EXPERIÊNCIA – 05

Сomentários

Transcrição

EXPERIÊNCIA – 05
UNIVERSIDADE PAULISTA
Circuitos Eletrônicos – Relatório de Laboratório de Eletrônica
Prof.
Realizada : ____/____/ 2011
Relatório :
(Visto)
Entrega : ____/____/ 2011
Aceito
Recusado
Corrigir
EXPERIÊNCIA – 05
AUTOPOLARIZAÇÃO E DIVISOR DE TENSÃO COM J-FET.
•
•
•
•
•
Projeto de um amplificador a J-FET autopolarizado ;
Porjeto de um amplificador a JFET divisor de tensão;
Montagem e avaliação das condições de projeto;
Medidas das tensões e correntes no circuito;
Medidas de parâmetros do transistor.
Referências : Consultar livro texto e as aulas de teoria de Circ. Eletrôn.
Identificação dos participantes do grupo de trabalho
Nome
Número
1:
2:
3:
4:
5:
Experiência 03 – Autopolarização
Elaborado pelo Prof. Marcio R. Caldas
I - Objetivo : Projetar um amplificador com transistor por efeito de campo J-FET. Utilizando o transistor
BF-245 Tipo C, realizar o circuito de autopolarização e divisor de tensão e medir os parâmetros de
polarização tensões e correntes no circuito.
II - Material Utilizado :
•
•
•
•
•
Fonte CC de entrada 0 – 30V;
Multímetro digital;
Cabos de interligações;
Placa de montagem – Protoboard ou similar;
Osciloscópio;
III – Parte Teórica
•
Projeto do amplificador pelos dados dos componentes;
Pede-se : ID = 8mA e VDS = VDD / 2.
J-FET.
Dados : IDSS = 16mA, VP = - 5V e VDD = 12V. Curvas conforme anexo.
Circuito 1 : AUTOPOLARIZAÇÃO J-FET
I – PARTE TEÓRICA.
a) Cálculo da polarização.
1) RG = 1MΩ ( Valor adotado). VGS =
(Do gráfico)
VGS = - RS.ID
RS =
Ω.
2
Experiência 03 – Autopolarização
Elaborado pelo Prof. Marcio R. Caldas
O valor de VDD/2 = VDD –– ID(RS + RD).
RD =
Ω.
As curvas de transferência e das características do transistor BF-245C são apresentadas a
seguir.
II – PARTE PRÁTICA.
•
•
Montar o circuito conforme os valores encontrados;
Medir a tensão sobre VDS, RD e RS.
III – Preencher o quadro comparativo.
O valor da corrente ID é uma medida indireta sobre a tensão em RD. Através de cálculo se obtem a
corrente ID fazendo a relação da tensão em RD sobre o valor de RD. O mesmo procedimento para
cálculo de VGS = - RSID. A tensão em RS é igual em módulo a tensão em VGS.
III.1 - QUADRO COMPARATIVO
Valores
Teórico
Prático
Desvio
ID(mA)
VGS(V)
VDS(V)
3
Experiência 03 – Autopolarização
Elaborado pelo Prof. Marcio R. Caldas
IV – Parte Teórica
•
Projeto do amplificador pelos dados dos componentes;
Pede-se : ID = 8mA e VDS = VDD / 2 e VGG = 4V.
J-FET.
Dados : IDSS =
mA, VP = - V e VDD = 12V. Curvas conforme anexo.
Circuito 2 : DIVISOR DE TENSÃO A J-FET
I – PARTE TEÓRICA.
a) Cálculo da polarização de RB1 e RB2. Como IG = 0, consideremos IA que circula entre RB1 e RB2
igual a :
VDD
IA = 0,1mA, daí RB1 + RB2 =  =
IA
RB2
VGG . (RB1 + RB2)
b) VGG =  . VDD e RB2 = 
VDD
RB1 + RB2
Ω
RB1 =
RB2 =
Ω
b) A polarização de VGS e ID, pelo gráfico a seguir.
VGG = RS.ID + VGS
VGS = RS =
V
Ω.
O valor de VDD/2 = VDD –– ID(RS + RD).
4
Experiência 03 – Autopolarização
Elaborado pelo Prof. Marcio R. Caldas
RD =
Ω.
As curvas de transferência e das características do transistor BF-245C são apresentadas a
seguir.
V – PARTE PRÁTICA.
•
•
Montar o circuito conforme os valores encontrados;
Medir a tensão sobre VDS, RD e RS.
VI – Preencher o quadro comparativo.
O valor da corrente ID é uma medida indireta sobre a tensão em RD. Através de cálculo se obtem a
corrente ID fazendo a relação da tensão em RD sobre o valor de RD. O mesmo procedimento para
cálculo de VGS = VGG - RSID.
VI.1 - QUADRO COMPARATIVO
Valores
Teórico
Prático
Desvio
ID(mA)
VGS(V)
VDS(V)
IX - Conclusões :
5
VGG(V)

Documentos relacionados

aula 5 - módulo 3

aula 5 - módulo 3 chamado de separador de sincronismo, e é formado basicamente por um amplificador classe C como mostrado na figura 4. Este “separador de sincronismos” irá receber em sua entrada um sinal de vídeo CV...

Leia mais