20 Set | Domingo Encontro unitário dos Conselhos Pastorais

Сomentários

Transcrição

20 Set | Domingo Encontro unitário dos Conselhos Pastorais
20 Set | Domingo Encontro unitário dos Conselhos Pastorais
Paroquias, às 15h em Sta. Clara.
21 Set | Segunda Festa de S. Mateus, Eucaristia às 18.30 na
Igreja de S. Maximiliano
26 Set | Sábado Formação catequista. Todo o dia no Colégio
dos Salesianos (Estoril).
Aniversário da Fraternidade OFS, Eucaristia às 18.30
na Igreja de S. Maximiliano com admissão de novos
irmãos.
2015
Programa CPP:
15h - Oração inicial.
15.15 - Tema do ano: Misericordiosos como o Pai.
16.00 - Elaboração do Calendário pastoral de toda a Unidade Pastoral Franciscana.
17.30 – Comunicações.
18.00 - Oração conclusiva.
Festival Diocesano da Canção. Colégio dos Salesianos
em Manique, às 21h.
28 Set | Segunda Encontro Intercomunitário dos Freis, Eucaristia às 7.45 na Igreja de
Sta. Clara.
29-30 Set | Terça e Quarta: CPB (Curso de Preparação ao Batismo). Igreja de Sta. Beatriz,
às 21h.
3 Out | Sábado Peregrinação da Família Franciscana a
Fátima.
4 Out | Domingo Missa da solenidade de S. Francisco
Bênção da nova imagem de São Francisco na Eucaristia das 11h em S. Maximiliano.
Início da Semana Franciscana (4 a 11 de Outubro) com a Festa da Catequese.
Tema: Laudato si'. Salão Santa Beatriz, 15.30.
Início do Sínodo dos Bispos sobre a Família (Roma, 4 a 25 de Outubro).
Dia das eleições.
9 Out | Sexta Vigília de Oração (Trânsito de S. Francisco), S. Maximiliano, 21h15 (Fraternidade
OFS)
11 Out | Domingo Conclusão da Semana Franciscana com a Festa da Juventude. Tema: A
Esperança é jovem e missionária. Lugar: Espaço Santa Clara.
Programa: 15h: jogo-acolhimento; 16h: encontro de partilha (todos os grupos
apresentam as atividades de verão); 18h: lanche-partilhado; 20h: vigília de oração.
21h30: mandato novo ano.
Aura Miguel, jornalista portuguesa da Radio Renascença acreditada nas viagens papais, conseguiu entrevistar Papa Francisco, talvez graças à coincidência
da Visita ad limina da Conferência Episcopal Portuguesa à Sé de Pedro.
Como já estamos agora acostumados, o Papa responde com liberdade e franqueza a todas as questões
colocadas.
Eis então que falou de variados assuntos e questões: falou da Igreja, universal e em Portugal,
falou dos jovens, falou do ambiente citando a encíclica Laudato Si’, falou da catequese, falou do
trabalho, falou da família e do mundo em que vivemos, falou de quantas vezes se confessa e de
como imagina a eternidade, falou , e muito, da emigração dizendo que esta crise «é a ponta de
um icebergue. Vemos estes refugiados, esta pobre gente que escapa da guerra, que escapa da
fome, mas essa é a ponta do icebergue».
O Papa Francisco, não nos pede tolerância, pede acolhimento, coragem de desinstalar das nossas opiniões e, sobretudo, do medo que nos bloqueia.
Mais uma vez foi ao cerne da questão para nós cristãos e católicos, lembrando que «se uma
igreja, uma paróquia, uma diocese, um instituto, vive fechada em si mesmo, adoece (acontece o
mesmo com o quarto fechado) e ficamos com uma Igreja raquítica, com normas rígidas, sem
criatividade, segura, mais que segura, assegurada por uma companhia de seguros, mas não
segura! Pelo contrário, se sai – se uma igreja, uma paróquia saem – lá para fora, a evangelizar,
pode acontecer-lhe o mesmo que acontece a qualquer pessoa que sai para a rua: ter um acidente. Então, entre uma igreja doente e uma Igreja acidentada, prefiro uma acidentada porque,
pelo menos, saiu para a rua». E, mais à frente acrescentou: «quantas vezes, na Igreja, Jesus
bate à porta do lado de dentro para que O deixemos sair, a anunciar o reino? Por vezes, apropriamo-nos de Jesus só para nós, e esquecemo-nos que uma Igreja que não está em saída, uma
Igreja que não sai, mantém Jesus preso, aprisionado».
No início de um novo ano pastoral, não faltam as provocações e as sugestões para sermos, todos, (padres, leigos, religiosos), cristãos mais proféticos.
Será que teremos a ousadia de abrir as portas do «nosso Vaticano»?
Frei Fabrizio
25º DOMINGO DO TEMPO COMUM
S. Tiago 3,17
“A sabedoria que vem do alto
é pura, pacífica, compreensiva
e generosa, cheia de misericórdia
e de boas obras, imparcial e sem
hipocrisia”.
À escuta da Pa lavra
Salmo 53 O Senhor sustenta a minha vida
1ª Leitura – Do Livro da Sabedoria (Sab 2,12. 1720) «Condenemo-lo à morte infamante».
ORAÇÃO
É difícil, Jesus, renunciar
à minha vontade de ser o primeiro,
2ª Leitura - Da segunda Epístola De São Tiago (Tg à minha necessidade de emergir,
3,16-4, 3 «O fruto da justiça semeia-se na paz para à minha sede de poder,
aqueles que praticam a paz» .
de conduzir os outros
Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo pelos caminhos por mim traçados,
São Marcos (Mc 9, 30-37)
e aceitar a tua lógica que tudo muda.
Naquele tempo, Jesus e os seus discípulos cami- É difícil, Jesus, escolher
nhavam através da Galileia. Jesus não queria que o papel menos desejado,
ninguém o soubesse, porque ensinava os discípu- o serviço mais humilde,
los, dizendo-lhes: «O Filho do homem vai ser entre- a missão menos gloriosa
gue às mãos dos homens, que vão matá-l’O; mas e aceitar o lugar dos últimos,
Ele, três dias depois de morto, ressuscitará».
onde não chega a luz dos holofotes ,
Os discípulos não compreendiam aquelas palavras nem as honorificências.
e tinham medo de O interrogar. Quando chegaram
a Cafarnaum e já estavam em casa, Jesus pergun- Contudo, Jesus, é esta a lógica
tou-lhes: «Que discutíeis no caminho?». Eles fica- que conduziu a tua vida:
ram calados, porque tinham discutido uns com os fizeste-te pequeno e pobre,
destes atenção e valor aos doentes,
outros sobre qual deles era o maior.
Então, Jesus sentou-Se, chamou os Doze e disse- pecadores e marginalizados,
lhes: «Quem quiser ser o primeiro será o último de não procuraste o favor dos potentes,
nem o apoio de quem conta.
todos e o servo de todos».
E, tomando uma criança, colocou-a no meio deles, Por isso foste rejeitado, caluniado,
abraçou-a e disse- desprezado e tentaram eliminar-te.
lhes: «Quem rece- Como acreditar numa salvação
ber uma destas que se realiza através da cruz, uma
crianças em meu plenitude que prevê o esvaziamento,
nome é a Mim que uma alegria que passa pelo sacrifício,
recebe; e quem Me uma ressurreição que vem depois de
receber não Me uma morte desgraçada?
recebe a Mim, mas
Àquele que Me
Roberto Laurita
enviou».
19-28 DE SETEMBRO DE 2015
Programa da Viagem Apostólica do Papa Francisco
a Cuba, aos Estados Unidos da América e Visita à
Sede da Organização das Nações Unidas por ocasião da participação ao VIII Encontro Mundial das
Famílias na Filadélfia.
A destacar: (horário de Lisboa)
Domingo, 20 de Setembro de 2015
14.00 - Santa Missa na Praça da Revolução em Havana - Angelus
21.00 - Visita de Cortesia ao Presidente e ao Conselho dos Ministros da República no
Palácio da Revolução em Havana
Terça-feira, 22 de Setembro de 2015
16.00 - Encontro com as Famílias na catedral de Nossa Senhora da Assunção em Santiago
Bênção à cidade em frente à Catedral de Santiago
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2015
14.15 - Cerimónia de boas-vindas no South Lawn da Casa Branca
Visita de Cortesia ao Presidente dos Estados Unidos
16.30 - Encontro com os Bispos dos Estados Unidos na Catedral de São Mateus em Washington, D.C.
21.15 - Santa Missa e Canonização do Beato Pe. Junipero Serra no Santuário Nacional da
Imaculada Conceição em Washington, D.C.
Quinta-feira, 24 de Setembro de 2015
14.20 - Visita ao Congresso dos Estados Unidos
16.15 - Visita ao Centro Caritativo da Paróquia de São Patrício e encontro com os semabrigo em Washington, D.C.
Sexta-feira, 25 de Setembro de 2015
13.30 - Visita à Sede da Organização das Nações Unidas
16.30 - Encontro Inter-religioso no Memorial Ground Zero em Nova Iorque
21.00 - Visita ao Colégio Nossa Senhora Rainha dos Anjos e encontro com as crianças e
famílias de imigrantes em Nova Iorque (Harlem)
23.00 - Santa Missa no Madison Square Garden em Nova Iorque
Sábado, 26 de Setembro de 2015
13.40 - Partida em avião para Filadélfia
21.45 - Encontro pela Liberdade Religiosa com a comunidade hispânica e outros imigrantes no Independence Mall em Filadélfia
Domingo, 27 de Setembro de 2015
00.30 - Festa das Famílias e vigília de oração no B. Franklin Parkway em Filadélfia
16.00 - Visita aos presidiários do Instituto Curran-Fromhold em Filadélfia
21.00 - Santa Missa conclusiva do VIII Encontro Mundial das Famílias no B. Franklin
Parkway em Filadélfia
Segunda-feira, 28 de Setembro de 2015
00.45 - Cerimónia de Despedida
09.00 - Chegada ao Aeroporto de Roma Ciampino