia Cachalote - Physeter macrocephalus
Peixe- Boi Marinho – Trichetus manatus
manatus
Boto cinza - Sotalia guianensis
3
06/11/2014
Baleia cachalote - Physeter
macrocephalus
Peixe-boi marinho - Trichechus
manatus manatus
4
06/11/2014
Primeiros relatos: pescadores e baleeiros
Características Anatômicas
Caracterísitcas Comportamentais
“Misticismo e Fascínio” : Principalmente Cetáceos
Problema de Saúde Pública
Problema Ecológico
Zoonoses sempre existiram
Antes: Pescadores, caçadores e índios sem recursos médicos
Hoje: Biológos, Veterinários, Treinadores com recursos
médicos
Vias de transmissão
Direta: oral, pele, mucosa
Indireta: aerossol, fomites, água contaminada
Fezes, saliva, sangue, urina, leite, secreções, pele
Esforços para resgate/reabilitação/necropsia: manipulação intensa,
doenças crônicas
5
06/11/2014
Agentes Virais : Poxvírus ; Calicivírus; Influenza A;
Raiva
Agentes Bacterianos: Streptococcus; Sthaphilococcus;
bulkhoderia; Pseudomonas; Leptospira; Erisipelothrix;
Mycobacterium; Brucella; Mycoplasma ; Plesiomonas,
Aeromonas, Salmonella, Clostridium, Nocardia,
Klebsiella, Proteus e Corynebacterium
Agentes Fúngicos: Loboa loboi; Aspergillus; Candida
Emergentes
Erisipela (Baleia Piloto)
Tuberculose (Cetáceos, Sirênios e Pinípedes)
Brucelose (Cetáceos e Pinípedes)
Seal Finger Disease (Focas)
Varíola (Varíola das Focas)
Raiva (Sirênios, Cetáceos e Pinípedes)
Aspergilose (Cetáceos)
Lobomicose ( Golfinhos)
Leptospirose (Pinípedes e Sirênios)
Toxoplasmose (Pinípedes, Sirênios e Cetáceos)
6
06/11/2014
7
06/11/2014
Golfinhos e botos: presos em redes de pesca –
captura acidental – aproveitamento da carne
e outras partes
Filhotes de peixe-boi: degradação dos
estuários, fêmea dá luz em alto mar –
filhotes não sabem nadar direito e são
levados com as ondas – encontrados com
resquícios de cordão umbilical
8
06/11/2014
Figura 1: Número total de acidentes ambientais registrados pelo IBAMA no período de 2006 a 2013
(IBAMA 2013)
Segundo o Relatório de Acidentes Ambientais do ano de 2013 do IBAMA, no
período de 2006 a 2013, foi registrado pelo IBAMA um total de 3.970 eventos
caracterizados como acidentes ambientais(IBAMA 2013)
Animais de organização social complexa
Períodos de aquecimento climático e mudanças
na corrente oceânica
71% dos encalhes no primeiro semestre :
boto cinza
peixe-boi marinho
baleia cachalote
9
06/11/2014
Monitoramento sistemático de Cetáceos
Encalhados: Ceará
Monitoramento de peixes –boi marinhos:
Projeto Peixe-Boi -IBAMA
Área de Atuação: Fortaleza – CE
Público Alvo: Turistas, população local e funcionários de
ONGs destinadas ao resgate de fauna marinha
Distribuição de 100.000 panfletos informativos : hotéis,
hostels, pousadas, e estabelecimentos comerciais
Fixação de 500 pôsteres em locais turísticos e principais
estabelecimentos comerciais
Palestras nas ONGs para biólogos, veterinários e
voluntários
10
06/11/2014
Período de Ação: 1 ano
Avaliação da Eficácia do Projeto: Comparação do
número de notificações de casos antes e depois de um
ano de implantação do projeto
Custos Estimados:
Panfletos: R$ 15.000,00
Posteres: R$ 5.000,00
Transporte: R$ 500,00
Recursos Humanos: Voluntariado
Posso devolver o animal para o
mar?
Não. Você também pode transmitir doenças para os
animais marinhos! Se isso acontecer e o animal
retorna ao seu ambiente natural, pode também infectar
o restante do seu grup
1o, colocando em risco a
conservação da espécie! O animal apenas pode voltar
para o mar se você e todos que auxiliaram no resgate
estavam saudáveis e usando máscaras e luvas de
borracha.
E se ele estiver morto? Posso
mexer no animal?
Não. Nesse caso cuidado dobrado! Não se sabe se o
animal encalhou por que estava doente. Não corra esse
risco! As orientações são as mesmas. Evite contato com
o animal, e se for necessário manuseá-lo, use
máscaras e luvas de borracha. Mesmo com essa
proteção não mexa no animal caso você esteja gestante,
doente ou com ferimentos.
Não tomei as precauções! E agora?
Cuide de sua saúde! Procure um médico e não se
esqueça de contar que teve contato com um animal
marinho.
PROTEJA-SE DAS DOENÇAS
TRANSMITIDAS POR
ANIMAIS MARINHOS!
11
06/11/2014
PROTEJA-SE DAS DOENÇAS
TRANSMITIDAS POR
ANIMAIS MARINHOS!
Você Sabia que Animais Marinhos podem
transmitir doenças para você e sua família?
Golfinhos, Baleias, Leões Marinhos, Peixes-Boi e outros mamíferos marinhos podem
ser portadores de doenças como leptospirose e raiva! Entrando em contato com esses
animais você pode se contaminar com essas e outras doenças!
E se eu encontrar um Animal Marinho
encalhado?
 Entre em contato com organizações responsáveis por resgate de animais marinhos
 Não respire o ar expirado pelas narinas ou orifício respiratório
 Use luvas de borracha e máscara para manusear os animais
vivos ou mortos
 Se você não tomou as precauções e entrou em contato com um animal marinho, procure um
médico o mais rápido possível.
Zoonoses não são conhecidas
Pouca informação online
Aumento do número de encalhes + alto
fluxo de turistas
Programas atuais com enfoque diferente
12
06/11/2014
Enfoque nas doenças que
acometem a espécie humana
Linguagem simples e direta
Orientação preventiva e curativa
Casos isolados, mas não menos
importantes
Projeto educacional é o suficiente para
reduzir as notificações de casos
13
06/11/2014
Ana Beatriz Pereira da Silva
Giovanna Favarati
Marcela Muriel Marques
Nívea S. M. Derani
Thamires Shizue
14
PROTEJA-SE DAS
DOENÇAS
TRANSMITIDAS POR
ANIMAIS MARINHOS!
Você Sabia que Animais Marinhos
podem transmitir doenças para
você e sua família?
Golfinhos, Baleias, Leões Marinhos, Peixes-Boi e outros
mamíferos marinhos podem ser portadores de doenças como
leptospirose e raiva! Entrando em contato com esses animais
você pode se contaminar com essas e outras doenças!
E se eu encontrar um Animal
Marinho encalhado?
 Entre em contato com organizações responsáveis por resgate de
animais marinhos
 Não respire o ar expirado pelas narinas ou orifício respiratório
 Use luvas de borracha e máscara para manusear os animais
vivos ou mortos
 Se você não tomou as precauções e entrou em contato com um animal
marinho, procure um médico o mais rápido possível.
Posso devolver o animal para o
mar?
Não. Você também pode transmitir doenças para os
animais marinhos! Se isso acontecer e o animal
retorna ao seu ambiente natural, pode também infectar
o restante do seu grup
1o, colocando em risco a
conservação da espécie! O animal apenas pode voltar
para o mar se você e todos que auxiliaram no resgate
estavam saudáveis e usando máscaras e luvas de
borracha.
E se ele estiver morto? Posso
mexer no animal?
Não. Nesse caso cuidado dobrado! Não se sabe se o
animal encalhou por que estava doente. Não corra esse
risco! As orientações são as mesmas. Evite contato com
o animal, e se for necessário manuseá-lo, use
máscaras e luvas de borracha. Mesmo com essa
proteção não mexa no animal caso você esteja gestante,
doente ou com ferimentos.
Não tomei as precauções! E agora?
Cuide de sua saúde! Procure um médico e não se
esqueça de contar que teve contato com um animal
marinho.
PROTEJA-SE DAS DOENÇAS
TRANSMITIDAS POR
ANIMAIS MARINHOS!
Você Sabia que Animais Marinhos
podem transmitir doenças para
você e sua família?
Golfinhos, Baleias, Leões Marinhos, Peixe-Bois e outros
mamíferos marinhos podem ser portadores de doenças
como leptospirose e raiva! Entrando em contato com
esses animais você pode se contaminar com essas e
outras doenças!
E se eu encontrar um Animal
Marinho encalhado?
Entre em contato com uma equipe de resgate! O ideal é
que pessoas treinadas auxiliem o animal encalhado.
Procure saber qual organização está mais próxima de
você para acionar o serviço de resgate
Isole a área!!! O animal está fora do seu ambiente
natural, portanto está estressado: trabalhar em
silêncio, evitando gritos, gestos bruscos. Se possível
tirar fotos, para possibilitar a identificação da espécie e
melhor planejamento do resgaste.
Mas eu quero ser um voluntário!
Como devo agir?
Não manipular esses
animais sem luvas de
borracha e máscara. Os
animais quando
portadores de algumas
doenças, podem
transmiti-las ao homem
através do contato com
a pele, urina, fezes, leite,
saliva, secreções, água e
através do ar.
Evite respirar o ar expirado pelos animais! Nos cetáceos,
esse ar vem do orifício por onde sai o “esguicho”.
Cuidado! O esguicho não é água! É ar quente que sai
dos pulmões do animal e ao entrar em contato com a
temperaturatura mais baixa do ambiente fica com
aspecto líquido. Esse ar pode estar contaminado!
Se você está com algum ferimento, baixa imunidade,
problema respiratório, ou se tem alguma doença aguda
ou crônica, evite se aproximar do animal.

Documentos relacionados

Mamíferos Marinhos

Mamíferos Marinhos Golfinho-flipper do IndoPacífico Golfinho-pintado Golfinho-pintado do Atlântico Golfinho-rotador Golfinho-rotador de bico curto Golfinho-listrado Golfinho-comum Golfinho-comum de bico longo Golfinh...

Leia mais